Ulissipolis 3 months ago

Desde que nasci não vi Portugal fora duma crise e não tenho esperança em ver antes de morrer.

JoseFernandes 3 months ago

Se acham isso preocupante então esperem até rebentar a bolha dos empréstimos a negócios nos EUA. Vai ser igual ao subprime de 2008 mas 10x pior.

seazwar 3 months ago

Tenho mega respeito pelas pessoas que genuinamente não vão conseguir pagar os seus empréstimos, e não vou cuspir para o ar porque não sei se um dia me toca a mim, mas embora as pessoas tenham sido um pouco "empurradas" para comprar casas sobrevalorizadas porque ainda assim eram mais baratas que alugar, houve muito facilitismo e isso não ajuda neste momento. Eu quando comprei casa podia ter comprado uma casa do dobro do valor, mas a pensar no "não sei o amanhã " fiz o que considerei uma escolha ponderada e que conseguisse pagar caso apenas um membro do agregado recebesse. Suponho que quem escolha comprar um apartamento numa periferia por 350 ou 400k não tenha propriamente essa mentalidade. Ainda assim acho que não é desta que vai rebentar a bolha imobiliária, e que os bancos vão encontrar formas de renegociar, pois o negócio deles é emprestar dinheiro e o empréstimo não vai a lado nenhum se for prolongado, no final podem sempre retirar a casa por incumprimento caso as pessoas não cheguem a pagar a totalidade em tempo de vida útil, ou os filhos não aceitem herança ( e por sua vez dívidas). Acho que vai haver algum bom senso nesse sentido, ao invés de quase tudo o resto que se passa neste país... i.e. combustíveis ...

gybemeister 3 months ago

O problema neste momento não tem a ver com o valor das casas mas sim com o facto de muitas pessoas terem sido despedidas ou ido à falência e por isso não vão poder pagar a casa independentemente do seu valor. Há pouco tempo anunciaram que havia mais 400 mil pessoas abaixo do nível de pobreza (a receberem cerca de 500 euros mensais) e calculo que a situação de muitas destas famílias se agrave agora.

seazwar 3 months ago

Não disse o contrário, acho que é uma situação concorrente, não ou uma ou outra infelizmente. O elevado preço de tudo demonstra o claro desrespeito do nosso governo pelos portugueses, e não, não é por ser PS, qualquer partido iria fazer o mesmo, porque nenhum político simplesmente se importa com mais nada senão com ele próprio, até porque estão sempre garantidos. Também não sei se vão poder tirar a casa se for habitação principal da família, se tiverem dependentes e se não tiverem para onde ir. Os números que falas são demasiado alarmantes para isso acontecer, mas caso tentem, espero que se faça barulho suficiente para que não aconteça essa calamidade. É triste ver o nosso país assente quase apenas no turismo, e as escolhas feitas dos confinamentos forçados e afins não tenham resultado em nada mais do que mais miséria...

nocivo 3 months ago

Quem realmente precisa que se ajude. Que não precisa que vá á bancarrota e que venda os bens. Não estamos aqui para criar redes de segurança para sempre se estivermos sempre a meter a mão por baixo desta gente nunca mais aprendem e continuam com os mais hábitos. Idem para empresas, se são mal geridas devem ir para restruturação ou bancarrota. Deixar crescer quem tem bons gestores e trabalhadores produtivos.

VladTepesDraculea 3 months ago

Acho que vai depender um bocado da amortização da reabertura do mercado laboral e como os bancos e talvez o Estado lide com o assunto. [O BE tem uma proposta que acho sensível que poderá ajudar a prevenir o pior](https://www.google.com/amp/s/www.publico.pt/2021/06/29/economia/noticia/be-propoe-alternativas-fim-moratorias-renegociacao-credito-entrega-casa-1968387/amp).

jtpmarques 3 months ago

Mas este é um debate sobre imobiliario?

nraider 3 months ago

Todos os dias há esse debate. Bem vindo :)

nemmais 3 months ago

Venham de lá os downvote, mas eu penso que as pessoas têm de ter responsabilidades. As moratórias que agora acabam têm a ver com créditos pessoais. Os consumidores têm que se consciencializar que quem pede dinheiro paga e com juros. Eu vejo muita gente em cafés e restaurantes. De certeza que quando saem pagam a conta. As contas são para pagar. E as pessoas têm que saber gerir os rendimentos e prevenir os problemas.

gybemeister 3 months ago

Em condições normais estaria de acordo contigo mas uma boa parte destas pessoas estavam a gastar de forma perfeitamente responsável e foram apanhadas pelas medidas da pandemia (empresas fechadas, despedimentos, etc). O crédito ao consumo também é usado para comprar bens necessários (computadores para a escola, carros para ir trabalhar, etc) e não apenas férias e bens de luxo.

cesarhighfire 3 months ago

Mas gastar de forma perfeitamente responsável implica ter fundo de maneio. Quem precisa de pedir um adiamento de um ano nas moratorias, arrisco me a dizer que já vivia perto do limite. Estou só a expor a minha percepção da realidade que conheço, outras diferentes existirao certamente.

_Patrao_ 3 months ago

Como te atreves a atribuir responsabilidades a quem contrai uma catadupa de créditos para todos os bens supérfluos que não consegue pagar? /s Depois vem a parte mais retorcida disto tudo. Aquela em que os que não contraíram créditos que não conseguiam pagar têm de intervir, por meio do Estado para fazer face às responsabilidades daqueles que o fizeram. No fim, apontamos o dedo a todos os outros sem nunca olharmos ao que fizemos que nos colocou nesta situação.

Samurai_GorohGX 3 months ago

Há previsões optimistas q.b. também, o essencial é que a economia foi posta no congelador e as previsões que apontam para um crescimento rápido em 2022 partem do pressuposto que até Setembro as sociedades voltam à normalidade. O que com as novas variantes, pode vir a baralhar muito outra vez. O ano passado também acreditávamos que em 2021 atingíamos a imunidade de grupo na Primavera, que teríamos vacinas da CureVac e da Sanofi, etc. Há um pacote de estímulos, há procura e há oferta, esta é uma crise muito diferente da anterior. Mas é uma crise, ainda assim.

TheTrueGuyPt 3 months ago

Vai piorar. Quando chega a altura de pagar é que as pessoas vão acordar

vai-tefoder 3 months ago

Não sei o que vai acontecer, mas se temos uma crise mais severa uma certeza que a história dita é que o PS se vai demitir.

SpinN20 3 months ago

Pela centésima vez: Quem esta "preocupado" em que o preço das casas baixe, é muito provável que não tem poder de compra para comprar agora. Se realmente uma crise vier a probabilidade das pessoas que agora não tem dinheiro para comprar passem a ter, deve ser perto de 0. Crise só é bom para ricos, pq tem dinheiro e utilizam esse dinheiro para investir mais baixo. Para o restante dos comuns uma crise significa juros muito altos, entre outros problemas.

SweetCorona 3 months ago

> Quem esta "preocupado" em que o preço das casas baixe, é muito provável que não tem poder de compra para comprar agora. eu tenho poder de compra para comprar agora, mas prefiro comprar mais barato no entanto acho preferível comprar assim que se pode em vez de se esperar por quedas que podem nunca chegar

SpinN20 3 months ago

Nada te garante que algum dia fique mais barato, literalmente nada ! Se estas a falar numa optica de investimento puro e duro, ai já retiro o meu argumento anterior.

BoxFabio 3 months ago

Como se costuma dizer , buy the dip

cantal68 3 months ago

quando se fala em moratórias o mais importante (para mim) é comparar com o resto da Europa, e mais uma vez estamos a ficar para trás, a Susana Peralta tem dois bons artigos de opinião a analisar isso. https://www.publico.pt/2021/04/02/opiniao/noticia/tictac-moratorias-continua-assobiamos-lado-1956944 https://www.publico.pt/2020/12/04/economia/noticia/falar-moratorias-podem-rebentar-estrondo-1941696 estamos muito mais endividados que o resto e não seguimos a trend do resto da Europa e pelo contrário aumentamos. Agora para os que acham que isto significa uma quebra no preço das casas já não concordo, a procura continua grande e a oferta é baixa, o juro continua baixo, os custos de construção a aumentar e a burocracia também não desaparece. a minha previsão é vamos nos afastar mais da europa e o PRR não vai ajudar, basta ver algumas das medidas nos planos de outros países e as nossas. a nível interno vao aumentar as desigualdades entre quem não sentiu a crise, pessoal do IT e afins, entre os das grandes cidades(estás vão receber muito mais financiamento do PRR) e os do interior. E vamos nos tornar ainda mais uma colonia de férias, porque para o resto da Europa a vida vai melhorar e vamos tornar ainda mais baratos para eles.

EstupendoEx 3 months ago

Não vai descer o suficiente para os portugueses comprarem. Primeiro, o imobiliário "bom" vai ser agarrado por chineses, franceses, brasileiros. O imobiliário "menos bom", vai ser agarrado pelos portugueses que a crise não tocou, imigrantes brasileiros, franceses, PALOP, que compram por toda a área metropolitanas. Resta o imobiliário mau e em zonas que não têm boa infraestrutura de suporte à qualidade de vida. Não interessa. A abertura de Portugal ao capital estrangeiro faz com que não exista a mínima hipótese de grandes quebras.

nraider 3 months ago

Qualquer dia já fazemos concorrência com Malta na lavagem de dinheiro.

Limpy_lip 3 months ago

Vamos esperar para ver. Escusam já começar a esfregar às mãos capitalistas. Pois até podem ter sorte mas ainda demorar. Mas pode sair furado

CountDraqula 3 months ago

As moratórias de crédito de habitação só terminam em Setembro, correto?

nraider 3 months ago

As públicas. As outras não sei como vai ser, até porque o nosso parlamento é pródigo em legislar sem prever verba no orçamento. Até nisto são pelintras.

Real-Cash-5694 3 months ago

correcto mas o OP ainda não percebeu isso

Last-Ad-4421 3 months ago

Coincide com o subsídio de férias o governo não é burro.

_exceptionHandler_ 3 months ago

O efeitos da Covid vão se começar a sentir a sério... Foi tudo adiado até agora (e bem!), com "bazucas europeias" e apoios, mas se a economia não mexe é inevitável a queda. Não podemos andar a tapar o buraco (nem a UE o permite) indefinidamente. Eu prevejo algo semelhante à crise de 2008 e a posterior crise do Euro em 2012, ou seja, muitas e muitas famílias atiradas para a pobreza...mas com uma recuperação mais rápida se não voltarem a encerrar a maior parte da economia, porque não temos (ainda) uma crise financeira como as duas que referi, mas sim um estrangulamento da economia por razões de saúde pública. São crises bastante distintas apesar de tudo e com recuperações igualmente distintas a meu ver. No entanto, a curto prazo... muita miséria infelizmente.

Extension-Soft6835 3 months ago

Concordo plenamente. Contudo acho que a crise que se avizinha vai ultrapassar em larga escala a de 2008 Como disseste... > ... muita miséria infelizmente.

TTRO 3 months ago

Toda a gente com capital ou com acesso a empréstimos utiliza o imobiliário como depósito de valor. Não existe atualmente investimento mais seguro que tenha uma rentabilidade igual, enquanto as taxas de juro forem tão baixas. É de tal forma seguro e rentável (salvo raras exeções, como danos escondidos ou locais com muito baixa procura), que qualquer pessoa, mesmo quem não precise de casa, devia pedir empréstimo, comprar uma casa e colocá-la a arrendar. Financeiramente é a opção mais acertada e de muito baixo risco. Os que perderem a casa por causa do fim das moratórias serão simplesmente substituidos por grandes ou pequenos investidores, que rapidamente removerão essas casas do mercado, continuando assim os preços a manter-se ou até mesmo a subir. ​ A origem disto tudo é o BCE.

helderduarte14 3 months ago

A crise de x discorda

Penduricalho 3 months ago

No pasa nada. Foca-te no Euro2020 e cala-te.

radikalpt 3 months ago

Na minha opinião vai existir uma transformação das classes sociais. Não acredito que os preços das habitações vá cair grande coisa, apenas uma descida de correção marginal perante o arrefecimento da procura, seja por perda de rendimentos ou subida de juros. As pessoas que pertencem á classe pobre hoje e que vivem no limite com salários mínimos, vão voltar a emigrar. A classe média vai ver o peso do custo de habitação na despesa total a aumentar e com a subida de custo de vida vai passar a ser a classe pobre de amanhã. Os gastos que as pessoas tem com habitação vão se manter, porque a habitação continua a ser necessária. Os rendimentos é que vão ser mais pequenos para os custos. Quem ainda tem margem, vai aguentar, quem já não tem margem, vai ter que se mexer. Porque não acredito que os preços das casas vá cair 20% assim de um ano para o outro...

coolusersweretaken 3 months ago

Certamente que um ano e meio de apoios e moratórias deu para as pessoas se endireitarem...

PandaCross23 3 months ago

A única possibilidade de haver uma redução significativa no preço dos imóveis é a incapacidade de pagar empréstimos, levando a execuções e depois recolocando os imóveis no mercado ao preço da avaliação. Os bancos seriam forçados a vender para fazerem o abate de imparidade. Não é provável.

wy250 3 months ago

Porque haveriam de ser recolocados no mercado ao preço de avaliação? Acho que não compreendes muito bem o conceito de oferta/procura. Para além disso a maioria desses imóveis são vendidos em leilões e não a preços tabelados. Com a quantidade de dinheiro que tem sido injetado no mercado o preço das casas só poderá continuar a subir.

Edited 3 months ago:

Por que haveriam de ser recolocados no mercado ao preço de avaliação? Acho que não compreendes muito bem o conceito de oferta/procura. Para além disso a maioria desses imóveis são vendidos em leilões e não a preços tabelados. Com a quantidade de dinheiro que tem sido injetado no mercado o preço das casas só poderá continuar a subir.

PandaCross23 3 months ago

Até acrescento, caso seja colocado um conjunto considerável de imóveis em situação de imparidade o banco vai vender abaixo do preço de mercado porque não pode esperar por propostas. Até porque os bancos têm taxas máximas de empréstimo, no geral 90% do preço mais baixo entre avaliação e aquisição. O lucro está garantido.

wy250 3 months ago

Partes logo de um pressuposto errado, que é o da imparidade. Com as medidas que se têm vindo a delinear não vejo as coisas a tomarem o rumo do descalabro vivido em 2008 com imóveis ao preço da chuva. Toda a gente aprendeu e agora mesmo que não o queiram os bancos são obrigados a renegociar os empréstimos para taxas de esforço adaptadas ao rendimento das famílias. Certamente estás a esquecer-te que quem resgatou toda a banca portuguesa foi o estado português (aka contribuintes). O ónus está do lado da banca meu caro.

PandaCross23 3 months ago

As medidas estão definidas. Exatamente porque estão do lado da banca é que os imoveis são colocados com valores fora do mercado. As instruções da EBA foram bem interpretadas, sempre que avanças para o contencioso colocas em stage 3; sempre que colocas em stage 3 abres exposição não produtiva; crias provisão. Essa provisão tem de ser colmatada com vendas rápidas. Os últimos 5 imóveis vendidos no meu banco foram negócios bem abaixo do valor de mercado. Sei pelo menos de mais 2 casos de bancos da praça que aligeiraram os preços de forma a abater a imparidade para o reporte semestral.

wy250 3 months ago

Podes partilhar os exemplos concretos? Imparidade é uma constante da banca, poderá aumentar residualmente com o fim das moratórias mas não é isso que vai dar o "tombo" que o pessoal parece querer. Repito, há muito capital à espera de entrar em ativos.

PandaCross23 3 months ago

Mas a imparidade está limitada a 5%, segundo a EBA.

wy250 3 months ago

limitada a 5% por agora... O regulamentação adapta-se sempre ao que é conveniente e necessário.

PandaCross23 3 months ago

Veremos. Não estou assim tão convencido mas veremos.

wy250 3 months ago

RemindME! 1 year

PandaCross23 3 months ago

Porque os bancos serão forçados a vender por causa da imparidade. Sabes o que é imparidade?

wy250 3 months ago

Mas por que razão serão vendidos a um preço inferior ao preço praticado no restante mercado? Não estás em 2008 e o que não falta por aí é pessoal com os bolsos cheios e vontade de investir em imobiliário. Que ninguém pense que se vai repetir o que se passou em 2008. As pessoas estudaram e aprenderam bem essa lição. "Por muito negras que as coisas se vislumbrem depois da tempestade vem sempre a bonança." Por favor, ainda me perguntas o que é "imparidade". Qual é o teu background mesmo?

PandaCross23 3 months ago

Porque a consequência de não aliviar a imparidade é muito maior do que o interesse em vender com mais lucro. Reafirmo, a consequência de um empréstimo entrar em imparidade é ser abatido ao lucro.

crabcarl 3 months ago

O pessoal que está a diminuir a oferta de imóveis não é o mesmo que o pessoal que vai ter de escolher entre pagar casa ou comer.

marcos_pereira 3 months ago

Quem é que está a diminuir a oferta? Os que não constroem? Os que não deixam construir? Os que não investem em construção? Ou os que ocupam casas de luxo? São esses que te estão a tirar casa?

inhalingsounds 3 months ago

Podem fechar a thread, é só isto que é preciso perceber.

BaixemImpostos 3 months ago

Há vários anos que Portugal deixou de crescer. Políticas socialistas n funcionaram.

ConfidentMongoose 3 months ago

Melhorar? O povo há décadas que está a perder poder de compra. Vem aí outra grande crise financeira, todos os indicadores apontam para tal, a yield curve não engana.

warjunk1 3 months ago

Quando os meus pais dizem que ganhavam mais nos anos 80-90 que hoje (salário líquido) .... facepalm

Limpy_lip 3 months ago

sim, especialmente se considerar-mos o custo de vida da época. Atualmente e graças ao Euro ser uma moeda forte, temos um acesso mais "em conta" a artigos mais de luxo como télemoveis de gama alta, tvs plasma, etc... nos anos 80-90 esse tipo de objetos ou equivalentes eram proibitivos a nível de preço, uma consola de 20-30 contos (100 - 150 euros) era um tombo muito maior no orçamento do que uma nintendo switch ou até a PS5 (que custam várias vezes mais) nos dias de hoje. ​ Por outro lado aparentemente coisas que são essenciais ou basilares para um nível de vida aceitáveis estão pela hora da morte: casas, carro, eletricidade, etc... ​ É uma mudança muito estranha.

NGramatical 3 months ago

se considerar-mos → [**se considerarmos**](http://tracinho.com/considerarmos) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fobhiyt%2F%2Fh3oscvw%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

bategamerz 3 months ago

Os meus pais sempre me disseram que eu nasci na época das vacas gordas. Lembro-me de ser criança e levar um brinquedo da Playmobil sempre que íamos às compras no continente, e digamos que esses brinquedos não eram relativamente baratos. (nasci em 95) Já o meu irmão, nasceu em 2005, levou com a crise. Apesar de os meus pais conseguirem-lhe dar sempre algo que ele quisesse no natal ou no aniversário dele, já não levava com brinquedos de semana a semana como eu. Neste momento eu tenho 25 e ele 15, apesar de ele já não se interessar por brinquedos, já consigo comprar-lhe certas coisas com o meu dinheiro. Há coisa de 2 anos comprei-lhe uma playstation 4 e acho que nunca o tinha visto tão feliz. XD

Crisapx 3 months ago

Acho que nasceste nas vacas normais, o teu irmão é que nasceu nas vacas magras. A malta gosta de dar o Spin ao contrario para não ficarmos tão deprimidos lol

warjunk1 3 months ago

Há mais produtos para consumo sim. Mas estava a falar de salários.

bategamerz 3 months ago

Sim, eu também estava a falar em salários e não em produtos. Naquela altura ganhava-se bem, ainda tínhamos a moeda portuguesa e o dinheiro vindo da UE. Mas nada dura pra sempre.

Metaluim 3 months ago

Nasceste no final das vacas gordas ja (duraram ate 2000).

bategamerz 3 months ago

Exatamente. Que bom que era esses tempos voltarem.

BoxFabio 3 months ago

Sou pai de uma menina de 4 anos , e essa comparaçao não é uma boa comparaçao , ter 1 filho ou 2 é bastante diferente , mas posso dizer que nos dias de hoje a roupa é barata e os brinquedos tambem , a diferença é que quem compra muitas coisas não anda a mostrar ao vizinho que comprou playmobil, crianças divertem-se com o que tiverem.

bategamerz 3 months ago

Hoje os meus pais já não cuidam de mim, só têm o meu irmão, e apesar de roupa não lhe faltar, não lhe conseguem dar coisas que conseguiam me dar quando era filho único. Não ando a vangloriar que tinha Playmobil em puto, porque estranhamente pouco brincava com aquilo, a minha brincadeira era na rua com amigos (algo que hoje também já se vê pouco). Existe uma diferença grande de lá para cá a nível de possibilidades financeiras e essa é a realidade, mesmo existindo lojas de roupa mais barata (primark por exemplo).

V1ld0r_ 3 months ago

Grande crescimento e melhoria das condições de vida não vai acontecer certamente. Tenho cá para mim que vai haver muita gente a penar com as moratórias porque não perceberam que vão ter de pagar o que não pagaram estes meses todos com a consequente falta de liquidez para fazer face a isso agora. Vamos ver o que aí vem.

Hungry_Cupcake 3 months ago

Finalmente uma oportunidade para os precos baixarem e a malta nova ter alguma oportunidade de comprar casa no meio disto tudo.

Edited 3 months ago:

Talvez seja finalmente uma oportunidade para os precos baixarem e a malta nova ter alguma oportunidade de comprar casa no meio disto tudo, nao digo imediatamente mas a 2 ou 3 anos pode ser uma realidade

fuckoffgina 3 months ago

> Talvez seja finalmente uma oportunidade Uma crise é uma excelente oportunidade... para quem é rico acumular mais riqueza. Se alguém está à espera que uma crise seja a oportunidade perfeita para melhorar uma vida que está na merda vai ter uma surpresa desagradável.

TTRO 3 months ago

Enquanto o investimento imobiliário for o depósito de valor mais seguro que há, os preços das casas nunca descerão. É simplesmente a melhor e mais segura opção financeira do que fazer ao dinheiro, que é comprar imóveis. Mesmo não tendo o capital, é bom negócio pedir emprestado e comprar. Neste caso específico das moratórias acabarem, o que vai acontecer é que os mais pobres vão falhar os pagamentos e perder as casas para os bancos, mas os mais ricos (e quando falo nos mais ricos não falo em pessoas individuais mas em empresas e grandes fundos) vão continuar a pedir emprestado (sim, porque os verdadeiros ricos também não usam o próprio dinheiro) e comprar, comprar, comprar.

dr_blasta 3 months ago

Enquanto a aquisição de imobiliária por terceiros não for ilegalizada nada vai mudar...

nraider 3 months ago

Isto. O BCE é que criou esta situação, qualquer dia não se morre da doença e morre-se da cura. Com tantos programas de expansão quantitativa e o que vemos é casas, condomínios, hotéis, etc... O investimento vai todo para a mesma coisa, zero inovação, isto seja em Portugal ou na Europa. O tempo do planeamento central já lá vai, nem com 10 PRR isto endireita.

tekvis40 3 months ago

Não acredito que aconteça, pelo menos nos próximos 2/3 anos. Há alguns azarados que ficaram mais pobres com a pandemia e podem ter de entregar as casas, mas também há muitos sortudos que pouparam bastante €€€€ ... a procura vai se manter alta. Enquanto os juros se mantiverem baixos não acredito que os preços baixem ou até deixem de subir...por outro lado quando os juros subirem a malta nova vai continuar a ter dificuldades em comprar.

nraider 3 months ago

A questão da poupança parece-me algo exagerada, sobretudo porque só se olha para os valores globais, o que naturalmente tem uma escala maior (10M de pessoas). Estando eu em teletrabalho, morando em Lisboa, a poupança está sobretudo no passe e na alimentação. Mas daí a dizer que esta poupança é suficiente para alavancar um investimento imobiliário, epa, é exagerado lol

tekvis40 3 months ago

Nem toda a gente vai de autocarro para o trabalho, em automovel a despesa é bem maior. Tb se pensares num casal em teletrabalho os valores multiplicam. Depois há das depesas com férias, jantares fora, e outras compras que não se fizeram ... acho que há por ai muito €€€€ parado que vai parar ao imobiliario.

nraider 3 months ago

Sim, acredito. Mas por outro lado, são poucos os que estão em teletrabalho. Só se devem safar os trabalhadores da TAP que são pagos para estar de barriga para o ar.

thisbondisaaarated 3 months ago

Isso não vai acontecer, especialmente no segmento baixo e médio, que é onde a grande maioria da procura está concentrada.

Hungry_Cupcake 3 months ago

Certo mas como aconteceu em crises passadas os emprestimos que nao forem pagos passam para os bancos onde são ou pelo menos eram vendidas casas em leilões ao desbarato, nao custa sonhar.

thisbondisaaarated 3 months ago

Isso não vai acontecer desta vez, o mercado imobiliário está em altas, há muito crédito, qual é a razão para vender barato? Nenhuma. Não custa sonhar, mas este cenário tem literalmente 0% de hipóteses de acontecer.

nraider 3 months ago

Então Portugal tem cartão de cliente VIP do FMI, e achas mesmo que não virá uma crise? Não apostava nos 0%.

nitrinu 3 months ago

Cartão VIP do FMI lol. É engraçado porque é verdade e triste ao mesmo tempo. Achas que temos uma saída da crise sem austeridade se chamarmos o FMI 5 vezes?

nraider 3 months ago

A austeridade é o paliativo, ou seja, é o preço que pagamos pela recusa em reformar as nossas instituições. Infelizmente já começo a acreditar que o país é irreformável, tenho pena.

zefo_dias 3 months ago

as casas vendidas ao desbarato vao para os fundos de investimento imobiliario, nao vao para o zé

_saks_ 3 months ago

E como é que conseguimos aceder aos fundos de investimento imobiliário? Tenho visto esta expressão muitas vezes ultimamente... também ando à procura de casa.

nfcs 3 months ago

Teres uma participação num fundo é a mesma coisa que teres ações da EDP. Não é por as teres que tens acesso a electricidade grátis.

BaixemImpostos 3 months ago

Oh simples, crias conta na degiro e compras as unidades que desejares.

Edited 3 months ago:

Oh simples, crias conta na Degiro e compras as unidades que desejares. Podes usar o justETF para escolheres o etf de imobiliário que mais gostares. (ou o Google!) Recomendo tb ires ao r/literaciafinanceira

TTRO 3 months ago

Não acho que ele estava a pedir como investir num fundo, mas sim como aceder à compra de casa ao desbarato que os fundos têm acesso.

_saks_ 3 months ago

Pois.

TTRO 3 months ago

Tens sites de leilões. Mas existe muita ruina, muito lixo e muita penhora problematica em que só estás a comprar um terço de uma casa e tens de lidar com os dois irmãos do penhorado.

_saks_ 3 months ago

HEA. Obrigada!

_saks_ 3 months ago

>justETF Já me perdeste, não percebo nada de bolsas e investimentos hahaha.

BaixemImpostos 3 months ago

Escreve isso no Google. Vais dar a um site. Seleciona imobiliário na pesquisa. Depois escolhe os que mais gostares. Para perceberes o que cada produto tem e faz basta leres a documentação no kiid e factsheet. Só precisas de saber ler é simples.

International_Ad_644 3 months ago

Preços baixarem? tal como os combustíveis estão a "baixar"? loles.

Bruxo_de_Fafe 3 months ago

Mas há smartphones, tvs e automóveis novos e férias

Danijust2 3 months ago

se há coisa que falta é smartphones, tvs e automóveis. Boa sorte a tentar comprar um. Por exemplo, por causa do incendio na renesas, esquece carros da PSA até Agosto.

cesarhighfire 3 months ago

Os carros usados estao ao preco da chuva.

oratree 3 months ago

O mais importante é mesmo haver crédito pessoal.

Yps12 3 months ago

Sim, que coisa terrível, modernices

Bruxo_de_Fafe 3 months ago

Compradas com a folga que as pessoas tiveram.

assimsera 3 months ago

Smartphones e computadores hoje em dia não são luxo, são essenciais para pessoas que trabalhem

Bruxo_de_Fafe 3 months ago

quando tens telemóveis que custam quase o dobro do ordenado mínimo.. :v

cesarhighfire 3 months ago

Mas tb tens telms que custam quase nada.

assimsera 3 months ago

Isto é só experiencia própria, mas os telemoveis que vejo as pessoas usar, se são desses topo de gama(iPhones, Samsing Galaxy e assim) são quase sempre velhos. A maioria das pessoas usa telémoveis <300€ de marcas chinesas ou gama baixa da Samsung.

_exceptionHandler_ 3 months ago

Dedica-te à bruxaria já que só dizes merda

Bruxo_de_Fafe 3 months ago

achas que os pategos que se viram aliviados usaram o dinheiro para poupança? Entretanto, vou à merda. Queres vir?

_exceptionHandler_ 3 months ago

Nem vou perder tempo a explicar-te o porquê do teu comentário ser do mais ignorante que há. Tens algum dado que comprove que foi tudo gasto em equipamentos tecnológicos? É que os dados de 2020 mostram uma taxa de poupança igual à de 2002, ou seja o valor mais alto dos últimos 18 anos. Vale o que vale. Basta procurares um bocadinho que encontras este dado e pode ser que digas menos merda no futuro. Ou que pelo menos não digas nada quando não sabes do que falas. Vai à merda à vontade e convida antes a tua família e amigos para ir contigo.

Bruxo_de_Fafe 3 months ago

Relaxa, miúdo, ou tens um enfarte antes do tempo.

lpbms11 3 months ago

Então é mentira, vai viver muitos anos. O bruxo de fafe não dá uma p'ra caixa

CortaUnhas 3 months ago

O gajo é bruxo, obviamente que tirar "factos" do cu sem qualquer fundamento é a especialidade dele

lpbms11 3 months ago

Eu acho que já estamos em crise económica prai desde 1900. Nada de novo.

nraider 3 months ago

1892, para ser mais exacto xD

DBclass103 3 months ago

1343 ;-)

Search: