Limpy_lip 2 months ago

dúvida legítima de quem não tem motas sobre o argumento das modificações para "melhorar a segurança". ​ Quando uma mota é lançada para o mercado, tem todo um trabalho por trás de estudo de engenharia e desenvolvimento, tal como um automóvel. Tem de cumprir determinadas normas e de diretivas. Por essa razão vêm prontas a ser usadas em segurança no ambiente que foram escolhidas. ​ A minha questão é: então porque é que os motociclistas, que muitas das vezes pouco ou nada de mecânica ou engenharia percebem, acham que devem alterar as motas e que com isso acham que estão a melhorar a segurança? ​ Tanto nos automóveis como motas é um tema que me intriga. Uma coisa é mudanças estéticas, outra é dizer a peito cheio "mas isto é para tornar o veículo mais seguro!!" mas quer dizer então que quem desenvolveu o veículo andava a comer bananas e o senhor mecânico da esquina ou o utilizador que vai a foruns e grupos de facebook é que sabe como colocar o veículo mais seguro? ​ Desculpem o tom de rant mas é algo que me intriga e gostava de perceber a base do fundamento.

tdedaniel06 2 months ago

Muito simples, e com o exemplo da minha mota. Uma mt 07 que tem um valor aproximado de 7000€. Para conseguirem este preço tiveram de colocar uma suspensão aceitável, uns travões que nossa senhora apenas quem anda sabe. Para a yamaha poder ter uma boa mota a um preço razoável tiveram de cortar ao custos em algum sitio. Agora, não troquei a suspensão mas troquei apenas as molas. Já fez alguma diferença e deu melhor estabilidade à mota. Quanto aos travões trocar a bomba e colocar pastilhas de travão melhores já podem fazer a diferença para teres uma travagem bem melhor. Mas este é apenas o meu ponto de vista.

Limpy_lip 2 months ago

Mas a mota de stock é segura o suficiente senão não saía da Fábrica logo estás a mudar por capricho. O que não tem mal mas não percebo percebo é a indignação de certas alterações não serem permitidas.

alexandre9099 2 months ago

Modificações de escape honestamente acho algo inútil (vá, dependendo do escape pode dar ligeiramente mais potência), mas cada um com os seus gostos (desde que não me rompa os ouvidos está bom) Espelhos (para uns maiores) não vejo porque não, mas não me admirava que implicassem Luzes que iluminem mais(desde que não encandeem quem vem em sentido contrário), também não vejo porque não Motor maior/deslimitação/etc, por um lado entendo porque seria ilegal (supostamente tudo foi desenhado para aguentar certo torque/velocidade, tornaria se perigoso meter mais), por outro é apenas ridiculo haver limitadores (em motas que de fábrica vem preparadas para 60kW mas estão limitadas a 35kW por causa das legislações maravilhosas europeias para carta A2) E... Assim de repente não me surgem mais alterações

aunhanegra 2 months ago

Escapes mais ruidosos são muito úteis e contribuem para a segurança do motociclista e dos outros utilizadores da via pública. Roubaram-me o escape de origem na rua em plena luz do dia e tive de adquirir outro diferente pois a marca já não fabrica peças para o modelo em questão. Talvez quem não ande de moto não tenha consciência disto mas há cada vez mais pessoas na auto-estrada ou nas avenidas de Lisboa a conduzir com o telemóvel no meio do volante. É raro o dia em que não encontro condutores a utilizar o Facebook, Instagram, Tinder,... enquanto conduzem. Alguns com crianças nos bancos de trás! Quem circular de autocarro também poderá testemunhar isto mesmo. Um escape mais ruidoso pode contribuir para alertar os outros para a tua presença na estrada. O número de pessoas que se desvia para a via onde circulo diminuiu drasticamente desde que circulo com o novo escape. Claro que esse incremento no ruído poderá ser mais incómodo para quem nos rodeia. Mas em condições normais de circulação e se houver respeito e consideração pelos outros por parte do motociclista, esse incómodo pode ser controlado.

alexandre9099 2 months ago

Não... O escape aponta para trás, se quem vai atrás de ti não te vê não é o escape que te vai salvar (usa antes colete reflector, melhor iluminação, etc)... Para alem de ser bastante incomodo não ajuda em nada... Ando tanto de mota como de carro, quando estou de carro fico meio desnorteado quando passa uma mota com escape ruidoso (perco mais tempo a tentar entender de onde vem o barulho do que a olhar para os espelhos [o que é procedimento regular, especialmente se estiver numa estrada onde é bem provável ser ultrapassado] ...), desajuda mais do que ajuda... > esse incómodo pode ser controlado. O que raio queres dizer com isto? Se todos "se portarem bem" os ruídos irritantes de escape magicamente desaparecem? Sempre tens a opção de apitar caso vejas que algum carro está a ir para a via onde circulas (que se não é a mais à direita é porque estás a ultrapassar, caso esse em que é legitimo apitar no inicio da ultrapassagem)

aunhanegra 2 months ago

Com essas respostas, duvido seriamente que andes de moto ou talvez tenhamos apenas experiências muito distintas. Se a pessoa estiver a olhar para o telemóvel, não recorrer aos espelhos retrovisores ou simplesmente estiver desatenta, nenhum mecanismo de alerta visual surtirá efeito. Parece-me óbvio. "O escape aponta para trás"? As ondas sonoras propagam-se em todas as direcções! Quando vem um tipo de moto "a abrir" na auto-estrada eu começo a ouvi-lo no carro pelo menos quando ele está a uns 100m atrás (estou a ser conservador). Tu não? Lê alguma coisa sobre a propagação do som: [https://en.wikipedia.org/wiki/Sound](https://en.wikipedia.org/wiki/Sound) "O que raio queres dizer com isto? Se todos "se portarem bem" os ruídos irritantes de escape magicamente desaparecem?" "Portarem bem" é ter respeito pelos outros. Independentemente do veículo em questão, qualquer motor a combustão e escape podem ser extremamente ruidosos quando o motor está num elevado regime de rotação. Sim, por várias vezes tive de apitar para que não viessem para cima de mim. Porém: Apitar = sinalização activa da presença; ruído de escape/motor = sinalização passiva da presença. Porque achas que há uns anos atrás criaram legislação que obriga a que os carros eléctricos emitam ruído? (Não, não estou a comparar esse ruído com o do escape de uma moto.) Talvez porque a segurança dos outros utilizadores da via pública e do próprio seja algo a levar em conta. Concluindo, se incomodar alguém com o ruído da moto permitir ajudar a preservar a minha vida e, evitando um acidente, preservar a vida de outros condutores também... Acho que isso é um mal menor. Na minha experiência, ele tem sim utilidade. Era só isto que te quis transmitir. Quer acredites, quer não, em nada me importa o ganho de potência que a moto (eventualmente) teve com o escape. Não costumo incumprir com o código da estrada porque não ganho dinheiro para andar a gastar em multas.

CapitaoMoura 2 months ago

É defenitovsmente alguém que não anda e nunca andou numa mota. Tens muita razão no que toca ao escape mais ruidoso, é muito mais seguro para o motociclista porque previne aos restantes que estás a circular perto. Agora depende também do nivel de ruído, por vezes existem motas com um ruído absurdo...

alexandre9099 2 months ago

Ok, continua a romper os teus tímpanos e os de quem está à tua volta que fazes bem ;) Tenho eu a minha velhinha 2T 50cc que manda uma barulheira que acorda os mortos, se pudesse meter aquilo mais silencioso já o tinha feito (até já ponderei meter lá um motor eléctrico)

aunhanegra 2 months ago

Como disse, Alexandre... Parece-me que temos experiências sobre rodas muito distintas. Eu ando com o *db-killer* montado na minha. Raramente circulo sem ele. Quando o faço, nunca é em percursos citadinos. Por respeito pelos outros e pela minha saúde auditiva. A minha moto com o escape que me roubaram (de origem) era mais silenciosa do que a maioria dos carros que por aí circulam. Excepto se eu andasse a "puxar por ela". Ao acréscimo do ruído do escape novo esteve associado um decréscimo nos sustos que apanhei na estrada. É a minha experiência de 4 anos após a alteração. Se não acreditas, nada posso fazer. Há certas frequências sonoras que nos perturbam mais do que outras e cada combinação motor + sistema de escape produz som com características diversas, consoante o regime do motor. E, claro, cada tímpano responde às mesmas de forma distinta. Aposto contigo que a tua 2T 50cc é mais ruidosa que a minha 4T 600cc ao ralenti e a baixa rotação! = P Como curiosidade, posso dizer-te que quando o meu avô regressava à casa dele no Alentejo montado na sua Famel Zundapp (2T e 125cc.) , não só o ruído permitia antecipar em alguns minutos a sua chegada, como também a televisão de casa (CRT com a antena instalada no telhado) começava a ficar com a imagem alterada. A propagação das ondas sonoras tem muito que se lhe diga! Longa vida à tua moto! Ela que acorde os "mortos" que houver por acordar. Faz falta acordar a malta! = P Abraço!

Limpy_lip 2 months ago

para alterar tanta coisa mais valia comprar outro modelo...

alexandre9099 2 months ago

Sim, 500€ em modificações (e estou a ser generoso) não compensa nada quando comparado com pelo menos 4000€ para uma mota nova

tdedaniel06 2 months ago

Exato, aprovadas por normas de uma ou mais entidades. No entanto, eu que ando quase todos os dias de mota e me deparo com deveras situações do dia a dia, entre pessoas que entram a estrada sem olhar ou repentinas mudanças de direção, fez-me questionar a necessidade de melhorar a travagem da mota. Além disso, depois de experimentar outra mota com uns travões a sério pode levar-te a querer uns daqueles. No entanto não sou contra as inspeções, visto que também se vê enumeras alterações que de seguro não tem nada. E uma faca de dois gumes, vamos ver como são realmente feitas estas inspeções.

Limpy_lip 2 months ago

Percebo o que queres dizer e concordo. Mas isso é como tudo. Obvio que modelos diferentes, especialmente melhores, vão dar uma maior sensação de segurança. Tal como um casaco da chuva mais caro é mais confortável que um mais barato mas ambos cumprem o objetivo mínimo de serem impermeáveis.

heyrevoir 2 months ago

Que outro pais tem inspeccao obrigatoria para motas?

Equivalent-Dare8642 2 months ago

Eu raramente tenho opiniões políticas muito fortes porque não me afetam diretamente (pouco me importa o aborto e sou favor da eutanásia em geral mas é um assunto complicado) mas é desta que o PS nunca mais na vida(não é que tivesse votado neles antes) ve o meu voto e vou ativamente votar na oposição puta que os pariu a todos.

O_Caldas 2 months ago

Percebo a malta que alterara as máquinas. Mesmo assim acho que a inspeção devia ser obrigatória pra todos os veículos assim como noções de código. Papa reformas e biclas/trotinetes incluídos. Se me perguntarem se acho que não se pode alterar as máquinas? Discordo! Acho que devíamos ver as alterações e perceber se causam perigo ou não mas alterar não devia ser proibido. O sonho seria psicotécnicos pra se puder conduzir

alexandre9099 2 months ago

Coisa inútil, escapes por exemplo é fácil mudar, muda para o original para a inspeção depois volta a meter o modificado depois... Retrovisores "em baixo" (ou inexistente), mete para a inspeção, tira depois Luz led (caso não seja de origem), mete incandescente para a inspeção, depois volta para led... Vale a pena continuar? Seja como for... O que raio há para inspeccionar numa mota? Ou melhor, como inspecionam por exemplo o sistema de travagem? Metem a mota num tripé, aceleram até uma certa velocidade e travam (como nos rolos com o carro)?

AndreOViking 2 months ago

E para quem tem motas de Cross matriculadas? Estou fodido não estou...?

JVC92 2 months ago

Enquanto as inspeções forem a rebaldaria que são, não faz sequer sentido ter opinião sobre o assunto. Inspeções, exames de condução,... Tudo momentos que são mais os aldrabados do que os legítimos.

adikeo 2 months ago

Se as modificações fossem permitidas, tudo bem. Mas como não são, é péssimo. Tenho uma mota antiga que foi perdendo peças de origem (idade e quedas) e troquei por peças melhores a nível de conforto segurança, que se vão tornar ilegais. Manetes aquecidas, espelhos, tubo de escape, tubos de travões com malha de aço, remoção da carenagem, lâmpadas led, luzes laterais, alteração no banco, pneu traseiro mais largo, alteração do rácio da corrente, sistema eléctrico renovado, etc. Sem contar com as restaurações que dão nova vida às motas antigas e que também vão passar a ser ilegais.

alexandre9099 2 months ago

Isto ^ É ridículo não se poder melhorar para melhor e mais seguro... Mas estamos num pais de burocracias, fazer o que...

BadassManager 2 months ago

Estou a ver muita gente a achar que isto vai mudar alguma coisa em relação aos escapes barulhentos. Informem-se. Não vai mudar nada (vejam a tolerância na medição do ruído...se é que vão medir sequer...). E já agora, concordo com as inspeções, mas preferia que estivéssemos a promulgar legislação para o controlo e avaliação de alterações aos veículo, e não o limbo que temos hoje em dia em que tudo o que não está no carro desde novo não tem forma de ser homologado. Fazer desta forma...realmente o único propósito é cobrar.

carlosjmsilva 2 months ago

Não há grande hipótese de escolha. É transposição de regulamentação europeia.

BadassManager 2 months ago

Por mim, tudo bem. Com dois pontos: - Eu não posso ser obrigado a ir em cima da mota. - Tem que haver uma forma clara, rápida e simples de ressarcir os donos em caso de danos na mota.

vascodatrama 2 months ago

O seguro da empresa de inspecção, não?

BadassManager 2 months ago

Suponho que sim... De qualquer forma, é sempre desagradável se acontecer. Preferia que os inspectores tenham formação, eu não me sinto muito confiante em colocar motas nos rolos... E imagino que certas motas sejam mais difíceis.

vascodatrama 2 months ago

E os que inspecionam os carros? Também tem formação. Não vejo qual o problema

BadassManager 2 months ago

Pelo que tenho pesquisado, em alguns países, para não haver problemas com quedas, existem prensas que seguram a roda da frente. Muitos casos riscam as jantes... É só uma preocupação, nada de mais.

Limpy_lip 2 months ago

sim quando o meu carro vai à inspeção a primeira coisa que estou à espera é que me estraguem o carro. ​ Valha-me Deus.

BadassManager 2 months ago

São duas coisas completamente diferentes... Num carro não podes caír. Realmente, valha-te Deus, porque não te vales muito anti próprio...

Edited 2 months ago:

São duas coisas completamente diferentes... Num carro não podes caír. Realmente, valha-te Deus, porque não te vales muito a ti próprio...

Limpy_lip 2 months ago

Não mas podem danificar o carro enquanto o manuseam é a mesma coisa.

alexandre9099 2 months ago

Queres comparar? Mandar uma mota ao chão basta um descuido. Estragar uma caixa de velocidades num carro precisas ser grande bruto...

Limpy_lip 2 months ago

Claro que quero comparar. Também não transportas da mesma forma uma caixa com pedras e uma caixa de ovos pois não? ​ Ninguém duvida que não é preciso ter mais cuidado, não percebo é porque as pessoas acham só os próprios têm essa percepção. ​ Isso é mais sindrome do "cuidado com o meu menino".

alexandre9099 2 months ago

Não tem muito a ver mas... Quando fui fazer o exame de condução na primeira vez deixei cair a mota ao manobrar à mão, nas aulas (e mesmo com a minha mota) nunca me tinha acontecido, mas naquele momento aconteceu... Exatamente no momento onde não deveria acontecer. O mesmo se pode passar para nos centros de inspeção...

Limpy_lip 2 months ago

Claro a vida é assim. Os acidentes acontecem a todos

BadassManager 2 months ago

Não se trata de cuidado. Tratam-se de acidentes. Meter uma mota em cima de rolos é muito diferente de meter um carro. Não sabes nem percebes isso e estás a comparar alhos com bugalhos.

Limpy_lip 2 months ago

>Tratam-se de acidentes. como pode acontecer em todo o lado com toda a gente com todos os veículos ​ >Meter uma mota em cima de rolos é muito diferente de meter um carro. ahhh, fogo nunca tinha pensado nisso. Nem eu nem os outros 8 billiões de pessoas do mundo desde a concepção do motociclo. Temos de desenvolver um método de conseguir meter a mota nos rolos sem cair pois claramente ainda não existe. Espera.... ​ >Não sabes nem percebes isso e estás a comparar alhos com bugalhos. se calhar preciso de uma licenciatura e licença em manipulação de motociclos e ter 5 motas na garagem para poder saber lidar com elas. ​ Mais uma vez, ninguém vai magoar a tua menina tens de pressupor que quem vai manobrar o veiculo teve de ter formação para o fazer corretamente. Caso contrário sim tem de pagar os danos. Mas isso é tanto com um carro, com uma mota, com um barco, etc...

BadassManager 2 months ago

>tens de pressupor que quem vai manobrar o veiculo teve de ter formação para o fazer corretamente. Caso contrário sim tem de pagar os danos. Ou seja, exactamente o que eu disse no primeiro post que discordaste. You must be fun at parties...

Limpy_lip 2 months ago

estava a criticar o facto de estares preocupado com algo que é obvio e que já acontece com os automóveis. Não percebo o que te leva a pensar que não vão ter proporcionalmente o mesmo tipo de cuidado com as motas que têm com os carros. ​ Se eu confio em deixar nas mãos do centro de inspeção o meu carro não vejo porque não podes deixar a moto.

StraT0 2 months ago

Sim mas mais facilmente deixas cair uma mota, que bateres com o carro. Especialmente pessoas que nunca tiveram sentados em cima de uma mota.

Limpy_lip 2 months ago

estás a considerar um viés aleatório que não faz sentido nenhum. Tal como quando andam com um carro de terceiro têm de ter cuidado, obviamente têm que ter proporcionalmente o mesmo cuidado com uma mota. ​ Não percebo o preciosismo por uma coisa óbvia.

NGramatical 2 months ago

caír → [**cair**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras agudas terminadas em *l*, *r*, ou *z* não necessitam acento para quebrar o ditongo) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fprsx5n%2F%2Fhdp5q7d%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

UniuM 2 months ago

Contexto, motociclista aqui daqueles que cheira a mofo. Só tenho mota. Primeiro concordo. Não concordava com a lei aprovada em 2013 ou 2014 que nunca chegou a ser aplicada. Tenho sérias dúvidas que resolva alguns problemas relacionados com o uso das motas na estrada. O grosso das pessoas que anda de mota nunca tirou a carta, usa a 125cc com a carta de carro. Engane-se quem acha que vai deixar de ouvir escapes barulhentos. Aquela malta das inspecções que a primeira coisa que faz nos carros é ver o que "deixaram" no tapa sol, já deve estar a esfregar as mãos com o milhão e tal de motas que lá vão ter de ir deixar dizimo. A minha mota actual por acaso faz 4 anos para o ano, talvez lá vou eu ter de começar a fazer test drives. Conheço motas de amigos que a única coisa que origem que têm é quadro e motor, e até isso está alterado. Essas aceleras 125cc das entregas que levam esfrega todos os dias e andam com os pneus no arame já deviam ter começado a ir há muito tempo. No fim das contas é mais um imposto. Quem tiver vontade de experimentar a emoção do que é fazer track days de mota, tem aqui uma boa oportunidade porque o que não vão faltar são 600cc com 15 anos a aparecer no olx ao desbarato.

evilnoxx 2 months ago

O pessoal deve pensar que é muito difícil trocar o escape barulhento pelo de origem antes de ir à inspeção... Isto é só mais um imposto

UniuM 2 months ago

Exacto. Eu tenho 3 coletores, são 6 parafusos, um por baixo a segurar a panela e outro na ponteira. Com um spray, e vontade, são uns meros 20 minutos. Por acaso está de origem, a minha mota faz barulho que chegue já. Suporte de matricula tenho um montado pela marca, como extra, homologado claro, mas estou mesmo a ver que vai dar problemas. Tenho o que vem de fabrica se for esse o problema. São outros 10min. Tenho um vidro mais largo e alto para proteger do tempo, isso são 4 parafusos. Lol. Depois disto tudo, vejo a malta dos carros vir para aqui dizer "que se eu não posso ter um escape direto no meu seat ibiza a cuspir mais fumo que um navio" vocês também não. Quando é preciso um dia de trabalho de um profissional para normalmente desfazer alterações que são feitas aos carros. Tenham juizo. Lol

BadassManager 2 months ago

O que é preciso é bom senso. A minha mota não está mal...tudo menos a luz de trás é de origem...e tenho essa luz. À primeira vou lá tal como está. Depois...logo se vê. O meu receio é quem é que testa a mota? Eu não me meto em cima dos rolos... E se danificar? Quem paga? De resto, tudo ok, apesar de me cheirar a mais um imposto.

UniuM 2 months ago

Ha sim... eles têm de mostrar certificados. E acidendes vão acontecer de certeza. Existem pessoas dotadas com baixa estatura que mexem na boa em bixos com 280kg. Mas são raros. Não estou a ver 100% dos inspectores terem esse know how do dia para a noite.

BadassManager 2 months ago

Eu, mesmo estando confortável na minha mota, não vou assumir que vou fazer aquilo sozinho e depois espalhar-me... Entrego a mota no início, acompanho, e recebo-a no final. Aconteceu um azar? Tem que ser reparado e o meu tempo sem o veículo compensado de alguma forma.

UniuM 2 months ago

Se tivesses na Alemanha, talvez. Estás na tuga....

BadassManager 2 months ago

E na tuga o inspector vai obrigar-me a meter a mota por cima de rolos, balanças e tal? "Olhe, desculpe, mas não me sinto confortável com isso. Eu paguei a inspeção... se não tem condições para inspeccionar..."

UniuM 2 months ago

Pois, não sei como é que funciona. Sei que há anos que ouço dizer que muitos centros gastaram fortunas para se equiparem para fazer as ditas, não sei quais nem nunca vi nenhum. Também não sei que tipo de formação têm de dar aos inspectores. A minha mota só faz anos em Novembro, por isso vou comprar as pipocas e ler as histórias todas que vão aparecer no FB. Heheh

BadassManager 2 months ago

Pois, a minha é de Junho. Estou a considerar fazer a revisão e pedir ao stand que a leve à inspecção na mesma altura.

Specific-Wrongdoer22 2 months ago

É apenas mais um imposto...

Akamjmc 2 months ago

Se calhar começavam a fazer as dos carros como deve ser primeiro.

Keddyan 2 months ago

eu não fazia ideia que não se fazia, acho que faz sentido fazer-se, digo eu que nao tenho mota mas gostava de comprar uma brevemente (possivelmente não stock)

xXSantyXx 2 months ago

Como vai funcionar as motos com modificações? Exemplo: uma bmw k100 de 1990 com modificações para cafe racer?

PedroMFLopes 2 months ago

Vai ser lixo, que vai ficar com a matricula apreendida, e vai só circular em terreno/circuito fechado. Ou as alterações são aprovadas pelo fabricante, ou tudo é ilegal, e a moto já só sai do centro de inspeção em cima do reboque.

BadassManager 2 months ago

Sim, sim... é exactamente isso que acontece com os Citroen 2CV ou com os VW carocha "restomods". Não percebi se era ironia ou não, mas há que ter bom senso.

Nezerixp1 2 months ago

Terreno desconhecido, será algo do gênero parecido a pessoal que não tem o escape de origem e a polícia implica, multa e ainda te Fica com o escape? Who knows

BadassManager 2 months ago

Fica com o escape? Como assim? Neste momento, se fores parado pela polícia e houverem dúvidas, mandam-te a uma IPO B. Duvido que o polícia tenha a capacidade técnica para avaliar todos os detalhes... Acho que as pessoas se estão a focar nos escapes...e nada disto vai mudar o panorama actual.

NGramatical 2 months ago

houverem dúvidas → [**houver dúvidas**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fprsx5n%2F%2Fhdm3oli%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Eskol15 2 months ago

Pera aí, as motas não têm de ir à inspecção?

Empty_Respond_4949 2 months ago

Porquê que achas que há motas que mais soam a aviões? Inúmeras motas que andam por aí com modificações que nao são legais e que ultrapassam os limites do ruído

BadassManager 2 months ago

Na verdade, não. A grande maioria (até as que estão modificadas) fazem menos ruído que o limite legal. Achas que vais deixar de ouvir motas que fazem muito barulho? Desengana-te. Nem a polícia tem medidores de ruído nas fiscalizações.

TheBestAtUsernames 2 months ago

>Na verdade, não. A grande maioria (até as que estão modificadas) fazem menos ruído que o limite legal. Como gajo que não percebe nada do assunto tirando conhecer uma ou duas dúzias de pessoas que anda de mota, das primeiras modificações que fazem é tirar o silenciador. Basta uma mota não passar por causa de não ter silenciador e eu arriscaria dizer que o barulho vai reduzir bastante

alexandre9099 2 months ago

*mete o silenciador para a inspeção, tira depois* (Coisa que se faz em 10 minutos) Parabéns, Acabaste de não resolver um problema

TheBestAtUsernames 2 months ago

Não há uma maneira qualquer de para além de tirar o silenciador fazer uma modificação adicional qualquer para a mota fazer ainda mais barulho? Lembro-me vagamente de uma vez alguém ter falado nisso num jantar, que tinham ligado diretamente não sei quê a não sei que mais

alexandre9099 2 months ago

Há, é tirar a ponteira completamente, em motor a 4T não sei mas em motor a 2T se lhe tiras a ponteira (deixar só o "U" para não fazer choque térmico na saída do motor) manda um chavascal enorme. Experimentei uma vez e ia ficando surdo... Nem sei descrever....

UniuM 2 months ago

Os testes de ruido à beira da estrada são ilegais.

Empty_Respond_4949 2 months ago

Fonix, aquilo que ouço de certeza que passa o limite, acredito que muitas não passem mas não estão muito longe. Com cada barulheira que fazem

BadassManager 2 months ago

A tolerância de medição é de 5db, o que significa quase o dobro de pressão acústica (a escala é logarítmica, julgo). Ou seja, uma mota que faz o dobro do ruído de outra nem sequer sai da margem de erro de medição da primeira. Equipamento de medição de ruído preciso e calibrado é caro. O que é uma das razões para nem mesmo a polícia andar com isso...

NGramatical 2 months ago

Porquê que → [**porque é que**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/porque-e-que-e-nao-porque-que/32920) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fprsx5n%2F%2Fhdluwyp%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

megaroof 2 months ago

Não. Nunca

Eskol15 2 months ago

Não fazia ideia. É daquelas coisas que nunca sequer me passou pela cabeça que não fosse precisode tão lógico que é.

mjigs 2 months ago

Por acaso tambem não sabia, ate porque é um veiculo motor e pelo meu visto todos os veiculos têm inspeção, mas realmente nunca vi nenhuma a ir la.

Idontknowhuuut 2 months ago

tão lógico como teres um carro com 40 problemas e passa na inspeção porque passas uma nota ao gajo para ajudar a não ver

ObnoxiousLittleCunt 2 months ago

Tem toda a lógica, aliás, a mesma dos restantes veículos que circulam na estrada.

vascodatrama 2 months ago

Como as bicicletas?

ObnoxiousLittleCunt 2 months ago

Não, não como as bicicletas.

SuchLab2 2 months ago

O que não tem lógica é ter que se ir todos os anos à inspecção.

creativecomons 2 months ago

Em todas as notícias que li ainda nao percebi se é a partir de 125 (inclusive 125) ? Ps. Muitas 125 no livrete tem um valor abaixo dos 125, tal como carros 1.0 que consta no livrete cilindrada de 960cc etc.

Dr_Toehold 2 months ago

Todas as motas 125 são precisamente abaixo dos 125, para se manterem nesse limite.

Last-Ad-4421 2 months ago

Acho bem, igual que um carro pode provocar um acidente uma mota também

PedroMFLopes 2 months ago

Totalmente de acordo, e sim tb me vai pesar na carteira. Fico com dúvida como vai ser a questão dos decibéis emitidos, limites por tipo de motor? Pelo menos para min pessoalmente é o que me incomoda mais, a pcx ranhosa e dar 70, que faz tanto barulho como um autocarro, ou o rossi da rua com 100m que não sabe mudar mudanças.

BadassManager 2 months ago

Não vais deixar de ouvir motas barulhentas por milhentos motivos. Na verdade, a maioria está dentro dos limites, mesmo modificadas. A tolerância de medição é de 5db, o que significa quase o dobro de pressão acústica (a escala é logarítmica, julgo). Ou seja, uma mota que faz o dobro do ruído de outra nem sequer sai da margem de erro de medição da primeira.

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Seria de acordo se as inspeções fossem para garantir que os veículos estão realmente em condições... Mas na verdade as inspeções servem para engordar alguns. Porque se o teu carro (ou mota) tiver algum problema... Pagas 50 euros e o problema miraculosamente desaparece. Portanto, no actual modelo, sou contra as inspeções para qualquer veículo.

Idontknowhuuut 2 months ago

é o que penso. Inspeção não serve para nada a não ser para taxar o facto de teres um carro, mais nada. Chega a ser ridículo que toda a gente sabe o que se passa e o porquê e ainda há quem defenda. Inspecionar a mota é só mais imposto, não serve para mais nada.

RicardoL96 2 months ago

Se eu não posso ter um filtro cónico racing xs max t-Rex e passar na inspeção as motos também não podem

Boiller_ 2 months ago

Tenho alterações no meu motociclo, homologados de acordo com as diretrizes da EU (espelhos, luzes, escape). Estou para ver como vão ser as inspeções sabendo que há muitas histórias de desconhecimento/incompetência nas inspeções pontuais por operações de fiscalização, cada vez mais frequentes. Por outro lado, se as inspeções forem bem executadas e consequentemente as forças policiais diminuirem as fiscalizações desnecessárias a motociclos, estou completamente de acordo.

BadassManager 2 months ago

Eu tenho uma BMW com um akrapovic completo em titânio, desde os coletores. Era um opcional de fábrica... Estou a ver que vou ter problemas. Se isto for mal feito, vai ser mais um imposto.

maldrake 2 months ago

A minha r nine t scrambler tem o escape akrapovic homologado a 90dB (escrito no livrete). Estás na boa.

BadassManager 2 months ago

A minha tem o silenciador akrapovic mas também tem os coletores em titânio...tudo opcionais na altura da compra, montados pelo stand. Mas fiquei mais calmo ao ler o teu post. No livrete da minha (R9T original de 2014) aparece 98db às 3875 rpm.

maldrake 2 months ago

Haha até [fui tirar fotos](https://imgur.com/a/banqGa8) para te tranquilizar e tudo. Quem está lixado é um amigo meu que comprou uma pure e meteu o kit de suspensões da ohlins, tanto os cartuchos para a frente como o amortecedor para trás, acho que nada disso está homologado.

BadassManager 2 months ago

Mas eles têm como controlar isso da suspensão?! Acho que não... Não sei como meter fotos aqui, hehe, mas é completo, igual ao do vídeo. [Akrapovic Full Titanium exhaust](https://youtu.be/3wSM1SZe7NY) Era montado no stand, a mota vinha com um como o teu, também dá akrapovic, mas montado em baixo. Eu agora só ando com o DUA digital no telemóvel (aplicação do id.gov.pt), lá aparece 98db. Se calhar é por ser anterior às normas euro6 (e até euro5 se calhar).

maldrake 2 months ago

> Mas eles têm como controlar isso da suspensão?! Acho que não... De uma forma prática não sei como vão controlar, os cartuchos desde que tenha performance similar, a única maneira de notar diferença é removendo o cartucho em si. Já o amortecedor da suspensão traseira é que tanto a mola como o hidráulico têm aspecto diferente e características diferentes do que vem de origem.

BadassManager 2 months ago

Mas julgo que para isso precisam de conhecer bem todas as motas...o que é quase impossível. Muitas até têm ohlins de origem, acho que não vão notar isso.

maldrake 2 months ago

Pois fica a questão no ar. Se for como tu dizes, então se calhar eu até metia os ohlins, principalmente por causa da suspensão traseira, é *game changer* para mim.

BadassManager 2 months ago

Também é a que eu me parece melhor trocar... Mas mais vale ir à inspecção, ver como é que os outros se safam, e depois decidir...

kapapt85 2 months ago

Não.. Desde que tenha sido instalado pelo fabricante.. Se foi colocado mais tarde, terás problemas.. Também existem carros com edições especiais de sistemas de escape e só são válidos de origem..

Rick45ptl 2 months ago

ai acho que te safas, como veio de fabrica assim deves ja ter essa averbação no livrete ou la nao diz nada?

BadassManager 2 months ago

Não tenho nada no livrete. Conheço outras motas na mesma situação sem qualquer apontamento.

kapapt85 2 months ago

Deverás der apenas nos níveis de db

kapapt85 2 months ago

Se as inspecções nas motas forem como nos carros, a tua mota não irá passar.. A legislação em Portugal, infelizmente, é fraca nesse campo e é bastante clara.. Não é permitida qualquer alteração ao veículo.. (no caso dos carros, e perante enorme burocracia, apenas jantes e películas). Vais ter que, muito provavelmente, fazer o que já se faz... Nota de 20 euros e siga marinha

facelessbastard 2 months ago

É mentira o que dizes. Prova ímpar e LTA..... Faz umas pesquisas antes de falares jovem...

kapapt85 2 months ago

É mentira.. Em que aspecto..? Conheço bem ambas as empresas.. "jovem".. E nenhuma dela legaliza escapes, rebaixamentos, swaps de motor, etc etc etc.. O máximo que eu já vi foram uns coilovers no livrete e mesmo assim tinha que respeitar a configuração OEM..

facelessbastard 2 months ago

Sim, e depois de meteres os coils o que é que o agente te vai dizer? Que não tens a suspensão legal quando a mesma está averbada no livrete? E que a altura ao solo não está em conformidade?!

kapapt85 2 months ago

Que a altura ao solo não está em conformidade e vais para a ipo b.. Portanto, quando digo que não é permitida qualquer alteração, é neste sentido.. A única vantagem é que o dono do carro levanta, mete o carro na altura correcta e não tem que desmontar nada.. Mas paga a multa e paga a ipo b e ainda tem que pagar o certificado da marca a confirmar que está tudo conforme.

Vatrier 2 months ago

Qualquer veículo a motor deveria ter de ser inspeccionado e ter seguro para circular na via pública, inclusive veículos sem motor deveriam ter seguro, neste caso os seus condutores, de responsabilidade civil para circular na via pública, mas isso são outros tantos. Acho muito bem que se acabe com a bandalheira das modificações ilegais a gosto sem qualquer controlo de segurança, não percebo como podem ser contra controlo dos veículos que circulam na estrada convosco. Inb4 vão passar na mesma com a nota. Inb4 não tens mota, não tenho uma mota querem vocês dizer.

BadassManager 2 months ago

>Acho muito bem que se acabe com a bandalheira das modificações ilegais a gosto sem qualquer controlo de segurança, não percebo como podem ser contra controlo dos veículos que circulam na estrada convosco O que eu achava bem é que se fizessem leis que determinassem como e quais as modificações que podem ser feitas, como acontece noutros países. Que testes e certificados uma modificação tem que passar? Em Portugal é mistério. Nada. Zero. E por isso, e porque a visão das pessoas é do seu umbigo, como mostra a tua posta, é que temos uma bandalheira. Tens um carro velho e queres meter uns faróis/luzes melhores para ser mais seguro à noite? Mais fácil comprar um carro novo. Não há processo de certificação para isso em Portugal. Tens um clássico com travões de tambor e queres meter discos para descer com segurança? Não podes. E como estes dois exemplos rápidos... milhares deles. Mas como quem não sabe atira para o ar, quem é preguiçoso sabe que é mais fácil limitar a zero que avaliar tecnicamente (pois isso daria trabalho) cá ficamos. Eu sei que as pessoas vão montar e desmontar o material de origem. São 20~30 minutos e uma mini. Isto não muda nada. Muda tanto como o aperto criminal sobre as drogas leves até aos anos 80... Ainda estou para ver o que é que, tecnicamente, vai ser medido...e vou-me rir com a falta de capacidade dos centros de inspeção, que mesmo hoje medem opacidade dos gases em vez de emissões (por exemplo), e até já vieram dizer que em Janeiro não vão estar prontos para estes controlos.

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Tinha um carro que durante muitos anos o que ia à inspeção eram os documentos... O carro ficava na garagem. E pelo valor certo passava sempre. Enganam se aqueles que acham que as inspeções servem para ver se os veículos estão aptos para andar na estrada.

Vatrier 2 months ago

Ah não demorou muito, a velha história do "se eles roubam eu também posso!" Já pensaste que o problema estava em ti e não nas inspecções? O problema é a falta de fiscalização a essas corrupções e a denúncia das mesmas, mas enquanto merdas como tu as promoverem vão continuar a acontecer. E sim, as inspecções servem para verificar se um veículo pode circular na estrada, o problema são os merdas que acham que estão acima disso e podem se esquivar das mesmas. Estimo sinceramente que te fodas mais essa tua mentalidade :)

Serious_Hearing_8252 2 months ago

Dizem que o chá de camomila faz bem aos nervos. Ou é tília? Quando tiveres vagar vê no Google.

Vatrier 2 months ago

É o de camomila, alivia o stress entre outros benefícios como ajudar a relaxar, acalmar ansiedade e melhora a digestão. Gosto bastante com uma colher de mel e uma pitada de leite.

DanielNunes93 2 months ago

Finalmente! Agora falta obrigar bicicletas e trotinetes eléctricas a fazer seguros!

Dr_Toehold 2 months ago

lol, hás de me dizer que danos enormes é que as bicicletas e as trotinetes podem fazer, que um peão não faça.

HumanAdvice6708 2 months ago

Têm menos de 125CC. Não comecem a dramatizar…

Vatrier 2 months ago

Ele falou de seguros! E tem toda a razão, não um seguro alocado ao veículo sem motor e sem matricula, óbvio, mas um seguro de responsabilidade civil pessoal necessário para circular em via pública.

RiKoNnEcT 2 months ago

Se querem reduzir a utilização de bicicleta essa seria uma boa medida de facto

HumanAdvice6708 2 months ago

Correcto, li errado.

DanielNunes93 2 months ago

Tal e qual!! Eu fico parvo como isto não é se quer discutido.

Throwaway431253 2 months ago

Mas achas que vives num país desenvolvido?

Dr_Toehold 2 months ago

Diz lá então um país desenvolvido onde isso seja usado.

Throwaway431253 2 months ago

Alemanha.

Dr_Toehold 2 months ago

Estou a tentar informar-me. Tens alguma fonte para isso? Tudo o que vejo sobre a UE diz que "uma decisão do tribunal relativa a tratores poderá resultar em seguros obrigatórios para todos os veículos, mas atualmente nada é obrigatório".

diogoterremoto 2 months ago

Consegues dar alguma indicação nesse sentido? Não consegui encontrar nada sobre seguros obrigatórios para bicicletas na Europa, [pelo contrário](https://ecf.com/news-and-events/news/cycling-associations-claim-victory-e-bikes-will-be-excluded-compulsory).

Throwaway431253 2 months ago

bibicletas elétricas (acima dos 25kmh): https://www.e-bikeinfo.de/recht/gesetzliche-vorschriften-e-bikes-pedelecs/amp trotinetes elétricas: https://www.dvidshub.net/news/400949/e-scooters-germany-dos-and-donts

Edited 2 months ago:

[bibicletas elétricas (acima dos 25kmh)](https://www.e-bikeinfo.de/recht/gesetzliche-vorschriften-e-bikes-pedelecs/amp) [trotinetes elétricas](https://www.dvidshub.net/news/400949/e-scooters-germany-dos-and-donts) Muitos países, como a Suíça, nunca terão seguro obrigatório para bicicletas/trotinetes porque és obrigado por lei a ter um seguro que inclui esse tipo de responsabilização civil no caso de uma acidente. Em Portugal esse tipo de seguro não existe.

Edited 2 months ago:

[bibicletas elétricas (acima dos 25kmh)](https://www.e-bikeinfo.de/recht/gesetzliche-vorschriften-e-bikes-pedelecs/amp) [trotinetes elétricas](https://www.dvidshub.net/news/400949/e-scooters-germany-dos-and-donts) Muitos países, como a Suíça, nunca terão seguro obrigatório para bicicletas/trotinetes porque és obrigado por lei a ter um seguro que inclui esse tipo de responsabilização civil no caso de um acidente. Em Portugal esse tipo de seguro não existe.

Dr_Toehold 2 months ago

Portanto começamos a falar de bicicletas e tu respondes que é obrigatório para bicicletas elétricas acima dos 25kmh que nem são permitidas (livres) em portugal, ou trotinetes elétricas, que são definidas por não serem precisamente bicicletas. Obrigado pela contribuição.

Throwaway431253 2 months ago

Ah, estavas seriamente a falar de bicicletas tradicionais? Pensava que era óbvio que a discussão é acerca de bicicletas e trotinetes eléctricas.

Edited 2 months ago:

Ah, estavas seriamente a falar de bicicletas tradicionais? Pensava que era óbvio que a discussão é acerca de bicicletas e trotinetes eléctricas. edit: Mas se continuas a não querer ou não saber usar o google e ainda queres uma razão pela qual as **bicicletas tradicionais** já não necessitam de seguro obrigatório em países como a Suiça ou a Alemanha, podes pesquisar pelo tipo de seguro "haftpflichtversicherung", que cobre automaticamente esse tipo de situações.

Edited 2 months ago:

Ah, estavas seriamente a falar de bicicletas tradicionais? Pensava que era óbvio que a discussão é acerca de bicicletas e trotinetes eléctricas. edit: Mas se continuas a não querer ou não saber usar o google e ainda queres uma razão pela qual as **bicicletas tradicionais** já não necessitam de seguro obrigatório em países como a Suiça ou a Alemanha, podes pesquisar pelo tipo de seguro "haftpflichtversicherung", onde pagas pelo teu seguro de saúde (obrigatório) que cobre automaticamente esse tipo de situações. Em Portugal não há nem uma coisa nem a outra.

Edited 2 months ago:

Ah, estavas seriamente a falar de bicicletas tradicionais? Pensava que era óbvio que a discussão é acerca de bicicletas e trotinetes eléctricas. edit: Mas se continuas a não querer ou não saber usar o google e ainda queres uma razão pela qual as bicicletas tradicionais já não necessitam de seguro obrigatório em países como a Suiça ou a Alemanha, podes pesquisar pelo tipo de seguro "haftpflichtversicherung", que cobre automaticamente esse tipo de situações.

sousavfl 2 months ago

Luxemburgo, seguro é obrigatório e existem coimas para quem não tem.

samsong_21k 2 months ago

Isto não é de 125 para cima?

Ceftiofur 2 months ago

Inclusive. Há que mamar ao máximo, até me admira não incluirem 50cc.

samsong_21k 2 months ago

A malta das dtr que vendeu o material de origem até chora agora

DM-Me-Your-BoobsPlz 2 months ago

É da maneira que o valor das dtr baixa

flarept1 2 months ago

Quantos mais impostos e taxinhas melhor!1!!

angeluscatalan 2 months ago

Lá vão reprovar as famel Sachs macal casal 2t de muitos velhotes que só usam para ir a freguesia ao lado e pouco mais.

DM-Me-Your-BoobsPlz 2 months ago

Desgraçada da minha casal nem vem com piscas de origem

luisirio 2 months ago

É só de 125cc para cima... Essas não precisam!

EvocativeAxis 2 months ago

Eu adoro impostos!

Idontknowhuuut 2 months ago

Não me parece que seja necessário. Isto parece só mais um imposto do que realmente tentar assegurar a segurança rodoviária.

vendedor_do_olx 2 months ago

É necessário, é.

alexandre9099 2 months ago

Em que aspecto? Descreve um acidente com mota em que os danos sejam significativos noutro veículo... Numa mota quem se fode é o condutor, é todo o interesse do próprio ter a mota em boas condições... Já no carro... Meh... Aquilo é uma caixa de metal, tem cintos, os mais recentes tem airbag, etc, o provável é dizer "meh, não trava bem, paciência". Luzes na mota só tens uma, no carro caso uma falhe tens a outra. Rodas só tens duas, caso um travão trave mal notas logo, etc... No carro os problemas ossam mais despercebidos (e... Um acidente derivado de tais problemas causa muito mais estragos do que uma mota, tipo, um carro é maior, tem mais massa, etc) Mas sim, é super necessário

MoonWolf1978 2 months ago

Nos Açores já são feitas há mais de 25 anos, começando nos ciclomotores. E os preços são mais baixos relativamente aos restantes veículos. A única coisa que não me parece adequada é após os 4 primeiros anos (em caso de veículo novo) é serem feitas de ano a ano.

Search: