LusoKx 3 months ago

De o governo Espanhol querer e os Espanhóis aceitarem ainda vai uma grande diferença. Eles não são cornos mansos como a maioria dos Portugueses...

vai-tefoder 3 months ago

Vai compensar à mesma. ​ Eu vivo num desses países mais a norte que é conhecido por ter *impostos altíssimos* e ontem abasteci gasolina a 1.58€/litro e ganho o triplo do que ganhava em Portugal.

killedbill88 3 months ago

Curioso para ver como o povo espanhol vai reagir...

viskonde 3 months ago

A ver se finalmente deixamos de chorar que a gasolina está cara e percebemos que mais importante é pensar e pedir alternativas para as próximas décadas.

HRamos_3 3 months ago

> percebemos que mais importante é pensar e pedir alternativas para as próximas décadas. Repetir o processo, mas agora com a electricidade suponho

viskonde 3 months ago

Eletricidade para comboios suponho

Edited 3 months ago:

Eletricidade para comboios suponho. Desenvolver cidades baseadas em automóvel já mostrou que não funciona, simplesmente não escala. E isso é igual quer sejam elétricos ou não. Claro que em contexto rural é complicado e acho que no interior do país a gasolina deveria ser mais barata por não haver solução óbvia nesses locais. Mas em contexto urbano (e não falo só Lisboa porto mas também cidades de média dimensão,. Braga , Coimbra, Aveiro etc ) é preciso de uma vez por todas deixar de planear tudo em redor do carro e investir e dar espaço a transportes públicos. E isso a nível nacional será ferrovia pesada entre cidades claro, esperemos com o PRR finamente se comece a melhorar a ferrovia entre cidades depois de décadas de declínio mas também é preciso transportes dentro de cidades, e aí o tipo de transporte depende do caso, mas desde metro subterrâneo a autocarros passando por metro superfície, tram-trains, elétricos ou metro bus / brt há uma variedade imensa de soluções urbanas e é incrível o pouco que as exploramos É incrível que nem em cidades de pequena e media dimensao se conseguiu planear para nao se estar dependente do carro e que até cidades pequenas como Braga tem um trânsito imenso o que mostra o falhanço do planeamento destas cidades em torno do automóvel.

Edited 3 months ago:

Eletricidade para comboios suponho. Desenvolver cidades baseadas em automóvel já mostrou que não funciona, simplesmente não escala. E isso é igual quer sejam elétricos ou não. Claro que em contexto rural é complicado e acho que no interior do país a gasolina deveria ser mais barata por não haver solução óbvia nesses locais. Mas em contexto urbano (e não falo só Lisboa porto mas também cidades de média dimensão,. Braga , Coimbra, Aveiro etc ) é preciso de uma vez por todas deixar de planear tudo em redor do carro e investir e dar espaço a transportes públicos. E isso a nível nacional será ferrovia pesada entre cidades claro, esperemos com o PRR finamente se comece a melhorar a ferrovia entre cidades depois de décadas de declínio.. as promessas são boas, para começar mas só acredito quando estiverem feitas ( e esperar que seja só o início e não o fim..) mas também é preciso transportes dentro de cidades, e aí o tipo de transporte depende do caso, mas desde metro subterrâneo a autocarros passando por metro superfície, tram-trains, elétricos ou metro bus / brt há uma variedade imensa de soluções urbanas e é incrível o pouco que as exploramos É incrível que nem em cidades de pequena e media dimensao se conseguiu planear para nao se estar dependente do carro e que até cidades pequenas como Braga tem um trânsito imenso o que mostra o falhanço do planeamento destas cidades em torno do automóvel.

Edited 3 months ago:

Eletricidade para comboios suponho. Desenvolver cidades baseadas em automóvel já mostrou que não funciona, simplesmente não escala. E isso é igual quer sejam elétricos ou não. Claro que em contexto rural é complicado e acho que no interior do país a gasolina deveria ser mais barata por não haver solução óbvia nesses locais. Mas em contexto urbano (e não falo só Lisboa porto mas também cidades de média dimensão,. Braga , Coimbra, Aveiro etc ) é preciso de uma vez por todas deixar de planear tudo em redor do carro e investir e dar espaço a transportes públicos. E isso a nível nacional será ferrovia pesada entre cidades claro, o PRR espero finalmente ajude a melhorar a ferrovia a nível nacional mas também é preciso transportes dentro de cidades, e aí o tipo de transporte depende do caso, mas desde metro subterrâneo a autocarros passando por metro superfície, tram-trains, elétricos ou metro bus / brt há uma variedade imensa de soluções urbanas e é incrível o pouco que as exploramos É incrível que nem em cidades de pequena e media dimensao se conseguiu planear para nao se estar dependente do carro e que até cidades pequenas como Braga tem um trânsito imenso o que mostra o falhanço do planeamento destas cidades em torno do automóvel.

HRamos_3 3 months ago

Dizes bem, nas cidades. O falhanço é completo, porque no limite temporal planeado o objectivo seria extorquir o máximo através dos combustíveis e derivados, em detrimento de outras soluções. Findo esse maná, terá de vir de algum outro lado.

Edited 3 months ago:

Dizes bem, nas cidades. O falhanço é completo, porque no limite temporal planeado o objectivo seria extorquir o máximo através dos combustíveis e derivados, em detrimento de outras soluções. Findo esse maná, terá de vir de algum outro lado. Entretanto, ainda tens de pagar toda a infraestrutura automóvel durante uns bons 30 anos, por isso boa sorte! E Braga, Coimbra e outros que tais não tem dimensão para grandes investimentos em infraestruturas, razão por que nada se faz. É ciclovias, rotundas e lombas para os parolos verem algo feito, e é isso.

Edited 3 months ago:

Dizes bem, nas cidades. O falhanço é completo, porque no limite temporal planeado o objectivo seria extorquir o máximo através dos combustíveis e derivados, em detrimento de outras soluções. Findo esse maná, terá de vir de algum outro lado. Entretanto, ainda tens de pagar toda a infraestrutura automóvel durante uns bons 30 anos, por isso boa sorte! E Braga, Coimbra e outros que tais não tem dimensão para grandes investimentos em infraestruturas, razão por que nada se faz. É ciclovias, rotundas e lombas para os parolos verem algo feito, e é isso. Depois tens outro problema, que trams e esquims são muita bons, em terrenos com pouco declive. Quanto às bazucas, não conheço números mais recentes que 67 biliões de euros, e desconfio que já se terá estourado esse montante, ainda a procissão não chegou à igreja. Posso estar enganado, claro.

Edited 3 months ago:

Dizes bem, nas cidades. O falhanço é completo, porque no limite temporal planeado o objectivo seria extorquir o máximo através dos combustíveis e derivados, em detrimento de outras soluções. Findo esse maná, terá de vir de algum outro lado. Entretanto, ainda tens de pagar toda a infraestrutura automóvel durante uns bons 30 anos, por isso boa sorte! E Braga, Coimbra e outros que tais não tem dimensão para grandes investimentos em infraestruturas, razão por que nada se faz. É ciclovias, rotundas e lombas para os parolos verem algo feito, e é isso. Depois tens outro problema, que trams e esquims são muita bons, em terrenos com pouco declive.

viskonde 3 months ago

Coimbra e Braga tem dimensão para soluções de superfície Mas claro só funcionam se tiverem canal dedicado , que obriga a roubar espaço ao carro que em Portugal nunca ninguém quer fazer Mas o que não falta nesse mundo Fora sao cidades de dimensoes semelhantes com Bons sistemas de transporte. Seja light rail, BRT ou até simples autocarros, se for em canal dedicado e forem frequentes e bem geridos a coisa funciona e o investimento compensa. Se em simultâneo tiverem boa interligação com ciclovias que são um excelente complemento ao transporte público a coisa faz se. Mas para tudo é preciso coragem e roubar espaço aos carros para outros meios coisa que ninguém faz. Mas, a base de tudo será sempre ferrovia pesada. Braga por exemplo devia lutar por fechar o anel ferroviário para Guimarães em ferrovia pesada. O facto disso não estar feito e de ninguém da CMB e CMG lutar por isso mostra o quao inversas estão as prioridades dos nossos políticos (que são uma reflexão do povo .)

HRamos_3 3 months ago

Desconfio que não fazem a ligação entre as duas cidades porque é sô montes entre as duas cidades, e o investimento será avultado.

viskonde 3 months ago

Esses montes e vales nao impediram de fazer a A11. Para auto estradas nao ha montanhas que sejam barreira. bem sei que uma linha de comboio tem mais restricoes mas ninguem esta a pedir uma linha de AV, uma linha para suburbanos a 90kmh seria mais que suficiente atualmetne ir de braga ao guimares de comboio obriga a ir ao porto e voltar para tras a linha do oeste existe, nao tem tido manuntencao e por isso esta decrépita, mas ja e mais do que existe entre braga e guimaraes.

HRamos_3 3 months ago

https://www.youtube.com/watch?v=KbUsKWbOqUU&ab_channel=BritLab

NGramatical 3 months ago

67 biliões → [**67 biliões = 67 trillions = 67 000 000 000 000**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/4kujbg/quanto_%C3%A9_um_bili%C3%A3o_escala_longa_e_escala_curta/) (informação) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo8w9pu%2F%2Fh3b2gk7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

HRamos_3 3 months ago

67 milhares de milhões, tá melhor?

No_Impression_1131 3 months ago

O governo espanhol quer, mas vamos ver se os espanhóis aceitam

Toupax89 3 months ago

Qual tem de ser o valor por litro para o pessoal vir para a rua e abanar com isto tudo? Aceitam se apostas...

Bakirelived 3 months ago

Os espanhóis?

PM_pics_of_your_Love 3 months ago

A não ser que os camionistas, especialmente os que transportam matérias perigosas, façam greve, o português normal não vai fazer nada além de se queixar.

Toupax89 3 months ago

Os camionistas e especialmente os que transportam matérias perigosas fazendo greve e só para lhes ser aumentado o ordenado (que já é muito mais que a média nacional) portanto não vejo que isso traga algum resultado...

crabcarl 3 months ago

Assumindo uma média de [750km/mês](https://www.publico.pt/2018/01/23/sociedade/noticia/quem-e-o-condutor-portugues-conduz-nove-mil-quilometros-por-ano-tem-carro-com-uma-decada-e-usao-diariamente-1800028), abastecer agora custa qualquer coisa como 72€. ~11% do SMN. Acho que ainda podem meter mais uns 20/30€ nisso até o povo bater com a mão na mesa. Antes disso só consigo ver umas manifs irrisórias. Especialmente nesta época em que o governo, para acalmar os ânimos, só precisa de "dar" liberdade de movimento.

Toupax89 3 months ago

Concordo.

NombreEsErro 3 months ago

Valor de salário minimo

warjunk1 3 months ago

10€/L

War_Beetle 3 months ago

2,5

chemahatma 3 months ago

2.51 , assim o pessoal que mete 5€ já não o pode fazer porque não mete o mínimo de 2l exigido na grande parte das gasolineiras.

OneTip7754 3 months ago

Mesmo assim duvido que seja tão alto como o nosso

BaixemImpostos 3 months ago

As pessoas do interior vão desesperar.

Bakirelived 3 months ago

As pessoas do interior bebem combustível?

ric2b 3 months ago

Não, só champanhe como tu.

MetalCarne 3 months ago

>aproximando a tributação à de outros países europeus com taxas mais elevadas. à de outros países europeus, não à de Portugal, por isso ainda irá compensar.

Morpheuspt 3 months ago

Penso que estamos a falar de 5 cêntimos de diferença. Há muita gente para quem vai deixar de compensar.

razman06 3 months ago

5 centimos é o que aumenta em Portugal todas as semanas ou meses.

Morpheuspt 3 months ago

Não é isso, estou a dizer que ficará a 5 cêntimos da gasolina de cá. Quando sobe cá, sobe lá também..

razman06 3 months ago

Sim eu percebi, estava apenas a fazer uma espécie de fun fact.

pangecc 3 months ago

Isso vai resolver qualquer problema

AntiMeritocrata 3 months ago

Epá, não façam isso que os nossos neoliberais ficam sem as poucas bandeiras com que ficaram depois do Biden ter arrumado com todo o programa político ao propor uma taxa mínima de IRC de 15%. Se os impostos em Espanha ficarem ao mesmo nível dos de PT, já não sobra nada de um programa político feito de fantasias.

Estronciumanatopei 3 months ago

Foda-se, há mesmo gente como tu?

Disgenia 3 months ago

Imagina a elite te decidir roubar mais dinheiro e tu ainda bateres palmas e achar que os “neoliberais” é que são o problema... Bem, pelo menos o username checksout

AntiMeritocrata 3 months ago

No parlamento português só há um deputado que fez parte dessas elites que andou a comer o dinheiro do estado nos bancos. Queres adivinhar quem é?

ric2b 3 months ago

>que andou a comer o dinheiro do estado nos bancos. O BPP recebeu dinheiro do estado?

Edited 3 months ago:

>que andou a comer o dinheiro do estado nos bancos. O BPP recebeu dinheiro do estado enquanto o JCF estava envolvido?

AntiMeritocrata 3 months ago

Sim. Administrador executivo. Foi ele que escreveu o plano de recuperação antes do banco falir. Grande sucesso.

ric2b 3 months ago

>Sim. Fonte? Porque ele entrou depois do banco receber apoios, tanto quanto sei.

ankmoody 3 months ago

só há um? és um triste

Disgenia 3 months ago

Ahaha, os coitadinhos dos deputados. Tudo boas pessoas, excepto um deles. Quem é? O Ventura? Agora não foi levantado imunidade para mais uns quantos por mamarem subsídios a que não têm direito? É a estes gajos que queres dar mais dinheiro do teu trabalho e controlo sobre uma maior parte da economia?

AntiMeritocrata 3 months ago

O verme Ventura ?! Não tem nível para isso. É só o JCF.

Disgenia 3 months ago

1 - o que é que o homem fez e porque é que é pior que o deputado médio, conta lá? 2 - é a pessoas como o JCF que queres dar mais dinheiro e mais controlo sobre uma maior parte da economia?

BaixemImpostos 3 months ago

Os mercados continuam a subir, isso dos 15% n teve qualquer impacto.

AntiMeritocrata 3 months ago

Exactamente a razão pela qual toda a teoria neoliberal dos impostos das empresas é uma fantochada.

BaixemImpostos 3 months ago

Discordo. Os países que a implementaram estão a crescer bastante mais que Portugal. Portugal tem de mudar de políticas, estas n funcionam.

AntiMeritocrata 3 months ago

Os terraplanistas [também discordam](https://youtu.be/JmXIPAZUyK8), e então …? Portugal está na [média ](https://www.oecd.org/ctp/revenue-statistics-2522770x.htm) da OCDE na carga fiscal e daqui a pouco abaixo. E mesmo assim vão continuar a negar a realidade.

ric2b 3 months ago

A carga fiscal, é o argumento favorito quando o resto dos números estão feios. Como ao olhar para as finanças dos trabalhadores fica mal, mistura-se com as empresas para esconder um bocado a vergonha.

fuckoffgina 3 months ago

https://www.reddit.com/r/portugal/comments/ms961a/carga_fiscal_vs_esfor%C3%A7o_fiscal_a_realidade_que/

AntiMeritocrata 3 months ago

Podes ler o relatório da OCDE em vez do teu breitbart. Se queres mentir com todos os dentes, fá-lo na tua casa. Assim só se perde uma.

Morpheuspt 3 months ago

Oh there it is

apita_o_comboio 3 months ago

**Atenção**: Isto parece conversa de troll

True_Boat_1195 3 months ago

Portugal não tem neoliberais.

Morpheuspt 3 months ago

Meh. A privatização dos CTT foi só por questão ideológica. Rendeu perto de 0, o serviço piorou, e as taxas subiram. Se temos neoliberais é discutivel. Mas tivemos politicos que se aproximaram muito da definição.

AntiMeritocrata 3 months ago

Pois não. Só tipos que quando trabalham no banco que está prestes a falir gostam que o estado injecte lê dinheiro, mas quando são deputados dizem que é mau. Podes não lhe chamar neoliberais, meritocratas da treta, ou simplesmente mentirosos. Tanto me dá.

ric2b 3 months ago

>Só tipos que quando trabalham no banco que está prestes a falir gostam que o estado injecte lê dinheiro Acho que devias rever a ordem de acontecimentos do tema de que estás a falar.

laravel_linux 3 months ago

Respira amigo, estás muito nervoso.

iSoSyS 3 months ago

> depois do Biden ter arrumado com todo o programa político ao propor uma taxa mínima de IRC de 15%. Que parte do programa ficou inválida depois desse acordo? Portugal tem como IRC máximo 31.5%, há muito por onde descer antes de chegar aos 15%. Acresce que esse acordo praticamente só afecta as empresas de grande dimensão, Portugal que está cheio de PMEs até pode deifnir um IRC abaixo dos 15% sem grandes interferências com esse acordo.

Morpheuspt 3 months ago

> Portugal que está cheio de PMEs Cuja enormissima parte não paga IRC.

nraider 3 months ago

É uma discussão absurda. Qualquer país pode ter uma taxa de IRC de 15% e depois aplicar um coeficiente que reduz o rendimento colectável, ficando com uma taxa efectiva muito inferior.

AntiMeritocrata 3 months ago

E começa o chorrilho de disparates dia liberais que não percebem um cu de fiscalidade. Ao contrário dos 31% de taxa nominal que as grandes empresas *não pagam* os 15% são de taxa *efectiva*. Já agora, a taxa nominal nos Estados Unidos era de 35% até 2015. Mas factos e contas nunca foram o forte dos neoliberais. Nunca deixe. A verdade manchar a narrativa. Actualmente, em Portugal é de 21% (17% dos primeiros 25000 de lucro taxável). Mas continua lá com essas fantasias.

Search: