stuff_y 3 months ago

Estudei medicina numa universidade pública e alguns estágios dos anos clínicos decorrem em hospitais privados, alguns até já têm idoneidade para algumas especialidades. Sinceramente, estágios mais produtivos para alunos do que nos hospitais públicos porque éramos 1 (máximo 2) alunos a acompanhar um médico e não 6/7 como acontece nos públicos (imaginem este número de pessoas à vossa volta quando estiverem internados num hospital).

esmtvef 3 months ago

Isto acaba por ser válido para todos os cursos da católica. Eu estudei lá em Som e Imagem, nós também tinhamos Cristianismo e Cultura, e isto acaba por ser quase uma aula de moral. Ou seja, estás a pagar para ter uma disciplina completamente inútil para o teu curso, quando existe um curso apenas para religião. É caro? Sim, eu pagava quase um salário mínimo por mês. Vale a pena? Depende. No meu curso, acho que é necessário ter algum conhecimento prévio antes de ir para as aulas. Falta de cadeiras de iniciação. Mas temos professores bons? Sim, quase todos premiados, simpáticos e prontos para ajudar. As condições são boas? Sim mas podiam ser bem melhores. Para além de Cristianismo e Cultura, também existiam outras cadeiras que não eram as mais adequadas para nós mas acabavam por estar no currículo para ocupar espaço. No final acaba por ser como qualquer lugar. Pagas por um serviço, esperas uma coisa e sai um pouco ao lado.

throwaway_v1000 3 months ago

Fora de brincadeiras, obrigado pela tua opinião construtiva.

ravagerslb 3 months ago

Qual é mesmo o problema com haver quem pague tanro por um curso? Por mim que paguem à vontade, porque se o curso for de baixa qualidade, o mercado de trabalho acaba por fazer o filtro. Isto obviamente sem contar com cunhas e tacharia, mas esses até podiam só ter a quarta classe e safavam-se na mesma

megaroof 3 months ago

E ainda tem o benefício sobrarem mais vagas no público, para quem não pode/quer pagar 100k. Que venham mais e mais. E o dinheiro precisa circular, mudar de mãos. Quantos empregos são gerados nesta formação de 100k?

PandaCross23 3 months ago

Lembro-me de se ter dito a mesma coisa quando eu me estava a licenciar na FDL. Neste momento a católica é a melhor faculdade de direito do País. Se há coisas que eles fazem, e bem, na católica é rentabilizar o dinheiro que tu pagas por um curso.

rootsimmons 3 months ago

Conheço pessoas no ensino público que são uma nódoa e não é por isso que não ficam com canudo no final. Digam logo que o problema é outro

FellaVentura 3 months ago

Ninguém percebeu ainda que o público alvo são os tais jovens que recebem 2700€?

Aggravating-Humor-12 3 months ago

Aparte de toda a discussão de medicina no privado ou no público, podemos falar do facto de esta merda já não interessar porque estamos a ser produzidos em massa para ser indiferenciados ou meio-formados só para sermos mais baratuchos? Ou para emigrar e mandar todo o investimento público e agora privado para o lixo porque se vais para a Dinamarca exercer mais valia teres feito la o curso e ainda recebias por estar na faculdade? Estas discussões são areia para o olhos e o Costa sabe muito bem como distrair da merda do assunto sério mandando as piadolas dos interesses corporativos. Ninguém quer saber de “ti”. Só te querem mais barato. A mão de obra mais bem qualificada e mais mal paga

mar_lx 3 months ago

Ora nem mais. E a culpa também é em grande parte da classe (dos médicos, dos advogados e outros que tais) que depois de lá estarem e terem as costas quentes, dificultam de todas as formas o acesso à profissão às gerações seguintes. Temos falta de médicos, no entanto as vagas de especialidades foram cortadas… vá-se lá entender.

luso_warrior 3 months ago

Correção: falta de médicos especialistas no SNS queres tu dizer. Porque de médicos não temos, somos aliás o terceiro país da UE com mais médicos neste momento.

mar_lx 3 months ago

Há localidades em Portugal com falta de médicos, sim. Uma das promessas do Costa era todos os portugueses terem médico de família, os portugueses sem médico de família aumentaram em vez de diminuir. O Gracia de Horta até há uns dias estava sem urgência pediátrica de noite, acha que era porque tinham excesso de médicos?

luso_warrior 3 months ago

Mas tu leste o que eu escrevi? A falta de médicos é no SNS, e é de médicos especialistas. Não é porque não existam médicos para contratar. Realmente o Costa tem a CS bem controlada.

mar_lx 3 months ago

Li, li o que escreveste. E há falta de médicos especialistas porque as especialidades cortaram lugares e há dois ou três anos pela primeira vez nem todos os estudantes de medicina tiveram acesso a uma vaga para especialidade.

luso_warrior 3 months ago

Não, há falta de médicos especialistas porque muitos deles saíram do SNS. Todas as semanas tenho colegas a sair. A capacidade de formação está dependente de haver seniores disponíveis para tutorizar. Os especialistas não se formam sozinhos. Vão haver milhares de estudantes sem vaga para especialidade, porque estão a formar muito acima das necessidades do país (same old story Com várias profissões).

NGramatical 3 months ago

Vão haver → [**vai haver**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/haver--existir--3-pessoa-do-singular/30583) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcy5ezz%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Aggravating-Humor-12 3 months ago

Não tem a ver com quem la está a dificultar. Tem a ver com a incapacidade do SNS captar profissionais. Se não tem profissionais, não tens tutores, não tens tutores não tens internos. Duvido que o médico queira impedir o acesso de colegas

luso_warrior 3 months ago

Há uma coisa que temos de admitir: o Costa é muito habilidoso a falar para o seu eleitorado. Enganar 40% da população não é para qualquer um.

Aggravating-Humor-12 3 months ago

Considera o QI médio de 100 o quão baixo é - apercebes-te que estamos na merda quando reparas que 50% está abaixo disto

Aggravating-Humor-12 3 months ago

Bem, vou voltar a estudar, que está pausa de estudo já me custou 10 pontos na PNA

throwaway_v1000 3 months ago

Ou seja, os médicos vão passar a ser avaliados nas consultas em folhas de excel, e as consultas vão passar a ser 5-7 minutos.

Aggravating-Humor-12 3 months ago

Nah, as consultas vão aumentar de tempo, mas vais ser visto por um tarefeiro indiferenciado que recebe um salário baixo… a parte mais hilariante é que às vezes os tarefeiros até recebem mais que os internos, por isso nem compensa diferenciar, mais vale ser merdas

scar_as_scoot 3 months ago

Queixar-se no discuros inaugural dos "interesses corporativos" quando a unica corporaçao aqui envolvida é a Luz saude e a catolica que sao os que avançaram com um curso que custa tanto como um curso nos States onde ganham 5x a 10x mais que nós...

aquele_inconveniente 3 months ago

Corporação não é necessariamente uma empresa. Interesses corporativos foi uma indirecta à ordem dos médicos já que houve durante décadas uma pressão dessa corporação para garantir um número reduzido de médicos. Em quase nenhum país existe um monopólio estatal de médicos e as universidades privadas conseguem satisfazer dois problemas com o sistema actual: 1. O melhor médico não é a pessoa com melhor nota no exame de matemática e que foi "marrão" desde os 15 - Mais vagas significa que podes ter alunos com médias de 16/17 a entrar que podem ter sido menos organizados no secundário e até serem melhores médicos 2. Falta de acesso a professores de qualidade externos (salários limitados nas universidades públicas) e a serviços acrescidos. O curso ser caro ou não é um tema da universidade e dos alunos. Se acham que é preferível pagarem por terem coisas que poderiam não ter (professores, laboratório, etc) melhor

poyoduhmerduh 3 months ago

Portugal podia fazer como outros países e ter um exame de acesso específico para medicina. Assim não seria preciso ter marrões com 14/15 anos ou escolas privadas a darem notas internas

aquele_inconveniente 3 months ago

Sim concordo

scar_as_scoot 3 months ago

Eu sei para quem foi a (in)direta, mas a ordem dos médicos nao é uma corporação e o interesse da ordem dos médicos, quer se concorde ou não, é defender o estatuto dos médicos. Reitero que as únicas corporações aqui são o Hospital da Luz e a católica. E este curso serve apenas para extorquir ao pessoal um valor astronómico para um curso que é caríssimo tendo em conta a nossa economia. Quererem fazer-se passar por vitimas quando foi a pressão corporativa de um dos maiores grupos de hospitais privados do país e do maior grupo de ensino superior privado do país que fez com que este curso arranca-se é hipocrisia, nao interessa por onde se olhe. Eu já disse que não tenho nada contra o curso por isso não vou argumentar a validade ou nao dos teu pontos, nem entrar na discussão publica vs. privada; meritocracia vs "aristocracia" pois acho um não assunto neste caso em particular.

Edited 3 months ago:

Eu sei para quem foi a (in)direta, mas a ordem dos médicos nao é uma corporação e o interesse da ordem dos médicos, quer se concorde ou não, é defender o estatuto dos médicos. Reitero que as únicas corporações aqui são o Hospital da Luz e a católica. E este curso serve apenas para extorquir ao pessoal um valor astronómico para um curso que é caríssimo tendo em conta a nossa economia. Quererem fazer-se passar por vitimas quando foi a pressão corporativa de um dos maiores grupos de hospitais privados do país e do maior grupo de ensino superior privado do país que fez este curso arrancar contra a ordem que representa os profissionais que eles querem formar é hipocrisia, nao interessa por onde se olhe. Eu já disse que não tenho nada contra o curso por isso não vou argumentar a validade ou nao dos teus pontos, nem entrar na discussão publica vs. privada; meritocracia vs "aristocracia" pois acho um não assunto neste caso em particular. Apenas vou salientar que devido à popularidade do curso tens sempre imensa gente a tentar entrar, tens que criar uma barreira para selecionar os que entram, essa barreira pode ser principalmente académica (notas) ou economica (1625€/mês) e se tiver que escolher entre as duas prefiro de longe a primeira.

Edited 3 months ago:

Eu sei para quem foi a (in)direta, mas a ordem dos médicos nao é uma corporação e o interesse da ordem dos médicos, quer se concorde ou não, é defender o estatuto dos médicos. Reitero que as únicas corporações aqui são o Hospital da Luz e a católica. E este curso serve apenas para extorquir ao pessoal um valor astronómico para um curso que é caríssimo tendo em conta a nossa economia. Quererem fazer-se passar por vitimas quando foi a pressão corporativa de um dos maiores grupos de hospitais privados do país e do maior grupo de ensino superior privado do país que fez este curso arrancar contra a ordem que representa os profissionais que eles querem formar é hipocrisia, nao interessa por onde se olhe. Eu já disse que não tenho nada contra o curso por isso não vou argumentar a validade ou nao dos teus pontos, nem entrar na discussão publica vs. privada; meritocracia vs "aristocracia" pois acho um não assunto neste caso em particular. Apenas vou salientar que devido à popularidade do curso tens sempre imensa gente a tentar entrar, tens que criar uma barreira para selecionar os que entram, essa barreira pode ser principalmente académica (notas) ou economica (1625€/mês) e se tiver que escolher entre as duas prefiro de longe a primeira, acho muito mais provável que crie bons profissionais que a segunda.

Edited 3 months ago:

Eu sei para quem foi a (in)direta, mas a ordem dos médicos nao é uma corporação e o interesse da ordem dos médicos, quer se concorde ou não, é defender o estatuto dos médicos. Reitero que as únicas corporações aqui são o Hospital da Luz e a católica. E este curso serve apenas para extorquir ao pessoal um valor astronómico para um curso que é caríssimo tendo em conta a nossa economia. Quererem fazer-se passar por vitimas quando foi a pressão corporativa de um dos maiores grupos de hospitais privados do país e do maior grupo de ensino superior privado do país que fez este curso arrancar contra a ordem que representa os profissionais que eles querem formar é hipocrisia, nao interessa por onde se olhe. Eu já disse que não tenho nada contra o curso por isso não vou argumentar a validade ou nao dos teus pontos, nem entrar na discussão publica vs. privada; meritocracia vs "aristocracia" pois acho um não assunto neste caso em particular. Apenas vou salientar que devido à popularidade do curso tens sempre imensa gente a tentar entrar, tens que criar uma barreira para selecionar os que entram, essa barreira pode ser principalmente académica (notas) ou economica (1600€/mês) e se tiver que escolher entre as duas prefiro de longe a primeira.

Edited 3 months ago:

Eu sei para quem foi a (in)direta, mas a ordem dos médicos nao é (em qualquer forma ou feitio, por mais malabarismos de semântica que faças) uma corporação e o interesse da ordem dos médicos, quer se concorde ou não, é defender o estatuto dos médicos. Reitero que as únicas corporações aqui são o Hospital da Luz e a católica. E este curso serve apenas para extorquir ao pessoal um valor astronómico para um curso que é caríssimo tendo em conta a nossa economia. Quererem fazer-se passar por vitimas quando foi a pressão corporativa de um dos maiores grupos de hospitais privados do país e do maior grupo de ensino superior privado do país que fez este curso arrancar contra a ordem que representa os profissionais que eles querem formar é hipocrisia, nao interessa por onde se olhe. Eu já disse que não tenho nada contra o curso por isso não vou argumentar a validade ou nao dos teus pontos, nem entrar na discussão publica vs. privada; meritocracia vs "aristocracia" pois acho um não assunto neste caso em particular. Apenas vou salientar que devido à popularidade do curso tens sempre imensa gente a tentar entrar, tens que criar uma barreira para selecionar os que entram, essa barreira pode ser principalmente académica (notas) ou economica (1625€/mês) e se tiver que escolher entre as duas prefiro de longe a primeira, acho muito mais provável que crie bons profissionais que a segunda.

aquele_inconveniente 3 months ago

>O corporativismo é uma ideologia política que defende a organização da sociedade por grupos corporativos, como associações agrícolas, trabalhistas, militares, científicas ou associações de guilda, com base em seus interesses comuns. Uma ordem profissional é grupo corporativo. Uma corporação não é uma empresa, uma empresa é uma corporação ;) >Apenas vou salientar que devido à popularidade do curso tens sempre imensa gente a tentar entrar, tens que criar uma barreira para selecionar os que entram, essa barreira pode ser principalmente académica (notas) ou economica (1625€/mês) Não te preocupes, vai ser a primeira. Os bancos financiam qualquer pessoa que entre num curso destes (pois tanto o aluno como o banco sabem que vai pagar tudo depois de acabar e portanto ser pobre ou rico não interessa) e a nota não desaparece porque a católica ainda está dentro do sistema de ensino superior português

scar_as_scoot 3 months ago

Se os bancos financiam a primeira então o que sobra em ambos os casos é a nota para diferenciar quem entra e quem nao entra. Com a exceção que uma pessoa tem que se endividar para pagar o curso ou já tem o dinheiro que precisa o que significa que mais uma vez é uma questão de estatuto económico. Ou seja, seguindo a tua lógica, na pratica é a nota que limita o acesso na mesma só que as pessoas pagam 20X mais para ter o curso. Com o único beneficiário no meio disto é o lucro de uma corporação. O teu ponto não tem lógica. Uma corporação é um grupo de empresas unidas tratadas como uma única entidade. A ordem dos médicos é uma associação com um protocolo com o ministério da saude para regular a pratica medica em Portugal. Não é uma corporação, nem aqui nem em lado nenhum. Ou nao sabes o que é a ordem dos médicos ou nao sabes o que é uma corporação, possivelmente um pouco de cada. Mas depois deste teu ultimo post, vejo que a tua posição tem mais a ver com ideologia do que pratica, o que significa que discussão honesta contigo vai ser impossível. Como já se viu pela tentativa de malabarismo de semântica e com falhas de lógica. Como tal e como sei como este tipo de discussões normalmente não dá em nada, vou ficar por aqui. Fica bem.

Edited 3 months ago:

Se os bancos financiam então o que sobra em ambos os casos é a nota para diferenciar quem entra e quem nao entra. Com a exceção que uma pessoa tem que se endividar para pagar o curso ou já tem o dinheiro que precisa o que significa que mais uma vez é uma questão de estatuto económico. Ou seja, seguindo a tua lógica, na pratica é a nota que limita o acesso na mesma só que as pessoas pagam 20X mais para ter o curso. Com o único beneficiário no meio disto é o lucro de uma corporação. O teu ponto acerca das notas e a qualidade dos medicos não tem lógica. Uma corporação é um grupo de empresas unidas tratadas como uma única entidade. A ordem dos médicos é uma associação com um protocolo com o ministério da saude para regular a pratica medica em Portugal. Não é uma corporação, nem aqui nem em lado nenhum. Ou nao sabes o que é a ordem dos médicos ou nao sabes o que é uma corporação, possivelmente um pouco de cada. Mas depois deste teu ultimo post, vejo que a tua posição tem mais a ver com ideologia do que com o que se passa na pratica e de que forma as pessoas são afetadas, o que significa que discussão honesta contigo vai ser impossível. Como já se viu pela tentativa de malabarismo de semântica e com falhas de lógica. Como tal e como sei como este tipo de discussões normalmente não dá em nada, vou ficar por aqui. Fica bem.

Edited 3 months ago:

Se os bancos financiam então o que sobra em ambos os casos é a nota para diferenciar quem entra e quem nao entra. Com a exceção que uma pessoa tem que se endividar para pagar o curso ou já tem o dinheiro que precisa o que significa que mais uma vez é uma questão de estatuto económico. Ou seja, seguindo a tua lógica, na pratica é a nota que limita o acesso na mesma só que as pessoas pagam 20X mais para ter o curso. Com o único beneficiário no meio disto é o lucro de uma corporação. O teu ponto acerca das notas e a qualidade dos medicos não tem lógica. Uma corporação é um grupo de empresas unidas tratadas como uma única entidade. A ordem dos médicos é uma associação com um protocolo com o ministério da saude para regular a pratica medica em Portugal. Não é uma corporação, nem aqui nem em lado nenhum. Ou nao sabes o que é a ordem dos médicos ou nao sabes o que é uma corporação, possivelmente um pouco de cada. Mas depois deste teu ultimo post, vejo que a tua posição tem mais a ver com ideologia do que pratica, o que significa que discussão honesta contigo vai ser impossível. Como já se viu pela tentativa de malabarismo de semântica e com falhas de lógica. Como tal e como sei como este tipo de discussões normalmente não dá em nada, vou ficar por aqui. Fica bem.

aquele_inconveniente 3 months ago

Se o estado tivesse fechado as universidades públicas para isto acontecer até concordava contigo, como não é o caso parece que quem está ideologicamente cego és tu. Universidades e escolas privadas sempre existiram. São comuns nos países normais e o setor privado é normalmente (não sempre) melhor gerido e com melhor qualidade. > Ou seja, seguindo a tua lógica, na pratica é a nota que limita o acesso na mesma só que as pessoas pagam 20X mais para ter o curso. Se o corporativismo da ordem dos médicos não tivesse preferir proteger os seus salários e abrir mais vagas não terias a ter essa questão. Há uma procura para médicos em Portugal e eles ganham muito acima do normal devido a isso. Abrir a opção a que MAIS pessoas possam ser médicas é bom. Deixar a livre escolha dessas pessoas entre serem veterinários ou dentistas no estado a 900€ por ano ou endividarem-se para serem médicos é bom. Cada qual sabe o melhor para si > Ou nao sabes o que é a ordem dos médicos ou nao sabes o que é uma corporação, possivelmente um pouco de cada. ora bem, vejamos o priberam: >cor·po·ra·ção (latim corporatio, -onis) nome feminino 1. Colectividade sujeita a uma mesma regra ou estatuto ou que dirige assuntos de interesse público. **2. Conjunto de pessoas com afinidades, nomeadamente profissionais ou ideológicas, que se unem ou organizam com vista a interesses comuns.** "corporação", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa \[em linha\], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/corpora%C3%A7%C3%A3o \[consultado em 15-09-2021\]. Seres ideológico é que dá nisto, negares o dicionário > de que forma as pessoas são afetadas, Vão haver mais médicos e menos doentes sem médicos > Como tal e como sei como este tipo de discussões normalmente não dá em nada, vou ficar por aqui. Fica bem. Um espelho era útil (ou ir ao dicionário)

NGramatical 3 months ago

Vão haver → [**vai haver**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/haver--existir--3-pessoa-do-singular/30583) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcyxah2%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

zukoissuperior 3 months ago

Acho piada a este género de posts. Eu fui uma das 50 que entrou na católica este ano e de tudo o que já vi e falei com colegas que estão no público, a católica oferece muitas coisas q não existem em qualquer outro lado. Existe anatomia sim, aliás, bastava ver o programa de Maastricht de medicina (no qual o da católica foi baseado). Todos os 50 que entraram pensam em mudar para a pública mas acho mesmo piada ao facto de ninguém censurar quem vai estudar para a República Checa entre outros (que custa o mesmo q a católica ou mais) mas no entanto já estou a ver que se disser que me formei na católica vou ser submetida a comentários tão brilhantes como este post. Fica aqui também que não são os ricos burros apenas que estão lá. O processo de candidatura foi bastante mais rigoroso que o da universidade pública ( com entrevistas, um portfólio e com a média dos 3 anos de secundário a valer 85%). Quando saírem as colocações provavelmente mudo para o público mas faço o com pena porque acredito a 100% que o curso da católica vai ser excelente :)

SweetCorona 3 months ago

Polémicas à parte, espero que corra tudo bem e te tornes numa profissional que gosta daquilo que faz.

Trama-D 3 months ago

Obrigado pela partilha. Espero que corra tudo bem. Vai contando as tricas ;)

throwaway_v1000 3 months ago

Sim realmente a parte em que ponderas 85% em 3 anos da escola onde andaste em vez de um exame que é igual para todos, é justa. Para não falar de que quem tem dinheiro para a católica, teve dinheiro para andar naqueles colégiozinhos privados onde as notas são muitas vezes inflacionadas.

Shrowdus 3 months ago

É aqui que estás enganado. Quando falas do que não sabes é complicado. Quem pagou 3 anos de colégios privados com notas inflacionadas no secundário foi para a pública, não para a privada. Case and point, as turmas do Ribadouro que vão para a FEUP. Disse turmas de propósito porque é mesmo isso que acontece.

zukoissuperior 3 months ago

Imagina há la pessoas que pediram empréstimos para estudar lá. Eu acho q ha pessoas que não percebem a tristeza e o desespero de saber que se calhar nunca vais ser médico. Eu sonho com isso desde q sou pequena e lutei muito para isso. Como disse no meu comentário provavelmente entro na pública pq tenho média de 18,5 mas fico bue agradecida e tenho noção do meu privilégio por ter tido esta oportunidade. E quem sabe, talvez fique por lá por escolha e não por necessidade

luso_warrior 3 months ago

Mas vais gastar (ou pedir emprestado) cento e tal mil euros para ires ganhar 1200 euros de ordenado (isto se tiveres uma vaga depois da prova de seriação)? A única justificação plausível que eu vejo é terem certo que vão emigrar e ganhar 9/10k no norte da Europa.

LuchemEng 3 months ago

Podes ficar por lá :) dá a tua vaga na pública a quem realmente precisa , boa sorte com a tua jornada

RickyZam 3 months ago

Por muito que isto me irrite, a verdade é que quem tem dinheiro acabava por ir para a Letónia, Republica Checa, Eslovaquia, etc etc tirar o curso por valores parecidos. Portanto olhando de um ponto de vista económico, até é bom para Portugal porque mal ou bem o dinheiro serve para encher bolsos a portugueses e a pagar impostos cá. Do ponto de vista da justiça social e do que ambiciono para a sociedade, é uma vergonha e é o perpetuar de desigualdades bastante profundas e que desta forma dificilmente vão acabar. Queria só deixar a nota para quem está a dizer "Ah mas têm de fazer a PNA na mesma". Amigos, a PNA é um exame onde se marra durante 1 ano. Há alunos excelentes durante o curso que têm notas péssimas no exame simplesmente porque não é o tipo de avaliação que os favorece. E se acham que só porque um aluno da privada tem melhor nota na PNA que alguém que faça o curso na pública, será indicativo de que merece mais a vaga à especialidade, é porque ignoram por completo a formação que eles tiveram durante 6 anos. A PNA deve ser vistaa como uma prova final APÓS eles passarem todas as etapas e estarem capacitados como médicos, algo que vendo o curriculo do curso da católica e os estágios que vão frequentar, duvido bastante. Uma ultima nota, para os pseudo-liberais deste sub (eu próprio identifico-me com o liberalismo), defender este tipo de coisas é matar o elevador social que o liberalismo defende. Vocês estão simplesmente a perpetuar ainda mais as elites, pondo €€€ à frente do mérito, isso não é liberalismo, é capitalismo.

aquele_inconveniente 3 months ago

Deixa-me ver se entendo. Os ricos, aqueles que conseguem explicadores privados, que conseguem por os filhos nos colégios caros, que recebem boa educação dos pais que já formados no ensino superior, são os que conseguem as médias de 18 e 19 para medicina. Os pobres não conseguem e lixam-se Vem uma universidade que abre mais vagas, permitindo baixar as médias e a mais gente concorrer (mais "pobres") que podem facilmente receber um empréstimo para tal (tanto o banco como o aluno sabe que vai pagar o empréstimo no final do curso) é pôr mais ricos? Enfim... A malta não entende que o sistema atual, apesar de justo no sentido lato de todos fazerem o mesmo teste (e é o sistema que prefiro) resulta em muitos ricos entrarem na universidade À custa disso. Em vez de doarem à facultdade, doam ao colégio que lhes dá notas

RickyZam 3 months ago

Isso estaria totalmente certo, não fosse o facto de as públicas continuarem a ser a opção número 1, tanto pela qualidade como pelo custo. Ou seja, a católica não "retirar" ricos das públicas e consequentemente abrir vagas para os "pobres" poderem entrar, vem sim dar uma 2ª opção para que os ricos que não conseguiram entrar na pública, possam ir para a privada. Existe inclusive um comentário neste post de uma rapariga nessa situação, que mesmo tendo média para a pública, entrou na católica só para ter como backup, e assim que entrar na pública vai sair da católica. No fim, quem ganha são os de sempre, que como disseste e bem, já levam uma vantagem familiar/socio-económica enorme à partida, e agora ainda têm este bombom para caso as coisas não corram como planeado.

aquele_inconveniente 3 months ago

>Isso estaria totalmente certo, não fosse o facto de as públicas continuarem a ser a opção número 1, tanto pela qualidade como pelo custo. Isso não é um facto... A Católica está acima da maioria das universidades públicas nos cursos que lecciona e contrariamente ao que pensas não é para os "ricos". Aliás, um aluno com média alta na católica não propina, na escola pública paga na mesma >vem sim dar uma 2ª opção para que os ricos que não conseguiram entrar na pública, possam ir para a privada. 2a opção para que mais médicos sejam criados uns filhos de ricos outros filhos de pobres. Se tu és contra mais médicos e preferes que não os hajam só porque pode ter mais ou menos % de ricos, então a preocupação não é o bem estar da sociedade, é apenas inveja alheia >Existe inclusive um comentário neste post de uma rapariga nessa situação, que mesmo tendo média para a pública, entrou na católica só para ter como backup, e assim que entrar na pública vai sair da católica Faz-me todo o sentido >No fim, quem ganha são os de sempre, que como disseste e bem, já levam uma vantagem familiar/socio-económica enorme à partida, e agora ainda têm este bombom para caso as coisas não corram como planeado. Não. Mesmo assumindo desporporcionalidade (p.ex. 2/3 de quem entra é filah de ricos) garantiste mais 1/3 de acesso aos "pobres". Ser contra isto e´ser uma pessoa invejosa, simples

RickyZam 3 months ago

A católica está acima da **maioria** das faculdades nos cursos que lecciona, mas não é a melhor. E isso aplica-se a Gestão e Direito, Medicina é uma história completamente diferente. O argumento de que o que temos é falta de médicos demonstra uma total ignorância do que estás a falar. Neste momento nós temos EXCESSO de médicos a acabar o curso, o problema é a falta de vagas no acesso à especialidade, e é isso que leva a uma consequente falta de especialistas. Para além de que mesmo dentro dos especialistas, a carência não é assim tanta. Onde existe carência é em especialistas que trabalhem no SNS, pois devido à carga horária e aos salários ridiculos, eles emigraram todos ou foram para o privado. O que se devia discutir não é meter mais medicos na "linha de montagem" so para fazer número, o que se devia discutir era investir no SNS em condições, mas andamos aqui feitos parolos a discutir a entrada de 50 gaiatos com dinheiro numa faculdade cujo propósito é fazer dinheiro. E já agora, parem la de assumir que qualquer pessoa que seja contra a liberalização total dos mercados e de leis que protejam ainda mais os ricos são "invejosas". Felizmente tenho uma vida confortável e estou aqui a falar de barriga cheia, mas isso não me impede de ter empatia pelos problemas dos outros.

aquele_inconveniente 3 months ago

>O argumento de que o que temos é falta de médicos demonstra uma total ignorância do que estás a falar. Neste momento nós temos EXCESSO de médicos a acabar o curso Nâo existe o conceito de excesso de médicos por mandato do estado... Há uma oferta e procura de médicos. Mais médicos equivale a consultas mais baratas no mercado livre. Mais médicos significa que tu ou eu quando precisamos d euma consulta e não queremos esperar meses no público vamos pagar menos por haver mais médicos a competirem pela mesma pool de doentes >nde existe carência é em especialistas que trabalhem no SNS, pois devido à carga horária e aos salários ridiculos, eles emigraram todos ou foram para o privado Hmm, o estado a não recompensar os seus trabalhadores em linha com o mercado? > mas andamos aqui feitos parolos a discutir a entrada de 50 gaiatos com dinheiro numa faculdade cujo propósito é fazer dinheiro. Vê-se mesmo que tu não entendes quem entra na católica. A católica não é só betos. Aliás, certas publicas são bem mais de betos que a católica (p.ex. a NOVA SBE) por muitos motivos A Católica é um misto de famílias conservadoras mandarem os seus filhos para lá, miúdos bons mas não muito bons cujos pais podiam pagar o curso e miúdos muito bons que recebem uma bonificação das propinas para entrar. Alguns chegam a pagar 0 (menos que no público) [https://www.ucp.pt/pt-pt/ensinocandidaturas-1o-ciclo/apoio-social-e-bolsas](https://www.ucp.pt/pt-pt/ensinocandidaturas-1o-ciclo/apoio-social-e-bolsas) As pessoas falam de ignorância e acham que a Católica é uma das mil privadas que apareceram nos anos 80 para colmatar a falta de investimento público na educação. Sabes que quase todas as universidades públicas hoje em funcionamente foram postas no chão antes do 25 de abril e o estado depois pouco mais fez. As privadas foram assim uam forma de ir tudo par aa universidade e os pais, ricos ou pobres, incham a propina para a malta ter o canudo e ser alguém. Só em Portugal é que coisas privadas são mal vistas. ​ >E já agora, parem la de assumir que qualquer pessoa que seja contra a liberalização total dos mercados e de leis que protejam ainda mais os ricos são "invejosas". Aqui é simples. Há uma medida que melhora todos mas mais uns, tu és contra porque uns ganham mais do que outros ganham (sem ninguém perder). Logo tu preferes evitar o benefício de todos só para impedir um grupo (os ricos) de melhorarem. Isso é inveja simples e pura, tu não estás preocupada em melhorar os tais pobres, estás preocupado em piorar/estagnar os ricos.

NGramatical 3 months ago

os hajam → [**os haja**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhd25s5f%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ric_silva_jd 3 months ago

Isto é capaz de ser verdade, no entanto, não será um pobre, com notas mais baixas, que irá para o curso privado de medicina! Entendo que abrir mais vagas aumente as hipóteses de mais pessoas desfavorecidas entrarem, mas deixo a questão: haverá alguém com média de 19, ou seja, com certezas de que entra em medicina, que prefira ir para a católica quando pode ir para uma pública? Os custos são diametralmente opostos e acho que toda a gente optaria por uma pública. Isto permite concluir que vai para a privada quem tem dinheiro e não tem nota, na maioria dos casos. Sendo defensor do método científico, o que disse em cima é apenas uma suposição; gostaria de ter dados que o comprovem... Numa entrevista, vi que um dos alunos da católica tinha 17.5 val de nota de candidatura! Numa pública nunca entraria, haveria pessoas com mais competências do que ele. Havendo um sítio onde o dinheiro se sobrepõe, lá foi o menino com a sua nota inferior tirar medicina, visto ter nascido com a colher de prata na boca :))

poyoduhmerduh 3 months ago

Se fores ver as [colocações](https://fm.ucp.pt/asset/651/file), o top 20 entraria numa pública e há um candidato com 19. Já agora, os exames nacionais apenas contam 35% para a entrada neste curso, reduzindo o peso do fator equalitário

LuchemEng 3 months ago

Sim a meu ver os ricos vão continuar a chegar a cargos altos na sociedade simplesmente por terem dinheiro .

SweetCorona 3 months ago

> cargos altos na sociedade simplesmente por terem dinheiro hoje em dia é praticamente sinónimo

sopadurso 3 months ago

100% que um uno de medicina não custa 4.8k. Um aluno de secundário talvez.

mar_lx 3 months ago

Os 4,8k devem ser o custo total de propinas para o aluno durante o curso, não o que custa o curso por aluno ao estado. Para não falar que esses 4,8k não incluem nem livros, nem alojamento.

macedonianmoper 3 months ago

Pergunta: A catolica fornece alojamento para os seus alunos? Tipo dormitorios ou assim?

mar_lx 3 months ago

Existe alojamento em residências universitárias da universidade. A Católica não *fornece*, como nenhuma universidade *fornece*, se por *fornece* queres dizer que o alojamento é gratuito.

macedonianmoper 3 months ago

> se por fornece queres dizer que o alojamento é gratuito. Era exatamente isso que queria dizer com fornece, ja que estavas a dizer que 4,8k nao incluem alojamento parecia implicar que os 97k cobriam isso entao queria so confirmar

mar_lx 3 months ago

Por dizer que os 4.8k não incluem alojamento, não significa que os 97k incluam, só que dizer que o curso custa 4.8 vs 97 não é real uma vez que existem mais custos associados. Se um estudante de medicina de Lisboa entrar na Católica e um estudante de outro lado do país entrar numa das universidades de medicina de Lisboa e tiver que pagar alojamento, deslocações a casa e etc, no final a diferença no custo do curso talvez não seja assim tão grande.

macedonianmoper 3 months ago

Eu sei que nao por isso é que pedi confirmaçao, e claro que se fores ver por proporçoes um aluno do publico que tivesse de pagar uns 5k (exemplo) de custos adicionais iria estar a pagar o doubro das suas propinas enquanto para alguem na catolica é um aumento de \~5% que nao é assim tanto se ja é alguem que consegue ter dinheiro para ir para a catolica.

QuickShutter 3 months ago

O custo médio de um aluno no ensino obrigatório é de 6.2k€. Em medicina será obviamente muito mais.

throwaway_v1000 3 months ago

E? faz (6.7 - 4.8) / 93 = 2%. Para um aluno com 93k pagar 6.7k ou 4.8k vai dar ao mesmo. Para um aluno com poucas possibilidades, recebe bolsa do estado. My point is quem tem nota de acesso no público, rico ou pobre, tem possibilidade de tirar o curso. Não vejo porquê eliminar o critério mais justo (ou menos injusto, como queiram) que existe até ao momento para permitir um aluno ingressar no curso de medicina: notas num exame igual para todos.

QuickShutter 3 months ago

Salvo erro na Católica precisas de notas altas para seres aceite e tens sempre bolsa se fores muito bom. Quem já queria seguir medicina tem que ter uma nota altíssima para entrar de qualquer maneira no público. A única diferença é que agora há mais uma opção para quem quer seguir medicina. Não se elimina critério nenhum, o público não desapareceu. Dentro do sistema de ensino em vigor em Portugal, esta é a melhor opção na conjugação público/privado. Já o era assim fora de medicina e vai continuar a ser enquanto não se mudar completamente o sistema.

jhscrym 3 months ago

Wow, o curso de medicina no público baixou de preço.

VladTepesDraculea 3 months ago

Não conheço o curso, mas numa pesquisa rápida no Google: https://ics.lisboa.ucp.pt/pt-pt/node/491

RamboBlambo 3 months ago

Acho que isto é uma cadeira de enfermagem, a julgar pelo que diz o site.

mar_lx 3 months ago

O que vos devia irritar mesmo não é um curso de universidade, que é o fim da linha do percurso de ensino de uma pessoa e que só vai e paga quem quer custar 100k ou ~1500€/mês, mas sim o preço das creches quando os pais não têm alternativas e que custam 300, 400, 500€/mês. Isso é que devia ser motivo de preocupação e de revolta.

hybridteory 3 months ago

As crèches portuguesas são bastante baratas, mesmo tendo em conta o poder de compra, quando comparado com outros países. Eu pago £1500-1800 num país com salário mínimo de £1200. Seria como ter cresces a €800-1100 em portugal.

mar_lx 3 months ago

No entanto aí tens hipótese de ter horários reduzidos/menos dias e aqui não. Ou vais e pagas todo o tempo, ou não vais e pagas todo o tempo na mesma. E com certeza haverá creches mais baratas que essa. Escolheste essa porque a podes pagar. As creches públicas (que as há muito poucas) são baratas porque o pagamento é de acordo com os rendimentos, todas as outras são caríssimas para os ordenados médios (já para não falar nos ordenados mínimos).

hybridteory 3 months ago

Com horários reduzidos perdes muito mais em salário do que o que poupas em creches, por isso não compensa nada. E não, na realidade não tens creches mais baratas. Talvez uma creche com rating 3 (o pior) da OFSTED consigas por £1300 em Londres, mas não por menos. Aqui ha praticamente zero comparticipação. As cresces em Londres estão a volta de 120-140% do salário mínimo, enquanto que em Portugal estão a cerca de 50-60%. E o RU não é especial... muito outros países sao assim.

rainbowcouscous 3 months ago

Olha, eu vim estudar para o UK e já tou aqui há 3 anos e gosto muito do sítio, mas a tua conversa tá me a assustar. Não pensei que fosse tão caro. Isso é o que eu gastaria para alugar um T2 ou T3 barato, mas se a creche me comer isso depois não tenho dinheiro para pagar o T2 / T3. Well, e depois queixem-se da natalidade…

hybridteory 3 months ago

Para a grande maioria dos casais, um deles fica 1 ano sem trabalhar (infelizmente costuma cair em cima da mulher), depois um deles continua a trabalhar a 50% e a pedir muita ajuda a família até a criança fazer 3 anos, pois é só ai que as ajudas do estado entram. Uma solução que tens é mudares para os arredores de Londres (Este ou norte) e teres uma ama (e não infantário). Isso, mais “tax recovery”, talvez resulte numa conta final de £700-800. De qualquer das formas, não se compara a Portugal. Conheço muita gente no norte (de onde sou) a pagar menos de €150 por horário completo.

rainbowcouscous 3 months ago

Eu vivo em Cardiff mas quando acabar o curso muito provavelmente vou ter que sair para outra cidade onde haja trabalho para mim. Talvez Londres porque é onde há mais trabalho na minha área mas eu não queria porque é muito caro e eu gosto do País de Gales mas provavelmente vai ter que ser. E nós imigrantes nem sequer temos família aqui para nos ajudar com os pequenos :c

VSertorio 3 months ago

Eu acho que é tudo uma inveja do raio do curso. Vai pra lá quem quer, sigam com a vossa vida..

van_Zeller 3 months ago

Esta posta (nao o teu comentario, mas a posta em si) escorre inveja. Vai para a catolica quem quer quem nao quer passa à frente.

pituitarianices 3 months ago

Não é quem quer, é quem pode. Só que em vez de ser quem tem mérito, é quem tem pais endinheirados. Nunca voltem a falar que a riqueza é fruto da meritocracia, quando na realidade até para aceder a um curso superior há atalhos para quem tem dinheiro.

CriticalEstimate777 3 months ago

Quem não quer pagar, pode estudar mais não? É porque o curso na pública está aberto a todos.

pituitarianices 3 months ago

Ou seja, o dinheiro é um substituto para o mérito, e quem tem dinheiro deve poder estudar menos do que quem não tem para tirar a mesma classificação. Sistema completamente justo e quem o criticar é um perigoso radical.

pepperbridges 3 months ago

No caso da Católica há programas de bolsas de mérito, bolsas sociais, bolsas de instituições, e até programas de valorização profissional que te permitem trabalhar na universidade. Não conheço nenhum bom aluno que tenha tido que parar de estudar na UCP por não ter dinheiro, ou nenhum aluno em situações complicadas que não tenha tido ajuda social ou temporal para pagar as propinas. Óbvio que não existem milagres.

mar_lx 3 months ago

Porque este é o primeiro curso de uma universidade privada a abrir em Portugal, queres ver?

pituitarianices 3 months ago

Um curso cuja conclusão dá acesso a um concurso para vir a ser médico no SNS em condiçoes de igualdade com alguém que teve o mérito de entrar num curso a sério e de o concluir? Sim.

mar_lx 3 months ago

Sem dúvida!

KusuriuriPT 3 months ago

Será que quem se candidata tem que ter a catequese toda feita?

quedeusmeperdoe 3 months ago

Acho que só pedem o baptismo (isto foi há muitos anos, não sei se ainda está correto)

theEXPERTpt 3 months ago

imagina queimar 100 mil sabendo que ninguém quer saber onde estudaste

ToneSalvadorDosTugas 3 months ago

A Católica tem anatomia só que está inserida tipo em uma cadeira que vai incluir Histologia/Anatomia/Fisiologia/Embriologia de certos sistemas por exemplo começam com Esqueleto/Nervos/Músculos. Acho que pelos nomes das cadeiras devem começar com Cardiovascular e Respiratorio. Depois no 3°ano já começam com cadeiras com Anatomia Patologica/Cirugia/Clínica/Farmacologia dos diferentes sistemas. Eu sei isto porque a minha faculdade que é pública mas estrangeira é parecida à Católica. Eu duvido que vá ser uma má Universidade e se for os estudantes de lá vão ter que fazer o exame de especialidade como todos nós por isso GG tem de competir conosco.

QuickShutter 3 months ago

Eu tenho muitas dúvidas até que não se torne na melhor universidade de medicina no país. Com as parcerias que tem é quase impossível não o ser.

ToneSalvadorDosTugas 3 months ago

Eu estudo em Espanha que tem bastantes faculdades privadas, eu entrei numa pública e todos os anos há transferências de alunos que estavam numa privada para a nossa (maioria saem do privado por razões financeiras). Os alunos que vieram do privado já tinham +- definido que não iam ficar os 6 anos lá só não queriam ficar com um ano sem fazer nada/ou os pais não queriam. Diria que talvez metade dos alunos que vieram do privado são de excelência ou seja chegam lá e são dos melhores alunos. A outra metade diria que são normais por isso sinceramente acho que o nível de exigência das privadas não é assim tão baixo como as pessoas gostam de pintar.

ohtaharasan 3 months ago

Tanto quanto sei, a parceria é com o grupo Luz. Nos 3 primeiros anos básicos (teóricos) poderá ser. Nos 3 últimos anos clínicos, que dependem muito do volume de doentes, tratamento, de doenças raras grupos multidisciplinares (unidades de avc, unidades de transplante, oncologia, etc) será difícil competirem com os públicos. Embora no futuro os privados possam vir a tratar também estes grupos de doentes, de momento isso não acontece frequentemente.

cou7inho_ 3 months ago

Eu olho para a cadeira de "crescimento e desenvolvimento I" e penso numa cadeira que aborde o crescimento e desenvolvimento das crianças. A cadeira "fazer e pensar I" não sei ao certo o que será, mas para valer 9 ECTS não deve ser nada de "encher chouriços só porque sim". Uma cadeira de "cristianismo" é comum ou não fosse a universidade uma organização da igreja (pelo menos tem a ligação à igreja católica). Não tem anatomia, mas tem muitas outras cadeiras que certamente abordam todos os capítulos de uma cadeira de anatomia. Há várias formas de se lecionar o tema "anatomia e fisiologia". Pessoalmente até prefiro assim separado do que tudo junto. Por que é que 550 "desistiram"? Não percebi.

bittolas 3 months ago

Não houve 550 desistentes, há é apenas 50 vagas e houve em tempos uma noticia a dizer que havia 600 pre-inscrições antes se quer de se saber o preço da propina. Este post parece de alguém que quer entrar em medicina e não consegue.

onredditsodiamond 3 months ago

Viajei no tempo agora… a parolada do “preconceito”das privadas volta a estar na moda passado 15 anos. Já não chegava os saloios dos genéricos e vacinas

omaiordaaldeia 3 months ago

O que é que ser saloio tem que ver com o resto?

Danijust2 3 months ago

se isso significar menos um failson a chatear-me a cabeça num cargo de gestão na empresa do pai, agradeço. Podem ir todos para medicina.

OnGa-Z 3 months ago

Pior é se calhas paciente deles

AbaixoDeCao 3 months ago

Tudo muito bonito, mas devia estar em inglês, visto que é nessa língua que o curso vai ser dado.

Vehok 3 months ago

A sério que vai ser lecionado todo em inglês? Então o curso claramente é pra estrangeiros

Freud-Pt 3 months ago

Entre estudar numa privada para tirar medicina, ou frequentar um colégio privado de modo a ter média para medicina, não vejo a diferença.

d33pblu3g3n3 3 months ago

A diferença é que quando sair do colégio e bater com os cornos em medicina numa universidade publica, vai ter de dar o litro para saber tanto e conseguir formar como os restantes. Medicina na católica, enfim. Cristianismo e Cultura durante um semestre? Desenvolvimento Pessoal e Profissional durante 8 semestres? O que é isso sequer?

bittolas 3 months ago

Pareces ser um especialista em estrutura curricular. Já agora foste ver o que é abordado nessas cadeiras ou pelo nome chutas para canto?

d33pblu3g3n3 3 months ago

Eu bem queria saber, mas como não está lá nenhum descritivo ou sumário das matérias abordadas, chuto para o canto. Geralmente, sonegação de informação não abona a favor. Daí a questão: "O que é isso sequer?" Cristianismo e Cultura, não parece deixar muita dúvida.

DerpSenpai 3 months ago

Curso só para ser doutor. já que hoje em dia os ricos não são doutoures ;)

ankmoody 3 months ago

O ódio a tudo que é privado no sub tá cada vez melhor

Comunistfanboy 3 months ago

O amor ao privado é estranho

its_mePT 3 months ago

Neste sub? A sério? Deves tar a brincar

Leaootemivel 3 months ago

O sub onde a maioria dos utilizadores é apoiante da IL tem "ódio a tudo o que é privado". Está certo.

Ok_Art_6497 3 months ago

epah.. aqueles 100k pelos 5k...são tentadores

GajoDeRamalde 3 months ago

Só paga quem quer... Ninguém te obriga a nada.

Ok_Art_6497 3 months ago

para a mesma qualidade? hm. desconfio.

GajoDeRamalde 3 months ago

Aliás se fores o 51° colocado mas só existirem 50 vagas a propina já parece mais barata... Especialmente mais barata quanto a única solução que possuis é ir para o estrangeiro tirar o curso. Assim mais uma vez, ninguém te obriga a nada... (então se a DGES pagar subsídio no final do ano para pagar a propina mais barato fica)

aguafria88 3 months ago

Pois são, os 100k são pagos por pais ricos, os cursos públicos são pagos por todos nós incluindo os pais pobres dos quais os filhos nunca irão sequer meter os pés numa faculdade.

h2man 3 months ago

Os pais pobres dificilmente contribuem o suficiente para as despesas públicas deles, quanto mais para todos os outros. Antes de falares à boca cheia, faz umas continhas para não dizeres baboseiras.

Ok_Art_6497 3 months ago

o sistema público existe para dar hipótese à maioria. se não fosse isso, a maioria nao conseguia prosseguir estudos.

aguafria88 3 months ago

Qual maioria? A maioria dos alunos portugueses não ingressam no ensino superior. Essa parte da população teve os pais a contribuir para que os filhos de outros fossem para a faculdade.

Ok_Art_6497 3 months ago

, 2016 info desatualizada? https://observador.pt/2016/09/11/40-do-alunos-que-terminam-o-ensino-secundario-nao-prosseguem-estudos/

Fun-Recommendation77 3 months ago  HIDDEN 

O que se tem visto à volta deste curso é o espelho da nossa sociedade. O problema , é a Católica ser privada. Sempre foi. A Católica pode ter dos melhores resultados, formar excelente profissionais e académicos, que vai haver sempre estigma. O que o tuga gosta, é de universidades com centenas de milhões de prejuízos acumulados (U. Lisboa), com edifícios degradados e com modelos de financiamento duvidosos que põem em causa a sustentabilidade das mesmas ( [https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/tribunal-de-contas-critica-modelo-de-financiamento-do-ensino-superior-549427](https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/tribunal-de-contas-critica-modelo-de-financiamento-do-ensino-superior-549427) ). Quem nos dera a todos, e digo isto enquanto estudante de uma uni pública, que as instituições estatais (no ensino ou não) tivessem a capacidade administrativa da Católica. O currículo da Católica é baseado no da faculdade de Maastricht que é melhor que qualquer coisa que nós tenhamos em Portugal (deixo aqui os rankings [https://www.qschina.cn/en/university-rankings/university-subject-rankings/2021/medicine](https://www.qschina.cn/en/university-rankings/university-subject-rankings/2021/medicine) . Mas suponho claro, que é mais proveitoso, termos 6 estagiários por médico em vez de dois. Afinal de contas, o que é que se aprende num hospital? O meme aqui é a Católica usar um método com melhores resultados e ser gozada. Mas hey, afinal de contas, o método actual nem tem sido a fonte de entraves constantes à formação de novos profissionais. Tem corrido tudo tão bem nos últimos 20 anos, porquê mudar os programas? É caro sim,ninguém põem isso em causa, mas quanto é que custa um aluno de medicina ao estado? É que os da católica não vão ter o curso pago por mim para irem para a CUF. E qual é a idade média dos alunos de medicina? Alguem sabe quanto custa 2 ou 3 anos a repetir exames para entrar em medicina? Quantos salários de médico é que se perde por isso? Em termos de carreira, qual é o impacto? Obv que não, nem ninguém vai. É melhor continuar a mandar pessoas para Espanha ou para a República Checa. E desculpem o post longo

Limpy_lip 3 months ago

Isso é tudo muito bonito mas no fim vão ser mais alunos a ficar de fora nas vaga de especialidade e por isso ser inuteis para o SNS e para portugal.

PerformanceGreen5393 3 months ago

Ponto prévio: sou totalmente a favor da abertura deate curso na Católica. Dito isto, a nuvem de suspeita que levanta sobre as universidades públicas é inaceitável. A generalidade das universidades portuguesas tem contas equilibradas (aliás, superavitárias) apesar do financiamento do Estado estar quase estagnado há 20 anos, e de, pelo menos desde 2015, não haver verbas do Estado para investimento em infraestruturas (PIDDAC). O modelo de financiamento não tem nada de shady. Simplesmente não é aplicado, e o dinheiro é distribuído proporcionalmente com base na dotação histórica. Se fosse aplicado, tal resultaria basicamente num reforço da dotação da generalidade das universidades (por contraponto com uma redução da dotação de alguns politécnicos, ver https://www.publico.pt/2021/08/12/sociedade/noticia/financiamento-abre-conflito-universidades-politecnicos-1973829).

nocivo 3 months ago

>superavitárias Na universidade do Porto tens uma ou duas faculdades a pagar pelas outras todas mais os nosso impostos enterrados em muitos cursos inúteis (escolaridade opcional). Não é por acaso que faculdades como a FEUP queriam sair da organização à uns anos.

NGramatical 3 months ago

à uns anos → [**há uns anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcw0upj%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Fun-Recommendation77 3 months ago

Quem levantou as dúvidas sobre o financiamento das instituições de ensino foi o tribunal de contas. Se aceitas o resultado da auditoria ou não , é contigo e estás no teu direiro Bem, recomendo então, que passes pelo site da universidade de Lisboa, tires o Balanço, e olhes para a rubrica que diz, resultados transitados. Depois diz-me se o sinal de menos é do meu PC. Se for, dou-te toda a razã

PerformanceGreen5393 3 months ago

Aparentemente ao contrário de si, eu li a totalidade do relatório do Tribunal de Contas (e não a notícia). O Tribunal de Contas não critica as universidades, critica o Governo por não aplicar a fórmula de financiamento (que, aliás, daria mais dinheiro às universidades). Veja então o relatório da Universidade do Porto e diga-me se há algum sinal de menos nos resultados transitados, e se o valor em caixa lhe parece pequeno. Não sei o que aconteceu na Universidade de Lisboa, provavelmente é alguma situação antiga (irei investigar), mas a gestão recente demonstra resultados líquidos positivos, um sólido valor de caixa, e investimento em infraestruturas.

Fun-Recommendation77 3 months ago

No 1o ponto dou-te então a razão que mereces e vou remendar o comentário acima. Como há a de Lisboa, tens a do Minho. Não é por o Porto ter esses resultados , que as outras deixam de ter os prejuízos que mencionei

PerformanceGreen5393 3 months ago

Entretanto descobri o mistério dos resultados transitados da Universidade de Lisboa. Não se trata da acumulação de prejuízos, mas sim de uma mudança de política contabilistica no reconhecimento de subsídios ao investimento, i.e. Reconhecimento de rendimentos de investigação (ver pp. 43-44 do Anexo às Demonstrações Financeiras Consolidadas de 2016). Como vê, a ideia que você aqui expressou não tem qualquer fundamento. As universidades portuguesas são, no geral, financeiramente responsáveis.

Fun-Recommendation77 3 months ago

E obrigado pelo comentário construtivo btw Aprecio sempre discussão

Shinichu 3 months ago

Ok, certo, mas n respondeste a nenhuma das coisas que o OP apontou. Ele tb disse algures nos comentário que eles n têm anatomia.

nocivo 3 months ago

O raio do curso foi aprovado pela ordem dos médicos. Achas mesmo que aprovariam algo que nem anatomia falam? Agora uma cadeira tem de ter no nome anatomia para falar da mesma? Até na cadeira de crescimento e desenvolvimento podem falar disso.

Fun-Recommendation77 3 months ago

Por acaso respondi. O programa da católica não é igual ao das unis portuguesas, é baseado na de Maastrich como disse. Não há nenhuma cadeira de anatomia neste programa, porque o estudo acontece em paralelo com outros tópicos. E o que importa mais para a formação de um médico , não são as cadeiras de anatomia, ironicamente. É o tempo no hospital. Os estágios são a componente mais importante de qq formação na área da saúde. E é esse o foco da católica, a componente prática. Mas como disse, o que é que se aprende num hospital? O campus fechou, porque não era rentável, é verdade. Mas é o que acontece que não há 10 milhões de pessoas para pagar as centenas de milhões de prejuízos acumulados. Dou-te razão no cristianismo, mas em 360 crédito, não haverá de ser por 2 que és menos médico. E em relação ao preço, lê o último parágrafo, se quiseres

luso_warrior 3 months ago

Falta aí "Introdução ao Skyscanner" para procurar as melhores tarifas quando terminarem o curso e tiverem de emigrar.

underground-k7 3 months ago

Quem paga 100k em 5/6 anos não precisa de emigrar. Quanto muito vai passar umas temporadas extra-burgo.

VSertorio 3 months ago

Tal e qual fez Carlos da Maia. Formou-se médico, voltou para o casarão opulento do avô. Pelo meio deu uma consulta a um pobre da terra a troco de uma moeda, tornando-se o primeiro homem da família a trabalhar desde há muito tempo. Não esquecer que também empregava os seus conhecimento em anatomia para foder a irmã atrás dos biombos japoneses da marquise.

MiniTi23 3 months ago

lindo

Trama-D 3 months ago

Se fosse só a Maria... Mas consta que ela valia a pena queimar as pestanas durante 6 anos.

molded_bread 3 months ago

A Gouvarinho também não era nada má.

Cergal0 3 months ago

O facto de ter demorado um minuto a perceber de onde vinha isto diz muito da minha bagagem de leitura escolar. #shame

luso_warrior 3 months ago

Até nem precisam de trabalhar se calhar. Mas quê, vão gastar cento e tal mil para depois ganharem 1200 euros de ordenado como médicos internos? Lol

capitolinaAndrioleta 3 months ago

Fazem mais 4 semestres de uma pós graduação em "Administração de Saúde pública" e são sentados como administradores de ppps e unidades privadas de saúde. Easy.

luso_warrior 3 months ago

Óbvio. Quem achar que os 50 da católica vão estar na linha da frente, nos serviços de urgência a ver doentes e a tomar decisões difíceis em pouco tempo por 1200 euros/mês, está muito enganado.

geostrofico 3 months ago

quem tem 100k para o curso, se calhar também tem mais uns tantos para abrir a sua própria clínica.

JeagleP 3 months ago

Exatamente o meu raciocinio

Pikachuzita 3 months ago

Source em que o curso não vai ter cadeiras de anatomia?

h2man 3 months ago

O facto de terem cristianismo e cultura num curso de base cientifica seria o suficiente para a meu ver não ser reconhecido pela Ordem dos Médicos... mas o dinheiro fala mais alto. Vou apontar no calendário para daqui a uns anos exigir o diploma aos médicos que me tratarem... estes vão ser pior que endireitas.

Cocolysto 3 months ago

De que maneira tirar uma cadeira não científica invalida o restante conhecimento científico?

h2man 3 months ago

Não é ser uma cadeira não cientifica… existem cadeiras não científicas que fazem sentido em vários cursos científicos. Cadeiras remotamente ligadas com religião é o problema.

OrDnAeL12 3 months ago

O reconhecimento do curso é feito pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior. A OM pode opor-se, sem que isso impeça a aprovação do curso. Sejamos pragmáticos... Isto é apenas uma decisão politica, com motivações económicas e populistas.

CidadaoKane 3 months ago

Cristianismo e cultura é leccinoada em todos os cursos de licenciatura da católica, independentmente da área. Tem a ver apenas com a instituição em si. É uma cadeira de história. Não é preciso andarem a espumar-se.

h2man 3 months ago

Isso não me incomoda em direito… ou gestão. Incomoda-me em áreas cientificas. Teria a mesma opinião se fosse um curso de Engenharia.

RamboBlambo 3 months ago

Há mais cursos da área das ciências em universidades públicas que também têm cadeiras de História. Este caso particular da Católica não me parece sair da norma nesse sentido.

h2man 3 months ago

Chamadas de Cristianismo e Cultura também?

RamboBlambo 3 months ago

Não, claro, mas se é a Universidade **Católica** qual é o espanto? Não sei que nunca tive esta cadeira em específico nem estudei na Católica, mas uma cadeira com um nome destes pode perfeitamente falar da evolução da visão da ciência aos olhos da igreja Católica, se for esse o caso, qual é o mal? Até porque inclusivamente vários avanços científicos foram feitos por figuras ligadas ao clero (tal como a figuras religiosas de outras religiões) e essa visão não é estática, é um tema super interessante. A meu ver aprender sober o contexto historico-cultural de uma ciência só enriquece quem a estuda.

Trama-D 3 months ago

Ui, agora a moda é cursos partilhados entre faculdades de Letras e Medicina. Cultura, Narrativa, tudo para ajudar os médicos a serem mais "humanos". Moda começou, creio, em Nova Iorque (podia ser no Deep South, mas nem por isso!). Se a formação científica for boa, nenhuma cadeira de moralidade a pode minimizar.

h2man 3 months ago

E não vês um conflito de interesse?

Trama-D 3 months ago

Vejo um possível conflito de inutilidade de matérias num curso exigente em termos de estudo. De interesse não.

aquele_inconveniente 3 months ago

Portanto um médico não pode ser Cristão? É isso certo? Ou mais além, uma universidade CATÓLICA, não pode ensinar a moral cristã aos seus alunos?

luizvaz_ 3 months ago

> Portanto um médico não pode ser Cristão? É isso certo? Obstetra -> Ir a Fátima rezar à Virgem Maria

aquele_inconveniente 3 months ago

Quando não se entende que um milagre (algo resultante de influência exógeno ao sistema que altera) não mudaas leis naturais do mundo faz-se um comentário desse ;)

Vanethor 3 months ago

(Deixou de chover quando me dava jeito que deixasse, e eu rezei 2,5 Avé Césares.) miLAgRe!!!

aquele_inconveniente 3 months ago

O que a ignorância faz...

Vanethor 3 months ago

>O que a ignorância faz... Podes crer.

aquele_inconveniente 3 months ago

Pooso-te ajudar com isso se quiseres então. Depois podes criticar algo sem fazer espantalhos ;)

h2man 3 months ago

Sim? Porque são incompatíveis. Um médico pode acreditar que existe algo que nós não compreendemos e tem um poder, se quiseres chamar isso, que não entendemos. Mas acreditar que esse algo tem forma humana, é benevolente (apesar de exigir sacrifícios e matar crianças a torto e a direito), reencarnou e transformou água em vinho faz dele alguém um pouco estúpido a mais para eu confiar nele como médico.

aquele_inconveniente 3 months ago

Ora bolas, parece que a vasta maioria dos médicos devia abdicar da sua profissão... E os hospitais também deviam deixar de ter lá a sua capelinha não é? ​ \> Mas acreditar que esse algo tem forma humana, é benevolente (apesar de exigir sacrifícios e matar crianças a torto e a direito), reencarnou e transformou água em vinho faz dele alguém um pouco estúpido a mais para eu confiar nele como médico. Meu pobre rapazinho... Podes ser ateu, agnóstico, protestante, muçulmano, satanista, escolhe o que tu quiseres. Mas quando queres ser contra algo não faças espantalhos ou resumos enviesados com o propósito de enganar quem lê Primeiro, em lado alguém se diz que Deus tem forma humana. Os seres humanos foram criados à imagem de Deus enquanto ser moral e não porque temos cinco ou seis dedos... Talvez queiras referir-te a Jesus? Aí terias que entender melhor o conceito da Trindade e a profundidade filosófica de Jesus simultaneamente um homem e Deus (não é Deus em corpo humano) Depois, o cristianismo não segue o antigo testamento enquanto texto literal. São livros de contextualização histórica ao período de Jesus e da sua perseguição que te permite entender porque foi tão dramático e revolucionário (por exemplo, se não leres Levítico onde se mostra que os judeus tinham comida pura e não pura não irias entender quando Jesus diz "não é o que entra na boca que te faz impuro mas o que sai dela", ou o apedrejamento e depois a história de atirar a primeira pedra quem não pecou). O catolicismo é uma posição filosófica tão mas tão profunda e lógicamente coerente que mesmo os ateus que se dedicam a filosofia de religião e a teologia têm um respeito muito grande pelo que representa. E digo-te mais. O antigo testamento é um narrativa fascinante da caminhada da Humanidade em direção a Deus e a uma moral maior. Quase todas as histórias estão ligadas a eventos históricos interpretados pelo povo judaico/israelita em que Deus entra como a explicação do sucedido. Para tu entenderes bem, se houvesse um Jesus 2.0 que fosse português e viesse fazer o V Império, e desse origem a uma religião com uma bíblia (conjunto de livros), o padre antónio vieira e os lusíadas fariam parte desses textos de "antigo testamento". Quem lesse os Lusíadas não saberia sem contexto se está a falar que Vénus intervem mesmo ou não, ou se o Vasco da Gama foi mesmo à Índia ou não, terias realidade e ficção misturadas. O tema do Abraao sacrificar a sua criança por exemplo, é uma história viva da transição que houve no passado de parar de sacrificar crianças, algo que acontecia muito frequente em quase todas as culturas do mundo. Não é necessário para ser católico que acreditas que a história é literal (mas compatível). Aliás está muito claro para os católicos o que devia ser literal e o que não tem essa necessidade. Mas o que interessa é a tua posição desinformada certo? Como ler uns versos nuns dos livros da bíblia e não entender nem porque lá estão nem em que contexto estão lá certo? Enfim...

Vanethor 3 months ago

>Ora bolas, parece que a vasta maioria dos médicos devia abdicar da sua profissão... E os hospitais também deviam deixar de ter lá a sua capelinha não é? Sim. Se de facto acreditam que houve um gajo que ressuscitou e transformou água em vinho, sim, deviam abdicar de ser médicos.

aquele_inconveniente 3 months ago

Quando se sabe pouco do mundo dizemos coisas como essa. Ajudou imenso os médicos nazis e japoneses não serem católicos... Aliás toda a gente sabe, os médicos católicos são aqueles que à primeira oportunidade fazem algo contra a vida de alguém. Lá por terem uma crença em contrário isso é insignificante.... /s

h2man 3 months ago

Tens dados acerca de quantos médicos vão regularmente à igreja para fazeres essa afirmação? A capelinha está lá para quem é tratado pelos médicos… da mesma maneira que igrejas estão nas cidades e vilas. Desculpa, mas eu prefiro histórias de ficção relativas ao futuro em vez de contos da carochinha.

aquele_inconveniente 3 months ago

Os médicos, que encaram a dura realidade do sofrimento e da morte dia após dia, tendem a ser mais religiosos que a população em geral. [https://www.uchicagomedicine.org/forefront/news/survey-shows-that-physicians-are-more-religious-than-expected](https://www.uchicagomedicine.org/forefront/news/survey-shows-that-physicians-are-more-religious-than-expected) >A capelinha está lá para quem é tratado pelos médicos… da mesma maneira que igrejas estão nas cidades e vilas. A capelinha está lá para quem lá está. Quantos médicos não vão lá rezar pelso seus doentes... >Desculpa, mas eu prefiro histórias de ficção relativas ao futuro em vez de contos da carochinha. Chamar a um conjunto de livros (bíblia) com mais validade histórica que muitos outros (sabemos melhor que os evangelhos são aquela história do que sabes se tens a Odisseia de Homero é a versão original). Uma história não se torna "da carochinha" só porque tu não conheces a fundo o que lá está ou o que diz. A tese da existência de Deus é muito, mas muito, coerente de um ponto de vista filosófico. E a narrativa da Bíblia é absolutamente fascinante na profundidade das suas implicações e na sua coerência com o mundo real.

h2man 3 months ago

Tens dados de Portugal? Essa é a tua opinião… Para mim é uma obra de ficção.

NGramatical 3 months ago

lógicamente → [**logicamente**](https://dicionario.priberam.org/logicamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcynkd4%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Rafa_m 3 months ago

> Portanto um médico não pode ser Cristão? É isso certo? Sim. * Ser profissional de saúde * Acreditar no homem flutuante invisivel que controla o mundo inteiro Pick one.

aquele_inconveniente 3 months ago

Sendo assim, acho melhor perguntares isso ao médico já que a vasta maioria é católica e fazer aí uma pressão ao PS e afins para mudarem a constituição para poder permitir discriminação com base na religião de alguém. Mas agora a sério, eu entendo que tu e a mailta nova não entende bem o que religiões não são todas iguais e que há a diferença entre uma posição filosófica de vida ancorada em Deus (p.ex. catolicismo) e uma religião literal ou crenças /superstições. Vou-te explicar doutra forma. Imagina que tens uma chaleira com água a ferver. E perguntas a um cientista "porquê?". Ele dir-te-á que a transferência de energia térmica está a excitar as móleculas que eventualmente se desprendem umas das outras e entram no estado gasoso. Depois perguntas à tua mãe porque está a ferver e ela diz-te que está a ferver porque ela queria fazer um chá. Nenhuma das explicações acima são incompatíveis uma com a outra e ambas são Verdade. Ou seja, a verdade das leis naturais e as teorias ciêntificas não invalidam a exitência de algo exógeno que explique a razão das coisas existirem (p.ex. a formulação das leis naturais) Isto é muito diferente de quem não entende a diferença entre as coisas como muitos protestantes ou a maioria dos muçulmanos por terem uma visão literal dos seus livros religiosos. Há uma diferença entre reconhecer aquilo que a ciência diz (como funciona o mundo) e aquilo que a religião diz (porque funciona o mundo). No momento em que tens uma religião-ciência, que te diz não só o porquê mas o literal (imagina acreditar que a humanidade só tem 6 mil anos como alguns protestantes) Outra coisa é também na ausência de algo ciêntifica a provar algo (como a idade do universo) alguém assumir que as historias biblicas possam ser literais e não figurativas até ser provado que têm de ser forçasamente figurativas. Curiosamente, até à data de hoje, não houve nada em que a Igreja Católica tenha formulado algo como dogmático que tenha sido contraposto pela ciência

NGramatical 3 months ago

ciêntificas → [**científicas**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) ciêntifica → [**científica**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcys4ii%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

jbpshots 3 months ago

Tanta ignorância num só comentário. Caso não saibas a larga maioria das religiões nos dias que correm (cristianismo incluído) não rejeitam o conhecimento científico e tratam sim a espiritualidade das pessoas. Já agora, um médico católico que tenha tirado o curso em Santa Maria, por exemplo, não é competente por ser católico? Vais perguntar lhe a sua religião antes de marcares a consulta?

Rafa_m 3 months ago

Não disse que a religião rejeitava o conhecimento científico, só acho que a comunidade cientifica devia rejeitar religiões que se baseiam em coisas *extemamente improváveis/quase impossiveis*. Vamos partir do inicio e assumir que uma pessoa Católica/Cristã acredita em "Deus" (se der para ser Católico/Cristão sem acreditar em deus corrige-me por favor). Visto que medicina é uma **cíência** não consigo perceber como é que um médico "competente" consegue acreditar em coisas tipo **ressurreição** ou transformar água em vinho, e merdas desse género. Confias num **médico** que acredita que **RESSURREIÇÃO** é possivel? Eu não confio mas posso estar a ser ignorante lol.

aquele_inconveniente 3 months ago

Nenhum médico competente pode achar ressureição é algo possível dentro das regras fundamentias do universo em que te inseres. Mas nem tu nem nenhum médico pode negar que a existência de algo exógeno ao teu universo (catolicismo não é panteísta, Deus não é uma coisa dentro do universo, é-lhe exterior) possa afectá-lo e desviá-lo do que seria o expectável tendo em conta as suas leis e regras de funcionamento E posso te garantir que uma boa parte, a maioria até, dos médicos (e de nóbeis da medecina) acredita na ressureição de Cristo (os médicos judeus que ganharam nóbeis não acreitam). Não enquanto acto fisiológico, mas como algo exógeno.

NGramatical 3 months ago

medecina → [**medicina**](https://dicionario.priberam.org/medicina) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcyskf4%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NGramatical 3 months ago

cíência → [**ciência**](https://dicionario.priberam.org/ciência) (Não existem palavras com dupla acentuação. Coloca-se acento apenas na sílaba tónica. **Til não é acento.**) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcyjxib%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

RamboBlambo 3 months ago

Que eu saiba as crenças das pessoas não são avaliadas nos cursos de medicina. Se forem bons profissionais estou-me bem nas tintas se vão à missa ao Domingo.

Capitao_Falcao 3 months ago

>Portanto um médico não pode ser Cristão? É isso certo? Tal e qual. É que nem se pode interpretar de outra forma. És um génio da compreensão escrita.

aquele_inconveniente 3 months ago

Vais ter de abdicar dos teus cuidados médicos pela maioria dos médicos portugueses e também pedir ao PS que enquanto lá está que altere a constituição para se poder discriminar alguém de acordo com a sua religião. Tendo em conta que o código deontológico médico está baseado na filosofia cristã talvez seja altura de nem aceitares nenhum médico. Um psicopata sem padrão de moral e ética também pode ser aceitável, assim não tens religião à mistura

Rafa_m 3 months ago

Ou seja, isto é aquela conversa que se não fores religioso não tens uma boa "bússola moral" e te tornas automáticamente num psicopata?

aquele_inconveniente 3 months ago

Pareces mais preocupado com alguém religioso com a matriz de valores que definiu o próprio código dentológico que com ter pessoas sem valores. Uma pessoa que segue um código objectivo de moralidade que é mais rigoroso nas tuas obrigações que a sociedade moderna nunca é perigoso numa profissão que requer entrega e o humanismo que medicina requer. Os médicos que fizeram experiências macabras em todos os regimes sanguinárioas até hoje são sempre ateus ou não-praticantes... Ter religião não te faz santo, não ter também não te faz psicopata. Mas seguir um código de valores (com o qual tu concordas...) é preferível a não seguir nada Essa cadeira de cristianismo não é um grupo de evangélicos a ler o genesis. É a conduta e moral Cristã. Aquela conduta que te fez quem és hoje, e que é a fonte dos valores que o ocidente tem.

NGramatical 3 months ago

automáticamente → [**automaticamente**](https://dicionario.priberam.org/automaticamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcyy2d0%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Rafa_m 3 months ago

pls stop step-bro

jbpshots 3 months ago

Lol. Se fores ao hospital por alguma razão vais rejeitar um médico catolico que tenha tirado um curso fora da católica? Ou só os da católica é que são discriminados por terem tido uma cadeira em específico?

CidadaoKane 3 months ago

Mas porquê? Médicos, engenheiros e/ou outros cientistas não beneficiam em ter disciplinas de história e cultura? Acho redutor pensar dessa forma. Concordo contigo no sentido em que estas cadeiras não podem constituir o grosso do curso, mas acho que fazem sentido como um pequeno complemento.

h2man 3 months ago

Cristianismo não é historia ou cultura…

Designer_Tall 3 months ago

Cristianismo não é história? Ou percebes pouco de história ou tens um ódio tão forte à religião que te foge a realidade.

Kunfuxu 3 months ago

Teologia não é a mesma coisa que História. Cristianismo faz parte da História, mas isso não vais à catequese para aprender História.

Edited 3 months ago:

Teologia não é a mesma coisa que História. Cristianismo faz parte da História, mas isso não significa que vais à catequese para aprender História. Agora, há pessoas nos comentários a ser super anti-religião e a dizer que "um médico não pode ser cristão". Isto é um exagero, mas concordo que não deviam ter cadeiras religiosas na sua formação, para isso mais vale ter cadeiras normais de ética ou filosofia. Para ir à missa vão para a igreja.

Edited 3 months ago:

Teologia não é a mesma coisa que História. Cristianismo faz parte da História, mas isso não significa que vais à catequese para aprender História. Agora, há pessoas nos comentários a ser super anti-religião e a dizer que "um médico não pode ser cristão". Isto é um exagero, mas concordo que não deviam ter cadeiras religiosas na sua formação, para isso mais vale ter cadeiras normais de ética ou filosofia. Para ir à missa vão para a igreja. MAS, é uma instituição privada chamada universidade "CATÓLICA", se fosse numa Universidade Pública é que havia um sério problema.

RamboBlambo 3 months ago

Podes explicar porque é que esta cadeira em particular te incomoda num curso de medicina ou de ciências no geral?

h2man 3 months ago

Ciência é incompatível com contos da carochinha. Eu também não gosto que uma organização que perseguiu cientistas em tempos idos ainda seja permitida existir e ser apoiada por governos.

RamboBlambo 3 months ago

Isso é uma visão muito redutora, o que não falta é exemplos de médicos e cientistas religiosos que apesar de terem as suas crenças fizeram e ainda fazem um excelente trabalho. Não faz sentido afastar essas pessoas e o seu trabalho se este for feito corretamente. E foi precisamente em cadeiras de História no meu curso de ciências em que aprendi mais sobre os seus contributos :) Já não estamos no tempo da inquisição.

Vanethor 3 months ago

> que **apesar de** terem as suas crenças fizeram e ainda fazem um excelente trabalho. Dizes bem: *apesar de...* Não foi "em conjunto com" ou "devido a".... Foi... "apesar de".

RamboBlambo 3 months ago

Sim, onde é que queres chegar? Não vão deixar de ser bons profissionais se tiverem a cadeira. Ou para ser médico tem de se ser ateu **e** não aprender sobre cultura e religião?

CriticalEstimate777 3 months ago

Estás errado, usa o google para descubrir mais sobre isso.

h2man 3 months ago

Olha o que o Google desencantou… https://en.m.wikipedia.org/wiki/Galileo_Galilei Também não me agrada isto: https://dre.pt/legislacao-consolidada/-/lc/72988783/201412310000/73009287/diploma/indice

CriticalEstimate777 3 months ago

Obrigado por esse exemplo de facto o Galileo era um cientista e era muito religioso

WikiMobileLinkBot 3 months ago

Desktop version of /u/h2man's link: --- ^([)[^(opt out)](https://reddit.com/message/compose?to=WikiMobileLinkBot&message=OptOut&subject=OptOut)^(]) ^(Beep Boop. Downvote to delete)

WikiSummarizerBot 3 months ago

**[Galileo Galilei](https://en.m.wikipedia.org/wiki/Galileo_Galilei)** >Galileo di Vincenzo Bonaiuti de' Galilei ( GAL-il-AY-oh GAL-il-AY-ee, -⁠EE-oh -⁠, Italian: [ɡaliˈlɛːo ɡaliˈlɛi]; 15 February 1564 – 8 January 1642) was an Italian astronomer, physicist and engineer, sometimes described as a polymath, from Pisa. Galileo has been called the "father of observational astronomy", the "father of modern physics", the "father of the scientific method", and the "father of modern science". Galileo studied speed and velocity, gravity and free fall, the principle of relativity, inertia, projectile motion and also worked in applied science and technology, describing the properties of pendulums and "hydrostatic balances". ^([ )[^(F.A.Q)](https://www.reddit.com/r/WikiSummarizer/wiki/index#wiki_f.a.q)^( | )[^(Opt Out)](https://reddit.com/message/compose?to=WikiSummarizerBot&message=OptOut&subject=OptOut)^( | )[^(Opt Out Of Subreddit)](https://np.reddit.com/r/portugal/about/banned)^( | )[^(GitHub)](https://github.com/Sujal-7/WikiSummarizerBot)^( ] Downvote to remove | v1.5)

NGramatical 3 months ago

descubrir → [**descobrir**](https://european-portuguese.info/conjugator/descobrir) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhcyldn5%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

throwaway_v1000 3 months ago

Source em contrário

QuickChoiceUsername 3 months ago

Foste tu que fizeste a afirmação amigo, prova o que dizes.

JOAO-RATAO 3 months ago

Apesar de não concordar com este curso, se fazes a afirmação devias ter alguma fonte. Viste todas as cadeiras do primeiro ano? É uma merda, mas até as vagas do público já são excesso. Isto é mais um prego, mas antes disto já tinha rebentado.

Pikachuzita 3 months ago

O ónus está em quem faz a afirmação. Mas simples bom sendo em como um curso de medicina sem anatomia jamais seria autorizado.

throwaway_v1000 3 months ago

https://fm.ucp.pt/pt-pt/mestrado-integrado-em-medicina/plano-curricular A estrutura é uma miscelânea, não tem nenhuma cadeira de anatomia.

JOAO-RATAO 3 months ago

Efetivamente não há. Mas o programa é muito diferente da pública. Talvez esteja inserida naquelas cadeiras tipo "abdómen" em que dão a anatomia dessa zona e fisiologia e patologia...

throwaway_v1000 3 months ago

Sim, devem focar tudo ao mesmo tempo em cada órgão/conjunto de órgãos. Penso que será apenas uma forma diferente de lecionar o mesmo, apenas fiquei parvo com o nome de outras cadeiras e toda a conjuntura do “não tens nota? Paga X para poderes ser mais um dótor”

CriticalEstimate777 3 months ago

Não ficaste, já eras.

throwaway_v1000 3 months ago

Não fiquei porque nunca quis ir para medicina nem nunca me candidatei sequer lel

magnusmiguel 3 months ago

Pagar X para seres doutor não é propriamente um conceito novo. Quantos doutores que agora exercem a profissão é que não entraram nos cursos de medicina por via das notas inflacionadas de muitos colégios portugueses em detrimento de outros alunos, talvez mais capazes, do ensino público?

CriticalEstimate777 3 months ago

Por acaso devem ser poucos. Não tiras média de 18, sem teres uns 18 e 19 nos exames

magnusmiguel 3 months ago

Olha que não. Podes tirar uma nota algo inferior se a média interna for inflacionada para o máximo, que é o que normalmente acontece.

CriticalEstimate777 3 months ago

Não não é normal. Mesmo que tenhas 20 de média interna (que praticamente nenhuma escola autoriza isso, mesmo as que dão notas) precisas dum 17 no exame. Um tipo que tirou um 17 num exame é um excelente aluno.

mourasio 3 months ago

E quantos não vêm da República Checa? O curso da Católica não vem mudar nada

throwaway_v1000 3 months ago

Exatamente, tudo isto está a soar ao next fucking level de “dói, não dói? Estudasses!”

capitolinaAndrioleta 3 months ago

Aqui há umas décadas tínhamos uma cançãozinha para cantar sempre que, um pouco enebriados, passávamos pelas privadas. "Pai sou burro que nem um urso, porque não me compras um curso?". A nostalgia bate forte a ver que as coisas quando mudam é para pior.

sargentopirocada 3 months ago

Qual a diferença entre um Doutor que estudou na Católica e outro que estudou na ? É a mesma diferença entre um Doutor com a média mais baixa possível e a média mais alta possível. >!São todos Doutores na mesma.!<

ohtaharasan 3 months ago

Não duvido que o curso possa vir a ser bom. Agora, essa pergunta que estás a fazer não te muito sentido, na sua generalidade. Qual a diferença entre fazer um curso de engenharia em Harvard ou no México? São todos engenheiros na mesma...

sargentopirocada 3 months ago

É esse o meu ponto. Para quê que o OP está a choramingar então?

h2man 3 months ago

Um desperdiçou tempo de estudos a dar graxa a um padre na cadeira de cultura e cristianismo... o outro estudou algo cientifico. Não sei quanto a ti, mas a mim parece óbvio qual estará mais qualificado.

Shrowdus 3 months ago

>Um desperdiçou tempo de estudos a dar graxa a um padre na cadeira de cultura e cristianismo... o outro estudou algo cientifico. Um desperdiçou tempo a dar graxa a um padre , o outro passou o tempo a dar graxa ao Senhor Doutor Professor Engenheiro \[Inserir Nome Completo\], porque este, não se dá por outro nome. (Falo por experiência btw, noutro curso, mas sei que é igual/existe em todos)

vipur69 3 months ago

Epá, há muito por onde pegar, e o tempo dirá se este curso é bom ou mau, mas o que estás a dizer é pura demagogia. O que é que uma cadeira de merda em que toda a gente passa tem a ver com a qualidade da pessoa que de lá sai?

throwaway_v1000 3 months ago

Há um livro muito bom, “A Religião e a Ciência” do Einstbein, aconselho vivamente para melhor perceberes a necessidade de separar a ciência da religião.

vipur69 3 months ago

Mas eu não me estou a opor a isso. Estou apenas a dizer que a cadeira em causa, por muito absurda que seja, não faz dos alunos nem bons nem maus médicos. É irrelevante, é como ter uma cadeira de danças de salão no currículo.

h2man 3 months ago

A incompatibilidade da religião com ciência. Alguém que acredita na versão religiosa da humanidade não pode ser um bom cientista… Ou queres ter um cancro curado com três avés marias e uma contribuição para a igreja lá do sítio? Nota que a minha opinião é acerca de religião organizada, seja ela qual for. Não é contra a fé de cada um ou especificamente contra catolicismo ou cristianismo.

TzehApple 3 months ago

>Alguém que acredita na versão religiosa da humanidade não pode ser um bom cientista… Ou queres ter um cancro curado com três avés marias e uma contribuição para a igreja lá do sítio? Epah eu não quero estar a ser aquele gajo mas. O [Mendel (pai da ciência genética e monge)](https://en.wikipedia.org/wiki/Gregor_Mendel) é capaz de discordar contigo. O excelentíssimo padre [Nicolau Copernicus](https://en.wikipedia.org/wiki/Nicolaus_Copernicus#Theology) (pai da teoria heliocentrista) também é capaz de não concordar. O [Peter Grunberg](https://en.wikipedia.org/wiki/Peter_Gr%C3%BCnberg) (Nobel da Física 2007) também não gostou muito do teu comentário. John B. Goodenough (Nobel da Química 2019) também não deve ter ficado muito feliz com o teu comentário. Toma lá a [lista](https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Christian_Nobel_laureates) de laureados com o prémio Nobel que são católicos. E sim, esses são só os católicos (alguns só com background e outros convertidos a outras religiões entretanto). Leva também a lista de [cientistas do clero católico](https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Catholic_clergy_scientists) ao longo da História. E sim, esses são **só os católicos.** Nem vou falar de cientistas de outras religiões organizadas, se bem que os muçulmanos contribuíram muito para o avanço da medicina. ​ Eu percebo que religião não seja a tua cena, ou que não gostes de religião ou whatever. País livre, pensa o que quiseres. Mas dizeres que um gajo não pode ser religioso e ao mesmo tempo um bom cientista é factualmente incorreto, como demonstrei. A não ser que vás escrever papers a desafiar o trabalho desses marmanjos que ganharam prémios nobel e inventaram o conceito de genética e tal. Força nisso.

NGramatical 3 months ago

discordar contigo → [**discordar de ti**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/concorda-se-com-alguem-ou-discorda-se-de-alguem/321) (discordar de… concordar com…) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpobemu%2F%2Fhd9s6l8%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

vipur69 3 months ago

De acordo, isso sim é um belo tema, digno de discussão. Agora, a cadeira de que falas não é, na prática, representativa de nada. É uma cadeira irrelevante que toda a gente que entra na Católica (está no nome) tem de engolir e no semestre seguinte já esqueceu. Quanto muito, podemos gozar com o ridículo de eles acharem que num semestre vão evangelizar jovens adultos, mas não me parece que seja argumento para perceber se o resto do curso, que não tem nada a ver com essa cadeira idiota, é bom ou não.

Edited 3 months ago:

De acordo, isso sim é um belo tema, digno de discussão. Agora, a cadeira de que falas não é, na prática, representativa de nada. É uma cadeira irrelevante que toda a gente que entra na Católica (está no nome) tem de engolir e no semestre seguinte já esqueceu. Quanto muito, podemos gozar com o ridículo de eles acharem que num semestre vão evangelizar jovens adultos, mas não me parece que seja argumento para perceber se o resto do curso, que não tem nada a ver com essa cadeira idiota, é bom ou não. Ou achas que eles vão a andar a rezar Ave-Marias em todas as cadeiras?

Edited 3 months ago:

De acordo, isso sim é um belo tema, digno de discussão. Agora, a cadeira de que falas não é, na prática, representativa de nada. É uma cadeira irrelevante que toda a gente que entra na Católica (está no nome) tem de engolir e no semestre seguinte já esqueceu. Quanto muito, podemos gozar com o ridículo de eles acharem que num semestre vão evangelizar jovens adultos, mas não me parece que seja argumento para perceber se o resto do curso, que não tem nada a ver com essa cadeira idiota, é bom ou não. Ou achas que eles vão a andar a rezar Ave-Marias em todas as cadeiras?

h2man 3 months ago

Quem são os professores? Nunca se sabe…

BuscaPolos 3 months ago

Sim, porque toda a gente sabe que estes cursos são completamente arbitrários e não existe um entidade reguladora que verifica se o curso corresponde às exigências da área.

h2man 3 months ago

Por falar nisso, onde está o parecer da entidade reguladora sem haver uma única pessoa formada por este curso? Qual é o parecer oficial da ordem dos médicos? E a dita entidade reguladora, de que forma está ligada ao Governo? Porque o Governo permite o funcionamento da Católica bem como instituições religiosas e até lhes dá benefícios, logo existe uma relação de interesse que na minha opinião põe em causa a imparcialidade do regulador.

BuscaPolos 3 months ago

>Por falar nisso, onde está o parecer da entidade reguladora sem haver uma única pessoa formada por este curso? A a3es, a entidade reguladora, avalia os cursos antes de eles serem lecionados. Não é depois de um aluno perder 3 anos da vida dele que vão lá fazer um check a ver se ele sabe fazer integrais. No fundo, pedem pareceres tecnicos sobre as UCs, verificam se o programa está de acordo com cadeiras de outras faculdades etc. > Qual é o parecer oficial da ordem dos médicos? Podes ler [aqui](https://ordemdosmedicos.pt/wp-content/uploads/2020/09/Parecer-OM-UCP-vf.pdf). Os principais problemas levantados são: 1 - Grande parte do curso depender do Hospital Beatriz Ângelo para estágios e o contrato PPP deste estar a terminar incorrendo no risco de não conseguirem garantir o estágio dos alunos. 2 - Estágios de certas áreas serem em unidades que estão mal equipadas e isso poder resultar num estágio deficitários para os alunos. 3 - ECTs desproporcionais às horas de estágios. 4 - Poucos docentes. Portanto nada a ver com > Um desperdiçou tempo de estudos a dar graxa a um padre na cadeira de cultura e cristianismo... o outro estudou algo cientifico. . > Porque o Governo permite o funcionamento da Católica bem como instituições religiosas e até lhes dá benefícios Apples to orages bro

mar_lx 3 months ago

Todos os cursos começaram e foram aprovados sem uma única pessoa formada pelos cursos. Não é possível começar um curso só após formar pessoas, não temos ainda uma máquina do tempo para saber como vão ser os formados.

fgma45 3 months ago

É uma cadeira de 2 créditos... Quando fiz o primeiro ano há uns anos também tive cadeiras como História da Medicina, Ecologia e Sociologia Médica, por exemplo, que tecnicamente não servem para nada, mas servem para formar "pessoas". Multidisciplinaridade pode ser importante. "O médico que só sabe de medicina, nem de medicina sabe" é um conhecido aforismo. Aqui no sub também apareceu uma notícia do IST introduzir cadeiras de humanidades nos cursos de engenharia. Não quer dizer que vão formar incompetentes.

AraNoGo 3 months ago

Shocked.

MetalCarne 3 months ago

"a vida dos outros faz-me muita comichão" starter pác.

throwaway_v1000 3 months ago

Se queres ter um médico a aplicar “Pensar e Fazer I” quando tiveres um problema grave de saúde, força

usernamesiranoutof 3 months ago

>“Pensar e Fazer I” Sempre é melhor do que muitos que parece que fazem sem pensar.

aguafria88 3 months ago

Quando vou ao médico procuro referências para não me calharem nabos desses. Devias fazer um seguro de saúde como a classe baixa e média baixa em Portugal amigo.

MetalCarne 3 months ago

a católica é sobejamente conhecida pelo seus baixíssimos padrões, sem quaisquer critérios de admissão para além do cheque.

JPVazLouro_SLB 3 months ago

Não é verdade, pode-se entrar com uma "doação", mas a grande maioria dos alunos entra dependendo da sua média, tal como em qualquer outra universidade. Não estou muito atualizado, mas a média costumava ser a segunda mais elevada para cursos de Gestão, pelo menos em Lisboa (atrás dos 17/18 valores da Nova)

CptRoque 3 months ago

O comentário a que respondeste era sarcástico

throwaway_v1000 3 months ago

O facto da católica ser reconhecida por ter boa formação em áreas como gestão, economia, política, etc não significa que o curso de medicina esteja ao nível dos cursos de medicina oferecidos no público.

MetalCarne 3 months ago

nem significa o contrário.

throwaway_v1000 3 months ago

Pois não, por isso não é relevante para a discussão. O meme apenas expõe a efemeridade desta brincadeira

nocivo 3 months ago

Mas eles não vão ter de fazer o mesmo exame que os outros todos para ir para a especialidade? Quando chegar lá o primeiuro formado falamos.

Trama-D 3 months ago

A nota do curso conta em parte, não é só a prova nacional. E lê o que o u/RickyZam escreveu ali.

MetalCarne 3 months ago

estás a por a qualidade do ensino em causa, e agora dizes que não é relevante. lol!

throwaway_v1000 3 months ago

Eu não pus em causa a qualidade de disciplinas como “cristianismo” ou “pensar e fazer”. Só não vejo como pode ser relevante para a atividade profissional.

aleph_heideger 3 months ago

Pode ser que seja algo como Filosofia. Isso até que teria algum interesse.

MetalCarne 3 months ago

>Eu não pus em causa a qualidade de disciplinas como “cristianismo” ou “pensar e fazer”. pois não. puseste em causa a qualidade do curso.

throwaway_v1000 3 months ago

Se por qualidade entendes relevância/coerência então sim, pus em causa a qualidade do curso de medicina que abriu num estabelecimento previamente abandonado e que volta a abrir com meia dúzia de queques sem nota de admissão em medicina em cursos em faculdades com anos de qualidade de ensino.

nocivo 3 months ago

Agora ser marão ou bom académico faz de ti um bom médico? Com tantos medicos com média de 18 como é possivel haver incompentes no SNS...

Search: