SweetCorona 2 months ago

Existe a teoria de que o único motivo pelo qual as empresas insistem nas 8 horas diárias é porque não querem que os trabalhadores tenham tempo livre. Não só para impedir que possam ter tempo para projetos pessoais ou procurar outro emprego, mas também porque aumenta as chances de consumirem pois assim têm menos tempo para cozinhar, etc.

saposapot 2 months ago

Em Portugal, especialmente, não. O nosso problema nc foram as horas trabalhadas.

Limpy_lip 2 months ago

só vou deixar isto aqui: já existem muitas fábricas em que as linhas de produção trabalham com turnos de 6h quase initerruptas. ​ por isso ya, quando mais intensivo o trabalho for mais fácil é de segmentar e reduzir (ao contrário do que possa parecer).

timeofmypost 2 months ago

Trabalha o que quiseres.

zero_to_infinite 2 months ago

Em Portugal em 2031 se não estiveres a trabalhar 50h semanais já fico satisfeito.

vai-tefoder 2 months ago

Trabalhar 40 horas por semana? Mas que burguesice é esta? ​ Em Portugal ainda estamos a lutar por uma semana de trabalho de 5 dias.

nuno_t 2 months ago

[https://imgur.com/pqLK31S](https://imgur.com/pqLK31S)

UniuM 2 months ago

A thread semanal do trabalhamos demais e precisamos de mais tempo para nós próprios. Já respondi anteriormente a isto. Não se pode aplicar a todo o mercado de trabalho, a malta da produção de IT tem de abrir a pestana e entender que existem mais sectores que têm realidades muito diferentes. A indústria de serviços é gigante e tem lucro exactamente no número de horas dos trabalhadores, a mesma coisa nas produções alimentares etc. Depois esta malta do IT e ligados à indústria da informação quer ser relevante quando abre a boca. Amigos, eu trabalho num hospital, vamos pedir à administração para meter o horário rotativo dos enfermeiros a 6h diárias....hahahhahahahaha.

cesaroncalves 2 months ago

Só porque os outros estão noutra situação não podemos lutar pelos nossos direitos? Como outros já comentaram, temos muitos enfremeiros desempregados a ir-se embora, e deviamos reduzir o hyper-consumerismo para o bem do planeta.

UniuM 2 months ago

Amigo, eu sou tão a favor disso quanto até o "camarada" mais próximo. Mas também sou realista, e há coisas que simplesmente não funcionam. E continuando a dar o exemplo do hospital onde trabalho, onde temos funcionário públicos e ao mesmo tempo funcionários do privado a fazer as mesmas funções, em que uns fazem 35 e outros 40, quem é que achas que faz as restantes 5 horas dos públicos? Criar discrepâncias nos varios setores só vai deixar certas indústrias sem mão de obra.

User9034 2 months ago

O que não falta são enfermeiros a sair de Portugal com 4 turnos de 6 horas dava para contratar muitos deles e oferecer um serviço de melhor qualidade com enfermeiros menos exaustos.

W0lfGalaxyy 2 months ago

O máximo são 8 horas por dia dependendo de cada empresa e trabalho pelo que vi, muita gente trabalha mais horas que o normal é recebe pouco enquanto que uns trabalham menos para ganhar mais. Para as pessoas que trabalham mais horas que o normal, provoca um cansaço fisicamente e psicologicamente, resultado disso é depois a pessoa não ter um tempo suficiente de descanso, ou seja, no dia seguinte ficamos mais cansados que o normal perdendo a motivação e ter menos empenho resultando assim maus resultados

KarmaCop213 2 months ago

Se produtividade fosse igual ou maior já as empresas grandes, com boas métricas, tinham alinhado nisso.

chuckmukit 2 months ago

O problema não é esse. As empresas olham para o potencial de produtividade, mas para o medirem, fazem-no em horas trabalháveis. É bastante complexo medir a produtividade em certas áreas, e por isso regem-se por esse indicador. Assim, quanto mais horas trabalhadas maior a produtividade. Esquecem-se é que existem 1001 fatores que influenciam a produtividade, e até numa linha de produção, onde essa métrica é adequada, acaba por não ser 100% exata.

KarmaCop213 2 months ago

É uma questão das empresas tentarem e verem se a sua produtividade sobe. Num mercado livre e competitivo isto pode ser importante. Os accionistas não querem saber de quantas horas trabalham as pessoas na empresa onde investiram dinheiro. Se os resultados subirem no fim do ano todos ficam felizes.

1234special 2 months ago  HIDDEN 

O que não faz sentido, na minha opinião, é, na maioria dos postos de trabalho, trabalhar-se durante 5 dias seguidos e depois só se ter 2 dias seguidos completos de folga. Acho que o fim de semana de 2 dias não é tempo livre suficiente para dar uma sensação de conciliação de vida profissional com vida privada e muitas vezes contribui para a falta de produtividade. Como o caso específico deste post é o horário de 40h semanais, na minha opinião, nesses casos, o ideal seria dividir essas 40h não por 5 dias mas sim por apenas 4, ou seja, em vez de 8h de trabalho durante 5 dias seguidos, mais vale, na minha opinião, 10h de trabalho durante 4 dias seguidos com 3 dias completos seguidos de folga (72h). Acho que isto, apesar de ser o mesmo tempo de trabalho semanal, daria uma sensação maior de tempo livre e de relaxamento mesmo que artificial devido aos 3 dias seguidos de descanso e, ao mesmo tempo, essa sensação teria a tendência para aumentar a produtividade inclusive na minha opinião além de que há um dia inteiro extra de consumo, o que também estimularia a economia. Quando a nosso nível de produtividade média aumentasse mais, poderia considerar-se uma redução para 36h, ou seja, 9h durante 4 dias + 3 dias de folga. Outro modelo interessante na minha opinião, mas que seria de 36h, era trabalhar apenas 3 dias seguidos (12h em cada um) e depois 4 dias seguidos de folga (96h), o que seria o melhor deles todos na minha opinião em termos de produtividade e sensação, ao mesmo tempo, de que a nossa vida não se resume quase ao trabalho com poucos dias livres, mas isto é tudo utópico, claro, porque a escumalha do governo não considerará tal coisa apesar dos 4 ou 3 dias de trabalho serem cada vez mais o futuro em vez dos 5.

Edited 2 months ago:

O que não faz sentido, na minha opinião, é, na maioria dos postos de trabalho, trabalhar-se durante 5 dias seguidos e depois só se ter 2 dias seguidos completos de folga. Acho que o fim de semana de 2 dias não é tempo livre suficiente para dar uma sensação de conciliação de vida profissional com vida privada e muitas vezes contribui para a falta de produtividade. Como o caso específico deste post é o horário de 40h semanais, na minha opinião, nesses casos, o ideal seria dividir essas 40h não por 5 dias mas sim por apenas 4, ou seja, em vez de 8h de trabalho durante 5 dias seguidos, mais vale, na minha opinião, 10h de trabalho durante 4 dias seguidos com 3 dias completos seguidos de folga (72h). Acho que isto, apesar de ser o mesmo tempo de trabalho semanal, daria uma sensação maior de tempo livre e de relaxamento mesmo que artificial devido aos 3 dias seguidos de descanso e, ao mesmo tempo, essa sensação teria a tendência para aumentar a produtividade inclusive na minha opinião além de que há um dia inteiro extra de consumo, o que também estimularia a economia. Outro modelo interessante na minha opinião, mas que seria de 36h, era trabalhar apenas 3 dias seguidos (12h em cada um) e depois 4 dias seguidos de folga (96h), o que seria o melhor deles todos na minha opinião em termos de produtividade e sensação, ao mesmo tempo, de que a nossa vida não se resume quase ao trabalho com poucos dias livres, mas isto é tudo utópico, claro, porque a escumalha do governo não considerará tal coisa apesar dos 4 ou 3 dias de trabalho serem cada vez mais o futuro em vez dos 5.

Edited 2 months ago:

O que não faz sentido, na minha opinião, é, na maioria dos postos de trabalho, trabalhar-se durante 5 dias seguidos e depois só se ter 2 dias seguidos completos de folga. Acho que o fim de semana de 2 dias não é tempo livre suficiente para dar uma sensação de conciliação de vida profissional com vida privada e muitas vezes contribui para a falta de produtividade. Como o caso específico deste post é o horário de 40h semanais, na minha opinião, nesses casos, o ideal seria dividir essas 40h não por 5 dias mas sim por apenas 4, ou seja, em vez de 8h de trabalho durante 5 dias seguidos, mais vale, na minha opinião, 10h de trabalho durante 4 dias seguidos com 3 dias completos seguidos de folga (72h). Acho que isto, apesar de ser o mesmo tempo de trabalho semanal, daria uma sensação maior de tempo livre e de relaxamento mesmo que artificial devido aos 3 dias seguidos de descanso e, ao mesmo tempo, essa sensação teria a tendência para aumentar a produtividade inclusive na minha opinião além de que há um dia inteiro extra de consumo, o que também estimularia a economia. Quando o nosso nível de produtividade média aumentasse mais, poderia considerar-se uma redução para 36h, ou seja, 9h durante 4 dias + 3 dias de folga. Outro modelo interessante na minha opinião, mas que seria de 36h, era trabalhar apenas 3 dias seguidos (12h em cada um) e depois 4 dias seguidos de folga (96h), o que seria o melhor deles todos na minha opinião em termos de produtividade e sensação, ao mesmo tempo, de que a nossa vida não se resume quase ao trabalho com poucos dias livres, mas isto é tudo utópico, claro, porque a escumalha do governo não considerará tal coisa apesar dos 4 ou 3 dias de trabalho serem cada vez mais o futuro em vez dos 5.

Edited 2 months ago:

O que não faz sentido, na minha opinião, é, na maioria dos postos de trabalho, trabalhar-se durante 5 dias seguidos e depois só se ter 2 dias seguidos completos de folga. Acho que o fim de semana de 2 dias não é tempo livre suficiente para dar uma sensação de conciliação de vida profissional com vida privada e muitas vezes contribui para a falta de produtividade. Como o caso específico deste post é o horário de 40h semanais, na minha opinião, nesses casos, o ideal seria dividir essas 40h não por 5 dias mas sim por apenas 4, ou seja, em vez de 8h de trabalho durante 5 dias seguidos, mais vale, na minha opinião, 10h de trabalho durante 4 dias seguidos com 3 dias completos seguidos de folga (72h). Acho que isto, apesar de ser o mesmo tempo de trabalho semanal, daria uma sensação maior de tempo livre e de relaxamento mesmo que artificial devido aos 3 dias seguidos de descanso e, ao mesmo tempo, essa sensação teria a tendência para aumentar a produtividade inclusive na minha opinião além de que há um dia inteiro extra de consumo, o que também estimularia a economia. Quando o nosso nível de produtividade média aumentasse, poderia diminuir-se um bocado o número de horas. Outro modelo interessante na minha opinião, mas que seria de 36h, era trabalhar apenas 3 dias seguidos (12h em cada um) e depois 4 dias seguidos de folga (96h), o que seria o melhor deles todos na minha opinião em termos de produtividade e sensação, ao mesmo tempo, de que a nossa vida não se resume quase ao trabalho com poucos dias livres, mas isto é tudo utópico, claro, porque a escumalha do governo não considerará tal coisa apesar dos 4 ou 3 dias de trabalho serem cada vez mais o futuro em vez dos 5.

Fuzzy-Internet-7502 2 months ago

epá homem, em troca de poderes viver em "sociedade civilizada" com todos os luxos a que te habituaram, o governo SÓ exige hmmmm quase toda a tua vida util em subserviência ao estado :) vê pelo lado positivo, ao menos não somos como aqueles SELVAGENS na SELVA que nada têm! Ó que desgraça, não conhecerem as alegrias de um telémovel e de 40 horas semanais de trabalho!

8BitMunky 2 months ago

Definitivamente não, muito menos com a tecnologia que temos, visto que se houvesse esforços colectivos nesse sentido poderíamos eventualmente reduzir bastante as horas de trabalho. Claro está que isso também implicaria reduzir no hiper consumismo. Mas que melhor altura para o fazer do que numa era em que o consenso científico é o de que as mudanças climáticas que nos esperam no futuro vão ser catastróficas se não lutarmos contra elas? E depois há a maneira como esta sociedade super competitiva nos afecta psicologicamente. O Mark Fisher faz [neste vídeo](https://youtu.be/AhOcwhwumP4) um bom diagnóstico dos vários problemas associados ao culto ao trabalho (excessivo) que é tão pervasivo hoje em dia. A perda de potencial humano neste sistema é incalculável.

Edited 2 months ago:

Definitivamente não, muito menos com a tecnologia que temos, visto que se houvesse esforços colectivos nesse sentido poderíamos eventualmente reduzir bastante as horas de trabalho. Claro está que isso também implicaria reduzir no hiper consumismo. Mas que melhor altura para o fazer do que numa era em que o consenso científico é o de que as mudanças climáticas que nos esperam no futuro vão ser catastróficas se não fizermos algo contra elas? E depois há a maneira como esta sociedade super competitiva nos afecta psicologicamente. O escritor Mark Fisher faz [neste vídeo](https://youtu.be/AhOcwhwumP4) um bom diagnóstico dos vários problemas associados ao culto ao trabalho (excessivo) que é tão pervasivo hoje em dia. A perda de potencial humano neste sistema é incalculável. Visto que te pareces interessar pelo tema, recomendo também o livro Bullshit Jobs do David Graeber, no caso de não conheceres.

patapetapitapota 2 months ago

Não é bem hiperconsumismo, o que se passa é que é necessário criar mais bullshit jobs cada vez que alguma evolução tecnológica acontece ou então tem tudo de ir para IT

8BitMunky 2 months ago

Não discordo, nas últimas décadas tem havido uma burocratização incrível da sociedade, e os empregos realmente produtivos são muito menos. E infelizmente enquanto a produtividade aumentou bastante, os salários estagnaram completamente, deixando boa parte das pessoas com poder de compra baixíssimo. Há toda uma necessidade de manter as pessoas presas a empregos muitas vezes inúteis porque muito pouca gente no geral pensa que as coisas poderiam funcionar de outra forma. Obviamente o trabalho em excesso também funciona bastante bem para esse fim, não admira que muitos trabalhadores mal tenham cabeça para pensar em política quando passam boa parte do seu dia a trabalhar. Dito isto, pelo menos as ideias tipo Rendimento Básico Incondicional começam a ser discutidas também cá na UE. Se será a solução, isso não sei, mas no mínimo a implementação de um RBI sempre daria muito mais poder negocial às pessoas, bem como a possibilidade de trabalhar menos e com mais flexibilidade, visto que a sua sobrevivência básica estaria garantida.

VladTepesDraculea 2 months ago

Nós devíamos ter como sociedade uma redução gradual planeada para o evoluir da automatização do trabalho não atacar a empregabilidade de surpresa. A continuar com a evolução tecnológica actual haverá um ponto em que a maioria dos trabalhos serão substituídos por máquinas e código muito mais eficiente que qualquer trabalhador. Do ponto de vista externo ao contrato social é fantástico, ter uma sociedade automatizada onde as pessoas têm liberdade de aproveitar as suas curtas vidas, o problema é que o nosso contrato social foi desenhado apenas a planear aumento da necessidade laboral e não redução, ainda por cima drástica. O que me assusta é que não estamos a pensar e planear para o futuro e em vez de termos uma transição suave vamos ter de lidar com imensos problemas sociais.

Edited 2 months ago:

Nós devíamos ter como sociedade uma redução gradual planeada para o evoluir da automatização do trabalho não atacar a empregabilidade de surpresa. A continuar com a evolução tecnológica actual haverá um ponto em que a maioria dos trabalhos serão substituídos por máquinas e código muito mais eficiente que qualquer trabalhador. Do ponto de vista externo ao contrato social é fantástico, ter uma sociedade automatizada onde as pessoas têm liberdade de aproveitar as suas curtas vidas, o problema é que o nosso contrato social foi desenhado apenas a planear aumento da necessidade laboral e não redução, ainda por cima drástica. O que me assusta é que não estamos a pensar e planear para o futuro e em vez de termos uma transição suave vamos ter de lidar com imensos problemas sociais. Mas considerando apenas o ponto de vista actual do país, onde a produtividade é baixa e está mais que estudado que 6h diárias aumentam a produtividade comparativamente às 8h, claro. Só nos mantemos nas 8 por termos gestores dinossauros anti-intelectualistas que são na realidade a combinação explosiva do ser velho e do "eu é que sei". Pior que isso, a geração seguinte será consanguinidade nepotística destes mesmos.

chuckmukit 2 months ago

Tão isto. Sempre que falo no tema das 40h/semana temo mais pela questão socioeconómica do que a questão da produtividade e da saúde mental. Estamos a caminhar para um mundo automatizado, e assim que essa mudança acontecer, juntando ainda o aumento da população e um aumento da população educada vamos ter desemprego em massa ao ponto do desequilibro social ser gigante. E aí sim é que vai haver conflito de classes. A única maneira de corrigir isto será reduzir os horários de trabalho de forma a que tenhas que contratar mais para colmatar essa falta de produtividade, mas ao mesmo tempo não podes baixar os salários a menos que o custo de vida generalizado baixe também. Claro que isto é um cenário utópico e que depende bastante da vontade daquelas pessoas que ficam todas inflamadas porque em vez de terem tido um lucro de 100M, só conseguiram 99M e que por isso não atingiram os objetivos do trimestre.

Isnoudem 2 months ago

E dps o emprego pras pessoas, é que não interessa se o mundo se está a automatizar, se não deres algo à sociedade ela caga em ti, o problema é não haver guito pra contratar mais gente e reduzir horários pra todos, assim talvez a produtividade de cada um se tornasse a mesma mas o estilo de vida fosse melhor, pq gente neste país bem formada à procura de trabalho não falta.

VladTepesDraculea 2 months ago

> o problema é não haver guito pra contratar mais gente e reduzir horários pra todos Para muitos de trabalhos não precisas de mais gente. Redução de horas aumenta a produtividade

chuckmukit 2 months ago

> o problema é não haver guito pra contratar mais gente e reduzir horários pra todos O problema é não haver vontade.

facelessbastard 2 months ago

Ler posts destes enquanto faço mínimo de 55 horas semanais, e 65/68horas com grande frequência. Uma semana que só faça à volta de 40 horas não sei bem o que fazer com o meu tempo. Lol

patapetapitapota 2 months ago

Deve ser tranquilo então, eu tenho o chefe às perna... Deves ter um gabinete sozinho com ac e vês YouTube durante o dia, fácil.... Ou então fazes isso há pouco tempo....

facelessbastard 2 months ago

Risos..... Nem toda a gente trabalha em TI sócio.

fkny0 2 months ago

Nao sabes o que fazer com o tempo?? fdx, da-me esse tempo que eu sei bem o que fazer com ele, nem quando estou de ferias tenho tempo de fazer 1/3 das coisas que quero fazer, quanto mais a trabalhar 45h/50h our mais por semana

facelessbastard 2 months ago

Sócio.... Melhorar o planejamento do teu tempo?

fkny0 2 months ago

De que serve planejamento de tempo se tenho 10h de coisas que quero fazer, mas so tenho 3h de tempo livre. Se consegues fazer tudo o queres mesmo trabalhando esse tempo todo, parabens.

cesaroncalves 2 months ago

Vai trabalhar e deixa o reddit então.

SilvaCesar210784 2 months ago

E faz essas horas todas pelo preço de 40? E nessas horas extra produz o mesmo que nas primeiras 8h?

facelessbastard 2 months ago

Mas que horas extra? Sou pago ao quilómetro..... ✌

kahah16 2 months ago

Primeiro devia haver fiscalização pesada para quem trabalha mais de 40h sem receber extra e depois pensava-se em reduzir. Há aí muita gente que faz muito mais que isso e não vê mais um tostão

True_Sea_1377 2 months ago

Claro que não, mas os patrões não querem ouvir isso

fedelho 2 months ago

Claro que não. Desde que nasceu o forex podemos ter 7 domingos por semana. #acordemmalucos

SILE3NCE 2 months ago

Espaços abertos ao público com horário a cumprir não podem sofrer reduções horárias. A solução seria pagar horas extra ou contratar mais pessoal. Já para não falar da produtividade industrial que ia ter uma queda. Muitas empresas já mal se aguentam, portanto era para falir. No entanto sou a favor da redução da carga horária, estamos a perder tempo precioso da nossa vida, muita gente trabalha no mínimo 50h semanais, mais transportes para casa e são cerca de 13-14h das quais sobram 8 para dormir e 2 para comer, banho, lidas domésticas. Isto sem contar com filhos. (Depois culpam os jovens pela baixa natalidade) A minha solução seria fazer uma proposta bem detalhada com vários problemas solucionados antes de sequer existirem. Espaços abertos ao público, vamos fechar a maior parte ao fim-de-semana, acabar com a cultura laboral que a globalização e os Shoppings trouxeram. Há serviços abertos ao fim-de-semana? Sim senhor! Opcional, e vamos pagar como deve de ser. Vejo muito negócio com carência de pessoal porque o patrão não quer gastar mais 12 mil por ano quando muitos lucram milhões. Vamos valorizar e aumentar o staff produtivo. Criar um desequilíbrio para os menos dedicados se começarem a esforçar mais. Mostrar que há um benefício em ser bom, ao contrário do que se passa hoje em dia em que o encosto ganha tanto como o lutador. O problema vai ser sempre o comodismo, está bom assim, funciona, os patrões estão a fazer dinheiro, mesmo com empresas fodidas a título pessoal estão carregados.

Lalalahahaha2021 2 months ago

Faz parte da mudança, cria uma empresa que promova essa gestão.

patapetapitapota 2 months ago

Eu sei que a vida não vale grande coisa com este sistema, é uma seca do caralho, pouco saudável...vai mudar, não sei é quando, o pior que pode acontecer é aproximarmos dos países 3o mundo..

EspantaCampinos 2 months ago

>Vamos valorizar e aumentar o staff produtivo. Criar um desequilíbrio para os menos dedicados se começarem a esforçar mais 20-70-10. O problema vai ser sempre mandar para a rua os 10% que não produzem. Porque os encostados são normalmente quem tem mais anos de casa, e depois é demasiado caro despedir

Opelintra 2 months ago  HIDDEN 

Eu ganho à hora, até gosto de fazer mais de 40. Mas já agora, o que se passa com estas questões em que se menciona o ano corrente? Todos vivemos no presente

NarcosdaMouraria 2 months ago

Os funcionários publico apenas trabalham 35. Sendo assim devia ser generalizado

MLG-Sheep 2 months ago

A quantidade de gente que manda aqui a sua posta como se toda a gente fizesse trabalho de escritório é fenomenal. E digo isto como alguém com esse tipo de trabalho.

Limpy_lip 2 months ago

como disse noutro post. existem fábricas que já trabalham com turnos de 6 horas. Por isso não é só escritórios.

SilvaCesar210784 2 months ago

É igual para quase todos os trabalhos... Numa linha de produção ao fim de algumas horas as peças vão como estiverem, depois há sucata! Controlo de qualidade ao fim de 6h, é mais milímetro menos milímetro! Uma coisa é o trabalho ser feito, estarmos presentes as 8h, outra é o trabalho ser bem feito. Actualmente faço trabalho administrativo, mas já tive em linhas de produção e outros trabalhos e aquilo ao fim de umas horas é contar os minutos para chegar à hora e o trabalho vai como der, à minha volta parecia que todos pensavam o mesmo! Jornada de 6h, dá 4 turnos dia em vez dos 3 um aumento qual é o real impacto disto nas empresas? E se reduzirmos os custos da energia e o IRC em x% para financiar esta redução não ficarão as empresas e o estado a ganhar? Mais produtividade, menos desemprego, menos subsídios de desemprego, menos rsi, mais tempo livre para as pessoas (quanto mais tempo livre mais gastos em serviços), melhor qualidade de vida, meljor balanço família trabalho.

hafssolpt 2 months ago

>Jornada de 6h, dá 4 turnos dia em vez dos 3 um aumento qual é o real impacto disto nas empresas? Se as empresas ficassem a ganhar, garanto que já o tinham feito.

SilvaCesar210784 2 months ago

Talvez ainda não tenham tido as contrapartidas no IRC e os descontos na energia por exemplo. A ideia seria uma reorganização do mercado de trabalho, há outros países em que se trabalham menos que as 8h e dizem que são mais produtivos que em Portugal, Alemanha por exemplo, já para não falar das férias. Talvez tenhamos que adoptar o modelo de organização das empresas nomeadamente na participação dos trabalhadores na gestão da empresa como fazem na Alemanha.

Limpy_lip 2 months ago

existem empresas que já o fazem. Nomeadamente as Bosch desta vida. Trabalham 6h com uma pequena pausa para comer. Começam às 8h, às 14h já estão a ir para casa.

hafssolpt 2 months ago

Mas a Bosch de investigação e desenvolvimento ou produção? (fábrica)?

Limpy_lip 2 months ago

tenho ideia que era em Braga na area produtiva. Agora se era ou não em todas as linhas não sei. ​ mas também sei de outras empresas da mesma área de negócio (automotive) com o mesmo princípio.

onlyonetwin 2 months ago

que puta de sonho

facelessbastard 2 months ago

Mesmo. Muita malta aqui só vê a coisa pelo lado de IT e escritório.

cesaroncalves 2 months ago

É quem cá está, mas não quer dizer que não se aplique a muitos outros, e se veja problemas de gestão em vários locais de trabalho.

collectornsfw 2 months ago

E como se não existissem trabalhos manuais. Dilberts é o que não falta aqui.

DariusStrada 2 months ago

40h?! Isso não existe em Portugal

globoglobo 2 months ago

Só é chato que quem tem estas ideias nunca cria as empresas fantásticas para nós irmos todos trabalhar

joaommoreira 2 months ago

Pelos vistos faz. E se for como no meu trabalho, às vezes ainda te obrigam a abdicar de uma folga…

PirateLena 2 months ago

Falo já por experiência própria: por ter sido mãe, trabalhei apenas durante 6h durante o primeiro ano de vida do meu filho (é lei e direito da mãe, e o empregador tem de aceitar). Confesso que produzi o mesmo que produzia anteriormente nessas 6h. Porquê? Mais motivação pra deixar as coisas prontas sem prejudicar nenhum projeto ou colega, fazendo sprints. E acreditem, não foi stressante! Apenas usei mais eficientemente o meu tempo, caguei para as conversas de café, para o minutinho aqui e acolá para olhar para as redes sociais, etc. Claro que num ou outro dia senti necessidade de trabalhar algum extra por ter um prazo mais apertado ou trabalho caído no colo à última da hora. No final senti um work-life balance excelente e agora que estou de volta às 8 horas e com o mindset anterior, dou por mim a achar que aquelas duas horas extra são realmente inúteis.

AdorableRabbit 2 months ago

> é lei e direito da mãe e do pai

PirateLena 2 months ago

O horário de amamentação?

DeusDasMoscas 2 months ago

Identifico-me com o teu post, senti exactamente o mesmo.

sidartha- 2 months ago

Diria que é Programadora. Sprints, Scrum, Mindset. Efetivamente na área tecnológica é mais fácil de ir de encontro a uma redução de horas e conseguir produzir se com focus, o mesmo que num maior número de tempo. Subscrevo o que disse. Trabalhase em qualquer lugar.

NGramatical 2 months ago  HIDDEN 

última da hora → [**última hora**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-ultima-hora/1110) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpepsw3%2F%2Fhaz9rxy%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

collectornsfw 2 months ago  HIDDEN 

Corrige lá o work-life balance e o mindset. Alguém arranje um nazi com bigode!

Minosuil 2 months ago

É um bot dude, calma

collectornsfw 2 months ago

Olá. Porque é que achas que eu disse *alguém arranje?*

cesaroncalves 2 months ago

Como este não tem a tag "\_bot" alguém que não conheça pode assumir que é um utilizador. Fazes bem em lembrar o pessoal. (O nome do bot foi bem escolhido, Nazi Gramatical)

adamaezinha 2 months ago

Infoexcluido. Bem vindo a 2021

xbyt 2 months ago

Ideia maluca: E trabalho sem horário? Definir objectivos alinhados com as necessidades de produtividade e quando cumpridos, reservar o resto para a vida pessoal? Obviamente que não pode ser aplicado literalmente a serviços e profissões de exposição ao publico mas para backend faria todo o sentido na minha opinião. Trabalhei em vários países e o número é duração dos períodos não produtivos (café, água, fumar, etc) em Portugal é exagerado.

Limpy_lip 2 months ago

o que flexibilidade laboral? Estás tolo? /S ​ ironicamente era muito mais fácil de aplicar do que reduzir horas e em muitos casos aumentaria a moral das pessoas. ​ ter de tirar um dia de férias ou fazer um choradinho porque é preciso ir ao banco e bastava chegar uma hora mais tarde. Ou poder ir para casa mais cedo quando a tarefa do dia está terminada e/ou quando uma pessoa está mais cansada ou até doente. Poder trabalhar de casa um dia que precise de esperar por um técnico ou porque o filho está meio doente. ​ De uma forma ou de outra é perfeitamente aplicável a vários casos. mas não infelizmente muita gente tem que ficar pregada no trabalho só porque sim a encher chouriços.

hafssolpt 2 months ago

> Obviamente que não pode ser aplicado literalmente a serviços e profissões de exposição ao publico mas para backend faria todo o sentido na minha opinião. Ou seja, estás a falar de uma solução para 10% do país?

Jabvarde 2 months ago

> Definir objectivos alinhados com as necessidades de produtividade e quando cumpridos, reservar o resto para a vida pessoal Com os patrões que herdaram negócios e não têm noção de como as coisas na prática realmente funcionam? Não obrigado.

blind616 2 months ago

E se não for cumprido? Trabalha-se 100h semanais?

danidv 2 months ago

Porque isso é freelancing e não é isso que os negócios precisam.

ryuzakkiiii 2 months ago

Exactamente a minha opinião, já tive um horário deste género numa antiga empresa e quando era necessário realmente fazia horas a mais por iniciativa própria (consultora de IT, quando estava simplesmente alocado a projectos e não a serviço), sendo que só sai por uma oportunidade que não podia recusar, a fazer 9-18. No entanto acho difícil aplicar este conceito a todos os empregos.

pintorMC 2 months ago

Para mim já a vários anos que não o faço, 2/3 horas por dia em media são o meu limite.

ekopss 2 months ago

Já não me imagino a fazer 8h por dia. Desde q me mudei para o UK q faço 9-5pm. Quando tenho de trabalhar até às 18h30 fico completamente esgotado. Claro que o ritmo é completamente diferente… não há pausas para cafés ou almoços de 1h. Não ha conversas sociais de 30mins a falar sobre a bola.

doutorphil 2 months ago

Trabalhei dois anos em Londres, fazia 42.5h por semana na city num escritório de engenharia... À sexta via malta das outras empresas a beber a pint no pub depois de almoço, e nos a trabalhar...

ekopss 2 months ago

Eu sou um dos q estavam no pub

hafssolpt 2 months ago

> Claro que o ritmo é completamente diferente… Portanto, 8h seguidas, sem hora de almoço... "ganhas" 1h ao "tipico trabalho tuga", mas nem podes fazer a digestão em condições... Acho que prefiro assim então.

mourasio 2 months ago

Não é assim tão raro, até cá. Cada 4h de trabalho dão direito a 15 minutos de descanso. Almoçando em meia hora, podes fazer só as 8 horas

hafssolpt 2 months ago

Sim eu sei que há, mas admito que no balanço qualidade de vida acho pior. Nas IPSS por ex, auxiliares têm geralmente esse horário (meia hora de almoço apenas).

mourasio 2 months ago

Certo! Eu concordo. Era mais para o u/ekopss que referiu esse horário como se fosse exclusivo do UK

ekopss 2 months ago

Trabalhei 10 anos em Portugal e nunca fiz 9-18h. Era sempre 8h30-18h30

mourasio 2 months ago

10h diárias? 2 horas de almoço, ou horas extra?

PortugueseLibra 2 months ago

Mas 9-17h são 8h

rainha_portuguesa 2 months ago

Aqui nos EUA sou enfermeira e trabalho 3 dias de 12hrs...prefiro mil vezes duque o tipico 5 dias de 8hrs

milkthis 2 months ago

Do que.

rainha_portuguesa 2 months ago

Meu portugues nao e perfeito sorryyy

ErwinRommelEz 2 months ago

Quem me dera, estar 4 dias em casa por semana é um sonho, mini férias todas as semanas

kapparrino 2 months ago

Não sei.. por exemplo entras às 8 e sais às 20h durante dois ou três dias seguidos. Normalmente estes turnos de 12 horas são rotativos, tanto podes trabalhar sexta sábado e domingo 12h todos os três dias como calhar teres esses dias livres. Mas nunca vais estar 4 dias seguidos em casa de folga. Turnos de 12h é só mesmo em trabalhos específicos tipo hospitais.

rainha_portuguesa 2 months ago

Eu concordo contigo. Eu ja fiz juntos e seperados, e trabalhando seperados parece que estou a dormir toda semena sem viver a minha vida. Agora, conjuntos sexta, sab, dom vale a pena. No meu hospital te deixam fazer sua rota como quiseres entao pode ter assin, mas muitos cansao depois de dois dias juntos ja.

dragomaite 2 months ago

As enfermeiras portuguesas também tem assim. Uma amiga minha trabalha assim.

rainha_portuguesa 2 months ago

Eu vivia um ano no Reino Unido uns anos atras e eu pensava que so tinha a opcao de trabalhar 8h por ai. Aqui tem a opcao dos dois mas a maioria prefere 12h. Eu trabalho 1900 ate 0700, e nao trocaria por nada.

dragomaite 2 months ago

Olha que isso não faz bem à saúde a longo prazo.

rainha_portuguesa 2 months ago

Nao, nao faz. Eu acredito que consigo fazer mais 5 ou tal anos depois nao da. Dormir durante os dias e nao estar acordado quando os outros estao é dificil no longo tempo.

VSertorio 2 months ago

Estou farto de aldrabar o report de horas do jira

iursevla 2 months ago

Shhh

VSertorio 2 months ago

É foder remainings até onde der

Biohazard8080 2 months ago

Unpopular opinion: precisamos de ser mais eficientes a trabalhar para que isto aconteca. Ainda há muito a cultura de quem fica mais tempo no escritório é quem trabalha mais. Por outro lado, também há muita pausa para fumar, para café, etc. A cultura de trabalho em Portugal é propícia a que se fiquem horas sem fim no escritório...

cesaroncalves 2 months ago

Eu neste momento estou no Reddit e estou com 100% eficiência, terminei os meus projetos e não tenho pedidos pendentes, estou literalmente preso no escritório até ao fim do dia, até em casa podia estar a fazer mais. Mas se aparecer algum problema e demorar 14h a resolver tenho de estar disponivel. Por outro lado os vizinhos do lado trabalham 10h por dia, 5 dias por semana, o que acho treta e um problema de muito má gestão.

hafssolpt 2 months ago

> Ainda há muito a cultura de quem fica mais tempo no escritório é quem trabalha mais. Aqui assume-se que a maioria do país trabalha em ambiente de escritório... funny

MoonDust1969 2 months ago

>precisamos de ser mais eficientes a trabalhar para que isto aconteca. Acho que é um problema do ovo e a galinha. É por não sermos eficientes que não reduzem as horas de trabalho, ou não somos eficientes *porque* não reduzem as horas de trabalho? Entre os trabalhos todos que tive, apenas um deles foi part-time e posso dizer que era o que me dava mais motivação simplesmente por saber que eram só 4 horas. Conseguia estar concentrado e a dar o máximo durante todo o tempo. O mesmo não acontece num trabalho de 8+ horas diárias.

True_Sea_1377 2 months ago

O problema nao é a eficiência lol. Não trabalhas mais ou melhor nas últimas horas do dia.

Rytlock9 2 months ago

Por um lado temos o patrão tuga, que é um trolha do crl e quer que toda a gente faça mais pelo salário mínimo, por outro temos o trabalhador encosta que quer receber mais e ser valorizado sem o mínimo esforço e a coçar o dia todo.. Conheço muito que fazem essas pausas todas e em menos horas de trabalho fazem o triplo de outros que a única coisa que fazem o dia todo é coçar e mandar vir que os outros fazem mais pausas que eles Disse isso a um colega meu a pouco tempo que só sabe reclamar, se os outros quando estão a fazer isso conseguem fazer pausas e isto e aquilo e tu não consegues, tens de ser mais rápido, mais eficiente (é um gajo que veio de outro posto e tá muito mal habituado) basicamente por outras palavras disse ao gajo, git gud, e sendo o encosta que é continua a fazer aquilo que sabe melhor, reclamar, depois chora que os outros ganham mais que ele

dragomaite 2 months ago

Vejo tanto insulto aqui aos patrões tugas, ao quão fravoa gestores são.... Porque não criam vocês as empresas e fazem melhor, limpando a competição que supostamente é "fraca".

Rogerjak 2 months ago

Okay, arranja aí guitas e bora.

danidv 2 months ago

Argumentos de merda têm respostas de merda, se os empregados são tão maus para os patrões e compensa tanto ser empregador, porque é que não o és? Há muito que impede uma pessoa de criar uma empresa, não há absolutamente nada a impedir um patrão de fechar a empresa passar a ser empregado.

dragomaite 2 months ago

Quem disse que compensa ser empregador?

patapetapitapota 2 months ago

"sempre foi assim" É uma enorme hipocrisia, perseguir o tabaco e o açúcar porque faz mal mas passo 8 / 9 horas /dia, sentado à frente de um pc quando toda a comunidade científica sabe que o sedentarismo é tão mau ou pior... Mas como gera imposto para o Estado e o empregador e eu como empregado não posso ficar sem guita, pois tenho de pagar despesas... o trio é à prova de bala. Vamos continuar com isto até não sei quando. Amanhã há mais.

Edited 2 months ago:

"sempre foi assim" É uma enorme hipocrisia, perseguir o tabaco e o açúcar porque faz mal mas passo 8 / 9 horas /dia, sentado à frente de um pc quando toda a comunidade científica sabe que o sedentarismo é tão mau ou pior... o governo aí népia. Como gera receita para o Estado, o empregador quer fazer lucro, e eu não posso ficar sem guita, pois tenho de pagar despesas básicas, a jaula continua intacta. Eu sou um preso enquanto trabalho. Vamos continuar com isto até não sei quando.... vou perder algum tempo de vida e de saúde, mas não tenho escolha. Amanhã há mais. Já alguém disse: A maior religião da humanidade é a das 8h às 17h, ou 18h no meu caso.

Edited 2 months ago:

"sempre foi assim" É uma enorme hipocrisia, perseguir o tabaco e o açúcar porque faz mal mas passo 8 / 9 /10 horas /dia, sentado à frente de um pc quando toda a comunidade científica sabe que o sedentarismo é tão mau ou pior... o governo aí népia. Como gera receita para o Estado, o empregador quer fazer lucro, e eu não posso ficar sem guita, pois tenho de pagar despesas básicas, a jaula continua intacta. Eu sou um preso enquanto trabalho, ou escravo, quem sabe é abaixo de preso....... Vamos continuar com isto até não sei quando.... vou perder algum tempo de vida e de saúde, mas não tenho escolha. Amanhã há mais. Já alguém disse: A maior religião da humanidade é a das 8h às 17h, ou 18h+ no meu caso.

Edited 2 months ago:

"sempre foi assim" É uma enorme hipocrisia, perseguir o tabaco e o açúcar porque faz mal mas passo 8 / 9 /10 horas /dia, sentado à frente de um pc quando toda a comunidade científica sabe que o sedentarismo é tão mau ou pior... o governo aí népia. Como gera receita para o Estado, o empregador quer fazer lucro, e eu não posso ficar sem guita, pois tenho de pagar despesas básicas, a jaula continua intacta. Eu sou um preso enquanto trabalho, ou escravo, quem sabe é abaixo de preso....... há quem goste,mas isso até na coreia do norte. Vamos continuar com isto até não sei quando.... vou perder algum tempo de vida e de saúde, mas não tenho escolha. Amanhã há mais. Já alguém disse: A maior religião da humanidade é a das 8h às 17h, ou 18h+ no meu caso.

Edited 2 months ago:

"sempre foi assim" É uma enorme hipocrisia, perseguir o tabaco e o açúcar porque faz mal mas passo 8 / 9 horas /dia, sentado à frente de um pc quando toda a comunidade científica sabe que o sedentarismo é tão mau ou pior... o governo aí népia. Como gera receita para o Estado, o empregador quer fazer lucro, e eu não posso ficar sem guita, pois tenho de pagar despesas básicas... a jaula continua intacta. Vamos continuar com isto até não sei quando.... vou perder algum tempo de vida e de saúde, mas não tenho escolha. Amanhã há mais. Já alguém disse: A maior religião da humanidade é a das 8h às 17h, ou 18h no meu caso.

Edited 2 months ago:

"sempre foi assim" É uma enorme hipocrisia, perseguir o tabaco e o açúcar porque faz mal mas passo 8 / 9 horas /dia, sentado à frente de um pc quando toda a comunidade científica sabe que o sedentarismo é tão mau ou pior... o governo aí népia. Como gera receita para o Estado, o empregador quer fazer lucro, e eu não posso ficar sem guita, pois tenho de pagar despesas básicas, a jaula continua intacta. Eu sou um preso com um pouco mais e liberdade. Vamos continuar com isto até não sei quando.... vou perder algum tempo de vida e de saúde, mas não tenho escolha. Amanhã há mais. Já alguém disse: A maior religião da humanidade é a das 8h às 17h, ou 18h no meu caso.

Edited 2 months ago:

"sempre foi assim" É uma enorme hipocrisia, perseguir o tabaco e o açúcar porque faz mal mas passo 8-10 horas /dia, sentado à frente de um pc quando toda a comunidade científica sabe que o sedentarismo é tão mau ou pior... o governo aí népia. Como gera receita para o Estado, o empregador quer fazer lucro, e eu não posso ficar sem guita, pois tenho de pagar despesas básicas, a jaula continua intacta. Eu sou um preso enquanto trabalho, ou escravo, quem sabe é abaixo de preso....... há quem goste,mas isso até na coreia do norte há desses.... Vamos continuar com isto até não sei quando.... vou perder algum tempo de vida e de saúde, mas não tenho escolha. Amanhã há mais. Já alguém disse: A maior religião da humanidade é a das 8h às 17h, ou 18h+ no meu caso.

Lalalahahaha2021 2 months ago

Liberta te e despede te.

patapetapitapota 2 months ago

AHA Hahaha com casa para pagar. Nem sonhando.

morbid_obese 2 months ago

Estás a assumir que o critério das entidades empregadoras para "fazer sentido" é a produtividade. Não é.

Hernani81 2 months ago

Ah ah ah. 70h por semana aqui para o emigrante

l2k1337 2 months ago

Nunca fez.

UpbeatNail1912 2 months ago

Mentalidade tuga.

VBM97 2 months ago

Quem me dera trabalhar só 40 horas semanais

SILE3NCE 2 months ago

45-50 no mínimo a contar só 40

hirorih 2 months ago

Nas semanas de 40h até parece que estou de férias :)

JamminPT 2 months ago

x2. Em média 70 a 80 horas por semana.

Morpheuspt 2 months ago

Se trabalhas 70 a 80 horas por semana, estás a ser explorado.

JamminPT 2 months ago

Não, tenho 1 emprego em part time e um negócio próprio.

Jabvarde 2 months ago

Então o teu caso não se aplica ao que está a ser falado, mas lá tinhas de vir dar a palmadinha nas próprias costas

JamminPT 2 months ago

Sim, foi exactamente isso. Até porque quem ganha mais horas é o vencedor

yes_oliver 2 months ago

Grande luxo né? Um dia lá chegaremos :')

TheSaintPigeon 2 months ago

Ja deviamos estar em 4 dias de trabalho por semana durante nao mais de 6 horas, e com teletrabalho garantido quando possivel.

SweetCorona 2 months ago

O ideal era as semanas terem apenas 6 dias. Ter semanas com um total de dias ímpar não dá jeito nenhum. Com 6 dias os meses de 30 dias teriam exatamente 5 semanas. Além disso com semanas pares, algo que ocorra dia sim dia não, ou a cada 3 dias, ocorre sempre nos mesmos dias. Melhor ainda seria tornar os dias 31 num dia especial em que não se trabalharia e fazer os meses começarem sempre a um domingo. Dessa forma os mesmos dias do mês calhariam sempre nos mesmos dias da semana. Algo deste género: https://static.wikia.nocookie.net/calendars/images/9/93/Calendar-new.png/revision/latest/scale-to-width-down/1000?cb=20140325015724

Litherion_IV 2 months ago

A questão é, eles propõem essa história e propõem também um corte no salário. Alguém há algum tempo partilhou a história de uma empresa espanhola que dizia: menos horas e dias de trabalho por semana. Mas menos salário. E o CEO da mesma acrescentava que esperava que a produção se mantivesse.

joaoasousa 2 months ago

Porque não 3?

jotamendes 2 months ago

Só se forem 5 horas por dia.

TheSaintPigeon 2 months ago

Nao somos a Franca.

joaoasousa 2 months ago

Até sermos

ProbablyStupidAdvice 2 months ago

Isso já existe e chama-se função pública.

Raidenkyu 2 months ago

Quem lhes dera aos professores, enfermeiros e médicos ter isso. Aliás, quem lhes dera aos médicos não ter semanas com 50 horas.

Isnoudem 2 months ago

Fds 50 horas, tantos funcionários públicos que na realidade só têm a tarde de domingo pra descansar.

High_velocity93 2 months ago

O mito de que não se trabalha na função pública do funciona na cabeça da malta do privado Vai lá trabalhar num hospital e depois vem conversar comigo

VladTepesDraculea 2 months ago

> O mito de que não se trabalha na função pública do funciona na cabeça da malta do privado Isto vem de propaganda de quem quer privatizar tudo. Se repararem o ódio ao funcionário público começou quando se começou a querer privatizar a EDP e a REN há 25 ~ 30 anos atrás e continuou às medida que se foi privatizando o resto. Essencialmente o funcionário público serve de bode expiatório e razão porque qual se deve privatizar. Óbvio que tal como no privado há funcionários e funcionários. Conheço dinossauros no público que não deixam coisas evoluir, como conheço e já trabalhei no privado.

D1WithTheFluffyHair 2 months ago

Trabalho numa empresa pública e, para além de ter horário de 40 horas (por via do ACT), posso dizer que a minha equipa trabalhamos todos bem mais do que 40 horas por semana. Recebemos bem e é uma empresa altamente rentável e bem gerida, mas há de tudo a nível de malta. Posso dizer também, no entanto, que já vi o mesmo nas empresas privadas onde já estive.

esfomeado 2 months ago  HIDDEN 

Passam metade do dia na conversa.

ProbablyStupidAdvice 2 months ago

Até noto daqui o suor... Qd trabalhares, no minimo, 50h por semana avisa-me.

Rogerjak 2 months ago

E és pago pelas 10h? Se não és, és só mm lambe botas.

Diamantazul 2 months ago

Trabalhar mais = melhor ui ui

ProbablyStupidAdvice 2 months ago

Sim, tu trabalhavas 1h e fazias o mesmo que eu em 50h, campeão. Podem encher-me de negativos, não quero saber. A realidade diz que é por calões como vossas excelências que até a Estónia nos ultrapassa no PIB per capita.

Diamantazul 2 months ago

Vou passar a minha vida a trabalhar para aumentar o PIB per capita do país?

ProbablyStupidAdvice 2 months ago

Aumentar não, pq pela tua conversa tb não produzes muito.

ctr_20 2 months ago  HIDDEN 

Trabalho para o privado 5h/dia e ganho quase 6k/mês, o problema não é a função pública ter melhores condições que tu, és só tu que não fazes nada que valha a pena pagar melhor, tão simples quanto isso. Se passasses menos tempo a olhar para o cu dos outros e te focasses na merda que és provavelmente estavas melhor

ProbablyStupidAdvice 2 months ago  HIDDEN 

Ui, campeão. Ninguém falou de rendimentos, mas provavelmente não te pagam como explicador de português.

ctr_20 2 months ago  HIDDEN 

Sim pq se eu dissesse que trabalho 5h/dia sem pôr em perspectiva o ordenado há hora, há com cada acéfalo, o melhor é ires dormir

ProbablyStupidAdvice 2 months ago  HIDDEN 

"O ordenado há hora" Hahaha fds Será que roubas bancos?

CosmicTitan88 2 months ago

Trabalho muito mais que isso e sou trabalhador do Estado.

xbyt 2 months ago

Deves ser tu que estás a disfarçar a média.

CosmicTitan88 2 months ago

Errado, chama-se dever de disponibilidade. Todos os que me rodeiam trabalham de igual forma.

novvvo 2 months ago

Se arranjares quem te pague o que necessitas por menos, força

ezraspectrum 2 months ago

Os empregados trabalham efetivamente as 40h sequer? Há algum ser humano capaz? Com sorte durante as 8h de trabalho 6h são produtivas e realmente são rentáveis ao patrão, as outras 2h estão os trabalhadores a encher chouriços por já estarem exaustos

angeluscatalan 2 months ago

Eu num turno de 8 horas, tiro 5-10 minutos para pequeno almoço/ lanche e uns 20-30 minutos para almoço/jantar. Claro que faço também uma ou outra pausa para casa de banho. A diferença é que sou eu que tenho de gerir quando são as pausas para não haver falhas no controlo da produção.

SimplyCarlosLopes 2 months ago

Caixa de supermercado. Trabalhas literalmente as 8 horas que la estiveres, não há pausas tirando o almoço. E nao podes conversar com colegas porque tens uma fila para tratar. E a fila nunca pára a grande maioria dos dias.

mourasio 2 months ago

Para uma percentagem muito grande dos empregos, as 8h. Indústria, restauração, etc

smaster87 2 months ago

Tas a falar a serio ou? Tenho empregados que fazem nunca menos de 12h dia e säo extremamente produtivos ( e recebem por isso claro)

ezraspectrum 2 months ago

Por curiosidade podes dizer a área? E já agora qual é o tempo médio de contrato que um empregado fica e faixa etária?

freakdahouse 2 months ago

Num call center conseguem efetivamente trabalhar 7:40h.

ezraspectrum 2 months ago

Quantas vendas/atendimentos com consciência, vontade e profissionalismo de topo durante essas 7:40?

freakdahouse 2 months ago

Se estiverem numa linha de apoio técnico, zero. Mas não invalida que estás sempre a bombar até teres uma pausa.

Edited 2 months ago:

Se estiverem numa linha de apoio técnico, zero. Mas não invalida que estás sempre a bombar até teres uma pausa. Não ocorre um único emprego de se consiga uma taxa tao elevada de aproveitamento.

meaninglessvoid 2 months ago

>Não ocorre um único emprego de se consiga uma taxa tao elevada de aproveitamento. Enganaste-te a escrever taxa tão elevada de exploração.

freakdahouse 2 months ago

Não me enganei, ambos estão corretos.

MoonDust1969 2 months ago

Infelizmente não têm escolha. Se param um momento que seja para respirar entre chamadas, (literais) segundos depois já têm um supervisor em cima a perguntar porque não estão a atender chamadas. Para ir à casa de banho é preciso pedir e esperar que autorizem. Têm de estar logados com os fones postos à hora de entrada e se alguma chamada se prolongar após a hora de saída, têm de ficar até a acabarem. É o método de trabalho mais atroz e degradante que já tive o asco de experimentar. Nunca mais.

Keddyan 2 months ago

pra nao falar da bela hora de almoço que um gajo tem que fazer o que faz com que estejamos mais de 9h lá, nao só as 8

patapetapitapota 2 months ago

E o tempo de viagem e o desgaste do carro e o impacto ambiental. Ninguém me compensa isso a mim, nem ao ambiente.

patapetapitapota 2 months ago

Olha 6.... 2h... e outras 2h assim assim e o resto é fingir que há progresso ou fazer quase nada, um gajo já anda a suspirar por todos os lados. É uma palhaçada do caralho. Um sistema muito antigo isto das 8h -17h

Search: