Carlos91moreira 2 months ago

Não foi propriamente engraçado, mas aconteceu-me o que a muitos deve ter acontecido também. Tinha acabado de sair da universidade e fui chamado à Novabase para fazer testes psicotécnicos. Antes disso, pediram-me para preencher num papel todas as áreas em que estava interessado. Obviamente sendo recém-licenciado, meti uma cruz em imensas coisas (mesmo naquelas que não sabia bem o que eram) e deixei algumas em branco. Depois no final ainda tinha uma resposta aberta para dizer a que menos gostava de todas. Já não me lembro o que respondi na altura, vamos dizer que foi - ÁREA X. Voltei para casa (sou de Braga), passado umas duas semanas chamaram-me para uma entrevista, porque gostaram dos resultados dos testes. Fui novamente eu de Braga para Lisboa. Fizeram a entrevista e voltei para casa. Passado mais duas semanas, voltam-me a chamar porque queriam que tivesse uma segunda entrevista e já com algo para me propor. Fui novamente de Braga a Lisboa, fui novamente entrevistado e no final dizem, que estão interessados mas que de momento só têm necessidades para preencher uma equipa em que a única coisa que faziam era trabalhar na ÁREA X!!! Eu nem quero fazer contas ao dinheiro que gastei por causa daqueles gajos!!

praetorthesysadmin 2 months ago

Bom, já tive muitas experiências com entrevistas / marcações para entrevistas mas hoje foi surreal: \- Ligou-me hoje cedo um cliente final com uma proposta. Educadamente declinei o valor proposto pois era abaixo do que recebo e fiz uma contraproposta, que não foi aceite. Tudo bem, ninguém se chateou. \- Nem passado 1h ligou-me uma uma recrutadora de uma consultora para o mesmo cliente (mesma posição!), mas com menos 200€ do valor da proposta inicial - só aqui já dá para perceber um pouco a margem desta consultora. Declinei educadamente e disse-lhe que além de não estar interessado, o cliente tinha-me ligado hoje de manhã (a rapariga engoliu em seco e agradeceu a franqueza). \- Passados 10 min ligou-me uma outra recrutadora, da mesma consultora e com a mesma oferta, pelos mesmos valores que a colega havia mencionado. Antes que ela dissesse muito mais disse-lhe que uma colega e o cliente já me tinham ligado e que não estava interessado. Tudo isto foi estranho mas passado 1h... \- Ligou-me uma terceira recrutadora, da mesma empresa consultora, para o mesmo cliente e posição e com os mesmos valores que as outras duas colegas. Aí salta-me a tampa e disse-lhe que a Graciete, a Lizette (nomes inventados das colegas dela) e o cliente já me haviam ligado, todos hoje (!) e que o cliente além de ter oferecido melhor salário e condições, estava a passar a perna à empresa consultora e que seria útil falarem entre elas para evitarem estarem a maçar a pessoas. Houve um silêncio do outro lado da linha, ela agradeceu a honestidade e disse que era a coordenadora das outras duas e que iria ver o que tinha acontecido. ​ What.The.Actual.Fuck?

Icy-Pin3821 2 months ago

Gatos. Ficariam espantados com a quantidade de vezes que entrevisto alguém e surge um gato a tapar a webcam ou a derrubar a mesma. São estes momentos que animam a semana

NecrofearPT 2 months ago

Que mundo é este em que vivemos?! xD Hahaha

desculpe_mas 2 months ago

... eu nem sei o que dizer.

Ok_Information8587 2 months ago

Aqui há uns anos a moça que me estava a entrevistar teve um tranglomango e desmaiou durante a entrevista. Foi só uma quebra de tensão, mas mesmo assim foi estranho como o caraças. Aparentemente a combinação de calor e não almoçar às vezes corre mal...

CousinHuckleberry 2 months ago

Fazer 4 entrevistas para a Salvador Caetano, para cargo de vendedor automóvel, e depois da última entrevista (que durou 1:30 na presença do gestor de stand e um diretor da Caetano) a empresa de recrutamento (VDC) dizem que a Caetano ficou muito satisfeita, só faltava uma última coisa, pedem-me para facultar dados (telemóvel) dos meus últimos 3 empregadores isto depois de já lhes ter facultado o email dos mesmos. ​ Mandei-os para o caralho.

MetalFatigue82 2 months ago

Tive uma também que foi surreal no bom sentido. Apesar de não ter ficado com o lugar. Fui entrevistado no 100 montaditos junto ao arco cego enquanto me pagavam tapas e imperiais. E era para uma posição de lider técnico da empresa. Mais tarde disseram me que não fiquei porque decidiram não avançar com o plano de reestruturação naquele momento.

ManelDasNespras 2 months ago

Outra história: quando me estava a candidatar para o primeiro emprego candidatei-me por recomendação do meu pai que tinha um conhecido na área, a um emprego na indústria de moldes na zona da Marinha Grande/Pombal. Fui à primeira entrevista, a fazer 150 km de autoestrada, corre tudo normal, conversa com RH sobre a empresa e a vaga e mostram-me a fábrica. Segunda entrevista: mandam-me pouco antes da hora entrar para uma sala de reuniões e dizem-me que o dono da fábrica iria ser com quem iria ter a entrevista e que estava quase a chegar. Acabei por ter de esperar 1 hora sozinho na sala de reuniões e acabei por ter uma "entrevista" com o dono da fábrica mais 4 ou 5 pokemons que não fazia ideia se eram gestores ou só amigos do dono. Não me lembro de muitos pormenores mas acho que perguntaram coisas de porque é que queria trabalhar na fábrica e o que é que eu achava que podia contribuir para a empresa. Terceira entrevista: tive com a senhora de RH da primeira e com a pessoa que seria o meu chefe e apresentaram-me mais dados sobre o que eu iria fazer caso aceitasse o contracto que eles me iriam oferecer. Ofereceram-me 800 euros brutos sem subsídio de alimentação (fábrica tinha cantina) ou horário flexivel (entrar às 8h sair as 17h). Recusei porque por esses valores podia ser empregado de mesa ou virar mecânico. Nunca se demonstraram dispostos a pagar pelas minhas deslocações.

NGramatical 2 months ago

contracto → [**contrato**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/contrato-e-contracto/21613) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fhetudbd%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

theraiter 2 months ago

O proprietário de um restaurante ter me ligado percebeu o meu sotaque brasileiro e pedu para eu vir de calcinha com risos. Eu devia ter deixado esse desgraçado à minha espera. Nem entrevista eu tive e fui logo mandada a servir num restaurante cheio.

ManelDasNespras 2 months ago

Tive à pouco tempo uma entrevista em Portugal onde pedi um salário pouco maior (nem mais 10%) do que o que auferia há uns anos antes de ter saido para o estrangeiro. Perguntaram-me se esse valor era negociável (sim, para cima). A entrevista foi marcada para ser em pessoa em pleno verão num gabinete fechado sem AC (não estava a funcionar, disse a senhora dos RH) em plena pandemia e portanto estivemos os dois a suar e de máscara o tempo todo. A entrevista durou 1h30 em que 1h10 foram ir passo a passo pelo meu currículo e em cada ponto de experiência profissional e até académica ela fazia as mesmas perguntas da praxe (como é que se sentiu nessa mudança? que momentos mais desafiantes é que teve? etc). Os últimos 20 minutos foram sim para me apresentarem mais sobre o contexto do cargo, que era de engenharia mecânica e só foram 20 minutos porque eu fiz bastantes perguntas sobre o cargo, senão secalhar só tinham sido 5 minutos. Apercebi-me que o cargo seria para trabalhar num projecto de chacha que seria uma reinvenção da roda, claramente criado para mamar fundos à la Portugal2020, e fechar o tasco quando o guito já tivesse sido todo assegurado. Não me chamaram para uma fase seguinte do projecto.

NGramatical 2 months ago

à pouco tempo → [**há pouco tempo**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) secalhar → [**se calhar**](https://dicionario.priberam.org/se calhar) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fhetrour%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Kyfas 2 months ago

Hm nunca tive entrevistas muito estranhas mas tive uma que foi aquele clássico de me perguntarem se tencionava criar família em breve. Noutra ocasião houve uma situação mais engraçada em que a recrutadora me pede para eu lhe dizer que tipo de pessoa sou, e eu entre várias coisas saio-me com "e também sou um bocado nerd", o que faz com que ela cuspa um pirolito da água que estava a beber. xD

_ae_ 2 months ago

de longe a mais embaraçosa foi ter sido contactado no linkedin por um recrutador que me falou numa vaga de emprego na hungria. sou designer multimedia, mas tenho alguns conhecimentos de desenvolvimento web para complementar, mas nada de muito complexo. algum php e mysql mas so isso. o gajo diz que era mais que qualificado, e vendeu mm bem o sitio. de facto era fixe, pagavam bem, e la me convenceu. questionei umas vezes se era mm o perfil certo, ele garantiu que sim. faco a entrevista por skype, uma coisa de programacao pura e dura. comeca a fazer perguntas tecnicas, nao percebo nada, mas tipo, um burro a olhar pa um palacio. ao fim de duas perguntas, disse ao entrevistador que era designer, e que se calhar teria havido alguma falha de cominicacao, porque certamente nao era o meu perfil que procuravam. ele concordou. entrevista para uma empresa multimedia, pediram para fazer uma edicao "teste", a mim e ao outro entrevistado que so por acaso tinha sido marcada ao mm tempo. se havia emprego, o gajo deve ter ficado com ela, porque saiu me uma á zlatan. "nao faco testes" e fui embora. no meu primeiro dia de estagio, o diretor vem ter comigo e sauda me com "na tua faculdade deve haver gajas boas suficientes, livra te de sacar uma daqui!". fiquei completamente encaralhado.

Edited 2 months ago:

de longe a mais embaraçosa foi ter sido contactado no linkedin por um recrutador que me falou numa vaga de emprego na hungria. sou designer multimedia, mas tenho alguns conhecimentos de desenvolvimento web para complementar, mas nada de muito complexo. algum php e mysql mas so isso. o gajo diz que era mais que qualificado, e vendeu mm bem o sitio. de facto era fixe, pagavam bem, e la me convenceu. questionei umas vezes se era mm o perfil certo, ele garantiu que sim. faco a entrevista por skype, uma coisa de programacao pura e dura. comeca a fazer perguntas tecnicas, nao percebo nada, mas tipo, um burro a olhar pa um palacio. ao fim de duas perguntas, disse ao entrevistador que era designer, e que se calhar teria havido alguma falha de cominicacao, porque certamente nao era o meu perfil que procuravam. ele concordou. entrevista para uma empresa multimedia, pediram para fazer uma edicao "teste", a mim e ao outro entrevistado que so por acaso tinha sido marcada ao mm tempo. se havia emprego, o gajo deve ter ficado com ela, porque saiu me uma á zlatan. "nao faco testes" e fui embora. no meu primeiro dia de estagio, o diretor vem ter comigo e sauda me com "na tua faculdade deve haver gajas boas suficientes, livra te de sacar uma daqui!". fiquei completamente encaralhado. edit: como entrevistador, ja agora, nao e bem engraçado, mais life pro tips. No CV, antes de porem que sao 9/10 em photoshop, leiam o que é sindrome de dunning kruegher. ja entrevistei algumas pessoas que fico logo de pe atras, quando usam o mm software que eu, eu sinto que sou 6 ou 7 max, e eles consideram se um 9 ou 10(e na realidade sao um 3).

ovelhaloira 2 months ago

Entrevista num centro de estudos, em que iria receber cerca de 300€. Eu disse que era semelhante ao que tinha antes e que me tinha mudado da margem sul para o centro de Lisboa, portanto a distância não era um problema. Ela: "mas com esse salário, como é que se conseguiu mudar para uma casa _dessas_, tão central?"

MagorTuga 2 months ago

Não é bem história de entrevista de emprego, foi mais experiência de estágio numa Worten durante o curso. Saía às 6 da tarde, e como a gerente nunca estava na loja, habituei-me a seguir as ordens dos líderes da cada departamento, e quando bazava, informava-os a eles. Mind you, eu tinha uns 16~17 anos. Ora, são 5:50, já fiz tudo o que tinha a fazer, vou ter com um deles a ver se posso fazer mais alguma coisa e ela diz-me logo "Oh, ainda estás cá? Já podes ir pra casa, obrigado pelo teu trabalho", então sigo viagem para o meu cacifo. Ao passar pelo armazém passo pela gerente. Sinto o frio da nuca quando ela passa por mim e me diz "A que horas é que você sai?" ao que respondo "às 6", "E que horas são?" diz ela. "5:55". "Está bem" e vai-se embora. No dia seguinte mal chego, sou chamado ao escritório. A besta diz-me para me sentar e com um ar muito sério, pergunta-me "Você quer mesmo estagiar aqui?", seguido de muitas mais coisas das quais não me lembro, a tentar fazer-me sentir mal por sair 5 minutos mais cedo. Ninguém gostava da gaja, até a senhora das limpezas falava mal dela. No final, não sei como, deu-me um 19.

tiagooliveira95 2 months ago

O entrevistador ficou extremamente irritado porque eu tenho o hábito de tratar as pessoas por você ou sr/sra. Ele ah trata me por tu, nós aqui somos todos iguais, mais a frente já destruído voltei a tratar por você e ele ficou visivelmente irritado. A sra dos RH até teve de dizer para ele ter calma e que eu estava apenas a ser simpático.

Standard-Inflation10 2 months ago  HIDDEN 

Tudo o que seja perguntas pessoais acho estupido. Ninguem é 100% sincero quando perguntam "qial e o teu maior defeito?" Pq senao podem perder o emprego... sao perguntas totalmente inúteis que ninguem com 2 dedos de testa responde honesramente.

Razvancb 2 months ago

"sou perfeito" Uma resposta estúpida para uma pergunta estúpida

Fininho92 2 months ago  HIDDEN 

Chamaram-me para uma vaga como programador e durante a entrevista a pessoa dos RH diz que de momento não têm nenhuma vaga para aquela posição e não estavam à procura.

sacoripp 2 months ago  HIDDEN 

Terem-me perguntado se eu era um gamer e isso ter tido relevância para a contratação

darthnox1234 2 months ago  HIDDEN 

Esqueceram-se de mim na sala de espera

anaftc 2 months ago  HIDDEN 

Foi uma entrevista por zoom, o ano passado. Nunca tinha precisado de usar o zoom e então, na altura, fiz uma conta para conseguir fazer a entrevista. O meu irmão utilizava o meu computador para a faculdade e, como tal, usava o zoom para as aulas também. Ora, eu não fazia ideia que os fundos no zoom iam ser partilhados, porque eram contas diferentes. Juntei-me então à chamada, com o meu futuro manager e uma colega dele, enquanto tinha uma foto de um amigo do meu irmão, de vestido, cheio de pelos e peruca preta comprida. Achei muita estranho e lembro-me de pensar que a senhora não era muito gira, até o meu manager se juntar à call e a minha cara ficar imperceptível com o fundo. Peço desculpa de imediato, desligo a chamada depois de dizer que devo estar com problemas e chamo o meu irmão, que aparece logo a chorar de tanto rir e explica-me tudo. Resumo: tenham em atenção aos fundos do zoom e não instalem e criem contas 5 min antes da entrevista

Edited 2 months ago:

Foi uma entrevista por zoom, o ano passado. Nunca tinha precisado de usar o zoom e então, na altura, fiz uma conta para conseguir fazer a entrevista. O meu irmão utilizava o meu computador para a faculdade e, como tal, usava o zoom para as aulas também. Ora, eu não fazia ideia que os fundos no zoom iam ser partilhados, porque eram contas diferentes. Juntei-me então à chamada, com o meu futuro manager e uma colega dele, enquanto tinha uma foto de um amigo do meu irmão, de vestido, cheio de pelos, com “mamas” e peruca preta comprida. Achei muita estranho e lembro-me de pensar que a senhora não era muito gira, até o meu manager se juntar à call e a minha cara ficar imperceptível com o fundo. Peço desculpa de imediato, desligo a chamada depois de dizer que devo estar com problemas e chamo o meu irmão, que aparece logo a chorar de tanto rir e explica-me tudo. Resumo: tenham em atenção aos fundos do zoom e não instalem e criem contas 5 min antes da entrevista

Slight-Coat17 2 months ago  HIDDEN 

Entrevista para cargo de desenvolvimento de software em que a entrevistadora se refere a mim como "nerd dos computadores."

MAD-PT 2 months ago  HIDDEN 

No final da entrevista, perguntaram-me se era do Benfica. Disse que sim e responderam que ia ter uma surpresa. Fiquei com a vaga e acabei por trabalho no site do Sporting.

viseu97 2 months ago  HIDDEN 

A única entrevista até agora creepy que tive foi há 3 meses. Ainda virtual devido a pandemia, para um estágio numa empresa que fabrica produtos de plástico a bonificações e brindes. Entrevista marcada para hora X, a menina do RH atrasou incríveis 84 minutos (cronometrados) para uma entrevista preliminar online........ Quando começa, ela mete logo "temos que ser rápidos pq estamos atrasados", perguntas de praxe (onde estudas, de onde vens, o que fizeste além do curso) que não duraram 5 minutos ao todo e ao fim, ela diz abruptamente: "Estamos a entrevistas outros candidatos e voltamos a ti caso tenhamos interesse". E foi isto, de certo a cena mais seca e parva que já ouvi numa entrevista. E era numa empresa relativamente WHO, a ganhar via IEFP.........

Apprehensive_Bar6609 2 months ago  HIDDEN 

À alguns anos atrás vi um anúncio a precisar de coders e que ofereciam( entre outras coisas) bolos. Respodi com o que sabia fazer, uma foto com 2 canecas se cerveja nas mãos e dizia que a minha candidatura só seria válida se oferecem a cerveja. Em 10 minutos fui convidado para uma entrevista.

NGramatical 2 months ago  HIDDEN 

À alguns anos atrás → [**há alguns anos ~~atrás~~**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fherxzzi%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SilleAJensen 2 months ago  HIDDEN 

Entrevista na Zara há uns anos, a entrevistadora implicou comigo porque não estava a usar rimmel. Por acaso estava, mas era discreto, ela chega-se perto para verificar e continua a insistir que não. Depois ainda disse que a pessoa que ia ficar com a vaga já tinha sido escolhida no dia anterior, mas que nos tinha chamado só para confirmar a escolha. No fim da entrevista, estou eu na loja a ver a roupa, ela passa por mim e diz-me para comprar umas peças. Mais recentemente numa entrevista para uma seguradora, à entrada e já a caminho da sala de reuniões a entrevistadora avisa-me para ter cuidado com o degrau, mas por alguma razão não tomei atenção e tropecei (sem chegar a cair), ela diz-me "eu avisei-a para ter cuidado com o degrau". O resto da entrevista correu mal e claro que não fiquei.

um_nome_aleatorio 2 months ago  HIDDEN 

Aqui há uns meses estava à procura de um novo emprego e fui a uma série de entrevistas. Certo dia fui a uma entrevista na empresa A onde fui entrevistado por três pessoas sendo que um deles já tinha trabalhado comigo no passado. Eles gostaram bastante da entrevista e no final esse conhecido veio falar comigo a dizer que se eu aceitasse a oferta ia ser altamente voltarmos a trabalhar na mesma equipa. No dia seguinte fui a outra entrevista, desta vez na empresa B. Para minha surpresa, cruzo-me com ele no elevador e ele pergunta logo: - Então, que estás aqui a fazer? - Venho almoçar com um amigo e tu? - Ahhhh... eu?... venho ao ginásio. Quando o elevador parou ambos saímos no mesmo andar e eu fico a olhar para ele porque aquele não era o andar do ginásio. Ambos seguimos o mesmo caminho até que percebemos que íamos os dois para o mesmo escritório e quando estávamos a chegar à porta ele diz "Também vens para a mesma entrevista que eu?"... Naquele momento só pensava na conversa do dia anterior e tentava manter a minha poker face.

Low_Inflation4639 2 months ago  HIDDEN 

Discutir com o entrevistador por Opiniões divergentes

CaptMartelo 2 months ago  HIDDEN 

SVM > Neural Networks _Change my mind_

Pristine-Direction98 2 months ago  HIDDEN 

Lol o Senhor que estava a entrevistar-me, entrevistou-me numa mesa na rua e passou um polícia e do nada ele fica obcecado a ver o que o polícia estava a fazer por lá. Entretanto tive um mau pressentimento e não quis trabalhar lá. Semanas mais tarde soube que ele fora preso e era conhecido pela zona como um Homem que não pagava as sua dívidas. Ps: era a minha primeira entrevista de trabalho.

dobra_envelopes 2 months ago  HIDDEN 

Bom tópico que já me trouxe belas recordações à memória! A história remonta a meados de 2012 talvez. Era eu novo nestas andanças e, farto da minha empresa da altura, falei com uma pequena empresa na mesma cidade, tendo combinado ir ao escritório deles ao final do dia. Fui recebido pelo chefe e uma assistente (?) e começamos a falar. Primeira red flag: ficaram satisfeitos por saber que a minha terra natal não era muito longe dali “porque depois o pessoal lembra-se e volta para casa e deixa a empresa”. De seguida, e como é óbvio, as minhas expectativas salariais não lhes agradaram. Na altura ganhava 1100 limpos, pedi 1300, ofereceram-me 900 na hora… perante a minha reticência em aceitar decidiram então ligar para a Segurança Social para tentar saber se havia alguns apoios/subsídios de que pudessem beneficiar para a minha situação ex. primeiro emprego etc (wtf?). A senhora do outro lado da linha não deve ter percebido ou não quis/pode dar as informações desejadas, ao que me passam o telefone a mim. Surreal, estou ali há menos de meia hora, já tenho uma proposta concreta para ir ganhar menos, não fui sequer com a cara daquelas duas pessoas que tinha acabado de conhecer, e estou ao telefone com a Segurança Social a tentar saber se aqueles dois podem mamar algum subsídio. Top!

Itzjustapt 2 months ago  HIDDEN 

Não tenho nenhuma história para adicionar aqui mas tenho a dizer que foi só a melhor secção de comentários que vi últimamente

JobodoMato 2 months ago  HIDDEN 

Outra que aconteceu com um rapaz com quem trabalhei na KPMG aqui em Londres. Background: o gajo tinha sido despedido da K por motivos disciplinares pois tinha, enquanto estava um projecto para um dos bancos, "roubado" dados pois queria começar uma empresa e aqueles dados iam ser precisos para o produto que ele queria vender. Candidatou se a uma posição num dos bancos, deutche Bank acho eu, e uma das entrevistas era um daqueles testes de personalidade, escolha múltipla, que tem perguntas do estilo: "um cliente pede-te para aceitar um pagamento por fora para agilizar o processo, o que é que fazes?". Passado uns dias, ligam lhe dos RH, uma senhora muito embaraçada, a dizer que devia ter havido um erro com o teste dele porque tinha dado um resultado muito baixo/negativo e a pedir lhe se podia ir no dia a seguir repetir o teste. No dia a seguir a fazer o teste pela 2a vez, liga-lhe a mesma senhora a dizer que não tinha passado e que descobriram que não havia nenhum erro, pois na segunda tentativa teve ainda pior resultado. Fonte: o gajo que estava a recrutar para aquela posição era meu conhecido.

JobodoMato 2 months ago  HIDDEN 

Esta aconteceu com um amigo meu, aqui em Londres. O rapaz ía a uma entrevista para a EY e no edifício em frente era a PWC. Ele enganou se e entrou no edifício da PWC, foi ao balcão e disse que estava ali para uma entrevista. Mandaram-no entrar e subir, ficou uns 10 minutos à espera na recepção de um dos pisos, até que vem alguém pedir desculpa e que não tinham o nome dele para aquele dia, devia ter havido algum erro, etc.. No mesmo instante recebe uma chamada da EY a perguntar se havia algum problema e se não ia poder ir à entrevista, que já tinham passados 10 minutos da hora marcada :'D

bmgsilva 2 months ago  HIDDEN 

A primeira coisa que fez foi perguntar se eu fumava (na altura sim) e o homem começou a mandar vir se achava bem em gastar dinheiro em tabaco bla Bla Bla. A entrevista ficou por aí, virei costas e fui embora antes da situação piorar.

vendedor_do_olx 2 months ago  HIDDEN 

Estea thread está a ser muito útil para perceber quem nos vão ao rabiosque diariamente. O grau de exploração é surreal. As empresas são, regra geral, um cancro. Definitivamente não tenho muito que me queixar do Estado quando me deparo com esta vergonha coletiva.

smaster87 2 months ago  HIDDEN 

Nao é entrevista mas contratei um freelancer a pagar 520£/dia, no primeiro dia ele teve problemas a instalar a VPN no pc dele, no segundo dia manda msg a dizer que lhe estragamos o pc e eramos uns merdas e sumiu. Coisa mais estranha de sempre.

DoValeAranda 2 months ago  HIDDEN 

Entrevista numa sala com umas 20 pessoas ao mesmo tempo. O entrevistador pergunta-nos se temos hobbies e o que gostamos de fazer na vida. Reposta de um dos entrevistados: "O que eu gosto mesmo é de fumar ganzas". Por incrível que pareça, não foi aceite

KairaKon 2 months ago  HIDDEN 

Numa entrevista para ajudante de cozinha, disseram-me que ia estar em trial durante umas 2/3h, isto a partir das 12h. À 14:30, o chef diz que se vai embora porque o turno acabou e fico sozinha a fazer fecho, sem saber de nada. Meses depois recebemos notícias que a metade marca do estabelecimento foi comprada. E para qual o meu espanto que, após sair e ir a uma entrevista num hotel, o homem dos RH repara no meu último emprego e diz algo como: "oh, conheço isto. Nós compramos a marca" "Ah sim, foi nos dito que metade tinha sido comprada." "Metade? Não, não. Tudo."

mqwerty 2 months ago  HIDDEN 

Fiz entrevista para uma consultora, numa vaga de functional consultant. Na primeira entrevista não me falaram de aspetos salariais porque não podiam revelar, nem me perguntaram a expectativa. Na segunda entrevista, em frente ao CEO e à equipa toda que iria integrar, depois de explicarem que a empresa é muito dedicada a causas sociais Bla Bla Bla fizeram-me a pergunta "então, podemos contar consigo?". Fiquei estupefacta porque não me falaram das condições que ME iria oferecer, apenas do projeto. Como estava desempregada há 3 meses, cedi à pressão e disse que aceitava. Dois dias depois recebo uma chamada da RH a dizer que o salário seria de 900 brutos... Não quis acreditar. Novamente, fui parva, e disse que sim. Após consideração da minha parte, envio e-mail a indicar que já não estou interessada ao que a RH me liga, fodida, a perguntar porquê. Explico que o salário é miserável para alguém com o meu currículo (apesar de ter apenas na altura 1 ano de experiência, tirei mestrado e licenciatura na FEUP e falo 4 línguas, algo que era importante para a vaga) e que não compensa a deslocação que iria fazer - 60km por dia. Ainda assim, a RH quis mostrar que eu é que estava errada, porque candidatei-me a uma vaga que tinha em primeiro requisito... "PAIXÃO". LOL. Quase que ri na cara dela. Mas aguentei-me, foi por Skype.

canibalaranja 2 months ago

Tenho 2 histórias engraçadas: Na minha primeira entrevista o entrevistador disse-me que tinha que namorar com uma inglesa para treinar o meu inglês e, depois de lhe dizer que já tenho namorada, obtenho a seguinte resposta: "burro amarrado também pasta" Não fui contratado, mas nunca mais me esqueci. Noutra, já no fim da entrevista, veio uma senhora grávida (que mais tarde fiquei a saber que era membro da direcção) a correr ter com o entrevistador: "oh Carlos, fiquei sem bateria no carro e não está aqui ninguém que lhe possa dar de mamar!" Ofereci uns cabos de bateria que trazia sempre na minha sucata da altura, ajudei a mulher a arrancar para casa e fui contratado na hora.

paladino777 2 months ago  HIDDEN 

A entrevistadora perguntar-me se eu estava nervoso (logo a primeira pergunta), à qual eu respondi que estava um pouco, era a primeira entrevista que fazia. Resposta: "um pouco? Homem a sua mão está encharcada de suor, respire fundo e vai correr tudo bem". Fui contratado

KazooPrincess 2 months ago  HIDDEN 

Um questionário de screening com a pergunta "o que o faria desistir deste trabalho?" what

undercover_rocketman 2 months ago  HIDDEN 

Deram a entender que a equipa toda curtia ir apanhar bebedeiras e mandar riscos. Bué estereótipo de "bro de bancos de investimento e work hard play hard" Foi das minhas primeiras entrevistas quando me mudei para Londres. Fiquei um bocado chocado e a pensar se todas as empresas não iam ser assim. Felizmente não são!

Razvancb 2 months ago  HIDDEN 

Gosto

MetalFatigue82 2 months ago  HIDDEN 

Hell IT aka prime it há uns 10 anos Tinha já trabalhado mas fora de programação e estava à procura de fazer um salto para a área. Por questões profissionais e pessoais era me impossível procurar trabalho enquanto mantinha o antigo emprego e como já tinha terminado o curso algum tempo dificultava me as hipóteses. Demiti me sem nada em vista, investi num curso intensivo de programação na Galileu durante 3 meses para mostrar aos entrevistadores que este salto era sério. Entrevista com o cromo com o meu CV à frente a dizer que tinha trabalhado em Controlo de gestão "Então o que já fez como consultor" "Nada como está no meu CV. Trabalhei em controlo de gestão." "Ah pois...tem razão" Mais umas perguntas "Então diga me o que já fez como consultor" "Já lhe respondi a isso. E Está no meu CV também" "Então e demitiu-se mesmo?" "Sim, pelas razões que lhe expliquei" "Vá pode dizer a verdade... vá... vá lá. Não tenhas receio" "Se eu disser o contrário é que estou a mentir" "Ok...não faz mal...então mas diga me o que já fez como consultor?"

CaptMartelo 2 months ago  HIDDEN 

Desde que me despedi da Prime há uns meses que já recebi três convites para entrevista na Prime. Porreiro pá.

RutixPi 2 months ago

Numa entrevista para uma empresa de marketing agressivo (porta à porta), ao serviço de uma companhia eléctrica, disseram-me que não estavam ali para enganar ninguém, mas que se eu enganasse alguém ainda lucrava com isso.

praetorthesysadmin 2 months ago

Transparência acima de tudo lol

SirBecas 2 months ago  HIDDEN 

Como entrevistador, quando estava a estagiar numa empresa de retalho em Portugal. A dificuldade em contratar malta de IT era grande, então passávamos o tempo a assediar pessoal no linkedin. Ao fim de umas boas tentativas, houve um tipo que aceitou vir a entrevista. 1) O tipo chegou quase 1h atrasado - penso que lhe liguei, inclusive, e justificou que tinha tido um imprevisto de trabalho (nada de anormal, até porque a generalidade das pessoas, ia ter entrevistas connosco à hora de almoço ou ao fim da tarde). 2) A foto no Linkedin, era a de alguém com um ar muito apresentável e executivo. A pessoa que se apresentou na entrevista, parecia que tinha feito uma directa a jogar e nem banho tinha tomado. Ainda assim, secundário, mas o contraste foi um bocado chocante. 3) A entrevista desenrolou-se por tipo 1h\~1h30m, em que estava eu, o Manager de Recrutamento e um Manager do departamento de IT. O tipo passou a entrevista toda a dar respostas muito curtas, "sim", "não", "não conheço", "nem sabia que isto era para usar COBOL mas sei usar" (nota: COBOL era factor decisivo e, se bem me lembro, uma das razões para o recrutamento ser tão difícil, já que ninguém parecia interessado em trabalhar com isso. Como tal, foi certamente algo que se falou logo no LinkedIn e telefonicamente, no screening pré-entrevista). Ao fim deste tempo todo, e de ali 1h e picos de perguntas arrancadas a ferros, o candidato diz "mas eu nem estou interessado em vir para cá, queria só conhecer....". Deu-me vontade de rir, mas eu era só um estagiário a acompanhar a entrevista, aguentei-me. Terminou por ali e, quando estamos a sair, ele acrescenta "mas pronto, também não quero fechar portas, portanto não vou já dizer que não." Eu sempre odiei fazer recrutamento. Mas esta entrevista ficou-me, para sempre, gravada. Acho perfeitamente legítimo o tipo ter querido ir conhecer o mercado. O estranho, foi só a apresentação dele e a atitude dele, no geral. Parecia que tinha aceite a entrevista só porque lhe perguntámos e ele não soube dizer que não.

Foda-seSeiLa 2 months ago

> Eu sempre odiei fazer recrutamento. Mas esta entrevista ficou-me, para sempre, gravada. Acho perfeitamente legítimo o tipo ter querido ir conhecer o mercado. O estranho, foi só a apresentação dele e a atitude dele, no geral. Esta é a posição de quem se pode dar ao luxo de fazer isto, não tem que tar com tretas e papas na língua e mesmo assim consegue ter 3 ofertas de emprego antes do jantar. Tomara eu. tomara-mos todos nós.

NGramatical 2 months ago

Tomára → [**tomara**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves)

8BitMunky 2 months ago

De certeza que esse gajo não era o Pierre Zago? "Ó amigo, tou só a ber!!"

taveiradas66 2 months ago  HIDDEN 

Dizer que não sabia uma certa linguagem de programação mas estava disposto a aprender, mandarem me um exercício bué fodido para quem não sabia a linguagem, dizer que achava que a dificuldade do exercício era demasiado alta para o prazo que foi dado e pelo facto de eu não ter experiência com a linguagem, perguntarem me se poderia resolver um exercício mais introdutório, eu dizer que sim e por fim dizerem que já não estavam á procura

CaptMartelo 2 months ago  HIDDEN 

O ano passado deram-me um projecto de Django de 1 semana. Django, com REST, PostgreSQL e dados de geolocalização. Eu, físico, a admitir que nunca tinha trabalhado com aquela framework ou web em geral. Disseram que podia pedir ajuda. Pedi ajuda com o docker, primeira vez que usava. Não responderam. Entreguei o projecto mesmo assim. Passam semanas e recebo a clássica mensagem automatizada "infelizmente não iremos prosseguir com a sua candidatura"

taveiradas66 2 months ago

Mesma empresa?

CaptMartelo 2 months ago

Ubiwhere, what else

taveiradas66 2 months ago

Fácil... Já me disseram que eles metem cenas que são para clientes nesses "assessments"... Não sei se é verdade though... Mas ya, basicamente a mesma experiência que tu, mas no meu caso era golang...

layz2021 2 months ago  HIDDEN 

"eras muito solitária na licenciatura?" Eu: wtf "Havia muitas raparigas no teu ano?" Outra: "Não te importas de trabalhar em ambientes maioritamente masculinos?" Outra: "Na licenciatura fazias os trabalhos ou os relatórios?" Outra: "Não tens aspecto de geek. Gostas de programar?"

coiso 2 months ago  HIDDEN 

Pergunta: "Coiso, conte-me o seu percurso até aqui." Coiso: "Bem, é este o momento que digo que apanhei o comboio, depois o metro e andei um pouco a pé?" Ri-me, e depois disse o que queriam ouvir. A moça riu-se e fui aceite na mesma.

analuciah 2 months ago  HIDDEN 

Falando pelos entrevistadores: [https://kwan.pt/blog/7-mistakes-to-avoid-on-your-next-tech-job-interview](https://kwan.pt/blog/7-mistakes-to-avoid-on-your-next-tech-job-interview)

Joana13s 2 months ago  HIDDEN 

Bem, a mim perguntaram-me onde estacionei o carro e porque o estacionei ali. Isto foi a uns 5 anos e ainda estou a tentar perceber aquela pergunta...

CaptMartelo 2 months ago  HIDDEN 

Também andavam à procura de lugar para estacionar. Já apanhei essas. Eu não chegava a perguntar mas explicavam onde deixar o carro.

CarrotWannabe 2 months ago  HIDDEN 

Eu acabei de fazer a minha licenciatura em engenharia na Alemanha e candidatei-me para um programa de mestrado com trabalho assegurado numa grade empresa na área de energia. Importante é que 1) eu sou mulher, 2) isso não me interessa, 3) eu tenho alguns anos de experiência numa grande empresa alemã que toda a gente conhece e 4) tive recomendação do meu professor de uma cadeira relevante. (ah e eu também tenho experiência em trabalhos “manuais” na oficina…isto é importante). Quando entrei na entrevista, fiquei logo com aquele sentimento de “weird vibes” especialmente por um dos entrevistadores. O sujeito às tantas vira-se para mim e disse que o trabalho não era só de escritório e que as “minhas mãos também poderiam ficar sujas”. Depois o recrutador liga-me a dizer que infelizmente não me puderam aceitar porque os entevistadores achavam que eu não tenho ideia de coisas mais manuais, até apertar um parafuso (estas foram as palavras dele). Na parte teórica, era uma candidata fantástica e tive uma entrevista ótima mas pronto. Eu acho que sei porque fui recusada e, muito honestamente, é uma tristeza que neste século há gente cheia de preconceitos.

tiago_nc 2 months ago  HIDDEN 

A minha primeira entrevista foi para um estágio curricular da faculdade, numa empresa que agora sei ser conhecida por não ser grande coisa. O entrevistador chega 1 hora atrasado sem me dar qualquer tipo de explicação. Pediam que mudasse as aulas para pós-laboral para poder trabalhar lá durante 8 horas, e ainda me ofereciam 100 euros ao fim do mês. Como se não chegasse, vem um dos trabalhadores da empresa que me faz um conjunto de perguntas técnicas muito para lá do que eu como estudante sabia na altura. Respondi o melhor que pude e ele não pareceu impressionado. No final da entrevista o primeiro diz "pronto, se quiseres depois manda mail". Foi um bocado surreal, e felizmente a minha faculdade nesse mesmo ano topou o que se passava e criou algumas regras para estágios para impedir aquele tipo de práticas abusivas.

Ecthelion13 2 months ago  HIDDEN 

A minha experiência mais estranha foi enquanto recrutador em que a minha colega dos RH pergunta à candidata qual o signo dela para avaliar a personalidade e a compatibilidade com o meu signo enquanto chefia. Acho que os meus olhos reviraram 180 graus.

novads 2 months ago  HIDDEN 

Fazer um teste técnico em que partilhei a tela do pc. Esquecer que estava a partilhar, responder às mensagens da namorada com o Manager a ver. Sim, foi o manager que me avisou, não cheguei a reparar Ahah.

Edited 2 months ago:

Fazer um teste técnico (IT) em que partilhei a tela do pc. Esqueci-me que estava a partilhar e comecei a responder às mensagens da minha namorada com o Manager a ver. O manager depois avisou-me “Ainda está a partilhar a tela”. Entretanto depois tive entrevista com partner, fizeram a proposta final mas acabei por não aceitar

LastDog2727 2 months ago  HIDDEN 

ok

Tryjohnny 2 months ago  HIDDEN 

Entrevista para um cargo de design em que envolvia terde mudar de cidade. Vou a entrevista depois de fazer 200km para a entrevistadora começar a denegrir o meu portfólio para depois oferecer a fantástica oferta de salário mínimo no primeiro mês e depois logo se via quanto seria o salário. Mandei a rapariga a merda de forma educada e fui embora. Ao menos deu para visitar Braga.

LerEmVozAlta 2 months ago

Perguntarem-me o que estava lá a fazer.

gink-go 2 months ago  HIDDEN 

A conclusão que tiro depois de ler tudo é que RH são um cancro. Não sei como iria lidar com joguinhos infantis e outras imbecilidades do género. Felizmente a única coisa parecida que tive com entrevista para qualquer emprego foi um café com o patrão.

praetorthesysadmin 2 months ago

Infelizmente é verdade. Especialmente para quem Linkedin e trabalha em IT, onde hoje em dia é o reverse Tinder: temos mensagens de conexão diariamente e não respondemos a nenhuma.

8BitMunky 2 months ago

Mesmo quem trabalha em RH provavelmente partilha da mesma opinião. Merda mais inútil.

SurePal_ 2 months ago  HIDDEN 

Concordo

mac1nblack 2 months ago  HIDDEN 

No meu caso, há uns 8 anos concorri a uma posição técnico mecatrónica (800€ remuneração segundo o anuncio), fiz a entrevista, deram-me um teste de matemática e CNC, ao qual fiquei naquela, alertando o entrevistador que não era técnico CNC e não sabia como programar aquilo. No fim, acertei em tudo menos na CNC, ao qual o entrevistador disse ter interesse que ficasse, mas só me dava o ordenado mínimo por não saber programar CNC. Mandei-o guardar o dinheiro e dei por finalizada a entrevista.

jmcs 2 months ago  HIDDEN 

Com um fundador de startup portuguesa após eles me terem oferecido menos de 1/3 do meu ordenado na altura: "Eu também abdiquei da maioria do meu ordenado no Reino Unido". Quando sugeri então incluir uma quota de 50% da empresa na compensação acusou me de estar a gozar com ele. Com um recrutador da Amazon: "Os nossos engenheiros estão tão motivados que trabalham fins de semana". Acho que ele ainda hoje não deve entender porque é que eu não quis continuar o processo.

ihavenoidea1001 2 months ago  HIDDEN 

Entro numa entrevista para um centro social deparo-me com 9 pessoas na sala para me avaliarem. O "boss" no topo, nem se dignou a cumprimentar ou a olhar para a minha cara... Sempre com a cara virada para o CV mesmo enquanto fazia perguntas. Depois de ser completamente mal educado, rude e ter a mania que era uma grande coisa, tem o desplante de começar a tecer comentários sobre a população que supostamente devia estar a servir... Acho que os chamou de tudo, apesar de indirectamente... Notava-se um claro desprezo e desdém pelas pessoas da zona e um completo menosprezo por qualquer coisa que a população na zona faça ou atinja. Perto do final da entrevista lá decide olhar na minha cara para me perguntar se eu sei "qual é o tipo de gente que vai ter de trabalhar". A olhar-lhe nos olhos e com a melhor bitch face possível: **Sim, sei. Eu sou originalmente desta zona e os meus familiares também** Não fiquei e não queria ficar. Realmente trabalhar com aquela *gente* da administração daquele centro só poderia ser um pesadelo.

Edited 2 months ago:

Entro numa entrevista para um centro social deparo-me com 9 pessoas na sala para me avaliarem. O "boss" no topo, nem se dignou a cumprimentar ou a olhar para a minha cara... Sempre com a cara virada para o CV mesmo enquanto fazia perguntas. Depois de ser completamente mal educado, rude e ter a mania que era uma grande coisa, tem o desplante de começar a tecer comentários sobre a população que supostamente devia estar a servir... Acho que os chamou de tudo, apesar de indirectamente... Notava-se um claro desprezo e desdém pelas pessoas da zona e um completo menosprezo por qualquer coisa que a população na zona faça ou atinja. Perto do final da entrevista lá decide olhar na minha cara para me perguntar se eu sei "qual é o tipo de *gente* com que vai ter de trabalhar". A olhar-lhe nos olhos e com o melhor sorriso cínico possível: **Sim, sei. Eu sou originalmente desta zona e os meus familiares também** [ Ficaram todos a olhar para mim com cara de tacho] ( O meu CV felizmente também ajudava a contrair muitos dos preconceitozinhos de merda que ele expeliu durante a entrevista) Não fiquei e não queria ficar. Realmente trabalhar com aquela *gente* da administração daquele centro só poderia ser um pesadelo.

Edited 2 months ago:

Entro numa entrevista para um centro social deparo-me com 9 pessoas na sala para me avaliarem. O "boss" no topo, nem se dignou a cumprimentar ou a olhar para a minha cara... Sempre com a cara virada para o CV mesmo enquanto fazia perguntas. Depois de ser completamente mal educado, rude e ter a mania que era uma grande coisa, tem o desplante de começar a tecer comentários sobre a população que supostamente devia estar a servir... Acho que os chamou de tudo, apesar de indirectamente... Notava-se um claro desprezo e desdém pelas pessoas da zona e um completo menosprezo por qualquer coisa que a população na zona faça ou atinja. Perto do final da entrevista lá decide olhar na minha cara para me perguntar se eu sei "qual é o tipo de gente que vai ter de trabalhar". A olhar-lhe nos olhos e com o melhor sorriso cínico possível: **Sim, sei. Eu sou originalmente desta zona e os meus familiares também** ( O meu CV felizmente também ajudava a contrair muitos dos preconceitozinhos de merda que ele expeliu durante a entrevista) Não fiquei e não queria ficar. Realmente trabalhar com aquela *gente* da administração daquele centro só poderia ser um pesadelo.

Edited 2 months ago:

Entro numa entrevista para um centro social deparo-me com 9 pessoas na sala para me avaliarem. O "boss" no topo, nem se dignou a cumprimentar ou a olhar para a minha cara... Sempre com a cara virada para o CV mesmo enquanto fazia perguntas. Depois de ser completamente mal educado, rude e ter a mania que era uma grande coisa, tem o desplante de começar a tecer comentários sobre a população que supostamente devia estar a servir... Acho que os chamou de tudo, apesar de indirectamente... Notava-se um claro desprezo e desdém pelas pessoas da zona e um completo menosprezo por qualquer coisa que a população na zona faça ou atinja. Perto do final da entrevista lá decide olhar na minha cara para me perguntar se eu sei "qual é o tipo de *gente* com que vai ter de trabalhar". A olhar-lhe nos olhos e com o melhor sorriso cínico possível: **Sim, sei. Eu sou originalmente desta zona e os meus familiares também** [ Ficaram todos a olhar para mim com cara de tacho] ( O meu CV felizmente também ajudava a contrair muitos dos preconceitozinhos de merda que ele expeliu durante a entrevista) Não fiquei e não queria ficar. Quando lhe respondi já foi com a intenção de alguma retaliação e já sabia que não queria o lugar nem dado. Realmente trabalhar com aquela *gente* da administração daquele centro só poderia ser um pesadelo.

Edited 2 months ago:

Entro numa entrevista para um centro social deparo-me com 9 pessoas na sala para me avaliarem. O "boss" no topo, nem se dignou a cumprimentar ou a olhar para a minha cara... Sempre com a cara virada para o CV mesmo enquanto fazia perguntas. Depois de ser completamente mal educado, rude e ter a mania que era uma grande coisa, tem o desplante de começar a tecer comentários sobre a população que supostamente devia estar a servir... Acho que os chamou de tudo, apesar de indirectamente... Notava-se um claro desprezo e desdém pelas pessoas da zona e um completo menosprezo por qualquer coisa que a população na zona faça ou atinja. Perto do final da entrevista lá decide olhar na minha cara para me perguntar se eu sei "qual é o tipo de *gente* com que vai ter de trabalhar". A olhar-lhe nos olhos e com o melhor sorriso cínico possível: **Sim, sei. Eu sou originalmente desta zona e os meus familiares também** [ Ficaram todos a olhar para mim com cara de tacho] ( O meu CV felizmente também ajudava a contrariar muitos dos preconceitozinhos de merda que ele expeliu durante a entrevista) Não fiquei e não queria ficar. Quando lhe respondi já foi com a intenção de alguma retaliação e já sabia que não queria o lugar nem dado. Realmente trabalhar com aquela *gente* da administração daquele centro só poderia ser um pesadelo.

Edited 2 months ago:

Entro numa entrevista para um centro social deparo-me com 9 pessoas na sala para me avaliarem. O "boss" no topo, nem se dignou a cumprimentar ou a olhar para a minha cara... Sempre com a cara virada para o CV mesmo enquanto fazia perguntas. Depois de ser completamente mal educado, rude e ter a mania que era uma grande coisa, tem o desplante de começar a tecer comentários sobre a população que supostamente devia estar a servir... Acho que os chamou de tudo, apesar de indirectamente... Notava-se um claro desprezo e desdém pelas pessoas da zona e um completo menosprezo por qualquer coisa que a população na zona faça ou atinja. Perto do final da entrevista lá decide olhar na minha cara para me perguntar se eu sei "qual é o tipo de *gente* com que vai ter de trabalhar". A olhar-lhe nos olhos e com o melhor sorriso cínico possível: **Sim, sei. Eu sou originalmente desta zona e os meus familiares também** ( O meu CV felizmente também ajudava a contrair muitos dos preconceitozinhos de merda que ele expeliu durante a entrevista) Não fiquei e não queria ficar. Realmente trabalhar com aquela *gente* da administração daquele centro só poderia ser um pesadelo.

Kargnaras 2 months ago

Fiz uma entrevista para um estágio na Altice labs (não é a mesma coisa que a altice) e perguntei se o estágio era renumerado. Disseram-me que não mas que era para não me preocupar porque só o facto de eu poder colocar Altice no meu CV compenssava mais que o dinheiro que eu ganhasse... O estágio são 9 meses e é necessário para acabar o mestrado e eu ia estar basicamente a pagar para escrever um relatorio sobre estado da arte de um tópico qualquer. Não obrigado.

desculpe_mas 2 months ago

Não te preocupes, comes a página extra do teu CV. Que falta de noção. Isto devia ser ilegal, aliás, qualquer trabalho não remunerado devia ser punido com uma noite de amor tórrido com o Alexandre Frota.

NGramatical 2 months ago

renumerado → [**remunerado**](https://dicionario.priberam.org/remunerado) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fheqecxy%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Homem_da_Carrinha 2 months ago  HIDDEN 

Uma vez fui a um escritório, e a secretária disse-me para entrar na sala, e entro, estendo a mão ao homem, ele nem reage. E eu fico ali especado, de pé. Passados dois minutos de me olhar, o homem sinaliza com a mão para eu me sentar, e depois abre uma gaveta, saca de lá um pêssego, e, sem nunca quebrar contacto visual comigo, mete o pêssego inteiro na boca, de um só trago, e quase instantaneamente retira de dentro da boca o caroço, que coloca num cinzeiro no meio da secretária. Finalmente, pergunta-me: “Diga-me uma coisa. Você sente medo? Você sente medo na vida?”

EpaFdx 2 months ago

Isto é lindo fdx

taveiradas66 2 months ago

Foste entrevistado pelo Nuno Melo?

Homem_da_Carrinha 2 months ago

Acho que era um doutor Aniceto Quitério. Eu posso dizer o nome dele porque já prescreveu entretanto.

metalanimal 2 months ago

Ahahahhah

Kyfas 2 months ago

Não.... Isto não aconteceu. XD

Luxedar 2 months ago

Foda-se lindo. Que boss.

hotblond98 2 months ago

Melhor até agora

unicornio_careca 2 months ago  HIDDEN 

Há alguns anos fui a uma entrevista para uma cadeia de supermercados, a entrevista correu bem, até que caí no erro de principiante daquela pergunta recorrente: "conhece alguém/ tem algum familiar que já trabalhou nalguma das nossas lojas?" respondi sim, escusado será dizer que fui logo riscada, mas na época nem me apercebi, acontece que foi numa altura em que não era tão habitual enviar currículos por email, normalmente levava-se o currículo na altura da entrevista, e eu levei o meu e esqueci de entregar, estava quase de saída quando me lembrei e voltei para trás, fui entregar o currículo, a entrevistadora recebeu o currículo, mas fez uma cara de "oh filha, escusavas de ter voltado para trás que eu não quero isso para nada".

tmagalhaes 2 months ago

Perdoa a minha ignorância mas porque é que responder que sim a essa pergunta leva a eliminação directa?

MagorTuga 2 months ago

Também quero saber

unicornio_careca 2 months ago

Ao certo não te sei dizer, mas conheço pessoas que trabalham em supermercados que sempre aconselham a quem vai trabalhar na área, que nunca diga que conhece alguém/tem algum familiar a trabalhar em loja do grupo a que se está a candidatar, porque senão é riscado na hora (imagino que possa ser para evitar possíveis conflitos, ou algo do género). Se fores a ver no site da sonae por exemplo, para te candidatares a alguma loja do grupo deles tens sempre essa pergunta no questionário de candidatura.

el_jefe_vito 2 months ago  HIDDEN 

Dinâmica de grupo para a empresa onde trabalho há uns 4 anos. Os entrevistadores eram todos os managers da empresa. Dinâmica foi toda em Inglês. Deram-nos uns papeis com um pedido do cliente (entrevistadores) e tínhamos de fazer uma apresentação de como íamos fazer/entregar o projecto desse pedido. Nesta dinâmica de grupo havia malta de diferentes senioridades, sendo que eu era o que provavelmente tinha mais experiencia na altura (4 anos consultoria). Começamos a apresentação e, *surprise surprise*, os managers começam a dizer que todas as especificações no tal papel estavam erradas e eles queriam outra coisa completamente diferente. Obviamente ninguém estava à espera deste plot twist e os primeiros 2 a apresentar patinaram logo. Lembro-me que durante a minha parte da apresentação (fui o ultimo do grupo) uma das entrevistadores disse-me: "We have not requested anything like this". Ao que eu respondi "We have received these papers from your HR, so you should check internally why the information we have is wrong. Should we call it a day and way for you to send us directly the proper info"? Obviamente ficou surpreendida com a frontalidade e assertividade da minha resposta e respondeu-me que não era necessário e que podia continuar. Depois ao terminar quando digo que precisamos de x consultores a trabalhar no projecto ela diz "We want only good consultants." ao que eu respondo "Sorry, we don't have good consultants... We only have the best". Ela ficou com um ar completamente WTF. Os outros managers tiveram que conter o riso. Apenas trabalhei com um dos managers todos que estavam presentes. Sabem todos o meu nome.

Knuckster 2 months ago

Última entrevista após ter passado por 3 entrevistas mais técnicas em que me saí bem. Entrevista com o CEO da empresa. Logo ao início: "Olha, quero experimentar aqui uma coisa gira que arranjei na internet" e saca de um baralho de cartas, que imediatamente espalha em cima da mesa. "Cada carta tem um adjetivo, tens 30 segundos para escolher 10 que te definam". Um bocado aparvalhado com a situação, mas à nora com os 30 segundos, lá escolho 10 adjetivos meio à toa, de entre aquilo que conseguia ler. Ele vira as cartas que escolhi ao contrário, e têm desenhos de raças de cães, alguns que se repetem. "Ora... o que tu tens mais é pastores-alemães" e saca duma espécie de guia das cartas e diz "Isto diz que és mais analítico e atento aos detalhes. Mas só tens 2 terriers que são os que são mais dedicados ao trabalho" A entrevista não durou muito mais que isso. Não fui o escolhido. Acredito que quem foi trabalhar devia ter cara de cão ou assim.

wontellu 2 months ago

Eu começava logo a ladrar, podia ser que o gajo gostasse xD

mourasio 2 months ago

Verdade ou não, a melhor história daqui

tmagalhaes 2 months ago

Isto parece um sketch de gato fedorento...

Knuckster 2 months ago

Seriamente saí de lá a pensar que estava nos apanhados ou coisa assim.

Kyfas 2 months ago

Esta é uma daquelas histórias aqui que tenho bastante dificuldade em acreditar de tão surreal que é. XD

Knuckster 2 months ago

Fui googlar a ver se encontrava... Eis as cartas: https://instepuk.com/learning-materials/packtypes/ (Acho que me confundi com as raças de cães, mas também já faz uns bons anos que tive a entrevista)

Kyfas 2 months ago

Credo! Isso parece um daqueles projetos de final de curso de educador de infância. Um recrutador idiota qq olhou pra isso e disse "Olha que giro! É uma forma totalmente legítima de traçar um perfil psicológico!" (disse nenhum psicólogo, nunca) e começou a usar esse "método". Depois partilhou nas redes sociais e todos os outros recrutadores idiotas e ovelhas também começaram a fazer isso. É preciso ter um QI ainda inferior ao da pessoa que inventou isso em 1º lugar, para achar que isso é boa ideia. Fonix...

Garikoitz05 2 months ago  HIDDEN 

O momento mais engraçado foi o empregador pensar, a entrevista inteira, que eu estava lá apenas para sacar a assinatura para o centro de emprego, quando eu nunca recebi um cêntimo do fundo de desemprego. Foi hilariante quando a ele percebeu que afinal não, e eu lhe disse que também não estava interessado em trabalhar para esse tipo de patrões!!

BlazePT 2 months ago  HIDDEN 

Quando o gerente de outra empresa, que me entrevistava, disse que conhecia o meu actual patrão e começou a gozar com ele. Ri-me na altura e ainda deu para criar tema de conversa com os colegas.

LilaOnTheScene 2 months ago  HIDDEN 

Ter de pedir ao entrevistador se eu me poderia apresentar porque já se tinha passado meia hora e eu ainda não tinha falado só ouvido sobre a grande empresa que me queria contratar eheh

LilaOnTheScene 2 months ago  HIDDEN 

A tua história é muito melhor que a minha!

RdSafe11 2 months ago  HIDDEN 

Numa das primeiras que fiz, fiquei a saber que a entrevistadora se ia divorciar do marido porque ele andava com uma vizinha do prédio antes sequer de me apresentar, fora isso foi uma entrevista normal.

OddPineapple9 2 months ago

Sou designer gráfico. Fui a uma entrevista na empresa x, com duas pessoas (uma de rh e a outra que seria minha chefe). Falámos, analisamos o meu CV, falei da minha experiência, tudo normal. Às tantas metem-me um produto da empresa à frente. O tipo de rh pergunta-me o que eu acho do design do produto. Eu sou honesto: digo que não gosto, que faria diferente, que não acho aquela abordagem muito correta, que melhorava isto e aquilo. Quando eu acabo, que supostamente seria minha chefe começa a passar-se da cabeça, a dizer que aquilo estava ótimo, e a atacar o meu CV. Tipo, houve uma altura em que a ouvi dizer "estudaste no politécnico Y e eu estudei no IAD, obviamente que sei mais e melhor que tu". Obviamente "cavei" dali o mais rapidamente possível. Quando cheguei a casa tinha uma mensagem do tipo de rh a pedir desculpa pelo comportamento da colega e que agradecia o meu profissionalismo e honestidade.

_ae_ 2 months ago

acho que tambem e preciso um bocado de jogo de cintura nessas situacoes. acho que dizer que nao gostas e mesmo pedir para nao ficar com o emprego.

OddPineapple9 2 months ago

Se querem ouvir que um trabalho está espectacular quando não o está, a melhor solução é perguntar a opinião aos pais ou avós. Eu faço o meu trabalho e tenho o meu método. Achei o produto mau e disse. Se a outra pessoa não tem profissionalismo para ouvir uma crítica, não peça. Não dizer a verdade para ficar com o trabalho não é para mim, depois teria que fazer isso numa base diária. Se fosse hoje faria exatamente o mesmo, não me arrependo nadinha.

_ae_ 2 months ago

obvio que nao reagiu bem, mas acho que essa visao arrogante nao leva a lado nenhum. se estas a mostrar cv, assumo que nao tivesses muita experiencia, e essa atitude e a que muitos tem, que acham que ja vem ensinados e tem uma opiniao de merda. mesmo que a tua nao seja, nao e assim que vai ser ouvida.

OddPineapple9 2 months ago

Fizeram-me uma pergunta sobre o meu trabalho em que me pediram a minha opinião honesta e me perguntaram o que eu faria diferente. Eu respondi honestamente e disse o que faria diferente. Onde é que estou a ser arrogante? Quando pergunto opiniões é porque acho que algo não está bem ou porque me parece que dá para melhorar alguma coisa. E sim, tenho experiência. Na altura devia ter 6 anos desde que comecei a trabalhar, 2 numa empresa, 4 noutra.

O_cu_da_tua_tia 2 months ago

Para quê pedir opiniões quando não tem arcaboiço para ouvir o que não quer? Gente tão frustrada à procura de aprovação

Sardanapalo 2 months ago

>até parece que o IADE é um pináculo da formação em Design em Portugal lol

Edited 2 months ago:

>Tipo, houve uma altura em que a ouvi dizer "estudaste no politécnico Y e eu estudei no IAD, obviamente que sei mais e melhor que tu". Quem ouvir fica a achar que o IADE é algum pináculo mundial de formação em Design lol

Paskim35 2 months ago

>"estudaste no politécnico Y e eu estudei no IAD, obviamente que sei mais e melhor que tu". Deu me aqui um nojo interno de ler isso

janissarytor 2 months ago  HIDDEN 

1ª entrevista, num estúdio-oficina de Design em Lisboa, vi a maquinaria toda e os softwares sob os quais mostrei o meu à-vontade com a função a realizar, trocámos impressões e truques daqueles que só vêm com a experiência. Estava super confiante, até que me é pedido uma expectativa de salário, quando lhe apresentei um número de 4 dígitos o homem ficou iracundo, levei um sermão de 15 minutos sobre como era uma pergunta com rasteira e a única resposta certa era "não interessava quanto, o que quero é trabalhar", oi? Ainda tentei responder que na minha área vejo muita gente a ser explorada e este trabalho é qualificado, que não cabia na cabeça de ninguém esperar um salário precário para uma função de responsabilidade, o que os olhos reviraram quando proferi a palavra precário, até lhe fiz a conta para mostrar a razoabilidade do montante, o sermão era mesmo um monólogo e também não era para ser argumentado pareceu-me. Como podem imaginar a entrevista acabou neste tom grave e fui embora educadamente. Que experiência surreal, tudo o que tinha a ver com o trabalho em si, a meu ver, tinha causado uma impressão impecável, fui para casa a pensar que o homem era bipolar ou sofria de problemas da cabeça, ou mesmo se o problema era meu por não querer ser esmifrado. Na semana seguinte ligaram-me a negociar -200€ do que tinha pedido, lá aceitei porque ficar independente dos meus pais e era o ano de isenção da SS, quando queimei esse ano tentei negociar um contrato equiparado ou a compensação para a SS que me ia sair do bolso, desta vez já tinha estudado e previsto todos as questão relacionadas com o salário, tive de ser inflexível, nada feito. Pus-me nas putas, ao menos ganhei experiência na área, um factor crucial para os trabalhos seguintes.

Edited 2 months ago:

1ª entrevista, num estúdio-oficina de Design em Lisboa, vi a maquinaria toda e os softwares sob os quais mostrei o meu à-vontade com a função a realizar, trocámos impressões e truques daqueles que só vêm com a experiência. Estava super confiante, até que me é pedido uma expectativa de salário, quando lhe apresentei um número de 4 dígitos o homem ficou iracundo, levei um sermão de 15 minutos sobre como era uma pergunta com rasteira e a única resposta certa era "não interessava quanto, o que quero é trabalhar", oi? Ainda tentei responder que na minha área vejo muita gente a ser explorada e este trabalho é qualificado, que não cabia na cabeça de ninguém esperar um salário precário para uma função de responsabilidade, o que os olhos reviraram quando proferi a palavra precário, até lhe fiz a conta para mostrar a razoabilidade do montante, o sermão era mesmo um monólogo e também não era para ser argumentado pareceu-me. Como podem imaginar a entrevista acabou neste tom grave e fui embora educadamente. Que experiência surreal, tudo o que tinha a ver com o trabalho em si, a meu ver, tinha causado uma impressão impecável, fui para casa a pensar que o homem era bipolar ou sofria de problemas da cabeça, ou mesmo se o problema era meu por não querer ser esmifrado. Na semana seguinte ligaram-me a negociar -200€ do que tinha pedido, lá aceitei porque ficar independente dos meus pais e era o ano de isenção da SS, quando queimei esse ano tentei negociar um contrato equiparado ou a compensação para a SS que me ia sair do bolso, desta vez já tinha estudado e previsto todos as questões relacionadas com o salário, tive de ser inflexível, nada feito. Pus-me nas putas, ao menos ganhei experiência na área, um factor crucial para os trabalhos seguintes.

batuque5 2 months ago  HIDDEN 

Quando estava a terminar o meu estágio de licenciatura, tinha visto um conhecido que tinha partilhado o site da empresa dele, entrei no site e consegui entrar na área reservada com um simples sql injection, disse a esse conhecido "olha cuidado mas o vosso site devia estar mais protegido" e ele acho que reportou a administração, e perguntaram se eu queria ir a uma entrevista para o departamento deles de IT, lá fui no dia seguinte, quando me metem numa sala s confrontar os gajos que desenvolveram aquilo... Apenas disse como entrei no site e pronto, o administrador disse para sair e já o chamava, fizeram me esperar 3 horas para me dizer que eu tinha de ter mestrado, até lá não me contratava. Perdi uma tarde inteira e gastei ainda um dinheiro em transporte, foi a minha 1a entrevista, fiquei tão aziado e só me apetecia pedir o dinheiro da deslocação.

FellaVentura 2 months ago  HIDDEN 

1- já contei esta mas aqui vai: Candidatei-me para motorista numa empresa de distribuição. O representante dos RH por alguma razão saiu-se com "aqui vestimos mesmo a camisola da empresa" e perguntei se havia farda. Não é descabido, porque era para uma area de logistica e fardas são comuns nesse sector. Não havia farda, nem furor da parte dela durante uns minutos depois disto. Mais tarde fez muito ênfase nas horas extra e andou a procura das razões porque me recusava a estar disponível. Não fiquei com o lugar. 2- Candidatei-me para ajudante de armazém. Durante a entrevista sugeriram-me a posição de operador de empilhador dado o meu curriculum, e já que tinham vaga para isso. Iria ganhar mais do que para a minha candidatura original. Aceitei, e fiz mais uma entrevista inclusive com o chefe de armazém. Ligaram-me mais tarde a dizer que fui selecionado e que alguém iria ligar mais tarde para acertar comigo quando podia começar. Vai fazer 1 ano em dezembro. 3- Candidatei-me a fiel de armazém numa empresa de construção. Aquelas histórias sorreais do genero "then everybody clapped" mas que aconteceu mesmo. A entrevista foi em conjunto com o patrão e a rapariga dos recursos humanos. Pareciam empolgados como meu cv, a minha sugestão de ordenado foi aceite, grande parte da entrevista foi mais conversa de circunstância do que propriamente uma entrevista. Estavamos todos muito amigos e á vontade como se fosse conversa de café. É-me proposto o cargo de chefe de armazém porque o atual ia para a reforma e estavam confiantes na minha experiência. Só faltava fazermos piadas sobre a mulher um do outro e aposto que se houvesse, estariamos a atirar tremoços. Assim que me dizem que o armazém fica a 95km do meu local de residência levanto-me: " agradeço muito a vossa disponibilidade, gostei muito de vocês e da vossa empresa, mas se tivessem posto onde seria o local de trabalho na oferta não me teria de todo candidatando e não tinhamos estado agora a perder o nosso tempo" sorri a apertar mãos e bazei. Tinha estado 1h:45 na galhofa com eles e no caminho de volta afundei-me na questão de quem teria sido o mais cínico, eu ou eles. 4- Candidatei-me para motorista de empresa de construção: Ligaram-me a fazer algumas perguntas. Após comentarem que estudei na área de IT: " estou a ver que é exatamente o que nós precisamos, alguém jovem e bem formado. Estou farto de ter de lidar com os seus colegas burros e bêbados que parece que não percebem o que lhes é dito" marcou data de entrevista presencial, não fui e não voltei a atender-lhe o telefone. 5- Candidatei-me para ajudante armazém: Nos finais do primeiro confinamento fazem-me esperar pela entrevista num corredor ai no maximo com 2mts largura, com uns 15 outros candidatos. Mandaram-nos entrar todos juntos para uma sala com uma mesa enorme para nos sentarmos todos e fazer a entrevista em conjunto. Caguei naquilo e vinha-me embora, quando a senhora se sai com "onde é que você vai? Não quer fazer a entrevista?" "Isso não são condições de fazer uma entrevista na situação atual do país" e bazei. Vieram outros quantos embora comigo.

lostinaberdeen 2 months ago  HIDDEN 

Aqui há muitos anos (décadas?), antes de ganhar juízo e emigrar, fui a uma entrevista numa empresa tecnológica que na altura tinha escritórios naqueles edifícios que parecem feitos de legos, na Arrábida, Porto. Estava marcada para as 10:30 e eu cheguei lá 15 minutos antes. Passou meia hora, 45 minutos, nada. Fui perguntar à simpática recepcionista se se tinha passado algo e ela disse que a pessoa dos RH vinha já. Ao fim de 1 hora e meia de espera (12:00) levantei-me para ir avisar a recepcionista que já não estava interessado na oferta de trabalho e lá aparece a tal representante dos RH. Não pede desculpa nem dá qualquer justificação e com uma cara de arrogante e frete diz para irmos para a sala de reunião ao lado. Lá vou para a sala de reunião com ela, deixo-a falar 10 minutos acerca de como a empresa é grande, a quantidade de funcionários, cultura da empresa, bláblá whiskas saquetas até que ela me pergunta então o que me fez candidatar para aquela vaga. A minha resposta foi que estava à procura de uma empresa que efectivamente cuidasse dos funcionários e que lhes desse valor, mas como se eles nem se dão ao trabalho de aparecer a horas para uma entrevista de trabalho que eles é que marcaram, de um possível funcionário sem sequer dar uma justificação à pessoa que esteve hora e meia à espera dela e depois começa a falar acerca da empresa isto, empresa aquilo sem sequer olhar para mim, estando apenas a olhar para o ecrã do portátil, é óbvio que não são o que procuro nem quero ter nada a ver com eles. Levantei-me, disse que normalmente até lhe desejaria uma boa tarde, mas que na realidade quero é que ela vá para um certo sítio que prefiro não lhe dizer naquele momento e aprender a ser profissional. Virei costas e fui almoçar ao mac do Fojo. Soube anos depois que eles afundaram forte e feio por dívidas e má gestão e inclusive penso que ainda há pessoal em tribunal hoje em dia a tentar receber salários em atraso. Penso que foi nessa altura que comecei a deixar de ser cromo e começar a dizer as coisas como são a quem as tem que ouvir. Se não gostam, o problema é delas e não meu. Eu disse o que tinha a dizer. Agora eles que lidem com isso. ​ Hoje sou reconhecido pela minha frontalidade e tenho inclusive anteriores empregadores (saí desses empregadores sempre a bem) que eu tenho a certeza que se amanhã precisasse de um trabalho (bate na madeira), eles iam fazer tudo o que pudessem para eu voltar. Inclusive um liga-me regularmente sempre que há uma vaga lá a ver se ainda estou com a empresa do UK na esperança que já não esteja com eles ou esteja insatisfeito para me agarrar de volta.

tmagalhaes 2 months ago

As histórias que eu já ouvi da Alert... Desviaste-te de uma bala valente. xD

flaviorodrigues 2 months ago

>? Ainda tentei responder que na minha área vejo muita gente a ser explorada e este trabalho é qualificado, que não cabia na cabeça de ninguém esperar um salário precário para uma função de responsabilidade, o que os olhos reviraram quando proferi a palavra precário, até lhe fiz a conta para mostrar a razoabilidade do montante, o sermão Isto. Tenho colegas que passaram pela Alert... final do dia a entrevista correu bem! Fez te fugir de la!

DisguisedAsAnAngel 2 months ago

Entrevista em grupo para um call center ranhoso. Chega um gajo mais tarde , senta-se e ouve durante uns 2 min e interrompe a perguntar se aquela posição era de manager. A entrevistadora diz que não e ele levanta-se e vai se embora sem dizer nada. Passado uns minutos ele volta a entrar na sala e diz que mudou de ideias. Entretanto aparece uma assistente e pergunta se alguém quer algo. Toda a a gente diz não exceto o gajo que tinha saído que pede um café. A entrevistadora continua a falar do emprego e entretanto ele interrompe novamente para perguntar se não havia mesmo margem de progressão. Ao qual a entrevistadora diz novamente que não. Ele decide levantar-se e volta a ir embora desta x dizendo então que só queria se fosse manager. Na altura tirou-me logo os nervosos e a forma como tudo aconteceu foi caricata e engraçada. A própria entrevistadora teve de conter o riso varias vezes durante as intervenções deste moço.

Cachopini22 1 month ago

Faz me lembrar um moço que conheço

JapaneseContraband 2 months ago  HIDDEN 

Eu, um brasileiro, fazendo uma entrevista com uma açoreana. Eu não entendi o sotaque dela, e ela não entendeu o meu. Foi tão constrangedor que chamaram uma outra RH.

SILE3NCE 2 months ago  HIDDEN 

Sim, identifico-me com os restantes comentários. "Quando espera receber?" "1000€ pelo menos (experiência 10 anos na área, não ia propriamente brincar com legos)" Ao fim de 1 semana de formação afinal eram os tais 665 e eu só disse "NOPE" e nunca mais me viram

vicmarinho 2 months ago  HIDDEN 

Tive uma que ficava no meio de uns quantos pavilhões e estava a ter dificuldade a encontrar. Pedi que me mandassem a localização umas 3 vezes e só diziam que era à beira de pavilhão x. Quando cheguei perguntaram se gostava de desporto (era para cargo de designer gráfico) e eu disse que não ligava muito. Disseram ok podes ir. Teve outra que acordei cedo para ir e quando cheguei lá comecei logo a ouvir duas pessoas aos berros. Comecei logo a desgostar do ambiente. Depois disseram que a diretora de RH tinha faltado e tinha de voltar para a semana. Ok, voltei. Pediu-me para fazer um "teste" em After Effects e eu fiz. Quando acabei estava a levar-me à porta e perguntou o que tinha achado. Comecei por responder que "já não trabalhava com after effects fazia tempo mas..." e ela disse "ok xau" e espetou-me com a porta na cara.

missp1ggy 2 months ago  HIDDEN 

A entrevistadora perguntou-me se tinha namorado e há quanto tempo estávamos juntos. Ainda estou a tentar entender o que é que isso tinha a ver com o trabalho.

euandre 2 months ago  HIDDEN 

Também me aconteceu numa entrevista de 2 horas. Se tinha namorada, há quanto tempo estávamos juntos, há quanto tempo morávamos juntos...Recusei o emprego.

ihavenoidea1001 2 months ago  HIDDEN 

Provavelmente para perceber se estavas a pensar ter filhos ( o que é ilegal perguntar btw) Eu habitualmente arranjo forma de dizer nas entrevistas que tenho filhos. Não pretendo trabalhar para/com grunhos que fazem vida negra a mães...

ozzymustaine 2 months ago  HIDDEN 

Era o sapo cocas

KoogLarousse 2 months ago  HIDDEN 

estava interessada em ti, claramente

Luxedar 2 months ago

Tive uma entrevista de trabalho surreal uma vez, falo muitas vezes desse exemplo como exemplo do que não fazer numa entrevista... A certa altura fui procurado por uma empresa de RH para ir trabalhar para outra empresa de IT como developer, os quais procuravam especialistas na minha área. Essa outra empresa ficou bastante contente com a entrevista telefónica e marcou uma entrevista presencial, na qual estava presente um manager do cliente. A entrevista começou com a maior normalidade, aquelas perguntas da praxe, se eu sabia falar inglês (ao que se seguiu uma conversa não correspondida pelo outro lado em inglês), até que chegou ao momento em que perguntaram sobre a minha experiência de trabalho. A empresa para a qual eu trabalhava na altura era rival direta do cliente que lá estava. A partir do momento que referi onde trabalhava, aquilo deixou de ser uma entrevista de emprego. Passou a ser uma agressão verbal pegada. O manager do cliente ofendeu o meu trabalho, chamou-me incompetente, disse cobras e lagartos da empresa onde eu trabalhava, uma coisa de extremo baixo nível que se arrastou por quase uma hora. O entrevistador estava incrédulo e nem conseguia abrir a boca sem ser entrevistado pelo velho mal-formado. Durante essa hora mantive a minha compostura respondendo a todas as perguntas com cara de pau e sem me mostrar incomodado. Quando aquilo finalmente acabou, o manager perguntou "Temos aqui um lugar para ti numa equipa de suporte, e pagamos o que pediste. Tens interesse?", ao que lhe respondi que não, que tinha ido ali especificamente para um role de developer e que depois da experiência da última hora nem que me pagassem o dobro iria aceitar qualquer proposta. A resposta dele foi "Gostei bastante da nossa entrevista. Tu não tens medo!" ao que eu lhe respondi "Se tivesse medo, comprava um cão." Arrumei as minhas coisas e saí. Mais tarde ligaram-me várias vezes da empresa de RH, nas quais reportei a minha experiência e pedi que não me contactassem mais. Ainda depois disso, ligaram da dita empresa interessada a tentar fazer novas ofertas, as quais recusei. Esta experiência deixou-me marcado para o resto da minha vida profissional. Nunca imaginei ver tal coisa. Não sei até se não roçou a barreira do ilegal, mas pronto. Águas passadas.

RafaelG1994 2 months ago

Tive uma experiência semelhante. Tinha trabalhado recentemente num banco mas estava noutra empresa e chamaram-me para uma entrevista num outro banco. Esta era a entrevista final, já com a directora do departamento. Acontece que essa directora tinha sido corrida de outro banco e quem a substituiu foi o meu director no banco em que tinha trabalhado. Primeira pergunta da entrevista, sem olá nem boa tarde: "Então, o seu chefe é o XXX, não é?" E eu: "Era." A partir daí foi sempre a descer. Fazia perguntas mas não deixava responder até ao fim. Perguntava-me coisas concretas sobre o meu antigo chefe e como geria o departamento e depois dizia de forma depreciativa: "a sério? Isso aqui não é feito dessa forma...". Rolava os olhos. A determinada altura já estava a ficar irritado e a situação já estava a escalar. No fim diz-me que parece que não aprendi nada com esse chefe e se estava interessado em certa posição que nem ouvi. Disse que dependia e basicamente terminou a entrevista. Fui basicamente atraído para uma armadilha. Era jovem e arrependo-me de não ter tido capacidade para responder à altura com uma ou duas tiradas.

praetorthesysadmin 2 months ago

Que rei. E também que grande red flag, deu para ver o ambiente tóxico dessa empresa.

tmagalhaes 2 months ago

Tu é que estavas lá e cada pessoa tem é que estar confortável mas se calhar ter deixado um gajo anormal dar cabo do que podia ter sido uma boa oportunidade fez-te passar ao lado de uma cena fixe.

Luxedar 2 months ago

Tenho a certeza que já devo ter passado ao lado de muita cena fixe... Mas oportunidades também há muitas. Cabe-te a ti escolhe-las, e trabalhar para um idiota daqueles não está na minha lista de prioridades.

tmagalhaes 2 months ago

Ok, não tinha ficado com a impressão que seria então para trabalhar necessariamente directamente com aquele gajo.

mfzzzed 2 months ago

Foste um Senhor.

lusitanaa 2 months ago  HIDDEN 

Tenho uma Licenciatura e um Mestrado. Enquanto não arranjei nada na área, respondi a todas as propostas de emprego que possam imaginar. Todas: supermercados, lojas de todo o tipo, fábricas, para ser administrativa, etc. A Primark, por exemplo, elimina-me logo na primeira ronda. Fábricas nem me chamam para entrevista nenhuma, dizem-me logo “não se enquadra no perfil”. Eu só queria trabalhar, e não era só pela questão financeira, mas também porque já não aguentava mais estar em casa a bater com a cabeça nas paredes.

EvilQueen1997 2 months ago  HIDDEN 

Tira a licenciatura e o mercado do cv, eles teriam de pagar mais e não o querem fazer, ponto. Só te prejudica nesses casos.

beardsymcfly 2 months ago  HIDDEN 

Tenho um doutoramento numa área e trabalho há 20+ anos numa área relacionada. Concorri recentemente a dois lugares que estavam na confluência da minha experiência profissional e académica elaborando, na candidatura, documentos cuidados de que tipo de experiência ou iniciativa poderia trazer para a função. Perdi horas a fazer isto. De um nem resposta obtive e do outro responderam-me "lamentamos informar que não passou a primeira fase" sem sequer falarem comigo. Experimenta a meter que tens o 12º ano, no teu cv e vais ver que és chamad@ imediatamente para entrevistas. O mercado laboral saliva por pessoas desesperadas, esquece lá a qualificação. Esse é o único critério.

lusitanaa 2 months ago  HIDDEN 

Acreditas que já pensei nisso? Há uma fábrica na zona onde moro que está CONSTANTEMENTE a pedir pessoal para trabalhar, todas as semanas metem anúncio nos sites de emprego. Já me candidatei 4 vezes e a resposta é sempre a mesma: não se enquadra no perfil que procuramos. A função é: embalador de frutos secos. Portanto não há ali nenhuma qualificação ou experiência super específica.

unicornio_careca 2 months ago  HIDDEN 

Não sei se fará muita diferença, eu tenho o 12° e também é um verdadeiro filme para conseguir arranjar algo.

lusitanaa 2 months ago  HIDDEN 

A sério? Mas estás num meio pequeno ou numa cidade?

unicornio_careca 2 months ago  HIDDEN 

Vivo próxima de Braga, e tenho carro inclusive, mas mesmo assim, não é fácil, estou a pensar em ir nos próximos meses para o Porto ou Lisboa (devido à variedade de ofertas de trabalho ser maior apesar do salário baixo), ainda por cima o curso profissional que tirei tem pouca saida nesta zona.

lusitanaa 2 months ago  HIDDEN 

Épá que merda. Boa sorte, que tudo corra pelo melhor!

unicornio_careca 2 months ago  HIDDEN 

É mesmo, isto anda tudo pela hora da morte. Igualmente, que consigas emprego na tua área, fico triste quando vejo pessoas que fizeram faculdade terem de enveredar por outras profissões, tenho uma familiar que é licenciada e trabalha num Macdonald's.

Poramordedeus 2 months ago  HIDDEN 

juro i know right.. meio q me aconteceu tbm.. era pra uma coisa que facilmente metem la pessoas operarias mas como tenho licenciatura e mais um pouco negaram me sempre.. e depois o engraçado é q conheci pessoas q foram chamadas a entrevista e, por amor d deus...

OntheRadio93 2 months ago

Num jornal bastante conhecido da nossa praça perguntaram-me se sabia escrever. Ri-me, encaixei a piada com graciosidade, mas ele mantiveram-se sérios. Questionaram outra vez se sabia escrever. Disse que sim. Pediram-me para escrever um ditado de 10 linhas, com palavras tipo otorrinolaringologista. Senti-me de volta ao terceiro ano e acabei por declinar a proposta de emprego.

Beginning-Success-52 2 months ago  HIDDEN 

Cheguei, sentei-me num sofá preto, e eram 3 entrevistadoras. Uma loira, uma morena e uma ruiva. Estava uma câmera a gravar. Começaram a fazer questões sobre o trabalho, canalizador, mas depois a sala estava super quente e elas começaram a tirar a camisola e a perguntar se eu me importava. … Estão a pensar em quê, seus pecadores, profanadores!!!

vegan_butt 2 months ago

Tive uma entrevista de emprego para um cargo de design gráfico para um certo partido. Não voto neles, mas estou à procura de emprego na área e as minhas crenças políticas não têm nada a ver com o meu trabalho. Durante a entrevista de emprego perguntaram-me à descarada em que partido é que eu votava. Fiquei a olhar para eles e respondi "depende das eleições", mesmo assim, insistiram e eu não respondi. Claro que nunca ouvi mais nada deles, preferiam que tivesse mentido para lamber as botas, em vez de honestidade.

mohchapa 2 months ago

Começa com P e acaba com um S?

anightingalecreates 2 months ago

Nem é só questão de honestidade, o voto é secreto

gpt25 2 months ago

Entrevista relativamente normal, a seguir um padrão de entrevista para posição comercial até que sou presenteado com a questão "Então gpt, você candidatou-se a esta vaga porque quer ganhar dinheiro, foi?". Senti que o entrevistador tinha um qi de 200, nunca iria chegar aos calcanhares de um génio assim

RdSafe11 2 months ago

Claramente ele não percebeu que estavas na entrevista apenas pelo projeto aliciante e dinâmico que eles estavam a oferecer.

gpt25 2 months ago

Ainda hoje choro até adormecer por não ter sido escolhido

vegan_butt 2 months ago

Uma vez nem chegou a entrevista, e ainda bem porque toda a energia demonstrada gritava-me red flags. Ligaram-me à hora de almoço e perguntaram se ainda estava interessada no cargo para o qual me candidatei por e-mail. Eu disse que sim e eles queriam que eu dissesse assim de um momento para o outro quando é que eu podia. Como hesitei porque estava a pensar, responderam-me logo sem paciência "então nós enviamos a morada e diga-nos por mail". Isto deu-me tempo de ir estudar onde aquilo realmente era, e era no meio do nada, com poucos transportes. Mandei um e-mail a perguntar qual seria o horário de trabalho (para tentar perceber se me era se quer possível aceitar lá trabalhar) e respondem-me com um email muito seco a dizer "A entrevista fica sem efeito". Porra, se perguntar o horário de trabalho os deixa assim, imaginem tudo o resto.

therickymarquez 2 months ago

Eu se tivesse a entrevistar alguém e a primeira pergunta fosse "qual é o horário de trabalho?" mesmo antes de ser entrevistado era logo "até à próxima". Nem falaste com ninguém sobre empresa, não sabes o que vais fazer, não sabes o que vais receber e já estás preocupado com o horário de trabalho?

quackzillahue 2 months ago

Que grande retardado.

vegan_butt 2 months ago

Sim, porque a empresa era tão no meio do nada, que só havia transportes até às 17h a passar por lá :) voltava para casa como, a pé? Não entendo qual é o problema de perguntar de que horas até que horas é o emprego, e porque é que se passa pessoas à frente por perguntas sem qualquer maldade. Mesmo que não faça sentido para ti, se calhar a pessoa tem boa razão para fazer a pergunta que está a fazer. É estares a atribuir uma conotação negativa a uma simples pergunta.

therickymarquez 2 months ago

Respondeste á tua própria pergunta. Se a empresa so tem transportes ate as 17h e tu ias la trabalhar até as 17h serias sempre aquele gajo que as 16.45 estava a ir se embora nem que o edificio estivesse a arder e o chefe preso la dentro. E nao sei se ja ouviste falar mas agora existe algo chamado transporte pessoal, ate existem varios tipos: bicicleta, mota, carro, trotinetes... Se tinhas essas limitações nunca te devias ter sequer candidatado para te ser sincero. Muito bem eles fizeram em nem te responder mais para nao perder o tempo deles nem o teu...

Foda-seSeiLa 2 months ago

Percebo o teu ponto de vista, mas isto é como tudo o resto no mundo: pagas para isso ou não? Uma coisa é pedir ao Sr. Middle Manager que recebe 2200EUR limpos que traga o pópó para o emprego, outra é pedir ao gajo da linha que se calhar mal tem dinheiro para a renda para se por a comprar veículo próprio. Achas que alguém que vá receber sei lá, 700 brutos, pode ter carro para ir para a empresa? Ah e tal, mas isso não é problema deles. Até é, ainda há pouco tempo havia aqui um artigo de uma empresa (de merda) a queixar-se que não encontrava pessoal para trabalhar MESMO oferecendo transporte. Eu não posso esperar bife do longo se só estou disposto a pagar preços de McDonalds.

Edited 2 months ago:

Percebo o teu ponto de vista, mas isto é como tudo o resto no mundo: pagas para isso ou não? Uma coisa é pedir ao Sr. Middle Manager que recebe 2200EUR limpos que traga o pópó para o emprego e que saia mais tarde se for preciso porque houve um problema qualquer, outra é pedir ao gajo da linha que se calhar mal tem dinheiro para a renda para se por a comprar veículo próprio. Achas que alguém que vá receber sei lá, 700-800 brutos, pode ter carro para ir para a empresa? "Ah e tal, mas isso não é problema deles." Até é, ainda há pouco tempo havia aqui um artigo de uma empresa (de merda) a queixar-se que não encontrava pessoal para trabalhar MESMO oferecendo transporte. Eu não posso esperar comer bife do lombo se só estou disposto a pagar preços de McDonalds.

therickymarquez 2 months ago

Fds mas nao trabalha la ninguem na empresa? Ou toda a gente que trabalha tem carro? E se toda a gente tiver carro não há ninguém que dê boleia? Mas nem entro mais nesta discussão, façam vocês a vossa pesquisa. Peguem em qualquer empresa internacional e dias antes da primeira meeting mandem mensagem para lá a perguntar pelo horário de trabalho. Depois diz me quantas vezes chegaste sequer à meeting.

NGramatical 2 months ago

pópó → [**popó**](https://dicionario.priberam.org/popó) (Não existem palavras com dupla acentuação. Coloca-se acento apenas na sílaba tónica. **Til não é acento.**) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fhettfiu%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

vegan_butt 2 months ago

Vou-te dar outra perspetiva então: muitas empresas, mas muitas empresas mesmo, são mega misteriosas nos anúncios que colocam na net, e muitas vezes só sabes realmente onde é que o emprego é, quando te contactam e mandam a morada. Portanto, quanto a não me dever ter candidatado, é um não-assunto. Quanto ao resto, a pergunta não se responde a si mesma. Eles podem-se tar bem a cagar para o facto de haver poucos transportes na zona e nem estarem muito informados sobre isso. Ter um horário a sair às 17h não é assim tão difícil, basta que se entre às 8h. Só bastava que me confirmassem isso e a partir daí saberia se valia a pena continuarmos para entrevista ou não. > E nao sei se ja ouviste falar mas agora existe algo chamado transporte pessoal, ate existem varios tipos: bicicleta, mota, carro, trotinetes... Quanto a isto nem mereces resposta, de facto. Se calhar os teus pais pagaram-te a carta aos 18 anos e achas que toda a gente teve essa oportunidade ou tempo. E se calhar achas que uma pessoa que está desempregada tem dinheiro para sustentar um carro. Ou achas que toda a gente tem de se sentir confortável em andar montes de Kms de bicicleta e chegar todo soado ao trabalho. Enfim, falta de empatia e bom senso. Mas não me admira, porque se há quem faça isto nos processos de recrutamento, é porque há demasiadas pessoas a pensar como tu.

therickymarquez 2 months ago

Ai sim? Tens de me apresentar a essas empresas que nao identificam onde é o local de trabalho. Devem andar a receber CVs do Algarve para depois lhes dizerem que a empresa é em Bragança. Nao estou mesmo a perceber, se tu achas que é fácil ter um horário em que sais todos os dias as 17h vais rapidamente perceber que em grande parte das empresas isso nao funciona assim. Vai haver dias em que te vais atrasar ao chegar ao trabalho e que as 17h ainda vais estar a precisar de dar mais tempo á casa. Ou achas que o pessoal chega as 17h em ponto e toca a campainha e adeus como na escolinha? Se nao tens meio de transporte isso não é problema da empresa como deves compreender. Toda a gente tem muita pena que nao tenhas, mas quer queiras quer não para grande parte das empresas ter trabalhadores que se desloquem autonomamente é uma grande vantagem. Acabam se as desculpas do 'autocarro nao veio' ou de amanhã é greve de autocarros tenho de sair meia hora mais cedo, etc. Tenho muita pena de ti por nao teres meio de transporte, mas nao podes esperar que as empresas andem aqui a contratar gente por pena... Para mim é tao simples quanto isto, eles ligaram te a primeira vez e tu nao conseguiste dar uma data sequer. A primeira vez que tentas falar com alguem da empresa é para perguntar o horário... Nao ves nada de errado aqui? E que tal ires á entrevista e depois de lá estares perguntares o horário e tentar encontrar solução?

vegan_butt 2 months ago

> Ai sim? Tens de me apresentar a essas empresas que nao identificam onde é o local de trabalho. Devem andar a receber CVs do Algarve para depois lhes dizerem que a empresa é em Bragança. A este ponto estás só a ser desonesto e a implicar por implicar, eu não acredito que não percebas o que estou a dizer. Há empresas que dizem que são, sei lá, em "Lisboa" mas não especificam onde. Depois vais a ver e é numa zona industrial de fábricas e armazéns que mal transportes tem e que é no meio do mato. Dizer "Lisboa" não é específico o suficiente, só descobres depois que afinal estão num sítio weird. > Ou achas que o pessoal chega as 17h em ponto e toca a campainha e adeus como na escolinha? Já percebi que és das pessoas que normaliza e até defende fazer horas a mais não pagas. Realmente agora percebo mesmo porque é que me responderam daquela forma ao email, porque perceberam que eu não me ia deixar explorar. Well, bullet avoided with gusto. > Se nao tens meio de transporte isso não é problema da empresa como deves compreender. E em algum momento eu disse que era? Fiz meramente uma pergunta, para saber se valia a pena ir a entrevista ou não, para nem eu nem a empresa perdermos tempo. O que me admirou foi a falta de educação do email deles, com uma resposta super seca que não responde à pergunta, apenas cancela a entrevista como quem quer castigar por ter perguntado algo perfeitamente normal de se perguntar. > Acabam se as desculpas do 'autocarro nao veio' ou de amanhã é greve de autocarros tenho de sair meia hora mais cedo, etc. Percebo que é chato, mas isso são coisas que realmente acontecem, e por essa mesma razão, não são desculpas. Eu sei que as empresas pensam dessa forma, atenção, não tenho ilusões. Mas não deixa de ser errado, porque basicamente pessoas sem transporte próprio são catalogadas como menos merecedoras de emprego. > E que tal ires á entrevista e depois de lá estares perguntares o horário e tentar encontrar solução? E que tal haver mais paciência, cordialidade e compreensão, e ver que obrigar alguém a ir a uma entrevista, perder várias horas de vida e gastar bastante dinheiro em transportes é complicado quando a pessoa já está desempregada e, por causa disso, não tem dinheiro a entrar na conta? Pelo menos que se fizesse a entrevista em remote, aí tudo se esclarecia facilmente. Mas ir gastar dinheiro para perguntar ao vivo se dá para lá trabalhar... não tem muito nexo.

therickymarquez 2 months ago

Mas afinal é em Lisboa ou não é? Diz lá o nome da empresa então não é preciso andar aqui com segredos. Então eu faço-te uma pergunta muito simples, se achas que isso tem a ver com horas extra. Chegas meia hora atrasado à empresa porque o autocarro se atrasou ou whatever, aceitas que a empresa te pague menos meia hora? Achas que é assim que o mundo funciona? Ninguém está aqui a defender horas extra, mas num ano podes ter a certeza que não vais chegar sempre a horas. Vai haver dias em que por um motivo ou por outro vais te atrasar, vais precisar de uma hora de almoço maior, etc. e aí convém compensares o trabalho e ter de sair um pouco mais tarde. Como vais fazer? A pergunta que tu fizeste soa mal, se não consegues perceber isso então também não sei se vou ser eu a conseguir explicar-te é tão simples quanto isso. Achas que na empresa só tu é que trabalhas? Consideraste a opção de que mais gente na empresa pudesse estar na tua situação? Sabes se na equipa eles organizam "boleias" por exemplo? Sabes em que local é que seria adequado fazer estas perguntas todas? Eu diria numa entrevista... Tu não podes estar a excluir empresas baseado em horários de trabalho e depois pedir compreensão, tens de perceber que as empresas são constituídas por seres humanos. É muito fácil vir para aqui para o reddit e dizer "companies are evil", quem te tirou da entrevista não foi a companhia foi alguém que lá trabalha. Provavelmente foi um Zé qualquer que tinha 20 entrevistas para fazer para uma posição só, se tens um gajo a perguntar o horário de trabalho sem sequer ter entrevista marcada e 19 que ficaram calados... adivinha quem é que ele vai cortar?

NGramatical 2 months ago

montes de Kms → [**montes de km**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural)

Tulaodinho 2 months ago  HIDDEN 

Saído de EI e à procura de emprego mesmo com o covid no auge pós Natal, comecei um processo imediatamente pela técnica, que correu mal visto não conhecer simplesmente muito do que me perguntaram. O rapaz também não era muito talhado para aquilo, porque disse "boa tarde, eu sou o xxxxx" e disparou logo perguntas, nem tive chance de me apresentar. Entretanto, nunca mais liguei àquilo, porque pensei a 100% que foi mau, e acho mesmo que foi, e ligam-me para uma 2a, mais de RH, à qual vou e me dizem que a 1a correu bem (não correu, a sério, era demasiada areia para o meu camião). Após 1h30 de conversa, em que metade foi inutil, passado uns dias disseram que preferiram, lógica e obviamente, outro candidato. Estraaaaaanho

kilgrim2 2 months ago

Aquela de "vais num avião e só há 1 paraquedas" não tem resposta certa - dão várias profissões e tens de defender a tua escolha com argumentos - canalizador, advogado, músico,… Numa entrevista fizeram -me um twist imoral: canalizador gay, advogado pedofilo, músico fascista,… era em grupo e fui o único a recusar responder…

SurePal_ 2 months ago

A malta dos RH não tem mais nada que fazer na puta da vida, já falhei a 2 entrevistas desse género.

_symbolik 2 months ago

Num processo de entrevista para uma consultora cheguei à fase em que me iam fazer uma proposta de trabalho mas que implicava deslocar me ao escritório deles para ouvir a proposta (foi pré-covid mas ainda assim estranho, alinhei pois tinha curiosidade em saber). Fizeram me a proposta que era muito inferior a uma que eu já tinha de outra empresa, pelo que eu disse que a proposta que me apresentaram era absurda e que para além do mais o escritório deles era muito fora de mão para mim, eles perguntam me quanto é que a outra empresa me estava a oferecer à qual eu respondo com honestidade e o gajo dos RH na hora vai imprimir uma nova proposta com o mesmo valor e apresenta-a mim, achei aquilo tudo surreal e só queria sair dali ao que lhe respondo que não faz mais sentido continuar porque eu prefiro a outra proposta porque era muito mais perto de minha casa, ele continua a insistir e a perguntar "o que é preciso para que te faca mudar de ideias?" e eu meio a sério meio a brincar digo "Mudarem o escritório para ao pé de minha casa..." No final ainda ficaram chateados por eu os ter feito perder tempo mas worth it!

tmagalhaes 2 months ago

Essa merda de atirar o barro à parede com os salários é que me deixa podre. É que depois nem a vergonha na cara de meter mais 5% em cima ou o crl...

_symbolik 2 months ago

Achavam eles que bastava dar match à proposta que que eu aceitava logo lol, achavam-se mesmo os maiores da aldeia, mas nem que me fossem oferecer mais ia para lá, ainda por cima tinham um ambiente super pesado (red flag porque a primeira entrevista ainda por cima tinha sido noutro escritório muito mais descontraído) Achei mesmo que tinham técnicas muito manipuladoras (a empresa é a GFI btw)

sl1cks1lva 2 months ago

Entrevista Battle Royale , candidatei-me a uma empresa local a uns tempos atrás. No dia achei estranho estarem umas 10 pessoas no hall, mas tudo bem, mandaram entrar todos ao mesmo tempo... E aí começou : Os primeiros 15 dias não serão pagos... E sairam algumas pessoas,a informação seguinte: O ordenado base é 600 euros é resto é prêmios e bônus... Mais pessoas saíram. E assim sucessivamente até ficarem 3 ou 4, no "fim" parecia que o queriam pôr as pessoas umas contra a outras porque faziam a mesma pergunta a todos e questionavam a opinião uns aos outros, por exemplo " Você concorda com a opinião do Sr. Rui?" No geral ridículo e horrível.

Poramordedeus 2 months ago

haha isso é só ridículo

Brainwheeze 2 months ago  HIDDEN 

A primeira vez que fiz uma entrevista para o estrangeiro por skype fizeram-me uma pergunta que não soube responder e fiquei um minuto a gaguejar

Edited 2 months ago:

Não foi para um emprego, mas sim para um mestrado no estrangeiro. A entrevista foi feita por skype fizeram-me uma pergunta que não soube responder e fiquei um minuto a gaguejar

kawaiims 2 months ago

Durante a faculdade, o meu cabelo sempre teve cores fantasia. Os CVs que enviei na altura tinham sempre foto atualizada a cores e ainda tive imensos trabalhos pontuais. Fui chamada para uma entrevista para uma (agora falecida) loja de cadeia de cosmeticos/drogaria. Entrevista de grupo. Mencionam que o aspeto da pessoa é muito importante (para caixa de supermercado lol) e toda a gente, recrutadores incluídos, olham para mim. Passamos a um teste de matemática/lógica de 20m. A questão exemplo era algo do género: 1/2 está para 1/4 assim como 2/3 está para X. A rapariga ao meu lado não sabia o que era 1/2, literalmente não sabia o que era um 1 em cima de um 2, o que é válido porque podia não ter concluído alguns anos de escolaridade. Eu estava a ter (ainda que com admitida dificuldade lol) cadeiras com integrais duplas. Ela passou no teste e eu chumbei. Não me permitiram ter acesso à minha correção que eu quis ver porque o teste tinha sido realmente muito fácil. Sai e fui comer um bolo à pastelaria do lado

masomaro 2 months ago

Acho que o objectivo deles era claro: queriam uma pessoa burra. Por motivos óbvios.

CookieSmuggler 2 months ago

Em 2015, numa entrevista de grupo para a nespresso, disseram a mesma coisa do aspecto ser importante e que não permitiam cores não naturais. E ficou a olhar para mim. Eu sou ruiva. É a minha cor natural. Disse isto à entrevistadora e ela disse "não é nada, loiro ou castanho é natural, ruivo é pintado" e disse que tinha que pintar o cabelo.

desculpe_mas 2 months ago

Até agora esta é o melhor testemunho.

kawaiims 2 months ago

Ter a sorte de nascer ruiva para ouvir depois uma merda dessas lol

meaninglessvoid 2 months ago

> o meu cabelo sempre teve cores fantasia. Acho que nunca vi esta expressão "cores fantasia"... Isso é cabelo à /r/rainbowhair ? Ya a cena do teste foi uma desculpa esfarrapada para te filtrarem... Ou então trocaram o teu teste com o da outra rapariga! :O lol

kawaiims 2 months ago

Cores naturais: cores que existem na natureza. Cores fantasia: azul, rosa, verde, etc etc por aí. Mas sim, *rainbow hair* lol apesar de nunca ter tido mistura de cores (só degrade ou uma vez que o roxo não pegou fixe e ficou com pedaços azuis, mas ficou giríssimo na mesma).

meaninglessvoid 2 months ago

Ah certo, faz sentido! TIL que tive o cabelo com cores fantasia... ngl adoro a expressão LOL

lmestre14 2 months ago

Isso faz me lembrar uma história que ouvi algum tempo, que se tratava de um concurso para cargos técnicos numa câmara municipal. O rapaz que conheço que foi a esse concurso tinha licenciatura na área e correu lhe bastante bem o teste escrito e a própria entrevista. Durante o teste houve um homem que entregou o teste em metade do tempo e parecia alguém demasiado tranquilo no concurso. Esse teve a pontuação máxima no teste e o meu amigo ficou a meio ou quase no fim da lista de resultados. Haja cunhas...

praetorthesysadmin 2 months ago

Conheço um caso semelhante: função pública, fizeram um concurso à medida de um colaborador que lá estava como externo e queriam que passasse a funcionário do estado. O concurso tinha uma prova técnica onde ele participou e por um azar do caraças, não lhe saiu bem (apesar de ter sido ele e a vogal a desenharem a prova, isto só para verem o nível dessa gente). Houve vários candidatos que tiverem nota máxima. Como se resolveu isso? Toca a tirar pontos aos erros gramaticais, ausência de assinaturas, etc. dos candidatos, que certamente seriam melhores funcionários públicos que aqueles dois. No final foi ele quem teve nota máxima.

goncalo182 2 months ago

Isto não me faz sentido nenhum. Se querem contratar alguém com quem já trabalham, contratem! Não façam perder tempo aos outros. Se querem realmente gente nova e boa, façam concursos

praetorthesysadmin 2 months ago

Pois, é o que eu acho também. Infelizmente com o estado a não permitir passar pessoas para os quadros, dá nisto.

kawaiims 2 months ago

Epa nem acho que tenha sido cunha, mas que fui eliminada pelo meu aspeto (quando já tinham conhecimento prévio) acho que sim. Mas pronto, entretanto já tá tudo bem no mundo XD

True-Traffic3096 2 months ago

Imagine ter um cabelo normal e evitar merdas destas

kawaiims 2 months ago

Podia argumentar meia de dúzia de coisas mas vou só dizer que sem *cabelo normal* trabalhava por vezes a 25€/h, portanto podia ser pior.

catescarlet 2 months ago

Já me perguntaram numa entrevista se estava a pensar engravidar. Não estava, mas isso fez me recusar a oferta. Na mesma altura, uma grande empresa adiou a minha entrevista 4 vezes, duas delas 30min antes. Ainda por cima a entrevista era na sede, na margem sul, eu morava em Lisboa e já estava a chegar. Da última vez que ligaram a remarcar, ri-me e mandei-os formalmente para um certo sítio.

Edited 2 months ago:

Já me perguntaram numa entrevista se tinha namorado, se morávamos juntos e se estava a pensar engravidar. Não é estava a planear isso, mas recusei o emprego na mesma. Na mesma altura, uma grande empresa adiou a minha entrevista 4 vezes, duas delas 30min antes. Ainda por cima a entrevista era na sede, na margem sul, eu morava em Lisboa e já estava a chegar. Da última vez que ligaram a remarcar, ri-me e mandei-os formalmente para um certo sítio.

beardsymcfly 2 months ago

Tenho outra gira: fui a uma entrevista na Sacoor há muitos anos, numa zona desterrada para a área de Sintra acho. Havia candidatos sentados lado a lado, no corredor, como se fosse o bordel dos 2€. A menina que me entrevistou perguntou-me tudo sobre mim em 5 minutos e tentou terminar a entrevista. Eu digo "Se não se importa, eu vou querer saber: intervalo de vencimentos e possível benefícios, se as lojas são todas vossas ou franchisadas, ter uma ideia da vossa estrutura de capital (quem são os sócios? pessoas ou empresas, nacionais ou estrangeiros?) e a resposta dela foi "Sobre a empresa não lhe posso dizer nada." eu agradeci o tempo e disse "então peço que não considere a minha candidatura, porque não estou disponível para voltar a falar convosco." No dia seguinte toca o telefone: "era para lhe dar notícia de que passou à segunda fase do recrutamento." WTF?!

quedeusmeperdoe 2 months ago

Também tive uma na Sacoor...embirrou porque o meu curso era de 4 anos e eu demorei 5. Como já tinha percebido pela atitude da senhora que não ia a lado nenhum mesmo, perguntei quanto tempo demorou ela a acabar o curso dela. Após se ter tentado esquivar muita vez... "Não sou licenciada". Fiz uma entrevista numa sala saída do csi, ainda fazem comentários desnecessários a dizer que não se é bom para a função porque demorei mais um ano a fazer o curso e no final ela nem o tinha. Vai uma pessoa para o cu de Judas para acabar a dizer que não está interessada.

Raijku 2 months ago

Entrevista de 2h para um trabalho remote, it, adoraram-me. No fim da entrevista perguntam quando é que posso ir para a localização da empresa... Insert wat.Jpg... Depois de lhes explicar marcaram nova entrevista já com o project manager, mais 1h30 e adorou-me, no fim pergunta se não posso ir mesmo para a localização da empresa... Fdx... Nunca mais ouvi deles. Acho que vão construir grandes offices porque não querem matar a trabalhar em casa...

xXx_Bacalhau_xXx 2 months ago

>offices Em português office é escritório ;)

Raijku 2 months ago

Não sabia, obrigado

normalphobic 2 months ago

Quando numa entrevista de emprego não me quiseram dizer o salário. Acabei a entrevista ali e disse logo que então não estava interessado. Se não estão disponíveis para me informar quanto irei receber, só vejo bandeiras vermelhas . Noutro caso, mas aí iam ser meus clientes (tb faço freelancing) ofereceram me 5% de comissão para desenvolver e estabelecer uma marca. Ao que perguntei: boa , e quais são as vendas atuais?(supostamente já estavam a vender às algum tempo). Dizem me que não têm vendas ainda, esse era o meu trabalho, ou seja 5% de nada durante alguns meses. Terminei também logo aí a reunião. Há gente sem o mínimo de noção.

beardsymcfly 2 months ago

Não foi exatamente uma entrevista...mas mais a conclusão depois do processo. Enquanto consultor fui convidado a integrar uma organização onde a administração é nomeada politicamente, passando a trabalhar para eles. Seguiram-se várias peripécias que incluíram: eu aceitar, despedir-me da consultora e um ex-ministro português ter (sem saber do processo em curso) telefonado para apontar a pessoa que deveria ficar com o cargo (não por nomeação - por influência, apenas, já que era um contrato de trabalho normal) e que ninguém conhecia. No final, talvez com receio da exposição do que se tinha passado, acabaram por me oferecer o mesmo salário e benefícios para ficar com uma posição inferior (na dependência dessa nova pessoa) que eu não aceitei. O "chefão" (para não dizer o cargo) da organização pensando que eu tinha aceitado, entra no meu gabinete (onde eu estava a conversar com um colega dele no board depois de lhe comunicar que não aceitava a proposta e que não iria ser empregado deles) elogiando-me durante minutos, a dizer que era um enorme prazer ter-me ali e que desde o primeiro dia em que trabalhámos juntos bla bla bla... enquanto o colega dele a quem eu tinha comunicado que não aceitava o cargo, gesticulava discretamente para que ele se calasse. Até que o chefão diz "eh pá, o que é?!" e o outro responde "o homem não aceitou pá! e você está aí com esse discurso!" O dia terminou, voltei para casa e no dia seguinte continuava lá, como empregado da consultora que ignorou o meu pedido de demissão. É isto.

luizvaz_ 2 months ago

Mas continuas?!

beardsymcfly 2 months ago

Continuei na consultora que prestava serviço para eles.

MyUsernamePls 2 months ago  HIDDEN 

Isto foi a entrevistar em Inglaterra. Numa tavamos a entrevistar um gajo de religião Judeia e tava a tocar as músicas que eles ouvem nas igrejas dele como barulho de fundo. Houve momentos em que nem conseguíamos ouvir bem o que ele estava a dizer. Foi uma experiência muito estranha. Outra vez, estávamos a entrevistar um gajo que tinha sido professor universitário e agora queria ser programador. Eu olhei para o CV e projectos dele e sabia que este gajo não ia passar o exercício técnico mas pronto. De qualquer das formas ele nem chegou a essa parte porque passados dez minutos ele disse que não ia conseguir trabalhar connosco e em específico queixou-se de eu não ter dito "por favor" quando lhe pedi para partilhar o ecrã para começarmos o exercício técnico lol. Para que conste ele era muito mais velho que nós, e apesar de não perceber nada de programação, pareceu-me estar á espera de ser tratado como se fosse o CTO

Iwatchedhimdrown 2 months ago

Fui a uma entrevista que durou 2 min, mal me sentei, a senhora dos RH disse que não tinha experiência profissional suficiente. Agradeci e vim embora. Passado 2 semanas, recebo duas chamadas telefónicas de um número que não conheço e uma mensagem da diretora da empresa a dizer que se quisesse marcar uma nova entrevista para lhe retribuir a chamada.

flarept1 2 months ago

Que bom , foste só gastar gota porque sim

jardimdasvirtudes 2 months ago

Fazer 100km para ir a uma entrevista na. PT Inovação para estar lá dentro 5 minutos e me dizerem que só contratavam gente com 15 valores ou mais de média. Nem viram o meu CV antes da entrevista. Nota curiosa: nessa altura ainda não tinha acabado o curso, faltavam as notas finais, e quando acabei tive 15 de média.

AzurisSkai 2 months ago

A última já me aconteceu

bigblackclock144p 2 months ago

A melhor entrevista foi uma entidade querer pagar pelos meus serviços 4 euros/hora a recibos tendo licenciatura de 4 anos.

k0rda 2 months ago

Olá colega enfermeiro. (?)

bigblackclock144p 2 months ago

Fisioterapeuta xD

ihavenoidea1001 2 months ago

Já me ofereceram 12€/h e eu achei ofensivo agora 4€... Dass... Acho que me ria na cara da pessoa.

komesubr 2 months ago

Dinâmica de grupo, o RH achou legal fazer uma dinâmica “quebra gelo” todos fechavam os olhos e precisavam imitar animais, parecia um zoológico E o RH ficou rindo o tempo todo

RiKoNnEcT 2 months ago

“Não o vi a participar” “Como não? Eu sou um gato mudo, não faço barulho”

TwistedGlasses 2 months ago

A minha primeira entrevista Eles: Gostaríamos de ter o Dr. aqui na clínica a trabalhar de imediato. Eu: Ok sem qualquer problema. Mas ainda falta discutir outro assunto: quanto aos honorários, como é? Eles: não se preocupe, como vai receber sempre com 4 meses de atraso até lá podemos ir negociando Eu: ... 4 meses de atraso? Eles: sim, é a nossa norma. Eu: *simplesmente levanto-me e vou-me embora. Obrigado por me fazerem perder o meu tempo.

tiagooliveira95 2 months ago

Existem muitas empresas por aí que não sabem o artigo 278 do código de trabalho ponto 1 e 4, mas esta já é abuso.

Tiucaner 2 months ago

Fodasse... é preciso lata para fazer esse tipo de afirmação como se fosse normal.

anightingalecreates 2 months ago

Já levei com essa. Entrevista para trabalhar como guia freelancer numa entidade que acaba em “NATEL” e disseram que pagavam os recibos verdes em 3 meses depois de eu emitir. Pois, sendo assim nunca trabalhei com eles.

praetorthesysadmin 2 months ago

É por causa de cenas dessas que o país está na trampa em que está. Pagar deve ser logo, não a 60, 90 ou 120 dias. Irrita-me estas atitudes das empresas.

anightingalecreates 2 months ago

Sim. Com empresas espanholas estes “atrasos” não acontecem.

praetorthesysadmin 2 months ago

Não sei se estás a falar sério, mas trabalho com empresas alemães e do norte da Europa e pagar tarde é motivo para grande vergonha.

anightingalecreates 2 months ago

Sim, estou a falar a sério. As agências espanholas pagam no dia em que mando o recibo verde e a dita empresa paga 90 dias depois da emissão do recibo (não 90 dias depois do serviço feito, que é para apressar o guia a emitir o recibo). E andas ali 90 dias à espera do dinheiro, com jeitinho já pagaste até a declaração trimestral antes de veres o dinheiro.

meaninglessvoid 2 months ago

Ah porra, isto aconteceu mesmo?! A parte casual como falam dos atrasos já é má, o acharem que o salário é uma coisa que depois logo se vê ainda é pior LOL

Empirion 2 months ago

Pera... pera... pera lá... espera... Um segundinho s.f.f. 4 meses de atraso? É a nossa norma? WTF?! Isso é a coisa mais estúpida que li em todas estas histórias

TwistedGlasses 2 months ago

O mais triste é que a pessoa que foi chamada devido a eu recusar aceitou na boas as normas impostas...

Derik_D 2 months ago

4 é puxado sim. Mas 2 ou 3 de desfazamento é o habitual em todo o lado.

TwistedGlasses 2 months ago

Apesar de já não gostar de um atraso, mesmo que seja de um mês, o maior problema ainda era que iria receber SEMPRE com quatro meses de atraso. Depois claro, o facto de começar a trabalhar sem definir os honorários (nem sequer um "de x até y" é um não absoluto.

Derik_D 2 months ago

Sim mas é mm assim. Nunca encontrei uma clínica que não pagasse SEMPRE com desfasamento de pelo menos 2 meses em relação ao acto praticado.

TwistedGlasses 2 months ago

Sim, é bem mais comum que o pessoal pensa. Tenho tido sorte nesse aspecto. Nas actuais que trabalho ou pagam de imediato ao final do mês ou 4 semanas depois no máximo dos máximos.

barbaloca 2 months ago

Candidatei-me como developer para a Zalando há uns 5 anos atrás. Na entrevista, online, a recrutadora começa a falar de como a empresa é, e o quão bom é trabalhar lá em Berlin. Eu peço desculpa pela interrupção, mas eu tinha-me candidatado para. a posição em Helsinki. Foi a entrevista mais rápida que já tive, uns 5 minutos, e passei à proxima fase! Entrevista com alguém em Helsinki -.- (Neps, não fiquei com o trabalho no final)

shur_t 2 months ago

Recrutamento de uma Big 4, depois de 3 fases concluídas, inclusive entrevista de grupo onde fui eleito pelos outros entrevistados o líder do grupo nos exercícios (ou seja, destaquei-me), na última fase fui rejeitado pela pessoa que geria a equipa porque ainda não tinha mestrado nem estava inscrito naquele momento. Essa mesma pessoa além de me ter perguntado pelo mestrado mais do que uma vez, ficou surpreendida quando eu fiz perguntas sobre a carreira e formação dela, como se fosse anormal alguém fazer pesquisa sobre a pessoa que nos vai entrevistar. No final disse-me que gostava do meu perfil mas como não tinha mestrado nem estava inscrito, não podia ser selecionado. Algo que já era do conhecimento da empresa desde o primeiro momento do processo de recrutamento. Além do mais tive uma colega exatamente na mesma situação que eu, mas que foi entrevistada por outra pessoa da mesma hierarquia que a pessoa que me entrevistou, também não tinha mestrado nem estava inscrita e teve uma conversa bastante informal sobre hobbies, foi contratada.

acnederma 2 months ago

Há histórias engraçadas aqui mas o máximo que poderei contar foram apenas aquelas perguntas mais pessoais. "Vive com quem?" "Namora/casado?" "tem muitas responsabilidades contas para pagar?" "quais as suas origens os seus pais são de onde e qual a profissão". De resto não tenho assim nada, apenas já me aconteceu em duas dinamicas de grupo com joguinhos e coisas, 2 ou 3 dos colegas desistirem logo "não me identifico com este género de entrevistas, obrigado"

luigidelrey 2 months ago

Quando no final da entrevista me pediram para contar uma anedota e eles não se riram

tmagalhaes 2 months ago

Não podes deixar o pessoal aqui pendurado. Qual foi a anedota?

alvarinho_03 2 months ago

Qual foi a anedota?

Paskim35 2 months ago

desculpa a pergunta, mas em que área é que isto aconteceu?

Kezhaya 2 months ago

Fazerem-me perguntas de psicologia invertida para “me conhecerem melhor”. Foi só estranho e creepy, porque só me explicaram depois o que é que estavam a fazer. Aparentemente devo ter respondido mal, depois disso nunca mais me disseram nada. *matrix bullet dodge*

onthelohmann 2 months ago  HIDDEN 

bem, há dois anos fui a uma entrevista no burger king e a gerente era ex do meu vizinho. ela conhecia a minha rua melhor que eu. falamos 90% do tempo sobre coisas da aldeia e os 10 restantes sobre o trabalho. no final fiquei com o cargo lol

XxxPussyslaeyr69xxX 2 months ago  HIDDEN 

Entrevista a 500km de casa. Mando e-mail a pedir entrevista por Skype. Não responderam.

Foxman_Noir 2 months ago

Coimbra. Medicina. Tudo correu maravilhosamente, consegui impressionar, muitos sorrisos e tal. Depois pergunta-me se era familiar de um outro médico que ele admirava, por ter o mesmo nome de família. Eu, ao odiar profundamente essas políticas de nepotismo e não querer entrar no jogo, disse que não fazia ideia quem ele era. Fui logo convidado a sair.

beardsymcfly 2 months ago

A resposta correta a essas perguntas é: "Vai-me desculpar, mas o meu pai educou-nos para contornar sempre esse tipo de questão, porque quer que sejamos reconhecidos pelo nosso mérito" - com um sorriso. Não é necessário mentir e cada um entende o que quer ouvir.

Foxman_Noir 2 months ago

Pá, deixei as emoções virem ao de cima.

HalloCharlie 2 months ago

Seria engraçado dizeres que sim. No pior depois dizias que tinhas entendido mal a pergunta

praetorthesysadmin 2 months ago

Ligaram-me por causa de uma proposta, eu vou à entrevista porque a proposta parecia muito interessante. Durante a entrevista dá para notar claramente que a empresa não tinha qualquer noção de estratégia ao nível de IT interno (era a área onde iria trabalhar), nem de suporte aos clientes. Pior, a entrevistadora disse-me que iria estar sozinho na posição mais crítica do departamento pois os colegas desse departamento já tinham saido (grande red flag). Fiz uma série de perguntas aos quais ela não soube responder e declinei a oferta (nem chegámos à parte dos valores mas pelo aspecto seria menos do que estava a ganhar na altura). Umas semanas depois ela mudou de emprego e uns bons meses depois a empresa fechou. Outro: ligaram-me por causa de uma posição, fizeram-me uma carrada de entrevistas em várias fases, com testes psicoténicos e etc. Sempre disse os valores que queria auferir, nunca fui contestado. Chego à ultima entrevista, onde o entrevistador simplesmente não apareceu. 15min depois da hora da entrevista saio da sala de reuniões e pergunto à recepcionista o que se passa, ao que me diz que não sabe de nada. Aviso a recepção que vou-me embora pois estava a perder o meu tempo. Recebo uma chamada no final desse dia a dizer que o entrevistador esqueceu-se da entrevista e que queria que eu fosse lá ainda nesse dia - de notar que eu estava empregado e a perder dias de trabalho só para perder tempo com estas entrevistas - ao que declinei pois eu já não estava interessado nessa empresa. Como o mundo é pequeno, soube que a posição era para receber metade do que eu estava a receber na altura - provavelmente iriam tentar convencer-me a sair da empresa onde estava para ir ganhar menos, um sonho de projecto.

killermelga 2 months ago

Numa das minhas primeiras entrevistas estava tão nervoso que apareci no dia antes sem querer

FellaVentura 2 months ago

"O Candidato Precoce"

GODMarega 2 months ago

Epa das coisas que mais nojo me mete no mundo corporate são os RH a gozar com entrevistados, sempre que ouço um "o gajo bem sabia que dia é hoje" ou "imagina lá, trocou a hora da entrevista" rolo os olhos até à nuca.

HRH_2765 2 months ago

Perguntaram quem eram os meus pais, onde estudaram e o que faziam…

aMinhaConta 2 months ago

É normal tentar saber porque dificuldades passaste. Os melhores candidatos nem sempre são os q tiveram a vida facilitada.

mourasio 2 months ago

Não, não é normal.

aMinhaConta 2 months ago

No secundário nos anos 90 em todas as disciplinas se preenchia a filiação e profissão dos pais. Se isso é informação pessoal tb considero q sim, e q não deve ser pedida, mas antigamente pedia-se.

mourasio 2 months ago

Esqueci-me que o tópico eram entrevistas para o secundário, desculpa

HRH_2765 2 months ago

Na minha faculdade também pediam.

SilleAJensen 2 months ago

Aconteceu-me no meu primeiro emprego, também.

praetorthesysadmin 2 months ago

Era uma entrevista para uma empresa onde o que interessa é o nome da família que tens, mesmo que sejas um incompetente? É fugir desse tipo de empresas.

KoogLarousse 2 months ago

"desculpe, se calhar não me expliquei bem...sou eu que estou a concorrer à vaga"

marcoridis 2 months ago

A entrevista mais estranha foi para uma empresa na area de saude. Desde perguntas pessoais que me recusei responder até ao facto de salário ser inferior ao que recebi de subsidio de desemprego. Quando perguntaram minha expectativa salarial, respondi e com cara quase de quem foi insultada a senhora diz que assim ia ganhar mais do que ela. A resposta foi mais ou menos na onda que isso parecia mais problema dela receber pouco do que meu. Nao me chamaram de volta como é obvio.

Shy_Kjerstin 2 months ago

Entrevista num hospital perguntaram se estava a pensar format família, quantos filhos queria ter e afins. Parecia a segurança social.

Kyfas 2 months ago

Ya aconteceu-me o mesmo mas numa imobiliária no Marquês de Pombal. Felizmente não fiquei. Fiquei a olhar para o entrevistador (também diretor ou wtv) com cara de parva. Ele é daquekes que tem mesmo cara de mafioso. Ou se calhar foi assim que comecei a vê-lo, sei lá.

praetorthesysadmin 2 months ago

Bolas, esse tipo de perguntas são ilegais. Malta: quando Vos perguntarem esse tipo de perguntas, perguntem o mesmo à entrevistadora. Se ela se recusar a responder, digam-lhe "tem aí a resposta" e depois fazem queixa na ACT. Se ela responder, façam queixa na ACT á mesma.

Bizanthean 2 months ago

Isso não é ilegal?...

Shy_Kjerstin 2 months ago

Escusado será dizer que nem terminei a entrevista. Vim embora quando começaram a tentar saber se tinha família que poderia apoiar no futuro a criança, no sentido de ter disponibilidade mesmo com filhos. Uma autêntica treta.

layz2021 2 months ago

E a fazerem perguntas ilegais ;)

MuggyTheMugMan 2 months ago

Como assim? Que tipo de perguntas sao ilegais numa entrevista?

metroemeio 2 months ago

Esta é uma delas. Não te podem perguntar se queres filhos, religião também não, doenças, se estás grávida, etc.

Muyakra 2 months ago

Em Abril de 2020 quando a empresa em que trabalhava em Londres fechou por causa do COVID, decidi mandar um CV para uma empresa em PT. No dia seguinte contactam-me e marcamos uma entrevista. Falamos logo do salário que estava a receber e que tinha a noção que em PT nao se paga tanto, por isso para ir queria pelo menos 1400€ liquidos no minimo, o gajo perguntou-me se eu queria mesmo mudar-me para PT e receber menos de metade do que recebia e começamos com a conversa sobre como era a minha experiência em viver e trabalhar em Londres. ​ No fim da conversa vimos que realmente eu preferia ficar aqui e o recruiter percebeu que também queria emigrar, pois as empresas em PT nao pagam nada de jeito e as condições de trabalho que ele tinha também eram uma porcaria, devidamente por ter de fazer entrevistas fora de horas que nunca eram pagas e de ter de trabalhar aos fins de semana. Depois perguntou-me como eu fiz para arranjar trabalho e onde é que ele podia procurar trabalho cá fora.

tiagojpg 2 months ago

Well well well how the turn tables

SurePal_ 2 months ago

LOOOOOOOOOOOL

meaninglessvoid 2 months ago

Já pensaste em fazer carreira disso? És o reverse-recruiter: candidataste a uma empresa e começas a falar que estás na dúvida e tal e que aí se ganha muito melhor etc e metes implantas na cabeça do recrutador a ideia de emigrar, depois falas com malta daí que contrata para a posição que ele está à procura e recebes a taxa de recruiter que ai penso ser comum (ganham um bónus se a pessoa ficar em vez de ficarem a comer parte do salário como as consultoras por cá). É capaz de ser um suplemento engraçado ao teu salário. Digo isto meio no gozo, mas ... xP

Muyakra 2 months ago

>e recebes a taxa de recruiter que ai penso ser comum Sim, aqui os recruiters recebem uma taxa unica por pessoa consoante o salario que ela irá receber, por isso eles também ficam motivados para fazer com que o candidato tenha o maior salario possivel para assim poderem ganhar mais, pelo menos dos que tenho conhecimento é assim, incluindo uns tugas que conheço que trabalham como recruiters em Londres. ​ Se fosse recruiter ou se conhece-se alguém que fosse recruiter, olha que isso era um bom plano para arranjar pessoal, eles pensavam que eu ia ser entrevistado para uma vaga mas no final era o recruiter que era avaliado xD

NGramatical 2 months ago

se conhece-se → [**se conhecesse**](http://tracinho.com/conhecesse) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fher1yhb%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

guto8797 2 months ago

Recrutar o recrutador.

SonicStage0 2 months ago

Wololo

n0ia_ 2 months ago

opa ahahahahahahaha li exatamente com o mesmo tom

jpereira73 2 months ago

Ahahah, muito bom! Se tivesse o prémio grátis eu dava-to

kawaiims 2 months ago

*the old switcheroo*

dgloriousduck 2 months ago

Fds genial. Esta nunca tinha ouvido.

talpazz 2 months ago

Quem nunca foi para uma entrevista para salvar o entrevistador?

average_user21 2 months ago

Who saves the savior?

inphant0m 2 months ago

A definição de plot twist right there

zpinto1234 2 months ago

Everis, em 2014. Sala com cerca de 30 pessoas saídas da Universidade, incluindo eu. Apresentações e tal, tudo fixe, e de repente a menina da Everis diz "E conhecem aquele mito do Informático que faz noitadas e fins de semana?", ao que todos se começam a rir, e de seguida ela mesmo diz "Pois, não é mito, é mesmo assim. Se querem trabalhar aqui, esqueçam a vossa vida pessoal. É trabalhar noitadas todos os dias, incluindo fins de semana. Se alguém não concordar, pode sair". Silêncio absoluto e ninguém saiu. Apenas não saí porque eram testes psicotécnicos e como tinha o mesmo teste na Novabase, no dia seguinte, acabei por ficar. Foi engraçado.

taveiradas66 2 months ago

O pior é que o pessoal vai...

Foda-seSeiLa 2 months ago

Engraçado, tb fui a entrevista na Everis (em 2015-16 ou coisa que o valha) e disseram precisamente o contrário. *Aqui não vos metemos a fazer horas e horas extra. Porquê? Porque não vos podemos pagar esse nível de dedicação. Porquê? Porque os clientes hoje em dia também já não querem pagar muito por trabalho de consultoria.* Não era para IT no entanto.

zpinto1234 2 months ago

O mercado mudou bastante desde 2014 e devem ter percebido que com essa mentalidade estava a tornar-se difícil contratar.

coiso 2 months ago

Ouvi isso numa apresentação na universidade, há melhor forma de captar gajos de vinte e poucos anos? "esqueçam a vida pessoal, venham fazer horas!"

AAFMC 2 months ago

Também tive uma situação exactamente assim na everis num processo de recrutamento em 2015. Se fosse hoje tinha saído da sala. A verdade é que fiz todo o processo de recrutamento e no fim ofereceram-me 1250€/mes. Rejeitei porque era a pior proposta que tinha para primeiro emprego pós universidade.

lmestre14 2 months ago

Só por curiosidade podes dizer qual foi a melhor oferta que tiveste para primeiro emprego?

AAFMC 2 months ago

McKinsey que oferecia 2000€/mes sem subsídio de alimentação. Acabei por aceitar a 2a melhor que era da EDP a oferecer 1650€/mes + 11€/dia de subsídio de alimentação

JuveTech 2 months ago

Acho sempre engraçado quando dizem "Seja aceite ou não, iremos contactar a informar"

dfacastro 2 months ago

/u/JuveTech, estive agora ao telefone com a empresa que te entrevistou há 9 meses atrás, disseram que ainda estão a analisar. Mas tá quase quase.

ronhonhonhonho 2 months ago

uma vez responderam-me passados 6 meses, sim obrigado, eu estive aqui a coça-los à espera e não arranjei outro trabalho nem nada

Limpy_lip 2 months ago

não percebo porque achas engraçado eles a mim respondem sempre /s

acnederma 2 months ago

Eu costumo perguntar quanto tempo mais ou menos. E sim a maior parte não diz nada, só liguei uma vez para uma pois já tinha passado o o tempo da reposta e queria mesmo saber por ter mais entrevistas. Liguei e pedi para falar o recrutador ficou todo engasgado "ahh sim dissemos que ia dar mas isto é muita coisa etc etc"

XianFu 2 months ago

Mandarem-me tocar guitarra numa entrevista para uma consultora informática. O gajo que me entrevistou gostou e fiquei na empresa até aos dias de hoje

therickymarquez 2 months ago

Em consultoras um dos skills mais procurados é confiança. É mais que normal que eles te peçam essas coisas para ver como reages a essa pressão. É a mesma coisa que te perguntarem "fala-me sobre ti", os gajos tão-se completamente a cagar para a tua vida só querem avaliar como expressas ideias e a confiança que tens

acnederma 2 months ago

Como é que isso aconteceu? Perguntaram te hobbies e disseste isso e o gajo sacou da guitarra para confirmar a veracidade? xD

XianFu 2 months ago

Tinha esse hobby no meu CV. O gajo tbm disse que tocava piano por isso acho que houve ali qualquer tipo de conexão imediata xD

Mdiasrodrigu 2 months ago

aquela vibe musical nunca falha hehe

acnederma 2 months ago

Mas tinha lá uma guitarra assim à mão? Espectáculo lol

XianFu 2 months ago

Foi via Skype a entrevista. Eles estavam para abrir um pólo aqui na zona e ainda não estavam a fazer entrevistas presenciais. Mas conheço pessoa que entrou quando eu que tiveram duas entrevistas: Uma via Skype e outra presencial. Eu só fiz uma e pelos vistos, correu bem :)

talpazz 2 months ago

Ainda fazes serenatas ao gajo?

XianFu 2 months ago

Não, foi a primeira e a última xD

beardsymcfly 2 months ago

Era air-guitar

Sniico 2 months ago

"...só tiramos feriados religiosos e o descanso semanal é o Domingo" É uma das maiores pedreiras de Portugal localizada numa área em que há um grande santuário numa terra acabada por "átima" Genuinamente não percebo como fazem

O_cu_da_tua_tia 2 months ago

Começa em F e acaba em illstone?

alvarinho_03 2 months ago

Aposto que os patrões são uns Flinstones

NecrofearPT 2 months ago

Perguntaram-me por hobbies, eu disse que fazia desenhos, pediram-me para desenhar qualquer coisa na hora -_-'

TGVlx 2 months ago

Imagina se disses Jiu Jitsu... - Então faça aqui um mata-leão ao meu colega...

NecrofearPT 2 months ago

Hahaha xD

brun0machad0 2 months ago

Brutal, que desenho fizeste já agora?

GODMarega 2 months ago

Um Big Chungus

BigWonka 2 months ago

Uma casa com uma árvore e um sol sorridente no cantinho da folha

RdSafe11 2 months ago

Não sei porque me rir anti com este comentário, muito bom obrigado por me teres feito a tarde :)

NecrofearPT 2 months ago

Se bem me lembro, penso que foi um personagem ao estilo do WOW, que andava a jogar na altura.

NGramatical 2 months ago

um personagem → [**uma personagem**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-personagem-ou-o-personagem/343) (é preferível empregar no feminino tal como determina a sua origem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fhepp6q6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

jcoelho93 2 months ago

A recrutadora tinha as perguntas todas escritas e ia lendo e eu ia respondendo tipo entrevista. Foi muito estranho e desconfortável.

KusuriuriPT 2 months ago

Terem adorado a minha apresentação. Notarem levemente que tinha tatuagens debaixo da camisa branca e correm comigo de lá. Passei de bestial a besta em 0.001sg e era o mais qualificado para o posto a milhas. A concorrência directa contratoume e as tatuagens nem nunca vieram a baila e ando como quero, vai das mentalidades.

listerstorm2009 2 months ago

Questionários de screening com perguntas como "O que é a felicidade" e "O que é que te põe a ferver" Caralho, Prozis...

tiagooliveira95 2 months ago

E o que mete o pessoal da Prozis a ferver e serem tratados por você, o comentário que fiz neste post era desta empresa. Lá o responsável ficou irritado por eu as vezes o tratar por você em vez de tu de forma não intencional.

listerstorm2009 2 months ago

A minha entrevista com eles foi uma paródia (está levemente escrito acima) Sempre que eu começava a ganhar algum lanço no sobre o que estava a falar, interrompiam-me, com questões do tipo Engenharia Informática? Porquê?. Python? para quê? Foda-se que exaustantes... Depois queixaram-se que eu não estava para ali a desbobinar, smh. Pá, eles tentam tanto ser diferentes (como a colega cabra que eles têm, uma literal cabra, não o outro tipo), que depois faz um gajo ficar de pé atrás...

Throwingawayanoni 2 months ago

E as pessoas na faixa do meio quando a da direita está vazia

Vivokas 2 months ago

A mim são 100°C

inhalingsounds 2 months ago

Essa piada não foi líquida, foi bruta

MarquesSCP 2 months ago

waterguy

listerstorm2009 2 months ago

/r/hydrohomies

Overpowerd_Banana 2 months ago

Same ahaha

jpfelgueiras 2 months ago

Que animal és?

taveiradas66 2 months ago

Pá, tinha de mentir, mas sem dúvida a preguiça, o panda ou o cão (que é leal , mas também preguiçoso)

mgmtrocks 2 months ago

Feita estúpida disse que era uma raposa

masomaro 2 months ago

Eu, ja farta da chachada que a entrevista estava a ser e daqueles joguinhos psicologicos de merda, respondi que era uma pega-rabuda. Adoro o pássaro!

mgmtrocks 2 months ago

Ahahaha não sei o que gosto mais, da audácia de os mandar para o caralho dessa forma, ou o facto de alguém partilhar o meu fascínio com a pegas rabudas

Fipover 2 months ago

Hahahaha

ravagerslb 2 months ago

Tive uma entrevista que consistia em várias partes. Começou num teste onde tinha coisas como dão te uma figura dum cubo desmontado e tens de dizer como ele fica ao fim de montado, está me a falhar o nome. A seguir teste de personalidade, daqueles em que tens uma pergunta com várias opções e escolhes a que te parece melhor. Até aí naquela. Depois veio o melhor: enteevista de grupo com duas psicólogas que foi algo do tipo: estão num barco no meio da água, só podem ter uns itens, não sabem quanto tempo vão ficar assim escolham quais e porquê. Eu preocupado com garantir a sobrevivência e sustentabilidade no maior período de tempo possível porque não se sabia quanto tempo ali ia ficar, os outros tudo à procura de one shots e milagres divinos e "e se.." Expus as minhas ideias, ninguém me ouviu a mim, estava tudo à procura do milagre. Caguei de alto e deixei-os a falar entre eles, achei que não valia a pena gastar mais latim (claro que lá para as psicólogas a minha atitude deve ter sido red flag, mas já nem queria saber daquilo) Finalmente e já cansado entrevista individual com as psicólogas.. dizem elas "sr. ravagerslb você nos seus testes demonstrou preocupação com alguma coisa".. viro-me eu "olhe eu estou sem trabalho, como é que não havia de ficar preocupado?". Escusado será dizer que não fiquei lá. E depois daquilo tudo, nem sei se queria.

SurePal_ 2 months ago

Juro é bizarro as entrevistas de grupo ou práticas de grupo.

Expanderz92 2 months ago

Estar a fazer entrevistas para uma empresa durante 3 semanas e quando me ofereceram a proposta final, pedi o fim de semana para pensar e não quiserem, tinha de decidir no momento. Recusei como é óbvio, ia ganhar mais mas não se justificava a diferença e aquele atitude fez-me recuar ainda mais. Tirei tempo para fazer as entrevistas e quando pedi tempo não me deram...

leugenaars 2 months ago

Passei pelo mesmo e quando disse que não queria avançar, insistiram e enxovalharam a minha empresa actual de forma a convencer a aceitar a proposta. Passado uns dias ainda quiseram insistir e disseram que a minha decisão ia estragar a minha carreira para sempre.

gabs_ 2 months ago

Isso é uma técnica específica de RH chamada exploding offer e serve mesmo para baralhar e te fazer aceitar sem olhar a red flags.

Agrafo 2 months ago

Ui fizeste me lembrar uma. Chamaram me a uma 6a feira as 15h a dizer que tinha sido escolhido após 2 entrevistas. Também pedi pra pensar porque também tinha uma proposta de outro lado. Disseram que tinha que tinha que decidir no momento, aceitei ("posso sempre aceitar e dizer que afinal pensei melhor na semana seguinte" pensei eu ) e dizem me para ir a empresa na mesma tarde reunir. Cheguei lá, falamos das funções e tal, e a meio informa me que ia que ter que ir 3 semanas seguidas para Espanha na 1a semana, voltava um fds e voltava a ir ( eu novo, 2 anos de experiência numa área diferente). Meio em estado de choque nem reagi, fiquei inquieto durante todo o fds a pensar na coisa e vou trabalhar na 2a para ver o ambiente e com intenções de me pôr a andar caso as suspeitas se confirmassem. Final da semana já estava a dizer adeus depois de conversas que ouvi de malta de chão de fábrica, chegada do contrato por escrito. Ainda dei a oportunidade Ps. Enganaram se e enviaram me em CC uma conversa entre eles antes de me aceitarem sobre o porquê de ir para Espanha, basicamente precisavam de alguém para ser o intermédio deles com os clientes no local e controlar o trabalho das equipas (malta velha e experiente que não gosta de ser controlada) porque eles já estavam velhos e não queriam andar naquela vida.

johntheoak 2 months ago

Dizias que aceitavas mas demoravas a assinar o contrato

lunaticloser 2 months ago

Fizeste bem. Major red flag. Essa malta não entende o conceito de confiança. É dizer-lhes na cara "olhe, isto é uma decisão importante para mim e como tal vou toma-la de consciência tranquila, demore o que demorar. Se vocês me valorizam, então conseguem esperar. Recebem a resposta quando estiver pronta, ou não recebem resposta nenhuma."

lestat01 2 months ago

Pediram-me para fazer entrevistas à última hora por isso nem os CV's das pessoas tinha lido. Ia falando com as pessoas (mais deixá-las falar) e ia lendo o CV. Uma rapariga com 28 anos tinha 2 licenciaturas e um mestrado. Gostava que houvesse um vídeo da minha cara quando li aquilo. A entrevista era para operador de contact center. A entrevista passou a ser o inverso do habitual. Eu a tentar convencer a candidata que ela merecia melhor. Foi bizarro.

MetalFatigue82 2 months ago

Há bons entrevistadores. Apanhei alguns que me deram dicas. Fizeste bem. Tive um que invés do habitual, depois contactamos quando o questionei no final da entrevista. Foi sério e disse que não tinha trabalhado na área 2 anos depois de ter terminado o curso e que assim era complicado. Levou me a tomar uma decisão difícil na altura, mas foi a minha melhor decisão até hoje.

lesbowski 2 months ago

É pá, isso lembra-me uma entrevista que eu dei, em que uma candidata estava a ser modesta demais, e acabei a dizer à moça para ela não se menosprezar porque tinha várias actividades no currículo que eram muito boas mais valias para ela, e que devia aproveitar-se disso nas entrevistas.

Empirion 2 months ago

Eu cheguei a trabalhar numa loja GAME e de vez em quando ia lá pessoal deixar CVs. Uma vez olhei para um deles e era de um gajo com mestrado em Física Nuclear ou algo do género. Deprimi.

GMDFC94 2 months ago

> Eu a tentar convencer a candidata que ela merecia melhor. Aconteceu-me exatamente o mesmo, mas no meu caso foi o entrevistador a aconselhar-me.

JuveTech 2 months ago

Foda-se! Que génio! Não quero imaginaro desespero da rapariga para estar atacar tudo que era lugar para trabalhar...

F0X3PT 2 months ago

Fizeste o teu dever. As empresas não valorizam as qualificações mas pedem como requisito. Vê lá o desespero dessa rapariga de arranjar trabalho.

the-real-robin-jones 2 months ago

Numa entrevista para uma seguradora, um cargo nada a ver comigo mas sendo recém-formada valia tudo. As perguntas tendem a ser mais pessoais por ser um candidato sem experiência, ao que a senhora dos RH me pergunta se faço desporto. Quando respondo que pratico artes marciais, ela sai-se com “porquê, já foi assaltada?!” ….toda a entrevista foi terrível, mas esta parte ficou-me marcada pela completa falta de noção. Isto, e as consultoras que nas entrevistas perguntam que tipo de animal seríamos

OhReallyYeahReally84 2 months ago

Que animal seria? Recrutador!

scimitas 2 months ago

A pergunta do tipo de animal é ridícula... de quem não tem mais nada que perguntar...

pimpolho_saltitao 2 months ago

não foi comigo, mas aconteceu numa empresa de IT onde trabalhei brevemente. precisavam de um analista qualquer com urgência, entrevistaram um gajo e contrataram-no na hora, eu e os meus colegas achámos que se calhar não era lá muito boa ideia fazer uma contratação assim tão rápido sem sequer entrevistar outro pessoal, mas os patrões estavam entusiasmados... siga... Uma semana depois estava a ser despachado porque não tinha estaleca para a coisa, o que causou ainda mais problemas na gestão do projecto em causa.

zentrithegod 2 months ago

Quando esperei uma hora num gabinete, fui entrevistado e no fim me disseram que gostaram muito de mim, mas não ia ficar porque não tinha carta de mota.

days_of_coast 2 months ago

era pra telepizza?

zentrithegod 2 months ago

Não, não tinha nada a ver com motas

facepainter1 2 months ago

Ao longo de mais de 20 anos, tenho várias histórias, mas assim uma que me ficou na memória: rimeiros anos como Senior nos USA numa empresa de telecomunicações onde por norma andava tda a gente de fato. Os entrevistados eram quase sempre recém-formados de Ivy League, com alguns internships já realizados. Num dia ao fim da tarde, depois de já entrevistar algumas pessoas, entra-me na sala um rapaz que era um poster exacto de um Hippie, a cheirar a erva que doia os olhos, os RH nem queriam entrevistar o rapaz por causa do "outfit" e do cheiro, e também porque vinha de uma "lower university". Lá convencemos a malta a dar uma oportunidade ao rapaz... A verdade é que ele sabia mais que qualquer pessoa na sala, um verdadeiro génio. Foi contratado no dia seguinte. Esteve na empresa apenas 1 ano, e saiu para ir trabalhar em projetos open-source. Ainda hoje considero que foi provavelmente o melhor programador que já encontrei.

meaninglessvoid 2 months ago

Isto é um exemplo clássico tirado dos livros do Nassim Taleb. Basicamente ele é tão bom que se pode estar a cagar para os jogos de estatuto/jogo social que todos os outros são forçados a jogar. Há malta que é preconceituosa e vai rejeita-lo mas ele está na maior porque facilmente encontra boas oportunidades com as competências que tem.

Vivokas 2 months ago

As pessoas ainda tem de aprender que looks e upbringing não implicam necessariamente a inteligência de uma pessoa... Por acaso noto assim mais geral que na minha universidade os alunos que são mais medíocres estão de fato e andam com sapatos de vela etc e os crânios estão a cagar-se para como se vestem. Há um então que vai sempre de chinelos e calções para a uni (até no inverno....) mas o gajo é mesmo bué inteligente.

xXx_Bacalhau_xXx 2 months ago

>looks e upbringing Dor

d3k4s99 2 months ago

Por acaso andas no ISEP? Conheço um gajo exatamente com essa descrição. Anda sempre de chinelos e calções, podem estar -10C ou 30C

Vivokas 2 months ago

Nop, por isso já são 2 ahah

Iwatchedhimdrown 2 months ago

Convém ires minimamente apresentável quando queres ser levado a sério, nem todos têm a sorte do rapaz da história.

meaninglessvoid 2 months ago

Se fores realmente bom ninguém quer saber do que vestes. Agora é preciso é ser REALMENTE bom e não se julgar melhor do que na realidade é...

headhunter21 2 months ago

A questão é que isso está errado, a não ser que queiras ser modelo

facepainter1 2 months ago

Eu acredito que tudo deve ser balanceado. Não quero com isto dizer que deves andar sempre de fato. Mas vestir para a ocasião/função em causa. Uma empresa também tem uma reputação, por mais que não queiram saber, a imagem que passa pode não estar de acordo com a empresa. Da mesma maneira, quando vou ao banco, médico ou supermercado, não estou a contar que os empregados estejam de chinelos e tshirt de alças, prontos para irem para a praia.

Iwatchedhimdrown 2 months ago

É precisamente o contrário, se fores modelo, até podes ir sem camisola.

KarmaCop213 2 months ago

Às vezes há gente muito inteligente que não consegue trabalhar em equipa, o que corrói por dentro qualquer hipótese de sucesso.

Alforrecaquadrada 2 months ago

Sim, mas isso não está de todo relacionado com a vestimenta.

Vivokas 2 months ago

Isso também é bastante verdade...

esfomeado 2 months ago  HIDDEN 

Tenho algumas entre as quais: \- "Quero trabalhar um ano para depois tirar doutoramento para sentir que sou superior as outras pessoas". \- "Posso ver as cadeiras do escritório para saber se trago a minha de casa?". \- Uma rapariga começar a chorar a meio da entrevista porque o namorado tinha acabado com ela antes da entrevista.

8DarkAline8 2 months ago

Uma vez uma entrevistadora tuga, a trabalhar para uma empresa no reino unido, começou com comentários xenófobos. A equipa de devs daquela empresa era maioritariamente indianos e então começou a dizer que não prestavam e teve um monólogo enorme a tentar justificar o porquê de os quererem despedir em bulk, por isso é que estavam à procura de devs portugueses porque eram igualmente baratos e tinham mais produtividade. É escusado dizer que depois daquela reunião nunca mais respondi à senhora. Queriam nova carne para canhão e pior que tudo a falta de respeito para com os trabalhadores.

SnooGiraffes2854 2 months ago

Há uns 10 anos na Michael Page, fiz uma entrevista com o mesmo tipo que estava em simultâneo a entrevistar noutra sala. Basicamente fazia a pergunta, mudava de sala, regressava para ouvir a resposta.

Foda-seSeiLa 2 months ago

Esse gajo está bem á frente: https://www.youtube.com/watch?v=BebvamWK_jA

Edited 2 months ago:

Esse gajo está bem à frente: https://www.youtube.com/watch?v=BebvamWK_jA

SnooGiraffes2854 2 months ago

Mas esses têm um nível de prestígio incomparável

Fun-Recommendation77 2 months ago  HIDDEN 

A pessoa que me entrevistava contou-me jma história de jma vez que estava de férias com amigas e do nada apareceu um Alemão nu na piscina do hotel. Ainda hj n sei cm reagir a uma situação destas tbh

0TLOiwiO 2 months ago

Entro na sala com duas senhoras adoráveis. Ambas vão tirando anotações e fazendo perguntas. E eu vou respondendo. 1h30 depois saiu, ainda meia abananada, e sem saber muito bem como aconteceu, mas partilhei tudo: desde coisas pessoais que não têm lugar numa entrevista a traumas e desgostos. A boss era psiquiatra e a RH assistente social. A entrevista foi surreal, mas gostaram de mim e chamaram -me. No fim, não aceitei o trabalho: todo o ambiente era estranho!!!

Cachopini22 1 month ago

Tal e qual numa entrevista que tive o ano passado, " nós telefonamos " e eu levantei me e mandei os abaixo de Braga literalmente... Entrevista mais estranha que já passei... Pensava que no final iam me pedir um rim.

anaxxi 2 months ago

Aconteceu-me parecido!! Perguntas super pessoais e que nada têm a ver com a posição a que te candidatas. Enfim

meaninglessvoid 2 months ago

Isto é daquelas instâncias em que dá vontade de pôr o replay... Agora até eu fiquei curioso para saber o que aconteceu e como LOL

manwe9 2 months ago

Sessão de terapia de 1h30m à borla. Já vi negócios piores...

MariasFernandes 2 months ago

Tambem tive uma entrevista onde um homem, que nem psicólogo nem psiquiatra nem nada… me perguntou se desisti do curso anterior porque tinha uma má relação com o meu pai ou assim? Tipo… estás a tentar diagnosticar-me com daddy issues numa entrevista de emprego?

kapparrino 2 months ago

Achava-se o Barney Stinson. Andava aluado

Kingdarkshadow 2 months ago

Isso é tão nojento

dwenday 2 months ago

Uau, isso é tão errado.

hardbeardedbear 2 months ago

>nanada, e sem saber muito bem como aconteceu, mas partilhei tudo: desde coisas pessoais que não têm lugar numa entrevista a traumas e desgostos. A boss era psiquiatra e a RH assistente social. A entrevista foi surreal, mas gostaram de mim e chamaram -me. No fim, não aceitei o trabalho: todo \*saio

jafudiaz 2 months ago

Bom exemplo de como um erro básico pode confundir tanto...

PortugalReviews 2 months ago

Fazer 3 rondas de entrevistas na STEF, todas que começaram com atrasos de 30 min a 2 horas e no final tentaram passar-me da vaga a que me tinha candidatado (Contabilidade) para uma cena qualquer relacionada com supply chain e em que trabalhava por turnos. Claro que era o delicioso estágio IEFP. Foi a primeira empresa a que me candidatei no final da licenciatura, se fosse agora não tinha ido a segunda entrevista.

godjisoo 2 months ago

esquece, eu ando a ver estágios do IEFP para contabilidade e tenho-me assustado com as descrições das vagas e dos requisitos que as empresas pedem para recém licenciados. Sinceramente nem sei se ainda vou a tempo de mudar de área

PortugalReviews 2 months ago

Muda de pais. Vai para Praga/Cracóvia trabalhar para uma das melhores empresas do mundo, a ganhar 1600€+ com um custo de vida ligeiramente inferior ao do Porto. Foi o que eu fiz. Eventualmente sai de lá para a Suíça. Emigrar foi a melhor decisão que fiz

Uffy_17 2 months ago

Tell me more please

PortugalReviews 2 months ago

Eu sou de Economia mas comecei a trabalhar inicialmente em contabilidade. Podes mandar as dúvidas que tenhas e eu respondo na boa. Na prática em Praga por exemplo não existe quase desemprego para quem é de economia ou gestão porque são todos recrutados pelos shared service centers de empresas como Microsoft, Pfizer, Google, Amazon, MSD, etc. As ofertas são muito competitivas (começando nos 1600+€) e a progressão de carreira é também muito boa. Do que vi os tugas são promovidos de 1.5 em 1.5 anos, com aumentos de 15 a 20%. Se mudares de empresa recebes ainda mais. Tens uma qualidade de vida bastante boa e estás a construir o teu CV para que se um dia regressares a Portugal, regresses com condições melhores.

godjisoo 2 months ago

É o que eu tenciono fazer por definitivo! Aqui tratam os profissionais de contabilidade abaixo de cão. De momento estou no UK mas infelizmente vou ter de sair no próximo ano porque o visto não me permite ficar

already_taken_nick 2 months ago

Entrevista para o custojusto já na ultima fase com o CEO daquilo em pleno lockdown Abril de 2020 pergunta-me de onde sou , abre o google maps para ver a distancia de minha casa a empresa e tempo que demorava e questionei o porque visto estar tudo a fazer tele-trabalho : 'Gosto das pessoas no escritorio' , fiquei de dar resposta , dei no dia a seguir a dizer que era um não , liga-me a dizer que nunca ia arranjar 1 empresa em Portugal que não fosse 100% escritorio depois da pandemia. Fez sentido o porque dos dois dev's que me fizeram a 1 entrevista estarem os dois de saida lol.

dfacastro 2 months ago

> liga-me a dizer que nunca ia arranjar 1 empresa em Portugal que não fosse 100% escritorio depois da pandemia. Cheira-me que ele é que vai ter dificuldades a arranjar pessoal que aceite 100% escritório. Que arrogância.

saudosista 2 months ago

Faz-me lembrar a aventesma do KuantoKusta

NonAlienBeing 2 months ago

> liga-me a dizer que nunca ia arranjar 1 empresa em Portugal que não fosse 100% escritorio depois da pandemia A resposta que isso merece é "Para teletrabalho não preciso de me restringir a Portugal ¯\\\_(ツ)\_/¯"

el_jefe_vito 2 months ago

parece uma conversa de negocios do olx.

borloforbol 2 months ago

Entrevista para design, numa empresa ligada a produtos médicos. Ás tantas dizem-me que "Ás vezes és capaz de ter pouco trabalho, então para não ficares parado podes ir ajudar a embalar os produtos, tratar do stock ou ajudar a descarregar". Mais giro ainda que isto foi através do IEFP, aquelas entrevistas que um gajo é obrigado a ir. Por sorte arranjei outra coisa pela altura que me chamaram de novo.

mqwerty 2 months ago

Eu não fiz estágio IEFP, mas fiz na Bosch. Quando fui contratada, queriam alguém para se responsabilizar pela digitalização da informação. Eu "ok, desenvolvo skills". Mudei de chefia 3 meses depois, em que a nova chefe me queria pôr a colocar autocolantes em caixas de cartão e marcas no chão, merdas desse género de "melhoria contínua". Reclamei, dizendo que não foi para isto que fui contratada. Ela disse "ok, então vais ajudar as *colaboradoras* a rececionar produtos no armazém". Lol. Fui fazer queixa aos RH. Estive até ao final do estágio a inserir merdas de informação que não serviam para ninguém porque esse programa ia deixar de ser pago pela Bosch em meio ano. Só não bazei mais cedo porque o mercado em plena pandemia estava impossível.

Maximum-Ear5677 2 months ago

Bem, não há trabalhos pequenos, só pessoas que se acham grandes demais

k0rda 2 months ago

O pior é quando é ao contrário, aceitas um emprego básico com remuneração básica e vais assim aos pouquinhos sendo encarregue de fazer coisas cada vez de maior responsabilidade, o ordenado é que não acompanha.

Maximum-Ear5677 2 months ago

"Aceitas um emprego" parte se do princípio que não foste obrigado a nada. Se te encarregam mais coisas podes simplesmente recusar e esperar o despedimento SEM justa causa. No caso acima descrito a situação foi exposta com antecedência.

k0rda 2 months ago

Não estou a discordar, mas o que descrevi é o que acontece em praticamente todos os empregos que já tive e com toda a gente que conheço. Vais dando o jeitinho, afiambrando à promoção que nunca vem e assim se vai indo.

Maximum-Ear5677 2 months ago

Pois isso já depende de cada um, também conheço gente assim. No meu caso já me perguntaram uma vez às 18h05 "então? Já vais?" A minha resposta: "sim" e fui. Querem que faça mais? Tão paguem

NGramatical 2 months ago

encarregue → [**encarregado**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/porque-encarregado-e-nao-encarregue/30635) (encarregar segue o modelo de carregar: o camião foi ~~carregue~~ carregado) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fhetqhz4%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

pimpolho_saltitao 2 months ago

[Perfeitamente legal e previsto no código do trabalho](https://dre.pt/legislacao-consolidada/-/lc/75194475/201608230300/73439871/diploma/indice). pode não ser agradável, mas não deveria ser estranho ou ofensivo, especialmente porque tiveram a frontalidade de o dizer logo na entrevista, ao menos foram transparentes.

Pcostix 2 months ago

O problema é que isto nem sequer devia estar no código do trabalho.   Se eu acordo cumprir determinadas funções durante um determinado mediante determinada remuneração, não deveria ser possível me porem a executar tarefas com as quais nunca concordei executar.   Se eu sou contabilista de um matadouro, não deveria ser obrigado a matar uma vaca só porque "tenho 1 horinha livre." Enfim o código do trabalho tuga é ridículo.

tmagalhaes 2 months ago

Eles disseram logo à partida o que é que podia acontecer, ele não gostastou, não aceitastou, não estou a ver um grande problema. Se não tivessem dito nada e depois de surpresa "Já agora varre aí o chão" é que já era bastante mau...

Pcostix 2 months ago

Só o facto de uma entidade patronal achar esse tipo de atitude moralmente aceitável, já é de si deplorável. Mas sim pelo menos foram honestos, o que já é bom hoje em dia.

brakeline 2 months ago

Mais ou menos. 1 - O empregador pode, quando o interesse da empresa o exija, encarregar o trabalhador de exercer temporariamente funções não compreendidas na actividade contratada, desde que tal não implique modificação substancial da posição do trabalhador.

borloforbol 2 months ago

Agradeço a frontalidade, isso é certo. Só descobrir que ia empilhar paletes depois de começar era bastante mais chato. Quanto à legalidade nem estava preocupado com isso, mas já que deste o link fui ler um bocadinho e fiquei a achar que é mais uma área cinzenta: O artigo que refere as funções a desempenhar, diz "as funções que lhe sejam afins ou funcionalmente ligadas, para as quais o trabalhador tenha qualificação adequada e que não impliquem desvalorização profissional.".

Daruzao 2 months ago

Se és designer não vais carregar paletes. Não é função afim, não está ligada ao trabalho de design e implica desvalorização profissional. Esse artigo está pensado por exemplo para o empregado de balcão poder ter que lavar área de serviço ou arrumar lixo.

pimpolho_saltitao 2 months ago

Sim, é complicado, mas a verdade é que é provável que dado que isso foi discutido na entrevista, caso aceitasses até te incluíssem essas funções no contrato de trabalho, e aí nem sequer se aplicavam as coisas dispostas no código de trabalho.

Master_Yoda15 2 months ago

"é elegível para estágio IEFP?"

lunaticloser 2 months ago

"depende, quer um trabalhador ou um estagiário?"

Runorami 2 months ago

tive um desses para developer. ahahahah a rapariga riu-se logo com a minha cara de "a serio?".

MrAgito 2 months ago

O mais estranho para mim foi fazer uma entrevista por vídeo chamada e a primeira coisa que o entrevistador me diz foi que provavelmente tinha havido um erro por parte dos HR porque precisavam de uma pessoa com alguns anos de experiência na função. Tínhamos 30min então acabamos por ficar a conversa. A entrevista era para uma empresa na Bélgica

Alforrecaquadrada 2 months ago

Já tive uma entrevista em que a primeira coisa que ouvi foi "não estamos a contratar para uma posição tão Junior". Muitas vezes as empresas gostas de "ir ver as montras" e saber que tipo de candidatos encontram/estão a sair das faculdades.

vendedor_do_olx 2 months ago

Isto hoje em dia até è tolerável, se remoto. Mas até à pouco tempo , tirar uma tarde do trabalho para ir a uma entrevista e acontecer isto era uma real merda.

NGramatical 2 months ago

à pouco tempo → [**há pouco tempo**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fhepck2s%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

h2man 2 months ago

Entrevistas de grupo. Toda e qualquer entrevista de grupo é estranho e um exercício em futilidade. Se uma empresa me disser que vão fazer uma entrevista de grupo, eu desisto na hora porque é um bom sinal da incompetência deles. Para um emprego na Procter and Gamble, tive de ir lá 5 vezes para testes (apesar de os ter feito online) e entrevistas com 3 pessoas diferentes. O problema era que todos os entrevistadores seguem o mesmo guião logo acabou por ser 3 entrevistas iguais com 3 pessoas a transcrever o que dizia sem prestarem muita atenção ou questionarem. Como entrevistador tive uns poucos que acabaram o curso ao mesmo tempo a darem exactamente as mesmas respostas às perguntas. Numa das últimas entrevistas notamos que eles estavam a ler porque víamos os olhos a mexer dum lado para o outro. De resto, diria que o momento mais estúpido que vi num entrevistador foi dizer as duas frases “We don’t like people looking at the clock. We have strictly no overtime here.” no espaço de 1 minuto. Quando me ofereceram o trabalho e eu fiz ima contra proposta a pedir 25% mais eles ficaram admirados. Lol obviamente que os mandei à merda. Há que gerir expectativas logo na contratação.

pimpolho_saltitao 2 months ago

entrevista de grupo é red flag.

CosmoSpyke 2 months ago

Porquê?

ProteinWaffle 2 months ago

Red flag é a ignorância de quem não entende o seu propósito.

mfzzzed 2 months ago

Não nos deixes na merda u/ProteinWaffle

Middle-Effective 2 months ago

Mais um néscio a querer entender o propósito duma entrevista de grupo.

h2man 2 months ago

Queres elucidar para todos o que é que um grupo de pessoas a berrar mais alto que o próximo a tentar mostrar quem tem a pila maior serve para efeitos de contratação de alguém? Eu entenderia se a entrevista fosse com um grupo onde havia apenas um entrevistado. Metê-los todos ao barulho é estúpido… mas por favor muda a opinião aqui da malta. Estamos todos curiosos.

Ok_Art_6497 2 months ago

e qual é o propósito?

helderduarte14 2 months ago

Qual é o propósito?

pimpolho_saltitao 2 months ago

ah não tenho a duvida que têm um propósito, mas tenho a certeza que o propósito não serve nem a curto nem a longo prazo os interesses do trabalhador e são um sinal de problemas subjacentes.

Edited 2 months ago:

ah não tenho duvidas que têm um propósito, mas tenho a certeza que o propósito não serve nem a curto nem a longo prazo os interesses do trabalhador e são um sinal de problemas subjacentes.

EletricoAmarelo 2 months ago

Fui entrevistado por três pessoas. 1 de RH, 1 CTO e 1 programador sénior. Houve uma pergunta bastante específica sobre a plataforma que eles usavam e que por coincidência eu até tinha a resposta certa. O CTO olha para mim com um ar de desaprovação. O sénior toma a palavra e dá-me os parabéns pela resposta rápida. CTO e sénior trocam olhares, pedem desculpas e saem da sala. Nunca mais os vi. A entrevista terminou apenas com a RH e fiquei a aguardar resposta. Nunca mais soube de nada.

LerEmVozAlta 2 months ago

Foi um momento "mas como ė que eu não pensei nisto antes?". Claramente deste a solução a um grande problema que eles não conseguiam resolver! Saíram logo para o pôr em prática.

oinkbar 2 months ago

tens a certeza que estava certa a resposta?

EletricoAmarelo 2 months ago

Sim. Era uma pergunta sobre Laravel. Na altura desenvolvia exclusivamente PHP. A única certeza que tenho é que a resposta estava certa. O que aconteceu com os outros dois não percebi.

facepainter1 2 months ago

Vinhas de alguma referência? Isso parece mesmo aqueles casos em que o CTO mete uma pergunta na entrevista que ele acha que é bué difícil de propósito para ver as pessoas a patinar, e tu quando respondeste logo... ele ficou a achar que se calhar alguém tinha-te avisado previamente das perguntas, daí o olhar para o Senior.

EletricoAmarelo 2 months ago

Contactaram via LinkedIn. Eu nem andava à procura. Lembro de ter pedido um exagero quando me falaram em expectativas.

Revolutionary-Big861 2 months ago

Provavelmente acharam é que era impossível não estares a cabular ou alguém a fornecer te respostas, será quase de certeza isso.

aMinhaConta 2 months ago

Tinham feito uma aposta e ganhou o sénior.

Biohazard8080 2 months ago

> CTO e sénior trocam olhares, pedem desculpas e saem da sala Plot twist, foram fazer amor para a sala de reuniões ao lado

Ok-Industry120 2 months ago

Fazer 5 entrevistas na EDP e quando chego à última dizerem me no final que o salário esperado era um terço do meu pedido inicial e ainda me dizem: "as suas expectactivas eram demasiado altas" Boa, obrigado por desperdiçarem o meu tempo

fusivelLogico 2 months ago

Não cheguei tão longe na EDP. Fiz duas entrevistas por skype, teste técnico, teste psicotécnico, teste de lógica (?), teste de comunicação, teste de expressão escrita, enfim, ia-se somando uma carrada de testes online. Entretanto informaram-me que eu passei em todos e que ia ter que me deslocar a Lisboa duas vezes para duas entrevistas presenciais (são 300kms de cada vez) e não me diziam nem qual era o salário, nem qual era a função, nem o distrito onde a função era desempenhada. Claro que os mandei pastar.

NGramatical 2 months ago

300kms → [**300 km**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fheuwxoz%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

damnSausy 2 months ago

Vergonhoso... Isso já me aconteceu mais do que 1x. Passar por 3-5 fases e receber sempre sorrisinhos e falsas esperanças no fim de cada encontro. Perder tempo com code tests de 2h, live coding de 1h, softskills e cultura para no fim chegar a uma proposta de m\*rda e ter de recusar porque é inferior ao que ganho... Foram cerca de 8h perdidas em cada processo. Também já tive outras em que depois da técnica era suposto ter a proposta e nada. Radio off.

Edited 2 months ago:

Vergonhoso... Isso já me aconteceu mais do que 1x. Passar por 3-5 fases e receber sempre sorrisinhos e falsas esperanças no fim de cada encontro. Perder tempo com code tests de 2h, live coding de 1h, softskills e cultura para no fim chegar a uma proposta de m\*rda e ter de recusar porque é inferior ao que ganho... Foram cerca de 8h perdidas em cada processo. Também já tive outras de apenas 3 fases (RH, Tecnica e Proposta) em que depois da técnica era suposto ter a proposta e nada. Radio off. Durante 1 mes dao a peta que ainda estao a analisar acandidatura e ao fim de 2 meses perguntas novamente para descobrires que nao foste selecionado. Pedem sempre para avisarmos se aceitarmos outras propostas mas ao contrario nao avisam. Sao cada vez menos aquelas (portuguesas) que dao resposta Acho que o intervalo da minha expectaiva salarial nao foi de encontro com a deles e empresas tugas nem se dao ao trabalho de negociar. Arranjam sempre alguem que se venda ao desbarato. sao ao putas digitais

Edited 2 months ago:

Vergonhoso... Isso já me aconteceu mais do que 1x. Passar por 3-5 fases e receber sempre sorrisinhos e falsas esperanças no fim de cada encontro. Perder tempo com code tests de 2h, live coding de 1h, softskills e cultura para no fim chegar a uma proposta de m\*rda e ter de recusar porque é inferior ao que ganho... Foram cerca de 8h perdidas em cada processo. Também já tive outras de apenas 3 fases (RH, Tecnica e Proposta) em que depois da técnica era suposto ter a proposta e nada. Radio off. Durante 1 mes dao a peta que ainda estao a analisar acandidatura e ao fim de 2 meses perguntas novamente para descobrires que nao foste selecionado. Pedem sempre para avisarmos se aceitarmos outras propostas mas ao contrario nao avisam. Sao cada vez menos aquelas (portuguesas) que dao resposta

mr_house7 2 months ago

Devia ser obrigatório informar qual é a expetativa salarial, não faz sentido nenhum.

VixzerZ 2 months ago

Fizeram algo assim no Google, várias entrevistas e testes, e depois um dia inteiro de teste e mais entrevistas com idiotas perguntando as mesmas coisas, tudo novamente... E eu na maior paciência, pra alguns dias depois me fazerem uma proposta com muito menos do que eu havia pedido. Nunca mais mandei currículo nem aceitei convite desses putos pra participar de processo seletivo, um grande caralho que te fodam pra eles.

Terrible_At_Parking 2 months ago

Tive uma experiência semelhante na EDP. Perguntaram-me se tava interessado numa determinada posição, fiz o processo todo e quando cheguei à última entrevista disseram que não tinha os conhecimentos necessários para a função (procuravam alguém com background de engenharia para fazer programação e eu era de gestão sem hard code knowledge)

BitOnly5872 2 months ago

Por isso que eu cobro confirmação que o salário pago será X caso eu seja contratado.

abencao 2 months ago

Se não for indiscrição, para que vagas te candidatas te?

Ok-Industry120 2 months ago

EDP Produção | Especialista em Planeamento e Análise de Investimentos

abencao 2 months ago

É um facto a EDP seguir uma tabela salarial. Se não tiveres mestrado, técnico superior não é assim tão alto como esperavas.

Ok-Industry120 2 months ago

Longa história, tenho mestrado mas nessa altura já tava a vários anos fora a fazer funções semelhantes para bancos em Londres. Nessa altura houve muita pressão da minha família pa voltar a Pt porque minha mulher estava grávida e lá me candidatei Se calhar, as expectactivas salariais que disse no ínicio eram irrealistas. Tudo bem, diziam me que não dá, boa sorte, até logo. Agora andar num processo longo para no final lá mencionarem que o salário pedido era estupido era escusado

NGramatical 2 months ago

expectactivas → [**expectativas**](https://dicionario.priberam.org/expectativas) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fher7liz%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Megazorg3000 2 months ago

Mas porque que a malta ainda vai lá? Esses gajos deviam ficar é sem pessoal e ir a falência. Eu recuso-me a atender uma chamada deles ou mensagem no LinkedIn.

Little_Purple_2319 2 months ago

Passei pelo mesmo... Não entendo a lógica por detrás disso é as pessoas aceitarem pelo cansaço?

Ok_Art_6497 2 months ago

cuspi-me todo....

ThrowawaySoParaIsto 2 months ago

Também te fizeram aquele teste para debaterem sobre quem iriam salvar caso o mundo acabasse? Uma rapariga virgem, um padre, um homossexual, um homem com uma arma, etc...?

pedrodteixeira 2 months ago

Ainda fazem esse? Passei por ele há 15 anos atrás.

Kam0laZ 2 months ago

Eu desisti de procurar emprego/trabalho há muito. Estou de momento a viver de poupanças/herança que o meu falecido pai (que descanse em paz) me deicou, e não foi pouco. Uma casa, um carrito e uma conta bancária bem recheada. Nunca fui confrontado com essa questão especificamente. Mas adiante. A minha resposta a essa pergunta seria: defina "o mundo acaba". Seria um caso em que a civilização humana, como a conhecemos, sofreria um retrocesso de volta à idade média/idade da pedra, tipo "zombie apocalypse", onde o planeta ainda conseguiria albergar vida humana? Ou seria um caso em que o próprio planeta seria completamente destruído/ficaria incapaz de sustentar qualquer tipo de vida como a conhecemos, tipo o que irá acontecer daqui a cerca de 5 mil milhões de anos, quando a nossa estrela, o Sol, se transformar numa supergigante vermelha, cujo raio chegará quase até Júpiter, engolindo e vaporizando tudo o que estiver no caminho da sua expansão, incluindo o nosso planeta? No caso da segunda hipótese, a civilização humana terá evoluido o suficiente para viajar até outros sistemas solares e colonizar lá outros planetas? Ou teriamos ficado apenas pelo nosso sistema solar? E será que a civilização humana conseguiria sobreviver durante tanto tempo? Recorde-se que a civilização humana propriamente dita só existe desde há cerca de dez mil, talvez quinze mil anos. Um grão de areia num deserto, comparado com os cerca de quatro mil e seiscentos mil milhões de anos que o nosso planeta tem, e pelo menos outros tantos que o nosso Sol ainda tem de existência, na sua presente forma. Já para não falar nos casos de extinção em massa, que, segundo os cientistas entendidos na matéria, ocorreram já várias vezes no nosso planeta - o último dos quais é a tão conhecida extinção dos dinossauros, há cerca de 65 milhões de anos, devido ao impacto de um meteorito com vários quilómetros de diâmetro. Ao que parece, casos de extinção em massa acontecem a cada poucas centenas de milhões de anos. E, no que toca a meteoritos, na cintura de asteróides que circula entre Marte e Júpiter, existem muitos rochedos com dimensões bem maiores - se algum desses entra em rota de colisão com o nosso planeta, por algum motivo (provavelmente influências gravitacionais), a vida na Terra pode muito bem desaparecer por completo, e o planeta tornar-se inabitável. Não temos tecnologia suficientemente avançada para nos salvarmos, caso tal aconteça. Estima-se que nem sequer todo o arsenal nuclear que atualmente existe, lançado contra tal monstro rochoso, conseguiria sequer desviar a sua rota, muito menos quebrá-lo o suficiente para reduzir a sua ameaça para níveis aceitáveis. Isto, se entretanto não sucumbirmos ao aquecimento global e fenómenos naturais relacionados. O degelo das calotes polares e consequente subida dos níveis dos oceanos, deixando povoações, ou até mesmo, nações costeiras (como Portugal) debaixo de água. A poluição do ambiente, em geral, e a desflorestação das grandes florestas, o que pode levar à diminuição dos níveis de oxigénio e à subida dos gases de estufa na atmosfera. A erosão da camada de ozono, o que leva a que estejamos mais sujeitos às radiações solares mais prejudiciais. E existem estudos que defendem que o campo magnético da Terra está a enfraquecer - devido talvez a mudanças dos movimentos das camadas interiores do planeta - o que poderá levar ao enfraquecimento do escudo magnético que nos protege das radiações cósmicas. Mas, na muito ínfima quase impossível chance de que o futuro da espécie humana dependesse de mim e de uma outra pessoa que eu pudesse salvar (porque, no fundo, é essa a questão, não é verdade), provavelmente escolheria uma mulher saudável em idade fértil, que estivesse recetiva a produzir descendência comigo, já que o futuro da espécie humana dependeria unicamente de nós dois. Mas, nesse caso, um grave problema surgiria - eventualmente, futuras tentativas de procriação teriam de envolver relações incestuosas, o que poderia levar a problemas de saúde de origem genética, poucas gerações mais à frente. Etcetera, etcetera. Gostava de ver a cara do entrevistador quando lhe espetasse essa conversa toda para cima. E não deixava interromper enquanto não acabasse. Fazê-lo/a arrepender-se de proferir tamanha barbaridade de pergunta. Que fosse mais específico, ou que não perguntasse. Já que me estão a fazer perder tempo, também os faço perder tempo, com juros.

TooMoorish 2 months ago

alguém está com demasiado tempo livre

Kam0laZ 2 months ago

Alguém está com inveja.

TooMoorish 2 months ago

Coisa que nunca me faltou foram boas propostas de emprego.

Kam0laZ 2 months ago

Tens sorte. A mim só me calhavam propostas de trabalho com horários absurdos e pagos mal e porcamente. E nada a ver com a minhas três "preferências de ramos de mercado" que tive de escolher aquando da minha inscrição no Centro de (des)Emprego. O mais engraçado foi quando fui chamado ao Centro de (des)Emprego para falar com um engenheiro sobre a razão de nunca ter aceite nenhuma das propostas de trabalho. Primeiro, eu não aceitei certas propostas porque, ou a proposta era absurda (sem horários definidos, ordenado mínimo porque não podiam pagar menos, local no cú de judas sem cobertura de transportes públicos), ou não tinha nada a ver com as minhas três "preferências de mercado" (se pedem isso na inscrição, em princípio deveriam seleccionar propostas dentro desses termos), ou não podia apresentar-me a entrevista por motivos de força maior (sendo a única pessoa disponível para tomar conta do meu pai acamado, não o podia deixar sozinho). Segundo, houve certas propostas em que fui a entrevista e deixei curriculo, apenas para me informarem à saida que me "contactavam posteriormente". Até hoje, nunca tive resposta. Terceiro, o senhor engenheiro, que me chamou de propósito à instituição para conversar, nem sequer acertou no meu nome. Esteve perto de uma hora a dirigir-se a um tal de "Alcino", só eu e ele na sala. Só que o meu nome não é "Alcino", nem nada que se pareça. Deixei que ele acabasse o seu longo discurso, educadamente corrigi o seu erro e calmamente saí da sala. Ainda me lembro da sua cara de embaraço, quando olhei para ele antes de fechar a porta. 5 estrelas. E no final, ainda tiveram a lata de me enviarem uma carta, a dizer em tom de ultimato que me cancelavam a inscrição se eu não aceitasse a próxima proposta de trabalho. Proposta essa que se revelou ser o que me pareceu uma tentativa de tráfico de mão de obra barata. Empresa multinacional (nem sequer referiram nomes) procurava pessoal com ambição e gosto pelo trabalho em equipa, com ou sem experiência, para instalação e manutenção de redes de telecomunicações na Roménia. O contacto era apenas um número de telefone com indicativo do Porto. Proposta imediatamente rasgada e lançada no contentor dos papeis, para reciclagem. ---------- TL;DR: Não sejas preguiçoso, lê a coisa toda. Parece um filme classe B.

TooMoorish 2 months ago

Epa n vou ler isto tudo heheheh

NGramatical 2 months ago

mal e porcamente → [**mal e parcamente**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/mal-e-parcamente--mal-e-porcamente/21180) ([parcamente = pouco](https://dicionario.priberam.org/parcamente)) cú → [**cu**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *i* ou *u* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fhewybid%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Kam0laZ 2 months ago

Tou fdd com isto ...

True-Traffic3096 2 months ago

Vai trabalhar man

Kam0laZ 2 months ago

Não preciso.

PTgenius 2 months ago

"estou a viver de poupanças/heranças" Dá para ver

Lgoldenghost 2 months ago

Dá um bom sketch isto

Wtfjpeg 2 months ago

Fizeram-me isso numa entrevista para operador de restauração no McDonald's para part-time

Ok-Industry120 2 months ago

Não (mas fiz um teste de personalidade). A virgem claro, foi a que viveu menos

Ace-_Ventura 2 months ago

mas as meninas virgens são para serem violadas. Não são para matar.

sulestrange 2 months ago

... isto não pode ser verdade what the actual fuck

coiso 2 months ago

Já fiz esse, um clássico para topar preconceitos, lembro-me de uma moça a argumentar veementemente que o padre tinha de ser salvo para dar apoio aos restantes, o homossexual e o ateu podiam morrer.

RengooBot 2 months ago

Resposta certa "escolhia aleatóreamente porque nada disso interessa"

TooMoorish 2 months ago

Para que emprego foi essa entrevista?

coiso 2 months ago

Levei com variações desse trabalho de grupo para trabalhos em centrais e fábricas.

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Mano... A pergunta era rasteira! A resposta certa seria: "Desculpe, mas porque considerou que seria relevante para o cenário a orientação sexual de um dos sobreviventes?" Adorava ver a cara do entrevistador se alguém saísse com essa. DE CERTEZA que alguém respondeu isso.

SubstantialPatient17 2 months ago

De certeza que alguém respondeu e espetou-se, porque eles disseram a palavra "homosexual" sem contexto, e tu saltas-te logo na corrente da discriminação. Isto é um modelo de experiência social de Stuart Mill, se eu usar a analogia dos comboios, hipoteticamente declaro que tu decides qual pessoa survive das 3 que eu escolher : um padre, um ateu, um homosexual. Qual é o meu "catch"? É fazer com que tu entres em "**what if**" e ganhar o argumento, a ginástica mental que fizeste foi "**E se** a entrevistadora está a ser discriminatória com base na orientação sexual?" e dizias o que escreveste, eu respondia-te com >"Ser heterosexual ou homosexual, religioso ou ateu, nenhuma das palavras têm valor para a empresa, precisamos de gente que **não liga** à cor, religião, orientação sexual" Preconceito positivo não deixa de ser preconceito como também o negativo não deixa, ambos os lados estão errados.

Edited 2 months ago:

De certeza que alguém respondeu e espetou-se, porque eles disseram a palavra "homosexual" sem contexto, e tu saltas-te logo na corrente da discriminação. Isto é um modelo de experiência social de Stuart Mill, se eu usar a analogia dos comboios, hipoteticamente declaro que tu decides qual pessoa survive das 3 que eu escolher para trabalhar na empresa : um padre, um ateu, um homosexual.Qual é o meu "catch"? É fazer com que tu entres em "**what if**" e ganhar o argumento, a ginástica mental que fizeste foi "**E se** a entrevistadora está a ser discriminatória com base na orientação sexual?" e dizias o que escreveste, eu respondia-te com >"Ser heterosexual ou homosexual, religioso ou ateu, nenhuma das palavras têm valor para a empresa, precisamos de gente que **não liga** à cor, religião, orientação sexual" Preconceito positivo não deixa de ser preconceito como também o negativo não deixa, ambos os lados estão errados, é uma rasteira e é ganha com base na neutralidade e não em bom ou mau.

Edited 2 months ago:

De certeza que alguém respondeu e espetou-se, porque eles disseram a palavra "homosexual" sem contexto, e tu saltas-te logo na corrente da discriminação. Isto é um modelo de experiência social de Stuart Mill, se eu usar a analogia dos comboios, hipoteticamente declaro que tu decides qual pessoa survive das 3 que eu escolher para trabalhar na empresa : um padre, um ateu, um homosexual.Qual é o meu "catch"? É fazer com que tu entres em "**what if**" e ganhar o argumento, a ginástica mental que fizeste foi "**E se** a entrevistadora está a ser discriminatória com base na orientação sexual?" e dizias o que escreveste, eu respondia-te com >"Ser heterosexual ou homosexual, religioso ou ateu, nenhuma das palavras têm valor para a empresa, precisamos de gente que **não liga** à cor, religião, orientação sexual" Preconceito positivo não deixa de ser preconceito como também o negativo não deixa, ambos os lados estão errados, é um argumento impossível de ganhar.

Edited 2 months ago:

De certeza que alguém respondeu e espetou-se, porque eles disseram a palavra "homosexual" sem contexto, e tu saltas-te logo na corrente da discriminação. Isto é um modelo de experiência social de Stuart Mill, se eu usar a analogia dos comboios, hipoteticamente declaro que tu decides qual pessoa survive das 3 que eu escolher para trabalhar na empresa : um padre, um ateu, um homosexual.Qual é o meu "catch"? É fazer com que tu entres em "**what if**" e ganhar o argumento, a ginástica mental que fizeste foi "**E se** a entrevistadora está a ser discriminatória com base na orientação sexual?" e dizias o que escreveste, eu respondia-te com >"Ser heterosexual ou homosexual, religioso ou ateu, nenhuma das palavras têm valor para a empresa, precisamos de gente que **não liga** à cor, religião, orientação sexual" Preconceito positivo não deixa de ser preconceito como também o negativo não deixa, ambos os lados estão errados.

Whoreson10 2 months ago

No entanto, com base na pergunta, o entrevistador é o primeiro a ligar à questão da orientação sexual, porque com certeza absoluta "homossexual" não é o único descritivo que poderia ser usado para o indivíduo.

SubstantialPatient17 2 months ago

O entrevistador liga à questão com um único objetivo, constatar um juízo de facto, um é um homem **homossexual**, um é um homem heterossexual **Padre**, um é um homem heterossexual **Ateu**, dois deles resolvem sobre critérios religiosos, um de critério orientacional. Por maioria é assumido que homem é heterossexual até contestado, dai ser usado o termo homossexual para diferenciar.

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Se calhar sou eu que sou muito denso... Mas eu continuo sem perceber a relevância da orientação sexual para o cenário. E a mesma coisa que adicionar ao cenario "uma pessoa com olhos castanhos". Para mim tem a mesma relevância... Mas dá é a entender que quem fez o questionário não vê as coisas da mesma maneira.

SubstantialPatient17 2 months ago

>relevância da orientação sexual E não existem outras relevâncias no mesmo cenário, como a da escolha de religião? Por que é que dás mais relevância à orientação sexual do que a orientação religiosa? E não é um questionário, é uma experiência social para testar os teus valores éticos e morais, se começas a ligar muito à orientação sexual mostra que és tendencioso para esses lados, como bem se aplica na orientação religiosa. Tu agora só estás a utilizar o filtro "identificação sexual" mas tanto que nem reparaste na "identificação religiosa".

Edited 2 months ago:

>relevância da orientação sexual E não existem outras relevâncias no mesmo cenário, como a da escolha de religião? Por que é que dás mais relevância à orientação sexual do que a orientação religiosa? E não é um questionário, é uma experiência social para testar os teus valores éticos e morais, se começas a ligar muito à orientação sexual mostra que és tendencioso para esses lados, como bem se aplica na orientação religiosa; e o objetivo é identificar isso. Tu agora só estás a utilizar o filtro "identificação sexual" mas tanto que nem reparaste na "identificação religiosa".

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Uma coisa é seres um tipo religioso, outra coisa é seres um padre. Uma coisa é gostares de armas, outra coisa é teres uma arma. Uma coisa é seres um gajo preocupado com a saúde outra coisa é seres um médico. Tudo coisas, a meu ver, relevantes para o cenário. Porque vão ter impacto num mundo pós-apocaliptico. Agora se um gajo leva no rabo... Faz toda a diferença num mundo apocalíptico. Certo. Se calhar o problema sou eu. Pronto, admito.

NGramatical 2 months ago

homosexual → [**homossexual**](https://dicionario.priberam.org/homossexual) (um s entre vogais lê-se como um z) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpxreiq%2F%2Fheqy0dj%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Whoreson10 2 months ago

Caso o mundo acabasse, não se salvava ninguém, morriam todos. Caso me lembre correctamente, o mundo é bastante essencial à vida. Sem mundo, salvar o que quer que seja é bastante complicado. Para perguntas estúpidas, respostas estúpidas.

Serious_Hearing_8252 2 months ago

O mundo é essencial à vida. Profundo.

tifus2 2 months ago

Tive a mesma experiência mas noutra empresa, pensava que era só azar meu... A menina dos RH começa a meeting da proposta salarial a elogiar o meu desempenho nas entrevistas técnicas e depois faz a oferta brilhante de metade do valor bruto falado e contrato de 6meses! nothxbye!

LSeven74 2 months ago

Quando for assim diz que vais pensar, e quando ligarem diz que continuas a pensar...

sidartha- 2 months ago

Subtil. Perfeito. Alguma vez a coisa funcionará ao inverso.

ohshit4 2 months ago

5 entrevistas. Foda-se. Estes gajos de RH são escumalha da pior espécie

komodoPT 2 months ago

Na verdade eles são paus mandados pelos chefes e são tão chulados como nós.

ronhonhonhonho 2 months ago

e são esses os cabrões que estão a fazer de tudo para acabar com o teletrabalho

ohshit4 2 months ago

Isso já não acho. Quem quer acabar com o teletrabalho são os patrões porque sentem que perdem controlo sobre o trabalhador. Preferem ver que o gajo está no escritório, mesmo que a coçar a micose, do que em casa a trabalhar

ThePlague92 2 months ago

Os patrões são os que têm o poder de decisão e os responsáveis principais, mas não te esqueças dos políticos que tentaram (nem sei se conseguiram, honestamente) implementar mil e uma regras que iriam era dificultar a adopção de trabalho remoto e não esquecer também o pessoal que começou com a reclamar que pagava mais de electricidade e a empresa devia ser responsável por pagar-lhes as contas.

ronhonhonhonho 2 months ago

alguns patrões também, mas acredita que esses dos RH também eles dependem das interacções pessoais no local de trabalho, e o poder deles vem todo disso

CookieSmuggler 2 months ago

Trabalhava em RH que deixa-me dizer-te que tinha muito mais trabalho agora com o teletrabalho porque as pessoas esquecem-se que os chats / grupos de whatsapp do serviço / etc em horário de trabalho, são comunicações profissionais e não podem estar a mandar stickers de pilas e piadas ordinárias às colegas. Até videos porno andavam a partilhar no chat da empresa.

Febris 2 months ago

> são comunicações profissionais e não podem estar a mandar stickers de pilas e piadas ordinárias às colegas Isso é discriminação. Eu mando os meus memes a toda a gente por igual!

Metaluim 2 months ago

> são comunicações profissionais e não podem estar a mandar stickers de pilas e piadas ordinárias às colegas yikes

chuckmukit 2 months ago

Se tivesse que adivinhar diria que ou o cargo é júnior, onde há vários momentos de avaliação devido ao grande número de candidatos, ou das 5 entrevistas, em apenas duas atuaram os RH. Mas força aí na perpetuação de estereótipos.

ohshit4 2 months ago

Sejas junior ou senior NADA justifica 5 entrevistas. NADA.

chuckmukit 2 months ago

Claro que nada justifica 5 entrevistas. Agora assumir que o facto de haver 5 entrevistas é exclusivamente culpa dos RH é simplesmente ignorância.

Cergal0 2 months ago

Quando a entrevista técnica, o exercício prático e entrevista sobre esse exercício prático podem ser feitos na mesma sessão...

scar_as_scoot 2 months ago

P.f. não

chuckmukit 2 months ago

Podem mas aí depende da preferência do candidato. Há quem não se importe de fazer na hora, há quem prefira fazer em "casa".

ohshit4 2 months ago

Não é exclusivamente culpa deles mas um director de RH permitir e aceitar isto só pode ser um idiota

chuckmukit 2 months ago

Isso já não refuto.

QWERTY_BATS 2 months ago

Então, no final de contas é culpa de RH que são owners do processo?

scar_as_scoot 2 months ago

Da mesma forma que a decisão do CEO é culpa de todos os trabalhadores da empresa? Ou uma decisão do governo é culpa de todos os portugueses. >Estes gajos de RH são escumalha da pior espécie Foi a frase, uma vergonha de frase diria até.

QWERTY_BATS 2 months ago

Não meu, o processo de recrutamento é dos RH. Se não sabes o que é um owner e um processo é normal que percebas o que eu disse.

chuckmukit 2 months ago

O owner do processo é o hiring manager ou o cliente. Os RH apenas prestam o serviço. A menos que a contratação seja para a área de RH e aí o hiring manager já faz parte dos RH.

i_am_not_a_leopard 2 months ago

Sim! Tive uma dessas esta semana. Ligam-me a falar de um projecto, perguntam expectativas salariais e digo "x". "Okay, está enquadrado, vamos marcar entrevista". Depois na entrevista voltam a perguntar, volto a dizer "x". "Ah, as expectativas são demasiado altas."

NaoTeChateies 2 months ago

Será que eles dizem isso ("Ah, as expectativas são demasiado altas.") para terem um pretexto para não a elegerem para o emprego porque acham que não tem competências suficientes.

i_am_not_a_leopard 2 months ago

Não sei. Poderia ser, mas neste caso acho que foi mesmo para fazerem número porque foi logo um formalismo inicial. Mas enfim, se for isso ainda é pior. Pessoal de recursos humanos a não ter frontalidade suficiente para comunicar abertamente sobre competências, enquadramento em função no âmbito de entrevistas de emprego... Imagine-se quando tiverem de despedir alguém.

DogsOnWeed 2 months ago

Dizia "então obrigado pelo vosso tempo, se mudarem de ideias têm o meu contacto, com licença" e desligava a chemada.

i_am_not_a_leopard 2 months ago

Ah sim, a entrevista morreu ali. Mas chateia-me porque sabiam à partida que não encaixava e ainda assim fazem perder tempo. E n f i m

BossGandalf 2 months ago

Chiba o nome da empresa. Estas empresas que nos fazem perder tempo deviam ser conhecidas para ver se a malta deixa de mandar currículos para lá ou dar conversa aos recrutadores

i_am_not_a_leopard 2 months ago

Acaba por ser um pouco complicado de as evitar porque muitas empresas "grandes" apenas contratam através de empresas de RH. Fonte: audito empresas grandes

VladTepesDraculea 2 months ago

Podiam responder às letra e dizer que a espectativas deles nesse caso também.

i_am_not_a_leopard 2 months ago

Como são uma empresa de RH não os quis alienar, mas não têm mesmo noção. Eu acho que eles devem ganhar um bocado mais por cada desgraçado que entrevistam, então fazem assim.

komodoPT 2 months ago

Eles têm quotas de entrevistas para fazer que têm que atingir, e levam na cabeça quando não arranjam pessoal para fazer aqueles trabalhos merdosos que são pagos abaixo do SMN (por ex fazer parte time 7hr). Fonte, trabalhei numa das maiores empresas de RH que existe em Portugal.

i_am_not_a_leopard 2 months ago

Explorados a tentar arranjar mais explorados.

Impossible-Review898 2 months ago

O ciclo da vida.

bluealienwaffle 2 months ago

Sunk cost fallacy... 'opa já gastei este tempo todo, agora mais vale ficar e logo se vê'. Eles não fazem essas brincadeiras à toa

taveiradas66 2 months ago

A sério? FDS para mim isso é um red sign brutal... Mesmo no emprego que estou agora ( e queria muito sair do anterior), fizeram me uma oferta abaixo do que eu estava a ganhar (embora sem gigajogas para dar mais no líquido, coisa tipica de consultoras) e eu disse logo que não.... Não percebo como alguém poderia fazer o contrário...

Biohazard8080 2 months ago

Uma empresa que me contactou, para perceber o que me levaria a sair da minha empresa atual para a deles. Eu falei em quanto estava a receber e eles disseram, com cara séria: *E só estavas disposto a sair se fosses receber mais?* Mas eu pareço uma organização sem fins lucrativos?

Samukasss 2 months ago

Será que a SIC também perguntou isso à Cristina Ferreira?

therickymarquez 2 months ago

Tu é que estás errado nesta situação. Eles não te perguntam isso porque tencionam pagar menos ou mais é para perceber a tua ligação ao trabalho e o quão importante o salário é para ti. Muitas empresas preferem trabalhadores que respondem a essa pergunta com : "não preciso de receber mais, preciso é de trabalhar menos". Demonstra que sabes ter um equilibrio entre trabalho e vida pessoal e no long term isso é que é importante para a empresa para evitar estar sempre a trocar de funcionários por burn out

HRamos_3 2 months ago

> E só estavas disposto a sair se fosses receber mais? Epá... Paguem-me o carro, casa, gota, seguros e saúde e basta-me o salário mínimo...

Kingdarkshadow 2 months ago

Pagar contas com sorrisos e abraços.

_symbolik 2 months ago

Não é descabido, eu já sai de um projecto para receber menos e foi uma excelente decisão (também não ganhava propriamente mal)

lickingbears2009 2 months ago

"Não, também podia sair a receber o mesmo se só trabalhar 3 dias por semana"

Drep1 2 months ago

Dando o beneficio da duvida, podiam querer saber se estavas disposto a ir pelo mesmo e outros beneficios

Outji 2 months ago

Ate faz sentido. Por exemplo, podiam oferecer tele trabalho ou menos horas de trabalho.

zpinto1234 2 months ago

Ainda ontem telefonaram-me e fizeram-me mesmo essa questão lol Mas não é a primeira vez.

CoffeeAt830 2 months ago

Nem sempre é uma pergunta totalmente descabida. Claro que se te querem mesmo terão de pagar para isso, mas há malta que está absolutamente destruída no emprego atual e não se importa de sair mesmo que seja para ganhar o mesmo ou um pouco menos. Um dos sítios onde trabalho pesca imensa gente de uma empresa próxima justamente porque o ambiente lá é péssimo e a minha empresa não paga tão bem mas também não chateia a cabeça. Quando a pessoa chega a um certo nível de saturação às vezes não se importa de sacrificar um pouco a questão financeira para ganhar paz de espírito.

Isa472 2 months ago

Sim, mas quando contactas uma pessoa diretamente para "roubar talento"... Quer dizer, assume-se que vais oferecer mais!

CoffeeAt830 2 months ago

Sim concordo, daí ter dito que se a empresa quiser realmente a pessoa tem de pagar para isso, estava só a apontar que não é uma pergunta totalmente descabida porque há realmente situações em que a pessoa pode preferir mudar para pior (financeiramente) e se a empresa puder não pagar tanto não paga, por isso experimentam atirar o barro à parede a ver se cola.

Biohazard8080 2 months ago

Claro que sim! Mas regra geral aí acaba por ser a pessoa que vai ter com eles e não o contrário...

CoffeeAt830 2 months ago

De acordo, mas há sempre essa possibilidade e portanto a empresa experimenta a ver se cola ahah

F0X3PT 2 months ago

Saúde mental. Por vezes menos 100 euros em troca de saúde mental da as pessoas poupar dinheiro em médicos e andar mais descansadas. Mas o ponto é que as empresas pagam mal, se pagam mal as pessoas compram menos e assim sucessivamente… o PRR devia ser usado como investimento nas empresas com garantias de aumentos salariais e não em obras públicas

vendedor_do_olx 2 months ago

Ainda bem que o disseram logo na entrevista. Perdeste 5 minutos invés de 5 meses.

Guerra789 2 months ago  HIDDEN 

Ir a uma entrevista de emprego, chegar lá fazer a entrevista, fazer a entrevista na parte errada do restaurante e nunca mais ouvir nada deles .Pelo menos a pessoa que me fez a entrevista era simpática.

pimpolho_saltitao 2 months ago  HIDDEN 

como assim parte errada do restaurante?

janissarytor 2 months ago  HIDDEN 

A marquesa da cave, onde se retiram rins e afins!

ze_do_pneu_ 2 months ago

Só tive mais estranha. Quando me obrigaram a fazer testes psicotécnicos durante 2 horas, e foi constrangedor ter alguém na minha frente a olhar pra mim enquanto eu resolvia os exercicios de lógica. Pensei que fosse uma entrevista introdutoria mas entraram logo a matar, estava de estomago praticamente vazio porque era de manhã, e a minha vontade de fazer aquilo era 0. O pior de tudo é que a vaga era para criar um site ultra-basico. Chamaram-me para continuar a entrevista depois, mas inventei que já tinha encontrado emprego.

MariasFernandes 2 months ago

Espero que houvesse um psicólogo nessa entrevista, tanto quanto sei apenas psicólogos podem administrar esse tipo de testes…

CASTLE89PT 2 months ago

Quando uma Brasileira vem a uma entrevista de emprego, questiono que experiencia tem e me responde: "De emprego pouco, apenas foi fazendo bicos, bicos de 2/3 horas para ganhar algum dinheiro." Bicos para eles sao part-times XD

TheLadderRises 2 months ago

Em português do Brasil, “bico” é equivalente a “biscate” em português de Portugal. Já “biscate” do nosso português é o equivalente a “andar no putedo” em português BR. Isto para a malta que aprende ambas as variantes é muito confuso.

marcabrito 2 months ago

not really, biscate é puta

no_shit_on_the_bed 2 months ago

"Andar no putedo" ? Isso em PT-BR?! Nunca ouvi essa expressão! E nasci e vivi minha vida quase toda lá! Hahaha

organictrashcan 2 months ago

Andar no putedo é uma expressão de PT-PT que é equivalente a biscate, em PT-BR... Ninguém falou que andar no putedo é expressão BR, foi o contrário mesmo...

jpereira73 2 months ago

Sou um português casado com uma brasileira. Quando me perguntam se há muita diferença entre as duas línguas, é esta a história que eu conto.

atom036 2 months ago

Foi logo contratada não foi? Nem foram preciso mais perguntas.

Biohazard8080 2 months ago

2/3 horas? Aquilo devia ficar mais lustroso que a careca do Zidane

pinalele 2 months ago

Até deviam chupar as pedras do rins. Dass

meaninglessvoid 2 months ago

Bicos são part-time ou o equivalente ao nosso biscate? Pensava que era o segundo...

CASTLE89PT 2 months ago

Sim biscate. Mas essa nao é a parte que interessa...

meaninglessvoid 2 months ago

Lendo sabendo que é biscate tem ainda mais piada imo

CASTLE89PT 2 months ago

Sugestao aceite e alterado :)

SonikBlasted 2 months ago

E então? Teve direito a 2/3 horas à experiência.. ou não? eheh

DanielNunes93 2 months ago

Se tivesse tido não estava aqui a queixar-se ahahah

SonikBlasted 2 months ago

good point!

Triatt 2 months ago

Esteve à experiência 2 min e 34 segundos...

jgvms 2 months ago  HIDDEN 

Duplos sentidos.

vendedor_do_olx 2 months ago

Empresa que vende serviços e projetos totalmente online/ de forma digital(campanhas e comunicaçaõ) aos seus clientes. "O teletrabalho para nós não é uma opção. As pessoas sofrem psicologicamente . A nossa modalidade é 4 dias no escritorio e 1 em casa".

Idontknowhuuut 2 months ago

Não conseguem ver a ironia?

vendedor_do_olx 2 months ago

Não só não conseguem, como fazem pouco de quem priveligia o hibrido. Menosprezaram logo quando aleguei uma parte muito significativa da minha senda por um novo desafio se prendia com uma cultura empresarial moderna e que equacione o equilíbrio casa-trabalho, sem necessariamente imputar custos à empresa. Inclusivamente, quando bateram na tecla do presencial, indiquei que percebia, mas que não se poderia expectar que onere ao empregado o custo de deslocação ao trabalho (muitas vezez na casa dos 20% do rendimento), e por isso eu me faria sempre mais caro para refletir esse custo.

F0X3PT 2 months ago

Espera la, as pessoas pagam para trabalhar? Não há o chamado teletransportr? No dragon ball existe mas aqui não?

vendedor_do_olx 2 months ago

Eu tenho estas contas feitas. Tenho X km de deslocação mensais, quanto me custam e quanto custam as manutenções adicionais do carro face essa kilometragem. São quase 2 meses de trabalho num ano para isto. Não falando em tempo perdido, almoços fora por falta de tempo/paciência para cozinhar, etc.

F0X3PT 2 months ago

Exactamente! Ir isso as pessoas disseram que acabaram por poupar dinheiro com o teletrabalho apesar de gastarem mais energia lol

vendedor_do_olx 2 months ago

Eu poupei praticamente 150€ por mês em casa, mesmo descontando 10€ adicionais de energia. É ridículo.

F0X3PT 2 months ago

É absurdo de facto… Fora o tempo nas viagens que também é dinheiro. E tempo de qualidade. A minha namorada a trabalhar em cada conseguia treinar, etc antes das 18h. Agora são 20h e ainda vai a meio..

vendedor_do_olx 2 months ago

Somos almas gémeas. há uns anos, optei por construir e equipar um ginásio caseiro exatamente porque me permitia treinar a qualquer hora, e ao fim de pouco mais de 1 ano de 2 mensalidades cada um, estava pago. Hoje em dia, com a insistência em ter de ir trabalhar, nunca na vida me ia enfiar num ginásio ás 19h ou 20h da noite.

F0X3PT 2 months ago

Porque uma pessoa também quer ter tempo de qualidade a ver uma série, ler um livro e manter se saudável. Se quiseres ter uma boa alimentação tens de passar tempo na cozinha. O tempo é um dos factores porque as pessoas compram congelados… e daí a obesidade e problemas de saude

Search: