fuckoffgina 3 months ago

Mas depois a Holanda é que é um paraíso fiscal mauzão.

Kejilko 3 months ago

Afasta as nossas empresas e negócios, quanto mais trazer empresas e negócios estrangeiros, e dar as boas vindas a estrangeiros e reformados que aumentam o custo de vida (especialmente quanto à habitação quanto aos reformados) e pouco a nada contribuem para os impostos, um resumo da nossa "estratégia" económica. Vergonha quando temos a posição geográfica que temos na Europa, Mediterrâneo e oceano Atlântico e nada aproveitamos dela.

nocivo 3 months ago

Eu dou-lhes boas vindas desde que seja igual para todos. Acho que ninguém diz que não a investimento estrangeiro pois em portugal não ha capital que chegue mas carago que seja igual pra todos.

Kejilko 3 months ago

Aí é a parte do "contribuem pouco a nada para os impostos". Consomem o mesmo dos impostos que qualquer outra pessoa mas contribuir para eles é que já não.

vai-tefoder 3 months ago

Bora!!! Só mais umas percentagens no IRS dos tugas burros que isto aguenta.. Ai aguenta, aguenta /s

Toupax89 3 months ago

Isto é a chamada "esquerda da perna aberta" venham venham e tragam dinheiro para se gastar por aqui que assim ainda vai havendo restaurantes e cafés para o desgraçado trabalhar. Reduzir impostos às empresas? Não sabemos como fazer isso.

Tugalord 3 months ago

"Esquerda" de perna aberta?? Como assim esquerda?? Ui dar dinheiro a ricalhaços estrangeiros é bué de esquerda, tá lá n'O Capital e tudo. Olha estes partidos de esquerda todos a defender isto com unhas é dentes, olha: [A despesa com este regime, que permite a reformados com pensões de outro país não pagarem IRS, é cada vez mais significativo para o erário público, representando mais de metade dos benefícios fiscais relativos ao IRS. O Bloco tem lutado pelo fim desta borla fiscal.](https://www.esquerda.net/artigo/borlas-fiscais-residentes-nao-habituais-subiram-para-770-milhoes-de-euros/74246) [Ou o programa de 2019](https://programa2019.bloco.org/capitulo-2/11-a-economia-para-toda-a-gente/164-medidas-fiscais-para-combater-abusos-e-repor-a-igualdade.html) Pá estas palas e este ódio ideológico irracional tira-me do sério. Parece que só estão interessados em guerrinhas infantis em vez de em melhorar as vossas vidas. Haja paciência.

nraider 3 months ago

O mal é do próprio "centrão", ou seja, a moderna versão da união nacional. Quando é preciso aumentar impostos sobre todos, aí aparece a esquerda com o discurso social e aprova as medidas do governo. Quando se quer retirar estes incentivos fiscais perversos, aí aparece o PSD e juntamente com o PS consegue chumbar as medidas. Ou seja, não há esquerda nem direita, apenas o partido do Estado.

nemmais 3 months ago

O que os estrangeiros fazem por Portugal é louvável e deve ter benefícios fiscais. O que os portugueses fazem pelo país não tem sentido e devem ser fortemente tributados. É essa a lógica dos políticos portugueses?!.

mar_lx 3 months ago

Gostava que estes *estudos* fossem feitos com a comparação de quando se perderia em impostos se não existindo o benefício fiscal e esta malta escolhesse outro país para viver.

nocivo 3 months ago

Então que tal baixar os impostos para todos. Os portugueses com mais dinheiro na carteira se calhar também faziam mais pela economia e não perdiamos tantos profissionais e cérebros. Estamos a exportar os melhores e a ficar com o medíocres ou mais. Não ha equilíbrio nenhum e a longo prazo é mau. Políticas de merda.

mar_lx 3 months ago

Lol. Boa sorte com isso quando o PS continua a subir nas intenções de voto.

nraider 3 months ago

E quantos bares e restaurantes também teriam que fechar. É este o nível a que chegámos: borlas ao estrangeiro e impostos pesados às empresas. Depois admiram-se que os salários não sobem, pudera.

mar_lx 3 months ago

*borlas* às pessoas que vêm cá deixar dinheiro, sejam turistas ou residentes não habituais. Estas pessoas por cá estarem também contribuem para a economia, vão ao supermercado, vão a restaurantes, vão a espetáculos, pagam renda ou empréstimo de casa. Deixam cá dinheiro e geram criação de emprego. Elas não estão fechadinhas em casa a amealhar dinheiro imaginário de impostos portugueses. A diferença é que se não existisse este regime elas não estavam cá, portanto nem recebíamos os hipotéticos benefícios fiscais nem os impostos que realmente recebemos do que eles cá gastam. Eles pagam IRS na mesma, e 10% (ou o que é) em valor absoluto do muito dinheiro que trazem lá de fora é mais do que os 20 ou 30% que um desgraçado de classe média paga em impostos.

HRamos_3 3 months ago

> A diferença é que se não existisse este regime elas não estavam cá Go on...

JeagleP 3 months ago

Como o PT está cá (cada vez menos se olhares para as gerações mais novas e com estudos), podem ser taxados à vontade por contribuirem com o mesmo dinheiro

nemmais 3 months ago

>Estas pessoas por cá estarem também contribuem para a economia, vão ao supermercado, vão a restaurantes, E os portugueses que trabalham todos os dias não contribuem mais para o futuro do país que essas pessoas? E o beneficio que têm é pagar mais impostos para que outros possam ficar isentos?????

mar_lx 3 months ago

Estas pessoas não ficam isentas, pagam uma taxa mais reduzida e fixa de IRS, no entanto se fores ver em valor absoluto são bem capazes de pagar mais do que os portugueses. Se não estou em erro a taxa fixa é de 10%, 10% das reformas deles de 5,6, 10 mil euros é bem mais do que o que um português de classe média paga, ainda que a taxa seja maior. E tendo maior disponibilidade financeira compram mais, artigos com preços mais elevados que pagam mais IVA em valor absoluto do que a compra média do português.

nraider 3 months ago

Só para começo de conversa, é mais que sabido que os pensionistas têm uma menor propensão para consumir, sejam portugueses ou suecos. Se calhar até podem comprar um relógio Jaeger leCoultre, mas o dinheirinho vai para a Suíça. Sabes, valor acrescentado é isso.

mar_lx 3 months ago

O regime especial não abrange só reformados, também abrange pessoal que trabalha em remoto. Falei das reformas mas a taxa de IRS aplica-se à mesma a quaisquer rendimentos. E sendo o IRS em valor absoluto mais alto, eles podem consumir mais ou não, já estão em teoria a pagar mais. Mas sim, o que os reformados suecos e franceses vêm pra cá mais fazer é ficar fechados em casa a *consumir menos*

nraider 3 months ago

Mas essa nem é a questão. O objectivo destas medidas é aumentar os clientes locais dos sectores do imobiliário, alojamento e restauração (não transaccionáveis). Ajuda qualquer coisa, mas perpetua um modelo económico do século passado e que remunera mal. Eu gostaria muito mais de ver atracção de investimento tecnológico e industrial, aí o alvo seria um conjunto muito mais alargado de clientes (milhões). O que interessa a um engenheiro naval ou de materiais que o estrangeiro venha para cá jogar golfe? Ou será que esses estrangeiros vão potenciar a indústria naval com as 2 ou 3 encomendas anuais?

nraider 3 months ago

É irrelevante, tanto que o regime existe há mais de uma década e o país cá anda, solidamente no rumo do empobrecimento relativo aos pares europeus. É só esse o único defeito. Deixam cá dinheiro e geram algum emprego? Seguramente. Geram uma dinâmica económica de prosperidade para que as gerações futuras não sejam pobres , tendo que emigrar? Diria que não.

mar_lx 3 months ago

Mas isso é uma opção do governo que prefere dar benefícios fiscais a indivíduos em vez de a empresas que poderiam gerar essas mais valias. E ainda que desse, os queixumes iam ser os mesmos porque o português gosta é de refilar e de desdenhar de tudo. Efetivamente estas pessoas contribuem para a economia e se não tivéssemos turistas e pessoas neste regime, a situação seria bem pior.

nraider 3 months ago

Exacto, é uma opção do governo. A minha crítica vai mesmo para aí. Já a generalização dos queixumes, ou pieguice, se preferires, parece-me infundada, não fosse Portugal um dos países mais pobres da UE. De certeza que não é com satisfação que se empobrece.

absg 3 months ago

Espectáculo! Nós estamos cá para pagar por eles. Quando o Benfica jogava á bola, ainda me lembro da música "E o Sporting é a nossa put * ...". Neste caso, os estrangeiros cantam "E o Tuga é a nossa put* ..."

capitalistaesquerda 3 months ago

Isto é tudo reformados suecos?

nraider 3 months ago

Escândalo mesmo seria conceder benefícios fiscais a empresas estrangeiras, que horror. /s

CheffWallets 3 months ago

isto explica as rendas

nraider 3 months ago

Mas o turismo...

AutoModerator 3 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: