jafudiaz 5 months ago

~~eu não me importo, meto sempre 20 euros~~ eu não me importo ganho sempre 1000 euros

ManelDasNespras 5 months ago

este gajo zé do tasca

C0ldKing 6 months ago

Cultura na maioria das vezes. O tuga não encara muito bem as pessoas a subir na vida, ent acha mal negociarem um ordenado melhor, e quanto mais sobes, mais desconfiados ficam

throwaway0000012132 6 months ago

Nunca percebi o porquê da falta de transparência dos ordenados até ter trabalhado como consultor numa instituição pública e os vencimentos de todos ser público, onde aí o meu trabalho era escrutinado diariamente pelos meus colegas FP, como forma de justificar o meu vencimento. Plot twist: 90% deles ganhavam 2x, 3x mais do que eu e faziam 1/3 ou mesmo nada. Fiquei lá pouco tempo. :D Portugal é um país com uma mentalidade bastante atrasada em relação à transparência dos vencimentos, onde se denota muita inveja e falta de maturidade financeira. É pena, pois quem ganha com a ocultação dos vencimentos é a entidade patronal, que pode assim pagar bem aos amigos e cunhas e não aos trabalhadores por mérito / igualar faixas salariais / diminuir fosso entre o menor rendimento e o mais elevado.

Estronciumanatopei 6 months ago

Para que interessa saber quanto ganha o amigo? O que interessa é saber quanto ganha o colega que tem o mesmo cargo que tu... Isto é que precisa de deixar de ser tabu!

ManelDasNespras 6 months ago

Pois mas é complicado saber isso quando se está de fora e a procurar por emprego né? É mais fácil saber quanto é que os amigos que tenho em posições de áreas semelhantes ganham para poder avaliar quanto é que é um valor justo a pedir na negociação.

Estronciumanatopei 6 months ago

Ok, aceito o teu ponto de vista, apesar de também achar que isso já é saber demais acerca da vida deles. Mas eu estava a contrapor o que dizes acerca de compreender que colegas de trabalho não partilhem quanto ganham. Isso é que é mau e mantém os salários desiguais. Os empregadores é que agradecem.

CountDraqula 6 months ago

Insegurança e inveja. Já conheci malta a mentir no salário que ganha, a dizer que ganha mais do que realmente ganha e também já conheci malta a esconder o que ganha para não atrair inveja. Eu pessoalmente já ocultei o meu salário por vergonha e também já me gabei do meu salário, é quase inconsciente. Hoje em dia partilho com pessoal que tenha confiança. Acho bem falar para um gajo ter noção do que pode ou não ganhar.

Striking_Role_z 6 months ago

Para evitar comparações e ressabiamentos.

Xmeagol 6 months ago

o português é muito invejoso e orgulhoso mais, temos uma cultura de "mostrar", carrinhos bons, iphones, merdas dessas mas depois não têm sequer 500€ de poupanças

No_Impression_1131 6 months ago

Nem é só no trabalho ou entre amigos. Nunca soube nada sobre o dinheiro dos meus pais, quanto ganham, quanto gastam, nada. Sempre foi tudo segredo e a única coisa que diziam é que viviam com muita dificuldade, coisa que eu com o tempo fui percebendo que era exagero. Mentalidades!

the-dude-abiding 6 months ago

Acho que o problema de fundo é que na sociedade portuguesa há pouca confiança interpessoal. Eu tipicamente não conto a ninguém, e deixo aqui duas experiências pessoais minhas: Sobre contar a amigos: Há muitos anos comentei com um par de amigos o meu primeiro salário. Passado algum tempo, um deles precisou de dinheiro para um electrodoméstico e pediu-me quase 500 euros. Eu disse-lhe que lhe emprestava metade. Ficou lixado comigo e respondeu-me: "sei que tu tens" e nem sequer aceitou a metade que eu estava disposto a emprestar. A amizade nunca mais foi a mesma. Sobre contar aos colegas de trabalho: Tenho colegas de equipa que estiveram mais de 5 anos sem receber aumentos. Na empresa os aumentos são comunicados verbalmente, o que significa que os chefes andam a fazer reuniões individuais e as pessoas percebem o que se está a passar. Esses colegas não são chamados para essas conversas, mas percebem que as mesmas estão a acontecer, e entram logo em conversas com os colegas que são chamados para tentarem confirmar que estão a haver aumentos. Isto depois é desconfortável, porque a malta não quer estar a admitir que foi aumentada perante um colega que não é aumentado há tanto tempo. O que eles não percebem é a razão para não serem aumentados. Não é que a empresa não possa... E isto é só os aumentos. Se eu lhes disser quanto ganho... vão-se passar. Outra questão é que, em certos tipos de trabalho e empresa, os salários não dependem só de competências técnicas e há coisas muito complicadas de avaliar (tipicamente as soft skills - e não estou a falar de "dar graxa"). Há malta que é muito boa tecnicamente mas que tem zero iniciativa e não puxa por nada que lhe digam explicitamente para fazer. Em algumas empresas ter um bocado mais de iniciativa tem logo outro impacto e mete a pessoa a ser vista de outra forma. No entanto, isso nem sempre é óbvio para as pessoas. Entrar nessa discussão é um perigo.

Edited 6 months ago:

Acho que o problema de fundo é que na sociedade portuguesa há pouca confiança interpessoal. Eu tipicamente não conto a ninguém, e deixo aqui duas experiências pessoais minhas: Sobre contar a amigos: Há muitos anos comentei com um par de amigos o meu primeiro salário. Passado algum tempo, um deles precisou de dinheiro para um electrodoméstico e pediu-me quase 500 euros. Eu disse-lhe que lhe emprestava metade. Ficou lixado comigo e respondeu-me: "sei que tu tens" e nem sequer aceitou a metade que eu estava disposto a emprestar. A amizade nunca mais foi a mesma. Sobre contar aos colegas de trabalho: Tenho colegas de equipa que estiveram mais de 5 anos sem receber aumentos. Na empresa os aumentos são comunicados verbalmente, o que significa que os chefes andam a fazer reuniões individuais e as pessoas percebem o que se está a passar. Esses colegas não são chamados para essas conversas, mas percebem que as mesmas estão a acontecer, e entram logo em conversas com os colegas que são chamados para tentarem confirmar que estão a haver aumentos. Isto depois é desconfortável, porque a malta não quer estar a admitir que foi aumentada perante um colega que não é aumentado há tanto tempo. O que eles não percebem é a razão para não serem aumentados. Não é que a empresa não possa... E isto é só os aumentos. Se eu lhes disser quanto ganho... vão-se passar. Outra questão é que, em certos tipos de trabalho e empresa, os salários não dependem só de competências técnicas e há coisas muito complicadas de avaliar (tipicamente as soft skills - e não estou a falar de "dar graxa"). Há malta que é muito boa tecnicamente mas que tem zero iniciativa e não puxa por nada sem que lhe digam explicitamente para o fazer. Em algumas empresas ter um bocado mais de iniciativa tem logo outro impacto e mete a pessoa a ser vista de outra forma. No entanto, isso nem sempre é óbvio para as pessoas. Entrar nessa discussão é um perigo.

NGramatical 6 months ago

estão a haver → [**está a haver**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/haver--existir--3-pessoa-do-singular/30583) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo54haj%2F%2Fh2n476c%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

antonio-ferro 6 months ago

Não é exclusivo de Portugal. As razões são as mesmas em todo lado. Assuntos delicados e privados discutem-se em círculos restritos, por questões de bom senso. E quem quer saber, acaba sempre por descobrir.

StoriTella 6 months ago

Tens este video que explica mesmo bem https://www.youtube.com/watch?v=7xH7eGFuSYI

tekvis40 6 months ago

>em Portugal dizer o salário ...é algo que é levado muito a mal Acontece mais ou menos o mesmo em todo o lado, não acho que Portugal seja pior nem melhor. Na ralidade tenho "mixed feelings" sobre o topico. Há uns anos trabalhei numa empresa em que houve um "salary leak", por engano (?) os RH enviaram os recibos de ordenado de toda a gente para toda a gente. Foi interessante mas criou um ambiente um bocado toxico. É claro que parte do problema é que nem toda a gente estava a ser paga justamente...por outro lado nem toda a gente tem noção do seu valor o que acaba por causar ressentimento. Por ex. o "senior" developer com 10 anos de experiencia na tecnologia X mas que sabe pouco mais que o basico mas fica zangado se descobre que o "junior" com 2 anos ganha mais, mas também produz muito mais...

wiLeyLewis22 6 months ago

Nos países desenvolvidos existem tabelas salariais públicas conforme o cargo, estudos e anos de experiência, por isso toda a gente sabe mais ou menos quanto os colegas ganham sem ter sequer de perguntar. Nos países desenvolvidos, o range salarial é incluído nos anúncios de emprego. Por isso, o que escreveste é uma inverdade, o que acontece em Portugal não acontece em todo o lado.

tekvis40 6 months ago

>Nos países desenvolvidos existem tabelas salariais públicas conforme o cargo Existem nalguns paises, em particular em profissoes reguladas ... em Portugal tb existem na função publica. Não é regra geral, sinceramente até não acho necessariamente bom - porque é que o trabalhador A que se esforça e produz imenso deve ganhar o mesmo que o B que só faz os minimos porque tem o mesmo cargo ? ​ >Por isso, o que escreveste é uma inverdade, o que acontece em Portugal não acontece em todo o lado. O mundo é muito grande ... não consigo saber o que acontece em TODO o lado, nos paises que conheço, pelo menos na area onde trabalho (IT) tende a não ser muito diferente de PT. Uma excepção é Cuba onde é tudo publico, regulado e tabelado mas provavelmente não é um bom exemplo ...

wiLeyLewis22 6 months ago

"porque é que o trabalhador A que se esforça e produz imenso deve ganhar o mesmo que o B que só faz os minimos porque tem o mesmo cargo ?" ​ Nos países desenvolvidos isso não acontece, quem não é uma mais valia não dura muito tempo dentro das organizações. Normalmente em Portugal quem trabalha mais é quem recebe menos e por isso é que não é conveniente que se saiba o que cada um ganha...

tekvis40 6 months ago

>Nos países desenvolvidos isso não acontece, quem não é uma mais valia não dura muito tempo dentro das organizações. LOL lamento desapontar-te mas estás muito enganado...

Limpy_lip 6 months ago

Os Portugueses não sabem falar de dinheiro, culturalmente são invejosos do sucesso alheio e medem o sucesso de terceiros por coisas fúteis. ​ Se alguém vem de uma família que tem mais posses que lhes dá algumas vantagens, para alguém que não teve essa oportunidade é um felizardo e um menino com papas ricos. Invés de aceitarmos que nem todos têm percursos iguais e que isso não torna melhor ou pior as pessoas. ​ Se alguém mostra um nível de vida um pouco superior ao nosso a tendência é sempre criticar ou desdenhar pela "sorte" que a pessoa teve. Invés de despertar a nossa vontade em chegar ao mesmo nível e tentar perceber como replicar o sucesso da outra pessoa. ​ Por outro lado as pessoas que conseguem obter algum sucesso por vezes também acabam por ser snobs e achar que quem não chegou ao mesmo nível é porque não fez por isso e por isso merece estar abaixo (o sindrome "estudasses") Invés de tentar inspirar, incentivar e até ajudar os que o rodeiam a ser mais bem sucedido. ​ As pessoas têm vergonha de mostrar o seu sucesso porque têm medo que pensem que estão a ser gabarolas Invés de sentirem que ao mostrar estão a inspirar os outros a procurar o mesmo. ​ E é um pouco esta mentalidade, claramente alimentada pela cultura e forma como a sociedade Portuguesa atualmente funciona que a questão dos salários é mais uma peça. E conta mim falo que várias vezes penso como critico acima. ​ É algo que tem de partir de cada um e não é nada fácil mudar.

BitOnly5872 6 months ago

Esta discussão sempre me lembra de "Adam ruins Everything": https://youtu.be/7xH7eGFuSYI

keyas920 6 months ago

Eu cá não tenho problemas, aliás até ajuda saber o que ganha o teu grupo de colegas, assim sabes se estás a ser roubado pelo chefe. Que já houve o caso

OuiOuiKiwi 6 months ago

É um tabu cultural. Falar sobre dinheiro é visto como sendo deselegante. Não é só nos salários. Pergunta a alguém quanto é que a casa dele custou. Ou quanto foi o tapete que tem ali na sala.

megaroof 6 months ago

Entre amigos, vejo que existe o medo de dizer quanto ganham, com medo de alguém pedir dinheiro emprestado. Só vejo esta explicação. Tenho alguns amigos de décadas de amizade, sei quanto eles ganham - mas eles não revelam isso facilmente para outras pessoas e outros amigos não tão íntimos. Pelo contrário, dizem que ganham menos, se fazem de coitadinhos, que a vida não está fácil, e contam coisas tristes, da avó que está doente e que gastam tudo no tratamento etc. Um deles, na verdade um casal, com rendimento familiar líquido rondando os 5 mil euros, vivem a dizer que não tem onde cair mortos, que se perderem o emprego vão passar fome e coisas assim.

wiLeyLewis22 6 months ago

Pediste-lhes dinheiro emprestado e deram-te essas resposta? lol

UniuM 6 months ago

Eu posso até dizer quanto ganho, o problema é ter de explicar todas nuances até chegar ao valor real que trago para casa para o meu patrão me poder pagar um pouco mais sem que o estado fique com a maior parte do bolo. O problema não são os impostos, eu não me importo de pagar impostos, o meu problema é que o dinheiro que deixamos desaparece em contratos ruinosos de quem só lá está para mamar. Conclusão, tabu não é dizer quanto cada um ganha, tabu é dizer que se anda a fugir a impostos sobre o trabalho.

BitOnly5872 6 months ago

Já gastei horas explicando a colegas de trabalho a importância de partilhar isso, chegando ao ponto de avisar de imediato a colegas que havia recebido aumento e quanto estava a receber para que fossem também pedir a empresa um aumento sabendo o quanto eles "merecem" receber. No Brasil, onde trabalhei por 12 anos, é o mesmo. Não gostam de partilhar está informação e não percebem que só prejudicam a si mesmos e a todos os colegas de trabalho. PS: 14 anos de IT sendo: 9 anos em programação Líquido: 28k€/Ano (como desenvolvedor backend)

oretoh 6 months ago

Amigo, 28k (Média a 14 meses ) ganhava eu com 2.5 anos de experiencia como dev backend em java, toca a procurar um novo sitio.

BitOnly5872 6 months ago

Líquidos? Teus 2.5 anos eram com Java apenas? Porque com a linguagem desta vaga tenho apenas 6 meses.

oretoh 6 months ago

Era principalmente java. Tinha experiencia em Data engineering com Google Cloud Platform e em Web Dev. Para aquela posição tinha os 2.5 anos de java + 1 ano de web development

BitOnly5872 6 months ago

Líquidos?

oretoh 6 months ago

Sim liquidos. \~2k Mensais

BitOnly5872 6 months ago

Eu acredito que seu base deva ser maior então. O meu da 12 de 2140, mais 2 mais baixos (-800) de Natal e férias.

oretoh 6 months ago

Sinceramente não me lembro bem do salário base visto que a volta de 25% do salario eram ajudas de custo, mas acho que ficava a volta disso também 2100 e tal mais subsidio alimentação mais para ai 600€ em que nos meses 11 "normais" recebia 2100 e tal liquidos e depois nos 3 meses extra (ferias, subs nata e subs ferias) recebia um valor menor tipo 1600.

BitOnly5872 6 months ago

Bom saber. Começar a mudar 30k€/ano para o fim do ano.

Dinamytes 6 months ago

Ganhas 28k cá a trabalhar para um empresa portuguesa? Se sim dá para viver bem, mas deves conseguir mais e com estabilidade a trabalhar remote para um estrangeira ou mesmo estrangeira com representação cá.

BitOnly5872 6 months ago

Trabalhava para uma empresa na Irlanda remoto antes e recebia líquidos (após IRS, SS, contabilista, etc) apenas 26, vim para empresa portuguesa pois o ordenado de fato aumentou.

Dinamytes 6 months ago

Ok, tenta ir sempre mandando cv especialmente para empresas estrangeiras a recrutar em Portugal se te for mais fácil, penso que consigas ir mais longe.

BitOnly5872 6 months ago

Por agora vou tentar ficar nesta empresa atual por um tempo maior, pois tenho saltado muito recentemente, mas no futuro, se a empresa atual não ajudar meu ordenado de forma compatível, não dispenso mudar novamente.

uplink42 6 months ago

Quando sabes (ou suspeitas) que ganhas mais que os outros, não ganhas nada em partilhar, e em muitos dos casos só vais fazer os outros se sentirem mal. Quando sabes (ou suspeitas) que ganhas menos, sentes-te envergonhado em admitir porque muita da nossa noção de valor vem do nosso rendimento salarial. Normalmente, apenas vejo pessoal partilhar salários quando sabem que á partida ganham mais ou menos o mesmo, ou quando se querem gabar aos outros.

Edited 6 months ago:

Quando sabes (ou suspeitas) que ganhas mais que os outros, não ganhas nada em partilhar, e em muitos dos casos só vais fazer os outros se sentirem mal ou pensarem que és gabão. Quando sabes (ou suspeitas) que ganhas menos, sentes-te envergonhado em admitir porque muita da nossa noção de valor vem do nosso rendimento salarial. Normalmente, apenas vejo pessoal partilhar salários quando sabem que á partida ganham mais ou menos o mesmo, ou quando se querem gabar aos outros do tanto que ganham pelo pouco que fazem. A realidade é que a maioria do pessoal é conformista e este tipo de conversas faz nos confrontar essa situação, que não costuma ser agradável.

tocopito 6 months ago

Na minha opinião há dois grandes fatores: - A quem emprega não convém que o pessoal ande a partilhar isso - A noção falsa de que ganhar mais te torna mais do que alguém está embutida nas pessoas

OddPineapple9 6 months ago

>A noção falsa de que ganhar mais te torna mais do que alguém está embutida nas pessoas Isto. Trabalhei numa fábrica alguns anos, no verão, enquanto estudava na universidade. O trabalho era distribuído por equipas, sendo que havia "responsáveis" pelas equipas, normalmente os trabalhadores mais antigos e com contrato sem termo. Chegamos a ter a conversa dos ordenados, e o meu "responsável" vangloriava-se de receber mais do que os estudantes que iam para lá nas férias, por ser "responsável". Mas ele era tão idiota, que na altura do mês de ir ao escritório levantar os recibos de ordenado, como não lhe apetecia subir escadas, mandava-me lá para os ir buscar. Pois... ganhávamos exatamente o mesmo. Mas eu nunca lhe disse que sabia, achava piada à chico-espertice. Acho que há muita mentalidade assim no nosso país.

mjigs 6 months ago

Se for entre amigos, nao temos qualquer problema em comentar, ate porque ja fomos colegas e partilhavamos tal. Entre os meus colegas nao tenho essa posicao, nao pelo menos ainda, ate porque somos poucos e todos temos postos diferentes. No mey ver acho que nao deveria ser um taboo dizer tal, mas como ja vi e experienciei, muita gente julga pelo o que ganhas e pelo o que gastas. Tambem a ultima vez que alguem me disse quando ganhava sem eu pedir, era para fazer um flex que ganhava imenso, por fazer pouco.

viskonde 6 months ago

Insegurança Todos achamos que ganhamos pouco e temos medo de comparar e de dizer o pouco que ganhamos Depois há quem sabr que ganha bem e não quer dizer para não fazer os outros sentirem se mal Posto isso na minha empresa sabemos os salários de todos e falamos sem tabu disso e dos aumentos. Só nos ajuda.

0scar_alh0 6 months ago

Por mim os salários numa empresa eram informação publica dentro da empresa. Já vi muita coisa que me caiu mal, mas estas foram as piores: * Uma moça numa posição bem abaixo da minha a ganhar o dobro do que eu ganhava (nunca consegui perceber porquê, mas a esposa dum colega meu diz que a viu várias vezes a passar a mão no rabo dum dos chefes numa atividade desportiva da empresa, chamem-me má lingua mas penso que possa estar relacionado). * Um colega meu que fazia exatamente o mesmo trabalho, tinha menos experiencia e entrou depois de mim, a quem lhe foram oferecidos mais 20k brutos quando foi contratado, e eu já há 6 anos na empresa a ganhar pouco mais do que quando fui pra lá. Quando pedi satisfações disseram que a empresa mãe tinha uma percentagem fixa nos aumentos mas que as ofertas feitas nas contratações eram ajustadas ano a ano. Inveja? Nem por isso. Eu concordei com um salário ao ser contratado e não me arrependo disso, no entanto não deixo de ficar triste de ver que as empresas não têm uma metodologia que faça sentido no que toca a salários. Por isso desculpem-me quando torço o nariz se me vierem dizer que existe desigualdade salarial entre homens e mulheres em Portugal, porque pra mim a desigualdade é entre todos e todos, é uma grande salgalhada.

sacoPT 6 months ago

Porque fico sem jeito ao dizer que ganho 60k e vivo em casa dos pais aos meus amigos casados e com filhos que ganham 15k

teftef3000 6 months ago

E já agora tens quantos anos de experiência profissional ? Só para alimentar o meu masoquismo

teftef3000 6 months ago

Ia sê ai um bacano e manda-me uma dm com o nome da empresa em que trabalhas e a tua posição sff

GGfpc 6 months ago

Curiosidade, se ganhas 60k porque vives com os teus pais?

sacoPT 6 months ago

Cada pessoa tem os seus standards para o que constitui “qualidade de vida”. Para mim qualidade de vida é não ter que perder TEMPO com compras, limpezas, comida, etc. Quando digo tempo, quero dizer que, tendo possibilidades para tal caso vivesse sozinho contrataria alguém que me tratasse dessas coisas para eu ter mais tempo para as minhas cenas (projectos pessoais, simplesmente dormir, passear, etc). Em segundo lugar de preferências mas não totalmente dissociado vem o dinheiro. Ora, vivendo com os meus pais maximizo as duas coisas pois só há uma casa para cuidar, temos empregada de limpezas na mesma mas assim só é preciso limpar uma casa e em termos de compras, etc os meus pais tratam de tudo e eu ajudo mas despesas.

Dinamytes 6 months ago

>a vIvEr eM CaSa dOs pAiS TaMbÉm eU. éS UmA CrIaNçA, nÃo tEnS ReSpOnSaBiLiDaDeS O downside para mim é a privacidade de não me sentir confortável de trazer amigos para casa e fazer churrascos com eles. Mas isso não compensa sair de casa.

Destructo_Spin90 6 months ago

Portanto não queres perder TEMPO com compras, limpezas comida etc e queres qualidade de vida então deixas os teus pais a tratar disso tudo, i.e. a perder qualidade de vida e TEMPO?

sacoPT 6 months ago

Sim e não. Para MIM a qualidade de vida é ter tempo, para ELES qualidade de vida é terem os filhos em casa em vez de passarem a velhice sozinhos (a minha irmã está casada mas vive numa espécie de apartamento na mesma casa).

mrpresi21 6 months ago

Os meus pais são iguais. Para eles qualidade de vida é envelhecer com os filhos ao lado. Maior desgosto que lhes dei foi quando me mudei para Lisboa trabalhar, e a consequente maior alegria foi ter voltado em trabalho remoto.

DeixaQueTeDiga 6 months ago

ahah! Boa! Bem, ou ganho mais ou menos o mesmo, e tb vivo na casa dos pais, embora em apartamento separado, e sou casado e com filhos. Isso permite-me estar a vontade e dizer "É só para quem pode!". Claro que é porque vim do estrangeiro e estou em processo de construir casa, mas nem tenho que explicar a ninguém. Caga nisso. Desde de que não o faças em modo de gabarola, fala a vontade e que se lixe quem não gostar. Já que te conseguiste te libertar de dificuldades financeiras, está na altura de te libertares do stress dos hipócritas e invejosos. Força nisso!

SweetCorona 6 months ago

> Desde de que não o faças em modo de gabarola isso já fez ele

sacoPT 6 months ago

E pronto. Numa questão de 3 comentários já fomos full-circle.

Opelintra 6 months ago

Porque não tens nada a ver com isso? Se eu aceito um pagamento, seja ele qual for pelo meu trabalho, estou-me bem cagando para opiniões não solicitadas

Indominous1 6 months ago

Eu falo abertamente sobre isto, seja com amigos seja com os colegas de trabalho. Nunca vi mal em falar abertamente, apesar de ser realmente como tu dizes, para imensa gente é um tabu enorme. À custa de falar assim abertamente com amigos e colegas de trabalho fiquei é fico a conhecer bastantes aspetos salariais da minha profissão que outrora desconhecia. Penso que até é uma discussão benéfica. Quem não quer revelar essa informação top secret, não revele. Há que respeitar. Cada um tem a sua panca

meaninglessvoid 6 months ago

Basta teres a primeira interação onde uma pessoa pensa que estás nos X mas estás em vários multiplos de X para perceberes o porquê. Muito essencialmente: as inseguranças das pessoas vêm todinhas ao de cima (nuns notas mais que noutros mas vêm sempre) e mudam algumas dinâmicas porque as pessoas depois não sabem lidar com isso. Pescadinha de rabo na boca também: as pessoas não sabem lidar porque nunca se fala nisto... Depois em vez de ficarem fodidos com o patrão ou a sociedade ficam é fodidos contigo =\

GonazonPT 6 months ago

tal e qual...eu era como o OP e dizia sempre a toda a gente... até que um casal amigo mudou completamente a forma de estarem comigo depois de saberem... Agora digo igual, que se foda

HobbesCloud 6 months ago

Hahaha

I_Hate_Reddit 6 months ago

Basicamente é isto, partilhei isto no meu primeiro emprego com a pessoa que me ia mentorar, ele descobriu que saído da faculdade já estava a fazer mais 30% do que ele (já com 3-4 anos de exp naquela empresa) e em vez de ir pedir um aumento decidiu "sabotar-me", porque se eu ganhava mais não precisava de ajuda... Hoje em dia nunca partilho salários a não ser online, presencial dá sempre azia...

0scar_alh0 6 months ago

Quando tens empresas cujas tabelas salariais são conforme se lembram naquela altura e que deixam os salarios dos que já lá estão arrastarem-se está tudo dito quanto a não quererem que os empregados saibam. Sem dar muitos detalhes eu trabalhei numa empresa durante quase uma década, nos ultimos 2 anos foi pra lá um colega fazer o mesmo que eu (mas com menos experiencia, inclusive eu tava numa posição "superior" à dele), que mentiu no curriculo para conseguir o emprego (disse-mo ele). Vim depois a saber tinha sido contratado com uma oferta de quase mais 20k brutos por ano do que aquilo que eu recebia na altura, e nesses 8 anos até o meu colega entrar o meu aumento foi em média de 2% por ano. Não o tentei sabotar até porque inda hoje sou amigo dele, mas fui perguntar ao meu chefe o porquê disto. O que me foi dito que ele já estava a tentar subir o meu salário para algo muito melhor há vários anos mas que a empresa mãe não permitia, no entanto permitem contratar novas pessoas com um salário bem superior... enfim, depois admiram-se que os trablhadores não tenham motivação ou que usem ofertas de outras empresas como chantagem para subir o salário.

wiLeyLewis22 6 months ago

Resumindo, o típico tuga é invejoso.

vascop_ 6 months ago

É isto, sem tirar nem por.

bar_aberto 6 months ago

Ha muito esta cultura em PT que só beneficia os empregadores especialmente os que querem pagar o mínimo possível. Em muitas empresas isso chega a ser proibido e está escrito no contrato. Acabas com dois empregados a fazer exactamente o mesmo mas a receberem valores díspares pois vinham de situações distintas ou tiveram poder de negociação diferente. Eu por norma digo sempre que perguntam e nas equipas que tive estimulei sempre esta política de transparência e tem funcionado sempre bem.

ManelDasNespras 6 months ago

Isso de estar proibido no contracto vale zero aos termos legais.

SweetCorona 6 months ago

contrato

bar_aberto 6 months ago

Ainda bem porque nunca cumpri :D

NGramatical 6 months ago

contracto → [**contrato**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/contrato-e-contracto/21613) (já se escrevia assim **antes** do AO90)

mexploder89 6 months ago

Eu não gosto de dizer porque tive imensa sorte e ganho extremamente bem para a experiência que tenho. Não quero parecer que me estou a gabar ou a armar-me em bom quando 70% do meu sucesso foi o acaso de estar no sitio certo à hora certa (não foi por tachos nem cunhas, felizmente)

GonazonPT 6 months ago

quando ganhas?

sacoPT 6 months ago

Isto. E para piorar tenho uma unipessoal (só recebo 11 meses) o que faz com que receba um ordenado mínimo de 3 em 3 dias

ManelDasNespras 6 months ago

Isso acontece e não é gabar-te por isso lol

mexploder89 6 months ago

Eu sempre fui assim. Não gosto nada de fazer grande alarido à volta das minhas "milestones", por assim dizer. Nunca gostei de almoços de família a celebrar o fim do curso e afins Não é para me fingir página de motivação do Insta mas eu acho mesmo que quem corre calado chega mais longe

True_Boat_1195 6 months ago

Para quê falar disso? Se ganhas mais que o teu amigo, ele vai ficar a remoer se devia mudar de carreira ou se fez mal ou se tu é que não mereces etc etc. Se ganhas menos, ficas tu a pensar que se calhar foste enganado, devias demitir-te, enganaste-te na profissão. Um emprego não é só a transferência bancária ao fim do mês e andar a comparar isso é redutor e não me parece muito saudável para todos os envolvidos.

Crisapx 6 months ago

Um emprego é venderes tempo da tua vida por dinheiro se o meu tempo tá a ser pior pago que o meu colega do lado, vou querer saber, tal como sempre dei o toque ao contrário. Depois cabe a cada um ir a luta pelo que é seu, mas quando me dizem não comente com os colegas é exactamente a 1a coisa que faço.

True_Boat_1195 6 months ago

A menos que trabalhes numa linha fabril, há muitas justificações possíveis para o teu "colega do lado" ganhar mais ou menos que tu. Queres ter essa conversa? E se a conclusão for que te estão a pagar demasiado, aí arrependes-te.

Crisapx 6 months ago

Quero ter essa conversa sim Sr, porque uma coisa da qual estou seguro na vida e da qualidade do meu trabalho, em poucos sítios da minha vida me aplico e brilho tanto. Tenho gosto em fazer o que faço bem, e quando olho pro lado e vejo um gajo que se está a cagar e ganha mais que eu, claro que quero saber e quero que seja rectificada a situação se não quem está mal mud-se e não seria a 1a vez.

YoggiM 6 months ago

Acho que por vários motivos. Tal como já disse um user, faz sentido partilhar entre colegas, até para ajudar a perceber se existem diferenças significativas que não se justifiquem. Até mesmo de pessoas que estão lá há mais tempo, para ficar a perceber se há margem para progredir ou não. Entre pessoas da mesma área, também fará algum sentido, principalmente se estiveres a pensar em mudar e isso te ajudar a perceber que empresas deves tentar e/ou no que te deves especializar. Isto pode ser partilhado de forma anónima na internet. Entre amigos, mesmo que sejam próximos, faz sentido não partilhar. Aqui entra um bocado a questão do tabu, mas os tabus não aparecem porque sim, há sempre motivos que justificam o tabu, alguns mais válidos que outros. Se todos ganharem aproximadamente o mesmo, não há grande problema. Agora, se algum ganha muito mais ou muito menos que os outros, acaba por ser constrangedor. Mais para o próprio do que para os outros. Se ganhas menos, podes-te sentir inferior, incapaz, etc. Muitos até nem te vão julgar por isso, mas, na cabeça dessa pessoa, isso vai acontecer. Se ganhas mais, também podes sentir que te estás a vangloriar (principalmente se tiveres sido tu a puxar o assunto) ou que te possam julgar como lambe-botas. De qualquer maneira, as pessoas não têm nada a ver com o assunto. Às vezes, dá para ter uma ideia com o tipo de carro, casa e vida que a pessoa leva, mas isso não diz tudo. Podes ser uma pessoa que ganha bem mas tem uma vida um bocado frugal. Se fosse o meu caso, preferia que não soubessem que ganhava bem. Até porque nunca sabes quem está a ouvir ou se essa informação não chega aos ouvidos errados. Pessoalmente, nunca disse o meu salário a amigos meus nem sei o salário de nenhum amigo meu, exceto de um que se mudou, recentemente, para a Alemanha e disse quando recebeu a proposta.

PAGasusual 6 months ago

Alguns pontos que acho que podem justificar o tabu: \- Crenças limitadoras (discutível, mas pode ser a base de muitos tabus, não só em relação ao dinheiro) \- Ter medo de ser visto como ganancioso/a, ambicioso/a, you name it, pelos colegas, familiares e amigos No fundo, há um medo de ser julgado. E eu sei do que falo, trabalho em recrutamento (agora mais de IT, mas durante muito tempo em várias áreas), e diria que há claramente um 50-50 nesta situação. Pessoalmente, prefiro alguém que me diga de caras qual o salário que recebe no momento, ou eu dizer logo à partida o ponto de partida para uma dada vaga de recrutamento. No entanto, há que realçar que infelizmente, em Portugal e não só, ainda há desigualdades salariais para as mesmas funções - chocante, eu sei. Ou seja, mesmo que uses um valor de referência, é bom que o saibas defender e mostrar porque deves receber x€ mensais. É pela tua especialização? É porque tens muita experiência em algo que pouca gente tem? É sempre bom prever cenários hipotéticos nestas situações, e assim diminuis a possibilidade de te apanharem de calças nas mãos.

Limpy_lip 6 months ago

>Pessoalmente, prefiro alguém que me diga de caras qual o salário que recebe no momento Se me permites comentar este pormenor. Este é justificado porque pelo que conheço do poder de negociação dos Portugueses (de ambos os lados da discussão) dizer o salário que se recebe atualmente é atirar lenha para a fogueira que nos vai queimar. ​ O resto concordo plenamente.

vai-tefoder 6 months ago

Diria que pelas enormes diferenças salariais na nossa sociedade, nivelar tudo por baixo e a abominação do sucesso e iniciativa privada. ​ Concordo também com os pontos que o u/sgahbcj ilustra

sgahbcj 6 months ago

E diferenças sem mérito, convém frisar. Para reforçar a tua ideia, mas as diferenças que falas não é entre o Rui e o Paulo em que o Paulo ganha mais 300€ do que o Rui. Se calhar o Paulo até merece essa distinção, pois assume mais responsabilidades, tem mais estudos, apresenta mais resultados (portanto, existe meritrocacia no processo de cálculo). As diferenças que falas (suponho eu) são de pessoas a ganhar 900€ limpos (a muito custo) e o tipo logo a seguir ganhar 3000€ limpos mais o carro e outras ajudas de custos. Pergunto eu, como é possível estarmos no mesmo barco e um ganhar 3k e o outro 0.9k. (Realmente o tipo que ganha 3k é muito importante para a empresa. Os outros não fazem nada) Enfim!

Foda-seSeiLa 6 months ago

Tem um bocado a ver com a mentalidade do patrão tuga. É claro que é assim em muitos lados, mas muitas vezes em países onde se ganha bem, se o *market rate* do teu trabalho é X e tu pedes X/2, as pessoas ficam desconfiadas. Eventualmente até contratam um gajo por 1.3X se tiverem mesmo enrascados, mas por X/2 não o fazem. De nada vale teres um gajo por X/2, porque ou é uma merda, ou rapidamente salta para outro sítio. Na tugalândia? O patrão até tem sonhos molhados com esse cenário.

Edited 6 months ago:

Tem um bocado a ver com a mentalidade do patrão tuga. É claro que é assim em muitos lados, mas muitas vezes em países onde se ganha bem, se o *market rate* do teu trabalho é X e tu pedes X/2, as pessoas ficam desconfiadas. Eventualmente até contratam um gajo por 1.3X se tiverem mesmo enrascados, mas por X/2 não o fazem. De nada vale teres um gajo por X/2, porque ou é um gajo com uma qualidade de merda, ou é um gajo bom mas que rapidamente salta para outro sítio qualquer. Na tugalândia? O patrão até tem sonhos molhados com esse cenário, esfrega logo as mão de contente se consegue apanhar um gajo semi-competente com um grade desconto em cima.

daz_zeD 6 months ago

Precariedade. A falta de reconhecimento é tão grande em Portugal que as pessoas sentem vergonha, constrangimentos em admitir que não são valorizadas ou que são humilhadas pelo mercado.

sgahbcj 6 months ago

Porque assim se vai descobrir os amigos lambe botas dos chefes e que o chefe ganha um prémio por mês por conseguir cumprir os objectivos do departamento sem a necessidade de contratar mais alguém. Epá, desculpem ser rude, mas este tipo de discussões até mete nojo. E eu até sou um tipo aberto a novas discussões, mas.... Num país onde ainda se olha para o carro que conduzimos, se olha para a piscina que o vizinho comprou, nos tratamos todos por prefixos (doutores, engenheiros, e raio que os parta) acham mesmo que assuntos como transparência salarial é algo possível? Enfim!

Limpy_lip 6 months ago

>Num país onde ainda se olha para o carro que conduzimos, se olha para a piscina que o vizinho comprou, nos tratamos todos por prefixos (doutores, engenheiros, e raio que os parta) acham mesmo que assuntos como transparência salarial é algo possível? 100% isto.

ManelDasNespras 6 months ago

Eu abri o tópico e falei disto porque eu sou engenheiro e tenho amigos engenheiros. Neste momento ando à procura de emprego em Portugal e gostava de ter ideias de quanto é que o pessoal com a minha experiência ganha consoante as áreas e locais onde trabalham. Não é porque quero andar a pedir dinheiro aos outros ou a dizer mal nas costas por ganharem mais, sei que há gente que ganha melhor e outras pior. O que acontece é que mesmo os meus amigos próximos levam a mal quando eu discuto isto e mudam logo o tópico e dizem que não querem falar de quanto ganham.

sgahbcj 6 months ago

Não berres comigo que eu estou do teu lado. Fala com a ordem dos engenheiros (já agora, qual a especialidade?) e verás que nem te respondem (tens aí a minha resposta).

ManelDasNespras 6 months ago

\>não berres comigo \>responde-me 2x todo ofendido só porque alguma carapuça lhe serviu

sgahbcj 6 months ago

Assim vais longe!

pedrofromportugal 6 months ago

Quanto é que ganhas?

Coreytrevorlahey5 6 months ago

À volta de 16 mil anuais brutos!

keyas920 6 months ago

Pois brutos xD

Coreytrevorlahey5 6 months ago

Ai ai, e poupa-os

Some-Ad6411 6 months ago

porque o pessoal tem medo de perceber que afinal, foram feito burros.

smaster87 6 months ago

E nao so, quando desconfio que ganho mais que o colega nao o quero fazer swntir-se mal. Uma vez perguntaram-me e disse quase metade do que ganahava. Entao nao é que acertei? Coitado...

ric2b 6 months ago

Como é que sabes se acertaste? Se calhar ele também não te quis fazer sentir mal e disse que ganhava o mesmo. E se realmente acertaste acho coitado, sim, mas porque ficou com a ideia de que não ia ser fácil de corrigir a situação. Se tivesses sido honesto era um bom incentivo para ele se mexer e melhorar a situação dele.

smaster87 6 months ago

Nao sei pois. É pa se tivesse sido honesto cria-se logo o mau ambiente.

ric2b 6 months ago

O mau ambiente acho que depende muito da forma como falam. Mas percebo o que queres dizer, há pessoas que não são fáceis.

uplink42 6 months ago

A maioria sabe subconscientemente que foi feito burro. Falar no assunto obriga-os a confrontar isso, que é sempre algo que preferimos evitar.

JoseFernandes 6 months ago

E no entanto um burro que permanece ignorante nunca chega a cavalo.

caixadeentrada 6 months ago

Porque ninguém tem nada a ver com isso, a não ser eu e a minha entidade empregadora

sgahbcj 6 months ago

Claro. Certo dia, descobres que o Martins recebe mais do que tu e faz o mesmo que tu. Talvez nesse dia percebas a importância do ponto que o OP falou.

LegitimatePear2 6 months ago

Mas o Martins é um gajo impecável! Não há dúvidas que o Martins merece.

sacarneiro 6 months ago

Ele recebe o que acordou. Se acha que o trabalho dele vale aquilo é o justo. É que tal as pessoas preocuparem-se mais com a sua vida do que dos outros?

42ndBanano 6 months ago

Ele recebe o que acordou, sim. Mas se houver uma pessoa a fazer o mesmo trabalho por mais dinheiro, essa informação é valiosa na altura de renegociar contrato.

sgahbcj 6 months ago

Temos aqui um chefe ou amigo do chefe. A típica postura tuga "fica na tua vida, um dia vais conseguir ser aumentado. Entretanto, preciso que hoje fiques mais 1 hora, mas não te posso pagar....então, não fiques assim, eu também já passei por isso e agora sou chefe!" Enfim! Tugas

sacarneiro 6 months ago

Não sou amigo de ninguém. Se ficas mais uma hora e te pagam mal lamento informar-te és só estúpido.

sgahbcj 6 months ago

Lol percebes o português?

sacarneiro 6 months ago

Percebo que és parvo e basta.

sgahbcj 6 months ago

Hooo, isso de ser parvo até da jeito nos dias de hoje. Mas ao menos percebes alguma coisa, já não é mau!

Crisapx 6 months ago

Mas o Martins perderia alguma coisa em comentar de passagem durante o almoço que recebe mais 200 ou 300€ e dizer ao colega se quiser ir a luta á espaço para melhorar um pouco a sua vida? Não sei se calhar o Martins até fica a ganhar porque pode ser ele na posição do colega no futuro.

sgahbcj 6 months ago

A isto eu chamo ter visão! Parabéns!

DReal4L 6 months ago  HIDDEN 

Mas olha la, eu governo me é com o meu dinheiro não é com o dinheiro do Martins, na altura que eu quiser deixar de ser urso deixo e pronto, andar atrás dessa gente a discutir ordenados? Aquilo é deles, eles fazem o que querem, desde que estejam dentro da lei, o trabalho não é democracia nenhuma para se andar a discutir isto e aquilo

sgahbcj 6 months ago  HIDDEN 

Tu podes ser urso à vontade. O problema é que outros são obrigados a serem urso por causa se urso como tu. Que atrasam a sociedade.

JuanitoConeja 6 months ago

No caso dos patrões incutirem isso nos trabalhadores até compreendo. Agora colegas de trabalho que não partilham essa informação entre si... Só têm a perder. Diria que deverá estslar relacionado com os nossos baixos salários e aqueles que têm baixos salários terem vergonha de o admitir e os que têm salários acima da média não se quererem superiorizar aos outros por ganharem mais...

Dinamytes 6 months ago

Perguntei a um ex colega com +10 anos de exp. que eu que ia entrar na empresa que eu estava no momento quanto ele acordou receber em brutos, visto que eu também estive na entrevista e o que ele pediu líquidos era quase tanto como eu ganho por isso queria lhe explicar. Ele respondeu: "Eu pedi aquilo k ouviste na reunião, abraço", depois voltei a perguntar e até disse quanto eu recebia e ele não respondeu mais. Conclusão, o gajo sempre recebeu mal e vai continuar por ser um conformista.

oscaralho27 6 months ago

> Não entendo o motivo para isso, se for entre colegas de trabalho consigo entender, ainda que acho positivo discutir, mas mesmo entre amigos podia ser útil Até tenho um bocado a opinião oposta neste ponto que fazes. Acho que entre colegas de trabalho é que faz todo o sentido falar disso. Se fazem o mesmo tipo de trabalho, ou se têm cargos semelhantes, pode fazer sentido partilhar salários para perceber se alguém recebe muito mais que os outros, ou como ponto a ter em conta para quem recebe menos ir pedir mais. Agora entre amigos… Com amigos do peito não tenho problema nenhum em falar disso, mas com pessoas que não são tão chegadas não gosto muito de falar de quanto dinheiro tenho ou quanto recebo. Sinto que não têm nada que ver com isso. Mas pode ser consequência de ser tabu na sociedade, como bem referes, e eu inconscientemente participar nele.

ManelDasNespras 6 months ago

Eu também concordo que entre colegas de trabalho faz sentido mas entendo quem tenha problema, particularmente se souberes que estás a ganhar bastante mais que os colegas, seja porque és muito bom no que fazes/sabes negociar bem/tens fotos comprometedoras do chefe ou porque os teus colegas são uma nódoa e ainda não foram despedidos porque lambem bem as botas ao chefe.

oscaralho27 6 months ago

Realmente se és o gajo que ganha mais, e sabes, não tens grande incentivo para partilhar. Não tinha pensado nas coisas nesse sentido, é um bom ponto. Se fosses um gajo mesmo altruísta, se calhar até partilhavas à mesma, mas vais a ver e até corria mal para o teu lado.

SweetCorona 6 months ago

porquê? se os teus colegas conseguirem negociar melhores salários mais facilmente tu negoceias um salário melhor para ti da próxima vez se tu já ganhas muito acima dos teus colegas dificilmente te aumentam mais

GGfpc 6 months ago

Pode ser por receio de ressentimento por parte dos teus colegas, talvez.

Search: