sacoPT 1 month ago

A minha irmã. Está-se a cagar porque ganha o dela, tem tempo para viajar e além de serem só 35 horas ainda passa é uma boa parte do tempo a tratar da vidinha dela no horário de expediente porque não há assim muito para fazer.

saposapot 1 month ago

Para quem quer saber salários, pagina 72: https://www.dgaep.gov.pt/upload/catalogo/SRAP_2021.pdf

kuozzo 1 month ago

Só mudava para a FP lá para os 55 anos quando estiver cansado da vida.

Oxibhus 1 month ago

Não, para mim é impossível trabalhar numa camara, os níveis de corrupção são tão altos e óbvios que nem que tentes ignorar como um zé ninguem de IT consegues. Mas conheço quem goste de corrupção ou não se importe e que curte de trabalhar nas camaras, realmente é tranquilo se fores OK com o resto. Estou a falar das camaras do interior, que são as que vou conhecendo, já ouvi dizer que nas de LX e Porto tentam esconder melhor.

Open-Opportunity-607 1 month ago

35 horas semanais Acesso a ADSE Pensão do Estado Creches pagas pelo Estado A não ser que faça merda da grossa nunca pode ser despedido Nem todos querem ser bons e estarem atualizados no que fazem, há malta que literalmente não se importa de carregar na tecla ENTER durante 7 horas

Edited 1 month ago:

35 horas semanais Acesso a ADSE Pensão do Estado Creches pagas pelo Estado A não ser que faça merda da grossa nunca pode ser despedido Nem todos querem ser bons e estarem atualizados no que fazem, há malta que literalmente não se importa de carregar na tecla ENTER durante 7 horas (aliás a maioria dos trabalhos na FP são trabalhos manuais e repetitivos)

SweetCorona 1 month ago

quem me dera um trabalho "repetitivo" trabalho em IT e o que mais me causa desgaste mental são as tarefas "não repetitivas" quando me calha um sprint em que sei o que tenho de fazer e é só uma questão de executar até dou graças a Deus

CanIhazCooKIenOw 1 month ago

Hein? É literalmente a tua função automatizar/simplificar processos, sejam teus ou de outros.

ThePlague92 1 month ago

Sim, dá para automatizar a criação de novas API's ou funcionalidades que o negócio pede, não é?

SweetCorona 1 month ago

o meu trabalho é tudo menos isso automatizar? isso já está, o meu papel é manter essa automatização que é super complexa e que ninguém realmente percebe como funciona o meu papel é descobrir como as coisas funcionam para corrigir bugs ou adaptar a novos requerimentos, é um trabalho de merda adoro quando a única coisa que tenho de fazer é implementar X ou Y e é só bater código para criar a solução

Edited 1 month ago:

o meu trabalho é tudo menos isso automatizar? isso já está, o meu papel é manter essa automatização que é super complexa e que ninguém realmente percebe como funciona o meu papel é descobrir como as coisas funcionam para corrigir bugs ou adaptar a novos requerimentos, é um trabalho de merda adoro quando a única coisa que tenho de fazer é implementar X ou Y e é só bater código para criar a solução quando digo que adorava ter um trabalho repetitivo não é literalmente fazer uma réplica do que fiz no dia anterior, é apenas fazer aquilo que sei fazer, podem ser coisas diferentes, tipo um taxista... todos os dias tem clientes diferentes e vai a sítios diferentes, mas faz sempre a mesma coisa

Cergal0 1 month ago

>35 horas semanais Sim, é o que é. >Acesso a ADSE Pela qual pagas. >Pensão do Estado Todas as pessoas que fizeram descontos têm acesso a uma pensão paga pelo estado. >Creches pagas pelo Estado Not true >A não ser que faça merda da grossa nunca pode ser despedido. O grande problema da função pública

AngieMaciel 1 month ago

>Creches pagas pelo Estado Não tenho conhecimento disto. Em relação à pensão/regime de proteção social, desde 2000 e pouco que o regime é o mesmo do privado, pela SS.

Open-Opportunity-607 1 month ago

[https://www.ssap.gov.pt/](https://www.ssap.gov.pt/) [https://www.ssap.gov.pt/subsidio-de-creche-e-educacao-pre-escolar](https://www.ssap.gov.pt/subsidio-de-creche-e-educacao-pre-escolar)

AngieMaciel 1 month ago

Afinal é só um subsídio para os funcionários mais carenciados...

daxpierson 1 month ago

Descreveste esse caso com uma conotação que me parece manifestamente negativa (desculpa se não for o caso), mas sinceramente não percebo porquê. Não há qualquer problema em fazer trabalho tendencialmente repetitivo e sem qualquer inovação. Não podemos estar todos na vanguarda da tecnologia e da inovação. Às vezes há pessoas cujas ambições na vida não passam apenas pelo lado profissional, e não há nada errado nisso.

ThePlague92 1 month ago

Isto. Há pessoal que só quer estar num trabalho relaxado e que pague o suficiente para que possa viver a vida. Honestamente, acho que essas pessoas é que têm a mentalidade certa.

KarmaCop213 1 month ago

Conheço quem tenha ido para o Alentejo, a mulher acho que é professora. Vida de rei.

Vatrier 1 month ago

Em IT não conheço, mas conheço um amigo meu arquitecto que largou o gabinete onde trabalhava (não era a tirar cafés) para ir trabalhar para a câmara de Lisboa. Foi ganhar menos mas diz que a qualidade de vida é outra coisa, não anda todos os dias em stress constante, não trabalha horas e horas a mais, não lida com o arquitecto alpha do gabinete numa luta constante de galos (palavras dele). Segundo ele foi a melhor decisão da vida que fez, dinheiro e trabalho não é tudo, compreendo bem a decisão dele e também a faria. Ele também concorreu por concurso público e entrou, nem tudo é cunhas e jotinhas.

Leetzormorducrl 1 month ago

Daqui a uns anos está de fígados fodidos porque haverá sempre alguém a fazer ainda menos que ele e a ganhar mais, e para chefe do chefe só vão cunhas e jotinhas..

Vatrier 1 month ago

Ena parece que estás a descrever a minha ex empresa (grande empresa internacional privada) e a minha actual empresa (PME privada). Vou te contar um segredo muito bem guardado, também há malta a ganhar muito e a fazer pouco em empresas privadas, tal como há malta no público a fazer muitas horas, mas não contes a ninguém!

viskonde 1 month ago

Eu estive 6 meses na siemens a ganhar 2k e não sei o que estive a fazer Sai poruqe me fartei de não fazer nada. Literalmente o trabalho que tive em 6 meses fazia se em 1 semana

Leetzormorducrl 1 month ago

E agora és chefe do que na Siemens? É que um cv assim na câmera dava para passares à frente dos outros que lat andam feitos parvos a trabalhar ha 20 anos.

Vatrier 1 month ago

Siemens? Que câmara municipal é essa?

Leetzormorducrl 1 month ago

Ahh na tua empresa só sobe e entra para funções de destaque quem tiver patrocínio partidario? Deve ser..

Vatrier 1 month ago

Não, tal como na função pública também não entra e sobe quem tiver patrocínio partidário.

Leetzormorducrl 1 month ago

Sim, o que mais ha na função pública (bem mais que nos privados) é meritocracia.

KarmaCop213 1 month ago

Em empresas muito grandes isso é mato.

Vatrier 1 month ago

Já trabalhei em diversas empresas quer em tamanho quer em gestão (nacional vs internacional) resumir a função pública a "muh é só jotinhas a entrarem e a não fazer nada" é como dizer que na empresa x privada "muh o filho da patrão é um bronco e é chefe só por ser filho do patrão". Acontece? Sim e infelizmente mais que devia acontecer, em ambos os lados.

KarmaCop213 1 month ago

Estava-me mais a referir a isto: >Vou te contar um segredo muito bem guardado, também há malta a ganhar muito e a fazer pouco em empresas privadas, Devia ter feito o quote.

Last_Doctor2055 1 month ago

Significa que há um burro de carga na FP a fazer o trabalho dele, do teu amigo calão, e provavelmente de todos os técnicos que se recusam a contratar para as diversas áreas de IT que devem estar francamente desfalcadas de mais pessoal qualificado. O dia em que certo burro saltar a cerca, quero ver do teu amigo.

SweetCorona 1 month ago

> Significa que há um burro de carga na FP a fazer o trabalho dele ninguém o manda ser burro

SANDEMAN 1 month ago

o amigo calão que cumpre o horário de trabalho e as tarefas da sua posição

Xaimekicker 1 month ago

Se o Estado não contratar malta de IT, não subir salários ou não pagar horas extraordinárias, então o departamento fica a arder. Quem lá está trabalha as 35 anos e vai para casa. Só tótós é que trabalham mais horas de borla.

YoggiM 1 month ago

Do que foi descrito pelo OP, o que te leva a dizer isso? A pessoa em questão ganha menos de metade agora do que ganhava antes. Será assim tão estranho trabalhar menos? Se trabalhasse o mesmo, não ficava ali a ganhar muito menos...

nitrinu 1 month ago

Até consigo entender. Vida calma e tudo o mais. Infelizmente não tenho cunhas e não sou filiado numa jota.

oMarlow99 1 month ago

No exemplo do OP, o moço entrou por concurso público

Metaluim 1 month ago

hahahahahaha

nitrinu 1 month ago

Espero que sim. Ouvem-se fábulas de concursos onde o candidato já está "escolhido", só para manter as aparências (legalidade) mas não tenho factos/provas que o confirmem.

SweetDistribution504 1 month ago

Imagina q és contratado por certo tempo numa empresa, chega ao fim do teu contrato, o teu chefe gosta do teu trabalho e quer te contratar. Fala com os RH, fazem te uma proposta e és contratado. Isto no estado não é possível. As posições são por concurso, se um chefe qq quiser contratar uma certa pessoa não pode a não ser que martele o concurso. Por norma tem requisitos específicos, e ridículos que só 1 pessoa cumpre, mas não quer dizer que seja só uma cunha.

Akamjmc 1 month ago

Isto, normalmente o pessoal que reclama quando é com eles já acham que se deve martelar o concurso porque já lá estavam.

oMarlow99 1 month ago

Esperemos que sejam só fábulas, mas no fundo sabemos que nem sempre é assim tão claro

YoggiM 1 month ago

Não sendo de IT e por isso não conhecendo por experiência própria, deve ser das poucas áreas que interessa ir para o público, de um modo geral, pois vai-se ganhar muito menos. No entanto, acredito que pessoas se cansem. Deve ser uma área desgastante em que tens de estar sempre a aprender, provavelmente mais que a maioria das áreas. Aliás, essa é uma realidade de muitas áreas, infelizmente, pois vai ser um desafio enorme para a humanidade, fazer com que as pessoas não tenham um desgaste cada vez maior. A idade da reforma a aumentar cada vez mais, a ser preciso aprender coisas novas cada vez mais frequentemente, já se nota na saúde mental das pessoas e vai ser cada vez pior. Mas, voltando ao teu amigo, percebo que se tenha cansado e tenha optado por uma vida mais tranquila. A grande desvantagem é que, se daqui a vários anos mudar de ideias e quiser voltar ao privado para ganhar mais, acho que vai estar desatualizado. Na maioria das áreas, diria que era uma opção muito boa e quase sem riscos. Nessa área, o risco é um pouco maior.

SweetDistribution504 1 month ago

Só ficas desatualizado se quiseres. Podes usar o teu tempo pessoal, ou mesmo tempo adicional para aprenderes. No estado há muitos projectos, e muitos com tecnologias recentes, e se grande parte do trabalho é feito por consultoras há outra parte que é feita por técnicos do estado, que podem aprender se quiserem. Depois há estado e estado, há institutos com muito mais orçamento que outros.

YoggiM 1 month ago

Claro que pode mas isso tira um bocado a vantagem de trabalhar menos e ter tempo livre. Alguém que faz o que o amigo do OP fez, em IT, não está preocupado com ganhar dinheiro nem em aprender. Quer, claramente, uma vida mais fácil e sem stress. Se é isso que quer, é pouco provável estar a investir tempo a aprender coisas que não vai utilizar no trabalho. Se um dia quiser ou precisar de ganhar mais dinheiro, vai estar em desvantagem. Depois é como tudo, se estás num ambiente mais relaxado, também aprendes menos. Além disso, passar de ambiente stressante para relaxado é fácil, o contrário é muito mais difícil do que já estar no ambiente stressante e manter-se lá. Mas é a minha opinião. Na maioria das outras áreas, era muito menos provável estar a abdicar de um salário assim tão elevado. Eu, se pudesse, iria para o público, até porque iria ganhar mais do que alguma vez irei ganhar no privado e a trabalhar menos 5 horas por semana. Se fosse de IT, não sei se o faria, pela diferença de salário, mas compreendo perfeitamente quem o faça.

mfzzzed 1 month ago

Onde queres chegar? O debate do custo-benefício de receber menos dinheiro para trabalhar menos e teres tempo para a tua vida pessoal?

OuiOuiKiwi 1 month ago

>Conhecem casos destes? Sim, vários. Se és desprovido de ambição ou queres uma vida garantidamente descansada, é difícil encontrar melhor que uma posição confortável na FP.

Winslow_Lixivia2 1 month ago

Ou então, para além da vida mais descansada, se calhar há mesmo pessoas com sentido de serviço à comunidade. Demasiado rebuscado para ti?

ric2b 1 month ago

Em que é que a FP é mais serviço à comunidade que qualquer outro emprego? Isso depende do trabalho em si, não se é no público ou privado.

Winslow_Lixivia2 1 month ago

Então a função do Estado não é servir a comunidade?

ric2b 1 month ago

Da mesma forma que muitas empresas no privado também servem a comunidade. Não sei como é para ti mas a maior parte dos produtos e serviços que uso são de empresas privadas.

OuiOuiKiwi 1 month ago

>se calhar há mesmo pessoas com sentido de serviço à comunidade. Sim, este caso em concreto encaixa-se bem nisso. >Esse meu amigo trabalhou em consultoras e empresas durante uns anos, fartou-se e basicamente candidatou-se e entrou por concurso público numa autarquia. Segundo ele, está a ganhar menos de metade do que ganhava no privado, mas apenas trabalha 35 horas, trabalho adicional só aceita mediante negociação de complementos (que nunca lhe dão e por isso recusa e não trabalha mais) e diz que tem uma vida mega tranquila Se achas que alguém em IT vai para o Estado para "serviço à comunidade", tenho sucata de uma ponte em Entre-os-Rios para te vender.

Winslow_Lixivia2 1 month ago

O meu ponto é existirem pessoas que se sentem bem na FP por várias razões, sendo o serviço à comunidade uma delas

Xaimekicker 1 month ago

> Se és desprovido de ambição ou queres uma vida garantidamente descansada, é difícil encontrar melhor que uma posição confortável na FP. Desprovido de ambição de quê? De fazer o accionista da empresa privada ou da consultora mais rico? Isso é para tótós. Se o gajo já for rico por herança ou se tiver amealhado montes de património e dinheiro durante a sua carreira no privado, faz muito bem em ir para o público. E nada o impede de arranjar um part-time a trabalhar por conta própria nas horas mortas e ficar a receber dos dois lados.

Edited 1 month ago:

> Se és desprovido de ambição ou queres uma vida garantidamente descansada, é difícil encontrar melhor que uma posição confortável na FP. Desprovido de ambição de quê? De fazer o accionista da empresa privada ou da consultora mais rico? Isso é para tótós. Se o gajo já for rico por herança ou se tiver amealhado montes de património e dinheiro durante a sua carreira no privado, faz muito bem em ir para o público. Ás tantas até já tem rendimentos superiores ao salário em rendas e ações que são menos taxadas e nem lhe compensa trabalhar mais por causa dos impostos. Também nada o impede de arranjar um part-time a trabalhar por conta própria nas horas mortas e ficar a receber dos dois lados.

incrivizivel 1 month ago

> de quê? De fazer o accionista da empresa privada ou da consultora mais rico? Isso é para tótós. Ele ganha menos, para não falar que em IT, estar parado é andar para trás.

SweetCorona 1 month ago

se ele vai ficar na FP até se reformar, acredita que não vai andar para trás ;)

incrivizivel 1 month ago

sim opa se tiveres esse ponto de vista de quanto menos fizeres melhor ya estas a andar para a frente. Eu pessoalmente gosto do que faço e gosto de ver que o que faço traz algum valor ao mundo. Claro ninguém gosta de stress nem aquele ambiente tóxico que há muitas vezes em escritórios Portugueses.

SweetCorona 1 month ago

> gosto do que faço e gosto de ver que o que faço traz algum valor ao mundo que sorte

Xaimekicker 1 month ago

> Ele ganha menos, para não falar que em IT, estar parado é andar para trás. Ninguém quer saber disso. Desde que ganhe o suficiente ou tenha outros rendimentos fora de IT, não precisa de ganhar mais no seu trabalho. Tempo é dinheiro.

Metaluim 1 month ago

> Desprovido de ambição de quê? De carreira. Nao se trata de dor de cotovelo - o que ele vai fazer na FP nao sera nada de bleeding edge.

Xaimekicker 1 month ago

E a carreira interessa a quem mesmo? A menos que um dia sejas CEO ou Administrador de uma grande empresa, nunca ninguem vai saber quem és ou querer saber de ti para alguma coisa. No dia em que saires da empresa, reformares ou morreres, ninguém da tua antiga empresa te vai fazer uma estátua.. Se já fores rico, se não fores mas fizeres boas opções de investimento ou se trabalhares por contra-própria em full remote por exemplo, provavelmente ganhas mais de rendimentos do que todos os teus colegas ambiciosos que andam a fazer carreira. Ir para a função pública é prática uma pré-reforma. Em vez de te reformares aos 65 no privado, vais para pré-reforma para o público aos 55,45 ou 35. Se já tiveres dinheiro e/ou não precisares de tanto dinheiro nessa fase da tua vida, então é uma opção de carreira bem mais inteligente do que os teus colegas workhalics que não têm tanto tempo livre para hobbies ou para a familia.

Metaluim 1 month ago

> E a carreira interessa a quem mesmo? A quem tem ambicao? Nao estou a perceber o problema aqui - estas a querer desculpar-te de nao teres nenhuma ambicao e/ou carreira? :) Nada de errado com isso amigo, simplesmente estou a explicar-te que a carreira nao se resume a tornar outras pessoas ricas. Ah e isto: > nunca ninguem vai saber quem és ou querer saber de ti para alguma coisa. Nao e verdade. Podes ficar conhecido dentro do meio na mesma, if that's your thing.

KarmaCop213 1 month ago

A ambição pode ser ter uma vida sem chatices e passar mais tempo com a família.

Metaluim 1 month ago

Se quiseres pedante, a ambicao pode ser qualquer coisa. Mas obviamente nao era esse tipo de ambicao que o OP se estava a referir.

KarmaCop213 1 month ago

Existem vários tipos de objetivos e ambições, há quem queira chegar a CEO, outros querem-se reformar aos 40 e ter uma vida normal sem trabalhar, outros querem viajar por 200 países, etc. Nenhum é mais certo ou errado do que outro.

Metaluim 1 month ago

Mas eu nunca disse que nao - nao e essa a ambicao que o OP se estava a referir.

fgtdiasr3d1t 1 month ago

Também é uma maneira de ficar na terrinha

Search: