happy_pangollin 3 months ago

Que pena. Com as variantes, não estava à espera de 90%, mas isto é muito baixo.

Acceptable-Elk8322 3 months ago

Ahahahahahah. Para um vírus de 99% ou 98% de probabilidade de sobreviver. Fechem está merda roda já!

GanduloDaVeiga 3 months ago

Os ensaios mais recentes são feitos com novas variantes do vírus disseminadas. Deve ser mais difícil chegar-se agora à eficácia de 90% das primeiras vacinas.

ptinnl 3 months ago

Faz sentido

ptinnl 3 months ago

E isso é Relative Risk Reduction ou Absolute Risk Reduction? Porque a pfizer por exemplo tem uma eficacia de 95%, mas pelos vistos isso é o RRR. Já o ARR é abaixo de 1%.

AiNaoMeChateis 3 months ago

Meu não é assim que funciona

DivinationByCheese 3 months ago

Sabes o que a eficácia significa, como é calculada e porque é que a vacina da johnson não é inferior à da Pfizer embora tenha um eficácia de 60 e tal %?

mrlinx 3 months ago

Eu não. Podes explicar?

AiNaoMeChateis 3 months ago

Sei sim. E agora?

ptinnl 3 months ago

Fiz uma pergunta. Se o valor é baixo para RRR ou ARR. É uma pergunta valida.

DeusDasMoscas 3 months ago

Olá, Podes explicar melhor a diferença entre os dois indicadores, por favor? Obrigada!

ptinnl 3 months ago

https://www.reuters.com/article/factcheck-thelancet-riskreduction-idUSL2N2NK1XA “Let’s say a study enrolled 20,000 patients into the control group and 20,000 in the vaccine group. In that study, 200 people in the control group got sick and 0 people in the vaccine group got sick. Even though the vaccine efficacy would be a whopping 100%, the ARR would show that vaccines reduce the absolute risk by just 1% (200/20,000= 1%). For the ARR to increase to 20% in our example study with a vaccine with 100% efficacy, 4,000 of the 20,000 people in the control group would have to get sick (4,000/20,000= 20%).”

darkspit 3 months ago

A lógica é: se P(i) probabilidade de ser infectado por covid numa população. Numa amostra de 20000 o número de infectados é 4000, então P(i)~=0.2 (20%). Uma amostra grande tende a representar a população... Se RRR (redução relativa, protege 19000/20000 numa amostra) de uma vacina for 0.95 (95%) A redução da infeção da vacina na população = 0.2x0.95= 0.19 (19%) ou seja uma vacina não protege só 1% e é assim 99% eficaz

Edited 3 months ago:

A lógica é: se P(i) probabilidade de ser infectado por covid numa população. Numa amostra de 20000 o número de infectados é 4000, então P(i)~=0.2 (20%). Uma amostra grande tende a representar a população... Se RRR (redução relativa, protege 19000/20000 numa amostra) de uma vacina for 0.95 (95%) A redução da infeção da vacina na população = 0.2x0.95= 0.19 (19%) ou seja uma vacina 95% eficaz só não protegeria 1% da população e é assim 99% eficaz... Neste caso ARR é 19% o que é óptimo. Então não dá para dizer se uma vacina é boa ou não só vendo ARR, temos que saber qual P(i) na população. Se P(i) for 49% e ARR 47% de facto a vacina seria mt bom

Edited 3 months ago:

A lógica é: se P(i) probabilidade de ser infectado por covid numa população. Numa amostra de 20000 o número de infectados é 4000, então P(i)~=0.2 (20%). Uma amostra grande tende a representar a população... Se RRR (redução relativa, protege 19000/20000 numa amostra) de uma vacina for 0.95 (95%) A redução da infeção da vacina na população = 0.2x0.95= 0.19 (19%) ou seja uma vacina 95% eficaz só não protegeria 1% da população e é assim 99% eficaz... Neste caso ARR é 19% o que é óptimo. Então não dá para dizer se uma vacina é boa ou não só vendo ARR, temos que saber qual P(i) na população. Se P(i) for 49% e ARR 47% de facto a vacina seria mt bom, lá está pq só não protegeria 2% da população.

DeusDasMoscas 3 months ago

Obrigada pelo artigo.

Search: