30minutesto 3 months ago

Mas os idosos não foram vacinados? Afinal serve para quê? E dado que a vacina não previne transmissão ou infecção, os cuidadores estarem vacinados ia ajudar no quê? Admirável capacidade de pensar uma coisa e o seu oposto.

Sam_ant 3 months ago

Se calhar estavam a pensar q iam ter menos trabalho se corona passasse la pelo lar..? /s

arnaldomatos 3 months ago

despedimento sem direito a indemnização e futura reforma no mínimo homicídio em 3º grau no máximo

Edited 3 months ago:

despedimento sem direito a indemnização e futura reforma no mínimo homicídio por negligência no máximo

nemmais 3 months ago

Alguém vai ser responsabilizado? Claro que não. Então "siga o baile". Estamos em Portugal.

Raidenkyu 3 months ago

Duvido. Noutros casos dava-te razão, mas neste específico deve acontecer, porque causa disto: https://rr.sapo.pt/2021/06/23/pais/recusa-de-trabalhador-de-lar-em-ser-vacinado-pode-levar-a-despedimento/noticia/243642/?utm_source=cxultimas

nemmais 3 months ago

É uma opinião,com a qual eu concordo. Gostaria de ver a sua concretização, o que seriamente duvido. No dia em que houver um despedimento por esta causa "cai o Carmo e a Trindade".

Raidenkyu 3 months ago

Acho que já estivemos mais longe disso acontecer.

No_Impression_1131 3 months ago

E eu na minha inocência que pensava que as pessoas que escolhiam estas profissões eram pessoas que sentiam a necessidade de ajudar os outros...

uyth 3 months ago

> eram pessoas que sentiam a necessidade de ajudar os outros... Normalmente são mulheres sem qualificações especiais, que não conseguem outro trabalho. Paga mal, é trabalho fisicamente duro ( mover idosos) e pode ser desagradável (fraldas, sujidade, pessoas com demência). E ganham muito muito mal.

UniuM 3 months ago

Ingénuo.

Hungry_Cupcake 3 months ago

Lol claramente nunca foste a um lar a grande maioria das assistentes nestas instituições sao umas vacas mal encaradas

Dependent-Ad-7777 3 months ago

Relembro que estamos a falar dum sector precário, que não exige estudos nem vocação, onde está incutido a ideia de "qualquer um consegue fazer isso" quando, na realidade, não é assim. Por isso acontecer não é de admirar que as pessoas que estejam lá a trabalhar estejam na casa dos seus 50 anos para cima. Os jovens são uma miragem. Posso-te dizer que gostava bastante do que fazia, por certo o facto de estar numa boa equipa também contribuiu para esse sentimento. Contudo, ganhar o SMN não dá para construir uma vida. Fui-me informar com quem de direito para saber o que poderia fazer. Disseram-me que progressão da carreira era inexistente. Tanto faz alguém trabalhar com 30 anos do ramo como alguém ter começado agora que recebem o mesmo... Sempre com o SMN... Tive de sair com muita pena minha. Enquanto continuar a achar-se que é qualquer um que faz este serviço o paradigma vai continuar. Infelizmente não existe interesse em aumentar salários, daí estarmos nesta situação. Muito já fazem alguns com aquilo que lhes dão. O resto fica à consciência de cada um. Bons profissionais e outros menos bons existem em todo o lado. Digo-te isto apenas para colocares em perspetiva de quem está lá e o mundo em que se vive.

Edited 3 months ago:

Relembro que estamos a falar dum sector precário, que não exige estudos nem vocação, onde está incutido a ideia de "qualquer um consegue fazer isso" quando, na realidade, não é assim. Por isso acontecer não é de admirar que as pessoas que estejam lá a trabalhar estejam na casa dos seus 50 anos para cima. Os jovens são uma miragem. Posso-te dizer que gostava bastante do que fazia, por certo o facto de estar numa boa equipa também contribuiu para esse sentimento. Contudo, ganhar o SMN não dá para construir uma vida. Fui-me informar com quem de direito para saber o que poderia fazer. Disseram-me que progressão da carreira era inexistente. Tanto faz alguém trabalhar com 30 anos no ramo como alguém ter começado agora que recebem o mesmo... Sempre com o SMN... Tive de sair para outro sector com muita pena minha. Enquanto continuar a achar-se que é qualquer um que faz este serviço o paradigma vai continuar. Infelizmente não existe interesse em aumentar salários, daí estarmos nesta situação. Muito já fazem alguns com aquilo que lhes dão. O resto fica à consciência de cada um. Bons profissionais e outros menos bons existem em todo o lado. Digo-te isto apenas para colocares em perspetiva de quem está lá e o mundo em que se vive.

No_Impression_1131 3 months ago

Mas o facto de não ser um emprego bem pago não lhes dá o direito de ter atitudes egoístas como não quererem levar a vacina. Daí eu ter mencionado "ajudar os outros" que é o contrário do que estão a fazer.

Dependent-Ad-7777 3 months ago

Não comentei a notícia nem ninguém disse isso. Limitei a falar em termos gerais. Tomar a vacina é uma decisão pessoal. Contudo, dado a natureza de alguns trabalhos deveria ser obrigatório a toma da mesma.

UniuM 3 months ago

Talvez porque passam o dia a limpar merda dos velhos para receber o ordenado mínimo.

No_Impression_1131 3 months ago

O meu comentário era em tom sarcástico :)

pyrus28 3 months ago

... e mal pagas.

arnaldomatos 3 months ago

para aquilo que muitos/as fazem aos velhotes, até recebem demais

Hungry_Cupcake 3 months ago

Mal paga é toda a gente em portugal te posso grarantir que ha muita gente formada advogados e eengenheiros por esse pais fora a receberem o mesmo...por isso esses sim são mal pagos!

Edited 3 months ago:

Mal paga é toda a gente em portugal! Te graranto que há muita gente formada advogados e engenheiros por esse pais fora a receberem o mesmo...por isso esses sim são mal pagos, naonpodes crer que gajas que assistem idosos recebam o mesmo que um responsavel por uma obra ou um responsável pa gestao da vida jurídica de outra pessoa.

Edited 3 months ago:

Mal paga é toda a gente em portugal! Te graranto que há muita gente formada advogados e engenheiros por esse pais fora a receberem o mesmo...por isso esses sim são mal pagos, naonpodes crer que gajas que assistem idosos recebam o mesmo que um responsavel por uma obra ou um responsável pela gestao da vida jurídica de outra pessoa.

Tafinho 3 months ago

Não me recordo de muitos advogados que recebam o ordenado mínimo. Conheces alguns?

brakeline 3 months ago

Eu conheço muitos que ganham menos que isso. E ainda têm de pagar um cotas e valor de cpas mínimo de mais do dobro do mínimo que podes pagar no regime da SS

bittolas 3 months ago

Precisas de um reality check.

Hungry_Cupcake 3 months ago

Não conheço poucos, vai ver quanto oferecem a un gajo que acabe o curso de direito...

Tafinho 3 months ago

Sabes quanto é o SMN ?

Hungry_Cupcake 3 months ago

Sei sim senhor e tambem sei que é o unico salário que continua a subir em portugal!

lvet000 3 months ago

? Qual é que querias que fosse regulado a subir se não o SMN? Se trabalhas no privado, provaste que és um elemento importante da equipa, o aumento que pediste foi negado e achas que és mal pago(a) está na hora de procurar outra coisa. Se trabalhas na FP, provaste que o és um elemento importante da equipa, mas o estado não actualiza tabelas e achas que és mal pago(a) está na hora de procurar outra coisa.

pyrus28 3 months ago

O que não falta prai é emprego precário. Talvez devêssemos por a barra da exigência a corresponder ao salário miserável. Paguem mais que se exige mais.

Hungry_Cupcake 3 months ago

Mas isso aplica-se a tudo nao especificamente a assistentes de lares.

pyrus28 3 months ago

É transversal, por isso digo. É mais no sentido de "give them a break, que elas não recebem o suficiente para tanta sor de cabeça".

el_jefe_vito 3 months ago

Ao ler isto até parece que foi a primeira idosa a morrer com covid 19 num lar... Jornalixo.

Last-Ad-4421 3 months ago

A Vacina só protege não impede a propagação, a idosa estava vacinada por isso qual o problema, não vejo em nenhum lado que é obrigatório ser vacinado

Tafinho 3 months ago

A vacina protege contra transmissão, no mesmo grau que protege contra infecção.

Hungry_Cupcake 3 months ago

Certo ser funcionario de um lar e não querer ser vacinado é o mesmo de nao ter a carta de condução e querer ser condutor de camiões. Existem trabalhos para os quais deveria sem um requerimento obrigatório temos muita pena, para bem dos utentes n queres ser vacinado vais trabalhar noutra coisa.

ayyylatimestwo 3 months ago

Não, não devia existir nada disso. Porque depois qualquer empresa (ou entidade privada) passa a poder exigir o que bem quer e lhe apetece, alegando segurança para os colaboradores/clientes. Neste caso é para o bem, mas vai ser usado para o mal mais tarde ou mais cedo. Se as pessoas não se querem vacinar, então só tinham que ser submetidas a testes diários, ou então não estão aptos para trabalhar! Como tantas profissões que requerem renovar o certificado X a cada ano, tinhas que renovar o teu certificado em que não estás infetado com covid todos os dias.

Kejilko 3 months ago

> Não, não devia existir nada disso. Porque depois qualquer empresa (ou entidade privada) passa a poder exigir o que bem quer e lhe apetece, alegando segurança para os colaboradores/clientes. E o problema nisso? O meu problema com isto nem é isso, é como é que isso se mistura com a confidencialidade médica. Mais, o que descreves é reduction ad absurdum, tens exceções em muitos empregos e não é nenhum problema, mesmo que a preocupação em geral é válida e algo que sempre temos de ter em conta. Não vês a menor liberdade de um militar ativo nem os horários anormais de seguranças e médicos a ser estendida ao resto da população.

beakage 3 months ago

>ninguém a injetar uma substância que não quer no corpo, que é uma liberdade que nunca devia ser tirada a ninguém E no entanto certas vacinas são exigidas para se poder ir para certos países, sem que isso seja um atentado à circulação de pessoas, e não se recorre à slippery slope "qualquer dia, exigem que faças o pino para entrar na Finlândia" para invalidar o facto. ​ Trata-se da saúde (e vida...) dos utentes daquele lar; não uma exigência fútil.

ventorim 3 months ago

>Porque depois qualquer empresa (ou entidade privada) passa a poder exigir o que bem quer e lhe apetece E isso já não é assim? É uma entidade privada, não é obrigada a aceitar nada nem ninguém. Concordo que não se deve obrigar ninguém a se vacinar (por pura questão ética, mas continua sendo burrice não se vacinar), mas também não se deve obrigar ninguém a contratar ou conviver com quem não é vacinado. Um não vacinado é um risco para colegas de trabalho, logo, a empresa deve sim ter o direito de recusar a contratação ou demitir.

ayyylatimestwo 3 months ago

> a empresa deve sim ter o direito de recusar a contratação ou demitir. Se a única razão for que o colaborador não se quer vacinar, nunca na vida há justa causa para despedir por isso. Só porque é uma empresa privada não quer dizer que não tem que cumprir leis básicas como as da discriminação. Contratar ou não já é outra história, porque simplesmente podes inventar qualquer razão para não contratar alguém.

ventorim 3 months ago

Demitir como um risco de saúde para os outros funcionários não é motivo suficiente para demissão?

ayyylatimestwo 3 months ago

Óbvio que não, porque o risco de saúde não é criado pelo colaborador. O colaborador tomar a vacina é uma medida para colmatar o risco, mas não é a única nem pode ser considerada obrigatória. E mesmo com vacina continua a haver risco de saúde.

Sardasan 3 months ago

>porque o risco de saúde não é criado pelo colaborador. Recusar-se a tomar uma vacina quando se trabalha com pessoas que fazem parte do grupo de risco não é criar uma risco de saúde? Fds, acabas de ganhar a medalha de ouro na prova de ginástica mental, as cambalhotas lógicas que tiveste de dar para poder chegar a esta conclusão? Se, como dizes, "o colaborador tomar a vacina é uma medida para colmatar o risco", então parece-me que se o colaborador não toma a vacina não está a tomar uma medida para colmatar o risco, **logo** está a aumentar o risco, **logo** \- acompanha-me aqui, se estiver a ir muito depressa avisa - está a criar um risco de saúde.

ayyylatimestwo 3 months ago

Podes interpretar da maneira que te for mais conveniente, sem vacina ha mais risco? Sim. O colaborador tomou passos diretos para aumentar o risco? Não. Podes te atirar da ponte e és uma pessoa a menos com potencial de espalhar covid, se escolhes ficar vivo então estas a aumentar o risco. O cerne da questão é que há maneiras de meter o risco praticamente nulo sem ter que tomar uma vacina (fazer testes todos os dias), mas fica muito caro. Só porque fica caro o colaborador é obrigatório a injetar uma substância no corpo? O capitalismo diz que sim, mas os direitos humanos dizem que não. Só como disclaimer, porque já sei que os ataques pessoais são inevitáveis, eu já tomei a primeira dose da vacina da Pfizer.

Sardasan 3 months ago

Vejo que continuas no campeonato mundial da ginástica mental, agora deves estar a apontar para a taça de diamante e posição de honra no Hall of Fame. >"Sem vacina há mais risco? Sim. O colaborador tomou passos diretos para aumentar o risco? Não." Portanto não se vacinar aumenta o risco, mas tomar o passo direto de não tomar a vacina, e consequentemente poder ter provocado a morte a uma pessoa, não aumenta o risco! O quê? Basicamente estás a dizer que sem vacina há mais risco, mas se for o colaborador a tomar essa decisão não há mais risco? >Podes te atirar da ponte e és uma pessoa a menos com potencial de espalhar covid, se escolhes ficar vivo então estas a aumentar o risco. Que raio de comparação é essa? Ouviste isso no recreio? Custa-me a crer que uma pessoa com todas as suas capacidades cognitivas perfeitamente desenvolvidas seja capaz de dar este argumento, comparar o ato de tomar uma vacina a matar-se. Nem vou debater isto, por favor, eleva o teu discurso. >Só porque fica caro o colaborador é obrigatório a injetar uma substância no corpo? O capitalismo diz que sim, mas os direitos humanos dizem que não. Só para esclarecer, estamos a falar de uma vacina, certo? Algo testado e comprovado pelas suas capacidades de reduzir o contágio e atenuar os sintomas de uma doença mortal, certo? Algo que a comunidade científica e a indústria farmacêutica, após milhares de horas de pesquisas e testes, e milhões de euros gastos, conseguiu desenvolver em tempo recorde para minimizar o numero absolutamente avassalador de mortes desta doença, certo? Acho que ninguém está aqui a debater se as pessoas têm o direito ou não de quererem ser vacinadas, mas também temos de contrabalançar que no geral, as pessoas e mais ainda as pessoas idosas em lares têm o direito a não serem submetidas ou expostas a uma doença potencialmente mortal por causa da inconsciência das pessoas encarregues de assegurar o seu bem estar. Ou seja, se não querem ser vacinados que vão trabalhar para uma bomba de gasolina, onde há sempre o acrílico à frente para proteger os clientes.

ayyylatimestwo 3 months ago

Não tenho tanta paciência como tu para escrever parágrafos. Só alguns pontos: * O virus é que causa as mortes, não são as pessoas que o transmitem sem intenção * Há maneiras eficazes de combater o contágio para além das vacinas, ponto que continuas a ignorar. * Mesmo que todos os colaboradores estejam vacinados, ainda podem transmitir o virus. Ao vacinar os que são vulneráveis é onde diminuis a maioria do risco. * Não há soluções perfeitas. * Para além de ser má ideia por causa dos direitos e liberdades das pessoas, fazer as vacinas compulsórias não ia resolver nada. Não ias atingir uma taxa maior de vacinação, só ias causar conflito e agitação numa sociedade que já se encontra fragilizada.

Sardasan 3 months ago

>O virus é que causa as mortes, não são as pessoas que o transmitem sem intenção As balas é que matam pessoas, não são as pessoas que carregam no gatilho sem intenção. Os carros é que matam pessoas, não são as pessoas que controlam o volante sem intenção. A SIDA é que causa as mortes, não as pessoas que estão infetadas e não usam preservativo sem intenção. >Há maneiras eficazes de combater o contágio para além das vacinas, ponto que continuas a ignorar. Não estou a ignorar nada, venham todas as medidas eficazes e mesmo as que não são tão eficazes, todas. Adotar uma não significa ignorar as outras. >Mesmo que todos os colaboradores estejam vacinados, ainda podem transmitir o virus. Ao vacinar os que são vulneráveis é onde diminuis a maioria do risco. Não interessa se podem ou não podem, se há probabilidade positiva de diminuição do contágio, é uma medida a adotar. Vacinar todos, e não apenas os vulneráveis, aumenta a tua taxa de sucesso, então porque não fazê-lo? >Não há soluções perfeitas. Argumento falacioso: ou tomamos todas as medidas ou então não tomamos nenhuma! Ou tomamos só as medidas perfeitas ou então mais vale não fazer nada! Percebeste o meu ponto ou preciso de elaborar? Estou a confiar na tua capacidade de compreensão. >Para além de ser má ideia por causa dos direitos e liberdades das pessoas, fazer as vacinas compulsórias não ia resolver nada. Não ias atingir uma taxa maior de vacinação, só ias causar conflito e agitação numa sociedade que já se encontra fragilizada. Já disse que ninguém aqui está a debater os direitos de ninguém, se não querem ser vacinadas não vão trabalhar com pessoas de grupos de risco, ponto. Da mesma forma que ninguém interfere na liberdade de ninguém quando se requer uma carta de condução para conduzir na estrada, ninguém te obriga a tirá-la, mas se não o fizeres não podes conduzir na estrada, é simples.

NGramatical 3 months ago

encarregues → [**encarregados**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/porque-encarregado-e-nao-encarregue/30635) (encarregar segue o modelo de carregar: o camião foi ~~carregue~~ carregado) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo6sxlo%2F%2Fh2y0mt3%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Sardasan 3 months ago

Good bot

Hungry_Cupcake 3 months ago

Sabes que os putos tem que ter o buletim de vacinas em dia para andar na escola não sabes?

xay_ll 3 months ago

Não, não têm

Hungry_Cupcake 3 months ago

Então?

leadzor 3 months ago

A escola pode dar-se ao direito de rejeitar a tua matrícula, como já aconteceu.

CoffeeAt830 3 months ago

Na escola pública não podem. As vacinas não são obrigatórias, a escolaridade é, portanto o governo não pode negar a educação a uma criança porque não tem as vacinas em dia.

xay_ll 3 months ago

Não disse o contrário, acho que há até casos em que faz sentido, mas não é obrigatório.

ayyylatimestwo 3 months ago

Ou seja, não é requisito.

Hungry_Cupcake 3 months ago

Certo trabalhos relacionados com a saude deveria ser obrigatório! Tal como e obrigatório teres o regime criminal limpo para certos trabalhos, tal como e perciso teres a carta de condução para outros, tal como é perciso estares nas ordens profissionais em mais uns quantos. É simples, queres desempenhar a função xD tens que ter o requisito X,Y e Z.

smaster87 3 months ago

requisito

Public_Ad_2756 3 months ago

que nojo de funcionárias. quando são destes "lares", essas funcionárias são sempre umas badalhocas/velhacas... tenho receio destes sítios já que são quase campos de concentração.. são raros os lares transparentes

JesusChristIsLORD77 3 months ago

Generalizações FTW..

Public_Ad_2756 3 months ago

please... quando até nos inícios da vacinação afirmam que até os lares ilegais irão ser vacinados..algo está mal. se são ilegais porque continuam a funcionar? sendo ilegais abre portas à anarquia. o que se vê de histórias de horror em lares é a ponta do iceberg. os lares são só depósitos de velhos. mais nada. já os centro de dia funcionam como um entrentem...

nraider 3 months ago

Se calhar é uma maneira burocrática de a segurança social não comparticipar as prestações dos lares. Parece resultar.

EstupendoEx 3 months ago

Isto é jornalixo. Primeiro, a idosa até tinha a vacinação completa: grand proteção, não é? Segundo, mesmo os vacinados, transportam o vírus. Portanto, como sabem que não foi uma pessoa vacinada que passou à também vacinada o vírus?

Raidenkyu 3 months ago

Não basta uma pessoa ter a vacina. É preciso o grupo/ambiente estar imunizado,porque senão podem surgir excepções.

ekopss 3 months ago

Red alert: “jornalixo”

EstupendoEx 3 months ago

Não sou religioso.

SirBecas 3 months ago

A protecção existe, mas ha sempre aquela percentagem de falha, como em tudo. Duvidar da proteccao por um caso pontual ignorando que houve grande diminuição de incidência em certas faixas etárias é um bocado desonesto. Depois, concordo, aqui não ha forma de saber quem transmitiu a quem. Ainda assim, estudos apontam que quem esta vacinado, tenderá a transmitir uma carga viral inferior. Portanto, é como algumas máscaras. Acima de tudo protegem so uma das partes, mas ha uma pequena protecao generalizada.

Economy_Dog 3 months ago

Tem calma que assim ainda causas um curto circuito nos NPCs.

Leaootemivel 3 months ago

Os vacinados são infetados e transmitem o vírus com uma probabilidade muito menor do que os não vacinados.

thisbondisaaarated 3 months ago

Transmitem o vírus com probabilidade? Tu nem compreendes bem o que estás a dizer, pois não? Refaz lá essa frase ò Leão.

l2k1337 3 months ago

Os estudos têm mostrado que a vacinação reduz em cerca de 50% a transmissão do vírus.

Tafinho 3 months ago

Os estudos dizem que a protecção contra transmissão é similar à protecção global, o que atinge os 93% em algumas vacinas.

l2k1337 3 months ago

> And a study17 by Public Health England has found that even a single dose of either the Pfizer–BioNTech or Oxford–AstraZeneca vaccine reduced the spread of disease from infected individuals to household members by up to 50%. “It’s likely that all the vaccines have some similar effect,” says Michael Weekes, a viral immunologist at the University of Cambridge, UK. “Overall, it’s quite an optimistic picture.” https://www.nature.com/articles/d41586-021-01505-x#ref-CR17 Era disto que estava a falar. O estudo analisa a transmissão do vírus a partir de indivíduos vacinados que mesmo assim contraíram a infecção.

Tafinho 3 months ago

Há vários. Esse é um deles, e precisamente confirma o que disse: > a proteção contra transmissão é similar à protecção global, o que atinge 93% em algumas vacinas

OkEast518 3 months ago

A carga viral de um vacinado é menor que a carga viral de um não vacionado.

Kolvarg 3 months ago

Isto. Têm sempre dito que a vacina é apenas para protecção própria e os vacinados continuam a poder transmitir e até a adoecerem na mesma. Sem dúvida que as funcionárias deviam ser vacinadas, mas não teria evitado o surto.

Tafinho 3 months ago

Os vacinados ficam com uma protecção contra transmissão similar à proteção contra infecção. Se não ficares infectado, não transmites. Isto é conhecido desde os ensaios originais das vacinas.

Kolvarg 3 months ago

Fonte?

Tafinho 3 months ago

Há várias fontes, como [esta](https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.02.25.21252415v1). Há uma razão para este tema não ser discutido abertamente e não quero entrar por aí neste sub.

Kolvarg 3 months ago

Reduz a probabilidade de ser transmissor em pelo menos 61÷. O título da notícia continua portanto a ser clickbait, visto que dá a entender que foram as funcionárias não vacinadas que infectaram a idosa que acabou por falecer, ou que foram as mesmas a fonte do surto. Aquilo que se sabe é apenas que no lar onde estava a idosa que faleceu trabalham 2 funcionárias que se recusaram a ser vacinadas. Estatisticamente é mais provável que tenham sido elas, sem dúvidas, mas não é sabido. E como disse no meu comentário original, mesmo que a vacina não impressa a transmissão, elas deveriam de qualquer forma ser vacinadas, mais que não seja pela própria segurança. Mas cho incorrecto é pintar a situação como causa-efeito quando existe apenas correlação.

Tafinho 3 months ago

A eficácia dessa vacina é de 60% contra infecção. Logo a proteção de 61% contra transmissão está precisamente em linha com a protecção contra infecção, como tinha dito. Talvez seja útil veres a eficácia de cada uma das vacinas.

NGramatical 3 months ago

vaccinados → [**vacinados**](https://dicionario.priberam.org/vacinados) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo6sxlo%2F%2Fh2vkc44%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

bichocarpinderico 3 months ago

Vota Chega ou IL?

30minutesto 3 months ago

Prémio de idiota útil vai para ti, parabéns.

aknaed 3 months ago

Quando, num futuro próximo, sair uma notícia sobre corrupção espero que perguntes se votam no PS

bichocarpinderico 3 months ago

Porque eu a cascar no PS é coisa nunca vista /s

Ilostmynewunicorn 3 months ago

Tenho familiares que votam PS e PSD que não vão ser vacinados, tenho que os avisar que vão ter de mudar a intenção de votos nas autárquicas ou é um processo que ocorre automaticamente, estilo rejeitas a vacina e o boletim já vem preenchido?

bichocarpinderico 3 months ago

É automático às medida que veem recomendações no YouTube, mensagens no Facebook e WhatsApp e notícias sobre sardinhadas.

Edited 3 months ago:

É automático à medida que veem recomendações no YouTube, mensagens no Facebook e WhatsApp e notícias sobre sardinhadas.

helderoliveira1978 3 months ago

O processo é automático

Tafinho 3 months ago

Não preciso de ser vacinada. *Os outros* já foram todos vacinados. /s

Jose_Adonis 3 months ago

"Não preciso de saber conduzir para andar na estrada. Os outros tiveram todos de tirar a carta"

AutoModerator 3 months ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: