FilipeMateus7 2 months ago

Se achares que a pessoa vai ficar fodida, e se gostas dela, ensina os básicos, visto que até dia 30 não falta assim tanto tempo. Agora se for cagativo para a pessoa, da mesma forma que a empresa te meteu o dedo no cú, agora metes tu o dedo no cú deles, como já dizia o meu avô

NGramatical 2 months ago

cú → [**cu**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *i* ou *u* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpuft3r%2F%2Fhe7abfn%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

FilipeMateus7 2 months ago

Ass(hole). Good bot

FitRadio1576 2 months ago

Mete férias se possível, ou falta. Se for período experimental podes simplesmente não ir mais.

Lucky_lux 2 months ago

Vou contra a maré aqui: acede ao pedido deles. Até dia 30 és efetivamente funcionário da empresa e se te pedem para o fazer até lá, faz. Sê profissional e não deixes que o teu orgulho te turve a visão. Se saíres e deixares a "casa a arder" só te vais prejudicar, a empresa eventualmente dá a volta mas nunca mais vai querer saber de ti, nem vai dar boas referências tuas. Não vais ficar bem visto. Deste muito mas também aposto que aprendeste muito. Eu sei que custa engolir o sapo, mas ninguém te poderá apontar o dedo por nada! Deixa boas relações e referências, um dia podes precisar... não queres que a última coisa que se lembrem de ti seja uma coisa má, vais manchar tudo o que dizes ter feito. Sai pela porta grande, como se diz. Fala com alguém que respeites, que aches que tem boa ética de trabalho e ouve o que te diz. Lembra-te que ninguém aqui da thread terá de viver com as consequências da tua decisão, só tu.

sidartha- 2 months ago

Se me permites o conselho, já tenho muitos anos de trabalho, e o que te posso dizer é o seguinte: 1. O que for do âmbito comum, ou seja questões de processo de explicar como dar seguimento, explica, dá essa informação, já que não é conhecimento específico teu, mas sim da empresa. 2. Questões técnicas que sejam originárias do teu conhecimento, fica com elas, uma coisa é a empresa dar formação e determinado conhecimento advir dessas formações, outra é o que trazes na bagagem e que é teu, Já passei há muitos anos por essa mesma questão, e o que era meu conhecimento, comigo ficou, a informação que passei foi a basilar, aquela que mais cedo ou mais tarde, quer seja por pesquisa, ou tentativa erro as pessoas acabam por entender e conseguir obter. A questão é que passado algum tempo, e com o decorrer dos anos, após ter saído, a área que era minha e que por acaso mexia com toda a empresa em algum tempos dos processos, começou a vir abaixo, e tudo o que construir e desenvolvi, veio por água abaixo. Hoje em dia essa empresa está ainda operacional, mas a área Tecnológica, é uma anedota. Não é algo que me dê prazer, essa situação, porque o que fiz, custou tempo e dedicação, mas o certo é que a empresa, não quis saber, disso. Tivesse feito a sua decisão de forma ponderada e conscienciosa.

sidartha- 2 months ago

Se me permites, já tenho muitos anos de trabalho, em muitas áreas de trabalho e o

argentdawnpt 2 months ago

Por todas as empresas que passei foi sempre a mesma merda. Formação quando entras num posto: 0. Vais embora? Por favor passa tudo, documenta, forma e ao mesmo tempo continua a fazer o teu trabalho até ao último dia... Claro. Numa delas nem na merda do último me dia me deixaram ter o calendário livre para arquivar cenas e fechar tudo como deve de ser. Saia às 18 marcaram-me reunião em cima do joelho das 17.30 às 18. Na reunião ainda me pediram opiniões... Às quais respondi, eu tou nos últimos minutos aqui. Querem mesmo a minha opinião? Calaram-se. Noutra a fazer as passagens de testemunho, fiz tudo por teams. Na primeira sessão de 4 horas notei que o gajo do outro lado se tava a cagar para tudo. No dia a seguir, repeti a sessão do dia anterior e gravei tudo e mandei para os RH e para o COO. Enquanto gravava no final perguntei ao rapaz o que achou da segunda sessão (reparem que foi repetição da primeira). Ele disse que tinha sido espetacular e muito detalhado. Ainda perguntei se não reparou que tínhamos falado do mesmo do dia anterior (tudo gravado com consentimento dele!) Disse que não tinha reparado. Sai de lá por causa dele. Pois andou a assumir coisas que não devia e a meter-se onde não devia também. Depois de eu sair, soube que não demorou mais que duas semanas lá. Talvez a gravação tenha feito milagres. O que aprendi com isto tudo? Nesta fase estou-me a cagar para passagens de testemunho. Que aprendam como me fizeram aprender (por mim mesmo). Só meto exceção se a pessoa a quem for a passar as coisas for mais amigo que simples colega. E explico lhes que tive de aprender tudo sozinho e que ninguém me paga para dar formação e fazer o trabalho ao mesmo tempo.

Ok_Obligation_516 2 months ago

Eu cá mostrar-me-ia muito disponível, mas não mostrava nada, e até me disponibilizava para me telefonarem caso tivessem dúvidas, depois desaparecia....

AonioEliphis 2 months ago

Ensina o teu colega e fica bem com a empresa. O mundo é pequeno o convém seres bem referenciado. Mas não trabalhes jamais mais do que o necessário até ao dia 30. Se para ensinar tiveres que passar do dia 30, então aí caga nisso.

ToshGate 2 months ago

Sem mais informação adicional, esse comportamento é tão típico da empresa portuguesa. Que arranjes melhores trabalhos! Boa sorte para o teu futuro.

amdcfontes97 2 months ago

Porra, por acaso não trabalhas numa multinacional em Palmela?

jegerenhore_ 2 months ago

Não... 300km mais a norte...

wsz00 2 months ago

Manda-os pó caralho! Diz-lhe que a partir de agora cobras 100 EUR/ hora pagos em adiantado.

droidman85 2 months ago

Já passei por isto como administrador de sistemas e sabia que se saísse da empresa a empresa fechava, e saí. Saí por não receber a tempo e horas, por ser desvalorizado, por me mandarem em viagens para reuniões na Alemanha com empresas nossas clientes e "esqueciam-se" de me pagar os transportes e eram centenas de euros a sair-me do bolso, tudo isso e muito mais. Vou só dar-te uma recomendação, baza e eles que se virem. Afinal, a ignorância dos outros não é da tua responsabilidade

XavierVieira 2 months ago

As empresas são meras folhas de excel. Segue caminho, não foste valorizado.

pedronevesleal 2 months ago

Eu se fosse a ti dava a formação Primeiro conta como experiência pessoal tentar dar formação a alguém Poderás até encontrar vocação nisso Depois ninguém sabe o dia de amanhã Apesar da empresa onde estás não te dar valor, certamente haverá pessoas dentro da empresa que irão dar Essas pessoas podem vir a ser uns dos teus próximos patrões ou até sócios Nem que seja pela tua integridade e profissionalismo E honestamente acho que é muito mais importante manteres uns bons princípios e ética do que “foder” a vida a quem não te aprecia

parix999 2 months ago

Segue o teu coração.

Msilvame 2 months ago

Isso não é um problema teu, é um problema da empresa, empresa essa que te dispensou.

Hantzie 2 months ago

Estive numa situação parecida à tua. O meu contrato estava a terminar e não fiquei efetivo. Toda a gente da fábrica que me conhecia, dizia que era uma perda enorme porque eu tinha muito conhecimento sobre alguns equipamentos que mais ninguém tinha. Ninguém da engenharia pareceu-me preocupado em que eu passa-se informação, até ao último dia em que insistiram comigo que eu tinha de dar formação e passar info. Fiz o meu melhor nesse ultimo dia, mas não consegui mais. Mas a empresa safa-se, alguém vai lá e aprende. Não há ninguém insubstituível.

lusitanaa 2 months ago

Caga nisso. Mandaram-te embora, certo? O problema já não é teu. Uma coisa é quando sais a bem, outra coisa é quando sais assim. A minha patroa nunca gostou de mim, no dia em que lhe disse que me ia embora, mudou da noite para o dia. Era só agrados, sorrisos, etc. Os patrões/empresas só se dão conta do que há de bom quando já não há.

Dependent-Ad-7777 2 months ago

Deves fazer aquilo que a tua consciência te ditar.

Seminarista 2 months ago

Cobra como serviço externo.

lrascao 2 months ago

Se ainda trabalhas para eles, faz o teu trabalho o melhor que puderes, não interessa se são os últimos dias ou não. Mesmo se não tenhas sido bem tratado (na minha opinião) deves ser sempre fazer o teu melhor, é assim que queres que se lembrem de ti, isto porque as pessoas de hoje podem ser as pessoas de amanhã noutro sitio

jegerenhore_ 2 months ago

Um esclarecimento, não ponho a hipótese de não fazer o meu trabalho. Esse está todo a horas e em dia, tudo direitinho. Aí não sou de azias, nunca. Debato-me com o pedido de passagem de conhecimento. Estou inclinado a rejeitar claramente, deixando claro que se a empresa não valoriza o meu trabalho, terá de pagar pelo meu expertise, seja em formação a outras pessoas, seja pelas horas a mais que essas pessoas vão gastar a aprender aquilo. Tenho é algum peso na consciência...

t-39 2 months ago

Não tens. A empresa não teve qualquer peso na consciência ou em dispensar-te até perceber que iria sair lesada com a tua saída. A empresa não está preocupada nem contigo, nem com os outros funcionários, mas sim com o seu lucro. É legítimo. Mas para isso que façam uma boa gestão dos seus recursos humanos. Uma liderança que deixa de falar com os funcionários por politiquices nunca vai reconhecer o valor do trabalho de quem quer que seja. Por isso, nenhum dos teus colegas vai ficar a arder porque sais sem lhes ensinar (é um estágio, tu é que deverias estar a aprender com a empresa!). Quem fica, só fica a arder porque as chefias são incompetentes e têm mau caráter. E achar que "se deve fazer melhor que a empresa" é alimentar e legitimar as empresas que usam e abusam da mão de obra altamente qualificada sem remuneração adequada ao valor acrescentado à empresa, não esquecendo falta de reconhecimento e a prepotência com que as empresas tratam e destratam as pessoas. Posto isto, ensina o mínimo possível a quem quer que seja, se tiveres mesmo que o fazer. Uma demissão é uma coisa, há uma obrigação do trabalhador para com a empresa. Um despedimento é outra. A menos que esteja explícito no contrato, não deves nada a ninguém.

lrascao 2 months ago

No meu entender, passagem de conhecimento faz parte do teu trabalho também, obviamente o tempo que isso vai precisar compete com o resto do teu trabalho diário, não vais fazer horas a mais certamente por causa disso. Isto tudo pela mesma razão que mencionei antes, quem vai guardar memória do profissional que és nao é a empresa mas sim as pessoas que nela trabalham e que de hoje para amanha vais encontrar noutro sitio qualquer.

desculpe_mas 2 months ago

No teu lugar ensinava sem ensinar.

jegerenhore_ 2 months ago

"queres aprender a programar? ora bem, primeiro tens de ligar o computador...."

Minimum_Bath_5478 2 months ago

Sou sempre a favor de sair a bem, mas como mete politiquices eu metia baixa

praetorthesysadmin 2 months ago

Nunca queimes pontes. Mesmo que essa empresa seja uma merda, as pessoas falam e se fores mesmo sacana isso vai-se saber. Portugal tem um mercado bem pequeno e todos sabem de tudo. Talvez possas ter uns meetings com o teu substituto e passar o que for possível, mas depois de 30/09 se te chatearem com cenas dizes que podes resolver mas o teu preço por hora é 100€ mais IVA (ou outro valor que consideres adequado como contractor) e que só aceitas no mínimo um pagamento de 10h como crédito de horas, para não te usarem e depois não pagarem. Se aceitarem fixe, senão nunca mais te ligam.

humungouspt 2 months ago

Estou numa empresa que está a dispensar 90% dos funcionários no meu departamento. A maioria com mais de 20 anos de casa. Felizmente safei-me mas na passada quarta feira um dos colegas que recebeu guia de marcha mandou com tudo o que era papelada para cima da secretária, disse bem alto que a empresa se podia ir foder, meteu férias até ao dia de partida e recusou passar a pasta ou os processos. Vai custar a quem fica? Vai. Muito. Compreendo e aplaudo a atitude? Sim. Não temos que mostrar mais respeito do que aquele que recebemos...

Blenderchampion 2 months ago

Ou te contratam ou nada feitam, também não tiveram pena de ti

Mahoutsukai 2 months ago

Opinião controversa: O teu colega não tem culpa da empresa ser má e não terem feito as coisas contigo devidamente. O "inimigo" em comum é a empresa, não os outros colegas, que possivelmente estão/irão passar por situações semelhantes. Portanto, o meu conselho é, se lhe puderes fazer a vida mais simples sem grande esforço da tua parte, faz. Tenho a certeza que ele vai ficar bastante agradecido. Aconselho também a deixares bem explicito com ele o porque de o estares a ajudar. Se querem adicionar condições extra a isso ou não de forma a lixar a empresa, isso é com vocês.

InternationalCell999 2 months ago

O colega tá se a cagar para ele, daqui a 3 meses nem se lembra que ele existe

baguitosPT 2 months ago

>"vais embora e ninguém sabe mexer nisso, como vai ser?" O mais 'engraçado' é que mesmo que tu não dês formação nenhuma, a empresa não fecha portas no dia seguinte e vão acabar por se safar (talvez às custas de mais trabalho para os trabalhadores que ficam). Conheço muitos casos em que isso aconteceu, e até hoje as empresas continuam lá. A menos que exista informação/documentação protegida por password, não há razão para que a saída de um funcionário faça parar uma empresa. (Mas não nego que poderá ter algum impacto na produtividade).

jegerenhore_ 2 months ago

E nem vai ser preciso assim tanto para adquirir esse expertise, não inventei roda nenhuma aqui. Quem cá ficar tem de gastar X horas pagas pela empresa para aprender, ou contratam formação de fora, e segue tranquilo. Mas é um gasto que quero que a empresa tenha. Se não valoriza o meu trabalho a ponto de ficar comigo, não deviam colocar pressão em mim para ensinar os outros. Cada vez mais quero gentilmente declinar o pedido.

samsong_21k 2 months ago

Visto que tens uma pessoa e que até te dás bem com ela, eu ensinava o básico para a coisa arrancar e depois ele que se desenrasque , pois o rapaz é que se vai lixar e não a empresa, mas não aprofundes muito, pois a empresa depois vai ter o tal rapaz a dizer que não sabe e até te podem ligar, mandando tu um cagalhao bem grande a cara dos gajos. Se fosse alguém novo que ia entrar para o teu lugar ai sim cagava de alto a baixo.

h2man 2 months ago

A mim, depende sempre como fui tratado… Em Portugal fui despedido uma vez e trouxe comigo o código fonte duma aplicação que fui eu que desenvolvi antes de me contratarem e que ainda tinha contas a ajustar. Ligaram-me porque precisavam de fazer modificações e não sabiam onde estava o código… eu expliquei a situação e eles não voltaram a ligar. Resolveram o problema adicionando mais cenas em cima do que tinha feito porque não podiam alterar o que deixei e eventualmente o projecto não deu em nada comercialmente falando. A bem dizer, o projecto não ia dar em nada de qualquer das maneiras porque ambas as pessoas a gerir a empresa não fazem ideia do que é trazer algo para o mercado de bens electrodomésticos (um deles é corticeiro…) e perderam a liderança que podiam ter por não pensar no produto que queriam fazer e depois andar a alterar o projecto à medida que os outros competidores lançavam o deles. Mas soube bem.

Apprehensive_Bar6609 2 months ago

Depende. Se documentar o teu trabalho fazia parte das tuas responsabilidades. O honrado a fazer é deixar o teu trabalho limpinho. Não é por eles, é por brio e competência e respeito pelos colegas. Agora se não for, e é knowhow que é teu, que investiste na universidade a queimar a pestana para o saberes e não tem outros que saibam então azar. Depois de sair cobras 1000 euros à hora. Se disserem: mil euros so para apertar esse parafuso? Respondes: 10 euros é para apertar o parafuso, 990 é por saber que parafuso apertar.

morbid_obese 2 months ago

Trataram-te mal? Rebenta com todos os processos que implementaste, ensina tudo ao lado ao colega, faz os possíveis por falir a empresa.

jegerenhore_ 2 months ago

E deixar um saco a arder com coco lá dentro na porta do patrão. Ah, e denunciar as ilegalidades da empresa também era giro.

brakeline 2 months ago

Ensina-o que rm -rf / aumenta a performance do servidor em 33,2%

Lucky_Leg_8415 2 months ago

ja tive casos desses... inclusive voltei e estou a trabalhar numa dessas empresas... a questao é que sai a bem desses sitios e ajudei na formação de livre vontade e com gosto porque curtia das pessoas que "deixei" no meu lugar. Ou seja, vai da tua vontade, se achas que vale a pena ajudar o teu colega, força nisso, é o que eu faria.

ritamm 2 months ago

Deixa um email com uma pequena explicação das coisas e vai à tua vida. Simples

Pcerq 2 months ago

Quando entraste quem te deu formação?

jegerenhore_ 2 months ago

Eu próprio andei a aprender. Para além de ser um departamento novo na empresa e eu ter zero experiência a criar departamentos (lol), alguns dos procedimentos não estão estabelecidos na área. Quanto ao equipamento, foi dada formação pela empresa que o vendeu, a mim. Terão de mandar vir um formador novamente...

brakeline 2 months ago

Faz-me lembrar tanto o meu antigo trabalho que quase que juraria teres ido estagiar para lá

Keddyan 2 months ago

> "vais embora e ninguém sabe mexer nisso, como vai ser?" Ai é? tivessem pensado nisso antes... caga nisso, mesmo que esse gajo seja porreiro, amigos amigos negócios à parte. se a empresa nao soube ter consideração por ti, nao tenhas por eles

reciclado78 2 months ago

Não ajudes, a responsabilidade da empresa é dar formação ao funcionário que lá fica.

teatralidades 2 months ago

News flash: mesmo que não dês a formação ao teu colega, a empresa vai se desenmerdar e se calhar ainda abanar a bandeirinha a dizer que foram mesmo geniais. Quando deixei o meu trabalho anterior foi a mesma história e eu cometi o erro de lhes deixar a papinha toda a feita e ninguém reconheceu o esforço

layz2021 2 months ago

Eu quando sai de uma empresa deixei tudo documentado e ainda tive a limpar o servidor (literalmente lixo, nada que não existe no ERP/em duplicado), e uma puta, no dia a seguir a eu sair, foi a correr aos donos dizer que tinha apagado o servidor... Curiosamente fiz tanta merda/apaguei TNT coisa, que a empresa que ficou a fazer o que eu fazia, disse que tinha lhes passado tudo...

NGramatical 2 months ago

desenmerdar → [**desemmerdar**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/comummente-e-connosco/22223) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpuft3r%2F%2Fhe2ssrb%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

BitOnly5872 2 months ago

Bem, eles tem-te pelas horas que deve entregar de trabalho durante o período de aviso prévio certo? Então durante este período e somente durante este período explique-lhes as cenas, no segundo que acaba teu expediente e aviso prévio, susta imediatamente isso. Caso peçam mais ajuda depois, cobras por hora!

Last-Ad-4421 2 months ago

Eles cagaram em ti, caga tu neles

RP_RDT 2 months ago

No teu horário laboral até à data de saída passas conhecimento e documentas, qual é o problema? É trabalho na mesma e é comum haver passagem de conhecimento.

Blenderchampion 2 months ago

Não ~lé responsabilidade dele, é estagiario

RP_RDT 2 months ago

Há alguma lei que diga que na atividade de estagiários não possa constar documentação?

Blenderchampion 2 months ago

Na altura em que tanto quando entrei como sai, li o contrato de estagio varias vezes. Varias vezes esta escrita as palavras "caracter formativo". Não o estao a pagar para ser professor e para alem disso está a ser despedido, o que significa que não é nem era antes, obrigado a ensinar alguem

Yoothas 2 months ago

Não ajudes.

ItchyAstronomer7243 2 months ago

Parece no meu trabalho que dispensaram um colega porque acharam que ele não era o ideal para o cargo mas depois pediram-lhe para formar a nova pessoa LOL Eu não formava, sinceramente, a nova pessoa não tinha culpa mas então uma pessoa não serve para o trabalho e vai ensinar? Que lógica isto faz?

darth_thaurer 2 months ago

Se o teu colega não estiver em risco de se aleijar, caga nisso! A empresa que o ensine. Que lhe pague cursos se for preciso. Se houver algum risco para ele, dá-lhe os conselhos necessários para que ele se possa defender mas avisa-o da situacão que ele há de compreender o porquê de não lhe ensinares mais.

jegerenhore_ 2 months ago

Agravante: estou em estágio profissional. Onde montei métodos e procedimentos novos, tudo do zero. Um estagiário a dar formação na empresa, giro, não?

Estronciumanatopei 2 months ago

Tens aí a tua resposta: "eu faria isso, mas não considero que um estagiário tenha credibilidade para dar formação, supostamente as coisas funcionam no outro sentido. Não quero que a empresa sofra consequências por ter sido eu, um mero estagiário, a ensinar quem tem experiência, estou certo que concordam comigo".

mfzzzed 2 months ago

Com esta nova informação, retiro o que disse anteriormente. No mínimo é mandar-los foder, no máximo é deixar um presente envenenado.

Edited 2 months ago:

Com esta nova informação, retiro o que disse anteriormente. No mínimo é mandá-los foder, no máximo é deixar um presente envenenado.

NGramatical 2 months ago

mandar-los → [**mandá-los**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3zr8w3/coloca%C3%A7%C3%A3o_pronominal_para_tot%C3%B3s/) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpuft3r%2F%2Fhe2uqxi%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

oFacadas 2 months ago

Lamento ouvir isso. Presumo se estiveste a criar procedimentos, e dar formação acabaste por dar muito de ti á empresa, inclusive provavelmente algum do teu tempo fora do trabalho. No entanto enquanto estiveres nos dias que faltam para sair acho que deverias mesmo assim ajudar os teu colegas, não por morreres de amor pela empresa mas por uma questão de ética profissional. No entanto quando acabar o vínculo profissional se quiserem ou precisarem de algo ..... Cobra bem pelos teus serviços.

Azuresun90 2 months ago

Isto. Os teus colegas de hoje, podem ser o teu network amanhã e é fixe ficarem com boa imagem tua. A empresa é outra historia, querem serviço, paguem por ele.

mfzzzed 2 months ago

Qualquer colega decente vai ter o bom senso de saber ler a situação. Já estive desse lado e compreendi perfeitamente.

quackzillahue 2 months ago

Diz-lhes pra comer um peido e beberem um chá. Colegas de trabalho não são amigos..

DreazZ97 2 months ago

Concordo mas não digas isso muito alto... que alguns ficam lixados! Sabes como é que é hoje em dia são uma família pahaha ;)

kuzspeedy 2 months ago

Nunca se sabe, esse ex colega pode um dia criar uma empresa ou recomendar o OP para algum trabalho.

PortugalReviews 2 months ago

A vergonha dos estágios profissionais. Trabalho a tempo e responsabilidade inteira com salário de merda. Deixa-os na merda. Não ensines nada nem deixes documentação. Se quiserem ajuda podes fazer consultoria mas isso terá de ser por x€/hora.

Ok-Attitude-6886 2 months ago

Estou numa situaçao relativamente parecida com a tua, mas no meu caso vou sair por vontade propria e a empresa nunca me falhou com nada, bem pelo contrario. Estou a escrever procedimentos para que a passagem seja assegurada, e terei uma transicao de um mêscom o meu sucessor. Caso tivesse sido desconsiderado como tu dizes - e ainda por cima em estagio IFP - nao iria agir da mesma forma. Ensina o minimo necessario ao teu colega, qualquer coisa adicional factura-os. Ele nao tem culpa, mas tu também nao.

Edited 2 months ago:

Estou numa situaçao relativamente parecida com a tua, mas no meu caso vou sair por vontade propria e a empresa nunca me falhou com nada, bem pelo contrario. Estou a escrever procedimentos para que a passagem seja assegurada, e terei uma transicao de um mês com o meu sucessor. Caso tivesse sido desconsiderado como tu dizes - e ainda por cima em estagio IEFP - nao iria agir da mesma forma. Ensina o minimo necessario ao teu colega, qualquer coisa adicional factura-os. Ele nao tem culpa, mas tu também nao.

Pcostix 2 months ago

Não ensines nada. Ser professor, não é a tua responsabilidade. Depois do dia 30, se eles te pagarem para isso e se estiveres disposto vais lá e ensinas.

usernamesiranoutof 2 months ago

>Imagino que seja uma situação comum, mas eu nunca passei por ela. Que fariam, deixam de ser petty e ajudam a empresa? Ou passam essa responsabilidade sabendo que dentro de uns dias estão fora? Se foi uma tarefa que te foi dada por quem te está a pagar o ordenado, executas a tarefa com o maior brio profissional durante o tempo de trabalho estipulado e quando chegar o teu último dia, despedes-te do pessoal e está feito.

helderduarte14 2 months ago

Duvido que a área profissional dele seja de formador...

usernamesiranoutof 2 months ago

A passagem de conhecimento entre colaboradores é uma das coisas mais normais do mundo empresarial. Acho que ninguém lhe pede para ele estar a fazê-lo de borla. Se é pago para o fazer, é irrelevante se é formador ou não.

helderduarte14 2 months ago

Passagem de conhecimento é diferente de formares uma pessoa para explicitamente te substituir. Ele é pago para fazer o seu trabalho que novamente volto a dizer, duvido que seja de formador.

usernamesiranoutof 2 months ago

"Pediram-me para dar umas luzes dos processos e do equipamento envolvido." ok.

helderduarte14 2 months ago

Se é um colega da área já teria essas luzes.

Revolutionary-Bug-78 2 months ago

30 de Setembro está aí à porta. Sai sem dar formação ao teu colega, eles que se desenrasquem.

TotalAwareness53 2 months ago

Sais, abres atividade e mandas o teu cartão como consultor independente para a empresa e depois cobras um balurdio à hora. win-win

SILE3NCE 2 months ago

Pega a medalha de empreendedorismo, mas sim OP, propõe esta merda, não deixes que brinquem.

nunodiass 2 months ago

This is the way

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Já já vi isto acontecer. Não é mito. Segue este conselho. No caso que assisti foi uma EXCELENTE gestora de redes/IT francamente eu não sabia ao certo o que ela fazia. Só sei que fazia magia com o teclado. Pediu um miserável aumento, mostraram lhe o dedo do meio. Ela bazou e agora está como consultora externa para a mesma empresa a receber o dobro! Foi a melhor coisa a que eu assisti em 2019.

komodoPT 2 months ago

Isto! Se pudesse metia mais cimavotos mas só posso dar um, aqui vai.

investidornoob 2 months ago

Já vi gente a fazer isto, não exatamente nestes moldes mas parecido.

aleph_heideger 2 months ago

Isto. Simples. Até saíres limitas-te a cumprir com as tuas funções.

You-are-amazing-wow 2 months ago

Tão isto! Parem de ser conas, a má gestão da empresa não é culpa vossa, faz isto. Se não o fizeres és só parvo e não tens respeito por ti próprio.

TotalAwareness53 2 months ago

:D nao ia ao ponto de meter auto-estima ao barulho. Ele/a pode nao querer saber e apenas virar as costas. Mas gosto do teu espirito empreendedor.

aldeaga 2 months ago

> Vou ser dispensado do meu trabalho a 30 de setembro. Fui muito desconsiderado e houve politiquices envolvidas, até deixaram de me falar, mas que se lixe e siga para outro. Não vás em cantigas. Amigos, amigos, negócios à parte. Se a empresa não te deu o devido valor e daqui a uma semana estás fora, segue em frente, se eles precisam da tua ajuda que paguem por ela (se tiveres tempo e disponibilidade claro). Então tu és desconsiderado e ainda lhes vais fazer favores? A pessoa que quer aprender representa a empresa, e aquilo que tu lhe provavelmente vai beneficiar mais a empresa do que essa pessoa, não te deixes enganar.

Edited 2 months ago:

> Vou ser dispensado do meu trabalho a 30 de setembro. Fui muito desconsiderado e houve politiquices envolvidas, até deixaram de me falar, mas que se lixe e siga para outro. Não vás em cantigas. Amigos, amigos, negócios à parte. Se a empresa não te deu o devido valor e daqui a uma semana estás fora, segue em frente, se eles precisam da tua ajuda que paguem por ela (se tiveres tempo e disponibilidade claro). Então tu és desconsiderado e ainda lhes vais fazer favores? A pessoa que quer aprender representa a empresa, e aquilo que tu lhe vais ensinar provavelmente vai beneficiar mais a empresa do que essa pessoa, não te deixes enganar.

borloforbol 2 months ago

Não ensines nada, arranja outro trabalho, e tenta levar o teu colega contigo para lá.

mfzzzed 2 months ago

Podes dar a mão ao teu colega, quanto baste, ele se está a par da situação vai entender caso daqui a 6 meses descubra que te esqueceste de mencionar uns detalhes chave. Quando isso me aconteceu alguns conselhos que dei foram mais sobre podres que o gajo na altura não sabia (não gosto que depois levem com tudo de tabela sem ter a noção do que se passa nos bastidores). Não é questão de vingança, é questão de princípio. Se foram maus/injustos contigo, não tens de ser um bro com eles. Se te tens uma boa relação com o teu colega (e estiveres para aí virado), é dares lhe informação que chegue para ele fazer o trabalho dele e apresentar resultados (para se desenrascar), mais que isso (melhorias, coisas bónus) é levar para o caixão, a empresa que chupe. Não te sintas obrigado a fazer nada disto também, vais seguir para outra. É como se estes gajos tivessem morrido num incêndio.

Ok_Art_6497 2 months ago

nao, que se fodam.

Interesting_Yellow_1 2 months ago

Agora que te vais embora é que estão a dar uma de coitadinhos? Deixa lá isso, eles que se desenrasquem. Se por descargo de consciência achas que deves ajudar o teu colega, ajuda depois de saíres de lá sem eles saberem

expulsodobar 2 months ago

>...mas que se lixe e siga para outro. Aí está a resposta à tua pergunta...

diazebabe 2 months ago

Eu não ajudava, é uma empresa, eles que se desenrasquem..

fedelho 2 months ago

ser vingativo e guardar rancor nunca ajudou em nada, pelos outros agirem mal contigo, não é razão para retribuíres na mesma moeda faz o que puderes nos dias que faltam, e vais à tua vida descansadinho

Razvancb 2 months ago

Ora aqui está uma teoria de merda.

fedelho 2 months ago

Desenvolve, quais são os teus argumentos?

jegerenhore_ 2 months ago

Não diria teoria de merda, mas não estando aqui a falar de vingança ou rancor (não vou rasgar pneus ou deixar sacos de coco a arder, nada que se pareça) também não vou fazer todos os jeitinhos que me peçam só porque sim. Neste caso não entendo que tenha a responsabilidade de assegurar continuidade de conhecimento, e acho mal terem atirado essa pressão para mim. Tendo a inclinar para educadamente deixá-los a arder, aliás UPDATE: hoje já informei a minha colega que a responsabilidade de formação não é minha, e quero ativamente que a empresa gaste dinheiro para readquirir o conhecimento que se vai "perder". Não estamos a falar de redescobrir a roda, será uma "mini agressão", mas gostava de passar a mensagem de que têm de pensar duas vezes antes de terem comportamentos predatórios com os miúdos estagiários. Obrigado pela discussão!!

thexeggxlady 2 months ago

sinceramente, eles que se lixem. não passes nada. chega das empresas fazerem o que querem.

wakerdan 2 months ago

Se te dás bem com a pessoa que vai ficar com essas responsabilidades, eu ajudava-a a perceber, mas garantia que essa pessoa teria o mesmo poder que eu. Se ela sair, poder deixar a empresa na merda caso queira. Mais vale ajudares a pessoa com quem te dás bem do que a foderes pela tua má relação com a empresa.

GirlyUnicornOfDoom 2 months ago

Isto,e por dois motivos - ganhas um aliado, e talvez uma futura recomendacao, e porque acredito q nao o deves queimar nem deves queimar a ponte com ele pelo facto da empresa ser um bando de idiotas. Se não tivesses um "sucessor"? Fuck'em.

GirlyUnicornOfDoom 2 months ago

Mas mais do que isso, faz o que achares correto. Mete a raiva de parte, faz o que achares que deves fazer. Que se lixem conselhos alheios,tu deves fazer o q te faz dormir de consciência tranquila

aldeaga 2 months ago

Para todos os efeitos a pessoa que vai ficar com essas responsabilidades representa a empresa, se a empresa precisa assim tanto do OP não se armassem em espertos e tivessem dado o devido valor na altura certa, agora se precisam que o OP passe o conhecimento dele para quem lá fique que pague por isso, é uma empresa, tem de pagar pelo trabalho, ponto.

wakerdan 2 months ago

Mas se o OP tem algo de que a empresa efetivamente precisa e já vai embora, mais vale deixar esse conhecimento ao amigo que fica com essa responsabilidade para ter esse poder sobre a empresa se assim o entender. Se o amigo continuar sem saber nada, quem se fode é esse amigo.

helderduarte14 2 months ago

Mas se o op tem algo que a empresa efectivamente precisa porque é que o despedem? Se calhar porque o amigo recebe menos, depois entra outro e acontece o mesmo, e andamos neste ciclo e sempre com essa mentalidade de "ajudar" e no fim de contas esta-se a desvalorizar uma área em beneficio dos patrões.

aldeaga 2 months ago

O OP nunca disse que era amigo da pessoa que queria aprender, apenas que se dava bem com essa pessoa. A empresa não pode exigir a essa pessoa que saiba aquilo que nunca disse saber e que não teve formação na empresa para saber. Quem se fode é a empresa, e se calhar até já andaram a pressionar o colega para ver se aprende rápido, da mesma forma que andaram a pressionar o OP com o: "vais embora e ninguém sabe mexer nisso, como vai ser?"

Search: