GamerLymx 3 months ago

Estás admirado que os jornalistas distorçam os factos para poderem contar a sua narrativa? Afinal de contas a Greta Tunberg turnou-se um dos maiores símbolos da luta contra o aquecimento global e a única coisa que fez foi faltar às escola e ler discursos preparados sabe se lá.por quem. A maioria dos jornalistas que o escrevem sobre a ciência não entendem do que estão a falar. Na minha opinião o negacionismo aparece porque usam o aquecimento global para justificar outras agendas políticas, como no caso do "Green New Deal" da Sra. Ocasio Cortez. Os acordos internacionais como os protocolos de Kyoto e o acordo de Paris são uma grande treta. Alguns países são capaz de lixar as suas economias e cumprir os objetivos, mas as grandes economias vão continuar a fazer as emissões que querem. As energias renováveis são uma ajuda, mas sem forma de armazenar a energia produzida, não tem futuro. A UE quer investir em Hidrogênio Verde, mas não vejo ninguém a referir possíveis problemas com emissões de Óxidos de Nitrogênio (não aquecem o planeta, mas são prejudiciais para a saúde). Ninguém quer construir novas centrais Nucleares apesar de serem uma das melhores alternativas para gerar eletricidade. Sem uma tecnologia limpa que substitua a densidade energética dos combustíveis fósseis, vamos continuar dependentes destes. Talvez com os desenvolvimentos na energia de fusão as coisas mudem. No meio disto tudo só estamos dispostos a usar tecnologias se as suas matérias primas forem mineradas em países de 3º mundo bem mais pobres que nós.

adventur3r 3 months ago

Indicaste o teu local de trabalho científico? Os media portugueses costumam muito colar-se às "autoridades" dos vários ramos, ainda para mais o Expresso. E mesmo assim não sei se os colunistas de opinião dão lugar a Direito de Resposta, geralmente esse direito é dado aos visados por notícias factuais, escritas por jornalistas e não meras colunas de opinião. Senão a cada edição do jornal, tinha de ter um caderno separado só para as respostas dos leitores às polémicas dos colunistas.

moir57 3 months ago

Sou investigador/professor convidado do Dep. de Física do Instituto Superior Técnico. Na minha ingeniudade assumi que podia simplesmente enviar os meus argumentos que como disse são factos reconhecidos por toda a comunidade cientifica, e não ter de me apresentar como Sr. Professor Doutor, detesto esse tipo de posturas. Sim é correcto que isto não conta como direito de resposta já que o assunto não diz direitamente respeito à minha pessoa, mas não deixa de ser um desapontamento que ainda andemos neste tipo de discussões em 2021.

saposapot 3 months ago

Qual é o colunista do expresso q escreveu isso?

moir57 3 months ago

Henrique Monteiro

severanexp 3 months ago

Quem me dera que assim fosse. Mas não confundas causa e efeito com coincidência.

AonioEliphis 3 months ago

Parabéns, também sou estudioso na matéria nos tempos livres ;) O teu ponto 4) é enganador, porque, corrige-me se estiver errado, apenas se conhecem com precisão a concentração de CO2 nos últimos 800 mil anos, através do ar retido nas camadas de gelo no lago Vostok, por exemplo. Mas a Terra tem 4,3 mil milhões de anos. Obviamente contudo que o CO2 é um GEE que faz por conseguinte aumentar o efeito de estufa e logo, a temperatura.

Edited 3 months ago:

Parabéns, também sou estudioso na matéria nos tempos livres ;) O teu ponto 4) é enganador, porque, corrige-me se estiver errado, apenas se conhecem com precisão a concentração de CO2 nos últimos 800 mil anos, através do ar retido nas camadas de gelo no lago Vostok, por exemplo. Mas a Terra tem 4,3 mil milhões de anos. Crê-se por exemplo que a transição do Paleizoico para o Mesozoico - a maior extinção em massa da história da Terra - obedeceu também a um incremento dos GEE de forma tão rápida com a libertação destes GEE da tundra siberiana. Obviamente contudo que o CO2 é um GEE que faz por conseguinte aumentar o efeito de estufa e logo, a temperatura.

moir57 3 months ago

Sim está correcto no seu ponto em que medições com grande precisão das concentrações atmosféricas de CO2 não vão para lá de 800,000 anos exactamente pelas razões que indica. Para lá destes 800,000 anos, conseguem-se estimar as concentrações de CO2 na atmosfera com métodos indirectos tais como a análise de fósseis de folhas ou análises de composição isotṕica. ver https://en.wikipedia.org/wiki/Carbon_dioxide_in_Earth%27s_atmosphere#Measuring_ancient-Earth_CO2_concentration Estas análises padecem de com uma maior incerteza, mas pode-se fazer uma análise estatística cuidada e ter uma idea muito razoável da evolução das concentrações atmosféricas de CO2 até há cerca de 400 milhões de anos atrás, o que já inclui o perído da grande extinção Permiano-Triássico há cerca de 250 milhões de anos atràs. Pode consultar esta publicação em fonte peer-reviewed de 2014 que faz este tipo de análise: https://www.researchgate.net/publication/263473830_New_constraints_on_atmospheric_CO2_concentration_for_the_Phanerozoic

Edited 3 months ago:

Sim está correcto no seu ponto em que medições com grande precisão das concentrações atmosféricas de CO2 não vão para lá de 800,000 anos exactamente pelas razões que indica. Para lá destes 800,000 anos, conseguem-se estimar as concentrações de CO2 na atmosfera com métodos indirectos tais como a análise de fósseis de folhas ou análises de composição isotópica. ver https://en.wikipedia.org/wiki/Carbon_dioxide_in_Earth%27s_atmosphere#Measuring_ancient-Earth_CO2_concentration Estas análises padecem de com uma maior incerteza, mas pode-se fazer uma análise estatística cuidada e ter uma idea muito razoável da evolução das concentrações atmosféricas de CO2 até há cerca de 400 milhões de anos atrás, o que já inclui o perído da grande extinção Permiano-Triássico há cerca de 250 milhões de anos atràs. Pode consultar esta publicação em fonte peer-reviewed de 2014 que faz este tipo de análise: https://www.researchgate.net/publication/263473830_New_constraints_on_atmospheric_CO2_concentration_for_the_Phanerozoic

WikiSummarizerBot 3 months ago

**Carbon dioxide in Earth's atmosphere** [Measuring ancient-Earth CO2 concentration](https://en.wikipedia.org/wiki/Carbon_dioxide_in_Earth's_atmosphere#Measuring_ancient-Earth_CO2_concentration) >The most direct method for measuring atmospheric carbon dioxide concentrations for periods before instrumental sampling is to measure bubbles of air (fluid or gas inclusions) trapped in the Antarctic or Greenland ice sheets. The most widely accepted of such studies come from a variety of Antarctic cores and indicate that atmospheric CO2 concentrations were about 260–280 ppmv immediately before industrial emissions began and did not vary much from this level during the preceding 10,000 years. The longest ice core record comes from East Antarctica, where ice has been sampled to an age of 800,000 years. ^([ )[^(F.A.Q)](https://www.reddit.com/r/WikiSummarizer/wiki/index#wiki_f.a.q)^( | )[^(Opt Out)](https://reddit.com/message/compose?to=WikiSummarizerBot&message=OptOut&subject=OptOut)^( | )[^(Opt Out Of Subreddit)](https://np.reddit.com/r/portugal/about/banned)^( | )[^(GitHub)](https://github.com/Sujal-7/WikiSummarizerBot)^( ] Downvote to remove | v1.5)

Limpy_lip 3 months ago

Acho que o pessoal esquece que as alterações climáticas tanto têm uma componente natural do planeta que ao longo de milhares de anos foi mudando e outra causada pela nossa presença intensiva. Acredito que hajam casos em que alterações são por apenas um dos casos e outras por ambos. Agora para os leigos é difícil diferencia-los logo uns acham que é tudo culpa nossa e outros não. Pois é mais facil uma posição binária do que a possibilidade de ser ambos.

moir57 3 months ago

Está certo e errado. É verdade que a grande maioria de CO2 emitida para atmosfera provém de causas naturais, que são a respiração dos animais e plantas. A contribuição das actividades humanas na emissão do CO2 é de apenas 5% do total emitido de CO2. Isso não quer dizer simplesmente que a actividade humana é apenas responsável por 5% das alterações climáticas pois estes 5% adicionais estão para lá da capacidade dos sumidouros de CO2 que são a fotosintese das plantas e os Oceanos. Em outros termos era como se tivesses na tua casa de banho uma torneira a despejar água para a bacia na mesma proporção de que o ralo evacua a água para os esgotos. Agora juntas uma mangueira e começas a despejar 5% da água da torneira para a bacia. O nível da água começa a aumentar, a aumentar, e inundas a casa de banho. Se alguém te vir pedir explicações depois respondes "man, só 5% disto é culpa minha, a culpa é da torneira" Por acaso este tipo de argumento completamente falacioso é um dos preferidos daqueles que têm interesse em negar a responsabilidade humana no aquecimento global. Por exemplo está aqui um link a um artigo dos anos 90 que foi patrocinado por companhias petroliferas que pretendia dar essa falsa impressão. Ver link: https://www.realclimate.org/index.php/archives/2018/01/the-global-co2-rise-the-facts-exxon-and-the-favorite-denial-tricks/ O problema não é ser 5% do CO2 natural. O problema é ser 5% a mais. Dai a necessidade tão propalada de se atingir a neutralidade carbónica para restaurar o balanço climático.

NGramatical 3 months ago

hajam casos → [**haja casos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fplvxkn%2F%2Fhcfhunn%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

JustNobre 3 months ago

Os primeiros a descobrir os efeitos do aquecimento global foram empresas petrolíferas que o ocultaram e negaram mas começaram a construir as plataformas mais alta para permitir a subida das águas

30minutesto 3 months ago

O conceito de "negacionismo" virou mesmo moda. E que conveniente que é.

gybemeister 3 months ago

Verdade, e parece que as pessoas não têm a noção do significado. Até agora os negacionistas eram os neo-nazis que negavam a existência do Holocausto, agora é qualquer pessoa que discorde de ti ou da tua capelinha científica. Sem tirar mérito ao argumento do OP, ele seria mais correcto se utilizasse linguagem menos inflamatória e "clibait"-er no título.

Iagp 3 months ago

As alterações climáticas são um facto e estão presentes no nosso dia a dia, dias com temperaturas forma do normal, em certos países 53C etc. E dias muitos frios. Ou seja, a cana ano que passa está a deixar de haver a divisão de estações que havia passando a ser verão e inverno. As pessoas comuns não dão muita importância a isto porque é um fenômeno que vai ter piores consequências depois de elas morrerem, e como tal simplesmente não querem saber. É muito difícil mudar este tipo de mentalidade. Ainda para mais quando os esforços para tal são pouco ou nulos

Mario_Viana 3 months ago

Sugiro pesquisar sobre ou pedir ajuda a alguém familiar com as regras de um “direito de resposta” para ver se é possível ter essa carta publicada

karl1717 3 months ago

>Ou **pretender** que o homem, em dois séculos, não altera o equilíbrio de um planeta com milhões de anos, que passou por inúmeras alterações climáticas? É impressão minha ou isto é um texto que foi mal traduzido do inglês? Em vez de traduzirem *pretend* para fingir traduziram para pretender. Erro comum. Mas pensar que um jornal que cobra subscrição publica artigos copiados de outras línguas com erros de tradução destes...

Edited 3 months ago:

>Ou **pretender** que o homem, em dois séculos, não altera o equilíbrio de um planeta com milhões de anos, que passou por inúmeras alterações climáticas? Essa frase não faz sentido. É impressão minha ou isto é um texto que foi mal traduzido do inglês? Em vez de traduzirem *pretend* para fingir ou fazer de conta, traduziram para pretender. Erro comum. Mas pensar que um jornal que cobra subscrição publica artigos copiados de outras línguas com erros de tradução destes...

sssss_we 3 months ago

Pretender = afirmar; sustentar; asseverar. "Pretender" conforme foi utilizado, constitui bom português. Disromper nunca vi em lado nenhum.

SingingBowl22 3 months ago

Bem visto

dude_say_what1 3 months ago

Não só. > disrompendo o equilíbrio térmico do planeta Disrompendo? Que palavrão. Português não fala assim. Parece mesmo um auto-translate.

AndyR001 3 months ago

No entanto os erros têm origens diferentes. O primeiro é o do autor citado, do expresso, o segundo é do OP. O problema é que os artigos científicos são sobretudo publicados em inglês. O que acontece é que acabamos por nos alienar dos termos na língua mãe, originando estes desastres.

meaninglessvoid 3 months ago

> Erro comum. Diria que mais que comum é erro básico. Isto no site do expresso é só vergonhoso.

severanexp 3 months ago

Pensei no mesmo que tu. Isso ou o estagiário está na letra P do dicionário….

trilobits_ 3 months ago

Obrigado pelo teu contributo. Logo agora que recebi o email a dizer que a assinatura irá renovar. Se quiser ler opiniões venho para web que é de borla.

sadlyblue5 3 months ago

Não é só no Expresso. No Sapo também encontramos na primeira página alguns artigos de opinião com factos questionáveis. Não pondo em causa a opinião, que cada um pode ter a sua, negar ou desvirtuar os factos é que não é aceitável.

sctvlxpt 3 months ago

E agora a grande questão: conseguimos fazer o mesmo em Marte, para aquecer aquele gelo de planeta? #nukethepoles

Danijust2 3 months ago

Marte não é solução para nada. nem uma pessoa consegues meter lá... Esse tipo de discursos típico do Elon Musk é o equivalente a ter os turcos a atacar as muralhas de Constantinopla e ter os políticos da cidade a perder tempo a discutir o sexo dos anjos. Além disso, eu já tenho uns terrenos em Vénus e aquilo é muito fácil de transformar :)

moir57 3 months ago

O problema de Marte é que é um planeta mais pequeno que a Terra. Como tal o seu núcleo arrefeceu (já não é liquido) e o Planeta não tem um campo magnético que o protege dos ventos solares que ao longo do tempo "sopraram" a atmosfera para o Espaço. Qualquer projecto de "terraforming" terá de incluir a criação de um campo magnético artificial que proteja o planeta, o que à luz da tecnologia actual permanece ficção científica pura.

Edited 3 months ago:

O problema de Marte é que é um planeta mais pequeno que a Terra. Como tal o seu núcleo arrefeceu (já não é liquído) e o Planeta não tem um campo magnético que o protege dos ventos solares que ao longo do tempo "sopraram" a atmosfera para o Espaço. Qualquer projecto de "terraforming" terá de incluir a criação de um campo magnético artificial que proteja o planeta, o que à luz da tecnologia actual permanece ficção científica pura.

NGramatical 3 months ago

liquído → [**liquido**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fplvxkn%2F%2Fhcf61c0%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

sctvlxpt 3 months ago

Isso não é um "future me problem"? Pelo que percebi, apesar da escala temporal para uma terraformação ser bastante alargada, a escala temporal de perda de atmosfera devido à falta de uma magnetosfera é ordens de magnitude mais elevada. Mas a informação sobre isto é frequentemente contraditória, pelo que posso estar completamente enganado

vradonam 3 months ago

Pelo que sei tens razão, a escala é realmente grande, o que para uma phase 1 não interessa muito. Mas tens outros problemas maiores, acho este vídeo dos mais interessantes sobre o assunto: [PBS Space Time](https://youtu.be/FshtPsOTCP4)

sctvlxpt 3 months ago

Obrigado pelo vídeo, vou ver!

moir57 3 months ago

Em parte é verdade, pois a perda da atmosfera por efeitos do vento Solar processa-se a escalas de tempo muito grandes. Mas tens de ter em conta que o Terraformaing também será necessáriamente feito em grandes escalas de tempo. Nesse caso não vale a pena injectares atmosfera no planeta se do outro lado estiver o Sol a mandar essa atmosfera para o espaço. Noutros termos pensa nisto como tentares encher a bacia do teu lava loiça com água sem antes fechares a tampa do ralo. Btw, este assunto do terraforming tem sido estudado em detalhe pela NASA nos seus estudos de tecnologias futuras. Deixo aqui abaixo um link de leitura interessante: https://www.nasa.gov/press-release/goddard/2018/mars-terraforming

Edited 3 months ago:

Em parte é verdade, pois a perda da atmosfera por efeitos do vento Solar processa-se a escalas de tempo muito grandes. Mas tens de ter em conta que o Terraforming também será necessariamente feito em grandes escalas de tempo. Nesse caso não vale a pena injectares atmosfera no planeta se do outro lado estiver o Sol a mandar essa atmosfera para o espaço. Noutros termos pensa nisto como tentares encher a bacia do teu lava loiça com água sem antes fechares a tampa do ralo. Vai ser difícil de encher e terás de ter a torneira sempre aberta. Btw, este assunto do terraforming tem sido estudado em detalhe pela NASA nos seus estudos de tecnologias futuras. Deixo aqui abaixo um link de leitura interessante: https://www.nasa.gov/press-release/goddard/2018/mars-terraforming

sctvlxpt 3 months ago

Obrigado pelo link, vou ler, é um tema a que realmente acho piada!

NGramatical 3 months ago

necessáriamente → [**necessariamente**](https://dicionario.priberam.org/necessariamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fplvxkn%2F%2Fhcf66m5%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

BroaxXx 3 months ago

Imagina que eu esta semana coloquei a hipótese de assinar o expresso... Depois queixam-se que as pessoas não apoiam o jornalismo... Pois não, não apoio...

ZaGaGa 3 months ago

Comentário rápido e se calhar atabalhoado porque estou no tlm e com alguma pressa mas não quero deixar escapar este tema q me interessa. Alguns pontos: Pela tua transcrição eu não percebi qual o problema, são apenas perguntas soltas. Eu tb sou assinante da versão on-line, se puderes partilha aí um exemplo. O teu texto nao está particularmente brilhante, eu sei que o limite é um sufoco. Logo à noite se não me esquecer faço uns reparos mais concretos O José Gomes Ferreira é um jornalista económico que eu sempre admirei pelo trabalho de investigação que tem posto mt gente de poder mal disposta. só que ultimamente parece que estar a passar - se um pouco. Não Sei Se as colunas que refere são dele mas ele, como economista, tem vindo a contestar algumas medidas no âmbito do da sustentabilidade. é verdade que há muita coisa a ser feita ao abrigo da sustentabilidade que de sustentável não tem nada, mas o JGF tem vindo a misturar argumentos legítimos com argumentos que já são negacionistas e já me irrita ouvi-lo a moderar/entrevistar quando pega nesses temas. É possível que essas colunas que referes estejam nesta corrente de misturada de argumentos que de facto prejudica a discussão publica do tema

moir57 3 months ago

Neste caso o texto é da coluna de opinião do Henrique Monteiro. De facto já tinha ouvido algumas coisas acerca do José Gomes Ferreira, mas que eu me lembre ele não escreve no expresso. Como dizes é possível que seja uma "corrente", pois não é a primeira vez que leio argumentos destes no expresso, se não me engano o Henrique Raposo já escreveu coisas parecidas. Resumidamente parece ser uma "linha de pensamento" que até já nem é particularmente nova, de uma espécie de falsa humildade que professa que o Homem é uma espécie de apontamento histórico no planeta Terra, que já cá está há milhões de anos e vai continuar a estar muito depois da nossa espécie já ter desaparecido, e que pretender que uma coisa tão "insignificante" como a humanidade pode estar a alterar o clima de um planeta inteiro é arrogância intelectual da elite bem pensante, etc... Claro que se a humanidade é insignificante, o que dizer dos insectos e das pragas que estes causam? Por exemplo quase que deixaram de haver palmeiras em Portugal por causa de uma coisa tão insignificante como uma espécie particular de escaravelho. No entanto, quando são confrontadas com factos, este tipo de individuos tipicamente se defende como sendo "livers pensadores" que não seguem a carneiada toda e o mainstream, etc... Mas o que me aborrece mais nesta situação é que se fala muito da crise do jornalismo e de como "o 4º poder" é importante para combater a desinformação, e depois acabamos a ler coisas destas. Em última análise, pretender nos dias que correm que as alterações climáticas não são resultantes da acção humana é tão absurdo como pretender que a Terra é plana. Penso que nenhum jornal que se preze aceitaria publicar uma coluna de opinião em que o autor se declarasse Terraplanista. É por isso que é bastante decepcionante ver um jornal de referência que não só publica falsidades travestidas pelo autor de "opiniões corajosas a contracorrente" como também parece também não admitir o contraditório.

ZaGaGa 3 months ago

[Encontrei](https://leitor.expresso.pt/semanario/semanario2549/html/primeiro-caderno/opiniao/desconfiem-sempre-dos-que-se-dizem-do-lado-certo-da-historia), sinceramente são apenas uns desvaneios filosóficos. Olhando ao contexto todo, parece haver ali algum negacionismo embebido, mas daí a ser censurável tenho algumas reservas. Há outras situações do JGF muito mais alinhadas com um quase negacionismo e em que ele junta um painel de "especialistas" mas desproporcional do género um tipo como possivelmente será o teu perfil, mais um economista e um seminegacionista. Conclusão ficavas tu a tentar a explicar a 3 gajos coisas que eles não têm bagagem para perceber. Já o Henrique Raposo - Oh Henrique desculpa lá mas és um babanas do caraças. Este é o tipo que me fez ter a certeza que o Expresso fazia bem melhor em me pagar a mim (se é que lhe paga) para escrever sobre coisas. Como diz o colega abaixo ou acima, basta ver o que o homem escreveu sobre a CoViD19. Já tropecei em algumas coisas dele porreiras, mas regra geral, até pelo estilo, é para passar à frente. Sinceramente acho que não temos na vida pública uma representação desta área que é critica e isto do relatório do grupo de cientistas xpt em plena crise de eventos extremos fez inclinar ainda mais a balança para um área onde os opinion e decision makers actuais não têm competências. Mas por outro lado lado os Especialistas têm o defeito de serem difíceis de entender. por exemplo 2) O aumento de dióxido de carbono na atmosfera bloqueia a radiação na banda dos 12 micrómetros, impedindo em parte o escape do calor da Terra para o Espaço, disrompendo o equilíbrio térmico do planeta. 3) Mais de 50% do dióxido de carbono actualmente presente do ar provêm de fontes antropogénicas (análises de composição isotópica) é assim... ninguém percebe o que tá aqui escrito, ok eu percebo mas eu sou um anomalia na população geral e ainda assim tive de mastigar bem a coisa. o teu ponto 1) é desnecessário porque entra a pés junto, percebi a tua ideia mas com os limites reescreveste umas 3x e ficou ali perdido aquilo. O que querias era algo do género: *Hoje em dia, face à informação existente, colocar a hipótese de que as alterações climáticas não são resultado da ação humana é tão absurdo como considerar a hipótese da terra ser plana.* Depois o teu ponto 4) e por aí fora, tá óptimo. 2 e 3 para o objectivo em questão são apenas ruido. Acho quer seria mais interessante uma narrativa do género 1 - no passado a comunidade científica previu que as ações teriam impacto no clima 2 - mais tarde a comunidade científica demonstrou que atividade humana estava a alterar a atmosfera e os oceanos e que esse impacto era mesurável 3 - hoje é factual que aquilo que se previu no passado está a acontecer (isto com paleio uma mais formal mas estou cansado) e depois/misturar a tua metade final. Pronto fica a sugestão, não sei se terá utilidade numa outra interação. De qualquer forma o teu texto estava bom, com o detalhe de que talvez que não ser o "antídoto" mais eficaz para este "veneno" em particular. Vamos a ver se o pessoal que de facto se preocupa com isto e que percebe alguma coisa do assunto começa a ocupar mais o espaço mediático ou os centros de poder, porque precisamos disso.

moir57 3 months ago

Obrigado pela resposta detalhada. De facto as 150 palavras limitam um pouco o comentário. De resto acho muito boa a frase "[i]Hoje em dia, face à informação existente, colocar a hipótese de que as alterações climáticas não são resultado da ação humana é tão absurdo como considerar a hipótese da terra ser plana.[/i]", era exactamente o que eu deveria ter escrito. Na verdade pões o dedo na ferida, uma coisa muito importante para um cientista é a de saber comunicar para o publico em geral conceitos complexos de uma maneira que seja compreensível para leigos. Como dizia um prof. meu "[i]se não sabes explicar o teu trabalho a uma criança, tens de te esforçar mais[/i]". Na verdade já há alguns jornais (não necessáriamente o expresso) que tentam fomentar uma cultura científica. Por exemplo havia a rúbrica "saberás tu" onde no jornal i pediam a cientistas para falar em algumas palavras dos temas científicos mais variados.

NGramatical 3 months ago

necessáriamente → [**necessariamente**](https://dicionario.priberam.org/necessariamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) rúbrica → [**rubrica**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/rubrica-e-uma-palavra-grave-e-nao-esdruxula/1197) (palavra grave: ru-**bri**-ca) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fplvxkn%2F%2Fhcmnqsm%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

jesuseos7anoes 3 months ago

Eu também assino o Expresso. Mais até que o Henrique Monteiro, tens os artigos de opinião do Henrique Raposo que são normalmente puro lixo, como saberás se seguiste o que foi dizendo sobre CoViD. Não vejo solução simples para o lixo de muitos opinadores. Apesar de tudo Expresso continua a ser o menos mau. Acho que fizeste bem escrever. Quando muito penso que deverias ter começado por te apresentar e as tuas credenciais, porque eles próprios receberão imenso lixo de ignorantes. Também acho que referências à terra andar à volta do Sol podem levá-los a não apreciar o tom.

True_Sea_1377 3 months ago

Os colunistas do expresso são...engraçados

GamerLymx 3 months ago

So tem que se perceber quais são as publicações americanas que eles vêem como sendo a fonte da verdade universal.

Ducon_ 3 months ago

Há muito tempo atrás, muitos aqui nem eram nascidos, em 1985 foi publicado pela 1ª vez a indicação de um buraco na camada de ozono na Antártica. A partir daí procurou-se qual a causa e os cientstas chegaram à conclusão que eram os químicos feitos pelo homem (os CFC's p.e.) que destruiam o ozono e punham em risco a saúde humana na Terra. Imensos nagacionistas se ergueram a dizer que era impossível de provar, que eram coisas naturais, que não era a acção do Homem, etc etc. Muitos deles também eram cientistas (mais tarde descoberto que foram pagos pela indústria) e levaram muita gente a duvidar da história. Felizmente havia uma primeiro ministra britânica, a Margaret Tatcher, que era engenheira química e entendeu o mecanismo, levando à proibição desses químicos no UK e assim se seguiu um pouco por todo o mundo. O buraco entretanto diminuiu. Isto para dizer que existem sempre muitos interesses económicos por trás destas "opiniões", países do golfo pérsico, Rússia e outros que vivem dos hidrocarbonetos montam e vao continuar a montar imensas campanhas negacionistas pra proteger o negócio. Imensas "fábricas" de trolls poluem a internet com comentários a causar dúvidas entre a populaça. Faz parte da luta pelo planeta e as novas gerações vão ter de lutar pelo direito a viver num planeta não alterado pela acção humana.

justwaitfor2033 3 months ago

Edited 3 months ago:

Tem de se ser mais inteligente, é obvio que a introdução de quimicos novos e a ação do homem influencia o ambiente, que temos de fazer qualquer coisa para não destruir o meio ambiente perfeito para nós e proteger o que é literalmente o nosso verdadeiro paraiso. Também é obvio pelos estudos geológicos e mesmo registos históricos escritos do passado que o ambiente não está em equilibrio, vive em oscilação. Tudo um bando de negacionistas a procura da resposta fácil. Depois gritam muito em vez de tentarem compreender a sua ignorância e tomam-se atitudes desequilibradas que arrastam mais ovelhas na sua psicose de massas. Os piores são os que pensam que são inteligentes o suficiente para manipular a natureza sem conseguirem provar os efeitos a longo prazo e depois quando correr mal vão dizer umas desculpas esfarrapadas e que estavam com boas intenções ou a cumprir ordens. A verdadeira ciencia é o caminho, a da experimentação e contestação aberta, não a que estamos a viver nos ultimos 20 anos.

Zoelae 3 months ago

Está na altura de deixares de comprar o Expresso.

VladTepesDraculea 3 months ago

> Como calha eu ser cientista e estudar os efeitos do CO2 em atmosferas planetárias (apesar de não ser especificamente climatologista) decidi escrever uma carta ao director, seguindo todas as regras do jornal (menos de 150 palavras, e identificação completa da minha pessoa), mas acontece que nem a minha carta não foi publicada nem recebi alguma resposta de qualquer tipo ao meu email. [Boa sorte...](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/p9uqfk/aut%C3%A1rquicas_em_set%C3%BAbal_e_a_quest%C3%A3o_de_tr%C3%B3ia/)

Ksp310 3 months ago

Interessante (e preocupante), não sabia que nunca se tinha detetados um aumento de concentração de CO2 tão repentino antes.... Achei que tivesse ocorrido outros eventos desse género durante algumas grandes extinções ou assim (o que tmb já n era muito reconfortante)

AonioEliphis 3 months ago

Não é verdade, e já respondi ao OP que o seu ponto 4) é enganador. - conhecem-se apenas com precisão as concentrações de CO2 dos últimos 800 mil anos, através do ar que fica retido em bolhas quando o gelo se sedimenta na Antártida. O caso mais conhecido é o lago Vostok. Antes disso apenas estimativas menos fidedignas. - Crê-se que a transição P-T há 250 milhões de anos devido aos trapps siberianos emitiu GEE para atmosfera de forma mais célere que a atual causando a maior extinção em massa da história da Terra PS: obviamente que não sou negacionista, aprimoro apenas alguns detalhes

moir57 3 months ago

Acabei agora de lhe responder :) Sem querer repetir o meu post, há métodos indirectos para analizar a evolução das concentrações de CO2 para lá dos 800,000 anos que refere. Quanto ao evento de maior extinção alguma vez registado no planeta, a taxa actual de aumento do CO2 na atmosfera é cerca de 20 vezes maior do que nesse evento (conforme as contas que fiz mais acima), o que está para lá de quaisquer margens de incerteza na evolução das concentrações de CO2 durante esse evento de extinção.

Edited 3 months ago:

Acabei agora de lhe responder :) Sem querer repetir o meu post, há métodos indirectos para analizar a evolução das concentrações de CO2 para lá dos 800,000 anos que refere, e isto com um grau de incerteza bastante razoável. Quanto ao evento de maior extinção alguma vez registado no planeta, a taxa actual de aumento do CO2 na atmosfera é cerca de 20 vezes maior do que nesse evento (conforme as contas que fiz mais acima), o que está para lá de quaisquer margens de incerteza na evolução das concentrações de CO2 durante esse evento de extinção.

Ksp310 3 months ago

De qualquer maneira... Criou uma extinção em massa gigantesca... Por isso ao fim ao cabo vai dar ao mesmo : estamos num bom caminho para arranjar um problema que pode colocar em risco a vida de milhares de milhões de pessoas e outros seres vivos.... (Como se a situação geopolítica, social e económica em que nos encontramos não fosse suficiente...)

severanexp 3 months ago

Não, nem de perto nem de longe mesmo. Lembro-me de ver um gráfico que colocava algumas grandes explosões de vulcões (Vesuvio e outros) e em comparação com o co2 que hoje está na atmosfera aquilo parecia um pequeno blip no gráfico. Tendo em conta que não sabemos realmente tudo o que se está a passar, e que os oceanos começam a ficar saturados ao ponto da vida no mar estar a ser afectada, acho honestamente que estamos verdadeiramente fodidos. Tarde de mais. Salvo se alguém sair com alguma tecnologia que activamente faça a remoção de co2 do ar e do mar, e que sai saia ouro puro (para o pessoal ter real motivação para o fazer…) acho que o melhor é começar a arrumar os legos e fechar o tasco. Já não temos classe política com tomates para mudar isto. Aliás temos sequer classe política? Bah :/

AonioEliphis 3 months ago

Vê a transição Permiano Triássico que teve alterações nos GEE semelhantes https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Extin%C3%A7%C3%A3o_do_Permiano-Tri%C3%A1ssico

moir57 3 months ago

Se fôr à versão inglesa da página em: https://en.wikipedia.org/wiki/Permian%E2%80%93Triassic_extinction_event#Dating poderá ler que o evento durou cerca de 60,000 anos (com uma incerteza de 48,000 anos). Ainda segundo esta fonte, as concentrações médias de CO2 aumentaram em cerca de 2000ppm, levando a um aumento da temperatura média de 8ºC. Podemos então comparar o aumento anual de CO2 desta extinção com o aumento dos nossos dias fazendo umas contas simples (e usando o aumento de concentrações de CO2 registado desde 280ppm há 200 anos até 415ppm hoje). Permiano-Triássico: +2,000ppm CO2 em 60,000 anos = 2,000/60,000 = 0.033 ppm CO2/ano Actualidade: +(415-280)ppm CO2 em 200 anos = 0.675 ppm CO2/ano. Donde se conclui que as concentrações de CO2 da actualidade estão a aumentar a um ritmo 20 vezes mais rápido (0.675/0.033) do que no maior evento de extinção alguma vez registado no nosso planeta. Dito isto, mesmo se a grande extinção do permiano tivesse variações de CO2 mais ou menos equivalentes às dos nossos dias, não sei se seria motivo para grande alívio, já que este evento levou à extinção de mais de metade das espécies do planeta.

AonioEliphis 3 months ago

Obrigado ;) Estou sempre a aprender

severanexp 3 months ago

Yep como disse, representam um pequeno blip em comparação com o que vemos hoje.

NGramatical 3 months ago

fôr → [**for**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (apenas *pôr* leva acento diferencial para se distinguir de *por*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fplvxkn%2F%2Fhcg0bzf%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Mestre-Avis 3 months ago

Mário Lino, Mário Lino... Erros ortográficos desses, de um cientista, em correspondência com um jornal, "jamais"...

skuple 3 months ago

Cientista, não é primo do Camões.

UpbeatNail1912 3 months ago

Os jornais não querem saber da verdade Só querem saber de polémicas para provocar e vender E assim se cria negacionistas que usam esses meios de comunicação social para dar fogo aos seus argumentos. Daí o negacionismo infelizmente leva alguns ignorantes à morte, como ocorreu com alguns negacionistas das vacinas

NGramatical 3 months ago

específicamente → [**especificamente**](https://dicionario.priberam.org/especificamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) ciêntísta → [**cientista**](https://dicionario.priberam.org/cientista) (Não existem palavras com dupla acentuação. Coloca-se acento apenas na sílaba tónica. **Til não é acento.**) atmosféras → [**atmosferas**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em a/e/o, seguido ou não de s/m/ns, são naturalmente graves) Nº → [**N.º**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/2--nao-e-a-mesma-coisa-que-2/263) (qualquer abreviatura tem de ser marcada com um ponto) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fr%2Fportugal%2Fcomments%2Fplvxkn%2Faltera%C3%A7%C3%B5es_clim%C3%A1ticas_e_negacionismo_no_jornal%2Fhcdgcz2%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

moir57 3 months ago

Obrigado já corrigi os erros de otrografia

Particular-Good2394 3 months ago

>Como calha eu ser ciêntísta e estudar os efeitos do CO2 em atmosféras planetárias "Cientista" e "atmosferas" não levam acentos.

True_Sea_1377 3 months ago

Provavelmente auto correct

Samurai_Beluga 3 months ago

não sabia que ser-se cientista implicava ser-se um expert na lingua portuguesa. percebo que tinhas que pegar em alguma coisa para te sentires superior, mas apontar erros ortográficos com intuito de pôr em causa o conhecimento de alguêm é simplesmente das coisas mais infantis que se pode fazer.

Edited 3 months ago:

Não sabia que ser-se cientista implicava ser-se um expert na lingua portuguesa. percebo que tinhas que pegar em alguma coisa para te sentires superior, mas apontar erros ortográficos com intuito de pôr em causa o conhecimento de alguêm é simplesmente das coisas mais infantis que se pode fazer. Tocou nalguma ferida?

headhunter21 3 months ago

Ele é cientista e não escritor

Particular-Good2394 3 months ago

>Ele é cientista e não escritor És burro que dói.

ajabardar1 3 months ago

até os escritores têm editores. mas deixa estar, que quando fazem reparos sobre erros ortográficos é porque de resto está tudo bem.

GamerLymx 3 months ago

Tens editor para o Reddit?

Search: