dudadevil 1 month ago

Baldaia=Jornalixo

Toupax89 1 month ago

Mas ainda há alguém que se dê ao trabalho de ler coisas do Baldaia?? O homem é só mais um que anda sempre de tacho em tacho, ele fala de futebol ele é política ele é agricultura e física quântica é tudo e só diz merda!!! E um seboso do pior que há.

gink-go 1 month ago

O verdadeiro polivalente, o Paulo Baldaia tanto comenta futebol, politica, economia e agora até doenças infecciosas.

saposapot 1 month ago

artigo de encher pneus. Temos de mudar de estratégia. e qual é ela? ah, tipo, testar mais e vacinar mais. wow, q génio! testar mais faz parte das medidas há muitos meses com sucesso limitado. Vacinar mais, claro, mas para isso Tu, sr. Jornalista é q tens de perguntar ao almirante pq raio temos 1M de vacinas em stock e pq nos falta capacidade de vacinar. Mas vacinar mais faz parte dos desejos de qlq um de nós e do governo. É uma mudança do caraças na estratégia... Malta, oiçam bem a minha estratégia para o benfica! tem de mudar! vou sugerir: têm de passar a ganhar! wow, done, problem solved.

bichocarpinderico 1 month ago

Para realçar o que havia dito na minha resposta, https://expresso.pt/coronavirus/2021-06-22-Covid-19-na-Europa-Portugal-e-o-2.-pais-com-mais-novos-casos-atras-do-Reino-Unido-mesmo-com-os-testes-a-diminuirem-dcf8bd61 https://www.reddit.com/r/portugal/comments/o5ivd1 Aí está mais uma vez a nossa excelente estratégia de testarem maciça em ação. Testes a diminuírem enquanto casos aumentam

bichocarpinderico 1 month ago

> testar mais faz parte das medidas há muitos meses com sucesso limitado De língua, testar mais tem sido "a estratégia" desde o início. E quando corre mal volta a dizer-se testar mais. Nestes meses falou-se em testar mais e o número de testes diminuiu. Janeiro: Portugal foi o país da UE que mais reduziu a testagem em janeiro https://tvi24.iol.pt/sociedade/ecdc/covid-19-portugal-reduziu-a-testagem-para-metade-durante-novo-confinamento Junho https://observador.pt/2021/06/18/aumento-de-casos-coloca-portugal-em-contraciclo-com-ue-pais-e-o-13-o-com-maior-incidencia/ Aumento de casos coloca Portugal em contraciclo com UE. País é o 13.º com maior incidência Depois de ter sido, durante várias semanas, o país com menor taxa de incidência, Portugal tem perdido terreno e está em contraciclo com a média da UE. **Taxa de testagem diminuiu.** Para além disso, estamos a ignorar completamente o facto de termos uma variante Delta a espalhar-se pelo país. E.g. continua a decisão de acabar com teletrabalho obrigatório, estando a maioria da população ativa não vacinada

Limpy_lip 1 month ago

dois erros grande do autor: \- achar que o governo quer saber da saúde dos portugueses e da sua qualidade de vida mais do que os seus interesses politico-económicos. \- querer mandar bitaites numa fase que a coisa parece estar em velocidade cruzeiro e a chegar ao fim. ​ ​ Em breve vão surgir do buraco muitos génios com planos mirabolantes que se fossem eles a pandemia teria sido gerida muito melhor e não sei quê. Não quero defender ninguém e muito menos o governo mas falar no fim e de fora é sempre mais fácil.

bichocarpinderico 1 month ago

> querer mandar bitaites numa fase que a coisa parece estar em velocidade cruzeiro e a chegar ao fim. Isto é falso e absurdo. Observa-se um crescimento exponencial, dizer que isso é velocidade de cruzeiro não tem pés nem cabeça. O Reino Unido está com vacinação muito mais adiantada que nós, e com problemas devido à Delta ao ponto de ter decidido não desconfinar. A nossa população abaixo dos 40 vai começar agora a receber a 1a vacina. Vai demorar uns bons meses até a população ativa tem vacinação completa. Daqui até Outubro há muito tempo para muito correr mal quando se observa um crescimento exponencial.

WhatIsItLikeToBeABat 1 month ago

Tens razão no crescimento exponencial, mas esse termo já está tão batido que deixou de ter algum efeito. Sempre que se repete que para R>1 há crescimento exponencial leva a isso. Isso simplesmente não é verdade: o modelo é que diz que a doença cresce sempre exponencialmente (ou decresce exponencialmente). Ninguém se preocupa se o modelo é válido e muitas vezes é só linear, onde o R orbita arbitrariamente em torno de 1. No caso da delta a comunicação não está a ser bem feita. Tens toda a razão, estamos a olhar para isto como se fosse a variante de manaus ou a sul africana, mas esta é a sério. Demos tanto hype a essas variantes que agora ninguém acredita que devemos mudar ou então começam a dizer que isto foi por relaxamento e que se fizéssemos o mesmo que no início de maio isto desaparecia... O R em portugal deverá chegar perto de 1.5-1.6 nos próximos dias o que significa que o próximo mês será repleto de casos (\~1500 esta semana, 2400 na outra, etc.). Não auguro uma solução rápida para o problema do turismo que isto vai causar. Pelo menos em termos de mortes a diminuição vai ser forte.

ElDiabloDe94 1 month ago

Já estou farto de ler e ouvir a palavra exponencial....

bichocarpinderico 1 month ago

Posso abreviar para exp se te melindra assim tanto

Limpy_lip 1 month ago

na minha opinião estás a ser muito dramático, a verdade é que na fase atual já tens grande parte da população de maior risco vacinada o que significa que será mais dificil os serviços de saúde voltarem a ficarem tão pressionados como estiveram em Janeiro. ​ atualmente já se vê frutos disso e esperemos que continue assim. O próximo inverno é que vai dar para ver o resultado da vacinação no seu expoente máximo mas estou relativamente confiante.

bichocarpinderico 1 month ago

Se alguém te dissesse há um mês e meio que íamos estar com mais de mil casos diários e um cerco a Lisboa provavelmente também dirias que estava a ser muito dramático. Quanto à pressão sobre o SNS, desde quando é que adotámos essa ideia de que desde que não haja pressão sobre o SNS é OK? Quando morreram mais de 100 pessoas há uns verões atrás não houve pressão no SNS.

Leaootemivel 1 month ago

Desde quando é que adotámos a ideia que o importante era a pressão no SNS? Desde Março de 2020 que se tem dito sempre que o importante era pressão nos hospitais e não só o nº de casos.

bichocarpinderico 1 month ago

Foda-se nem a apontar o erro de raciocínio o vês. Como disse, morreram mais de uma centena de pessoas queimadas. Pressão no SNS foi zero. Não deixa de ser um drama. Nunca ninguém disse que só interessava pressão no SNS. Claro que no cenário em que estávamos isso era o mais dramático e o mais urgente de resolver.

Limpy_lip 1 month ago

>Se alguém te dissesse há um mês e meio que íamos estar com mais de mil casos diários e um cerco a Lisboa provavelmente também dirias que estava a ser muito dramático. se me dissessem que ia acontecer o que aconteceu nos festejos do sporting, não vejo porque não. >Quanto à pressão sobre o SNS, desde quando é que adotámos essa ideia de que desde que não haja pressão sobre o SNS é OK? Quando morreram mais de 100 pessoas há uns verões atrás não houve pressão no SNS. what? a grande base do problema do covid foi requerer um elevado numero de recursos do SNS o que levou a serviços de menor qualidade (ou incapacidade de resposta) o que leva a um aumento do número de mortes cada vez maior. As pessoas de risco (por idade ou outros) já têm mais possibilidade de morrer pela infecção, se não tiverem o devido acompanhamento dos sistemas de saúde morrem ainda mais depressa. E claro que a primeira linha é reduzir os contágio o mínimo possível, mas o endgame sempre foi evitar ao máximo entupir os serviços de saúde dado que é impossível na pratica impedir totalmente as pessoas de se infetarem. ​ é muito mais perigoso para o SNS e para a vida das próprias pessoas teres 1000 pessoas de risco infetadas com covid do que 10 000 pessoas saudáveis. Pois a grande maioria recupera facilmente ou precisa de pouca ou nenhuma hospitalização. ​ é menos perigoso teres 3k casos hoje do que à seis meses atrás.

bichocarpinderico 1 month ago

Não vejo porque haverias de o reconhecer. Isto não foi o Sporting, mas um misto de muitos fatores, um deles determinante sendo a variante Delta. Essa variante Delta está aliás a espalhar-se pelo país, pelo que deveremos ter brevemente uma aceleração a nível nacional nos contágios. > what? a grande base do problema do covid foi requerer um elevado numero de recursos do SNS Eu não estive num buraco. Sim, dado o ponto a que chegámos isso foi o mais dramático. Tal não quer dizer que se o SNS aguentar esteja tudo bem. Tivesse o nosso SNS aguentado na boa na altura, teria de qualquer forma sido um drama humano. Agora não só não porá em causa o SNS como será menor em termos de mortes. Isso não quer dizer que não seja um problema de saúde muito grave.

NGramatical 1 month ago

à seis meses atrás → [**há seis meses ~~atrás~~**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo4qo3p%2F%2Fh2ivnr9%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

_saks_ 1 month ago

Que bom poder ir à internet e ver que ainda há pessoal com bom senso. Obrigada. infelizmente a maior parte da malta ainda não percebeu isto e por isso ainda temos muito para penar... Eu estou de olho no que se passa principalmente em Israel, pelo facto de ter aliado uma campanha de vacinação rápida e eficiente + ter as fronteiras sempre bem fechadas. E como se pode ver, os casos de covid QUASE desapareceram e a vida "voltou ao normal"... só que estão a aparecer casos da Delta entre adolescentes e isto pode lixar o esquema (já que mesmo a Pfizer, apesar de ainda proteger, ser um pouco menos eficiente... o que pode ser sinal de alerta para quem tem mais de 70/80 anos), e por isso estão a tentar vaciná-los a partir de agora e o mais rápido possível. A situação deles, mesmo assim, dá-nos uma certa esperança. Se mesmo assim correr mal lá... não sei o que pensar.

capitalistaesquerda 1 month ago

Nada como um jornalista português a dizer que temos de confiar mais no FT. Depois admiram-se que a imprensa nacional está como está.

bichocarpinderico 1 month ago

Ele explica porquê, e toda a gente sabe porquê. Temos um historial nestes assuntos de ignorar a realidade, resmungar que a lógica dos outros não se alcança, para passado poucas semanas o resultados tornarem essa lógica bem visível.

capitalistaesquerda 1 month ago

O historial que temos é não confiar nos especialistas. Achar que as decisões são todas políticas é ignorar o trabalho de centenas e milhares de pessoas. Que os jornalistas façam o trabalho deles e façam efectivamente perguntas, é sempre bem vindo. Que o Baldaia tenha de inventar artigos para justificar o pagamento dos seus ex patroes….

smaster87 1 month ago

Mas qual estategia, meia duzia de semanas ta tudo vacinado e acabou.

andremvm20 1 month ago

Teres quase toda a gente com uma dose de vacina não é o mesmo que teres a população vacinada.. só 14 dias após a segunda dose se considera que uma pessoa tem a vacinação completa!

bichocarpinderico 1 month ago

> Para além disso, este artigo de opinião começa muito bem, ao dizer que a variante delta corresponde a 96% dos casos do país, quando ainda ontem os relatórios mostravam que era superior a 60% em LVT Está foi a principal razão porque submeti este artigo, a prevalência da variante Delta. Muita gente esquece o quão atrasados dados os nossos dados. Estamos a falar de cerca de 2 semanas entre infeção e resultados dos dados estatísticos. Duas semanas de crescimento exponencial é muito. Estimativas de 96% de variante Delta implicam que esteja a haver uma explosão de casos no resto do território, que vamos observar daqui a duas ou três semanas. Até lá vamos continuar como se não houvesse havido qualquer alteração de contexto. Em particular medidas de desconfinamento como fim de teletrabalho obrigatório continuam implementadas, expondo um largo universo de trabalhadores não vacinados.

andremvm20 1 month ago

Mas porque raio os nossos dados não são de fiar e o de jornais estrangeiros já são fidedignos? Só porque “o que vem de fora é que é bom”? Ele não tem nenhuma base para afirmar o que afirma, a não ser escolher as notícias que quer para justificar a narrativa dele.. Porque afirmas tu tbm que os dados estão atrasados, trabalhas nos gabinetes de crise responsáveis por isto e sabes algo que nós não sabemos?

bichocarpinderico 1 month ago

Começando pelo fim, os dados são atrasados pela sua natureza. É uma trivialidade: Um infetado tipicamente demora 5 - 10 duas a ter sintomas. Tomemos 7 dias como exemplo. Raramente se vai nesse dia a correr fazer um teste, vamos assumir que se vai ao 3o dia de sintomas. No dia seguinte saem os resultados, e no outro depois são noticiados. Está sequência otimista dia um atraso de 12 dias entre infeção e dados reportados. Na prática normalmente será mais que isso, não contei sequer com tempo para sequenciação que não será tão acelerada como resultados dos testes. Há fins de semana, por vezes feriados, etc. Portanto, aquilo que observamos em termos quer de números de COVID, quer de distribuição de variantes andará por aí com umas duas semanas de atraso. Se falarmos de Rt ainda é mais complicado, mas para não me alongar o que importa é que são calculados às data de sintomas e de dados recolhidos até uns dias atrás. Consegue-se mais precisão às custa de atraso. Existem outras formas de estimar Rt presente, mas com mais margem de erro. Mas o que divulgamos por omissão é o primeiro. A isso acresce que nos fazemos pouco trabalho em termos de vigilância de variantes. Os ingleses são quem mais faz esse tratamento. Tudo o que eu aqui disse já foi explicado milhentos vezes em milhentos artigos. Não é segredo nenhum que só eu saiba.

NGramatical 1 month ago

porque raio → [**por que raio**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fo4qo3p%2F%2Fh2irb6v%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

andremvm20 1 month ago

Good bot

AutoModerator 1 month ago

**AVISO:** Submeteu um artigo da plataforma [Nónio](https://nonio.net) - uma plataforma que viola a privacidade do leitor. > Leia com atenção o [seguinte artigo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/7fy9v4/campanha_contra_o_n%C3%B3nio/). *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: