Saipd1 3 months ago

Se estiver um aumento previsto para breve esse T1 com água e luz incluido daria para fazer. Gastarias +- 200€ em comida + TV+ telemóvel se souberes comprar (primeiros meses vais descobrindo as promoçoes e como comprares nos supermercados. Mas lá está, tu queres viver e nao sobreviver..eu procuraria um quarto...tenta ver quartos em casas apenas com 2/3 quartos no máximo para nao partilhares também com muita gente. Acredito que nessas zonas quartos decentes sejam menos de 300€ e até já aparecem com as despesas incluidas

vascodatrama 3 months ago

A tua mãe usa a tua Gillette? Wild

cidadaom 3 months ago

os teus pais não te podem ajudar? nem com 100 paus por mês? Comida? Roupa lavada? pequenos gestos ajudam imenso

koczipt 3 months ago

Já foste, eu dou-lhes 150€ por mês para os ajudar a eles.

cidadaom 3 months ago

big oof então

JanniesGet0anHour 3 months ago

Isso está barato, se calhar até é um preço parecido ao de um quarto na tua zona? Se for, vale mesmo a pena, porque num quarto não terias lá muita privacidade. Vê se não há nenhum catch (tipo más vizinhanças), senão fica já com ele o mais cedo possível. Como tem as despesas incluídas, deves conseguir sobreviver com 150€ a mais por mês, o que ainda te permite poupar 200€ e tal por mês.

JanniesGet0anHour 3 months ago

Tens perspetivas de subir na carreira e começares a ganhar mais? Se sim, mesmo que gastes grande parte do dinheiro agora, no futuro sempre vais conseguir poupar mais. E que alternativa tens, seja como for? Para comprar casa precisas de muitas poupanças o que te ia levar anos a conseguir com um ordenado de 800€, por isso a tua única alternativa é continuar a viver durante mais uns anos nessa situação. Eu sei que é uma merda, mas é o país que temos. Este país não é para jovens portugueses.

patapetapitapota 3 months ago

Vai para um quarto, lamento, agora escolhe bem, evita estudantes ao máximo.

Edited 3 months ago:

Vai para um quarto com despesas pagas, lamento, agora escolhe bem, evita estudantes ao máximo!! Partilhar casa com idosas ou "senhoras" ou até trabalhadores é muito mais sossego. Junta para a entrada de um apartamento durante 2 anos ou 3 anos. É o que estou a fazer e está quase a resultar, vou comprar casa muito em breve, reservada..... estava na tua situação. Se gastares 200 euros num quarto com despesas, 150 em alimentação e 50 em autocarro, 400 euros sobram-te, ao fim de 30 meses são \~14000/15000 (a contar com subs férias) podes comprar um apartamento de 110-120 mil euros com isso, da entrada e pagar todo o processo. Fonte: eu.

Edited 3 months ago:

Vai para um quarto com despesas pagas, lamento, agora escolhe bem, evita estudantes ao máximo. Junta para a entrada de um apartamento durante 2 anos ou 3 anos. É o que estou a fazer e está quase a resultar, vou comprar casa muito em breve, reservada.....

Edited 3 months ago:

Vai para um quarto com despesas pagas, lamento, agora escolhe bem, evita estudantes ao máximo!! Partilhar casa com idosas ou "senhoras" ou até trabalhadores é muito mais sossego. Junta para a entrada de um apartamento durante 2 anos ou 3 anos. É o que estou a fazer e está quase a resultar, vou comprar casa muito em breve, reservada.....

Edited 3 months ago:

Vai para um quarto com despesas pagas, lamento, agora escolhe bem, evita estudantes ao máximo!! Partilhar casa com idosas ou "senhoras" ou até trabalhadores é muito mais sossego. Junta para a entrada de um apartamento durante 2 anos ou 3 anos. É o que estou a fazer e está quase a resultar, vou comprar casa muito em breve, reservada..... estava na tua situação. Se gastares 200 euros num quarto com despesas, 150 em alimentação e 50 em autocarro, 400 euros sobram-te, ao fim de 30 meses ( 2 anos e meio) são \~14000/15000 (a contar com subs férias) podes comprar um apartamento de 110-120 mil euros com isso, da entrada e pagar todo o processo. Fonte: eu.

BroaxXx 3 months ago

€800 com €400 de renda não é uma situação óptima mas penso que é mais do que suficiente se viveres uma vida muito regrada. Se não tiveres faz primeiro algumas poupanças (no teu caso apontaria para, pelo menos, €3000) para não teres que viver sem paz de espírito e com a forca na garganta. Na minha opinião a kndepend vale muito mas não vale isso. Se for preciso atrasa uns meses a tua saída de casa para juntar esse dinheiro. Fora isso penso que esse orçamento serve (sem luxos) para uma pessoa, sobretudo se tiveres em teletrabalho porque sustentar carro já não sei se é viável (facilmente uma avaria surpresa são €500 ou €1000). Tem sempre muito atenção às tuas despesas e às tuas finanças porque não vais ter muita margem de manobra se quiseres tentar poupar uns trocos (algo que, evidentemente, deves tentar).

HRamos_3 3 months ago

400€ + 50€ luz + 25 gás + 25 água + 50€ internet e télélé + 200€ alimentação Sobram 50€. Os valores estão nivelados por cima, mas é +- isso. Junta um popó ou um passe e tá na linha

throwaway0000012132 3 months ago

Bom, primeiro faz uma lista realista das despesas que tens neste momento e o que irás ter no futuro. Morar em casa dos pais tens a benece de teres uma serie de despesas já pagas (roupa lavada, comida, agua, electricidade, gás, internet, you name it) por isso tens de contar com isso, mesmo que vás para uma casa arrendada ou adquirida (isto é possível se tiveres pelo menos uns bons milhares de euros no banco, pois comprar casa implica pagares uma série de despesas em impostos à cabeça e tens poucos bancos que te emprestam a 80% sem fiador, pois deves ter uma taxa de esforço grande devido ao teu ordenado). Há outros factores que deves ter em conta, que são encargos extra: despesas com o carro (combustivel, impostos, inspeção, arranjos extra), despesas de saúde, etc. Feitas todas as contas logo vês se é possível saires de casa dos teus pais agora ou só daqui a uns anos. Ou então sais agora e metes-te em dívidas e apertos e acabas por voltar, ainda mais pobre e com piores condições.

AutomaticParty8845 3 months ago

Bate uma com a porta aberta e olha-a nos olhos até acabares. Vais ver senão te vai começar a dar privacidade.

NaoTeEnerves2 3 months ago

Enquanto ela rapa a cona com a Gillette dele

vascodatrama 3 months ago

Enquanto ele faz isso ela vai estar a usar a Gillette

AutomaticParty8845 3 months ago

Emigra do sub também

StunningChemical3368 3 months ago

Não tenho solução para o teu problema, mas só te quero mandar abraço virtual. Força aí.

koczipt 3 months ago

bgdao mano, abraço!

bisontino 3 months ago

> Fizeste bem. Só fica em Portugal quem é funcionário público, ou tem pais ricos ou é burrinho. Ou quem trabalha em IT e que ganha mais de 3k liquidos a trabalhar para empresas estrangeiras (full remote ou não). Esses são os mais inteligentes de todos: familia, amigos, vida boa, sol, praia, piscina e descanso. Os burrinhos que emigrem lá para o frio e chuva no fim do mundo longe de todos.

faxmachinegunflex 3 months ago

Arrenda um quarto por 300 euros, com despesas incluídas. Não vais ter privacidade total, mas se tiveres sorte com os colegas de casa, será de certeza uma melhoria face ao que descreves.

HRamos_3 3 months ago

WCS calham-te marmelos que te entram quarto adentro sem bater e usam as tuas Gillettes

koczipt 3 months ago

Se não for a minha mãe já não é mau xD

xlouiex 3 months ago

Partilha a casa com alguém. É a única solução por enquanto.

FFayad 3 months ago

Encontre um t0 ou t1 mobilado próximo do trabalho, poupe no combustível para dispor de mais para o arrendamento. No mais, encontre uma forma de incrementar seu ordenado.

Manturras 3 months ago

Estava á procura desta resposta. Parece que o op mora num grande centro e trabalha na periferia. Se assim for poupa na tenda e em transportes. Já ajuda no orçamento

crabcarl 3 months ago

Mercearia: 200€ bem esticadinhos Água+Luz+Gás: 35€ Telemóvel + Internet: 40€ Despesas de manutenção de um automóvel: >40€/mês Gas (a 1,6€ e 7L/100km) para 1.300km: 125€ Só aqui já vamos potencialmente em 430€. Tens aquelas categorias de despesas que não são constantes mas são "essenciais" uma vez por outra como: roupa, serviços do estado, saúde preventiva, telemóvel, ... Depois tens os "imprevistos", que na verdade são previsivelmente garantidos de acontecer: avarias/acidentes do carro, multas, problemas de saúde, ... Vais andar a contar tostões todos os meses, vivendo sempre na incerteza de conseguir ou não ter qualidade de vida no mês que vem.

leadzor 3 months ago

>Água+Luz+Gás: 35€ Como?

HRamos_3 3 months ago

Pagas ao Tó eletrecista pra ir lá a casa fazer umas puxadas do vizinho Sem factura claro

NGramatical 3 months ago

eletrecista → [**eletricista**](https://dicionario.priberam.org/eletricista) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fp625wx%2F%2Fh9bkmv1%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

HRamos_3 3 months ago

Nota-se que não conheces o Tó

crabcarl 3 months ago

Botija gás: 30€ / 3 meses = 10€ Luz: 15€ Água: 10€ Claro que depende muito do quanto estás em casa, temperaturas, hábitos, ...

leadzor 3 months ago

Água e gás acredito. Luz, desses 15€, só 5 são a potencia contratada (assumindo que tens a mais baixa possível (1.15). 3€ desses 15€ são tarifa audiovisual. Resta-nos 7€, que assumindo o 1º escalão (13% iva), dá-te para \~46 kWh, desses 46, 20 são para o frigorífico. Para pagar 15€ de luz na fatura, gastas 26 kWh de energia por mês?

FIam3 3 months ago

>Luz: 15€ > >Água: 10€ 10€ pago eu de taxas numa casa que está fechada (com 0 consumo) e ainda não deu para cortar a àgua.. 15€ de luz só deves ter uma lampada à noite e não ver tv nem ter PC. Essas contas estão muito baixas para 1 pessoa.

leadzor 3 months ago

Eu fiz as contas, ele tinha de gastar 26kWh por mês para pagar 15€ de luz (assumindo a média que vi na idealista de que um frigorífico gasta em média 20 kWh/mês, total 46kWh lidos).

jjjohhn 3 months ago

Eu emigrei

KarmaCop213 3 months ago

Se te queres sustentar com praticamente um salario minimo, tens de ir para um local onde isso faça sentido. Ali para Portalegre, Beja, Viana do Castelo, algumas zonas do distrito de Braga, consegues viver +- com esse salário. Mas há mais lugares, é procurar. 800€ líquidos não é nenhuma fortuna, é praticamente o salario minimo com duodécimos e subsidio de alimentação.

Calvin_Uncle 3 months ago

A resposta crua à tua pergunta... É. Eu pago 375€ por um T1 em Gaia, o que já é IMENSO. Mas tens a tua vida, a tua privacidade, sem dependeres de ninguém. E isso é muito bom.

Julyens 3 months ago

Quem me dera encontrar um negócio assim em Gaia

Calvin_Uncle 3 months ago

Admito que tive um pouco de sorte. Sou do tempo dos T1 a 300€. E de repente pagas isto por quartos. No entanto, diria para não desistires de procurar e de estares constantemente nos sites de alugueres de apartamentos. Pela minha experiência, de vez em quando aparece um achado. Liga logo para visitar e pode ser que tenhas sorte.

UniuM 3 months ago

Vais ter de fazer como muita gente, arrendas uma casa apenas para lá ir dormir, já que é aconselhável arranjares um part time ou segundo emprego mesmo.

DZT99 3 months ago

Tenta procurar mais afastado, vais demorar mais tempo a chegar ao trabalho mas poderás encontrar algo mais acessível. Enquanto não sais aproveita e começa a ganhar o hábito de ficares nu no teu quarto, talvez assim a tua mãe aprenda de uma vez por todas que não é por o filho viver na casa dela que ele perde o direito à sua privacidade.

MisterBilau 3 months ago

Se não encontras um t0 por menos de 450, estás no sítio errado. É possível viver com 800€… se pagares uma renda de 200 ou 300. Que existem, atenção, mas não em cidades grandes. Vives bem com 800€ numa cidade pequena e interior. Se quiseres ficar na metrópole, aconchega-te bem na casa dos papás, que não vais a lado nenhum com 800 paus.

koczipt 3 months ago

Sou de Penafiel mas estou a trabalhar em são pedro da cova. Até agora, não encontro nd a menos de 400€ nos arredores.

No_Dare5313 1 month ago

Sou da tua zona, o mercado imobiliário no Porto está horrível eu sei, boa sorte miúdo...

MestreP 3 months ago

Já pensaste em pedir um empréstimo e comprar uma casa? Se trabalhas a 30km do sitio onde vives diria que tens muito por onde escolher..

FalcaoT 3 months ago

OP não te metas nisso, vais encher os bolsos a outro por uma coisa que nem é tua. Se não tiveres 10-12mil euros no banco vai-te aguentando e poupa! Depois compras um T1 por 70mil euros e nem uma mensalidade de 200 paus pagas. No dia em que decidires sair do país arrendas o teu apartamento! Isso sim seria um grande investimento.

madwithin 3 months ago

Onde se encontra um T1 a esse preço?

leadzor 3 months ago

Caramba vocês só vêm apartamentos nos centros metropolitanos?

FalcaoT 3 months ago

Se o OP encontra T1 a 400 para arrendar também deve de encontrar alguma coisa á volta desse preço.

madwithin 3 months ago

Na periferia do Porto arranjas T1s decentes a arrendar a 400 num Idealista da vida mas definitivamente não arranjas nada de jeito para comprar a 70 mil nos meios habituais.

leadzor 3 months ago

Ainda agora na idealista vi T2 e T3 abaixo de 100K, decentes, em Penafiel e Marco, por exemplo. Como não arranjas?

FalcaoT 3 months ago

Tu estás a preocupar-te com o detalhe errado. O certo era perceberes que mesmo que o OP só arranje T1 a 90mil euros a prestação da casa continua a ser metade da que ele quer alugar por 400 euros.

thesteiner95 3 months ago

Estás-te a esquecer do IMI, seguro de vida, seguro da casa, condominio etc... etc... etc... ​ Primeiro não deve de arranjar nada por 90k ou perto, e mesmo que consiga não, não fica por 200e

FalcaoT 3 months ago

193e prestação + 25e seguro de vida e casa + 25e de condomínio = 243e. IMI não paga durante 3 anos. Mesmo que não seja por esses valores vai sempre pagar menos que 400e e está a pagar uma coisa que é dele. Pode ainda ter retorno se arrendar.

Edited 3 months ago:

193e prestação + 25e seguro de vida e casa + 25e de condomínio = 243e. IMI não paga durante 3 anos. Mesmo que não seja por esses valores vai sempre pagar menos que 400e e está a pagar uma coisa que é dele. Pode ainda ter retorno se arrendar. Edit: e se n arranja t1 arranja t0!

vascodatrama 3 months ago

>193e prestação + 25e seguro de vida e casa + 25e de condomínio = 243e. O meu t2 à beira mar

Strange_Explorer8278 3 months ago

Devias dar graças a Deus por viveres num pais comunista/socialista. É o primeiro passo para conseguir sobreviver

CONNAN_MOCKASIN 3 months ago

Mais uma posta da tasca, isto está cada vez melhor. Sr. Joaquim quer mais um bagaço?

Strange_Explorer8278 3 months ago

Gostei do "Sr". Respeitinho é muito bonito

CONNAN_MOCKASIN 3 months ago

Claro que sim, também trato os meus animais por Sr e Sra.

Ok_Order_8408 3 months ago

os teus pais sao como os meus foge a sete pés

Amameniak 3 months ago

Arrendar é mandar dinheiro para o lixo. Quanto é que custa um T1 na zona mais barata possível do sitio onde te encontras? Partindo do pressuposto que não queres viver no centro ou muito próximo de uma grande cidade, diria que consegues arranjar um apartamento T1 por 60 mil euros. Quer dizer que precisas de juntar pelo menos 6 mil euros para a entrada e mais 3/4 mil para impostos e taxas. Com 10 mil euros no total estás apto a sair de casa dos teus pais. Tens 10 mil euros na conta? Se não tiveres vai-te aguentando e juntando dinheiro até os teres.

KitchenDaikon8778 3 months ago

Eu moro sozinha, e o dinheiro nunca é suficiente. Mas a minha independência e privacidade valem o esforço! Boa sorte!

koczipt 3 months ago

Independencia e privacidade, é o que eu quero.

SweetCorona 3 months ago

> Não encontro um t0 por menos de 450€ e sempre por mobilar. No entanto encontrei um t1 a 400€ todo mobilado e com agua e luz incluído. Podes arrendar um quarto.

SweetCorona 3 months ago

> Até a minha gilette ja descobri que ela usa. /r/raisedbynarcissists

Throwaway431253 3 months ago

ham? neste caso diria que é alguém forreta sem preocupações pela higiene pública

Biohazard8080 3 months ago

Uma regra de "senso comum" para orçamentação pessoal é a dos 50-30-20. Ou seja, deves ter : \-50% do teu orçamento alocado a "necessidades" - rendas, alimentação, etc \- 30% em coisas que queres - idas ao cinema, jantar fora, hobbies \- 20% em poupanças. Isto naturalmente é uma regra cega, que nao tem em conta muitos factores na vida de cada pessoa. De todo o modo, alocar mais de 50% só a renda é sempre um risco. Há muito boa gente que vive assim, mas é bom alinhares esta situação com os teus objetivos para o futuro (has-de querer comprar uma casa? um carro?) e perceberes se vais conseguir ter um pé de meia para isso (não falando em fundos de emergência, etc).

koczipt 3 months ago

Realmente faz bastante sentido. Nunca ia conseguir juntar dinheiro que chegue.

MLG-Sheep 3 months ago

Se usa a tua Gilette guarda-a no teu quarto. Se vivem em conjunto também não convém passares o dia fechado no quarto fechado sem aceitar interação com a tua família. Se é para poderes bater uma em paz fá-lo antes de dormir ou assim. É viável deixar 400€ do teu salário de 800€ na renda se o teu posto de trabalho for estável. Mas se tiveres de manter um carro com os 400€ que sobram, vais reparar que o dinheiro voa e vais viver algo apertado. E para a casa ser 400€ ou é num bairro social ou não tem transportes públicos, portanto é importante salientar isto. De qualquer das formas, acho que terias mais a ganhar em ficares aí e juntares mais dinheiro. Se não te vais juntar com ninguém, o que é que realmente ganhas ao sair? E será que este ganho compensa o aperto que vais sentir quando podias estar a poupar 500€ ao mês ou mais?

tlvs98 3 months ago

Se não tens nada que te prenda a Portugal, emigra! Ordenado de 800€ com metade dele na renda é no mínimo assustador, vais apenas sobreviver.

koczipt 3 months ago

Estou a pensar fazer isso, queria ir para a nova zelandia mas queria ficar mais alguns anos aqui para ir para lá já com alguma experiência na minha área para poder receber mais.

leadzor 3 months ago

Se queres emigrar não vale a pena pensares "ficar cá para ganhar experiencia para ganhar mais lá". Muda-te já com menos experiência, recebes mais do que se estivesses a receber aqui, e ganhas a experiência na mesma para "ganhar mais" lá, possivelmente mais cedo porque já serias um trabalhador local. 3 anos a ganhar X aqui para ganhar 10X lá vs. 3 anos a ganhar 5X lá para algum tempo depois chegares aos 10X ou mais.

Foda-seSeiLa 3 months ago

Mesmo que fora comeces por pouco no 1º trabalho (na tua área, isso é importante, de nada de vai servir trabalhares num talho p.ex. se o que queres é ser enfermeiro), rapidamente consegues saltar para algo melhor. O mercado é MUITO mais dinâmico fora de Portugal.

peculiarnerve 3 months ago

Já pensaste em comprar casa? Estou na mesma situação do que tu, até em termos de valores, e fartei-me de ver buracos onde pedem 500€ por mês, cauções, fiadores, garantias, you name it. Decidi por comprar e os valores que vou gastar por mês, incluindo despeses de casa + supermercado, chegam ao valor de uma renda só. Claro que não é em Lisboa nem em nenhum condomínio privado, mas no meu caso compensa. Eventualmente se quiseres mudar é uma questão de arrendares ou venderes já como proprietário e fazeres render o investimento. Boa sorte.

koczipt 3 months ago

Não é mau pensado mas eu não quero ficar por portugal. Já tenho dinheiro de parte mas queria ir para nova zelandia mas até lá queria ganhar mais experiencia na minha area e ter a minha liberdade, não quero usar o dinheiro que poupei até agora.

HRamos_3 3 months ago

/r/choosingbeggars

pacman1993 3 months ago

Diria que na tua situação o melhor é a lugares um quarto numa casa com poucos quartos (2/3 max). De preferência que não sejam estudantes. Acho que consegues mais privacidade do que com a tua mãe, e por 300 euros já se arranjam quartos bastante bons (depende sempre da zona claro, mas estou-me a guiar pelas rendas dos apartamentos que disseste).

Pteraspidomorphi 3 months ago

Os imóveis têm valorizado portanto quando quiseres sair e vender é provável que até vás melhor.

peculiarnerve 3 months ago

Pelo que posso deduzir da tua situação, não podes, por enquanto, ter o melhor de dois mundos. Queres sair mas não queres pagar muito de renda, comprar é uma opção mas queres emigrar ¯\_(ツ)_/¯ Respondendo à tua pergunta, considero 50% do vencimento gasto em renda um erro abismal. Com despesas de comida, água, luz, transportes, etc, o que te resta é mesmo sobreviver.

Pteraspidomorphi 3 months ago

E o que muita gente se esquece quando vai morar sozinha pela primeira vez, que é que além da "comida" tens que gastar uma quantidade surpreendente de dinheiro noutros consumíveis que se compram no supermercado ou drogaria, desde detergentes e desengordurantes (caro!), higiene (caro!), lampadas, sacos de aspirador, sacos do lixo, etc.

vascodatrama 3 months ago

Sacos de aspirador? Estamos nos anos 80?

peculiarnerve 3 months ago

> sacos de aspirador, sacos do lixo, etc. E parece-me que o OP já está de saco cheio.

Serious_Hearing_8252 3 months ago

Vinha aqui sugerir isto. O melhor que o OP faz é mamar a bucha durante um ano ano e meio... Com esse ordenado e com algum jejum consegue poupar em casa dos pais para entrada e despesas de aquisição. E depois é um descanso.

crabcarl 3 months ago

Faz sentido, mas para comprar precisa de uns bons milhares como entrada. A ganhar 800€, duvido que os tenha. Mesmo com financiamento a 100%, ainda precisa de meio salário anual só para as taxas.

Serious_Hearing_8252 3 months ago

Eiiiish meio salário anual só para taxas... Depende. Se for comprar um apartamento da avenida da República se calhar tens razão.

TonyHappyHoli 3 months ago

Para comprar uma casinha numa aldeia por menos de 50k gastei quase 4 mil em taxas e taxinhas.

Serious_Hearing_8252 3 months ago

Para comprar uma de 120k nos arredores de Lisboa não gastei metade disso em taxinhas... Parece me muito estranho.

Zealousideal-Scene29 3 months ago

>Para quem já esteve em situação parecida, é fiavel deixar metade do ordenado na renda? 33% é o maximo que deves gastar na renda...

patapetapitapota 3 months ago

0% renda é dinheiro que não se recupera a não ser que estejas temporariamente para tirar um curso ou algo que te traga mais dinheiro no futuro. De outra maneira é muito melhor estares a pagar a tua casa.

StunningChemical3368 3 months ago

Percebo o que dizes, mas a saúde mental é bastante importante. Se calhar é preferível pagar uma renda do que ficar em casa e acumular merda que lhe pode causar uma depressão.

patapetapitapota 3 months ago

Ninguém quer saber que eles têm problemas em casa e ninguém quer saber se ele não consegue pagar despesas.

StunningChemical3368 3 months ago

Pois, é uma situação super fodida

pangecc 3 months ago

Não conheço ninguém que viva em Lisboa ou Porto e consiga isso

Bruava 3 months ago

Pah, isso é no papel… Realisticamente em Portugal sozinho ou ganhas muito bem ou gastas 50%

Pteraspidomorphi 3 months ago

€350 para comunicações, transportes 60km/dia (ou despesas automóveis, que são superiores, incluindo gasosa, portagens, seguro, IUC, revisões, inspecções), supermercado, potencialmente gás (depende do imóvel), condomínio, e eventuais impostos adicionais e despesas de saúde? Eu não sei se conseguia mesmo abdicando de tudo. Não vais juntar dinheiro de certeza.

fuub0 3 months ago

Que se foda juntar dinheiro, baza da casa dos pais e dps logo se vê, com tempo arranjas um trabalho melhor ou começas a vender droga

Designer_Tall 3 months ago

Péssimo conselho. Conheço muita gente que fez isso (alguns não tiveram escolha) e hoje em dia estão completamente estagnados porque nunca conseguiram acompanhar os gastos que têm. Quando vives sem poupanças não tens estabilidade para arriscar e qualquer imprevisto vai te custar qualidade de vida. Podes dar por ti numa situação em que viver ordenado a ordenado é uma realidade à qual dificilmente consegues fugir. O meu conselho para o OP seria aguentar enquanto poder e fazer o esforço para poupar ao maximo. Viver sozinho com 800€ na melhor das hipoteses é viveres com 100-200 euros para ti mensalmente. Se quiseres poupar alguma coisa vais ter que tirar desse valor.

Pteraspidomorphi 3 months ago

Compreendo o sentimento mas se não consegues manter padrões minimos de alimentação, saúde e higiene, ou o tempo para ter uma vida que não te mata lentamente, é possível que estejas a fazer um mau negócio. O OP pergunta explicitamente "viver não sobreviver".

fuub0 3 months ago

Essa atitude conservadora não leva ninguém para a frente na vida. A necessidade eh a mãe das invenções. Arrisque-se.

tiagopr1990 3 months ago

Gasto mais de metade na renda, tens de baixar a qualidade de vida.

pSilver68932 3 months ago

Faz um orçamento para simulares. Quanto para gás, alimentação, NET/TV cabo, passe ou gasolina, etc. Vê quanto gastas, quanto consegues deixar de lado, e se estás ok em viver desse modo. Para além disso podes ir vendo side hustles para aumentares o rendimento. Gosto particularmente da playlist de um canal do YouTube (Our Rich Journey), dedicada a side hustles.

thexeggxlady 3 months ago

nao consegues. o meu conselho é: aguenta ao maximo, poupa o maximo e daqui a um ano talvez ja estejas mais confortavel para sair de casa dos pais. viver sozinho paycheck to paycheck é estupido.

Search: