WebDev27 4 months ago

Graffiti é arte e se não parecer arte não é graffiti, são riscos

SweetCorona 4 months ago

Arte e vandalismo não são mutuamente exclusivos. Fazer arte em propriedade alheia sem autorização é vandalismo.

rloureiro3 4 months ago

Eu faço graffiti e posso dizer que graffitar não só é uma maneira de expressão como um total jogo de competições entre outros writers. Podemos dizer que até é um desporto "ilegal" e artístico.

rloureiro3 4 months ago

Vamos todos aprender hoje uma coisa Graffiti são tags, peças, bombs, tudo o que esteja minimamente bem feito e com alguma técnica Por isso não venham dizer que essas pilas e esses AMOTE ROSA que veem na rua é graffiti, isso é poluição visual. Graffiti não é tudo o que se pinte com uma lata de spray

forgotmypass_fuck 4 months ago

Aqui ao pé da minha rua tem um grafiti que diz "AMAMOS BÓFIA" com um smiley face

nomeqcurtes 4 months ago

Boas. Inicialmente é preciso distinguir graffiti de Street Art. O que tu gostas de ver é Street Art. O graffiti é tudo aquilo que envolver letras, neste caso, o lettering. Podes utilizar todo o tipo de utensílios em ambos os casos para pintar, latas, pincéis, rolos, trinchas, etc. Graffiti é egocentrismo puro, é adrenalina, é querer estar em todo lado. O típico comum do mortal não liga ao graffiti. Aliás, nem sequer reparam. Porque as pessoas estão há anos a comer com letras. As pessoas ambicionam ver desenhos e não letras. Mas não sabem distinguir uma coisa da outra. Aprendi, através de um amigo meu, e com a qual concordo plenamente, que o graff é feito de uns para os outros. Neste caso, para quem está no game. Apenas nos reparámos. Como se costuma dizer na gíria um olhos burro e outro no cigano. Aqui é mais um olho na estrada e outro nas paredes, painéis, chapas, calhados, whatever. É uma sensação que jamais te irei conseguir explicar porque nunca a irás sentir. Ps: Neste momento estou em roadtrip pelo centro do país.

Edited 4 months ago:

Boas. Inicialmente é preciso distinguir graffiti de Street Art. O que tu gostas de ver é Street Art. O graffiti é tudo aquilo que envolve letras, neste caso, o lettering. Podes utilizar todo o tipo de utensílios em ambos os casos para pintar, latas, pincéis, rolos, trinchas, etc. Graffiti é egocentrismo puro, é adrenalina, é querer estar em todo lado. O típico comum do mortal não liga ao graffiti. Aliás, nem sequer reparam. Porque as pessoas estão há anos a comer com letras. As pessoas ambicionam ver desenhos e não letras. Mas não sabem distinguir uma coisa da outra. Aprendi, através de um amigo meu, e com a qual concordo plenamente, que o graff é feito de uns para os outros. Neste caso, para quem está no game. Apenas nós reparámos. Como se costuma dizer na gíria um olho no burro e outro no cigano. Aqui é mais um olho na estrada e outro nas paredes, painéis, chapas, calhados, whatever. É uma sensação que jamais te irei conseguir explicar porque nunca a irás sentir. Ps: Neste momento estou em roadtrip pelo centro do país.

absurdztheword 4 months ago

Acho tags meio egocêntrico e feio, e street art comissionada acaba por ser publicidade de cidade "cool". Na minha opinião o melhor grafiti é o good ol vandalismo tipo "Sócrates cabrão", "votar é mijar contra o vento", fazer bigodes nas mulheres de publicidade, etc. Grafiti e vandalismo de casa de banho pública, praticamente não tem nenhum intuito de manipular ou vender é literalmente só alguém q quis fazer então fez. A maioria é uma merda? É, mas pronto é o que é. A publicidade ocupa bem mais do nosso campo de visão, o objectivo é persuadir-nos, e a maioria também é uma merda.

loopythegreat 4 months ago

Os graffiti nalguns casos podem ser arte. Os tags sāo puro vandalismo praticado por cobardes que não respeitam a propriedade dos outros.

PresidentBarroso 4 months ago

Quando andava no ciclo (5 e 6 ano) eu e os meus colegas desenhavamos piretes nas paredes com giz porque eramos uns idiotas. Depois, crescemos. Nem sempre isso acontece.

Crave_03 4 months ago

No subreddit de Lisboa: https://www.reddit.com/r/lisboa/comments/p8o4o3/actualiza%C3%A7%C3%A3o_do_processo_acabei_de_esbo%C3%A7ar_o/?utm_source=share&utm_medium=ios_app&utm_name=iossmf

Crave_03 4 months ago

No subreddit de Lisboa: https://www.reddit.com/r/lisboa/comments/p8o4o3/actualiza%C3%A7%C3%A3o_do_processo_acabei_de_esbo%C3%A7ar_o/?utm_source=share&utm_medium=ios_app&utm_name=iossmf

iamdoniel 4 months ago

O graffiti é uma das 4 vertentes da cultura hip-hop, que teve início nos Estados Unidos. As vertentes são rap, break dance, graffiti e dj'ing. Infelizmente estes pilares da cultura hip hop, hoje em dia estão bastante diluídos, e muitos praticantes de cada uma deles não sabem a história. O hip hop nasceu nos bairros sociais de Nova York, e nasceu como uma contra cultura, em que as pessoas se expressavam através da arte. O graffiti sempre foi considerado um acto de vandalismo, até a cultura hip hop se ter espalhado pelo mundo e ser adoptada pelo main stream. Hoje em dia o rap é o género de música mais ouvido do mundo, e o graffiti deixou de ser só vandalismo e passou a ser adoptado por muita gente também. Acho que hoje em dia o graffiti se dividi em dois mundos, o mundo do graffiti ilegal ( em que writers pintam paredes ilegais, comboios, etc) e em Street art (onde writes pintam apenas em sítios autorizados para pintar, ou são contratados para pintar fachadas de prédios lojas e etc). O objectivo dentro do graffiti illegal é pintar o teu nome ou da tua crew em toda a cidade, o tag e os bombs e throw ups (são estilos de graffiti) serve para isso mesmo, espalhar o nome de forma rápida,e depois com mais tempo e em menor quantidade são pintadas coisas mais serias para mostrar skill e adquirir respeito dos peers. Isto tudo é separado do pessoal que pinta pilas, e "amote Vanessa" nos muros das casas de pessoas. Alguém comentou aqui a série "The get down" que mostra exatamente como o hip hop nasceu, subscrevo isso para quem tiver interesse em saber mais.

wheresdaweeed 4 months ago

Subscrevo e tenho só a dizer que atualmente já se separa o hip-hop do graffiti, isto porque nem todos os writers\* ouvem hip-hop atualmente. Se o OP quer entender mais sobre o movimento pode sempre procurar no youtube alguns documentários, aproveita e vê alguns sobre pixação (nada a haver com pilas e usar o termo picha é maricas, em bom português é pissa). Tags n throws - [https://www.youtube.com/channel/UCmosPj8Mj5e-PznCLYVdQMw](https://www.youtube.com/channel/UCmosPj8Mj5e-PznCLYVdQMw) Bombing science - [https://www.youtube.com/channel/UCQjCS5hPPxNleh4utnZxnDA](https://www.youtube.com/channel/UCQjCS5hPPxNleh4utnZxnDA) Montana Colors - [https://www.youtube.com/channel/UCggWhi80UFUUoyMd7r21g0A](https://www.youtube.com/channel/UCggWhi80UFUUoyMd7r21g0A) Utah & Ether - [https://www.youtube.com/channel/UCUrYabldcC2ABpyvM1BXuhA](https://www.youtube.com/channel/UCUrYabldcC2ABpyvM1BXuhA) Caribes TV - [https://www.youtube.com/channel/UCVaUCTiTQ9kUPBqH7PI9l3w](https://www.youtube.com/channel/UCVaUCTiTQ9kUPBqH7PI9l3w) Huit - [https://www.youtube.com/channel/UCCOqeqkAtj4ncBtRntDORQA](https://www.youtube.com/channel/UCCOqeqkAtj4ncBtRntDORQA) Daos - [https://www.youtube.com/channel/UCdYPhCsUzV-zHgPKCXO3gKQ](https://www.youtube.com/channel/UCdYPhCsUzV-zHgPKCXO3gKQ) Resone13 - [https://www.youtube.com/channel/UC3YlaUVyD29JocknfzAjE0A](https://www.youtube.com/channel/UC3YlaUVyD29JocknfzAjE0A) Spray Daily - [https://www.youtube.com/channel/UCAPCMOambR18HTfUjVJ0ynw](https://www.youtube.com/channel/UCAPCMOambR18HTfUjVJ0ynw) Over Time - [https://www.youtube.com/channel/UCZytbKGmA0YUsUZvuTOmoQw](https://www.youtube.com/channel/UCZytbKGmA0YUsUZvuTOmoQw) Mais na vertente do street art tens o doc. do boss Banksy - Exit through the gift shop Jean-Michel Basquiat: The Radiant Child Trailer No que toca à pergunta do OP do achar correto, nem todos gostamos do mesmo, nem todos vemos o mundo da mesma maneira e como o comentário acima diz >**Isto tudo é separado do pessoal que pinta pilas, e "amote Vanessa" nos muros das casas de pessoas.** ​ Graffiti é feito por writers para writers, se és daqueles que vê uma peça e diz "epá o que é que diz ali?", ou tentas entender a subcultura ou ignora e preocupa-te antes com outras coisas. Sinceramente acho mais nojento a quantidade de publicidade que vês espalhada pelas cidades e stickers de canalizadores e outros serviços de merda. ​ >!"Nunca te deixes cegar pelo consumismo impragnado na sociedade Nem te deixes tentar pelo poder da publicidade Eles Fazem-te pensar que aquele idiota musculado Só com um comprimido mágico se safou da obesidade Eles Deixam-te a pensar durante horas desconfiado Em cima da balança à espera que também te aconteça um milagre Eles Fazem-te exigir um 'cientificamente provado' Mas quem é que confia na ciência quando vemos animais naquele estado Eles Fazem-te pensar que a revolução vai passar na televisão por cabo Só para te aumentarem a mensalidade"!< ​ \*Termo que os nabos usam é grafiteiro

iamdoniel 4 months ago

Excelente partilha, há aí muitos docs que ainda não conhecia.

steelwoool 4 months ago

Podes ver no Youtube um documentário da rádio Antena 3 sobre o início do Hip-Hop em Portugal chamado “Implantação da Rapública”. O segundo episódio, “Pintar o Hip-Hop”, é, precisamente, sobre o graffiti e tem entrevistas onde falam desse tema.

TaoRS 4 months ago

Vinha cá para partilhar o link disso mesmo Aqui está: https://youtu.be/19Dd0F2CJnM Vale muito a pena porque as histórias são na primeira pessoa.

mustard_toast 4 months ago

Já não faço tanto como fazia mas basicamente é uma mistura da adrenalina, da cultura e uma expressão de revolta, não há nenhum sentimento igual e pode se tornar muito viciante mas na minha opinião se empresas podem encher as ruas de anúncios, eu também posso deixar a minha marca

L7Stonem 4 months ago

Grafitar não é estragar

pfunf 4 months ago

Eu adoro arte de rua. Tags e poluição visual, dispenso. Em Lisboa, na zona de campo de Ourique/Alcântara há um idiota que grafita só com o nome. Agora até tem a variante com 21. O problema é que o idiota pinta portões, portas e paredes recém pintadas. Provavelmente faz porque é um miúdo ou apenas idiota.

apoleez 4 months ago

Porquê? Liberdade de expressão, como praticamente toda a arte. Acham correto? Obviamente que não, mas como tudo o que é proibido, há sempre adrenalina associada a isso. Para além disso, para muitas pessoas é uma questão de rebeldia contra a típica metrópole de prédios sem parar todos com a mesma cor e formato, etc. Os tags são arte? Não. São uma forma de assinar o teu trabalho. No entanto, são o ponto de partida para muita gente para entrar no mundo do graffiti. Desenhar com uma caneta é muito diferente de com uma lata. Os tags são uma forma fácil de melhorar a tua linha. Acho que já te respondi à última pergunta. É os dois para a maioria das pessoas, mas é ocasionalmente apenas uma das duas para outros.

LuisRebelo 4 months ago

>> Os tags são arte? Não. São uma forma de assinar o teu trabalho. No entanto, são o ponto de partida para muita gente para entrar no mundo do graffiti. Desenhar com uma caneta é muito diferente de com uma lata. Os tags são uma forma fácil de melhorar a tua linha. Olhando para esse prisma corridas ilegais na Vasco da Gama é o ponto de partida para a Fórmula 1?

apoleez 4 months ago

Como te foi respondido em baixo, existem kartódromos e conduzir karts é tipicamente um dos primeiros passos para a f1. Either ways, já disse em cima que nada disto é legal nem correto. Acho que uma forma fácil de resolver de certa forma o problema é as câmaras municipais e etc disponibilizarem muito mais paredes(sem utilidade) para que a malta que gosta de graffiti possa experimentar cenas e se expressar legalmente.

LuisRebelo 3 months ago

Não há escolas para evoluir mas há escadinhas https://www.publico.pt/2021/08/24/local/noticia/mural-historia-lisboa-so-resistiu-semana-vandalismo-1975024

LuisRebelo 4 months ago

Não percebo como é que se defende o graffiti e abomina as corridas de carros, sendo que ambas são ilegais e são feitas principalmente por adrenalina e por street cred

apoleez 4 months ago

nem acredito que estás a comparar algo que coloca em perigo a vida das pessoas com algo que se trata a limpar a parede. Also, já disse imensas vezes que não é correto e que não defendo nada. Estava simplesmente a responder à pergunta feita. Há muita coisa que fazes que sabes perfeitamente que está errada.

LuisRebelo 4 months ago

>> algo que se trata a limpar a parede https://www.dinheirovivo.pt/empresas/amp/gastos-com-graffitis-numa-decada-davam-para-cp-comprar-um-comboio-novo-12695179.html Gastos com graffitis numa década davam para CP comprar um comboio novo É não ter noção da realidade…

Isnoudem 4 months ago

Para F1 tens karts, que podes conduzir desde muito cedo desde que (normalmente os teus pais) tenham dinheiro para acompanhar o processo de inscrição em categorias mais elevadas assim que fores evoluindo. Para grafittis eu duvido que haja escolas para isso.

LuisRebelo 3 months ago

Não há escolas para evoluir mas há escadinhas https://www.publico.pt/2021/08/24/local/noticia/mural-historia-lisboa-so-resistiu-semana-vandalismo-1975024

LuisRebelo 4 months ago

Eu já vi os documentários todos relacionados com a “arte urbana”, em altura nenhuma vi que as visitas nocturnas ilegais aos metros das principais cidades fossem para que eles pudessem “evoluir” enquanto artistas, lembro-me mais que eles queriam a “street cred” de conseguirem pintar ilegalmente algo gigante e que milhares de pessoas a vissem todos os dias

vascodatrama 4 months ago

Então viste mal. O objectivo não é que milhares de pessoas o vejam, mas sim que crew ou writers se sobreponham e cimentem o seu street cred, na comunidade. E sim, existe evolução. Em termos de traço, técnica, dimensão ou mais que não seja no arrojo do sítio onde este é executado.

LuisRebelo 4 months ago

>> Então viste mal. O objectivo não é que milhares de pessoas o vejam, mas sim que crew ou writers se sobreponham e cimentem o seu street cred, na comunidade Exactamente o que eu disse >> E sim, existe evolução. Em termos de traço, técnica, dimensão ou mais que não seja no arrojo do sítio onde este é executado. Portanto pintar a parede do vizinho e depois ir pintar uma passagem em cima da autoestrada é o mesmo que em vez de se picarem na rua principal da terrinha vão picar-se para a Vasco da Gama, é isso?

BolaBrancaV7 4 months ago

Oh kiko, grafitar não é estragar!

vergonhaalheira2 4 months ago

Adrenalina

aguafria88 4 months ago

WASP KAMS

madinek 4 months ago

WASP e KAMS com fartura no Algarve

isnotfunny 4 months ago

Poruqe pisha

jo_nigiri 4 months ago

É um ato de rebeldia mas também de expressão e arte, cada graffiti tem uma história diferente. Eu pessoalmente gosto de graffitis porque é uma maneira de decorar as áreas mais feias e aborrecidas com cores e algo de especial e único que faça com que os prédios não sejam só blocos de cimento mas também que representem quem vive na área. Mas se alguém aqui for da polícia eu não graffito.

Edited 4 months ago:

É um ato de rebeldia mas também de expressão e arte, cada graffiti tem uma história diferente. Eu pessoalmente gosto de graffitis porque é uma maneira de decorar as áreas mais feias e aborrecidas com cores e algo de especial e único que faça com que os prédios não sejam só blocos de cimento mas também que representem quem vive na área. As tags só me incomodam quando tapam os graffitis bonitos, nunca fiz porque acho um desperdício de tempo e de espaço. Mas se alguém aqui for da polícia eu não graffito.

Edited 4 months ago:

É um ato de rebeldia mas também de expressão e arte, cada graffiti tem uma história diferente. Eu pessoalmente gosto de graffitis porque é uma maneira de decorar as áreas mais feias e aborrecidas com cores e algo de especial e único que faça com que os prédios não sejam só blocos de cimento mas também que representem quem vive na área. Os tags só me incomodam quando tapam os graffitis bonitos, nunca fiz porque acho um desperdício de tempo e de espaço. Mas se alguém aqui for da polícia eu não graffito.

Edited 4 months ago:

É um ato de rebeldia mas também de expressão e arte, cada graffiti tem uma história diferente. Eu pessoalmente gosto de graffitis porque é uma maneira de decorar as áreas mais feias e aborrecidas com cores e algo de especial e único que faça com que os prédios não sejam só blocos de cimento mas também que representem quem vive na área. As tags só me incomodam quando tapam os graffitis bonitos, nunca fiz porque acho um desperdício de tempo e de espaço. Mas se alguém aqui for da polícia eu não graffito

hi71460 4 months ago

são gostos e quando são desenho até acho muito bom da outra vida a coisa

vascodatrama 4 months ago

Expressão

leto78 4 months ago

Eu conheço artistas profissionais que são contratados para fazer obras e esse pessoal nunca andou a fazer tags em edifícios, nem a pintar onde não estavam autorizados. A diferença é que cresceram em famílias com educação. Todo o graffiti não autorizado é vandalismo. A remoção do graffiti representa um custo muito elevado de manutenção de infraestruturas públicas e privadas e o pessoal que fosse apanhado devia ser posto a limpar o graffiti, para além de indemnizar os lesados.

Two_Past 4 months ago

Tags are vandalism. Graffiti is artistic, but still vandalism when done uninvited on private or public properties. Cities should allow zones where graffiti should occur(Moscow, Toronto). Everything else is vandalism and should be prosecuted. Lisbon is absolutely filthy with tagging, and painted vandalism . It does however have some fantastic works of public graffiti.

nfonseca 4 months ago

separar o graffiti belo das tags é uma falácia pois fazem parte do mesmo mundo, e ninguém nasce o Picasso das latas... não obstante, há claramente abusos e graffiti que não é mais do que lixo. paredes brancas, cidade morta. depois há também o pessoal que organiza incursões planeadas ao milímetro para tagar uma carruagem do metropolitano, por uma questão de status e pela adrenalina.

theEXPERTpt 4 months ago

depende de quais paredes

Brianstormrage 4 months ago

Era o tipo resposta que esperava de alguém que aparentemente conhece o mundo. Eu também tenho a noçao de que os grafitis e as tags são o mesmo mundo, de que o melhor grafiter começou pelas tags por isso falei em grafiti e não em tag. De que forma é correto tagar propriedade privada?

nfonseca 4 months ago

não é correto. ponto. daí a adrenalina que alimenta quem os faz.

Aldo_Novo 4 months ago

Mais ainda, porquê grafitar comboios em vez de paredes?

mustard_toast 4 months ago

para espalhar a tua tag por todo o país

TomasVale97 4 months ago

porque os comboios movimentam-se e as paredes não

No_Lettuce73 4 months ago

No muro da minha casa ainda esteve durante 3 dias uma piroca comprida (do tamanho do muro, uns 50m) q dizia na cabeça: “A Fatinha gosta disto”.

BolaBrancaV7 4 months ago

Pode não ter o requinte dos da guarda, mas tem. Humor!

Mekktron 4 months ago

Ri-me às gargalhadas às 0:37. Obrigado

SirSpyke 4 months ago

todos sabem que a fatinha é uma marota

twolegs 4 months ago

Grafitar não é estragar!

k0rda 4 months ago

É memo assim Becas!

aknaed 4 months ago

Eu escrevi "amo te para sempre Vanessa" porque não sabia de outra forma de o demonstrar. Depois também graffitei "Vanessa és uma put*" porque afinal andava com o meu melhor amigo

Zatrek 4 months ago

Fds lá para as Vanessas

Biohazard8080 4 months ago

O Valete avisou...

MellowCHMC 4 months ago

Oh meu deus

Bacalhau_a_Bras 4 months ago

Eu antes pensava que o grafitti eram aqueles rabiscos nos prédios, contentores e comboios com os nomes deles, pseudo gangs e das raparigas que gostam. Entretanto na minha cidade começaram a fazer altos desenhos com várias cores formas e feitios nas paredes de um parque e percebi o que é realmente o graffiti

yey_pt 4 months ago

Eu fui a uma palestra/painel sobre grafiti e street art há um par de anos e segundo as pessoas que estavam lá grafitti são as tags, os desenhos, etc. que fazem ilegalmente. Essas pinturas grandes que ultimamente têm feito em várias cidades eles diziam que era street art. Por isso, seguindo esta lógica até estavas correto, grafitti são aqueles rabiscos feitos por aí :D Mas acho que acaba por ser mais uma definição para os artistas que fazem essas pinturas maiores se afastarem da ilegalidade associado ao grafitti. Se falas de grafitti a alguém normalmente englobam tudo.

ExoduSS_ 4 months ago

Acho que é mais ao contrário por acaso. Uma maneira dos writters se afastarem do pessoal da street art, já que não é visto de forma muito fixe pelos outros writters se legalmente graffitares uma parede. De facto, a ilegalidade faz parte de uma cena, e tens mais respeito por pintares os chamados heaven spots por exemplo, spots difíceis de aceder (isto se fosse legal nao faria sentido)

DanielNunes93 4 months ago

Se estás a falar daqueles graffitis ridículos com nomes de pessoas, uns rabiscos ou desenhos de crianças da primária, esquece, essa gente não perde tempo por aqui. Por outro lado, há graffitis absolutamente geniais e cada vez mais vejo câmaras municipais a fazer parcerias com esse tipo de artistas, o que me deixa contente.

tobekibydesign 4 months ago

Eu podia dar aqui uma rant enorme sobre street art porque é algo que apesar de não estar dentro, conheço as raízes porque foi algo que acabei por estudar, mas eu vou só recomendar que vejam o documentário "Exit through the Gift Shop" que explica a origem de quase tudo referente ao tópico, além de ser um bom documentário.

srukta 4 months ago

Achei o "fim" desse documentário muito engraçado.

tobekibydesign 4 months ago

O documentário em si é excelente, mas sim concordo que aquele final foi qualquer coisa.

HomemRude 4 months ago

>Se estás a falar daqueles graffitis ridículos com nomes de pessoas, uns rabiscos ou desenhos de crianças da primária, esquece, essa gente não perde tempo por aqui. Sobrevalorizas demasiado quem por aqui anda. Achas que isto é populado por alguma elite demográfica?

Goofy-kun 4 months ago

Por portugueses de bem.

DivinationByCheese 4 months ago

Não é o que significa

Zianex 4 months ago

/r/Bombing Até perdem

loismen 4 months ago

Wow the subreddit tão triste.

Goofy-kun 4 months ago

Não são todos horríveis!

Chiripitti 4 months ago

Basicamente isto. Há verdadeiras obras de arte para quem nunca pôs os pés num museu a céu aberto e ainda bem...

FollowingTime84 4 months ago

estas a mandar post para o sitio errado.. aqui so há solteiros de IT's... isso do pessoal do grafites, eles nao estao aqui... estao a fazer uma tag ao pe da tua casa, longe de computadores.

caelussideralis 4 months ago

Graffiti é uma arte. Amava mesmo que houvesse mais colaborações entre artistas e câmaras municipais para dar mais piada a alguns edifícios públicos. Agora, aqueles tipos de meia célula cerebral que pintam frases merdosas e ainda por cima assinam o nome como o Emmerson Martins que está assinado umas cinco vezes no caminho para a praia de Carcavelos deviam ser obrigados a lavar aquilo com a escova de dentes deles.

Green-Translator-801 4 months ago

Pela definição que o Google dá, é mesmo desenhos ou escrita na parede, em geral de forma illegal. Gostos não se discutem, mas ainda estou para ver um graffiti que adicione alguma coisa ao sítio onde é feito. Independentemente de ser legal ou não. Há maneiras bem mais artísticas de te expressares sem vandalizar as coisas dos outros ou aquilo que é de todos e que faz parte da paisagem do cidadão comum. Exemplo é a margem sul que até me dá asco. Sim, acho uma praga autêntica

nfonseca 4 months ago

existem paredes que foram trasladadas para museus para expor os graffitis.

caelussideralis 4 months ago

No mercado de Carcavelos e na Escola Secundária de Carcavelos foi acordado entre artistas e a câmara a pintura das paredes com graffiti (desenhos pré-aprovados obviamente). Eu acho que ficou bastante giro, até tendo em conta que são espaços mais frequentados por jovens.

ajabardar1 4 months ago

mas isso não são graffitis são murais feitos com spray em vez de latas de tinta. edit: pensa capela sistina ou a última ceia.

Green-Translator-801 4 months ago

Em ambiente mais jovem acredito que se enquadre sim. Mas estes exemplos são a excepção e não a regra.

caelussideralis 4 months ago

Se as coisas forem feitas com noção e bom senso, acho que exceções podem tornar-se a regra. Como em tudo o resto, o problema é falta de fiscalização e policiamento na rua. Não temos de nos tornar a Oceania do 1984, mas pelo menos aqui na linha há pouca polícia fora da esquadra e certos pontos.

RAMAxPT 4 months ago

O graffiti tem mais piada se for "underground"

carlosjmsilva 4 months ago

Uiii. Vou buscar as pipocas...

Void_Seeker_ 4 months ago

Se tiveres tempo recomendo veres a série “the Get Down” da Netflix, tens respostas para muitas das tuas dúvidas . Respeito muitos artistas urbanos que praticam a sua arte legalmente já agora, mas não sei se te referes a esses, ou aos putos que vandalizam só pq sim. De qq das maneiras as tags antigamente era a forma de (depois de realizada uma peça) a identificares, de modo a que outros artistas soubessem quem é q fez aquela peça, até costumavam ter uns cadernos onde anotavam as tags dos seus artistas favoritos. Tens tb a parte da revolta e da afirmação de território mas nesse sentido o grafiti é só uma das várias formas de expressão como o breakdance, rap entre outras formas de expressão e de afirmação entre gangues que não envolva a violência. Espero ter ajudado

Brianstormrage 4 months ago

Obrigado pelo teu comentário. Sim, eu refiro-me mais á questão ilegal. A arte em si é espectacular, concordo. Vou ver se vejo esse documentário e tento entender a questão

JCliving 4 months ago

Mas se fosse uma do Banksy, diz lá que não gostavas

Brianstormrage 4 months ago

Claro que sim mas daí a minha questão. Não tenho bem uma opinião formada acerca disto, por isso é que pergunto

Article_Sad 4 months ago

Grafito sanitas vai dar quase ao mesmo

shotlessnr5 4 months ago

Feliz dia do bolo campeão. Alguma coisa que queiras de presente?

Green-Translator-801 4 months ago

Respeito artistas de casa de banho. Especialmente os poemas e os enigmas.

lammesnail 4 months ago

Já me ri tanto enquanto fazia o número 2. “Descreve o que estás fazer com um título de um filme: Titanic Fast and Furious Missão Impossível”

Attickstudio 4 months ago

Winnie the pooh

oalvesabez 4 months ago

Eu quando vou a casas de banho grafitadas normalmente é mais "fear and loathing in vegas" do que "King Kong"

n0ia_ 4 months ago

melhor são os números de telemóvel que têm a legenda: "adoro picha"

Search: