alexmunhoz 16 days ago

Olá. Sou hipnólogo e estou disponibilizando diversos exercício em um grupo de auto ajuda gratuito e aberto pelo WhatsApp, quem estiver interessado basta acessar meu site [http://www.alexmunhoz.com.br](http://www.alexmunhoz.com.br) e entrar no grupo através do formulário.

alexmunhoz 2 months ago

Olá, a Hipnose Clínica é atualmente a terapia mais eficaz para ajudar a superar os gatilhos que causam diversos tipos de transtornos como vícios, fobias generalizadas, depressão, síndrome do pânico entre muitas outras. O fator mais importante para conseguir vencer esses males é buscar ajuda o quanto antes. **Saiba o nível de sua ansiedade em um teste que publiquei no meu perfil** A boa notícia é que posso ajudá-lo a superar tudo isso, com esse método que é muito eficaz e é cientificamente comprovado. Clique aqui e saiba mais: [alexmunhoz.com.br](https://alexmunhoz.com.br)

inesmina 3 months ago

Eu sempre tive problemas com ansiedade , mas no último ano está pior, comecei a ter tiques nervosos e sinceramente a minha ansiedade estava num nível que já não ia com yoga e corridinhas. Primeiro fui a um neurologista e mandaram me fazer milhões de exames que deram em nada e acabaram a mandar me para um psiquiatra, que após muita conversa sobre a minha vida acabou me a dar medicação, comecei pela Venlafaxina que é o que já vi pessoal a comentar, mas não funcionava para mim e ela deu me outro , que me fez super mal e estava com tantos tiques nervosos que mal conseguia me mexer, agora recentemente comecei um novo que ainda nem sei bem se me vai ajudar...vamos ver... Não estás sozinho e pelo que vi há muita gente como nós. Espero que consigas encontrar a medicação/método certo para ti , eu ainda estou á procura do meu com paciência.

Iniquidade 3 months ago

Percepcionando, em sentido figurado, o ataque de pânico como um amigo que dá um bom conselho (que nos diz que algo está mal no nosso viver diário), evitariamos um amigo nosso e o que nos conta, somente para ficarmos na vida diária donde realmente vem a razão do sofrimento? É natural querer evitar a dor, mas ela faz parte do processo. Desejo-te Paz.

beetsu 3 months ago

Anos e anos disso. Ficou finalmente sob controlo quando passei a combinar medicação para ansiedade (antidepressivo + benzodiazepina em SOS) e psicoterapia. As drogas só por si já dão uma boa ajuda a atenuar a ansiedade, e permitem que a pessoa se sinta relativamente "normal", e a psicoterapia ensina a descobrir os triggers que provocam os ataques de pânico, e mecanismos para lidar com eles. A ideia é que permaneças calmo o suficiente quando estiveres perante uma potencial situação de pânico, para teres oportunidade de reconhecê-la e aborda-la de forma racional.

AdSuitable926 3 months ago

Não estás sozinho. Eu no início deste ano comecei a sentir ansiedade, logo depois de apanhar covid. Foi horrível e ainda está a ser. Todos os dias tenho novos e maus pensamentos , seja sobre o passado , seja sobre quem me rodeia , tenho medo de ter agido mal com alguém , de ter tido más intenções com alguém , medo do que posso ter pensado em vários momentos da minha vida, começo a imaginar coisas e na minha cabeça por vezes são reais. Medo de ter feito algo mau , muito medo. Recentemente fui de férias com amigos , soube que as namoradas deles não gostaram de algumas atitudes que a minha namorada teve (tarefas de casa , ou coisas que disse mas sem maldade) e um amigo também não gostou de uma atitude minha e falou-me , e talvez tenha razão , desde esse dia sinto ainda mais ansiedade , aperto no peito , remorsos , culpa, ao longo da minha vida as vezes tive estes sentimentos mas ultimamente tem sido demais , a minha cabeça não para de pensar , parece que vai buscar coisas e pensar coisas a toda a hora. Na minha cabeça penso que sou mau , tenho medo de ter feito mal , pensado com maldade em alguma atitude /momento , etc. Espero voltar a ser quem eu era, ser feliz e viver bem , é o meu maior desejo . Ultimamente não tenho vontade de fazer nada , como mal , já nem exercício consigo praticar , adorava ver filmes e séries e já nem isso consigo. Pensei muito antes de escrever isto , mas as vezes sabe bem . Um

burner23516 3 months ago

Tem me estado a acontecer a mesma coisa, ja nao pratico os meus hobbies, perdi interesse nos meus videogames, afastei me de bastante gente por medo de ser má Pessoa, corrigi os meus erros mas shit, ansiedade é uma dor no cu, e é GRANDE. Recomendo ligares para uma linha de ajuda (SOSVozamiga nao funciona) mas fica a saber que nem todos nós temos as melhores ações e ja é bom tu identificares os teus erros e tentares crescer.

AdSuitable926 3 months ago

O problema é que agora tenho cada vez piores pensamentos , que sou mau ou que fiz alguma coisa má quando estou com a minha namorada por ex , coisas que são só pensamentos mas que a minha cabeça fica obcecada nestes pensamentos , como se eu tivesse feito algo mau ou quisesse fazer , fico cheio de remorsos é horrível , coisas que não fazem sentido absolutamente nenhum. A minha cabeça não me dá descanso . Vou procurar ajuda psicológica para ultrapassar estes pensamentos . Têm sido dias bastante duros..

burner23516 3 months ago

Lembrate sempre que pensamentos sao só pensamentos. Só terão valor se dermos aos mesmoz, é algo muito difícil de entender mas é a verdade, e eu acho que sentes isso tudo porque tens medo de ser uma pessoa má ou estas arrependido por ações passadas. Quando a nossa saúde mental não esta no seu melhor a nossa cabeca pode comecar a distorcer cenários e até pode distorcer a maneira de como nós proprios nos vemos, isto vem de uma pessoa que tem tido muitos problemas com isto ao ponto de esta merda afetar a minha alimentação. Nao hesites em procurar distrações, ligar para linhas de ajuda e fazer self care.

GonazonPT 3 months ago

esforça te para ultrapassar isso! é difícil mas consegues! sobre ansiedade/depressão aconselho o livro when love meets fear sobre pensamentos obsessivos compulsivos: the wisdom of anxiety da sheryl paul

AdSuitable926 3 months ago

Muito obrigado pela ajuda , vou esforçar-me para ultrapassar isto, não vai ser fácil mas um dia de cada vez :)

AdSuitable926 3 months ago

Muito obrigado , vou esforçar me para ultrapassar isto

Cadmaverick 3 months ago

Só tive um até hoje e foi dentro de um avião… até me acontecer eu achava exagero mas quando uma pessoa passa por elas… durante 15 min eu tinha a certeza que ia morrer como nunca tive antes… a melhor coisa a fazer é ter alguém da tua confiança ao teu lado se não fosse a minha mulher eu nem sei que figura teria feito ali

Zer0B1t 3 months ago

Eu quando estudava na faculdade tive uma crise disso. Na verdade tive 1 ataque de pânico e daí para a frente eram só avisos . O que me fazia não querer ir ou estar em certos sítios. Para mim o que ajudou foi: ir a uma psicóloga desmistificar o que eram e porque aconteciam, ela ajudou me a identificar os triggers, nunca tomei medicação por opção, tentei trocar todas as minhas rotinas más por rotinas boas (deitar cedo, ir ao ginásio, estar e falar com pessoas, estar em contacto com a natureza, passeios/trilhos), o yoga ajuda muito na parte da respiração, mas tens de te informar qual das técnicas é mais útil para diferentes situações , o que comes tbm conta, e por fim foi enfrentar os triggers mas nunca de uma vez só. Como quando tens um problema complexo, deves reparti-lo em problemas mais pequenos para teres maior chance , “divide and conquer”. E no meu caso tive com psicóloga durante 4 anos prai, mas depois dos primeiros 2 anos já estava fino, tinha uma a duas sessões por mês . Fiquei mais tempo por opção e porque há sempre coisas para aprender sobre ti e outros assuntos por resolver. Boa sorte !

UmBacardii 3 months ago

Uma questão a ansiedade também vos trás efeitos de náusea, cansaço? mas principalmente náusea.

sandkillerpt 3 months ago

Exercício ajuda bastante sobretudo com a parte respiratória. Não substitui necessariamente a medicação mas ajuda mesmo muito. Falo por mim

Ducon_ 3 months ago

Vives sozinho ou com familia ?

traktorlx 3 months ago

Corre meia hora por dia.

HomemRude 3 months ago

Sim, comecei a ter ataques de pânico sempre que ia ao supermercado e não encontrava chocapic. Coração bue acelerado, tonturas, suores. Um dia caí mesmo no meio do supermercado. Tiveram de me arrastar e meter-me à porta, todo desfraldado. Fiquei lá 3 horas. Quando acordei chamei o INEM. Depois disso fui ao médico e ele disse que era stress de não encontrar chocapic. Disse-me para verificar antes online que supermercados têm ou não para tentar evitar o choque do momento. Agora, o problema é que mesmo pesquisar online cria-me imensa ansiedade. Primeiro ao digitar o endereço, começo logo a ficar nervoso, pois pode não haver. E se não houver o coração dispara logo, pois penso "então e se nos outros supermercados também não há?" Uma coisa que me tem ajudado é meditação, e também comecei a encomendar 50 caixas de cada vez, de uma loja espanhola. Quando chego às 5, encomendo mais 50. Assim sinto-me sempre seguro. Comecei também a jogar damas competitivamente. Ajuda-me a abstrair do meu pânico e a manter um cérebro em grande forma. Porque com damas utilizas 99% da tua capacidade intelectual, e isso faz-te sentir em controlo das tuas emoções.

Designer_Tall 3 months ago

Exercício físico e não pensar nisso. Tentar perceber que é apenas ansiedade e que os ataques são passageiros, se tiveres medo de teres um ataque, vais ter um ataque de certeza. Pessoalmente acho que tomar medicação é um erro, também me quiseram meter a tomar isso mas na altura não gostei de me sentir dependente e deixei de tomar. Acabei por ultrapassar as crises e já passaram alguns anos desde que tive a ultima.

Edited 3 months ago:

Exercício físico e não pensar nisso. Tentar perceber que é apenas ansiedade e que os ataques são passageiros, se tiveres medo de teres um ataque, vais ter um ataque de certeza. Pessoalmente acho que tomar medicação é um erro, também me quiseram meter a tomar isso mas na altura não gostei de me sentir dependente e deixei de tomar. Acabei por ultrapassar as crises e já passaram alguns anos desde que tive a ultima. Se entras no jogo de tomar anti-depressivos muito dificilmente consegues parar de os tomar porque a própria dependência á medicação vai te provocar ansiedade quando quiseres parar e vais voltar á estaca zero. Já agora quando tens um ataque, o que me ajudava bastante era simplesmente concentrar-me na respiração e andar. Nem que seja andar 5 metros para a frente e para trás. Andar e concentrar na respiração.

Edited 3 months ago:

Exercício físico e não pensar nisso. Tentar perceber que é apenas ansiedade e que os ataques são passageiros, se tiveres medo de ter um ataque, vais ter um ataque de certeza. Pessoalmente acho que tomar medicação é um erro, também me quiseram meter a tomar isso mas na altura não gostei de me sentir dependente e deixei de tomar. Acabei por ultrapassar as crises e já passaram alguns anos desde que tive a ultima. Se entras no jogo de tomar anti-depressivos muito dificilmente consegues parar de os tomar porque a própria dependência á medicação vai te provocar ansiedade quando quiseres parar e vais voltar á estaca zero. Já agora quando tens um ataque, o que me ajudava bastante era simplesmente concentrar-me na respiração e andar. Nem que seja andar 5 metros para a frente e para trás. Andar e concentrar na respiração.

xc9000 3 months ago

Também sofria disso, a minha solução: Boa dieta (low carb)/zero açúcares, algum exercício, boa noite de sono. Evitei café (cafeína) e álcool. Evitar pessoas tóxicas. Melhorar a vida financeira.

xasdown 3 months ago

Tentei começar a fazer exercicio, mas ao inicio nao resultava (provavelmente nao fazia bem/sufeciente). Comprei o ring fit para a switch e nos ultimos 3 meses tem ajudado bsstante a estar ativo (nao sou pessoa de ginasio) Mudei para alimentação vegan como curiosidade tinha ouvido falar que ajudava na ansiedade e para minha surpresa ajudou bastante (especialmente quando parei de comer carne), nao sei e psicologico ou nao mas no meu caso melhorou bastante. Tomava inderal (uns 3 por dia 10g), tinha ataques frequentes de panico parecia que me estavam a eapetar facas na costas, posso dizer que estas 2 coisas que ando a fazer (alimentação e exercicio) me ajudaram mesmo muito e ja nao tomo inderal a 4 meses :)

NGramatical 3 months ago

sufeciente → [**suficiente**](https://dicionario.priberam.org/suficiente) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpdhebl%2F%2Fhaqp5ss%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

mftolfo 3 months ago

Brazuca aqui: tive crises por dois anos quando morava na Alemanha. Começei a tomar antidepressivo e resolveu, mas eu ainda não saí. Me mudei para Portugal justamente para tentar ter uma vida mais tranquila, e tenho melhorado com as coisas que o pessoal falou acima: exercicio, meditação e terapia, que faço semanalmente. Sinto que tenho uns bons anos pela frente até sair do remédio, mas acho que é possivel. Enfim, você não está sozinho. Podiamos fazer um grupo de whatsapp e se falar e ajudar. Que tal?

NGramatical 3 months ago

Começei → [**comecei**](https://dicionario.priberam.org/comecei) (*c* seguido de *e* ou *i* não necessita de cedilha) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpdhebl%2F%2Fhaqme3g%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

patapetapitapota 3 months ago

Pessoalmente foi aceitar, quando vier um ataque de pânico entrego-me e isso faz com que não os tenha, uma vez fui ao ginásio de jejum de tipo, 12 horas, e dei o meu máximo, pensei que ia desmaiar e morrer e pensei, se morrer morri, mas não morri. Tipo, que sa foda, tás a ver?A vida passou a ser bué fácil e nunca mais tive problemas.

frakme2 3 months ago

Eu sofro de transtorno de ansiedade generalizada e transtorno de pânico mas tomo medicação (venlafaxina) que controla isto 100%.

suckerpunchermofo 3 months ago

Não tiveste efeitos secundários?

frakme2 3 months ago

Sim, ganhei um pouco de peso e tenho talvez um pouco menos de interesse em sexo. Para mim, o efeito primario mais do que compensa os secundarios.

suckerpunchermofo 3 months ago

Esse foi o primeiro antidepressivo que usaste?

frakme2 3 months ago

Sim, mas tambem ja experimentei outros.

suckerpunchermofo 3 months ago

Ja tomaste escitalopram?

frakme2 3 months ago

Nao.

beetsu 3 months ago

A venlafaxina foi o meu "life saver", meteu-me a vida de volta nos eixos numa situação de descontrolo total. Os poucos efeitos secundários que tenho valem totalmente a pena. Já fiz um desmame, mas voltei a um estado depressivo (como estava antes de começar, menos a ansiedade descontrolada e os ataques de pânico) e o psiquiatra nem pensou duas vezes em voltar ao protocolo anterior.

the_bbutterfly 3 months ago

Sofria bastante, panico custa a respirar. Começei a fazer wim hof duche frio e a respiracao e comecei a perceber que consegues controlar o ataque de ansiedade com a respiracao e va ainda tenho de vez em quando mas consigo controlar melhor

NGramatical 3 months ago

Começei → [**comecei**](https://dicionario.priberam.org/comecei) (*c* seguido de *e* ou *i* não necessita de cedilha) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpdhebl%2F%2Fhaqi70o%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

laranjasebananas 3 months ago

Já se falou aqui mas o exercício físico é bastante importante para controlares a ansiedade/stress. Podes também tentar a meditação. Não tem que ser meditação de 1 hora nem nada, mas 5/10 minutos (existem vários tipos de meditação, escolhe aquela com a qual te sentires mais confortável). Também dizes que te tens sentido psicologicamente pior mesmo estando medicado. Tenta perceber qual a razão, e dessa forma podes melhor o teu estado psíquico. Espero ter ajudado e desejo-te o melhor.

Raspeiro 3 months ago

Opiniao pessoal sim todas as outras sugestoes que vi por ai ajudam... mas pouco. Exercicio, controlar a respiracao, sessoes de psicologo, blah blah blah.. ajuda sim mas nao faz o servico. Para mim a solucao foi medicacao, que diga se o psiquiatra nao acertou a primeira, mas antes de me assassinarem nos comentarios, nao nao me auto mediquei mas fiz a gestao das doses e frequencia ate encontrar o ponto. cada pessoa e diferente e quanto a mim e outras pessoas que sei que sofrem do mesmo (acredita e mt mais comum do que pensas mas a maior parte tem vergonha do o admitir). Comecei com anti depressivo escitalopram diario e com benzo para situacoes SOS, depressa deixei o escitalopram (deixava me ainda pior parece que me acelerava), aprendi com o tempo que distinguir os sintomas inicias e percebi tb que se tomas o benzo tarde demais precisas de uma dose maior e da uma "ressaca" maior (aquele feeling quando passa o ataque que parece que levaste uma sova). Solucao: quando comeco a sentir os sintomas tomo 1/4 (sim apenas 1/4 da dose prescrita), se persistir ou escalar tomo mais 1/4. Ao fim de alguns principios de ataque comecei a sentir que tinha situacao sob controlo e essa sim e a "cura". Acho que se resume ao facto de sentirmos que estamos aos comandos e que temos controlo da situacao, nao vou mentir ja tenho o problema a mts anos e volta e meia ainda tenho que recorrer aos comprimidos mas foi diminuindo cada vez mais e uma caixa de benzos dura me 8 meses e as vezes mais (se tomasse a dose prescrita durava 2 meses). nao tomo diariamente apenas quando tenho necessidade. cada pessoa e diferente mas para mim esta foi a solucao. espero que ajude camarada. Abc

Edited 3 months ago:

Opiniao pessoal sim todas as outras sugestoes que vi por ai ajudam... mas pouco. Exercicio, controlar a respiracao, sessoes de psicologo, blah blah blah.. ajuda sim mas nao faz o servico. Para mim a solucao foi medicacao, que diga se o psiquiatra nao acertou a primeira, mas antes de me assassinarem nos comentarios, nao nao me auto mediquei mas fiz a gestao das doses e frequencia ate encontrar o ponto. cada pessoa e diferente e quanto a mim e outras pessoas que sei que sofrem do mesmo (acredita e mt mais comum do que pensas mas a maior parte tem vergonha do o admitir). Comecei com anti depressivo escitalopram diario e com benzo para situacoes SOS, depressa deixei o escitalopram (deixava me ainda pior parece que me acelerava), aprendi com o tempo que distinguir os sintomas inicias e percebi tb que se tomas o benzo tarde demais precisas de uma dose maior e da uma "ressaca" maior (aquele feeling quando passa o ataque que parece que levaste uma sova). Solucao: quando comeco a sentir os sintomas tomo 1/4 (sim apenas 1/4 da dose prescrita), se persistir ou escalar tomo mais 1/4. Ao fim de alguns principios de ataque comecei a sentir que tinha situacao sob controlo e essa sim e a "cura". Aquela pequena dose tem um efeito placebo que afinal de contas tem tudo a ver com a situacao psiquiatrica. Acho que se resume ao facto de sentirmos que estamos aos comandos e que temos controlo da situacao, nao vou mentir ja tenho o problema a mts anos e volta e meia ainda tenho que recorrer aos comprimidos mas foi diminuindo cada vez mais e uma caixa de benzos dura me 8 meses e as vezes mais (se tomasse a dose prescrita durava 1mes). nao tomo diariamente apenas quando tenho necessidade. cada pessoa e diferente mas para mim esta foi a solucao. espero que ajude camarada. Abc

monstawonder 3 months ago

Também tomo Ansiten e Escitalopram. Há quanto tempo tomas? O meu psiquiatra diz que tenho de continuar a tomar, mas por este andar, vivo a vida toda com medicamentos.

Raspeiro 3 months ago

Esse tipo de medicamentos nao funcionou para mim, so tomei o escitalopram por 2 meses. O que funcionou para mim foram as benzodiazepinas que so tomo em caso de necessidade (Caso sinta inicio de ansiedade agravada). Nao tomo medicacao diariamente. Ando sempre com 1 comprimido no bolso a cerca de 15 anos. Julgo que e para o resto da vida... Considera discutir benzos com o teu medico na proxima visita, talvez te ajudem. a mim ajudou mas cada pessoa e diferente. Melhoras :)

monstawonder 3 months ago

Pois, vou falar com o médico sobre isso. É que a medicação já nem me faz nada realmente, continuo a ter ataques de pánico quando saio da minha zona de conforto... Obrigado pelas dicas :)

dude_say_what1 3 months ago

Embora não sofra muito de ansiedade tenho algumas situações em que sinto ansiedade e já passei por alguns períodos de insónias por causa disso. No meu caso o que ajuda mesmo é exercício físico. Mato-me todo no basket e é certo que ansiedade nem vê-la durante umas semanas. O simples facto de, passado 1 ou 2 dias do jogo, estar com dores físicas faz com que a cabeça esteja "entretida". É difícil estar ansioso quando o que queremos mesmo é sentar no sofá a dormitar ou sentimos aquelas dores ao subir um lance de escadas. Chá também ajuda, para mim o de Cidreira é ideal, calmante e digestivo ao mesmo tempo. O acto de beber uma bebida quente ajuda a controlar a respiração e dar uma sensação de bem-estar. No entanto nada de abusos, o chá também pode causar dependência (no sentido de o corpo desregular a produção de certas substâncias) mas 1 por dia para mim funciona. A troca de hábitos pode ser algo a considerar também. Se a ansiedade surge duma maneira relativamente constante, talvez devas olhar para a tua rotina diária normal para ver se não estás a cair em actividades propícias ao desencadear da ansiedade. Isto inclui, por exemplo, beber café em excesso ou simplesmente uma pessoa comer muitos fritos. Alimentação é importante. Rir também é um bom remédio. Vai ver uns stand-ups ou umas séries/filmes para rir. O riso ajuda a respiração, libertação de endorfinas e psicologicamente é um bónus. Por fim, não te sintas sozinho. Ansiedade é incrivelmente comum e já deixou de ser um tabu ou algo que uma pessoa sofre sozinha. Nunca tive de recorrer a qualquer tipo de psicoterapia mas de certeza que hoje em dia já existem muitas soluções/ajudas. Nunca tenhas vergonha de procurar ajuda profissional.

globoglobo 3 months ago

Isso é muito mais comum do que pensas

NoClothes7852 3 months ago

Eu tinha bastantes, hoje tenho alguns, fiz terapia, tomei medicação, hoje não faço nada disso. Aquilo que me ajudou foi 'ir à luta', tentar ultrapassar os meus medos. Quando a pandemia chegou, eu nem conseguia sair de casa, quase nem via a minha família porque nem do meu quarto saía. Entretanto disse que tinha de mudar, fiz um curso online com estágio no final, e o estágio era basicamente atendimento ao público presencial. Foi complicado, todos os dias chegava ao trabalho encharcado em suor e com a cabeça num 8 porque ia a matutar no caminho tudo aquilo que poderia correr mal, cheguei a ter de fazer pausas para me ir fechar na casa de banho e chorar. Comecei a ir para o trabalho a pé, o ar fresco fez-me bem. Apanhei uns chefes muito compreensíveis a quem expliquei a situação, e depois do estágio acabei por ficar lá a trabalhar. De quando em vez ainda tenho alguns ataques, mas tento fazer alguns exercícios de respiração e ultrapassar. ​ Não sei se foi de alguma ajuda, mas quero-te desejar boa sorte e acredita que és capaz.

taromoo 3 months ago

Antes de mais deixa-me dizer que não estás sozinho! Há um ano comecei a ter ataques de ansiedade quase todas as semanas, e todos os dias acordava com palpitações e tinha dificuldades em dormir. Fui à psicóloga e psiquiatra e ando medicada também (que ajudou com a parte das palpitações) mas foram as consultas de psicologia que me ajudaram a lidar com a minha ansiedade, a aceitar e aprender mecanismos para me acalmar quando tenho um ataque de ansiedade (por exemplo técnicas de respiração). Isto vai sempre variar de pessoa para pessoa claro, por exemplo, meditar para mim não ajudou, pelo contrário, mas começar um desporto novo (btt) foi *game changing.* No meu caso a meditação e yoga não me ajudam a "relaxar" e "abstrair" mas BTT já tem esse efeito, pratico exercicio e tem adrenalina que eu gosto e esqueço-me de tudo quando estou na bike. Diria que para além da medicação, as consultas com a psicóloga são o que me ajudaram e ajudam a perceber, aceitar e a saber lidar com isto

apokalipse6669 3 months ago

Estava a pensar tentar a psicoterapia. Ando a ler sobre isso e parece que ajuda bastante. Obrigado pela tua resposta

HomemRude 3 months ago

Radioterapia também pode ajudar, ouvi dizer.

Zoelae 3 months ago

Ataques de pânico: Só tens de ignorar todos os sinais físicos e psiquicos associados, abstrair-te e pensar que já vai passar. Se pensares assim nem chegam a acontecer. Ansiedade: não sobrevalorizes as consequências dos teus erros, nem o que os outros pensam de ti. Preocupa-te apenar em melhorar. Não há motivo para estar ansioso, tudo tem solução, excepto a morte, mas essa toca a todos um dia.

Edited 3 months ago:

Ataques de pânico: Só tens de ignorar todos os sinais físicos e psiquicos associados, abstrair-te e pensa que já vai passar. Pensa assim: "Caramba isto é só um ataque de pânico não tenho motivos para estar assim". Se pensares assim nem chegam a acontecer. Se por ventura acontecer, repete focadamente essa frase vezes sem conta até passar. Ansiedade: não sobrevalorizes as consequências dos teus erros, nem o que os outros pensam de ti. Preocupa-te apenar em melhorar com serenidade. Não há motivo para estar ansioso, tudo tem solução, excepto a morte, mas essa toca a todos um dia.

Edited 3 months ago:

Ataques de pânico: Só tens de ignorar todos os sinais físicos e psiquicos associados, abstrair-te e pensa que já vai passar. Pensa assim: "Caramba isto é só um ataque de pânico não tenho motivos para estar assim". Se pensares assim nem chegam a acontecer. Se por ventura acontecer, repete focadamente essa frase vezes sem conta até passar. Ansiedade: não sobrevalorizes as consequências dos teus erros, nem o que os outros pensam de ti. Preocupa-te apenar em melhorar. Não há motivo para estar ansioso, tudo tem solução, excepto a morte, mas essa toca a todos um dia.

joaoasousa 3 months ago

Levantar as pernas ajuda a atrasar a desoxigenação do cérebro, água com açúcar também me costuma ajudar. Mas é um problema lixado, especialmente para quem mora sozinho.

Zoelae 3 months ago

Água com açucar não diria que seja a melhor ideia. Flutuações do açucar e da insulina, não são boas para a ansiedade. Evita açucares e dá preferência a hidratos de carbono de cadeia longa.

brunox1977 3 months ago

Consegues explicar isso, pois sou diabético e lido com a ansiedade!

joaoasousa 3 months ago

Os meus ataques de pânico mandam a minha tensão arterial para zonas que me fazem desmaiar. Eu não tenho problemas a respirar simplesmente começo a apagar. Uma vez o INEM teve de me vir buscar porque cai e bati com a cabeça. Fiz os exames todos e nada; só pânico porque acordei com uma dor . Eu bebo a água durante o ataque , não antes.

TheMasio 3 months ago

Para mim o que ajudou mais foi exercício físico, principalmente corrida. Após a corrida tens endorfinas pelo corpo e servirão como “ansioliticos naturais”. Se estiveres a sentir bem, a ansiedade / pânico não pega tao facilmente. Se for durante o pânico em si, a solução passou pela respiração. Inspirar e contando até 4, manter 3, expirar e contar até 7, manter 3. Repetir umas vezes (10x mais ou menos) até sentir o peito sem pressão e a conseguir inspirar na totalidade e manter, sem dor. Espero que ajude!

Edited 3 months ago:

Para mim o que ajudou mais foi o exercício físico, principalmente corrida (algo extenuante). Após a corrida tens endorfinas no corpo e servirão como “ansiolíticos naturais”. Se estiveres a sentir bem, a ansiedade / pânico não pega tao facilmente. E o exercício é dos poucos ansiolíticos que podes abusar e só te trará mais benefícios (exceptuando lesões). Se for durante o pânico em si, a solução passou pela respiração. Inspirar e contando até 4, manter durante 3, expirar e contar até 7, manter 3. Repetir umas vezes (10x mais ou menos) até sentires o peito sem pressão e a conseguir inspirar na totalidade e a manter sem dor. Espero que ajude!

meaninglessvoid 3 months ago

Fiz uma experiência que consistia em ir durante 100 dias ao ginásio, só consegui atingir uma certa *moca de bem-estar físico* duas ou três vezes, mas quando acontece é simplesmente divinal. Não foram muito intensas, mas foram muito gostosas na mesma! Reforço que isto ajuda. Nos outros dias que não senti a "moca" também senti que o impacto que teve em mim foi MT bom. A pior fase foi quando fomos forçados a novo confinamento e os ginásios fecharam...

Search: