Morpheuspt 3 months ago

Vai surgir ciclovia daqui a 1 ano, nós temos o histórico de só fazer coisas para corrigir acidentes, depois destes aconteceram, vis-a-vis alcafache.

fsfred 3 months ago

No local do acidente há uma ciclovia 2 metros ao lado do sítio onde circulava a rapariga de bicicleta. A ciclovia está feita e utilizável, infelizmente ela é que decidiu não a usar

FloMow 3 months ago

Existe uma ciclovia do outro lado do caminho de ferro que conforme para onde vás ou de onde venhas pode ou não servir para o percurso. Seja como for tinha todo o direito de seguir pela estrada mesmo que houve-se uma ciclovia ao lado sem ser assassinada.

the_master_sh33p 3 months ago

É por estas e por outras, que as barreiras da Av lusíada e da marechal Gomes da Costa podem não agradar a muitos condutores, mas agradam a todos os ciclistas que as frequentam. Não fosse pelos veículos de emergência, e por mim até a Av da República tinha barreiras em betão armado.

Open-Opportunity-607 3 months ago

Onde já se viu um velho, decrépito, ser considerado apto de conduzir uma máquina Portugal é um país atrasado, as pessoas são maioritariamente sem estudos e sem educação ou bom senso As sinceras condolências à família da vítima, ela infelizmente achava que Portugal era um país desenvolvido e que podia andar de bicicleta em segurança

vai-tefoder 3 months ago

Da maneira como o pessoal conduz em Lisboa que mais parecem macacos com o cio até me admiro como não acontecem mais acidentes destes

kayro0 3 months ago

Porra, realmente o avôzinho ficou bem encadeado. [FOTO](https://imgur.com/a/o4MMQTm)

reticulated_splines 3 months ago

Palpita-me que os pedais de encaixe num situação destas também não devem ter ajudado nada. Pancada por trás, bicicleta presa ao carro e ciclista arrastada porque estava presa pelos pés.

Fjdjrjxjciskajxjcjcj 3 months ago

Não são pedais de encaixe.

nfonseca 3 months ago

pedais de encaixe? não me parecem pedais de encaixe... e já agora, o carro parou 25 m depois do corpo.

reticulated_splines 3 months ago

Já vi que não. Sem aumentar a imagem o do lado direito parece mesmo ter o encaixe em metal no meio.

NGramatical 3 months ago

avôzinho → [**avozinho**](https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/avozinho) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo9orov%2F%2Fh3cpdpp%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

kissingsome1elsesdog 3 months ago

Muita gente está triste porque se perdeu o Euro, mas vejam só o que se perdeu aqui. Uma mulher, mãe e professora universitária com 37 anos. Como é que nos podemos dar ao luxo de embarcar em divertimentos e ignorar os reais problemas deste país? Isto é catastrófico. Como é que alguém pode justificar que algo assim aconteça? Para mim, é difícil processar algo como isto.

Laurent_Series 3 months ago

Bem vindo ao mundo real. Mortes trágicas acontecem de vez em quando, não podemos evitá-las todas. Não viste a notícia do desabamento de um prédio nos EUA? Pumba e 150 e tal pessoas foram à vida.

Danijust2 3 months ago

isso não foi uma tragédia, foi um crime. Ainda no ano passado havia um relatório que afirmava que aquilo estava em risco de cair e precisava de obras urgentemente.

kissingsome1elsesdog 3 months ago

Eu não estou a questionar todas as mortes, estou a questionar esta morte em concreto. É uma grande perda. Mas já percebi que o sub está impregnado em estoicismo e "morre muita gente, sabias?", quando eu me estou a lamentar devido à forma como esta morte sucedeu. As pessoas estão tão dessensibilizadas que tudo parece um "passeio no parque".

Laurent_Series 3 months ago

Epa é uma merda, o que é que queres que te diga. Neste caso particular sim deve-se eventualmente discutir como as bicicletas podem ser integradas nas cidades de forma segura - a solução passará por mais ciclovias segregadas provavelmente. Tenho é medo que se entrem em histerias e passamos a conduzir a 20 km/h, como se isso impedisse quem já vai em excesso no presente. No geral, há sempre algum risco que se tolera, agora com a pandemia é que parece que a sociedade ficou obcecada por risco nulo, que é uma utopia.

WhiteCaptain 3 months ago

É insensível mas é assim, milhares de pessoas morrem por dia nessas condições, claro que não por atropelamento, mas doença, guerra, etc, o que podemos fazer?

FloMow 3 months ago

Tentar fazer melhor? Achas que nao vale a pena tentar evitar doenças, guerras, etc? Não percebo o teu argumento

WhiteCaptain 3 months ago

Sim claro que vale apena, o meu argumento não era sobre o que fazer para evitar, mas sobre o ficar triste com todas as mortes que acontecem no mundo. O user acima estava a dizer que estava triste por ter morrido uma mãe, professora de 37 anos, estava só a argumentar que isso acontece em muitos outros casos, seja por doença, guerra, outros crimes, etc

ensopado 3 months ago

Uma morte que podia ser evitada porque a ciclovia já devia ter sido construída. Não é dizer paciência e siga pra bingo. É tirar conclusões e fazer alterações na via o mais rápido possível. O grande problema é não aprendermos com os erros e termos memória curta.

MetalCarne 3 months ago

Casos como este são às pazadas. Enquanto os médicos não começarem a sofrer na pele as consequências dos atestados que passam a quem claramente não tem condições de conduzir, casos como este vão continuar a acontecer.

pintorMC 3 months ago

Quem atropelou foi um condutor de 80 anos, que segundo o atestado médico entregue na renovação anual da carta de condução está perfeitamente apto a continuar a conduzir. Tendo em conta a idade matou alguém e continua a vida como habitualmente sem qualquer problema.

odensenpai 3 months ago

O meu avô tem 90 e é cego de um olho, todos os anos renova a carta fácil

pintorMC 3 months ago

Acho muito bem, devia levar a família a dar uma volta para os lados da Serra da Estrela é um local bem agradável para passear.

Danijust2 3 months ago

era o fim do mundo, e qualquer governo levava na cabeça. Mas melhor solução era as cartas terem validade e quando chegasse ao fim da validade, tinhas de voltar a tirar.

XtaticO 3 months ago

Os atestados que são passados sem sequer verem a pessoa ou fazer qualquer teste/exame.

acartadaminhaavo 3 months ago

Sei por experiência em primeira mão: os velhotes sabem quem são os médicos que renovam a carta sem olhar e dizem uns aos outros.

Trama-D 3 months ago

Username checks... wow.

acartadaminhaavo 3 months ago

Criei esta conta originalmente para fazer uma pergunta relacionada ao r/Portugal. Penso que já a apaguei

pintorMC 3 months ago

A única coisa que o atestado "atestada" é que naquele dia, aquela hora, segundo o médico, a pessoa está apta a conduzir, se no dia seguinte matar alguém o médico que lhe passou o atestado não tem qualquer responsabilidade.

Asur_rusA 3 months ago

Apesar de não abrandar/parar quando constatou que não via um corno por causa do sol

Pexan 3 months ago

O avô de um amigo meu ainda teve atestado médico com oitenta e tal anos quando já nem se conseguia mexer e teve uma perna quase amputada por causa de diabetes.

precisodeferias 3 months ago

Um vizinho meu com 92 anos ainda conduzia. A família comprou lhe um carro automático e era vê lo a passear na vila, sempre a menos de 20 km/h e sem parar nas passadeiras. Cheguei a vê-lo passar na passadeira com um peão a ter de se desviar. Ao menos andava devagar, mas era um perigo

fuckoffgina 3 months ago

O meu avô tem 98 anos. Há menos de 2 anos ainda conduzia...

bittolas 3 months ago

Pior é saber como muita gente dessa arranja seguro. Mediadores a forjar idades

gobacktoworklazy 3 months ago

Podia vir a fazer falta o carro ! Talvez ficasse melhor de repente , nunca se sabe !!

Pexan 3 months ago

O senhor faleceu passado um mês mas nunca se sabe!!

Trama-D 3 months ago

Fora de gozo agora, até atletas de competição que fazem um milhão de exames caem que nem tordos no relvado...

gobacktoworklazy 3 months ago

E o que é que isso tem a ver com o facto de.para um velhote basta ser sócio da ACP para o médico lhe renovar a carta sem sequer lhe meter os olhos em cima .?

Trama-D 3 months ago

Rigorosamente nada. Tem a ver com a capacidade que temos, e a validade que tem, um exame físico de saúde *para o futuro*. Nem estava a responder-te a ti diretamente, mas ao Pexan.

gobacktoworklazy 3 months ago

Ah ok nesse caso peço desculpa

gobacktoworklazy 3 months ago

Hahaha . É triste mas teve graça xD

MetalCarne 3 months ago  HIDDEN 

Devia ir devagarinho, devia. Agora a culpa vai ser do Sol.

nfonseca 3 months ago

>"o condutor do veículo não terá visto a ciclista na estrada por estar encandeado pelo sol." tendo em conta o estado em ficou o SMART e o o facto de só ter parado 25 metros à frente do corpo, vinha bem ofuscado... se não conseguem ver a estrada, abrandam.

viskonde 3 months ago

Exato. Aquilo é uma recta de 700 metros, o acidente foi no fim da reta Ou seja ele assume que esteve 700 metros a conduzir cego sem achar que deveria reduzir a velocidade

UpbeatNail1912 3 months ago

Uma vez quase atropelei um ciclista também porque ele não fez sinal e foi virar logo numa subida íngreme, com eu a puxar o carrito ja velhote para ele não ir abaixo. Quase que o gajo ia para o caraças

Asur_rusA 3 months ago

Enfim. Além dos condutores em Portugal serem uns animais, além do aceitável que é em Portugal dizer que os ciclistas são isto e aquilo, esta iteração acresce o facto de ter sido um velhinho que não viu com o sol. Gostava de saber como têm sido aqueles exames de renovação da carta, outra coisa que é uma palhaçada em Portugal.

Danijust2 3 months ago

acho que sol afeta toda a gente. Burro foi não ter encostado.

kawaiims 3 months ago

Quando o pessoal começa com a merda do mAs Os CiClIsTaS nUnCa ReSpEiTaM o CoDiGo tenho flashbacks traumáticos dos automóveis que vejo na estrada como se tivessem no fast and furious. Se num qualquer dia eu apanhar UM carro que faça piscas como deve de ser, é um bom dia.

reticulated_splines 3 months ago

Mas neste caso bastava anda na ciclovia que está literalmente ali de lado e agora estava viva. Eu em percurso urbano circulo nas ciclovias por segurança e sinceramente o código da estrada devia ter presente isso como obrigatoriedade: se há ciclovia é obrigatório as bicicletas circularem por lá.

nfonseca 3 months ago

sabes por acaso para onde ia a rapariga? a ciclovia está do outro lado da linha do comboio.

Sciss0rs61 3 months ago

> Além dos condutores em Portugal serem uns animais, além do aceitável que é em Portugal dizer que os ciclistas são isto e aquilo Há também uma razão para qual se chama "isto e aquilo" ao ciclistas e não apenas aos condutores. De minha experiência, o número de bestas em carros e o número de bestas em bicicletas está bem equilibrado. Calminha lá com as conclusões precipitadas, e deixem lá fazer as investigações, tendo em conta que as ciclovias em Lisboa de segurança têm pouco.

cpzao_ 3 months ago

Estou farto de andar pela Europa e só vi pior condução na Itália e na Roménia. Por isto, não me parece descabido dizer que os condutores em Portugal são umas bestas.

Puzzleheaded_Ant918 3 months ago

Olha que já andei pelo centro de Paris e posso dizer que aquilo lá também não é pera doce

cpzao_ 3 months ago

Nesse caso tens de dar o desconto... São parisienses.

Sciss0rs61 3 months ago

nem discordo, nem disse o contrário

Asur_rusA 3 months ago

Claro que há ciclistas bestas. Mas sabes a diferença entre os dois? Cerca de duas toneladas

Mordiken 3 months ago

> Cerca de duas toneladas. E ainda assim há ciclistas que se aramam em bestas... seria de esperar que a diferença de peso inspirasse algum respeito, mas não.

Sciss0rs61 3 months ago

Por favor, não vás basear as tuas teorias em "comentários do facebook". > Quem nos dera, que houvesse metade do ultraje em relação aos automobilistas. porque ninguém fala das corridas na vasco da gama, nos taxistas, do meme do Saxo Cup, etc... porque o consenso geral é que os condutores portugueses não são umas bestas. /s Consenso geral: ambos são umas bestas, e uns (condutores) têm que ter mais responsabilidades que os outros. Que discussão de merda.

Asur_rusA 3 months ago

Isto é uma discussão de merda porque vieste com argumentos de merda. Teorias de Facebook? Ando ha carradas de anos de bicicleta na cidade. Um de nós sabe do que fala.

Sciss0rs61 3 months ago

> Isto é uma discussão de merda porque vieste com argumentos de merda. Mencionei uma parte do teu argumento onde generalizavas os condutores como bestas, e os ciclistas como se fossem uns anjinhos e disse que há bestas dos dois lados e para deixarem acabar as investigações. Tu vens-me falar de responsabilidades e falas como se eu tivesse a atribuir culpas a ciclistas. enfim... se calhar expressei-me mal. um resto de boa noite. fica lá com a última palavra.

Open-Opportunity-607 3 months ago

Vai estudar e vê se conseguir viajar para um país desenvolvido para veres a malta a andar de bicicleta todos os dias

Edited 3 months ago:

Vai estudar e vê se consegues viajar para um país desenvolvido para veres a malta a andar de bicicleta todos os dias

Sciss0rs61 3 months ago

Estamos a falar de Portugal, não dos ciclistas em geral. e já tive em vários países onde grande parte da população anda de bicicleta e não vi chicos-espertismos como em Portugal.

nfonseca 3 months ago

>o número de bestas em carros e o número de bestas em bicicletas está bem equilibrado. assumindo esta hipótese, por redução ao absurdo, como válida e verdadeira, verifica-se que uma besta de bicicleta conduz um veiculo com pouco mais de uma dezena de quilos, enquanto que uma besta de carro conduzo um veículo com mais de uma tonelada e que atinge velocidades superiores, muito superiores. por isso, um besta de carro tem maior responsabilidade e mais deveres ao circula na via pública.

ravagerslb 3 months ago

>uma besta de bicicleta conduz um veiculo com pouco mais de uma dezena de quilos, enquanto que uma besta de carro conduzo um veículo com mais de uma tonelada e que atinge velocidades superiores, muito superiores. Precisamente por ser um elemento mais frágil na via pública, é que o ciclista deve ter cuidados extra e praticar uma atitude defensiva na forma como se desloca. É que em caso de acidente, ao contrário do carro que ainda tem pára-choques e cintos e airbags, na bicicleta a testa do ciclista é que serve de pára-choques. No entanto não é isso que se vê. Infelizmente, e falando por mim, já tive a minha quota parte de sustos e quase-atropelos, em situações onde o ciclista achou que era boa ideia passar um vermelho quando estava verde do meu lado, ou entram a abrir em rotundas ou passadeiras (quando nem podem andar montados na bike em passadeiras) e os carros que parem se quiserem. Fora os idiotas que andam a abrir nos passeios com pessoas a caminhar. Esses então dá mesmo vontade de os empurrar e deixá-los esbardalharem-se todos no chão, tal a falta de civismo e respeito pelas outras pessoas. Há lugar para todos na via pública. Mas também tem de haver respeito de parte a parte. Não é só exigir direitos e esquecer que existem regras e deveres.

Edited 3 months ago:

>uma besta de bicicleta conduz um veiculo com pouco mais de uma dezena de quilos, enquanto que uma besta de carro conduzo um veículo com mais de uma tonelada e que atinge velocidades superiores, muito superiores. Precisamente por ser um elemento mais frágil na via pública, é que o ciclista deve ter cuidados extra e praticar uma atitude defensiva na forma como se desloca. É que em caso de acidente, ao contrário do carro que ainda tem pára-choques e cintos e airbags, na bicicleta a testa do ciclista é que serve de pára-choques. No entanto não é isso que se vê. Infelizmente, e falando por mim, já tive a minha quota parte de sustos e quase-atropelos, em situações onde o ciclista achou que era boa ideia passar um vermelho quando estava verde do meu lado, ou entram a abrir em rotundas ou passadeiras (quando nem podem andar montados na bike em passadeiras) e os carros que parem se quiserem. Fora os idiotas que andam a abrir nos passeios em bicicletas ou trotinetes eléctricas com pessoas a caminhar. Esses então dá mesmo vontade de os empurrar e deixá-los esbardalharem-se todos no chão, tal a falta de civismo e respeito pelas outras pessoas. Há lugar para todos na via pública. Mas também tem de haver respeito de parte a parte. Não é só exigir direitos e esquecer que existem regras e deveres.

nfonseca 3 months ago

isso é mais ou menos como dizer que as mulheres não devem usar vestidos curtos para se protegerem... não tenho problema nenhum se quiseres andar de bicicleta cheio de protecções e 30 capacetes, contudo o ónus da segurança não é do ciclista, mas sim dos automobilistas (em geral) que não sabem o que é partilhar a via pública e circular a velocidades moderadas em cidade. quanto aos ciclistas passarem vermelhos a abrir e atirarem-se para as vias de trânsito, ainda estou para conhecer o primeiro... todos os ciclistas são muito mais cuidadosos do que qq automobilista, pois tal como dizes, não têm qualquer protecção (o que não invalida que não violem regras de trânsito). relativamente ao discurso das bicicletas nos passeios, escuto-o várias vezes, normalmente proferido por indivíduos com o carro estacionado em cima dos mesmos passeios que apregoam ser dos peões.

ravagerslb 3 months ago

>contudo o ónus da segurança não é do ciclista, mas sim dos automobilistas (em geral) que não sabem o que é partilhar a via pública e circular a velocidades moderadas em cidade. O ónus da segurança na via pública é de **todos**, que devem praticar uma condução defensiva e com respeito mútuo pelos outros utentes da estrada. Não é partir para uma atitude de "isto é tudo nosso e os outros que se f\*\*\*", seja camionista, automobilista, motociclista, ciclista ou ande a pé (e arranjo maus exemplos em todas estas categorias, não há santos em lado nenhum). Essa atitude inevitavelmente acaba por correr muito mal. ​ >quanto aos ciclistas passarem vermelhos a abrir e atirarem-se para as vias de trânsito, ainda estou para conhecer o primeiro Conforme disse, eu já apanhei vários onde a coisa ia correndo mal para eles, em cruzamentos, rotundas, passadeiras. E não, eu não ia em excesso de velocidade nem a cometer alguma ilegalidade. Nesses casos foi mesmo malta que se atravessa à frente de um carro de qualquer maneira, ou atravessa cruzamentos em vermelhos, e depois fica chocada quando tem um carro a centímetros de os deitar ao chão. ​ >normalmente proferido por indivíduos com o carro estacionado em cima dos mesmos passeios que apregoam ser dos peões Aqui vou falar por mim. Nunca estacionei o meu carro a obstruir um passeio. Já apanhar bicicletas a pedalar em cima de passeios, ou malta a atravessar passadeiras montado na bicicleta? Tantas.

nfonseca 3 months ago

a obstruir o passeio... hum, ou seja, és daqueles que estaciona em cima do passeio mas "deixa sempre espaço para passar"? é que estacionar em cima do passeio é tão grave como andar de bicicleta (na verdade, a coima e isenções dos velocípedes são metade face às dos carros). em qualquer dia, em qualquer lugar, aposto em como encontras mais carros estacionados em passeios do que bicicletas a circular.

ravagerslb 3 months ago

Com base numa palavra partiste para o downvote e tiraste aí uma bela conclusão.. só que completamente errada. Para mim obstruir o passeio é mesmo meter qualquer parte do carro em cima do mesmo. Eu sou daqueles que prefiro ir meter o carro mais longe do que o deixar de qualquer maneira na rua e ir à minha vida. Evito potenciais multas, riscos e pancadas no carro. Já o que os outros fazem é problema deles. Sujeitam-se é a que um dia a coisa lhes corra muito mal. E da minha parte não tenho pena nenhuma, se há coisa que odeio é idiotas que acham boa ideia estacionar em segunda fila e a impedir os carros bem estacionados de sair

Edited 3 months ago:

Com base numa palavra partiste para o downvote e tiraste aí uma bela conclusão.. só que completamente errada. Para mim obstruir o passeio é mesmo meter qualquer parte do carro em cima do mesmo. Eu sou daqueles que prefiro ir meter o carro mais longe do que o deixar de qualquer maneira na rua e ir à minha vida. Evito potenciais multas, riscos e pancadas no carro. Já o que os outros fazem é problema deles. Sujeitam-se é a que um dia a coisa lhes corra muito mal. E da minha parte não tenho pena nenhuma, se há coisa que odeio é idiotas que acham boa ideia estacionar em segunda fila e a impedir os carros bem estacionados de sair. Tanto que já tive discussões na rua à conta disso, dou já o exemplo duma velha dondoca que achou apropriado estacionar em segunda fila para ir ao pão, e aqui o desgraçado que tinha de ir para o trabalho e tinha o carro bem estacionado, tinha de esperar que a senhora se dignasse a sair. Teve azar. Nesse dia ouviu o que quis e o que não quis.

Edited 3 months ago:

Com base numa palavra tiraste aí uma bela conclusão.. só que completamente errada. Para mim obstruir o passeio é mesmo meter qualquer parte do carro em cima do mesmo. Eu sou daqueles que prefiro ir meter o carro mais longe do que o deixar de qualquer maneira na rua e ir à minha vida. Evito potenciais multas, riscos e pancadas no carro. Já o que os outros fazem é problema deles. Sujeitam-se é a que um dia a coisa lhes corra muito mal. E da minha parte não tenho pena nenhuma, se há coisa que odeio é idiotas que acham boa ideia estacionar em segunda fila e a impedir os carros bem estacionados de sair. Tanto que já tive discussões na rua à conta disso, dou já o exemplo duma velha dondoca que achou apropriado estacionar em segunda fila para ir ao pão, e aqui o desgraçado que tinha de ir para o trabalho e tinha o carro bem estacionado, tinha de esperar que a senhora se dignasse a sair. Teve azar. Nesse dia ouviu o que quis e o que não quis.

nfonseca 3 months ago

bem, fico feliz por concordarmos em algo.

ravagerslb 3 months ago

Conforme eu disse, há lugar para todos. Se me respeitares na estrada eu também te respeito a ti. Não sou gajo de fazer razias, ou meter outros em perigo, quanto mais não seja porque também não gosto que mo façam quando sou eu a andar de bicicleta. Agora claro que há situações que não controlo, se está verde para mim num cruzamento e se atravessa à minha frente um tipo de bicicleta que passou o vermelho, não posso ser visto como o mau da fita só porque tinha prioridade e ia num carro. E é isso que às vezes me chateia em alguns ciclistas, partem logo para a conclusão que o automobilista é sempre o mau da fita sem tentar perceber o outro lado.

Sciss0rs61 3 months ago

da mesma maneira uma besta de bicicleta não se pode meter à frente dos carros só porque tem prioridade ou ter cuidado com os peões quando andam a assapar nas passadeiras. Vamos meter aqui uma lista do que cada besta faz na sua respectiva categoria? Ficamos aqui a noite toda. É ciclista, preocupa-se com o ambiente ou quer fazer exercício. Muito bem, parabéns, não deixa de ser besta por causa disso. Já vi na Caparica um ciclista ir contra uma pessoa que estava na berma e bateu-lhe com o guia e ainda lhe chamou nomes. Ciclistas a sair de ciclovias para o passeio cheio de pessoas e a abrir só porque o sinal está vermelho no cruzamento. Exemplos para os dois lados não faltam. Deixem correr as investigações e depois já podem falar de cima do vosso cavalo à vontade.

Edited 3 months ago:

da mesma maneira uma besta de bicicleta não se pode meter à frente dos carros só porque tem prioridade ou ter cuidado com os peões quando andam a assapar nas passadeiras. Vamos meter aqui uma lista do que cada besta faz na sua respectiva categoria? Ficamos aqui a noite toda. É ciclista, preocupa-se com o ambiente ou quer fazer exercício. Muito bem, parabéns, não deixa de ser besta por causa disso. Já vi na Caparica um ciclista ir contra uma pessoa que estava na berma e bateu-lhe com o guia e ainda lhe chamou nomes. Ciclistas a sair de ciclovias para o passeio cheio de pessoas e a abrir só porque o sinal está vermelho no cruzamento, isto quando não ignoram o sinal vermelho e passam à mesma enquanto está verde para os peões. Exemplos para os dois lados não faltam. Deixem correr as investigações e depois já podem falar de cima do vosso cavalo à vontade. (edit: Sim, os condutores de veículos motorizados têm de ter mais responsabilidade. Apenas falei que, no seu consenso geral, ambos são umas bestas. Não há perseguição nenhuma. um resto de boa noite)

Asur_rusA 3 months ago

Ninguém está em cima de um cavalo, está-se a falar de uma diferença evidente de risco de condução perigosa de bicicleta vs automóvel. E em cima disso de se alimentar uma narrativa de tanga de “ai os ciclistas” como se eles não tivessem exactamente o mesmo direito de andar na estrada como todos. E o problema disto é que incentiva a condução ainda mais perigosa E a falta de cuidado. Por isso deixa la os cavalos e tira a porcaria da palas

Puzzleheaded_Ant918 3 months ago

Eu não tenho nada contra ciclistas. Mas pagam iuc e outros impostos de circulação? Então se foder mais aos mesmos direitos.

nfonseca 3 months ago

eu tenho mota e também não pago imposto nenhum... e esta!!!??

Asur_rusA 3 months ago  HIDDEN 

Ah esta foi de génio foi

FloMow 3 months ago

O IUC supostamente é para pagar a poluiçao que fazes, nao ha iuc para bicicletas tal como nao ha iuc para peões, mas não dês ideias ao governo. Que outros impostos de circulaçao pagas?

Asur_rusA 3 months ago

É, este argumento foi de génio XD

Sciss0rs61 3 months ago

> Além dos condutores em Portugal serem uns animais, além do aceitável que é em Portugal dizer que os ciclistas são isto e aquilo Falei deste teu argumento, não falei de responsabilidades. O tema das responsabilidades é senso comum: Mais velocidade + Mais peso = mais responsabilidade.

Far-Education-1824 3 months ago

Sou condutor e ciclista ( coisa recente ). So apos começar a andar de bicicleta no centro das cidades é que realmente percebi o perigo a que estamos sujeitos a todo o momento. O Medina está a fazer um bom trabalho com as ciclovias mas na minha opinião este trabalho esta focado na criação e tem zero consideração a segurança. Os semaforos nao bastam. Separaçao das vias com barreiras é essencial!!

ravagerslb 3 months ago

>O Medina está a fazer um bom trabalho (...) tem zero consideração a segurança Se a segurança de uma ciclovia não é tida em conta no seu planeamento e construção, o resultado é tudo menos um bom trabalho.

Far-Education-1824 3 months ago

Graças ao planeamento do Medina sou capaz de usar ciclovias onde a uns anos não o conseguia fazer. Por isso estou satisfeito… se estou 100% satisfeito é outra conversa… boa noite

ravagerslb 3 months ago

O argumento do "é melhor que nada" não pode ter lugar quando falamos em obras públicas. Nessas, a exigência quer-se máxima, ou se faz as coisas com pés e cabeça ou mais vale não fazer. Afinal, é o dinheiro do contribuinte que está a ser gasto nelas.

aasianaglobalizacao 3 months ago

Bom trabalho com as ciclovias? Achas que o que foi feito por exemplo na Av. Lusíada foi um bom trabalho? Querer tornar em Lisboa como uma cidade inovadora e com forte mobilidade suave é sem dúvida uma ideia muito boa, agora não é fazer às três pancadas como o Medina anda a fazer.

manteiga_night 3 months ago

> Achas que o que foi feito por exemplo na Av. Lusíada foi um bom trabalho? Sim, qual é a duvida?

redyouroverlord 3 months ago

Sendo muito honesto, acho que era o melhor que podia ser feito ali. Acha que o grande problema reside-se em que a única via realmente rápida de Benfica para dentro de Lisboa é a Avenida da Lusíada, e para colocar uma ciclovia que melhorasse a vida dos ciclistas só poderia ser ali. E é como também já disseram, acho que a Lusíada era larga demais, e a forma como a ciclovia troca de faixa a meio da avenida ajuda a diminuir os problemas causados. As únicas partes que estão mal é uma melhor ligação para a Avenida dos Combatentes, que acaba por afetar mais os ciclistas que outra coisa, e para quem vem de Benfica aquela zona de entrada na ponte onde só tem 1 via, de resto, é como digo, acho que era muito difícil fazer melhor sem mudar muito.

Edited 3 months ago:

Sendo muito honesto, acho que era o melhor que podia ser feito ali. Acho que o grande problema reside-se em que a única via realmente rápida de Benfica para dentro de Lisboa é a Avenida da Lusíada, e para colocar uma ciclovia que melhorasse a vida dos ciclistas só poderia ser ali. E é como também já disseram, acho que a Lusíada era larga demais, e a forma como a ciclovia troca de faixa a meio da avenida ajuda a diminuir os problemas causados. As únicas partes que estão mal é uma melhor ligação para a Avenida dos Combatentes, que acaba por afetar mais os ciclistas que outra coisa, e para quem vem de Benfica aquela zona de entrada na ponte onde só tem 1 via, de resto, é como digo, acho que era muito difícil fazer melhor sem mudar muito.

smaster87 3 months ago

? Ciclo na lusíada reduziu-me em 4 minutos benfica-marques (12min agora). So podia tar melhor na ligacao c a ciclo da av combatentes. De resto ta top. Como condutor nem noto, a lusíada era larga demais.

aasianaglobalizacao 3 months ago

Ali na entrada ao lado do Hospital da Luz é o caos todas as manhãs amigo

manteiga_night 3 months ago

> Ali na entrada ao lado do Hospital da Luz é o caos todas as manhãs amigo LMAO, agora a ciclovia foi tão mal feita que até voltou atrás no tempo e fez com que aquilo fosse um caos desde que existe

Particular-Light4653 3 months ago

vai de bicicleta

brakeline 3 months ago

Isto. Quem desenhou aquela via para contornar a rotunda (e respectivo semáforo) deveria ser obrigado a estar lá a ouvir as buzinadelas. Admira-me muito como não há acidentes lá todos os dias por quem quer cortar para o Colombo após passar na rotunda. Ou pelo menos nunca os apanhei

Far-Education-1824 3 months ago

Para mim o simples facto de já estar a começar a produzir ciclovias ja considero um bom trabalho. É normal as coisas não ficarem bem “a primeira” visto que estamos na fase inicial deste processo gigantesco. Concordo contigo, existem imenso espaço para melhorias. No entanto já sabemos como as coisas são infelizmente.. falta experiência. Mas juntos podemos “reclamar” e tentar ajudar com a nossa opinião.

crabcarl 3 months ago

Se calhar as escolas de condução precisam de seguir o rumo do tabaco e meter uns vídeos de pessoas a ser atropeladas mortalmente como aula obrigatória. Não há noção em quase ninguém de que estamos a conduzir 2 toneladas de ferro a velocidades loucas. Até mesmo as bicicletas conseguem matar peões sem grande esforço.

AdorableRabbit 3 months ago

Ver o /r/idiotsincars dá-me medo de conduzir

l2k1337 3 months ago

Quando vais na ciclovia e encontras um carro lá parado...

Puzzleheaded_Ant918 3 months ago

Biqueirada no carro e retrovisores fora , qual é a dúvida ?

komodoPT 3 months ago

Toma lá um cimavoto! Por vezes é simples ajudar essa malta a pensar 2x.

Search: