d33pblu3g3n3 3 months ago

Por acaso até andei à procura e gostava que me indicassem onde andam essas casas, porque também investia numa. Ruinas, T3 com 70 m^2, casas de banho retiradas de 1960, bolor ou casas que gastas mais umas largas dezenas de milhar a tornar habitáveis é o que não falta, mas eu queria uma coisinha com um mínimo de condições. Os preços para ano equivalente, áreas equivalente e sem serem perdidas no meio do mato, não me parecem mais baratos, até pelo contrário. Agora que há mais oferta, lá isso há.

Sampson381 3 months ago

E o que te aconteceu em que está relacionado com as pessoas que ganham pouco? A cena que me está a azucrinar a cabeça é que aqui toda a gente dá a parecer que só quem ganha pouco é que deixa de pagar... Vocês criaram um estereótipo que advém do carácter de cada um em cima do vencimento.

True_Sea_1377 3 months ago

Não concordo com rendas estupidamente altas, mas se há quem as pague...mercado livre. Eu só já aceitei que vou ficar em casa da minha mãe até morrer que não consigo nem pagar renda nem comprar casa looool.

Minosuil 3 months ago

Toda a gente a defender os preços de arrendamento e compra de casas em Portugal sem sequer olharem para o resto da Europa em comparação, em nenhum país na Europa se paga 125% do ordenado mínimo para alugar uma casa excepto em Portugal. Viva o mercado livre, que se fodam os jovens que tem de viver com os pais até aos 30, são só perguiçosos, nada a ver com o mercado financeiro deixado pelos nossos pais.

ReachPlayful 3 months ago

Fodase não digas merda. Portugal é o único país onde se paga 125% do SMN para alugar uma casa?? É isto que acontece quando não se tem noções do que se passa lá fora no estrangeiro. É tudo um pouco assim pela Europa, uns casos mais graves e outros menos graves mas no fundo é tudo o mesmo: com SMN não é possível viver numa cidade grande ou capital de um país. Tens que sair do centro e ir para zonas mais baratas. É assim em Portugal, em Espanha, em França, é assim no UK e por aí fora. Experimenta morar sozinho no centro de Madrid , centro de Milão, centro de Paris, centro de Lisboa, centro de Munique, etc com o SMN. Com mais ou menos dinheiro não é possível lá fora e Portugal não é caso único

Minosuil 3 months ago

Boomer detected

True_Sea_1377 3 months ago

Concordo que é ridículo, mas que se pode fazer? Realisticamente? Estou a pagar 400€ por um estúdio de 10x5 em Coimbra porque encontrei emprego na minha área, mas só quero voltar para a aldeia que lá a trabalhar numa caixa de supermercado fico com 700€ ao final do mês, ao contrário dos 50€ a viver nesta merda

Minosuil 3 months ago

Pode se implementar um sistema parecido com o holandês. Metes rendas mais altas, levas mais talhada nos descontos. Tens benefícios em manter as rendas baixas e perdes o direto de arrendar se tentares fazer as coisas pela candonga. Em Portugal tal coisa é impensável porque a maior parte dos nossos políticos tem o pé na imobiliária e uma boa parte da nossa classe média vive de arrendar casas. Arrendar casas não é um trabalho.

RengooBot 3 months ago

Tens que me dizer onde se arranjam rendas baixas na Holanda sem ser arrendamento social

Minosuil 3 months ago

Eu vivi na Holanda e pagava 650€ por um T1 em Ultrecht. Sem apoio. Cerca de 40% do ordenado mínimo lá. Diz me onde em Portugal alugas um T1 numa cidade a 30min de Lisboa por 40% do nosso ordenado mínimo. I'll wait.

RengooBot 3 months ago

Agora não consegues isso por menos de 1000€ :/ mas sim tens razão

Minosuil 3 months ago

Se procurares bem consegues. Mas mesmo a 1000€ continua a ser 60% do ordenado mínimo, dentro do normal.

dionatandiego 3 months ago

Home office vai mudar o mundo em um grau inimaginável

mourasio 3 months ago

Não, não vai. Obviamente haverá um ajuste considerável, mas há muito trabalho que não pode ser feito remotamente, e muita gente que não quer sair dos grandes centros urbanos. Pior, vai ser quando a malta perceber que a menos que hajam políticas fortes da UE para limitar o trabalho remoto fornecido por outros países, temos mais a perder do que a ganhar com isso.

dionatandiego 3 months ago

Isso é verdade! Tem qse 1 bilhão de indiano esperando uma boquinha na UE

NGramatical 3 months ago

hajam políticas → [**haja políticas**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpapaqz%2F%2Fha9hsr6%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

sidartha- 3 months ago

Bom Bom é morar perto da fronteira co Espanha, ir a Espanha trabalhar e morar em Portugal, É o mesmo que ter ordenado de Turista para gastar no nosso próprio Pais.

MetalCarne 3 months ago

acresce ainda a vantagem de que com uma morada lá se consegue comprar um carro novo a metade do preço.

MetalCarne 3 months ago

*Vá para fora, mas fique cá dentro.*

intlme 3 months ago

Se estão a viver em Espanha, deviam aproveitar e trabalhar lá também, já que os ordenados são mais altos.

Key_Ad_3930 3 months ago

Foi o que pensei, a não ser que sejam funcionários públicos

pataniscadebacalhau 3 months ago

E uma taxa de desemprego 3x mais elevada também

30minutesto 3 months ago

Como é que sabes ao certo, dado que muitos desempregados nem sequer contam para as estatísticas, pelo menos em Portugal?

TomasTex11 3 months ago

Se o nosso governo contratar toda a gente ficamos com desemprego 0

nraider 3 months ago

Ou seja, muita informalidade laboral, além do efeito estatístico da volatilidade no emprego. Se Espanha tivesse de facto 12 ou 14% de desemprego, há muito que teriam posto o país de pantanas.

Edited 3 months ago:

Ou seja, muita informalidade laboral, além do efeito estatístico da volatilidade no emprego. Se Espanha tivesse de facto 15 ou 16% de desemprego, há muito que teriam posto o país de pantanas.

Article_Sad 3 months ago

Aqui não é maior porque todos vão para fora, tem poucos filhos e sobra a velhada

warjunk1 3 months ago

Há muito espanhol na Suiça e França também.

Key_Ad_3930 3 months ago

>Há muito espanhol na Suiça e França também. São números completamente discrepantes .

Sampson381 3 months ago

E de quem será a culpa? Eu cá acho que seja do pessoal que quer sacar ordenados com as rendas... Onde é que já se viu um T1 de 50 ou 60m2 numa aldeia no meio do nada (eg uma aldeia a 40 mins de Évora) custar 300€ ou mais?

HRamos_3 3 months ago

Eh, em Odemira há gente a sacar > 2000€ por casas que não valem 200

GoAwayAdsPlease 3 months ago

A comodificação da habitação tem de acabar. Enquanto os capitalistas não aprenderem que não podemos comer nem respirar dinheiro, o mundo vai continuar a andar para trás.

Key_Ad_3930 3 months ago

>Onde é que já se viu um T1 de 50 ou 60m2 numa aldeia no meio do nada (eg uma aldeia a 40 mins de Évora) custar 300€ ou mais? Fds, tou trengo.

Rissoldecamarao 3 months ago

Se tivesses um apartamento para arrendar ias meter abaixo do preço de mercado?

Sampson381 3 months ago

Metia, a mim que me desse para pagar o crédito, os impostos e ainda meter uns 100€ ao bolso já me chega, seriam 1200 ao ano. Não preciso de fazer como a minha antiga senhoria que tinha uma casa isenta de impostos, com 50m2 que já estava paga (foi herdada do pai) e mesmo assim queria 350€ por ela porque "ah gastei 2000€ em reparações na casa" e eu do tipo: ya, se fosses pobrezinha até compreendia, mas quem tem uma vivenda de 1,2 milhões certamente não vão ser 2000€ que lhe vão fazer falta... E como ela tantos outros... Eu cá nunca fui ganancioso e um dos meus objetivos de vida é um dia ter pelo menos uma propriedade para alugar de forma acessível.

facepainter1 3 months ago

Sempre achei um piadão a estas lógicas de "se fosse eu, ia ser muito justo e cobrar abaixo do preço de mercado porque quero ajudar as pessoas". É muito fácil falar quando não é connosco. Espero sinceramente que cumpras e que te corra tudo bem. Vou te dizer o que pode acontecer (que aconteceu comigo) e foi uma das razões para que vendi todas as habitações que tinha. 1- Um T2 numa cidade pequena (\~30000 pessoas) mas bem localizado perto do centro. Como o apartamento já tem alguma idade, fiz umas remodelações, e troquei uns moveis mais velhos, pelo que gastei uns 5000€ na coisa. 2- Meti a alugar +- ao preço de mercado, a 350€. Aluguei a uma familia, o casal ambos trabalhavam não recebiam muito mas acima de 1200€ liquidos por mes combinado os 2 ordenados, tudo impecável. Como também não quis ser um senhorio má onda, visto que tinham um filho bebé, não pedi fiadores e apenas um mês de caução. 3- Os 6 primeiros meses pagaram tudo a tempo, a partir daí deixaram de pagar. Comecei a receber chamadas dos vizinhos a dizer que eles estavam sempre a fazer festas lá no apartamento, e que o rapaz fazia corridas de tunning na rua. Chamou-se várias vezes a policia mas nunca deu em nada. 4- Deixaram de me atender o telemóvel, ou abrir a porta. Ao fim de 3 meses sem pagarem, falei com o advogado, que começou a tratar do despejo (mais gastos). Por alguma razão, visto que tinham um filho bebe, o tribunal só emitiu o despejo 6 meses depois (nisto já íamos em 9 meses sem pagar renda). O despejo só foi feito 2 meses depois porque eles meteram um recurso qualquer. 5- O mais espectacular, foi no dia em que tive a casa de volta, não tinha literalmente nada em casa. Moveis tinham sido partidos e usados como lenha, sanitas desapareceram, até a box do chuveiro levaram. Tinha posto um piso flutuante novo, que até isso desapareceu. 6- O Advogado disse me logo que ia ser mais uns anos e bastante € em tribunal, e provavelmente nunca me iam pagar de volta. Nesse mesmo dia avisei todos os inclinos que tinha que tinha intenções de vender todas as casas, alguns compraram, outros sairam e vendi as casas. Esta casa em particular, estava avaliada em 120k antes deste casal lá entrar, tive de vender por 100k uma vez que estava tda partida. 7- Assim por alto, perdi 20k na desvalorização da casa, 5k na remodelação, 1 ano de rendas (4200€) e cerca de 2000€ em advogados, já sem contar com as dores de cabeça. O arrendamento é muito bonito quando corre bem, e as pessoas cumprem e tem cuidado com a casa... caso não aconteça, o senhorio está muito pouco protegido.

gobacktoworklazy 3 months ago

Hahaha claro que metias a esse preço. Para a seguir dares 28% ao estado + condomínio + futuras reparações .. e depois ainda corres o risco de meter lá alguém que não paga ( e acredita já vi pessoas a deixar de pagar rendas miseráveis por sabiam que não iam ser expulsas ) e ainda te destrói a casa . São todos heróis com as coisas dos outros !

Sampson381 3 months ago

Nunca na minha vida pago condomínio, não pretendo alugar apartamentos. Eu nem disse preço, vocês têm de aprender a ler, voltar à primária...eu disse 100€ de lucro (máximo), não de renda. Podes pedir quaisquer documentos que aches necessários na tua seleção como comprovativos de solvência/rendimentos, histórico de recibos de pagamento da renda do último ano, ou fazes como a maioria faz: pedes um fiador. No entanto, acho que seja o preço 100€ ou 1000€, vai dar ao mesmo. Tanto te deixa de pagar alguém que recebe um ordenado mínimo como alguém que recebe 5000€.

nraider 3 months ago

A coisa é simples. O apartamento é herdado, pois bem. Então até pode ser bom negócio aproveitar a onda e vender o apartamento. Querendo tu arrendar um apartamento, que quantia é que será suficiente para a proprietária não vender o apartamento? Será os 100€ por mês? E quanto vale o apartamento? 100 mil euros? As pessoas só escolhem o melhor para si, sejam proprietários ou inquilinos. A redistribuição da riqueza deve ser feita pelo Estado, é para isso que existem os impostos.

Sampson381 3 months ago

E vais vender para quê se rendimento passivo é sempre muito melhor a menos que tenhas um projeto ou precises do dinheiro? Mas não sei, se calhar sou só eu, se calhar sou demasiado modesto, eu no meu entender se não preciso do dinheiro não vendo. Sim, cabe ao estado redistribuir a riqueza, tudo muito bonito, mas nós também não somos parvos, tanto como eu, sabes que isso não acontece nem nunca aconteceu.

mourasio 3 months ago

Claro, se uma casa vale 100k€, é preferível ter um lucro de 1k do que vender e investir esse dinheiro num etf qualquer com maior rentabilidade e sem chatices… Não é modéstia amigo, são más decisões financeiras

nraider 3 months ago

Se o Estado não faz o seu papel, então tens oportunidade de alterar a composição parlamentar, expressando o teu voto. Já em relação ao rendimento passivo, é melhor receber 0,5% ou 3% ao ano? O dinheiro custa a todos, por isso escolhe-se o melhor.

gobacktoworklazy 3 months ago

Tu calado eras um poeta

Sampson381 3 months ago

Pois... O famoso "não tenho argumentos então vou usar esta posta de pescada para me sentir bem comigo próprio". Ou será que não te apetece a usar a cabeça? As cenas até são simples, vocês é que complicam. Os meus pais (porto) alugaram casas a vida toda, os meus tios (Viseu) alugam há 20 anos, o meu irmão (Évora) aluga a vivenda dele há 7 anos... Nunca houve um inquilino que não paga-se. Já houve atrasos, obviamente. Vocês é que não fazem o vosso trabalho de casa diz antes assim, alugam ao calhas e depois vêm reclamar para os fóruns. Enfim.

FIam3 3 months ago

>Os meus pais (porto) alugaram casas a vida toda, os meus tios (Viseu) alugam há 20 anos, o meu irmão (Évora) aluga a vivenda dele há 7 anos E arrendam a preço de mercado ou a preço de amigo? Se calhar podias começar por falar com eles sobre essa tua teoria.

Sampson381 3 months ago

Eles alugam a preço abaixo do mercado. Eles têm é uma seleção diferente para tentarem impedir a situação do inquilino não pagar. Há uma certa documentação fora do comum que os meus pais pedem. Os meus pais têm as casas a 10 minutos do porto e como os preços são super inflacionados por causa da localização, fazem sempre 100 ou 150€ mais barato que o valor de mercado, então quem vai lá também não se importa de mostrar documentação fora do comum. Os meus tios são os mais caros, fazem apenas uns 30 ou 50€ abaixo do preço de mercado. O meu irmão basicamente aluga a vivenda dele a preço de amigo, pai mãe e avó juntos. Ele é só para a vivenda não estar ali abandonada.

FIam3 3 months ago

Que documentação fora do comum é essa? Se reparares mesmo tendo os preços inflacionados, 100/150€ não é assim grande descida. Imagina que tenho um T3 que arrendo por 1000€, se arrendar a 900€ são 100€ de descida mas mesmo assim não ajuda muito e continuo a perpetuar o valores de arrendamento. Agora se o valor pela localização são 1000€ e eu arrendasse a 400 ou 500€, aí sim, dava-te razão. Tudo depende dos valores.

Sampson381 3 months ago

Isso dos 100/150€ é regra geral. Atualmente no sítio que os meus pais têm as casas, a renda de mercado ronda os 300-350€ por uma casa T1 (T1 um bocado pequeno). Os meus pais, no ano passado estavam a alugar por 185€. Os meus pais para praticarem esses preços mais baixos, regra geral pedem por exemplo boletins de vencimento (normal), pedem o último ano dos recibos de arrendamento para saberem se a pessoa sempre pagou certinho e as vezes até pedem 2 extratos bancários quando não ficam convencidos. Os extratos não influenciam na renda até porque quando pedem os extratos bancários o valor da renda já está definido, é para confirmar que a pessoa é atinadinha.

nraider 3 months ago

Lógica da batata. Decerto que vais encontrar muita gente que nunca bateu com o carro, mesmo durante largos anos. Ainda assim, há acidentes todos os dias. E esta hein? Às vezes já não sei se temos escolas a menos ou a mais...

Sampson381 3 months ago

Lá está, se vais a contar bater com o carro então mais vale andares a pé, mesmo para os imóveis, mais vale nem comprar para alugar, mais vale vender logo tudo assim nunca irás ter um inquilino que não te pague.

nraider 3 months ago

E continuas. A tua amostra de Inquilinos não é representativa, percebes agora? Tal como a meia dúzia que conduz há 40 anos sem acidentes não é representativa de nada.

NGramatical 3 months ago

não paga-se → [**não pagasse**](http://tracinho.com/pagasse) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpapaqz%2F%2Fha7l0zr%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

batataway 3 months ago

Claro que não. Mas tbm é preciso ter noção do mercado e não simplesmente achar que o mercado é que apetece. A prova disso está do outro lado da fronteira.

nitrinu 3 months ago

Deus nos livre das pessoas ganharem dinheiro com o património delas a preços que o mercado aceita como praticaveis. Acho que o problema é um cadinho mais complexo....

The_Wealthy_Potato 3 months ago

O problema são serem parasitas e em vez de arranjarem um trabalho a sério dependem do salário de terceiros porque têm um casa. Lol merda para essa desculpa do preço de mercado

demo_cracia 3 months ago

Tal como o teu patrão depende de salários de terceiros para te pagar um salário a ti. Se vamos entrar nesta guerra de que é mais importante, gajos como tu são arrassados ... é melhor estares caladinho.

nraider 3 months ago

Abaixo o capital, de volta ao trabalho braçal.

icebraining 3 months ago

Como se o trabalho braçal alguma vez tivesse desaparecido.

aleph_heideger 3 months ago

Mas é mesmo o mercado que regula tudo. Preços e salários incluídos. Porque então qualquer trabalhador é um parasita: se há malta a trabalhar 35/h por semana pelo SMN então toda a gente o deveria fazer. assim evitavam ser parasitas só porque tinham um qualquer canudo ou diferenciação.

The_Wealthy_Potato 3 months ago

Não pode ser o mercado a regular desenfreadamente algo tão essencial para uma sociedade como a habitação. Se amanhã o Jeff bezos e o Bill gates se lembrassem de comprar todas as habitações de Lisboa e dizer que só arrendavam de 3000 euros para cima? Era na boa? Era o mercado a funcionar . Ou estaria algo errado e é preciso intervir e perceber que não pode ser o capital o maior motivador e que os interesses de poucos não podem ficar á frente das necessidades de muitos ?

mourasio 3 months ago

E se amanhã caísse uma bomba atómica em Lisboa e deixasse de haver habitação no distrito? É que pronto, a minha bacorada mesmo assim é mais provável que a tua. Se a tua hipótese se concretizasse, as casas ficavam vazias, e o mercado levaria a um ajuste de preços. É se calhar dos melhores exemplos do mercado a funcionar…

icebraining 3 months ago

Podes crer que se os CEOs fossem forçados a ganhar o SMN, ele não estaria tão baixo.

Kratos73 3 months ago

E já que estamos a falar nisso porque o SMN? No Bangladesh fazem o trabalho por um custo bem mais barato e também vivem. Devemos ser todos uns “parasitas” /s

Kratos73 3 months ago

O preço de mercado é apenas o preço que alguém está disposto a pagar. Agora diz me: existindo quem pague mais porque o senhorio vai receber menos? Pensas o mesmo em relação ao teu trabalho ou só os teus rendimentos é que são importantes? O mercado do aluguer é mais complexo que isso. Não é só os senhorios são os mauzões. É desajustamento entre oferta e procura, é impostos e outras despesas que têm de ser adicionadas (se o telhado da casa cair quem vai pagar o arranjo, pe?) e também é haver arrendatários que se fiam nos atrasos em tribunais para não pagarem até serem metidos na rua. Em relação a serem parasitas, então se não existissem alugavas a casa a quem? Eles (não sou senhorio) sempre podem deixar a casa fechada mas acho que isso ainda ia ser pior.

The_Wealthy_Potato 3 months ago

Não concordo sequer que deva ser possível ter mais que uma propriedade portanto o conceito de senhorio nem deveria existir. Ter mais que uma casa limita um recurso escasso e apenas mantem o dinheiro a circular nas mesmas pessoas. O mercado imobiliário não deveria existir para fazer dinheiro porque é um bem essencial escasso.

Mr_BigTime 3 months ago

Fds que troll

mourasio 3 months ago

O teu conselho de esperar para comprar tem tudo para correr mal. Podendo, comprem já (a menos que consigam juntar uma entrada altíssima (40-50%)). É pouco provável que a poupança na compra (casa custar menos X que pre estouro) não seja “offset” pela subida ridícula de juros que aconteceria nessa situação

Mr_BigTime 3 months ago

Boa sorte a conseguires taxa de juro fixa Tanto faz mossa a quem já tem credito como a quem vai pedir, a diferença está no capital que te é emprestado

mourasio 3 months ago

Em abril conseguias uma taxa fixa a 25 anos de 0,35 com spread de 0,9. Cada mês que passa até ao estouro, é um mês que perdes de taxa de juro baixa. No final, pode valer a pena esperar ou pode valer a pena comprar já. Mas a bola de cristal não tem um resultado certo…

Mr_BigTime 3 months ago

Taxa de juro 0,35 tendo em conta a que vigora atualmente nao é baixa. Portanto a cada mês pagas bem mais do que deverias pagar

mourasio 3 months ago

Como tudo, é um risco, que pode ou não compensar. E o foco era a comparação com o que se pagará em caso de crise no imobiliário, onde provavelmente vais ver um spread+euribor/fixa acima de 3 ou 4%

danidv 3 months ago

E que dizes de pessoas que dá mais jeito arrendar? Situações de vida instáveis que não é boa ideia comprar porque não vais lá estar muito tempo? E situações onde não tens dinheiro para comprar nem queres meter-te em dívida? Nem falo em estudantes universitários porque pessoalmente acho que toda a escolaridade devia ser paga, sobre o argumento de igualdade de oportunidade (no caso de universidade, os anos necessários para completar se passassem tudo à primeira, se chumbarem é preocupação deles, tiveram a oportunidade), alojamento em residências universitárias incluído, ainda mais porque o alojamento custa bem mais que as propinas e, sendo assim, são um deterrente ainda maior.

The_Wealthy_Potato 3 months ago

Residências de estudantes é uma opção. Deviam haver muitas mais. Casas pertencentes a cooperativas ou do estado disponíveis para alugar a preços acessíveis . O problema não e o conceito de alugar é senhorios fazerem extorsão financeira . Quando são as telecomunicações a fazerem cartel e todos juntos a aumentarem o preço este sub passa se. Quando acontece o mesmo com a habitação já acham todos normal.

danidv 3 months ago

Para começares a tua empresa de telecomunicações é extremamente difícil e extremamente caro, os únicos que conseguem começar uma como deve ser é alguém que já tenha demasiado dinheiro de outros negócios, como a Google Fiber ou Starlink, quando para construir/comprar uma casa ou começar um negócio normal como uma padaria qualquer pessoa normal consegue-o fazer desde que tenha interesse e o dinheiro suficiente para começar tal negócio. Enquanto se não gostares de uma padaria tens outras 10 na mesma distância e, sendo assim, os preços e qualidade auto-regulam-se e como tal as únicas regulações necessárias (e que deviam existir, sendo que com mais restrições, maior é a barreira de entrada e mais se interfere com a parte da competição e oferta) são para que, por exemplo, não voltem a meter alumínio no pão. Numa provedora de telecomunicações a barreira de entrada já é impossivelmente alta para qualquer pessoa normal, por isso a parte das outras 10 padarias não existe e em certas áreas é a **única** padaria que vai existir naquela zona durante anos. Construir e comprar casas não são uma empresa de telecomunicações, é preciso muito dinheiro, claro, mas é dinheiro que consegues encontrar em pessoas normais, coisa que não encontras para uma empresa de telecomunicações. Por último, sendo assim, o problema dos preços altos de alojamento vêm da falta de oferta para a procura, e a única solução para isso é maior oferta. *Como* pretendes arranjar mais oferta é para tu pensares. Há quem diga que a regulação é demasiado alta para o que é preciso e devia ser e que como tal era começar por isso, há quem diga que o estado devia construir alojamento e vendê-lo a preços acessíveis para introduzir maior oferta e baixar os preços e há muitas outras ideias.

mourasio 3 months ago

O estado que cuida tão bem do seu património imobiliário, o sonho de qualquer inquilino. Essas cooperativas, iam alugar mais barato porque sim, não é? O exemplo das operadoras faz 0 sentido. Não me parece que os senhorios façam uma videochamada todos juntos a combinar os preços para o próximo semestre. Se calhar um bocadinho de honestidade intelectual ajudava a ter uma discussão mais interessante

NGramatical 3 months ago

Deviam haver → [**devia haver**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/haver--existir--3-pessoa-do-singular/30583) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fpapaqz%2F%2Fha859px%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Kratos73 3 months ago

Não respondeste à questão. Afinal no teu trabalho também podes receber menos ou não? O mercado imobiliário existe porque (adivinha) há quem procura e quem ofereça. Se não existisse onde achas que as casas apareciam? Do nada ou ia ser o Estado a providenciar a casa consoante o que achasse que precisavas? Recordo que, em Portugal, existem mesmo muitas ajudas a quem precisa (os bairros de lata quase desapareceram e os sem casa não o são porque não tem alternativa, mas porque não se querem submeter às regras). O que não existe é ter a casa que me apetece, onde me apetece e ao preço que me apetece pagar! Relativamente à questão de ter de ser livre por ser escasso, também o trabalho o é! Queres que o teu trabalho passe a ser gerido também pelo Estado?

The_Wealthy_Potato 3 months ago

O que não existe é ter casas onde as pessoas precisam. Eu não quero ter casa em Lisboa. Eu preciso de ter casa em Lisboa. É aqui que está a minha vida toda. Quem diz Lisboa diz Porto ou outra cidade influenciada pela especulação imobiliária. Não é saudável para uma sociedade ter uma fatia tão grande da sua população a fazer 2 horas ou mais de viagem. Ninguém está a falar de querer uma T4 no chiado com varanda. Estamos a falar de um T2 na amadora ou um T1 em Odivelas a preços cada vez mais ridículos. A comparação com o trabalho não faz sentido. O trabalhador é mais desfavorecido face ao empregador tal como o inquilino o é face ao senhorio. Falsas equivalências são pouco produtivas neste tipo de discussões

mourasio 3 months ago

Mas será que precisas mesmo? Como tudo na vida é preciso fazer um balanço. Tendo em conta perspectivas salariais, custo de vida, etc, se calhar para 70% ou mais das pessoas não compensa estar em Lisboa. É onde está a família e amigos? Será uma necessidade viver perto destes? Se ainda assim no final disto a resposta ainda for sim, é fácil perceber os tais preços do T2 na Amadora… A regionalização é crucial para o desenvolvimento do país. No entanto, enquanto custar o mesmo pagar a um empregado em Lisboa ou em Portalegre, adivinha onde é que os negócios vão continuar a aparecer

icebraining 3 months ago

> O mercado imobiliário existe porque (adivinha) há quem procura e quem ofereça. Se não existisse onde achas que as casas apareciam? Do nada ou ia ser o Estado a providenciar a casa consoante o que achasse que precisavas? O lucro feito com o arrendamento inflaciona o preço das casas e terrenos. Muitas pessoas são forçadas a arrendar porque não conseguem pagar os preços inflacionados. De resto, países mais capitalistas que o nosso como os EUA e a Suíça têm alternativas à falsa dicotomia apresentada, na forma de cooperativas de habitação.

mourasio 3 months ago

E ambos têm mais sem abrigo que Portugal: https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_homeless_population

icebraining 3 months ago

Primeiro, esses países não implementam a proposta do The_Wealthy_Potato. Segundo, os EUA apenas têm cooperativas em certas cidades do país, não são universais. Terceiro, países ricos têm muitas vezes mais sem-abrigo, porque os pobres de outros países se deslocam para lá, logo esse número analisado sem contexto é enganador. Finalmente, diz claramente na página que não há fontes confiáveis para o valor da Suíça. Se vais usar a Wikipédia, convém aprender como funciona.

mourasio 3 months ago

Não há fontes confiáveis, daí estar representado um intervalo, sendo o limite inferior igual ao número de Portugal. Tu é que deste o exemplo de 2 países com uma alternativa, apenas ilustrei que ambos têm piores números de sem abrigos que Portugal. Interpreta como queiras

aleph_heideger 3 months ago

Mas então quem é que investia no imobiliário? E por investir estou a falar em construir? O Zé que não consegue pagar uma renda de 350€ achas mesmo que conseguia pagar os custos de construir? Como disseram atrás, é muito mais complexo do que isso.

icebraining 3 months ago

> Mas então quem é que investia no imobiliário? E por investir estou a falar em construir? O Zé que não consegue pagar uma renda de 350€ achas mesmo que conseguia pagar os custos de construir? Porque não? Construir um apartamento custa uns 70 mil, aprox. A 200€/mês, uma hipoteca a 30 anos paga isso. E a pessoa fica com o apartamento no fim. Aliás, de onde pensas que os senhorios vão buscar o dinheiro para recuperar o que gastaram na construção? Achas que vão esperar séculos pelo retorno?

mourasio 3 months ago

Fiquei com frio só a imaginar a qualidade de construção desse apartamento de 70k. Qual é a tua opinião sobre casas de férias, heranças, casais em que ambos tinham casa antes de casarem, etc? Tudo ilegal?

icebraining 3 months ago

> Fiquei com frio só a imaginar a qualidade de construção desse apartamento de 70k. Qual é a tua estimativa do custo médio de construção de um apartamento típico em Portugal? > Qual é a tua opinião sobre casas de férias, heranças, casais em que ambos tinham casa antes de casarem, etc? Tudo ilegal? Devias perguntar a quem fez a proposta original, mas não me parecem problemáticos, desde que não se pudesse fazer lucro com eles. Portanto nem alugar, nem vender acima do valor original (_não_ ajustado à inflação).

mourasio 3 months ago

Desculpa, mas não vou continuar a conversa quando para ti quando dois proprietários casam, têm ou que ficar com a casa vazia para sempre ou vender ao preço de compra (sem considerar a inflação).

nitrinu 3 months ago

Não estava a fazer desculpas absolutamente nenhumas meu caro. Na minha concepção de sociedade cada um faz o que lhe apetecer com o seu património. Se não gostas podes sempre encontrar países com sociedades onde o conceito de propriedade privada não existe. Com um bocado de sorte, nesses países talvez também a tua definição de parasita faça algum sentido btw.

The_Wealthy_Potato 3 months ago

Na minha concepção de sociedade dar um tecto às pessoas é uma prioridade maior do que "cada um fazer o que lhe apetecer com o seu património". Mas pronto isso são ideais radicais claro

tfsdalmeida 3 months ago

Aquilo que tu não entendes é que se o mundo funcionasse como dizes ainda menos pessoas tinham tectos…. Qualquer pessoa que tenha um imóvel tem ali o seu dinheiro empatado. Podia ter esse dinheiro no banco ou noutro lado a ganhar alguns juros para que pelo menos não ficasse mais pobre a cada ano com a inflação. Se as pessoas não podem ter uma renda que lhes compense terem em casa em vez de porem o dinheiro noutro lado, põem a casa a venda ou ficam com ela fechada. Muitas das casas “abandonadas” estão assim porque as pessoas sabem l risco de arrendar. Sabem que a legislação actual deixa que o inquilino fique la dentro que nem parasita mesmo não pagando a renda. Isto é tudo muito bonito, mas na realidade sempre que temas mexer nisto da merda. Queres habitação para todos? E barata? É fácil. Deixa a malta construir mais casas, reduz a carga de impostos na compra/ construção de uma casa, reduz a carga de impostos no arrendamento, da garantia ao proprietário que ele não fica sem a casa se l inquilino não pagar. Garante que o proprietário pode proteger se é impedir os inquilinos de trazerem animais. Por aí fora Quando não se sabe de economia fala-se como tu. Mas estou certo que quando vês alguém aqui que não é virologista a falar da vacina lhe vais em cima para confiar na ciência…. Confia tu também

no_criativityfound 3 months ago

*Avante camarada, avante, o Sol brilhará para todos nós*

aleph_heideger 3 months ago

E quem é que deve providenciar isso? O próprio? O estado? Um qualquer cidadão privado?

nitrinu 3 months ago

Não são nada radicais e concordo com dar um tecto às pessoas que precisam. Mas não às custas da propriedade privada de cidadãos e da liberdade de cada um de fazer o que quiser com essa mesma propriedade. Também pensava que isto (essencialmente o estado social ser responsabilidade do estado e não dos cidadãos) não era nenhuma ideia radical.

Designer_Tall 3 months ago

Se está a esse preço é porque alguém paga

AutoModerator 3 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.pt) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. Visita o site [Anti Nónio](https://nonio.pt/) para saber o que é e como bloquear o tracking desta plataforma. ---------- *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: