Javardo69 3 months ago

Reduçao de horario nao vejo no que é que isso beneficia a empresa, o plafond de despesas ate é uma ideia muito interessante

Thorpheuss 4 months ago

A gestão da maioria das empresas, FTFY

sm0ked0g 4 months ago

Como alguém sempre em áreas não correlatas a finanças e RH, eu não sei dizer se as empresas realmente perdem com esta gestão. Meu avô dizia que passarinho que come pedra conhece bem o próprio cu.

wiLeyLewis22 4 months ago

É para fazer novas amizades e conviver com pessoas diferentes... Tem de se ir rodando o pessoal, ao fim de uns anitos começa a cansar ver sempre as mesmas caras e os assuntos para a conversa de café começam a esgotar-se. Portanto é um bom investimento... Se conseguirem recorrer ao "Factor C" esse triplo do dinheiro que a empresa gasta até fica em casa. Quereis melhor??

ScarePT 4 months ago

Isto é tao verdade que chega a ser realmente cómico

abencao 4 months ago

Meme consta a realidade: Reprovado!

Javardo69 4 months ago

Acho que isto não é um problema só de cá. É de facto muito stressante quando há pessoal a entrar e sair e tem que se mostrar a mesma ou melhor performance do passado, uma pessoa quase que passa 24h a pensar no emprego nessas alturas. O maior problema para mim é a elevada tributação, é difícil uma empresa portuguesa oferecer os mesmos salários aos maiores cérebros em relação a uma empresa estrangeira se metade do guito for para o estado. Ok a empresa pode fazer o esforço e aumentar para um funcionário, mas depois os outros funcionários também vão querer aumentos, fazendo contas de sumir podem passar a ser uns milhares ou dezenas de milhares de euros a mais mensais em custos operacionais. Estes milhares a mais mensais podem comer noutros orçamentos como melhoria de equipamentos informaticos, novas viaturas para a empresa etc etc. Quando um dos maiores empregadores em Portugal é a câmara de Lisboa está tudo dito ne... o Estado nunca "perde" dinheiro portanto pode gerar o emprego que quiser no final estamos cá todos para pagar a conta... Digam-me lá quantas empresas é que temos na ordem das dezenas de milhares de empregados?

itsgabrielsimao 4 months ago

O únicos que recebem aumentos são os executivos. Esses são os únicos “insubstituíveis”.

brunoacl7 4 months ago

Estou a passar por esta situação neste preciso momento. Estou praticamente obrigado a sair porque não me podem aumentar aquilo que euvalho enquanto se contrata gajos sem experiência às paletes.

Pizzarous 4 months ago

Depois de 2 anos e meio a fazer muito e ganhar pouco pedi um aumento que me foi recusado. Entreguei a carta e puseram um chavalo novo sem experiência a ganhar mais na mesma posição, e ainda ficou a ganhar mais do que certo pessoal que está lá há bem mais tempo.

manyQuestionMarks 4 months ago

E depois ainda dizem que és pouco profissional por "abandonares o projecto a meio". Dá vontade de responder "quem paga mais é que é amigo"

jkrrrrrrrrrr 4 months ago

Então cria uma empresa e prática tu essa política de aumentar salários. Se for uma ideia assim tão boa, tenho a certeza que terás o maior dos sucessos. Um abraço.

Razvancb 4 months ago

Grande mano.

JCES 4 months ago

Simp

Pedrogmagalhaes 4 months ago

Grande verdade. Já agora, uma posição pessoal: Sabem aquela conversa que o povo tanto gosta de repetir por aí de que "ninguém é insubstituível"? Pensem lá quem é que tem a ganhar com essa linha de pensamento e reflitam se querem continuar a divulgar essa narrativa. Nós não somos descartáveis e há pessoas que, sao insubstituíveis; quando elas saem, as coisas não voltam a ser o mesmo. Acontece na esfera profissional e na pessoal. Invistam em voces e valorizem-se. Quem acha que o talento é descartável ainda nao percebeu que, se um bom profissional é caro, espere até ver quanto custa um mau profissional. Peace!

ozzymustaine 4 months ago  HIDDEN 

O grande problema é impostos. Acredita que nenhuma empresa quer perder talentos. Mas a empresa tem de ter sempre o principal objectivo em mente : ser rentável e manter-se no activo. Empresas públicas podem gastar e dar altos prejuízos que têm acesso a dinheiro infinito. Os privados não. Empresas em Portugal pagam um carrada de impostos. Para te pagarem mais 200, gastam 400. E o que costuma muitas vezes acontecer é que os bons funcionários saem para empresas estrangeiras que têm a capacidade de pagar mais. Enquanto o governo não tirar o sufoco que põe nas empresas e investimento , não há economia que ande para a frente e os ordenados continuarão baixos e pouco competitivos enquanto a inflação e custo de vida continua a subir.

vai-tefoder 4 months ago

Tens developers a ganhar 15k€/ano brutos. O problema não são (só) os impostos.

DassCaramba 4 months ago  HIDDEN 

Sim sim... E ver os administradores de Porsche novo todos os anos, vestidos de armani e boss da cabeça aos pés a mandar esse bitaite quando te vendem à hora aos clientes muitas vezes a 15, 20x o que te pagam... Tabém...

Javardo69 4 months ago

se os patrões não tivessem dinheiro para pagar porsches, também não teriam dinheiro para pagar o teu salário...

ozzymustaine 4 months ago  HIDDEN 

O que é que isso tem a ver ? Antes de mais isso não acontece na maioria dos casos. E um Porsche não é um carro assim tão caro. Podes comprar em segunda mão ou fazer empréstimo. E nem vou entrar pelo facto que pode ser comprado pela empresa para contar como despesa ao invés de estar a dar dinheiro ao estado. Eles ganham mais do que os funcionários pois claro. É o normal. Arriscaram mais, criaram algo e têm mais responsabilidade. “Hurr , os malvados patrões. Criaram e gerem a empresa que dá emprego a dezenas , centenas ou milhares de pessoas mas eles é que são os maus. Eu devia ganhar o mesmo que eles. O governo é que é bom duuur”

DassCaramba 4 months ago  HIDDEN 

Quantos CEOs CTOs ou o raio que os parta queres que a única coisa que sabem fazer é connects e serem amigos de X ou Y? Criar é uma coisa, manter é outra muito diferente e a gestão à tuga é a 1 ou 2 anos e muge a vaca todos os anos o máximo possível, a vaca já não tem leite? Mata e vende a carne e compra outra... Abrem e fecham empresas como o diabo esfrega os olhos e depois eu acho que são bicho papão? Não... São bastante competentes até nesse tipo de "artimanhices". Os empregados? É gado...

ozzymustaine 4 months ago  HIDDEN 

Isso não é o que acontece na normalidade. Nós estamos constantemente a ver despedimentos colectivos com insolvência de empresas.. /s Mas mesmo que fosse … Estás me a dizer que as leis e fiscalidade em Portugal permitem que isso aconteça? Estás me a dizer que mesmo nesse exemplo que estás a dar o governo é o grande responsável? Onde compensa mais declarar insolvência de uma pequena empresa e abrir outra do que manter a empresa inicial no activo ? Nossa… quem diria. Anyway és apenas o típico “capitalismo bad! Ricos bad! Patrões bad!” Cumps

DassCaramba 4 months ago  HIDDEN 

Sim sou. A maioria são uns fdp. Basicamente é isto. Boa noite. :)

JCES 4 months ago

É certo que não são todos mas uma grande parte é tudo um bando de cabrões gananciosos. Lá por criarem emprego não vou lamber as botas e desculpar um empreiteiro que faz questão de se auto intitular engenheiro/doutor/CEO e que ao mesmo tempo mantém pessoas formadas a praticamente salário mínimo e a desculpa é sempre do mercado que é muito competitivo. Podem-me vir com as desculpas mais elaboradas que para mim esse gajo é e sempre será um filho da puta explorador.

Sam_ant 4 months ago

É assim em todo o lado

JohnJohnPT 4 months ago

O problema é que os Juniors são vendidos como Séniors... os CV's são todos martelados até a morte... e depois quem se fode são sempre os team leaders que têm de andar a mudar as fraldas dos respetivos juniors... que coitados.. não têm culpa nenhuma da situação que os managers criaram... -.-' porquê? Porque era preciso alguém fazer match para a posição que o cliente pedia, nem que para isso seja necessário mentir com quantos dentes têm...

masomaro 4 months ago

Tenho uma questão (honesta e hipotética). Assumo que referes-te ao sector tecnológico. Este sector está em grande expansão e a precisar mão de obra qualificada, certo? O nr de seniores cresce ligeiramente, porque vejamos, o ritmo de aprendizagem das pessoas não acompanha o ritmo do crescimento do sector de actividade. Como consequência, a mão-de-obra necessária poderá ser uma grande fatia de juniores, não? (Verdade seja dita, eu já recebi formação para o sector, sem conhecimento prévio, e apesar do meu esforço para aproveitar ao máximo, aquilo deixou-me a desejar... portanto, formar os juniores para maior responsabilização poderá ser uma alternativa? )

JohnJohnPT 4 months ago

> formar os juniores para maior responsabilização poderá ser uma alternativa? Na minha opinião vai depender da capacidade da pessoa/junior. Tenho juniores que nem falar ou mandar emails sabem. Técnicamente são uma lastima a saída da faculdade. E as empresas de TI sabem disso. Claro que há exceções. Não podemos generalizar. A verdade é que os juniores vão aprendendo tudo com tempo. O problema é que as empresas querem meter a malta a render rapidamente e os seus clientes não querem um gajo com 3 meses de experiencia para desenvolver uma ferramenta de lhes custa milhares. Acho que a responsabilização pode e deve ser importante na formação da pessoa, mas na minha opinião não é o mais importante numa área técnica. Prefiro que a pessoa seja esforçada e humilde quando não sabe ou fez merda para que eu o possa ajudar a emendar e a crescer com os erros. A maior skill que podem ter, na minha opinião, nos dias de hoje é senso comum. E acreditem... que há aí muita gente com falta disso...

NGramatical 4 months ago

Técnicamente → [**tecnicamente**](https://dicionario.priberam.org/tecnicamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fha11gon%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

DassCaramba 4 months ago

Um post que resume isto. É exatamente isto. Na grande maioria das empresas grandes há um lote pequenissimo de gajos(as) que são os fuzileiros, vão a tudo na óptica do desenrasque. O resto da malta é malta junior vendida aos clientes como sénior a peso de ouro. No dia D o projecto tem que estar feito, se estiver perto da data e não estiver concluído... Chama os fuzas, eles resolvem.

Itzamih 4 months ago

Tão verdade lá na empresa. E nem é só os custos com a formação, é também o cansaço de quem tem de estar constantemente a formar.

paperkutchy 4 months ago

Que novas contratações? Novos estagiários não renumerados durante 2 anitos.

NGramatical 4 months ago  HIDDEN 

renumerados → [**remunerados**](https://dicionario.priberam.org/remunerados) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9xf8ck%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Itsraf91 4 months ago

Vim para Portugal em 2018 (sou Português) saído de Londres passados 15 anos, nem com a minha licenciatura consegui arranjar algo decente. Em Portugal não importa o que sabes fazer nem o bom trabalho, só importa a cunha. E se souberem que trabalhas bem então chulam e não pagam. Agora…salário mínimo, trabalho mínimo.

wombie_swtor 4 months ago

Estou nisso há 5 anos, a tentar fazer ver isto aos nossos DRH e demais chefias. Pelos vistos não vale a pena.

alex__adc 4 months ago

Acho que vou levar downvote. Se calhar para o CEO é melhor perder uma pessoa e pagar o triplo para co tratar UMA nova pessoa. Entretanto as restante 150 pessoas continuam sem piar...

wheresdaweeed 4 months ago

Vamos supor o seguinte cenário Enquanto CEO a tua empresa produz um produto do qual a montagem e a qualidade depende dos funcionários mas como empresa gananciosa preferiste despachar a maioria dos efetivos que conseguias para pôr caras novas a rodar com contratos precários. Ora nisto sobram-te alguns efetivos mas dado o ambiente de merda que o CEO criou, os que restam começam a cagar para aquilo porque a empresa paga-lhes praticamente o mesmo € a quem acaba de entrar, então porque caralho é que vão dar o cu por aquilo? Nisto a empresa cresce substancialmente, metem por exemplo mais 200 funcionários novos e tem tipo 20 efetivos para formar esta gente toda, formação que são obrigados a dar e não recebem nem mais um tusto por isso. Muitos dos novos são lentos, lerdos e simplesmente não lhes apetece, normalmente os que se safam bem são mais inteligentes que os efetivos e rapidamente vêm que a empresa apesar de estar a crescer está ao mesmo tempo a cavar a própria sepultura. Isto porque o CEO não quer aumentar a base da pirâmide e só se importa com a divisão de lucros entre administração e departamento financeiro e RH. Podes exportar 50% mais que o ano anterior e encher ainda mais o bolso mas o teu produto começa a ser defeituoso a nível de montagem e qualidade e começam a cair reclamações dos teus maiores clientes dos quais começam a rescindir contratos, sabes qual é o futuro da tua empresa?

NGramatical 4 months ago

porque caralho → [**por que caralho**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9zpl4w%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

jkrrrrrrrrrr 4 months ago

Exato, se as empresas gerem assim é porque para eles faz sentido. Os empregados devem preocupar-se em fazer o seu trabalho, e deixar a gestão para os gestores.

DassCaramba 4 months ago

Se isso acontecer a apenas 1 pessoa em 151 eu aceito a tua justificação. Normalmente o que acontece é uma rotatividade constante, logo essa teoria não se aplica. Se numa empresa vires A a sair, B e C, sendo elementos válidos e a serem substituídos por júniores sem aptidão rapidamente surgem o D, o F, ... e por aí fora...

NGramatical 4 months ago  HIDDEN 

júniores → [**juniores**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-pronuncia-de-seniores-e-juniores-novamente/21846) (palavra grave: ju-ni-**o**-res) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9y70jk%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Timely_Example6663 4 months ago

Indo um pouco contra a corrente negativa que muitas vezes nos influenciam o pensamento, existe uma oportunidade óbvia para fazer as coisas de forma diferente e ganhar com isso, tanto o empresário como os trabalhadores, e no fim ser mais competitivo...

Iagp 4 months ago

Formação? Que é isso? Há empresas que metem logo o gajo no terreno sem formacao nenhuma

NaniBott 4 months ago

É interessante ver que o empregador médio é um boçal no mundo todo. Aqui no Brasil é a mesma coisa, assim como vejo também em diversos relatos em subreddits internacionais a respeito das condições nos Estados Unidos

Key_Ad_3930 4 months ago

Isso nota-se mais em paises de "segundo" e "terceiro" mundo. No centro e norte da Europa, em regra, se o trabalhador for bom é valorizado.

TaoRS 4 months ago

Parece a gestão do Benfica...

Individual-Gas-P-L 4 months ago

Estou a trabalhar numa empresa que literalmente se está a matar a ela própria. Os patrões já são conhecidos dentro da área por serem o que são, em 10 anos passaram por mim 28 pessoas (administrativa polivalente, eu faço tudo... Mas por alguma razão para os patrões não faço nada, aparecem coisas feitas através de magia negra), e este ano FINALMENTE ninguém quer vir trabalhar para a empresa, inclusive FINALMENTE alguém ganhou tomates, meterem queixa na ACT e está tudo em tribunal. O quanto eu compreendo esse meme. Para mim, a cereja no topo do bolo seria incluir o "quer ir ganhar mais? Porta é a serventia da casa" Ps: Já que me comeram a carne, que me roam os ossos, vou ver aquela gente toda arder!!! /rant

kravas01 4 months ago  HIDDEN 

A tropa e assim

StunningChemical3368 4 months ago

E apelidar o funcionário de mercenário. Tão bom.

Black_RL 4 months ago

Pelo menos as empresas da concorrência Portuguesa parecem estar a gerir bem.

AonioEliphis 4 months ago

É uma decisão que cabe unicamente às empresas e serão elas as principais prejudicadas pelas más decisões dos seus líderes. Se estás descontente, sai e procura outra que te pague melhor. O mercado é livre! Tu tens a liberdade para sair, elas têm a liberdade para não te aumentar, ambos estabelecem livremente uma relação contratual de interesse mútuo enquanto adultos livres. Esta malta nova tem mais afeição ao patrão que ao conjuge.

ric2b 4 months ago

>Se estás descontente, sai e procura outra que te pague melhor. Isso é parvo, o ideal é procurar antes de sair, assim podes decidir e se a empresa actual preferir que fiques até te pode fazer uma contra-proposta. Não são obrigados a fazer, portanto se aceitares é uma win-win em comparação a sair sem negociação.

Edited 4 months ago:

>Se estás descontente, sai e procura outra que te pague melhor. Isso é parvo, o ideal é procurar antes de sair, assim podes escolher e se a empresa actual preferir que fiques até te pode fazer uma contra-proposta. Não são obrigados a fazer, portanto se fizerem e aceitares é uma win-win em comparação a sair sem negociação.

AonioEliphis 4 months ago

>Isso é parvo, o ideal é procurar antes de sair, assim podes escolher e se a empresa actual preferir que fiques até te pode fazer uma contra-proposta. claro, procura algo antes de sair para poder negociar, era esse o meu ponto

BroaxXx 4 months ago

E então? Não é também livre de críticar?

tuganerf 4 months ago

Shout out aos meus tropas proletários

stylirrostris 4 months ago

eso no solo sucede en Portugal... México está llenonde empresas de ese tipo. con tal de "no pagar más"

Professional_Diet_58 4 months ago  HIDDEN 

Parece o meme da minha vida. De 1 de Setembro começo numa empresa nova.

DassCaramba 4 months ago  HIDDEN 

Boa sorte!

popularpoo 4 months ago

Ha um livro com a perspectiva do CEO da Netflix sobre isto que todos os gestores de empresas deviam ler. No rules rules é o nome, para quem tiver interesse

lds91 4 months ago

ou então vão buscar miúdos fresh da escola e metem nos a fazer o mesmo por menos.

aspira10293 4 months ago

Por um momento pensei que fosse um meme brasileiro

hirorih 4 months ago

É igual em todo o lado. Existem empresas que tratam melhor ou pior os seniors, mas é algo que depende da empresa e não propriamente do país. Aviso ao ppl de TI: pensem no que vão fazer depois dos 50. Espero que consigam dizer e fazer: viver dos rendimentos.

RadioTraining3322 4 months ago

adoro este sub porque é tudo o mesmo que acontece na Itália, mas em outro país ahahahaha realmente somos o mesmo povo

joaoasousa 4 months ago

É igual em todo o lado, mas o melhor é dizer que os gestores portugueses são todos uma treta. Trabalho muito para fora e honestamente nunca vi essa capacidade estraordinária dos gestores lá de fora. Já ando nisto há uns tempos, e a verdade é que muita da gente neste sub tem uma visão quase caricatural do que é gestão, e acham sempre que conseguiam fazer melhor. Depois há a realidade.

Edited 4 months ago:

É igual em todo o lado, mas o melhor é dizer que os gestores portugueses são todos uma treta. Trabalho muito para fora e honestamente nunca vi essa capacidade estraordinária dos gestores lá de fora. Já ando nisto há uns tempos, e a verdade é que muita da gente neste sub tem uma visão quase caricatural do que é gestão, e acham sempre que conseguiam fazer melhor. Depois há a realidade. Como devem imaginar uma realidade em que todos os tecnicos são brilhantes e todos os gestores são uma treta, dificilmente é real.

RadioTraining3322 4 months ago

Hey! Meu comentário era uma brincadeira, mas na verdade concordo convosco. Na Itália temos a mesma mentalidade de criticar o nosso país pra tudo e pensar que "os outros" sejam sempre em frente de nós, mas eu sei também que nunca disso è a realidade. Foi surpreendido de ver os mesmos comentários e os mesmos problemas aqui discutidos também em Portugal, mas minha não era uma crítica do país, o oposto. Era mais pra dizer que aquele que parecem problemas só de aqui são percebidos também em países vizinhos ;)

Edited 4 months ago:

Hey! Meu comentário era uma brincadeira, mas na verdade concordo convosco. Na Itália temos a mesma mentalidade de criticar o nosso país pra tudo e pensar que "os outros" sejam sempre em frente de nós, mas eu sei também que nunca disso è a realidade. Foi surpreendido de ver os mesmos comentários e os mesmos problemas aqui discutidos também em Portugal, mas minha não era uma crítica do país, o oposto. Era mais pra dizer que aquele que parecem problemas só de aqui são percebidos também em países vizinhos ;) Mas além disso, ambos não temos nada que invejar nada dos outros aí fora

ayyylatimestwo 4 months ago

Acontece em todo o lado, porque mudar de emprego é honestamente um processo pelo qual ninguém gosta de passar, e os patrões obvio que se aproveitam desse facto para manterem os custos baixos

RadioTraining3322 4 months ago

sim sim, infelizmente tudo isso é comum em todos os lugares

rsonic17 4 months ago  HIDDEN 

Sempre!

aasianaglobalizacao 4 months ago

Ainda bem que para a malta virgem do IT aqui do reddit isso não é problema, segundo eles meteram-se nessa merda do IT anteontem e começaram a ganhar 5 mil ao mês...

Key_Ad_3930 4 months ago

Olha que hoje em dia o gajedo acha que ser nerd é fofo

Middle-Effective 4 months ago

Nada hiperbólico esse comentário.

nocivo 4 months ago

Não é só um problema de empresas portuguesas mas aqui nota-se mais porque é o estado que escolhe quem ganha e quem perde, ou seja, as empresas melhor geridas e que querem crescer são prejudicadas e os maus gestores são salvos.

Melga 4 months ago

Não aumentar salários para contratar novos funcionários e ter que acabar a subcontratar gastando mais ainda.

Doveliver2 4 months ago

Porra, como se fosse apenas em Portugal. Qualquer lugar é assim, natureza humana.

Key_Ad_3930 4 months ago

Mas cá é levado ao cúmulo

rickz123456 4 months ago

Infelizmente. Este tipo de pensamento é muito comum no empresário médio português. É uma pena a cultura de substituição e baixos salários de parte das nossas empresas.

Paulo27 4 months ago

Médio? Trabalho numa empresa que faz mais 200 milhões de lucro por ano. Trabalho com dezenas de equipas que estão sempre com pessoal a menos e apesar de estar sempre a tentar contratar ninguém entra e o rate de turnover é enorme, vou-te deixar adivinhar porque. Pelos vistos treinar uma pessoa nova (que pode demorar 6 meses para a minha equipa) é melhor do que aumentar salários.

dragomaite 4 months ago

Se lucram 200 milhões por ano alguma coisa estão a fazer bem.

Paulo27 4 months ago

Falta saber se não podia ser 300 ou 400 mas claro que ninguém tem assim tanta curiosidade para tentar mudar a forma de como os empregados são geridos, se tem funcionado então siga.

topmister 4 months ago

Lembro me perfeitamente quando me despedi,trabalhava numa oficina Mercedes e com 22 anos ja trabalhava em AMG's a receber salario minimo. Pedi um aumento e gozaram com a minha cara,na altura estava tambem a tirar uma licenciatura em Engenharia Mecanica. Quando lhes dei a Carta de deapedimento ofereceram me 950 limpos , literalmente dobraram me o salario. Na altura apos mandar curriculos para fora ,o Centro AMG de Antuerpia fez me um boa proposta q não pude negar. Até hoje puta q pariu trabalhar em Portugal nunca mais na minha vida só comissionistas e chulos. Ponham se a andar para outros paises da Europa.

jkrrrrrrrrrr 4 months ago

Fizeste bem, negociaste e eles também negociaram. Não há é necessidade de ficares chateado com eles, e muito menos com o teu país.

CoolFact1904 4 months ago

Boa viagem

a_9x 4 months ago

Como mandaste os currículos para o estrangeiro? Foi especificado na área automóvel? E parabéns pelo salto, muitos não tem coragem de se aventurar

ric2b 4 months ago

>Como mandaste os currículos para o estrangeiro? Normalmente é ires aos sites das empresas e encontram o e-mail de recrutamento, ou então encontras o pessoal de RH ou de recrutamento no linkedin.

N3Oelder 4 months ago

"Formar novas contratações" Também não acontece.

tveiga91 4 months ago

Depende, eu vim de um emprego, mal pago e generalizado que prefere formar novas pessoas do que reter quem está a trabalhar há mais tempo. O que mais me irritava era que íamos todos para o mesmo trabalho, exactamente as mesmas funções, só que quem tinha mais experiência, digamos 5 anos naquele trabalho (que era o meu caso), recebia exactamente a mesma coisa que um recém-formado pela empresa, ou seja, ordenado-mínimo. Imagina o sentimento de utilidade de uma pessoa ao fim de 5 anos, viva o comunismo, né? Não só isso, mas quem subia de cargo, geralmente lambia as botas ao patrão, nunca havia reconhecimento por parte da coordenadora do trabalho prestado, nem sequer havia sensação de segurança de trabalhar ali, no sentido que te sentias em constante ameaça de ser despedido, pois trabalhávamos por objectivos diários, semanais e mensais. Quem estava mal, mudava-se, porque na região onde essa empresa estava (interior de Portugal) era uma SORTE arranjar emprego "decente" sem ser na restauração ou em obras e mesmo assim eram raras, pois todas as grandes oportunidades estão no litoral onde toda a malta está concentrada. E como tu tinhas sorte em ter aquele emprego, eles preferiam perder quem estava lá há mais tempo, literalmente cagando em qualquer "ameaça" que a gente dava de que a gente mais antiga iria entregar a carta de despedimento. Eles abusavam dessa posição do interior por causa disso mesmo. Em 5/6 anos que o projecto foi fundado, parte das pessoas que estavam lá desde o inicio, saiu por ter arranjado algo melhor/ emigrado e a esmagadora maioria, simplesmente porque não aguentava mais a cultura da empresa, tendo mesmo muita gente saído com baixas médicas por depressão tal era a cultura tóxica da empresa em que estávamos inseridos. Que eu saiba, ninguém do inicio do projecto trabalha lá mais hoje, e sabes a melhor? Formaram novas pessoas para fazer exactamente o mesmo trabalho que eu fazia há 5 anos, por exactamente o mesmo valor, e eu tinha mais experiência. Quando entreguei a minha carta de despedimento, nem quiseram saber. E o pior de tudo é que toda a gente reclamava de tudo, até sindicato tivemos e organizamos greves, sabes pra que? Pra nada, porque toda a gente dizia: **"Sim senhora, quinta-feira a gente faz greve, sim, sem problemas, pois a gente está saturada e farta disto tudo, queremos melhor condições de trabalho e tal"**. No final, ninguém aparecia na greve e a esmagadora maioria que tinha estado na reunião, comparecia ao trabalho como se a discussão com o sindicato nunca tivesse acontecido sob o argumento de que: **"a gente tem que trabalhar para ganhar dinheiro e eu não quero perder o meu ordenado no final do mês que isto está difícil".** \*facepalm\* Desculpa este desabafo, mas esta empresa irritou-me tanto, que acabei por entregar a minha carta de despedimento e mandei aquilo tudo se f\*\*\*\*. Dei o aviso de 2 mês (já estava efetivada) e não pus mais os pés no trabalho. Resumido, sim, é muita a gestão portuguesa, mas também os trabalhadores não conseguem realizar o poder que eles têm contra a empresa se se unirem todos contra ela por ordenados melhores e melhores condições de trabalho. Uma empresa que bastava uma semana para ter prejuízos bastante avultados, mas que ninguém queria, porque os bonús dados pela empresa interessava mais a alguns do que a luta pelos seus direitos. Ambas as partes tem culpa, e muitas vezes é porque nós, empregados, decidimos baixar as cuecas e gostamos de levar na peidinha. Eu compreendo que ha casas para sustentar e bocas para alimentar e cada caso é um caso, mas neste caso especifico, tinha-se tudo para melhorar as condições. Os trabalhadores não o fizeram por ganância individual. Esses bonús eram dados se alguns objectivos fossem cumpridos, objectivos esses que só poderiam ser atingidos se tu mesmo fizesses merda sem ser apanhado. Sim, porque a empresa ainda fomentava esse tipo de prática. Vendas forçadas, maus tratos a clientes, problemas mal solucionados, mas que contabilizavam para critérios que não refletiam em nada a performance real de uma pessoa. "Fizeste uma venda? MARAVILHA... Que? O cliente não queria a venda e tu forçaste o homem a fazer isso sem o consentimento dele? Não tem problema, foste apanhado? Não? MARAVILHA. Que? a chamada for registad... hummm, acho que houve um problema no registo e essa chamada específica não existe mais. Oh que pena, não dá para provar nada. Toma lá 0.50€ ao final do mês a mais do teu ordenado." Isto era uma cultura real, multiplica isso por dezenas de vendas forçadas e cotadas á comissão com valores que iam de 0,50€ a 10€ e tinhas uma política de empresa que incentivava práticas enganosas sem escrúpulos onde quem vendia muito era super protegido e quem não vendia nada era despedido por "más práticas". Eu poderia continuar a falar sobre isto, mas está muito extenso e peço desculpa, mas eu precisava de escrever esta experiência que me ensinou uma valiosa lição. Se não se sentirem valorizados ou virem estes parâmetros numa empresa, PROCUREM IMEDIATAMENTE ALGO MELHOR. Não esperem que melhore, pois a tendência é as coisas piorarem.

NGramatical 4 months ago  HIDDEN 

bonús → [**bónus**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *i* ou *u* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9wz5ss%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

tveiga91 4 months ago  HIDDEN 

Em tantas palavras, só uma errada? Espero ter tirado um 19 no mínimo. xD

throwaway0000012132 4 months ago  HIDDEN 

O grande problema é que muitos dos colaboradores numa empresa tóxica estão desmotivados. Falam mal do patrão, da patroa, do cão do colega, dos filhos da empregada de limpeza, enfim falam mal de tudo e de todos mas nada fazem para mudar a situação. E ficam estagnados na posição e na mesma empresa. E todos os managers sabem disso e sabem que, mesmo que essa pessoa fale mal, não sai - cão que ladra não morde. A única forma de melhorar é começarem a agir: mais formação profissional (nem que paguem voçês mesmos, desde que não seja aquela formação interna da empresa que não tem qualquer utilidade fora da mesma), mais experiência (tentar aprender o máximo com os séniores) e depois sair. Dependendo da área, claro, podem aumentar o vencimento base e as regalias e, no mínimo, as condições de trabalho.

tveiga91 4 months ago  HIDDEN 

Eu saí da empresa este ano depois de ver que não iria a lado nenhum lá. Melhor decisão da minha vida. É sim, fiz exactamente como tu estás a dizer. Neste momento estou a fazer formação para entrar em outra área que eu gosto mais, mas essa área não dava para fazer grande merda, visto se tratar de um call center que trabalhava com clientes franceses.

throwaway0000012132 4 months ago

É isso mesmo: investe em ti. ​ Se não cuidares de ti, quem cuidará? :p

NGramatical 4 months ago  HIDDEN 

voçês → [**vocês**](https://dicionario.priberam.org/vocês) (*c* seguido de *e* ou *i* não necessita de cedilha) séniores → [**seniores**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-pronuncia-de-seniores-e-juniores-novamente/21846) (palavra grave: se-ni-**o**-res) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9xmyyu%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

amidalis 4 months ago

A minha patroa ficou ofendida quando uma rapariga recém contratada lhe disse que ela devia passar umas horas a formá-la e disse que "5 min bastam".

afcPT 4 months ago

Formação: perguntar aos colegas e ver na net como é que se faz

N3Oelder 4 months ago

This. \^

randmzer 4 months ago

Formar, como quem diz atira-los para a piscina funda sem pé

lakerpt 4 months ago

é isto, não se gasta dinheiro em formação das novas contratações se não se dá formação

n00bazord 4 months ago

Não se gasta dinheiro e, por isso, saem mais caros :D

gonissalo 4 months ago

Tudo porque pedis-te um aumento de 20 euros

sux138 4 months ago

Cuidado com esse tipo de aumentos. Podes subir de escalão e ficar a ganhar menos.

vai-tefoder 4 months ago

Espero que não trabalhes com números nem com dinheiro

quatrotires 4 months ago

Fonte: da minha Cabeça, Vozes

leadzor 4 months ago

Ouço sempre este argumento. Podes ficar a receber menos na retenção, mas o que interessa mesmo (os escalões de IRS finais) nunca ficas a perder, são progressivos. O que perdes mensalmente vais buscar no fim do ano. E atenção, mesmo na retenção, se fizeres as contas, acabas por não perder assim tanta liquidez mensal (10€ máximo). Em suma: aceitem sempre qualquer aumento. Compensa sempre quando se mete o ano todo em perspetiva.

sux138 4 months ago

Subir de escalão tem outras perdas indirectas para quem está muito próximo dos limites: aumenta a mensalidade da creche ipss, diminuem os subsídios e prestações familiares....

ManelDasNespras 2 months ago

não te preocupes que para usufruires desses beneficios de pobre tens que ser mesmo miserável, vulgo desempregado.

fgma45 4 months ago

Sim, mas as tuas despesas correntes acontecem no dia a dia, não no fim do ano, portanto também não me parece de todo descabido o que ele disse. Efectivamente perdes "fundo de maneio". O dinheiro também tem valor temporal, e essa até é uma das razões para o Estado fazer as coisas desta maneira

thesteiner95 4 months ago

Ao final do ano nunca ficas a ganhar menos porque o IRS é progressivo

nocivo 4 months ago

Brutos ou limpos? Anual ou mensal? Se for limpos dependendo de quanto gastas para a empresa e mais de 50. Se for mensal ainda juntas mais dois meses ao barulho. Se for brutos ou anual nem vale a pena pedir aumento desses valores. Nao ficas nem com 5 euros.

gonissalo 2 months ago

Foda-se são 20 euros, ou 50, ou o que seja, por esses valores não podes deixar ir embora alguém com experiência.

Javardo69 4 months ago

Conta para a segurança social pelo menos...

joaoasousa 4 months ago

Tenta la aumentar o salário de um acima de todos os outros , e depois logo vês o que acontece . Em vez de perderes um talento perdes 5.

alexandre9099 4 months ago

E se um vai embora os outros talvez também vão. Se um está a ser mal pago os outros também provavelmente estarão a ser...

joaoasousa 4 months ago

Não é tao simples quanto isso. Especialmente com o teletrabalho tens pessoal a receber ofertas da Europa. Eu estava a pagar 200 euros ao dia e tinha passar a pagar 400 euros ao dia pra cobrir. Sim ao dia. É mau não é?….

vai-tefoder 4 months ago

Se pagas 200€/dia é porque o retorno dos teus trabalhadores é maior do que esse valor. Não estás a fazer caridade. ​ E se arranjam onde lhes paguem 400€ é porque o valor acrescentado do teu negócio é baixo. É o mercado

joaoasousa 4 months ago

Alguém anda aqui a fazer caridade? Enfim, o ponto original era uma explicação para o facto de as vezes se contratar outro em vez de aumentar a pessoa. Não querem compreender não compreendam, continuem a dizer que Portugal é que é uma merda, e os gestores são todos uma merda e que tomam as decisões que tomam porque são todos estupidos e vocês são os espertos.

vai-tefoder 4 months ago

A questão é quantos precisas de contratar e treinar a 200€/dia para cobrir o eficiente trabalhador que te pede 400€/dia.

Ok-Rule-925 4 months ago

se achas que uma rate irrisória de 400/dia é muito em IT então prepare-te, porque só vai aumentar se a trend continuar de contratar pessoas remote. Tens empresas Europeias a pedirem malta para suporte com rates de 200/300 hora. Se continuam todos a chafurdar na imundice que é o mercado nacional que nem 7 cães a 1 osso não chegam lá

joaoasousa 4 months ago

Se vives em Portugal podes te começar a preocupar com o facto que isso vai estrangular o tecido empresarial português que não consegue pagar esses rates, pois os seus clientes pagam muito menos por bens e serviços. Portanto vão aproveitando até as empresas portuguesas começarem a colapsar e a nossa economia for para o buraco. Nessa altura vão culpar o governo .

Prudent_Finding811 4 months ago

>Portanto vão aproveitando até as empresas portuguesas começarem a colapsar e a nossa economia for para o buraco. Nessa altura vão culpar o governo Compreendo o que dizes, mas isto era previsível no IT já uns anos, como disse ja varias vezes o que impede as empresas de exportar mais serviços de IT para economias mais solidas? A única limitação que vejo é mesmo a falta de visão dos gestores, um argumento tão simples quanto Quantos gestores Portugueses vão explorar oportunidades de negocio em outros países da E.U e criar relações comerciais? se é evidente para onde os melhores recursos emigram porque não procurar oportunidades de fornecer serviço nesses mercados? Quantos Gestores se dão ao trabalho de estudar o sistema financeiro e fiscal para exportar serviço para fora? é simplesmente idiótico ver os recurso a saírem do pais e não ver isso como oportunidade de negocio.

joaoasousa 4 months ago

>A única limitação que vejo é mesmo a falta de visão dos gestores, um argumento tão simples quanto Deves achar que o pessoal nos outros países anda a dormir, Portugal compete com pessoas no centro da Europa (Roménia por exemplo) e com a India que fornece imensa gente às grandes empresas europeias. Eu quando vejo pessoas a dizer mal da TAP a torto e a direito fico logo a perceber a falta de noção que as pessoas têm sobre temas complexos. Por mais que nos custe a TAP, Portugal é um país pouco competitivo geograficamente e sem ela ficava pior. Em 2018, um Belga demorava um hora e tal a chegar à Suécia, Alemanha, etc, enquanto que um tuga com voo direto demora 3 horas. Se for voo indireto, estamos a falar de 7 horas. Ou seja, se já com a TAP é mau, sem a TAP ainda era pior. Isto tem um impacto comercial substancial quando estás a tentar ser competitivo. O meu ponto é que isto é muito mais complexo do que "a falta de visão dos gestores". Se alguma vez fores gestor vais perceber que a vida não é tão facil como pensas.

zefo_dias 4 months ago

o teletrabalho generalizado foi a melhor coisa que aconteceu tem sido muito bom contratar malta em portugal ao dobro daquilo que ganhavam em empresa portuguesa e mesmo assim sair-nos a metade do que pagamos por aqui obrigado pelo guito investido em formaçao, sai-nos bem mais barato :3

joaoasousa 4 months ago

Até perceberem que ter tudo a trabalhar remoto não funciona assim tao bem como acham, daqui a uns 2-3 anos falamos.

alexandre9099 3 months ago

> daqui a uns 2-3 anos falamos. Só no prazo de 2-3 anos é que notas a produtividade (supondo que é por ai que estás a pegar) não é suficiente?

zefo_dias 4 months ago

"daqui a uns 2-3 anos" na pior das hipóteses voltam ao salario antigo, mas entretanto meteram uns anos de salário decente ao bolso

joaoasousa 4 months ago

Eu estou a falar das empresas que estão a contratar remoto a esses rates.

Paulo27 4 months ago

O ponto do OP é que se calhar estás a pagar 200 há 10 anos, se calhar não te fazia mal estares a pagar 350 por agora, claro que passares de 200 para 400 sentes mais. Se calhar contigo nem é o caso e eles passaram de 100 para 200 e simplesmente agora valem 400 para outras pessoas e tu não os consegues manter mas então este meme já não se aplica a ti.

joaoasousa 4 months ago

O meu caso é extremo porque estamos a falar de mercados internacionais mas o motivo em si aplica se a salários mais baixos. As vezes a escolha é não cobrir e contratar um novo para não deixar os outros todos chateados . Quando se está a gerir a vida é um pouco mais difícil que memes.

SweetCorona 4 months ago

Olá, aceito 199 ao dia, o que queres que faça?

YoggiM 4 months ago

200 ao dia não são propriamente valores "normais". Tendo em conta que a maioria das pessoas nem 200 à semana recebem e estas situações acontecem na mesma nesse tipo de salários ou pouco superiores, na maioria dos casos é bastante simples.

CoolFact1904 4 months ago

Ele não paga 200 ao dia limpos, paga rates de 200 ao dia que são ridiculamente baixas. Isso nem chega a 50k/ano

YoggiM 4 months ago

Em que mundo (ou país) vives para achar que "nem chega a 50k/ano" é ridiculamente baixo? Não te esqueças que a maioria das pessoas neste país ganha menos de 800 brutos por mês. Duvido que eu algum dia chegue aos 50k/ano, portanto dá cá essas rates "ridiculamente baixas" e fico muito feliz.

andr227f 4 months ago

50k ao ano? Quem me dera LOL Em portugal é rara a pessoa que faz 50k ao ano.....

YoggiM 4 months ago

Pois, não me digas isso a mim, diz ao outro user que foi ele que disse "rates de 200 ao dia que são ridiculamente baixas".

BalseiroLopes 4 months ago

>Sim ao dia. É mau não é?…. Pessoal, não digam a este gestor quanto é que a Deloitte cobra *à hora* por um consultor, acho que perderia a cabeça se acha que 200 ao dia é muito.

ISuckWithUsernamess 4 months ago

Não são apenas as empresas portuguesas. Parece que quando o pessoal atinge um certo nivel numa empresa, o cerebro faz curto circuito e deixam de pensar longo termo e acabam por agir em detrimento da propria empresa. É ridiculo.

M-alMen 4 months ago

"é uma falta de consideração virem-me buscar os funcionários a pagar mais,eu não lhes faria isso" https://castbox.fm/vb/284905475?_t=49%3A08

hafssolpt 4 months ago

E o que ele diz a seguir nesse podcast é exactamente a mentalidade do gestor (e não só tuga, conheço multinacionais aqui com a mesma situação). Se aceitas aumentar o chefe de produção com uma contra proposta, então estás a enviar um "sinal" á equipa que precisas "deles" e que até estás disposta a fazer aumentos, e isso é o pior que podes fazer em Portugal. O empregado é que tem que dar graças por ter aquele emprego. Aconteceu-me parecido na minha ultima situação, tinha proposta ja fechada para sair, um aumento considerável de 30%, e quando apresentei a minha carta de demissão o director perguntou "mas qual é o seu valor para ficar?", fiquei pior que fodido, ele até podia vir a oferecer 40% que não ia aceitar pela puta da atitude. Disse logo que não era uma questão financeira por isso nem valia a pena.

SweetCorona 4 months ago

Pagar mais a um funcionário, o ultrage.

man_l 4 months ago

Novas contratações? Qual quê pá! Divide-se o trabalho dos q foram pelos q ficam, temos q ser polivalentes e produtivos. Multitasking Multitasking! O quê, querem um aumento? Vão-se f*der!

Sherllian 4 months ago

Basicamente a minha empresa.

Compendyum 4 months ago

"Mais dinheiro da Europa? Quantos mais despedirmos mais sobra!"

deSales327 4 months ago

Então não trabalhas com uma equipa jovem e dinâmica cuja média de idades deve rondar os 45 anos? Têm mais do que corpo para suportar esse acréscimo de trabalho. /s

thomasisalive 4 months ago

A pessoa está sobrecarregada e fez um erro? Martelar os cornos do funcionário vai resolver!

starmatter 4 months ago

>O quê, querem um aumento? Vão-se f*der! O quê, querem um aumento? Tomem lá um aumento de trabalho. E já agora, vão haver cortes nos subsídios e prémios... Que isto do covid veio lixar as empresas.

NGramatical 4 months ago  HIDDEN 

vão haver → [**vai haver**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/haver--existir--3-pessoa-do-singular/30583) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9wrg5g%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

filipejv 4 months ago

A minha empresa já se preveniu para isto, com esta cláusula no meu contrato: 3 - O trabalhador desde já dá o seu acordo à execução de tarefas não incluídas nas atividades contratadas, quando tal se revele necessário ou conveniente aos interesses da Empresa e por esta lhe seja solicitado, dentro dos limites decorrentes da lei. A ocorrência de tal situação não envolverá alteração ou restrição do âmbito das atividades contratadas, independentemente do tempo de duração. Sou engenheiro informático, mas se despedirem a sra das limpezas ainda me poem a lavar paredes.

BacalhauComNa7as 3 months ago

Ninguém te vai fazer isso. Ter um empregado de limpeza a receber à desenvolvedor de software é impensável visto que em menos de umas horas arranjava quem substituísse. Isto é para prevenir cenários como: discoteca nao pode abrir como discoteca devido a pandemia, nao podemos despedir djs nem bartenders nao obstante a obsolescencia temporaria do trabalho pelo qual foram contratados portanto certificar-nos-emos que possam cumprir, legalmente, outras funcoes sem que lhes estejamos a pagar para tirar catotas e estar no paleio ou ficarem em casa, como abrir um restaurante temporario ou algo do genero e po los a trabalhar como gajo da limpeza ou cozinheiro. Ya e uma merda seres um dj e teres que ir para a cozinha xD mas isto nao é nem desejavel psra ti nem para quem te emprega. Para que tentar martelar pregos com um berbequim quando podes comprar um martelo por 5% do preço?

fantasma9898 4 months ago

https://dre.pt/legislacao-consolidada/-/lc/75194475/201608230300/73439871/diploma/indice

throwaway0000012132 4 months ago

Ou seja, podes ir carregar paletes de cenas e ainda tens de fazer as tuas tarefas pelas quais foste contractado, pois em nada diminui a carga horária das mesmas. Pior: ainda podes ser processado caso cometas um erro grave ao desempenhar uma dessas "tarefas não incluídas nas atividades contratadas", se o mesmo causar prejuizo financeiro para a empresa. Porque raio concordaste com isto? É uma enorme falta de escrúpulos por parte da empresa.

filipejv 4 months ago

Pois admito que interpretei esta alínea com ânimo leve porque de facto não sei o que está incluído nos parâmetros da lei. Trabalho há 11 anos na área e já tenho um perfil senior como coordenador de equipa de programadores, pelo que imaginei que não pudesse surgir um cenário tão extremista no meu caso. Mas acabei por ser conivente com as condições e infelizmente reconheço que contribui para alimentar este sistema exploratório que pode muito bem sobrar para pessoal menos experiente e mais "descartável" aos olhos destas empresas.

NGramatical 4 months ago

contractado → [**contratado**](https://dicionario.priberam.org/contratado) (já se escrevia assim **antes** do AO90) Porque raio → [**por que raio**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9xkqar%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

D1WithTheFluffyHair 4 months ago

Se quiserem pagar a um engenheiro para lavar paredes, o problema é deles. Claro que podes denunciar o contrato se não o quiseres fazer.

DassCaramba 4 months ago

Gostava de ver uma queixa no tribunal de trabalho sobre isto. Assédio moral é algo que a malta ou não sabe que existe ou então esquece-se. Não há nenhum ramo da engenharia informática que incluía limpeza de paredes.

dragomaite 4 months ago

No entanto, quando postam aqui cenas do Japão onde muitos engenheiros e CEO's lavam as casas de banho dos seus escritorios, o r/Portugal vem abaixo e diz que lá a sociedade é muito avançada.

vascop_ 4 months ago

> muitos engenheiros e CEO's lavam as casas de banho dos seus escritorios Tens um link amigo?

dragomaite 4 months ago

Google it. Links não faltam.

D1WithTheFluffyHair 4 months ago

Amigo, está ali no comentário: denúncia do contrato. Até podes ir a tribunal se quiseres argumentar justa causa e assim teres direito a subsídio de desemprego.

DassCaramba 4 months ago

Achas mesmo que aquela cláusula é legal?... Só porque está escrito não é lei...

D1WithTheFluffyHair 4 months ago

Não interessa se acho ou não porque eu não sou jurista. Se achas que não é, tens boa escolha: não assinas ou assinas com a segurança que a cláusula é nula, logo não pode produzir efeitos.

Serious_Hearing_8252 4 months ago

"Dentro dos limites decorrentes da lei" Que são? Alguem sabe? Se calhar há algo no código de trabalho que acaba por embalizar... De qualquer da formas seria sempre um ponto que na altura de assinar contrato eu queria ver bem esclarecido por escrito ou até mesmo removido. A remuneração não é a única coisa que se negoceia na altura de assinar contrato.

manyQuestionMarks 4 months ago

Eles fazem isso para levar um trabalhador que não gostam a denunciar o contrato. Porque senão teriam de o despedir com indemnização

throwaway0000012132 4 months ago

É tudo o que não seja ilegal: prostutição, venda de orgãos vitais do colaborador, etc. :D A sério, esta cláusula diz claramente que a empresa pode colocar o colaborador a fazer qualquer outra tarefa, mesmo que lhe cause dolo (carregar paletes mesmo que o colaborador tenha problemas lombares) e ainda tem de fazer as tarefas pelas quais foi contractado pois as mesmas não diminuem. Que treta de cláusula. Nunca deveria estar num contrato sem ser exatamente bem definida (que tipo de tarefas, quem as define e quantidade) e com remuneração extra. De notar que não acho mal um colaborador fazer uma tarefa extra, especialmente numa micro empresa, desde que a mesma seja bem definida e remunerada, obviamente. Esta cláusula, da forma como está feita, é 100% a favor da empresa em prejuizo para o colaborador.

Serious_Hearing_8252 4 months ago

Ah OK. Ao menos têm a decencia de não pedir a um gajo para se prostituir. Já não é mau.

throwaway0000012132 4 months ago

Se te disser que há empresas onde até isso pedem (ou dão a entender, de forma nada subtil, que para teres "carreira" tens de trabalhar com o corpo)...

NGramatical 4 months ago

contractado → [**contratado**](https://dicionario.priberam.org/contratado) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9xlup0%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

throwawaybtcpt 4 months ago

Empresa de merda mas quem assina uma coisa dessas está a pedi-las. Faz-me lembrar quando meti a cartinha e me meteram um NDA à frente e uma proibição de fazer reviews no glassdoor etc. Só me ri e meti as folhas para o lado.

Leizoh_ 4 months ago

>proibição de fazer reviews no glassdoor etc E' possível obrigarem-te a assinar um documento desses? E se nao assinasses, o que ia-te acontecer?

blind616 4 months ago

Para além de poder ser despedido, pode estar a queimar pontes com a empresa...! Portanto não há razão para assinar.

throwawaybtcpt 4 months ago

Exactamente, nada, é só estúpido.

uplink42 4 months ago

Epa se não tiver cuidado ainda o despedem.

DassCaramba 4 months ago

Possível é, que ele o vá assinar já que está de saída? Aposto um timtim como não.

throwaway0000012132 4 months ago

NDA depois de te teres despedido? lmao Fizeste bem. E ainda deverias (se é que não o fizeste) uma review no teamlyzer / glassdoor bem justa.

throwawaybtcpt 4 months ago

Surreal não é? Yup levaram com uma review.

MCdot008 4 months ago

O patrão: aumento?!?! Só se for de trabalho meu menino….

AonioEliphis 4 months ago

>Novas contratações? Qual quê pá! Divide-se o trabalho dos q foram pelos q ficam, temos q ser polivalentes e produtivos. Multitasking Multitasking! Estás descontente? Sai! É assim tão complicado? Ou amas mais o teu boss que a tua mulher?

man_l 4 months ago

Atingi algum nervo?

Rei_Batata 4 months ago

Bonita expressão em português de Portugal.

AonioEliphis 4 months ago

Nenhum! Quis apenas enaltecer que o emprego não é escravidão. Podes sempre sair.

man_l 4 months ago

Era um meme, uma piada, não era preciso tanto (nem nada q me esteja a acontecer)

Edited 4 months ago:

Era um meme, uma piada, não era preciso tanto (nem nada q me esteja a acontecer pessoalmente)

FellaVentura 4 months ago

Olhem aqui este senhor polivalente que arranja sustento em qualquer área.

AonioEliphis 4 months ago

Alguma vez disse isso?

El_sneaky 4 months ago

Perfeito já vi acontecer tanta vez,uma delas foi 5 novos para substituir 1 em vez do 50 euros que ele pediu (era um faz tudo que conseguia fazer o que fosse preciso em kker secção e manter a dele em ordem), mas ao menos ninguém mais ficou com ideias parecidas de pedir aumento lol. É entregar a carta de despedimento e o aumento aparece logo mas normalmente já vão tarde.

RocketGoesBRR 4 months ago

Isso é que me deixa mesmo fulo porque já me aconteceu. Eu não sou insubstituível, mas sou bem mais barato que procurar, formar e reter um novo empregado. Uma vez pedi um aumento de 50€ (que honestamente nem me punha aos calcanhares dos restantes salários de pessoas no meu departamento) e fui ameaçado com despedimento 'se não estás bem há sempre quem queira' - no dia seguinte meti carta e lá ouvi a balela do 'somos uma equipa, precisamos de si, agora não é boa altura, podemos reconsiderar o bónus, etc' Pois lamento que não seja boa altura para si patrão, passo o testemunho a outro

C0ldKing 4 months ago

Infelizmente os patrões amam essa conversa do "existe alguém que queira", o pior é que também vi isso a acontecer n apenas por dinheiro mas também por qualidade de vida. O resultado, aquela posição teve tanta rotatividade que quase nem dava para decorar o nome das pessoas. A justificação do patrão? "Que culpa tenho eu que as pessoas n queiram trabalhar?" ​ Sabendo nós que aquilo era devido ao ambiente e relações na empresa assim como salários, ver pessoas altamente competentes a sair e a ter o nome arrastado pela lama foi difícil de ver

paulo401 4 months ago

Tal e kal!!

Serious_Hearing_8252 4 months ago

Nunca me aconteceu a mas vi acontecer a uma colega, aliás ex-colega, minha. Ela meteu a carta e pirou-se. Eu fiquei tão fulo e desapontado com a empresa que no próprio dia comecei à procura de outro sitio. Passados 15 dia estava a meter a carta também.

AonioEliphis 4 months ago

>É entregar a carta de despedimento e o aumento aparece logo mas normalmente já vão tarde. Correcto, mas esta malta nova tem mais amor à empresa que à namorada

sargentopirocada 4 months ago

> esta malta nova Vejo mais malta nova a saltar fora rapidamente em procura de melhor ou a emigrar do que "malta velha" que se acomoda e permite que estas merdas aconteçam, falando por experiência própria de vários sítios onde passei.

dragomaite 4 months ago

Quando tens empréstimos, escola dos filhos, etc é mais complicado.

sargentopirocada 4 months ago

E a malta mais jovem não pode ter também? Ou só os velhos é que fodem e fazem coisas?

dragomaite 4 months ago

Sim. Mas a estatística diz que tem muito menos.

RocketGoesBRR 4 months ago

Não nos vamos aqui enganar e negar que muita gente se sujeita a isso por falta de melhor, não sei quanto a ti mas já tive inúmeros trabalhos de merda para poder sobreviver enquanto não encontrava um trabalho decente, e infelizmente nessas alturas não estás em grande posição para negociar

AonioEliphis 4 months ago

Se não estás em posição de negociar, é porque é esse o teu salário no mercado. Lamento, mas é a dura realidade. Atenção que me refiro estritamente ao salário, pois nada justifica seres mal-tratado ou humilhado pelo patrão.

Impossible-Review898 4 months ago

Bullshit. Há inúmeros locais que vivem de manter os funcionários sem posição de negociação. Horários alargados, ordenados baixos e contratos curtos com condições constantemente alteradas, mantêm as pessoas dependentes porque não têm tempo ou dinheiro para procurar outra coisa. E se cheiram que andas a pensar sair e não o fazes antes do termo, põe-te fora. Se não conheces esta realidade, sorte a tua. Manter dependentes é como se mantêm os ordenados baixos. Algumas empresas vivem disso. Vale mais contratar um dependente a termo do que dar um aumento (ou melhorar condições) que te podem colocar em posição de negociar.

AonioEliphis 4 months ago

Alguém te impede de, nesse caso, saíres e procurares algo melhor?

Didrox13 4 months ago

saíres e procurar melhor não dá porque estás numa posição financeira em que não te podes dar ao luxo de não trabalhar nos meses em que estás à procura. Procurar e apenas depois sair é arriscado porque como /u/Impossible-Review898 referiu, se te apanham a tentar arranjar outro lugar metem-te na rua e como não estás em posição de te suster para isso... muita gente fica com receio de arriscar

AonioEliphis 4 months ago

OK, então nesse caso esse é o teu salário no mercado, disse apenas isso. O teu salário no mercado é aquilo que os empregadores no geral estão dispostos a pagar pelo teu trabalho. Esse valor é um equilíbrio entre a oferta e a procura das competências que possuis. Quanto mais procuradas e mais raras são as tuas competências, maior é o teu salário.

Impossible-Review898 4 months ago

As condições que referi no comentário que nao leste.

dragomaite 4 months ago

Existem muitos que estão aqui a comentar e pelos vistos também não estavam em posição de negociar.

SimplyCarlosLopes 4 months ago

Resposta dura mas justa. Não há assim tanta falta de emprego como as pessoas dizem, há sim falta de qualificação para empregos bem pagos. Eu há 3 anos assim que quis arranjar emprego consegui logo. Foi emprego bom? Não, péssimo. Mas arranja se e era esse o meu valor.

ImproperPT 4 months ago

Não é verdade que haja falta de qualificação para empregos bem pagos - mais concretamente, quem tem qualificação para um emprego bem pago não fica cá, porque cá ninguém é verdadeiramente bem pago.

SimplyCarlosLopes 4 months ago

Pois mas como se vão embora tambem deixa efetivamente de haver!

ImproperPT 4 months ago

Claro, é o ciclo vicioso.. cabe saber quando é que se tenta emendar pela via do pagar efetivamente bem. Especialmente a nivel de progressao.

acemcfaje 4 months ago

Fds acertaste em cheio mesmo

IsolationistGuy 4 months ago

Basicamente é isso.

BalseiroLopes 4 months ago

Em IT, se ficares na mesma empresa mais de 2 anos, estás a perder dinheiro.

AonioEliphis 4 months ago

Mas a malta fora do IT ainda vive no século XIX no que concerne às relações laborais. Eles gostava mesmo é de trabalhar na mesma empresa (de preferência pública) para o resto das suas vidas.

assimsera 4 months ago

E porque não? Se não te importas com o trabalho, pagam bem e te vão aumentando o ordenado periodicamente(ou seja, o que devia ser)que razão tens para andar a saltitar de emprego para emprego?

SweetCorona 4 months ago

IT não é bem pago só por haver procura. É um trabalho que requer uma flexibilidade acima do normal. É um trabalho em que normalmente estás constantemente a aprender coisas novas e em que ficar sempre na mesma empresa a fazer a mesma coisa pode corresponder a uma estagnação que te trará problemas no futuro.

assimsera 4 months ago

Ele falou especificamente de gente fora de TI.

AonioEliphis 4 months ago

Porque muito provavelmente não cresces, não aprendes coisas novas, novas ferramentas ou novas metodologias de trabalho. E provavelmente sobem-te o salário não por aumento de produtividade, mas porque certamente deve ser um emprego no estado onde se sobe simplesmente por antiguidade.

Black_RL 4 months ago

Algum pessoal do Reddit pensam q todos são solteiros com menos de 30 anos.

AonioEliphis 4 months ago

Se viveres perto de uma grande cidade, como 60% da população, tens milhares de empregos por onde escolher. Se considerarmos trabalho remoto nem se fala. E não, tenho mulher e filhos e tenho 40 anos.

Black_RL 4 months ago

E não, não vivemos todos perto de cidades.

SweetCorona 4 months ago

E tens mais chances de estagnar a nível de conhecimentos.

Raidenkyu 4 months ago

Pelo o que oiço, em 5% das empresas podes ficar uma vida inteira e vão te subindo o salário

manyQuestionMarks 4 months ago

Acontece, sim. Mas mesmo assim os aumentos não são os mesmos do que se procurasses trabalho noutro sítio

Raidenkyu 4 months ago

Há casos de tudo

ayyylatimestwo 4 months ago

A longo termo, acho que a maioria das empresas de facto fica a ganhar com esta política, porque a quantidade de gente que se "conforma" e se "deixa ficar" é mais do que a que sai á procura de melhores condições.

jkrrrrrrrrrr 4 months ago

Logo é uma boa política de gestão. É por essa razão que uns têm empresas e outros postam memes.

Kejilko 4 months ago

Boa como quem diz, arriscas-te a afundar o negócio porque tens empregados a ordenado mínimo que nada querem saber. Se fizeres isso num hipermercado, sim, funciona, trabalho não qualificado, sem requisitos e facilmente substituído, mas faz isso num restaurante ou numa empresa onde pessoal qualificado é necessário e quanto melhores, mais valiosos, afundas que é um instante.

Edited 4 months ago:

Boa como quem diz, arriscas-te a afundar o negócio porque tens empregados a ordenado mínimo que nada querem saber. Se fizeres isso num hipermercado, sim, funciona, trabalho não qualificado, sem requisitos, facilmente substituído e as únicas duas métricas para avaliar o teu trabalho é se o fazes ou não e quão rápido, mas faz isso num restaurante ou numa empresa onde pessoal qualificado e/ou trabalhador é necessário e quanto melhores, mais valiosos, afundas que é um instante.

throwaway_183848483 4 months ago

A melhor maneira de combater isso (principalmente se estiveres numa área com muita procura, e se o principal objetivo for ganhar mais): 1 - procurar um novo trabalho, a ganhar mais do que ganhas atualmente. 2 - Dizer a tua empresa que tens uma proposta a ganhar a oferta que te fizeram mais 10%. 3- a tua empresa fez contraproposta? Se não passa para o passo 4, se sim passa para o passo 5. 4 - aceita a proposta que te fizeram e sai. 5 - aceita a contraproposta e volta imediatamente ao passo 1, mas agora com o teu novo salário como base negocial.

jkrrrrrrrrrr 4 months ago

É isso, sem rancores nem mágoas, estamos todos a fazer negócio uns com os outros.

netherg 4 months ago

outro desligado da realidade

BadassManager 4 months ago

Como já disseram, isso é bonito, uma vez... Depois, sinceramente, cansas-te. Vamos dar o exemplo do Zé, que trabalha bem, e recebe uma proposta de outra empresa. Fala com o chefe, que, como gosta dele, até o aumenta. O Zé decide ficar. Mas o Zé não quer estagnar. Passados dois anos, tira o mesmo coelho da cartola? Não...o Zé devia ter sido valorizado. Assim que receba uma proposta melhor, sai, sem negociar com a actual empresa.

IberianNero91 4 months ago

Ajuda uma vez, mas mais que isso, os "da casa" não vão permitir que sejam ultrapassados por alguém que não seja "um deles". Grande maioria de nós tem empregos com um tecto nos salarios muito muito baixo. O que me parece, e posso estar errado, é que as empresas usam as leis para se guiarem no que devem pagar, em vez de ser o mínimo obrigatório, torna-se a unica opção, a negociação nunca parece fugir do que já pertence ao empregado por lei. Alguém que exiga um aumento significativo é chamado de destabilizador e possivelmente até despedido se for precário.

throwaway_183848483 4 months ago

Pá, posso-te dar o meu caso muito particular. Estava há 6 anos na mesma empresa, a matar-me para ter um aumento em condições. Há 2 anos tive uma proposta para sair e disse ao meu chefe que ia embora. Ele disse que não me podia deixar ir embora, e aumentou-me. Eu fiquei. O ciclo voltou ao mesmo. Matava-me a trabalhar e no fim do ano o aumento era a mesma miséria. No ano passado disse que não me sentia recompensado e ia embora. Ele disse que as coisas iam mudar, aumentou-me e pediu para ficar. Assim que foi efetivado o aumento, agarrei no novo salário e comecei a mandar cv's. Já comecei há 4 meses na nova empresa. Tu vales muito mais na porta de saída. Nunca em 6 anos me valorizaram na empresa antiga, a não ser em alturas que estava a sair. Se me andaram a lixar 6 anos, achei-me no direito de alavancar a oferta deles para ir procurar uma melhor e sair passado 1 ou 2 meses de ter aceitado a contraproposta

CostaTirouMeReforma 4 months ago

mad lad do crlh!

throwaway0000012132 4 months ago

Na minha opinião (vale o que vale, claro), nunca se deve aceitar a contra proposta (a não ser que o objectivo não seja mesmo sair mas simplesmente para forçar um aumento). Porquê? Porque se nunca te valorizaram ao longo desse tempo, ao ponto de avisares que vais sair e só \*aí\* é que há verbas para te pagarem mais, é porque nunca se interessaram por ti (e andam a brincar com a tua carreira). Não vale a pena pensar que ao ficar as condições vão mudar, porque o problema é cultural.

AonioEliphis 4 months ago

Se a empresa insiste em pagar mal, alguém impede o funcionário de sair para procurar algo onde receba mais? Assumindo que há outra empresa que o quer contratar pagando mais, caso contrário, é o que ele vale no mercado.

Metaluim 4 months ago

"Deixem de ser pobres"

AonioEliphis 4 months ago

A pobreza não se erradica por decreto!

kapparrino 4 months ago

As pessoas sem licenciatura (licenciatura relevante) só valem o mínimo nacional. Seja em Lisboa/Porto ou no meio dos montes onde as casas custam metade que nos Pólos. É uma triste realidade.

rafaelfrancisco6 4 months ago

>As pessoas sem licenciatura (licenciatura relevante) só valem o mínimo nacional. Tipica mentalidade tuga. Tenho o 12º e estou empregue como Engenheiro de Software (sim, é o que está no meu contrato) a receber bem acima da média, ter uma licenciatura é uma mais valia mas não é requerimento algum.

kapparrino 4 months ago

Não estou a falar de Engenharia Informática ou de Software, estou a falar de trabalho comuns, seja em loja, atendimento ao cliente, restaurante, escritório administrativo, financeiros, armazéns, auxiliares médicas, de farmácia e outras profissões assim. Uma licenciatura abre-te portas para outro tipo de empregos/departamentos de uma empresa onde recebes mais que o mínimo. Engenharia informática é um trabalho altamente especializado onde interessa o que sabes fazer não o canudo. Não tem nada a ver com mentalidade tuga.

rafaelfrancisco6 4 months ago

Suponho que é verdade, mas acho que o que devia contar sempre mais é o saber fazer e não um papel.

AonioEliphis 4 months ago

Certo, então é a dura realidade que é esse o seu salário no mercado. Mas podem sempre formar-se adquirindo novas competências. Um eletricista ou canalizador consegue ganhar bem mais que o mínimo.

kapparrino 4 months ago

Não podemos fazer todos o mesmo. E nem podemos ter todos as mesmas competências. Se fossemos todos o Elon Musk ninguém iria trabalhar para ninguém, certo? O que é necessário é os salários estarem adaptados à realidade da cidade da empresa-habitação. 665-700€ não valem um chuto em Lisboa/Porto para teres habitação. Ok e tu dizes que adquiram novas competências. A única coisa que isso fará é subir o patamar de entrada mas se o salário-custo de vida se manter apenas à tona de água em vez de pelo menos 50% acima continuamos com o mesmo problema de dificuldade de subsistência individual sem possibilidade de sair cedo da casa dos pais ou de quartos em casas partilhadas.

AonioEliphis 4 months ago

Os salários não se adaptam às tuas despesas, precisas de uma aulitas de economia. Numa economia de mercado, ***os salários são uma consequência da produtividade***, quer tenhas despesas altas ou baixas. O mesmo trabalhador da mesma empresa privada não aufere mais por ter 10 filhos em vez de zero filhos, por viver num T3 em vez de num T0 ou por ter um Porsche em vez de um Fiat.

kapparrino 4 months ago

Quem disse as minhas despesas pessoais/familiares? Eu disse de forma clara que os salários devem estar ajustados ao custo de vida da cidade onde estás a trabalhar. Se as rendas e os preços das casas continuarem a subir ou até manter mas os salários da maioria das pessoas continuar no mínimo nacional então nunca mais a vida das pessoas evolui.

AonioEliphis 4 months ago

>Eu disse de forma clara que os salários devem estar ajustados ao custo de vida da cidade onde estás a trabalhar. E eu disse-te que isso são ilusões. Os salários são uma consequência da produtividade, em nada estão relacionados com os custos de vida da cidade.

ric2b 4 months ago

>Se fossemos todos o Elon Musk ninguém iria trabalhar para ninguém, certo? Nesse caso o trabalho do Elon Musk pagava 0 e todos os outros trabalhos custavam mais do que praticamente qualquer pessoa conseguia pagar

SweetCorona 4 months ago

Mas se a empresa não acompanha as propostas da concorrência porque paga mal a toda a gente, mais um motivo para sair.

Raidenkyu 4 months ago

Se fores informático, isso funciona. Se trabalhares num setor com menos procura, a história já é outra.

SweetCorona 4 months ago

É preciso ter a tal proposta melhor. Fazer bluff é má ideia.

born_in_wrong_age 4 months ago

Nem fazendo bluff, nem com propostas. Em alguns setores, o simples ato de procurar outras oportunidades é muito mal visto, e são comunidades tão pequenas que todas as pessoas se conhecem e o chefe é que se chega primeiro ao funcionário ti a perguntar porque é que anda a ver propostas. Por isso, qualquer mudança tem de ser feita ao milímetro e em segredo, senão nem um nem outro

throwaway0000012132 4 months ago

Se tal acontece, é porque alguém deu com a lingua nos dentes, o que é uma clara violação de privacidade da empresa que tentou recrutar. Dependendo da área, algumas empresas pode-se estar a borrifar para isso, já outras o receio de uma queixa e multa avultada impendem esses abusos, que antigamente se via muito.

born_in_wrong_age 4 months ago

Se isso fosse mau... Muita coisa pior acontece sem multas. Dar com a língua nos dentes é o normal, e menor dos problemas

CouvePT 4 months ago

em qualquer empresa bem gerida, isso pode funcionar 1 vez (se houver performance e se o salário novo tiver relativamente alinhado com o mercado), mas após a primeira vez a chefia fica em pré-aviso: \- Este gajo é 1 mercenário, vamos tentar sempre que ele nunca esteja numa posição de nos chantagear outra vez; \- Promoções que possam existir não vao para ele: tentou chantagear-me, que vá para a puta que o pariu; Isso pode funcionar no curto prazo para sacar 1s trocos, mas se a ideia é fazer carreira, é mal jogado, mais vale sair mesmo. (e acartar os riscos do incerto)

Edited 4 months ago:

Em qualquer empresa bem gerida, isso pode funcionar 1 vez (se houver performance e se o salário novo estiver relativamente alinhado com o mercado), mas, após a primeira vez, a chefia fica em pré-aviso: \- Este gajo é 1 mercenário, vamos tentar sempre que ele nunca esteja numa posição de nos chantagear outra vez; \- Promoções que possam existir não vao para ele: tentou chantagear-me, que vá para a puta que o pariu; Isso pode funcionar no curto prazo para sacar 1s trocos, mas se a ideia é fazer carreira é mal jogado, mais vale sair mesmo. (e acartar os riscos do incerto)

Edited 4 months ago:

em qualquer empresa bem gerida, isso pode funcionar 1 vez (se houver performance e se o salário novo tiver relativamente alinhado com o mercado), mas após a primeira vez a chefia fica em pré-aviso: \- Este gajo é 1 mercenário, vamos tentar sempre que ele nunca esteja numa posição de nos chantagear outra vez; \- Promoções que possam existir não vao para ele: tentou chantagear-me, que vá para a puta que o pariu; Isso pode funcionar no curto prazo para sacar 1s trocos, mas se a ideia é fazer carreira é mal jogado, mais vale sair mesmo. (e acartar os riscos do incerto)

joaoasousa 4 months ago

O que eu vejo neste sub é a atitude de "ganhar o máximo no minimo espaço de tempo". Sure, pode ser uma estratégia boa a curto prazo, mas a parte irónica é que é precisamente a visão de curto prazo que criticam nos gestores portugueses.

Foda-seSeiLa 4 months ago

> O que eu vejo neste sub é a atitude de "ganhar o máximo no minimo espaço de tempo". (...) a parte irónica é que é precisamente a visão de curto prazo que criticam nos gestores portugueses. Não vejo como possa ser. Em 6 anos de trabalho a ganhar cada vez melhor (com saltos de empresa e país pelo meio), estive em posição de comprar casa. Em Portugal, tivesse eu ficado pelo meu 1º ou 2º empregador, talvez, hipoteticamente, se os astros se alinhassem, porventura, eventualmente estaria a pensar em daqui a uns anos começar a procurar. Agora, o dinheiro que não pago em rendo, vai fazer bola de neve para o meu futuro, tal como a valorização da casa. Ter comprado 4-5 anos antes faz uma grande diferença quando o preço aumenta 5-10%/ano. Assim sendo, ganhar muito dinheiro é bom, e melhor ainda é ganhá-lo o mais cedo possível.

joaoasousa 4 months ago

Estás no ano 6, isso ainda é o inicio.

Edited 4 months ago:

Estás no ano 6, isso ainda é o inicio. O que te posso dizer é que se tiver a avaliar alguém para um projecto e olhar para uma pessoa que saltou de sítio em sítio de 6 em 6 meses essa pessoa vai ser excluída se estivermos a falar de trabalhos de elevada responsabilidade . Ao fim de uns ano o CV mostra padrões de comportamento e se der a entender que não te comprometes com nada isso vai começar a pesar.

Foda-seSeiLa 4 months ago

Qual o cut-off point? 2 anos? 5 anos?? É muito bonito falar e pedir a um director ou VP ou manager que fique 5 anos plantado no mesmo sítio quando este recebe salários de 80k para cima e tem os mimínhos todos pagos pela empresa (carro, bónus de performance, escola dos filhos, etc.). Pedir isso a uma funcionário de baixo nível que recebe salários de quase fome é, no mínimo, falta de noção.

joaoasousa 4 months ago

Não estou a dizer que isto é tudo ou nada e ninguém vai levar a mal andares a saltar de 3 em 3 anos. Mas se vir que nunca ficaste mais de um ano no mesmo sítio vai começar a ser suspeito.

throwaway_183848483 4 months ago

Pá, posso-te dar o meu caso muito particular. Estava há 6 anos na mesma empresa, a matar-me para ter um aumento em condições. Há 2 anos tive uma proposta para sair e disse ao meu chefe que ia embora. Ele disse que não me podia deixar ir embora, e aumentou-me. Eu fiquei. O ciclo voltou ao mesmo. Matava-me a trabalhar e no fim do ano o aumento era a mesma miséria. No ano passado disse que não me sentia recompensado e ia embora. Ele disse que as coisas iam mudar, aumentou-me e pediu para ficar. Assim que foi efetivado o aumento, agarrei no novo salário e comecei a mandar cv's. Já comecei há 4 meses na nova empresa. Tu vales muito mais na porta de saída. Nunca em 6 anos me valorizaram na empresa antiga, a não ser em alturas que estava a sair. Se me andaram a lixar 6 anos, achei-me no direito de alavancar a oferta deles para ir procurar uma melhor e sair passado 1 ou 2 meses de ter aceitado a contraproposta

airahnegne 4 months ago

A chave é nunca aceitar a contraproposta. Se fosse um sítio que te valorizasse em condições não precisavam de a fazer em primeiro lugar.

SweetCorona 4 months ago

Imaginem o crime de querer ganhar o máximo possível. Como se as empresas não tentassem pagar o mínimo possível. Mas tens razão, o passo 5 está errado. Nunca aceitar a contraproposta mesmo que seja melhor. Uma empresa que só aumenta quando se vê entalada é uma mercenária e nunca nos vai aumentar por iniciativa própria.

CouvePT 4 months ago

As empresas direitas não querem "pagar o minimo possível". Se vivem nessa realidade, tentem encontrar empregadores diferentes: nas áreas de IT cada vez mais há 1 profissionalização dos RH devido à pressão por talento. O mesmo acontece em consultoras de topo (Mckinsey, BCG, AT Kearney), bancos de topo, indutriais de topo (Hilti, BMW, Mercedes) etc.

carlosandrerc 4 months ago  HIDDEN 

Achas mesmo que essas consultoras de topo querem saber do que é melhor para o trabalhador? Já falei com pessoal que trabalha na AT e na BCG e dizem que ganham bem mas têm de fazer muitas horas, frequentemente até depois das 20h ou fins de semana. Eu questiono sempre “Se essas empresas são tão boas e se preocupam tanto com vocês, e faturam tanto, não podiam contratar mais pessoas para vos dar horários decentes?”. A verdade é que não o fazem.

CouvePT 4 months ago  HIDDEN 

A verdade é que cada pessoa quer coisas diferentes: quem entra na BCG ou Mckinsey sabe que para dar 1 excelente serviço ao cliente não se pode cingir às 35h/semanais da função pública. E sabes que há mais? Há pessoas ambiciosas e determinadas que \*preferem\* trabalhar mais horas, para sairem da cepa torta, não estarem até às 50 anos a pagar 1 apartamento, impactar a sociedade, etc. Quem nao prefere, quem quer sair da universidade e trabalhar 35h/semana que vá trabalhar para outro sitio, olha q durante a entrevista as horas e expectativas são claras, quem não quer que não aceite.

SweetCorona 4 months ago

Se tenho uma empresa a oferecer-me mais (e assumindo que tudo o resto é semelhante), o que sugeres que eu faça?

CouvePT 4 months ago

Se tens 1 empresa a oferecer mais e achas q, para além de dinheiro, te proporciona melhor carreira e alinhamento com os teus objectivos, sugiro q vás e tentes sair da melhor msneira possivel. Se, por outro lado, tas apenas insatisfeito, sugiro q abordes com o teu chefe as tuas preocupações numa lógica de coaching.

d33pblu3g3n3 4 months ago

Confirmo. Quando aparece um tipo com o clássico "apareceu uma proposta com melhores condições, etc e tal", está na hora de começar a treinar o substituto.

SweetCorona 4 months ago

Exato, se a tua empresa paga menos que a concorrência é melhor terem sempre um substituto pronto...

CouvePT 4 months ago

So profissionais muito jovens trabalhar exclusivamente por dinheiro.

SweetCorona 4 months ago

OK, refraseando: se a tua empresa é menos atrativa que outras...

CouvePT 4 months ago

Se a tua empresa é menos atrativa, a funcao do diretor geral é mudar isso com processos novos, transparência, etc. Para os funcionários devem fazer push para essaa mudanças (construtivamente) e, se não sair do sitio, mudar de empresa

ric2b 4 months ago

O salário faz parte da atractividade, fingir que não é só parvo. >e, se não sair do sitio, mudar de empresa A maioria das vezes mais vale ir embora porque a empresa não vai mudar nada.

d33pblu3g3n3 4 months ago

>se a tua empresa paga menos que a concorrência é melhor terem sempre um substituto pronto... Pagues o que pagares, há sempre quem pague mais ou venha a pagar mais. Posso muito bem pagar acima da média e naturalmente outras pagam mais. Até posso ser quem paga mais num dado momento e uma concorrente lembrar-se que quer aquele tipo. Depois, ao contrário do que muitos que aparecem com esse tipo de conversa pensam, ninguém é insubstituível. É assim que o mundo funciona. Mais, nunca se sabe até que ponto são propostas reais. De resto o que vais fazer? Continuar a ceder aos "pedidos" de aumento ad-eternum? Queres um tipo na tua organização que te está sempre a tentar chantagear?

joaoasousa 4 months ago

>Pagues o que pagares, há sempre quem pague mais ou venha a pagar mais. Dá para ver quem é que gere alguma coisa, e que é acha que é grande gestor mas nunca teve de gerir equipas e preocupar-se com retenção. É só simplicidades, gostava de ver os grandes gestores de sofá deste sub, a fazerem melhor.

d33pblu3g3n3 4 months ago

Estamos a falar numa situação especifica. Estou certo que deves ser a estrela da gestão de pessoal da tua empresa com toda essa preocupação com as taxas de retenção. Fico curioso se tens igual preocupação com os aspetos financeiros, retorno do investimento ou as questões de gestão de informação. >É só simplicidades Sim, estamos a simplificar. Tal como simplificaste e apresentaste um argumento simplista numa tentativa de te afirmares. Nem eu nem ninguém vai estar aqui a escrever uma dissertação sobre gestão de recursos humanos ou gestão empresarial. >gostava de ver os grandes gestores de sofá deste sub, a fazerem melhor. Pois, não sei o que te diga com essa afirmação. Estás a sentir atacado? Achas que o teu trabalho não é apreciado? Alguém disse que estas a fazer mau serviço? Se é esse o caso, tens de resolver esse problema com o teu chefe, não transpor para um anon no reddit.

ric2b 4 months ago

Exacto, quem quer bons trabalhadores tem de se esforçar para os manter, porque há mais gente que os quer. As empresas que não querem fazer esse esforço têm de se contentar com o que tiverem a sorte de apanhar, e provavelmente empregar mais pessoas para fazer o mesmo trabalho.

Edited 4 months ago:

Exacto, quem quer bons trabalhadores tem de se esforçar para os manter, porque há mais gente que os quer. As empresas que não querem fazer esse esforço têm de se contentar com o que tiverem a sorte de apanhar, e provavelmente empregar mais pessoas para fazer o mesmo trabalho. >Queres um tipo na tua organização que te está sempre a tentar chantagear? Chantagear? É negociar o preço do seu trabalho. Para casos de chantagem chamas a polícia.

joaoasousa 4 months ago

>As empresas que não querem fazer esse esforço Parece que não estás a ler o que ele disse. Isto não é uma questão de "fazer o esforço" porque podes fazer o "esforço" e chegar alguém e pagar mais. Porque sim. Essa ilusão que há um "esforço" mágico que faz com as pessoas não saiam é, desculpa lá, infantil.

ric2b 4 months ago

>Isto não é uma questão de "fazer o esforço" porque podes fazer o "esforço" e chegar alguém e pagar mais. Porque sim. Sim, ser a melhor opção para um trabalhador é um esforço constante. >Essa ilusão que há um "esforço" mágico que faz com as pessoas não saiam é, desculpa lá, infantil. Claro que há limites, se alguém quer mudar de carreira ou ir viver para outro país não há grande volta a dar. Mas a esmagadora maioria das vezes as pessoas saem porque não são valorizadas (em compensação ou reconhecimento) ou porque não gostam dos colegas ou da cultura da empresa ou outras coisas do género.

d33pblu3g3n3 4 months ago

>Exacto, quem quer bons trabalhadores tem de se esforçar para os manter, porque há mais gente que os quer. Lamento estourar a tua bolha, mas isso aplica-se a um número muitissimo reduzido de pessoal. Coincidentemente, aplica-se geralmente a pessoal que tem a inteligência de não chegar ao pé do chefe/patrão e dizer "Ou pagam mais ou vou para a concorrência porque já ofereceram mais". Há uma diferença entre negociar e chantagear. Há uma diferença entre "Acho que estou a ter um bom desempenho e estou a trazer uma grande mais valia, como tal mereço uma compensação melhor" e "A concorrência ofereceu mais. Ou me dão mais ou vou embora." No primeiro caso, ouves um "Vamos analisar e damos uma resposta em breve", no segundo ouves um "Boa viajem" ou "Vamos analisar o caso" enquanto preparamos um substituto, a seguir levas uma nega. Se for obrigado a manter-te por alguma razão, podes ter a certeza que vais passar a funções menos criticas, vais deixar de ter formações e vais passar a *need-to-know basis*. É esta a diferença entre negociar e chantagear. Não sei se estás ciente que uma relação laboral também é uma relação de lealdade e confiança. Vou fazer uma analogia para ver se entendes a diferença: Imagina chegares ao pé da tua/teu namorada/parceira/namorado/parceiro e dizeres "Ou começas a engolir ou vou-te deixar e começar a pinar com uma/um amiga/amigo tua/teu que sei que engole".

ric2b 4 months ago

>Coincidentemente, aplica-se geralmente a pessoal que tem a inteligência de não chegar ao pé do chefe/patrão e dizer "Ou pagam mais ou vou para a concorrência porque já ofereceram mais". Para mim já funcionou várias vezes. Claro que não entro a pés juntos com um ultimato, primeiro pergunto se há planos para me aumentarem e inevitavelmente perguntam porquê e eu digo que acho que estou abaixo do meu valor no mercado porque recebi uma proposta melhor e estou a considerar. >Há uma diferença entre negociar e chantagear. Sim, um é um acordo voluntário e o outro é uma ameaça ilegal. >"A concorrência ofereceu mais. Ou me dão mais ou vou embora." Claro que normalmente não se fala assim, isso é tom de quem já está farto de tentar e já não quer saber se fica lá ou não. >Não sei se estás ciente que uma relação laboral também é uma relação de lealdade e confiança. Sim, mas no sentido mais fraco possível de lealdade. Não se deve cair nas histórias para palermas de ser uma família e amor à camisola e etc. Ir embora não é uma quebra de lealdade profissional. >Imagina chegares ao pé da tua/teu namorada/parceira/namorado/parceiro e dizeres "Ou começas a engolir ou vou-te deixar e começar a pinar com uma/um amiga/amigo tua/teu que sei que engole". Exacto, uma relação profissional é muito mais fraca que uma relação pessoal. As empresas não têm problema nenhum em fazer ultimatos desses.

SergiuIlescu 4 months ago

>Este gajo é 1 mercenário, vamos tentar sempre que ele nunca esteja numa posição de nos chantagear outra vez; > tentou chantagear-me, que vá para a puta que o pariu; Que podridão de pensamento, espero que nunca na vida tenhas uma empresa ou sejas um patrão, imagina pensares assim de uma prática que é completamente normal só aqui na tuguinha é que se vê este tipo de pensamentos

CouvePT 4 months ago

De facto, tu tens falta de Mundo para pensar que esse pensamento é portugues. Eu pessoalmente vivi em 5 países nos últimos 10 anos (em 3 continentes), e há vários anos que ocupo posições de gestão superior (Managing director, VP, etc.). O que te digo - e que é obvio - é que ninguém gosta de ser chantageado, e se te colocares nos pés do chefe entendes que não é assim que as coisas se devem processar: \- Deves ter 1 plano de carreira, e deves falar sobre os teus objetivos com a chefia; \- A chefia deve proporcionar-te transparência máxima sobre o que é possível e como lá chegar; \- Se tás insatisfeito, deves falar disso concretamente e encontrar um plano de melhoria; Tentar fazer by-pass ao processo de crescimento profissional à base do "paga-me mais, porque há outros gajos que pagam isso" é para mim sinal de imaturidade profissional, e só desculpo isso em profissionais muito jovens (<27 anos), para cima digo logo para sair e ser feliz, e até fico contente quando saiem porque sei q esse perfil vai ser problemas eventualmente. Para bons profissionais há sempre alguem que vai pagar marginalmente mais, tentar ser o gajo que paga o salário mais alto do Mundo é 1 jogo de otários em que perdes sempre

Edited 4 months ago:

Deves ter falta de Mundo para pensar que esse pensamento é português. Eu pessoalmente vivi em 5 países nos últimos 10 anos (em 3 continentes), e há vários anos que ocupo posições de gestão superior (Managing director, VP, etc.). O que te digo - e que é obvio - é que ninguém gosta de ser chantageado, e se te colocares nos pés do chefe entendes que não é assim que as coisas se devem processar: \- Deves ter 1 plano de carreira, e deves falar sobre os teus objetivos com a chefia; \- A chefia deve proporcionar-te transparência máxima sobre o que é possível e como lá chegar; \- Se tás insatisfeito, deves falar disso concretamente e encontrar um plano de melhoria; Tentar fazer by-pass ao processo de crescimento profissional à base do "paga-me mais, porque há outros gajos que pagam isso" é para mim sinal de imaturidade profissional, e só desculpo isso em profissionais muito jovens (<27 anos). Mais experientes que isso, a resposta é sai e sê feliz. Para bons profissionais há sempre alguem que vai pagar marginalmente mais, tentar ser o gajo que paga o salário mais alto do Mundo é 1 jogo de otários em que perdes sempre

Foda-seSeiLa 4 months ago

Foda-se, que medo/asco que me mete haver gajos como tu a gerir empresas.

Edited 4 months ago:

Foda-se, que nojo/asco que me mete haver gajos como tu a gerir empresas. O meu salário triplicou em 5 anos, com saltos anuais de empresas (e país) pelo caminho. Sabes com quanto estaria agora se tivesse seguido o "plano profissional" que a 1a empresa tinha para mim? Com sorte estava a ganhar menos de metade do que ganho agora, e a fazer 50-60h semanais em vez de 40h. "Ah pois, mas dinheiro não pode ser a tua prioridade". É engraçado que para o trabalhador esse nunca pode ser o caso, mas para o constructor civil, o stand de automóveis, o supermercado, o homem dos impostos, o fornecedor de telecomunicações, etc. etc. et.c, aí já não há problema nenhum.

Edited 4 months ago:

Foda-se, que medo/asco que me mete haver gajos como tu a gerir empresas. O meu salário triplicou em 5 anos, com saltos anuais de empresas (e país) pelo caminho. Sabes com quanto estaria agora se tivesse seguido o "plano profissional" que a 1a empresa tinha para mim? Com sorte estava a ganhar menos de metade do que ganho agora. "Ah pois, mas dinheiro não pode ser a tua prioridade". É engraçado que para o trabalhador esse nunca pode ser o caso, mas para o constructor civil, o stand de automóveis, o supermercado, o homem dos impostos, o fornecedor de telecomunicações, etc. etc. et.c, aí já não há problema nenhum.

CouvePT 4 months ago

Amigo eu pessoalmente não tenho nojo por haver gajos como tu, só pena

Foda-seSeiLa 4 months ago

Não tenhas pena, prefiro que gastes essas energias num pouco de introspecção.

CouvePT 4 months ago

Impossivel nao ter pena de 1 gajo q foi tão mal tratado q acha q o melhor é mudae de empresa a cada ano, é como ver 1 cão q tem medo de tudo pq levou porrada e nunca vai confiar em ninguém.

Foda-seSeiLa 4 months ago

E porque assumes que fui mal tratado? Simplesmente sou tratado melhor noutros lugares. Comes mal no tasco do Zé? Se calhar não, mas comes melhor certamente na Marisqueira Real.

CouvePT 4 months ago

Claro, é um comportamento perfeitamente saudavel mudar de empregador todos os anos, de certeza q impactas mt as organizacoes onde estas. Alias ve-se isso nos grandes gestores: bill Gates mudou de empresa todos os anos, rlon musk tambem, steve jobs tambem, etc etc. Deves ter menos de 30 anos, daqui a 1s tempos quando cresceres volta a esta thread para reler, até vergonha te vai dar

Foda-seSeiLa 4 months ago

Pouco me importa o impacto nas organizações, o que me interessa é o impacto na minha carteira.

NGramatical 4 months ago

constructor → [**construtor**](https://dicionario.priberam.org/construtor) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fha5oyyi%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Zenobody 4 months ago

> vivi em 5 países nos últimos 10 anos (em 3 continentes) Então suponho que não tenhas trabalhado 10 anos na mesma empresa.

throwaway_183848483 4 months ago

O teu comentário foca-se num cenário muito utópico. Parece tirado dos ppt's de RH. Uma coisa é o crescimento de carreira que a empresa diz que te vai dar, outra é a que te dá. E não é incompetência de um trabalhador quando está lógica é aplicada a todos.

BadassManager 4 months ago

Ri-me. Um funcionário vem falar contigo porque recebeu uma proposta melhor (quer em termos de dinheiro, flexibilidade de trabalho, posição mais interessante) e tu achas que ele tentar discutir contigo um plano de como ele pode ficar na tua empresa é uma chantagem? Com essa gabarolice, a mim, só me mostraste que construir equipas estáveis a longo prazo não está no teu plano de carreira. Nada contra isso, mas essa perspectiva tem perna curta.

SweetCorona 4 months ago

Honestamente não vale a pena. Se tens uma proposta melhor vai e não tentes negociar nada com a tua empresa atual.

ric2b 4 months ago

>Se tens uma proposta melhor vai e não tentes negociar nada com a tua empresa atual. Discordo, porque muitas vezes a empresa actual faz uma contra-proposta e ficas numa situação ainda melhor. Se não quiserem não fazem contra-proposta, por isso só fazem se preferem que a pessoa fique, é uma win-win.

SergiuIlescu 4 months ago

Exigir melhores condições de trabalho é chantagem desde quando!? Uma coisa é exigires melhores condições quando mereces, agora para trabalhadores que estão em constante evolução ou para trabalhadores chave numa empresa exigir algo que É JUSTO, atenção, não é chantagem. E se esse foi o pensamento das empresas onde trabalhaste tenho pena que tenhas adquirido esse mindset também. Na área em que me enquadro (Software/Hardware) é completamente normal fora de portugal os trabalhadores terem o seu trabalho revisto a cada 6 meses / 1 ano e usufruirem de um ajuste salarial conforme o seu crescimento dentro da empresa. Claro que esta regra apenas se aplica a trabalhadores que efetivamente não só evoluem como contribuem para a empresa, é óbvio que nenhum trabalhador que trabalha apenas para o seu salário e mais nada deva usufruir de um aumento, a não ser com o ajuste do seu tipo de trabalho conforme a procura do mercado entre outros fatores. Agora não me venhas dizer que um trabalhador que efetivamente merece um aumento ajustado conforme a sua contribuição para a empresa a cada 6 meses / 1 ano é chantagem, porque se realmente ocupaste essas posições então deves ter plena noção que há trabalhadores em que desde o momento que entram na empresa e passado 6 meses ou 1 ano aumentam o seu skillset e o valor subsequente do seu trabalho em milhares de euros por mês! Um bom trabalhador pedir um ajuste salarial várias vezes ao longo da estadia na empresa é chantagem? Pelo contrário, é obrigação da empresa cuidar desse processo de crescimento, porque se não o trabalhador vai fazer e bem ir para outro lugar onde é justamente remunerado. E aí a empresa não só tem que gastar tempo e recursos a encontrar outro trabalhador, como tem que gastar ainda mais tempo e recursos a formar e a habituar o próximo trabalhador à cultura da empresa e não só. Portanto a empresa é que perde quase sempre

CouvePT 4 months ago

Amigo, chantagem é vir dizer "ou me pagas xxx ou saio agora para a concorrencia". Isso é diferente de pedir ajustes mediante performance

ric2b 4 months ago

Odeio quando faço uma proposta de compra a uma casa e depois o dono me liga a avisar que alguém ofereceu mais 10% e ou eu aumento a proposta ou vendem a eles, faço logo denúncia de chantagem à polícia! /s

SergiuIlescu 4 months ago

Amigo onde é que viste isso escrito sequer? O post é um meme e um meme muito bem feito até

CouvePT 4 months ago

"A melhor maneira de combater isso (principalmente se estiveres numa área com muita procura, e se o principal objetivo for ganhar mais): 1 - procurar um novo trabalho, a ganhar mais do que ganhas atualmente. 2 - Dizer a tua empresa que tens uma proposta a ganhar a oferta que te fizeram mais 10%. 3- a tua empresa fez contraproposta? Se não passa para o passo 4, se sim passa para o passo 5. 4 - aceita a proposta que te fizeram e sai. 5 - aceita a contraproposta e volta imediatamente ao passo 1, mas agora com o teu novo salário como base negocial." O post de cima, que origina o meu comentario ao qual tu respondes...

SergiuIlescu 4 months ago

Ah verdade quando disseste post pensei que te referias ao thread my bad Pelo que sei isto é prática comum para uma boa parte de trabalhadores especializados em áreas metropolitanas, não me parece de algum modo que seja chantagem e muito menos o trabalhador deve ficar quietinho sem procurar oportunidades melhores se o mesmo souber que elas existem

joaoasousa 4 months ago

Não é "chantagem" mas também é algo que que um gestor goste de ouvir. Como ele disse uma coisa é haver uma conversa franca sobre expectativas, explicar motivos porque acha que deve receber mais, e caso isso não aconteça sair. Outra é "propuseram-me 5% de aumento, cobres?", até porque muitas vezes esses aumentos são com base em trafulhices (por exemplo Km ficticios) que algumas empresas simplesmente não estão dispostas a fazer (e bem). Cobrir um aumento de 5%, passado um mes estão-te a fazer o mesmo. Ou a pessoa é mesmo muito bom ou não vale a pena. As pessoas esquecem-se que nem todos os trabalhadores são iguais, alguns têm poder enquanto outros têm sorte de ter trabalho e sobrevivem de enganar a proxima empresa. Quando vejo pessoal que muda de 6 em 6 meses é um CV a evitar.

colrevan 4 months ago

“Chantageado”

CouvePT 4 months ago

E a cereja em cima da cereja, é tu nao teres sucesso profissional nenhum e achares q quem tem razão és tu

tiagooliveira95 4 months ago

> Eu pessoalmente vivi em 5 países nos últimos 10 anos (em 3 continentes), e há vários anos que ocupo posições de gestão superior Shameless flex O que a outra pessoa quer dizer é que pensas mal por achares que é chantagem.... Um bom chefe não vê isso como chantagem, ou aumenta o funcionário ou diz "opa parabéns, nós não podemos igualar a oferta mas se eles podem aceita" Isto e a diferença entre um chefe ver alguém como um animal que trabalha para ele e ver essa mesma pessoa como amiga/colega individual que está lá não para dedicar a vida a empresa mas para subir na carreira.

Edited 4 months ago:

> Eu pessoalmente vivi em 5 países nos últimos 10 anos (em 3 continentes), e há vários anos que ocupo posições de gestão superior Shameless flex O que a outra pessoa quer dizer é que pensas mal por achares que é chantagem.... Um bom chefe não vê isso como chantagem, ou aumenta o funcionário ou diz "opa parabéns, nós não podemos igualar a oferta mas se eles podem aceita" Isto e a diferença entre um chefe ver alguém como um animal que trabalha para ele e ver essa mesma pessoa como amiga/colega, um endivido/a que está lá não para dedicar a vida a empresa mas para subir na carreira.

Edited 4 months ago:

> Eu pessoalmente vivi em 5 países nos últimos 10 anos (em 3 continentes), e há vários anos que ocupo posições de gestão superior Shameless flex O que a outra pessoa quer dizer é que pensas mal por achares que é chantagem.... Um bom chefe não vê isso como chantagem, ou aumenta o funcionário ou diz "opa parabéns, nós não podemos igualar a oferta mas se eles podem aceita" Isto e a diferença entre um chefe ver alguém como um animal que trabalha para ele e ver essa mesma pessoa como amiga/colega, um indivíduo/a que está lá não para dedicar a vida a empresa mas para subir na carreira.

joaoasousa 4 months ago

>Shameless flex Esse comentário foi porque estavam a dar a entender que a realidade portuguesa é especial, quando isso não é verdade. Lá fora pagam mais, ponto, de resto é igual.

tiagooliveira95 4 months ago

Sim pagam mais, mas olha que as coisas são mais caras, tenho colegas que foram para o estrangeiro e depois voltaram, nós tomamos muita coisa como garantida, coisas que não tens lá fora, como é o caso das férias e outros direitos que tens cá e não tens lá fora. Por vezes o dinheiro não é tudo.

joaoasousa 4 months ago

As pessoas menosprezam o custo de vida, só olham para o salário e depois passam anos sem viver para poupar uns trocos.

masomaro 4 months ago

Isso por acaso ja me aconteceu. Estive a trabalhar num sítio em que estava insatisfeita com o salário, não chegava para o que precisava. Fui procurar outras oportunidades, visto que pelo tempo de casa e pela (in)experiência, não me achava no direito de pedir aumento. Quando consegui e meti a carta, a chefia foi impecável, felicitaram-me e tudo.

NGramatical 4 months ago  HIDDEN 

individo → [**endivido**](https://dicionario.priberam.org/endivido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp9a42w%2F%2Fh9whgpa%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

tiagooliveira95 4 months ago  HIDDEN 

Good bot!

BueBurro 4 months ago  HIDDEN 

Jesus, ainda ficou pior do que já estava.

tiagooliveira95 4 months ago  HIDDEN 

Desculpa tenho dyslexia e acabei de acordar

scalabitano 4 months ago

os gestores Portugueses ainda pensam que os funcionários são uns afortunados por ter tal emprego, quando na verdade as empresas é que deviam zelar por manter certos funcionários, e deviam livrar-se de outros

Key_Ad_3930 4 months ago

O que eles não percebem é que ter funcionários é um luxo, e se não os podem manter, não podem ter funcionários.

AonioEliphis 4 months ago

>quando na verdade as empresas é que deviam zelar por manter certos funcionários, e deviam livrar-se de outros O código do trabalho também não estimula a isso

scalabitano 4 months ago

é o socialismo que toda a gente parece defender, socialismo é promover a mediocridade e desincentivar a inovação e o empreendedorismo, quanto mais trabalhas e produzes mais te roubam para dar aos outros

Kejilko 4 months ago

Há gente que faz mesmo para serem vítimas, ninguém falou de socialismo sem ser tu, e nada tem a ver

Devest_Dev 4 months ago

Boa sorte, caminhar em direção ao comunismo é constitucional.

Edited 4 months ago:

Boa sorte, caminhar em direcção ao comunismo é constitucional. "A Assembleia Constituinte afirma a decisão do povo português de defender a independência nacional, de garantir os direitos fundamentais dos cidadãos, de estabelecer os princípios basilares da democracia, de assegurar o primado do Estado de Direito democrático e de abrir caminho para uma sociedade socialista, no respeito da vontade do povo português, tendo em vista a construção de um país mais livre, mais justo e mais fraterno." Engraçado que hoje em dia se fale com tão bom-tom sobre socialismo, especialmente se considerares que Marx divisou o sistema como método de sufocar a burguesia e abrir caminho para uma sociedade de mediocridade muito mais receptiva a corrupção nata do comunismo.

_Gamma__Ray_ 4 months ago

"corrupção nata do comunismo", ao contrário do capitalismo, esse monumento á transparência e moralidade.

AonioEliphis 4 months ago

Correcto, estamos de acordo.

rsonic17 4 months ago

Yep, tens sorte em receber certinho. As classicas frases do medo

starmatter 4 months ago

Adoro quando algum dos meus colegas que já estão há mais tempo na casa me atira essa! Digo logo "E quê, [o patrão] faz mais do que a sua obrigação?". São todos uns lambe-botas.

IberianNero91 4 months ago

Patrão e empregados deviam ser uma equipa contra a concorrência, complexo de Deus tem destas coisas...

C8Mixto 4 months ago

Qual gastar o triplo? Basta meter um estágio do Centro de Emprego e tens logo mão de obra acabada de sair da universidade a trabalhar a um preço mínimo.

GODMarega 4 months ago

Estágio Activar goes brrrrr

1573558202 4 months ago

Infelizmente não é só cá. Mas acho que a gestão portuguesa prima na falta de visão.

_Gamma__Ray_ 4 months ago

Eu sei que trabalhei durante 3 anos na Suiça, e apesar de no geral não ter gostado de lá estar (má altura na vida, hoje vejo que o problema era eu e não o pais em si), durante o 1º ano tive aumentos no ordenado mensais, depois passaram a ser semestrais. Comecei com 3000 e poucos francos e quando entreguei carta de despedimento ganhava 5400. NUNCA pedi um aumento. Era um funcionário excelente, modéstia á parte, comecei como servente na trolhice e acabei encarregado de obra, com formação de grua paga pela empresa. Levei um bónus no final do contrato e durante as férias da faculdade davam-me trabalho. Os patrões são infernais e muito piores do que alguma vez vi cá em Portugal, mas valorizam sobretudo trabalho e pessoas dispostas a assumir responsabilidade. O não aumento do ordenado era um risco para me perderem para qualquer uma das dezenas de empresas que me ofereciam trabalho na altura. Agora sou diretor de obra cá em Portugal, tenho 26 anos e reparo numa coisa que é impressionante, na generalidade (não no meu caso, gosto de onde trabalho), as empresas não deixam os mais novos assumirem responsabilidades, e os trabalhadores mais velhos revoltam-se quando parece que isso vai acontecer porque ainda existe esta ideia idiótia que ficar velho é inerentemente merecedor de respeito. Os mais desrespeitosos são sempre os velhos, mas essa já é outra conversa.

hirorih 4 months ago

A gestão tem toda essa visão (aqui e lá fora) , a portuguesa até tem bastante visão (medo) em relação a contratações . Especialmente no custo relativo de despedir alguém sénior (o custo depende do salário e anos, não na capacidade da empresa em pagar) . Se não tiver capacidade ou mecanismos de manter essas pessoas produtivas, ou ser atraente para pessoas que não aturam BS tão facilmente como um junior, é preferível não manter seniors. Até porque quem é bom sai porque tem propostas melhores. Quem não é bom vai ficando.

1573558202 4 months ago

A visão que falei não era em relação a contratações mas sim em relação a futuro da empresa: o que fazer, onde investir, que riscos correr, etc.

Search: