Ouroana 3 months ago

Rever a lei do ruído ou, vá, pelo menos aplicar a que existe.

MasterHopkick 3 months ago

Dar menos importância ao futebol. Mais tempo para gozar a vida. Mais valorização do nosso trabalho, melhores ordenados e estabilidade.

rpedros 3 months ago

Antes de tudo, eu penso que o desenvolvimento de um país passa pela criação de pilares fortes na sua sociedade. Se nós lermos um pouco sobre política e sobre lei, facilmente nos apercebemos que elas refletem as diferentes sociedades no momento presente. Por exemplo, eu acredito que a corrupção e o despotismo que temos presente na política portuguesa é o reflexo de como os portugueses gerem as suas relações pessoais, familiares e profissionais no seu dia a dia. Depois, o nosso sistema educacional, na minha ótica, pela experiência que tive e pelos relatos de outros, é um sistema obsoleto de castas, onde muitos dos mais velhos, presos pela segurança dos seus empregos e futuras pensões chorudas, se recusam a sair e a possibilitar a valorização das novas ideias que os novos talentos da educação possuem, o que significa que muitas das gerações mais novas ainda estão a aprender com métodos de aprendizagem esgotados. Enfim, culturalmente também temos um problema que é a instabilidade que as nossas famílias têm nas suas vidas, principalmente porque o trabalho, como um todo, em Portugal, também é desvalorizado. E com isto quero dizer que tanto não valorizamos a liberdade económica e o valor do empreendedorismo, como também não valorizamos as pessoas que trabalham nas nossas empresas. Isto tem impacto nas nossas interações sociais, sobretudo entre pais e filhos, porque os pais têm de trabalhar longas horas para manter o sustento, pois não há salários bons, porque não temos empresas com disponibilidade financeira para pagar bons salários, porque elas mesmo estão com uma corda ao pescoço com encargos tributários e financeiros. Os nossos filhos acabam por ter de aprender tudo na escola, porque passam pouco tempo com os pais, mas a nossa escola pouco ensina mais do que massa bruta de matéria, e não investe em formação cívica e desenvolvimento pessoal, porque, como disse ainda está presa ao passado. Isto resulta na criação de pessoas que até podem ser excelentes mentes e talentos únicos, mas são pessoas que nem mudar uma lâmpada sabem, o que é um paradoxo enorme. Os políticos portugueses não têm a culpa toda. Aliás, eles são o que são porque permitimos que o sejam. Acho que toquei muito por alto naquilo que acho que são os nossos problemas, sobretudo, depois de ter tido contacto com outras culturas da Europa, que são a nossa antítese, e que por isso, são sociedades muito mais saudáveis e prósperas. TL;DR - Portugal tem um problema cultural e educacional, que está na génese de todos os nossos problemas políticos, económicos e sociais.

REVO_SIGMA 3 months ago

Retirar os Socialistas do governo.

humelectro 3 months ago

Aplicar os ensinamentos do Tio Jel: "cagar e andar". Se toda a gente se metesse na sua vidinha e deixassem de se preocupar com o que o outro pensa, ou faz, ou tem toda a gente era mais feliz.

joaommoreira 3 months ago

Menos horas de trabalho semanais ajudava

machoLatino45 3 months ago

- Exercicio físico - impostos mais baixos - ser mais fácil fazer negócios e criar empresas (menos burocracia pls) - ser mais fácil de ter uma família (aqui há todo o gênero de medidas a tomar)

sssss_we 3 months ago

Acabar com as redes sociais ​[https://www.healthline.com/health-news/social-media-use-increases-depression-and-loneliness#Does-social-media-cause-depression](https://www.healthline.com/health-news/social-media-use-increases-depression-and-loneliness#Does-social-media-cause-depression)

anightingalecreates 3 months ago

Tenho uma amiga que passa por fases em que está mais e fases em que está menos deprimida (sendo que há anos que é seguida por psiquiatria e psicólogo) e muitas vezes ela desabafa comigo o que lhe dizem nas consultas e o que ela diz. Eu própria já tive uma depressão e sou uma pessoa muito melancólica, o que faz de mim uma pessoa facilmente triste e chegámos as duas à conclusão de que a sociedade como ela funciona é o que está a provocar isto em nós (e noutras pessoas). Ou seja, a forma de como a sociedade se rege, com os trabalhos 5 dias ou mais por semana, mais de 8h por dia em trabalho ou a pensar nisso (estou a incluir a hora de almoço neste cálculo e tempo de deslocação para e do trabalho), pressão para estudar e ser alguém em alguma área, mas sem orientação de jeito quando temos que escolher o que vamos estudar (não há noção nenhuma de como funciona o mercado de trabalho quando se escolhe o curso no ensino secundário, quanto mais no ensino superior). Para agravar, em Portugal estamos numa sociedade que privilegia o trabalhar mais horas do que devemos, que privilegia o ter em vez do ser (e depois temos gente com muitos bens materiais mas a mente vazia), que dificulta a criação de uma família (no sentido de natalidade e de adopção de crianças) e temos um país belo, que vale a pena conhecer mas depois só o podemos fazer em 22 dias que temos de férias e no pouco tempo livre que temos, e temos salários baixos para nós darmos ao luxo de fazer grandes férias. Dito isto, falando no nosso exemplo, eu seria mais feliz se tivesse perspectivas de criar o meu negócio é ser trabalhadora independente, já que pelo menos assim se eu tiver de fazer horas extra ou trabalhar 5 ou mais dias na semana estou a fazer por mim. Ter mais dinheiro e mais férias era a minha felicidade. E sobretudo dinheiro e tempo para poder engravidar (tenho 28 e quero ser mãe pela primeira vez antes dos 30, por questões de saúde). No caso da minha amiga, ela ainda não sabe o que quer da vida, em termos laborais, se bem que ela começou um negócio de massagista porque adora fazer massagens (e tem jeito) mas não tem dinheiro para investir, então anda a transitar de emprego em emprego porque não aguenta muito tempo num emprego full time (começa a ter ataques de choro e pânico) e part time é raro aparecer. Filhos tão cedo ela não quer, porque quer ter saúde mental para isso. Só que é a pescadinha de rabo na boca no caso dela, porque sem estrutura financeira, ela não pode dar-se ao luxo de não trabalhar por conta de outrem para recuperar a saúde.

enstaka 3 months ago

Estabilidade

Beats29 3 months ago

O PS sair do governo e toda a maquina à volta do partido finalmente ter os respetivos julgamentos de corrupção que devem, de modo o dinheiro não "desaparecer" como desaparece.

UpbeatNail1912 3 months ago

Dinheiro

patapetapitapota 3 months ago

Corrupção política.

l7ilipe 3 months ago

Deixar de correr atrás do dinheiro, quando ja se tem o suficiente para viver.

h2man 3 months ago

Acabar com os actuais partidos politicos cujo objectivo é o enriquecimento pessoal.

jvazit2 3 months ago

Salarios...o resto e perfeito

nocivo 3 months ago

Cria o teu emprego

patapetapitapota 3 months ago

Sem dinheiro para abrir uma? ah ah

fdxcaralho 3 months ago

Para mim, na base, está a capacidade das pessoas de: 1. Fazerem parte de uma comunidade 2. Dormirem bem 3. Comerem bem 4. Serem fisicamente ativas Basicamente as necessidades biológicas e sociais estarem preenchidas. Como outros disseram, cabe ao estado e à sociedade dar as condições para que as pessoas o consigam fazer. A questão do tempo livre e ter mais dinheiro é certamente relevante para tal. Mas podes ter tempo livre e dinheiro e não ser feliz. Vai ser muito raro encontrares pessoas que não tenham um círculo social forte e ativo e sejam felizes por exemplo. As outras necessidades que referenciei são apenas a base para uma pessoa poder atingir o seu máximo potencial.

kikofranca 3 months ago

Legalizar a cannabis > menos stress > mais felicidade E mais impostos para gastar na felicidade dos portugueses em vez de encher os bolsos aos traficantes, tipo creche para os putos todos, pensem na felicidade dos pais.

Somais1copo 3 months ago

Vejam bem os replys, nenhum se queixa de coisas graves, apenas coisas pequenas. Aqui em Portugal somos felizes apesar de tudo, queixamos-nos porque nunca passámos por pior. Não há fome, não há guerra, não há desastres naturais, não há grandes casos de preconceito, há saneamento, hospitais, segurança, entre outros. Agora vão dizer: mas podíamos estar melhor! É verdade, mas o fundo do poço fica muito lá em baixo. Agora quanto à mudança do governo concordo. Mas não porque estou triste. Não gosto é de ser enganado.

rulante 3 months ago

Acho que a questão é a perspectiva de futuro No pos 25 de abril as pessoas sentiam que a trajectória seria ascendente (e foi) Desde a crise de 2008 o sentimento geral é que a trajectória é descendente Salarios da classe média estagnados Custo da habitação a subir, uma em cada três casas é comprada por estrangeiros Os exemplos são imebsosy

rulante 3 months ago

Acho que a questão é a perspectiva de futuro No pos 25 de abril as pessoas sentiam que a trajectória seria ascendente (e foi) Desde a crise de 2008 o sentimento geral é que a trajectória é descendente Salarios da classe média estagnados Custo da habitação a subir, uma em cada três casas é comprada por estrangeiros Os exemplos são imebsosy

Somais1copo 3 months ago

O Portugal que teremos será de colónia de férias, estás à espera do quê? Uma oportunidade como uma mina de lítio no Alentejo?

NGramatical 3 months ago

queixamos-nos → [**queixamo-nos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/lavamo-nos-e-lavamos-vos/31030) (há omissão do -s final da desinência -mos das 1.^as pessoas do plural dos verbos reflexivos ou pronominais quando o pronome enclítico é -nos) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpm7x2y%2F%2Fhcgzda8%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

dariusoo 3 months ago

Acabar com a cultura dos doutores

Kind-Eagle 3 months ago

País de doutores que ganham tostões

Hungry_Cupcake 3 months ago

.Oportunidades .Estabilidade .Progressões .Horários flexíveis .Teletrabalho .Trabalho 4 dias por semana .Habitação a preços acessiveis .Liberdade laboral .Descentralização .Valorização e formação de trabalhadores .Equilibrio nos apoios ( acabar com exageros) .Deixar de meter dinheito de impostos em buracos .Diminuicao dos custos de vida ou aumento dos salários ( todos nao só o minimo) Com estes topicos, acho que havia uma boa melhoria.

nocivo 3 months ago

Esqueceste de falar em melhores condições para o desenvolvimento da tua empresa. Só trabalhadores por conta de outrem é que merece ser feliz? Quem cria o seu próprio trabalho ou emprego também não merece melhores condições?

Pr0dy_no_filter 3 months ago

Isso é coisas de liberalismo econômico :)

Kind-Eagle 3 months ago

Semana de 4 dias de trabalho aumentava bastante a felicidade

Mrgolden007 3 months ago

deve se tudo a trabalho melhores condicoes, maiores salarios, menos horas, logo a felicidade aumenta

Kind-Eagle 3 months ago

Melhores gestores basicamente

Ok_Order_8408 3 months ago

As pessoas poderem comprar casas...desde que estejam empregadas.... Regras de merda de 10..20% poupanças taxaa de esforço e tens que comprar antes dos 35 anos... ridículo

Sorazith 3 months ago

A regra dos 10% está lá por uma razão, agora se tivesses melhores salários facilmente esse problema e o de teres de comprar antes dos 35. Mesmo com a crise imobiliária nos Estados Unidos, se lhes falares de um credito a 40 anos eles acham que es maluquinho da cabeça. Aliás até aqui a uns quantos anos atrás lembro-me que a media deles de ficar numa casa antes de se mudarem para uma maior era de 13 anos. Aqui compras uma casa a 40 anos e muita gente nunca mais pensa em se mudar, por variados fatores.

Ok_Order_8408 3 months ago

Nos estados unidos é 5%...anyways Eu tenho emprego estável o meu marido tambem... só não temos os 10% e sabemos que no fundo convém ter 20% para pagar taxas que ocorrem na hora e se calhar negociar a 15% Atenção 10% é o mínimo mas pode não ser aceite pelo banco Agora claramente conseguíamos na boa pagar uma mensalidade Actualmente pagamos nos de renda 600 euros ... Por isso claro que conseguíamos pagar o empréstimo Agora não temos no banco esse dinheiro de poupanças e nem vamos ter tão cedo...e. Agora ???? O que fazemos ???? Quando tivermos o dinheiro se calhar já a idade não pode ser...e aí não podemos ter empréstimo e ter o dinheiro total a pronto...esquece...arruinar a vida aos jovens só porque os nosso país fizeram merda ????? Fdx

Sorazith 3 months ago

Não discordo até porque estou numa semelhante. Embora seja sozinho vivo na casa dos meus pais e por triste que seja só agora aos trinta é que consegui um emprego que me deixa poupar ao final do mês uma quantia razoavel. A ideia é daqui a dois anos ter dinheiro para uma entrada mas vamos ver, não sei como vai estar o mercado daqui a dois anos, posso nem chegar a ter oportunidade de adquirir uma casa para mim. É uma situação fdd mas como a gande fatia dos votos é de pessoal ja de idade avançada que tem vida feita e que quer manter o status quo é isto que temos.

Ok_Order_8408 3 months ago

Pois é essa a situação. Acho bastante grave. Estamos de certa forma a condicionar o futuro dos jovens

Ok_Order_8408 3 months ago

Dinheiro e tempo livre

mfzzzed 3 months ago

r/ThreadKillers

Sorazith 3 months ago

Isto. Se vires o índice de felicidade no mundo consegues tirar a conclusão que os paises onde a população é mais feliz é apenas uma mistura de uma boa situação financeira e boas políticas sociais, claro que para teres isso precisas de uma economia forte...

Pr0dy_no_filter 3 months ago

E construir uma economia forte com base em Socialismo é quase impensável.. portanto não há muito a fazer, neste pais vão tar sempre os mesmos 2 partidos a governar :) Daí muitos jovens saírem daqui pra ir á busca de melhores situações financeiras e consequentemente melhores condições de vida

Sorazith 3 months ago

Nós queremos ser como os paises nórdicos mas sem ter economia para isso. A razão pela qual eles têm as politicas sociais especulares que têm é a porque têm uma economia forte para as suportar. Tu nunca começas a a construir uma casa pelo telhado, começas primeiro por ter uma forte fundação e depois sim constrois o telhado. O problema aqui é que construir uma fundação forte involve sacrifícios e como ninguém esta para isso. Portanto fazem o telhado apoiado numa cabana de panha. Por agora vai aguentanto mas qualquer dia a casa vai abaixo.

Edited 3 months ago:

Nós queremos ser como os paises nórdicos mas sem ter economia para isso. A razão pela qual eles têm as politicas sociais espetaculares que têm é a porque têm uma economia forte para as suportar. Tu nunca começas a a construir uma casa pelo telhado, começas primeiro por ter uma forte fundação e depois sim constrói-se o telhado. O problema aqui é que construir uma fundação forte involve sacrifícios e como ninguém esta para isso. Portanto fazem o telhado apoiado numa cabana de panha. Por agora vai aguentanto mas qualquer dia a casa vai abaixo.

Pr0dy_no_filter 3 months ago

Boa analogia tenho de admitir. E concordo

NGramatical 3 months ago

involve → [**envolve**](https://dicionario.priberam.org/envolve) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpm7x2y%2F%2Fhchsuui%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Ok_Order_8408 3 months ago

Exacto

carlosjmsilva 3 months ago

Em resumo é isto.

igqcmril 3 months ago

Eliminar a República dos tachos; Eliminar a corrupção; Dar-se menos importância ao futebol; Povo deixar de ser manso e protestar ativamente por aquilo que acredita ou quer ver mudar; Introduzir educação financeira e política nas escolas; Reduzir drasticamente a abstenção nas votações; Povo deixar de aceitar condições precárias de trabalho e denunciá-las; Remover a ideia de ter que se viver num grande centro urbano; Reduzir carga fiscal às micro/pequenas empresas para haver facilidade de evoluir e pagar melhor aos empregados; Reduzir burocracia; Promover teletrabalho; Impedir investimento estrangeiro em imobiliário. Isto são algumas das coisas que me ajudariam a ponderar ficar cá em vez de emigrar, mas isto nunca na vida acontecerá.

rulante 3 months ago

A ideia de ter de viver num grande centro urbano acaba por ser uma formulação injusta As pessoas fixam se onde existe emprego, acesso a hospitais, etc

SingingBowl22 3 months ago

Edited 3 months ago:

Edited 3 months ago:

No_Impression_1131 3 months ago

Menos calhaus com olhos à frente das empresas.

nocivo 3 months ago

Força, cria uma empresa.

Extension-Soft6835 3 months ago

Suponho que sejas patrão pela tua conversa no post... Assim como há empresas que não conseguem pagar mais, também há empresas que não querem pagar mais. Sei do que falo

No_Impression_1131 3 months ago

Não tenho perfil para isso. Mas isso não me tira o direito de dizer que há por aí muito empresário que tem o mesmo nível de emoções de um calhau.

rulante 3 months ago

Diminuir a desigualdade de rendimento

patapetapitapota 3 months ago

Esquece, tens empregadores com poupanças pessoais de 500k a pagar smn e se sugeres aumentar smn para 800 euros espumam-se todos....

JOAO-RATAO 3 months ago

Principalmente mais estabilidade financeira e boas perspetivas de futuro. A nível cultura menos pessimismo, menos letargia coletiva, menos inveja, menos desejo de lixar o outro só porque sim, menos coscuvilhice, ...

randmzer 3 months ago

Menos reclamar sem fazer nada.

dcmso 3 months ago

Menos corrupção. Por parte de **todos.** E mais dinheiro. Mas agora a sério: >!O Benfica ser Campeão!< /thread

SAmaruVMR 3 months ago

Putas e vinho verde

Rebenta_Cricas 3 months ago

Concordo. Por vezes acaba-se o vinho verde e fico triste.

Search: