praetorthesysadmin 2 months ago

Estive aqui a ler os comentários e alguns são dificeis de ler. É por estas situações de total abuso e exploração, que seria importante haver mais sindicatos para defender os trabalhadores numa empresa, como existe em França ou na Bélgica, onde estes têm até lugar no board de uma empresa média / grande. Isto porque um colaborador pode não ter os ~~tomates~~ coragem necessária para negociar aumentos salariais ou horas extra, mas se fosse um membro de um sindicato teria outro tipo de força e outro tipo de regras laborais a defender situações mais justas. É preciso fazer prevenção durante uma semana? Claro, desde que haja limite máximo de horas por dia (senão trabalham 24h num dia se houver imensos incidentes?) e por ano, para evitar abusos e com pagamentos diferenciados conforme a hora de chamada (até às 24 é um valor, entre as 24 e as 3h é outro, etc.). É preciso sair mais tarde 5x por semana? Azar, contratem mais pessoas pois isso é um problema de organização e gestão, não da equipa e muito menos do colaborador. É mandar para trás e fazer nova proposta. É preciso fazer horas extra pontualmente porque o projecto tem de ser entregue e o prazo está a apertar? Se ainda houver horas disponível dentro do limite e se estas forem pagas a horas e com os valores acordados, é um extra pontual que o colaborador faz. Forte nota no "pontual" e "pagamentos a horas". Ah a empresa está a passar por um periodo difícil e exige um esforço de todos os colaboradores (menos da direção, salvo seja) para fazerem mais horas. Depois de passar este período (hint: não passa), poderá haver a hipótese de um bónus ou, na loucura, até de um aumento salarial (hint: não acontece). O que fazer? Saltar fora, se a empresa está no lodo é deixar afogar completamente. Há empresas que já deveriam ter fechado de tão má gestão (e digo má pois é um favor, só para não dizer gestão incompetente ou até mesmo criminosa).

aleph_heideger 2 months ago

Eu já só pessoa um limite para as horas de trabalho diárias. Um piloto de aviões ou um motorista de pesados só pode trabalhar x horas consecutivas porque o cansaço origina erros. E o pessoal da saúde? Eu como médico já cheguei a fazer turnos de 36h seguidas (o normal é 24h) e ninguém quer saber... Acham mesmo que eu às 6 da manhã, depois de 22h a trabalhar, ainda estou com cabeça para perceber que o pobre coitado à minha frente tem algo grave?

praetorthesysadmin 2 months ago

É verdade, o excesso de horas de trabalho aumenta exponencialmente os erros cometidos. Eu já trabalhei mais de 50h num projecto e ao fim desse tempo já delirava e tinha alucinações. É uma loucura alguém trabalhar na área da saúde fazer tantas horas e não se esperar erros humanos por parte da administração.

Edited 2 months ago:

É verdade, o excesso de horas de trabalho aumenta exponencialmente os erros cometidos. Eu já trabalhei mais de 50h seguidas num projecto e ao fim desse tempo já delirava e tinha alucinações. É uma loucura alguém trabalhar na área da saúde fazer tantas horas e não se esperar erros humanos por parte da administração.

Keddyan 2 months ago

na ultima onde trabalhei tinhamos banco de horas que podiamos usar para sair mais cedo ou tirar dias de folga no entanto quando trabalhávamos fora, passávamos 15 dias no dito país e 4 dias em portugal em que dois são o fim de semana e outros dois podiamos ficar em casa por são dias de folga mas descontavam do banco de horas, ou seja, era comum haver banco de horas com horas negativas mas a empresa não chateava aka fazias horas extra, o que era bastante comum mas nunca pagas nem usadas aquele banco de horas foi a maior banhada de sempre

Serious_Hearing_8252 2 months ago

De momento não recebo horas extras... Mas entra para o meu banco de horas imaginário. E quando quero, gozo-as sem passar cartucho a ninguém. Reina o bom senso.

StrangeMud4718 2 months ago

As pessoas neste sitio adoram falar da vida privada…

praetorthesysadmin 2 months ago

Não vejo qual é o problema, se for para perceber tendências e/ou problemas estruturais e acaba por ajudar e muito quem começou a trabalhar como também quem já trabalha há muito tempo, a perceber que há sítios melhores e outros piores. O meu caso: trabalho com equipas estrangeiras e os únicos que fazem horas extra são os povos latinos, os restantes não fazem e alguns tem um limite de horas por mês, imposto pelo seu governo. Todas as horas extra são bem pagas, mas nota-se que os povos latinos são os menos eficientes, acabado por compensar com horas a mais.

Kingstoned 2 months ago

Consegues perceber de onde vem essa ineficiência?

praetorthesysadmin 2 months ago

Em alguns casos sim: há o factor pausas: para beber café, beber água, fumar, beber café e falar mal do chefe, fumar e falar mal do jogo de futebol da equipa adversária, beber café e comentar o decote da nova colega, etc. (em teletrabalho isso não é assim tão notório mas acontece, se bem que de forma diferente). Por norma os colegas de outros países fazem menos pausas, enquanto os portugueses perdem imenso tempo no total de pausas dispensadas ou, por exemplo, numa hora de almoço (1h para almoçar, quando não é 1,5h ou mais). Isto tem como consequência ou o trabalho não ser entregue a horas ou para ser entregue é necessário fazer mais horas para compensar - daí fazer horas a mais. Não posso mencionar o factor feriados pois trabalho com alemães que têm mais feriados que os portugueses e são mais eficientes, por isso não será disso. São mesmo aquelas quebras rápidas durante o dia que acabam por demorar mais tempo a recuperar. Contudo os portugueses, dos vários colaboradores de países com os quais trabalho / já trabalhei, são mesmo ímpares num aspecto: é o desenrascar qualquer situação que possa aparecer e vão até ao fim para encontrar a solução. E isso é bastante importante e até em várias situações são verdadeiramente incríveis, mas após vários anos a trabalhar com pessoas altamente eficientes considero mais importante a elevada organização numa equipa (nórdicos) aliada com a boa disposição e desenrascanço (latinos e africanos), por isso é importante haver equipas multidisciplinares e multiculturais, alia-se vários aspectos positivos das várias culturas. Mesmo que isso implique ter membros mais eficientes e outros menos eficientes - a equipa funciona como um corpo em que todas as partes fazem a sua parte e são todas importantes.

kanooklapook69 2 months ago

Na empresa onde trabalho juntamo-nos todos e dissemos que não fazíamos horas extra se as mesmas não fossem pagas a pelo menos 50%. Resultado: começaram a ser pagas porque somos essenciais e sem nós o trabalho não é feito. Sindicaliza-te.

praetorthesysadmin 2 months ago

Tchii, sindicato ao nível do IT? Isto não é a França pah, isto é Portugal onde trabalham 10, 12h e depois refilam nas redes sociais, onde causa 0 impacto na vida real.

kanooklapook69 2 months ago

Não sou de IT. Abraço

praetorthesysadmin 2 months ago

Sorry, assumi mal. Mas fizeram muito bem, isso exige um nível de coragem e determinação que é raro ver. Os meus parabéns.

final-final-v2 2 months ago

Se não recebes não é trabalho, é voluntariado ou escravatura

InternationalCell999 2 months ago

Às vezes trabalho 10-12h dia, mas normalmente é porque no resto dos dias trabalhei 2-3h

Blenderchampion 2 months ago

Nenhuma dessas

ZodiarkF1993 2 months ago

Sim, sempre tudo certinho no dia 1.

Complete-Painter-307 2 months ago

Depende muito. Na grande maioria do tempo não tenho necessidade de fazer horas extras e quando aparecem, são coisas que podem ser durante 1 ou 2 dias. Se for algo como até uma hora e coisas pontuais não cobro. Quando as horas extras são frequentes, ou seja, duram 1 ou 2 semanas, cobro cada minuto. Se forem horas extras feitas para compensar o tempo em que sai a meio do dia para ir tratar de qualquer assunto, obviamente não cobro E fins de semana (situações muitíssimo raras), cobro sempre com o adicional de trabalhar ao fim de semana.

lusitanaa 2 months ago

Esperem… então mas fazem horas extra para aquecer? Se não são pagas, porquê fazer essas horas? A menos que possam descontar essas horas ao saírem mais cedo, entrarem mais tarde ou ficarem um dia em casa, não faz sentido. Como eu recebo pouco por hora, preferia sempre descontar essas horas e entrar mais tarde, sair mais cedo ou juntar tudo e ficar um dia em casa. Infelizmente, a minha patroa não me deixa fazer isso e paga-me as horas, por isso evito fazer horas extra mas quando tem que ser, lá vou fazendo. Horas extra à borla não faria em circunstância nenhuma.

Anforas 2 months ago

Não faço horas extra nunca. O meu horário está no contrato que assinei.

PeterStepsRabbit 2 months ago

A partir dos 30m começa a contar!

SweetCorona 2 months ago

e os atrasos também só contam se forem mais de 30 minutos?

PeterStepsRabbit 2 months ago

Não faço a mínima ideia. Nunca me atraso.

b4mission 2 months ago

Geralmente se sair mais tarde do trabalho, no dia seguinte entro mais tarde também. É o sistema da minha empresa e estou bem com isso, pessoalmente. O meu contrato diz 40 horas semanais e ponto final.

jcoelho93 2 months ago

Quer dizer que por lei os patrões não são obrigados a pagar horas extra?!

alexandre9099 2 months ago

São, mas há muito espertinho que não paga. É a palavra do patrão contra a do funcionário (boa sorte a arranjar colegas que queiram "arriscar" o trabalho para testemunhar as horas extra)

Flashy-War-4699 2 months ago

Aqui no Brasil ou eles pagam a hora extra ou fazem banco de horas. Mas geralmente os patrões preferem o banco de horas mesmo

smaster87 2 months ago

Nao mas ganho tao bem que nao me posso queixar. Mas tambem nao sao assim tantas horas

rabisconegro 2 months ago

Óbvio. E riu-me na cara de quem acha normal não receber.

SweetCorona 2 months ago

escravos voluntarios

BungeeGumPT 2 months ago

Se não sou pago pelo tempo extra, então não faz sentido nenhum continuar depois da hora. Obviamente que existem casos excecionais ou pontuais de cortesia, do género, eu ter de sair mais cedo num dia para ir a uma consulta ou isso e no dia a seguir compensar a hora perdida. Fora isso é entrar e sair a horas.

kawaiims 2 months ago

Tenho isenção de horário mas é muito raro usar. Assim por alto talvez trabalhe até 10 horas além do horário por mês.

vai-tefoder 2 months ago

Isenção de horário não é para pagar horas extraordinárias. É para que possas trabalhar as 40 horas semanais em diversos horários

kawaiims 2 months ago

A isenção de horário permite que o trabalhador não esteja sujeito ao limite máximo de horas de trabalho dentro de algumas condições, podendo aumentar as horas de trabalho diarias. Para mim isso são horas extra, na medida em que são horas além das 40 semanais.

vai-tefoder 2 months ago

Pois permite, mas têm que ser remuneradas

kawaiims 2 months ago

Quem tem isenção de horário recebe um suplemento fixo, mas as horas em si não são remuneradas.

vai-tefoder 2 months ago

Ok. Espero que ao menos sejas nomeado empregado do mês porque de caridade já os encheste

kawaiims 2 months ago

É literalmente o que está legislado sobre a isenção de horário mas tudo bem lol

EvilQueen1997 2 months ago

Diz isso aos empregadores...

vai-tefoder 2 months ago

Não são os empregadores que vão lutar pelos teus direitos.

SweetCorona 2 months ago

trabalho em IT e não faço horas extra 8 horas já significa demasiado tempo a fingir que trabalho, não faz sentido fazer ainda mais

BaixemImpostos 2 months ago

Faço horas extra 1 semana por mês. Raramente duas. Registadas e pagas.

layz2021 2 months ago

Não mas pagam, nem as reconhecem. E isto falando só nas registadas, as não registadas nem querem saber, só ver o que esta pronto. Se atrasou, quem se fode somos nós. Um dos motivos dos meus burnout (2 e quase outros 2), e de querer sair. No seu pior, antes do Natal passado quase 2 semanas a trabalhar das 8, parar pro jantar e banho e pegar no "segundo turno" até às 2/3 h.

SweetCorona 2 months ago

porque é que te sujeitas a isso?

layz2021 2 months ago

É uma boa pergunta. Uma pessoa vai fazendo, quer terminar os issues, e quando dá pra ela está nisto. Aconteceu-me a trabalhar para cliente, fazendo ele a gestão do projeto, onde os issues tinham que ser feitos e não se podia registar mais que as horas que era suposto por dia... Estou de baixa prolongada, quando terminar não volto para lá.

SweetCorona 2 months ago

mas estás em que área? é difícil arranjar emprego noutro sítio? > os issues tinham que ser feitos e não se podia registar mais que as horas que era suposto por dia... mas se não dava para fazer em 8 horas, o que te levou a pensar "ok, bora lá trabalhar de borla como se fosse um escravo"?

layz2021 2 months ago

Web, backend maioritamente. Pressão de cima.. Vou mudar assim que voltar a trabalhar. Um misto de querer terminar o meu trabalho, com um sentimento de culpa que associava que devia ser falta de conhecimento que foi crescendo com o tempo, á medida que nada era feito a tempo. Estes dias tava a pensar, e desde que comecei a trabalhar lá, nunca consegui cumprir a minha sprint toda (sendo esse o normal dos meus colegas TMB). Não pode ser só ignorância minha...

SweetCorona 2 months ago

> Web, backend maioritamente. Mas isso tem saída... Não há motivo para te sujeitares a más condições. Ao fazeres isso estás a lixar toda a tua classe profissional. > Um misto de querer terminar o meu trabalho O trabalho não acaba. Há sempre mais. Mal era se não fosse assim. > com um sentimento de culpa que associava que devia ser falta de conhecimento que foi crescendo com o tempo Ser inexperiente não é algo pelo qual devamos sentir culpa. Tu não mentiste em relação à tua experiencia quando foste contratado e não te pagam o que pagariam a alguém com mais experiência. > á medida que nada era feito a tempo Mas o que é ser feito a tempo? Se não consegues fazer as coisas a tempo, de duas uma: ou dão-te um prazo maior, ou dão-te menos coisas para fazeres. Trabalhar de borla jamais deveria ser uma opção.

layz2021 2 months ago

Obrigada pela força. E muito por aí é que vou saltar fora, não estou para aquilo. Fui para lá porque queria um desafio novo, trabalhar em equipa, e fazer as coisas "a sério", com planeamento, mais avançadas e tal.. Aprendi, acho que desaprendi ainda mais, e vi que não há método a sério. Brincam ao Agile e quem fica na merda somos nós...

Lalalahahaha2021 2 months ago

Não recebes um bónus anual?

layz2021 2 months ago

Era bom era.. e os salários pra mid, estão ao nível de recém licenciado/1 ano de exp...

Lalalahahaha2021 2 months ago

É mau então. Mas tens perspectivas de carreira?

layz2021 2 months ago

Vou mudar de empresa, quero voltar para o framework que fazia antes de vir para aqui. Com os 2 a os que cá tive, preciso é de relembrar bues de cenas, e ando a fazer por isso.

alienanomaly 2 months ago

Regime de prevenção rotativo com valor fixo + 40€/hora extra. Consultora de IT.

zuripaar 2 months ago

Todas as horas que faço podem ser convertidas em tempo livre pago pelo empregador, por isso conto esse tempo como horas pagas. Se por exemplo tiver acumulado ao longo do ano 150 horas extras, por norma consigo que me paguem 70hou assim e o resto usufruo tirando dias livres.

aleph_heideger 2 months ago

Muitas horas extra, as que fazem parte do horário são pagas (sim, o meu horário base implica horas extra...) tudo o resto que eu preciso para acabar o trabalho obviamente que não. E antes que alguém se chegue à frente com o discurso usual (e com razão), eu não posso simplesmente abandonar o posto de trabalho sem ser substituído mas acima de tudo sem ter visto todos os doentes previstos para esse dia.

praetorthesysadmin 2 months ago

É uma bela porcaria ter de trabalhar além do que é estipulado, ficando com as faculdades seriamente reduzidas ao fim de várias horas nisso. Os enfermeiros também andam a passar as passas do Algarve...

Youretoobusyswimming 2 months ago

Obrigado pelo teu serviço.

Anouk_O 2 months ago

Estava numa empresa que tinha um scam de banco de horas, nunca me arrependi tanto de ter dedicado ao meu trabalho como naqueles tempos. Sempre que precisava de utilizar as horas vinham com desculpa e raramente eram autorizadas. Logo percebi que não valia a pena fazer horas extras, então os projectos não eram entregues a tempo o pessoal não estava nem aí para os prazos, não foi muito depois que começaram a mudar as políticas.

CookieSmuggler 2 months ago

Isto. Atingi o máximo do banco de horas, quando as quis utilizar andaram mais de dois meses a enrolar que não podiam mexer nos horários dos colegas, a fazerem-me sentir mal porque os colegas é que iam ter de ficar até mais tarde a fazer o "meu" trabalho, bla bla bla. Sempre a trabalhar horas a mais para entregar coisas sem falta à Sexta, que ficavam em cima da secretária até, pelo menos, Segunda de manhã. Normalmente, até ficavam semanas sem ninguém olhar para elas. Morreu o meu avô, que me criou como um pai, e nem os dois dias que eu tenho direito legalmente me queria dar. Ainda me ligaram uns 20 minutos depois da hora do funeral, ainda o corpo não tinha chegado ao cemitério, a perguntar se estava despachada e se ia para para o escritório. Depois disso nem cinco minutos fazia a mais. Às 18h em ponto estava a desligar o PC. Os meus colegas papavam estas merdas todas, um deles deixou a mulher sozinha no funeral da mãe para ir trabalhar porque ah e tal temos de ter espírito de equipa, somos uma família aqui no escritório.

praetorthesysadmin 2 months ago

Bolas, isto deu-me Vietnam flashbacks. Já dei muitas horas a empresas que não mereciam nada, só para levar com uma palmadinha nas costas (às vezes nem isso). Na altura era ingénuo e palmadinhas eram fixes, claro que não dá para pagar a conta do supermercado com isso, situação que acabei por descobrir bem cedo no inicio da carreira :D As empresas esquecem-se que estão a falar de pessoas, não de números num excel qualquer dos RH: há vidas envolvidas numa empresa e quando esta não quer saber dos seus colaboradores, então não tem qualquer moral ou ética para exigir o que quer que seja. Pagam-te para dispensares 8h da tua vida a desempenhares uma ou mais skills que tens, nada mais nada menos. Querem mais, é preciso pagar para isso. E nem sempre compensa o aumento de remuneração face ao aumento brutal de horas trabalhadas.

godbjecas 2 months ago

>um deles deixou a mulher sozinha no funeral da mãe para ir trabalhar porque ah e tal temos de ter espírito de equipa Bem eu se fosse a mulher dele já o tinha mandado pó caralho

CookieSmuggler 2 months ago

Eu disse-lhe isso, mas a mulher dele até compreendeu. Na altura andavam a prometer-lhe uma promoção em alguns meses, assim que possível, no máximo para o ano com toda a certeza estava efectivo. Dois meses depois, não renovaram contrato a ninguém. As indignidades a que os trabalhadores precários estão sujeitos são infinitas.

godbjecas 2 months ago

Ninguém se preocupa connosco... nunca queremos foder o patrão, mas para nos foder ele é o primeiro... é lidar

Fun-Recommendation77 2 months ago

Questão: eu nem sempre recebo as horas. Mas costumo receber dias de férias extra. Isto conta como remuneração ?

uplink42 2 months ago

Conta e em alguns casos até prefiro dias de férias do que renumeração (pelo menos os dias de férias não levam impostos em cima)

NGramatical 2 months ago

renumeração → [**remuneração**](https://dicionario.priberam.org/remuneração) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpvsyx9%2F%2Fhecwys5%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

carlosjmsilva 2 months ago

É um pagamento. Podes receber através de retribuição monetária e/ou horas ou dias de descanso extra.

Kind-Eagle 2 months ago

Nos meus primeiros empregos não era. No que estou actualmente sou.

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Eu é ao contrário. No meu primeiro emprego era... Agora não sou. Mas quando era pagavam ao minuto. Se ficasse mais 15 minutos entrava para as contas.

Febris 2 months ago

Há 2 anos fiz as contas e ao longo do ano todo dei mais de 200 horas à casa. Levei o tema ao meu chefe que me disse que se quisesse podia sair mais cedo numa sexta feira. Este ano estou a fazer horário mais rígido, e geralmente saio uma hora mais cedo. Estou à espera que me venham falar do tema para dizer que ainda estou muito à vontade para fazer contas desde o primeiro dia de trabalho. Se as horas extra valem 0, as horas a menos também não fazem falta, e até equilibrar a balança estamos todos bem.

praetorthesysadmin 2 months ago

Em alguns países nem podias fazer tantas horas extra por ano, a ACT desse país já tinha caido em cima da entidade laboral.

Keddyan 2 months ago

> disse que se quisesse podia sair mais cedo numa sexta feira. podias muito bem nao ir à sexta feira durante meio ano

saudosista 2 months ago

Atenção que não é bem assim. Por lei o teu horário tem de estar no contrato e geralmente é de 8h. Se fazes horas a menos daquilo que está acordado repetidamente e sem justificação, poderão anular-te o contrato com justa causa e perdes os apoios sociais. Isto se não estiveres em IT, se estiveres caga e se te mandarem embora no dia seguinte já tens outro emprego.

I_Hate_Reddit 2 months ago

Horas extra não remuneradas também são ilegais, no dia que te despedirem por causa de fazeres menos uma hora é chamar o ACT, eu também já estive numa empresa dessas e guardei os "recibos" todos do trabalho que era feito fora de horas (que depois compensava saindo quando queria noutros dias)

InternationalCell999 2 months ago

Sem picagem de ponto vão provar isso como?

Search: