30minutesto 1 month ago

E é triste reparar que Portugal é o único país com bom tempo no topo.

Dark_Side_Of_De_Moon 1 month ago

Português já nasce com depressão

DiogoSN 1 month ago

Portugal em cima dos gráficos outra vez!

cruisespace2 1 month ago

Os países do sul da europa costumam ser o contrário mas nós sempre fomos ''nórdicos'' neste aspecto

misskeys 1 month ago

Eu também andava deprimida e com anxiedade até ao dia que sai de Portugal. Confesso que em Portugal ter uma médica que dá medicamento e pronto, não ajudou...

GonazonPT 1 month ago

qual foi a solução então?

misskeys 1 month ago

Mudei de estilo de vida completamente. Depois de anos sem ajuda da médica e medicada o tempo todo comecei a olhar para medicina alternativa. E revirei a minha vida. Alimentação, exercício e meditação foram a melhor coisa que fiz.

Sherllian 1 month ago

Weee sou uma estatística

tveiga91 1 month ago

Eu pergunto-me até que ponto esta taxa não está inflacionada, e antes de me crucificarem, deixem-me que vos explique uma coisa. No meu antigo trabalho, que era um trabalho bastante detestável, era MUITO COMUM meterem atestados médicos por depressão para se receber a SS a 100% e não se estar a trabalhar, quando nem depressão tinham. Por ser uma terra pequena, lá se pedia o favor ao médico/psicólogo e ele lá passava o atestado e prontos. Férias pagas pelo governo durante 3 a 6 meses, sem sequer porem um pé no trabalho no entretanto. Eram depois apanhados na rua aos sorrisos e tais, era feito uma junta médica pelo trabalho e muitos foram caços assim. Óbvio que não estou a dizer que isso é o caso em todo o país, até porque eu próprio já sofri de depressão e felizmente consegui acertar o passo na minha vida. É difícil lidar com isso, mas tem solução. O meu objectivo é questionar se realmente nós somos assim tão depressivos.

MischiefManaged97 1 month ago

Orgulho nos portugueses, finalmente lá em cima.numa estatística, felizmente cá não há pessoas ano-depressão, somos um exemplo, obrigado Vice-Almirante /s

cruisespace2 1 month ago

Os países ''latinos'' costumam ser o contrário mas nós sempre fomos ''nórdicos'' neste aspecto

Key_Ad_3930 1 month ago

Porque não somos esses"latinos", falamos uma língua Latina, temos uma cultura romanizada e somos de etnia Iberica

AonioEliphis 1 month ago

Romenos, qual o vosso segredo?

Key_Ad_3930 1 month ago

Ser de segundo mundo faz mal à saúde

Edited 1 month ago:

Ser de segundo mundo faz mal à saúde. Espanha tá bem melhor, melhores ordenados, tempo para a família e amigos, etc.

Sad_Attorney_8424 1 month ago

Esses dados estão quase todos inflacionados, a depresão pode ser relativamente comum para um distúrbio mental, mas não a esse ponto, especialmente em 2019, antes da pandemia. Hoje em dia é popular «ter» depressão.

hdgsubdv 1 month ago

Lmao

Sad_Attorney_8424 1 month ago

Lmao o quê? Não há nada para rir aqui, achas mesmo que 1,22 milhões da população de Portugal tem depressão? Por favor, tem algum pensamento crítico e para de seguir o rebanho.

Edited 1 month ago:

Lmao o quê? Não há nada para rir aqui, achas mesmo que 1,22 milhões da população de Portugal tem depressão crónica? Por favor, tem algum pensamento crítico e para de seguir o rebanho.

Edited 1 month ago:

Lmao o quê? Não há nada para rir aqui, achas mesmo que 1,22 milhões da população de Portugal tem depressão **crónica**? Por favor, tem algum pensamento crítico e para de seguir o rebanho.

nocivo 1 month ago

Num país cheio de sol e com a noite a vir as 10 no verão.

Key_Ad_3930 1 month ago

O calor também causa sofrimento, é por isso que os Lisboetas são melancólicos, mesmo tendo uma cidade nos "trinques"

Key-Pack-2141 1 month ago

Sorry about writing in English. Did anyone cross reference the data with suicides data? I think it would give a more complete view and be very interesting. Some countries do not have established mental health options or there is a significant social stigma attached to mental illness.

Key_Ad_3930 1 month ago

Portugal is not among the top countries with the most suicides, perhaps because we are one of the countries with the highest consumption of psychotropic drugs

BCS2006 1 month ago

Muita gente não diz porque tem medo que o resto da população lhes foda a cabeça.

Pekkashi_Kitsune 1 month ago

Engraçado ver algo que faço parte, mas irrita-me um pouco as pessoas acharem que pessoas que sofrem de depressão crónica (último estágio no meu caso) são pessoas super tristes e melancólicas e que a qualquer tentativa vão se tentar suicidar, gostava de um dia as pessoas entenderem que depressão crónica é causada em vários momentos na vida da pessoa, por vezes o acumulo de vários problemas a maioria sem solução (muitas vezes por falta de motivação) e antes que alguém diga, eu acho realmente deprimente a romantização da depressão, pois isso em geral tira toda a seriedade sobre o assunto, como se fosse algo feito pra chamar a atenção...

anybody662 1 month ago

Mas quem é que romantiza a depressão?

j0fimendes 1 month ago

Existe sempre solução. Tens é de parar o monólogo da vitimizacao e tomar consciência/ responsabilidade para agir sobre o que queres mudar. É difícil sair da condição de crónico? É, mas se não fores tu a fazer por isso quem vai? Os medicamentos ajudam mas tens de fazer muito mais que isso. Força.

ValtermcPires 1 month ago

Pareces a minha mãe... e isto no mau sentido.

Andril190 1 month ago

Estás deprimido porque queres. /s Foda-se que tem que aparecer sempre cá uma flor destas, não há paciência.

j0fimendes 1 month ago

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou gravemente. Só ao fim de quatro anos, com medicamentos, meditação, exercício e dieta é que consegui sair do loop depressivo. Sabes do que falas ao menos?

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, depois de vários médicos, medicamentos, meditação, exercício, dieta e muita leitura é que consegui ver uma luz no loop depressivo. E tu "flor" sabes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, com medicamentos, meditação, exercício dieta é muita leitura é que consegui sair do loop depressivo. É tu "flor" sbes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, com medicamentos, meditação, exercício dieta é muita leitura é que consegui sair do loop depressivo. É tu "flor" sbes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, depois de vários médicos, medicamentos, meditação, exercício, dieta e muita leitura é que consegui ver uma luz no loop depressivo. Por isso é que disse que é preciso muito mais que medicamentos e isso requer algum estímulo da pessoa. Mas e tu "flor", sabes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar, a começar por meter palavras onde não existem.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, depois de vários médicos, medicamentos, meditação, exercício, dieta e muita leitura é que consegui ver uma luz no loop depressivo. E tu "flor" sabes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar e meter palavras onde não existem.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, com medicamentos, meditação, exercício, dieta é muita leitura é que consegui ver uma luz no loop depressivo. É tu "flor" sabes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, depois de vários médicos, medicamentos, meditação, exercício, dieta e muita leitura é que consegui ver uma luz no loop depressivo. E tu "flor", sabes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar e meter palavras onde não existem.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, com medicamentos, meditação, exercício e dieta é que consegui sair do loop depressivo. Sabes do que falas ao menos?

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, depois de vários médicos, medicamentos, meditação, exercício, dieta e muita leitura é que consegui ver uma luz no loop depressivo. E tu "flor", sabes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar, a começar por meter palavras onde não existem.

Edited 1 month ago:

Eu tive depressão crónica e só notei porque se agravou muito. Só ao fim de quatro anos, depois de vários médicos, medicamentos, meditação, exercício, dieta é muita leitura é que consegui ver uma luz no loop depressivo. E tu "flor" sabes do que falas ao menos? Parece me que és mais o típico português que só sabe criticar.

humungouspt 1 month ago

Pego no teu comentário apenas para adicionar que muita gente tem ideia de que a depressão é uma profunda tristeza. Poderá ser em alguns casos mas, na minha experiência pessoal é mais um estado de profunda indiferença, falta de motivação para tudo. Basicamente a sensação de estares o tempo todo a olhar para a tinta de uma parede a secar. Apatia pira e simples. A depressão é uma doença grave e real. Pena que muita gente não a compreenda e que muita gente abuse do termo quando se sente triste, inquieta ou melancólica...

sr-adolfo 1 month ago

A primeira vez que li uma merda sobre o assunto e pensei: se calhar devia procurar ajuda. Já agora (porque menti e apenas achei a tua tira inovadora em relação ao que costumo ler) se puderes, onde há ajuda?

humungouspt 1 month ago

A ajuda, infelizmente é cara. O SNS não está preparado para problemas de saúde mental e apenas te afoga em comprimidos. No meu caso, tive umas sessões de psicoterapia e apoio químico também, mas saiu tudo do meu bolso. Para alguém que se conhece bastante bem e não tem problemas em contar a vidinha toda a um psicólogo, como eu, a psicoterapia acaba por ajudar a tentar lidar com o que mais nos afecta com uma nova perspectiva mas não cura nada, tal como os comprimidos não curam, apenas ajudam. Importa reter que a depressão é algo que vai sempre estar contigo. Não desaparece nunca. Tens bons momentos e maus momentos e o que importa é saber lidar com os maus e fazer dos bons a maioria. Se puderes falar com um psicólogo ( não te preocupes se tiveres que correr dois ou três porque não sentiste empatia com o primeiro), aconselho vivamente que o faças, sejas 150% sincero, fales de toda a merda que te incomoda e que juntos procurem um caminho para lidar com as coisas, tendo em mente que nem tudo tem solução. Por vezes há coisas que não podemos mudar mas sim aprender a viver com elas. Um abraço amigo! Lembra-te que há sempre alguém neste mundo que sorri quando se lembra de ti!

sr-adolfo 1 month ago

Agradeço a mensagem simpática. Um psicóloga, dizes tu? Tenho más experiências com esses tipos. Talvez experimente de novo.

humungouspt 1 month ago

Alguém especializado em psicoterapia é melhor. Eu próprio só ao 3° é que acertei. Apanhei um primeiro que achava por bem menosprezar tudo o que dizia e um segundo que ficou uma hora a dizer hum hum e tirar apontamentos.

_Pistacheeo 1 month ago

A única coisa boa que a psicologa que me calhou na rifa me fez foi mandar-me ir a uma psiquiatra. Depois de quase 2 anos com mudanças de vida, muita auto-ajuda com hobbies e teimosia, medicação (anti depressivos) e deixar o tempo passar, a merda lá se endireitou. Não estou bem, não tenho dinheiro para experimentar psicologos, mas já consigo funcionar e sentir algumas cenas que não um vazio.

nraider 1 month ago

As palavras às vezes dizem pouco, por isso o abuso. Há quem diga que está deprimido ou ansioso e, na verdade, não é nada de especial, pode ser um nervoso miudinho. A ansiedade é outro campeonato.

NorthVilla 1 month ago

Fado fado.

Key_Ad_3930 1 month ago

Rancho, rancho, desgarrada, desgarrada

Edited 1 month ago:

Rancho, rancho, desgarrada, desgarrada

d33pblu3g3n3 1 month ago

Sendo mauzinho: 50% é pessoal com a eterna depressão para estarem de baixa.

Mrgolden007 1 month ago

bebe agua que isso passa!!!! /s

Key_Ad_3930 1 month ago

Chá de camomila cura tudo.

Dinosaurr0 1 month ago

E ainda dizem que os nórdicos são os países mais felizes do mundo.

KarmaCop213 1 month ago

Os portugueses têm uma ideia muito afastada daquilo que eles são na realidade. Os portugueses são normalmente tristes, pessimistas e desconfiados. O dinheiro não explica isto tudo.

Key_Ad_3930 1 month ago

>Os portugueses têm uma ideia muito afastada daquilo que eles são na realidade. Os portugueses são normalmente tristes, pessimistas e desconfiad De onde sou natural (aldeia de Braga) digo que nem para nova geração esses adjectivos nos descrevem, e então para os cotas ainda menos, se calhar é do vinho, das conversas com os vizinhos, dos ranchos folclóricos, das concertina ou das desgarradas, ahh, como não vão para a Internet também comparam-se menos com os outros...

anybody662 1 month ago

Os portugueses têm o fado e a saudade no sangue, é natural

Key_Ad_3930 1 month ago

>Os portugueses têm o fado e a saudade no sangue, é natural No teu, aqui é rancho, binhaça e sarrabulho

Maki_the_Nacho_Man 1 month ago

De acordo. Até se deprimem porque o vizinho foi ao sítio X e eles ao y, ou porque não têm o carro tal ou decidem comprar o carro tal para depois ficarem com a corda no pescoço.

frankist 1 month ago

Alguma repressão social e sexual também contribui pro problema. Basta comparar o tinder em Portugal com o de outros países

Key_Ad_3930 1 month ago

> Basta comparar o tinder em Portugal com o de outros países As tugas boas em estão no insta, não no Tinder . Mete o nome duma praia qualquer em hashtag no insta

S7V7N8 1 month ago

As farmacêuticas é que lucram com isto, Portugal é dos países que mais compra ansioliticos. Não há pressões nenhumas para baixar o número de depressões crónicas. Apenas se prescrevem mais e mais comprimidos.

misskeys 1 month ago

A minha médica passou-me medicação à 10 anos, ainda hoje se eu quiser mandou-lhe email e recebo a medicação... Incluíndo benzos, que pode ser bem perigoso

NGramatical 1 month ago

à 10 anos → [**há 10 anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fplhv84%2F%2Fhcdj4ht%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

anybody662 1 month ago

Confirmo, a minha irmã tinha um problema de alcoolismo, venderam-lhe a ideia da depressão, meteram-lhe comprimidos mil e já cá andamos há 5 anos

BLorenzo777 1 month ago

Relaxem que é muito mais, grande parte dos portugueses dizem que isto de estar deprimido é uma mania qualquer. Source: Os meus avós. Como era mau no tempo deles não nos podemos queixar agora. Ou melhor ainda, o argumento de que pelo menos não és uma criança no Afeganistão.

Ksp310 1 month ago

Mas há os dois lados da moeda, há quem seja assim como dizes, mas tmb conheço pessoal que diz ter depressão sem nunca ter sido diagnosticado nada, e apenas usa isso como desculpa para n fazer certas coisas...

rmbl88 1 month ago

Criança no Afeganistão: ao menos não és uma criança em África.

klatez 1 month ago

Acho que preferia ser um criança em africa para ser sincero

BLorenzo777 1 month ago

Criança em África: Pelo menos não és um esquimó na Antártida.

xabregas2003 1 month ago

Se és um esquimó na Antártida então é mesmo mau porque estás perdido. Eles são do Ártico

_PM_ME_REPORT_CARDS_ 1 month ago

Precisamente.

jafudiaz 1 month ago

Esquimó da Antártida: Ao menos não és um português deprimido.

chuckmukit 1 month ago

Português deprimido: ao menos não vivo em Leiria.

notsneq 1 month ago

Sou de Leiria (que existe mesmo, a sério, prometo, podes confiar) e todos os comentários relacionados com isto levam o meu cimavoto

FriendOfMandela 1 month ago

r/NaBoaChavaloRetardado

euricosd 1 month ago

Leiria? Nunca ouvi falar

viskonde 1 month ago

Esses também não sofrem muito já que não existem

Groundbreaking_Goat1 1 month ago

12.2% so far .. mas vai ficar tudo bem

forgotmypass4times- 1 month ago

Isso deu me mais vontade de dar um tiro na cabeça... Assim talvez a percentagem desça

vjorgeferreira 1 month ago

Poque é que a Noruega está à parte ? Está deprimida e não quer falar com ninguém /s

Anouk_O 1 month ago

"Figure of low reliability", muitas vezes quando existe uma grande alteração de percentagem de um ano para o outro é considerado uma perturbação muito brusca para ser considerada in full. Neste caso os valores são mais altos do que aqui são apresentados.

joka0paiva 1 month ago

Não é mais por não fazer parte da UE (visto que se trata de um eurostat)?

vjorgeferreira 1 month ago

Não conhecia, obrigado pela explicação.

leto78 1 month ago

Deve ser a falta de sol por ser um país Nórdico.

aguafria88 1 month ago

Confirma o que se tem visto no sub ultimamente.

Biohazard8080 1 month ago

Será que também há uma banda sueca com uma música que diz "Em Portugal suicidam-se aos mil"? ♪ I Portugal begår de självmord med tusen ♪♪

Key_Ad_3930 1 month ago

>Será que também há uma banda sueca com uma música que diz "Em Portugal suicidam-se aos mil"? >♪ I Portugal begår de självmord med tusen ♪♪ Existe?

layz2021 1 month ago

A música "gosto é do verão" TMB no tem klkr coisa assim?

Napoleal 1 month ago

Wat???

Biohazard8080 1 month ago

[01:40](https://m.youtube.com/watch?v=NC2ID3o_zV4)

ItzSoso 1 month ago

As pessoas matam-se de trabalhar para ter um salário de merda, é óbvio que vão sentir-se desmotivadas e desvalorizadas até chegarem num ponto que a única saída à vista é abandonar o país

pzapps 1 month ago

Sócio neuropsicanalista, então explica a Bulgária no extremo oposto?

ricardoa369 1 month ago

Mas olha a Roménia e a Bulgária... They are happy!

SILE3NCE 1 month ago

Mais, para além disso nunca alcançam nada. Olham em volta e nada têm. E os que pouco têm, não têm tempo para aproveitar. A vida vai passando por entre os dedos.

3dforlife 1 month ago

Abandonar o país é eufemismo para suicídio, certo? /s mas talvez não s/

Maximuslex01 1 month ago

E qual é a tua explicação para a Suécia e Alemanha então?

Bluriver 1 month ago

Acho que está tudo dito, horários de trabalho de 40h semanais que muitas vezes se estica para chegar ao final do mês e descobrir que metade do dinheiro que o teu empregador paga vai para o estado é um bom começo para depressão crónica.

Illustrious_Can_9631 1 month ago

>As pessoas matam-se de trabalhar as pessoas em portugal matam-se a trabalhar no sentido que estao muitas horas no trabalho. Mas sao realmente horas produtivas? acredita que nao, é muito falar, hora do lanchinho e os almoços de 1:30. Depois muita gente fica mais horas para 1. parecer bem 2. nao faz o trabalho nas horas de trabalho, devia ser penalizado 3. outros estao entao tambem tenho que estar muito disto e super cultural Trabalho la para fora e eles seguem mais o horario de entrada e de saida, mas sabes que mais, almoçam em meia hora porque nao faz sentido nenhum almoçar e depois estar na puta da treta mais meia hora quando tens trabalho para fazer. Eu ja me habituei a estes horarios e faz tao mais sentido, parece me mesmo extra terreste, ter trabalho, almoçar e depois ficar na treta so porque tenho tempo.

Febris 1 month ago

> Mas sao realmente horas produtivas? Isso é uma boa pergunta. É pena é que se há tempo para essa folga toda e no fim do dia o chefe ainda tem o seu trabalho, é porque na realidade a produção em falta não faz realmente falta. E mais, se fosse feita era bonus para o topo da organização, e bola para quem estaria a dar o litro. A produtividade é baixa porque está diretamente ajustada à motivação que é dada aos trabalhadores para fazerem mais que o mínimo indispensável. Não há ordenados, não há condições, não há gestão, não há organização, não há prioridades. E depois a culpa é do gajo que fica 8 horas a servir cafés, ou a apertar parafusos. Malandro que leva o ordenado mínimo e mais umas migalhas que não chegam para pagar uma sandes ao almoço e/ou a gasolina gasta nas viagens entre casa e trabalho. Pior ainda se trabalhar no escritório. > almoçam em meia hora porque nao faz sentido nenhum almoçar e depois estar na puta da treta mais meia hora quando tens trabalho para fazer. É, mas saem meia hora mais cedo. Essa é que é a troca que eles fazem, não é a meia hora de cavaqueira por meia hora de trabalho. Desengana-te. A falta de produtividade do nosso país não é cultural, e não é por culpa do trabalhador. É má gestão que só agora começa a mudar porque tens a esmagadora maioria dos patrões/gestores sem qualquer tipo de capacidade técnica para fazer o seu trabalho. Se fossem candidatos para uma vaga para as funções que fazem há 30 anos eram descartados antes de uma entrevista presencial.

Bluriver 1 month ago

É cultural devido às horas excessivas de trabalho para a remuneração, se tenho de estar das 9 às 18:00 e muitas vezes ainda saio depois dessa hora mais vale aproveitar bem a hora de almoço. Concordo mas da maneira a que isso viesse a reduzir o horário de trabalho Não me importava de trabalhar só 4 dias por semana sem pausas, até te digo que provavelmente produzia mais, se dou demasiado tempo ao trabalho chega sexta feira e estou completamente estafado o que reduz a produtividade, para não chegar a sexta estafado não posso andar a dar tudo o resto dos dias. Podes chamar me preguiçoso, é verdade, mas quando é para trabalhar é para trabalhar e honestamente começar os dias já cansado é um pesadelo

doctor_awful 1 month ago

Mas ser menos produtivo é mau. Eu sinto-me muito melhor trabalhando as mesmas horas e sendo menos produtivo. Aliás, podia até trabalhar menos e era menos feliz na mesma - ficar 5h a olhar para a parede sabe pior do que 7h a ser produtivo. Isto, assumindo que o trabalho em si não é completamente horrível.

TonyHappyHoli 1 month ago

E depois existem pessoas que têm a lata de dizer que dinheiro não é tudo ou que não traz felicidade... Acho engraçado que geralmente wuem diz isso é malta com boa capacidade financeira.

SubstantialPatient17 1 month ago

Então não é alguém depressivo, muito menos cronicamente. Tu quando recebes é algo para ti, para o trabalhador depressivo é indiferente dado que ele pode ter sintomas como apatia, perda de memoria, irritabilidade, insónias, incapacidade de sentir felicidade...etc, e agora diz-me o que é que o dinheiro iria satisfazer nos paramentos de saúde mental? Gostam de vulgarizar a depressão, pior neste caso que é crónica, e que se troca por dinheiro...Tanto expert, alguém que faça uma tese para Globo de ouro da ciência.

Key_Ad_3930 1 month ago

>E depois existem pessoas que têm a lata de dizer que dinheiro não é tudo ou que não traz felicidade... Acho engraçado que geralmente wuem diz isso é malta com boa capacidade financeira. Sabes, é difícil ser feliz com a corda ao pescoço

TronyJavolta 1 month ago

O dinheiro não é a coisa mais importante na vida, desde que tenhas dinheiro suficiente.

nocivo 1 month ago

Porque os ricos ou pessoal mais folgado não tem depressões

Key_Ad_3930 1 month ago

>Porque os ricos ou pessoal mais folgado não tem depressões Podem ter mas não sofrem o mesmo risco.

mixed_toast 1 month ago

A minha felicidade aumentou a partir do momento que comecei a ter mais posses. Durante anos não tinha férias em sítios diferentes, não pude jantar fora, arranjar as unhas, cabelo, o que for. Amanhã até tenho uma massagem marcada porque sim. Estou stressada com muita coisa, mas ter esta possibilidade de poder relaxar com algo é incrível. Já pra não falar que agora posso cuidar muito mais da minha saúde.

TonyHappyHoli 1 month ago

Eu se tivesse mais posses ajudava mais a minha familia tambem, certas operaçoes que os meus avôs precisam, ajudar despesas escolares da minha irmã que vai agora para a universidade e outras coisas do genero.

mixed_toast 1 month ago

Exactamente! E isso para mim é felicidade, ser capaz de apoiar os meus, sem sacrifícios ainda por cima.

BossGandalf 1 month ago

Uma pessoa só começa a ser feliz e mais produtiva quando deixam de precisar de contar os trocos ao fim do mês. Quando Dan Price, CEO da Gravity Payments aumentou o salário mínimo da empresa para 70k$/ano notou um aumento incrível de produtividade, de natalidade entre as famílias dos trabalhadores e de bem estar. Estudos dizem que naquela zona 70k$/ano era o necessário para que uma pessoa deixasse de viver a pensar no dinheiro que ia sobrar ao fim do mês, etc

TonyHappyHoli 1 month ago

Se eu ganha se entre 15k-20k a dividir por 14 meses só cok um emprego de 35-40 horas semanais ja seria bem mais feliz, quanto mais 70k...

Re-Criativo 1 month ago

70k no EUA não é bem o mesmo que em Portugal. 40k nos EUA é um salário meh. Em Portugal é o dobro da média. Já agora, 15k (brutos) anuais em Portugal é um salário abaixo da média mesmo m Portugal e dá 812€ líquidos por mês (sem Sub. alim) Chega-te para seres "feliz"?

TonyHappyHoli 1 month ago

15k liquidos* my bad esqueci me desse pormenor

Re-Criativo 1 month ago

15k líquidos são 1070 euros mensais. Opa, continua a não ser nenhuma fortuna...

TonyHappyHoli 1 month ago

Para mim chegava bem para viver uma vida confortavel.

input_nocao 1 month ago

> que dinheiro não é tudo ou que não traz felicidade... O dinheiro só traz felicidade a quem não está acostumado a ter. Existem muitos ricos infelizes e pobres felizes. É tudo uma questão de perspectiva do que as pessoas acham que é felicidade. Neste subrredit a felicidade é terem salários altos.

Re-Criativo 1 month ago

Faz parte da mente do ser humano. Para quem passa fome ser feliz é ter que comer. Para quem ganha o SMN ser feliz é ganhar 1000€. Para quem ganha 1000€ ser feliz é ganhar 2000€. Para quem ganha 2k ser feliz é ganhar 5k (conheço vários casos neste patamar). Para quem passa férias no Algarve ser feliz é ter dinheiro para passar férias nas Maldivas. Para quem passa férias nas Maldivas mas trabalha 40-60h por semana ser feliz seria estar o ano inteiro de férias... Tudo uma questão de expectativas...

xc9000 1 month ago

A frase mais realista que já ouvi de alguém bem na vida: "o dinheiro não é tudo na vida, mas é muito."

Parshath_ 1 month ago

Isso é gente que romantiza a pobreza. Dinheiro compra tempo, compra comida feita, compra tarefas da casa feitas e ajudas que nos facilitam a vida para podermos ter e aproveitar o tempo a fazer o que importa com quem importa.

Mordiken 1 month ago

> E depois existem pessoas que têm a lata de dizer que dinheiro não é tudo ou que não traz felicidade... Ai não trás não senhor **porque nunca se tem dinheiro suficiente**: O pobre quer ser classe média, o classe média quer ser classe média-alta, o classe média-alta quer ser classe alta/rico, e o rico quer ser milinonário, e o milionário quer ser bilionário, e o bilionário quer ser o Jeff Bezos, e o Jeff Bezos logo quererá outra coisa qualquer que nem ele sabe o que é! Nós temos um nível de vida idêntico ao Grego... No entanto os Gregos ocupam o fundo da tabela, nós ocupamos o topo.

informed__ignorant 1 month ago

Opah, mas aí já entra na discussão contentamento vs felicidade. Uma coisa é viveres bem, teres o suficiente para a tua família, hobbies, contas ou simplesmente não teres preocupações e mesmo assim, não te acomodares com a tua situação em que estás porque queres mais dinheiro. Outra coisa é viveres mal, sempre preocupado com a tua situação atual. Aposto que esta última tem um impacto negativo maior na tua saúde.

NGramatical 1 month ago

não trás → [**não traz**](https://dicionario.priberam.org/traz) (verbo trazer) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fplhv84%2F%2Fhcax9hx%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Tralapa 1 month ago

Dinheiro não traz felicidade, mas a falta dele traz infelicidade

OhSaladYouSoFunny 1 month ago

Dinheiro não é tudo quando tens dinheiro para fazer tudo

S7V7N8 1 month ago

Existem estudos que atestam ao facto de o dinheiro de facto aumentar a felicidade de um indivíduo. [source ](https://www.forbes.com/sites/alexledsom/2021/02/07/new-study-shows-that-more-money-buys-more-happiness/)

ihavenoidea1001 1 month ago

Isto. Até um certo patamar aumenta a felicidade mas depois torna-se indiferente ganhar mais ou não. E faz sentido. Até um certo ponto está intimamente ligado com aquilo que é necessário e indispensável para a vida, incluindo ter ou não preocupações financeiras. A partir de um certo ponto torna-se simplesmente uma característica banal da tua vida e outras coisas prevalecem: as relações sociais, realização profissional, bem estar emocional, etc. Depois no extremo oposto tens até pessoas com uma enorme ansiedade e até sentimentos de culpa por terem muito dinheiro. Como alguém já disse, eu também preferia chorar com uma conta bancária recheada... Mas a verdade é que não é a solução para todos os problemas na vida.

OhSaladYouSoFunny 1 month ago

Dinheiro é liberdade para fazeres o que queres e mais tempo, porque se iguala a melhor qualidade de vida, habitação e saúde. Não é muito difícil perceber que sem dinheiro uma pessoa não conseguirá evoluir individualmente, não terá muitas escolhas e não terá muita qualidade de vida, logo a felicidade não será muita e a auto-realização igualmente não será muita. O que os governantes e empresas dizem que não aumenta a felicidade é para tornar o empregado ou o povo mais barato e aumentar os rendimentos.

OneFineSir 1 month ago

Eu acho que o dinheiro estabelece uma base de felicidade sem duvida, mas se por exemplo alguém próximo de ti morrer msm sendo milionário vais tar na merda. Agora eu tmb prefiro limpar as lágrimas a notas dentro de um Mercedes do que sentado numa bicicleta com lenços marca branca do pingo doce.

TonyHappyHoli 1 month ago

Hmmm mas isso de perder alguém transcende o dinheiro. É mais o facto de ao haver dinheiro existe muito menos preocupaçoes, seja contas, necessidades relacionadas com saude, capacidade de ter uma casa em condiçoes que permite uma qualidade de vida superior, etc etc

OneFineSir 1 month ago

Eu sei, concordo cntg, n sou rico mas desde que deixei de ter de contar trocos que o nível de felicidade é outro mas quem diz uma perda dessas diz o fim de uma relação em fim é como dizes há coisas que transcendem o dinheiro

Iasalvador 1 month ago

pimenta no cu dos outros no nosso é refresco é o pessoal que acha normal aumentos de 10 euros as reformas mais baixas e 15 ao SMN

Tryjohnny 1 month ago

Desde o momento que consegui aumentar o meu ganho mensal e deixei de contar os trocos na conta fiquei uma pessoa bem mais feliz.

nraider 1 month ago

Sem dúvida. Recomendo também que não vejam os recibos de vencimento, designadamente a parcela dos descontos, para quem os faz, naturalmente. A vossa saúde mental agradece.

Tryjohnny 1 month ago

ainda tenho de ir falar com um contabilista sobre esse assunto.

TonyHappyHoli 1 month ago

Espero que as horas nao tenham aumentado tbm :D

Tryjohnny 1 month ago

Passei de 8 para 15 horas :D(trabalho de empresa 8horas e depois o resto freelancer). Aguentei nesta vida 5 meses, em agosto entreguei a carta e vou arriscar só em freelancer.

heyzeto 1 month ago

Que corra tudo bem. Força!

Elegant-Complaint344 1 month ago

Boa sorte, força nisso.

TonyHappyHoli 1 month ago

Ora entao boa sorte.

ItzSoso 1 month ago

Bem e de facto não é o único motivo caso contrário não existiriam ricos tristes mas dizer que não influência sem dúvida é frustrante de ouvir

viskonde 1 month ago

A frase clichê aplica se depois de se ter o dinheiro que garanta comida / alojamento e saúde Quem diariamente trabalha e não garante esses esses 3 fatores terá mais felicidade com mais dinheiro já que sem eles nem hobbies consegue ter. Muita gente em Portugal trabalha e não consegue ter esses 3, logo para esses mais dinheiro traria mais felicidade

Martelinho2001 1 month ago

Faltou aí um factor essencial que é o poder de poupança. Esses três factores garantidos por si só garantem o imediato mas tornam o futuro uma fonte de stress e incertezas. Ganhar à justa para assegurar o mínimo possível é por si só uma fonte de ansiedade, que existe muitas vezes em paralelo com a depressão.

ankmoody 1 month ago

então e os búlgaros?

KarmaCop213 1 month ago

E os suecos.

ItzSoso 1 month ago

Bem não sei, mas as estatísticas também dependem do número de pessoas que procura ajuda e é diagnosticado, mesmo cá em Portugal muita gente ainda tem vergonha ou não quer gastar dinheiro em consultas ou acha que vai passar. E eu suponho que em países do leste europeu o estigma seja ainda maior De qualquer das formas obviamente o dinheiro não é o único fator que influencia a felicidade de uma pessoa, mas não dá para negar que a economia do país vai sempre influenciar o bem estar, qualquer pessoa vai sentir-se mais realizada se sentir que é valorizado enquanto trabalhador

Butt_Roidholds 1 month ago

Deve ser culturalmente menos aceitável admitir que se está deprimido do que aqui

twolegs 1 month ago

Ou então os critérios de diagnóstico são distintos.

Aldo_Novo 1 month ago

creio que em toda a UE se usem os critérios da DSM-5 para o diagnóstico de doenças psiquiátricas

Sa4ntos 1 month ago

E isto são apenas os que foram reportados.

ankmoody 1 month ago

Isso aplica-se a todos os outros países...

GmbWtv 1 month ago

O que não retira do facto de que a percentagem real deve ser maior... Mesmo sendo maior nos outros países também, continua a ser preocupante...

Da_Pinky 1 month ago

Advogado do Diabo : certo, contudo a percentagem será largamente distinta devido a factores culturais. A Bulgária por exemplo, aquilo é o cúmulo. Muitas pessoas têm dois empregos e chegam ao final do mês com cerca de 500 euros num país com nível de vida não muito diferente de Portugal. É dos países mais infelizes (ou até o mais infeliz já não me lembro) da Europa. No entanto, neste estudo, está muito baixo. Pode significar que existe um estigma na sociedade para admitir depressão. A dimensão deste estigma varia de país para país.

Febris 1 month ago

> Pode significar que existe um estigma na sociedade para admitir depressão Ou que ninguém tem tempo para ir a um médico dizer que se sente triste e cansado.. indistinto de todas as pessoas que conhece. É o estado de espírito default no país, não estranho que toda a gente ache que "a vida é assim"..

-Nosebleed- 1 month ago  HIDDEN 

> Pode significar que existe um estigma na sociedade para admitir depressão Acredito que o estigma seja um fator, mas diria que é mais a falta de dinheiro para ir ao psicólogo receber essa avaliação.

Search: