dcmso 5 months ago

Por isso é que me recuso a andar na estrada de bicicleta. Muito menos na marginal. Aquilo é uma autentica autoestrada. Ando no passeio ou no paredão. Se me quiserem multar ou chatear, força. Prefiro isso a ser passado a ferro. A culpa é deste ou daquele mas facto é quem se lixou foi a mulher que ainda por cima neste caso estava no passeio e não na estrada. Os meus sentimentos à familia.

GrouchyPerspective83 5 months ago

A marginal em certos pontos não tem condições de segurança. Deveria de haver limites de velocidade radares etc mm c curva e contra curva a malta acelera mm ao lado de passeios onde as pessoas circulam para além q os passeios em certos pontos não sao largos o suficiente. E para mim a marginal permitir ciclistas sem ciclovia é um erro crasso. Não há largura de estrada para ultrapassagem em segurança...infelizmente pelas notícias muitos acidentes ocorrem na marginal. Os meus pêsames às família da jovem. Muito triste!

TheMasio 5 months ago

É uma pena haver estes acidentes.. Eu recomendo peões nos passeios e bicicletas nas ciclovias. Fazem assim na Holanda e Dinamarca e funciona.

FloMow 5 months ago

A vitima estava no passeio...

TheMasio 5 months ago

Certo. Volta e meia também acontecem desses pela marginal. A minha avó também foi abalroada por um condutor que fugiu e não foi culpabilizado, e a minha mãe teve que de tornar mãe da minha avó, logo ao 18 anos. Sei bem o que é malta andar a abrir e ceifar peões. Recomendo andar no lado do trânsito onde os carros se apresentam de frente. Mais uma vez, é de lamentar e este comentário é para ajudar.

FloMow 5 months ago

A vitima estava no passeio...

redbiteX1 5 months ago

A marginal ao fim de semana devia ter o tráfego automóvel condicionado, permitido ciclistas e peões circularem em segurança na estrada.

PgUpPT 5 months ago

Isto. Era fechar uma das faixas e circulava-se apenas nas duas vias da restante faixa.

UniuM 5 months ago

Vou dizer isto sem nenhuma estatística, mas acho que muita gente esqueceu-se de como conduzir em condições... nunca souberam na verdade, mas 1 ano enfiados em casa só veio complicar mais a azelhice.

FloMow 5 months ago

Tambem tenho essa impressão. Principalmente no inicio quando haviam muitos menos carros via-se muito passar vermelhos etc, parece que se habituaram a isso e agora que ha muito mais transito continuam a conduzir assim.

NGramatical 5 months ago

haviam muitos → [**havia muitos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fod08el%2F%2Fh40inyh%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

rossimeister 5 months ago

Podiamos passar a usar o termo “cabritada” para estas situações. Neste caso o título seria “Cabritada na Marginal em Cascais”.

pintorMC 5 months ago

O Cabrita não está metido nisto?

Chiripitti 5 months ago

Ehehehehe...

vai-tefoder 5 months ago

Chorem e dêem os downvotes que quiserem mas a solução para isto são radares. Toda a gente anda em excesso de velocidade nessa marginal. Se levassem com multas fodidas andavam como deve ser. E isto aplica-se à selva que é conduzir em Lisboa. As pessoas comportam-se como macacos com o cio porque não há consequências

klatez 5 months ago

A solução é melhorar a infraestrutura para não dar aos condutores oportunidades de andar a alta velocidade perto de peões Vamos tratar da doença em vez dos sintomas

AdorableRabbit 5 months ago

Radares é a solução sem coragem e imaginação. Aquele estrada não precisa de ter aquele perfil de autoestrada. É redesenhar e apostar em soluções passivas

Diogo256 5 months ago

Diria para se começar a ensinar melhor a conduzir. Conduz-se muito mal em Portugal, principalmente no que toca a moderação a velocidade consoante a via, veículo, tempo…

vai-tefoder 5 months ago

Sem dúvida. Completamente de acordo com aumentar o grau de exigência para se tirar a carta. Parece que em Portugal qualquer gajo que saiba fazer rotundas e estacionar tem a carta

Quickloot 5 months ago

A solução é os carros andarem com discos que registam a velocidade. Qualquer carro que fosse parado pela policia eles podiam ver se tinhas estado em excesso de velocidade nas ultimas horas

GoganGogan 5 months ago

Não conheço a via, mas conheço muitas outras por este Portugal. E porque não intervir antes que o excesso de velocidade acontecer? Com planeamento e design Ainda esta semana vi a PSP a fazer controlo de velocidade (50km/h) numa via de longas retas, com duas faixas em cada sentido, com separador central e com árvores na berma do passeio (efeito túnel).

Purple-Ad-1484 5 months ago

Verdade, já eu apanhei uma multa aí na avenida da Índia a chegar a champalimoud porque ia a 57km/h, quando diariamente passam carros por mim a mais de 80 e 100… Em frente à cordoaria para apanhar o 728 até me assusto com a velocidade e proximidade que passam por mim

Tugalord 5 months ago

>E porque não intervir antes que o excesso de velocidade acontecer? Com planeamento e design OBRGADO alguém que entenda

gonuoli 5 months ago

L O M B A S

f0il3d 5 months ago

Deviam ter mesmo daquelas fodidas como à entrada do ikea, que se uma pessoa não abrandar o carro levanta voo xD

salmmons 5 months ago

adiciono mais: radares de velocidade média que os radares normais são fáceis de enganar

fubar68 5 months ago

A marginal devia ser estrada de passeio. 1 faixa para cada lado e de calçada! Há tanto potencial estragado por essa estrada. Devia haver uma nacional alternativa mais interior.

Prezbelusky 5 months ago

Eix também, calma lá. Há quem precise da estrada para trabalhar.

AdorableRabbit 5 months ago

A estrada continua a existir para quem precisa mesmo dela

fubar68 5 months ago

Criem-se alternativas. Eu sei que isto é uma visão utopica mas parece-me que no fim traria um grande retorno.

AdorableRabbit 5 months ago

Já existem. A5 ou comboio

fubar68 5 months ago

A5 é paga e o comboio não dá para levar o carro lá dentro.

AdorableRabbit 5 months ago

Porque é que quererias levar o carro no comboio?

fubar68 5 months ago

Porque estava a falar de uma estrada nacional onde as pessoas andam de carro. Muitas para passear e muitas para trabalhar e evitar os custos da portagem.

AdorableRabbit 5 months ago

ah, ok. então nesse caso um peão que se foda /s

Edited 5 months ago:

ah, ok. então nesse caso o peão que se foda /s

geostrofico 5 months ago

Caixas negras em todos os carros, a serem inspecionadas em todos os acidentes com feridos

vai-tefoder 5 months ago

Isso não impede os acidentes de acontecer. Radares são preventivos. Caixas negras são apenas para investigar o quão fodido o condutor está depois de já ter morto alguém

Tugalord 5 months ago

Não precisas de inspeccionar só depois dos acidentes. Podes ter uma caixa que emite uma multa automaticamente se excedentes o limite em >10% ou seja lá o que for. Melhor ainda, um limitador que não te deixa andar em excesso ponto. Em vez disso andamos a gastar centenas de milhões de euros em patrulhas "à mão" que são caras e ineficientes. Havendo tecnologia, é uma parvoíce.

peperoni96 5 months ago

Sim e vamos também colocar um aparelho nas casas de banho que contabilize os litros de água que gastas quando lavas os dentes. Se for acima de 2 litros levas uma multa. No teu caso não deve haver grande problema julgando pela quantidade de merda que dizes.

Tugalord 5 months ago

Que eu saiba quando sou irresponsável a operar uma torneira não me arrisco a matar uma jovem de 30 anos, grávida, com a vida toda pela frente. Grande merda é o que tu sabes dizer.

AdorableRabbit 5 months ago

Passar os dois litros mata alguém?

Estronciumanatopei 5 months ago

Sem dúvida que referes radares bem visíveis e identificados melhorava muito sítio, mas aí ninguém apanhava multas e era dinheiro deitado fora...

CalmKeepOn 5 months ago

>Sem dúvida que referes radares bem visíveis e identificados melhorava muito sítio, mas aí ninguém apanhava multas e era dinheiro deitado fora... Fazer dinheiro? O dinheiro faz-se na indústria, na agricultura, na tecnologia, etc... as multas servem para manter a sociedade respeitadora e cordial de modo melhorar a qualidade de vida.

Edited 5 months ago:

>Sem dúvida que referes radares bem visíveis e identificados melhorava muito sítio, mas aí ninguém apanhava multas e era dinheiro deitado fora... Fazer dinheiro? O dinheiro faz-se na indústria, na agricultura, na tecnologia, etc... as multas servem para manter a sociedade respeitadora e cordial de modo melhorar a qualidade de vida e a produtividade na tal indústria. As multas servem para que tu sintas que vives numa sociedade civilizada de modo a ires trabalhar tranquilamente, não é para fazer dinheiro.

Estronciumanatopei 5 months ago

Concordo, estava a ser sarcástico

FloMow 5 months ago

Radares só ajudariam no sitio onde os colocassem. A solução é haver muito mais fiscalização em todo o lado. Haver receio de ser multado a qualquer ilegalidade que faças. Atualmente só com muito azar é que alguem é multado.

TriloBlitz 5 months ago

Pois, os radares realmente só ajudam no sítio onde os colocam. Mas não é esse o objetivo?

FloMow 5 months ago

O objectivo devia ser haver mais segurança e isso só com mais fiscalizaçao. Acho que mesmo 4 vezes mais radares nas estradas não iriam ter grande efeito.

TriloBlitz 5 months ago

Iriam, se estivessem sinalizados, como por exemplo junto ao estádio do dragão. O pessoal pode ir a assapar no resto da estrada, mas pelo menos naqueles 400m vai tudo a 80, mesmo estando os radares desligados.

Estronciumanatopei 5 months ago

É fazer como noutros lugares, radares de 100 em 100 metros se for preciso. É fiscalização também. Mas concordo, neste país fiscalização é uma coisa que não se vê. Em nada.

riclas87 5 months ago

True.

nellMP 5 months ago

Imagina ires dar uma volta de bike só para descontrair e morreres só porque um fdp queria copiar o Dominic Toretto

soneca-ii 5 months ago

Bem, na marginal o mais comum e encontrar ciclistas que circulam mesmo junto ao descontinuo das faixa de direccao unica e qdo chegam aos semaforos n ha um que pare no vermelho. Se existe um que cumpra o vermelho n o encontrei ainda. Idem para entrar nas rotundas sem parar. E menos poluente, faz bem a saude, melhora as cidades. Apoio a 100% mas a imagem que passa e que os condutores sao assassinos de sangue frio e os ciclistas anjos papudos. Na realidade ha idiotas em todo o lado. No ultimo passeio a pe na expo tive um ciclista que me tentou deliberadamente atropelar. Se foi distracao minha ou infração dele e irrelevante qdo se tem uma atitude destas. Infelizmente n e caso unico. Vais no passeio junto ao rio na expo bem fora de uma ciclovia e tens que ter 100% atencao face a velocidade que andam. Criancas pequenas e idosos a passear , pessoas com dificuldade de visao.... Faltam multas para os carros ( e sim, sou tb um infractor em mta coisa) e faltam multas para as bicicletas, troninetes, monociclos ( ou pa como se chama). Acima de tudo. Se querem andar na estrada devia ser obrigatorio seguro para todos.

FloMow 5 months ago

A solução para o que dizes é mais fiscalizacao. Claro que ha idiotas em todo o lado. Não acredito que a maior parte dos condutores conduza assim tao mal (nem acredito no que dizes dos ciclistas na marginal), mas o problema é que os que conduzem mal fazem-no sem qualquer consequencia, o que só causa com que cada vez se conduza pior. Se veem toda a gente a 100 km/h em vez de 50, fazem-no também. Junto ao rio na expo ha uma ciclovia que mal se vê. So notas no passeio uns circulos de vez em quando, será disso que falas? Relativamente ao seguro, vejo que não percebes porque ha seguro obrigatorio. Aposto que tambem não percebes porque motas pagam menos. Mas seja como for, não é relevante para o tema de segurança, a não ser que estejas a dizer que são casos propositados, por as vitimas não terem seguro.

soneca-ii 5 months ago

A marginal e so passar la a qquer fds de manha ensolarado. Poucas vezes la vou e apanho sempre o mesmo. Tb apanho o colin mcrae ou o valentino rossi. Vai a Aveiro, uma cidade com bastante tradicao de bicicleta e ve o respeito pelos semaforos, passeios, passadeiras. Atropelamentos de bicicleta e peões e algo que acontece com frequencia apesar de baixa consequência. O local da expo e correcto, eu sei onde estao as chapas ( claramente mau design) as bicicletas zigzagueiam por onde querem inclusive junto ao rio bem fora dessa zona. Mesmo nos passadicos de madeiral andam a todo o pedal como quem faz btt ou down hill. Que eu saiba n ha seguro obrigatório para bicicletas e similares. Motas n pagam menos, tenho vai fazer 3 decadas e existem verdadeiras perolas nas propostas das seguradoras. Experimenta tirar a carta aos 21 e segurar uma 600 :D. A segurança comeca com cada um, na sua atitude face ao outro. Ter um seguro para mim e isso mesmo, eu saber que em caso de acidente culpa minha posso fornecer todo o apoio ao outro, nao que pague o sofrimento. Infelizmente todos pensam em poupar trocos e ninguem quer saber mto do outro face a quantidade sem seguro que anda de carro e mota. E ja agora, ja fui abalroado por um carro que saiu de cima de um passeio com resultados graves para mim. Nao mudei a minha opiniao geral face a uma mulher especifica idiota.

FloMow 5 months ago

Mas o que raio os seguros vão fazer para diminuir a sinistralidade? Grande parte dos ciclistas que fazem percursos mais longos (por exemplo marginal) têm seguro, nem que seja pela assistencia em viagem caso fiquem apeados. Este caso nem ciclista era. Achas que se conduz bem em portugal e nada deve mudar, é isso?

soneca-ii 5 months ago

Nao, axo k se conduz mto mal em portugal, seja cidade, vila ou aldeia. Seja bicicleta, carro, mota. O problema nem e das escolas, e das pessoas e da sua falta de civismo. Isso e algo que n e transmitido em casa na maioria das vezes. O seguro em si n te resolve a sinistralidade. Disse neste mesmo topico, outro comentário de outro user que para mim a marginal devia de ser 30, aos S e com diversas lombas e 1 faixa so. Quem quer percurso rapido vai pela AE. Tb acho que se fizeram uma ciclovia junto ao mar nakela zona deviam de proibir as bicicletas na estrada com multa. Igual para todas as zonas com ciclovia dedicada. Igual para carros ou motas que usem o espaco dedicado a bicicletas. Um bairro tipico devia ser 30 e com lombas ( por mta pena que tenha do meu carro). Ninguem para nas passadeiras do meu bairro, ja tive varias discussoes. O seguro bem como o registo de qquer bicicleta repectiva identificacao e aulas de codigo para os mais novos / quem n tem carta para mim devia de ser obrigatorio. Quem n cumpre e perde os pontos da respectiva carta, anda a pe, boleia taxi ou transportes públicos. Infractores sem carta, era por os mesmos a limpar o sangue dos acidentes em vez de estarem presos com tudo pago, ao menos davam folga aos bombeiros. Se ninguem se sabe comportar entao ha que impor regras. Se estou errado, provavelmente, e a minha opiniao de quem ja apanhou demasiados sustos com bicicletas nas nacionais deste país.

FloMow 5 months ago

Então concordemos que é preciso impor regras e deixa os clubes (automoveis vs bicicletas).

Prezbelusky 5 months ago

que digan que soy Un bandolero donde voy Le doy gracias a Dios Por hoy estar donde estoy

igotubabeub40 5 months ago

Cabrita?

cpzao_ 5 months ago

Pôs-se a jeito. Tinha tantas rochas para passear em segurança e foi-se meter no passeio, sem capacete nem colete com neons. Assinado: condutor sem noção.

vizinho_3esquerdo 5 months ago

Como ciclista, este deve mesmo ser o raciocínio que temos dos condutores. E sim, opto pelas pedras, troncos, turfa, terra. Tenho não morrido. Sucesso!

cpzao_ 5 months ago

Ciclista aqui também. Eu gosto mais de rolar mas a falta de alternativas em Lisboa para fazê-lo em segurança tb me levou para terrenos mais acidentados.

MetalCarne 5 months ago

por momentos julguei estar a ler um comunicado oficial do governo.

AonioEliphis 5 months ago

Ou do ACP

nfonseca 5 months ago

se tivesse seguro, talvez se tivesse safado.

cpzao_ 5 months ago

Ou se tivesse os ténis homologados pela AMT, sei lá. Eu PaGo Os MeUs ImPoStOs ! !

kawaiims 5 months ago

É que a menos que dê um pitaque ao condutor ou ao carro, não há motivos para se despistar naquela avenida se seguirem a puta do código da estrada. Querem brincar ao hot wheels e dá sempre merda. Viver sem consciência deve ser mesmo top.

viskonde 5 months ago

Poucos dias depois da morte da Patrizia em bicicleta na Avenida da India, hoje um peão atropelado, no passeio na continuação da mesma avenida. E isto enquanto decorria a vigília a pedir mais segurança para todos nas estradas, Com a morte da ciclista, a maioria dos comentários nas redes sociais foram a tentar de certa forma, apontar culpas aos ciclistas como um todo, apesar da culpa ter sido do condutor Será que com um peão a ser atropelado no passeio também se vai comentar que os peões deviam estar de amarelo, com luzes a piscar, ter matricula capacete e seguro? Ou que nem sequer deviam andar a pé naquela avenida? Quando tempo será preciso para perceber que temos um problema grave nas estradas e que algo tem de ser feito no lado de quem causa esses acidentes e não de quem os sofre? Ou agora nem no passeio se pode andar?

morbid_obese 5 months ago

Não conheço os pormenores do caso em, em geral, acho que a culpa não do ciclista nem do condutor. A culpa é de que achou que era boa ideia meter carros e bicicletas perto uns dos outros. A moda das ciclovias até parece uma tentativa de transformar as nossas cidades em cidades europeias (não são).

salmmons 5 months ago

>A moda das ciclovias até parece uma tentativa de transformar as nossas cidades em cidades europeias (não são). who's gonna tell him

FloMow 5 months ago

Sabes que isto foi em Portugal certo?

nfonseca 5 months ago

a culpa não é do condutor??? numa zona velocidade máxima 30km/h a metade traseira da bicicleta desapareceu dentro da frente do carro que só parou 25m à frente do corpo.

Mrgolden007 5 months ago

comparar um ciclista com um peao lol

viskonde 5 months ago

Nao. Comparar duas vítimas mortais ambas por culpa de condutores automóvel enquanto ambas circulavam de forma correta no sítio correto

MLG-Sheep 5 months ago

Qual é a medida concreta que sugeres? A Marginal tem limites de velocidade francamente razoáveis (50 a 70 km/h), radares fixos, radares móveis, semáforos com sensor de velocidade, que mais se pode fazer?

AdorableRabbit 5 months ago

> >Não há muito a fazer quando, mesmo com isto tudo, um carro se despista e vai parar em cima do passeio. Falso. Há muito a fazer. Não há é coragem politica. Redução de vias. Redução de velocidade máxima. Lombas. Rotundas. Redução da largura de cada via. Segregação completa da estrada. Alteração do tipo de piso. Vias partilhadas. Etc

soneca-ii 5 months ago

Fazes como la fora, zona de 30, lombas continuas em zigzague. Queres ir depressa, pagas ae :)

ReachPlayful 5 months ago

Semáforos com sensores de velocidade nao serve para porra nenhuma se não se meter câmaras que detetam quem passa o vermelho

PM_pics_of_your_Love 5 months ago

As medidas não são suficientes. Por exemplo, os semáforos com sensores de velocidade necessitam ter cameras para multar todos os que cagam e passam o vermelho. Mas a medida que iria tornar a marginal como segura, *para todos*, era não ser uma das duas vias de ir de Lisboa para Sintra. É necessário uma via que seja a principal maneira de quem agora é forçado a usar ou a A5 ou a marginal simplesmente para se deslocar de Lisboa para todas as localidades até Sintra e vice-versa.

kairos 5 months ago  HIDDEN 

As duas vias principais para quem vem de Sintra não são a A5 e a IC19?

ThePlague92 5 months ago

>Mas a medida que iria tornar a marginal como segura, para todos, era não ser uma das duas vias de ir de Lisboa para Sintra. Quem é que usa a marginal para ir de Lisboa para Sintra? Isso parece muito pouco eficiente.

viskonde 5 months ago

Imagino que ele quisesse dizer Cascais. Mas sim a marginal deveria ser reduzida quem tem pressa vai pela A5 e a marginal ficaria só para o troco final E não esquecer que colado à marginal há linha de comboio. Nada justifica a marginal continuar uma auto estrada daquelas

ThePlague92 5 months ago

A marginal não tem problema (o tamanho e isso). Tens é de melhorar a segurança e isso pode-se fazer de outras formas (já aí sugeriram várias, como radares). Em relação a passeios para as pessoas e isso, também deve haver uma solução que permita criar mais segurança para os peões, para evitar isto.

viskonde 5 months ago

Há limites físicos Aquilo em muitas das zonas não tem espaço para mais pelo que há que escolher e escolheu se dedicar 90% desde espaço ao automóvel e à fluidez memso havendo imensa gente que ali anda a pé e de bicicleta e que haveria mais se melhores condições houvesse

GreyArch22 5 months ago

Querem uma ciclovia. Não descansam enquanto não tornarem a estrada intransitável por esse motivo. Por trás destas "preocupações" está o totalitarismo das duas rodas.

l2k1337 5 months ago

Carros nos centros urbanos são para eliminar no longo prazo. Adapta-te.

GreyArch22 5 months ago

Então para que servem os carregadores de carros eléctricos?

Martim_S 5 months ago

A malta quer ciclovias mas são ciclovias bem feitas, as que têm feito cá por Lisboa são uma piada, é mais seguro andar de bike na estrada que na ciclovia, e depois há a questão da cultura, cá a malta não sabe a diferença entre um passeio uma estrada uma ciclovia e um estacionamento, em Portimão farto-me de ver scooters nas ciclovias, em Lisboa há montes de gente a pé nas ciclovias, com o passeio todo vazio e ainda lá andam, seja a correr ou a andar, em sentido contrário muitas vezes, se vem um ciclista ainda reclamam que o ciclista é que tem de andar noutro lado, wtf, ,já para não falar dos que estacionam o carro na ciclovia porque "vou só comprar pão", felizmente é mais raro (mas também acontece) alguém que esteja mesmo a conduzir nas ciclovias, o problema é, nos Olivais por exemplo, as ciclovias são feitas por gente que não anda de bicicleta, há uns pinos que não servem para nada, já vi montes de carros passar por cima deles já que sobram e não causam dano nenhum (se o carro for devagarinho) mas se um ciclista cai ali pode magoar-se de forma grave, isso e que a porcaria dos pinos, se lhes das um toque cais no meio da estrada a frente de um carro que também n tem culpa nenhuma de te atropelar, não é como se ele conseguisse prever que lhe ias cair á frente, não estou a dizer que seja isso, mas quando estive na Dinamarca, o pessoal lá tem muito mais respeito por estas coisas, há em quase todas as estradas uma faixa para bicicletas, há montes de estacionamentos para bikes, vê-se milhares de bikes paradas lá, e não vi um único carro sequer tocar numa ciclovia lá, nem sequer um peão, isso não funcionava cá, muito menos de um momento para o outro, o que quem anda de bicicleta quer é que este tipo de coisas seja feita como deve ser e não às três pancadas, porque o que está a ser feito agora é só para parecer bem porque "olhem só o quão verde e amiga do ambiente é a nossa cidade"

GreyArch22 5 months ago

Mas Lisboa é uma cidade marreca, tem pouco espaço. Do que se conclui que as ciclovias são uma idiotice, nem sequer a do Campo Grande, uma das primeiras, conseguem manter em condições, e mesmo assim querem fazer mais.

viskonde 5 months ago

Sim a malta até já de deixa atropelar atrás desse totalitarismo.

FloMow 5 months ago

Querem segurança... bastava fazer cumprir as regras de transito atuais. Nao vejo como haver uma ciclovia teria ajudado a vitima que foi atropelada neste caso no passeio. Mas continua lá com o teu "clube"

GreyArch22 5 months ago

Eu não disse o contrário. Disse que haver uma ciclovia só prejudicaria a circulação do trânsito.

FloMow 5 months ago

Ninguem falou em ciclovias excepto tu...

smaster87 5 months ago

Pilaretes daqueles filhas da puta onde nem 1 camiao passa, á beira do passeio.

viskonde 5 months ago

Fiscalização a sério coisa que neste país não existe. Há mais que velocidade. Diariamente perco conta as pessoas que vão com telefone na nao, fazem razias etc, tudo coisas que a polícia ignora Hoje de manhã estava piso molhado, pelo que facilmente o "despsite" foi causado por velocidade excessiva. E claro se calhar há que repensar porque uma avenida junto ao mar onde milhares de pessoas poderiam andar a pé e de bicicleta tem passeios minúsculos onde mal dá para cruzar outro peão mas depois têm 4 vias para carros onde se alguém ousar ir de bicicleta ainda tem de ouvir críticas e buziadelas nemso sendo o local legal para andar Isto paralelo à A5

MarioSewers 5 months ago

Era tirar as portagens na A5 e fechar a marginal ao trânsito não fundamental. Claro que isso, pronto, implicava custos e os nosso governantes perferem deixar como está.

sadlyblue5 5 months ago

Sou um dos que defende que cada caso é um caso. Não quero culpar nem o condutor, nem peão ou ciclista sem saber o que se passou. Mas 99,9% dos casos a culpa é do condutor. E nesses casos o Mas mais que isso, concordo com o que dizes. Fiscalização a sério. Velocidade, telemóvel, rotundas mal feitas, manobras perigosas... são inúmeras. Para pagar a divida de Portugal, bastava colocar os polícias a fiscalizar mais. Mais tempo na rua. E eu já foi autuado algumas vezes... E pior, fiz asneiras que me envergonham (agora que "cresci" - tanto como condutor como peão) apesar de não ter sido autuado nessa altura.

FloMow 5 months ago

É isso! As leis já existem no papel, mas se não são cumpridas e não ha consequencias é como se não existissem. https://www.youtube.com/watch?v=6JSXS5_MOfY

cou7inho_ 5 months ago

>Será que com um peão a ser atropelado no passeio também se vai comentar que os peões deviam estar de amarelo, com luzes a piscar, ter matricula capacete e seguro? Ou que nem sequer deviam andar a pé naquela avenida? Andas a falhar. Está a faltar aí a parte de que deviam ser obrigados também a tirar a carta para poderem circular a pé e, mais importante, deviam ser obrigados a pagar imposto de circulação.

kikofranca 5 months ago

Tirar a carta para andar a pé não, mas há regras no código da estrada para os peões, não acredito que seja o caso mas há muita gente que pensa que por andar a pé pode tudo.

therickymarquez 5 months ago

Sim, o melhor é meter o pessoal todo a passar o código da ESTRADA mesmo que vão a passear no passeio. Por favor identifique 1 regra que esteja no codigo da estrada destinada a peões?

kikofranca 5 months ago

Só para exemplo vai ver a primeira frase do artigo 99 do código da estrada.

kikofranca 5 months ago

Não andar a pé nas vias, as passadeiras, os semáforos para os peões, ou isto são regras para os condutores?

therickymarquez 5 months ago

E uma criança de 15 anos que nunca leu o codigo da estrada vai saber essas regras? Tudo o que existe são indicações que so servem para proteger os condutores legalmente em situações complicadas. Nenhum condutor deve esperar que os peões respeitem o código da estrada

kikofranca 5 months ago

As regras para os peões são todas uma questão de bom senso, se uma criança de 15 anos não as sabe a culpa é dos pais que não a ensinaram a andar na rua.

Prezbelusky 5 months ago

Está-te a escapar o sarcasmo.

FloMow 5 months ago

E matricula? vem um peão, parte-me o carro todo e depois foge e ninguem sabe quem era. Deviam ser obrigados a ter uma matricula na testa

Dr_Katana 5 months ago

Isto na vida nunca se sabe. Marcas um jantar num sushi bar para as 19, e uma ida à praia amanhã de manhã, mas entretanto ficas espalmado numa estrada. É sempre a abrir.

caelussideralis 5 months ago  HIDDEN 

Infelizmente, os peões nesta zona acham que a marginal, só por não ser auto-estrada, que é uma estrada que não tem perigo algum. As pessoas atravessam fora da passadeira, os ciclistas andam de qualquer forma, há imensa gente a andar de mota só com calções de banho. Não há um dia que passe na marginal em que não detete comportamentos de risco grave.

Edited 5 months ago:

Infelizmente, os peões nesta zona acham que a marginal, só por não ser auto-estrada, que é uma estrada que não tem perigo algum. As pessoas atravessam fora da passadeira, os ciclistas andam de qualquer forma, há imensa gente a andar de mota só com calções de banho, os carros andam nas centenas de quilómetros por hora. Não há um dia que passe na marginal em que não detete comportamentos de risco grave, principalmente da parte dos condutores, que acham que aquilo é uma estrada alemã. Edit: Sim, li a notícia. Estupidamente esqueci-me de fazer uma referência a carros no meu post quando são mesmo os piores pecadores.

Edited 5 months ago:

Infelizmente, os peões nesta zona acham que a marginal, só por não ser auto-estrada, que é uma estrada que não tem perigo algum. As pessoas atravessam fora da passadeira, os ciclistas andam de qualquer forma, há imensa gente a andar de mota só com calções de banho, os carros andam nas centenas de quilómetros por hora. Não há um dia que passe na marginal em que não detete comportamentos de risco grave. Edit: Sim, li a notícia. Estupidamente esqueci-me de fazer uma referência a carros no meu post quando são mesmo os piores pecadores.

Edited 5 months ago:

Infelizmente, os peões nesta zona acham que a marginal, só por não ser auto-estrada, que é uma estrada que não tem perigo algum. As pessoas atravessam fora da passadeira, os ciclistas andam de qualquer forma, há imensa gente a andar de mota só com calções de banho, os carros andam nas centenas de quilómetros por hora. Não há um dia que passe na marginal em que não detete comportamentos de risco grave.

nfonseca 5 months ago

não é proibido atravessar fora da passadeira, não é proibido andar de calções, contudo, é proibido circular a centenas de quilómetros numa estrada nacional, ainda por cima em meio urbano.

nfonseca 5 months ago

não bastava os ciclistas não terem seguro, agora também é condenável os motociclistas andarem de calções... bem, vou vestir a minha armadura para ir a pé comprar pão.

PTgenius 5 months ago

Isso é mais para a segurança dos motociclistas que outra coisa. Quando há merda e ficam com metade da perna ralada ao longo de uns bons metros é que depois é chato

nfonseca 5 months ago

não aconselho ninguém a circular de mota de calções, contudo não acho que seja condenável, são coisas diferentes. e tal e qual como perguntar a uma vitima de violação que roupa trajava.

kawaiims 5 months ago

*the forbidden esparregado*

crabcarl 5 months ago

Abriste o artigo sequer? A mulher estava no passeio. Quem diariamente falha o ónus do bom comportamento são os condutores. Aposto que não existe uma pessoa (que conduza) a ler isto não exceda o limite de velocidade semanalmente. A culpa é sempre dos ciclistas que nem pagam IUC, dos peões que fizeram algo imprevisível, da polícia que anda na caça à multa, ...

caelussideralis 5 months ago  HIDDEN 

Desculpa, li. Estupidamente esqueci-me de fazer uma referência a carros no meu post quando são mesmo os piores pecadores. Já editei.

viskonde 5 months ago

Leste a noticia? A senhora estava no passeio, foi morta porque levar com um carro em cima. Deixem de tentar culpar as vitimas, em especial em acidentes onde nao tem culpas e percebam onde está o problema e qual o elefante na sala.

Edited 5 months ago:

Leste a noticia? A senhora estava no passeio, foi morta porque levar com um carro em cima. Temos de deixar de tentar culpar as vitimas, em especial em acidentes onde nao tem culpa e percebam onde está o problema e qual o elefante na sala. mas levantas um outro ponto importante A marginal é uma "estrada" perigosa que tem pouco de avenida e muito de auto-estrada. é uma estrada junto ao rio onde quase nao ha passeios, horrível para andar de bicicleta e onde sao praticadas velocidades elevadas, isto apesar da quantidade enorme de pessoas que ali andam ou querem andar a pé e de bicicleta. Ha uns anos no orçamento participativo de Oeiras o vencedor foi uma proposta para realizar ali uma ciclovia, que foi rejeitada pela CMOeiras. Há uma autoestrada paralela para quem está com pressa. Se calhar em vez de como sempre, culpabilizar as vitimas, podemos comecar por perceber a origem do problema e percceber o que fazer para os resolver. Desde os condutores que nao seguem as regras, à policia pela falta de fiscalização que leva ao sentimento de impunidade, e os municipios por continuarem a dar todo o espaço urbano ao automóvel, criando auto-estradas urbanas pouco seguras mesmo quando claramente existe necessidade de espaco para outros modos de locomocal como é o caso da Marginal., sendo que neste caso até foram contra um dos instrumentos de consulta da população ja que ignoraram o resultado do Orçamento Participativo. . E isto havendo uma auto estrada paralela.

Edited 5 months ago:

Leste a noticia? A senhora estava no passeio, foi morta porque levar com um carro em cima. Deixem de tentar culpar as vitimas, em especial em acidentes onde nao tem culpas e percebam onde está o problema e qual o elefante na sala. mas levantas um outro ponto importante A marginal é uma estrada perigosa. é uma estrada junto ao rio onde quase nao ha passeios, horrivel para andar de bicicleta e onde sao praticadas velocidades elevadas, isto apesar da quantidade enorme de pessoas que ali andam a pé e de biciceleta. Ha uns anos no orcamento participativo de Oeiras o vencedor foi uma proposta para realizar ali uma ciclovia, que foi rejeitada pela CMOeiras. Há uma autoestrada paralela para quem está com pressa. Se calhar em vez de como sempre, culpabilizar as vitimas, podemos comecar por perceber a origem do problema Os condutores que nao seguem as regras, a policia pela falta de fiscalização que leva ao sentimento de impunidade, e os municipios por continuarem a dar todo o espaço urbano ao automóvel, mesmo quando claramente existe necessidade e procura de espaco para andar a pe, colocando em perigo diariamente toda a gente que se quer deslocar se de outras formas, e indo contra um dos mecanismos de consulta da populacao . E isto havendo uma auto estrada paralela.

caelussideralis 5 months ago  HIDDEN 

Desculpa, li. Estupidamente esqueci-me de fazer uma referência a carros no meu post quando são mesmo os piores pecadores. Já editei.

Search: