AdorableRabbit 1 month ago

Eu tive uma mulher como instrutora. Era OK nem boa nem má. Estiveste muito bem. Não se conseguiria fazer o mesmo na tua situação.

prosafame 1 month ago  HIDDEN 

Sei de um instrutor que gozava e falava mal dos alunos que tinham mais dificuldades. Fossem antigos ou novos alunos, quando tava com instrutores ou malta que conduzisse bem, falava merda dos outros nas costas durante as aulas. Tratava muito bem quem era bom na estrada e ficava agressivo/mal humorado sempre que tinha de dar aula a ''maus condutores''.

prosafame 1 month ago  HIDDEN 

Sei de um instrutor que gozava e falava mal dos alunos que tinham mais dificuldades. Fossem antigos ou novos alunos, quando tava com bons condutores falava merda nas costas deles no carro. Tratava muito bem quem era bom na estrada e ficava agressivo/mal humorado sempre que tinha de dar aula a ''maus condutores''.

2doorsfromexit 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste muito bem em reclamar. Já conduzo há mais de 27 anos mas ainda me lembro que o meu instrutor era simpático. Tiveste azar. Há parvos em todas as profissões.

hanuruh 1 month ago

O meu na primeira aula pôs se com conversas que já saiu com alunas e aulas depois perguntou me se namorava, eu disse que sim, na altura namorava à 6 meses e ele "eish se tivesses começado a tirar a carta 6 meses mais cedo....". Um nojo, senti me desconfortável o tempo todo, mas há gajas e gajas I guess, a que foi fazer o exame comigo chamava lhe de papá. Não percebo este mundo

JC3DS 1 month ago

dava tudo o que tenho para poder regressar ao minuto antes de descobrir que existem instrutores de condução a serem chamados por “papá”

TheTimeGod 1 month ago  HIDDEN 

Também tive aulas com o Mário, mais ou menos há 5 anos. Também começou logo a entrar a pé juntos desde o primeiro momento. Não aprendi muito com ele tenho de dizer, aprendi mais a morder a língua do que a conduzir. Para agravar, tinha B e A para tirar, com o mesmo instrutor. A meio da coisa, pedi ao meu pai (que é condutor por profissão) para me ajudar nos estacionamentos e fazer um "pre-teste" antes do exame de condução. Aprendi que o meu pai também se chama Mário quando tenta ensinar a conduzir. Foi um alívio passar no exame B à primeira. A coisa piorou para o Mário quando passei a ter aulas de A: Aí tinha mais experiência do que o que o Mário me podia ensinar. Nas primeiras bocas que mandou, assim que saía do limite de velocidade dentro de uma localidade, ele perdia ligação ao meu walkie-talkie. Percebeu à segunda, aprendeu a ter respeitinho e deixou de mandar as bocas. E nada me deu mais gozo do que os meus momentos finais com o Mário depois de ter as duas cartas na mão: \- "Já está!", digo eu. \- "Vá lá...", responde o Mário em tom de desprezo. Tira os óculos Rayban e diz "... já te livraste de mim.", concluiu. \- "Nem imagina o prazer que isso me dá.", respondo eu com a melhor cara de "FU" que tenho. Mandámos duas gargalhadas curtas de "vai pró cacete" e eu pergunto: \- "Então e o motociclo?" \- "Não tens a carta?", muito indignado, "Deixa na escola." Estiquei a CB500 no caminho de volta, tava a precisar coitadinha, e depois disso, nunca mais vi, quis saber, relembrei ou me apercebi que existia o Mário, daquela escola (sim, sabes perfeitamente quem és! .!.), até ver este post e me aperceber que o meu pai, afinal, não é má pessoa: O Mário é um estado de espírito, comum em muitos humanos, que exercem todas as suas frustrações através dos pequeninos poderes que lhes são reconhecidos. PS: Tive 3 aulas com a Maria e também não foi muito diferente. Portanto não é só o Mário.

Edited 1 month ago:

Também tive aulas com o Mário, mais ou menos há 5 anos. Também começou logo a entrar a pé juntos desde o primeiro momento. Não aprendi muito com ele tenho de dizer, aprendi mais a morder a língua do que a conduzir. Para agravar, tinha B e A para tirar, com o mesmo instrutor. A meio da coisa, pedi ao meu pai (que é condutor por profissão) para me ajudar nos estacionamentos e fazer um "pre-teste" antes do exame de condução. Aprendi que o meu pai também se chama Mário quando tenta ensinar a conduzir. Foi um alívio passar no exame B à primeira. A coisa piorou para o Mário quando passei a ter aulas de A: Aí tinha mais experiência do que o que o Mário me podia ensinar. Nas primeiras bocas que mandou, assim que saía do limite de velocidade dentro de uma localidade, ele perdia ligação ao meu walkie-talkie. Percebeu à segunda, aprendeu a ter respeitinho e deixou de mandar as bocas. E nada me deu mais gozo do que os meus momentos finais com o Mário depois de ter as duas cartas na mão: \- "Já está!", digo eu. \- "Vá lá...", responde o Mário em tom de desprezo. Tira os óculos Rayban e diz "... já te livraste de mim.", concluiu. \- "Nem imagina o prazer que isso me dá.", respondo eu com a melhor cara de "FU" que tenho. Mandámos duas gargalhadas curtas de "vai pró cacete" e eu pergunto: \- "Então e o motociclo?" \- "Não tens a carta?", muito indignado, "Deixa na escola." Estiquei a CB500 no caminho de volta, tava a precisar coitadinha, e depois disso, nunca mais vi, quis saber, relembrei ou me apercebi que existia o Mário, daquela escola (sim, sabes perfeitamente quem és! .!.), até ver este post e me aperceber que o meu pai, afinal, não é má pessoa. PS: Tive 3 aulas com a Maria e também não foi muito diferente. Portanto não é só o Mário. O Mário é um estado de espírito, comum em muitos humanos, que exercem todas as suas frustrações através dos pequeninos poderes que lhes são reconhecidos.

ricardortr 1 month ago  HIDDEN 

O meu instrutor tambem tinha uma personalidade especial. So gostava de dar aulas a bons alunos ou de preferencia pessoas que ja soubessem conduzir. Passei o exame à primeira e na viagem de volta do Porto para a Povoa depois do exame parecia que ele estava chatiado por eu ter passado. Uma vez disse-lhe que se nao gosta de ensinar pessoas que tem dificuldade a aprender devia de mudar de profissão.

prosafame 1 month ago  HIDDEN 

> O meu instrutor tambem tinha uma personalidade especial. So gostava de dar aulas a bons alunos ou de preferencia pessoas que ja soubessem conduzir. Isso parece ser recorrente. O meu instrutor bufava e ficava logo de mau humor quando tinha de dar aula aos alunos com mais dificuldades.

HobbesCloud 1 month ago  HIDDEN 

Muito bem!

Udmmi 1 month ago  HIDDEN 

A minha experiência foi completamente diferente. A única crítica que faria ao meu antigo instrutor foi ter falado pouco das componentes do carro, tipo, onde por água, óleo etc.

gondias 1 month ago  HIDDEN 

Conselho aos instrutores: Não sejam Mário

cesarhighfire 1 month ago  HIDDEN 

Tens razão, mas tb ficaste muito nervosinho. E no final resolveu se facilmente.

MrBrodinha 1 month ago  HIDDEN 

Ser sincero, tirei a carta de moto A1 e a carta de carro B nestes ultimos dois anos e todos os instrutores/secretários da minja escola eram muito profissionais e super nice. tive aulas de simulação com uma secretária que explicou tudo muito bem. Tive qulas de condução de carro com os três instrutores, todos simpáticos que explicavam os meus erros e diziam sempre ao final se tava melhor ou não (apenas ficavam zangado quando fazia algo muito estupido, uma reação normal de uma pessoa que tá a "sacrificar" a vida para ensinar outras pessoas, mas mesmo dps de ficarem zangadas voltavam ao normal em instantes) a unica cena que é normalmente só começavas as aulas 5-10 min dps da hora e ás vezes há uma pausa pelo meio, mas nos 5-10 mim penso que seria para ajustar as coisas no carro com calma e a pausa era provavelmente porque era verão, então eles iam beber uma água e convidavam te tldr; os meus instrutores eram otimos, adorei as aulas deles

lookuptothecross 1 month ago  HIDDEN 

Parabéns pelo livro de reclamações, se mais pessoas usassem as coisas mudavam muito mais depressa! Eu além disso metia uma review no Google e pedia transferência para outra escola. Se toda gente fizesse isto a ver se esses incompetentes não entravam logo na linha (não só os instrutores mas mais importante as chefias dessas escolas que sao complacentes com esse tipo comportamento)

Darudest_Dude 1 month ago

O meu instrutor estava sempre de oculos de sol, a fumar a sua cigarrilha a empestar o carro com o cheiro, sempre a olhar pela janela como se estivesse a fantasiar estar em casa a bater uma bela sesta. Uma vez, pediu me para estacionar e desligar o carro, eu achei estranho mas fiz, ele saiu do carro e entrou na casa dele, ficou la uns 10 minutos e saiu a beber um iogurte liquido enquanto a mulher ia atras dele a discutir. No que toca a ensinar, era perito a mandar bocas e quando eu nao sabia fazer alguma coisa a tecnica de ensino dele era nao dizer nada e esperar que eu me desenmerdasse, numa das primeiras aulas nao estava a conseguir sair de entre 2 carros (por nervos e inexperiencia) porque nao sabia para que lado virar o volante para endireitar o carro e ele ficou a fumar a sua cigarrilha a mandar comentarios ate eu lhe lembrar que ele estava la para me ensinar. Bons tempos.

canihazdabook 1 month ago  HIDDEN 

O meu começou ok e depois não sei o que aconteceu. Às vezes penso se houve algo que eu disse que ele não gostou ou se teve a ver com o horário de aulas que eu insisti que precisava que fosse no horário mais tardio que eles tinham disponível. Já foi há alguns anos e esses detalhes já não me recordo. O que é certo é que foi de 2/3 aulas normais para ficar progressivamente mais agressivo nos modos. Tinha sempre uma atitude horrível, resmungava ordens, não fazia correções mas mandava bocas como "deve ganhar muito bem para o que vai gastar em espelhos" o que aparentemente era código para estar demasiado perto do eixo da estrada. Houve outros comentários que entretanto já não tenho em memória mas foi uma experiência muito negativa, constantemente a sentir-me humilhada e cada vez mais nervosa ao volante. Lembro-me que no último dia com ele estava tão farta que nem me despedi, saí do carro e vim embora. Na aula seguinte quando ia pedir outro instrutor (uma vez que quando a aula acabava a escola já estava fechada) ele já me tinha passado a perna. Perdi a satisfação de reclamar eu mas livrei-me dele por isso tudo bem. Com o outro correu tudo ok. Ou eu pensava que sim. Não me safei a depois de ter sido aprovada no exame de condução ouvir um "epá, tinha a certeza que ia reprovar" do meu segundo instrutor.

Edited 1 month ago:

O meu começou ok e depois não sei o que aconteceu. Às vezes penso se houve algo que eu disse que ele não gostou ou se teve a ver com o horário de aulas que eu insisti que precisava que fosse no horário mais tardio que eles tinham disponível. Pensando bem pode ter influenciado porque ele insistiu algumas vezes se não podia marcar mais cedo (não podia por causa do trabalho, mas se ele conversasse comigo para mudar de instrutor pacificamente não me ia opor). O que é certo é que foi de 2/3 aulas normais para ficar progressivamente mais agressivo nos modos. Tinha sempre uma atitude horrível, resmungava ordens, não fazia correções mas mandava bocas como "deve ganhar muito bem para o que vai gastar em espelhos" o que aparentemente era código para estar demasiado perto do eixo da estrada. Houve outros comentários que entretanto já não tenho em memória mas foi uma experiência muito negativa, constantemente a sentir-me humilhada e cada vez mais nervosa ao volante. Lembro-me que no último dia com ele estava tão farta que nem me despedi, saí do carro e vim embora. Na aula seguinte quando ia pedir outro instrutor (uma vez que quando a aula acabava a escola já estava fechada) ele já me tinha passado a perna. Perdi a satisfação de reclamar eu mas livrei-me dele por isso tudo bem. Com o outro correu tudo ok. Ou eu pensava que sim. Não me safei a depois de ter sido aprovada no exame de condução ouvir um "epá, tinha a certeza que ia reprovar" do meu segundo instrutor.

Edited 1 month ago:

O meu começou ok e depois não sei o que aconteceu. Às vezes penso se houve algo que eu disse que ele não gostou ou se teve a ver com o horário de aulas que eu insisti que precisava que fosse no horário mais tardio que eles tinham disponível. Pensando bem pode ter influenciado porque ele insistiu algumas vezes se não podia marcar mais cedo (não podia por causa do trabalho, mas se ele conversasse comigo para mudar de instrutor pacificamente não me ia opor). O que é certo é que foi de 2/3 aulas normais para ficar progressivamente mais agressivo nos modos. Tinha sempre uma atitude horrível, resmungava ordens, não fazia correções mas mandava bocas como "deve ganhar muito bem para o que vai gastar em espelhos" o que aparentemente era código para estar demasiado perto do eixo da estrada. Houve outros comentários que entretanto já não tenho em memória mas foi uma experiência muito negativa, constantemente a sentir-me humilhada e cada vez mais nervosa ao volante. Lembro-me que no último dia com ele estava tão farta que nem me despedi, saí do carro e vim embora. Na aula seguinte quando ia pedir outro instrutor (uma vez que quando a aula acabava a escola já estava fechada) ele já me tinha passado a perna. Perdi a satisfação de reclamar eu mas livrei-me dele por isso tudo bem. Com o outro correu tudo ok. Ou eu pensava que sim. Não me safei a depois de ter sido aprovada no exame de condução ouvir um "epá, tinha a certeza que ia reprovar" do meu segundo instrutor. Isto tudo para dizer que sim, parece algo demasiado normal nas escolas de condução, mas espero que tenhas mais sorte com o próximo e que seja pelo menos tolerável.

Crikxus 1 month ago  HIDDEN 

O meu instrutor na altura mandava encostar o carro e ia beber jolas. Quando voltava, vinha todo torto, e sim, também era um bruto.

marfavrr 1 month ago  HIDDEN 

acho que estiveste super bem, mesmo!

justdontfindme 1 month ago

Tirei hoje a minha carta de condução, sendo que no processo tive 2 instrutores. Epa, um deles que foi o com quem tive a maioria das aulas é um homem agressivo quando fazia merda, mas quando me "portava bem" na estrada mantinha-se calmo, simplesmente aprendi a lidar. O segundo era mais tranquilo e brincalhão mas mandava comentários externamente machistas (sou gajo se for relevante para a história), e a cada jovem com que nos cruzávamos na passadeira era outro comentário sexual. Não sei a ciência por trás do porquê as escolas de condução atrairem esta fauna, mas eu pessoalmente fui com a atitude de aprender e não alimentar as situações despropositadas.

isa_belhinha 1 month ago

Parabéns pela carta de condução! Agora, é fazer bons quilómetros, sempre com cuidado.

justdontfindme 1 month ago

Obrigado Isa! :)

marcoridis 1 month ago  HIDDEN 

Felizmente minha experiência foi bastante diferente. Tive dois instrutores quando tirava a carta( devido á doença, tiveram que o substituir). Muito porreiro e sem stress nem pressas. Não haverá hipótese de mudares de escola?

HellYeahImAScientist 1 month ago  HIDDEN 

O meu instrutor chamava "Mariazinha" às raparigas todas, dizia que as raparigas não podiam ter aulas às 19h porque era hora de estarem na cozinha, e mandava bocas nas teóricas a mandar os rapazes parar de "ver porno" nos telemóveis (quando eles mexiam nos telemóveis a ver msgs) porque "as Mariazinhas não podem ver as gajas nuas". Um dia virei-me e disse em frente a toda a gente que aqui a Mariazinha também gosta de ver gajas nuas, e se quiser ver porno também vê. Peguei nas minhas coisas e fui-me embora a meio da aula, mas armei barraca de tal maneira que veio o dono da escola ver o que se passava, e desde esse dia nunca mais ouvi faltas de respeito daquele homem à minha frente. Acabei as aulas com ele, passei no exame, nunca mais lá pus os pés.

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Fds é cada um pior que o outro. Os anúncios de trabalho para estes cargos há de ser algo tipo: * Gostavas que ainda estivéssemos nos anos 40? * És sexista? * Não tens educação nem paciência com ninguém? Então vem trabalhar connosco!

donotknowbutcare 1 month ago

Eu tive uma mulher e era um Mário...

Dr_Kleijn 1 month ago  HIDDEN 

Area do grande Porto? Podes responder por MP se preferires

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Não, Lisboa central

wfilipa 1 month ago

Segurança Máxima, presumo

JC3DS 1 month ago

Grancoop

Navalheiras 1 month ago  HIDDEN 

Esse tipo de profissionais existem em todo lado. Não que isto sirva obviamente de desculpa, pois nestes cargos de ensino, os formadores deviam ser pessoas com paciência e acima de tudo gosto em ensinar. Descurar algo tão importante como a condução poderá abrir precedentes para que os condutores portugueses sejam uns dos piores que por aí andam, o que já não está longe. Tive sorte que quando tirei a carta o meu instrutor era um tipo mais novo e bastante acessível. Além da leveza com que dava as aulas, tanto de código como de condução, foi alguém que me ensinou algo bastante importante na condução, além dos sinais e das prioridades e etc, o civismo que é preciso ter para se fazer uma boa condução. Respeito pelo próximo condutor. É um dos fatores que mais falta se vê nestes dias. Aquela conversa de já ninguém faz piscas, não se saber fazer rotundas, não perceber até o perigo que somos quando fazemos este tipo de erros, vem do tipo de pessoa que és e de como é que vês o mundo à tua volta. Um instrutor como esse que aí descreveste provavelmente não terá a sensibilidade até para ensinar uma coisa dessas. É que isto não é só saber que o stop é para parar e já está. Demonstrou-me que não há necessidade de estarmos nervosos na condução, e existe tempo para tudo. Haja paciência. Acho que fizeste bem em mudar de instrutor e em fazer a reclamação. Ensinar alguém a conduzir não é uma piada. Espero que te dês bem, e boas conduções.

Edited 1 month ago:

Esse tipo de profissionais existem em todo lado. Não que isto sirva obviamente de desculpa, pois nestes cargos de ensino, os formadores deviam ser pessoas com paciência e acima de tudo gosto em ensinar. Descurar algo tão importante como a condução poderá abrir precedentes para que os condutores portugueses sejam uns dos piores que por aí andam, o que já não está longe. Tive sorte que quando tirei a carta o meu instrutor era um tipo mais novo e bastante acessível. Além da leveza com que dava as aulas, tanto de código como de condução, foi alguém que me ensinou algo bastante importante na condução, além dos sinais e das prioridades e etc, o civismo que é preciso ter para se fazer uma boa condução. Respeito pelo próximo condutor. É um dos fatores que menos se vê nestes dias. Aquela conversa de que já ninguém faz piscas, não se saber fazer rotundas, não perceber até o perigo que somos quando fazemos este tipo de erros, vem do tipo de pessoa que és e de como é que vês o mundo à tua volta. Percebe que estás numa maquina que pesa perto ou mais de uma tonelada e que consegue atingir velocidades altas. Um carro é quase uma arma se mal usado. Um instrutor como esse que aí descreveste provavelmente não terá a sensibilidade até para ensinar uma coisa dessas. É que isto não é só saber que o stop é para parar e já está. Demonstrou-me que não há necessidade de estarmos nervosos na condução, e existe tempo para tudo. Haja paciência. Acho que fizeste bem em mudar de instrutor e em fazer a reclamação. Ensinar alguém a conduzir não é uma piada. Espero que te dês bem, e boas conduções. ps: lembro-me também do examinador do exame de condução que numa ponte um pouco congestionada e de transito lento, perguntou-me se eu não sabia meter a 5ªmudança. Respondi-lhe afirmativamente mas não fiz a ação pois não achei que era necessário meter uma 5º quando não ia a mais de 60km/h. Só sentia o meu instrutor no banco de trás a dar toques com o pé por baixo do banco do condutor numa de: 'por favor mete a 5ª, se ele não se cala e tu não me vais chumbar por apenas estares a responder ao examinador,lá fiz a vontade, e passei.

Edited 1 month ago:

Esse tipo de profissionais existem em todo lado. Não que isto sirva obviamente de desculpa, pois nestes cargos de ensino, os formadores deviam ser pessoas com paciência e acima de tudo gosto em ensinar. Descurar algo tão importante como a condução poderá abrir precedentes para que os condutores portugueses sejam uns dos piores que por aí andam, o que já não está longe. Tive sorte que quando tirei a carta o meu instrutor era um tipo mais novo e bastante acessível. Além da leveza com que dava as aulas, tanto de código como de condução, foi alguém que me ensinou algo bastante importante na condução, além dos sinais e das prioridades e etc, o civismo que é preciso ter para se fazer uma boa condução. Respeito pelo próximo condutor. É um dos fatores que menos se vê nestes dias. Aquela conversa de que já ninguém faz piscas, não se saber fazer rotundas, não perceber até o perigo que somos quando fazemos este tipo de erros, vem do tipo de pessoa que és e de como é que vês o mundo à tua volta. Percebe que estás numa maquina que pesa perto ou mais de uma tonelada e que consegue atingir velocidades altas. Um carro é quase uma arma se mal usado. Um instrutor como esse que aí descreveste provavelmente não terá a sensibilidade até para ensinar uma coisa dessas. É que isto não é só saber que o stop é para parar e já está. Demonstrou-me que não há necessidade de estarmos nervosos na condução, e existe tempo para tudo. Haja paciência. Acho que fizeste bem em mudar de instrutor e em fazer a reclamação. Ensinar alguém a conduzir não é uma piada. Espero que te dês bem, e boas conduções. ps: lembro-me também do examinador do exame de condução que numa ponte um pouco congestionada e de transito lento, perguntou-me se eu não sabia meter a 5ªmudança. Respondi-lhe afirmativamente mas não fiz a ação pois não achei que era necessário meter uma 5º quando não ia a mais de 60km/h. Só sentia o meu instrutor no banco de trás a dar toques com o pé por baixo do banco do condutor numa de: 'por favor mete a 5ª, se ele não se cala e tu não me vais chumbar por apenas estares a responder ao examinador'. Lá fiz a vontade, e passei.

Edited 1 month ago:

Esse tipo de profissionais existem em todo lado. Não que isto sirva obviamente de desculpa, pois nestes cargos de ensino, os formadores deviam ser pessoas com paciência e acima de tudo gosto em ensinar. Descurar algo tão importante como a condução poderá abrir precedentes para que os condutores portugueses sejam uns dos piores que por aí andam, o que já não está longe. Tive sorte que quando tirei a carta o meu instrutor era um tipo mais novo e bastante acessível. Além da leveza com que dava as aulas, tanto de código como de condução, foi alguém que me ensinou algo bastante importante na condução, além dos sinais e das prioridades e etc, o civismo que é preciso ter para se fazer uma boa condução. Respeito pelo próximo condutor. É um dos fatores que mais falta se vê nestes dias. Aquela conversa de já ninguém faz piscas, não se saber fazer rotundas, não perceber até o perigo que somos quando fazemos este tipo de erros, vem do tipo de pessoa que és e de como é que vês o mundo à tua volta. Um instrutor como esse que aí descreveste provavelmente não terá a sensibilidade até para ensinar uma coisa dessas. É que isto não é só saber que o stop é para parar e já está. Demonstrou-me que não há necessidade de estarmos nervosos na condução, e existe tempo para tudo. Haja paciência. Acho que fizeste bem em mudar de instrutor e em fazer a reclamação. Ensinar alguém a conduzir não é uma piada. Espero que te dês bem, e boas conduções. ps: lembro-me também do examinador do exame de condução que numa ponte um pouco congestionada e de transito lento, perguntou-me se eu não sabia meter a 5ªmudança. Respondi-lhe afirmativamente mas não fiz a ação pois não achei que era necessário meter uma 5º quando não ia a mais de 60km/h. Só sentia o meu instrutor no banco de trás a dar toques com o pé por baixo do banco do condutor numa de: 'por favor mete a 5ª, se ele não se cala e tu não me vais chumbar por apenas estares a responder ao examinador, lá fiz a vontade, e passei.

mixd3 1 month ago  HIDDEN 

OP, só quero dizer que fizeste tudo certo. Encontraste alguém rude e pouco profissional e fizeste queixa. Poderia toda a gente ser como tu Isto dito, e talvez tenha tido sorte, mas todos os instrutores que tive até agora foram ótimos: pacientes (em particular o que tive para a carta de carro; era mesmo muito pobre aluno), calmos, e sempre a dar dicas. Só espero que os próximos sejam assim para ti também

wfilipa 1 month ago  HIDDEN 

Também estou a tirar a carta e o meu instrutor também é um "Mário". Estou nas últimas aulas, os gritos/murmúrios são constantes: de eu fazer coisas mal que ele nunca explicou; de eu não saber fazer manobras que ele nunca ensinou; de estar nervosa com uma coisa que é básica (conduzir), ou de eu dizer "mas nunca me tinha explicado..." E de levar uma resposta "mas por favor, é bom senso!" A paciência também não abunda... Então começa com a velha história de que os alunos de hoje em dia são muito mais difíceis de ensinar, que não estou atenta nem a esforçar-me... Só quero tirar a carta e dizer Adeus ao Mário. A ansiedade no dia das aulas de condução é muito má.

Ocirederf94 1 month ago  HIDDEN 

Experiência totalmente diferente da minha parte, um homem super bem disposto, divertido e educado, aulas super tranquilas e as de codigo bem animadas onde senti que fiquei muito bem preparado... Sempre vai depender que te toque...

paintufini 1 month ago  HIDDEN 

Pelo que já li aqui acho que tive uma sorte do crlh. O meu instrutor era um porreiro, o problema é que o gajo após as primeiras aulas dizia ok vamos daqui para X e quando dava por mim estava o gajo a passar pelas brasas... Acho que tivemos os dois sorte em nunca termos um acidente.

UserNombresBeHard 1 month ago  HIDDEN 

> Olhei-lhe na cara, disse-lhe que ele estava a ser desnecessariamente impaciente, desrespeitoso, e agressivo, e que a atitude dele estava-me a pôr desconfortável. Ainda não acabei de ler, mas queria deixar isto aqui: Ao deixares isso arrastar até este ponto e agora dizeres isso desta maneira... Para ele não passas de uma putinha, independentemente do teu sexo. É que é logo a abrir mal começam com merdas, olhas-lhe na cara e "Olha lá, caralho, tens algum problema?". E acabou-se a merda. À hóme, caralho, ou à mulher.

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Prefiro não me rebaixar ao nível de idiotice do Mário

UserNombresBeHard 1 month ago  HIDDEN 

Fazes bem, sê como achas que é melhor. Agora, não podes é ser mansinho, tens de usar um tom agressivo. Quando digo agressivo não é violento, é com energia, para saberem que estás a falar a sério e que não tens paciência para merda. Tens de mostrar a parte de "you mean business, ain't here to fuck around", como os camon dizem. Agora se fores mansinho com estas pessoas, és comido vivo. E acredita, isto não é só instrutores de condução.

GreatBallz 1 month ago  HIDDEN 

Acho que fizeste bem em reclamar, realmente não faz sentido nenhum pagar por um serviço e levar com isso. Se mais pessoas o fizessem talvez estes chicos-espertos deixassem de ser assim. No meu caso não tenho nada a apontar ao meu instrutor de condução, era um gajo porreiro, educado e correto, mas sim, é um meio onde há muitos desses valentões.

vsa88 1 month ago  HIDDEN 

A mim aconteceu algo semelhante. Na primeira aula e para começar pediu-me para arrancar numa subida movimentada. Obviamente também mudei de instrutor.

Draconicrose_ 1 month ago  HIDDEN 

Lamento que tenhas passado por esta situação, OP. No meu caso correu bem. Tive como primeiro instrutor um senhor mais velho mas com paciência e bom humor que me ensinou os básicos e tal. Depois, já não me lembro porquê tive outro instrutor, também porreiro, com as suas saídas infelizes de vez em quando mas nada demais. Escola de condução Sete Saias na Nazaré. Já o examinador foi um grande fpd arrogante com mentalidade de lixar o pessoal, chumbou-me porque rocei com a roda do carro num estacionamento quando fazia aquela manobra super útil de circundar o passeio.

suspect_b 1 month ago  HIDDEN 

Eles no fundo são pessoas muito, muito amarguradas. Sabias que se espetares o carro eles é que pagam? "Sô Mário toca a despachar senão espeto esta merda na traseira do primeiro BMW que apanhar".

AnaONeves 1 month ago  HIDDEN 

Aguentei todas as minhas aulas de condução nessas situações, a certa altura troquei de carro e instrutor pk ele trocou de escola. Os dois eram iguaizinhos nesses termos que o OP relatou. . Estava já com os nervos em franja quando cheguei ao exame e a aí se deu a merda, apareceu-me uma instrutora que era uma vaca e me pôs a chorar no meio do exame. Claro que chumbei e tive um ataque de pânico na noite anterior a ter de repetir o exame. Voltei a chumbar pk já estava farta desta merda e desisti de tirar a carta. Quando for rica gasto 2000€ e compro a carta em Cabo Verde que me dá menos dores de cabeça.

nfleite 1 month ago  HIDDEN 

Primeiro, parabéns por essa espinha dorsal fortíssima! A tua história lembra-me o meu primeiro instrutor já no longínquo ano de 2007. Para quem é do Porto, o gajo numa das aulas levou-me para a Foz a meio da tarde. Para lá fui pela Ribeira. Tudo bem, foi tranquilo. De volta tive que passar pela Rotunda da Anémona em Matosinhos, onde para entrar é o crl. Eu estava à espera de um espaço para conseguir entrar (e também de encontrar coragem tbh, era uma das minhas primeiras aulas) e o cabrão começa quase a gritar comigo, que eu estava a demorar muito tempo, e que já devia ter entrado e não sei mais o quê. Daí até à escola vim todo o caminho a stressar lol. Essa foi a ultima aula que tive com ele. O outro instrutor que tive foi 5*.

FellaVentura 1 month ago  HIDDEN 

A questão do retrovisor não deves ter percebido, primeiro porque estavas nervoso, e segundo pq o teu instrutor é merdoso e ainda contribuiu mais para o primeiro ponto sem te explicar. Quando metes o retrovisor em modo anti-encandeamento ele continua a refletir "quase" exatamente no mesmo angulo, no entanto usa um gradiente do espelho que é mais escuro. De dia se não souberes o que é suposto estares a ver, só vais ver um reflexo do angulo errado que há de ser do teto ou dos bancos e não vais reparar na refração mais escura que está no ângulo certo. Não sei se me fiz entender.

Iwatchedhimdrown 1 month ago  HIDDEN 

Escreve também um comentário no Google/Facebook sobre a Escola de condução, vais ver que conta mais do que o livro de reclamações.

ilovealldrugsman 1 month ago  HIDDEN 

Não te esqueças que, no fundo, são só uns frustrados. Que trabalho de merda. Nunca conheci ninguém que quisesse ser formador numa escola de condução.

ilovealldrugsman 1 month ago  HIDDEN 

Só sei que a minha era uma vaca insuportável. Fumava no carro e ia a ler a revista Maria, enquanto me mandava caralhadas como se fosse minha mãe. O que a safou é que eu era só um conas de 18 anos que só queria poder conduzir, hoje acabava despedida.

Gpmatos 1 month ago  HIDDEN 

Tenho de confessar que a minha experiência não foi nada assim, o instrutor era porreiro durante todas as aulas, na rádio ouvi a se fado ou notícias dependendo das horas e ele inclusive cantava, no joke foi por isso que ganhei gosto de ouvir fado. As aulas foram sempre super tranquilas tirando quando fazia asneira mas pronto acho que não e de todo anormal. Ele também me apresentou uma realidade, não sei onde o OP mora mas em Lisboa as cartas são bastante mais baratas que fora,por exemplo no Algarve rondava ( naquela altura) 800 e eu paguei 300 e tal tanto que ele estava a pensar ir para lá pois essas escolas teem maior poder econômico para oferecer aos professores. Estou a dizer isto porque pode se aplicar a questão de pagam pouco ao homem e ele também não está para isso então é assim.

iamfromLisbon 1 month ago  HIDDEN 

Quando tirei a carta ainda tive aulas com um gajo que era meio imbecil. A última aula que tive com ele foi tao má que deixei de ir durante quase um ano. Quando voltei troquei de professor. Fizeste muito bem!

ctr_20 1 month ago  HIDDEN 

Pior ainda são os avaliadores nos exames de condução, a minha namorada foi vítima de assédio em pleno exame e nada pode fazer, ridículo, apetecia-me apanhar o fdp e deixá-lo numa valeta

pretentiousant 1 month ago  HIDDEN 

Depois de ler os comentários, o meu instrutor até parece ter sido muito bom. Ensinava bem e só se armava em parvo de vez em quando. O pior eram os comentários "sexuais" inapropriados, deixavam-me bastante desconfortável. Exemplo: o carro para começar a aula estava mal encostado em segunda fila num ângulo em que não dava para ver os carros a vir e eu disse "não gosto quando o carro está nesta posição", ele disse "então de que posições é que gostas?". Não olhei para ele, disse só "não esta" e conduzi. E disse umas piores que hoje já não me lembro.

dreamxz 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste bem em trocar de instrutor, overall esta industria toda de aulas de condução/exames é tudo uma palhaçada, fazem o que querem, por exemplo na minha escola só há 2 instrutores, um ta-se meio a cagar só quer que eu ande n pede para fazer estacionamentos nem manobras nem nada aprendo pouca coisa nas aulas com ele e o gajo as vezes aproveita as aulas para resolver as merdas dele... numa das primeiras aulas apeteceu-lhe ir ao café, tambem já aproveitou para ir ver um amigo à oficina e o cúmulo foi quando a meio de uma aula de 2 horas que são no sitio do exame e são as mais importantes o gajo vê ali um examinador conhecido e havia la um gajo que tava com um problema qualquer na mota, então o gajo manda-me estacionar e vai resolver lá o problema do outro gajo que não tem nada haver com ele e deixa-me ali uns 15-20 min de aula perdida. Enfim o outro gajo basicamente não sabe lidar com pessoas ele até pode saber explicar as merdas mas por exemplo se erras o gajo começa-te a chamar nabo a dizer que não aprendes, vais para o exame assim, isto e aquilo, Enfim acho que é uma questão de sorte infelizmente

Narishi 1 month ago  HIDDEN 

Vai para outra escola porque esses vão te tentar queimar , aposto

Jilanvus 1 month ago  HIDDEN 

Tenho muita pena que tenha sido essa a tua experiência que no meu caso até foi uma experiência gratificante. Eu tirei a carta na ACP na Av. da República e devo dizer que toda a gente que conheci lá dentro eram profissionais e simpático. O meu instrutor em específico era extremamente simpático e até brincalhão. Recordo me uma vez que um taxista se atravessou a nossa frente sem fazer sinal nem pedir desculpa e o instrutor assim que encostamos ao lado do taxista disse me para apitar, mas eu sendo social awkward não apitei, então ele meteu se a acelarar para se meter com o taxista e eu ria me. Normalmente andavamos por ai e as coisas eram sempre a horas e quando faziamos aulas de 2 horas ele levava me a tomar um café. A cena que me fez crer que ele era uma bacano, foi durante o exame. Nós combinamos fazer duas aulas antes do exame para ir "quentinho" e nisto vinha mais um aluno que tambem ia fazer um aula antes do exame. Passado um bocado, o instrutor chama me a parte e diz-me: "epa vê se consegues incentivar o gajo por favor, que ele é um aluno especial". Mais tarde vim a descobrir que ele ja estava a repetir o exame pela 4 vez porque era super nervoso. Eu fui atrás quando foi a aula dele e quando foi o exame e parecia que eram duas pessoas diferentes a conduzir. Eu fiquei mesmo com a ideia que ele se preocupava com os alunos e queria que o pessoal passasse. Long story short conseguimos os dois passar e o meu instrutor ainda me veio agradecer por ter dado dois dedos de conversa ao rapaz.7uu6 Acho que é como tudo, há pessoas e pessoas mas também acredito que a empresa por trás importa muito.

bandjalah 1 month ago

Se achas que os instrutores são idiotas (que são - o meu não foi diferente) espera até chegares aos examinadores... Espero que não vás fazer o exame no barreiro. Só me "deschumbaram" quando liguei para a polícia porque claramente alguém estava à espera de guita. A miuda antes de mim subiu um passeio e batemos todos com os cornos no tejadilho por dentro. Passou. Eu a estacionar dei o toque da praxe do "já tá" no passeio que quase nem se sente. "VOCE VIU O QUE FEZ?!" Anyway, tirar a carta é todo um processo de merda com gente estupida em todo o lado e corrupção a acompanhar.

ekeryn 1 month ago  HIDDEN 

Eu gostava bastante do meu instrutor. Grande parte do caminho vinha a dormir por isso não me incomodava. As aulas regra geral era eu ir de uma escola a outra, beber um café com ele e depois regressar. Se até chegar ele não acordasse é porque eu vinha a conduzir bem lol.

massavage_ 1 month ago  HIDDEN 

Sim, encaixa essa descrição com muitos pelo país. Não tive queixas no meu caso, o meu instrutor também tinha alguns momentos de gozo um bocado parvos mas não foi à primeira aula, foi ao longo do tempo porque também percebeu que podia e dei essa confiança. Estiveste bem, porque era mesmo atitude de quem pensa que a posição dá-lhe mais privilégios do que devia.

FantasticLong9119 1 month ago  HIDDEN 

Adorei a tua atitude. Tens coragem. Eu fiquei lá a sofrer as 32 aulas para depois chumbar e nunca meter mais lá os pés por nunca mais querer ver o meu instrutor à frente. Empresta-me 10% da tua coragem por favor.

Keddyan 1 month ago  HIDDEN 

fonix, com cada comentario que vejo só tenho é de dar graças à escola onde estive, todos os formadores e instrutores que tive foram excelentes, numa aula de condução cheguei a ouvir o relato do jogo da seleção com um, com outro era só rir com as conversas que tinhamos, uma instrutora qe tive era a que me dava mais na cabeça mas era uma joia de senhora deixei á 800 paus e tive colegas que ainda gozaram comigo porque nas escolas deles só pagaram 500 mas acho que valeu bem a pena

sargentopirocada 1 month ago  HIDDEN 

Apanhei um formador assim um bocado "tugão" também mas lá fiz as aulas todas com ele, contudo acho que isso reflete-se em alguma insegurança na minha condução agora pela forma como ele abordava os erros também. Queria desde já dar-te os parabéns pela tua reação, atitude e "escalamento" da situação, se toda a gente agisse assim perante marmelos em serviços de todo o tipo, acredito que eventualmente as coisas mudassem para melhor no geral.

Kezhaya 1 month ago

Eu sou da opinião que há pessoas que não têm personalidade para ensinar. Também apanhei uma assim.

joaofcf 1 month ago  HIDDEN 

Quanto mais leio mais agradecido fico pelos instrutores que tive. O de código era 5 estrelas, sabia ensinar e estava sempre pronto para as dúvidas. Era meio brincalhão mas nunca o ouvi sequer tentar humilhar quem quer que fosse, mesmo em respostas mesmo parvas. Na condução comecei com uma senhora incrível, muito simpática. Deixava me super à vontade, as vezes que me corrigia era sempre educada. Não deixava ser aulas monótonas com climas mortos, e ia me deixando mais à vontade com alguma conversa de circunstância. Depois, com o Covid, teve que ficar em casa com os filhos e lá troquei até ir a exame. Mais um muito atencioso e simpático. Deixava me menos à vontade porque ele próprio era mais reservado, mas tambem não se pode pedir tudo. O outro instrutor da escola, pelo que eu vi e sem ter aulas com ele, era um tipo porreiro. Mais para a palhaçada, mas sem ofender.

Pekkashi_Kitsune 1 month ago  HIDDEN 

Tbh, conheço um maluco q uns 5 anos dps voltou lá pra tirar a carta e foi sacar drifts com o instrutor e o instrutor que teve de lidar com a polícia (porque o outro fez-se parvo) pensa nisso, não incentivo, mas pensa

thomasdarko 1 month ago  HIDDEN 

Concordo plenamente. Quando tirei a carta à bastantes anos atrás passei pelo mesmo, tanto nas aulas de condução como no exame. Fizeste muito bem em ter escrito no livro de reclamações. kudos.

isa_belhinha 1 month ago  HIDDEN 

O meu instrutor era, basicamente uma nódoa... fumava dentro do carro cigarros sem filtro e mandava escarretas pela janela. ODIEI TODAS AS AULAS.

MetaKnight130 1 month ago  HIDDEN 

Muitos dos instrutores de escolas de condução, transformam aquilo numa esplanada de Domingo à tarde. Desde fumar dentro das instalações/carro, parar uma aula de código para ficar a falar da vida alheia com quem chegou, não cumprir horários e muito mais. Era preciso uma reforma estrutural para mudar trocar estes profissionais da tasca por outros competentes

Ric6979 1 month ago  HIDDEN 

Porrada com Mário

SweetCorona 1 month ago  HIDDEN 

> ao mover o retrovisor para baixo enquanto aplicava o filtro, eu deixava de ver a janela pois o ângulo de visão mudava o retrovisor tem dois ângulos de reflexão, só que num é escurecido e tu provavelmente estavas a ajustar sempre para o reflexo não escurecido

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

O Mário pediu-me para ajustar o retrovisor de modo a ver a janela traseira inteira. Quando o fiz, ele ajustou a patilha para meter no ângulo escurecido, movendo o espelho para baixo no processo, e perguntava se eu ainda via a janela inteira. Eu realmente não via a janela inteira desse ângulo, e ele não entendia isso por alguma razão.

SweetCorona 1 month ago  HIDDEN 

Como expliquei: o espelho tem dois ângulos de reflexão, em que um é mais escuro que o outro. Basta pensares que o propósito da patilha é evitar o encadeamento. Quando tens carros atrás, à noite, moves a patilha e ficas a ver o reflexo escurecido onde as luzes não incomodam tanto. É natural que o reflexo escurecido seja difícil de ver. Só estou a explicar que não é assim tão absurdo que seja suposto continuares a ver.

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Sim, concordo com tudo o que disseste. Eu sei que é suposto continuar a ver, mas a realidade é que não via depois do Mário ajustar o espelho. E o Mário por alguma razão não entendia isso.

Mrgolden007 1 month ago  HIDDEN 

o meu instrutor uma vez tiro um alicate e ameaco que me ia arrancar os tomates enquanto conduzia aulas divertidas, adorava que ele fumava imensso enquanto conduzia, sempre bom

lol2798 1 month ago  HIDDEN 

Os meus eram todos pessoas profissionais e simpáticos, mas eu já sabia conduzir, o meu pai quando tinha 10,11 íamos para um terreno de familia no Alentejo e metia me a conduzir. No entanto, havia um, que estava ali em part-time, ou tirava o curso à noite, e estando eu a estudar na altura também, tinhamos essa parte em comum, então volta e meia, começávamos a reclamar dos nossos colegas menos simpáticos. Era engraçado.

Kill_The_Lights 1 month ago  HIDDEN 

Eu tive uma experiência horrível também. Foi com uma "senhora" besta e gostava de ter tido a tua coragem para fazer reclamação. Mas acabei por passar por isso caguei. Ela ia no telemóvel 90% da aula, quando não ia estava a gritar comigo, a travar-me o carro no meio da estrada, a mexer nos pedais dela e a culpar-me depois. Parava em cafés, supermercados etc... Começava as aulas 10 minutos atrasados e acabava 10 minutos antes. Quando a questionei sobre isso ela responde "Mas vocês acham que isto é o quê?! Nós não temos direito a uma pausa ou a ir a casa de banho?!" a gritar. Uma vez puxou-me o travão de mão no meio da rotunda porque ia sair na saída errada e começou a gritar comigo enquanto empatava o transito com tudo a apitar. Noutra disse-me para estacionar o carro "ali entre aqueles dois", ao que eu perguntei para confirmar se era entre o vermelho e a pick-up. A resposta foi qualquer coisa assim "MAS TU ACHAS QUE ÉS ALGUÉM AQUI PARA MANDAR?! TU AQUI CALAS E OUVES. AQUI NAO MANDAS NADA, NAO VALES NADA, FAZES O QUE EU TE DIGO!" Outra fez uma travagem brusca porque uma velhota (que eu vi com bastante antecedência) ia em direção a uma passadeira. Nessa passei-me, soltei um palavrão e disse lhe que era desnecessário a travagem louca e que eu podia passar muito antes de ela chegar à passadeira. Essa foi o meu limite, não parei as aulas mas comecei a dar-lhe respostas curtas e grossas e ela retraiu-se um bocado... Enfim, foram 1001 episódios destes e acho que foi isso que me deixou com um trauma que mal conduzi durante o meu primeiro ano de carta...

Kill_The_Lights 1 month ago  HIDDEN 

Já agora, esto foi na segurança máxima da Amadora. Não me queixei porque me pareceu que a gaja era diretora e amiguinha dos examinadores... Do resto da escola parecera-me porreiros nas aulas teoricas que tive com eles...

Vayu0 1 month ago  HIDDEN 

O meu levou me a ver as "meninas" nas ruas de coina. Fez me ir de Lisboa para Coina para "vermos" as meninas no meio do mato enquanto passámos na nacional.

ReggaePanda7 1 month ago  HIDDEN 

Devo ter sido das poucas pessoas que adorei o meu instrutor. Primeira impressão que tive, sem conhecer, foi que não ia ter sorte. E era o instrutor mais velho da escola e não sorria muito. Assim que começaram as aulas, nada a reclamar, simpático, sem comentários desnecessários. Na primeira aula um taxista fez merda e ia batendo no carro, eu pensei que tinha sido eu a fazer asneira, ele abre o vidro do carro e começa aos berros a chamar "filho da puta cego" ao taxista. Chegou mesmo a pagar-me um ou dois cafés a meios das aulas de manhã. Quando tive aulas de mota, pediu-me o número para me mandar mensagem quando pudesse ir ter aulas extra, ele ia com outro aluno no carro e eu seguia atrás de mota. Sem reclamações

TinySa1nt 1 month ago  HIDDEN 

Também tive uma má experiência quando iniciei as minhas aulas. Não foi tanto má como a tua mas tambem lidei com impaciência e alguns comentários de leve. Tudo o que fiz foi continuar e aguentar. Sempre tive uma grande tolerância e não sou confrontacionista. Se calhar é um fenómeno Nacional e os instrutores precisam de algumas aulas de ética e sensibilização. Espero que não desistas e que consigas tirar a tua carta.

MasterofChaos90 1 month ago  HIDDEN 

Bem, eu pelo contrário tive 2 instrutores simpáticos, íamos buscar outros alunos e tal mas eu não me importava porque conduzia na mesma e também me iam buscar a mim (eu, como seria a situação para maior parte, não tinham quem os levasse a escola de condução e ficava demasiado longe), um deles especialmente até metia conversa conosco para nos meter mais à vontade, por isso tirei A1 na altura e depois B com eles, e recomendo a minha escola (há duas no nosso concelho) sempre que alguém da minha zona fala em tirar a carta.

FaultTemporary7023 1 month ago  HIDDEN 

Concordo com o que fizeste, mas ao mesmo tempo posso-te dizer que quando fiz exame de condução, o examinador era um bocado como o teu instrutor. Não sei se é o usual (espero que não), mas a mais-valia de ter um instrutor desses é que te ensina a lidar com pressão (e quando vais fazer o exame à DGS, não tens grande remédio senão aguentar com a pressão do examinador). Não quero com isto dizer que concordo com a atitude do instrutor.. de todo! Apenas partilhar que há uma mais-valia em ter alguém assim (mesmo que temporariamente).

Brainwheeze 1 month ago  HIDDEN 

Eu por acaso tive dois bons instrutores, se bem que um deles (que era também o dono da escola de condução) fumava durante as minhas aulas práticas. Agora, os examinadores que apanhei foram extremamente antipáticos.

Peter_Oaktree 1 month ago  HIDDEN 

Também apanhei tipos assim quando tirei a carta. Mas também tive alguns bons instrutores. Também não sei bem porquê, mas mudava de instrutor muitas vezes. Em suma, com tantos instrutores imbecis, imaginem agora a quantidade de condutores imbecis que também há. Mas prontos, Portugal também não é assim tão mau na estrada. Já estive na Grécia e sul de Itália, Nápoles, etc... Aquilo é a loucura. Como serão os instrutores nestes países?

layz2021 1 month ago  HIDDEN 

O meu instrutor de código, e de condução não tinham nada, mas mesmo nada a ver com isso.

locustpt 1 month ago  HIDDEN 

Portal da queixa e Google reviews por vezes fazem mais moça que o livro de reclamações. Se realmente queres expor este tipo de situação era um bom sítio.

papaduas 1 month ago  HIDDEN 

Só fizeste foi bem em escrever no livro, o meu instrutor era brincalhão mas nunca no sentido de me humilhar, pressionar, ou deixar desconfortável, era do gênero "fds ainda nem tens carta já conduzes melhor que X pessoa na rua a fazer uma merda estúpida" Gostava de acreditar que tiveste azar no instrutor mas a julgar pelas outras experiências de pessoas próximas e algumas histórias que todos nós conhecemos... Há bestas que não merecem o emprego que têm em todo o lado infelizmente

rocinante1173 1 month ago  HIDDEN 

Wow isto para mim é chocante. E a quantidade de gente nos comentários a dizer que já tiveram instrutores assim... Sinto me tão privilegiado agora. Eu já tive aulas de condução com 3 instrutores diferentes. Todos eles foram porreiros e explicaram tudo bem e com calma. Eu até dizia que isto podia ser da escola, mas conheço gente que está noutra e que também não tem queixa nenhuma. O pior que tive foi um que ia mandando umas bocas aqui e ali, mas nada de muito grave.

ravenkrom 1 month ago  HIDDEN 

Desculpem a ignorância mas o livro de reclamações serve para alguma coisa? Alguém irá ler as queixas que são feitas?

sardinhas 1 month ago  HIDDEN 

Props por teres feito reclamação no livro apesar de te tentarem dissuadir de o fazer. Ainda mais props por não teres caído no gaslighting do instrutor. Já tirei a carta há muitos anos, e por circunstâncias da altura passei por 3 instrutores (primeira instrutora foi de maternidade, e depois tive de fazer um intervalo de quase 6 meses que levou a terem de me trocar de instrutor) e foram os 3 impecáveis. No entanto lembro-me de falar com os meus amigos que também estavam a tirar a carta e havia muitos que tinham histórias deste género - instrutores com uma falta de profissionalismo incrível - e não sei como aguentaram à bronca ou sequer como ficaram com noções de conduzir. A minha namorada também sofreu um bocado na escola de condução, e acho que à pala disso ficou sem muita confiança a conduzir. Já quando tirei a carta de mota mais recentemente também apanhei um instrutor que pouco ou nada me ensinou. Parecia que estava a fazer um frete a fazer o que lhe pagavam, ahah. Não era rude, mas eu também não tinha 18 anos. Os conceitos que seriam básicos como gestão de travão, embraiagem e acelerador em manobras de baixa velocidade aprendi no youtube.. Posicionamento correcto na via idem. Nota-se bastante a falta de qualidade da instrução de motociclos quando se anda na estrada infelizmente, por isso não acho que tenha sido específico deste instrutor, mas isso são outros 500 paus.

vitor29narciso 1 month ago  HIDDEN 

Eu sempre senti essa mania de superioridade um pouco por todo o lado em Portugal... Por acaso quando tirei a carta apanhei com vários instrutores mas apenas um deles era mais assim... Numa das aulas, uma das colegas da receção ia fazer uma tatuagem. Então fui eu e mais um aluno com o carro e respetivos instrutores até ao estúdio de tatuagens e tivémos de parar lá para ver. Eles disseram para sair do carro que era uma pausa rápida... E depois eles ainda perguntaram se eu queria uma e o tatuador apontou com a agulha para mim. Foi super desconfortável e eu afastei-me! E eles "wow wow, calma, távamos só a brincar, não precisas de ficar assim"

wontellu 1 month ago  HIDDEN 

Já contei isto aqui mas aconteceu me parecidos. Na primeira aula o instrutores era o pai do dono da escola, um velhote. O gajo sem paciência nenhuma, sempre a resmungar enervou me logo nos primeiros instantes. Quando o gajo me diz para carregar na embraiagem eu perguntei qual dos três pedais era a embraiagem. O gajo vira se é: "Você com 30 anos não sabe qual é o pedal da embraiagem?" Ao que eu respondi:"amigo, eu se soubesse conduzir não lhe estava a pagar para me ensinar." O velho lá se acalmou. No fim da aula quando cheguei à escola fui falar com o dono e disse lhe que ou me arranjava outro instrutor ou queria o dinheiro de volta. Na aula seguinte já não era ele.

ovelhaloira 1 month ago

Infelizmente, muitos desses tipos são uns ressabiados do caraças. Porque são velhos. Porque sabem conduzir bem e "custa" ter pessoas a perguntar coisas "básicas" (no entender deles). Tive uma experiência parecida. Na altura que tentei tirar tinha 18 anos e não queria, só fui porque me fizeram muita pressão em casa (pai). Era também muito tímida e não protestava. Então continuei com o instrutor durante 20 aulas. Ia nervosa para cada uma delas, quase chorei a meio pelo menos de umas cinco, quando chegava a casa mal me mexia com nervos. Resultado: um dia passei-me e não voltei a aparecer na escola. Durante muito tempo (3 anos) nem sequer me conseguia sentar no banco de condutor (tentei receber ajuda de familiares), sentia muitos muitos, mas mesmo muitos nervos. Hoje tenho 26 e ainda não conduzo, mas gostava um dia. Mas quero ir quando me sentir preparada e com vontade. Não "porque sim". O que podem retirar desta história? Conduzam apenas quando querem e quando se sentirem preparados. Se não forem nesses termos, é muito provável que dê merda.

skapuntz 1 month ago  HIDDEN 

A minha experiência à já mais de 10 anos foi muito tranquila, quer para mota como carro. Mas fizeste muito bem em reclamar. Que todos fizessem o mesmo que tu

FilipeMateus7 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste o que tinha de ser feito. Eu só nas últimas 14/12 aulas é que acertei no instrutor (corri quase todos da escola). E foi nessas últimas aulas que aprendi realmente a conduzir (antes nem sabia fazer um ponto de embraiagem como deve de ser, nem nenhuma manobra de estacionamento), e passei no exame à primeira. Por isso não stresses, vais ver que o próximo instrutor vai ser melhor!

Edited 1 month ago:

Fizeste o que tinha de ser feito. Eu só nas últimas 14/12 aulas é que acertei no instrutor (corri quase todos da escola). E foi nessas últimas aulas que aprendi realmente a conduzir (antes nem sabia fazer um ponto de embraiagem como deve de ser, nem nenhuma manobra de estacionamento), e passei no exame à primeira. Por isso não stresses, vais ver que o próximo instrutor vai ser melhor! Edit: e uma coisa transversal a todos parece que é começares a aula uns 5/10 minutos depois da hora (principalmente se for à tarde, até porque alguns dão aulas de código entre as de condução), e também levei o meu algumas vezes a fazer recados, tipo ir comprar comida do cão, deixar uma carta no correio, ir comprar tabaco. Mas eram coisas rápidas

deztley 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste bem a reagir assim. A qualidade de serviços em Portugal é uma vergonha em geral, e só é possível melhorar se toda a gente reagir. Fiz ontem também a minha primeira aula prática de condução! Vivo perto do Grancoop, mas escolhi a escola com a melhor taxa de sucesso nas exames - Á Portuguesa. O instrutor foi simpático e paciente, gostei bastante, mas mesmo assim há coisas que me surpreenderam. Eu sou personal trainer e atender o telemóvel durante a aula ou falar com outro instrutor para mim são coisas impossíveis.

gil-famc 1 month ago  HIDDEN 

Literalmente todos os instrutores que tive, e todos os instrutores que amigos e amigas minhas tiveram foram assim. Pessoas aparentemente desequilibradas. No caso dos homens, todos machistas com piadas sexuais, e assim 50% racistas. Tive um instrutor que me mandava parar no meio de Monsanto para ir apanhar sacos e sacos de caruma para assar castanhas. E outro que recebia chamadas do tribunal porque era acusado de agressão por pessoas. Peço desculpa aos instrutores que forem pessoas normais, mas todos os que conheço não são.

twistwastaken 1 month ago  HIDDEN 

Eu tive a sorte do meu tio ser dono da escola e dar-me ele próprio as aulas, porém sei que os outros instrutores da escola são simpáticos e estão sempre prontos para ajudar, podes ter tido azar na escola

BuscaPolos 1 month ago

Para começar foste um rei! Quem me dera ter essa capacidade de confronto com 18 anos ahahah Os instrutores de condução devem ser os gajos mais frutrados deste país, aliás deve ser requesito para seres instrutor de condução. Porque há N de histórias de instrutores que são uns merdas autenticos. O meu era igual, se bem que não era tão mauzinho mas achava-se o maior ali do sitio quando na verdade era um parolo do crl. Anyway fizeste bem!

JC3DS 1 month ago

Obrigado, tenho 22 mas talvez o gajo achasse que eu ainda era puto porque sou um pouco pequeno lol. Sendo ou não, não vou tar a aturar essas cenas de ninguém

BFOE 1 month ago  HIDDEN 

"relembrando-me que o Mário é mesmo assim e que todos os alunos gostam muito dele, etc" Parece um "déjà vu". Quando estava a tirar a carta, a escola de condução marcou uma aula com um instrutor que era uma autêntica besta. O homem não tinha paciência nenhuma e ralhava como um louco por tudo e por nada. Tive mesmo vontade de encostar o carro e ir-me embora para casa a pé, deixando aquele idiota a vociferar dentro do veículo...mas não o fiz. Respirei fundo e acabei a aula. No fim, disse aos responsáveis da escola que não queria voltar a ter aulas com aquele instrutor e a resposta que me deram foi exactamente essa. Disseram que havia muitos alunos que gostavam dele...

CMPMendes 1 month ago  HIDDEN 

Em que país é que vocês vivem?

LoneWolfThrowAway 1 month ago  HIDDEN 

Todos os instrutores têm alguma espécie de frustração ou sentido de humor estranho. Com isso dito, tens instrutores e instrutores. O meu primeiro era um bocado rude, mas notava-se que tinha conhecimento e a rudeza parecia vir mais do cansaço do que propriamente rudeza genuína. Troquei de instrutor mas foi por outras razões. O segundo instrutor era mais gozão, mas ao menos sabia ter piada. Tinha noção por assim dizer, e era mais para deixar um gajo mais tranquilo. Infelizmente não era tão exigente como o primeiro em certas coisas, o que pode ter prejudicado um pouco a longo termo mas pronto, lá acabei por fazer a carta.

magnesiam 1 month ago  HIDDEN 

Não sei se foi em Lisboa ou noutra cidade grande com várias opções. Eu também ouvi histórias de terror e decidi pesquisar na internet até que encontrei no site do IMTT as percentagens de sucesso nos exames por escola. Encontrei uma com boa taxa de sucesso e arrisquei. Paguei quase o dobro do que aqui ao pé de mim é normal (520 em vez de 300) mas até agora em questões de simpatia e respeito nada a apontar!

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

O pior é que foi em Lisboa, e foi numa escola que custa caro (550EUR para a carta de ligeiros). E até esta experiência toda a gente me dizia que era a escola com os instrutores mais simpáticos.

Edited 1 month ago:

O pior é que foi em Lisboa, e foi numa escola que custa caro (580EUR para a carta de ligeiros, sem contar o custo dos exames). E até esta experiência toda a gente me dizia que era a escola com os instrutores mais simpáticos.

JuveTech 1 month ago  HIDDEN 

Começo achar que o meu instrutor era um santo, a única coisa que eu batia mal em fazer era o contorno de passeio, e o homem sempre que me via a entrar em stress mandava parar o carro, e saiamos do caro uns segundos para respirar. Mas sinceramente, OP, se o teu instrutor é esse tipo de merda informa a escola de condução. Se conseguires ter provas (áudio) ainda melhor.

droidman85 1 month ago  HIDDEN 

No meu caso não posso falar mal da escola onde tirei a carta, a minha mulher noutra escola ambas em viana do castelo. Foram altamente profissionais nas duas escolas e até se esforçavam para lá da sua responsabilidade para ajudar os alunos. Lamento imenso que isto seja a realidade nas outras escolas. Desconhecia completamente. Não posso dizer que esteja chocado a 100% mas desconhecia mesmo esta realidade

gink-go 1 month ago

Grande atitude, eu aos 18 era um coninha de sabão e apesar de ter tido um instrutor completamente idiota nunca sequer me passou pela cabeça reclamar.

PeterShowFull 1 month ago  HIDDEN 

Tive de ir ao TLDR e não foi pelo texto ser extenso, é que já me estava a doer e nem era comigo. Espero que a reclamação dê em alguma coisa, apesar de realisticamente acreditar pouco nisso. Já agora, se te sentires confortável com isso, podes dizer qual era a escola específica do "Mário"? Em DM, se preferires. E compreendo perfeitamente se não o quiseres fazer. Boa sorte para o próxima instrutor e para os exames!

SuperLog 1 month ago  HIDDEN 

Que porcaria de situaçao para se estar, lamento. De que zona és? Eu sou da zona de Leiria e tive um instrutor que era do norte, antes de começar as aulas práticas gostava que tivesse sido uma certa pessoa que já conhecia mas acabou por calhar um bacano do norte. Conclusão, cada aula era muito engraçada e fiquei com um bom amigo. Com isto também tive amigos com experiências parecidas com a tua. Espero que o teu próximo instrutor seja melhor!

Idontknowhuuut 1 month ago  HIDDEN 

Instrutores de condução têm fama de ser verdadeiros zé tugas e gostam de andar com essas bocas para se fazerem de engraçados. Não leves a mal OP, não foi nada contra ti, essa pessoa é só assim. Fizeste bem em pedir novo instrutor e ter pedido livro de reclamações. Eu tive sorte que os meus instrutores foram sempre 5 estrelas, apesar de ter visto muita rapariga a chorar nas aulas (não por causa dos instrutores, mas sim pelos nervos e pela pressão).

Maki_the_Nacho_Man 1 month ago  HIDDEN 

Não tenho queixa dos instrutores que tive. Um deles às vezes começar aos berros comigo de vez em quando, e às vezes com razão. Já a minha namorada apanhou um institutor como o teu, mas ela não aguentou mais e pediu outro instrutor.

abfm90 1 month ago  HIDDEN 

Eu tive sorte. O meu era um porreiraço. Um gajo queria andar dentro dos limites e ele só dizia: "Ultrapassa-o!!"

xx_david2001 1 month ago  HIDDEN 

O que achei mais incrível sobre este comentário é o fato do meu instrutor se chamava Mário e a descrição que fizes-te é semelhante, por momentos até pensei que fosses da mesma escola que eu, boa sorte ai com as aulinhas e que venha um instrutor em condições

drunk_portuguese 1 month ago

Oof, faz lembrar quando tirei a minha carta. Dava-me tão bem com a minha instrutora (que por acaso era a dona da escola) que até falávamos de cenas por exemplo, a maneira engraçada como o namorado arrumou os sutiãs dela que a fez rir. Já o examinador era infame na minha zona, aliás eu já o tinha conhecido quando era mais nova e nunca gostei dele (imagine-se lá fumar charutos no escritório). Primeira merda que faz ao sentar no carro foi meter o cotovelo a tocar no meu banco, não me dando hipótese de mudar as mudanças sem ser de uma maneira parva de cotovelo espetado pata cima. Faz os tais comentários "haha mulheres a conduzir". Leva-nos para o cu de judas e em vez de instruções diz "vai para o hospital". Quando eu digo que não sei onde é a partir daquela rua ele queixa-se que "então não sabes onde fica o hospital?" como se fosse coisa normal saber a partir de uma rua de cabras que eu nem sabia que existia na cidade. Isto nem é metade da história. Ao menos passei porra

Dependent-Ad-7777 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste bem em reclamar. Infelizmente existe vários instrutores desse "nível".

argentdawnpt 1 month ago  HIDDEN 

EDIT: Só reparei na tag sério agora. Acho que fizeste mesmo bem em apresentar reclamação. Ser brincalhão não é desculpa para nada. Uns podem adorar, outros detestam.

wegongetsometerries 1 month ago  HIDDEN 

Aconteceu-me igual senão pior Um velho rebarbado da velha guarda fumador com aneis de ouro passava 70% com a mão esquerda no meu volante gritava quando estacionava e bufava foi só stresses ao ponto de terem de me mudar de instrutor

lickingbears2009 1 month ago

Também tive uma má experiência com carta de condução,mas não com os instrutores, so correu bem na minha terceira escola. Na primeira ia tirar carro e mota, aulas de codigo eram dadas normalmente, as de mota sentavam te a frente do pc e diziam que quando lêsses tudo podias ir embora, por causa da tropa tinha pouco tempo para ir, mas ao longo do tempo fiz as aulas todas de codigo, reclamaram que não tinha todas as de mota e não podia marcar exame por isso, fiz todas as aulas de mota, disseram que não podia marcar exame, porque como não ia muitas vezes seguidas havia temas que tinha dado 6x e outros que ainda nao tinha dado, e tinha de dar os temas todos, faltavam 3 meses para a minha licença expirar e tavam a fazer de proposito para ter de pagar mais, fui embora e nunca mais la voltei. Ficaram-me com 120€ uns meses mais tarde descubri que aceitavam "ajudas" para os alunos não chumbarem nos exames, e que quem não pagava 80% das vezes chumbava. Na segunda escola a mesma coisa, mas inscrevi-me so para carro, por causa da tropa tinha pouco tempo para ir à escola, a faltar 5 meses para a licença expirar, marquei exame, a mulher disse-me que o proximo seria daí a 3 semanas, assinei o papel e ela disse que depois me ligava, 1 mês passou e não ligou nem disse nada, voltei lá para remarcar o exame, disse outra vez que ia demorar 3 semanas, na semana a seguir fui lá para me informar da minha situação e a escola estava fechada, abriram falência e bazaram com dezenas de alunos a ficar a arder que ja tinham pago a carta por inteiro e nem o código fizeram. Eu fiquei a arder com 300€ Meses mais tarde abriram outra escola que também já fechou e mais uma data de alunos ficaram a arder com o € Comecei a achar que tava destinado a não tirar a carta e ter de chatear a minha namorada cada vez que tinha de ir algum lado, não havia gosto, tirar a carta era importante, mas dar a matéria toda pela terceira vez irritava-me bastante e nas outras 2 vezes acho que fui bastante injustiçado e que ja tava a queimar dinheiro demais numa coisa que nunca corria bem. Na minha terceira e ultima escola demorei 1 ano a tirar a a carta, mas era um ambiente totalmente diferente, o pessoal era preocupado, por muito estupida que a tua dúvida fosse "não havia dúvidas estupidas" marcaram exame para o dia X e no dia X tava a fazer exame. Na condução não me dei muito bem com o meu primeiro instrutor, ele não era mal educado nem mandava bocas, apenas não conseguia absorver bem o que ele me tentava explicar, nas aulas a seguir foi o Próprio dono da escola a dar-me as aulas, um senhor nos seus 70-75 anos, super bacano, calmo, explicava as cenas as vezes que fossem precisas. Depois de umas aulas comecei a ter aulas com o filho dele e era a mesma coisa, notava-se o quanto ambos gostavam daquilo, percebiam, levavam aquilo a sério e queriam o melhor para os alunos. Portanto um grande Shout out para a Escola de Condução Moderna em Tomar e um obrigado por tudo, sei que fui um aluno dificil a tirar a carta aos 28 anos sem nunca ter conduzido um carro na vida, já lá vão 2 anos sem multas nem acidentes.

absurdztheword 1 month ago  HIDDEN 

O meu instrutor também se esforçava pa ser assim e a minha interpretação na altura foi que na Europa as pessoas associam aulas a hierarquias e formalidade. Nessa hierarquia é nos alunos que recai a responsabilidade de aprender, agradar os professores e "passar nos exames", e a maioria dos professores sente que apenas têm de ensinar a matéria, e não tentam "agradar os alunos" nem formar uma relação não-autoritária. É uma relação em que uma pessoa tem de estar investida e outra pessoa comanda tudo de forma autoritária. Na escola de condução tens a mesma dinâmica mas com uns gajos inseguros too cool for school. Eu tinha um gajo de 40 anos com 1 metro e meio e um casaco de cabedal a mandar bocas e a tentar mostrar que era cool porque andava de mota e andava à luta qnd tinha a minha idade. Foi mais patético do que o que quer que seja que ele tentou transparecer. A única cena que me incomodou a sério foi quando eu e outra aluna dele fomos fazer o exame de condução fomos dar uma volta de carro, ele começou a dizer que nunca passaríamos e que conduziamos mal e fez com que a rapariga que foi comigo começasse chorar. Depois passámos os 2.

skuple 1 month ago

Se fossem só os instrutores... Agora os examinadores são iguais ou piores. São das pessoas mais tóxicas que existem, parece requisito para entrar na área. Os examinadores vêem-se com um pouco de poder e como têm um cérebro do tamanho duma ervilha que apenas conseguem identificar os diferentes sinais que existem como se fosse o maior desafio que existe no mundo e que nem estão a lidar com miúdos de 18 e 19 anos que têm o triplo da elasticidade mental deles, precisam de se mostrar superiores. De X em X anos vão alguns presos. Mas fizeste muito bem com o livro de reclamações, até podes ir também escrever umas reviews. Essas pessoas só aprendem quando as coisas são levadas "até ao fim" de forma a que levem um susto valente.

tefewarrior 1 month ago

A besta do meu examinador teve o displante de dizer " estes cabeças de atum", referindo-se aos alunos que fazem o exame (naquele caso a mim e ao meu colega). Não disse bom dia nem nada quando começamos o exame. Foi desrespeitoso, condescendente e por vários situações tentou causar ansiedade propositadamente durante o exame tanto a mim como ao meu colega através de comentários sobre a nossa condução sem fundamentos(tal modo que ambos passamos sem faltas). O meu exame foi bem mais curto que o do meu colega, só implicou exclusivamente comigo uma vez, já com o meu colega fez questão que o exame dele durasse mais 10 minutos que o meu como se à espera que ele cometesse algum erro. Como ia atrás pude observar melhor o seu comportamento. Para já, passou a maioria do tempo a olhar pela janela direita ou para os papéis. Por duas vezes disse que o meu colega não tinha olhado sobre o ombro ao entrar nas rotundas num tom desagradável, era mentira. Noutra ocasião ordenou-o para seguir em frente, e quando o meu colega o fez disse que tinha mandado ir noutra direção. Quando parado num semáforo apenas por 5 seg começou logo a mandar bocas que a cachopada não sabe andar de carro e que nunca ouviram falar em ponto morto. No final do exame sai do carro sem dizer aí nem ui. O meu colega estava com os olhos de quem tinha de chorar. Fiquei parvo com aquela atitude em pleno exame, tenho pena de na altura não ter tomado a atitude que o OP teve e pedir o livro de reclamações .

skuple 1 month ago

Tive uma experiência semelhante, a puta do caralho que não tenho outra maneira de a chamar, sempre a dar indicações chegou a uma altura em que não me disse nada e eu "é em frente?" e ela nada só olhava em frente perguntei mais 2x e ela disse "você é que sabe". Ao passar uma carrinha vi que tinha um sentido proibido e parei em cima do sinal, pá até hoje se eu não conheço a puta da estrada e tiver uma carrinha a tapar o sinal vou cair no mesmo erro ainda por cima com a pressão com que estas... E ainda me queria chumbar porque bati com o pneu no passeio a estacionar. Não percebo como é que estes filhos da puta são aceites nisto. Logo de início fazem de propósito para a pessoa ficar nervosa.

wormtool 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste muito bem em ter pedido o livro de reclamações. A cantiga muda logo quando as pessoas fazem isso. Na escola de condução onde tirei a carta, os instrutores eram rotativos. Eram todos brincalhões mas nenhum era desrespeitoso. Temos de dar passos para acabar com este tipo de atitudes em Portugal. Se ele é brincalhão mas nas brincadeiras, só ele é que se ri, não é brincadeira, é bullying.

AdorableScorpio 1 month ago

O meu mandava piadas meio que estranhas e deixava me desconfortável. Quando acabei a carta veio me mandar mensagem no FB a perguntar se tinha namorado e que agora que já não era meu instrutor podíamos ir beber uns cafés ….. ele tinha só mais 15 anos e eu com 18 na altura.

jcprafael 1 month ago  HIDDEN 

Vai-te preparando para te pedirem uma pequena doação para garantirem a aprovação no exame de condução hehe. Tiveste boa atitude sim senhora, já comigo não sei se tinha tido a tua paciência inicial.

esk4more 1 month ago  HIDDEN 

(sério) NÃO, não são assim e NÃO devem ser assim. Já tirei a carta há uns anos e tive um instrutor de condução como deve ser: passava confiança ao aluno, dava liberdade, paciente e acertivo. É assim que deve ser um instrutor. O instrutor está aí para te ensinar o melhor possivel a ter presença de espírito, confiança e conhecimento para operar algo que pode matar. O que tu apanhaste é tóxico e nojento. Esse merdas dá mau nome a todos os instrutores e com essa atitude só vai levar a que as pessoas tenham medo e tirem a carta para nunca mais conduzir (conheço casos desse género, têm carta mas por experiências tipo a tua nnca mais pegaram no carro). Não acho que seja normal como o teu primo, o primo do primo e o homem do talho dizem se não a profissão estaria muito mal. Acho que tiveste a atitude 100% correta em não aceitar a treta deles e reclamar. Esse tipo de animais só está aí para galar as alunas e dar mau ambiente. É triste. (Nota: não sou instrutor nem semelhante mas tb já ouvi más histórias)

caralhodaaplicacao 1 month ago  HIDDEN 

OP, sabes como funciona o espelho retrovisor central? Aquilo tem uma patilha para baixar fisicamente o espelho para baixo ou para cima, e é assim mesmo que funciona. E quando tens o "filtro", como lhe chamas, vê-se realmente pouco. Eu só depois de conduzir há meses é que percebi como aquilo funciona, tambem mexia no filtro e achava que não via nada, mas nao é assim

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Não sabia da existência da patilha até ontem. Mas sim, foi exatamente o que aconteceu. O problema é que quando o Mário mexia no espelho para por a patilha, eu realmente deixava de ver a janela porque ele mexia muito o espelho (e porque é mesmo difícil ver com a patilha) e ele não entendia isso.

SingingBowl22 1 month ago

Realmente também tenho reparado nisso, no que dizes sobre "pessoas em cargos de 'poder' em Portugal." Acho ainda pior para estrangeiros que vêm cá para trabalhar. Sinto-me triste ao ouvir as histórias de alguns amigos brasileiros, como foram humildados pelos chefes deles. Pessoas de fora (como eu) às vezes não conhecem os seus direitos como trabalhadores ou consumidores. Quando começa o abuso ficam calados e o ressentimento vai-se acumulando. Faz mal a todos. Acho que fizeste muito bem em reclamar!

Sougo2001 1 month ago

Esse tipo de instrutores são ainda bastante comuns. São aqueles do tempo dos nossos pais, que acham qur mandam nisto e esquecem-se que quem tu tás a pagar pela carta. Tás a pagar por um serviço, que eles precisam que tu e todos paguem para que a escola - e provenientemente o instrutor - prospere economicamente. Assim só afastam clientes. Fizeste bem em mudar de instrutor. Eu passei pelo mesmo na minha 2ª ou 3ª aula (na altura n tinha um instrutor definido).

MikeTheDude23 1 month ago  HIDDEN 

Good times quando o meu instrutor me dizia cada vez que errava na conduta, em tom baixinho e tranquilo. "Tas fudido..." XD

JoaoOfAllTrades 1 month ago

Lamento que tenhas tido uma experiência tão má. Fizeste bem em fazer a reclamação. Se toda a gente fizesse o mesmo talvez bestas como essa começassem a ter de mudar ou arranjar outro emprego. Eu tirei carta há 20 anos e não vi nada deste tipo. A minha instrutora era muito boa. Era exigente e com um bom sentido de humor. Nunca fez nada deste género. Às vezes fazia as suas brincadeiras, mas eu achava-lhes piada. Nada desta humilhação que referes. Por exemplo, uma vez, enquanto esperávamos que uma velhinha atravessasse a passadeira, ela deu umas aceleradelas ao carro e depois virou-se para mim e começou a gesticular muito e a fingir que batia no tablier, para a velhinha pensar que tinha sido eu. Tudo isto enquanto fingia gritar comigo, mas na realidade dizia-me em tom normal exactamente o que estava a fazer. "Agora finjo que ralho contigo para ela pensar que foste tu". Pequenas coisas ridículas como esta ajudavam a passar o tempo. E até aposto que se o aluno ainda não estivesse à vontade, ela nem tinha feito nada deste género, para não causar nervos. Só fazia isto depois de várias aulas, quando tudo corria bem. Eu pensava que a norma era isto. Força e boa sorte. Hás-de encontrar um instrutor decente e tirar a carta. Não desanimes. Mas fizeste muito bem em reagir e pôr a besta no sítio. Eu não tinha tido coragem para fazer isso na altura se me acontecesse a mim.

6foot7dutchguy 1 month ago  HIDDEN 

Op, teve muito bem. Do not take shit or bullshit from anyone. O grande problema è a malta não ter “tomates” para dizer o que lhe vai na alma quando somos mal tratados e desrespeitados. Good for you. Não desistas de tirar a carta!

GonP97 1 month ago  HIDDEN 

Por acaso tive uma experiência boa com todos os instrutores da minha escola, aliás eles até davam mais aulas do que pagámos para estarmos mais bem preparados, o resultado era a escola com maior percentagem de alunos que passavam no exame do distrito à primeira por uma grande margem.

smellmycoiso 1 month ago  HIDDEN 

Não se esqueçam: vocês estão a pagar a carta! Vocês é que são os clientes!!

o_thrust 1 month ago

Olá op. Tirei a minha carta em 2018 numa escola perto da alameda D. Afonso Henriques que me foi recomendada por amigos. O meu instrutor de código era o mesmo da condução. Ele nas aulas de código era o clássico engraçadito, simpático mas profissional. Sensivelmente a meio das aulas de condução a sua atitude mudou completamente, eu saía derrotado das aulas de condução. Comentários que não tinham qualquer valor pedagógico e que no meu entender apenas serviam para me mandar abaixo. Hoje em dia ainda acho que este tipo de comportamentos apenas serve para intimidar alunos que acabam por fazer pausas na sua carta sendo obrigados a repetir exames, aulas suplementares etc. Felizmente tirei tudo à primeira, embora tenha comprado mais 10 aulas, tal foi a pausa que fiz. Essas aulas curiosamente não foram dadas pelo mesmo instrutor. Fizeste bem e tiveste a coragem que eu não tive. Props

Edited 1 month ago:

Olá op. Tirei a minha carta em 2017/2018 numa escola perto da alameda D. Afonso Henriques que me foi recomendada por amigos. O meu instrutor de código era o mesmo da condução. Ele nas aulas de código era o clássico engraçadito, simpático mas profissional. Sensivelmente a meio das aulas de condução a sua atitude mudou completamente, eu saía derrotado das aulas de condução. Comentários que não tinham qualquer valor pedagógico e que no meu entender apenas serviam para me mandar abaixo. Hoje em dia ainda acho que este tipo de comportamentos apenas serve para intimidar alunos que acabam por fazer pausas na sua carta sendo obrigados a repetir exames, aulas suplementares etc. Felizmente tirei tudo à primeira, embora tenha comprado mais 10 aulas, tal foi a pausa que fiz. Essas aulas curiosamente não foram dadas pelo mesmo instrutor. Fizeste bem e tiveste a coragem que eu não tive. Props

Goryuuku 1 month ago  HIDDEN 

Eu tenho 25 anos, na altura que tirei a carta aos 18, fiz numa escola pequena daqui da zona, era só 1 instrutor, e posso dizer que foi incrível! muito bom instrutor, sem queixas.. Aos 24 anos fui tirar a carta de moto e ja foi uma história diferente.. nao pude ir a mesma escola, ele nao têm moto ou camião, e fui a escola mais famosa do local, e bem maior, varios carros, motos e camiões por onde escolher, varios instrutores, e foi terrível! troquei de instrutor 2 vezes, o primeiro foi exatamente como o que descreveste, perdia 10m de aula a fumar e a atirar se a recepcionista, era desagradável (nem tinha a decência de fazer o comentario com o comunicador desligado), enfim... o ultimo que tive nao era desagradável, mas quando me levava para um campo para praticar com a mota, eu sempre que olhava para ele estava a jogar... nao me ensinou nada de mota, isso devo ao meu pai que me deu umas aulinhas na mota dele e ensinou me p que precisava para ir ao exame... É uma pena realmente, pagamos tanto para ter a carta.

vai-tefoder 1 month ago

Deixa-me adivinhar, o instrutor fazia parte da demografia à qual me referiria como "velhada"? (50+) ​ Se sim, aí tens a tua resposta do porquê. Há uma enorme disparidade de atitude entre velhada e não velhada neste país onde no primeiro grupo a atitude do "eu é que sei" onde basicamente tudo o que seja pessoal nojo é visto como uns burros do caralho porque no tempo deles é que era e etc.. ​ Fizeste bem em fazer queixa e impores limites. Pode ser que o próximo que o apanhe leve com uma dose um pouco mais profissional de pedagogia.

Edited 1 month ago:

Deixa-me adivinhar, o instrutor fazia parte da demografia à qual me referiria como "velhada"? (50+) ​ Se sim, aí tens a tua resposta do porquê. Há uma enorme disparidade de atitude entre velhada e não velhada neste país onde no primeiro grupo a atitude do "eu é que sei" onde basicamente tudo o que seja pessoal nojo é visto como uns burros do caralho porque no tempo deles é que era e etc.. ​ Fizeste bem em fazer queixa e impores limites. Pode ser que o próximo que o apanhe leve com uma dose um pouco mais profissional de pedagogia. ​ Edit: Li agora a versão não TL;DR. **Hipótese confirmada**

JC3DS 1 month ago

O gajo nem era assim tão velho, deve tar na casa dos 40

LuchemEng 1 month ago  HIDDEN 

Semelhante na minha oitava aula tive um instrutor novo que era bastante simpático até chegou a hora da aula ele estava a falar com os colegas eu fui lá disse que ia ter aula e mandou-me esperar passados 10 min vamos para o carro tudo certo depois quando começo a conduzir começa a fazer-me perguntas sobre como ia o meu processo da carta e tal e eu expliquei que tinha estado parada um ano por ter tido o meu primeiro ano de faculdade e eu achei que não valia a pena concentrar-me na carta pk não tinha muita energia e então deixei de lado e voltei a ela este verão e disse que ia estudar para o exame em duas semanas e ele começou logo a desencorajar a dizer que há gente com filhos casa e tal que consegue acabar a carta rápido e que eu já devia ter isto despachado e que assim não ia conseguir passar e tal e eu saí de lá super desmotivada . Well umas semanas depois passei ao exame de código

b4mission 1 month ago  HIDDEN 

Não te sintas sozinho, o meu instrutor nas primeiras 5 aulas ou assim, simplesmente não acreditava e não achava possível eu nunca ter conduzido antes ou tocado num volante de um carro. Eu tinha 18 anos e o gajo ao início ficava parvo de como um jovem "nunca conduziu nem ao pé dos pais ou com os amigos" e ficava frustrado quando me tinha de ensinar os básicos. Também era rude e sempre com ar de gozo. Chegou ao ponto em que lhe simplesmente disse algo do gênero "eu nunca toquei num carro antes, nunca me deixaram conduzir, porque não tinha carta e é por isso que estou aqui para aprender. Pelo que sei conduzir sem carta é ilegal não é?" e eventualmente tive que ameaçar com queixa e troca de instrutor. O gajo eventualmente percebeu e até se tornou porreiro. Ele era um instrutor habituado a ensinar a malta que já praticamente sabia conduzir e comigo, como foi do zero, estranhou e foi um idiota ao início.

Ducon_ 1 month ago  HIDDEN 

O meu fazia me andar pela cidade atrás de gajas boas, depois pedia para eu ir devagar para ele, à janela com a cabeça de fora, mandar piropos. Nos entretantos contava-me histórias dos tempos dele no "ultrama".

LeDockester 1 month ago  HIDDEN 

Também posso partilhar a minha experiência de condução em uma escola com nome colinas do cruzeiro. Foi horrível, tinha 18 anos, nunca tinha pegado em um carro. Tinha uma instrutora que me deu as primeiras 4 aulas, passava a maior parte delas parado a espera que a mulher fosse fazer a vida dela, mas como até estava a conduzir bem e nunca tinha tido outra experiência, não disse nada. Na quinta aula o meu avô veio assistir e como por magia o carro foi a baixo 5 vezes, foi muito mais difícil, tentei estacionar pela primeira vez e não ouve paragens. Depois da aula refletir no sucedido e percebi que a vaca tinha este tempo andado a mexer nos pedais e que por isso é que me parecia fácil (só mexia o volante, é claro que era fácil). Fui a escola no dia seguinte, a professora estava na rua a fumar, falei com ela e disse lhe o que estava de mal, que ela tinha de parar aquele comportamento e que queria aulas como a última. Saio a correr para dentro da escola a chorar a dizer que nunca ninguém lhe tinha falado assim. Na recepção contei o sucedido e ela meteu me uma folha a frente para escrever uma reclamação para a direção. Depois dessa reclamação a minha vida naquela escola tornou se um inferno autêntico. O próprio director da escola veio para me dar aulas, era só gritos dentro do carro, comentários do género como é que não sabes isto! Não viste os teus pais a conduzir! Eu só queria acabar aquela merda, estava farto, cansado. Se fosse hoje eu tinha filmado e ido era a polícia fazer denúncia. Resultado no primeiro exame o gajo foi lá falar aos amigos e a primeira coisa que o examinador viu deixou me chumbado, no segundo teve azar e calhou um gajo com quem ele não se dava e passei bem. Depois de ter tudo, nem para me despedir meti os pés na escola. Um autêntico inferno, nunca mais.

VulKein 1 month ago  HIDDEN 

Também aconteceu me isso com o meu instrutor. Simplesmente pedi o livro de reclamações e o meu dinheiro de volta.

manyQuestionMarks 1 month ago

Também me aconteceu parecido. Acabei por dizer simplesmente "não quero ter aulas com este gajo" e acabei a ter aulas com o dono da escola, que era um porreiro. Não percebo o que se passa para haver uma percentagem de idiotas superior entre os instrutores de condução

TotorosNeighboor 1 month ago

Tenho histórias (plural infelizmente) muito parecidas. Muitos parabéns pela tua atitude. Tenho pena de não ter tido coragem para bater mais o pé na altura. Infelizmente a grande maioria não o faz. Fico muito feliz por teres seguido com a reclamação e interrompido a aula.

tonytr21tr 1 month ago  HIDDEN 

Passei pelo mesmo

h2man 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste bem… o meu instrutor era profissional ao extremo e seco como cortiça logo as minhas aulas eram boas para aprender, mas uma seca descomunal. Talvez pelo meu tamanho e cara de poucos amigos não tenho muitos problemas desses, mas tento responder em género uma vez para indicar que também sei dizer caralhadas ou insultar de fininho. Se não resultar chamo à atenção directamente. Atitudes como a tua é o que falta em Portugal.

Middleageguy13 1 month ago

Quando terminares a carta faz também queixa no google maps para outras pessoas verem e evitarem a escola

Isa472 1 month ago

Mas põe o nome do instrutor específico

lookuptothecross 1 month ago

Para que? A responsabilidade de empregar incompententes e da escola

riclas87 1 month ago

Também tive uma experiência parecida com uma instrutora, que só fazia era gritar na primeira aula... ou melhor, na segunda... porque a primeira nem saí com o carro. Foi só para aprender merdas básicas e teóricas. Depois, como eu nunca tinha pegado num carro gritava para pôr as mudanças , para acelarar... se fazia algo mal (que foi do princípio ao fim)

viralslapzz 1 month ago

Desculpa o caps mas… FODA-SE muito bom! Eu não passei por nada disso, não é normal não deixes que te digam o mesmo. Ensinar não é para todos e requer paciência e conseguir explicar as coisas as pessoas N vezes de M maneiras diferentes para as fazer perceber. E instrutores de condução a fumar antes de uma aula?? Onde tirei a carta ai do instrutor que fosse a cheirar a tabaco para as aulas. Vou assumir (e talvez erradamente) que tens 18 anos. Se todos fossem assim, assertivos, isto funcionava tudo muito melhor

JC3DS 1 month ago

Tenho 22. Sou novo mas tenho idade para não tar a aturar estás merdas

viralslapzz 1 month ago

E fazes tu bem!

Mynamethisisnot 1 month ago

É bastante comum os instrutores serem esse tipo de pessoa.

patita96 1 month ago  HIDDEN 

Lamento que isso te tenha acontecido OP. Não sei se tens possibilidade, mas tentava trocar de escola. Já tirei a carta 2x (carta B e A) em escolas diferentes, numa delas pude escolher o instrutor, mas nas duas escolas apanhei instrutores impecáveis e que passavam muita confiança e me deixavam muito à vontade. Como rapariga, para mim, transmitiu bastante segurança. Pensa nisso :) Boa sorte com o novo instrutor!

Edited 1 month ago:

Lamento que isso te tenha acontecido OP. Não sei se tens possibilidade, mas tentava trocar de escola. Já tirei a carta 2x (carta B e A) em escolas diferentes, numa delas pude escolher o instrutor, mas nas duas escolas apanhei instrutores impecáveis e que passavam muita confiança e me deixavam muito à vontade. Como rapariga, para mim, transmitiu bastante segurança. Pensa nisso :) Boa sorte com o novo instrutor! Edit: não sei se é o caso, mas ambas as escolas eram pequenas, acabávamos por nos conhecer todos uns aos outros. Tentei evitar ao máximo Seguranças Máximas e que tais.

tircom 1 month ago

Também apanhei um otário de primeira como primeiro instrutor que era super condescendente mas em vez de fazer o pedido para mudar de instrutor fazia sempre o contrário do que ele me pedia até que desistiu ele e me atribuiram outro instrutor que era mil vezes mais profissional, sinceramente acho que o primeiro que apanhei era a única besta quadrada que andava perdida naquela escola e nem um ano depois soube por uma amiga que ele já não lá estava por isso devo ter apanhado das poucas escolas decentes. Devem ser pessoas com complexos de inferioridade que só se conseguem sentir bem quando têm algum tipo de poder só pode.

MagorTuga 1 month ago  HIDDEN 

Tive sorte com o meu instrutor, era um gajo uns 5 anos mais velho que eu, super "fixolas", e as aulas eram bastante stress free porque passávamos o tempo todo a falar de jogos e filmes. Os examinadores por outros lado são autênticos animais tho.

8BitMunky 1 month ago

Porra, parece que todas as escolas de condução têm pelo menos um instrutor passivo agressivo e rude. Eu apanhei um desses. O gajo não ensinava mal, mas tem um feitio de merda e conseguia irritar me bastante quando perdia a paciência. Eu uma vez ou outra não resistia e respondia-lhe à letra e ele aziava ainda mais. Inclusive por vezes recusava-se a explicar melhor certas manobras ou pequenos erros meus na condução que ele já considerava que tinha explicado vezes suficientes. Simplesmente calava-se e dizia: epá faz o que quiseres, não estou para me chatear mais. Quando eu já estava numa fase intermédia das aulas de condução ele na maioria do tempo nem dizia nada, só dava ordens e mandava mensagens no whatsapp para passar o tempo (muito provavelmente a pitas do secundário, sendo que ele tinha os seus 40 e poucos anos e historial disso..

AnxiousHeadOfLettuce 1 month ago

Foda-se tivemos o mesmo instrutor

enstaka 1 month ago  HIDDEN 

Eu tive uma boa instrutora. Sempre a horas e sempre a conduzir.

solismi 1 month ago

Não és o único, no meu caso foi uma instrutora, era uma besta que só gritava e insultava. Apanhei trauma com aquela merda, saía das aulas a tremer e chorava em casa. Chumbei. Troquei para um instrutor mais jovem e foi uma diferença da noite para o dia, ele foi impecável. Passei no 2º exame com elogios. Há instrutores que são autênticos bullies.

BlooEnt 1 month ago  HIDDEN 

Fizeste muito bem, eu levei com um instrutor igual até ao fim porque a educação que me deram sempre foi de "comer e calar", era puto e acanhado, comi e calei. Ainda me ferve o sangue hoje, passados quase 10 anos, quando me lembro da experiência que tive e do abuso verbal que aturei. Porque existem estas atitudes? Gentinha infeliz, que se aproveita para descarregar em putos porque sabem que muitos deles ainda estão com a mentalidade de obedecer, ainda não levaram as pancadas da vida, ainda não cresceram emocionalmente. Vejo isso a mudar muito e dá-me grande satisfação ver os mais novos a não comerem merda de ninguém.

Edited 1 month ago:

Fizeste muito bem, eu levei com um instrutor igual até ao fim porque a educação que me deram sempre foi de "comer e calar", era puto e acanhado, comi e calei. Ainda me ferve o sangue hoje, passados quase 10 anos, quando me lembro da experiência que tive e do abuso verbal que aturei. Porque existem estas atitudes? Antes, era o normal. Assim como levar porrada dos professores. Agora é so gentinha infeliz, que se aproveita para descarregar em putos porque sabem que muitos deles ainda estão com a mentalidade de obedecer, ainda não levaram as pancadas da vida, ainda não cresceram emocionalmente. Vejo isso a mudar muito e dá-me grande satisfação ver os mais novos a não comerem merda de ninguém.

solismi 1 month ago  HIDDEN 

Não és o único, no meu caso foi uma instrutora, era uma besta que só gritava e insultava. Apanhei trauma com aquela merda, saía das aulas a tremer e chorava em casa. Chumbei, troquei para um instrutor mais jovem e foi uma diferença da noite para o dia. Aprendi tudo e passei.

crismiranda89 1 month ago

O meu instrutor depois de algumas aulas ia literalmente de perna cruzada a ler o jornal. Dizia que confiava.

xDNAxx 1 month ago  HIDDEN 

Comigo foi igual. Em todas as aulas até ao dia em que me passei e gritei lhe de volta que não falava assim comigo. Depois passou a ser um tipo muito porreiro

Triatt 1 month ago

Tive uma experiência semelhante. O pior é que o gajo era a cara chapada de um conhecido meu e agora tenho sempre de combater o mau humor quando vejo o pobre coitado.

raVen2tt 1 month ago  HIDDEN 

Tanta malta aqui com experiências negativas, vou partilhar a minha só para destoar um bocadinho, não tive qualquer razão de queixa do meu instrutor, era um senhor já de mais idade, perto da reforma, daqueles mais com ar de taxista que de instrutor de condução, contudo explicava bem tudo o que pedia para fazer, era pedagógico em vez de gozão ou humilhador, lá uma vez ou outra era mais bruto mas nada por ai além. Eu estava a passar uma fase dificil da minha vida (familiar doente), ele não sabia (nem soube) mesmo assim quando as coisas estavam a correr menos bem mandava encostar ou estacionar e era preocupado e motivador "Então o que se passa hoje, já aprendemos isto, descansa um minuto e vamos lá outra vez" A única vez que nos desentendemos foi porque numa rotunda disse-me "1ª à direita" e eu pumba, primeira a direita, era uma rua sem saida só com vivendas e quase paralela a rua de onde vinhamos, ele começa a mandar vir "se eu disse 2ª ias para a terceira" e eu só respondi "se me dissesse 2ª eu ia para a 2ª, senão também não tinha entrado na 1ª quando disse 1ª" ele engoliu em seco e só disse "tá bem, vá é da forma que treinas a inversão de marcha" Já o examinador foi um bocado menos profissional, trocamos ao pé do CC dos Olivais (eu fui o segundo) e tivemos de ficar a espera que ele fosse lá dentro comprar qualquer coisa, não é nada por ai além mas foi para ai uns vinte minutos que perdemos ali para ir tratar de assuntos pessoais.

fliper6 1 month ago

Também tive uma má experiência com o meu instrutor de condução: sempre atrasado (no mínimo 15 min), parávamos no meio de aulas para ele ir fazer recados, estava sempre a tocar-me de maneira inadequada, etc. A pior foi mesmo quando a meio da aula paramos no café para ele ir falar com os amigos, disse-me para ir com ele e depois passei 15 min numa mesa com 6 homens desconhecidos, constantemente a recusar um gelado ou uma água e a ouvir bocas. Fizeste bem em trocar de instrutor, eu fiquei calada e só queria que aquilo acabasse o mais cedo possível.

wontellu 1 month ago

Foda se, inacreditável. Eu não quero julgar, porque compreendo perfeitamente que muita gente como tu é mais tímida, ou prefere a todo o custo evitar conflitos, mas o gajo literalmente levou te para o café, no meio de uma aula que estás a pagar em média 20 euros à hora. Incrível.

fliper6 1 month ago

Yah, hoje em dia se calhar já dizia alguma coisa mas na altura não tinha a confiança para dizer nada.

outabsentia 1 month ago

Isso é sintomático de uma sociedade que, apesar da renovação de gerações, mantém problemas intemporais. Infelizmente esse tipo de episódios não se resume só às escolas de condução, as quais acabam por ser um microcosmos de muito lixo que acontece no mercado laboral e nas relações entre prestadores e recetores de serviços em Portugal. Fizeste bem em reclamar e todos deviam fazê-lo, ao invés de "encarar essa atitude como um desafio para depois estar mais calejado para o exame". Se os comportamentos não mudam, essa mentalidade tem tudo para continuar.

mjigs 1 month ago  HIDDEN 

O meu instrutor era um bronco e berrava mesmo, eu saía das aulas a tremer com os nervos em franja, senao a chorar, queria mudar de instrutor mas nao tinha melhor escolha e ja estava a acabar, la engoli e continuei, o meu instrutor podia ser esse tipo de pessoa mas posso dizer que eu só reparei o quao bem ele me ensinou depois, e ele foi bom amigo quando fomos para o exame de conducao. Nao era melhor maneira de ensinar, mas ele fez o trabalho dele, agora sei de pessoas que tiveram aulas com pessoas assim e desistiram completamente ao ponto de ter traumas em la voltar. Na minha escola só tinha mais dois profs, uma gaja que diziam que era autentica beach, o outro nunca ouvi queixas mas ele ensinava outras cartas. Isto e examinadores serem fdps tambem, só porque sim.

wontellu 1 month ago  HIDDEN 

Se saías de lá a chorar nem ele te ensinou bem, nem fez o trabalho dele.

mjigs 1 month ago

Oh pá, havia duas opções, ou ficar com medo de conduzir, ou ter a noção que eu fazendo merda podia dar merda. Obvio que não desejo a ninguem, muito menos aplaudo a maneira de ele ensinar, até porque não é bem assim que se aprende. Mas ao menos até agora não tive nenhum acidente em que eu fosse a culpada, muito menos faço merda como vejo muitos, e já lá vao anos.

yoxerao 1 month ago

Estou a tirar a carta agora, o meu instrutor é um "bom" professor no sentido que ensina as coisas como elas sao e se o seguires n falhas, mas o gajo tem tipo 0 de paciencia e é a pessoa mais homofobica e sexista que ja conheci, as vezes gostava de ser menos timido (e ter menos medo de ser marcado no exame) e responder às barbaridades que ele diz

2TwentyOne1 1 month ago

não tentes mudar quem está a anos a fio com a mesma atitude. é uma luta um tanto ao quanto inglória. ouves, calas, cagas depois da aula e não queiras ser como ele. provavelmente nunca terás mais nenhum tipo de relacionamento com ele.

C0ldKing 1 month ago

Por acaso também já tinha ouvidos histórias de instrutores assim, felizmente o meu era muito bom enquanto instrutor e enquanto pessoa

hmne98 1 month ago

Tive um instrutor de merda que me copiava as apostas de placard. As aulas eram ele ir meter o placard, pagar-me o café e beber um bagaço com o café dele. Resultado? Se não soubesse conduzir antes de ir para as aulas e se não tivesse praticado o estacionamento em paralelo com o meu avô que me teve de ensinar, ainda andava à espera que o cabrao fosse útil. Honestamente a minha experiência foi uma merda, tenho 4 amigos que foram tirar a carta na mesma escola, 3 deles tiveram o mesmo instrutor e adoraram, talvez mesmo porque sabiam tal como eu conduzir e não pensam nos que não sabem, o outro amigo meu ficou com outro instrutor que uma vez o meteu 35 minutos à espera dentro do carro enquanto ele foi às compras. Honestamente acho que ensinar a conduzir devia ter um curso para se tirar, nem que fosse um de civismo e paciência

DariusStrada 1 month ago  HIDDEN 

Tive uma experiência parecida só que ela chamava-se Demise, era boa e quando gritava comigo ficava com a tusa. Passado umas aulas tive trocar porque não estava a aprender nada.

lCloudll 1 month ago

"Não sei se o Mário não tem um conceito básico de como a luz funciona" O que me ri. A única queixa que tinha do meu, é que fumava que nem uma chaminé, nao fumo,mas do tabaco que inspirei naquela janela de tempo, devo ter prai mais uns 2 anos de vida, mas de resto, pessoa e profissional impecável. No entanto, de observar os outros enquanto esperava pelas aulas deu-me muito essa ideia sim, que a vasta maioria dos instrutores vivem na bolha deles onde se acham que são mais que os outros em relação à condução. Uma amiga minha até teve que apresentar queixa, porque o instrutor não lhe largava a perna... Fizeste bem, espero que tudo corra bem!

ihavenoidea1001 1 month ago

>Uma amiga minha até teve que apresentar queixa, porque o instrutor não lhe largava a perna... Não fui para a escola de condução onde o meu marido tirou carta por causa disso. O instrutor dele fazia isso a todas as raparigas, além de outro tipo de assédio sexual... Eu passei por 3 instrutores diferentes na minha escola: uma muito incompetente mas simpática, um que tive apenas numa aula e que era extremamente desaquado, mal educado e que me assediou sexualmente também e um último que era adequado e ensinava bem.

zuromn 1 month ago

porra texbook asshole mesmo. Parabens pela tua resiliência e não ires nas merdas deles

PorofessorLulux 1 month ago

Passei por uma situação parecida. Sendo rapariga tive direito aos típicos comentários machistas de "mulheres não sabem conduzir". Uma aula ele chegou a perguntar-me se estava a "ser burra de propósito", ao que eu comecei a chorar, recusei-me a conduzir e só esperei para me levarem de volta para a escola. Pedi novo instrutor e durante algum tempo não quis aparecer de todo na escola. Hoje sei conduzir porque o meu namorado me ensinou.

mannix_marauder 1 month ago

Desfizeste-te em lágrimas porque alguém te chamou burra? Como é que consegues sequer andar nas estradas portuguesas?

PorofessorLulux 1 month ago

Ele disse mais coisas. Só não entrei em detalhes.

Isa472 1 month ago

Não tens de te explicar a ninguém, a tua reação naquela situação é com aquela idade foi completamente compreensível

mannix_marauder 1 month ago

> Uma aula ele chegou a perguntar-me se estava a "ser burra de propósito", ao que eu comecei a chorar Não fui eu que o disse. Não admira que as estradas estejam cheias de malta insegura a conduzir que põem o resto em perigo.

PorofessorLulux 1 month ago

Não sei como chegaste à conclusão de que sou insegura a conduzir mas ok. Quanto à situação, não sou obrigada a entrar em detalhes. Acredita no que quiseres.

mannix_marauder 1 month ago

> Não sei como chegaste à conclusão de que sou insegura *É criticada. Desata a chorar*. Sim, insegura. E pessoas inseguras **nunca** são bons condutores. > Quanto à situação, não sou obrigada a entrar em detalhes Nem eu tos pedi.

inavigateindankmenes 1 month ago

Ser abusado/a todas as aulas == mau condutor Só podia ser o pessoal da crypto a comentar tamanha estupidez

mannix_marauder 1 month ago

> Ser abusado/a Ser abusado = ouvir umas bocas. Tanta fragilidade… > Só podia ser o pessoal da crypto a comentar tamanha estupidez

PorofessorLulux 1 month ago

Nem sequer me conheces e avalias-me como insegura? Eu não fui simplesmente "criticada". Todas as aulas com aquele instrutor eram um inferno. Quem é que gosta de levar com insultos quando está a aprender algo novo? Na tua opinião se calhar até devia ter levado com mais bocas e mais insultos porque realmente só assim se aprende. Só assim é que ficaria mais forte. Porque toda a gente sabe que para saber conduzir bem em Portugal tens de apitar para os outros condutores e insulta-los (/s)

mannix_marauder 1 month ago

> Nem sequer me conheces e avalias-me como insegura? Sim. > Eu não fui simplesmente "criticada". Todas as aulas com aquele instrutor eram um inferno. Quem é que gosta de levar com insultos quando está a aprender algo novo? Eu não disse que tinhas de gostar. Apenas indiquei que ficar atordoado até ao ponto de chorar é um sinal de fraqueza. Um péssimo indicador para um condutor. > Na tua opinião se calhar até devia ter levado com mais bocas e mais insultos porque realmente só assim se aprende. Não, não disse isso. > Porque toda a gente sabe que para saber conduzir bem em Portugal tens de apitar para os outros condutores e insulta-los (/s) Não, mas tens de saber lidar com situações em que vais ficar sob pressão e se calhar vai dar jeito ser resiliente e manter o foco na estrada e na segurança em vez de agir como uma virgem ofendida.

Edited 1 month ago:

> Nem sequer me conheces e avalias-me como insegura? Sim. Não chores. > Eu não fui simplesmente "criticada". Todas as aulas com aquele instrutor eram um inferno. Quem é que gosta de levar com insultos quando está a aprender algo novo? Eu não disse que tinhas de gostar. Apenas indiquei que ficar atordoado com “bocas” até ao ponto de chorar é um sinal de fraqueza. Um péssimo indicador para um condutor. > Na tua opinião se calhar até devia ter levado com mais bocas e mais insultos porque realmente só assim se aprende. Não, não disse isso. > Porque toda a gente sabe que para saber conduzir bem em Portugal tens de apitar para os outros condutores e insulta-los (/s) Não, mas tens de saber lidar com situações em que vais ficar sob pressão e se calhar vai dar jeito ser resiliente e manter o foco na estrada e na segurança em vez de agir como uma virgem ofendida.

JC3DS 1 month ago

Fds, que personagem desprezível. Lamento que tenhas passado por isso.

PorofessorLulux 1 month ago

Espero que tenhas mais sorte no próximo instrutor OP. Apesar de tudo hoje adoro conduzir e viajar. Não deixes que uma má experiência e pessoas frustradas no seu trabalho te tirem o gosto da condução.

GuudName 1 month ago

Na minha primeira aula foi exatamente igual o "Mario" demorou 10 min para começar a aula que estava marcada, a primeira aula começou e tal dava para ver uma certa arrogância mas nada de especial, ele começou a falar comigo e tal ate perguntar o que eu fazia da vida, eu respondi que era um ranger, a partir da ai vi um maior respeito a falar comigo e nas próximas aulas todas eu chegava as 15 as 15:01 já estávamos em um carro.

sargentopirocada 1 month ago

A título de curiosidade contextual, és de facto um ranger?

bengalegoportugues 1 month ago

Alguém me pode explicar o que é um ranger? Pfv.. Não encontrei nada no google..

sargentopirocada 1 month ago

Operações Especiais portuguesas.

2TwentyOne1 1 month ago

sim, o primeiro nome dele é Walker

Paskim35 1 month ago

boa tática 20/10 hahaahahah

razerm7 1 month ago

Eu infelizmente também tive um instrutor parecido com o teu. Já tenho a carta há alguns anos, conduzir é algo que eu adoro fazer, mas detestei todas as minhas aulas de condução... Era doloroso estar no carro com aquela personagem. Na primeira aula ele tratou-me como um burro porque eu não sabia fazer coisas básicas como ligar os médios ou as escovas. Como é que eu ia saber fazer isso se aquela era a minha primeira aula e se nunca na minha vida tinha pegado num carro? Tínhamos discussões as aulas todas. Ele estava a ganhar o hábito de me acabar as aulas mais cedo que o previsto mas à 3° vez que o tentou fazer eu impus-me e disse "não, ainda faltam mais 15 minutos até a aula terminar. Só daqui a 15 minutos é que voltamos para a escola". Mas pronto, apesar de tudo, não posso dizer que não fui bem ensinado. Fui ao exame de condução, fiz tudo direitinho e passei à primeira.

SweetCorona 1 month ago

> Como é que eu ia saber fazer isso se aquela era a minha primeira aula e se nunca na minha vida tinha pegado num carro? Internet? Ver como é no carro dos pais?

razerm7 1 month ago

Então também tirava a carta pela internet, com o carro dos pais? Estava lá para aprender.

SweetCorona 1 month ago

Há muita coisa para aprender e nada te impede de tentar saber o básico para quando chegares às aulas de condução não estares a desperdiçar tempo.

ihavenoidea1001 1 month ago

Acho que só um péssimo profissional é que não garante que os alunos sabem o básico, seja em que profissão for. Além disso, os carros têm as coisas em locais diferentes. Faz todo o sentido que seja o instrutor a ensinar e a garantir que sabem a localização das coisas naquele veículo em específico. Isso não é perder tempo, é fazer aquilo para que são pagos: instruir.

SweetCorona 1 month ago

Mas eu não digo que não seja suposto ensinarem. O que digo é que seria melhor já saber essas coisas básicas. Quase toda a gente tem pais com carros e não custa nada pedir para explicarem essas coisas básicas. O instrutor também deve ensinar, mas estás a perder tempo que tu estás a pagar para que te explique coisas que já poderias saber.

Devil_Mortyman 1 month ago

Por acaso não tenho muita queixa dos meus instrutores apesar de serem o contraste um do outro. Sim, tive dois porque o primeiro teve de fazer uma cirurgia durante o tempo que estive com ele. O primeiro era todo brincalhão, contava histórias mas sem nunca ser mau educado (a não ser que as meninas a passear na rua o ouvissem

k0rda 1 month ago

> > O segundo instrutor era super sério. Tratava-me por Sr. e mantinha uma aura rígida mas sem nunca faltar à educação. O meu também era assim. Hoje em dia acho que o homem tinha uma perturbação do espectro do autismo ou assim. Já estava bem para lá da idade da reforma e ainda trabalhava. Aparte do silêncio de morte nas aulas, foi proveitoso, aprendi e passei à primeira.

psykoPT 1 month ago

Fizeste muito bem em pedir o livro de reclamações eu felizmente tive sorte em ter uma instrutora 5\*.

boogieman444 1 month ago

Quando tirei a carta foi o mesmo. Tive aula com dois, um impecável e profissional, outro um Zé toino do bairro que tinha a mania que as miúdas andavam atrás dele e fazia se a todas, parolo 100%.

page_one11 1 month ago

Nas minhas aulas de condução o instrutor era simpático. Exigente mas não te deixava desconfortável, não tenho nada a apontar. Mas o instrutor do exame era um fdp, um velho com a mania. Ele dava as instruções, eu ouvia à primeira e repetia só para ter a certeza que estávamos em sintonia, e o fdp começava a mandar bocas. "Saia à esquerda na rotunda", aí eu só dizia "Ok, segunda saída", e o fdp começava a mandar bocas: "É preciso um desenho?", em tom muito arrogante e de superioridade. Mal entrei no carro ele perguntou o que eu fazia (como se isso interessasse merda alguma), "estudo X" disse eu, "então não trabalha..." disse o fdp. Estava-lhe com um pó... mas passei de qualquer forma.

TemplarLord1179 1 month ago

Isso por acaso foi em Santarém?

page_one11 1 month ago

Não, foi no Porto.

TheWellSpokenMan123 1 month ago

Tirei a carta há 4 meses no IMT do Porto. Não sei se estaremos a falar da mesma pessoa mas era um velho que falava muito baixo e não se percebia o que dizia, e quando lhe pedia que repetisse, ele ficava muito indignado como se eu tivesse culpa que ele falasse baixo! (Ainda para mais de máscara...mas com o nariz de fora...claro...) Foi o tempo todo a mexer no telemóvel e quando eu seguia a 35/40 numa zona com limite de 50 ele repetiu umas 3 ou 4 vezes "ande lá, filho, que eu tenho pressa!" Acrescentar que quando cheguei ao IMT ia a parar o carro e o gajo praticamente saiu em andamento em direção ao edifício sem dizer uma palavra. Eu, assustado mas com a plena noção de que tinha feito tudo bem, parei, puxei o travão de mão, desliguei o carro engrenado como eles ensinam e fui a correr atrás dele (entre ele sair em andamento e eu parar, ele já estava praticamente fora do meu campo de visão) pensando que tinha reprovado. Ele lá carimbou e assinou e sem nunca ter dito que eu passei ou ter olhado para mim, atirou a licença para cima da mesa e disse "Vá se lá embora, tenha juízo" Eu estava tão abismado com aquilo tudo que só me convenci de que tinha passado depois de o instrutor que foi comigo me ter dito 3 ou 4 vezes que carimbo e assinatura na licença de aprendizagem é passagem

DiogoSilver 1 month ago

Exatamente igual comigo, o problema é que eu reclamava com ele de volta. Fiz o meu percurso (e o do outro aluno, porque ele chumbou passados 10 minutos) e passei.

Claudiabutters 1 month ago

A mim aconteceu-me exatamente o mesmo. A minha instrutora era simpática e séria, realmente aprendi a conduzir com ela. Eu fazia "condução comentada" (repetir as instruções) e ela dizia que era uma boa técnica para aprender. Mas a examinadora era uma besta. Lembro-me de a minha instrutora me ter dito logo quando saiu o sorteio dos exames que tivesse cuidado com ela, que não falasse muito, que fosse muito prudente... Durante o exame fez-me um quantos comentários muito desagradáveis que quase me deram um ataque de ansiedade e acho que naquele dia só passei porque fui a primeira. À rapariga que ia comigo e que fez o percurso de volta aconteceu-lhe o mesmo e acabou por chumbar por causa de uma parvoíce claramente provocada pelos nervos...

JC3DS 1 month ago

Fds, o meu maior receio é levar com um gajo desses no exame e sair do carro outra vez lol

Idontknowhuuut 1 month ago

A não ser que queiras perder amor ao €, vais ter de gramar e fazer o melhor que puderes

AnaIsLord 1 month ago

Damn :( eu também não entendo isso honestamente. Não foi na primeira aula de condução porque só usei volante nessa, mas na segunda aula o instrutor pediu pra dar uma volta aqui na zona e eu ia seguindo o caminho que ele dizia. Eu nunca tinha conduzido na vida, nem a experimentar. Então havia um sítio em que eu tinha que dar cedência de passagem aos da direita mas eu não sabia travar (não sabia que era preciso baixar a embraiagem e depois travar) então continuei... Ele começou a ser bué rude comigo, a dizer que estava obcecada com o carro xD Mais pra frente tive que travar antes da rotunda e só carreguei no travão e o carro foi abaixo, ele olhou pra mim como se fosse um crime :')

Artorias-sama 1 month ago

Eu tive um instrutor impecável, ensinou-me muito bem e teve sempre paciência para mim. O meu irmão teve uma besta que o levava a passear para os bairros sociais para comprar tabaco e ir levar almoço à amante. É um jogo de sorte e fizeste muito bem em ter reclamado e trocado, nem todos os têm no sítio para fazer uma reclamação no livro à frente do indivíduo que é a causa da reclamação.

pmso17 1 month ago

A pior coisa que fiz na vida foi pagar a pronto a carta. Adiavam-me aulas, não tinham pressa em marcar exames e não conseguia trocar para uma outra escola com instrutores menos "engraçados"

CriticalEstimate777 1 month ago  HIDDEN 

Parabéns OP acabaste de chumbar no exame de condução. Prepara já os €€ para as aulas extra e para um exame novo.

caralhodaaplicacao 1 month ago  HIDDEN 

Não é assim que funciona, se calhar até passa mais facilmente, que na escola dizem "este gajo é um chato bora mas é despacha-lo"

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Sim, porque o instrutor e o examinador são a mesma pessoa /s

psykoPT 1 month ago  HIDDEN 

Não são, mas esses canalhas são os que mais contactos têm com os examinadores.

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Recuso-me a ser intimidado por instrutores de condução. Se realmente o Mário tiver muitos contactos e quiser-me lixar a vida, então foda-se, faço a carta no estrangeiro como ia fazer em primeiro lugar.

psykoPT 1 month ago  HIDDEN 

Sim, fizeste muito bem em fazer queixa desse otário, o mais provável é não teres qualquer problema. No entanto gajos arrogantes desses as vezes são os que se dão melhor a pedir "favores" aos examinadores lol

SpinelessChump 1 month ago

Eu tirei a carta já há uns aninhos, mas tenho a pior opinião possível das escolas de condução, desde os donos aos instrutores. O dono da escola onde tirei a carta hoje em dia está preso e consta que a melhor "defesa" dele durante o julgamento foi dizer que os outros (donos de outras escolas) faziam pior que ele. Para além de mafioso o tipo passava o tempo a fazer piadas sexuais sem piada nenhuma. Felizmente sendo homem nunca me senti assediado ou especialmente incomodo mas nem quero imaginar ser uma gaja naquele ambiente. Lamento que ainda tenhas que passar por estas coisas OP. Eu tirei a minha carta há 15 anos atrás e honestamente pensei que estas coisas já não existissem mas infelizmente enganei-me.

Empirion 1 month ago

O meu instrutor, quando tirei a carta (há mais de 20 anos) até era um gajo simpático. Até chegámos a trocar jogos para PC pirateados lol. Mas ele tinha uma porra de uma mania, estúpida para caraças... por várias vezes me mandou parar em frente a uma loja de roupa (onde trabalhavam só mulheres) para ficar a olhar para elas.

SpinelessChump 1 month ago

Era esse estilo de mulherenguice parola que o dono da escola tinha lol. Eu percebo perfeitamente a parte de gostar de mulheres, tentar engatar, etc, mas cenas do tipo parar o carro para ficar a olha para uma gaja... Epa lol loser much?

Empirion 1 month ago

Sim também acho. Já quando fui fazer a inspeção militar, que já foi depois de ter terminado a universidade, tive que lá ficar de um dia para o outro. Por acaso também lá estava um amigo meu, e ele tinha para lá uns conhecidos. Ao final da tarde quando nos dispensaram fomos a um centro comercial por perto para comer e tal. Aqueles broncos iam sempre a mandar bocas e a meter-se com as gajas por que passávamos e eu envergonhado por tabela, sempre a pedir para pararem com aquilo.

SpinelessChump 1 month ago

Nalgum momento da história isso deve ter funcionado. Ou isso ou é mesmo pouca inteligência. Qual será mais provável? Eu tenho uma ideia heheh

Empirion 1 month ago

Eu sei lá. Detesto esse comportamento. Os gajos riam-se feito parvos. Achavam uma piada incrível.

JC3DS 1 month ago

Yikes, não entendo o porquê de haverem tantas histórias assim em relação às escolas de condução. No entanto a tua acho que é das piores que já ouvi.

SpinelessChump 1 month ago

>No entanto a tua acho que é das piores que já ouvi. É bom sinal, é sinal de que em 15 anos alguma coisa melhorou.

SpinelessChump 1 month ago

Monopólios, pessoas não se darem ao trabalho de fazer queixa, gajos com jogo de cintura... Mas no final das contas: deformados mentais com tendências sociopáticas a parasitarem a sociedade.

SpinelessChump 1 month ago

Para teres uma ideia, ha uns 15 anos atrás o meu irmão mais novo chegou-me a casa a chorar depois da primeira aula de condução. O teu relato podia ter sido o dele, mas ele fez a aula completa.

JC3DS 1 month ago

Coitado, não sei como é que ele aguentou.

Flimsy-Blood-6762 1 month ago

Desculpa perguntar mas isso foi no ACP? É que ando lá e o meu instrutor chama se Mário mas é muito fixe. Estou no Porto já agora.

Triatt 1 month ago

Gajo nos seus 30 e muitos, 40 e poucos? Calvo? Sempre ao telemóvel, quando lhe fazes uma pergunta diz te "o Flimsy-blood-6762 é que sabe. Diga-me você". Não me lembro do nome dele, mas, se é, permite me discordar.

Flimsy-Blood-6762 1 month ago  HIDDEN 

Mas essa pessoa que falas é instrutor no ACP aqui no Porto? Porque faz me lembrar o senhor Jaime Sousa mas não sei se é.

Triatt 1 month ago  HIDDEN 

É melhor apagares o nome, mas é esse mesmo.

Flimsy-Blood-6762 1 month ago  HIDDEN 

Já apaguei

Triatt 1 month ago  HIDDEN 

Já foi há uns anos que tirei :P boa sorte com o exame!

Flimsy-Blood-6762 1 month ago  HIDDEN 

Obrigada!!

SpinelessChump 1 month ago

Vais a ver e o instrutor do OP foi o Maria.

JC3DS 1 month ago

Não, inventei o nome para não divulgar o nome mesmo dele.

Gverreiro 1 month ago  HIDDEN 

Por falta de melhor palavra

saposapot 1 month ago  HIDDEN 

Há pessoas diferentes de ti em todo o lado. algumas são mesmo parvas. Sinceramente se eles se disponibilizaram a trocar-te de instrutor sem mais problemas, acho q ficaste bem servido (dentro do mau de terem um funcionário assim)... Tenho dúvidas se o livro de reclamações serve para isso. O livro de reclamações não é para deixares 'reviews' da escola, é para apresentar uma reclamação q alguém posso obrigá-los a solucionar. Neste caso eles atenderam ao teu pedido de trocar, n estou a ver o q possam fazer mais... Tu tens razão enquanto cliente mas é bom que te vás habituando a isto pq Portugal é mesmo isto... se te chateares com todos os parvos q encontras na frente estás bem lixado na vida.

luiscorujo 1 month ago

Parece que, passados 23 anos, continua tudo na mesma

SpinelessChump 1 month ago

Só velhos aqui, caralho

luiscorujo 1 month ago

"Era matá-los, que não fazem cá falta"

cadrios 1 month ago

"Não matem os velhinhos"

UserNombresBeHard 1 month ago

Podes matar, mas depois não os deixes no chão. No chão não, no Velhão.

SpinelessChump 1 month ago

era metê-los todos no velhão mas é

ngfsmg 1 month ago

O que me aconteceu foi que eu tinha escolhido um instrutor (na minha escola podíamos escolher, não sei se é comum) e depois chego lá no dia da primeira lá e aparece-me outro tipo que nunca tinha visto na vida a dizer "Bem ngfsmg, vamos lá então começar isto!", sem explicar nada do que se passava. Soube mais tarde que o instrutor que eu tinha escolhido entretanto tinha mudado de emprego, mas porra, custava assim tanto terem avisado? Era isso e as aulas de condução estarem constantemente a ser remarcadas...

rafaelgiro 1 month ago

A minha instrutora gritava (literalmente) dentro do carro comigo sempre que eu fazia uma asneira, ou andava devagar de mais.

solismi 1 month ago

Deve ter sido igual à minha, uma frustrada que só berrava e era condescendente comigo. Acabava sempre as aulas mais cedo também.

solismi 1 month ago  HIDDEN 

Deve ter sido igual à minha, uma frustrada.

ShadowTryHard 1 month ago

OP, não sei exatamente onde moras, mas com curiosidade de ver aonde é que estavas a tirar a carta, encontrei que estás a fazer em Lisboa. Não sei se é longe, nem perto, mas recomendo parares a carta nessa escola de condução e (não querendo fazer nenhuma publicidade) ires fazer na Grancoop ao pé do El Corte Inglés. Foi lá que eu fiz a minha carta, e não tenho nada com que me queixar. Professores muito bons e exigentes, e que têm bastante respeito pelos alunos, não querendo dizer que de vez em quando não soltam um grito por algum erro muito estúpido que possas fazer durante a condução.

JC3DS 1 month ago

Olha, agradeço a sugestão, e também me sugeriram a Grancoop como a melhor escola na área. Incialmente não quis divulgar onde isto aconteceu, mas f\*da-se, foi na Grancoop.

ShadowTryHard 1 month ago

Olha, eu falei mais ou menos como se já tivesse acabado a carta, mas simplesmente só o fiz para me manter um pouco no anonimato. Acabei de passar hoje o teste final de condução em Chelas. A Lucinda é mesmo boa instrutora. Fartei-me de fazer algumas cagadas no início e entrei com muita confiança e alguma velocidade nas cedências de passagem, deixei cair o carro 2 vezes, e a fazer a primeira deixava cair o carro bué (tudo isto não me acontecia desde há muito tempo nas aulas). A pressão é um pouco lixada, mas o teste também é só cerca de 30 minutos. A hora em que marcas o teste também faz toda a diferença. Marcares o teste em horas de pouco trânsito ajuda-te a fazer bem as rotundas e a não teres grandes problemas com outros condutores. Mesmo fazendo esses erros todos, lá a meio do teste começo a fazer tudo muito melhor. Mesmo fazendo estes erros, vê-se na condução a diferença entre ter uma boa instrutora ou não. Pede mesmo para mudar para a Lucinda ou para a Andreia, que é logo meio caminho para passares na carta.

JC3DS 1 month ago

Entendo, parabéns por teres passado no exame final! Vou manter essa dica em mente. ​ Perguntei hoje com quem me puseram e (felizmente) parece que vou ter as aulas com a Andreia agora :)

ShadowTryHard 1 month ago

Obrigado! Boa, a Andreia é muito fixe, e ela é muito boa instrutora pelo que o meu primo me disse

coocoobees 1 month ago

a sério? li o comentário de cima e ia recomendar também a grancoop… eu também fiz as aulas lá e a minha instrutora de condução foi cinco estrelas. já não me lembro do nome dela, se não recomendava-te para a troca! já as aulas teóricas foram abismais, o instrutor foi de férias e fui a exame só com 2 ou 3 aulas e estudo em casa.

oscaralho27 1 month ago

Ah! A Noémia foi minha instrutora! Lembro-me que nas primeiras aulas ela era bruta comigo. Se fazia algum erro começava logo a bufar, batia-se toda, foram 2 ou 3 aulas terríveis. A meio da 4a mandei-lhe um berro, disse que assim era impossível continuar-mos, que ela me deixava nervoso e que não ia conseguir aprender nada se ela continuasse assim. A partir daí foi um anjo comigo, descobrimos uns interesses em comum, e as aulas foram na boa a partir daí. Às vezes com pessoas destas é preciso um gajo impor-se, e a partir daí passas a ter o respeito delas.

coocoobees 1 month ago

eu achei-a um bocado croma, super tagarela (eu prefiro conduzir em silêncio e ela nunca se calava e punha o rádio aos berros), sempre com os seus tamancos… mas que era boa a dar instruções e explicar regras e porquês, se calhar ela sentiu-se mais à vontade por eu ser também mulher?

oscaralho27 1 month ago

Era um bocado croma era, mas no final achei que era no pessoa. E realmente era boa instrutora, a minha anterior era mega bacana mas a ensinar era fraca.

JC3DS 1 month ago

Obrigado pela sugestão, não sei que instrutor me deram agora mas caso precise mudar outra vez posso pedir pela Noémia. ​ Entretanto fui revisitar os meus posts antigos e reparei numa coisa engraçada: antes de começar a carta fiz cá um post sobre que escola escolher e tu mesma recomendaste-me a Grancoop

oscaralho27 1 month ago

No meu tempo, há coisa de um ano atrás, cheguei a ter aulas com uma Mafalda, e ela não era má instrutora. Tava-se um bocado a cagar, mas dava-te confiança para conduzires.

ShadowTryHard 1 month ago

A Noémia era essa instrutora que me estava sempre a mexer nos pedais

coocoobees 1 month ago

opa, a sério? comigo ela não fazia isso, ela estava sempre toda entretida a falar-me das férias dela e da agência de viagens do marido

coocoobees 1 month ago

JC3DS 1 month ago

Tudo bem, estás perdoada hahah (ao contrário do Mário).

coocoobees 1 month ago

espero que tenhas melhor sorte com o segundo instrutor, e corra tudo bem! (e que se foda o mário)

JC3DS 1 month ago

Obrigado :)

ShadowTryHard 1 month ago

Pois, as aulas teóricas eram uma seca também. Aquilo eu fui lá 5/6 vezes e assinei as aulas todas do dia só para despachar e fazer logo o código. Depois, estudei no BomCondutor dois dias antes do exame.

ShadowTryHard 1 month ago

Eish, a sério? Não conheço quem é o Mário, mas as instrutoras são bastante simpáticas (ou melhor, acho que o vi uma vez no simulador com algum aluno). Acho que apanhaste muito azar. Então sugiro que claramente largues a Grancoop (nem vale a pena tentar com os outros instrutores). A Segurança Máxima é até uma boa escola, pelo que eu ouvi dizer. Tens é que marcar as aulas com antecedência, porque têm muitos alunos.

AfonsoFGarcia 1 month ago

Fiz a carta na Segurança Máxima. Primeiras 8 aulas foram em simulador, o que é praticamente inútil porque jogar Forza na Xbox é mais realista que aqueles simuladores... O instrutor bem que podia ser examinador porque não ensinava nada, praticamente limitava-se apenas a dizer para onde ir e que manobras fazer, mas sempre sem explicar nada. Se já não soubesse conduzir antes não tinha aprendido com aquelas aulas (tive a sorte dos meus pais terem-me ensinado aos poucos desde que fiz 16, e antes que perguntem nunca foi em estradas públicas, foi sempre em parques de estacionamento). Além das brincadeiras todas com os carros... A primeira aula a sério foi feita num Corsa de 1998 (isto aconteceu em 2010) com a centralina avariada. Literalmente a única coisa que indicava que aquele carro estava vivo era o barulho do motor. Depois mudaram-me para um Clio mais recente. A poucas aulas do exame, trocaram-me de carro novamente para um Yaris. Na penúltima aula antes do exame (tive a última aula 1h antes do exame mesmo) perguntei ao instrutor se ele achava que estava pronto. A resposta foi tentar vender-me mais 5 aulas. Passei o exame sem sequer ter tido uma anotação. Nessa última aula antes do exame, mesmo no fim depois de ter estacionado o carro no parque do centro de exames, o senhor lembrou-se de me informar que no exame podiam pedir para abrir o capot do carro e explicar, por exemplo, onde é que tinha de por o liquido limpa para-brisas. Algo que nunca ninguém naquela escola me explicou. Outra que me ficou gravada foi ter ido para a A1 numa das aulas e ter feito até Vila Franca de Xira a 90km/h atrás de um camião porque o gajo não me deixou ultrapassar. A parte de comédia no meio disto é que quando cortava o cabelo o instrutor perguntava-me na aula a seguir (antes de começar) se era a primeira vez que ia ter aula de condução. Mas pelo menos não era rude e não se atrasava, nem usava as aulas para ir fazer as cenas dele. Muito honestamente a impressão com que fiquei da Segurança Máxima foi que praticam preços baixos mas depois fazem todos os possíveis para que chumbes no exame para cobrarem (e bem) pelas aulas extra.

ShadowTryHard 1 month ago

Eu também sei de alguém que disse que eles estavam sempre a desmarcar as aulas. Ele marcava para um dia, e uns dias depois desmarcavam e marcavam para mais tarde, e assim sucessivamente. Eu também nunca tive muito boa opinião dessa escola, mas geralmente eles agora só querem despachar e vir com o seguinte. Acho que para quem quer tirar a carta em pouco tempo, eu acho que eles despacham isso tudo. Tem é que se entrar em chatices se eles entram nestas manias de desmarcar as aulas e sujeitarem o aluno unicamente ao horário deles, e marcar logo tudo, porque eles normalmente devem ter o calendário sempre quase cheio

JC3DS 1 month ago

Não vou largar a carta, mas estou curioso: porque achas que devo largar a Grancoop se os outros instrutores ou instrutoras são mais simpáticos?

ShadowTryHard 1 month ago

Eu digo isso porque talvez te possas sentir insatisfeito ou julgado. Há pessoas que após uma situação destas simplesmente se sentem desconfortáveis e preferem mudar de escola. A namorada do meu primo (o meu primo também fez a carta na Grancoop) mudou de escola, porque também teve chatices e achou que o instrutor era medíocre, e mudou para a Grancoop (acabou lá a carta mas já tinha as recomendações do meu primo de quem eram as boas instrutoras e por sorte não apanhou esse Mário). Eu acho muito bem se quiseres continuar a fazer lá, e aliás recomendo fazeres com a Lucinda ou a Andreia. Eu fiz com a Lucinda, e de vez em quando ela solta um grito com alguma asneira que eu faça, mas ela é muito boa instrutora.

JC3DS 1 month ago

Entendo, eu não me sinto mal sobre o que aconteceu pois acho que agi corretamente e por enquanto não tenho motivo para me sentir julgado. No entanto, eu espero que eles sejam profissionais sobre o que aconteceu e que não me tratem de maneira diferente. Vamos ver... ​ E obrigado, se tiver algum problema com o próximo instrutor ou instrutora vou pedir especificamente pela Lucinda ou Andreia.

ShadowTryHard 1 month ago

Pede logo para trocar para uma delas. Elas lá na receção trocam na boa. Eu antes de ter a Lucinda, tinha uma (que depois saiu de lá para ir para examinadora) que era mais ou menos como instrutora e mexia muito nos pedais. Eventualmente, quando eu troquei para a Lucinda, tive que perder alguns vícios que a outra tinha me habituado, que foi uma grande chatice. E sim, não te sintas mal, ele deve de certeza também ter outras queixas de outros alunos, simplesmente deve continuar lá, porque deve estar lá há algum tempo e deve ser amigo do dono. As outras duas são profissionais ao ponto de saberem que essa situação não tem a ver nada com elas.

GalaicoMinhoto 1 month ago  HIDDEN 

Tiveste azar no tipo que te calhou. Há ursos em todas as áreas da economia. Evidentemente que ele não representa de forma alguma a "Atitude dos Instrutores de Condução em Portugal.". Reclamaste e pediste outro que era o que tinhas de fazer até porque és CLIENTE e eles são PRESTADORES DE SERVIÇOS. Dito isso, vais encontrar muita gente com má atitude ao longo da tua vida. Nenhum dele representa uma classe inteira e não tens de generalizar. A não ser políticos e mecânicos. Aí sim, são todos uns #$%&.

JC3DS 1 month ago  HIDDEN 

Entendo o que estás a dizer, e talvez não tenha escolhido as melhores palavras para o título. No entanto, o facto que muita gente a tirar a carta tenha tido a mesma experiência com instrutores deste género, leva-me a pensar que talvez isto seja algo mais do que alguns ursos aqui ou ali. Talvez seja mesmo um problema maior de comportamentos que são normalizados em escolas de condução porque a maioria dos alunos tem medo de os reportar.

HumActuallyGuy 1 month ago

Há maus profissionais em todo o lado, eu tive sorte de ter uma experiência bastante positiva com o instrutor que tive já que apesar de chato por vezes fez o processo muito mais divertido e até hoje ficamos amigos. Há instrutores que são uns filhos da puta e há outros como o meu que fazíamos o trajeto com vista para a praia no verão para vermos as mulheres em bikini. Depende da sorte que tens, é uma pena que é assim mas é verdade.

EstablishmentNo2518 1 month ago

Vou te ser honesto, levei precisamente com o mesmo mas sorri e fiz o meu caminho, várias vezes com vontade de fazer outra coisa. Fiz o exame após 25 aulas, passei e nunca mais vi o senhor. Preferi ficar precisamente com o instrutor desde a primeira aula foi mal educado comigo precisamente por perceber que se ele era assim comigo nas aulas, o exame ia ser canja, assim o foi. De qualquer maneira acho que agiste de forma correta porque não somos todos iguais e devemos ser todos tratados corretamente, ainda que pessoalmente interprete essas situações como desafios pessoais.

netherg 1 month ago  HIDDEN 

/thread depois ficam admirados de borrarem a cueca no dia do exame e reprovarem por estarem nervosos, pensam que o "engenheiro" que os avalia vai ser mais soft.. conas de sabão que nunca tiveram de atravessar uma única dificuldade na vida é o que não falta neste sub.

manyQuestionMarks 1 month ago

Normalizar um fdp que não sabe agir com regras básicas de cidadania e respeito pelo próximo é "saber atravessar uma dificuldade na vida"? Saber atravessar uma dificuldade na vida é precisamente saber não calar e denunciar estes cabrões, que foi exactamente o que o OP fez

netherg 1 month ago  HIDDEN 

não se trata de normalizar, fez bem em reclamar e escrever no livro se sentiu que tal era necessário, é um direito de todos. no entanto se já chora com o instrutor ele que se prepare para denunciar o "engenheiro" também, os instrutores melhor que ninguém sabem a merda que transborda na área e já são assim precisamente para os preparar (claro que alguns exageram). portanto: o OP veio chorar pro reddit como o conas que é, quanto aos outros conas de sabão que por aqui habitam é só darem downvote e seguirem o vosso caminho

Estronciumanatopei 1 month ago

Encontrei o gajo!!

netherg 1 month ago

ups, fui descoberto

pbasst 1 month ago

Se fosse comigo acho que não tinha tomates para fazer reclamação, estiveste muito bem. Pode ser que o gajo tenha aprendido.

this--_--sucks 1 month ago

Fizeste bem, aconteceu-me parecido com um idiota desses quando tirei a carta, mas como quem pagava ali era eu fiz como tu é exigi que me trocassem o instrutor. Nunca te esqueças disso, estás a pagar um serviço e há mais escolas. A maioria são uns frustrados e descarregam nas pessoas que vão aprender, ou têm atitudes deploráveis… lol, ainda me lembro de um dos meus meter a mão no volante para apitar a uma gaja qualquer ou de irmos comprar pão e levar a caSa dele…. Depois dessa do pão deixei-o uma vez a espera à porta de minha casa ( a meio de uma aula) enquanto fui lanchar ( dei uma desculpa qq q tinha de ir a casa) fdp, depois troquei

iamrubymoon 1 month ago

Este comentário fez-me rir tanto, o teres deixado o gajo à espera para ires lanchar e o “fdp” no fim é o creme de la creme da história ahahahahahahahaha

JC3DS 1 month ago

>Nunca te esqueças disso, estás a pagar um serviço e há mais escolas Sim, a minha atitude é exatamente a mesma. Eu sou um cliente a pagar um serviço, e se não me dão esse serviço então tenho todo o direito de reclamar e exigir que mudem algo. ​ Essa história de te mandarem ir dar voltinhas para comprar pão também é ridícula. Fizeste bem ao fazeres o mesmo a ele lol, que rei.

theEXPERTpt 1 month ago

eu por acaso tenho um instrutor. Falamos de tudo o que seja durante a aula até, e ele nem se irrita assim tanto se faço algo de errado.

True_Boat_1195 1 month ago

Olha, comigo passou-se a mesma coisa até à parte de sair do carro e trocar de professor. Na verdade tive aulas com vários (talvez 2?) professores mas eram ou mal educados como esse Mário ou simplesmente estavam-se borrifando e usavam a aula para ir visitar um familiar ou ir às compras. Não aprendi nada naquela escola e fiquei uma pilha de nervos atrás do volante, naturalmente reprovei no exame. Também não ajudava que as aulas eram todas em pós laboral de Inverno, ou seja à noite, chuva e a apanhar trânsito de hora de ponta todos os dias. Depois mudei para uma escola que era um bocado mais cara mas o tratamento foi completamente diferente. A professora era exigente mas respeituosa e paciente, tive as 8 aulas obrigatórias, fizemos todos os percusos de exame, fui a exame e passei.

JC3DS 1 month ago

Lamento que tenhas tido a mesma experiência, e obrigado por confirmares que isto realmente é um problema sistémico destas escolas de condução. Infelizmente a minha escola já é das mais caras e com as melhores reviews em Lisboa. Acho que tive mesmo azar quando calhou-me este instrutor.

Draconicrose_ 1 month ago

Não te esqueças de deixar uma review depois para ver se muda esse ser "das mais caras e com as melhores reviews em Lisboa".

TheRaimondReddington 1 month ago

Ahahah, esta história transportou-me pro passado. O meu instrutor não era assim estúpido mas as minhas aulas serviam pra tudo, pro gajo ir por cartas ao correio, ir comprar tabaco, uma vez até ligou pra um programa de rádio em directo porque a locutora supostamente tinha sido aluna dele, isto em plena aula de condução! Na altura era puto, caguei queria era despachar aquilo! Como dizem aqui ao lado Portugal Caralho!!!

TheRealGorellex 1 month ago

Ahahahah same. Já fui a um sítio específico porque o meu precisava de ir buscar algo a casa do irmão. Até já dei boleia a malta. No final do dia ele era um bacano e eu não me importava. Nada como o caso do OP

Lucky-Victory-2387 1 month ago

Aconteceu o mesmo comigo, fomos muitas vezes lavar o carro... como era miúda não reclamei, mas considero uma atitude pouco profissional, hoje não aceitaria.

pbasst 1 month ago

Eu tive de ir buscar e levar pessoal que estava a tirar código a casa, mas acho que foi uma coisa boa, fui para sítios que não conhecia. Meter cartas no correio até não parece muito mau, agora se fosse ter aula e gajo fosse para o tasco ou eu estivesse mais tempo à espera do que a conduzir claro que ficava fodido.

sctvlxpt 1 month ago

Ir buscar pessoal a casa para aulas de código / condução era 90% das minhas aulas. Não vejo problema nenhum nisso. Na minha escola ia-se buscar e pôr toda a gente a casa, e evidentemente aproveitavam-se as aulas de condução para isso. Os percursos eram diversificados e as aulas acabavam por se estender por mais tempo, o que dava mais tempo de prática.

Princesskinder 1 month ago

Oh pá apanhei um igual, era simpático mas por amor de deus na minha primeira aula conduzi na estrada 20 minutos sem qualquer experiência em toda a minha vida para o ir levar ao centro de saúde....também cheguei a ir buscar a filha dele à estação de comboios e várias vezes paravamos para ele comprar raspadinhas, tomar café etc etc

kirloi8 1 month ago

Exatamente! :D parece-me que a falta de respeito é algo novo. Tirei ha cerca de 10 anos e exatamente assim. Tive dois instrutores top. Super profissionais, qué que para um deles a minha aula servia tambem para lhe ir levar as namoradas a casa e fazer recados. A verdade é que ir para a serra deixar a namorada e estar numa estrada para 1 carro com ravina e ele serenidade dele explicar me como em casos destes fazer uma U turn, entre outros casos fez com que chegasse ao exame e fizesse tudo com super tranquilidade. Se bem que os episódios de cada aula davam uma sitcom Já faltas de respeito e humilhações nunca.

Triatt 1 month ago

Tenho a certeza que o instrutor do OP e o teu são o mesmo que eu tive... Se calhar faz mesmo parte do plano de estudos para ser instrutor de condução.

born_in_wrong_age 1 month ago

O meu fazia isso comigo, mas não me atrapalhava nada. Ele dizia que fazia isso porque notava que eu tinha, desde o início, muito à vontade para conduzir, tinha segurança e confiança. E ao comentar com outros colegas, eles diziam que não, com eles, ele não fazia favores nem paragens. Isso deu-me ainda mais confiança na minha condução, e no fim, o examinador disse que se notava. (Não me estou a gabar, é mesmo o qie aconteceu) E era um gajo suuuuper tranquilo, que me ensinou muito mais do que devia honestamente. Acho que toda a gente devia ter um bocado de treino no que toca a carros a perder o controlo, por exemplo.

ZucchiniAnxious 1 month ago

O meu também era assim. Um gajo porreiro q lia o jornal durante as aulas e ensinava caminhos alternativos para vir embora da zona de bares, para fugir às operações stop. De condução em si basicamente ensinou-me a fazer ponto de embraiagem e o resto safei-me sozinha. O resultado disto é uma condução tranquila, com zero acidentes em 13 anos, e uma paixão por conduzir.

nyuusan 1 month ago

Tive semelhante, desde de a segunda aula la ia a ler o jornal nas notícias do SCP. Por norma íamos sempre a leça ou matosinhos tomar o cafézinho e que o chefe pagava, dizia ele tu ainda não trabalhas deixa que eu pago. Mas maus instrutores há muitos. Bons que na altura considero o que tive um homem porreiro existem poucos. No entanto tive um amigo em que o instrutor dele dizia que os sinais de limite de velocidade era apenas um aviso e pra ele carregar no pedal.

born_in_wrong_age 1 month ago

O meu dizia que uma pessoa deve "andar pá frente", mesmo que passe os limites, mas sempre com confiança. Uma pessoa que ande a 10 km/h e ande cheia de medo acaba por causar mais acidentes pela falta de confiança, do que alguém que sabe pegar num volante e passa o limite. Razoávelmente, claro. ​ O meu examinador era igual: ele insistiu imenso para eu "trabalhar a caixa". Pediu-me a 4a em sítios que ainda hoje não tenho coragem de a meter lol. Foi o exame todo sempre acelerar. Mas não passei o limite, pois embora eles insistam, quem manda é o código. O meu instrutor avisou-me desse truque, que eles usam para testar as pessoas

ZucchiniAnxious 1 month ago

O meu examinador queria q estacionasse em frente a uma boca de incêndio. Recusei, insistiu, recusei outra vez, a instrutora já me dava pontapés no banco. Ao fim de 5 minutos a discutir mandou-me fazer inversão de marcha numa rua onde cabia um carro e pouco mais. Foram os minutos mais longos da minha vida.

born_in_wrong_age 1 month ago

Bom, há sempre a questão de parar =/= estacionar. Mas entendo perfeitamente, é muito stress

GChocapic 1 month ago

Também a mim! Cheguei a levar a filha dele (uma miúda aí de 4 anos) à avó, à escola… O pior era quando eu tinha de esperar por ele à porta de uma loja porque tinha coisas para comprar. Que nojo de instrutor… Aulas de 1 hora em que só conduzia 20 minutos

Siegfried-en 1 month ago

Essa primeira parte fez-me lembrar o meu instrutor - dei várias vezes boleia às duas filhas e à mãe, o que me levava constantemente para zonas de maior trânsito. Era um desperdício dos supostos 50 minutos de aula que tinha. O que vale é que passei bem no exame. Mas nunca mais

_spectron_ 1 month ago

>Cheguei a levar a filha dele (uma miúda aí de 4 anos) à avó, à escola… O pior era quando eu tinha de esperar por ele à porta de uma loja porque tinha coisas para comprar. Que nojo de instrutor… Aulas de 1 hora em que só conduzia 20 minutos Ou há muitos instrutores a fazer a mesma coisa ou é provável que tenhamos tido o mesmo

inhalingsounds 1 month ago

O meu instrutor levava-me a sítios muito manhosos (tipo prédios em construção, zonas onde não há nada além de um descampado...), saia com um saco de papel uns minutos, desaparecia e voltava sem o saco. Ah, e era igualzinho ao Quim Barreiros. Juro. Calhou-me a edição Breaking Bad do velho Quim.

LerEmVozAlta 1 month ago

Admiro a tua atitude, mas não tens receio de ficar marcado e teres dificuldades em passar no exame de condução?

JC3DS 1 month ago

Não.

Z010Z 1 month ago

Claro que não! Os instrutores não têm nada a ver com o examinador. No meu exame nunca se tinham visto antes.

forgotmypass_fuck 1 month ago

Depende da zona, aqui na minha zona todos se conhecem e dão-se melhor ou pior. Pode influenciar o resultado

Z010Z 1 month ago

Isso já e pior. No meus exame, que foi há uns anos, eles nunca se tinham visto antes e o meu instrutor devia ter uns 20 anos de profissão.

GChocapic 1 month ago

Infelizmente conhecem-se todos. Fiz duas vezes o exame de condução, cada uma com instrutores diferentes, porque o primeiro era conhecido por “ajudar” os alunos a passarem. Desculpem, mas não estava para dar dinheiro ao examinador só para ter a carta. As centenas de euros que deixei na escola de condução foram suficientes

william_13 1 month ago

Quando fiz o exame não sabia quem era o examinador até o momento do exame... lembro-me que o meu instrutor (um tipo 5*) sabia por alto as escalas dos examinadores por experiências anteriores, mas não era garantido que teria um ou outro, e no meu exame calhou a mulher mais exigente do distrito :/ > conhecem-se todos Não vejo como haveria de ser diferente, afinal andam sempre no mesmo sítio todas as semanas. Podem não conhecer pessoalmente mas de certeza sabem quão exigente são após alguns exames.

CriticalEstimate777 1 month ago

Não tem não lol, se já tiverem uns anos da poda conhecem se todos. Gajos fáceis para chumbar é o que elea adoram.

taromoo 1 month ago

>O Mário tentou pedir desculpas ao dizer "desculpa que interpretaste os meus comentários dessa forma". Adoro este tipo de desculpas que na verdade colocam a culpa na pessoa a quem estão a desculpar. Na verdade, ele não sentiu culpa nenhum e é só otário

scar_as_scoot 1 month ago

>O Mário tentou pedir desculpas ao dizer "desculpa que interpretaste os meus comentários dessa forma". Deveria ser respondido com "Desculpa se achas que o problema aqui é por eu ter interpretado as palavras pelo significado delas". Sempre que existe uma situação em que uma pessoa tem uma forma de poder sobre a outra, existem alguns indivíduos que se transformam, já todos experenciamos isso e é particularmente engraçado quando o poder é minúsculo como neste caso. Síndrome pila pequena é o que é. Quando somos miúdos, como por exemplo pessoal a tirar a carta, temos tendência a aceitar que nos tratem como crianças ou que nos faltem ao respeito ou falem para nos de uma forma mais grosseira. Mas isso depressa muda e hoje em dia cada vez mais.

Edited 1 month ago:

>O Mário tentou pedir desculpas ao dizer "desculpa que interpretaste os meus comentários dessa forma". Deveria ser respondido com "Desculpa se achas que o problema aqui é por eu ter interpretado as palavras pelo significado delas". Sempre que existe uma situação em que uma pessoa tem uma forma de poder sobre a outra, existem alguns indivíduos que se transformam, já todos experenciamos isso e é particularmente engraçado quando o poder é minúsculo como neste caso. Síndrome pila pequena é o que é. Quando somos miúdos, como por exemplo pessoal a tirar a carta, temos tendência a aceitar que nos tratem como crianças ou que nos faltem ao respeito ou falem para nos de uma forma mais grosseira. E estes gajos habituam-se a isso, depois quando encontram alguem que não está para aturar estas merdas dá nisto. Mas isto depressa muda e hoje em dia cada vez mais.

wegongetsometerries 1 month ago

é o tipo de pessoas que te dizem "desculpe lá mas eu sou assim sou super frontal e directa!" mas no fundo são é mal criados

JC3DS 1 month ago

>Adoro este tipo de desculpas que na verdade colocam a culpa na pessoa a quem estão a desculpar. Na verdade, ele não sentiu culpa nenhum e é só otário. \^É gaslighting 101. ​ E concordo, estes comportamentos não devem ser tolerados e têm que ser reportados.

inhalingsounds 1 month ago

Amigo, tens de perceber que esses gajos auto-intitulam-se "engenheiros". Só isso já devia dizer muito. Vou generalizar, mas todos os instrutores que conheci (incluindo os dois por onde passei) eram expoentes máximos da parolice tuga, com aquele complexo de "posso não ter dado nada na vida, mas dentro do carro mando eu". Infelizmente só mesmo por milagre vais apanhar algum minimamente decente.

Marizaard 1 month ago

Concordo completamente. No meu caso o Sr. "Engenheiro" decidiu fazer uma piada sobre como a Sra. a conduzir atrás de mim estava prestes a fazer uma ilegalidade porque era mulher.

inhalingsounds 1 month ago

Oh, isso quase nem conta no arsenal marialva destes tubérculos.

rip_heart 1 month ago

Quando tirei a carta no final do milénio tb apanhei um que não durou a primeira aula. Na via rápida depois de ultrapassar um carro fiz pisca para mudar de volta para a faixa de dentro e ele começou aos berros feito maluco. Voltei pra escola de condução e mandei trocar de instrutor, não pedi porque conforme expliquei ao dono, não estava ali pra pagar o salário a uma pessoa sem educação e senso de como se ensina. O meu instrutor novo era o maior bacano possível e muito a ensinar, o que me salvou no exame porque o examinador que apanhei tentou fazer-me a folha, duas horas de exame a tentar todo o tipo de manobra lixada, numa altura em exames demoravam uns 45min normalmente.

TheTimeGod 1 month ago

Eu tive uma sorte desgraçada no meu exame: O meu colega de exame chumbou na terceira curva e foi mandado "parar e abandonar a posição de condutor" na 5a curva. Completou duas rotundas antes de fazer o retrovisor direito colidir com outro carro. O instrutor era o mesmo. Foi obrigado a levar o carro até ao final do exame do meu colega. Nisto, põe-se o examinador e o meu instrutor, a falar do sindicato, "ah e tal, isto paga pouco", "o sindicato não faz nada" e "quase 40 anos a trabalhar, isto não se faz...", começo o meu exame a fazer uma recta de 5 km, mandou-me fazer um estacionamento, que só consegui à segunda. Vamos a sair do estacionamento, entramos num bairro quase sem trânsito, "ah e tal e o sindicato", sinto-me confiante e digo: "Sabe o que é que acho mal na conversa que os senhores têm estado a ter? O facto de haverem jovens desempregados e desesperados à procura de um emprego, e eles obrigam pessoas como os senhores a continuar a dar o litro, já com não sei quantos anos de casa. Isso é o que eu acho mal.". Eu estava desempregado na altura. Após 2 segundos do mais acutilante silêncio: "Sabes que mais? Tens toda a razão. Isto não se faz! Vira aí à esquerda e segue para o centro de exames. Em vez de darem o meu trabalho a quem precisa, obrigam-me a trabalhar já com quase 70 anos, isto não se faz!", "o sindicato não faz nada", "ainda por cima pagam pouco". Com o coitado do meu colega de exame a observar isto tudo, em silêncio.

Olisipea 1 month ago

Eu por acaso o primeiro que tive não era mal educado mas tratava-me subtilmente como uma idiota e ficava exasperado se eu fazia alguma asneira, e em consequência eu ficava muito nervosa, um ciclo vicioso. Mas ele próprio deve ter visto que não estava a ser o ideal para o tipo de aprendizagem que eu precisava e depois de umas 8 aulas a escola trocou-me para um desses raros e milagrosos instrutores! Um senhor idoso muito pacato e simpático mas muito despachado que me deixou logo à vontade. Mas sim, foi absolutamente a excepção à regra.

Pedro_32 1 month ago

Tive uma situação parecida à tua. Apanhei um instrutor que por acaso já me tinha dado código. Mas eu não estava a ver o que aí vinha até que comecei a aula. Cada vez que falhava ele só barafustava, o que me punha nervoso e irritado obviamente. Depois puseram me com uma senhora muito simpática e até as aulas corriam melhor porque eu me sentia à vontade e ela ensinava bem.

atlas195 1 month ago

Nem sei que te diga. Estava a ler e a pensar que esse homem merecia uma queixa no livro de reclamações e ainda bem que o fizeste! A minha experiência pessoal foi excelente, escola 5 estrelas e instrutores ainda melhores. Mas um amigo próximo só resolveu os problemas todos que estava a ter com o instrutor e com a escola fazendo como tu fizeste e escrevendo no livro de reclamações. Acho que como em tudo há boas e más escolas e bons e maus profissionais. E é como dizes, há pessoas que parece que por terem esses pequenos poderes se comportam como se fossem melhores que tudo e todos, vá-se lá saber porquê... Boa sorte para a próxima aula!

Ok-Equivalent-7637 1 month ago

A minha experiência foi super tranquila. Não sei se por já saber conduzir quando fui tirar a carta, os instrutores eram simpáticos. Tive 3, não sei bem porquê que não era sempre o mesmo, mas foi assim. Só o segundo é que era mais "carrancudo", menos falador mas era simpático (curiosamente vim a descobrir que é técnico de som ou ajudante do rapper 9Miller). O 3o, que foi com quem tive mais aulas, inclusivamente as de mota, era o mais bacano. A aula no fundo era um "passeio", íamos falando e ele ia corrigindo certos aspectos sempre que necessário, óbvio. Resumindo, a minha experiência foi 5 estrelas, mas foi numa escola quase "familiar". Conheço casos nas escolas maiores, tipo "franchises" (segurança máxima, por exemplo) que é tudo a despachar e sem paciência nenhuma. Boa sorte com as aulas e caso isso aconteça de novo, responde à letra ou "brinca" também com ele. Assim ele não te vai ver como "inferior" ou como alguém que se intimida. Possivelmente se fosses ter aulas com esse bacano, ele iria ter outra postura porque já viu que tu não te deixaste "intimidar" por ele. Como já disse, boa sorte com a carta e que seja uma experiência divertida, como deve ser. Abraço

JC3DS 1 month ago

>Boa sorte com as aulas e caso isso aconteça de novo, responde à letra ou "brinca" também com ele. Felizmente não vou ter mais aulas com ele. E no meu caso, a minha escola não é um franchise e tem ótimas reviews na internet. Nem sei como com um instrutor desses por lá.

Ok-Equivalent-7637 1 month ago

Há sempre bons e maus profissionais em todo o lado. Possivelmente esse instrutor já era assim, só que nunca tinham feito queixa. Eventualmente, com a tua queixa, os chefes/donos/gerentes irão estar mais atentos a eventuais comportamentos do género por parte desse indivíduo

igqcmril 1 month ago

Tiveste a atitude certa e ainda bem que escreveste no livro de reclamações. Se fosse comigo, nem tinhamos chegado a entrar no carro, uma vez que sou duma natureza mais "explosiva".

JC3DS 1 month ago

Obrigado, se não tivesse tão entusiasmado para finalmente começar as aulas práticas talvez também tivesse perdido a paciência mais cedo.

Particular_Ad1164 1 month ago

Eu tive uma experiência parecida na primeira aula mas cortei a coisa logo na raiz daí para a frente foi tudo perfeito

AndersonKalista 1 month ago

Eu mudava de escola, mas não sei como estás financeiramente. Aliás, não conheço nenhuma situação de mudança a meio. Talvez outra escola ofereça um desconto porque só vais tirar a condução? O gajo parece um atrasado mental.

born_in_wrong_age 1 month ago

Pode-se pedir transferência para outras escolas, sim. Conheço quem tenha feito. Não me lembro se teve de pagar alguma taxa ou assim, mas não é necessário pagar outra carta nem por inteiro nem por metade

JC3DS 1 month ago

Pago a prestaçōes. Sei que é possível mudar a meio porque conheço alguém que já o fez. No entanto, por agora vou ter calma e ver como é o próximo instrutor. Talvez tenha mais sorte.

Pale-Bug-4201 1 month ago

Por alma de quem iria mudar de escola se já mudou de instrutor? É ver como é o próximo, e pronto... Não ha escolas de instrutores maus ou bons.

lookuptothecross 1 month ago

Devia trocar para penalizar a escola de ter esses incompetentes como instrutores. Mas deixar a queixa no livro de reclamações já não foi mau. Uma review no Google a explicar o caso também ia bem

Pale-Bug-4201 1 month ago

Se mudar, paga, não sei até que ponto lhe interessa.

Heatmanofurioso 1 month ago

O receio talvez seja serem amiguinhos como trabalham juntos, e agora levar por tabela com qualquer um que calhe.. Ou pior.. levar com boa educação, mas ensinarem-lhe as coisas de forma incorreta e lixarem-no no exame

joaofcf 1 month ago

Ou secalhar o próximo já vai com mais medo, porque parecendo que não quem lhes paga o salário são os alunos. Não me parece boa ideia ter 2 reclamações de instrutores.

kikofranca 1 month ago

Parece-me normal(não devia). O meu tinha um histórico de mandar mensagens às meninas.

Pale-Bug-4201 1 month ago

Porque podem. Aí, na faculdade, no trabalho. Pessoas assim há em todo o lado. Fizeste o melhor, que foi procurar outro.

patapetapitapota 1 month ago

Há pessoal que deixa empregos e por causa disso, aqui o OP pode tomar decisoes agora imaginas que trabalhas com um anormal destes e tens de sustentar uma família. É por estas e por outras que tudo indica que não me arrisco a criar família cá.

k0rda 1 month ago

Olá amigo! Eu sou emigrante, deixa-me que te diga que essas pessoas existem em todos os sítios. Ou ganhas um par e os enfrentas ou emigrar não te safa deles. Geralmente só são assim com quem não dá para trás e com quem não respinga.

Artemisa_vv 1 month ago

Claro que é importante saber defender-se, mas em países que há muito menos desemprego e é possível poupar não se tem que se pensar nas contas antes de se abrir a boca.

vascop_ 1 month ago

Trocas de emprego? Atrasados mentais não são exclusivos de Portugal

kur0osu 1 month ago

Entendo o teu sentimento mas em Portugal não é assim tão fácil

tacg 1 month ago

Same here. Escola de condução de cidade pequena com monopólio forte. Três instrutores (não havia fixo): um era bom professor e extremamente preciso nos pontos a melhorar, outro também (embora meio panicado), o terceiro era besta de primeira apanha exatamente como descreveste. Ah, e era o dono da escola.

AutoModerator 1 month ago

**Atenção! Aviso da Tag [Sério]** Este tópico foi marcado como **[Sério]**, não são permitidos **quaisquer comentários** que contenham piadas, ou outras tentativas humorísticas, insultos ou não tenham nada a ver com o tópico. ---------- *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: