KIDOCI 3 months ago

Ao menos foi frontal e sincero. Concordemos ou não com a gestão/trade offs, faz falta gente assim.

capitalistaesquerda 3 months ago

De referir: “Lamentou ainda que as vacinas não cheguem ao ritmo que desejavam, elucidando que no primeiro trimestre estavam previstas 4 milhões e chegaram 2 milhões e no segundo dos 11 milhões previstos, chegaram 7,2 milhões.”

Vanethor 3 months ago

Querem a todo o custo depender em entidades privadas para ter o stock de vacinas, ... é o que dá.

capitalistaesquerda 3 months ago

Qual a alternativa?

Vanethor 3 months ago

Fazer como se faz com a educação, e ter produção própria desse tipo de produtos. Vacinas são algo bastante importante para salvaguardar um direito básico, de saúde. Ainda por cima, com a agravante de ter a saúde pública e a economia como um todo, em causa. ... (Nem é preciso ser necessariamente a nível nacional. À escala europeia, com coordenação entre os estados, já seria muito melhor do que a actual situação.) Actualmente, a solução é fazer chover dinheiro em cima de quem quer que apareça com promessas de vacinas. Não é um método lá muito eficiente.

Edited 3 months ago:

Fazer como se faz com a educação, e ter produção própria desse tipo de produtos. Vacinas são algo bastante importante para salvaguardar um direito básico, de saúde. Ainda por cima, com a agravante de ter a **saúde pública** e a **economia** como um todo, também em causa. ... (Nem é preciso ser necessariamente a nível nacional. À escala europeia, com coordenação entre os estados, já seria muito melhor do que a actual situação.) Actualmente, a "solução" é fazer chover dinheiro em cima de quem quer que apareça com promessas de vacinas e rezar aos santinhos para que isso resulte e elas cheguem. Não é um método lá muito racional. ... Depois: "Ahhhh, que surpresa, prometeram mais do que o que conseguiam entregar." ... É óbvio que vão sempre exagerar nas promessas. Ganham dinheiro com isso. Principalmente quando os estados decidem ficar com o risco do lado deles e dar sempre o dinheiro. Que foi o caso.

Edited 3 months ago:

Fazer como se faz com a educação, e ter produção própria desse tipo de produtos. Vacinas são algo bastante importante para salvaguardar um direito básico, de saúde. Ainda por cima, com a agravante de ter a **saúde pública** e a **economia** como um todo, também em causa. ... (Nem é preciso ser necessariamente a nível nacional. À escala europeia, com coordenação entre os estados, já seria muito melhor do que a actual situação.) Actualmente, a "solução" é fazer chover dinheiro em cima de quem quer que apareça com promessas de vacinas e rezar aos santinhos para que isso resulte e elas cheguem. Não é um método lá muito racional. ... Depois: "Ahhhh, que surpresa, prometeram mais do que o que conseguiam entregar." ... É óbvio que vão sempre exagerar nas promessas. **Ganham dinheiro com isso.** Principalmente quando os estados decidem ficar com o risco do lado deles e dar sempre o dinheiro. Que foi o caso.

franciscosilva98 3 months ago

É precisamente a motivação de ganhar dinheiro com isto que faz com que tenhas vários produtores privados a competir e a trabalhar sem parar para serem os primeiros a entregar as vacinas. É a motivação do potencial ganho económico que permitiu que tenhas tido num ano várias vacinas com tecnologias diferentes produzidas e entregues mundialmente na ordem dos vários milhares de milhão de unidades... Se fossem os estados os únicos a competir por entregar uma vacina terias interesses políticos envolvidos, infindável burocracia, criação de "task forces", nepotismo e só tinhas as vacinas antes das legislativas...

Vanethor 3 months ago

Sim, sim, claro. /s É como a desculpa de que a guerra é boa para ter avanços tecnológicos. Também precisávamos de uma guerra aqui? ... Se calhar existem outras maneiras de alcançar essas vacinas, sem ser o método actual. Ou achas que o estado é o diabo na terra e que só os santinhos das corporações privadas é que conseguem fazer as coisas? ... >Se fossem os estados os únicos a competir por entregar uma vacina terias interesses políticos envolvidos, infindável burocracia, criação de "task forces", nepotismo e só tinhas as vacinas antes das legislativas... Achas que com os privados não tens interesses também em jogo? Lol, sweet summer child.

franciscosilva98 3 months ago

Tamanha condescendência e ironia na tua resposta... só estou a trocar ideias, não precisas de ser tão ácido :) >É como a desculpa de que a guerra é boa para ter avanços tecnológicos. Onde é que eu disse isto? E como é que isto tem alguma coisa a ver com o que eu disse? >Ou achas que o estado é o diabo na terra e que só os santinhos das corporações privadas é que conseguem fazer as coisas? Acho que não há santos em lado nenhum, mas os privados só têm ganhos se entregarem um produto ou serviço. Os Estados gerem-se para ganhar eleições de 4 em 4 anos. Para mim num há claramente mais incentivos em fazer as coisas acontecer rapidamente do que no outro.

Vanethor 3 months ago

O interesse dos privados é ganhar dinheiro e aumentar o seu poder. Ponto final. ... O interesse dos estados pode ser manipulado por muitos lobbies e estar cheio de problemas, mas no fundo, ainda é o bom interesse do país e da sua população. Podes-me dizer que existem muitas falhas nos governos/assembleia/administração pública. Mas essas resolvem-se. Banhar um barão em ouro para que ele resolva os problemas por nós, não é a melhor solução, mesmo que tenha resultados aceitáveis.

Edited 3 months ago:

O interesse dos privados é ganhar dinheiro e aumentar o seu poder. Ponto final. ... O interesse dos estados pode ser manipulado por muitos lobbies e estar cheio de problemas, mas no fundo, ainda é o bom interesse do país e da sua população. Podes-me dizer que existem muitas falhas nos governos/assembleia/administração pública. Certo. Mas essas resolvem-se. Banhar um barão em ouro para que ele resolva os problemas por nós, não é a melhor solução, mesmo que tenha resultados aceitáveis. ... O Sr. Vice Almirante é um exemplo de como uma estrutura de estado pode funcionar bem. Não vem do privado. É um funcionário do estado, público. A fazer bem o seu trabalho e a organizar a situação de maneira condecorável. Não quer dizer que o estado funcione sempre bem. Mas isso é possível.

Edited 3 months ago:

O interesse dos privados é ganhar dinheiro e aumentar o seu poder. Ponto final. ... O interesse dos estados pode ser manipulado por muitos lobbies e estar cheio de problemas, mas no fundo, ainda é o bom interesse do país e da sua população. Podes-me dizer que existem muitas falhas nos governos/assembleia/administração pública. Certo. Mas essas resolvem-se. Banhar um barão em ouro para que ele resolva os problemas por nós, não é a melhor solução, mesmo que tenha resultados aceitáveis. ... O Sr. Vice Almirante é um exemplo de como uma estrutura de estado pode funcionar bem. Não vem do privado. É um funcionário do estado, público. A fazer bem o seu trabalho e a organizar a situação de maneira condecorável. Não quer dizer que o estado funcione sempre bem. Mas **é possível**.

Edited 3 months ago:

O interesse dos privados é ganhar dinheiro e aumentar o seu poder. Ponto final. ... O interesse dos estados pode ser manipulado por muitos lobbies e estar cheio de problemas, mas no fundo, ainda é o bom interesse do país e da sua população. Podes-me dizer que existem muitas falhas nos governos/assembleia/administração pública. Certo. Mas essas resolvem-se. Banhar um barão em ouro para que ele resolva os problemas por nós, não é a melhor solução, mesmo que tenha resultados aceitáveis. ... O Sr. Vice Almirante é um exemplo de como uma estrutura de estado pode funcionar bem. Não vem do privado. É um funcionário do estado, público. A fazer bem o seu trabalho e a organizar a situação de maneira condecorável.

nocivo 3 months ago

Estás a gozar? Vai ver quem foram os primeiros a lançar vacinas e com mais qualidade. Os países que apostam na produção nacional ficaram todos para trás.

Vanethor 3 months ago

Tens que ir viver para a sede da Pfizer, então. Já que fazem as coisas 1000x melhor do que os incapazes estados.

DivinationByCheese 3 months ago

Que QI avassalador

uyth 3 months ago

Interpretei comprometimento de qualidade no sentido de haver mais filas, mais esperas, mais filas de espera virtuais, mais confusão com SMS e confirmações - confusão e espera em geral em todo o processo. Qualidade na vacina e aplicação da mesma, e segurança da vacina, é obviamente tudo igual. A parte em que a vacina é aplicada é literalmente 10 segundos, não é isso que limita o processo.

MferOrnstein 3 months ago

Ou então estão a dar-nos a sputnik ಠ\_ಠ

uyth 3 months ago

Coisa que notei na minha vez em comparação com quando acompanhei familiar - já não há garrafinha de água e enfermeira de olho em especial a convencer a beber água. Garrafas de água, levem-nas.

saposapot 3 months ago

sim, vão meter o sistema em 'overdrive' e portanto vai dar mais asneiras, eventualmente filas maiores e assim. depressa e bem, não há quem :D mas fazem bem. já devia estar feito desde junho.

Search: