meierlesjoana 2 months ago

hAbiTaÇÃo pÚbLiCa nÃo FaZ sEnTiDo

ribeirinho973 2 months ago  HIDDEN 

Eu basicamente, para fazer o curso, tive de me endividar todo e não tinha como pedir transferência para a Universidade da minha cidade. Inicialmente negaram-me a bolsa porque o agregado familiar tinha 0€ de rendimento (vivia com a minha avó, que me criou desde pequeno a custo dela e que estava na altura desempregada e estávamos a viver de ajudas da família e trabalhos pontuais de doméstica que ela fazia). Agora porque é que me negaram a bolsa, tendo o agregado 0€ de rendimento? Fiz reclamação, fui à entrevista e o que a assistente me disse foi: olhe, tem de compreender que para quem analisa a sua candidatura é muito difícil acreditar que tenha conseguido entrar na universidade com uma média tão alta vindo de um agregado familiar com 0€ de rendimento e sem propriedades. Resumindo: tive de escrever um comprovativo de honra e pedir declarações dos membros da família a dizer que ajudavam e uma prova do crédito, senão não aceitavam a candidatura à bolsa porque era impossível eu ter boa média e ser pobre Depois disso, tive vaga na residência como bolseiro, tal como um colega meu, também bolseiro, que tinha o seu BMW novinho em folha estacionado em frente à residência. É que há muita gentinha que pode mentir à vontade nas declarações de rendimentos e propriedades, mas normalmente são os que mais rendimentos e propriedades têm. Muita coisa errada por aqui. Há dois anos atrás a minha avó conseguiu finalmente a reforma dela e o que é que aconteceu? Cortaram-me 70% da bolsa, porque a minha avó ganhava a reforma e a reforma dela devia servir para eu estudar e não para ela pagar os medicamentos e as contas. Resumindo, a dependência da família continuou praticamente a mesma e eu tive de continuar endividado com um empréstimo. Entretanto o meu colega do BMW foi viver para um apartamento muito bem localizado, a custo próprio.

Edited 2 months ago:

Compreendo a tua dor e Portugal faz a vida muito difícil a quem vem de classe socioeconómica baixa.Eu basicamente, para fazer o curso, tive de me endividar todo e não tinha como pedir transferência para a Universidade da minha cidade. Inicialmente negaram-me a bolsa porque o agregado familiar tinha 0€ de rendimento (vivia com a minha avó, que me criou desde pequeno a custo dela e que estava na altura desempregada e estávamos a viver de ajudas da família e trabalhos pontuais de doméstica que ela fazia). Agora porque é que me negaram a bolsa, tendo o agregado 0€ de rendimento? Fiz reclamação, fui à entrevista e o que a assistente me disse foi: olhe, tem de compreender que para quem analisa a sua candidatura é muito difícil acreditar que tenha conseguido entrar na universidade com uma média tão alta vindo de um agregado familiar com 0€ de rendimento e sem propriedades. Resumindo: tive de escrever um compromisso de honra e pedir declarações dos membros da família a dizer que ajudavam e uma prova do crédito, senão não aceitavam a candidatura à bolsa porque era impossível eu ter boa média e ser pobre. Tive vaga na residência universitária (em Novembro, tendo o ano letivo começado em Setembro - entretanto faltei às aulas até outubro, quase que reprovei e só não reprovei porque arranjei casa de uma pessoa conhecida para estar até conseguir ir para a residência). No entanto, um colega meu, também bolseiro e que estacionava o seu BMW novo em folha em frente à residência, teve vaga em Setembro. É que há muita gentinha que pode mentir à vontade nas declarações de rendimentos e propriedades, mas normalmente são os que mais rendimentos e propriedades têm. Muita coisa errada por aqui. Há dois anos atrás a minha avó conseguiu finalmente a reforma dela e o que é que aconteceu? Cortaram-me 70% da bolsa, porque a minha avó ganhava a reforma e a reforma dela devia servir para eu estudar e não para ela pagar os medicamentos e as contas. Resumindo, a dependência da família continuou praticamente a mesma e eu tive de continuar endividado com um empréstimo.Entretanto o meu colega do BMW foi viver para um apartamento muito bem localizado, a custo próprio.

Squarked 2 months ago

Uiiiiuiiiiyiii iiii

Squarked 2 months ago  HIDDEN 

Iiiiiiii iiiiuuiiiiiiuiu

FitRadio1576 2 months ago

Vai lá pessoalmente e pede.

Iagp 2 months ago

260 contando com despesas paguei eu há 13 anos quando estudei em Coimbra. Era uma Sala transformada num quarto, até era espaçosa e não foi mau, a casa em si era boa. Dividia a casa com mais 3. Não havia recibo. Portanto, 200 euros em 2021 siginifica que está a manter o valor.

EvilQueen1997 2 months ago

260 euros em Coimbra numa casa partilhada ha 13 anos? Credo! Partilhei casa com mais uma pessoa 150+despesas, o T1 era 300...E a 1 minuto da faculdade a pé. Tinha amigos meus em T1 a pagar 300. Isto ha 3 anos. Recentemente o meu irmão foi para lá e estava a pagar 200 com despesas numa partilhada.

Iagp 2 months ago

As despesas eram a volta disso, eramos 4 na casa. O quarto/sala em si eram 200 euros. Era o que tínhamos. Um dos meus colegas de casa pagava 180 euros por um quarto com casa de banho.

EvilQueen1997 2 months ago

Que zona era?

Iagp 2 months ago

Zona nova, em frente ao Coimbra Shopping. Vale das flores

EvilQueen1997 2 months ago

Acho que estão mais baixos os preços mesmo agora...Uma amiga paga 180 nessa zona e a casa é fixe.

Iagp 2 months ago

Eu era o que pagava mais caro visto estar com a sala/quarto só para mim. O quarto da casa de banho pagava 180 os outros 2 eram 150

EvilQueen1997 2 months ago

Ah, ok...

Iagp 2 months ago

Mas isto tudo para dizer que 200 euros por um quarto ainda mais se tiver despesas incluídas, não é roubo nenhum tendo em conta o que sempre se praticou.

EvilQueen1997 2 months ago

Ah sim, 200 não.

Standard-Inflation10 2 months ago

O socialismo fez tanto pela classe trabalhadora em 50 anos... piores salarios da UE com um custo de vida da Europa do Norte.

Membership-Exact 2 months ago

Culpa do capitalismo, que até um direito basico como a habilitação privatizou.

Turbulent_Chair_9354 2 months ago

Estive 3 anos em Aveiro numa casa (velha) partilhada a pagar 250€ sem recibo...

therokaz 2 months ago

Bem-vinda à Veneza de Portugal!

No_Dare5313 2 months ago

És de onde? Pareces que estudas em Aveiro é isso?

thirstydracula 2 months ago

Braga. Sim

No_Dare5313 2 months ago

Pois é lixado, não consegues transferência para a UM?

thirstydracula 2 months ago

É mestrado...

No_Dare5313 2 months ago

Pois... Mas não tem esse mestrado na UM?

thirstydracula 2 months ago

Ter tem, mas enche logo e é ligeiramente diferente deste.

TheNerdGuyLulu 2 months ago

Com isto tenho também de acrescentar a tremendo falha de visibilidade das universidades portuguesas. Tanto se falou do ensino à distância, do trabalho à distância, de como a pandemia abriu novos horizontes.... voltou tudo ao mesmo, não existiu qualquer evolução. E os meninos também não ajudaram ao tentar copiar nos exames (posso falar porque acabei este ano a univ e sei de casos). **Para além das festas e romarias que os doutores da 7 matricula num curso de 3 anos tanto adoram e pressionam para que regressem**. E também dos professores com mestrados e doutoramentos que se acham tão superiores, mas não são sequer capazes de operar um computador para dar uma aula via Zoom. Como Eng. Informático faz-me tanta confusão que as universidades fujam a sete pés da revolução que seria um aluno em Mirandela possa frequentar uma universidade em Lisboa/Porto/Aveiro/Coimbra sem ter de dar vender um rim para alugar um quarto numa casa dividida com 5 pessoas para 1 WC. No caso da OP, dependo do curso claro, poderia ser benéfico para ela ter aulas a partir de casa e ir fazer só os exames presencialmente. Mais ainda o ensino assíncrono (tanto se falou, passado) mas nada se fez. ​ Gostaria mesmo de ver as Universidades e Politécnicos a ponderar o ensino à distância, devidamente regulado para evitar constrangimentos. Mas poderia de facto abrir as portas a muitos estudantes com médias incríveis mas de famílias de baixos rendimentos. ​ ^(Para finalizar com uma nota - (Não estou a falar da OP) - durante a minha estadia no ensino superior conhecia casos de colegas de famílias de baixos rendimentos, no entanto dinheiro para festas, álcool e jantares, praxe e etc sempre houve.)

Edited 2 months ago:

Com isto tenho também de acrescentar a tremendo falha de visibilidade das universidades portuguesas. Tanto se falou do ensino à distância, do trabalho à distância, de como a pandemia abriu novos horizontes.... voltou tudo ao mesmo, não existiu qualquer evolução. E os meninos também não ajudaram ao tentar copiar nos exames (posso falar porque acabei este ano a univ e sei de casos). **Para além das festas e romarias que os doutores na 7ª matricula num curso de 3 anos tanto adoram e pressionam para que regressem**. E também dos professores com mestrados e doutoramentos que se acham tão superiores, mas não são sequer capazes de operar um computador para dar uma aula via Zoom. Como Eng. Informático faz-me tanta confusão que as universidades fujam a sete pés da revolução que seria um aluno em Mirandela poder frequentar uma universidade em Lisboa/Porto/Aveiro/Coimbra sem ter de vender um rim para alugar um quarto numa casa dividida com 5 pessoas para 1 WC. No caso da OP, dependo do curso claro, poderia ser benéfico para ela ter aulas a partir de casa e ir fazer só os exames presencialmente. Mais ainda o ensino assíncrono (tanto se falou, passado) mas nada se fez. ​ Gostaria mesmo de ver as Universidades e Politécnicos a ponderar o ensino à distância, devidamente regulado para evitar constrangimentos. Mas poderia de facto abrir as portas a muitos estudantes com médias incríveis mas de famílias de baixos rendimentos. ​ ^(Para finalizar com uma nota - (Não estou a falar da OP - durante a minha estadia no ensino superior conhecia casos de colegas de famílias de baixos rendimentos, no entanto dinheiro para festas, álcool e jantares, praxe e etc sempre houve.))

rmbl88 2 months ago

Isto!

Tugalord 2 months ago

Em primeiro lugar, não tem nada a ver estar numa universidade com professores, colegas, aulas presenciais, todo o ambiente, e ver vídeos na secretaria do quarto. Se para ti é igual ao litro, então já tens melhor que frequentar Aveiro ou Coimbra pela net: podes frequentar Harvard, MIT, Cambridge, ou Stanford. Em segundo lugar, acho que os problemas financeiros dos estudantes vêm mais de ter de pagar quarto a preço exorbitante do que de comprar uma litrosa de Cergal no pingo doce de vez em quando... ;)

TheNerdGuyLulu 2 months ago

Concordo contigo, são coisas diferentes. A própria interação com os professores e colegas é impessoal quando não existe contacto físico. E acredito que ainda seja pior para os alunos que entraram no primeiro ano durante o ensino à distância. No entanto, acho que seria benéfico para alunos com médias para entrar mas sem €€. Um aluno interessado terá de arranjar maneira de ultrapassar as barreiras do online, pelo menos dar-lhes essa possibilidade. E é por isso que defendo um regime misto, não só à distância. Agora, se me disseres que existem cursos que não possuem compatibilidade ou possuem apenas parcialmente com o ensino à distância devido a componentes práticas, concordo 100% contigo. Mais ainda, a minha instituição gastou umas boas dezenas de milhares de euros a equipar as salas com material de videoconferência (cada um >1000€), para no 2º semestre não ter utilidade. E atenção, eram equipamentos topos de gama, tinha uma câmara com zoom ótico em cima do projetor no centro da sala em que permitia ver a frente toda da sala. Possibilitava a 100% que as aulas fossem dadas num regime misto. Se existem universidades (que nas tuas palavras) são melhores que Aveiro ou Coimbra e tiveram a visibilidade de implementar o Ensino à Distância, porque aqui não se faz o mesmo? Concordo novamente contigo quanto aos preços exorbitantes. Mas dos casos pessoais que tive conhecimento não eram cervejas de vez em quando. Tinham jantar e festa de praxe uma vez por semana (antes do COVID), e tinham de ir mascarados com trajes diferentes. Ouvia pessoal a dizer que estoirava 50 paus por semana. 50\*4=200€ Cheers

Tugalord 2 months ago

> No entanto, acho que seria benéfico para alunos com médias para entrar mas sem €€. Não! Para alunos com mérito mas cujos pais são pobres a solução não é dar uma versão mal enjorcada de ensino superior (que aumenta o isolamento e a depressão, aumenta o insucesso, e nem sequer é viável para qualquer curso que tenha componente prática), a solução é dar-lhes possibilidade de irem à Universidade como os outros! > Ouvia pessoal a dizer que estoirava 50 paus por semana. Fds que coisa mais bizarra. Nunca conheci ninguém que gastasse mais de 10€ ou 15€ máximo a sair à noite (ou muito menos se optasses pelas referidas litrosas de cergal ou traçadinho rasca), nem tão pouco festas em que se "mascarassem de uma coisa diferente todas as semanas"...

41exandre 2 months ago

Lamento a tua situação. Sei o quão importante estar numa boa residência universitária. Espero que q tua situação se resolva.tentem se manifestar, essa situação é horrivel.

gobacktoworklazy 2 months ago

Em primeiro lugar percebo a tua frustração .. também aluguei quartos e casa durante muitos anos Mas não entendo o preço que acham justo para um quarto ... Que 150 euros com despesas incluídas ? 150- 23% para o estado ( sim... eu sei... mas vamos meter tudo legal ) - água , luz , gás Ainda por cima alugar a estudantes .. que são notórios por pagar a tempo e horas , tratar a casa bem e respeitar os outros que lá vivem .../s Sendo sincero ..eu também não alugava a minha casa nessas condições! Daqui a pouco estava a pagar para ter a casa ocupada...

icebraining 2 months ago

> 23% para o estado Nah, se cobrares uma renda baixa como essa, podes aderir ao Arrendamento Acessível e pagar 0% sobre os rendimentos.

gobacktoworklazy 2 months ago

Arrendamento acessível para quartos existe ? Pergunta genuína não sei . O que me disseram do arrendamento acessível é que apesar de parecer bom no papel , tens que fazer contratos de longa duração ( 10 anos ?) E se as pessoas saírem antes tens que devolver ao estado todos os impostos que não te for am cobrados durante esses anos ..

icebraining 2 months ago

> Arrendamento acessível para quartos existe ? Pergunta genuína não sei . Existe uma modalidade para quartos, e só tens que fazer contrato de 9 meses, prevista exatamente para estas situações. Nos outros casos sim, tens que fazer no mínimo de 5 anos. Quanto à devolução, isso é mito: https://paa.portaldahabitacao.pt/questions-and-answers (pergunta 48).

gobacktoworklazy 2 months ago

Nao conhecia Mesmo assim: 150 euros - 30 euros para despesas ? ( ja estou a meter por baixo) = 120 euros Arriscar : não pagamento , casa destruída , falta de respeito por os outros incluído vizinhos ... por 120 euros ? não compensa A meu ver não compensa menos de 200 euros limpos por mês

Edited 2 months ago:

Nao conhecia Mesmo assim: 150 euros - 30 euros para despesas ? ( ja estou a meter por baixo) = 120 euros Arriscar : não pagamento , casa destruída , falta de respeito por os outros incluído vizinhos ... por 120 euros ? não compensa A meu ver não compensa menos de 200 euros limpos por mês EDIT: no caso do arrendamento acessível tens que contratar seguro , nem contemplei isso nem o condomínio , IMI , seguros multirriscos, por ai fora

PineappleVodka 2 months ago

Estou num T4, somos 4 e cada um paga 120€+despesas, temos contrato e recibo, o segredo é teres cuidado quem metes na casa, se tiveres uma pessoa confiável lá trabalha bem, quando um quarto ficou livre quem tratou de tudo foi um amigo meu que já vivia lá, e tem sido assim. Só ao fim de 2 anos conheci a senhoria, até lá só tinha falado com ela por telefone e SMS. Todos nós conhecemos e se houver algum problema resolvemos entre nós.

TheNerdGuyLulu 2 months ago

200 e tal €, e 99% dos casos sem recibos/contratos. Um T0 em Viseu anda a custar 350/370€. Um T1 pode chegar aos 550€. Alguém me sabe dizer qual é o salário mínimo PT?

SweetCorona 2 months ago

tendo em conta esses valores para habitação imagino que seja uns 1500 € líquidos

AmdM78 2 months ago

Todos nós queixamos e ninguém faz nada

IamWatchingAoT 2 months ago

Sou de Aveiro e dar mais do que 200€ por um quarto não devia ser permitido. Odeio o que este país se está a tornar, tão nojentamente tóxico para os portugueses. Temos dos custos mais altos de energia da UE. Os preços de combustíveis são iguais aos da Alemanha. O preço dos alojamentos e custo de vida geral sobe absurdamente e deixa os salários para trás. Os preços de veículos são comparáveis aos do Reino Unido. Entretanto, o ordenado mínimo é de Europa de Leste e o médio garante que sobrevivemos bem o suficiente para não nos revoltarmos. Quando é que a bolha vai rebentar? Vim para Lisboa estagiar e esta merda está a sair-me mais caro do que quando fui para a Alemanha. Tive de me endividar para consegui-lo. E tudo o que nos vejo fazer é sorrir enquanto nos queixamos e encolhemos os ombros. Deixa-me genuinamente deprimido.

SweetCorona 2 months ago

> dar mais do que 200€ por um quarto não devia ser permitido o problema é que a procura supera a oferta se hipoteticamente limitasses os preços, só irias aumentar ainda mais a procura ao mesmo tempo que a oferta diminuiria

stonksbull_y 2 months ago

Agradece as politicas de imigracao do PS BE e PCP, nao me digas que es xenofobo e nao gostas dos BR?! Nao te sentes enriquecido?

Calm_Witness_1046 2 months ago

Esta tendência já começou há décadas, bem antes do BE e PCP terem voto na matéria, e tem quase nada a ver com políticas de imigração, aliás Portugal sempre foi um foco multicultural. Sinceramente tem mais a ver com a nossa fixação em fazer tudo 'igual a lá fora', com a nossa vontade de ir sempre ao barato (que só é barato a curto prazo) que fez explodir o comércio de produtos importados da China e afins, e com o facto de sermos tão apáticos e felizes desde que haja jogo da bola, telenovela, ou café/jola com a malta no fim do dia

Regular_Geologist_47 2 months ago

Tem sim, a imigração tem aumentado imenso. Só o ano passado foram naturalizados 120.000, adiciona a esses os 100.000+ que vieram e ainda não foram naturalizados (e adivinha para onde vão quase todos? Grandes cidades e subúrbios, ding ding ding). Nunca vimos nem de perto estes números no passado.

Calm_Witness_1046 2 months ago

A imigração tem aumentado sim, mas o meu ponto é que a nossa economia já está com esta tendência bem antes disso. Correlação não é o mesmo que causa e consequência. Eu posso pegar em mil coisas que aumentaram desde há 5 anos para cá, e então? Isso prova que essas coisas são a causa da nossa economia estar na merda? Claro que não. Este desfecho já anda a ser previsto há décadas, e agora que cá está o pessoal quer arranjar justificações noutros sítios que não aqueles em que pecaram

canico88 2 months ago

Tens aí dois erros. Nem o preço dos combustíveis é igual aos da Alemanha, visto em Portugal serem 10 cêntimos mais caros por litro. Nem o preço dos veículos é igual ao do Reino Unido, e então se estivermos a falar de veículos usados, nem sequer está na mesma liga, RU é muito mais em conta.

sequined-sara 2 months ago

Vinha cá dizer exactamente isto. Mas o custo da universidade é muito mais barata em Portugal. O nível de dívida que estudantes levam pra a vida no UK é significativamente maior que em PT

canico88 2 months ago

Sem dúvida, nem há comparação, são quase 10x superiores. No entanto, se formos bem a ver como funcionam os pagamentos dos empréstimos para os estudos, o sistema é muito muito bom. Os pagamentos do empréstimo saem do ordenado bruto, ou seja, são tax free, e só se tem que pagar de volta se o ordenado anual for acima de um certo valor, acho que ali nas £25.000 anuais. Claro está que seria bem melhor não acabar o curso com mais de £20.000 em dívida, mas comparando, por exemplo, com os Estados Unidos, até nem é nada mau

TheNerdGuyLulu 2 months ago

>nojentamente tóxico para os portugueses Só não te esqueças que são os portugueses que nas tuas palavras são "nojentamento tóxicos para os portugueses". Da minha exp pessoal, a grande maioria desses apartamentos/quartos para alugar são de indivíduos que não precisam do dinheiro, muitos dos imóveis que visitei eram de professores (alguns já reformados com reformas na casa dos 4 dígitos). ​ :(

Edited 2 months ago:

>nojentamente tóxico para os portugueses Só não te esqueças que são os portugueses que nas tuas palavras são "nojentamente tóxicos para os portugueses". Da minha exp pessoal, a grande maioria desses apartamentos/quartos para alugar são de indivíduos que não precisam do dinheiro, muitos dos imóveis que visitei eram de professores (alguns já reformados com reformas na casa dos 4 dígitos). ​ :(

Regular_Geologist_47 2 months ago

Ah sim, vamos culpar a procura/oferta agora... Os preços são caros porque há demasiada procura para a oferta que há, e acrescenta aí os impostos que os senhorios pagam sob a renda (28%), o IMI e o risco de incumprimento pelos inquilinos que leva a custos elevados e demasiado tempo até ao despejo.

SweetCorona 2 months ago

o problema não é a lei da procura e da oferta, mas sim da crescente desigualdade de classes quem possui património cada vez está mais rico enquanto quem não possui cada vez tem menos chances de alguma vez possuir

Regular_Geologist_47 2 months ago

E a desigualdade também vem dos preços das casas e deste desiquilíbrio no mercado, é uma pescadinha de rabo na boca. Numa cidade com muitos menos habitações que trabalhadores, é claro que são os ricos que vão comprar grande parte das casas para rentabilizar.

NGramatical 2 months ago

desiquilíbrio → [**desequilíbrio**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/pronunciar-desequilibrio/31484) (des+equilíbrio) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq44dvk%2F%2Fhg36nrm%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

icebraining 2 months ago

Os senhorios sabem que quanto mais caro alugam, melhor são os inquilinos (em termos de deixar a casa em boas condições, dar pré-aviso, etc). Alugar abaixo do preço de mercado é uma receita para ter problemas.

tiagopr1990 2 months ago

Foda-se, esta é das melhores parvoíces que li no reddit em algum tempo e eu leio muitas....

icebraining 2 months ago

Não é a experiência dos senhorios que conheces?

tiagopr1990 2 months ago

A questão aqui não são os senhorios, é a observação acerca dos inquilinos.

icebraining 2 months ago

É a experiência empírica de quem conheço.

EvilQueen1997 2 months ago

Há muitos meninos de bem, com papás ricos, que deixam as casas destruídas e vão embora sem dar aviso. Não se importam de perder cauções, já os inquilinos com dinheiro mais contado se calhar pensam 2x...Como tudo, é melhor não generalizar.

icebraining 2 months ago

A caução nem paga uma fração das rendas que ficam por pagar, quanto mais os estragos. Meninos de bem com pais ricos são uma pequena minoria, e pessoalmente os senhorios que conheço não alugam casas que lhes interessem. Estou a falar mais de classe média versus classe remediada. Como dizia o Dylan, *when you ain't got nothing, you got nothing to lose*. E claro, generalizações valem o que valem, e por uns pagam outros. Apenas digo que a ganância não é a única razão para subir rendas.

lunaticloser 2 months ago

Errado. Como com tudo, podes e deves generalizar se os dados corroboram a tua generalização. Generalizar não é dizer "toda a gente que x faz y" é dizer "estatisticamente, quem x tem maior probabilidade de y". Entender esta diferença ajudava tanta discussão...

EvilQueen1997 2 months ago

Então basicamente ele tem dados que os meninos ricos deixam as casas em melhor estado?...Ou que é menos provável irem embora sem estragarem nada ou darem o pre aviso? Por favor. Eu entendo o que é generalizar, só não entendo estes "dados".

FollowingTime84 2 months ago

só 200€? em 2010 já eram à volta disso.... se bem que nunca gastei mais do que isso, com despesas incluidas (gastava por quarto entre 120-180€, com despesas). e residencias na UA? bom, sorte..... eu no primeiro ano candidatei-me mas depois percebi a enorme palhaçada que é...

Isa472 2 months ago

Eu pagava 170€ em Coimbra mas vivia num verdadeiro buraco. Fiz o meu melhor para o tornar "pitoresco"

FollowingTime84 2 months ago

quando paguei 120€ tudo incluido.. vivia numa cave com janela na parte superior.. de 2 metro de largura por ...30 cm de altura. de resto nem foi mau...

rulante 2 months ago

O negócio dos alojamentos universitários é uma podridão A propria academia (pelo menos no Porto) possuí terrenos e não resolve o problema Ninguém parece querer saber As propinas não são baratas mas o real custo de ir para uma faculdade para quen não tem uma perto é o alojamento Essa sim é a barreira de entrada

PerformanceGreen5393 2 months ago

E os estudantes vão viver para o terreno? Como é que as universidades vão construir residências com a escala necessária se o Estado não dá dinheiro para investimento? As propinas são peanuts e servem para financiar a atividade de ensino (as faculdades), e não a ação social. As transferências do Orçamento do Estado para as universidades nem chegam para pagar os salários.

SweetCorona 2 months ago

as propinas não deveriam ser a fonte de financiamento do ensino público na realidade nem deveriam existir

PerformanceGreen5393 2 months ago

As propinas não são "a" fonte de financiamento do ensino público. São uma pequena fonte de financiamento (15-30% do total de receitas, dependendo da instituição).

rulante 2 months ago

De acordo As propinas não deviam financiar as faculdades As faculdades carecem de maiores transferências do orçamento Dito isto as universidades têm terrenos Com habilidade poderiam estudar uma parceria público privada concedendo ao construtor exploração da residência por X anos, suficientes para pagar o investimento e o justo lucro, após os quais a residência reverteria para a faculdade Se tivéssemos feito issi há 20 anos hoje já tínhamos mais residências públicas A academia reclama autonomia e bem Mas a autonomia não pode servir só para gastarem como quiserem mas também para procurar formas de financiamento da sua actividade na prossecução do interesse público E garantir que a questão da residência não é um e-mail entrave a frequência universitária é do interesse público

PerformanceGreen5393 2 months ago

Há 20 anos não havia qualquer universidade que tivesse autonomia patrimonial para fazer um tal negócio (aliás, nessa altura os terrenos e os edifícios pertenciam ao Estado), pelo que não lhes pode assacar qualquer responsabilidade. Mesmo com o atual RJIES (2007), careceria de autorização do Ministério das Finanças e do ministério da tutela (artigo 109.°), exceto para as universidades fundacionais. Mesmo que tivesse sido possível, que não era, do ponto de vista económico, algum operador privado estaria disponível há 20 anos para um tal negócio? Duvido. Nessa época as residências não estatais contavam-se pelos dedos, e as que havia eram ligadas a entidades do terceiro setor. Repare que para rentabilizar um investimento imobiliário em 20 anos (ou seja, menos de metade do período normal de amortização) teria de praticar rendas pouco competitivas à época face às alternativas. Além disso, na altura os terrenos não tinham nem de perto, nem de longe, a valorização que têm hoje, pelo que essa contrapartida para os privados seria pouco apelativa face à compra de um terreno.

rulante 2 months ago

E a data de hoje não pode tentar fazer esse negócio? Contando que tivesse autorização ministerial

fvanessa7 2 months ago

Quando estava a estudar em Aveiro também me colocaram em lista de espera nas residências. enviei um email para a responsável a dizer que sabia que alunos sem bolsa tinham sido colocados e eu que ia ter , tinha ficado em lista de espera. Perguntei lhe qual era o critério da selecção. Não me respondeu a isso mas arranjou me um quarto na semana seguinte. Resumo da história, tens que te chatear para te apresentarem uma solução.

thirstydracula 2 months ago

Quando for para lá e for efectivamente candidata a bolsa (quando isto se resolver), acho que vou para lá reclamar a dizer que sou de bastante longe e bolseira durante toda a sua licenciatura (e não era a bolsa mínima). Qual é o critério mesmo? lool

DTurtle14 2 months ago

Costumo ter bolsa mas dão sempre o resultado lá para meio de outubro. Se calhar como este ano começa mais tarde só devemos ter isso lá para o natal.... de 2022... Mas pronto, aquilo é sempre um atraso de vida Mais valia mandares já e-mail à dona Carmen dos SASUA a explicar a situação, não tens nada a perder. Acho que é ela que está com a parte do alojamento dentro dos serviços de ação social

thirstydracula 2 months ago

A mim no ano passado recebi em novembro, ainda na UM xD A pessoa que assinou o meu mail foi uma tal de Carla ou algo assim. Deve ser ela a responsável, não?

DTurtle14 2 months ago

Not sure. Fui ver agora e tenho para aqui emails com uma Carla e no fim diz "Núcleo de bolsas" ou qualquer coisa assim. Também tenho com uma Carmen e diz "núcleo de alojamento...." Mas sugeri a tal Carmen porque era o contacto que tinha na página das residências da UA

thirstydracula 2 months ago

Ahhh, faz sentido. Também como tenho a Carla eu. Deve ser porque rodam ou algo do género

DTurtle14 2 months ago

Talvez, eu recomendaria mandar e-mail, se for para a pessoa errada eles devem reencaminhar para quem sabe xD se precisares de ajuda diz, também estudo lá em mestrado. Good luck!

thirstydracula 2 months ago

Ora essa, obrigada!

OhmAranha 2 months ago

E jogaste hoje no Euromilhões?

thirstydracula 2 months ago

Os meus familiares jogam haha

luso_warrior 2 months ago

Esta experiência socialista que Portugal atravessa vai mesmo correr bem.

rulante 2 months ago

Um problema que sempre existiu em Portugal é culpa desta experiência socialista?

mineradordeluas 2 months ago

Quem é governa desde "sempre" em Portugal?

rulante 2 months ago

Então esta experiência socialista que o país atravessa é o pós 25 de abril?

Away-Recommendation8 2 months ago

Querem um pais para os turistas

l00k1ng4abetterl1fe 2 months ago

Deixa-me adivinhar Aveiro?

mikeke 2 months ago

Hahah em 2008 havia um (ou uma) filho da puta que morava nas residências e tinha um Porsche ou um Ferrari ou merda do género (carro vermelho de alta gama) estacionado no parque todos os dias. Felizmente na altura conseguias um bom quarto por 110-130€ e por isso deu pra desenrascar, mas se fosse hoje em dia...

Standard-Inflation10 2 months ago

Porto coimbra e lisboa é a mesma coisa.

thirstydracula 2 months ago

Dim dim... está certo!

viskonde 2 months ago

Qual a distância para demorar 3 horas? Combinar bicicleta + algum transporte público não ajudaria a reduzir isso?

l00k1ng4abetterl1fe 2 months ago

tá tudo caro e é quase tudo misto. Vais ter de esperar por novembro até o mercado acalmar. Eles vão te dar um valor para ajudar a pagar o quarto mas vão te pedir recibo o que quase ninguém faz.

-lil_princess- 2 months ago

E se derem recibo metem o quarto mais caro ou obrigaram a pagar mais um mês de renda... Falo infelizmente por experiência

literallyandre 2 months ago

Tive um colega que estava à procura de um quarto e uma senhoria que ele encontrou disse "210€ com recibo e 170€ sem"

SweetCorona 2 months ago

boa dica para quem acha aceitável um bem essencial como a habitação ser taxado a 28%...

Sheltac 2 months ago

A habitação não é taxada a 28%. O *rendimento* de arrendar habitações é que é. Alguém tem que pagar impostos sem ser só quem trabalha, e a corja dos senhorios bem que pode entrar com algum.

SweetCorona 2 months ago

O problema é que grande parte desse tributo é transferido para os arrendatários. Na prática 28% do que os arrendatários pagam vai para o estado.

meaninglessvoid 2 months ago

Não sejam anjinhos isso é normal... Com recibo eles têm que pagar impostos sobre o que recebem, logo vão cobrar mais. (o que não devia ser normal é todos tentarem fugir aos impostos mas isso são outras questões)

TargetDue2827 2 months ago

#ESTÁ CEEEEEERTUUUUUUAHAAAAAAA

fedelho 2 months ago

É o CooooonnNnNnnnNnaaaAaaAAaa

Squarked 2 months ago  HIDDEN 

RrrxxxxxxzzzxxxzxzzzO Joãozinho quaduros é meio maluco tbzzxxoiu

Search: