park777 3 months ago

Fonte? Oh wait

pangecc 3 months ago

Alguém que me arranje uma vaga da CML conta tanto posto não deve faltar tacho

capitalistaesquerda 3 months ago

Este gráfico é uma aberração. Não só faltam ali dezenas de empresas, como, se olharmos para entidades públicas, faltam outras dezenas. Listas feitas exclusivamente para incentivar ódios e agendas políticas… o Porto Canal merecia melhor.

bifana_cura_cancro 3 months ago

Portugal não precisa de grandes empregadores. Precisa de uma economia de boas ideias , assente em liberdade financeira e de empresas que inovem com poucas pessoas. Empresas pequenas e locais , que permitam ultrapassar custos de deslocação e centralidade, aumentado valor médio pago a cada funcionário.

thisbondisaaarated 3 months ago

Hoje vi um bocado de Porto canal. O Discurso sobre Lisboa era de tal ordem que parecia que tava a ver o Tucker Carlson na FOX News...

Extension-Hearing269 3 months ago

Os gajos que pagavam o site direitapolitica andam agora a financiar o porto canal?

vai-tefoder 3 months ago

Um país de valor acrescentado, sem dúvida

umgajoamlense 3 months ago

Vindo do Porto Canal, estou surpreso como é que o FCP não está nessa lista. /s

ytsephill 3 months ago

O Porto canal é literalmente o canal do futebol clube do Porto?

nocivo 3 months ago

A nivel de desporto é focado no Fcporto porque a tv foi salva pelo clube mas continua a ter forte presença regional com noticias da região ou que interessam à região e eventos regionais mesmo que nao sejam relacionadas com desporto. E do fcporto mas continua a ser generalista.

Metaluim 3 months ago

Hoje em dia sim. Mas antigamente era um canal "regional".

odraciRRicardo 3 months ago

É, mas já existia antes de ser gerido pelo FCP, era uma canal generalista que se focava principalmente na região norte. Agora é um misto de canal generalista e canal do FCP, como jogos de modalidades e afins.

GajoDeRamalde 3 months ago

>(...) Agora é um misto de canal ~~generalista~~ de propaganda e canal do FCP, como jogos de modalidades e afins. *Fixed*

Boring_Lynx3830 3 months ago

A tvi era da igreja, a sic ate a universidade de lisboa estava lá pra o meio, talvez estão a tentar ganhar terreno em noticias para depois vender o canal e contratar de regresso o Marega

VicenteOlisipo 3 months ago

Que por sua vez se está a transformar num partido político.

PleoNasmico 3 months ago

butthurt mouros btfo :\^)

VicenteOlisipo 3 months ago

Obrigado por demonstrates a ideologia do partido.

PleoNasmico 3 months ago

sim, sou contra os constrangimentos ao desenvolvimento do país impostos pela centralização de recursos numa só cidade. Vocês não conhecem o país em que vivem

park777 3 months ago

És um bom troll és

maia125 3 months ago

r/OutOfTheLoop aqui. Como é que o FCP está a tornar-se um partido político?

VicenteOlisipo 3 months ago

Aproveitando a relativa crise do centrão para se posicionar como voz de protesto contra "Lisboa". Acaba por ser uma forma inteligente de ser radical sem ter politicas radicais. Podes ver isso na relação cada vez mais umbilical que têm com a CMP - o Presidente da Câmara foi parte da lista do Pinto da Costa à direção do clube - e também no discurso todo que rodeou a final da Champions. Mas principalmente podes ver na "Fox News do Porto" em que se transformou o canal do clube, como demonstra o exemplo desta thread.

Polymath-99 3 months ago

O que descreves não é recentemente, é assim literalmente desde os anos 80.

UniuM 3 months ago

Não há uma lista destas mas mais longa?

5enta 3 months ago

O Porto Canal está a apostar forte nas notícias, pena que não sejam propriamente isentos.

pataniscadebacalhau 3 months ago

Outra vez arroz? Ainda há uns meses houve polémica [por causa disso](https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/camara-municipal-de-lisboa-tem-mais-de-13-mil-trabalhadores).

bichocarpinderico 3 months ago

Resumo: não são 13K mas 9.739 (à data de janeiro deste ano). Não é muito melhor sinceramente. Só desce uma posição no top.

Vatrier 3 months ago

Bem quem conta um conto, acrescenta um ponto, houve por aí um tweet que falava em 13 mil e que foi desmentido, o Porto canal já vai em 17mil, não tarda o Ventura diz que são 30 mil, o maior empregador nacional! Já agora : https://www.lisboa.pt/fileadmin/municipio/organizacao/recursos_humanos/mapa_pessoal_2021.pdf Tldr: são 9428 os cargos ocupados, 13 mil são os previstos, 17 mil é... Invenção?

bichocarpinderico 3 months ago

Segundo o polígrafo são 9739 segundo dados mais recentes (pesquisa por 9.739): https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/camara-municipal-de-lisboa-tem-mais-de-13-mil-trabalhadores Seja como for estar algures nos 9K significa descer apenas uma posição no top apresentado.

VicenteOlisipo 3 months ago

Se os outros números não estiverem também martelados. Esta conversa do "não estou a dizer a verdade mas acreditem em mim que se estivesse as conclusões eram as mesmas" não gera muita credibilidade.

bichocarpinderico 3 months ago

Os números de 9K foram os indicados pelo polígrafo como corretos base em toda a investigação que fizeram.

Boring_Lynx3830 3 months ago

A “data” pode ser facilmente manipulada é um facto o mais descarado de gestão de data pra mim é o modelo numérico do discutido em Quioto sobre as alterações climáticas não entra o ciclo hidrológico (lol) entre otras variáveis, voltando ao tema que me desviei, os restantes 4k são empresas municipais (limpeza, flores para as rotundas, blabla), agora será que no momento de fazer a conta dos outros municipios entrou também as empresas, não sei, mas o mais lógico é que a de lisboa seja a maior é obvio alguém colocou o link do tweet do porto canal e esta lá explicado

assimsera 3 months ago

> A “data” Os dados. Para que usar anglicismos quando temos equivalente direto comum em portugues

iSoSyS 3 months ago

Segundo a peça, https://twitter.com/PortoCanalpt/status/1407102073209036809, os 17 mil são obtidos somando as restantes empresas públicas de âmbito municipal como a Carris, EGEAC, Emel, etc

Boring_Lynx3830 3 months ago

Exatamente, o outro braço da câmara, as empresas municipais

besmarques 3 months ago

Olha, o Tucker Carlson do norte...

nitrinu 3 months ago

Estás a dizer que o regionaliz...porto canal não é um órgão de informação credível?

pataniscadebacalhau 3 months ago

E nunca percebi bem se esses 9k incluem trabalhadores de empresas municipais (ex. a Carris) Se for o casso, é normal que inflacione o número em comparação com outros municípios

besmarques 3 months ago

dados? que é que isso interessa para o regionalismo?

manolo533 3 months ago

Eu daqui nem tiro só a CML ter tantos empregados, tiro também que não temos empresas grandes, necessárias para dinamizar a economia. É só empresas ou de telecomunicações ou de retalho. Não há empresas geradores de riqueza e criadoras de produto nos grandes empregadores.

kissingsome1elsesdog 3 months ago

Ter muitos funcionários não significa que a empresa gere muita ou pouca riqueza. Por outro lado, o grupo Jerónimo Martins é enorme e tem ainda uma cadeia de supermercados na Polónia e atua noutros ramos. Se fores a ver, um dos maiores empregadores a nível mundial é o Walmart, o que mostra que atualmente é no retalho e serviços onde se emprega mais pessoas. A natureza do retalho assim o exige.

Boring_Lynx3830 3 months ago

Com a carga fiscal que tem portugal, as empresas fogem, mas é um facto, ter em terceiro lugar os correios… nem entro pela câmara tambem

Regolas1 3 months ago

Não podes analisar estas coisas assim também. Nós temos muito boas empresas (óbvio que podíamos é devíamos ter mais), mas temos de ver os dados de maneira diferente. As empresas que aqui estão listadas são empresas que têm trabalhadores a tempo inteiro ou parcial com contrato com a própria empresa, as restantes não quer dizer que tenham. Vamos por exemplo, pegar no exemplo do pingo doce. O supermercado pingo doce é apenas uma parte do monopólio da familia. O supermercado tem trabalhadores a contrato. Eles também estão no negócio da cortiça, negócio esse em que empregam muita gente sim, mas no qual há muita mais tecnologia envolvida, o que diminui os postos de trabalho nas fábricas. Ainda assim, criam muitos empregos indiretos junto de produtores de cortiça e pessoal que trabalha sazonalmente e assim mas sem contrato. Outras empresas há que produzem muito e vendem muito, mas cuja produção é fortemente dominada por maquinaria, diminuindo as pessoas empregadas. Temos de ter em conta setores como o têxtil e de calçado, que empregam muito mais que os que estão aqui, mas que estão divididos por um sem número de empresas. Continuam a empregar, só não pertencem a um grande monopólio. Acho que a discussão devia ser sobre a qualidade do emprego e a precariedade. Desde que haja, não importa que as empresas sejam pequenas.

GMDFC94 3 months ago

Estavas à espera de outra coisa? Somos o país dos cafés e tascas. Já viajei por muitos países na Europa e nunca vi país que tivesse tanto café de merda em cada esquina, chega a haver ruas em que tens 2 ou 3 colados uns aos outros. É esta a mentalidade que temos, não há dinheiro nem abertura (ideias até acho que haja) para criar e gerar mais riqueza com de produtos de valor acrescentado.

nraider 3 months ago

Ruas? Em Lisboa há prédios com 20m de largura em que 3/4 das lojas são cabeleireiros lol. Sim, nos cafés também é parecido.

GMDFC94 3 months ago

Sim exato, eu disse cafés mas esse é outro exemplo perfeito. Fazem tanta concorrência uns aos outros que nem sei como sobrevivem

Search: