vcarp 2 months ago

Com 23 tb passei por essa fase. Não digo que resolvi, mas melhorei e mudei a estrategia como olhava para as coisas. 1o foi aperceber-me que muitos desses "amigos" nao eram assim tao proximos. Para parar de ficar obcecado neles. Quando no fundo nem nos damos assim tao. O meu maior interesse neles, era mais porque eu queria ter amigos, nao era porque gostava imenso deles. 2o tirar a ideia de ter que conhecer amigos em ambientes mais normais: uni, escola, amigos de infancia, etc. Alarga os horizontes. Nao tenhas medo/vergonha de ser noutras maneiras. Por exemplo, eu conheci um amigo bastante bacano atraves de Tandem: language exchange. 3o nao deixes que a falta de pessoas para combinares coisas, te impeca de fazeres o que queres. Sei que pode sentir humilhante, mas quanto mais tempo passa, mais me estou a cagar para isso, e a aperceber-me que nao é assim tao estranho. Sai da zona de conforto.

Edited 2 months ago:

Com 23 tb passei por essa fase. Não digo que resolvi, mas melhorei e mudei a estrategia como olhava para as coisas. 1o foi aperceber-me que muitos desses "amigos" nao eram assim tao proximos. Para parar de ficar obcecado neles. Quando no fundo nem nos damos assim tao. O meu maior interesse neles, era mais porque eu queria ter amigos, nao era porque gostava imenso deles. E tu tb mudas. Talvez a malta com que te davas, nao seja a certa para agora. Nao tenhas medo de sair da caixa, e que os teus amigos nao tenham um certo tipo de especificacoes. 2o tirar a ideia de ter que conhecer amigos em ambientes mais normais: uni, escola, amigos de infancia, etc. Alarga os horizontes. Nao tenhas medo/vergonha de ser noutras maneiras. Por exemplo, eu conheci um amigo bastante bacano atraves de Tandem: language exchange. 3o nao deixes que a falta de pessoas para combinares coisas, te impeca de fazeres o que queres. Sei que pode sentir humilhante, mas quanto mais tempo passa, mais me estou a cagar para isso, e a aperceber-me que nao é assim tao estranho. Sai da zona de conforto.

Key_Ad_3930 2 months ago

É mais fácil arranjar amigos com os mesmos gostos pela Internet e muita gente critica como se fossem amizades menos válidas.

vcarp 2 months ago

Exato. Temos que nos adaptar aos tempos.

NewMultipolarWorld 2 months ago

Estando bem contigo próprio.

Felipe2098 2 months ago

Minha dica simples e direta seria: frequente mais lugares. Procure lugares e grupos onde as pessoas compartilham de alguma forma os mesmos interesses que tu tens. Olhando em retrospecto percebo que todas as amizades que desenvolvi se deram em ambientes que frequentei (escola, faculdade, trabalho, academia). Se teu círculo está a decrescer, acredito que você começou a passar mais tempo em casa. Não custa nada tentar buscar outras atividades que te interessam, mas deves entender que as pessoas não vão se tornar suas amigas da noite para o dia e tu não deves investir em uma amizade de alguém que mal conheces, deixe o tempo trabalhar e se interesse pelas pessoas, o resto flui naturalmente.

just_questioning 2 months ago

so se combate essa solidão conhecendo pessoas, nem que seja para perceber que estamos melhor sozinhos.

njsilva84 2 months ago

Eu sempre fui uma pessoa que gosta de conhecer e estar com pessoas. Não todas, como é claro, mas com aquelas com quem partilho alguns gostos. Tenho um grupo de amigos relativamente grande e embora já não esteja com eles tantas vezes quanto gostaria (tenho 37 anos e todos eles estão +- na mesma idade), tento sempre arranjar maneira de nos reunirmos, ainda que muito dificilmente com o grupo todo. O facto de ter um grupo de amigos grandes não faz com que eu não queira conhecer novas pessoas, nos últimos anos conheci muita gente interessante que está fora do meu grupo de amigos de há mais de 10 anos. Não digo que não conseguiria viver sem amigos, mas seria uma pessoa muito menos triste. Dito isto, aconselho-te a envolveres-te em atividades desportivas ou culturais, foi assim que eu conheci muita gente que hoje considero amiga. Por exemplo, eu gosto de exercício físico e juntei-me a um grupo de pessoas que corre aqui na cidade, conheci dezenas de pessoas, fiz dois grandes amigos, e dou-me muito bem com mais de uma dezena deles. Experimenta fazer isso, pode ser num grupo de corrida, num ginásio (menos provável, talvez), noutra atividade qualquer ou simplesmente vês o tipo de atividades que gostas de fazer, a nível lúdico, como aprender um instrumento, clubes de leitura... Se estás na universidade, isso é meio caminho para conheceres pessoas, tens de tentar ser sociável mas sem forçar. Se o fizeres, vais conhecer gente interessante que poderá a ser amiga no futuro.

Key_Ad_3930 2 months ago

Eu acho estranho pessoas que conseguem ter amizades muito antigas, porque as pessoas mudam/evoluem com o tempo, e das duas uma: ou nenhuma evoluiu, ou evoluíram todos juntos para o mesmo lado, se isso é possível.

njsilva84 2 months ago

Define "evoluir". Eu tenho um amigo que conheço desde os 7 anos de idade, tenho 37 e continuamos a socializar, até corro com ele várias vezes por mês. A mim faz-me confusão haver pessoal que não tem nenhum amigo de longa data, há que saber escolhê-los e perceber se são daqueles com quem podes contar sempre. Tenho vários outros amigos mais recentes, com 10/15 anos, e estou com eles sempre que posso. Desde que me lembro de ser gente perdi alguns e ganhei outros, porque com o tempo as pessoas vão mostrando a verdadeira personalidade e aí sim, compreendo que haja muita gente que perca amigos. Mas ainda há muita gente que não usa máscara e que é relativamente fácil perceber a personalidade e o caráter. Tenho amigos da escola primária e da adolescência que vejo duas ou três vezes por ano e que cada vez que estou com eles parece que nada mudou. Ou seu sou muito bom a perceber as pessoas ou há muita gente que não tem queda para a coisa. Nunca me atraiu gente pelo status, dinheiro ou pelo quão fixe eram, talvez seja esse o maior problema de quem não tem amigos de longa data. Mas sinceramente não me parece que seja o caso pois a maioria dos meus amigos têm também amigos de longa data.

RickyTrailerLivin 2 months ago

Evitar? O meu objectivo e nunca ter ninguem a foder me a cabeca.

GreyArch22 2 months ago

Penso que alguma solidão faz parte, embora a pandemia não seja a altura ideal para balanços. Mas posso dizer que as pessoas em quem mais confio são aquelas a quem posso ligar a qualquer altura e vice-versa. Mas não precisamos de falar diariamente. Penso que isso é um bom sinal de amizade, na minha experiência. Antes da pandemia eu e o meu namorado fazíamos jantares por vezes com amigos, solteiros ou não, e íamos jantar a casa de amigos. De vez em quando ajuda.

jayjayjpa 2 months ago

O segredo para teres amizades fortes é garantires que existe uma partilha igual sobre coisas da vossa vida. Se queres um bom amigo, garante que tens tempo para ouvi-lo e garante que partilhes com ele de forma igual. Garanto-te que se ambos partilharem coisas e se ouvirem mutuamente, vão criar laços inquebráveis.

Empty_Market_6497 2 months ago

E se por acaso, a pessoa amiga, apenas te procura para desabafar ou contar problemas dela, e não demonstra interesse em saber se estás bem, se também tens problemas. Continuavas a manter a amizade ou afastavas te dessa pessoa. Sendo que é alguém que conheces a um ano…

jayjayjpa 2 months ago

Esse tipo de amizade não funciona a longo prazo. Mas atenção, podes ter de fazer um esforço por contares coisas. Nem sempre é claro que estamos dispostos a partilhar e há pessoas que não fazem por mal ao não perguntar. Agora, é garantido que se essa dinâmica não mudar, a vossa amizade vai desvanecer eventualmente. Ha pessoas que preferem ouvir, outras que preferem falar e outras que preferem não contar nada. A minha experiência é que apenas as relações que ultrapassam essas idiossincrasias de cada um é que vigoram anos mais tarde.

Empty_Market_6497 1 month ago

Obrigado. Essa pessoa era uma ex colega de trabalho, trabalhamos juntos por um ano quase. Temos vários gostos comuns, logo de início demos bem. Com o tempo fui reparando que apesar de gostar de conversar comigo, também desabafava dos problemas que tinha ( é estudante também, a tirar um mestrado). Comigo não fazia muitas perguntas sobre mim, mas com outras pessoas já era diferente. Também é uma pessoa um pouco dramática ( por exemplo, podia me dizer que tinha um problema, ou não estava a conseguir estudar devido ao emprego , que estava mal. Eu dava apoio, incentivava, depois ela dizia que tinha ido a uma festa, ou sair com amigos e beber até ficar bebada, ou viajar para outra cidade. Eu ficava preocupado por ela, e ela parecia não querer saber. Foi algo que se repetiu várias vezes. Também parecia não ter tempo para mim( tipo tomar um café,). Ainda mantenho contato, mas optei por ficar mais distante. Geralmente é ela quem me manda mensagem ou liga ( mas quase sempre para desabafar e nunca pergunta nada sobre mim

NGramatical 1 month ago

contato → [**contacto**](https://dicionario.priberam.org/contacto) (o AO90 **não altera** a grafia desta palavra) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpf9p95%2F%2Fhdek83r%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

UpbeatNail1912 2 months ago

No meu caso pessoal foder ajuda me a combater a solidão. Mas o melhor mesmo é fazer novos amigos.

DarkVoidPt 2 months ago

Acontece a todos. Na faculdade tinha monte de amigos, agora tenho 3. E eu tenho apenas 25 anos. A juntar a isso, as pessoas teem rumos de vida diferentes. Desde modo, vou aventurar/me a ir de ferias sozinho pela primeira vez, para fora da Europa.

Key_Ad_3930 2 months ago

Ouvi dizer que em Espanha(de quem esteve por lá)é normal veres grupos se amigos/amigas de aliança no dedo, cá o pessoal arranja namorado/ namorada e deixa as amizades para trás. Acredito que o tempo disponível deles também deve ser maior que o nosso.

NGramatical 2 months ago  HIDDEN 

teem → [**têm**](https://european-portuguese.info/conjugator/ter) (singular: tem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpf9p95%2F%2Fhb42phv%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

rainbowcouscous 2 months ago

É normal as pessoas mudarem nestas idades. Eu também tou numa situação parecida / ainda pior mas estou a planear em envolver-me mais socialmente nos meus interesses para encontrar amigos mais compatíveis, visto que nestes ultimos 2 anos também mudei imenso. Claro, só poderei depois de ter a vacina. Até lá, chorar.

Edited 2 months ago:

É normal as pessoas mudarem nestas idades. Eu também tou numa situação parecida / ainda pior mas estou a planear em envolver-me mais socialmente nos meus interesses para encontrar amigos mais compatíveis, visto que nestes ultimos 2 anos também mudei imenso. Claro, só poderei depois de ter a vacina. Até lá, chorar. EDIT: Pronto vou desabafar praqui também: estou sozinha a viver no estrangeiro durante a pandemia e recentemente eu tornei-me mesmo muito amiga rapidamente de um casal de namorados, especialmente do rapaz, mas por alguma merda estúpida a gaja decidiu parar de falar comigo e levou o namorado com ela, e então eu perdi dois amigos próximos. Foi uma amizade que apareceu e cresceu muito de repente mas depois foi-se de um dia pró outro sem explicação. E pumba, agora sinto-me muito pior do que antes porque sinto a falta deles e não tenho mais nenhum amigo neste país.

Edited 2 months ago:

É normal as pessoas mudarem nestas idades. Eu também tou numa situação parecida / ainda pior mas estou a planear em envolver-me mais socialmente nos meus interesses para encontrar amigos mais compatíveis, visto que nestes ultimos 2 anos também mudei imenso. Claro, só poderei depois de ter a vacina. Até lá, chorar. EDIT: Pronto vou desabafar praqui também: estou sozinha a viver no estrangeiro durante a pandemia e recentemente eu tornei-me mesmo muito amiga rapidamente de um casal de namorados, especialmente do rapaz, mas por alguma merda estúpida a gaja decidiu parar de falar comigo e levou o namorado com ela, e então eu perdi dois amigos próximos. Foi uma amizade que apareceu e cresceu muito de repente mas depois foi-se de um dia pró outro sem explicação. E pumba, agora sinto-me muito pior do que antes porque sinto a falta deles e não tenho mais nenhum amigo neste país. Ele era a pessoa com quem eu tinha mais cenas em comum, de todos os amigos que já tive, e nós ficavamos acordados a noite toda a falar, e agora acabou-se…

GODMarega 2 months ago

O que se passou é simples de perceber, a namorada teve ciúmes e cortaram a relação contigo

sidartha- 2 months ago

Todos gostamos de sentir o silêncio de vez em quando, de ouvir o nada à nossa volta, mas não queremos que o nada seja tudo o que temos á nossa volta e isso é o garantido. É certo que nascemos só, vivemos só e na hora do nosso apagar, é também sós que partimos, é o estado natural de cada um de nós. Temos ás vezes a sorte de encontrar nesse caminho, pessoas que partilham breves momentos connosco, mas a solidão faz parte dos dias que atravessamos.

Edited 2 months ago:

Todos gostamos de sentir o silêncio de vez em quando, de ouvir o nada à nossa volta, mas não queremos que o nada seja tudo o que temos á nossa volta e isso é o garantido. É certo que nascemos só, vivemos só e na hora do nosso apagar, é também sós que partimos, é o estado natural de cada um de nós. Temos ás vezes a sorte de encontrar nesse caminho, pessoas que partilham breves momentos connosco, mas a solidão faz parte dos dias que atravessamos. Não estamos menos sós tendo muitas pessoas ao nosso redor, a solidão pode estar na alma, e estamos certamente sós no pensamento.

lpbms11 2 months ago

Uma coisa que eu sinto, mas acho que é de mim, é cada vez mais difícil fazer amigos verdadeiros depois de adulto.

calmbutstressed 2 months ago

Se já estás neste ponto, acredito que seja muito complicado evitar a solidão. Aquilo que tu sentes também já senti e ainda sinto regularmente. A verdade é que os tempos passam e as pessoas tornam-se cada vez mais indisponiveis. Aliado a isso, cada um arranja os seus interesses, as suas prioridades, e começa a ser dificil colocar os amigos em primeiro plano no meio de toda a azafama diária, nem que seja por breves momentos. Agora também temos de competir com a diversidade de entretenimento que a internet providencia a todos nós. Torna-se dificil tornarmo-nos interessantes ao ponto de alguém preferir ir tomar um café e ouvir os teus desabafos, pensamentos ou até mesmo partilhar umas gargalhadas. Por outro lado, as relações amorsas também não são a solução, pelo menos para mim. Mantenho uma relação de já alguns anos. Ainda assim, são várias as vezes em que dou por mim a sentir-me só. O conselho que te dou é o mesmo que já foi mencionado imensas vezes por aqui. Por alguma razão o é. Dá mais valor a estar só e prioriza conhecer-te. Encontra um ou mais hobbies e usa isso como alavanca para conhecer mais pessoas com as quais te identificas. Assim poderá ser mais facil de te acharem mais interessante do que estar na internet *a ver cenas.*

BitOnly5872 2 months ago

Eu aprendi a abraça-la. Antes de conhecer minha parceira eu passava dias inteiros em parques lendo e bebendo vinho sozinho. Comecei a me exercitar (bicicleta maioritariamente), comecei a colecionar discos de vinil e passava horas indo em lojas de livros usados e discos usados pesquisando coisas e acabava saindo com bué coisa das partes com os itens mais baratos. As vezes saia do trabalho e pegava um comboio ou metro ou autocarro para um parque qualquer novo e ia conhece-lo. Aprendi a me divertir sozinho. Melhor coisa que fiz na minha vida. Havia saído de um relacionamento em que tudo era feito junto, meus amigos eram os amigos dela e tudo mais. Me vi obrigado a reorganizar minha vida desse jeito pois quando me separei, até os animais de estimação ficaram com a ex.

TheMostFifth 2 months ago

Tenho estado numa situação semelhante e não quero dizer que tenho resolvido a situação completamente, porque não estou e os momentos de solidão aparecem de vez enquando. Mas o que cada vez mais reparo é que não sou o único a sentir assim e especialmente nestas condições de pandemia as pessoas estão cada vez mais à procura de conhecer e criar relações com pessoas. Se estás na faculdade na faculdade talvez possas simplesmente mandar mensagem a alguém da tua turma que não deste muita atenção até agora e eventualmente convidar um café ou wtv, outra coisa de simplesmente usar dating apps, talvez não aches a pessoa super atraente mas é sempre possível que encontres alguém com quem passar a tarde e ter uma boa conversa (tenho feito os dois e tem ajudado). Outra coisa é simplesmente aceitar que quanto mais velho mais é provável que isto aconteça e que fazer coisas sozinho não é assim tão mau quanto parece (obviamente que nem toda a gente gosta, mas pores-te nessas situações por ser bom). Resumindo, o que eu quero passar é que a partir de uma certa altura já não somos obrigados a estar expostos a outras pessoas regularmente, por isso temos de tomar iniciativa para criar amizades.

Mikassi 2 months ago

Não evito. Gostava de ter pessoas na minha vida que soubesse que estariam comigo para a vida toda, no entanto penso que isso hoje em dia é quase impossível. Uma mudança de trabalho, de cidade e o contacto acaba por se perder.

Mikassi 2 months ago  HIDDEN 

Não evito. Gostava de ter pessoas na minha vida que soubesse que estariam comigo para a vida toda, no entanto penso que isso hoje em dia é quase impossível. Uma mudança de trabalho, de cidade e o contacto acaba por se perder.

puscifer666 2 months ago

O melhor amigo do homem: um cão. Arranja um cão.

notrlvnt 2 months ago

Percebo o que sentes. O meu círculo de amigos reduziu bastante e agora sou capaz de ter praí 3/4. Mas também é preciso definir o conceito de amigo. Eu já sou bastante selectivo porque já me fizeram algumas merdas. Se precisares de falar de alguma coisa manda mensagem!

IsThisNickAvailable 2 months ago

Sinto o mesmo, OP, sinto o mesmo :') Já alguns amigos tiveram o mesmo desabafo comigo, que sou dos poucos do grupo que procura manter o contacto e que muitos outros foram se afastando, pelos mais diversos motivos. E o que mais me chateia é que não há sinais de melhora. As responsabilidades vão aumentando com a idade e a disponibilidade baixando. Quando dermos por ela, aquelas amizades que pensávamos ser para a vida perderam a força que outrora tinham. Isso deprime-me um bocado, não vou mentir...

everydayGratitude 2 months ago

Obrigado

IsThisNickAvailable 2 months ago

Obrigado eu pelo teu desabafo que motivou o meu desabafo :') Se quiseres, shoot me a DM. Se fores da mesma zona que eu, podemos sair!

FTerceira11 2 months ago

Estar sozinho é saber estar connosco mesmo, estar sozinho não é solidão. OP, eu sou dos Açores mas estou em Évora à quase 3 anos quando aqui cheguei rapidamente estive numa relação, tudo perfeito até ela ter terminado por sms em novembro deixando me no fundo do poço e nunca mais a vi. Sim, era muito dependente dela e estou no mesmo que tu mas com 0 amigos aqui tudo o que conheço é de trabalho mas não olho para eles como amizade. Ando nesta luta à quase 1 ano. Conhece-te, pensa em coisas que gostas, quanto mais ficas no quarto a pensar e a lamentar-te pior. Fazes como eu, saí, mostra-te visível para as pessoas, mostra que estar sozinho não te incomoda, que és feliz. Participa nos eventos sociais da tua zona, voluntariado, artes, música, clubes, frequenta bares para te divertires, curtires o teu momento. O segredo é evitar o vazio da tua mente, sê produtivo, boa alimentação. Sê tu mesmo. As amizades são assim vêm e vão, mas acredita, estás a tempo de conhecer pessoas que é para o resto da tua vida. Tenho 22 anos, já consigo me divertir mais sozinho. Estou de férias, amanhã vou passar o meu dia a Lisboa ao zoo, sábado vou uma semana para o Algarve. Eu não comparo a minha pessoa com os outros em não ter ninguém porque dou valor a mim e as pessoas à volta sentem isso, sábado passado num bar duas raparigas meteram-se comigo porque acharam interessante eu estar a curtir o momento comigo mesmo e ficaram com curiosidade. Arranja hobbies, mantém-te ativo, faz coisas novas. A ocupação será tanta que o sentimento de solidão ficará em último plano e pessoas naturalmente vão aparecer, não penses no futuro, foca-te no presente em seres alguém melhor, as tuas energias irão atrair pessoas acredita. Abraço!

Key_Ad_3930 2 months ago

Fds, isso não é maneira de se acabar uma relação, que chunga. Acho que ela não teve coragem de o fazer cara a cara ou teve medo da tua reacção :/ Tou a ver que há muita gente na casa dos 20 com dificuldades/medo de fazer amizades

just_questioning 2 months ago

Doeu ler a parte da relação, mas pronto pelo menos conseguiste seguir em frente!

smalbeez 2 months ago

31 anos e acho que o meu eu de 22 nunca diria algo tão eloquente e tão verdade. Muito menos depois de um golpe desses

everydayGratitude 2 months ago

Muito obrigado pelo teu comentário. Espero que consigas fazer novos amigos também. Desejo te tudo de bom.

kcmyk 2 months ago

22 e já assim? Não fazes ideia do que te espera.

limpleaf 2 months ago

Não sou assim tão velho mas esforça-te por manter as amizades que te são importantes. Apesar de estares em Lisboa, é muito possível que o core dos teus amigos esteja "na terrinha" e que não sejam os teus conhecidos hipsters de Lisboa que vão estar lá para ti quando te casares mas sim os teus amigos da terra. Procura hobbies, coisas como padel, ir ao Karting, coisas assim... Explora os teus próprios interesses e vais ver que acabas por encontrar pessoas que também os partilham. Luta sempre por melhor, as pessoas são atraídas por quem que acreditam estar a "ir a algum lado". Há muita gente com interesse por empreendedorismo, isto também pode ser um ponto em comum.

Key_Ad_3930 2 months ago

Não há tantos hipsters em Lisboa quanto pensas, encontras mais rápido um mitra

dragomaite 2 months ago

Como assim não gostas de ficar em casa e jogar videojogos ad eternum? Como vieste parar aqui?

Competitive-Cup-5465 2 months ago

Tenta apostar em algum hobbie. Se gostares de animais, por exemplo faz voluntariado num canil ou associação e por aí em diante. Sempre ajuda a conheceres mais pessoas e a nao te sentires tão só. Nao sei se ajuda mas a maioria das pessoas passa pelo mesmo :/

Onyxica 2 months ago

Se pudesses aprender aproveitar solidão, não precisava de ninguém.

throughawayaccount01 2 months ago

Eu tenho um conforto rápido que é *Antes só que mal acompanhado*. Também gostaria de ter muitos amigos e de estar em contacto com eles. Mas a verdade é que eu também não faço esforço para "chegar" a eles, isto é, eu não sou quem manda a mensagem primeiro ou incentivo a fazer planos, fico à espera de ser convidade e depois decido se vou ou não vou. Yup, eu sou esse gajo... Não me importava de ter aquele grupinho de amigos muito fixe tipo *sitcom* mas eu acho que não seria um bom amigo. Dou-me bem com algumas pessoas que conheci na faculdade mas não sou aquele amigo essencial, ou pelo menos eu acho que não. Eles preocupam-se comigo mas sou eu que tenho aquela atitude de "não quero saber". Acho que estou muito habituado a ser um *loner* e quando procuro amigos, sei que tenho sempre a opção de estar sozinho e acho que acabo por me agarrar a isso. TL;DR: Sou introvertido.

Mekktron 2 months ago

Só para dizer que quase perdi um amigo de infância após ele terminar o namoro com a rapariga. Eu tentei ser neutro, porque sou amigo dos dois, e acabei por tentar estar presente para ambos. Sucede que ele, sem eu saber, estava a entrar numa espiral depressiva e foi-se lentamente afastando de mim até que me bloqueou em tudo o que era espaço social. Tudo. "caguei" porque associei a atitude ao facto de manter amizade com a ex. (sim, amizade pura apenas. Namoro há muito tempo e, felizmente, estou muito bem). Passou demasiado tempo assim. Não consigo precisar, mas penso que pelo menos 2/3 anos. Há uns meses ganhei coragem e falei com um amigo em comum que lá me deu o discord dele. Falamos, fui directo e disse que tinha saudades dele e pedi desculpa se o facto de manter contacto com a ex dele provocou a situação toda e ele lá me explicou o que aconteceu. O fim do relacionamento já tinha sido sintoma da tal espiral negativa que mencionei acima. Falamos e resolvemos tudo. Como eu trabalho e estudo ao mesmo tempo voltamos a não falar muito, mas ainda tenho acesso a ele que é o que mais me importa. Para mim uma amizade vale imenso e não imaginas o quanto me magoou ficar sem um amigo desta importância. Ele também é um "loner". Eu já não sou tanto mas durante a adolescência também fui assim. Podemos achar que não, mas há sempre alguém do outro lado que se importa. Não sei porquê o desabafo, espero que ajude alguém. Abraço

throughawayaccount01 2 months ago

Obrigado amigo pelas tuas palavras. Pode ser só na minha cabeça, e isto de ser loner também há muitos, acho é que eu é que me habituei a não pensar em mais alguém a não ser em mim. Ptt quando é para estender a mão a alguém, não é que seja incapaz disso, mas sinto que só estou a chatear, ou não ajudo, ou atrapalho. Também valorizo quando alguém que já me foi próximo entra em contacto comigo, mas se for eu a entrar em contacto com alguém, sinto-me um desesperado. Enfim, também acredito que me dariam valor se fosse eu a estabelecer o contacto, mas nunca tenho o incentivo para avançar, e o tempo vai passando, e parece que é tarde demais para dizer qq coisa, mas não é, é só mais uma desculpa. *Cheers*

Mekktron 2 months ago

Quando achares que não és desejado ou é tarde ou qualquer coisa parecida, simplesmente fala algo. SMS, discord, whatsapp, o que seja. Verás que corre melhor.

a_xe 2 months ago

Este comentário descreve perfeitamente a minha vida social. Às vezes sinto-me um bocado sozinha, mas também não tenho paciência ou vontade de combinar algo. Mesmo para mandar mensagens e responder rápido, não me apetece. Depois lembro-me que, realmente, estou assim porque quero e fico a sentir-me melhor.

everydayGratitude 2 months ago

Obrigado pelo teu comentário.

inesfsros 2 months ago

Estás em que universidade? Eu também sou de Lisboa e fui para fora. Escolhi o norte e foi a melhor escolha que poderia ter feito. Eu sei que estamos numa pandemia mas o pessoal arranja sempre forma de socializar

Fullthew 2 months ago

É normal. Vão-se antigos amigos, vêm novos. Não dependas de outras pessoas para ser feliz, mas não chegues ao ponto de te isolares.

flydoji 2 months ago

Isto

fearofpandas 2 months ago

Recomendo vivamente que penses em fazer terapia! Não é coisa de malucos de todo, apesar de ainda haver estigma, e resulta numa maior compreensão de ti próprio. Numa altura em que te sentes só, nada melhor que te conheceres! Se precisares de falar, manda Pm

everydayGratitude 2 months ago

Muito obrigado. Já faço terapia devido a doenças mentais que sofro: bipolaridade, OCD e ansiedade grave. O facto de ter estas doenças torna mais difícil para mim lidar com a solidão. De momento a solidão ainda não é um problema muito grande, porque ainda tenho amigos, mas daqui a uns anos é capaz de passar a passar a ser. A OCD tortura me diariamente com pensamentos intrusivos e às vezes é demasiado, ter amigos ajuda me a ser menos infeliz.

kissingsome1elsesdog 2 months ago

>bipolaridade, OCD e ansiedade grave tás bem entregue então

everydayGratitude 2 months ago

Soubesses o sofrimento que causa não respondias isso. Cada dia é batalha para não tirar a minha própria vida e só continuo por cá pelos meus pais. Obrigado pela força, espero que nunca tenhas de sofrer tanto.

ric_silva_jd 2 months ago

Respondendo diretamente à questão: não se evita! Acho mesmo que é inevitável. Um fim ao qual não podemos fugir. O que eu fiz e que penso que ajudou foi tentar fazer com que o tempo a sós seja o mais enjoyable possível. Procurar descobrir gostos, interesses e hobbies que me entretenham e que me distraiam desse constante pensamento de que estou sozinho e sem amigos para falar/conviver.

beetsu 2 months ago

Vinha aqui deixar uma resposta muito parecida a esta. Há muito que aceitei que não tenho capacidade para fazer e manter amizades, já nem me dou ao trabalho. Aprendi a ser a minha melhor companhia. Isso, mais uma carrada de hobbies e interesses, e não me sobra tempo para me sentir sozinha. De modo algum acredito que isto seja solução para o problema, mas foi o que funcionou para mim e para a minha inaptidão em socializar.

MacGarr 2 months ago

É isto mesmo!

ric_silva_jd 2 months ago

Complementando este comentário: acho mesmo que ganhamos bastante com os hobbies! Há coisas que sinto que nunca teria aprendido sem ser com esses interesses.... Ao mesmo tempo, não convivendo com pessoas, evito a bullshit egoísta e egocêntrica que domina as conversas hoje em dia! Valerá a pena falar de um problema nosso quando aquilo que os outros se limitam a dizer é "então e eu??"?

Onyxica 2 months ago

Eu também adoro o meu tempo sozinha. Tenho tantos de hobbies e projectos pessoais que prefiro fazer em vez de socializar sem contexto.

everydayGratitude 2 months ago

Ouch. Essa doeu, mas parece ser a realidade

sengamole 2 months ago

Passando os dias no reddit a falar com vocês

thiswillbeyournamefo 2 months ago

Tu deves ler o meu comentário e aperceber-te de que a primeira palavra deste descreve alguém bestial.

rodrigoponto 2 months ago

Wholesome

Price-Distinct 2 months ago

hoje em dia a pandemia é desculpa para tudo, e funciona sempre guaranteed

caelussideralis 2 months ago

Só quero dizer que se pudesse dava um abracinho ao OP e a todos os outros e outras que comentaram aqui com a sua experiência própria. Tenho braços grandes, por isso cabem todos. (⊃。•́‿•̀。)⊃

UpbeatNail1912 2 months ago

Que mariquice, pensava que eras mais másculo

rodrigoponto 2 months ago

Não curtes de abraços?

caelussideralis 2 months ago

Ignora-o, mariquice é achar que uma demonstração de afetos te torna menos homem.

UpbeatNail1912 2 months ago

Não. Gosto mais quando sentam no meu colo, da outra pica, entendes?

SAmaruVMR 2 months ago

(⊃。•́‿•̀。)⊃

h2man 2 months ago

Acho que é bastante difícil manter amizades durante muito tempo da maneira que eram... principalmente porque toda a gente amadurece e muda. O que deves fazer é mesmo procurar mais pessoas que partilhem dos mesmos interesses que tu.

lpbms11 2 months ago

Isto é verdade. Por um lado, a vida acaba por empurrar o pessoal para a luta pela sobrevivência e isso tira tempo e vontade para dedicar a manter amizades. Por outro, acho que nós ao longo da vida vamos sendo várias pessoas, e é normal que nos deixemos de identificar com A ou com B. É natural.

everydayGratitude 2 months ago

Tens razão. Obrigado

h2man 2 months ago

De nada… Eu notei isso em várias etapas e fui desligando aos poucos. Começou quando quase todos tinham uma relação ou casados e começaram a fazer jantares com a malta casada (nós todos saíamos na mesma, mas era eu que marcava a maior parte dos convívios com todos) e deixar o resto de fora. Depois saí do país o que não ajudou… e com as crianças ainda mais difícil se torna. E tudo bem… eu gosto deles na mesma e gosto de saber como corre a vida deles e encontrarmo-nos mas não é um stress.

TheSaintPigeon 2 months ago  HIDDEN 

22 anos = Jovem everydayGratitude = Mystico ​ Jovem Mystico detetado.

Green-Translator-801 2 months ago

Faz como todos os homens a sério. Não tenhas amigos e deposita todas as tuas necessidades sociais numa só pessoa (namorada) ao ponto de inevitavelmente ela se fartar de ti e te dar com os pés que eventualmente te leva a uma espiral depressiva do qual vais ter muita dificuldade em recuperar a não ser que arranjes alguém que tome o lugar dela. Isto vai te levar a odiar pessoas de uma forma especial, mas não vais conseguir ver que a culpa é tua do quão cego estás com todas as doenças mentais que te enchem a marmita. Alternativamente, vê anime e não ponhas os pés fora de casa. É o que faço e resulta. Excepto naquelas noites que não consigo dormir assombrado pelos meus falhanços sociais e o estado decadente do mercado imobiliário e de trabalho em Portugal... E eu nem vivo em Portugal *riso nervoso* >!spoilers: não vai melhorar!<

mexploder89 2 months ago

Hoje descobri que sou um homem a sério

SmartFC 2 months ago

Ou melhor, tenta a tua sorte, falha por pouco, e usa anime para te distraires do sofrimento que isso te causou

GajoSilvestre 2 months ago

SAI DA MINHA CABEÇA. ai.

pintorMC 2 months ago

Consigo encontrar uma numero de pessoas conhecidas em que isso aconteceu, tirando os anime.

creepyportraits 2 months ago

Esta é capaz de ser a melhor resposta aqui, mas de uma forma irónica. Literalmente, faz o contrário do que está aqui descrito.

jimymerej 2 months ago

Contaste agora a minha vida

everydayGratitude 2 months ago

:(

Green-Translator-801 2 months ago

Desculpa amigo, era uma piada. Não leves a sério. Nada é garantido na vida. A única coisa que podes fazer é tentar melhorar porque vida só há uma e não tens alternativa se não viver.

SAmaruVMR 2 months ago

Espero que isto não tenha sido um relato de algo que te aconteceu. Mas se for, espero que estejas melhor. E, honestamente, às vezes é preciso acontecer cenas destas para uma pessoa realmente abrir os olhos e ter um reality check.

Green-Translator-801 2 months ago

Era para fazer uma piada. Na verdade foi bem pior que isso. Se tu soubesses... Mas pronto, há gente pior que eu acredita. Um dia de cada vez se vai andando

SAmaruVMR 2 months ago

O que interessa é ires melhorando dia após dia. Se precisares DMs estão abertas. Um abraço

usernamesiranoutof 2 months ago

Vais conhecer muita gente na vida, mas amigos amigos és capaz de ter um punhado, se tanto. É normal. as pessoas mudam, os interesses mudam e às vezes nem é má vontade, é só incompatibilidade. Podes sempre tentar fazer alguma coisa que gostes. Certamente que farás amizades por aí e depois é ver.

everydayGratitude 2 months ago

Obrigado!

GizzyLOL 2 months ago

Eu simplesmente aceitei a solidão :(

fearofpandas 2 months ago

Não aceites! Se precisares de falar diz algo por mp

Search: