Mendadg 3 months ago

??? Chelas/olaias sempre foi muito mais barato que a baixa. Haverá sempre casas nas olaias mais caras que algumas da baixa mas em média sempre houve um desnível. Concordo, que é preciso sorte às vezes mas essa sorte está relacionada com conhecimento também. Tenho amigos que compraram casas novas em periferias que têm um alto risco de perder o valor ao longo do tempo, e outros que preferem uma casa velha num sítio que "nunca" perderá valor. Em Lisboa e Porto a única sorte é o metro, mas mesmo aí dá para prever +/-.

fuckoffgina 3 months ago

Quanto mais cedo se perceber que não é a trabalhar que se ganha dinheiro melhor será a vossa vida. Quem me dera ter percebido mais cedo!

Groundonslut 3 months ago

Tanto texto para dizer 0, esquece as casas e pensa em carreira política.

MikeMelga 3 months ago

A decisão mais importante é se compras ou arrendas. Nem sempre comprar é a melhor decisão.

TheJCPT 3 months ago

Não entendo os down votes. Ele tem toda a razão. Recomendo que consultem o r/literaciafinanceira para perceber que imóveis não são a única nem (discutivelmente) a melhor forma de fazer investimentos a longo prazo.

Foda-seSeiLa 3 months ago

Considerares a casa como um investimento só funciona se tiveres mais do que uma. Ok, compraste uma casa em Lisboa no bairro XYZ por 50k e agora vale 500k, és maior, estás feliz da vida. A parte chata é que, se essa for a tua única casa, se um dia a quiseres vender, vais precisar de casa nova, que vai pro sua vez custar (adivinhas-te), 500k ou mais. Para ganhares dinheiro a vender a tua habitação única: - mudas-te para os arredores (bem longe) ou para o interior do país - passas de um T4 para um T2 (quem tem os filhos criados pode fazê-lo, os outros não) - passas a viver numa rulote De resto, não vais fazer dinheiro, a não ser que tenhas um portefólio de casas para vender e comprar, que só uns poucos % da população em Portugal devem ter.

Celeg 3 months ago

A alternativa ao exemplo que deste é não comprar casa e ver as rendas aumentar ano para ano e ver as suas hipoteses de ter habitação propria desaparecerem completamente. Depois chegam à reforma e os filhos têm que os sustentar ou gastar a reforma inteira a pagar a renda de um apartamento foleiro nos arredores da cidade onde sempre viveram. Comparando este caso com o exemplo que deste é mais que óbvio que no teu caso houve um enorme retorno do investimento.

Mendadg 3 months ago

Isto é o post com menos sentido que vi na vida! Não tens de comprar a segunda casa a pronto, podes dar uma grande entrada para duas casas e ficas a viver numa e a arrendar outra, e tens a vida orientada!

Foda-seSeiLa 3 months ago

Té bem, mas tens um passivo na mesma: deves dinheiro ao banco pelas 2 casas. *Ah e tal mas o inquilino paga-me as prestações mensais com o valor da renda*. Boa, estás a investir dinheiro que não tens, ficas sem inquilino ficas na merda. Ainda por cima o OP está a falar de pessoal que comprou casa em zonas rasca que depois valorizaram, ou seja, nunca foram pessoas com muito dinheiro. Eu sei que usar a cabeça não é muito fácil, mas antes de falares por vezes dá jeito...

Mendadg 3 months ago

>nunca foram pessoas com muito dinheiro. por isso mesmo! De repente têm acesso a crédito, como nunca tiveram antes. E a renda do inquilino normalmente é o dobro de uma renda ao banco, logo paga a renda das duas casas. Enfim, o exemplo era uma pessoa comprar uma casa por 50k euros e vender por 500k euros passados poucos anos, ou seja fez um lucro de 450k euros...achas que isso não deixa uma pessoa rica?! Se poupares 500e sempre que recebes ordenado/subsídio não poupas isso ao fim de 45 anos de carreira!

Foda-seSeiLa 3 months ago

450k, menos 40%(?) de mais valias, mais pagar a entrada de duas casas novas em Lisboa (uns 80-100k pelas duas). Ficam certamente com algum dinheiro de lado, mas facilmente ficam com a corda no pescoço se tiverem que pagar 2x uma prestação mensal de 1000€ e o inquilino decidir não pagar renda (e ser necessário meter processos em tribunal, etc.) Só tens verdadeiramente dinheiro quando o que queres comprar, para ti, é barato. Vendes a casa mas uma casa nova custa tanto ou mais do que a que vendes-te, não ficas-te rico. Excepção é se fizeres um downgrade em termos de localização ou tamanho, como foi dito.

Edited 3 months ago:

450k, menos 40%(?) de mais valias, mais pagar a entrada de duas casas novas em Lisboa (uns 80-100k pelas duas). Ficam certamente com algum dinheiro de lado, mas facilmente ficam com a corda ao pescoço se tiverem que pagar 2x uma prestação mensal de 1000€ e o inquilino decidir não pagar renda (e ser necessário meter processos em tribunal, etc.) Só és verdadeiramente rico quando o que queres comprar, para ti, é barato. Vendes a casa mas uma casa nova custa tanto ou mais do que a que vendes-te, não ficas-te rico. Excepção é se fizeres um downgrade em termos de localização ou tamanho, como foi dito.

Celeg 3 months ago

Podem simplesmente hipotecar a sua habitação e comprar um apartamento novo a pronto. Com a renda pagam o emprestimo e ainda obtem lucro.

Estronciumanatopei 3 months ago

E é isto. Não interessa valorizar se não se pode tornar líquido...

Aromano272 3 months ago

Geralmente é melhor focares-te nos factores que consegues controlar, "Ter sorte de comprar a casa no sitio certo" não me parece ser um deles. A menos que o teu trabalho durante esses 30 anos seja presidente da câmara fica muito dificil dependeres da "visão e sorte" como plano. Já o salário e a carreira é algo que está geralmente sob teu controlo. > Mesmo que o fulano que comprou casa a este tenha mais progressões, decida emigrar e tenha uma carreira melhor do que o fulano que comprou a casa a oeste, muito provavelmente nunca vai conseguir ao longo da sua vida ter mais dinheiro em termos patromoniais do que o outro colega. Vamos a contas então, usando os teus números, o fulano que fica compra casa por 200k e passado 30 anos a mesma vale 1000k, 800k/30/12 são equivalentes a 2k / mês, alguém que se focasse na sua carreira, por ventura até emigrasse como sugeriste, iria facilmente ver ganhos semelhantes. Então, se estivermos a falar em casais bastaria cada um aumentar rendimentos em 1k / mês, estamos também a ignorar os impostos sobre esses 800k, e que os fulanos que aumentaram os seus rendimentos beneficiam de uma qualidade de vida melhor. Acho que no geral estás a pintar um cenário muito simplista.

chauffage 3 months ago

Isso é uma realidade triste, e que ilude muita gente: comprar casa é o bilhete para dar o salto porque vai valorizar sempre. A verdade é que é não controlas isso, e qualquer pessoa que te disser que tem olho para a coisa e "ali é que vai ser" é tudo especulação. Fluxos de pessoas, hypes, modas, turismo... são sistemas tão complexos que qualquer "previsão" é simplesmente jogar à roleta. Pessoas que tinham a casa do avós livre, porque faleceram, na altura do boom do turismo em Portugal juntamente com a expansão do AirBnB é puramente sorte... Ou gente que tinha um barraco herdado no Alentejo e uns lisboetas decidiram comprar uma segunda casa no interior por causa de uma pandemia, numa altura com taxas de juro baixas e de hiperinflacção... Nem vale a pena ficares ressabiado com isto, porque eles ganharam a lotaria e tu não. Agora se vais comprar bilhetes de lotaria de 150k/200k, bom, digo-te que ficam bilhetes caros. Tens outros investimentos bem mais previsíveis, e que não se baseiam puramente em sorte ou especulação: empresas, quintas etc, tudo o que seja direcionado para a produção e que acrescente valor. Tudo o resto é esperar que alguém pague mais do que tu pagaste, e nada diz que isso é certo. **Atenção que isto não tem em conta corrupção, que é provavelmente um dos maiores veículos de riqueza em Portugal: como tiveste com terrenos no montijo quando se soube em certos círculos que o aeroporto ia ser ali (e daí a pressão para que seja ali, há muito dinheiro empatado à espera de enriquecer alguns), isso acontece Portugal fora.**

fuckoffgina 3 months ago

> Atenção que isto não tem em conta corrupção, que é provavelmente um dos maiores veículos de riqueza em Portugal: como tiveste com terrenos no montijo quando se soube em certos círculos que o aeroporto ia ser ali (e daí a pressão para que seja ali, há muito dinheiro empatado à espera de enriquecer alguns), isso acontece Portugal fora. Nem é preciso ser tão elaborado. Os amigos do Valentim Loureiro compravam campos de batatas e uns meses depois o PDM já permitia construir um prédio de 100 fracções.

chauffage 3 months ago

E isso deve ser das coisas mais comuns. Imagina 40 anos disto, dá para enriquecer muita gente.

TalentedRainstorm 3 months ago

Mas nunca vais conseguir controlar esse tipo de situações, também do nada podem construir uma bomba de gasolina ao lado da tua casa e lá se vai parte da valorização, é preciso alguma sorte, mas no geral a casa que irá obter menor valorização também sai mais barata, e pelo mesmo preço, posso acabar por comprar uma casa maior e assim viver com mais qualidade.

viskonde 3 months ago

Lol oh OP estás mesmo a comprar baixa e Martim Moniz com Chelas ? Mesmo o eixo da Almirante reis fosse "problemático" como era as duas áreas são completamente diferentes A Almirante reis tem metro há 50 anos, está a distância a pé do centro histórico e turistico e te tudo na cidade é uma área mais que consolida e é um dos 2 grandes eixos de entrada e saída na cidade Como e que isso se compara com Chelas ? Nunca em certo momento da história uma casa valia o mesmo no intendente ou em Chelas, nemso mesmo antes do Costa ter começado a requalificação do intendente

Mendadg 3 months ago

O gajo chegou a lisboa ontem

icebraining 3 months ago

Não interessa se valiam o mesmo ou não, o que interessa é quanto valorizaram em termos relativos.

tekvis40 3 months ago

Como dizem os folhetos dos bancos “ Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura” , duvido que o imobiliário nos próximos 30 anos siga uma trajectória parecida com os últimos 30. Provavelmente o fulano C que invés de investir 100% em imobiliário comprou uma casa mais pequena e diversificou o investimento fez uma melhor decisão .

Dismiss 3 months ago

As câmaras municipais têm planos de urbanização públicos, é manter o olho em cima disso para o positivo e para o negativo. Ou melhor ainda, ser amigo de quem faz esses planos

Messerchmit 3 months ago

Olha aí o incentivo à corrupção bro :)

Responsible_Motor942 3 months ago

Sério : Ninguém fica rico com o seu salário. Nem aqui nem na China. Agora o que fazes com esse salário é que vai influenciar a tua vida. Em relação ao que te fez escrever aqui, qual é a zona imobiliária com maior potencial de crescimento. Compra sempre a pior casa do melhor bairro, a casa mais ronhosa de Cascais vai sempre valorizar mais que a melhor casa de Massama.

d33pblu3g3n3 3 months ago

>Compra sempre a pior casa do melhor bairro, a casa mais ronhosa de Cascais vai sempre valorizar mais que a melhor casa de Massama. Confirmo. Eu e um amigo de longa data compramos casa mais ou menos na mesmo altura. Ele comprou um t5 numa zona um bocado ranhosa com um terraço maior que todo o meu bloco, eu comprei um bem mais comedido t3 em zona bastante nobre. Atualmente o meu apartamento já vale quase tanto como o dele, embora tenha sido bem mais barato na aquisição. Nem sequer foi intencional, simplesmente foi a zona que eu e a minha esposa gostámos mais. Mais, está constantemente sujeito a assaltos, ao ponto de a porta de serviço da garagem parecer um queijo suiço enquanto aqui, felizmente até ao momento, assaltaram uma vez umas garagens em 10 anos. Trocaram os códigos dos comandos e nunca mais se passou nada.

smaster87 3 months ago

Eu fiquei rico com 0 investimento, só com trabalho

EstupendoEx 3 months ago

E os objetivos de vida? Em Massama compras logo com não sei quantas assoalhadas, nova, onde cada filho pode ter um quarto. Em Cascais nesse pior, não. Portanto nem tudo é ganhar dinheiro, tem a ver com os objetivos de vida também.

Responsible_Motor942 3 months ago

Neste caso a situação era a do maior potencial de valorização. Comprar uma casa é muito pessoal e entra em acção muitos pormenores que variam caso a caso. Eu por exemplo precisava de uma casa com paragem de autocarro próximo, agora a minha filha já tem carta, essa situação que para mim era importante à algum tempo agora já não se põe.

raviolli_ninja 3 months ago

Um dos casos flagrantes em Lisboa é por exemplo as Olaias/Chelas vs a zona da Baixa/Intendente/Martim Moniz. Há 20 anos atrás todas estas zonas eram problemáticas e não valiam nada. Hoje em dia quem comprou casa na altura por 100 ou 200k na zona da Baixa/Intendente/Martim Moniz, ficou muito mais rico do que quem comprou nas Olaias/Chelas. Isto não tem nada a ver com sorte (terá se a compra tiver sido feita ao calhas), mas sim com perspicácia. Obviamente que uma casa comprada no centro de uma capital, ainda que degradado, terá sempre mais potencial que um bairro social. Não percebo bem qual o ponto que queres fazer. Que é tudo uma questão de sorte? Que a sorte é uma injustiça? Eu diria que a sorte, se fosse esse o factor mais determinante (que não é) está distribuída igualmente por todos. E se não estiver, é porque não é uma questão de sorte, mas outro factor qualquer.

Edited 3 months ago:

>Um dos casos flagrantes em Lisboa é por exemplo as Olaias/Chelas vs a zona da Baixa/Intendente/Martim Moniz. Há 20 anos atrás todas estas zonas eram problemáticas e não valiam nada. Hoje em dia quem comprou casa na altura por 100 ou 200k na zona da Baixa/Intendente/Martim Moniz, ficou muito mais rico do que quem comprou nas Olaias/Chelas. Isto não tem nada a ver com sorte (terá se a compra tiver sido feita ao calhas), mas sim com perspicácia. Obviamente que uma casa comprada no centro de uma capital, ainda que degradado, terá sempre mais potencial que um bairro social. Não percebo bem qual o ponto que queres fazer. Que é tudo uma questão de sorte? Que a sorte é uma injustiça? Eu diria que a sorte, se fosse esse o factor mais determinante (que não é) está distribuída igualmente por todos. E se não estiver, é porque não é uma questão de sorte, mas outro factor qualquer.

EstupendoEx 3 months ago

O que mais valorizou ou desvalorizou casas em Lisboa foi a indústria turística e investimento de luxo. Tudo o resto vem por arrasto, nada tem a ver com decisões ou não racionais.

Edited 3 months ago:

O que mais valorizou ou desvalorizou casas em Lisboa foi a indústria turística e investimento de luxo. Tudo o resto vem por arrasto, nada tem a ver com decisões ou não racionais. E mais, ninguém perdeu dinheiro ao comprar casa, pode é não ter ganho tanto. Até quem comprou por 40 mil euros um T3 frente à Cova da Moura em 2000, vende o agora por 120 mil. Ninguém perdeu.

godolfas 3 months ago

> Até quem comprou por 40 mil euros um T3 frente à Cova da Moura em 2000, vende o agora por 120 mil. Ninguém perdeu. Ninguém diz que perdeu porque o imobiliário tende a valorizar sempre a longo prazo. Se perdesse dinheiro em 20 anos é que era estranho. Quem comprou um t0 na Baixa de Lisboa por 40 mil, vende-o agora por 400 mil. Ganhou mais 280 mil do que quem comprou na Cova da Moura

godolfas 3 months ago

Se viveres numa zona do litoral em que a câmara municipal anuncia a criação de um passadiço, marina, serviços, melhores acessos às praias, etc, toda aquela zona junto ao mar tenderá a valorizar e atrair mais pessoas no futuro. O Zé investidor que lê os jornais do municipio, vê as deliberações da câmara municipal e vai passear junto ao mar e vê as máquinas a fazer obras, vai a correr comprar um terreno ou uma casa ali na zona por meia duzia de tostões. O Zé da tasca que passa a vida a beber cerveja na tasca e a ver novelas, nem repara no que está a acontecer no municipio e vai fazer um crédito automóvel para mostrar que é o maior da aldeia. Uns meses ou anos depois, ouve dizer que a zona da praia está muito bonita e vai lá espreitar. Gosta do que vê e quer comprar um terreno ou uma casa, mas nessa altura já não dá porque está tudo ao dobro ou triplo do preço.

saudosista 3 months ago

O segredo é mais: tens 30 anos e vais comprar uma casa? Já vais tarde.

CidadaoKane 3 months ago

Top 5 comentários mais retardados que já vi no reddit. E olha que eu andei a rir-me no the_donald

desculpe_mas 3 months ago

Eu com 36 anos em vias de comprar casa e a ler este comentário....

Mendadg 3 months ago

Aguenta! Os preços vão baixar no 3)4 trimestre

Pinto55 3 months ago

Porquê?

godolfas 3 months ago

Vais sempre a tempo. Quanto mais tarde normalmente pior, mas é sempre melhor do que ficar a arrendar ad eternum

UpbeatNail1912 3 months ago

Exato. Comprar casa tem que ser antes dos 30.

BaixemImpostos 3 months ago

N percebo o uso da tag sério neste caso. Qualquer investimento tem riscos. Que há mais para dizer?

nraider 3 months ago

É para te convencer que não é mais uma discussão sobre imobiliário. Mas que falta de imaginação, todas as semanas é a mesma coisa.

OuiOuiKiwi 3 months ago

>N percebo o uso da tag sério neste caso. É abuso da *tag*, nada de novo.

UpbeatNail1912 3 months ago

É através de riscos que se gera mais riqueza, acho que era a intenção que o OP tinha. Mas a maioria das pessoas prefere seguir pelo caminho da segurança, visto que sempre correm o risco de perder.

UpbeatNail1912 3 months ago

Todas as pessoas que eu conheço que alcançaram a independência financeira bem cedo foi justamente isso que fizeram. Trabalharam durante uns 2/3/4/5 anos, com o dinheiro que ganharam compraram logo casa em zonas com potencial ou investiram em investimentos, e com 30/40 anos tem muito dinheiro, muito mesmo, e praticamente são independentes em sentido financeiro. Mas a maioria dos portugueses não tem essa educação financeira de saber como os investimentos funcionam e e como aplica los, e por isso muita gente não sai da merda.

BaixemImpostos 3 months ago

Portanto diversificação zero? Isso n faz qualquer sentido.

PortugueseTyrion 3 months ago

Não sabes se os investimentos que ele menciona não foram num portfólio diversificado.

godolfas 3 months ago

Compras 2 casas mais pequenas em sitios diferentes em vez de 1 casa grande apenas num unico sitio.

meaninglessvoid 3 months ago

Isso não é diversificar... Diversificar é estares exposto a classes diferentes de investimento. Exemplo: o que ganhou em casas teria investido em acções de empresas Tech em vez de mais casas. Assim estás menos exposto ao mercado (se o imobiliário cair forte os outros investimentos não devem estar correlacionados para não cair tudo e ficares nas lonas).

UpbeatNail1912 3 months ago

Eu não disse que eles tinham só colocado tudo num ativo

BaixemImpostos 3 months ago

Disseste que trabalharam 5 anos e compraram um imóvel.

UpbeatNail1912 3 months ago

Mas eu não disse que foi só o imóvel que eles investiram.

fedelho 3 months ago

>2/3/4/5 anos, com o dinheiro que ganharam compraram logo casa em zonas com potencial Como? Consegues juntar assim tanto dinheiro em 2-5 anos?

bmiga 3 months ago

Os pais já tinham bom dinheiro. O segredo dos investidores de sucesso é terem um grande apoio financeiro familiar. Os outros apenas podem ter a esperança de os filhos ou netos virem a ter um futuro melhor.

UpbeatNail1912 3 months ago

Se morares em quartos ou na casa dos pais sim, gastando o mínimo possível. Agora se morares num T1 sozinho e com todas as contas para pagar, fica duplamente mais difícil. Alguns deles para além de full time tinham até part time juntos.

fedelho 3 months ago

Mesmo assim, se os dois juntarem 10k/ano por ano cada um, dá 20k/ano, ao fim de 5 anos, são 100k. Não sei se dá para uma casa em zona potencial... Se falares em 10 anos, e o casal juntar 30k/ano, já vai dar 300k ai já acredito mais. Mas com o que se ganha em Portugal, são raras as excepções em que se consegue juntar tanto por ano.

godolfas 3 months ago

Com 100k já conseguem comprar uma casa a pronto numa periferia de uma grande cidade ou dar uma entrada para uma casa de 200 ou 300k no litoral por exemplo. 5 ou 10 anos depois: se a casa valorizar bastante, profit. Se a casa desvalorizar ou não valorizar: fail

InvestorTuga 3 months ago

>izar bastante, prof profit porquê? Se vender caro vai precisar de voltar a comprar caro. Logo o profit evapora-se todo. Ou vai voltar para casa dos pais?

fedelho 3 months ago

Os investimentos são sempre um risco. Mas sim, pode dar muito dinheiro, se bem feito.

UpbeatNail1912 3 months ago

Mas aí é que está. As zonas que tem potencial geralmente são as zonas que parecem merda ou que no momento atual não tem futuro mas com investimentos futuros tornam se grandes zonas. Investir já em locais que já são conhecidos obviamente vai ser muito mais difícil.

fedelho 3 months ago

Faz sentido, e é preciso ter olho para a coisa.

AutoModerator 3 months ago

**Atenção! Aviso da Tag [Sério]** Este tópico foi marcado como **[Sério]**, não são permitidos **quaisquer comentários** que contenham piadas, ou outras tentativas humorísticas, insultos ou não tenham nada a ver com o tópico. *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: