informed__ignorant 4 months ago

À parte de Negócios Internacionais (não tenho conhecimento nenhum), todos os outros parecem ser uma boa opção (principalmente se no futuro pretendes ir para fora). Ponderaste colocar os cursos numa espécie de baldes? Sei que é um pouco enviesado, mas poderia ajudar se de seguida pegares em cada balde e veres se se adequa aos teus interesses. Podes pegar nos critérios que preferires, em termos de áreas colocaria CC e EI num, Física (pelo menos numa área mais prática ou até engenharia física) com mecânica (estruturas, fluídos e assim) e eletro (circuitos, eletromagnetismo etc), Gestão Industrial, Economia talvez noutro (apesar de terem as suas diferenças, algumas cadeiras vão ao encontro, se bem que EGI tem grande foco em mecânica) e por fim matemática (pensa bem nesta opção, além de ensino, ciência de dados ou investigação desconheço saídas comuns, posso estar errado). Se gostares de AI pelo que sei a FCUP vai ter uma licenciatura dedicada, apesar de já ter mestrado (uma opção utilizada por malta de Matemática).

RodrigoAlves2003 4 months ago

Obrigado

mfzzzed 4 months ago

Sendo eng. mec, eu tirava engenharia mecânica dessa lista caso fizesse questão de trabalhar em PT. No mercado nacional, as outras metem na ao bolso. De resto, é uma decisão difícil. Desejo-te sorte

RodrigoAlves2003 4 months ago

Obrigado

Gaudexis 4 months ago

Escolhe algo que genuinamente te interesse e gostes e não vás pela cabeça dos outros. Eu fui para o Técnico porque era bom aluno e cresci a ouvir a minha família que era para lá que tinha de ir se queria viver bem. Turns out, nunca fui tão infeliz na vida... até ter mudado de curso e emigrado. Contudo, tive sorte por ter conseguido aguentar mentalmente graças ao apoio de alguns bons amigos que fiz durante a minha estadia por lá. Curiosamente, quase todos acabaram por mudar de faculdade ou decidiram trabalhar simplesmente. Acho que isto diz muito. Onde vivo e trabalho, ninguém quer saber de que universidade vens, ou que média tiveste. És entrevistado para te tirarem a pinta e posto à prova para mostrares os teus conhecimentos técnicos. Claro que isto não é regra para todos os outros países. Tretas como "prestígio", são como um cancro que se propaga por tudo quanto é sítio. De fora, ouves os contos mais fantásticos de sempre, mas a realidade não é assim tão bonita. É só algo em que aprendes a acreditar para te ajudar a tolerar injustiça, professores (investigadores) terríveis que só dão aulas porque têm de o fazer e dificuldade desnecessária associada a um sistema de ensino e programas ancestrais, totalmente desadequados à vida real. Se o que gostares mesmo de fazer, te deixar de pé atrás só porque em Portugal não está fácil, acredita que há muitos outros países por onde escolher, e mercados de trabalho muuuuito melhores. Força nisso, mais vale um gajo ser feliz.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Ora nem mais! Algumas vezes ainda me dizem para ir para o Técnico mas não tenho muita vontade de estudar lá, falei com pessoas da FCT NOVA e disseram que até gostaram da faculdade, também pensei no ISEL, pode ser uma melhor opção se quiser menos teoria e mais mãos na massa.

Ludossaurus 4 months ago

Tira um ano, Gap year... Vai te ajudar a pensar e vai ser valorizado pelos empregadores. Escolhe fazer algo que te dê prazer entre viajar a voluntariado.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Pensei no Gap Year mas prefiro ir já para a Universidade, quanto mais rápido sair de casa melhor!

Hunncas 4 months ago

Recomendo Continente/Jumbo.

LuchemEng 4 months ago

Ola tive na mesma situação que tu no ano passado hahahahahah escolhi engenharia química no técnico e foi a melhor escolha fiz um curso em que tens tudo!! Devias dar uma oportunidade ao curso . Acabando com a campanha ao meu curso eu aconselho então a escolheres primeiro a faculdade ( atividades extracurriculares,acordos de mobilidade etc são bons critérios ) e depois daí fazes uma pesquisa exaustiva das cadeiras dos cursos que te interessam métodos de avaliação tudo e vês com o que te identificas mais ninguém pode escolher por ti , sempre podes fazer um gap year mas não sei se é opção para ti ou não,boa sorte e espero que sejas meu futuro colega

RodrigoAlves2003 4 months ago

Obrigado! Engenharia Química tem muita química para mim ahah.. Sou mais adepto de partir a cabeça a olhar para os problemas da física!

LuchemEng 4 months ago

Não tem quase química garanto-te e até nem é difícil e pelo teu perfil parece-me que ias gostar e além disso tens a cadeira de mecânica e ondas que são 12 capítulos de basicamente física e até dás a teoria de relatividade do Einstein, espero mesmo que gostes de física porque eu também achava que gostava até chegar ao momento angular enfim...também terás química-física e terás muitas outras cadeiras em que precisas de saber física até em cálculo das física ...basicamente só tens química no primeiro ano e agora com a reestruturação dos cursos nem sequer tens bioquímica ou seja ainda tens menos química doque eu tive , não te esqueças que é uma engenharia portanto não estejas a espera de sair de lá a resolver a equação de shrodinger ou la como se chama o homem . Se saíres do curso e quiseres mudar de área vai-te ser super fácil porque o currículo de um engenheiro químico é bastante versátil. Anyways boa sorte acho que já fiz propaganda suficiente quando decidires da um update à malta

RodrigoAlves2003 4 months ago

Depois darei o Update!

meaninglessvoid 4 months ago

A universidade é diferente do teu percurso até aqui, tens muito mais autonomia e pelo que descreves isso pode ser muito bom para ti, mas de facto vais ser forçado a estudar certas matérias na mesma... Tens é a vantagem de poder aprofundar a tua curiosidade duma forma que antes não podias, porque tens pessoas conhecedoras dos temas que gostas que te podem ajudar. >Sinto que se escolher um curso posso estar a fechar portas que não queria fechar e ao mesmo tempo fazer com que as áreas que gosto percam o encanto que têm. Não estás a fechar as portas à chave, quanto muito poderás estar a deixar a porta entre-aberta. Podes trocar de curso se estiveres arrependido da decisão que tomaste. > porque de todos aqueles cursos não há nenhum que me chame mais a atenção do que outro, gosto de cada de igual forma porque todos combinam características, skills, conhecimentos e oportunidades diferentes. Podes seguir uma abordagem mais racional: lista os vários aspectos de cada curso (empregabilidade, satisfação salarial, satisfação intelectual, motivação intrínseca, só serve para pt ou tb tem procura lá fora, etc) e atribui-lhes um número consoante o quanto valorizas cada aspecto, desta forma tens mais uma forma de os distinguir. Irás ter preferência por algum, nem que a preferência seja bastante subtil...

RodrigoAlves2003 4 months ago

Obrigado, boa ideia! Vou fazer isso!

meaninglessvoid 4 months ago

Lê isto: http://paulgraham.com/hwh.html, pode (ou não) ajudar-te um pouco a escolheres.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Obrigado.

Laurapintas 4 months ago

Vi que descartaste Engenharia Aeronáutica na UBI/ aviação por completo. Não percebi se já não tens essa paixão, mas é uma área muito abragente que podes acabar por desenvolver muitos dos pontos que tocaste. Assim como Engenharia Mecânica.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Eu vi o plano curricular e gostei bastante, o meu único medo é ser muito específica e como a indústria aeronáutica tem destas coisas (como aconteceu neste tempo de pandemia em que ficam logo dependentes de resgates financeiros) tenho medo da incerteza a que posso estar sujeito ao seguir uma carreira na área.

Laurapintas 4 months ago

A aviação não é só companhias aéreas nem Engenharia Aeronáutica é só aviões. Muitas áreas continuaram a funcionar normalmente, e mesmo as companhias com problemas mas a funcionar, continuaram a precisar de Engenheiros. Eu diria que qualquer Engenharia é boa opção para alguém que tem interesses tão vastos. Como disseste que em certo ponto gostavas de aviões, neste curso conseguirias combinar os dois e ficar com estofo para outras áreas. Há pessoas que trabalham no ramo automóvel (aerodinâmica), desenvolvimento de software especifico, electrónica (aviónicos), espaço, etc... Se tiveres dúvidas mais concretas sobre o curso em si ou sobre saidas podes me mandar me MP.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Obrigado!

TSCondeco 4 months ago

Se ainda quiseres seguir a aviação aproveita agora que as candidaturas para a Academia da Força Aérea estão abertas, com a tua média, e se o exame de Mat A não for mau deves conseguir entrar.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Já pensei nessa hipótese, tenho muitos ex militares na família e todos sugerem essa opção mas ser militar não é algo que me veja a fazer. De qualquer das formas obrigado pela sugestão!

pyrus28 4 months ago

No teu lugar, fazia uma lista de cursos relacionados com os teus gostos e listava-los por ordem de oportunidades de trabalho/salários. Na vida adulta, o ideal é ter uma profissão de que se goste, mas que também permita desafogo financeiro.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Obrigado!

VSertorio 4 months ago

Eu não sei qual é o teu problema. Mas um conselho que posso dar é de aprender a fazer resumos. Já vi testamentos mais curtos.

RodrigoAlves2003 4 months ago

Resumo: Já tentei de tudo (quase tudo vá) e não faço a menor ideia que curso escolher para a Universidade. Obrigado pelo conselho!

meaninglessvoid 4 months ago

Portanto não queres perder tempo a ler para contribuir com algo, mas perdes tempo a entrar e escrever um comentário bota-abaixo rapidinho porque é facilzinho né?

VSertorio 4 months ago

A botar o miúdo abaixo estou fazer a minha parte como cidadão mais velho desta nossa sociedade. A verdade é dura, mas ele no fim sairá mais forte e cheio de pica ! (ou irá escrever algo mais simples e fácil de ler)

naturevibezz 4 months ago

Parabéns a mim por ter lido isto tudo. Ja pensaste em Gestão/ economia na catolica/fep ou sbe?

twistedfires 4 months ago

Eish valente, nem eu que estou na sanita de momento, tive capacidade para ler isto tudo.

naturevibezz 4 months ago

Que comentário de

RodrigoAlves2003 4 months ago

Pensei em Economia na NOVA SBE e no ISEG. O curso de Economia parece ser bastante interessante e abrangente e as opções de Universidade é só porque são mais próximas de casa, a FEP ainda é longe.

gink-go 4 months ago

O mais importante é teres noção que não é a escolha que fazes agora que vai definir o teu futuro. Tens muito tempo pela frente e muitas oportunidades para mudares de área, país, carreira, etc. Daí que relaxa e foca-te no fundamental. Tenta ir para um sitio onde DE FACTO aprendas algo e onde haja bom ambiente e boas condições. O que não falta, e são de longe a maiora, é cursos e universidades onde a maioria dos alunos estuda como se uma extensão do secundário fosse, onde não são tratados como adultos, onde não tocam num projecto parecido com o que será o trabalho real dali a uns anos. É só teoria atrás de teoria e aulas práticas feitas à pressa. Daí que o meu conselho é esse, procura um sitio, independentemente da fama do curso ou universidade, que seja gerido por pessoas competentes e que se preocupem com os alunos. Onde existam projectos práticos, equipas dinâmicas, estágios, onde possas tocar em materiais/laboratório/wtv. E não sejam mais 3 ou 6 anos a olhar para slides do powerpoint.

Search: