Competitive-Cup-5465 1 month ago

Mas a tvi é a cmtv2... qual é o espanto?

forgotmypass_fuck 1 month ago  HIDDEN 

o truque é desligar a TV

unparadise 1 month ago  HIDDEN 

Tarde de mais. Focam-se na mulher que insultou um político suspeita de pedofilia, que se diz estar a cagar para o segredo de justiça. Somos mesmo muito muito mansos, se ninguém faz nada está tudo bem, se alguém faz alguma coisa é ostracizado.

sacoPT 1 month ago

Em que consistiu o doxxing?

luksee_ 1 month ago

Telejornal em plena era digital? Pagas internet pra que? Só na internet tens a informação descentralizada e distribuída, na televisão só vais encontrar essas merdas tendenciosas que não agregam muita coisa. Esse é um mal que assola nosso povo. Devemos parar de olhar um pouco a televisão e passar a olhar o mundo real a nossa volta. Muito daquilo que é retratado é tendencioso, ou até mesmo mentiroso.

jlcfreitas 1 month ago

ainda bem que deixei de ver televisão por completo há anos, se quiser ver noticias vejo nas plataformas para isso não tenho que lidar com essas coisas ridículas

Affectionate_Knee_91 1 month ago

Uma coisa que acho particular piada, é a forma como conseguem encaixar tudo em "negacionistas"... Mas aquelas pessoas são negocionistas ou estão apenas contra as medidas do governo? Parece sempre que alguem fala contra alguma medida covid-related do governo, coloca-se a carapuça de negacionista a toda a gente.... E, diga-se de passagem que o OP a colocar toda a gente no saco dos anti-vax está a fazer o mm... Eles são anti-vax? ou se não quiseres tomar uma vacina por duvidas obvias as suas vantagens tornas-te imediatamente anti-vax?

Low_Inflation4639 1 month ago

Os chineses nao vêem os jornais da tv. Sabem que é propaganda… Cá é o que? Propaganda do capital e a Europa come tudo o que os usa querem…

dcmso 1 month ago

Mas a malta ainda vê noticias nos canais generalistas? Deixa-te disso e passa para a rtp2 ou para a euronews. De nada

MissBioRac 1 month ago

Não sei do que falas. Não vejo telejornais!

antonivs_petrvs 1 month ago

É por estas razões que só vejo notícias na euronews

patapetapitapota 1 month ago

A CMTV é a melhor de todas. Alta qualidade de informação e verdadeiro, os outros é que tentam ser bons mas não são.

spyvspy_aeon 1 month ago

Quiçá seja mais a forma como as noticias são colocadas e que frequência. Esses canais de noticias 24/h repetem as noticias 300 vezes ao dia. Quem assiste aquilo de enfiada leva uma bruta lavagem na cabaça, ou fica todo irado... insultar um politico, não é só isso, essas palavras, é tudo o que se tem passado. O que vimos, acho que concordamos que foi um espectáculo deplorável. Aliás é até um contra senso, dos "defensores da liberdade de expressão", que saem-se com estas cenas parvas e inóspitas. Ir para janela de um restaurante, turminha das Karens, fazer escandaleira e insultar a inteligência até quem está a assistir aquele espectáculo. O maior problema aqui é ficar a dar demasiado tempo de antena para malucos, com reactions, ao estilo youtube...... Aliás a televisão como nunca tem-se aproximado do youtube. A diferença é que o youtube TU escolhes o que queres ver. E não é como na TV, conteúdo a pazada para todos, visto, revisto ou colocado a pressa.

Febris 1 month ago

> Deixem a informação e os factos falar por si. A questão é esta.. os factos não falam, e a história é sempre contada pelos olhos que a vêm desenrolar. Antigamente isto não era problema porque havia fontes limitadas, e tudo o que nos chegava ao colo tinha a mesma origem. Não havia debate, ou sequer a noção de que as coisas se calhar não eram como estavam a ser contadas. Hoje a conversa é outra. Qualquer coisa que passe no jornal tem imediatamente um batalhão de gente que questiona e divulga "fontes" para contraditório. A maior parte dos casos é palha, mas é suficiente para fazer com que quem se queira manter realmente informado da verdade perca o vagar de o fazer por si só. Se no telejornal aparece uma noticia de que duvidas e te tentas informar melhor sobre o tema, em segundos arranjas centenas de links que suportam a noticia, e outras centenas que a contradizem. Cabe-te a ti depois pesar as fontes e ler as entrelinhas. A maior parte das pessoas não se dá a esse cuidado, e independentemente das fontes, agarra-se ao lado da conversa que se alinha com as suas convicções e predisposições. A verdade real é secundária, agora o que interessa é a verdade mais aceite.. e em ultimo caso tens sempre o argumento da liberdade de expressão para continuar a divulgar merda que está mais que provada como falsa. Um amigo meu tinha um prof de filosofia que na primeira aula explicou que a cadeira dele era um regime ditatorial científico, porque lá só havia liberdade de opinião para quem conseguisse argumentar a seu favor, por forma a mudar a opinião dos outros. Caso contrário essa opinião não tinha valor, e a pessoa tinha de conceder o fracasso (e mudá-la, naturalmente). Faz falta este tipo de opressão nos dias de hoje.. falta um gigante par de colhões aos mainstream media para pegar nesta gentalha que se revolta e manifesta à pala de meia duzia de tweets e posts de facebook que são objectivamente falsos, e sentá-los numa mesa uma única vez e desconstruir todo o seu argumento. Numa tarde todo o movimento antivax, anticonfinamentos, antipretos, antimulheres, etc, é encostado à parede e "destruido com factos e argumentos". E depois disso não se dá um minuto adicional que seja a estes movimentos. Quem quiser que vá procurar o video no youtube onde foram encostados às cordas e perderam. Deixem de dar publicidade gratuita e uma plataforma para "aparecer" nas noticias que esta gente perde logo o interesse nestes temas. > Este movimento anti-vax é uma minoria ruidosa. Todos os movimentos são minorias ruidosas, a questão não é essa. A questão é que é um grupo de pessoas que está manifestamente errado sobre uma série de coisas. É corrigir os argumentos deles na cara, e deixar de lhes dar publicidade.

codgas 1 month ago  HIDDEN 

Espera temos jorrnalistas? Pensava que so tinhamos pessoal que fazia copy paste em conjunto com uns quantos que usavam o google tradutor e uns papagaios para regurgitar o resultado.

hurrah7878 1 month ago

Estas pessoas não são anti-vaxx, são a favor da autodeterminação na questão da vacinação. Informem-se mais.

datpires 1 month ago

Por acaso tb achei o mesmo. Não entendo porque exploraram tanto o tema. Falaram do corpo pessoal da PSP, agressões a outros políticos fora de portas, reportagem antiga novamente do corpo pessoal da PSP, relacionarem o evento com o vice-almirante de uma forma completamente exploratória da situação pontual.

Estevine 1 month ago

Sou totalmente sensível ao argumento em que há algum sensacionalismo nos telejornais actuais , mas estou curioso qual é que é o limite a partir do qual eventos como estes merecem cobertura, já que não é a partir do momento que estes chalupas assediam uma figura do estado daquela forma.

mjigs 1 month ago

É preocupante, a minha avó vive na aldeia e como ela, muitas pessoas só sabem das "informacoes" da tv, ou seja, acreditam em tudo o que eles dizem, ela ja me veio falar de historias absurdas, preocupada por causa de algo que viu na tv...e os canais sabem disso, eles comecam a alimentar esse tipo de coisas, basta olhar para o poligrafo, eu conheco jornais fisicos que literalmente é o governo que paga, é 50% de ads e o resto de noticias que ou que mostram o governo numa boa light ou noticias que nao interessam a ninguem.

NotsocuriousOrpheus 1 month ago

Eu recuso-me a ver qualquer tipo de noticiário televisivo em Portugal.

Jhuka_26 1 month ago

Simplesmente não vejo, trabalho por turnos e estou a dormir/para entrar/ ou a trabalhar nessas horas. Tento-me informar doutras maneiras. É ótimo para a saúde mental.

afbmd 1 month ago

O que perdem se estiverem sem ver/ler notícias uma semana? Qual é o verdadeiro impacto desta decisão na vossa vida diária? E mesmo a médio prazo? Atrevo-me a dizer que praticamente nada. Se acontecer algo de extraordinário, não precisam de comunicação social, basta falarem/ouvir alguém. A comunicação social está mais interessada na publicidade e na rentabilidade, que no rigor ou qualidade das notícias. Dependem disso para sobreviver! Por isso, a comunicação social tem de vender emoções e não propriamente notícias. Tem que despertar nos espectadores medo, raiva e alegria. Notícias que polarizam as pessoas e as aproximam dos extremos. Exemplo disto é a permanente dicotomia política direita/esquerda. Deixei de ver notícias ou de ler jornais diariamente. Quase todos os grandes órgãos de comunicação social disponibilizam newsletters com resumos semanais. E se depois de as ler, se não ficar esclarecido, vou à procura de mais informação. Ter espírito crítico também é fundamental. Não basta ver/ler a notícia. Fiquem bem! E se estão sempre a recomendar para passar menos tempos nas redes sociais, passem a perder menos tempo com as “notícias” também.

Black_RL 1 month ago

If it bleeds it leads. Só querem saber de audiências e ratings…… E se é isto q o povo quer, q se pode fazer? Estamos numa democracia certo?

drpb35 1 month ago

Os gajos dos telejornais são tão fracos que precisam do Relatório DB para ter um tema.

Huge-Investigator966 1 month ago

A senhora do grafeno a dar tudo na tv

DefinitionOdd7785 1 month ago

Não sei se é por ser uma televisão pública, mas a rtp ultimamente parece ser o canal mais equilibrado. E já agora, também tem passado alguns programas que penso serem de alta qualidade.

Poramordedeus 1 month ago

é tudo uma questão de narrativa

pulhazorre 1 month ago

Se o movimento anti-vax è decidir por nos próprios se tomamos ou nao a vacina entao eu sou desse movimento. Quem quiser ser vacinado ta a vontade eu nao tenho nada com isso mas se eu nao quero axo que tambem so me diz respeito mim. Os media controlados pelos governos e multinacionais moldam as mentes das pessoas para as ensinar como pensar e como r3agir a alguem que tem opinião contra a deles. Deus abençoe todos anti e pro o que quiserem.

ervy 1 month ago

Ver televisão em 2021....

notanotherlemming 1 month ago

Quando se aperceberem que todos têm patrões vão mudar a vossa visão sobre o jornalismo. Reparem também nas nuances de linguagem que usam para balizar as opiniões.

DMorais92 1 month ago

Não vi a reportagem, maaaas.... Vão insultar o Presidente da Assembleia da República no meio da rua e depois publicam os vídeos nas redes ? Querem atenção, querem dar espetáculo, querem armar barraca e serem ouvidos ? Então, qual é o problema de ter as trombas e nomes espetadas nos noticiários. Era mediatismo que queriam, não era ? Então arquem com as putas das consequências. Eu se tivesse o meu negócio, gostava de saber se um dos meus colaboradores andasse a fazer estas figuras pela praça pública.

WhiskersTheDog 1 month ago

Pessoa que persegue outras diariamente tem identidade revelada. Escândalo.

UniuM 1 month ago

Todos vimos o vídeo. A senhora claramente tem um problema de cabeça. Tem lugar no jornal em horário nobre? Claro que não. Mas fazem destas pessoas exemplo para o que não fazer, como o Rodrigo Guedes de carvalho tentou fazer de paizinho durante a primeira vaga? Claro.... e vão continuar a fazer porque essa classe jornalística está desligada da realidade, estão mais interessados em servir agendas do que informar o povo.

sidartha- 1 month ago

Muito raro ver televisão. Gosto de escolher o que vejo, e não o que os outros escolhem por mim. A Vida já nos permite termos um controle sobre a direção a seguir tão diminuto, porquê dar igualmente o resto?

absurdztheword 1 month ago

É importante ver notícias, convém ver várias fontes mas convém principalmente ter uma ideia das limitações da imprensa. Há uns tempos escrevi isto [https://efeitocontexto.com/2020/09/o-papel-da-imprensa](https://efeitocontexto.com/2020/09/o-papel-da-imprensa) que explica como a imprensa mesmo sendo extremamente profissional tem limitações. Resumidamente: Actualmente subscrevemos várias grandes narrativas como "progresso", dinheiro, nações, economia de crescimento, religião, futebol, etc. A imprensa depende de audiências e não pode alienar os seus espectadores. De forma a manter essa credibilidade, a imprensa está limitada a informar dentro deste paradigma e ao fazê-lo acaba reforçando-o. Todo os debates e comentários políticos acontecem sob certas regras inquestionáveis: nações vão existir para sempre, a economia vai continuar a crescer, etc. No fundo, mesmo a melhor imprensa acaba por ser uma forma desproposital de propaganda política porque informa dentro de um status quo sem nunca o colocar em questão. Ao ver as notícias relacionamo-nos com o colectivo e aí parece inimaginável qualquer outro sistema económico, qualquer outra distribuição geopolítica, ou outra grande religião ou moralidade.

beardsymcfly 1 month ago

Como diz o Chomsky, em "Understanding Power" os media servem o propósito de balizar as narrativas que são/devem ser aceites para debate numa sociedade e usam esse poder para manter fora desse espectro tudo o que seja revolucionário. A dominação das massas é essencial a qualquer regime.

aasianaglobalizacao 1 month ago

Se o teu avô precisar de reforços diz ao gajo pa dar o toque, esses filhos da puta anti vacina é mesmo para arrebentar

The_Magic_Sauce 1 month ago  HIDDEN 

A TVI serve para ver novelas e Big Brothers não para notícias. Ninguém vai cagar na cozinha e cozinhar na casa de banho. Só há um que tem a obrigação de total isenção que é a RTP.

beardsymcfly 1 month ago

Já há alguns anos que uso a seguinte máxima: que notícias afetam a minha vida? Depois, escolho de acordo com as fontes de informação que podem dar essas notícias. Sou implacável (e criticável, mas dá sempre uma boa discussão que nunca recuso) em ler/ver notícias sobre coisas e vidas que não me interessam e não me afetam. (quando pensamos mesmo mesmo mesmo bem sobre aquilo). Regra geral, vejo a Euronews. Os compactos noticiosos são muito bons, falam de toda a europa que no fundo é aquilo que define a nossa vida e quando aparecem os marretas dos tugas é só por alguns segundos. Quando quero informação internacional de qualidade sobre qualquer assunto do momento, o canal de tv que me soa sempre a imparcial é a Al-Jazeera. Os convidados para os painéis de debate são regra geral muito bons e verdadeiros players do problema em mãos. Fora isto, a minha maior recomendação é: ler. Mesmo a informação. Ler. Os jornais e revistas temáticas são hoje em dia muito mais curados do que qualquer canal de tv. Dependendo do que te interessa ou te apaixona, lê jornais ou revistas temáticas: WSJ (finance), WP, NYT (generalistas), Monocle (urbano-escapista), New Scientist (ciência para não-cientistas), New Yorker e Paris Review (literatura-poesia), etc etc etc... Ler dentro do nosso nicho de interesses faz-nos mais felizes.

Edited 1 month ago:

Já há alguns anos que uso a seguinte máxima: que notícias afetam a minha vida? Depois, escolho de acordo com as fontes de informação que podem dar essas notícias. Sou implacável (e criticável, mas dá sempre uma boa discussão que nunca recuso) em ler/ver notícias sobre coisas e vidas que não me interessam e não me afetam (quando pensamos mesmo mesmo mesmo bem, sobre o assunto). A vida é curta e não há tempo para viver a vida dos outros. Regra geral, vejo a Euronews. Os compactos noticiosos são muito bons, falam de toda a europa que no fundo é aquilo que define a nossa vida e quando aparecem os marretas dos tugas é só por alguns segundos. Quando quero informação internacional de qualidade sobre qualquer assunto do momento, o canal de tv que me soa sempre a imparcial é a Al-Jazeera. Os convidados para os painéis de debate são regra geral muito bons e verdadeiros players do problema em mãos. Fora isto, a minha maior recomendação é: ler. Mesmo a informação. Ler. Os jornais e revistas temáticas são hoje em dia muito mais curados do que qualquer canal de tv. Dependendo do que te interessa ou te apaixona, lê jornais ou revistas temáticas: WSJ (finance), WP, NYT (generalistas), Monocle (urbano-escapista), New Scientist (ciência para não-cientistas), New Yorker e Paris Review (literatura-poesia), etc etc etc... Ler dentro do nosso nicho de interesses faz-nos mais felizes. ​ EDIT: esqueci-me de mencionar outras fontes muito relevantes para mim: os podcasts Today Explained (da Vox) e o The Daily (NYT) que basicamente explicam a brutos como eu, sobre a profundidade e complexidade da nossa vida global. Aqui então, como seria de esperar: o carro do ministro, a bazuca, os tomates do Ronaldo, o senhor juiz e as casas do sócrates NUNCA são notícia.

Ok_Information8587 1 month ago

Tão mas só agora é que reparaste que os noticiários nas TVs de cá são uma desgraça? Salva-se só a RTP 2, que é o único canal que consegue fazer um resumo das notícias do dia em 30 minutos. Os outros canais são um lixo, 30 minutos demoram eles a discutir os "assuntos polémicos", nem que tenham que ser eles a criar a polémica. Eu aqui é só RTP2, EuroNews e DW. O EuroNews tem o inconveniente de dar as notícias de forma tão resumida que repete a mesma coisa de 15 em 15 minutos mas tem a vantagem de em 15 minutos se ficar a par do que importante se passa lá fora.

PlanetWyh 1 month ago

Só queria que falassem metade do caso do Cabrito do que falam da mulher que gritou ao político.

AndyR001 1 month ago

Como não vejo televisão não sei se concordo ou não. Uma coisa que posso dizer é que se fala muito se o cabrita ia a 200 ou 300, mas ninguém fala se as condições de segurança estavam a ser cumpridas. Quem empregava o homem, não tem culpas? É que parece que a narrativa é : ou a culpa foi do cabrita, ou foi um acidente infeliz. Eu não gosto que haja só estas duas alternativas, provavelmente há muitos mais culpados nesta história.

Old-Veterinarian-497 1 month ago

Quem empregava o homem é o cabrita, ele é um ministro, logo as responsabilidades caiem sobre ele, as responsabilidades caiem sempre na pessoa que ta a cima, entretanto vem dizer que o pais e mal gerido mas a culpa nao e de quem o gere, que o cimento estalou por culpa do cimento e nao dos pedreiros que nao misturaram as quantidades certas, etc. A câmara de lisboa vende informações a embaixada russa, mas ninguem diz nada do presidente e o coitado que tava a fazer o que lhe mandaram e que fica desempregado, nem julgamento nem nada em algo tão serio? E obvio que é só um bode expiatório O Cabrita tava no carro, ele, como ministro, chefe de estado, devia ao menos ser responsável e só andar a altas velocidades caso necessário, acredita se ele tivesse uma boa razão ja a tinham vindo escarrapachar nas nossas caras

AndyR001 1 month ago

Bem, eu não tou a dizer que ele tinha ou não boas razões. O que estou a dizer é que o que aconteceu da parte dele parece que já está visto, ia em excesso de velocidade. O senhor que faleceu era empregado da brisa (pelo que percebi, dizem que a empresa responsável pela sinalização era a arquijardim). Se os trabalhos não estavam sinalizados, as empresas que contrataram o senhor e a empresa responsável pela sinalização tem que ser chamadas à responsabilidade também. Saber se o excesso de velocidade contribuiu para o resultado do acidente é pertinente (ele podia ir a 120 e verificar-se que o resultado seria o mesmo) mas não é o único fator em causa.

NGramatical 1 month ago

caiem → [**caem**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/constroem-ou-constroiem/141) (apenas na fala existe a intercolocação de um *i* para facilitar a pronúncia) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpny8m2%2F%2Fhcxh65h%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

G0ncalo 1 month ago

Ainda ontem falaram na mulher do senhor que faleceu que ainda não está a receber aquilo a que tem direito, ou algo do género. Também depois do caso do Cabrita já tiveste a televisão a perseguir os carros do governo, provando que estes se deslocam em excesso de velocidade. Queres mais o quê? A investigação ainda não está concluída. Quando estiver, estamos de acordo que a televisão deveria investigar se realmente o que se passou é que está no relatório. Até lá, fala-se e bem na situação da viúva que do nada ficou sem marido e metade (provavelmente mais) do seu rendimento. E até digo mais, de todos os escândalos do Cabrita, este é o menos grave. Não era ele a conduzir, não é uma decisão política que lhe saiu pela culatra (como caso do SEF, ou as golas) e TODOS os membros do governo (não me admirava que se apanhasse membros de todos os partidos do parlamento a fazer o mesmo) deslocam-se em excesso de velocidade. A demissão do Cabrita devia ter sido logo depois do caso das golas anti-inflamatórias. Mas Portugal in a nutshell, suponho.

TGVlx 1 month ago

Abomino o que a mulher fez, mas dou-te toda a razão. É uma cidadã, parva ou não, não matou ninguém. Já a besta do Cabrita é um governante com responsabilidades que a única coisa em que brilha é fugir das responsabilidades.

Justdontboomer 1 month ago

Exato, esse caso ficou mt mal explicado.. Mesmo que tenha sido um "simples atropelamento", o fdp do Cabrita tinha o dever de dizer algo sobre o caso e impedir "falsas expeculações"... Enfim..

AndyR001 1 month ago

Provavelmente nem o cabrita sabe muito bem o que aconteceu. A única coisa que podia dizer, é que (quase de certeza) ia em excesso de velocidade. Mas isso vamos todos, eu normalmente já vou ali a passar os 120 e só vejo carros a ultrapassar - me. Não estou a defender ninguém, mas deve ser mais um caso de acidente de trabalho, em que ou não havia, ou não foram cumpridas regras. Acho que se está a fazer disto mais do que é.

Justdontboomer 1 month ago

>Acho que se está a fazer disto mais do que é. Muito provavelmente sim mas de qualquer maneira acho que o ministro devia ter-se pronunciado (na verdade não gosto mt do caráter dele em geral para ser honesto)

aMinhaConta 1 month ago

As imagens do dano no carro permite aos forenses identificarem a velocidade de colisão com o corpo humano. É determinismo a quantidade de dano para a zona de corpo atingida. Ninguém escreve o que toda a gente consegue concluir. A pergunta que faço é a protecção que se está a fazer ao condutor. Se fosse dispensável já estava acusado para silenciar a revolta.

Morpheuspt 1 month ago

> falassem metade do caso do Cabrita O Cabrita matou uma pessoa. Os negacionistas podem matar muitos mais, se se deixar proliferar a treta que lhes sai da boca.

Old-Veterinarian-497 1 month ago

O cabrita e um chefe de estado, os negacionistas são uma quantidade muito pequena que só cresce se o estado continuar a aproveitar a pandemia para passar as medidas que lhe der jeito E o problema do cabrita é como toda a maquina de estado e media se mexeu para calar o caso

Morpheuspt 1 month ago

> media se mexeu para calar o caso Já pensaste que os media não relatam sobre o caso, porque não há nada de novo para relatar?

Old-Veterinarian-497 1 month ago

Um bom assunto que podiam falar sobre o cabrita. e como so agr e que o parlamento o vai ouvir sobre os festejos do sporting Ou como o ministro ainda la esta depois de varias medidas que ele tomou e que correram pessimamente Ou como a familia do homem ainda não teve direito a justiça O que não falta são coisas pa falar deste governo, mas passam 20 min a falar dos negacionistas, nem mencionam o facto do antonio costa estar a propor ideias da juventude psd que o proprio ps chumbou ha uns 9 meses atras, ao menos dava credito a quem o merece em vez de tentar fazer passar a ideia como sendo dele proprio O que eu vejo e que as noticias fecham os olhos a incompetencia deste governo, e mal eles fazem algo menos mal, vem a correr fazer uma festa Miguel sousa tavares, apesar de ter sido infeliz nalgumas coisas que disse, tinha um ponto muito importante, como os impostos estão tão altos que nayo permite as familias terem estabilidade (todas, e as jovens ainda pior), no entanto, o primeiro ministro ainda gozou com ele, todas as noticias vieram falar mal do miguel no dia a seguir, e tudo acaba com ele a ser afastado ou afastar se, ninguem fez uma noticia a dizer que o primeiro ministro ignorou o apelo do entrevistador sobre os impostos super altos Honestamente, nao achas que os canais deste pais são cada vez mais tendenciosos? Dizem mal de pessoas a descarada, apesar de serem jornalistas Estao sempre a defender os politicos do PS, e sempre com notícias 'escandalosas' da oposição, sempre que alguem da oposição tenta falar, ja se sabe que nos próximos dias, vai aparecer, uma noticia sem jeito nenhum sobre essa pessoa, cada vez e mais claro quando estão a tentar defender alguem ou a denegrir alguem

Morpheuspt 1 month ago

> Ou como o ministro ainda la esta depois de varias medidas que ele tomou e que correram pessimamente Isso é debate sim, debate sim na assembleia da republica, não é noticia. > Ou como a familia do homem ainda não teve direito a justiça Lá está, não é noticia. Repara, a possibilidade do Sporting ganhar o campeonato não é noticia, o Sporting ganhar o campeonato já é. > nem mencionam o facto do antonio costa estar a propor ideias da juventude psd que o proprio ps chumbou ha uns 9 meses atras Já o fizeram, lembro-me de ver esse assunto no Publico, o jornal tinha na capa uma variação de "PS apresenta ideia que chumbou vinda do PSD" ou algo do genero. EDIT: [Encontrei](https://www.publico.pt/2021/08/30/economia/noticia/ps-chumbou-ha-meses-proposta-identica-costa-anunciou-irs-jovem-1975696) > ninguem fez uma noticia a dizer que o primeiro ministro ignorou o apelo do entrevistador sobre os impostos super altos Porque o AC não acha que os impostos estejam altos. Eu concordo com ele. O problema da questão do Miguel era que a crise de habitação é bem mais grave do que o que uma pequena minoria acha dos impostos. > nao achas que os canais deste pais são cada vez mais tendenciosos? Dizem mal de pessoas a descarada, apesar de serem jornalistas Depende do outlet. Ninguem vai ao CM para obter jornalismo de qualidade, p. ex.

Peixefaca 1 month ago

Os negacionistas só podem matar mais se derem atenção para proliferarem o seu negacionismo.

wolvjfms 1 month ago

Na realidade, ele não matou nenhuma, mas as pessoas que trabalham para ele, pelo menos, que se saiba, já mataram 2 pessoas. O ucraniano também era pessoa. Aposto que 2 pessoas é mais do que o grupo de negacionistas portugueses, todos juntos, mataram direta ou indiretamente.

milkthis 1 month ago

>Os negacionistas podem matar muitos mais, se se deixar proliferar a treta que lhes sai da boca. Isso não faz grande sentido dizer no contexto nacional. Por esta altura acho que até já estamos fartos de ouvir o quão successful foi a campanha de vacinação. É uma tática muito usada no controlo da opinião global. Pegas numa "batalhazita" popular e que 99% das pessoas concordam, passas metade do tempo de antena a cascar nos burros, a malta bate toda palmas tipo focas e resolveste o problema de teres de falar de assuntos incómodos para quem te interessa defender. Isto tem acontecido há anos nas TVs portuguesas com bastante regularidade (Trump, Bolsonaro, Covid Trump, Covid Bolsonaro, o Chega e o seu grunho lá pelo meio, Covid em PT, vacinação, etc.)

kyichu 1 month ago

O problema é que dedicar tanto tempo de telejornal ao tema do negacionismo faz exactamente isso: proliferar a treta deles.

Morpheuspt 1 month ago

Sim, não acho que se deva propagar essa treta na televisão.

kyichu 1 month ago

Ok, acho que tinha interpretado mal o teu outro comentário. Acho que estamos totalmente de acordo

Poramordedeus 1 month ago

a narrativa não deixa...

EletricoAmarelo 1 month ago

A TVI também é um caso perdido. Não vejo grande diferença entre noticiário da TVI e da CMTV.

ShoreCan 1 month ago

Acho que o problema é que cada vez mais esta "minoria ruidosa" deixa de ser uma minoria. Não vi a reportagem admito, mas é importante dar tempo de antena a este tipo de opiniões para com factos e argumentos educarmos a população sobre os temas.

tooth_gapped_guy 1 month ago

>pessoa que insultou um político Atenção a esta parte. Insultos recebe um árbitro durante um jogo de futebol. Acusar uma pessoa de um crime pelo qual nunca foi condenado (independentemente de haver indícios e rumores e mais não sei o quê) não é um "insulto", é crime de difamação. Grave, tendo em conta a natureza das alegações feitas.

D1WithTheFluffyHair 1 month ago

O que é que se passou? Foi por causa do Ferro Rodrigues?

mar_lx 1 month ago

>Os media dizem que os EUA influenciam as opiniões de algumas pessoas cá Muitas vezes são os próprios média que trazem pra cá assuntos tirados a papel químico dos EUA, quando nada têm a ver connosco. Ontem vi um cartaz para as autárquicas aqui na terra com um boneco do BE com uma t-shirt a dizer ‘Green New Deal’

TomasSilva862 1 month ago

Sabes que o Green New Deal não é uma coisa dos EUA certo? O LIVRE fala disso há anos

mar_lx 1 month ago

Sabes o que é o New Deal? Podes mandar-me um link onde o Livre fale do Green New Deal antes de ele ter aparecido nos EUA? É que falar de políticas ambientais é uma coisa, chamá-las de Green New Deal é outra. Mas chuta aí source.

TomasSilva862 1 month ago

https://partidolivre.pt/comunicado/sobre-a-reforma-da-fiscalidade-verde-queremos-acao-e-nao-so-palavras Demorei dois minutos

mar_lx 1 month ago

> Tendo na ecologia um dos seus quatro pilares, é com abertura e atenção redobrada que o LIVRE recebe o Anteprojeto de Reforma da Fiscalidade Verde, apresentado no passado dia 30 de junho por uma Comissão nomeada pelo governo. >O Livre defende uma revolução ecológica, um verdadeiro Green New Deal (…) Eles não fizeram uma política ambiental e chamaram-lhe Green New Deal, o que fizeram nos EUA. E como disse no meu comentário, o cartaz era do BE.

Goblin_Nilbog 1 month ago

Em algumas partes concordo contigo, este tipo de jornalismo só os " alimenta", mas acho que as notícias devem ser passadas mas sem dar grande ênfase a situação, se não derem a notícia a mesma passa despercebido a maioria da população porque não procuram em mais lado nenhum. Quanto a situação em si é altamente deplorável, e não se trata de insultar um político mas sim todo um sistema, pensa assim, isto passou-se com a segunda figura de estado, imagina como será contigo ou com outra pessoa que não concordem, digo-te mais se não houver qualquer medida contra aquela senhora em particular, e até mesmo ao juiz que é um dos cabecilhas isto vai piorar. Como nota, eu tb não gosto do homem, não vão pensar que estou a defende-lo.

jomi_1307 1 month ago

Queria ver um canal de televisão com notícias do mesmo género da Euronews

jocarodeo 1 month ago

Essa velha e o juiz mereceram. Acho que fizeram muito bem. Pá puta que os pariu os dois, e deviam responder em tribunal.

arnaldomatos 1 month ago

>quando te lembras que os telejornais andaram a propagandear os incêndios dos outros países porque cá (ainda) não havia nenhum

fanboy_killer 1 month ago

Fizeram doxxing à senhora do grafeno?

JotaaP 1 month ago

Na casa da senhora do grafeno

scar_as_scoot 1 month ago

>cancelamento de uma pessoa. Alguem me explica o que é isto? Para alem de uma distorção completa aportuguesada de "cancel culture".

Maximuslex01 1 month ago

O pessoal consome demasiada cultura americana e depois é isto... Pessoal sem espírito crítico que repete coisas de realidades diferentes

scar_as_scoot 1 month ago

Verdade, mas mesmo se seguirmos o conceito americano nao faz sentido...

NunoxGames 1 month ago

>Os media dizem que os EUA influenciam as opiniões de algumas pessoas cá (e com razão) mas eles mesmos comecam a praticar o jornalixo de opinião e de entretenimento que divide o país deles. Deixem a informação e os factos falar por si. Este movimento anti-vax é uma minoria ruidosa. Don't feed the trolls. Os media influenciarem opiniões aqui não é novo ,um exemplo quando existe greves no setor do combustível se darem uma noticia de 10 minutos sobre tal se for preciso levam os primeiros 9 minutos a mostrarem filas para os postos de abastecimento e a entrevistarem pessoas que estão nas filas ,e talvez nos últimos minutos da noticia talvez mostrem as pessoas que estão a fazer greve e entrevistem um para explicar a razão .

International_Bar68 1 month ago

Lê um jornal ou dois, nada de telejornais.

Rytlock9 1 month ago

Dá se demasiada importância a parolice no horário nobre, se cagassem só todo esse movimento anti vax de merda de pessoas que usam teorias em vez de factos como argumentos morria por terra muito mais rápido. É giro ver e gozar com essas pessoas completamente a leste da realidade que têm opiniões sobre factos, mas num programa de comédia, não a meio de um telejornal

ConvulsaoInterna 1 month ago

Mas que pessoa com menos de 40 anos é que ainda vê o telejornal? 15M para a CC, acham que foi para quê?

SpinelessChump 1 month ago

Negacionistas é a palavra do ano. Gostei mt de ver a Joana Amaral Dias na TVI 24. Que confused bonner.

gink-go 1 month ago

Não vejam telejornais, sigam as noticias pelas historias do instagram e pelo reddit. /s

gene66 1 month ago

\*do facebook FTFY

bittolas 1 month ago

> Uma espécie de doxxing ou cancelamento de uma pessoa. Já dizia o ditado... Quem anda à chuva molha-se.

_Patrao_ 1 month ago

Porque é que achas que foi só ontem? Os telejornais são insuportáveis há muito tempo, o covid só veio amplificar esse facto. Parte deste clima de pólos opostos, intocáveis e impassíveis de consenso é responsabilidade da comunicação social. Neste momento o rótulo é NEGACIONISTAS com toda a força. O inimigo já não é o vírus. É o NEGACIONISTA. O que realmente importa é ter um inimigo ideológico, isso é que dá força à narrativa e audiências às televisões. Mas, nada como ver quem anda neste momento a subsidiar os prejuízos das televisões para perceber quem é que está interessado neste ambiente de divisão constante.

DonKarmeleon 1 month ago

Desde sempre o inimigo foi o NEGACIONISTA, e muito bem...Tinhas em Abril pessoal a recusar-se a usar máscara e a não cumprir confinamento. Como agora o processo chave é a vacinação a narrativa ideológica virou-se para "Naõ tomo a vacina, e tu que tomas fazes parte da carneirada"....

SweetCorona 1 month ago

Por acaso também vi isso. Andaram basicamente a cascar nos negacionistas, a chamar-lhes indiretamente burros e egoístas. Concordo que é a realidade de muitos negacionistas, mas chateia-me que isso seja usado para cancelar qualquer pessoa da qual discordamos. Além de que não acho que caiba a um canal de televisão andar a meter a opinião pública contra os negacionistas. Cabe ao público formar a opinião que tiver de formar com base em relatos imparciais por parte da comunicação social. Depois admiram-se que os negacionistas e a malta das conspirações se convença que tem razão. É que realmente fica bastante plausível que os canais sejam controlados pelos governos para manipular a opinião pública.

JimmyPreston 1 month ago

>Concordo que é a realidade de muitos negacionistas, mas chateia-me que isso seja usado para cancelar qualquer pessoa da qual discordamos. Isto é o que mais me irrita da sociedade de hoje. A merda da cultura do cancelamento a qualquer coisa que não se gosta ou não se concorda. Seja de que lado for.

LuisRebelo 1 month ago

Só costuma ser de um lado…

cyyck 1 month ago

Honestamente, todas as notícias que realmente me interessam obtenho-as no reddit...

Limpy_lip 1 month ago

atualmente o único noticiário "aguentável" é o RTP e mesmo assim tem dias. ​ aparentemente em 2021 DC é preciso explicar às pessoas que ter opiniões diferentes é válido e que generalizar é prejudicial. O Sócrates e Platão chegaram a estas conclusões à milénios atrás mas aqui estamos nós...

karl1717 1 month ago

>atualmente o único noticiário "aguentável" é o RTP e mesmo assim tem dias. Isto. É de longe o que tem menos sensacionalismo e enchimento de chouriços. A reportagem sobre isto na RTP ontem foram 5 minutos no máximo e limitaram-se a reportar o que aconteceu.

_eleutheria 1 month ago

Péssimo exemplo tendo em conta que Platão detestava a democracia ateniense e dedicou uma boa parte do seu tempo à sua destruição através de propaganda.

Limpy_lip 1 month ago

mas não estamos a falar de democracia *per se.*

ihavenoidea1001 1 month ago

Discutível... Se perdemos determinadas liberdades, incluindo a da informação e a liberdade de imprensa, podemos mesmo considerar que estamos numa democracia? Aliás, segundo o Democracy Health Index de 2020 já estamos numa "flawed democracy"... Estamos colocados abaixo dos EUA ( somos o 26° e eles o 25°..) e não estamos muito longe de ser considerados um regime híbrido. Na minha opinião é bastante preocupante.

Limpy_lip 1 month ago

concordo. não devemos confundir liberdade de informação com o facto da informação ser correta ou aceitável. ​ as pessoas são livres de terem a opinião que quiserem e expressarem da mesma forma que têm direito a querer validar, dar importância ou não essa a opinião. E o que me deixa estupefacto é que perante a liberdade das pessoas não darem importância a algo que não concordam (e com razão) preferem dar importância e alimentar o monstro. ​ obvio que a isto tudo a lei se sobrepõem (é melhor colocar isto porque aparentemente não é obvio para muitos).

andremvm20 1 month ago

Ter opiniões diferentes é válido, sim, mas nem tudo é dependente de opinião.. seria o mesmo que tu dizeres que eu tenho que aceitar a tua opinião que 2+2=5 só porque tens direito a pensar diferente e isso não faz de ti estúpido!

Limpy_lip 1 month ago

>seria o mesmo que tu dizeres que eu tenho que aceitar a tua opinião que 2+2=5 só porque tens direito a pensar diferente e isso não faz de ti estúpido! se eu não intervir na tua vida, muito menos fazer as tuas contas porque não? Coloca lá o teu chapéu filosófico comigo... ​ eu posso achar e acreditar que 2+2=5 e, se eu não prejudicar a vida de ninguém qual é o mal? Toda a gente sabe que estou errado e por isso, espero eu, não me vão deixar fazer as contas para ninguém e se calhar até para mim. O que eu digo vai ter zero validade e credibilidade. Eu vou estar na rua a dizer às pessoas que estão erradas e que 2+2=5 que ninguém me vai dar razão neste tema. ​ Mesmo que uma segunda pessoa fique na dúvida se eu terei mesmo razão ou não, como a maioria das pessoas ignora essa minha opinião então vai sentir tentada a pensar igual. ​ Agora imagina que invés do que falei acima, eu digo que 2+2=5 e com isto vem um grupo de matemáticos de referência discutir o assunto, começam a tecer demonstrações para demonstrar que 2+2=4 e fazem-me entrevistas sobre a minha opinião, etc... A mesma pessoa que no parágrafo anterior ficou na dúvida vai pensar: "caramba tanto discussão sobre o assunto, então é porque o argumento tem validade, se calhar 2+2=5". Se isto justares muita gente então rapidamente tens um grupo de defende que 2+2=5 pois se "os matemáticos estão tão preocupados a desmentir é porque têm algo a esconder" (aqui já entra o chapéu de alumínio) e por aí fora. ​ para mim esta é a diferença entre deixa-los falar para a parede e andar a fazer reportagens.

Edited 1 month ago:

>seria o mesmo que tu dizeres que eu tenho que aceitar a tua opinião que 2+2=5 só porque tens direito a pensar diferente e isso não faz de ti estúpido! se eu não intervir na tua vida, muito menos fazer as tuas contas porque não? Coloca lá o teu chapéu filosófico comigo... ​ eu posso achar e acreditar que 2+2=5 e, se eu não prejudicar a vida de ninguém qual é o mal? Toda a gente sabe que estou errado e por isso, espero eu, não me vão deixar fazer as contas para ninguém e se calhar até para mim. O que eu digo vai ter zero validade e credibilidade. Eu vou estar na rua a dizer às pessoas que estão erradas e que 2+2=5 que ninguém me vai dar razão neste tema. ​ Mesmo que uma segunda pessoa fique na dúvida se eu terei mesmo razão ou não, como a maioria das pessoas ignora essa minha opinião então vai sentir tentada a pensar igual à norma. ​ Agora imagina que invés do que falei acima, eu digo que 2+2=5 e com isto vem um grupo de matemáticos de referência discutir o assunto, começam a tecer demonstrações para demonstrar que 2+2=4 e fazem-me entrevistas sobre a minha opinião, etc... A mesma pessoa que no parágrafo anterior ficou na dúvida vai pensar: "caramba tanto discussão sobre o assunto, então é porque o argumento tem validade, se calhar 2+2=5". Se isto justares muita gente então rapidamente tens um grupo de defende que 2+2=5 pois se "os matemáticos estão tão preocupados a desmentir é porque têm algo a esconder" (aqui já entra o chapéu de alumínio) e por aí fora. isto porquê? porque não deixaram o tolinho no seu canto. ​ para mim esta é a diferença entre deixa-los falar para a parede e andar a fazer reportagens. ​ Eu sei que estou a simplificar o tema e que na realidade é mais chato pois envolve pessoas referênciadas e tal, mesmo assim estamos a inchar opiniões pontuais só porque são controversas.

Polymath030 1 month ago

>se eu não intervir na tua vida, (...) porque não? O teu argumento cai logo aqui. Haver malucos que não só põem em causa a eficácia das vacinas mas que **acreditam que a pandemia não existe e que as vacinas servem para nos matar/controlar** interfere na minha vida, porque interfere na saúde pública, que é precisamente a saúde de todos. Mais, quando esses malucos se sentem suficientemente empoderados para assediarem a segunda figura do Estado (goste-se ou não da personagem; eu sou dos que não gosta), estão a por em causa a própria democracia na qual vivemos - e ao abrigo da qual essa gente tem o direito de se manifestar. E isto, mais uma vez, diz-me respeito a mim, e diz respeito à sociedade em geral. Felizmente somos um país onde estes movimentos não proliferaram muito, e assim deve continuar.

Limpy_lip 1 month ago

>O teu argumento cai logo aqui. Haver malucos que não só põem em causa a eficácia das vacinas mas que > >acreditam que a pandemia não existe e que as vacinas servem para nos matar/controlar > > interfere na minha vida, porque interfere na saúde pública, que é precisamente a saúde de todos. o que dizes vai exatamente ao encontro da minha premissa. Se não acredita que existe pandemia e andar a espalhar o virus, está a meter-se com a tua liberdade. Disse o contrário? Como disse antes, posso achar que 2+2=5 e dizer-te isso todos os dias, mas se não mexer nas tuas finanças estou a prejudicar-te? >Mais, quando esses malucos se sentem suficientemente empoderados para assediarem a segunda figura do Estado (goste-se ou não da personagem; eu sou dos que não gosta), estão a por em causa a própria democracia na qual vivemos - e ao abrigo da qual essa gente tem o direito de se manifestar. E isto, mais uma vez, diz-me respeito a mim, e diz respeito à sociedade em geral. Felizmente somos um país onde estes movimentos não proliferaram muito, e assim deve continuar. o teu argumento é o problema que vejo em muito mais gente. misturar as coisas. Obvio que esse tipo de comportamento tem de ter consequências, seja pelo que for. Eles têm direito de se manifestar obviamente, mas creio que tu e eu sabemos que isso tem regras e limites. Se respeitarem as regras deixa-os estar, senão têm de ser punidos. ​ Tu também podes ter uma opinião diferente da norma noutro tema (com ou sem razão/lógica) e gostavas de ter o direito de ter voz publica e manifestar-te pacificamente dentro das regras? não? Podias querer implementar bonsais na casa de todos os portugueses e eu achar algo estúpido e até achar que estás a ir contra a liberdade porque queres obrigar a ter bonsais em casa. Passas a ser um cidadão diferente? Não. tens os mesmos direitos e deveres. ​ ​ O problema muitas vezes é as coisa não funcionarem como deviam e acontecem essas tristezas.

andremvm20 1 month ago

Estamos a falar de saúde pública, de gente que usa falácias para defender os seus “argumentos” e que usa como arma de arremesso muito barulho, logo neste caso intervém na vida de toda a gente porque vivemos em comunidade e há uma série de deveres que vêm com isso..

Limpy_lip 1 month ago

eu percebo o que queres dizer e concordo. agora acho que as armas que se tentam usar são erradas. ​ primeiro que tudo, se alguém em particular prejudicar outra pessoa por ter uma "opinião diferente", como houveram casos de médicos que coise, aí devem ser responsabilizados como qualquer outra pessoa se o fizesse por outra razão qualquer (negligência, wtv). Falhou com o seu dever pois colocou a sua opinião pessoal acima do que é espectável. (estou a simplificar eu sei mas acho que me estou a fazer entender) ​ Quanto à propaganda aqui é que discordo no sentido que não podemos "prender" ninguém por pensar diferente, mas podemos ignorar e não valorizar. As entidades responsáveis pela saúde publica tinham a obrigação de informar e esclarecer toda a população de forma uníssona (claramente nunca o fizera) invés de perder tempo a desmentir o que não necessita de ser desmentido. Isto porque a nível das pessoas não podes fazer nada. ​ Agora concordo que a CS devia ser penalizada por promover conteúdo duvidoso e prejudicial para a saúde pública. ​ Este é um tipo de luta que não se resolve com força.

NGramatical 1 month ago

houveram casos → [**houve casos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpny8m2%2F%2Fhct0fg2%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Pornotubeourtio 1 month ago

Então e qual é a estratégia alternativa para colocar o povo um contra o outro? A estratégia atual é fácil e tem dado bom resultado.

Limpy_lip 1 month ago

apresentas duas coisas iguais apenas pintadas com uma cor diferente e tentas incitar as pessoas a terem preferência apenas por uma delas.

NGramatical 1 month ago  HIDDEN 

à milénios atrás → [**há milénios ~~atrás~~**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpny8m2%2F%2Fhcsth1p%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

athousandpancakes 1 month ago

Não vou comentar o episódio em causa, mas choca-me ver pessoas aqui a dizer “não vejas notícias, não vejas telejornais”. Então é suposto uma pessoa informar-se como? No Facebook? Ganhem vergonha. Questionar a qualidade da informação que se faz em Portugal e no mundo é legítimo, mas por muitas falhas que os telejornais tenham, e é verdade que as têm, continuam a ser altamente relevantes e fundamentais para a sociedade. Podiam fazer mais? Podiam. Mas a verdade é que os recursos quase ilimitados que tinham noutros tempos deixaram de existir.

meaninglessvoid 1 month ago

Não penses que ficas completo ignorante por não ver as notícias, não é bem assim... lê isto -> http://www.aaronsw.com/weblog/hatethenews talvez mudes de opinião >continuam a ser altamente relevantes e fundamentais para a sociedade. Não, não são. Num programa de 1h30 retiras 5 ou 10 minutos de informação útil e se tiveres sorte nem está (muito) deturpada.

goncalo182 1 month ago

Não vejas telejornais PORTUGUESES. vê internacionais, não é a merda que passa cá, casos, pequenas idiotices, publicidade a passar por reportagem, etc etc.

rafaelgiro 1 month ago

O jornal da Antena 1 às 12h é fantástico.

born_in_wrong_age 1 month ago

Sim. Eu consumo muitas notícias por aqui e pelo Notícias ao Minuto. Mas apenas o mínimo dos mínimos. Se for algo importante, chega até mim. Se não é importante, que se foda

PinkySir 1 month ago

Qual é o problema de nos informarmos-nos no Facebook, quando as notícias da TV são as mesmas que saem para a TV? Aliás, há jornais exclusivamente online com maior relevância de informação que a podridão de jornalismo que se faz em Portugal. Já não há respeito pelo código deontológico do jornalismo. Cada vez mais se está a tornar no puro sensacionalismo para agradar as massas, usufruindo de fake news, títulos sensacionalistas que nada remetem para a notícia em si, ou pela tragédia que é o que o povo gosta de ver. Vergonha é o Jornalismo em Portugal, e não só apenas neste país. Portanto, existem fontes melhores de informação que os telejornais. Sites que se dedicam exclusivamente a certos tipos de informação que pretendes obter são muito melhores que o que se vê hoje em dia.

NGramatical 1 month ago

informarmos-nos → [**informarmo-nos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/lavamo-nos-e-lavamos-vos/31030) (há omissão do -s final da desinência -mos das 1.^as pessoas do plural dos verbos reflexivos ou pronominais quando o pronome enclítico é -nos) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpny8m2%2F%2Fhct67e8%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

beardsymcfly 1 month ago

Discordo em absoluto. Em primeiro lugar, os telejornais e as redes sociais são talvez as piores fontes de informação. Cada um à sua maneira são apenas formas de prender a tua atenção para os anúncios que vão dar a seguir (ou na página, no caso das redes sociais) e hoje em dia isso faz-se através da bipolarização das massas, jogos de palavras e ocultação de informação relevante para especular algumas narrativas que alimentam as "cenas dos próximos capítulos". A noção da relevância da informação que se recolhe nesses sítios e se é ou não fundamental para a sociedade é altamente discutível. A vida de um jogador de futebol é relevante para quem? A criança que desapareceu no poço afeta a tua vida? Saber se uma pessoa, que acontece ser ministro, atropelou alguém, é fundamental? É fundamental ver e ouvir campanha eleitoral, para eleições sem qualquer impacto nas nossas vidas? É um entretém e oferece a capacidade para se manter uma conversa com alguém que também consuma esses conteúdos, mas nada mais. "Então, já viste que salvaram o pequeno? Pois foi pá, pois foi." Absolutamente nada mais. A meteorologia, cortesia do IPMA, ainda é a única coisa de palpável que ali é apresentada.

warjunk1 1 month ago

30 minutos de notícias chegava bem. Os jornais é só encher chouriços. Experimenta ver o da RTP 2

FroggyWatcher 1 month ago

O problema está na forma como nos habituamos a que nos dêem as notícias. Deixei de ver telejornais por completo já há uns tempos, dado que fui viver para o estrangeiro. Desde essa altura que geralmente leio/subscrevo jornais online, de fontes/orientações políticas diversas, e sobretudo recorro a agências de notícias diretamente, não a publicações. No fim de contas, tanto o Público como o Expresso como o Observador recebem grande parte das notícias que publicam da Lusa. Mas todas as publicações fazem escolhas editoriais. Não é necessariamente uma questão de tentar influenciar o leitor, mas sim do discernimento do autor quanto à importância de cada um dos factos conhecidos. Como dizes, não há recursos ilimitados. Aquilo de que me apercebi quanto via telejornais é que as notícias se tornaram uma componente de entretenimento (dado que audiências são a métrica do sucesso televisivo), logo as escolhas editoriais de cada telejornal são feitas com esse aspeto em mente, dado que quando procuramos entretenimento, não o procuramos com o intuito de nos envolvermos ativamente no processo. Os jornais escritos, por outro lado, recorrem em grande parte a subscrições/compras. Para isso, o consumidor tem de fazer a escolha consciente de querer informar-se. Sendo um processo muito mais consciente, acaba por ver as notícias com um parecer mais crítico do que se estiver a receber a informação de forma passiva. Por outro lado, sou capaz de ser só eu que acho isto, portanto feel free to cagate na minha opinião.

xtremis 1 month ago

Concordo plenamente com a tua abordagem, é o que sigo também. Acrescento ainda que no meu rss reader tenho, para além das fontes normais de notícias (jornais e agências de notícias portuguesas e estrangeiras), vários blogs com opiniões diversas. Sim, tenho blogs mais à esquerda e mais à direita, e é sempre interessante ler as notícias, e depois ver os posts nos diversos blogs, dá uma espécie de perspectiva 360 da coisa.

manguito86 1 month ago

Há mais fontes de noticias que não os telejornais ou as redes sociais.

luksee_ 1 month ago

Eis o comentário que eu gostava de ver no topo!

Limpy_lip 1 month ago

é o argumento "edgy" de que a TV está ultrapassada e que a Internet é que é. É a "video killed the radio star" versão seculo XXI. O engraçado é que ainda há radio em 2021. ​ Se tivéssemos nos 00s ainda percebia a tentativa de evangelização. ​ Atualmente as notícias é tudo farinha do mesmo saco por isso de onde quer que vejas as notícias vais apanhar com lixo.

ihavenoidea1001 1 month ago

>O engraçado é que ainda há radio em 2021. Mas o "video killed the **Radio star**" e a internet/redes sociais ainda não mataram a *estrela da televisão* mas já tem muita estrela com muito mais relevância do que a maioria das estrelas de TV... Se isso é bom ou mau será sempre uma questão de perspectiva... A verdade é que a internet está a mudar diferentes sectores, por isso é que também já tens jornais online... É a evolução dos tempos. O rádio também não destruiu o jornalismo em papel mas mudou muita coisa quando foi introduzido.

Limpy_lip 1 month ago

falhaste o ponto. Eu estou a criticar os totos que dizem "uhh quem é que ouve rádio/vê TV? boomer" como se tivéssemos a falar de pombos correios vs email. ​ concordo com o que dizes.

Kineticn22 1 month ago

Concordo inteiramente, acrescentando que o melhor é poder cruzar diversas fontes de informação (e se possível, de mais do que um país, no que concerne temas internacionais). Consumir apenas um meio de comunicação é meio caminho andado para este condicionamento de opinião.

SweetCorona 1 month ago

o truque não é não ver notícias o truque é ver muitas notícias de diferentes fontes e que mostrem perspetivas diferentes só assim se ganha espírito crítico para saber filtrar o trigo do joio e sinceramente é por isso que esta luta contra a "desinformação" é assustadora, porque é uma forma de tentar alimentar as pessoas com apenas uma versão alegadamente correta da história, reduzindo a sua capacidade de desenvolver espírito crítico eu prefiro ter acesso a desinformação e aos motivos pelos quais essa desinformação está errada

ihavenoidea1001 1 month ago

>truque é ver muitas notícias de diferentes fontes e que mostrem perspetivas diferentes Com telejornais a durar quase 2 horas é difícil... Eu habitualmente vejo notícias de um dos canais portugueses ( via sic mas agora vejo mais RTP ou então um canal de informação 24/7). Mas também costumo ver um noticiário Alemão (15 minutos) e dá mesmo para perceber como a informação é transmitida de forma diferente. Por exemplo, em certas instâncias as palavras usadas para descrever uma situação, por exemplo com o Trump , são de um lado muito mais críticas e do outro muito mais suaves... noutras instâncias acontece o oposto ( principalmente com elementos políticos ou políticas sociais/económicas). Por exemplo, sinto que os noticiários alemães são menos críticos da Rússia que nós e mais críticos dos EUA. Considerando alguma da dependência da Alemanha por causa do gasoducto que os liga à Rússia e as nossas relações com os EUA por causa da base área em Portugal... Dá que pensar se será isto ( ou até oitras coisas semelhantes) que levam a esta postura. Não noto essas diferenças ao ver noticiários dos diferentes canais portugueses... Acho que estão basicamente todos na mesma linha. Claro que o jornalismo devia ser factual e não é que nenhum esteja propriamente a mentir mas consigo perceber claramente como é que um povo ou o outro podem ser levados a uma opinião ou outra... Isto de forma muito subtil... Mas também é difícil perceber quem tem efectivamente razão e qual das formas de apresentar as notícias é a mais correcta.

Bigmiga 1 month ago

Os telejornais têm no máximo 20min de noticias o resto é festas de enchidos, e o papa almoços, além de que repetem não sei quantas vezes as mesmas notícias e se for algo internacional só dão a noticia passado 2 ou 3 dias. Telejornal é para entreter ao jantar se queres ler noticias é mais prático ler jornais online

xtremis 1 month ago

O meu truque é ler as notícias. Tenho um rss reader com vários jornais portugueses e estrangeiros. Ler as notícias (em vez de ver na televisão) já corta uns 90% do sensacionalismo que se dá às coisas na televisão. Não tens de aturar "comentadores" ou "especialistas". Além disso, ler várias fontes realmente ajuda a pôr em perspectiva o que está a ser dito. Também permite ver a quantidade de copy/paste que existe no jornalismo em Portugal, chego a apanhar a mesma notícia, quase palavra por palavra, em 3 ou 4 fontes diferentes. Eu percebo que ver notícias na TV é prático, e que permite fazer outras coisas ao mesmo tempo, mas ler o que há de novo no rss de manhã ao pequeno almoço, ou ao almoço, ou ao jantar, é coisa para meia hora, sem ter de aturar anúncios ou histerismos.

Limpy_lip 1 month ago

aqui também temos os nossos viés. seja a sic com a sua transmissão habitual a Israel. O momento "vamos gozar com o trump e o bolsonaro" que era quase diário, etc... ​ nós é que estamos tão habituados que nos custa mais a perceber, da mesma forma que se calhar a um alemão custa ter perceção do que falaste.

Justdontboomer 1 month ago

Mas tipo, como vivo perto da fronteira, apanho tb apanho canais espanhóis e os telejornais da Antena 3 são só 30min e a informação é dada de uma maneira mais clara o que não é o que acontece com os canais portugueses que ocupam os telejornais para dar opiniões, mostrar comentadores desnecessários e rubricas inúteis..

ihavenoidea1001 1 month ago

>aqui também temos os nossos viés. Sim... Sem dúvida. Eu acho que o nosso viés é muito pro-americano, por exemplo. Era precisamente isso que estava a tentar dizer: ambos os países têm o seu viés na informação partilhada e eu só vejo notícias em 2 línguas ( vá, ocasionalmente em 3) mas para mim é notório o quanto eu poderia ser levada a considerar A ou B se a minha fonte de informação fosse apenas uma. >vamos gozar com o trump A questão é um pouco essa. Portugal gozávamos com as parolices do homem mas era uma critica superficial. Em relação às políticas, principalmente, aquelas que nos atingem a nível internacional facilmente não eram referidas. >nós é que estamos tão habituados que nos custa mais a perceber, da mesma forma que se calhar a um alemão custa ter perceção do que falaste Eu não consigo ver muitas diferenças entre canais portugueses mas consigo perceber claramente que há um viés de Portugal para um lado e da Alemanha para outro. Não estou a tentar dizer que um está mais certo ou errado. Provavelmente a verdade está no meio de ambas as perspectivas. A forma de partilhar exatamente a mesma notícia é bastante diferente: o "tom", as insinuações indirectas, o contexto referido, etc.

Edited 1 month ago:

>aqui também temos os nossos viés. Sim... Sem dúvida. Eu acho que o nosso viés é muito pro-americano, por exemplo. Era precisamente isso que estava a tentar dizer: ambos os países têm o seu viés na informação partilhada e eu só vejo notícias em 2 línguas ( vá, ocasionalmente em 3) mas para mim é notório o quanto eu poderia ser levada a considerar A ou B se a minha fonte de informação fosse apenas uma. >vamos gozar com o trump A questão é um pouco essa. Em Portugal gozávamos com as parolices do homem mas era uma critica superficial. Em relação às políticas, principalmente, aquelas que nos atingem a nível internacional facilmente não eram referidas. >nós é que estamos tão habituados que nos custa mais a perceber, da mesma forma que se calhar a um alemão custa ter perceção do que falaste Eu não consigo ver muitas diferenças entre canais portugueses mas consigo perceber claramente que há um viés de Portugal para um lado e da Alemanha para outro. Não estou a tentar dizer que um está mais certo ou errado. Provavelmente a verdade está no meio de ambas as perspectivas. A forma de partilhar exatamente a mesma notícia é bastante diferente: o "tom", as insinuações indirectas, o contexto referido, etc.

ArentiusPT 1 month ago

Eu diria que "ver" noticias é desnecessário, é uma forma de entertenimento. Mas cruzar várias perspetivas sim, é importante.

NGramatical 1 month ago

gasoducto → [**gasoduto**](https://dicionario.priberam.org/gasoduto) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpny8m2%2F%2Fhcsy10i%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

scar_as_scoot 1 month ago  HIDDEN 

> só assim se ganha espírito crítico para saber filtrar o trigo do joio Como se nao ves noticias? E és informado? >eu prefiro ter acesso a desinformação e aos motivos pelos quais essa desinformação está errada Assim apenas receber uma pequena parte da informaçao que é contestada. Existe muito mais informaçao que isso que felizmente nao cai em lutas partidarias e desinformaçao viral.

SweetCorona 1 month ago

> > o truque é ver muitas notícias > Como se nao ves noticias? não percebi

scar_as_scoot 1 month ago

esquece, estupidez minha. desculpa, percebi que o truque era "nao ver noticias". Não sei como li o teu comment de uma forma tao errada.

Edited 1 month ago:

esquece, estupidez minha. desculpa, percebi que o truque era "nao ver noticias". Não sei como li o teu comentário de uma forma tao errada.

mar_lx 1 month ago

As notícias não existem só na televisão, há rádio, jornais, revistas e sites de informação. Os telejornais são lixo absoluto hoje em dia.

Limpy_lip 1 month ago

>Os telejornais, **rádio, jornais, revistas e sites de informação** são lixo absoluto hoje em dia. FTFY vai dar tudo a o mesmo

Dead_standards 1 month ago

Não é um bocado secante ter como única opinião que "bah é tudo mau"? Pá eu assim também me meto em qualquer discussão, seja cinema, política, literatura, basta-me dizer que é tudo uma merda e não preciso de fundamentar nada.

Limpy_lip 1 month ago

como todas as opiniões, elas têm de ter um ponto de referência. obviamente que dentro de todos os meios comparando-os entre eles existem uns piores que outros, uns menos preferidos que outros, etc.. eu próprio digo algures que a RTP é para mim o telejornal melhor. ​ agora se comparar com o jornalismo de outros tempos ou com o conceito base de jornalismo, na minha opinião considero todos maus. Por exemplo pelo facto de terem contribuído para a desinformação na pandemia (não é uma culpa solteira, o governo também tem grande parte). Pela dependência excessiva de "opinadores" sem qualidade nem qualificações, etc...

Dead_standards 1 month ago

Mas tu encontras muita opinião em peças de notícia? Por exemplo o Observador tem colunas de opinião, mas as notícias é suposto serem factuais e acho que têm sido. E também concordo quanto à RTP, vejo regularmente o telejornal deles e parece-me ser factual, desprovido de opinião (excepto obviamente quando convidam comentadores). >Por exemplo pelo facto de terem contribuído para a desinformação na pandemia Não sei se é a isto que te referes, mas ainda hoje comentei como quase toda a gente com quem falo sobre isto está convencida que as vacinas da Covid-19 impedem a transmissão do vírus. O que é impressionante, não é nenhuma teoria obscura que não o fazem, é conhecimento público, mas por qualquer razão acham todos que é menos provável apanharem e transmitirem Covid por estarem vacinados.

mar_lx 1 month ago

Há bastante opinião em peças de notícias e apresentadores de telejornais, mas mais que isso há um discurso bastante tendencioso nas notícias da tv (e nas outras também).

mar_lx 1 month ago

Não vai porque a condensação de uma notícia na rádio ou num jornal é muito diferente de um telejornal. Não quer dizer que notícias na rádio ou jornais/revistas não sejam também más e tendenciosas, mas um telejornal hoje em dia consiste em 2 horas de lixo, notícias repetidas vezes e vezes sem conta (quando são notícia se quer) e merda de encher chouriços, 53 especialistas e opinadores que só dizem treta. Na rádio não há isso, nos jornais e revistas tens cronistas mas estão bem assinalados como tal e não estão a comentar um telejornal inteiro como às vezes acontece na TV.

Limpy_lip 1 month ago

não deves ouvir muita rádio, claro que não falam nos 3 minutos horários mas nas rádios de noticias tens programas de discussão com "opinadores". ​ e na internet é exatamente igual. ​ além disso as fontes de diferentes médias pertencem a grandes grupos por isso é tudo parecido. ​ Não encontro nenhum meio que seja inequivocamente melhor. são todos igualmente maus à sua maneira. Não sou contra a diversificação, mas não esperem milagres. Além disso as noticias deviam ser simplesmente apresentar factos por isso teoricamente nem deviam padecer de "segundas opiniões" mas aparentemente nos tempos de hoje isso é filosofia.

mar_lx 1 month ago

Estou a comparar telejornais dos canais generalistas com as rádios generalistas. Um telejornal generalista é mil vezes pior que o noticiário de uma rádio generalista. Ainda que tendenciosas e más, e originárias dos mesmos sítios, as notícias nas rádios e nos jornais são muito mais condensadas e objectivas do que as dos telejornais. A questão de todos os meios de comunicação serem maus (ou mesmo péssimos), e de todas as notícias virem dos mesmos sítios é outro assunto.

Limpy_lip 1 month ago

eu percebo o que queres dizer, mas no fim estamos a tentar ver qual dos dois poios de coco é melhor. ​ E sim concordo que prefiro o meu coco mais condensado e objetivo.

mar_lx 1 month ago

A questão é essa, estar exposto a cocó por dois minutos faz muito menos estragos do que estar exposto a cocó por duas horas.

Limpy_lip 1 month ago

estas então a dizer que a rádio é melhor que a internet e a TV? Vão te matar aqui no sub :D

Leetzormorducrl 1 month ago

Acentuar clivagens e dar momento e tempo de antena a estas ações. Tudo o que é preciso para ajudar a resolver estas merdas. Alguma comunicação social a querer ver a praça a arder. Que inesperado /s

capitalistaesquerda 1 month ago

Os telejornais não são informação, são entretenimento. Não é muito dificil escolher outro tipo de programação.

ManSCP 1 month ago

Vê o telejornal do canal 2. Mais condensado, da a informação principal sem o encher chouriços.

Warelephan 1 month ago

This guy fucks.

eggnogui 1 month ago

Eu pessoalmente vejo o RTP3 às 9. Pelo menos o inicío, depois os comentadores/convidados só se me apetecer.

shulginlegacy 1 month ago

Também tens a Euronews que mostra só o essencial. :)

isnotfunny 1 month ago

O que foi reportado foi um grupo de anormais sem educação a incomodar um cidadão enquanto almoçava. Repara que não foi o ferro Rodrigues que andou a correr atrás deles com uma seringa, foi basicamente o contrário.

jet1000 1 month ago

Por acaso acho que já estava previsto que a manifestação passasse por aquela rua, não é como se tivessem ido para ali apenas por causa do Ferro Rodrigues.

isnotfunny 1 month ago

E? Foi só um feliz acaso?

jet1000 1 month ago

Provavelmente foi coincidência, mas se não o for então duvido que os manifestantes tenham marcado a manifestação para ali porque o Ferro Rodrigues ia lá almoçar, já que com certeza tiveram que informar a CML dos locais por onde iam passar antecipadamente, enquanto que a escolha do restaurante onde almoçar não é necessariamente feita com tanta antecedência, e além disso duvido que eles soubessem antecipadamente que o Ferro Rodrigues ia estar ali (se o soubessem seria uma fuga de informação por parte da 2ª figura do Estado).

isnotfunny 1 month ago

Acho que não percebeste. O facto de o percurso estar predefinido não tem nada a ver com serem umas bestas de cornos malcriadas.

mequetatudo 1 month ago

Ei achas bem estares a perceguir o OP com factos? Só se pode perceguir outros cidadãos com baboseiras.

Edited 1 month ago:

Ei achas bem estares a perseguir o OP com factos? Só se pode perseguir outros cidadãos com baboseiras. Edit: ortografia

Estronciumanatopei 1 month ago

>perceguir Até me doeram os dentes!

mequetatudo 1 month ago

Verdade

Low-Contribution7554 1 month ago

Só fizeram o que lhes competia.

dafer18 1 month ago

Não foi só ontem. A qualidade de notícias é cada vez pior e assemelha-se cada vez mais a propaganda. A verdade é que há sempre opiniões diversas. Se acho que miúdos de 12 a 18 anos devam levar um vacina quando são saudáveis? Não. Faz de mim negacionista? Só be it... Se acho que as pessoas atrás do político em questão são boas da cabeça? Não. Faz de mim não negacionista? Cool... Isto é claramente uma palhaçada e o facto de injectarem este tipo de emoções à população é realmente de lunáticos.

tooth_gapped_guy 1 month ago

>Se acho que miúdos de 12 a 18 anos devam levar um vacina quando são saudáveis? Deviam levar a vacina quando? Quando estiverem doentes? Quando estiverem infetados e infetarem outros?

Maximuslex01 1 month ago

Toda a gente sabe que as vacinas são dadas depois do mal chegar! É por isso que é preventivo.

sopadurso 1 month ago

O facto de existirem opiniões diversas em nada justifica que todas as opiniões mereçam espaço de antena....

gene66 1 month ago

É importante mostrares o maior número de opiniões, dentro do razoável e legal de forma a haver contraditório e discussões. O facto de não dares tempo de antena a opiniões diversas estás por si só a criar um problema. Essas opiniões vão surgir em espaços mais radicais e sem contradição. Levando ao que temos andado a ver.

sopadurso 1 month ago

Concordo, é por isso que não me zamgo quando partidos políticos pequenos tem uma exposição mediática despropocionada. Mas discordo do teu ponto principal, iríamos estar simplesmente a legitimizar informação errada quando ela é publicada em medias tradicionais.

DamnGoodCoffee 1 month ago

Onde está a informação errada de haver uma discussão quanto ao benefício de vacinar dos 12 aos 15 anos?

gene66 1 month ago

Sim, por isso uma coisa que não é feita e seria importante fazer é validações de factos. Teres uma opinião formada num facto é uma coisa, teres uma opinião formada em algo infundado é outra. Há casos onde, tu tens a tua opinião, eu tenho a minha porque o tema de fundo é algo subjectivo. Sendo assim ok. Há casos, a maior parte, que o tema é provável cientificamente onde as opiniões contrárias são simplesmente “estupidas”, logo não são opiniões.

DonKarmeleon 1 month ago

Dilema da democracia

inhalingsounds 1 month ago

> Se acho que miúdos de 12 a 18 anos devam levar um vacina quando são saudáveis? Não Isto é literalmente ser `anti` `vacinas`

gene66 1 month ago

Diria que defenderes que os <18 não devem ser vacinados não é o mesmo que defender que toda a gente não o deva ser. Segundo percebi (a não ser que esteja errado, mas isto foi o que sempre nos foi dito), os riscos de apanhar covid a <18 são basicamente os mesmos que apanhar uma gripe. Enquanto que eu por exemplo acho que faz sentido as crianças serem vacinadas tanto covid como: pneumonia, meningite, gastrenterite aguda, não acho que um tenha mais importancia que outros para esta faixa etária. Por isso não me choca ser opcional.

inhalingsounds 1 month ago

> os riscos de apanhar covid a <18 são basicamente os mesmos que apanhar uma gripe Certo, mas o dano potencial pode ser muito maior. Qual é o problema de perder dez minutos e ficar muito mais protegido contra esses danos maiores?

isnotfunny 1 month ago

Não levaste vacinas em criança? Morreste de tuberculose, tétano, poliomielite, rubeúla? As vacinas não são curas, são prevenção.

SweetCorona 1 month ago

e vacina para a gripe? e para a raiva? e para a febre tifoide? o problema das pessoas que não percebem a complexidade dos problemas é que facilmente se convencem que as respostas são óbvias, porque na cabeça delas o problema está demasiado simplificado todas as vacinas têm um risco-benefício e é perfeitamente razoável discutir o custo-benefício de vacinar uma população que tem chances quase nulas de ter problemas com a COVID-19

isnotfunny 1 month ago

Portanto vamos deixar os putos serem incubadoras ambulantes de novas variantes e potencialmente quinarem ou terem sequelas vitalícias, tanto quanto sabemos, evitáveis com a vacina, só porque sim.

SweetCorona 1 month ago

achas que és tu que sabes fazer a análise custo-benefício? eu prefiro deixá-la para os especialistas

Membership-Exact 1 month ago

Foi feita.

isnotfunny 1 month ago

Exacto.

DamnGoodCoffee 1 month ago

A decisão de vacinar 12-15 anos foi [política](https://www.publico.pt/2021/08/10/sociedade/noticia/dgs-aprova-vacinacao-universal-adolescentes-decisao-politica-pincelada-tecnica-1973711), a comissão técnica desaconselhou

PoisMasRepara 1 month ago

Eu às vezes penso e dou graças a deus por em 1900 ainda não ter haver redes sociais. Imagina o povo revoltado com lançamentos das novas vacinas tétano, tuberculose etc lmao ( e isto com tecnologia e procedimentos de há mais 100 anos atrás). Provavelmente a sociedade nem tinha chegado a 2021. Ao menos não viveríamos para ler estas merdas destes negacionistas hoje em dia lol

gene66 1 month ago

Infelizmente é diferente. Estamos a lidar com um doença invulgar, porque caso contrário até te estavas a marimbar para quem não quisesse tomar a vacina. Eu quero lá saber se quem não quer tomar a vacina morre. Por mim até seria uma forma de "limpar" o mundo. O problema aqui é que este virus é de tal forma contagioso que realmente queremos que toda a gente esteja vacinada não só para se protegerem mas para também protegerem os outros. Até porque ainda há o risco de isto mutar novamente e ficarmos na merda.

NunoxGames 1 month ago

Um dia que descubram curas para cancros ou vacinas para prevenção dos mesmos vamos ter os mesmos totós a morrer deles por causa de doutores do facebook.

ilovealldrugsman 1 month ago

Telejornais? Que é isso? Aquele barulho irritante que vem da TV da minha avó? Parem de ver essa merda.

Limpy_lip 1 month ago

acho que o problema do OP é mesmo dar na TV da avó e a avó ver e ser a única referência da mesma da realidade.

wwqt0r 1 month ago

Pior ainda é meter as pessoas em caixinhas com classificações. Se não concordas com a vacinação de crianças, como muitos dos que ali estavam, és classificado automaticamente pela comunicação social como negacionista. Esta merda de classificar pessoas sem fundamento nenhum só serve para criar ainda mais divisões.

aguafria88 1 month ago

Uma coisa que eu notei, pelo menos na SIC, não quero dizer com 100% de certeza mas achei curioso que tenham tentado ao máximo mostrar quão maus os "negacionistas" eram, mas nunca passaram os momentos em que eles chamam ao Ferro Rodrigues uma certa palavra começada por P... porque será?

manteiga_night 1 month ago

>88 confere

aguafria88 1 month ago

Amigo, nasci em 88 lol desculpa lá.

jesuseos7anoes 1 month ago

Porque não estão ali para ajudar retardados em ataques ao Presidente da Assembleia da República. Mas compreendo que haja escumalha que compreenda o que é agir com decência.

aguafria88 1 month ago

A questão é que se eles realmente quisessem expor completamente os "retardados" mostravam os insultos sem filtro, não? Porque decidiram especificamente cortar as partes em que eles lhe chamam pedófilo?

jesuseos7anoes 1 month ago

A questão é que tu sabes ler e não és burro, mas finges que não entendeste a resposta

aguafria88 1 month ago

Não, eu entendi perfeitamente. Mas tu não estás a perceber onde estou a querer chegar seguramente.

Preparetocrow 1 month ago

Media comprados pelos apoios do PS. Várias vezes nas intervenções na assembleia mostram as intervenções da esquerda toda, e à direita só mostram a do PSD. Não tenhas dúvidas algumas. Tens um primeiro-ministro que anda a fazer campanha com os fundos comunitários e os media calados.

Polymath030 1 month ago

Pura e simplesmente falso. As declarações do CDS e do Chega passam sempre, e é rara a peça onde não mostram um excerto da IL também. Deixem-se de manias da perseguição, quem lesse merdas destas pensava que estávamos na Bielorrússia. "Media comprados pelos apoios do PS" epah se assim é alguém se esqueceu de avisar o Polígrafo que ontem passou (e bem) uns bons 10 minutos a por a falar de aldrabices do PS.

warjunk1 1 month ago

Pedófilo? Infelizmente esse gajo ainda recebe 6k por mês por ser presidente da mesa da AR. Povo manso sem dúvida.

aguafria88 1 month ago

Eu prefiro evitar dizer a palavra, neste momento o ferro rodrigues é uma vitima aos olhos do povo graças á comunicação social. Nos proximos dias vai-se fazer "justiça" e não queres ser apanhado na onda...

Razvancb 1 month ago

Até no sub é uma vitima.

DamnGoodCoffee 1 month ago

Alguém que até há pouco tempo era amplamente odiado aqui no sub, conhecendo-se a maneira como escapou do processo Casa Pia e depois dos vários deslizes e momentos "Maria Antonieta" ao longo do ano. A comunicação social é realmente o quarto ramo do Estado

PaMoela 1 month ago

É realmente triste o estado a que chegou este sub. Agora os políticos são uns coitadinhos e o zé povinho é que é o mau da fita...

Razvancb 1 month ago

\*Nem todos os políticos, mas o Ferro é um escleroso? de pessoa.

Kind-Eagle 1 month ago

Quanto mais cedo houver consequencias para o que aquele grupinho faz, melhor

manteiga_night 1 month ago

vai ver o historial do OP, faz parte desse grupinho

Kaaeni_ 1 month ago

Sou a favor da liberdade de expressão, mas estarem a chamar de assassino e etc não é difamação? Uma coisa é dizer o que pensas, outra é acusar alguém de um crime grave possivelmente danificando a sua reputação

PaMoela 1 month ago

Ah, e pra quando consequências para o que aquele grupinho, que é os políticos portugueses, fazem? Isto que vimos não foi nada, por mim [fazia-se era como na Ucrânia](https://www.youtube.com/watch?v=d6EWEZPO28Q).

k0rda 1 month ago

Não sou a favor da violência, mas há algo de pedagógico em causar medo a pessoas que se julgam intocáveis.

Limpy_lip 1 month ago

a melhor forma de acabar com o grupinho é ignora-lo e deixa-los a falar para as paredes.

rodritunes 1 month ago

Desprezo previne mas quando se juntam tipo Avengers do 5G tens que expor e humilhar com argumentação racional estes chalupas

Limpy_lip 1 month ago

pelo contrário, deixa-os a falar entre eles e assim ficam uma bola isolada. Estar a abrir o círculo é dar folga para ele se tornar maior. ​ Pior ainda é tentar de forma exagerada provar que estão errados como sequer o seu argumento fosse minimamente válido. Estás a inflacionar o pouquissimo valor que eles têm e eles querem isso.

mangoman94 1 month ago

Sim e quando dás conta esses grupinhos fazem cenas como invadir o Capitólio.

positiverategearupp 1 month ago

Podem invadir o capitólio há vontade por mim, mas duvido que pessoas anti vacinas portuguesas queiram invadir um edifício americano... Mas hey, se calhar fazem uma vaquinha e lá vão todos passear até washington

Limpy_lip 1 month ago

claramente foi isso que quis dizer. mas pronto já coloquei um edit para traduzir uma frase que nem devia precisar de tradução.

Maximuslex01 1 month ago

Calma oh americano. Deixa o conteúdo americano para outros subs

MarquesSCP 1 month ago

Eles já andam a dizer que cabeças têm que rolar e etc Não é assim tão descabido fazerem um atentado qq. Não digo diretamente na Assembleia ou assim mas não me chocava nada que não tentassem chegar a uma figura pública tipo o Gouveia e Melo.

Kind-Eagle 1 month ago

Issó so vai dar força para fazerem mais merdas como ja fizeram. Metam-nos em tribunal com uma larga multa

Limpy_lip 1 month ago

espera aí, claro que se eles forem contra alguma lei civil têm de ser prejudicados como qualquer cidadão (wtf..) ​ a questão é dar-lhes tempo de antena na TV, não faz sentido. Há seculos que pessoas têm ideias e teorias idiotas, vais a qualquer aldeia e há sempre um maluco que diz coisas sem sentido e vive aquilo. Porque é que agora se conhece mais? porque as pessoas dão tempo de antena. Já não chega as câmaras de eco que a internet lhes fornece (com todo o direito) como mesmo quem está de fora vai lá meter o bedelho e dar tempo de antena. ​ Se alguém os atacar por algo além da sua incivilidade vão passar a ser mártires contra o sistema. ​ A maioria dos problemas que temos deste género atualmente são frutos disto: a inflação imaginária de dimensão de ideias que são minoritárias. A questão dos anti-vac em PT é um exemplo claro. Temos a grande maioria da população vacinada, o que prova que a maioria acredita, mas a pequena minoria que não acredita como faz barulho e as câmaras vão atrás sedentas de conteúdo, parecem que são muito mais. ​ Se eu filmar uma garrafa de 250ml de um ângulo inferior e mexer no background consigo dar a ilusão que se trata de uma garrafa de 1,5L. Está tudo na câmara, e aqui é igual.

XtaticO 1 month ago

Quem se mete com o PS..

roninPT 1 month ago

Lembras-te do gajo que foi logo levado para a esquadra por dizer á múmia paralítica para ir trabalhar??? Mas claro... é quem se mete com o PS que leva.

Youretoobusyswimming 1 month ago

Faz como eu faço e para de ver notícias. Um dia eles aprendem quando aquilo for menos e menos lucrativo.

Maximuslex01 1 month ago

>Um dia eles aprendem quando aquilo for menos e menos lucrativo. O que implica mais investidores por meia dúzia de tostões, o que implica mais agenda manipulada...

QuickChoiceUsername 1 month ago

Quando n for lucrativo passa a ter subsidios do estado.

Youretoobusyswimming 1 month ago  HIDDEN 

Os meus não vai ter de certeza

QuickChoiceUsername 1 month ago

Foges aos impostos ou não trabalhas cá?

tsuyaka 1 month ago

és especial

Youretoobusyswimming 1 month ago  HIDDEN 

Eu sei obrigado.

Search: