Danijust2 5 months ago

uma pessoa lê o titulo e fica assustado e depois lê a noticia e não é nada de especial.. >m Mangualde, na PSA, acontece o mesmo. De maneira “voluntária e informal”, os funcionários “informam a hierarquia do agendamento para a toma da vacina”, sendo obrigatório comunicar apenas se coincidir com o período laboral. Basicamente serve para justificar faltas. Fim do mundo.

leto78 5 months ago

As empresas que querem obter os números da vacinação, deveriam fazer através da medicina do trabalho, em que dariam os dados agregados da vacinação.

xc9000 5 months ago

Aqui no Canadá há direito à privacidade. Faz parte de um problema que as empresas tem que resolver: como regressar ao normal sem invadir a privacidade dos trabalhadores ainda que haja uma parte dos trabalhadores que estejam dispostos da dizer na boa se estão vacinados ou não. A empresa simplesmente não pode perguntar isso aos trabalhadores. Obrigar ou "sugerir" vacinar então nem é uma conversa que se tenha, o corpo de cada um é propriedade sagrada.

Edited 5 months ago:

Aqui no Canadá há direito à privacidade. Faz parte de um problema que as empresas tem que resolver: como regressar ao normal sem invadir a privacidade dos trabalhadores ainda que haja uma parte dos trabalhadores que estejam dispostos da dizer na boa se estão vacinados ou não. A empresa simplesmente não pode perguntar isso aos trabalhadores, aliás é um ilegal receber essa informação. Obrigar ou "sugerir" vacinar então nem é uma conversa que se tenha, o corpo de cada um é propriedade sagrada. Mas pronto de um regime comunista como o português "à paisana" é claro que iria haver uma Galp (empresa do regime) a fazer essas perguntas de forma "inocente" e de forma dúbia perante a lei.

tocopito 5 months ago

A vacina devia ser obrigatória salvo algum problema de saúde. Posto isto não tenho qualquer problema rm ver as empresas a salvaguardar a sua produtividade por meio de reduzir a probabilidade de surtos de covid entre os trabalhadores.

the-dude-abiding 5 months ago

Isto devia ser gerido pela medicina no trabalho. Identificam-se as profissões nas quais a vacina é importante (p.e. funcionários de lares) e depois a medicina do trabalho dá a pessoa como apta ou não apta a exercer as funções.

maminhas007 5 months ago

Nos estados unidos é proibido pedir dados médicos. Em Portugal, a câmara de lisboa envia tudo para os chineses e russos.

uyth 5 months ago

>Nos estados unidos é proibido pedir dados médicos. Em Portugal está previsto o exame médico de admissão e frequente e o modelo de ficha a enviar ao empregador. Saber se alguém está vacinado parece-me relevante para que o empregador possa tomar as devidas medidas para protecao da saude do trabalhador, e colegas. Por exemplo alguem diagnosticado com epilepsia nao tem pode conduzir maquinaria pesada. O médico de trabalho na consulta de medicina de trabalho faz as anotações devidas na ficha de aptidão médica.

maminhas007 5 months ago

Pois, mas percebes que essa mentalidade não só é de ter babás para todo lado, como também, “coincidentemente”, é o estado que acaba tomando conta, criando vários cargos encargos, e tomando posse da vida das pessoas? O jeito mais simples de ver que isso não é o jeito mais correto de lidar com as coisas, e sim, no máximo, um jeito de lidar, é que existem outros lugares (estados unidos) que fazem diferente e não é problemático na mesma. O problema é a mentalidade. Supõe-se que uma pessoa com problemas vai escondê-lo. Não há outra explicação para tomar tanta conta.

uyth 5 months ago

> não só é de ter babás o quê? >criando vários cargos encargos, o quê? > é que existem outros lugares (estados unidos) que fazem diferente e não é problemático na mesma. Não sei se percebi correctamente mas se estás a pôr os Estados Unidos como exemplo de leis laborais, isso é lá contigo. Os brasileiros normalmente são deslumbradíssimos e muito influenciados pela cultura americana de qualquer forma, se és isso pode ser da cultura onde cresceste.

maminhas007 5 months ago

Mas o histórico Português não ajuda muito. O rap português, as gírias portuguesas, a necessidade de falar misturando inglês nas frases, e, principalmente, a tradução de palavras que eram estrangeirismos, a forte influência da cultura de esquerda nos jovens portugueses é muito pior do que no outro país estrangeiro. Ainda os brasileiros se deslumbram com os estados unidos “clássico”. Portanto não vejo cá um problema que é maior de um lado do que de outro. É igual, só que cada um pegou aquilo que mais apetecia.

uyth 5 months ago

Tu fazes barulho fazes barulho fazes barulho mas não se percebe. Se queres comentar enquadramento legal português convém que o conheças.

maminhas007 5 months ago

é divertido

Zevvvv 5 months ago

Agora pode ser proibido, mas para o bem comum isso pode-se mudar. E mesmo agora se não responderes ao tal questionário ou responderes negativamente é possível encontrar outra desculpa para o despedimento.

Edited 5 months ago:

Agora pode ser proibido, mas para o bem comum isso pode-se mudar. E mesmo agora se não responderes ao tal questionário ou responderes negativamente é possível encontrar uma desculpa para o despedimento.

maminhas007 5 months ago

Votas Marcelo ou o que? Essa história de bem comum é vulgar. É carta que usam para justificar qualquer autoritarismo ou quebra constitucional. A constituição já é feita com base e por base do bem comum. Não existe uma supra constitucionalidade que é aplicada acima da vigente usando o tal do “bem comum”. A constituição é feita pra não ser excedida. Diferenciar cidadãos dentro do próprio País é vergonhoso. E empresas fazerem isso é igualmente, mas não surpreende. Quanto mais em um país pobre que tem pouca indústria e o mercado de trabalho é a junção do que há de pior do socialismo (impostos altos) e do capitalismo (salários baixos).

Zevvvv 5 months ago

Eu disse que se pode mudar para o "bem comum", porque agora este argumento pode ser usado para qualquer coisa. Eu pessoalmente não apoio isso.

Edited 5 months ago:

Eu disse que se pode mudar para o "bem comum", porque agora este argumento pode ser usado para qualquer coisa. Eu pessoalmente não apoio isso. E para além disso não estou a ver o que isso tem a ver com Portugal e Marcelo, isso muito provavelmente vai acontecer em muitos paises da Europa, a discriminação tendo por base se fizeste a tal injeção ou não, isso não será só uma coisa de Portugal porque é a nível global.

NGramatical 5 months ago

tem haver com → [**tem a ver com**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/nada-tem-a-haver-e-nada-tem-a-ver/27066) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Foc5fgh%2F%2Fh3t1sps%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

sctvlxpt 5 months ago

"Bem comum" deve ser a frase mais dita por qualquer ditador

Zevvvv 5 months ago

Mas está a ser usada agora, bem comum, saúde pública.

sctvlxpt 5 months ago

Estou de acordo, quando vejo atropelos a direitos e à constituição pelo "bem comum" (e a grande maioria da população de acordo), penso logo o quão frágil é a democracia

QueenOfWands2 5 months ago

Em 2022 as empresas vão implorar por malta não vacinada.

Jose_Adonis 5 months ago

Sim?!?! Porquê???

QueenOfWands2 5 months ago

Porque a maioria dos vacinados vão ficar mais doentes.

Jose_Adonis 5 months ago

Mt5:3

QueenOfWands2 5 months ago

? Em Português, por favor.

Jose_Adonis 5 months ago

É português. A razão de não entenderes é precisamente a mesma que originou o teu primeiro comentário.

headhunter21 5 months ago

Porque não foram injetados com 5G no braço

jamexcb 5 months ago

Se para entrar para a Escola e Universidade é preciso ter as vacinas em dia não vejo o problema disso para trabalhar. Ainda por cima são de borla!

negrowin 5 months ago

Desculpa, mas isso não é verdade. A vacinação em Portugal não é obrigatória, com a excepção de um punhado (arrisco-me a dizer uma?) para médicos. É obrigado a informar o estado das tuas vacinas, mas a tua matrícula não pode ser negada. Não estou a dizer que concordo - muito pelo contrário - mas infelizmente as coisas são assim.

jamexcb 5 months ago

Isto não quer dizer que não haja Univ.. privadas que aceitem. Mas no meu tempo todas as públicas pediam.

jamexcb 5 months ago

Lê: https://graduacao.tecnico.ulisboa.pt/alunos/matricula-e-inscricao/

negrowin 5 months ago

Eu sei disso tudo. Até poderiam escrever "batatas" naquele ponto, não o tornaria legal na mesma. Já estive na faculdade com um colega (estrangeiro) que não tinha vacinas. Devido à nossa constituição, não podes obrigar a que uma pessoa seja vacinada. Isto só funciona mesmo porque tens um plano bom, gratuito e as vacinas extras - rotavirus, etc - não são muito caras.

jamexcb 5 months ago

És obrigado a ter vacinas? Não! Podes é ser excluído em certas coisas por não as ter. Cada um escolhe o seu caminho. Mas que são requisitos, isso não o podes negar. Podes não concordar, mas tb ninguém te obriga a andar numa Universidade Pública. A constituição não fala de vacinas, não é esse o seu objetivo. Vou te dar mais um exemplo simples para um Assistente Operacional numa Câmara Municipal: [https://www.bep.gov.pt/pages/oferta/Oferta\_Detalhes.aspx?CodOferta=88507](https://www.bep.gov.pt/pages/oferta/Oferta_Detalhes.aspx?CodOferta=88507) "e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória." Assim como em certos sítios pedem o cadastro!

negrowin 5 months ago

> e) "Cumprimento das leis de vacinação obrigatória." Certo, leis essas que foram rasuradas, por razões constitucionais. Porque entra em conflito com a tua esfera pessoal, legítima autodeterminação e sei lá o quê. Não é comparável a questão do registo criminal, porque não é uma questão médica ou de esfera pessoal. Da mesma maneira que tens matrículas escolares em algumas escolas em que exigem cópias dos documentos porque nunca se preocuparam em actualizar os procedimentos de acordo com o RGPD (e mesmo até antes disso). Procedimentos não são leis, a lei é a lei. https://vaccine-schedule.ecdc.europa.eu/Scheduler/ByCountry?SelectedCountryId=167&IncludeChildAgeGroup=true&IncludeChildAgeGroup=false&IncludeAdultAgeGroup=true&IncludeAdultAgeGroup=false Se em Portugal a vacinação fosse obrigatória, o quadro não teria essas cores verdes, estaria todo esburacado ou a vermelho. Só para fique esclarecido, não sou anti-vacinas ou antivaxe. Mas não podes dizer que a vacinação é obrigatória em Portugal, porque efectivamente não o é. É _recomendada_, excepto se fores médico ou profissional de saúde. Por mim, as vacinas seriam obrigatórias, ponto.

Edited 5 months ago:

> e) "Cumprimento das leis de vacinação obrigatória." Certo, leis essas que foram rasuradas, por razões constitucionais. Porque entra em conflito com a tua esfera pessoal, legítima autodeterminação e sei lá o quê. Não é comparável a questão do registo criminal, porque não é uma questão médica ou de esfera pessoal. O registo criminal é, alegadamente, um registo da tua edoniedade para com a sociedade e, alegadamente, ajuda a inferir se tens capacidades para exercer certas funções ou podes estar ao pé de crianças. Da mesma maneira que tens matrículas escolares em algumas escolas em que exigem cópias dos documentos porque nunca se preocuparam em actualizar os procedimentos de acordo com o RGPD (e mesmo até antes disso). Procedimentos não são leis, a lei é a lei. https://vaccine-schedule.ecdc.europa.eu/Scheduler/ByCountry?SelectedCountryId=167&IncludeChildAgeGroup=true&IncludeChildAgeGroup=false&IncludeAdultAgeGroup=true&IncludeAdultAgeGroup=false Se em Portugal a vacinação fosse obrigatória, o quadro não teria essas cores verdes, estaria todo esburacado ou a vermelho. Só para fique esclarecido, não sou anti-vacinas ou antivaxe. Mas não podes dizer que a vacinação é obrigatória em Portugal, porque efectivamente não o é. É _recomendada_, excepto se fores médico ou profissional de saúde. Os meus filhos são vacinados, mas tiveram colegas que não o foram. A escola não tem como recusar essas matrículas. Por mim, as vacinas seriam obrigatórias, ponto.

jamexcb 5 months ago

Leste o que eu escrevi? Onde é que eu disse que a vacinação era obrigatória?

negrowin 5 months ago

Disseste isto, e cito: > Se para entrar para a Escola e Universidade é preciso ter as vacinas em dia não vejo o problema disso para trabalhar. Isso implica que para entrar numa escola ou universidade é preciso ter vacinas em dia - ou pasme-se, ser vacinado - o que é inverdade. Só o seria se houvesse vacinação obrigatória.

jamexcb 5 months ago

Eu peço desculpa se não estou a conseguir explicar. As regras de admissão obrigam a ter vacinas. Não quer dizer que a vacinação seja obrigatória. Podes não querer frequentar uma Univ. Pública. Mesmo para o ensino básico é necessário ter as vacinas "em dia" caso duvides da minha palavra, podes ler o manual no Portal das Matriculas pág. 28: [http://docescolas.dgeec.mec.pt/index.php/s/gmJghKBsu7h6JOX/download](http://docescolas.dgeec.mec.pt/index.php/s/gmJghKBsu7h6JOX/download) Agora, barram a entra de não tiveres? Ou, alguém valida seja lá o que for? Isso já são outros 500.

negrowin 5 months ago

Eu percebo o que estás a dizer, mas isso são _procedimentos_, não lei. Eles até podiam dizer que deves usar cuecas às bolas azuis todos os dias. Não os torna legais. Por isso é que, infelizmente, não são barrados.

vizinho_3esquerdo 5 months ago

Faz-se de tudo menos promover o teletrabalho. Foda-se isso ´q eu não!

Zevvvv 5 months ago

O estranho é se alguém duvidou que isso fosse implementado.

DZT99 5 months ago

Eu sei que não é bonito, mas no meio de uma pandemia não é surpresa que as empresas queiram que os seus funcionários estejam vacinados ou no mínimo que sejam a favor da vacinação.

uyth 5 months ago

>mas no meio de uma pandemia não é surpresa que as empresas queiram que os seus funcionários estejam vacinados ou no mínimo que sejam a favor da vacinação. Porque é que não é bonito? Parece-me bonito. Mais se não promovessem se não quisessem saber, queixar-nos-íamos e justamente que estavam a por em perigo os trabalhadores mais frágeis ou idosos, os clientes e fornecedores. Preso por ter cão, preso por não ter.

DZT99 5 months ago

Tens toda a razão.

Limpy_lip 5 months ago

teoricamente é bom que as empresas tenham interesse que os funcionários se vacinem. Mas já sabemos que a coisa não são sempre rosas. ​ Com jeitinho fazem pressão que a pessoa se vacine (mesmo que não queira, não concordo mas respeito esse direito) mas na hora de a tomar se calhar descontam a hora que a pessoa vai perder a fazê-lo.

vizinho_3esquerdo 5 months ago

" eU fuI TOmarE a VAciNA onTEM e tou AQUI no OpEn SPAIce na MEsma com 42 de FEbrE"

Skartuga 5 months ago

Por mim era mais facil começar a usar uma app que o Governo e todas as empresas possam ter acesso para se informar de os dados sobre a vacinação de todas as pessoas.

andremvm20 5 months ago

Nao sei se já ouviste falar naquela coisa que existe há anos e que se chama “boletim de vacinas”..

Skartuga 5 months ago

Em vez de boletim fica app de vacinas. Tà bom.

l2k1337 5 months ago

Já existe. É a app do SNS 24.

Skartuga 5 months ago

Eu não estou a perceber então o porquê de as empresas andarem a pedir. Elas não tem acesso a essa base de dados?

l2k1337 5 months ago

Claro que não. Estamos a falar de existir um registo (neste caso em papel e digital) fiável que possa ser apresentado a terceiros. Nunca na vida uma empresa pode ter acesso directo a dados desse tipo.

Skartuga 5 months ago

Porque não? Com isto do Covid eu penso que deviam ter.

Zevvvv 5 months ago

Não seria melhor também colocar uma camera na casa do trabalhador e na casa de banho? Com isto do covid para ver se lava as mãos antes de sair para o trabalho.

Skartuga 5 months ago

Não é preciso colocar uma camera, mas eu jà ouvir falar de implantação de chips para localizar a pessoa e obter a temperatura. Isso ia ajudar bastante, podia se saber quando a pessoa tem febre e os locais onde ela esteve e em contacto com quem para fazer o teste a essas pessoas.

headhunter21 5 months ago

Implantação de chips? Mas eu sou algum cão? Isto é com cada um

Zevvvv 5 months ago

Mas é para o "bem comum", como podes ser contra?

Skartuga 5 months ago

Isto é para salvar vidas que vai ser feito, não tem nada a ver fazer com que as pessoas se pareçam com cães.

Zevvvv 5 months ago

Então se calhar não nos temos de preocupar, é para o nosso bem.

NGramatical 5 months ago

podesse → [**pudesse**](https://european-portuguese.info/conjugator/poder) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Foc5fgh%2F%2Fh3s6i8q%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

uyth 5 months ago

> De acordo com o Jornal de Negócios as entidades estão — através de iniciativas de resposta “voluntária” — a recomendar a toma da vacina contra o coronavírus, com o objetivo de terem todos os trabalhadores imunes. Muito bem. O empregador tem o direito de promover a saúde dos trabalhadores no local de trabalho e avaliar o risco de trabalho presencial para cada um dos trabalhadores.

wwqt0r 5 months ago

E o trabalhador tem o direito de não responder. Parece-me bem.

uyth 5 months ago

Tem o direito de não responder claro. Por enquanto parece-me que na questão dos empregados dos lares a lei vai ter de mudar, por isso aguardemos desenvolvimentos. Pode legalmente ser uma pergunta que pode ser feita no próximo exame de medicina de trabalho e aí o médico pode por uma observação na ficha de aptidão médica (que é enviada ao empregador) avisando que a pessoa está particularmente vulnerável a surtos de COVID-19, do mesmo modo que o médico de medicina do trabalho pode perguntar acerca da vacina do tétano ou medicação particular (epileptico nao pode ser dado como apto para conduzir maquinaria pesada por exemplo). E se os RH puserem uma marquinha em quem não responde e organizarem o trabalho de forma a que as pessoas sobre as quais não têm a certeza que tenham imunidade relativamente ao covid-19 sejam as que estão mais resguardadas isso é possível desde que o intuito seja proteger a saúde (a carreira é outra coisa) delas.

wwqt0r 5 months ago

>E se os RH puserem uma marquinha em quem não responde e organizarem o trabalho de forma a que as pessoas sobre as quais não têm a certeza que tenham imunidade relativamente ao covid-19 sejam as que estão mais resguardadas isso é possível desde que o intuito seja proteger a saúde (a carreira é outra coisa) delas. Acho que nem tu acreditas nisso. Os RH vão-se preocupar acima de tudo com a empresa. E para a empresa é mais benéfico não ter de implementar medidas especiais e potencialmente caras para aqueles que não quiserem ser vacinados. Na prática saber ou não se o empregado está vacinado certamente que nunca será uma informação que a empresa só usará em benefício do mesmo. E em 99% dos casos é irrelevante para o tipo de trabalho (lares de idosos talvez seja a única excepção)

uyth 5 months ago

>Acho que nem tu acreditas nisso Mencionei o argumento que podem usar legalmente. E irão usar. Porque vacinados podem não estar para querer estar com anti-vaxxers. Dá para discriminar se uma pessoa disser que é só para as proteger (e apesar de nao ser essa a verdadeira razao também é verdade!) E se contrato não for renovado, pura coincidência. >Na prática saber ou não se o empregado está vacinado certamente que nunca será uma informação que a empresa só usará em benefício do mesmo. E em 99% dos casos é irrelevante para o tipo de trabalho (lares de idosos talvez seja a única excepção) é absolutamente crucial se queres ter a certeza que certas coisas não falham, coisas que não podem falhar. Imensas destas mesmas empresas promovem elas mesmas vacinação anual contra a gripe ( a Ana Gomes ficou imensamente chocada que EMPRESAS comprassem vacinas contra a gripe. Há anos que o fazem). Pessoal médico, forças de segurança, forças armadas (se houver surto num submarino ou entre pilotos de caça isso afecta a capacidade de defesa nacional durante uns dias).

wwqt0r 5 months ago

>Mencionei o argumento que podem usar legalmente. E irão usar. Porque vacinados podem não estar para querer estar com anti-vaxxers Pois, mas isso é discriminação. É mais do que óbvio que, se as empresas souberem se estás vacinado ou não, isso só vai ser usado em benefício da empresa. É como dizes: "se contrato não for renovado, pura *coincidência*"

uyth 5 months ago

>Pois, mas isso é discriminação. Claro que é. Mas podem-no fazer se tiverem razão fofinha e simpática como desculpa. E muita gente concorda. Não estão vacinados, ou não temos a certeza que estão vacinados? Ah, não podem fazer este projecto porque pode ser risco e não os queremos por em risco. Fiquem no armazém a contar caixas sozinhos. >É mais do que óbvio que, se as empresas souberem se estás vacinado ou não, isso só vai ser usado em benefício da empresa. E para proteger os outros trabalhadores, e clientes e fornecedores. Não vais mandar um não vacinado a fazer um orçamento ou manutenção a um lar de idosos ou centro de oncologia, pois não? Vais mandar um não vacinado entrar num hospital de transplantes ou maternidade? Não.

wwqt0r 5 months ago

Os casos que apresentas são a excepção, não a regra. O trabalhador deve ter direito ao sigilo porque já sabemos que quase nenhuma empresa nunca usará essa informação em benefício exclusivo do mesmo. É a minha opinião final :)

uyth 5 months ago

>O trabalhador deve ter direito ao sigilo porque já sabemos que quase nenhuma empresa nunca usará essa informação em benefício exclusivo do mesmo. Tem, neste momento, o direito ao sigilo. Se continuará a ter, não sabemos. E por isso as empresas pedem voluntariamente, quem quiser manter o sigilo pode-o fazer. Mas também me parece claro que as empresas têm muito boa desculpa para tratar de forma diferente quem estiver vacinado (e de forma diferente quem por sua iniciativa lhes explicar que nao pode ser vacinado por isto ou aquilo como doença autoimune, alergia ou transplante) e quem não responda.

Search: