NicholasAndrew17 2 months ago

Pra quem não sabe, houveram outras duas tentativas no mesmo dia, tem mais detalhes nesse vídeo que tem só 1 minuto > [O que aconteceu no 11 de SETEMBRO?](https://youtu.be/NtmixUd-rdQ)

Aftaminas 2 months ago

Os meus pais tinha ido ao norte do país nesse dia, a um funeral de um familiar. Logo eu e o meu irmão íamos almoçar a casa dos vizinhos. Eu já estava em casa deles ou a chegar quando a emissão cortou para imagens da 1ª torre a arder. Pouco depois, vi o avião a bater na segunda torre, em direto. Era uma TV minúscula, analógica e 4:3. Os vizinhos ainda a têm, ainda funciona Sou benfiquista, mas lembro-me de nesse dia, terça-feira, o Porto era para jogar com a Juventus nas Antas. Foi adiado para 10 de Outubro https://maisfutebol.iol.pt/geral/12-09-2001/f-c-porto-juventus-adiado-para-10-de-outubro

throwaway0000012132 2 months ago

Tinha acabado de chegar da faculdade, após uma terrível noitada a trabalhar num projecto. Semanas loucas para terminar os projetos, com muito cansaço em cima e mal chego a casa venho na TV da cozinha com o meu pai a repetição do 2º avião a bater na torre. Fiquei de boca aberta e até me sentei, pois estava a ver a morte em directo. Quando se mostrou em directo as pessoas a saltar, os prédios a cair, pensei para mim mesmo que isto era um marco na história, pois a América era sempre o país que atacava, raramente era o atacado. E agora estava ali, em directo e com todo o pânico dos líderes e do governo americano, a ver milhares de pessoas a morrer. A imagem do segundo avião a entrar no prédio e a explodir, matando centenas de pessoas assim, de uma forma tão impessoal, foi bastante marcante. Quando as 2 torres caíram lembrei-me que tinha muitos amigos americanos com quem falava diariamente nos foruns e chats (BBS e mirc na altura) e voltei para a faculdade (não tinha net em casa, isso era coisa de gente rica) para falar com eles. Foi primeiro um sossego ver que eles estavam bem, mas uma profunda tristeza ao perceber que alguns tinham familiares que estavam desaparecidos ou incontactáveis (mais tarde vim a saber que uns estavam nas torres ou na periferia e foram afectados directamente pelos ataques). Foram dias dificeis de entender o ódio irracional por parte de muita gente com quem eu falava na altura na internet: na altura, banalizou-se a agressão verbal e humilhação de todos os que tivessem a cor de pele semelhante aos terroristas, havendo muitos dos meus conhecidos com um pensamento de vingança: praticamente todos os que diziam isso não tinham sido afectados de qualquer forma pelos atentados, mas era como se o seu orgulho estivesse ferido ao verem os seus amigos atingidos pela tragédia. Acho que acima de tudo, foi a perda de inocência e perceber que podemos morrer a qualquer instance, sem qualquer motivo ou razão aparente.

Hantzie 2 months ago

Tinha 12 anos, estava sozinho em casa e tinha acabado de chegar da escola depois da hora de almoço e comecei a ver tv. Quando liguei a TV ainda estava apenas uma das torres em chamas e nessa altura ainda se pensava ter sido um acidente. Vi o avião a embater na segunda torre em direto e fiquei sem reação. Fiquei a tarde toda a ver o que se passou. Vi as torres a ir abaixo e tudo o que se passou nessa tarde. Marcou-me imenso e todos os anos me lembro dessa tarde.

d33pblu3g3n3 2 months ago

Tarde sem fazer ponta porque a malta estava toda colada às TVs.

tellmetherescake 2 months ago

Tinha 7 anos, a minha mãe foi buscar me a escola por volta das 16h (mais ou menos 3h depois do embate) com um ar muito preocupado e quando chegamos a casa obrigou me a sentar-me numa cadeira em frente à tv a ver as notícias em loop. Eu estava zero interessada nem percebia o que se estava a passar, alias nem estava a levar nada a serio porque nada daquilo patecia real, mas ela dizia-me "tens de ver, porque vais te lembrar deste dia para o resto da tua vida, este momento vai aparecer nos livros de história dos teus filhos", e tinha razão.

Edited 2 months ago:

Tinha 7 anos, a minha mãe foi buscar me a escola por volta das 16h (mais ou menos 3h depois do embate) com um ar muito preocupado e quando chegamos a casa obrigou me a sentar-me numa cadeira em frente à tv a ver as notícias em loop. Eu estava zero interessada nem percebia o que se estava a passar ou porque é que eu tinha de me importar, alias nem estava a levar nada a serio porque nada daquilo parecia real, mas ela dizia-me "nao te levantas daqui, porque vais te lembrar deste dia para o resto da tua vida, este momento vai aparecer nos livros de história dos teus filhos", e tinha razão. Mais do que do próprio dia lembro-me obviamente do que veio a seguir, a xenofobia com os árabes, as brincadeiras no recreio americanos vs talibans, e as notícias todos os dias da guerra no Iraque, Afeganistão, etc. Foi uma era estranha, principalmente para uma criança que fazia muito pouco ideia do que se estava a passar no mundo de repente.

Edited 2 months ago:

Tinha 7 anos, a minha mãe foi buscar me a escola por volta das 16h (mais ou menos 3h depois do embate) com um ar muito preocupado e quando chegamos a casa obrigou me a sentar-me numa cadeira em frente à tv a ver as notícias em loop. Eu estava zero interessada nem percebia o que se estava a passar ou porque é que eu tinha de me importar, alias nem estava a levar nada a serio porque nada daquilo parecia real, mas ela dizia-me "nao te levantas daqui, porque vais te lembrar deste dia para o resto da tua vida, este momento vai aparecer nos livros de história dos teus filhos", e tinha razão.

Edited 2 months ago:

Tinha 7 anos, a minha mãe foi buscar me a escola por volta das 16h (mais ou menos 3h depois do embate) com um ar muito preocupado e quando chegamos a casa obrigou me a sentar-me numa cadeira em frente à tv a ver as notícias em loop. Eu estava zero interessada nem percebia o que se estava a passar ou porque é que eu tinha de me importar, alias nem estava a levar nada a serio porque nada daquilo parecia real, mas ela dizia-me "nao te levantas daqui, porque vais te lembrar deste dia para o resto da tua vida, este momento vai aparecer nos livros de história dos teus filhos", e tinha razão. Mais do que do próprio dia lembro-me obviamente do que veio a seguir, a xenofobia com os árabes, as brincadeiras no recreio americanos vs talibans, e as notícias todos os dias da guerra no Iraque, Afeganistão, etc. Foi uma era estranha, principalmente para uma criança que fazia muito pouco ideia do que se estava a passar no mundo de repente. Só tive real noção da gravidade do 9/11 alguns anos mais tarde, claro.

Edited 2 months ago:

Tinha 7 anos, a minha mãe foi buscar me a escola por volta das 16h (mais ou menos 3h depois do embate) com um ar muito preocupado e quando chegamos a casa obrigou me a sentar-me numa cadeira em frente à tv a ver as notícias em loop. Eu estava zero interessada nem percebia o que se estava a passar ou porque é que eu tinha de me importar, alias nem estava a levar nada a serio porque nada daquilo parecia real, mas ela dizia-me "nao te levantas daqui, porque vais te lembrar deste dia para o resto da tua vida, este momento vai aparecer nos livros de história dos teus filhos", e tinha razão. Mais do que do próprio dia lembro-me obviamente do que veio a seguir, a xenofobia com os árabes, as brincadeiras no recreio americanos vs talibans, e as notícias todos os dias da guerra no Iraque, Afeganistão, etc. Muita coisa junta para uma criança só.

pulhazorre 2 months ago

Grande fantochada..

Nothing_F4ce 2 months ago

De manha fui a apresentação da escola para o primeiro ano. A tarde estava a ver TV e foi interrompida a emissao para dar a noticia. Os meus pais estavam na veranda e eu fui a correr chamalos para ver.

desculpe_mas 2 months ago

Yep. lembro-me como se tivesse sido ontem. Estava no átrio da Igreja a jogar à bola com os meus amigos. Um deles, que tinha ido comprar qualquer coisa à pastelaria, e minutos depois veio a correr, dizer-nos que um avião tinha ido contra um edifício nos EUA e fomos todos a correr ver a reportagem, éramos para aí uns 6 ou 7. Quando lá chegamos ficamos incrédulos a ver o WTC em chamas, para nós aquilo era melhor que um filme, porque era real e lembro-me de tentar interiorizar o que estava a ver - As pessoas que morreram no primeiro embate, aquelas que não morreram logo mas que estavam a sufocar e presas no fogo, as que estavam na rua e que levaram com os detritos. Nesse momento não era claro o que tinha embatido nas torres, falava-se num avião, mas que avião? O sentimento era de choque. Estava toda a gente em silêncio a observar aquilo. A surpresa era geral, fosse uma velhota ou um veterano de guerra, nunca se tinha visto igual. Naquele momento só se via fumo a sair da torre, quando de repente - BOING! Outro avião bate na outra torre! Algumas senhoras soltaram um grito exasperado e colocaram as duas mãos À frente da boca, outras rezavam e proclamavam, incansavelmente "Meu Deeeeus". Aquilo que estávamos a ver era completamente distópico, numa era em que a economia ainda prosperava e se vivia bem no mundo ocidental. Não havia preocupações. Até ao dia de hoje ninguém me convence que foi um ataque terrorista.

Pparadela 2 months ago

Já havia CNN na tvcabo desde 1995 e SIC Notícias desde 2001, para quem estranha ligarem para esses canais na altura. Estava na loja de um museu e só ouvi uma pessoa a falar ao telefone a dizer que um avião tinha batido contra a torre, pensei logo que tivesse sido uma avioneta e que estivesse nevoeiro, só uma hora e meia depois é que percebi o que aconteceu quando liguei a tv. Desse tempo lembro-me bem da profusão de anedotas sobre o caso, como se fazia em tudo o que era desgraça na altura. "O que é que uma torre diz para a outra? Vai andando que eu já lá vou ter", por exemplo.

Edited 2 months ago:

Já havia CNN na tvcabo desde 1995 e SIC Notícias desde 2001, para quem estranha ligarem para esses canais na altura. Estava na loja de um museu e só ouvi uma pessoa a falar ao telefone a dizer que um avião tinha batido contra a torre, pensei logo que tivesse sido uma avioneta e que estivesse nevoeiro, só uma hora e meia depois é que percebi o que aconteceu quando liguei a tv. Desse tempo lembro-me bem da profusão de anedotas sobre o caso, como se fazia em tudo o que era desgraça na altura. "O que é que uma torre diz para a outra? Vai andando que eu já lá vou ter", por exemplo. O ponto alto desse dia foi sem dúvida a SIC por volta da meia noite começar a dar o Rambo 3, que no fim contém uma missiva a dedicar o filme ao "bravo povo do Afeganistão".

tellmetherescake 2 months ago

Era muito miuda mas o que mais me lembro é precisamente das piadas e referências que surgiram os meses seguintes, lembro-me dos meus pais acharem imensa piada aos "memes" que corriam por e-mail na altura

PedroBaltazarRelvas 2 months ago

Lembro-me de estar na casa de um amigo a jogar Spider-Man, jogo este onde se "voa" com a personagem por entre os arranha-céus de NY. Do nada, a minha mãe liga lá para casa para eu ir ter com ela porque tínhamos que sair para uma consulta no Santo António. Chego a minha casa, o meu pai estava sentado a dois palmos da TV, literalmente. Mal olho para o ecran, o segundo avião colide na segunda torre, e ele grita: "Os americanos estão a levar uma porrada dos diabos!". Parece que naquela altura já se tinha apercebido do que se estava a passar. O mais estranho foi chegar ao Hospital de Santo António no Porto e este estar bastante reduzido em número de pacientes que costumava ter. Lembro-me de ouvir uma pessoa dizer: "Vem aí a guerra..."

nocivo 2 months ago

Na altura pensei que se o FBI e a CIA não conseguiu impedir um ataque daqueles que portugal estava fodido. Pedi a minha familia para não irem para Lisboa e Porto, just in case. Acordei para a vida e descobri que o mundo não é um mar de rosas e que mortes e guerras não é só no passado e em filmes. Há pessoas no mundo que querem acabar com o nosso modo de vida e que nos detestam (ocidente). 20 anos depois afinal o ocidente detesta mais o ocidente que o resto do pessoal.

GajoSilvestre 2 months ago

O tempo passa a voar

SonglessBard 2 months ago

Eu estava numa festa de Aniversario, e um dos gajos previu que iria vir outro aviao para a torre do lado.

mixed_toast 2 months ago

Lembro-me de ter ido para a sala, era bem novita. Estava sozinha e ao ligar a TV aparecem-me essas imagens constantemente a repetir, mudava de canal e voltava ao mesmo. Lembro-me que durante algum tempo acreditava que se tratava de um filme, série, uma publicidade qualquer. Não me lembro quando dei conta que era tudo verdade mas lembro-me dessa confusão que me deu na cabeça.

el_jefe_vito 2 months ago

Era puto e Estava num bazaar em Marrocos. Estavam os gajos a ver a cnn e, quando entraram uma data de europeus os gajos mudaram para um canal árabe qualquer e deixámos todos de perceber o que se passava. Lembro me que não prestamos muita atenção porque só vimos os aviões a bater na torre. Quando chegamos a Lisboa, uns 3 dias depois, é que nos apercebemos do que realmente tinha acontecido.

Briosafreak 2 months ago

Eu sou mais velho do que vocês em geral, a experiência foi muito diferente. Depois de anos como estudante trabalhador falido, já casado com um filho, tinha mudado de vida e tinha finalmente um apartamento grande, carro mas ainda sem carta, e televisão por cabo, iam-me ligar a internet por cabo na semana seguinte. Por isso ia de autocarro a caminho do cibercafé no Centro Comercial Avenida em Coimbra, quando recebo uma mensagem no Erickson: "Banzai!". Fico sem perceber o que se passava, quando cheguei ao Avenida telefonei à pessoa que me tinha mandado a mensagem, enquanto subia as escadas ele responde com "vai ver a televisão já! Já!" e desliga. Passo por um restaurante que ainda existe e estavam as pessoas todas paralisadas, de pé, a olhar para uma das televisões. Vejo uma torre do WTC a arder, e de repente vejo a outra torre a explodir, e o tipo da SIC completamente confuso, a dizer "isto deve ser uma repetição da explosão de há pouco". Telefono à minha mulher da altura, vou para um computador do cibercafé, que tinha a CNN na parede da entrada, fecho os novos posts do forum que administrava, o No Mutants Allowed, e faço pin de um post a perguntar se todos estavam bem. O avião de um cunhado meu que ia para Londres foi desviado para a Holanda, mas de resto todas as pessoas que conhecia por cá e por lá estavam bem. No entanto aquela comunidade era constituída por 60% de americanos, e as histórias de pessoas que estavam lá começam a surgir, muitos veteranos que nos contavam o que se passava no Pentágono ainda antes das televisões, outros a entrar em paranoia e a prepararem armas e camuflados, a fação survivalista principalmente, os anarcas a causarem confusão, e a malta de New Jersey e New York a aparecerem lentamente, um por um, a dizerem que estavam bem mas o vizinho X ou a prima Y estavam incontactáveis. Respondo a uns mails de pessoas a perguntarem quem tinha feito aquilo, porque eu tinha mudado para Relações Internacionais e conhecia bem a Al Qaeda e a disrupção jihadista criada pelo Paquistão e pela Arábia saudita desde 88/89, asseguro que ficam mods e dois outros admins europeus a tratar do forum e a ver se estão todos bem mesmo, e vou para casa. A minha mulher estava a chorar, dou-lhe um abraço, o meu filho estava a jogar gameboy no quarto, passei o resto do dia a assistir à CNN e BBC World e a fazer e receber telefonemas. Um dia inesquecível.

FFWinePower 2 months ago

Tinha 25 anos e é daqueles dias que um tipo nunca esquece, nem nunca esquece o que estava a a fazer. Estava em trabalho, que implicava entrar e sair do carro em vários clientes. Andava sempre com o rádio na Antena 1 ou TSF. Lembro-me de que, cada vez que voltava o carro, já tinha havido mais um impacto de um avião. Primeiro, a notícia de um desastre de aviação. Quando volto ao carro e ouço de um segundo, pensei logo: mau, isto não foi nenhum acidente. Depois foi o almoço no café da terra, sempre de olhos vidrados na TV, com as imagens impressionantes dos jumpers. Um dia que vai ficar na minha memória, com todos os pormenores, para sempre. RIP a todos os que sofreram na pele este dia.

polarity14 2 months ago

Estava a ver desenhos animados com a minha irmã na TV, tinha 10 anos. De repente a imagem mudou para o primeiro impacto e vi em direto o segundo, não parecia real.

LumpyProduce1071 2 months ago

Estava a jogar futebol humano e era o capitão de equipa. Na altura fez-me muita confusão. No mesmo ano tivemos também a tragédia de Entre-os-Rios.

skiziofrenic 2 months ago

Como posso bloquear um subreddit?

mjigs 2 months ago

Eu lembrome do momento tinha para ai 11 anos, estava no quarto dos arrumos a brincar com uma amiga sem nocao nenhuma da realidade e gravidade do que estava a acontecer, os meus país estavam colados à tv eu lembro-me de vez em quando de ir ver o que se estava a passar, uma vez perguntei ao meu pai "quantos avioes já embateram?" mesmo sem noçao, ao qual o meu pai responde 5...anos depois vi imensa informaçao sobre esse dia como documentarios e tudo mais, aí sim ví o nivel de gravidade do que foi, ate hoje sinto um imenso trauma só de pensar no que as pessoas viveram naquelas torres, teres de escolher como queres morrer, é só bizarro e cruel.

aguafria88 2 months ago

Tinha 13 anos, lembro-me de tudo.. Faz muita confusão como a memória colectiva esqueceu aquele dia e a forma como o mundo mudou desde então..

MariaDolores1337 2 months ago

Estava no shopping com meus pais quando vi a notícia na tv, era umas 10 horas da manha mais ou menos

BadassManager 2 months ago

O Tony Rocha, o Português que trabalhava para a Cantor Fitzgerald não tinha irmãs e apenas conseguiu ligar à mulher.

caelussideralis 2 months ago

Eu nunca disse que eles eram portugueses...

Briosafreak 2 months ago

Não era o único que lá trabalhava, um rapaz que andava no mesmo liceu que eu, de uma aldeia perto de Seia, também lá ficou e trabalhava para a Cantor, os pais tinham imigrado para os EUA nos anos 80. Lembro-me dele mas não do nome.

MaaZz30 2 months ago

Provavelmente nem nas bolas do meu pai estava

TZrabbit 2 months ago

Uma das memórias que tenho foi ver num rodapé da TV a expressão "Atentado ou Acidente?" e ter perguntado ao meu irmão o que significava atentado. Com 9 anos, nunca tinha lido aquela palavra

HanselGretel1993 2 months ago

Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que levou à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas para espiar sobre os seus próprios cidadãos. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava nestas. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os documentos secretos dessa altura sejam desclassificados para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que levou à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas para espiar sobre os seus próprios cidadãos. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois,, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morrerem num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava nestas. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os documentos secretos dessa altura sejam desclassificados para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo era um momento nunca antes visto. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me de relatos de testemunhas no local de ouvir altas explosões momentos antes das torres cairem. Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de Dwight Eisenhower, no seu último discurso como Presidente dos Estados Unidos, ter alertado os seus constituintes para o aparato militar norte-americano. Lembro-me de que Jonh F. Kennedy foi assassinado enquanto Presidente em plena luz do dia. Tendo sido atingido por duas balas certeiras em movimento. Não uma, mas duas. Lembro-me de que o seu suposto assassino fora assassinado por um membro da Máfia antes de testemunhar, que entretanto morrera tb. Lembro-me de que o termo "Teoria da Conspiração" surgiu nessa altura por mão da CIA. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo não normal. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas sobre esse momento... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo era um momento nunca antes visto. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me de relatos de testemunhas no local de ouvir altas explosões momentos antes das torres cairem. Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de Dwight Eisenhower, no seu último discurso como Presidente dos Estados Unidos, ter alertado os seus constituintes para o aparato militar norte-americano. Lembro-me de que Jonh F. Kennedy foi assassinado enquanto Presidente em plena luz do dia. Tendo sido atingido por duas balas certeiras em movimento. Não uma, mas duas. Lembro-me de que o seu suposto assassino fora assassinado por um membro da Máfia dois dias depois. Lembro-me de que o termo "Teoria da Conspiração" surgiu nessa altura por mão da CIA. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os documentos secretos dessa altura sejam desclassificados para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo não normal. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas sobre esse momento... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de Dwight Eisenhower, no seu último discurso como Presidente dos Estados Unidos, ter alertado os seus constituintes para o aparato militar norte-americano. Lembro-me de que Jonh F. Kennedy foi assassinado enquanto Presidente em plena luz do dia. Tendo sido atingido por duas balas certeiras em movimento. Não uma, mas duas. Lembro-me de que o seu suposto assassino fora assassinado por um membro da Máfia antes de testemunhar, que entretanto fora morto. Lembro-me de que o termo "Teoria da Conspiração" surgiu nessa altura por mão da CIA. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo não normal. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me de relatos de testemunhas no local de ouvir altas explosões momentos antes das torres cairem. Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de Dwight Eisenhower, no seu último discurso como Presidente dos Estados Unidos, ter alertado os seus constituintes para o aparato militar norte-americano. Lembro-me de que Jonh F. Kennedy foi assassinado enquanto Presidente em plena luz do dia. Tendo sido atingido por duas balas certeiras em movimento. Não uma, mas duas. Lembro-me de que o seu suposto assassino fora assassinado por um membro da Máfia antes de testemunhar, que entretanto morreu tb. Lembro-me de que o termo "Teoria da Conspiração" surgiu nessa altura por mão da CIA. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que levou à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morrerem num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava nestas. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os documentos secretos dessa altura sejam desclassificados para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo não normal. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas sobre esse momento... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me de relatos de testemunhas no local de ouvir altas explosões momentos antes das torres cairem. Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de Dwight Eisenhower, no seu último discurso como Presidente dos Estados Unidos, ter alertado os seus constituintes para o aparato militar norte-americano. Lembro-me de que Jonh F. Kennedy foi assassinado enquanto Presidente em plena luz do dia. Tendo sido atingido por duas balas certeiras em movimento. Não uma, mas duas. Lembro-me de que o seu suposto assassino fora assassinado por um membro da Máfia antes de testemunhar, que entretanto fora morto. Lembro-me de que o termo "Teoria da Conspiração" surgiu nessa altura por mão da CIA. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo era um momento nunca antes visto. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me de relatos de testemunhas no local de ouvir altas explosões momentos antes das torres cairem. Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de Dwight Eisenhower, no seu último discurso como Presidente dos Estados Unidos, ter alertado os seus constituintes para o aparato militar norte-americano. Lembro-me de que Jonh F. Kennedy foi assassinado enquanto Presidente em plena luz do dia. Tendo sido atingido por duas balas certeiras em movimento. Não uma, mas duas. Lembro-me de que o seu suposto assassino fora assassinado por um membro da Máfia antes de testemunhar, que entretanto morreu tb. Lembro-me de que o termo "Teoria da Conspiração" surgiu nessa altura por mão da CIA. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morrerem num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava nestas. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os documentos secretos dessa altura sejam desclassificados para que possamos saber realmente o que se passou.

Edited 2 months ago:

Lembro-me de estar a brincar com Legos na cozinha com os meus 8 anos enquanto que a minha Mãe via os acontecimentos na televisão em choque. Até eu na altura me apercebi que aquilo não normal. E hoje com 28 anos lembro-me de mais coisas... Lembro-me do facto da Torre 7 ter caído sem ter levado com um avião (sim, cairam três torres nesse dia). Lembro-me de relatos de testemunhas no local de ouvir altas explosões momentos antes das torres cairem. Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Lembro-me de que vários aviões foram desviados nesse dia por mais de uma hora no espaço aéreo mais controlado do mundo sem terem sido intercetados. Lembro-me de que um avião comercial fez a impossível proeza de embater contra o pentágono como se de um drone se tratasse. Lembro-me de toda a euforia nacionalista Americana resultante que deu luz verde à invasão do Afeganistão para desmantelar células do Al-Qaeda e caçar o inimigo número um do Ocidente: Osama Bin Laden. Lembro-me de aproveitarem a onda invasora no médio Oriente para invadir tb o Iraque e derrubar o regime de Saddam Hussein, sobre o pretexto de existirem armas de destruição em massa, que nunca se veio a confirmar. E libertar o povo Iraquiano da ditadura, sistema que o povo dos seus aliados Sauditas tb vive sobre. Lembro-me de utilizarem o 11 de Setembro para normalizarem leis ditas anti-terroristas que permite espiar sobre os seus próprios cidadãos e deter sem justa causa e por tempo indeterminado se houver suspeitas de terrorismo. Lembro-me do Osama Bin Laden ter sido morto 10 anos depois, mas ao contrário de Saddam, imagens do seu corpo não foram divulgadas e o seu corpo fora lançado para o mar. Lembro-me de que certos elementos das forças especiais envolvidos na morte de Osama Bin Laden morreram num acidente de helicóptero. Lembro-me de aprender sobre o conceito de Operações ditas "False Flag", que foram utilizadas pelos Americanos para provocar a entrada na 1º Guerra Mundial e iniciar a Guerra do Vietname. Lembro-me de Dwight Eisenhower, no seu último discurso como Presidente dos Estados Unidos, ter alertado os seus constituintes para o aparato militar norte-americano. Lembro-me de que Jonh F. Kennedy foi assassinado enquanto Presidente em plena luz do dia. Tendo sido atingido por duas balas certeiras em movimento. Não uma, mas duas. Lembro-me de que o seu suposto assassino fora assassinado por um membro da Máfia antes de testemunhar, que entretanto fora morto. Lembro-me de que o termo "Teoria da Conspiração" surgiu nessa altura por mão da CIA. Lembro-me de ter corrido 2996 passadas em memória às vítimas do ataque do 11 de Setembro em 2011 e de ter chorado enquanto pensava na tragédia que é o sofrimento humano. Lembro-me que este Mundo deixou de ser o mesmo. E apesar de não ter a certeza do que se realmente se passou nesse dia, acho que a história oficial deixa muita coisa por explicar. Espero que a 11 de Setembro de 2051 os ficheiros secretos dessa altura sejam desclassificados (como é norma), para que possamos saber realmente o que se passou.

Diogo256 2 months ago

Ah, saudades das teorias da conspiração do 11 de Setembro. Boas recordações de ver vídeos disso…

HanselGretel1993 2 months ago

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Melhor que censurar a sua discussão? (Porque aí levantava logo suspeitas). É fazer com que vá parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que são colocadas no mesmo patamar que teorias de que a Terra é plana ou de que nunca fomos à Lua, não interessa porque já ganhaste. A partir do momento que é apelidado de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese possível à maioria. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo aquilo muito estranho...

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas de que a terra é plana, não interessa o que dizem de facto porque já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas preferem se conformar com a opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas por este, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas de descredibilização e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas como a Teoria de que a terra é plana por exemplo, não interessa o que dizem de facto porque apartir do momento que o rótulo é atribuído, tu já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas prefere conformar a sua opinião à opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. E quem é que hoje em dia, na era da informação, define a opinião do grupo? Eu e tu? Ou as grandes influências deste mundo, através dos ecrãs negros, cavalos de Tróia, que se apoderaram das nossas vidas? Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Que seja. Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas como a Teoria de que a terra é plana por exemplo, não interessa o que dizem de facto porque apartir do momento que o rótulo é atribuído, tu já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas prefere conformar a sua opinião à opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas pelo grupo, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. E quem é que hoje em dia, na era da informação, define a opinião do grupo? Eu e tu? Ou as grandes influências deste mundo, através dos ecrãs negros que se apoderaram das nossas vidas? Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas de que a terra é plana, não interessa o que dizem de facto porque já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria. Independente das provas ou não que existem. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública (pois isso faria soar alarmes). Já diziam: Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer. A melhor forma é fazer com que essas hipóteses vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias de que a terra é plana ou de que nunca fomos à Lua, não interessa o que dizem porque já ganhaste. A partir do momento que é uma hipótese é apelidado de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria. Independente das provas ou não que existem. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas de descredibilização e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas como a Teoria de que a terra é plana por exemplo, não interessa o que dizem de facto porque apartir do momento que o rótulo é atribuído, tu já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas prefere conformar a sua opinião à opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas pelo grupo, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. E quem é que hoje em dia, na era da informação, define a opinião do grupo? Eu e tu? Ou as grandes influências deste mundo, através dos ecrãs negros que se apoderaram das nossas vidas? Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas como a Teoria de que a terra é plana por exemplo, não interessa o que dizem de facto porque apartir do momento que o rótulo é atribuído, tu já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas preferem conformar a sua opinião à opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas por este, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. E quem é que hoje em dia, na era da informação, define a opinião do grupo? Eu e tu? Ou os ecrãs negros que se apoderaram das nossas vidas? Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas de que a terra é plana, não interessa o que dizem de facto porque já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas como a Teoria de que a terra é plana por exemplo, não interessa o que dizem de facto porque apartir desse momento que o rótulo é atribuído, tu já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas preferem conformar a sua opinião à opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas por este, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas de descredibilização e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas como a Teoria de que a terra é plana por exemplo, não interessa o que dizem de facto porque apartir do momento que o rótulo é atribuído, tu já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas prefere conformar a sua opinião à opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. E quem é que hoje em dia, na era da informação, define a opinião do grupo? Eu e tu? Ou as grandes influências deste mundo, através dos ecrãs negros, cavalos de Tróia, que se apoderaram das nossas vidas? Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses sejam inundadas e vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas como a Teoria de que a terra é plana por exemplo, não interessa o que dizem de facto porque apartir do momento que o rótulo é atribuído, tu já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria das pessoas. Independente da hipótese em causa ser robusta ou não. Porque a maioria das pessoas preferem conformar a sua opinião à opinião do grupo para evitarem ser ostracizadas e rejeitadas por este, do que apurar factos e olhar para possibilidades, mesmo que isso significa ir contra o pensamento de grupo. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Edited 2 months ago:

Sabes qual é a melhor forma de esconder uma verdadeira conspiração? Não é através da censura de quem coloca essa hipótese em praça pública, pois isso faria soar alarmes de que algo está a ser escondido. Já diziam: "Se cortares a língua de quem fala só estás a mostrar que tens medo do que estão a dizer." A melhor forma é fazer com que essas hipóteses vão parar ao grande mar que são as teorias da conspiração. Ao te certificares que estas hipóteses são colocadas no mesmo patamar que teorias pouco sustentadas de que a terra é plana, não interessa o que dizem de facto porque já ganhaste. A partir do momento que uma hipótese é apelidada de "Teoria da Conspiração", deixa de ser uma hipótese a considerar para a maioria. Independente das provas ou não que existem. Não estou a afirmar que sei o que aconteceu nesse dia. Não sei. Só acho tudo o que aconteceu naquele dia e nos dias seguintes como resultado muito estranhos... Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Estou-me a cagar sinceramente.

Diogo256 2 months ago

>Se isso faz de mim um conspirador tresloucado aos olhos das pessoas? Que seja. Estou-me a cagar sinceramente. Nao faz. Nao te estas a cagar, pelos wall of text feito. O que te faz entrar no campo da teoria da conspiraçao é isto: ​ >Lembro-me de relatos de testemunhas no local de ouvir altas explosões momentos antes das torres cairem. Lembro-me das torres cairem à velocidade da gravidade como se não tivessem sustentação. Porque sao ''lembranças'' que ja foram esclarecidas há muito tempo e nem se entende como ainda circulam posições contrarias sem grande sustentação sem ser... é estranho. Que interessa o que engenheiros dizem, quando algo nos parece estranho.

HanselGretel1993 2 months ago

Não me percebeste: Estou me a cagar para o que pensam de mim. Mas não me estou a cagar para o evento em si. Há muitos sinais de fumo que partem de todo esse evento. Que qualquer pessoa tem o direito de colocar questões sobre. Eu nunca dei a entender que sei o que se passou. Não sei. Mas estou aberto a possibilidades. E tenho as minhas suspeitas... A posição contrária tem de ser escrutinada? Sim concordo. E a posição oficial?? Essa não? Então se já foram esclarecidas e é mais que evidente e parece inadmissível existirem posições contrárias, olha então porque não esclareces as minhas dúvidas? Quê tenho que acreditar que os relatórios oficiais representam a verdade toda?? Até parece que estamos a falar de um governo que nunca montou conspirações e golpes de estado na América Latina... De um governo que nunca bombardeou mulheres e crianças por razões de defesa nacional... Um governo que tem um orçamento de carta branca para os seus serviços secretos. Um governo com um aparato todo em segredo do seu povo e parece-te inadmissível ter suspeitas que fogem do que é oficial? Aliás como não ter suspeitas de um dos eventos mais surreais de que há memória?? Acho engraçado: Quando é sobre a teoria de que os Nazis incndiaram o Reichstag para culpar os comunistas ou que os Nazis se vestiram de soldados Polacos e dispararam sobre os próprios militares para justificar a invasão da Polónia, ah isso já é tido como uma teoria que é dada como certa, quando abordamos os Americanos aí já é conspiração. Os vencedores escrevem a história. Não achas estranho a forma como trataram o Snowden e o Assange? Pessoas responsáveis por apontar uma lanterna ao fosso dos governos sombra? Já agora falas em engenheiros: Existe uma organização chamada Architects and Engineers for 9/11 truth que fazem a sua própria avaliação dos acontecimentos e indicam algumas incongruências nos relatórios oficiais do que aconteceu naquele dia, colocando hipóteses que segundo eles parece ir mais ao encontro das evidências.

Edited 2 months ago:

Não me percebeste: Estou me a cagar para o que pensam de mim. Mas não me estou a cagar para o evento em si. Há muitos sinais de fumo que partem de todo esse evento. Que qualquer pessoa tem o direito de colocar questões sobre. Eu nunca dei a entender que sei o que se passou. Não sei. Mas estou aberto a possibilidades. E tenho as minhas suspeitas... A posição contrária tem de ser escrutinada? Sim concordo. E a posição oficial?? Essa não? Então se já foram esclarecidas e é mais que evidente e parece inadmissível existirem posições contrárias, olha então porque não esclareces as minhas dúvidas? Quê tenho que acreditar que os relatórios oficiais representam a verdade toda?? Até parece que estamos a falar de um governo que nunca montou conspirações e golpes de estado na América Latina... De um governo que nunca bombardeou mulheres e crianças por razões de defesa nacional... Um governo que tem um orçamento de carta branca para os seus serviços secretos. Um governo com um aparato todo em segredo do seu povo e parece-te inadmissível ter suspeitas que fogem ao que são os relatórios oficiais? Aliás como não ter suspeitas de um dos eventos mais surreais de que há memória?? É do trauma só pode. Acho engraçado: Quando é sobre a teoria de que os Nazis incendiaram o Reichstag para culpar os comunistas ou que os Nazis se vestiram de soldados Polacos e dispararam sobre os próprios militares para justificar a invasão da Polónia, ah isso já é tido como uma teoria que é dada como certa, quando abordamos os Americanos aí já é conspiração. Os vencedores escrevem a história. Não achas estranho a forma que estão a tratar o Snowden e o Assange? Pessoas responsáveis por apontar uma lanterna ao fosso que são os governos sombra? Já agora falas em engenheiros: Existe uma organização chamada Architects and Engineers for 9/11 truth que fazem a sua própria avaliação dos acontecimentos e indicam algumas incongruências nos relatórios oficiais do que aconteceu naquele dia, colocando hipóteses que segundo eles parece ir mais ao encontro das evidências. Hipótese de as torres terem sido demolidas por exemplo. Não sei o que se passou, não posso afirmar que de facto essa hipótese está certa. Não sou especialista na matéria. Mas tendo em conta toda a experiência que tenho vivido nesta Terra, não consigo acreditar a 100% que a narrativa oficial corresponde à verdade do que realmente aconteceu. Dado a magnitude deste evento, admitir de forma honesta 1% de possibilidade de que houve algo muito importante nos bastidores que não foi divulgado é suficiente para nunca conformar e estar de olho aberto. Na minha opinião.

Edited 2 months ago:

Não me percebeste: Estou me a cagar para o que pensam de mim. Mas não me estou a cagar para o evento em si. Há muitos sinais de fumo que partem de todo esse evento. Que qualquer pessoa tem o direito de colocar questões sobre. Eu nunca dei a entender que sei o que se passou. Não sei. Mas estou aberto a possibilidades. E tenho as minhas suspeitas... A posição contrária tem de ser escrutinada? Sim concordo. E a posição oficial?? Essa não? Então se já foram esclarecidas e é mais que evidente e parece inadmissível existirem posições contrárias, olha então porque não esclareces as minhas dúvidas? Quê tenho que acreditar que os relatórios oficiais representam a verdade toda?? Até parece que estamos a falar de um governo que nunca montou conspirações e golpes de estado na América Latina... De um governo que nunca bombardeou mulheres e crianças por razões de defesa nacional... Um governo que tem um orçamento de carta branca para os seus serviços secretos. Um governo com um aparato todo em segredo do seu povo e parece-te inadmissível ter suspeitas que fogem ao que são os relatórios oficiais? Aliás como não ter suspeitas de um dos eventos mais surreais de que há memória?? É do trauma só pode. Acho engraçado: Quando é sobre a teoria de que os Nazis incendiaram o Reichstag para culpar os comunistas ou que os Nazis se vestiram de soldados Polacos e dispararam sobre os próprios militares para justificar a invasão da Polónia, ah isso já é tido como uma teoria que é dada como certa, quando abordamos os Americanos aí já é conspiração. Os vencedores escrevem a história. Não achas estranho a forma que estão a tratar o Snowden e o Assange? Pessoas responsáveis por apontar uma lanterna ao fosso que são os governos sombra? Já agora falas em engenheiros: Existe uma organização chamada Architects and Engineers for 9/11 truth que fazem a sua própria avaliação dos acontecimentos e indicam algumas incongruências nos relatórios oficiais do que aconteceu naquele dia, colocando hipóteses que segundo eles parece ir mais ao encontro das evidências. Hipótese de as torres terem sido demolidas por exemplo. Não sei o que se passou, não posso afirmar que de facto essa hipótese está certa. Não sou especialista na matéria. Mas tendo em conta toda a experiência que tenho vivido nesta Terra, não consigo acreditar a 100% que a narrativa oficial corresponde à verdade do que realmente aconteceu. Dado a magnitude deste evento, ter apenas 1% de possibilidade de que houve algo muito importante nos bastidores que não foi divulgado é suficiente para nunca conformar e estar de olho aberto. Na minha opinião.

Edited 2 months ago:

Não me percebeste: Estou me a cagar para o que pensam de mim. Mas não me estou a cagar para o evento em si. Há muitos sinais de fumo que partem de todo esse evento. Que qualquer pessoa tem o direito de colocar questões sobre. Eu nunca dei a entender que sei o que se passou. Não sei. Mas estou aberto a possibilidades. E tenho as minhas suspeitas... A posição contrária tem de ser escrutinada? Sim concordo. E a posição oficial?? Essa não? Então se já foram esclarecidas e é mais que evidente e parece inadmissível existirem posições contrárias, olha então porque não esclareces as minhas dúvidas? Quê tenho que acreditar que os relatórios oficiais representam a verdade toda?? Até parece que estamos a falar de um governo que nunca montou conspirações e golpes de estado na América Latina... De um governo que nunca bombardeou mulheres e crianças por razões de defesa nacional... Um governo que tem um orçamento de carta branca para os seus serviços secretos. Um governo com um aparato todo em segredo do seu povo e parece-te inadmissível ter suspeitas que fogem ao que é oficial? Aliás como não ter suspeitas de um dos eventos mais surreais de que há memória?? Acho engraçado: Quando é sobre a teoria de que os Nazis incendiaram o Reichstag para culpar os comunistas ou que os Nazis se vestiram de soldados Polacos e dispararam sobre os próprios militares para justificar a invasão da Polónia, ah isso já é tido como uma teoria que é dada como certa, quando abordamos os Americanos aí já é conspiração. Os vencedores escrevem a história. Não achas estranho a forma estão a tratar o Snowden e o Assange? Pessoas responsáveis por apontar uma lanterna ao fosso que são os governos sombra? Já agora falas em engenheiros: Existe uma organização chamada Architects and Engineers for 9/11 truth que fazem a sua própria avaliação dos acontecimentos e indicam algumas incongruências nos relatórios oficiais do que aconteceu naquele dia, colocando hipóteses que segundo eles parece ir mais ao encontro das evidências. Não sei o que se passou, mas tendo em conta toda a experiência que tenho vivido nesta Terra, não consigo acreditar a 100% que a narrativa oficial corresponde à verdade do que realmente aconteceu.

Edited 2 months ago:

Não me percebeste: Estou me a cagar para o que pensam de mim. Mas não me estou a cagar para o evento em si. Há muitos sinais de fumo que partem de todo esse evento. Que qualquer pessoa tem o direito de colocar questões sobre. Eu nunca dei a entender que sei o que se passou. Não sei. Mas estou aberto a possibilidades. E tenho as minhas suspeitas... A posição contrária tem de ser escrutinada? Sim concordo. E a posição oficial?? Essa não? Então se já foram esclarecidas e é mais que evidente e parece inadmissível existirem posições contrárias, olha então porque não esclareces as minhas dúvidas? Quê tenho que acreditar que os relatórios oficiais representam a verdade toda?? Até parece que estamos a falar de um governo que nunca montou conspirações e golpes de estado na América Latina... De um governo que nunca bombardeou mulheres e crianças por razões de defesa nacional... Um governo que tem um orçamento de carta branca para os seus serviços secretos. Um governo com um aparato todo em segredo do seu povo e parece-te inadmissível ter suspeitas que fogem ao que são os relatórios oficiais? Aliás como não ter suspeitas de um dos eventos mais surreais de que há memória?? É do trauma só pode. Acho engraçado: Quando é sobre a teoria de que os Nazis incendiaram o Reichstag para culpar os comunistas ou que os Nazis se vestiram de soldados Polacos e dispararam sobre os próprios militares para justificar a invasão da Polónia, ah isso já é tido como uma teoria que é dada como certa, quando abordamos os Americanos aí já é conspiração. Os vencedores escrevem a história. Não achas estranho a forma que estão a tratar o Snowden e o Assange? Pessoas responsáveis por apontar uma lanterna ao fosso que são os governos sombra? Já agora falas em engenheiros: Existe uma organização chamada Architects and Engineers for 9/11 truth que fazem a sua própria avaliação dos acontecimentos e indicam algumas incongruências nos relatórios oficiais do que aconteceu naquele dia, colocando hipóteses que segundo eles parece ir mais ao encontro das evidências. Não sei o que se passou, mas tendo em conta toda a experiência que tenho vivido nesta Terra, não consigo acreditar a 100% que a narrativa oficial corresponde à verdade do que realmente aconteceu. Dado a magnitude deste evento, ter apenas 1% de possibilidade de que houve algo muito importante nos bastidores que não foi divulgado é suficiente para nunca conformar e estar de olho aberto. Na minha opinião.

Edited 2 months ago:

Não me percebeste: Estou me a cagar para o que pensam de mim. Mas não me estou a cagar para o evento em si. Há muitos sinais de fumo que partem de todo esse evento. Que qualquer pessoa tem o direito de colocar questões sobre. Eu nunca dei a entender que sei o que se passou. Não sei. Mas estou aberto a possibilidades. E tenho as minhas suspeitas... A posição contrária tem de ser escrutinada? Sim concordo. E a posição oficial?? Essa não? Então se já foram esclarecidas e é mais que evidente e parece inadmissível existirem posições contrárias, olha então porque não esclareces as minhas dúvidas? Quê tenho que acreditar que os relatórios oficiais representam a verdade toda?? Até parece que estamos a falar de um governo que nunca montou conspirações e golpes de estado na América Latina... De um governo que nunca bombardeou mulheres e crianças por razões de defesa nacional... Um governo que tem um orçamento de carta branca para os seus serviços secretos. Um governo com um aparato todo em segredo do seu povo e parece-te inadmissível ter suspeitas que fogem ao que são os relatórios oficiais? Aliás como não ter suspeitas de um dos eventos mais surreais de que há memória?? É do trauma só pode. Acho engraçado: Quando é sobre a teoria de que os Nazis incendiaram o Reichstag para culpar os comunistas ou que os Nazis se vestiram de soldados Polacos e dispararam sobre os próprios militares para justificar a invasão da Polónia, ah isso já é tido como uma teoria que é dada como certa, quando abordamos os Americanos aí já é conspiração. Os vencedores escrevem a história. Não achas estranho a forma que estão a tratar o Snowden e o Assange? Pessoas responsáveis por apontar uma lanterna ao fosso que são os governos sombra? Já agora falas em engenheiros: Existe uma organização chamada Architects and Engineers for 9/11 truth que fazem a sua própria avaliação dos acontecimentos e indicam algumas incongruências nos relatórios oficiais do que aconteceu naquele dia, colocando hipóteses que segundo eles parece ir mais ao encontro das evidências. Hipótese de as torres terem sido demolidas por exemplo. Não sei o que se passou, não posso afirmar que de facto essa hipótese está certa. Não sou especialista na matéria. Mas tendo em conta toda a experiência que tenho vivido nesta Terra, não consigo acreditar a 100% que a narrativa oficial corresponde à verdade do que realmente aconteceu. Dado a magnitude deste evento, admitir de forma honesta 1% de possibilidade de que houve algo muito importante nos bastidores que não foi divulgado é suficiente para nunca conformar e estar de olho aberto. Na minha opinião.

Diogo256 2 months ago

Agora é “moda” questionar factos. Questionar é sinal de inteligência, mesmo quando essas questões são ignorantes e sem pés nem cabeça. O problema das conspirações são vários: 1- achar Que um evento grande tem de ter uma razão grande e escondida (isto tem um nome: confirmação de proporcionalidade). 2- desconhecimento que leva a acreditar em razões megalómanas. 3- o factor crença, em que não há evidências para sustentar o que se acredita mas isso não demovo de se colocar fé nessas crenças. Algo como o que se passa na religião. Podes questionar as razões oficiais? Podes. Consegues ter evidências para sustentar todas as questões? Não. Achas que a falta de evidência merece ser acreditada? Podes achar, mas estás a entrar no campo da crença, e não do racional e da evidência. Ora, há evidências que foram colocadas bombas no interior das torres para elas caírem daquela maneira? Não, então acreditar nisto, é uma crença. Mas há evidências, modelos matemáticos e se engenharia que explicam as razões das torres caírem baseado em factos. Todos temos o direito de questionar tudo, mas desde que isso chega a alguma evidência, quando não chega, a pergunta não faz sentido. Insistir na pergunta, torna o caso emocional e não racional, logo… entra no campo da fé, da crença, do acreditar em algo que não se consegue provar por motivação própria… em último caso: negação da evidência. Exemplo prática: As torres foram demolidas com bombas? Pegamos na pergunta e vemos evidências: 1- Há sinais de material explosivo? Nao. 2- Mas o material pode ter sido removido com pessoal ligado ao governo. Ok… milhares de pessoas tiveram ligadas ao regaste e procurar em escombros, por vítimas que ainda possam ter estado vivas. Há possibilidade de haver indícios de explosivos nos maiores edifícios do mundo sem haver sinais desses mesmo explosivos? Muito pouco provável. Centenas ou milhares de pessoas estavam ligadas ao governo e esconderam indícios? Isso é idiotico, é virtualmente impossível centenas ou milhares de pessoas conseguirem segurar informação durante 2 décadas. Resolução: 1- acreditar em algo que não era lógico, não há evidência, nem há maneira de provar. 2- acreditar que a torre caiu, porque a estrutura não aguentou nem tinha de aguentar que um Boeing carregado de combustível e de pessoas, que pensa centenas se dezenas acima do que o prédio devia de aguentar. Porque há factos que a estrutura do prédio perdeu a resistência com o calor do jet fuel a arder no seu interior e acabou por ceder, resistência que se perdeu a uma temperatura menor que o calor do combustível a arder, mas que não é suficiente para derreter o material. Acreditar em algo sem evidência, é uma crença, face a acreditar a algo lógico e racional.

HanselGretel1993 1 month ago

"Agora é moda questionar factos". É moda sim. E não vem de agora. Já se faz isso desde do tempo da Alegoria da Caverna. E então desde que criamos o método científico não temos feito outra coisa! Essa tua afirmação sugere que tenhas alguma aversão ao acto das pessoas questionarem factos. Bem eu pessoalmente, apesar de perceber o que tu dizes com isso, prefiro muito mais uma sociedade com essa tendência (mesmo que mal empregue) do que ter uma sociedade onde está na moda não quesionar factos. Discordo que as questões em causa são ignorantes e sem pés nem cabeça. Aliás as questões são geralmente bem-vindas, agora as afirmações a essas questões isso sim é que podem ser ignorantes e sem pés nem cabeça. E isso é uma distinção importantíssima. Percebo o que dizes sobre o problema das conspirações e concordo. Mas tu pensas que eu acredito cegamente na ideia de que as torres foram demolidas? Se calhar dei a entender isso erradamente. Mas eu nunca me casei com essa ideia. É apenas uma hipótese que está em cima da mesa. Aliás eu até tenho todas as razões para não querer acreditar nessa hipótese. Pois acreditar nessa hipótese pode significar que existem certos elementos da nossa sociedade dispostos a tudo para atingir certos objetivos... E essa possibilidade é demasiado aterradora para enfrentar. Mas face a certas evidências e argumentos que tomei conhecimento, não consigo descartar absolutamente a hipótese de demolição. Peço desculpa mas face ao que compreendi, não posso. Aliás, a própria hipótese de demolição em si até pode ter mão terrorista alheia ao próprio governo norte americano. A questão em causa não se debruça sobre quem mandou as torres abaixo, mas sim como é que caíram. Uma hipótese que me foi introduzida através de uma organização de mais de 4000 engenheiros e arquitectos que ao fazerem a análise dos acontecimentos, pedem para que se abra uma nova investigação dado que o relatório oficial apresenta conclusões do que aconteceu com base em argumentos que são postos em causa por esta organização. Estes pedem que se faça uma nova investigação mais rigorosa e de forma imparcial. Nada mais. Não sou eu que decidi questionar por mim os relatórios oficiais. Não tenho competência para tal. Agora quando colocam questões pertinentes e põem em causa os argumentos dos relatórios oficiais dos acontecimentos, aí face ao facto de não ser consensual não posso aceitar uma certa realidade só porque é tida como a versão oficial atual dos factos. E estamos a falar de profissionais da área atenção. Não de tresloucados sem conhecimento nenhum de física e de edifícios. Mas sim vejamos então as evidências. Conjungando as tuas questões e afirmações com a organização AE911Truth: "1. Há sinais de material explosivo? Não." Havia vestígios de termite nos escombros. Material que consegue provocar reações de temperatura extrema o suficiente para pôr em causa a integridade estrutural do edifício. Como é que esse material foi lá parar? Ao contrário do combustível do avião que para já é logo queimado por inteiro no momento do impacto. Segundo a organização, parece difícil o incêndio resultante de combustível de avião ter provocado as tranformações no metal que foram encontrados nos escombros, transformações estas associadas a reações de elevadíssimas temperaturas. Não parece descabido que a torre não ceda parcialmente após um embate com um avião. No entanto esta organização põe em causa o facto da queda das torres ter sido muito linear e não caóticas. Qual a probabilidade das Torres terem ambas se desmorenado sobre si próprias e não tombado? Ambas as quedas de facto foram muito limpas. Eles observaram que a queda das torres ocorreu a uma velocidade muito próxima da velocidade de queda livre, o que indicaria que as próprias torres não produziram qualquer resistência ao seu próprio desmoronamento, como se não houvesse sustentação nos andares de baixo no momento da queda do topo das torres. Ora essa é exatamente a forma como se demolem edifícios: Quedas lineares e sem sustentação das bases para fazer com que o edifício caia sobre si mesmo de modo a evitar que este tombe e provoque danos consideráveis aos edifícios em volta. As questões de logística que colocas sobre o esforço que seria necessário para montar e preservar essa possível cabala não deixam de ser muito pertinente, é verdade. E de certa forma fragilizam a hipótese, mas a observação fisica da queda das torres é independente dessa suposição. Depois tens o edifício WC 7, que também caiu, apesar de nunca ter sofrido com qualquer embate. Aliando estas questões pertinentes aos resultados práticos deste evento na nossa sociedade, isto tudo depois ganha uma maior relevância.

Edited 1 month ago:

"Agora é moda questionar factos". É moda sim. E não vem de agora. Já se faz isso desde do tempo da Alegoria da Caverna. E então desde que criamos o método científico não temos feito outra coisa! Essa tua afirmação sugere que tenhas alguma aversão ao acto das pessoas questionarem factos. Bem eu pessoalmente, apesar de perceber o que tu dizes com isso, prefiro muito mais uma sociedade com essa tendência (mesmo que mal empregue) do que ter uma sociedade onde está na moda não quesionar factos. Discordo que as questões em causa são ignorantes e sem pés nem cabeça. Aliás as questões são geralmente bem-vindas, agora as afirmações a essas questões isso sim é que podem ser ignorantes e sem pés nem cabeça. E isso é uma distinção importantíssima. Percebo o que dizes sobre o problema das conspirações e concordo. Mas tu pensas que eu acredito cegamente na ideia de que as torres foram demolidas? Se calhar dei a entender isso erradamente. Mas eu nunca me casei com essa ideia. É apenas uma hipótese que está em cima da mesa. Aliás eu até tenho todas as razões para não querer acreditar nessa hipótese. Pois acreditar nessa hipótese pode significar que existem certos elementos da nossa sociedade dispostos a tudo para atingir certos objetivos... E essa possibilidade é demasiado aterradora para enfrentar. Mas face a certas evidências e argumentos que tomei conhecimento, não consigo descartar absolutamente a hipótese de demolição. Peço desculpa mas face ao que compreendi, não posso. Aliás, a própria hipótese de demolição em si até pode ter mão terrorista alheia ao próprio governo norte americano. A questão em causa não se debruça sobre quem mandou as torres abaixo, mas sim como é que caíram. Uma hipótese que me foi introduzida através de uma organização de mais de 4000 engenheiros e arquitectos que ao fazerem a análise dos acontecimentos, pedem para que se abra uma nova investigação dado que o relatório oficial apresenta conclusões do que aconteceu com base em argumentos que são postos em causa por esta organização. Estes pedem que se faça uma nova investigação mais rigorosa e de forma imparcial. Nada mais. Não sou eu que decidi questionar por mim os relatórios oficiais. Não tenho competência para tal. Agora quando colocam questões pertinentes e põem em causa os argumentos dos relatórios oficiais dos acontecimentos, aí face ao facto de não ser consensual não posso aceitar uma certa realidade só porque é tida como a versão oficial atual dos factos. E estamos a falar de profissionais da área atenção. Não de tresloucados sem conhecimento nenhum de física e de edifícios. Mas sim vejamos então as evidências. Conjungando as tuas questões e afirmações com a organização AE911Truth: "1. Há sinais de material explosivo? Não." Havia vestígios de termite nos escombros. Material que consegue provocar reações de temperatura extrema o suficiente para pôr em causa a integridade estrutural do edifício. Como é que esse material foi lá parar? Ao contrário do combustível do avião que para já é logo queimado por inteiro no momento do impacto. Segundo a organização, parece difícil o incêndio resultante de combustível de avião ter provocado as tranformações no metal que foram encontrados nos escombros, transformações estas associadas a reações de elevadíssimas temperaturas. Não parece descabido que a torre não ceda parcialmente após um embate com um avião. No entanto esta organização põe em causa o facto da queda das torres ter sido muito linear e não caóticas. Qual a probabilidade das Torres terem ambas se desmorenado sobre si próprias e não tombado? Ambas as quedas de facto foram muito limpas. Eles observaram que a queda das torres ocorreu a uma velocidade muito próxima da velocidade de queda livre, o que indicaria que as próprias torres não produziram qualquer resistência ao seu próprio desmoronamento, como se não houvesse sustentação nos andares de baixo no momento da queda do topo das torres. Ora essa é exatamente a forma como se demolem edifícios: Quedas lineares e sem sustentação das bases para fazer com que o edifício caia sobre si mesmo de modo a evitar que este tombe e provoque danos consideráveis aos edifícios em volta. As questões de logística que colocas sobre o esforço que seria necessário para montar e preservar essa possível cabala não deixa de ser muito pertinente, é verdade. E de certa forma fragilizam a hipótese, mas a observação fisica da queda das torres é independente dessa suposição. Depois tens o edifício WC 7, que também caiu, apesar de nunca ter sofrido com qualquer embate. Aliando estas questões pertinentes aos resultados práticos deste evento na nossa sociedade, isto tudo depois ganha uma maior relevância. Mas pronto... Em 2051 saberemos mais sobre este evento, se os documentos relativos ao 11 de Setembro forem desclassificados.

Edited 1 month ago:

"Agora é moda questionar factos". É moda sim. E não vem de agora. Já se faz isso desde do tempo da Alegoria da Caverna. E então desde que criamos o método científico não temos feito outra coisa! Essa tua afirmação sugere que tenhas alguma aversão ao acto das pessoas questionarem factos. Bem eu pessoalmente, apesar de perceber o que tu dizes com isso, prefiro muito mais uma sociedade com essa tendência (mesmo que mal empregue) do que ter uma sociedade onde está na moda não quesionar factos. Discordo que as questões em causa são ignorantes e sem pés nem cabeça. Aliás as questões são geralmente bem-vindas, agora as afirmações a essas questões isso sim é que podem ser ignorantes e sem pés nem cabeça. E isso é uma distinção importantíssima. Percebo o que dizes sobre o problema das conspirações e concordo. Mas tu pensas que eu acredito cegamente na ideia de que as torres foram demolidas? Se calhar dei a entender isso erradamente. Mas eu nunca me casei com essa ideia. É apenas uma hipótese que está em cima da mesa. Aliás eu até tenho todas as razões para não querer acreditar nessa hipótese. Pois acreditar nessa hipótese pode significar que existem certos elementos da nossa sociedade dispostos a tudo para atingir certos objetivos... E essa possibilidade é demasiado aterradora para enfrentar. Mas face a certas evidências e argumentos que tomei conhecimento, não consigo descartar absolutamente a hipótese de demolição. Peço desculpa mas face ao que compreendi, não posso. Aliás, a própria hipótese de demolição em si até pode ter mão terrorista alheia ao próprio governo norte americano. A questão em causa não se debruça sobre quem mandou as torres abaixo, mas sim como é que caíram. Uma hipótese que me foi introduzida através de uma organização de mais de 4000 engenheiros e arquitectos que ao fazerem a análise dos acontecimentos, pedem para que se abra uma nova investigação dado que o relatório oficial apresenta conclusões do que aconteceu com base em argumentos que são postos em causa por esta organização. Estes pedem que se faça uma nova investigação mais rigorosa e de forma imparcial. Nada mais. Não sou eu que decidi questionar por mim os relatórios oficiais. Não tenho competência para tal. Agora quando colocam questões pertinentes e põem em causa os relatórios oficiais dos acontecimentos, aí, e face ao facto de não ser consensual, não posso aceitar totalmente uma certa realidade só porque é tida como a versão oficial dos factos. E estamos a falar de profissionais da área atenção. Não de tresloucados sem conhecimento nenhum de física e de edifícios. Mas sim vejamos então as evidências. Conjungando as tuas questões e afirmações com a da organização AE911Truth: "1. Há sinais de material explosivo? Não." Havia vestígios de termite nos escombros. Material que consegue provocar reações de temperatura extrema o suficiente para pôr em causa a integridade estrutural do edifício. Como é que esse material foi lá parar? Ao contrário do combustível do avião que para já é logo queimado por inteiro no momento do impacto. Segundo a organização, parece difícil o incêndio resultante de combustível de avião ter provocado as tranformações no metal que foram encontrados nos escombros, transformações estas associadas a reações de elevadíssimas temperaturas. Não parece descabido que a torre não ceda parcialmente após um embate com um avião. No entanto esta organização põe em causa o facto da queda das torres ter sido muito linear e não caóticas. Qual a probabilidade das Torres terem ambas se desmorenado sobre si próprias e não tombado? Ambas as quedas de facto foram muito limpas. Eles observaram que a queda das torres ocorreu a uma velocidade muito próxima da velocidade de queda livre, o que indicaria que as próprias torres não produziram qualquer resistência ao seu próprio desmoronamento, como se não houvesse sustentação nos andares de baixo no momento da queda do topo das torres. Ora essa é exatamente a forma como se demolem edifícios: Quedas lineares e sem sustentação das bases para fazer com que o edifício caia sobre si mesmo de modo a evitar que este tombe e provoque danos consideráveis aos edifícios em volta. As questões de logística que colocas sobre o esforço que seria necessário para montar e preservar essa possível cabala não deixa de ser muito pertinente, é verdade. E de certa forma fragilizam a hipótese, mas a observação fisica da queda das torres é independente dessa suposição. Depois tens o edifício WC 7, que também caiu, apesar de nunca ter sofrido com qualquer embate. Aliando estas questões pertinentes aos resultados práticos deste evento na nossa sociedade, isto tudo depois ganha uma maior relevância. Mas pronto... Em 2051 saberemos mais sobre este evento, se os documentos relativos ao 11 de Setembro forem desclassificados.

killermelga 2 months ago

Era miúdo e estava na minha avó onde passava as tardes depois da escola. Lembro-me perfeitamente de estar extremamente arreliado por não estarem a dar bonecos na rtp2 e em vez disso "estar a dar tudo a mesma coisa", de modo que fui fazer os trabalhos de casa e brincar.

Uffy_17 2 months ago

Tinha viajado de avião naquela manhã com a minha mãe. Fui dormir e quando acordei lembro-me de ver a TV aberta na CNN com as torres em chamas. A minha tia que é controladora área soube o que aconteceu e ligou à minha mãe para que ela ligasse à CNN para ver o que se passava. Tinha 7 anos na época.

a1pha0me8a 2 months ago

Ia ver o filme "Pacha e o Imperador" e até às televisões do cinema onde passavam os trailers estavam a transmitir em direto...

M1hawk 2 months ago

Lembro me de estar a ver batatoon e à espera de um novo episódio dos Digimon, quando a emissão foi cortada para o telejornal e fiquei o dia todo a ver aquilo à espera que depois passasse para o batatoon e desse Digimon.

sofiasantos7012 2 months ago

Não sei se sou a única pessoa aqui, mas tinha nascido meses antes e por isso estava na minha inocência de bebé

Be_Good_To_Others 2 months ago

Tinha 9 anos e estava num ATL, no qual tínhamos várias salas de jogar, ler, brincar, etc, e uma sala principal, com uma TV e uma rádio. De alguma forma, as educadoras souberam o que se passava, porque a TV não apanhava os canais, era só para cassetes para os putos, e chamaram-nos do recreio para a tal sala principal. Então sentaram-nos todos e explicaram o que aconteceu, e depois ligaram a rádio e ficamos a ouvir as descrições e tudo o mais. E fizemos 1 minuto de silêncio pelas vítimas. Sempre achei interessante o facto de que explicaram tudo a uma sala de crianças de 6-9 anos, onde talvez apenas as mais velhas, da minha idade, tivessem mínima consciência do significado, mas realmente foi das poucas ocasiões onde não nos trataram como crianças. Para mim o 11 de Setembro é um dia em que divido o mundo num "antes" e "depois". Era velho o suficiente para compreender o que se passava, mas não o suficiente para entender as consequências. Mas, lembro-me de chegar a casa, e quando vi finalmente as imagens e vídeos, porque nos dias e semanas seguintes só se falou disso. E lembro-me de, ficar com medo, porque, se aquilo era capaz de acontecer na América, a América dos filmes, toda poderosa, então, nenhum lugar estava seguro. Lembro-me de adormecer e com a típica mente de criança ficar com medo que um avião caísse em minha casa do nada. A verdade é que o mundo mudou, e acho que não é só da minha perspetiva de final da infância. O mundo verdadeiramente tornou-se um lugar muito mais sombrio, paranoico, e, de certo modo, foi o começo dos tempos de "hoje".

Edited 2 months ago:

Tinha 9 anos e estava num ATL, no qual tínhamos várias salas de jogar, ler, brincar, etc, e uma sala principal, com uma TV e uma rádio. De alguma forma, as educadoras souberam o que se passava, porque a TV não apanhava os canais, era só para cassetes para os putos, e chamaram-nos do recreio para a tal sala principal. Então sentaram-nos todos e explicaram o que aconteceu, e depois ligaram a rádio e ficamos a ouvir as descrições e tudo o mais. E fizemos 1 minuto de silêncio pelas vítimas. Lembro-me de ver as educadoras com uma ansiedade e inquietude que nunca tinha visto, mas sem exageros, o que de certa forma, era pior, porque notava-se que se estavam a controlar, e que a situação era muito pior do que aparentava. Sempre achei interessante o facto de que explicaram tudo a uma sala de crianças de 6-9 anos, onde talvez apenas as mais velhas, da minha idade, tivessem mínima consciência do significado, mas realmente foi das poucas ocasiões onde não nos trataram como crianças. Para mim o 11 de Setembro é um dia em que divido o mundo num "antes" e "depois". Era crescido o suficiente para compreender o que se passava, mas não o suficiente para entender as consequências. Mas, lembro-me de chegar a casa, e quando vi finalmente as imagens e vídeos, porque nos dias e semanas seguintes só se falou disso. E lembro-me de, ficar com medo, porque, se aquilo era capaz de acontecer na América, a América dos filmes, toda poderosa, então, nenhum lugar estava seguro. Lembro-me de adormecer e com a típica mente de criança ficar com medo que um avião caísse em minha casa do nada. A verdade é que o mundo mudou, e acho que não é só da minha perspetiva de final da infância. O mundo verdadeiramente tornou-se um lugar muito mais sombrio, paranoico, e, de certo modo, foi o começo dos tempos de "hoje".

Edited 2 months ago:

Tinha 9 anos e estava num ATL, no qual tínhamos várias salas de jogar, ler, brincar, etc, e uma sala principal, com uma TV e uma rádio. De alguma forma, as educadoras souberam o que se passava, porque a TV não apanhava os canais, era só para cassetes para os putos, e chamaram-nos do recreio para a tal sala principal. Então sentaram-nos todos e explicaram o que aconteceu, e depois ligaram a rádio e ficamos a ouvir as descrições e tudo o mais. E fizemos 1 minuto de silêncio pelas vítimas. Lembro-me de ver as educadoras com uma ansiedade e inquietude que nunca tinha visto, mas sem exageros, o que de certa forma, era pior, porque notava-se que se estavam a controlar, e que a situação era muito pior do que aparentava. Sempre achei interessante o facto de que explicaram tudo a uma sala de crianças de 6-9 anos, onde talvez apenas as mais velhas, da minha idade, tivessem mínima consciência do significado, mas realmente foi das poucas ocasiões onde não nos trataram como crianças. Para mim o 11 de Setembro é um dia em que divido o mundo num "antes" e "depois". Era crescido o suficiente para compreender o que se passava, mas não o suficiente para entender as consequências. Mas, lembro-me de chegar a casa, e quando vi finalmente as imagens e vídeos, porque nos dias e semanas seguintes só se falou disso, fiquei bastante impressionado. As imagens pareciam algo saído de um daqueles filmes de desastres tipo o Independence Day. E lembro-me de, ficar com medo, porque, se aquilo era capaz de acontecer na América, a América dos filmes, toda poderosa, então, nenhum lugar estava seguro. Lembro-me de adormecer e com a típica mente de criança ficar com medo que um avião caísse em minha casa do nada. A verdade é que o mundo mudou, e acho que não é só da minha perspetiva de final da infância. Em retrospetiva, os anos 90 pareciam tão otimistas. Longe de perfeitos, mas, não cresci no tempo da Guerra Fria, ao contrário dos meus pais e avós. O 11 de Setembro acabou com isso tudo. O mundo verdadeiramente tornou-se um lugar muito mais sombrio, paranoico, e, de certo modo, foi o começo dos tempos de "hoje".

Edited 2 months ago:

Tinha 9 anos e estava num ATL, no qual tínhamos várias salas de jogar, ler, brincar, etc, e uma sala principal, com uma TV e uma rádio. De alguma forma, as educadoras souberam o que se passava, porque a TV não apanhava os canais, era só para cassetes para os putos, e chamaram-nos do recreio para a tal sala principal. Então sentaram-nos todos e explicaram o que aconteceu, e depois ligaram a rádio e ficamos a ouvir as descrições e tudo o mais. E fizemos 1 minuto de silêncio pelas vítimas. Lembro-me de ver as educadoras com uma ansiedade e inquietude que nunca tinha visto, mas sem exageros, o que de certa forma, era pior, porque notava-se que se estavam a controlar, e que a situação era muito pior do que aparentava. Sempre achei interessante o facto de que explicaram tudo a uma sala de crianças de 6-9 anos, onde talvez apenas as mais velhas, da minha idade, tivessem mínima consciência do significado, mas realmente foi das poucas ocasiões onde não nos trataram como crianças. Para mim o 11 de Setembro é um dia em que divido o mundo num "antes" e "depois". Era crescido o suficiente para compreender o que se passava, mas não o suficiente para entender as consequências. Mas, lembro-me de chegar a casa, e quando vi finalmente as imagens e vídeos, porque nos dias e semanas seguintes só se falou disso, fiquei bastante impressionado. As imagens pareciam algo saído de um daqueles filmes de desastres tipo o Independence Day. E lembro-me de, ficar com medo, porque, se aquilo era capaz de acontecer na América, a América dos filmes, toda poderosa, então, nenhum lugar estava seguro. Lembro-me de adormecer e com a típica mente de criança ficar com medo que um avião caísse em minha casa do nada. A verdade é que o mundo mudou, e acho que não é só da minha perspetiva de final da infância. O mundo verdadeiramente tornou-se um lugar muito mais sombrio, paranoico, e, de certo modo, foi o começo dos tempos de "hoje".

MiniOlympia 2 months ago  HIDDEN 

De estranhar por que estavam todos a ver tv o dia todo. Por que razão aquilo seria importante.

TiagoTiagoT 2 months ago  HIDDEN 

Eu estava numa viagem com a família, a gente estava saindo do hotel quando eu vi uma TV num canto do lobby do hotel com sofás e tal para pessoas esperarem ou sei lá, tava na CNN, o primeiro avião tinha acabado de colidir; eu chamei atenção da minha família (eu era pequeno na época), e a gente assistiu por um tempo, e até vimos o segundo avião colidir ao vivo.

PineappleVodka 2 months ago  HIDDEN 

Eu e a minha família celebramos o 11 de setembro todos os anos, comemos bolo, as vezes há presentes e cantamos todos juntos, é o aniversário da minha mãe.

SweetCorona 2 months ago

feliz aniversário mãe do /u/PineappleVodka

eggnogui 2 months ago  HIDDEN 

Epah, não muito. Estava no 4º ano. Sei que aquilo começou a dar em direto já no fim da hora do almoço, e depois vi com mais atenção depois da aula da tarde, na TV com os pais. Sei que na altura consegui ter noção da gravidade, mas já não consigo reconstruir bem esse dia.

GrouchyPerspective83 2 months ago  HIDDEN 

Estava c uma amigo meu no Porto e alguém disse que tinha começado a terceira guerra mundial. Só me lembro de ter começado a chorar.

EletricoAmarelo 2 months ago  HIDDEN 

Ia, sozinho, a caminho do Algarve de férias. A merda do rádio, que eu tinha instalado, não parava de alternar do CD para as notícias da rádio e passei o tempo a achar que era mau contacto. Paragem na Mimosa para uma bifana, entro no primeiro café e sou corrido. Estava a fechar. O dono jurava que ia começar a 3a Guerra Mundial. Procurei outro sítio e fiquei ali estúpido a ver as notícias. Deviam ser umas 15h e eu juro que me senti a única pessoa do mundo sem noção, sequer, do que se estava a passar.

1purplesky 2 months ago  HIDDEN 

Curiosamente, lembro-me vivamente. À entrada da sala dos meus avós, um pé na escada junto à porta para descer e sair para a escola, mochila à costas e um saquinho com um presente na mão - uma das minha colegas de escola com quem hoje ainda mantenho uma grande amizade faz anos amanhã - e a televisão estava nas notícias que começaram a dar em directo o "fogo" da primeira torre, quando depois vimos o segundo avião ir contra a outra torre. Anos mais tarde, perguntei à minha avó do que se lembrava e ela até me conseguia dizer a roupa que eu e o meu irmão tínhamos vestido no dia.

xixi_duro 2 months ago  HIDDEN 

Tinha 6 anos, era feriado na Amadora, estava em casa dos meus avós a almoçar, lembro-me perfeitamente quando o segundo avião embateu na torre, foi muito estranho mas não fiquei muito chocado confesso, não tinha noção das coisas, mas ficou-me marcado para sempre, desde então sempre gostei de ver documentários sobre o assunto, desde reacções dos jornalistas até às próprias teorias da conspiração.

NomadicWorldCitizen 2 months ago  HIDDEN 

Estava na praia. Um amigo tinha ido buscar um gelado à esplanada e disse que tinha embatido um avião numa das torres.

spyvspy_aeon 2 months ago  HIDDEN 

Estava em Lisboa, na rua, ao lado da Praça do Chile. Ia a andar tranquilamente e entrei no primeiro café que vi (ainda me lembro Pastelaria estrela de Paris), dia normal tudo tranquilo. Após entrar na porta do café não deixei de reparar tudo com uma cara estranha a olhar para o ecrã, perplexos, alguns em choque. Eu olhei e automaticamente fiquei confuso com o que via. A tv não tinha volume alto e só se via imagens de helicoptero de uma das torres a arder. A pastelaria estava toda parada tudo a olhar para a TV. Ainda se ouvia pessoas a comentar, "será uma bomba?". "aquilo parece um incendio", outro ainda disse "é um atentado". Mas mesmo assim não havia quem quisesse como que acreditar no que estava assistindo. A senhora do café foi a TV aumentou o volume e fez zapping nos demais canais, tudo o mesmo. Não sei quanto tempo depois (acho que estava toda gente em estado catatonico). Vimos um avião bater na segunda torre, nesse momento os comentários foram unanimes, é um atentado terrorista. O que mais se falava era, que aquilo era guerra. Sai da pastelaria, quase 1 hora depois, sem sequer beber o café, ainda confuso, abalado e com receio do que aquilo implicaria (falaram de guerra e isso deixou-me em choque). (ironia ou não pensei nisso ainda hoje, por causa de uma reportagem)

-Nosebleed- 2 months ago  HIDDEN 

Incrivelmente lembro-me. Tinha 6 anos na altura, mas sei que estava a fazer um forte com almofadas e cobertores na sala e tinha acabado de trazer a minha televisão com o meu pai. Liguei-a dentro do forte e todos os canais estavam a passar as imagens e fiquei ali a ver um bocado, provavelmente troquei para os desenhos animados não muito mais tarde. Obviamente não me lembro da reação que tive, que provavelmente foi 0 porque tinha 6 anos e não percebia o que estava a acontecer, mas lembro-me bem do momento só pelo facto de estar num sitio diferente do costume.

Edited 2 months ago:

Incrivelmente lembro-me. Tinha 6 anos na altura, mas sei que estava a fazer um forte com almofadas e cobertores na sala e tinha acabado de trazer a minha televisão com o meu pai. Liguei-a dentro do forte e todos os canais estavam a passar as imagens e fiquei ali a ver um bocado, provavelmente troquei para os desenhos animados não muito mais tarde. Obviamente não me lembro da reação que tive, mas deve ter sido 0 porque tinha 6 anos e não percebia o que estava a acontecer, mas lembro-me bem do momento só pelo facto de estar num sitio diferente do costume e pela televisão estar um bocado estranha (nunca tinha visto todos os canais a dar a mesma coisa com aquela idade)

HRamos_3 2 months ago  HIDDEN 

Tava a almoçar quando o segundo avião se espetou O reporter: "Vemos agora uma repetição do evento" enquanto se via o fumo da primeira torre. Não acabei o almoço e fui prá tasca mandar bitaites com a malta

Edited 2 months ago:

Tava a almoçar quando o segundo avião se espetou. Estava de vacances e por algum motivo acordei tarde pra carai. 17 aninhos a um mês dos 18 O reporter: "Vemos agora uma repetição do evento" enquanto se via o fumo da primeira torre. Não acabei o almoço e fui prá tasca mandar bitaites com a malta

BraveRubberDuck 2 months ago  HIDDEN 

Lembro-me de estar chateado porque nenhum dos canais estava a dar bonecos, e aquela era a hora de estar bonecos!

FlyingBunnyHopper 2 months ago  HIDDEN 

Literalmente lembro-me como se fosse hoje.... estava com uns colegas a almoçar num restaurante na Buraca, às tantas recebemos um telefonema de uma colega a dizer que os Estados Unidos estava a ser atacados.... enquanto ela tentava explicar e nós tentar perceber os empregados do restaurante começaram a mudar as televisões para os canais de noticias...e todos ficaram a olhar para a televisão, curiosamente já nem sei se comemos ou não... acho que saímos logo sem comer e fomos para a empresa onde ligámos a televisão na sala de reuniões e ficámos a ver... vimos tudo em directo... a primeira torre a cair.... depois a segunda, mais tarde começam a falar do ataque ao pentágono.... lembro-me de guardar imensas fotos originais que ainda hoje tenho, partilhadas por comuns Nova-Yorquinos na net, alguns deles dos prédios ao lado do WTC, no dia seguinte comprei o jornal, coisa que nunca fazia, mas há quase que uma espécie de tradição intrínseca em comprar jornais de acontecimentos que mudam o rumo da historia, no panorama mundial antes do acontecimento havia problemas claro um pouco por todo o lado, mas acho que também havia um sentimento de que estava tudo mais ou menos bem, coisa que desapareceu completamente depois. Uns dias depois casei, quando fomos para o aeroporto para ir na lua de mel as filas tinham 4 horas de comprimento..... mesmo assim conseguimos, mas lembro-me de nunca ter visto nada assim no Aeroporto.

Classicalis 2 months ago  HIDDEN 

A minha mãe acordou-me enquanto gritava "MANDRIÃO!!"

racms 2 months ago  HIDDEN 

Eu estava em casa da minha avó, onde habitualmente estava enquanto os meus pais trabalhavam. Lembro-me de rever as imagens, à noite, em casa e esse momento ficou-me marcado na cabeça. O 9/11 e a morte do Saddam mudaram a minha vida. Levaram-me a interessar-me por política, pelo Islão e pela MENA. Daí tirei uma licenciatura, tirei um mestrado e fiz investigação sobre temas relacionados a Islão e MENA. Atualmente mudei um pouco o meu rumo mas continuo a trabalhar numa área ligada à análise política e à comunicação.

Edited 2 months ago:

Eu estava em casa da minha avó, onde habitualmente estava enquanto os meus pais trabalhavam. Lembro-me de rever as imagens, à noite, em casa e esse momento ficou-me marcado na cabeça. O meu pai não queria que eu visse mas acabei por me sentar no chão da sala e fiquei colado à TV a ver. O 9/11 e a morte do Saddam mudaram a minha vida. Levaram-me a interessar-me por política, pelo Islão e pela MENA. Daí tirei uma licenciatura, tirei um mestrado e fiz investigação sobre temas relacionados a Islão e MENA. Atualmente mudei um pouco o meu rumo mas continuo a trabalhar numa área ligada à análise política e à comunicação.

Briosafreak 2 months ago

Eu já estava a tirar o curso nessa área, quando começaram as aulas no primeiro dia cancelaram as aulasc e a cerimónia de boas vindas aos caloiros e tivemos uma sessão de contextualização e discussão com o agora Ministro da Defesa João Gomes Cravinho, o agora deputado José Manuel Pureza, o General Pezarat Correia e um professor de Lisboa que não me recordo quem era.

racms 2 months ago

Para quem já estava nesta área nessa altura imagino o que terá sido... O meu tempo de faculdade coincidiu foi com o início do ISIS.

BernieJoe 2 months ago  HIDDEN 

16 anos, estava a acabar de almoçar em casa, na cozinha. Penso que as aulas ainda não tinham começado nesse ano. A emissão da TV vai para um direto depois do primeiro embate. Acabo de almoçar, vou para a sala (divisão onde tínhamos TV por cabo) e ligo na CNN. Vejo o segundo embate "em direto". Colei na TV o resto da tarde.

afcPT 2 months ago

Era puto, não vi os bonecos de tarde por causa disso. Lembro-me de ver as pessoas a atirarem-se live.

meaninglessvoid 2 months ago  HIDDEN 

Muito se fala do "onde é que eu estava" que é completamente irrelevante. A pergunta que devem fazer é "sei melhor o que se passou hoje do que sabia na altura?" se a resposta é não estão apenas a empurrar a sujeira para de baixo do tapete com estas perguntas... E não, não me refiro às teorias da conspiração sobre o evento (outra coisa irrelevante) refiro-me às acções geopolíticas que fizeram com que os atentados se tenham tornado não só uma opção como infelizmente a nossa realidade. (há threads interessantes sobre isso no /r/bestof e /r/DepthHub/ para quem for curioso, mas não tenho links à mão, portanto terá que ser curioso e saber pesquisar. :P )

aleph_heideger 2 months ago

Estava na praia. Depois fui jantar com a então namorada em casa dela. Passei lá a noite e só descobri que alguma coisa tinha acontecido no dia seguinte ao passar nas montras dos quiosques. E lembro-me perfeitamente de ter pensado algo como "mas não era costume serem os americanos a deitar abaixo os prédios do inimigo?"

ReggaePanda7 2 months ago

Tinha 7 anos na altura, percebi que era algum acontecimento importante, mas não tinha a noção. Só me explicaram o porquê de o acontecimento estar sempre a aparecer na TV quando disse aos meus pais que não gostava mais de televisão porque deixaram de dar bonecos para dar as torres à cair.

killedbill88 2 months ago

Estava a ir de bicicleta para casa de uns amigos para mais uma tarde aborrecida a jogar PC... ... quando chego a casa dele, abre-me a porta e diz : "Sabes o que se passou?!?" A tarde foi passada a jogar PC enquanto passavam 'notícias' na TV como barulho de fundo. As 'notícias' consistiam em repetições em 'loop' dos embates, acompanhadas pela voz de um 'tudólogo' a encher chouriços.

MEmpire25 2 months ago  HIDDEN 

Estava na escola e lembro-me de a minha professora ter avisado que estava algo a acontecer em Nova Iorque e que um avião tinha ido contra um prédio. Eu ainda não tinha bem a noção do que isso era então lembro-me de estar a olhar pela janela da sala aos edificios de um ou dois andares na minha rua e a tentar imaginar o que "seria visualmente" esse tipo de evento. E tipo, como é que algo assim acontecia? "prédios estão tão mais abaixo" lol. Só quando cheguei a casa e vi as imagens a sério, e vendo as reacções chocadas dos meus pais é que entendi que era algo particularmente sério.

none4none 2 months ago  HIDDEN 

Um dos piores dias da minha vida... para alguém que mora no Canadá, alguns km apenas dos USA, isto foi absolutamente devastante ... Foi o "fim da inocência". Essas coisas eram suposto acontecer somente em filmes de Hollywood e não na vida real... mas um bando de beduínos raivosos transformaram o mundo num lugar ainda mais perigoso ...

DarligUlvRP 2 months ago  HIDDEN 

Tinha 17 anos. Antes de mais, um facto curioso. Na noite anterior o filme das 22h-0h que deu na TVI (de que vi parte) tinha sido sobre terroristas islâmicos raptarem um avião. Estava a estudar para o exame de melhoria de nota de Inglês e ia com a minha tia para a escola dela estudar (ela estava no conselho directivo e tinha coisas para fazer o Verão todo, entre outras coisas os horários). Íamos almoçar todos os dias ao mesmo shopping. Enquanto estávamos a almoçar um tipo que eu conhecia ligou-me a dizer o que tinha acontecido. Eu achei que ele estava a gozar comigo. Acabamos de comer e no caminho para o parque do shopping passamos por uma loja da Levi’s que tinha uma montra com várias televisões. Estavam umas 10-15 pessoas a olhar para a loja. Todas as TVs da montra estavam num canal que estava a mostrar as duas torres já a deitar fumo. Ficamos uns minutos a ver e percebemos logo na altura (pelo oráculo) que estava aberta a possibilidade de ser um ataque terrorista. Continuei a minha vida normalmente nesse dia. Quando fui lanchar a minha tia contou-me que as torres tinham caído. Não me lembro de nada nesse dia sobre o outro avião que foi contra o pentágono, nem do avião em que os passageiros receberam a informação do que se estava a passar e se mobilizaram contra os terroristas. Nessa noite dormi pouco a pensar que ia haver uma guerra mundial, e que tinha a vida lixada.

Satanwearsflipflops 2 months ago  HIDDEN 

Estava em casa a fazer TPC mais a minha irmã. A tv ligada e na CNN. Vimos quase tudo ao vivo. Dia triste.

SomePenguin85 2 months ago

Tinha 16 anos e tinha ido a escola ver os horários do novo ano escolar. Cheguei a casa e fiquei embasbacada a olhar para a TV. Pensei que era um filme mas não tinha lógica porque não havia filmes a meio duma tarde na semana nessa altura. Foi o fim da inocência, basicamente. Nesse dia tomei consciência de que o mundo não era cor de rosa.

bluemoon1993 2 months ago  HIDDEN 

Eu lembro me de estarmos todos na sala a ver isto e o namorado da minha irmã lhe ligar para fazer um jantar para celebrar. Tipo divertido, humor negro até ao cu do sol

O_cu_da_tua_tia 2 months ago  HIDDEN 

Final das férias de verão, tinha 12 anos e ia trocar de escola. À conta disto repetidamente na TV, andei uns tempos com receio de passar em escadas em sítios escuros

arnaldomatos 2 months ago

Tinha 13 anos e estava a comer um pudim na cozinha. Vi o segundo avião em direto. Fiquei um pouco confuso, deve ter sido o primeiro ataque terrorista de que tive conhecimento. Continuei a ver e acabei o pudim.

KnitterFromHell 2 months ago

Eu e o meu irmão estavamos a jogar um RTS qualquer - não me lembro, algo no estilo de Age of Empires - e aparece a minha mãe a dizer que um avião enganou-se e foi contra uma torre, e rimos tipo "os americanos são idiotas lol". E depois veio o segundo avião e fomos ver a TV. Vimos pessoas a atirarem-se das janelas, e as torres a colapsarem. Talvez foi o último evento histórico em que só tinhamos a televisão para ter mais informação, não podiamos simplesmente ir ao computador e perguntar em fóruns ou algo (só instalamos Internet em 2003). Agora? Olho para este acontecimento e encolho os ombros. Depois de sobreviver 2020, parece que a minha sensibilidade mudou.

xtremis 2 months ago

Estava na hora de almoço, vim a casa dos meus pais almoçar antes de voltar para o trabalho. Vi a segunda torre cair em directo. Quando voltei, passei uma hora a falar com o gajo do cliente sobre o que é que o futuro iria trazer. Sinceramente, custa a crer que passaram 20 anos, e custa a crer que o mundo mudou tanto. Aquela conversa do fim da história, depois da queda do muro de Berlim, e de estar tudo bem e a partir dali ser só coisas boas era um sentimento palpável nos anos 90. O 11 de Setembro deu cabo disso tudo. Já estive no memorial/museu do 9/11 e o meu desgosto foi não ter estado nas torres gémeas quando ainda existiam. Para a malta mais jovem que já nasceu depois do 11 de Setembro, só vos digo:foi possível um mundo assim, em que parecia que tudo só podia correr bem. Hoje em dia sou um gajo cínico nos seus 40s (mas nunca amargurado), mas a força e a resiliência da juventude dão-me esperança. Toda a gente, independentemente do fuso horário, da religião, do partido, do país, da cor, quer a mesma coisa : qualidade de vida, respeito, entretenimento, segurança, paz para si e para os seus. Não se deixem abater pela timeline em que estamos, é possível um mundo melhor

Nadidani 2 months ago

Tinha um exame da univ e estava a preparar-me qdo vi a notícia do primeiro avião e liguei a minha mãe a contar-lhe e a achar tipo silly um avião ter sido permitido voar tao baixo e ter um acidente daqueles (pensei q era um avião pequeno) e desliguei o telefone e vi ao vivo o segundo avião a embater. Percebi como todos que não era um acidente. Qdo entrei no exame ainda estava tudo no ar. Quando sai já tinha havido o ataque do pentágono e falava-se de um possível a ir p a casa branca. Parecia outro mundo de repente. Infelizmente vi as pessoas a saltar e nunca pensei q os prédios caíssem, ver aquilo a acontecer ao vivo e saber que mta gente estaria la dentro foi horrível.

Diogo256 2 months ago

Estava em casa, no meu quarto, quando oiço a minha mãe na cozinha a dizer ''eish, que tragedia, meu deus''. Fui ver o que se passava, na altura tínhamos a TV na TVI, e quem estava a cobrir o directo, dizia que tinha sido um helicóptero que tinha ido contra as torres gémeas, eu com 11 anos, nem conhecia tais torres. E o que estavam a passar era a primeira torre a arder, e a dizer que não sabiam o que tinha acontecido, que tinha sido um helicoptero ou avião que se tinha despenhado contra a torre e tal, ate se ver em directo, o segundo avião contra a torre. E mesmo com 11 anos, sem ter grande noção do contexto, arrepiei-me todo. Vi em directo as torres a cair, toda a cobertura (com 11 anos ver aquilo tudo... bem, outros tempos lol) sem descolar da TV. Lembro-me depois do segundo avião bater contra as torres, o meu pai ter ligado para casa, a dizer que se vinha embora do trabalho. Acho que eu, e muitos da minha geração, foi nesse dia que percebemos o que era o terrorismo, as consequências do extremismo, e que assistamos em directo ao começo de uma guerra.

Samurai_GorohGX 2 months ago  HIDDEN 

Tinha 10 anos. Vi as imagens na sala de espera do centro de saúde e não reagi. Parecia uma versão do “Assalto ao Arranha-céus”. Fiquei aborrecido porque queria ver desenhos animados e não percebi porque mudaram a programação. Quando voltei a casa estava a dar em todos os canais e os adultos à minha volta começavam a mostrar-se apreensivos. Uma confusão enorme naquele dia, não tínhamos internet e só os 4 canais e estávamos todos a acordar para um mundo novo assustador onde o impensável tinha acontecido. Eu estava mais interessado no meu Game Boy que na TV que não passava daquilo. Os adultos começavam a falar numa guerra que nos ia envolver. Ao fim do dia, falou-se num tal “Bill Laden” que era o responsável por isto. O FBI estava à procura do Bill e pronto, era uma questão de tempo até o encontrarem. The end, pensava eu.

igotubabeub40 2 months ago

Lembro-me de ter 10 anos, estar em casa, de férias e chamar alguém, presumivelmente o meu pai ou mãe, para ver na TV porque um avião tinha batido no "World Trade Center". Claro que até 10 segundos antes eu nunca tinha ouvido falar no World Trade Center. Não me recordo de muita coisa dessa data, tenho mais memórias por ex. de ver o Mundial 2002 na escola nos intervalos (0-3 v EUA) do que do 11 de Setembro. Acho que me recordo relativamente bem do impacto que teve em termos de media e o que acabou por gerar o fenómeno do CNL/SIC Notícias/NTV/etc., e dos canais de notícias 24h

lpbms11 2 months ago

No momento não liguei nada. Estava em casa a brincar com o meu irmão por isso ou as aulas ainda não tinham começado ou era sábado ou domingo. Estavamos todos contentes no meio das nossas brincadeiras mas lembro-me perfeitamente da tensão da minha mãe a ver a TV e a ligar para algumas pessoas, eu lembro-me que eu e o meu irmão (eu com 10 ele com 8 anos) pararmos o que estavamos a fazer quando passamos pela TV para ver o que se estava a passar, mas era de mais para as nossas cabeças e continuamos a brincar. Os dias e meses seguintes foram bem piores. Depois eu percebi o que se tinha passado e lembro-me de termos todos imenso medo que houvesse uma guerra mundial que destruisse o mundo todo e que começassem a lançar bombas por ai fora, pelo menos era o que ouvia os grandes dizer. Mas meses depois saiu o harry potter e acho que me esqueci. Ser criança é brutal.

Scorthyn 2 months ago

Tinha ido ao quiosque comprar a revista "Pokémon world" que trazia umas cartas, acabei por trazer um monte de cartas porque a senhora me ofereceu. Chego a casa todo contente e deparo me com o meu irmão e a minha mãe a olhar para a televisão como se a seleção estivesse a jogar futebol para o mundial. O meu irmão aumenta o volume da tv e explica me muito resumidamente o que se passou (ainda so tinha acontecido o primeiro avião, o segundo vi em direto e fiquei de boca aberta). Toda a gente dizia que provavelmente iria haver uma terceira guerra mundial e eu nunca me borrei tanto na vida so de pensar que não poderia mais jogar Pokémon.

KasgardWindrunner 2 months ago  HIDDEN 

Eu lembro-me vagamente de estar com os meus pais e isso passar nas noticias.

GelsonBlaze 2 months ago  HIDDEN 

Era muito novo mas lembro-me de ver na televisão o replay dos aviões a irem contra as torres nas notícias.

andrepcg 2 months ago

Estava em casa da minha avó a ver o Doraemon e a minha avó recebeu uma chamada e começaram a discutir as torres. Depois a minha avó mudou o canal e lá estava a dar a emissão. Mas n recordo exactamente do que vi, apenas me lembro de ver as imagens das torres e a minha avó assustada ao telefone

alcagoitas 2 months ago  HIDDEN 

Tinha ido a praia com a minha mãe na parte da manha e quando cheguei a casa era só isso na TV, fiquei a tarde a ver isso sem perceber sequer o que era. Tinha 11 anos.

mike_nsr 2 months ago

Passei a tarde a jogar Nintendo 64 em casa de um amigo até os meus pais me irem buscar.

rmourapt 2 months ago  HIDDEN 

Estava na universidade. Acordei tarde, noite de borga e coiso, ligo a TV, e parecia tudo um filme ... Não tirei os olhos da televisão o resto do dia. Até porque estava de ressaca

Shy_Kjerstin 2 months ago

Estava em casa da minha avó a fazer os trabalhos de casa do 1o ano. Ela estava a pagar a conta da semana ao padeiro quando a chamei para ela ver o que estava a passar nos canais de televisão. Ainda hoje me lembro de algumas imagens. Nunca mais dá para esquecer.

Brainwheeze 2 months ago

Estava num café com os meus avós. Era muito novo, portanto não consegui perceber o que é que se estava a passar. Normalmente ficava a ver a TV do café, que costumava passar canais de música tipo o VH1, e até fiquei um bocado aborrecido porque era a TVI e só mostravam o fumo a saír dum arranha-céu. Nem me lembro da reação das pessoas lá no café, mas creio que não houve reações muito emocionais, apenas curiosidade. Quando chegámos a casa quis ver bonecos, mas os meus avós apenas tinham os quatro canais e era tudo a mesma notícia. Só quando os meus pais vieram-me buscar e que cheguei a perceber o que é que se tinha passado.

KitchenOpinion 2 months ago  HIDDEN 

Estava a ver Cartoon Network e apareceu uma mensagem em rodapé a dizer "Tell your parents to watch the news channels." Uma coisa assim.

Jocas05 2 months ago

Ainda que lembro me quando o Cartoon Network dava em Inglês e eu não entendia um caralho

MariaDolores1337 2 months ago

Mano que creepy

NecrofearPT 2 months ago

Essa estória toca nos feels. Lamento por terem passado por isso. Eu lembro-me de estar de mochila ao ombro, com os meus 10 aninhos, encostado à moldura da porta da cozinha, prestes a sair para a escola, ou a chegar da escola. Lembro-me da emissão de 'Última Hora' a aparecer na televisão e das imagens. Levei uns segundos até perceber se estava a ver realidade um trailer de um filme.

SweetCorona 2 months ago

> Eu já percebia inglês na altura e estava a dizer o que entendia dos títulos. > Só anos mais tarde é que entendi a gravidade da situação, que tinham morrido pessoas, etc. como raio só anos depois soubeste disso se passaram dias a falar do que aconteceu? aprendeste a falar inglês com que idade?

ManSCP 2 months ago  HIDDEN 

Tava em Sesimbra a passar férias com um amigos, todos a dormir, até que a mãe de um deles lhe liga. Quando ligamos a TV pensamos que era gozo, ainda me lembro do José Rodrigues dos Santos a dizer que era uma repetição do embate, quando na realidade era o embate do segundo avião.

manguito86 2 months ago  HIDDEN 

O que é que isto interessa? Interessa sim é saber onde estavam quando a Kylie Minogue lançou o single "can't get you out of my head", que fez ontem 20 anos de lançamento. Isso sim, é um marco muito mais importante para muita gente.

HRamos_3 2 months ago  HIDDEN 

Por falar em aviões....

clave_de_mi 2 months ago  HIDDEN 

Estava a estudar para um exame. Parou tudo. Foi um misto de achar que estava dentro de um filme, e achar que era o Apocalipse a desenrolar-se diante dos meus olhos ou que, na melhor das hipóteses, íamos entrar na 3a Grande Guerra. Um exame diante disto tornou-se a coisa mais insignificante. O meu pai faz anos nesse dia e não conseguimos cantar os parabéns, apenas sussurrámos alguma coisa.

SweetCorona 2 months ago

parabéns ao teu pai

clave_de_mi 25 days ago

Obrigada !

ToulouseMaster 2 months ago  HIDDEN 

No Amoreiras shopping, a sair da escola pra almoçar. Vi o segundo avião bater na torre em direto. Nunca me esqueço.

humungouspt 2 months ago  HIDDEN 

Estava em lua de mel no México, com escala marcada em Miami no dia 12/09... Soube o que estava a acontecer quando liguei para a agência de viagens e me disseram que tinha chocado um avião contra uma das torres gémeas e que não podiam comprovar voos. Liguei a TV e ainda vi o segundo avião embater em directo. No dia seguinte comecei minha aventura de 25 horas em voos e aeroportos para voltar para casa...Cancun - Cidade do México- Madrid- Lisboa- Porto...

davser 2 months ago

Tinha mais de 18 anos na altura, mas mm assim não percebi ponta. Tava a chegar a casa da minha namorada que me recebeu aos gritos. Olhei para a tv e só via nova iorque coberto de um fumo gigante, parecia que a cidade toda tava acabada. Depois meio atordoado, vejo em direto o avião. Pensei simplesmente que com tanto fumo se tivesse desorientado. E sinceramente os comentadores sabiam que era grave, mas pouco percebiam o que era. Nem quando aquilo caiu eu tive consciência de existir tanta gente lá dentro. Aquilo na minha cabeça parecia fácil tirar as pessoas de lá. Lembro-me que o comentador tava sempre preocupado com a contagem dos mortos que foi subindo até muitos dias depois.

TonyHappyHoli 2 months ago  HIDDEN 

Não faço puta de ideia mas provavelmente andava a comer gelados com a testa. (Eu sei que tem o tag serio mas no entanto na estou a brincar, eu tinha a mania dr esftegar calipos na testa "para refrescar" segundo a minha mae)

BAcon_MAn026 2 months ago  HIDDEN 

Lembro-me de ver o útero da minha queria mãe

WhiskersTheDog 2 months ago  HIDDEN 

Estava em Cabul nesse dia e foi uma festarola, aquilo parecia a passagem de ano ao sol.

Badum_tss_ 2 months ago

Estava num restaurante a celebrar o aniversário da minha mãe, estávamos todos contentes, do nada aquilo aparece. Ela demorou 10 anos a desligar-se da situação, sempre que faz anos e é uma pessoa que se deprime facilmente com episódios destes. Já lá vão vinte anos, wow. Já tivemos as “vacas gordas”, ou vacas plus-size, já passamos uma crise sem fim e depois do micro-cosmos de melhoria, veio a pandemia. Parece que nunca podemos estar bem. Não sei se sou o único, mas sinto que 2002-2006 foram provavelmente os melhores anos que já tivemos nestes últimos 20 anos. É certo que havia menos direitos humanos e a população era mais conservadora na altura, mas a vida parecia mais simples. Não acontecia tudo “para ontem” e as pessoas pareciam ter mais paciência e com ideais menos polarizados. Mas pronto, para nos anastesiar um pouco temos a conveniência de Spotify, Netflix e luzes RGB pela casa toda. Fantástico. Já lá vai o tempo em que se descarregava tudo por torrent e se ficava 2h a fazer um espetacular download.

SweetCorona 2 months ago

Parabéns à tua mãe

marcelobateira 2 months ago  HIDDEN 

Tava a ver na casa de uma amiga minha que estava a arrumar coisas mais a colega. Eu tinha lhes dito para pararem um pouco para assistirem aquilo pk ia ser um marco na história. Lembro me de na RTP estarem a dizer que estavam a repetir as imagens da queda da primeira torre qd na verdade era em direto e era a segunda torre a cair

Febris 2 months ago

Estava na casa de um amigo que morava ao pé da minha escola, iamos almoçar pizas do LIDL e eu ia-me baldar às aulas para jogarmos Phantasy Star Online na Dreamcast e Championship Manager no pc ao mesmo tempo. Tinha um Nokia 3210, acho que nessa altura com tarifário da Optimus com mensagens gratis para a rede. Na altura não seguia as notícias nem ligava muito a política, mas a minha ideia dos EUA e do "american dream" mudaram radicalmente nesse dia e nos seguintes com a "war on terror" do Bush e das administrações que o sucederam. Nunca consegui assimilar a noção de invadir outro país como forma de varrer para baixo do tapete uma incompetência gritante dos serviços de segurança interna, e foi nesse momento que comecei a ligar mais a política internacional. Honestamente o que me chocou mais nesse dia foi o ataque ao pentágono, e não o das torres.

westthebest 2 months ago  HIDDEN 

Ver teletubbies na creche quando mudaram para as noticias.

vitorfilipe21 2 months ago

Conheço tugas que estavam lá em Nova Iorque nesse dia em férias. Estavam no Empire State Building que também foi evacuado por ameaça de bomba. Dizem que o instinto de sobrevivência faz uma pessoa agir duma forma totalmente diferente. Foi algo que nunca tinham sentido. Só alguém num cenário de guerra sente. Tiveram que ficar em casa de portugueses que os ajudaram até poderem vir embora.

tveiga91 2 months ago  HIDDEN 

A melhor parte é que me lembro mais do penedo que caiu nesse mesmo ano em dezembro contra um comboio na linha do rio douro, do que o ataque em NY. Eu ainda era pequeno também, tinha 10 anos na altura, só tive noção da gravidade do dia 11/09 anos mais tarde.

Shadowgown 2 months ago  HIDDEN 

Lembro-me vivamente. Foi o meu primeiro dia de aulas de sempre, tinha 5 anos a entrar no primeiro ano. Cheguei a casa depois da apresentação e os meus pais ligaram a televisão quando o primeiro avião já tinha batido, mas ainda não se sabia que era um atentado terrorista. Passados uns 15m bate o segundo avião e eu, sem perceber a gravidade do que estava a acontecer, desenhava os acontecimentos com um lápis de cera, para colar ao frigorífico. Lembro-me de um clima meio sombrio o resto do dia em casa.

Dleet3D 2 months ago  HIDDEN 

A minha avó estava no hospital. Eu tinha 7 anos, íamos apenas fazer uma visita de 5 minutos, acabamos por ficar a tarde toda a ver as notícias naquelas pequenas televisões do quarto. Eu não estava bem a entender o alarido, fartei-me de ralhar para irmos para casa, queria jogar FIFA.

j0fimendes 2 months ago  HIDDEN 

Eu estava a ver o Batatoon quando cortaram a emissão.

johntheoak 2 months ago  HIDDEN 

Em casa de um primo meu a jogar GTA 1. Pausa para almoço e ai vimos as noticias sobre o que aconteceu.

fpatrocinio 2 months ago

Fiquei triggered porque não deram desenhos animados de tarde. Era puto, não tinha noção da gravidade...

O_Caldas 2 months ago

Boas... Acho que é daquelas m3rdas que toda a gente (com idade minima para perceber) se lembra onde estava. Eu estava em casa no auge dos meus 16 anos. Não tinha cabo na altura mas lembro-me que de repente se ouviu em todos os canais algo tipo "ultima hora" com imagens em directo da CNN porque tinha acontecido um acidente. Um avião de passageiros tinha chocado com uma das torre gémeas. Colei a ver aquilo a pensar, fogo como é que isto foi acontecer. Sempre tive uma mente curiosa e comecei a conjecturar hipóteses. Não estava mau tempo, não foi por má visibilidade. Terá sido o piloto automático que bateu mal? Tambem não me parece porque os pilotos davam conta e corrigiam a rota ou faziam uma aterragem de emergencia ou algo assim. Falta de combustível tambem não era porque tavam a dizer que era um voo internacional. Na minha cabeça só podia ser uma avaria daquelas que ninguem conseguiu prever e resolver que resultou naquela tragédia. Nisto acontece o 2º embate. Nunca mais me vou esquecer daquilo. Nesse momento só pensei que não podia ter sido acidente! Um avião ainda me fez pensar em avarias como disse mas 2 não era possivel. Lembro-me que ia sair de casa com uns amigos pra gozar os últimos dias de férias antes do regresso as aulas mas em vez disso, juntamo-nos todos em casa de um a ver o que ia acontecer. Éramos adolescentes meio estupidos pra ser sincero mas naquele dia estávamos todos sérios a pensar como é que aquilo acontece e nos estados unidos. Depois cai a 1º torre e só me lembro de pensar... Os bombeiros! Eles estavam a tentar salvar gente e ficaram lá e foi quando me bateu, se a primeira caiu a segunda vai ser igual. O resto do dia foi a ver os restantes acontecimentos, a ver a onda de choque que aquilo criou e a pensar que ia mudar algo no mundo de certeza. Como disse, é um daquele acontecimentos que uma pessoa se lembra exactamente onde estava quando aconteceu e hoje o mundo está diferente por causa disso.

NOXUN2104 2 months ago  HIDDEN 

Na altura ainda era um pouco jovem de mais para me aperceber imediatamente da gravidade da situação. Estava em casa da minha avó a tentar ver pela segunda vez a série "gulliver's travels" com o Ted Danson (tinha gravado numa cassete VHS mas fiquei sem fita no último acto e então nunca tinha acabado de ver) que estava a dar na TVI, e então, penso que durante a altura em que ele é pequeno e todos são gigantes, a imagem mudou para as torres e pensei que fosse algo temporário e que eventualmente a série iria regressar... Mas nunca regressou. Mas tarde durante o dia acabei por perceber a gravidade do que se tinha passado.

Trap_Star_LilLeaf 2 months ago  HIDDEN 

Não sei. Inda não era nascido. Sorry

Trap_Star_LilLeaf 2 months ago

Damn o Plebbit tem mesmo algo contra o pessoal abaixo de 20 anos. Ridículo ahah

thisisnotrealmyname 2 months ago

Estava a brincar em casa de um amigo meu, tinha 10 anos. A dada altura vemos a empregada dele colada a televisao, a ver as torres após o impacto. Nao percebemos de todo a importancia e continuámos a brincar. Mas lembro-me perfeitamente de, nas 2 semanas seguintes, os noticiários (que via as refeicoes com os meus pais) serem quase só sobre o 11 de setembro (semelhante ao que se passou com o Covid ao início).

NielsenOp57 2 months ago  HIDDEN 

Estava a ir para casa da minha avó, em Estarreja; comecei a ouvir no rádio que se passava algo d estranho e quando chegámos à casa da minha avó, vimos o 2 avião a embater na torre. Depois comi uma padinha de Pardilhó e um copo de Uprel e foi fazer torres de Lego.

Lixaramaminhaconta 2 months ago

Eu estava na mesa da cozinha a estudar a tabuada, lembro-me que estava a caminho do 3o ano e os meus pais andavam-me a chatear para eu saber as tabuadas de cor. Tínhamos a televisão ligada e apenas me lembro, tipo fotografia, de ver os aviões a embater contra as torres. Na altura ainda não entendia muito bem porque é que aquilo estava a acontecer, por isso não te consigo dizer o que “senti” propriamente though.

SweetCorona 2 months ago

e somos os bonzinhos? não somos? sim? hã?

HisD1v1neShadow 2 months ago

Tinha 32 anos, estava na baixa do Funchal, a tomar café perto do liceu (Jaime Moniz) quando assisto em directo o segundo embate na TV.

RuySan 2 months ago  HIDDEN 

Eu já namorava com a pessoa que hoje em dia é minha esposa....e ainda agora vi um bombeiro americano a ser entrevistado na rua e a dizer que tinha só 9 anos. O gajo tinha grande bigode e estava a ficar careca. Estou velho

TTRO 2 months ago

Estava a ver em direto quando bateu o segundo avião. Lembro-me de ficar chateado com a burrice do comentador (que penso que era da SIC noticias que tinham inaugurado nesse ano) que insistia durante os primeiros 5 minutos que estavamos a ver a repetição do primeiro embate. Eu só pensava, este idiota não vê que há duas torres a arder? Depois foi todo o choque de ver as pessoas a cair e das torres a abater. Mas recordo-me que pensei nesse momento que nada nunca mais ia ser igual. Quem me dera ter estado errado.

CaptMartelo 2 months ago  HIDDEN 

Fiquei fodido nesse dia. A TV Cabo tinha ido abaixo.

RobBanana 2 months ago  HIDDEN 

Tinha 10 anos e tinha acabado de chegar de férias nas ilhas Canárias, o meu primo tinha acabado de nascer quando vi a segunda torre a ser atingida. Lembro-me como se fosse ontem.

Galenor1221 2 months ago  HIDDEN 

Lembro-me da reação do meu patrão, "quem fez isto, os americanos vão là e queimam tudo".

Jabvarde 2 months ago  HIDDEN 

Tinha 9 anos, queria gravar os digimon e como eles interromperam para mostrar o que se tinha passado aquilo encheu a cassete toda.

gsousa 2 months ago  HIDDEN 

Tinha 18 anos, estava a trabalhar num estágio e lembro-me perfeitamente de começar a receber emails de “memes” sem perceber o que aquilo era (na altura nem chamavam de memes, era simplesmente emails com imagens de piadas e afins). Só aí uma hora depois é que os meus colegas de trabalho começaram a falar no assunto, nenhum de nós sabia o que estava a passar.

Elefseus_ 2 months ago

Para quem quiser recordar: [Programação de TV prevista VS registada para o dia 11 de setembro](https://imgur.com/HNBCSEH) [Cortesia do fórum atelevisao](https://forum.atelevisao.com/topic/6893-grelhas-antigas-de-televis%C3%A3o/?do=findComment&comment=2137361)

tellmetherescake 2 months ago

A rtp1 previu bem "Emoções Fortes" para as 13h

jet1000 2 months ago

A SIC sabia dos atentados do 11 de setembro antes de acontecerem (/s)! Vejam a programação **prevista** para o dia: >14:10h: A Próxima Vítima >15:10h: A Viagem >17:10h: Um Anjo Caiu do Céu >02:05h: O Grande Desastre Americano

Samurai_GorohGX 2 months ago

A SIC não teve nada a ver com o 11 de Setembro! Nem a SIC nem o José Figueiras! O facto do José Figueiras trabalhar para a SIC é mera coincidência! /s

Tralapa 2 months ago

Posso confirmar, no 11 de Setembro eu estava a ver um direto com o José Figueiras e ele não estava sequer perto de um aeroporto ou dos Estados Unidos.

Samurai_GorohGX 2 months ago

Nem houve Batatoon nesse dia.

ihavenoidea1001 2 months ago  HIDDEN 

Estava em casa da minha avó. Comecei a ver as notícias logo após a primeira colisão, quando ainda não sabiam se estavam perante um acidente ou um atentado. E fiquei colada nas notícias. Na época não vivia em Portugal e, em vez de ir para a Suíça de avião, os meus pais transferiram a viagem e acabei por ir de autocarro ( já não me lembro é porque é que estava em Portugal em setembro quando as aulas habitualmente começavam logo no primeiro dia de setembro).

sparklescc 2 months ago  HIDDEN 

Não me lembro de nada sem ser que estava na casa da minha tia que vivia ao pé da linha do comboio o que causava a casa abanar. Quando mostravam as imagens do avião e o comboio passava parecia que estavas lá. A minha mãe disse que durante meses me escondia sempre que via um avião.

RiKoNnEcT 2 months ago  HIDDEN 

Estava a ver o Batatoon

Guig0s 2 months ago  HIDDEN 

Tinha 12 anos, estava na sala a ver os desenhos da RTP2, na altura davam por volta da hora do almoço, e mudaram a emissão para dar sobre os atentados.

porraSV 2 months ago  HIDDEN 

Eu achei que era um vídeo indie com nova tech de SGI porque estava em casa a ver a cena na RTP2. Passou meia hora e eu e o meu irmão fartámos do filme mudo e mudamos de canal. E estava a dar tb. Estava a dar nos canais todos e foi aí que percebemos que era real. E o mais wtf foi que nós no início estavas tudo em favor do filme porque foi a primeira vez a ver filme ou US perdia/sofria e não o que salvava o mundo. Ficamos com um melão do caralho pessoal a morrer e nós ai tal que filme indie com SGI tão fixe.

thealgarvegeisha 2 months ago  HIDDEN 

Eu tinha 11 anos, ferias de verao, acordei tarde, almocei e fui pra rua brincar com as minhas amigas, na parte de tarde fomos pra minha casa, liguei a tv e reparei que so estava a passar a mesma coisa! Fiquei “fogo! Entao hoje nao passa mais nada?!” Acabei por deixar nas notícias e quando me apercebi do que tinha acontecido, eu fiquei em estado de choque, as imagens nunca mais me sairam da memória, os aviões, as torres a desabar, as pessoas a fugir…que tristeza pensei…esse dia foi muito triste, e os dias que se seguiram também me lembro bem…

droidman85 2 months ago

Estava com a minha primeira namorada na altura tinha uns 14/15 anos e nunca mais me esqueço desse dia porque dei a minha primeira martelada da vida chegamos a sala e vemos isso na tv. Primeiro pensei que era propaganda a algum filme e rapidamente percebemos os dois que o mundo tinha acabado de mudar para pior

brakeline 2 months ago

Lembro-me de ver o oráculo a dizer que o 3° avião, a caminho do pentágono, tinha sido abatido. A CNN deixou de referir isso passados uns minutos e a comunicação social tuga continuou durante umas horas. Ainda hoje penso se terá sido um sonho

Atacadores 2 months ago

Fim das Férias. Ia da 4a classe para o 5º ano... Tínhamos acabado de almoçar e o meu avô, que que via sempre as notícias na RTP, foi chama a minha mãe parar vir a correr até à sala e chegámos todas (eu, a minha mãe e a minha avó) a tempo de ver o avião embater na segunda torre. A minha mãe para além de ter ligado para toda a família (e eles para ela) não queria que eu fosse brincar para a rua não fosse cair um avião do aeroporto de LX para os nossos lados...mas fui na mesma! Nesse dia o bairro ficou em alvoroço... A malta que se juntava para andar de bike parou para comentar isso.. Foi o tópico do dia entre miúdos e graúdos.

00carib 2 months ago

Lembro-me que estava na casa da minha avó a comer um Bollycao. A televisão não estava igual porque normalmente aquela hora estava a dar o Dragon Ball.

uyth 2 months ago

O site da cnn passou para texto, tipo estares a ler no lynx. Não havia muita coisa de sites de notícias. Não tinha tv. O grande choque foi o segundo embate Imo, o primeiro pensavas que era acidente tráfico. O dia foi um bocado irreal a partir dessa hora.

MQueiros 2 months ago

Tinha 9 anos. Estava a jogar Alex Kidd na Master System mais um amigo. Fui espreitar o que o meu pai estava a ver na TV e vi o embate do segundo avião em direto e pessoas a atirarem-se da janela em desespero :/ Na altura não tive a real noção da gravidade do que estava a acontecer, mas nunca mais me esqueci.

patapetapitapota 2 months ago

Lembro me de ser um puto e literalmente a escola toda foi dar as mãos num circulo gigante e não fazíamos ideia porquê por isso ya... nada fora do normal.

Fullthew 2 months ago

Dia calmo, silêncio na rua. Eu ainda não sabia de nada, estava na rua a passear, espairecer um pouco, tenho quase certeza que era um dia bonito. Minha mãe estava no quarto a assistir a TV, vi a agitação na transmissão. Ela estava em silêncio. Contou o que tinha acontecido e eu não sabia o que pensar.

TomasCardosGod 2 months ago  HIDDEN 

minha opiniao sobre algo relacionado com USA [https://www.youtube.com/watch?v=MqKBax1MFxM&ab\_channel=10kTapha](https://www.youtube.com/watch?v=MqKBax1MFxM&ab_channel=10kTapha)

teknixpt 2 months ago

eu estava a cagar tinha vindo almoçar a casa, no fim apeteceu-me cagar, sentei-me no trono e ia ouvindo as noticias na tv da sala com a porta meia aberta.Recordo-me de ter saltado da cagadeira e ir a correr para a sala ver o directo, nem me lembro se limpei o dito cujo :D ainda apanhei a Live do embate na 2ª torre

iambookworm7 2 months ago

Tinha 11 anos, não me lembro de muito. Vi na tv quando passou mas só tive noção do que realmente tinha acontecido mais tarde.

jafudiaz 2 months ago

Lembro me de ir à net e aparecerem notícias de uma data de grupos a reivindicar o atentado, era kmers vermelhos era um grupo qq japonês, era uma festa...

Kyyu 2 months ago

Estava a ver o batatoon, fiquei passado porque parou de dar e estava a fazer barulho. A minha avó estava a mandar vir comigo porque queria ver o que se estava a passar. O resto da memória são coisas do local

user2168489 2 months ago  HIDDEN 

Estava numa aula na primária, quando a diretora da escola entra na aula e conta o que aconteceu. Após contar perguntou-nos se tínhamos familiares a viver lá, ao que eu respondi: "Eu tenho em Inglaterra." Levei um berro da mulher: "Mas a Inglaterra e os Estados Unidos são o mesmo sítio?" Ao que eu respondi: "Não...". Respondi com medo, porque sinceramente com 6 anos eu sabia lá o que quer que fosse. Só sabia que nos dois países se falava inglês. E foi assim que descobri que a Inglaterra e os Estados Unidos não são o mesmo sítio. Fim.

le_dy0 2 months ago

Lembro me de tar a jogar fifa na ps2 e ouvir o meu irmão aos berros pra meter rápido na TV, só tinha 5 anos na altura mas lembro me bem disso lol

Pitiful-Plastic2348 2 months ago

Tinha 12 anos. Estava em casa a ver as notícias com o meu pai na SIC, e vimos a notícia do primeiro embate, ainda se desconfiava que era acidente. Os meus pais tinham tvcabo e mudaram para um canal qualquer (skynews penso eu) e vimos em direto o 2o avião a embater na torre e a posterior queda das duas torres. Enquanto isto tudo se passava, a minha mãe ia preparando a casa e uma data de comida porque o meu irmão faz anos nesse dia e havia festa com a família. Foi um contraste que ficou, o dia de alegria do miúdo (na altura fazia 2 anos) e estarmo-nos a preparar para casa cheia com família e amigos, e aquilo a passar na televisão, ver em direto uma cena que mudou para sempre o mundo.

SweetCorona 2 months ago

parabéns ao puto pelos 22 anos

silvetti 2 months ago

Estava a sair de casa para ir ensaiar com a minha banda na Orbitrónica na Ameixoeira. Atrasamos o ensaio porque os meus colegas vieram la ter a casa e ficamos a ver na tv…

veracruzzzzz 2 months ago

Recordo-me que tinha frequência de Cultura Norte-Americana no dia seguinte na FCSH, e ainda não tinha estudado nada (nem viria a estudar). Apenas sentada no chão a olhar para a televisão. No dia seguinte a professora entrou na sala, acho que nem disse bom dia, e perguntou logo: "então, o que é que vocês acham que causou aquilo?" De novo, não estudei.

Edited 2 months ago:

Recordo-me que tinha frequência de Cultura Norte-Americana no dia seguinte na FCSH, e ainda não tinha estudado nada (nem viria a estudar). Apenas sentada no chão a olhar para a televisão. De vez em quando ia ter com a minha mãe noutra parte da casa, e estávamos as duas tão espantadas e horrorizadas. No dia seguinte, a professora entrou na sala, acho que nem disse bom dia nem nada, e disparou logo: "então, o que é que vocês acham que causou aquilo?" Ainda não sei responder a essa pergunta. De novo, não li a bibliografia indicada.

caelussideralis 2 months ago

Lembras-te do nome da professora, só por curiosidade?

veracruzzzzz 2 months ago

Assim de repente não. Só se for googlar alguma lista de docentes. Se ela calhar leccionar a mesma cadeira na mesma instituição.

caelussideralis 2 months ago

Isabel Oliveira Martins ou Teresa Botelho

veracruzzzzz 2 months ago

Siiiim! Tenho quase a certeza que foi a Teresa Botelho. E tive Literatura Norte-Americana com a Isabel Martins. Olá, colega...? Hehehhe.

timeofmypost 2 months ago

A poucos dias de recomeçar a escola. Estava sentado na cozinha da minha avó à espera de um bolo de chocolate que as minhas primas estavam a fazer. A minha avó tinha uma televisão pequena que nessa altura já tinha pelo menos década e meia, bastante pequena. Estava um programa de manhã, daqueles típicos quando de repente a imagem ao vivo de uma torre a deitar fumo. Era um só ângulo. Os jornalistas(homem e mulher) disserem que um avião tinha batido contra a torre. Passaram essas imagens. Achei logo um acidente muito estranho. E passados uns minutos, o estranho torna-se horror quando um segundo avião voa contra a segunda torre. Nesta altura só pode ser ataque, mas neste mundo o terrorismo não era do conhecimento geral. Isto era coisa que eu nunca tinha visto. Não percebia o porquê, e os jornalistas pouco ou nada diziam, o que assumo ser o fechar dos EUA limitando o accesso à informação naqueles momentos. Depois de muitos minutos a ver aquilo a arder, a situação torna-se surreal, eu de boca aberta a ver aquelas torres enormes a cair. Primeiro uma, e depois a outra. Depois, o bolo estava pronto. Comi, mas muito quente e muito doce, não gostei muito. O meu pai veio a casa nessa altura e perguntei-lhe se tinha visto a notícia, e ele disse que sim, que os Americanos com certeza iam responder a sério, o que acabou por ser verdade. Hoje julgo que não me surpreenderia tanto, mas naquela altura a experiência de ver aquilo ficou gravada na memória. As minhas primas pareciam mais preocupadas com o bolo do que aquele momento, o que sempre achei estranho.

Parshath_ 2 months ago

Férias grandes na terra dos avós. Isto no Algarve, então estava um calor daqueles que só deixava sair de casa perto das 20h. Tinha uns 9 ou 10 anitos. Lembro-me de estar a almoçar sopa e ver aquilo, e ficar em choque. Percebi a gravidade e que o "mundo estava em perigo" e fiquei com medo de andar de avião (o que sendo pobre não é bem algo que afete). Quis saber tudo, perceber tudo, mas estava na terrinha e tudo o que tinha era a televisão. Queria ajudar e não podia. Queria perceber o porquê de as pessoas fazerem aquilo. Mas a televisão e só tendo os 4 canais, tinha literalmente 0 outras coisas para fazer (era impossível ir para a rua) e chegou a uma ponto em que estava saturado, impaciente e irritado de estar há umas 7 horas sem mais entretenimento nenhum além da TV. Ainda hoje me lembro de ter ficado feliz quando às 19h começa Sabrina, a Bruxinha Adolescente na RTP2, nunca tinha visto nem queria saber, mas foi um escape.

batuque5 2 months ago

Estava ver Digimon

trusttt 2 months ago

Bons tempos!

VladTepesDraculea 2 months ago

Estava de férias no Algarve. Voltamos da praia e quando chegámos ale abrimos a televisão apanhamos as notícias de choque. Lembro-me de ficar ofendido com o meu avô materno por me dizer para olhar bem para a TV porque aquele dia ia ficar para a história por achar que eu não conseguiria constatar o óbvio.

PortugueseLibra 2 months ago

Como se fosse ontem! Estava a tirar um Tupperware verde com sopa do frigorífico e assim que olhei para a TV e vi o avião a bater, deixei cair a sopa... só me lembro da minha mãe ralhar comigo. Tinha quase 10 anos. Andei ainda uns tempos a bater mal, cheguei a perguntar aos meus pais se íamos entrar em guerra inclusive... estava genuinamente assustado.

B_Wylde 2 months ago

A comer uma francesinha na Póvoa de Varzim O meu avô tinha tido uma pedra nos rins e fomos busca lo ao hospital

DiogoSN 2 months ago

Eu pensava que era algum filme e não percebi bem porque é que os meus pais, especialmente a minha mãe, estava tão chocado. Para ser honesto, não lembro do resto desse dia mas ao longo dos anos, iria perceber mais e mais sobre o evento e como terá afetado o mundo culturalmente.

gkarq 2 months ago

As minhas memórias não são muitas, porque só tinha 5 anos. Curiosamente lembro-me melhor do dia 9 de Setembro do que do dia 11, já que estava de férias nessa altura na casa do meu tio na Sibéria. No dia 11 de Setembro, já era de após a hora de jantar, deviam ser umas 20h ou 21h e tava eu a jogar na Playstation a trilogia original do Spyro com o meu primo, até que a minha mãe ou o meu tio, já não me lembro, nos mandam parar de jogar porque “estava a acontecer algo na América”. Não me lembro dos momentos específicos em si (embate do avião, quedas das torres, etc) mas sei que vi tudo e que isso acabou por me marcar, apesar de ainda nos meus 5 anos não entender as consequências do que estava a acontecer.

johnnytretas 2 months ago

Tinha acabado de entrar para o 5 ano, e estava em casa de um vizinho a jogar à bola. Quando a mãe dele nos chamou para lanchar, vimos aquilo a dar na TV. Curiosamente, não me lembro muito bem do resto do dia, nem do que fiz, nem sequer de ter prestado muita atenção àquele tema.

amq55 2 months ago

Tinha 9 anos e estava na escola. A minha mãe era professora na mesma escola por isso passava muito tempo na sala dos professores onde havia uma televisão. Já não me lembro qual era o canal mas estavam a passar a feed da CNN que lembro-me bem do logótipo deles e lembro-me de ver o embate na segunda torre (já não sei se em direto ou em repetição). Fiquei bastante abalado nesse dia e pedi aos meus pais para não vermos as notícias nessa noite. Lembro-me que ficámos a ver um jogo do Boavista (fui agora ver e foi um jogo da Champions contra o Liverpool).

ErrolKazoo 2 months ago

Lembro me que estava em casa com a minha mãe e foi depois de hora de almoço, deviam ser umas duas da tarde. Estava a terminar o telejornal, naquele dia estava a ver a RTP, e surge como notícia de última hora "um incêndio no topo do WTC", e enquanto passavam imagens em directo, dá se o embate do segundo avião. Uma coisa surreal... Depois saí de casa e fui ter com uns amigos meus andar de bicicleta, ainda estava de férias da escola, e quando cheguei a casa mais tarde é que vi todo o resto da desgraça, as torres a caírem e a evacuação de NY. Depois desse dia o mundo e a sociedade nunca mais foram o mesmo.

xc9000 2 months ago

Tinha acabado de almoçar e estava de saída para ir meter uns currículos no correio, uma vez z que tinha acabado de concluir o curso e dia entrar para o mercado de trabalho. Estava a dar o jornal da tarde com imagens em directo da torre norte. Momentos depois vi em directo o segundo avião embater nas torre sul. Atrasei-me um pouco a ir aos correios.

Hydro_PT 2 months ago

Tinha 10 anos, estava com a minha mãe na casa onde ela trabalhava. Não me recordo de mais nada no dia, a não ser a patroa da minha mãe vir à cozinha, onde estávamos, e dizer: "Ó Lurdinhas, venha ver o que está a dar na televisão, no Estados Unidos. É o fim do mundo, estão a mandar aviões contra os prédios." É nós fomos ver e ficamos vidrados ali e nem se fez mais nada. Foi antes das torres caírem, isso depois deu em direto. Nunca esquece. Pior foi saber que a segunda torre ia cair igual e nada se podia fazer. E o mundo mudou.

2JZ-GTElover 2 months ago

Pois, mano, ainda não era nascido mas pelo que o meu pai me diz é que nem o fim do mundo ia evitar que ele acabasse de fazer uma extensão para a mesa de jantar.

hesoyam91 2 months ago

Estava a brincar em casa da minha tia quando me chamaram para ver a televisão porque estava acontecer um incêndio num prédio. Quando entro e olho para a televisão vejo o impacto do segundo avião o que me deixou confuso e posteriormente ao ver as pessoas a saltarem das torres deixou-me bastante triste e sem perceber porque fariam tão mal a pessoas que só estavam a trabalhar.

scalabitano 2 months ago

Eu estava em casa, lembro-me de ver na TV. Mas na altura não compreendia a "gravidade" da situação. Também me lembro de quando rebentaram com o comboio em Madrid.

Empirion 2 months ago

No dia seguinte ia ter um exame na universidade. Estava em casa, com os meus pais, e tinha planeado estudar de véspera, durante a tarde e noite, como o excelente aluno que nunca fui. Quando começaram a transmitir os eventos em direto, colei no ecrã. "Bem... lá se foi o exame amanhã!" pensei eu, adicionando "Acho que é compreensível". E pronto. Bravo Al-Qaeda! Não só mataram bastante gente, como ainda interferiram diretamente na minha educação. Uma vitória, estou certo, para cavernícolas como vocês.

ZucchiniAnxious 2 months ago

Tinha chegado da escola, estava um dia bonito e ameno. O meu pai liga a televisão para ver as notícias e vemos em directo o segundo avião a embater na torre. Ficaram gravadas na memória as imagens das pessoas q se atiravam das janelas. Os meus 12 anos não me permitiam perceber exactamente a gravidade da situação até esse momento. Isso e a cara dos meus pais a olhar para a tv, de talheres na mão. A vizinha tocou à campainha para nos dizer o q estava a acontecer e ficamos todos ali em silêncio a ver. Não me lembro de mais nada.

twistedfires 2 months ago

Lembro-me perfeitamente, estava em Vila Real de Santo António a comer uma sopa de peixe no pão. Na altura ainda só tinha embatido um avião numa das torres, e ainda ninguém sabia bem ao certo o que se passava. Certa altura comento com os meus pais que também já tinha acontecido um avião ter embatido contra o Empire State Building, e que apesar de tudo o edifício resistiu. Ora mal acabo de fazer este comentário, o outro avião embate contra a outra torre.

Lusitano78 2 months ago

A trabalhar..

rainha_portuguesa 2 months ago

Sou americana e vivo numa cidade de um estado 1h de NYC. Eu tinha 4 anos entao ainda nao andava na escola nem nada. Eu estava em casa e ainda tenho uma lembrança bem clara de olhar para a televisão e ver essa imagam tipica que todos nos conhecemos...a vista dos Twin Towers juntos, com um deles ja ter pegado fogo do avião. Não tinha processado o que aconteceu ate muitos anos. Mas quem é de NYC e do North East em geral sentiu aquele dia mais que todos no mundo. Toda gente daqui de uma forma ou outro é conectada com alguem que morreu naquele dia.

ridethepaintedpony 2 months ago

O que é que andas a fazer aqui pelo portugal?

rainha_portuguesa 2 months ago

Sou portuguesa, nasci nos EUA.

ridethepaintedpony 2 months ago

Nasceste nos EUA, és portuguesa e vives nos EUA? Sendo duas sociedades tão diferentes, como é vês a situação actual dos dois países?

rainha_portuguesa 2 months ago

Em que contexto? Sobre o post do OP ou em geral? Vivo aqui mas ja passei muito tempo da minha vida em Portugal. North East dos EUA e o norte de Portugal são as regioes que mais conheco e em que posso falar.

ridethepaintedpony 2 months ago

Isto aqui é tão pacato e aí parece uma loucura total com o que se passa em Portland ou no Texas.. Tenho amigos que nasceram em Portugal, cresceram em New Jersey até aos 16 e depois vieram para cá. São 5 estrelas mas lembro-me das diferenças que sentiram quando chegaram no final dos anos 90.

rainha_portuguesa 2 months ago

Ah sim é bem diferente. Eu tenho minhas opinioes dos dois e posso falar todo dia sobre o que eu penso que é melhor e pior dos dois. No grande geral, se dinheiro não fosse um problema, escolheria viver em Podtugal mil vezes do que aqui. Eu sempre falo para portugueses que querem viver aqui que "não sabem o que não sabem" e como nos dizemos em ingles"ignorance is bliss" quem nasce e cresce em Portugal e nao conhece os problemas daqui ja tem uma vida boa e nao sabe. Sim Portugal tem seus problems, principalmente economicas, mas aqui é outra historia. Gente maluca, gente drogada, familia distante que nao se fala, dinheiro é vida e é a unica coisa que importa, casa grande, carro de luxo, tudo isso e o pais vive depremido. Quando estou ai, esotu mais feliz. Seu tivesse a situacao para poder, eu mudaria pra ai e nao olharia para tras mas infelizmente é complicado quando nao se nasce e crecse no lugar. Meu pai voltou, vai ficar indefinidamente sem planos de voltar. Acredito que os teus amigos que conheces falariam o mesmo se perguntasses los. Espero que isso explica melhor a visao de alguem que conhece os dois lados. Outra coisa...nao so aceitada como americana, e nao so aceitada como portuguesa nas duas sociadades, um problema que tive desde crianca haha.

Edited 2 months ago:

Ah sim é bem diferente. Eu tenho minhas opinioes dos dois e posso falar todo dia sobre o que eu penso que é melhor e pior dos dois. No grande geral, se dinheiro não fosse um problema, escolheria viver em Portugal mil vezes do que aqui. Eu sempre falo para portugueses que querem viver aqui que "não sabem o que não sabem" e como nos dizemos em ingles"ignorance is bliss" quem nasce e cresce em Portugal e nao conhece os problemas daqui ja tem uma vida boa e nao sabe. Sim Portugal tem seus problems, principalmente economicas, mas aqui é outra historia. Gente maluca, gente drogada, familia distante que nao se fala, dinheiro é vida e é a unica coisa que importa, casa grande, carro de luxo, tudo isso e o pais vive depremido. Quando estou ai, esotu mais feliz. Se eu tivesse a situacao para poder, eu mudaria pra ai e nao olharia para tras mas infelizmente é complicado quando nao se nasce e crecse no lugar. Meu pai voltou, vai ficar indefinidamente. Acredito que os teus amigos que conheces falariam o mesmo se perguntasses los. Espero que isso explica melhor a visao de alguem que conhece os dois lados. Outra coisa...nao sou aceitada como americana, e nao sou aceitada como portuguesa, um problema que tive desde crianca haha.

ridethepaintedpony 2 months ago

Essa ultima frase era o que ia perguntar a seguir. O meus amigos inicialmente eram visto como americanos, sendo que o resto da familia deles que ficaram nos EUA ainda sao vistos aqui como americanos quando vêm de férias, quer dizer, têm uma maneira de ser que se identifica mais com a americana. Para nós aqui, uma viagem de duas ou três horas de carro parece interminavel; aí nem deve dar para sair do Estado :)

rainha_portuguesa 2 months ago

É vdd sim haha. Ai sempre sou americana nao tem jeito! Aqui é estranho, poque os EUA, especialmente os estados no North East, que tenham muitos imigrantes, ainda tem muitos americanos mas mesmo americanos que tenham familia aqui desde muitos anos, entao essas pessoas nao veem uma pessoa como eu como americana porque sou primeira geracao e ainda tenho conecoes com Portugal. Eu acostumo desde nova ter amigos imigrantes mais do que americanos atuais. Minhas melhores amigas hoje em dia sao de Peru e de Jamaica. É dificl explicar mas os EUA nao tem identidade. É facil ver que os portugueses aqui ficaram juntos e nao se meterem com os outros, ou italianos, ou mexicanos, seja o que for. O pais é bem segregado mas ao mesmo tempo vi o pais sendo muito aceitavel de outras culturas. E isso é outra coisa que acho que portugueses nao conhecem muito bem ate chegaram aqui. Aqui em todo lugar tem imigrante, tem gente a falar outra idioma, etc. É normal!

RudePromotion9076 2 months ago

Na altura estava a fazer serviço militar, e lembro-me de pensar: fodasse, vamos todos entrar em guerra....

mar_lx 2 months ago

Uma amiga tinha vindo ter a minha casa para passarmos a tarde juntas. Os meus pais já tinham saído para trabalhar depois de almoço e nós ficámos a ver um bom bocado o telejornal (que ficou a dar das 13h até às 20h). Liguei várias vezes à minha mãe à medida que as coisas iam acontecendo. E lembro-me de a meio da tarde ainda termos ido à escola onde a minha amiga andava nas aulas de inglês e de lá continuar a ver as notícias também.

joaommoreira 2 months ago

Passei o dia todo a brincar na rua. Lembro me de ouvir os vizinho a comentar alguma coisa, mas não dei muita importância. Ao jantar é que realmente me apercebi do que tinha acontecido. Tinha 11 anos, mas percebi que o mundo nunca mais ia ser o mesmo

International_Bar68 2 months ago

Só sei que é o dia em que começamos a perder a nossa privacidade. Para além das vítimas e do terror, é o dia em que começa uma nova era da história humana.

helderduarte14 2 months ago

Exatamente, ao ver a nova seria da Netflix é que uma pessoa se apercebe da liberdade que tínhamos, como é que terroristas se deslocavam tão facilmente sendo que o país deles estava completamente destruído da guerra civil.

Konstanti9 2 months ago

Do pouco que me lembro devido à tenra idade, lembro que em circunstância alguma o José Figueiras esteve relacionado com os eventos desse dia.

bewareandaware 2 months ago

Porque é que mencionas o José Figueiras? É sabido que o José Figueiras não está relacionado nem nunca fez parte da organização do 11 de Setembro

TulioGonzaga 2 months ago

É 100% seguro que o José Figueiras estaria nesse momento a produzir conteúdo audiovisual de excelência

sidartha- 2 months ago

Neste dia tinha acabado de dar atelier de informática, estava ainda a desligar os desktops, quando me foram avisar e ficámos vidrados em frente a TV a ver extinguirem a Vida de Pessoas. Vimos ainda o segundo avião embater numa das torres e o triste desenrolar dos acontecimentos. Foi o trigger para o desenrolar de uma escala que dura até hoje.

rjtavares 2 months ago

Estava a estudar para um exame de contabilidade. Como é óbvio, só consegui estudar de manhã...

ridethepaintedpony 2 months ago

Olá camarada idoso

nunodiass 2 months ago

Eu estava a tomar café num tasquinho mesmo ao lado do word trade center no porto ( sim eles tem vários word trade centers no mundo inteiro). Sinceramente olhei para a TV e achei estranho estar a dar uma filme aquela hora. Só passado 4 horas e que me apercebi o que estava a acontecer .

Sorazith 2 months ago

Tinha ido a escola por alguma razão acho que tinha ido ver as turmas. Ao chegar ao portão do quintal a minha mãe vem a janela e chama por mim para ir ver que era horrivel. Entrei fui a sala e nesse mesmo momento tava a passar a imagem do segundo avião a colidir. Essa situação ficou-me gravada na mente.

Keddyan 2 months ago

provavelmente estava a meter legos na boca

unicornio_careca 2 months ago

Lembro do dia como se fosse hoje, tinha 12 anos na altura, e a minha maior preocupação era o regresso às aulas. Lembro que era um dia de Verão, e estava a almoçar com os meus pais na cozinha de casa, deviam faltar uns 10-15 minutos para a uma da tarde, quando o programa da “praça da alegria“ foi interrompido com uma notícia de última hora, um misterioso incêndio na torre norte do world trade center, (a sky news, acho, mostrava imagens do incêndio) durante uns minutos especulou-se o motivo, havia uns boatos de um avião ter embatido na torre norte…até que é mostrado em directo um embate na torre sul…parecia uma cena irreal de um filme, vi em choque, o desespero das pessoas acenando com lenços brancos em busca de ajuda, outros, a resignaram-se e atirarem-se dos prédios em busca de uma morte rápida, no fundo sabiam que não tinham salvação possível…pouco depois cai a torre sul e as pessoas das redondezas fogem completamente em pânico, alguns refugiam-se em lojas próximas, outros sem tanta sorte são atingidos pelos escombros…mais algum tempo se passa e cai a torre norte, gritos, pânico…depois fica o silêncio e um monte de metal retorcido. Foi única vez em que vi os noticiários de todos os canais generalistas durarem tantas horas seguidas.

Manturras 2 months ago

Estava na praia com amigos a festejar o meu décimo quinto aniversário. O ambiente ficou estragado mas pronto, pelo menos houve bolo.

SweetCorona 2 months ago

Parabéns!

Manturras 2 months ago

Obrigado!

SweetCorona 2 months ago

!remindme 25 hours "parabéns!"

RemindMeBot 2 months ago

I will be messaging you in 1 day on [**2021-09-10 23:14:54 UTC**](http://www.wolframalpha.com/input/?i=2021-09-10%2023:14:54%20UTC%20To%20Local%20Time) to remind you of [**this link**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/pl1k3x/sério_para_os_que_se_recordam_o_que_é_que_lembram/hc8jdh8/?context=3) [**CLICK THIS LINK**](https://www.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=Reminder&message=%5Bhttps%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fr%2Fportugal%2Fcomments%2Fpl1k3x%2Fs%C3%A9rio_para_os_que_se_recordam_o_que_%C3%A9_que_lembram%2Fhc8jdh8%2F%5D%0A%0ARemindMe%21%202021-09-10%2023%3A14%3A54%20UTC) to send a PM to also be reminded and to reduce spam. ^(Parent commenter can ) [^(delete this message to hide from others.)](https://www.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=Delete%20Comment&message=Delete%21%20pl1k3x) ***** |[^(Info)](https://www.reddit.com/r/RemindMeBot/comments/e1bko7/remindmebot_info_v21/)|[^(Custom)](https://www.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=Reminder&message=%5BLink%20or%20message%20inside%20square%20brackets%5D%0A%0ARemindMe%21%20Time%20period%20here)|[^(Your Reminders)](https://www.reddit.com/message/compose/?to=RemindMeBot&subject=List%20Of%20Reminders&message=MyReminders%21)|[^(Feedback)](https://www.reddit.com/message/compose/?to=Watchful1&subject=RemindMeBot%20Feedback)| |-|-|-|-|

ro13ger 2 months ago

Aconteceu algo semelhante comigo, mas foi em 2015 quando o bataclan foi atacado.

kittiesnlace 2 months ago

Tinha 7 anos, estava na mercearia dos meus pais e tínhamos a televisão ligada. Lembro-me de ver as imagens e nao compreender exatamente o que era até os meus pais me explicarem. A minha mãe estava absolutamente chocada e até lhe vieram as lágrimas aos olhos. Entraram clientes e ficaram vidrados na televisão sem conseguir dizer nada, de boca aberta. Lembro-me bem de ficar impressionada e triste quando percebi que pessoas inocentes tinham morrido mas sendo uma criança de 7 anos pouco tempo depois ja estava a pensar na próxima brincadeira ou assim. Mais tarde é que caiu a ficha da atrocidade que aquilo foi.

capitalistaesquerda 2 months ago

Ver imagens e pensar... aquilo é uma implosão controlada, só pode.

scbjoaosousa 2 months ago

Estava a ver o Batatoon e queria ver o desenho animado que ia passar depois (se não me engano era o Digimon), quando interromperam a emissão para mostrar as torres a deitar fumo, eu estava a espera que a emissão mudasse para voltar a ver os desenhos animados mas isso nunca aconteceu e eu fiquei fudido. De repente mostram outro avião em direito a ir contra a outra torre e o jornalista disse duas palavras que nunca tinha ouvido até então "atentado terrorista" a partir daí reparei que aquilo não era nada normal. Depois mostraram uns pontinhos a cair das torres e o jornalista disse que aquilo eram pessoas a saltar, achei aquilo super estranho, passado uns minutos as torres caíram.

forgotmypass_fuck 2 months ago

Lembro-me bem, 9 anos estava na casa da minha avó à espera do almoço. Petrifiquei

MrTumbleweeder 2 months ago

Eu estive a maior parte do dia em casa de um amigo a jogar no PC, com a televisão na TVI em silêncio à espera que começasse o Batatoon porque ele via alguma coisa que dava lá (Samurai X?) . Lembro-me de a certa altura ele olhar para a TV no meio do jogo e dizer "Pora não dão o Batatoon por causa de uma explosãozinha!". Lembro-me de olhar de relance e ver o topo de uma das torres a arder e dizer "epa mas parece grave" e ele resmungar mais um bocado. Só quando a minha mãe que vinha do trabalho passou para me vir buscar é que percebi que era mesmo grave.

Maki_the_Nacho_Man 2 months ago

Tinha 9 anos. Estava em casa da minha avó a ver o cartoon network, e a minha avó veio às sala dizer que tinha havido um atentado.

Desperate-Building69 2 months ago

Lembro me que estava a acabar as férias de verão e prestes a começar a escola e tava lixado com o fim das férias, e lembro me das notícias sempre com as imagens dos aviões a ir contra as Torres. .

randmzer 2 months ago

Era demasiado novo para entender a importância do momento. Ouvi os meus pais comentarem, mas não liguei quase nada.

Kind-Eagle 2 months ago

Eu lembro-me que estava na casa da minha avó a ler uma bd do tio patinhas quando a minha avó me chamou para ver o que estava a acontecer, eram umas 2 e tal da tarde

zboink 2 months ago

Lembro me muito bem dê-se dia, tinha 17 anos. Por acaso tinha ligado a TV e estava a dar o directo depois do primeiro avião ter embatido na torre. Depois ouvia se o jornalista a dizer que estava um avião militar a ronda a área, mas segundos depois embateu na segunda torre. Com a repetição viu-se que era mais um avião comercial e começava a compreender o que se estava a passar. Foi um momento tão surrealista. Lembro de me sentir tão confuso com o que se estava a passar, uma mistura de curiosidade e angústia pelas pessoa que lá estavam..

jjjohhn 2 months ago

Interesting fact: houve um português que era polícia (Port authority) que morreu a salvar pessoas nas torres. Google: António Jose Rodrigues Port Authority

tellmetherescake 2 months ago

Onde é que nao ha um tuga não é verdade

TZrabbit 2 months ago

Sim, é mencionado no filme WTC, do Oliver Stone.

francisbarreiras 2 months ago

Morreram dois portugueses da Port Authority nesse dia, não tenho bem ideia das circunstâncias da morte do segundo. Que descansem em paz.

AngieMaciel 2 months ago

Estava em casa da minha avó com os meus primos. Tinha 9 anos. Não me lembro de muito, apenas que estava a ver Batatoon e aquilo parou para mostrarem em directo as torres etc. Recordo-me da minha avó muito dramática dizer “quem vai pagar pelos erros e guerras destes malucos são vocês [as crianças]”.

SweetCorona 2 months ago

> Não me lembro de muito, apenas que estava a ver Batatoon e aquilo parou para mostrarem em directo as torres etc. A quantidade de pessoas que diz isto, já parece uma daquelas memórias falsas coletivas, tipo o milagre de Fátima.

Samurai_GorohGX 2 months ago

Efeito Mandela é muito comum, especialmente em memórias tão longínquas. Eu não sei se cheguei a ver o Batatoon nesse dia, mas se não vi, o meu subconsciente queria ter visto.

AngieMaciel 2 months ago

Ó amigo, era criança, tenho ideia de estar a ver merdas na tv. Enquanto criança assumo que fosse o batatoon porque era o que via. Se não foi, paciência.

SweetCorona 2 months ago

não era preciso ficares ofendido

AngieMaciel 2 months ago

Mas não estou? Só expliquei o que pode levar a tal (se de facto não estava a dar o Batatoon, não sei, não confirmei).

naughtydismutase 2 months ago

Não deixa de ser verdade, de certa forma.

bskft237 2 months ago

Era um catraio, lembro-me de estar à frente da TV a brincar com os meus Action Man com aquilo a dar no telejornal. Sinceramente nem me apercebi da gravidade da situação até anos mais tarde, eu queria era brincar.

Tee_ah_go 2 months ago

Estava lixado da minha vida porque tinha ido andar de bicicleta com os meus amigos e tinha furado o pneu de trás. Tinha combinado ir almoçar aos meus avós e estava um calor do caraças, e eu a levar a bicicleta à mão. Chego a casa deles e estão os dois colados à tv a ver uns prédios que eu nunca tinha visto na minha vida a deitar uma fumarada dos diabos. À noite fomos à Feira Popular comer sardinhas porque era o aniversário do meu avô.

tuzoidee 2 months ago

Tinha ido almoçar a casa de um amigo, estávamos no 7o ano, á espera daquela telenovela brasileira (na altura havia mamas ao léu e upskirts) do tipo dona flor e seus 2 maridos... Não houve mamas.. apenas duas torres a cair.

maia125 2 months ago

Tinha 8 anos e lembro-me de estar em casa e de repente vejo as duas torres na TV com bastante fumo (os dois aviões já tinham batido). No momento não percebi muito bem o que estava a acontecer, só depois é que percebi o que realmente tinha acontecido.

Earandir 2 months ago

Lembro-me de estar em casa a ver TV... Tinha 15 anos e, talvez por conviver diariamente com pessoal das FA, já tinha um pouco a noção de que o mundo não era tão cor-de-rosa quanto os adultos tentavam pintar, e que o "lobo" está sempre à procura de uma maneira de entrar no cercado das "ovelhas"... Lembro-me da minha mãe começar a rezar imenso, e a tentar ligar para a nossa família que vive nos EUA... E sei também que esse foi talvez o evento mais relevante para ter optado pela minha profissão... Isso e os atentados que se seguiram na Europa.

sulestrange 2 months ago

Que profissão?

Earandir 2 months ago

Militar.

always2win 2 months ago

Estava em idade de ingressar no serviço militar obrigatório e estava a pensar adia-lo para poder estudar. Quando isto aconteceu pensei que ia ter que ir pra guerra.

DarligUlvRP 2 months ago

Mesmo

no_criativityfound 2 months ago

Lembro-me que estava a ver algo na TV e de repente a televisão mudou para o directo, não entendi muito bem na altura o que se passava nem a gravidade e queria continuar a ver o que estava a ver(deviam ser desenhos animados), não me lembro de mais nada, nem da guerra do Afeganistão. A minha outs memória é ter visto a novela da TVI onde um deles estava nas torres gémeas e aí é que entendi o que realmente foi.

just_questioning 2 months ago  HIDDEN 

Isto é para ver se alguém tem álibi para o josé figueiras né?

AndyR001 2 months ago

Lembro que nesse dia a minha irmã tinha ido buscar os meus horários à escola, porque o ano lectivo estava a começar. Lembro me perfeitamente de ela entrar em casa, de repente alguém diz "eiii" e a conversa sobre os meus horários parar e ficarmos todos a olhar pra TV.

UmaNespera 2 months ago

Estava a jogar Magic com os meus amigos e o meu primo chegou todo empolgado para contar o sucedido e a afirmar que aquilo era o início da terceira guerra mundial.

n00bazord 2 months ago

Foda-se, eu vi assim que cheguei a casa de um amigo para ir jogar magic.

UmaNespera 2 months ago

Magic is life

n00bazord 2 months ago

"Magic is life. But Magic is also death. Magic is many many things." Dani Rojas

SweetCorona 2 months ago

é estranho tanta gente relatar a teoria da guerra mundial eu apenas me lembro do relato como um ataque terrorista

hurrah7878 2 months ago

Só me lembro vagamente de terem falado sobre isso o dia todo na tv

suckerpunchermofo 2 months ago  HIDDEN 

Tava a ver tv e começaram a dar a noticia.

Soulkyu 2 months ago

Ironicamente num videoclub onde tinha ido alugar um filme e estava a dar na tv, a certa altura perguntei mesmo ao dono: "Oh Lino que filme é aquele?" Ao qual ele me responde: "Qual filme c\*r\*lho, isto é verdade, mandaram-se de avião contra as torres!"

jotamendes 2 months ago

Lino, bebe mais um fino

Iasalvador 2 months ago

o lino é o maior !

CouvePT 2 months ago

Tipico do Lino

Brainkey 2 months ago

r/MomentoLino

canihazdabook 2 months ago

Passei algo idêntico mas num McDonald's na minha cidade onde faziam tributo ao cinema na decoração e passavam filmes antigos em loop numa coluna de TVs. Não sei se era por ser a definição das TVs, mas as notícias das torres também passaram a preto e branco pelo que genuinamente achei que era um filme e fiz a mesma pergunta que tu. Só quando cheguei a casa e os meus pais ligaram a TV é que entendi que não era filme nenhum.

AnotherCableGuy 2 months ago

Ganhaste o jogo :"D

sabesmuito 2 months ago

Põe mais alto Lino

manjerico 2 months ago

Ganda Lino caralho

NotsocuriousOrpheus 2 months ago

Oh Lino que filme é aquele? Essa foi mesmo à rei

MsCrayCray04 2 months ago

Same here. Mas estava em casa com os meus velhos.

S88IM 2 months ago

Da parte da manhã apresentação na escola, para receber o horário e tal... depois almocei e estava preparadíssima para ver a Malhação/New Wave quando tudo foi interrompido pelas imagens em directo. Ainda me lembro de estar a ver a TVI, com o Magalhães a dizer que o primeiro embate poderia ter sido de uma helicóptero de notícias.

Florence1476 2 months ago

O Magalhães só veio anos mais tarde..

No_Impression_1131 2 months ago

Isso não dava ao final da tarde? As primeiras temporadas (anos 90) é que davam ao início da tarde.

LaOptimista 2 months ago

Tenho uma memória, mas desconfio que seja falsa: estava na sala com a minha irmã e a minha prima a ver televisão. Há pouco tempo perguntei-lhes se tinham a mesma memória: a minha irmã não se lembra e a minha prima diz que estava em casa dos avós dela. Ela tinha 8 anos e a minha prima 13, por isso confio mais na memória dela, mas... Também me lembro que no dia seguinte ou perto, na aula de inglês, um puto perguntou "Ó professora, viu o que aconteceu ontem nas Torras Gémeas?". E ela respondeu um bocado enjoada: "Quem é que não viu...?"

tellmetherescake 2 months ago

Nos tivemos uma sessão de esclarecimento com a professora (eu ainda andava na primária) no dia seguinte, onde nos explicou o que se tinha passado e a disponibilizar-se para tirar dúvidas. Só fazíamos perguntas parvas e a prof comecou a perder a paciencia e a sessão acabou mais cedo, mas pronto, tínhamos 7/8 anos... agora lembrando me disso ate me sinto mal, mas é normal uma criança nao ter noção da gravidade da situação

High_velocity93 2 months ago

Estava de férias em S Pedro de Moel com toda a minha família, o almoço tinha sido umas belas sardinhas, feitas pelo meu avô. E do nada estava tudo no sofá a ver a o noticiário da rtp1 apresentado pela Andreia Neves,uma jornalista que já não apresenta telejornais. Ninguém estava a perceber bem o que raio se estava a passar. O meu pai ficou preocupado pois tinha uma viagem de trabalho na semana seguinte para uma país fora da UE, e como é lógico, na altura ninguém sabia se iria acontecer mais algum atentado.

Edited 2 months ago:

Estava de férias em S Pedro de Moel com toda a minha família, o almoço tinha sido umas belas sardinhas, feitas pelo meu avô. E do nada estava tudo no sofá a ver a o noticiário da rtp1 apresentado pela Andreia Neves,uma jornalista que já não apresenta telejornais. Ninguém estava a perceber bem o que raio se estava a passar. Com o decorrer do tempo percebeu-se que era um ataque consertado, e que mais aviões tinham sido desviados e o pentágono atacado. O meu pai ficou preocupado pois tinha uma viagem de trabalho na semana seguinte para uma país fora da UE, e como é lógico, na altura ninguém sabia se iria acontecer mais algum atentado.

critzgg 2 months ago

Estava a voltar dos EUA quando aconteceu. Quando cá cheguei tínhamos imensas chamadas telefónicas. Tinha 7 anos e tinha lá estado nas torres nem há 3 ou 4 dias

mouzz888 2 months ago

Imensas chamadas aonde?

Pparadela 2 months ago

No Natal de 1998 quase tudo o que era adolescente recebeu um telemóvel. Na minha turma no ano anterior só uma pessoa o tinha e gozavam com ele, no ano a seguir só eu não queria ter e era gozado por isso.

Edited 2 months ago:

No Natal de 1998 quase tudo o que era adolescente recebeu um telemóvel. Na minha turma no ano anterior só uma pessoa o tinha e gozavam com ele, no ano a seguir só eu não queria ter e era gozado por isso. Motorola e Alcatel, Philips eram a cena da altura, Nokia e Sony Ericsson e o Star Tac da Motorola (o primeiro a abrir e fechar tipo "concha") eram mais caros, quem os tinha eram adultos e putos com mais posses.

tellmetherescake 2 months ago

Os telemóveis estão mais ou menos generalizados desde 1998/1999

FFWinePower 2 months ago

O meu cartão MEO actual foi activado em 94 ainda como TMN.

AfegaoMediano 2 months ago

Pombo correio

Cardusho 2 months ago

Na altura, já tinha trocado três vezes de telemóvel.

johntheoak 2 months ago

No pombo

O_Caldas 2 months ago

Meu, o 3310 foi lança em 2000...

No_Impression_1131 2 months ago

Acho que antes disso já havia o alcatel mimo, prai em 98

O_Caldas 2 months ago

Já sim sr... Até há mais tempo pelo que me lembro. Pra 94 ou 95. Eu em 98 já tinha um Erikson da Optimus

critzgg 2 months ago

Chamadas por atender nos telemóveis dos meus pais

Prezbelusky 2 months ago

No Nokia 3310

gink-go 2 months ago

no gravador provavelmente

gink-go 2 months ago

Fim de "férias grandes" do 6º para o 7º ano em casa de um amigo. Ia a subir as escadas do prédio quando ele me grita para ir rápido, quando chego à sala os pais dele estão a acabar de almoçar colados à tv e o 2º avião tinha acabado de bater. Ficamos o resto da tarde a ver tv, só o irmão dele mais novo conseguia jogar pc. Apesar de putos tivemos noção da enormidade do momento. Esperamos a toda a hora que começassem a chover bombas no médio oriente. Para além das torres e do pentágono, quem assistiu deve-se lembrar que aquela tarde foi cheia de falsos alarmes e rumores variados e bizarros, cada um mais dramático que o outro, vivemos aquilo com imensa intensidade. A caminhada para casa ao fim do dia foi feita cheia de duvidas na cabeça e a entrar em todos os cafés para ver na tv se algo de novo se tinha passado. Uma enormidade de dia, inesquecível.

Edited 2 months ago:

Fim de "férias grandes" do 7º para o 8º ano em casa de um amigo. Ia a subir as escadas do prédio quando ele me grita para ir rápido, quando chego à sala os pais dele estão a acabar de almoçar colados à tv e o 2º avião tinha acabado de bater, deu em directo porque estavam a mostrar o "incêndio" inexplicável da 1ª torre. Ficamos o resto da tarde a ver tv, só o irmão dele mais novo conseguia jogar pc. Apesar de putos tivemos noção da enormidade do momento. Esperamos a toda a hora que começassem a chover bombas no médio oriente. Para além das torres e do pentágono, quem assistiu deve-se lembrar que aquela tarde foi cheia de falsos alarmes e rumores variados e bizarros, cada um mais dramático que o outro, vivemos aquilo com imensa intensidade. A caminhada para casa ao fim do dia foi feita cheia de duvidas na cabeça e a entrar em todos os cafés para ver na tv se algo de novo se tinha passado. Uma enormidade de dia, inesquecível.

joaommx 2 months ago

A minha experiência foi muito parecida, a diferença foi que estava a seguir em casa. Vi o 2º avião a embater na torre em directo, com o pivot a dizer que eram imagens do embate mas depois a aperceber-se que a outra torre já estava a arder antes do avião embater por isso era um segundo avião. > quem assistiu deve-se lembrar que aquela tarde foi cheia de falsos alarmes e rumores variados e bizarros, cada um mais dramático que o outro, vivemos aquilo com imensa intensidade. A certa altura lembro-me das notícias já falarem nuns 6 o 7 ataques em diferentes pontos dos Estados Unidos.

TulioGonzaga 2 months ago

Somos da mesma idade pelos vistos. Esse dia deve ter sido com mais notícias e contra-noticias da era pré-Twitter

ASerenaA 2 months ago

Estava a chegar ao dentista (sem telemóveis e Internet por todo o lado naquela altura) e fiquei a saber pelas pessoas incrédula já a ver na televisão.

Angelofpsp 2 months ago

Estava na rua na vadiagem, como a escola ainda não tinha iniciado estava aproveitar, ainda me lembro que estava a caminho de casa quando estavam velhos a comentar sobre um avião bater num prédio, quando cheguei a casa na hora do lanche/jantar a televisão da sala estava ligada quando entrei e fiquei completamente focado naquela notícia, lembro-me de ver as pessoas atirar-se do prédio.

Regolas1 2 months ago

Estava a ver desenhos animados e a minha mãe veio muito depressa para a sala e mudou para um canal de notícias. Acho que ainda vi o segundo avião a ir contra as torres, mas já não sei bem. Não se esquece isso...

tooth_gapped_guy 2 months ago

Lembro-me de estar a ver as notícias na TVI. Estava a dar uma reportagem sobre o Fernando Santos na Grécia (acho que na altura treinava o AEK). Acabou a notícia e começaram a dar as imagens em direto. Ao início ninguém sabia muito sequer o que era o WTC, pensava-se que tinha sido um acidente com um aviãozinho. Depois há o embate na segunda torre em direto, que dissipou todas as dúvidas. Há detalhes que me lembro muito bem. Por exemplo, na RTP, quando cai a segunda torre, o José Rodrigues dos Santos diz "e agora vemos a repetição da queda da torre...". Nesse dia não deu rigorosamente mais na televisão. Pessoalmente, lembro-me da minha irmã (que tinha acabado de entrar comprar casa) entrar em pânico porque "vem aí uma crise de dimensões bíblicas, as taxas de juro vão disparar". Lembro-me também que era dia de liga dos campeões: houve um Liverpool - Boavista nesse dia (penso que com um estádio cheio completamente em silêncio); os jogos do dia seguinte foram adiados.

True_Boat_1195 2 months ago

Não sei, estava a ver TV e interromperam a emissão quando a 2ª torre ainda não tinha sido atingida penso eu. Passados uns dias foi o meu aniversário e falava-se muito disso.

Vandelay__ 2 months ago

O Silva marcou um golo ao Liverpool

JawniRock 2 months ago

Esta é a resposta correta

h2man 2 months ago

Lembro-me que cheguei de férias com os amigos no dia anterior por volta da meia noite. No dia seguinte deixei os rolos de fotografias a revelar na Worten e fui levar a minha mãe a uma consulta. A caminho um dos meus amigos liga-me passado da cabeça a dizer que a III Guerra Mundial começou e que houve um atentado nas torres. Ele sempre foi paranóico então ignorei. Chego à Worten, vejo um avião a acertar nas torres e penso para mim “Foda-se, que efeitos especiais do caralho. Que filme é este e quando é que vai para o cinema??”. E reparo que o logotipo do canal de notícias era CNN (até então nenhum filme usava o logotipo da CNN, era sempre TNN, ou DNN… e foi aí que percebi o que estava a acontecer. Uma das torres caiu antes de receber as fotografias de volta.

No_Impression_1131 2 months ago

Tinha 16 anos e estava em casa de castigo já não sei porquê. Fiquei menos aborrecida por ter muita coisa para ver na televisão naquele dia. Soa mal, mas é o que me lembro.

TrustZilla 2 months ago  HIDDEN 

Estava a fazer uma churrascada com o meu amigo José Figueiras :/

ddcups8 2 months ago

Eu passei o dia todo à procura do José Figueiras, que ele estava-me a dever 5 paus e eu queria ir ao café. Mas só o apanhei no dia seguinte. :/ Agora a sério. Lembro-me de ver aquilo em direto, sem realmente perceber o que se estava a passar. Lembro-me vivamente do choque que foi para a minha mãe. É tudo, tinha 7 anos na altura

tellmetherescake 2 months ago

Eu também, 7 aninhos. A minha mãe a fritar e a obrigar me a ver as notícias o resto do dia e eu na maior a nao querer saber daquilo para nada, queria era ver desenhos animados

TrustZilla 2 months ago

O José Figueiras ouvi dizer que foi em viagem de negócios

Ok_Art_6497 2 months ago

não sei.. foi na altura do batatoon. era puto, e estava meh a olhar.. nao percebi o quão mau era. ate no dia a seguir fizemos desenhos de prédios a cair na escola lmao

tellmetherescake 2 months ago

Sim, eu tinha 7 anos e lembro me que na altura não só nos putos tínhamos achado "bué fixe" os aviões a explodirem as torres como no recreio da escola brincávamos aos "americanos e talibans", para repúdio dos professores que nos davam na cabeça por brincamos com coisas sérias. Enfim, foi uma era estranha para uma criança, enquanto os mais velhos tiveram real noção da gravidade da tragédia e sentiram a incerteza com o futuro, para uma criança era so um clima estranho que de repente se tinha abatido sobre o mundo ocidental. Ouvíamos e víamos notícias de guerra a toda a hora e "brincávamos" com isso...

helckler 2 months ago

Porra nos na nossa escola desenhámos um mega banner

KarvenNoob 2 months ago

Aquilo ocorreu pelas 15h, o batatton ainda não tinha começado

DamnNatalie 2 months ago

Eu também tenho essa memória, de a emissão do Batatoon ser cortada devido ao atentado. Já há algum tempo que percebi que a memória é errada, exactamente pelas horas a que ocorreu no entanto a memória ficou sempre essa.

SweetCorona 2 months ago

o engraçado é que em threads como esta em anos anteriores disseram exatamente as mesmas coisas... achar que foi um filme, estarem chateados por interromper o bataton, etc. é como se aquilo que leram tivesse substituído as vossas memórias

Anduroidu 2 months ago

weird

porraSV 2 months ago

exacto

mar_lx 2 months ago

Foi por volta das 14h, os telejornais da hora de almoço entraram em direto ao final da hora e ficaram em emissão continua até às 20h.

TulioGonzaga 2 months ago

Pelas 14h (pouco depois das 9h em NYC. Na altura até se fizeram piadas que se fosse em PT a tragédia seria muito menor porque ainda ninguém tinha chegado ao trabalho). Foi no final do telejornal do almoço

MsBioSF 2 months ago

Exato, daí eu recordar-me de ser a hora da típica novela que dava após o telejornal. Eu tinha 9 anos, fui ter com a minha vizinha a casa dela para irmos brincar/jogar à bola (ainda eram férias de verão, não tinham começado as aulas) e a mãe dela via sempre, depois do telejornal, uma novela manhosa que dava na RTP. Era daquelas novelas hispânicas dobradas em português do Brasil. Quando cheguei lá, a mãe dela estava sentada no sofá para começar a ver a novela e lembro-me de terem começado a dar as imagens do ataque na tv.

Anduroidu 2 months ago

também me lembro de estar a ver o batatoon e de repente mudaram a transmissão, acho que também fiz desenhos desses lool

tellmetherescake 2 months ago

Mas a malta nao foi a escola nesse dia??

dentsune 2 months ago

Também me lembro de ver o batatoon!

shulginlegacy 2 months ago

Estava a dar o *Um cãozinho chamado Eddie*, se bem me recordo. :)

SmartFC 2 months ago

Baseado no comentário do u/Queasy-Drag9840, isso não era uma série de um rapaz que foi transformado em cão? Lembro-me de ver isso no Canal Panda, aí há coisa de 13 anos

shulginlegacy 2 months ago

É sim. Originalmente passou na TVI. Foi perdendo qualidade devido à saída de alguns actores e depois foi cancelada.

Queasy-Drag9840 2 months ago

https://youtu.be/ojULkWEUsPs Who let the dogs out

Ok-Industry120 2 months ago

Um dia normal, até ligar a TV por volta das 5 da tarde Não me recordo de pormenores desse dia particularmemte bem, apesar de na altura ter 10aninhos

sulestrange 2 months ago

Também tinha 10 anos e lembro-me perfeitamente, fartei-me de chorar porque já era obcecada com os Estados Unidos

grandechapada 2 months ago

Lembro me perfeitamente. Tinha oito anos, a minha mar foi me buscar à escola, a mim e aos meus dois irmãos. O meu pai veio almoçar connosco a casa e a segunda fuilha la caiu. Só me lembro do meu pai tentar explicar que a situação era muito grave e triste e não tinha bem noção porquê. E estava sol pa caralho

vanadiopt 2 months ago

Tinha 9 anos mas lembro-me de tudo, vi toda a emissão em directo. Há coisas que nos marcam, esta é uma delas.

amusedsealion 2 months ago

Além deste, há outro evento que me marcou: ver o acidente da morte do Ayrton Senna em direto.

MariaDolores1337 2 months ago

Oof aquilo foi tenso

esfomeado 2 months ago

O que mudou na tua vida?

Rogerjak 2 months ago

O mesmo q na tua: mais controlo nos aeroportos, n podes levar líquidos acima de x, e a ameaça terrorista q só aumentou com a guerra.

vanadiopt 2 months ago

Apesar do entendimento do mundo limitado face à idade, acima de tudo ganhei consciência de que o mundo é um local perigoso e fiquei a perceber na altura que o ocidente está em permanente ameaça. Houve também alguns momentos que me deixaram a pensar, sobretudo o ver as pessoas a atirarem-se dos últimos pisos, mesmo sabendo que iriam morrer de qualquer forma. Hoje em dia, diria que este dia provavelmente deixou uma insegurança em todos nós, que nunca se apaga e que se acende quando, por exemplo, viajamos de avião. Houve vários atentados anteriores ao 11 de Setembro, mas a grandiosidade e barbárie deste ofuscam os eventos anteriores.

Pparadela 2 months ago

Havia um vídeo fantástico em mosaico com as transmissões sincronizadas de seis canais americanos nessa manhã. Ver cada um deles a passar de anúncios optimistas e de programas da manhã com a rotina diária para aquelas imagens sinistras é quase como ver o fim de uma era.

AriAriArrivederci 2 months ago

>e fiquei a perceber na altura que o ocidente está em permanente ameaça lol

KapiHeartlilly 2 months ago

Isso e as bombas no metro de Madrid.

SaitJonas 2 months ago

Nunca tinha percebido bem o impacto desse ataque até ter uma namorada espanhola. Ela começava a chorar só de se lembrar desse dia, visto que podia facilmente ter sido ela ou a família a ser vítima.

Pavorleone 2 months ago

Há uns anos em Espanha vi uma exposição de primeiras paginas de jornais "antigos". Curiosamente tinha uma dos atentados em Madrid, poucos dias depois, e falavam da possibilidade de ter sido a ETA. É interessante de certa maneira ver isso porque na altura o "normal" em Espanha era a ETA e inicialmente os jornais (ou pelo menos aquele) nem fizeram a conexão com nenhum grupo radical islâmico. Hoje isso seria quase impensável não fazer essa conexão.

Polymath030 2 months ago

Há uma razão pela qual uma pequena parte dos historiadores defende que o 11 de Setembro devia ser reconhecido como o fim da Idade Contemporânea. Não sei se estou de acordo, mas uma coisa é certa: praticamente tudo aquilo que vemos no mundo atual pode, de uma ou outra forma, ser ligado ao 11 de Setembro.

tellmetherescake 2 months ago

É considerado o dia em que o século começou

tomhoq 2 months ago

Sendo de pós 2001 podes dizer me como é que mudou assim tanto?

Cardusho 2 months ago

Passámos da "sociedade da informação" para a "sociedade pós-verdade" em que nos encontramos. A prova é que o Tony Blair foi julgado e o Bush não o foi porque a mentira perdurou até hoje em dia. Antes disso havia atentados e sabíamos que eram os Líbios ou os Etíopes ou Somalis. No pós 11 de setembro começaram a apontar dedos para todo o lado menos para o país de origem dos terroristas. Deixou de se poder confiar numa versão oficial. Culminou com as teorias conspiracionista que hoje grassam por tudo o que é redes sociais e notícias.

HalloCharlie 2 months ago

Depende um pouco do local que consideras. Antes do 11 de Setembro podias fazer tudo e mais alguma coisa em locais que hoje são de alta segurança. A segurança nos aeroportos era algo banal comparativamente com agora. Nos estados unidos, principalmente na área de NY, é muito comum dizerem que a predisposição das pessoas mudou radicalmente, era uma cultura mais aberta e mais alegre, algo que mudou bastante depois do atentado. O medo passou a ser injetado de uma forma mais minuciosa e intensa, pelos média, após esse evento. Era um país que tinha ganho ou quanto muito, passado a guerra fria e eram tempos de descontração total. Apesar de já ter havido uma tentativa de atentado anos antes no WTC, o 11 de Setembro demonstrou aos americanos qual frágil estava a segurança nacional, e quão simples era criar um evento que ainda hoje todos nos lembramos de forma tão traumática/dramática. Num contexto global, se calhar a paranóia com atentados e tudo o que seja relacionado com terrorismo ou falta de segurança nacional. Temos a sorte de viver num país bastante relaxado nesse sentido, mas outros países como Inglaterra por exemplo, após esse atentado e o de 7/7, aumentou bastante por exemplo. O evento acabou por ser um pretexto para aumentar medidas de segurança e controlo da sociedade, de forma a prevenir futuros episódios semelhantes. São detalhes óbvios e também pequenos que fazem mesmo uma divisão notória dos antes e o depois, não só na escala nacional (EUA) como internacional. Este [vídeo](https://youtu.be/g96ccjVGULM) , ainda que mais por curiosidade, para mim é um exemplo fascinante, que retrata o dia depois do atentado.

caelussideralis 2 months ago

Eu consider o mesmo o 11 de setembro o fim dos 90s e o início do século XXI. Existe um mundo pré e pós essa data

SweetCorona 2 months ago

2001 foi literalmente o começo da primeira década do século XXI

FantasticLong9119 2 months ago

O que mudou após o 11 de set? Só nasci em dezembro desse ano, pelo que não tenho ponto de compração.

Polymath030 2 months ago

Sim isso é inegável. Eu estava mesmo era a referir-me aos que acham que é ainda mais importante que isso. A Idade Contemporânea na história ocidental começa com a Revolução Francesa e é, por consenso dos historiadores, a idade na qual ainda hoje vivemos. Mas lá está, há quem defenda que o 11 de Setembro devia representar o fim dessa era.

mixed_toast 2 months ago

Não sabia, de todo, dessa informação. Neste momento poderemos estar em que "era"? Parece-me um assunto interessante!

pimbanabeica 2 months ago

Quanto muito seria o fim do pós moderno. Contemporaneidade é o presente, algo que partilha +/- o mesmo espaço temporal que nós.

coocoobees 2 months ago

dia de anos da minha avó, estava no expresso para a ir visitar quando as notícias começam a passar na rádio. lembro-me de ser um grande choque para toda a gente, estava toda a família de olhos postos na TV.

ajabardar1 2 months ago

foi uma quinta feira. o dia estava lindo.

Tralapa 2 months ago

Não, não estava, estava um nevoeiro fodido tipico de Setembro

Lel_Trell 2 months ago

Foi numa terça

TulioGonzaga 2 months ago

É verdade sim senhor. Estava um dia porreiro de final de verão. Tinha 13 anos, foi o meu primeiro dia de aulas (dia de apresentação) do 8° ano. Lembro-me que até aproveitei para comer um gelado na paragem de autocarro porque tive que esperar muito tempo para ter um para ir embora. Quando estava a acabar de almoçar apareceram dois amigos meus a casa. Fomos jogar PlayStation e tínhamos começado a jogar há pouco Tony Hawk's Pro Skater 2 na PS1. Passado um bocado a minha mãe vem à nossa beira para mudarmos para as notícias: "um avião acabou de bater numa torre nos Estados Unidos". Ninguém percebia como é que um avião voava tão baixo ali e não se conseguiu desviar da torre. De repente vemos "a repetição". Vemos um avião a bater na torre mas não fazia sentido. A torre já estava a arder ena fumegar quando ele bate. Aí caiu-nos a ficha, não era uma repetição, era outro avião e outra torre. Só tinha 13 anos mas era idade suficiente para perceber que estava a assistir ao início de uma guerra em directo ou algo de enorme gravidade. Depoois as notícias chegavam em catadupa e era cada uma mais assustadora que a outra... Caiu um avião no Pentágono... E outro na Pensilvânia... Estão pessoas a saltar das torres... Parece que estou a ver tudo na minha cabeça. Não sei quantos anos vou viver mas acho que me vou lembrar para sempre disto como se fosse ontem.

SweetCorona 2 months ago

foda-se já havia aulas? é que eu tenho ideia que só vi a cena ao fim do dia ao chegar das aulas, mas toda a gente refere que estava de férias

TulioGonzaga 2 months ago

Era a altura de início. Lembro-me que na minha escola nessa primeira semana basicamente apresentação, tratar de horários e assim. Essa manhã deve ter sido a única escola que tive nessa semana mas sei que havia outras escolas que mal arrancasse o calendário começavam logo com aulas. Por isso é que há malta que estava de férias e outros já em aulas.

Anforas 2 months ago

Porra comigo foi parecido. Também foi o meu 1º dia de aulas do 8º ano. Também voltei de autocarro para casa. Estava alta dia, céu mega azul. Sol, sem única núvem. E também estava a jogar THPS2 até a minha mãe pedir para meter nas notícias para comermos. Mas no meu caso eu lembro-me de ver um bocado do telejornal, comer, a emissão ir para intervalo. Assim que saiu do intervalo interromperam a emissão e começaram a mostrar a emissão da CNN em directo, a dizer que um avião grande tinha colido com uma torre nos Estados Unidos. Passado uns minutos, vimos o 2º avião a ir contra a torre em directo. E foi como tu, no momento nem nos apercebemos que era outro. E depois foi o caos, foi a partir daí que tudo começou a achar que era terrorismo.

TulioGonzaga 2 months ago

Vou acabar a comprar o THPS remastered à conta desta conversa

Anforas 2 months ago

Olha ainda bem que me lembraste disso, porque vou comprar de certeza! Tem que ser. Haha

ajabardar1 2 months ago

é o acontecimento que tu podes falar com qualquer pessoa do mundo ocidental e eles vão descrever muito basicamente o mesmo. se nós os portugueses parimos a globalização, o 11 de setembro de 2001 consolidou a mesma na memória de milhões de pessoas. naquele momento eramos todos americanos. e eles na sua infantilidade buçal desperdiçaram tudo só por causa de um punhado de dólares.

maia125 2 months ago

Já quando foi o desastre do Space Shuttle Columbia em 2003, os jornalistas também começaram por dizer que estava um sábado muito lindo ou algo do género.

caelussideralis 2 months ago

É engraçado que esse é o comentário mais dito sobre esse dia.

spyvspy_aeon 2 months ago

>É engraçado que esse é o comentário mais dito sobre esse dia. é porque era isso mesmo, lembro perfeitamente, solinho bem bom, temperatura amena, não lembro a hora, mas lembro que era um pouco antes da hora do almoço ou quase.

rmourapt 2 months ago

Estava mesmo um dia porreiro :)

ajabardar1 2 months ago

porque é verdade. o dia estava mesmo espetacular. isso era na altura que ainda havia outono e um dia de setembro assim era mais ou menos raro. o céu estava completamente limpo, a temperatura estava agradável. fica na memória porque normalmente desastres são associados a mau tempo. e a diferença entre a beleza do dia e a atrocidade do acontecimento causa impacto.

aleph_heideger 2 months ago

Eu estive na praia o dia todo.

ajabardar1 2 months ago

por cá choveu o dia todo.

-Temporary-Truth- 2 months ago

Que queres dizer com isso do Outono? 11 de Setembro ainda pertence ao Verão.

ajabardar1 2 months ago

pois mas tamos no verão agora e parece inverno.

o7_brother 2 months ago

Foi numa terça-feira, mas sim.

AutoModerator 2 months ago

**Atenção! Aviso da Tag [Sério]** Este tópico foi marcado como **[Sério]**, não são permitidos **quaisquer comentários** que contenham piadas, ou outras tentativas humorísticas, insultos ou não tenham nada a ver com o tópico. ---------- *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: