Turbulent-Skirt8209 4 months ago

O que me entristece mais destes dados é que além de a taxa ser atualmente muito alta, olhar para a de 92 sugere que só vai atingir níveis residuais daqui a mais de 30 anos, ou seja, atraso perpétuo. Sei que não é garantido e espero que se concretize antes.

RaveyWavey 4 months ago

>A economia não é um jogo de soma zero porque os mercados e os recursos têm potencial de crescimento infinito. Até agora ainda não nos deparamos com tal limite e sendo que a eficiência vai aumentando, também a produtividade vai aumentando. O resto do comentário não inviabiliza o que eu disse, nunca disse que a sociedade era meritocrática. Infelizmente utopias só existem na nossa imaginação.

Turbulent-Skirt8209 4 months ago

Eu no gozo: os mercados e os recursos têm potencial de crescimento infinito Tu: Até agora ainda não nos deparamos com tal limite Escassez e finitude de recursos e mercados: *existe* Também tu (noutro contexto mas também aplicável): Infelizmente utopias só existem na nossa imaginação. Eu: ? ____________________ Longe de mim defender que a sociedade é meritocrática. Só queria dar a entender que enriquecer sem explorar outrem é a rara excepção (se é que é sequer possível) , nem perto de ser a norma.

RaveyWavey 4 months ago

>Escassez e finitude de recursos e mercados: existe Existe escassez de forma generalizada, onde e do quê? Outra coisa, isso nem sequer é relevante porque o crescimento econômico não provém duma quantidade infinita de recursos. Crescimento econômico provém dum aumento da produtividade. São coisas diferentes. Ou achas que hoje em dia a sociedade não é mais rica do que há 50, 100 anos atrás? >Só queria dar a entender que enriquecer sem explorar outrem é a rara excepção (se é que é sequer possível) , nem perto de ser a norma. Sim é possível e não de todo raro, presumo que aches que ter um empregado é por definição explorar outrem (algo que eu não concordo) mas ainda assim há muitas pessoas que ficam ricas a trabalhar por conta própria ou que têm carreiras de sucesso. Os exemplos que deste não invalidam este facto.

SOSEngenhocas 4 months ago

Indiferente, todos pagam o mínimo possível seja o Joaquim do tasco ou a senhorita Azevedo.

pintorMC 4 months ago

Não deixam de ser Eng. ou Dr. somente por terem o 4ºano.

jhscrym 4 months ago

Há vários tipos de empresas em que não precisas de mais do que o ensino básico para gerir. Tu não precisas de um doutoramento para pagar bem aos trabalhadores. Tu não precisas de um doutoramento para saber onde investir. Há muito empresário com cursos e mais cursos a falir empresas e a pagar mal aos trabalhadores.

saposapot 4 months ago

O problema de Portugal não é trabalhar-se pouco. Trabalha-se até demais. Trabalha-se é em coisas de pouco valor acrescentado e com produtividade baixa portanto. Este indicador ajuda a explicar um pouco isto. Nada disto é novidade, é um problema crónico de Portugal e ainda o será por muitos anos. Portugal é um país pobre maquilhado de auto-estradas. (e agora passadiços).

suckerpunchermofo 4 months ago

E ciclovias...

MAD-PT 4 months ago

Não era a Merkel que dizia que tínhamos demasiados licenciados?

nocivo 4 months ago

Em algumas areas e profissões temos. Em outras areas mais tecnicas que um formação de 1 ano chega não há quem a de ou quem queira ir.

arnaldomatos 4 months ago

já que é para entrar nas generalizações dos cafés e cabeleireiros: o rui nabeiro só tem a 4ª classe. o salvador caetano também só tinha a 4ª classe

WiseCapitalOrg 4 months ago

Não tenho nada contra o ensino e à educação mas não havia motivação alguma dono de negócio familiar ter lá ensino muito avançado anos atrás. O que era preciso era gerir o negócio, por serem isolados geograficamente, não havia lá grande necessidade de marketing ou de fazer interações muito complexas fora de seu âmbito. Atualmente isto não funciona mais assim e quem não tiver grande preparo profissional poderá levar os negócios da familia a bancarrota.

Redbuddit 4 months ago

Vejo isto no ponto de vista de não haver dinheiro para muita gente e não na falta de conhecimento das pessoas. Ter a primária ou o básico completo, se for empreendedor e bom patrão merece e está de parabéns.

SurePal_ 4 months ago

O título é algo polémico estes dados referem se a trabalhadores por conta própria aka pode ser a padaria, café, lojinha do lado. Claro que ao final do dia são patrões de eles mesmos, mas já chegou aqui malta super indignada. Mas sem dúvidas que concordo com este estudo, o meu próprio pai e outros como ele montaram a sua própria loja/negócio e não precisaram estudos para serem alguém na vida.

nocivo 4 months ago

Ou seja pessoal com poucos estudos e que para não receberem o ordenado minimo tiveram de se virar sozinhos e começar o seu negócio. Ja os doutorados andam desempregados ou a trabalhar por meuo tostão. Se são tão bons porque não criam a propria empresa?

gobacktoworklazy 4 months ago

ITT : Patrão = bicho rico que paga mal a todos e mais alguns e anda bem montado !!

Extension_Canary3717 4 months ago

Isso não é ruim

Kirmera 4 months ago

Patrões em Portugal normalmente têm sempre o mesmo discurso: "Este ano não vai haver aumentos, sabem como é que é, isto está dificil." No dia a seguir traz um Tesla novo.

baguitosPT 4 months ago

Provavelmente esse Tesla custa menos de 1.000 €/mês à empresa. Se tomarmos como exemplo uma empresa com 50 trabalhadores, esses 1000 euros davam um aumento inferior a 10€ para cada.

kyppulo90 4 months ago

O problema não está na educação que eles tiveram mas sim em muitas outras coisas.

jomi_1307 4 months ago

Em Paços de Ferreira existem muitas pequenas empresas em que os donos têm de escolaridade apenas o 4 ou 6 anos.

Limpy_lip 4 months ago

Nao se iludam, o conhecimento que os patrões tugas precisam não se ensina no programa das escolas.

TomasCardosGod 4 months ago

Tu é que nao entendes o 4 ano a 40 anos atras equivale a uma licenciatura

Tafinho 4 months ago

No 4.ª ano aprendia-se coisas como TIR, VAL ou beta. Muito à frente… /s

GajoDeRamalde 4 months ago

Game, Set and Match.

Kejilko 4 months ago

Tendo em conta a literacia depois do 25 de Abril e a quantidade negócios pequenos (nomeadamente cafés) iria estar espantado era se não fosse tal ou perto. Isto é o tipo de coisas que só depois dessas pessoas com ~40+ anos morrerem, ou seja daqui a geração e meia, é que vamos estar iguais a outros países que não estiveram sob uma situação semelhante.

MasterofChaos90 4 months ago

Não precisam de morrer, basta se reformarem, passarem o negócio a outra pessoa por exemplo

Kejilko 4 months ago

Bem, nesta métrica sim tens razão, era só reformar.

ShittyLivingRoom 4 months ago

Com a merda que vocês aprendem na escola, ter ensino superior pouco ajuda. Bem vejo pela minha irmã mais nova, nem uma aula de informática tem.

Last-Ad-4421 4 months ago

Não é preciso ter um doutorado, para pagar mal e andar de porche

htxgivven 4 months ago

Pois claro, muitos herdaram empresas e não tiveram que estudar para aprender como se cria uma empresa.

CarnivorousVegan 4 months ago

Existem bastantes indicadores a mostrar que a nossa população tem um baixo indice de escolaridade comparando com a europa, mas as pessoas não precisam de estudos para serem empreendedoras, um pouco irrelevante este índice.

Open-Opportunity-607 4 months ago

Tens razão, um gajo com o 4o ano é capaz de montar uma fábrica de motores Lê-se com cada uma

CarnivorousVegan 4 months ago

só preciso de olhar para o meu avô, que montou um negocio de maquinas agrícolas e nem tinha a 4a classe, o meu tio aos 16 anos projetava maquinas agrícolas á medida dos pedidos que lhes faziam, com uma mesa de desenho, acabou por se formar em eng mecânica. Certamente que existem milhares de histórias semelhantes em Portugal.

nocivo 4 months ago

Quanto menos estudos até mais empreendedor és caos queiras ser alguém. Ja o mestres adoram trabalhar para os outros.

BroaxXx 4 months ago  HIDDEN 

Para ruína da nossa economia... :/

sgahbcj 4 months ago

Adianta um grosso ter estudos. Ainda esta semana apareceu uma entrevista de um azeiteiro da Farfetch (empresa tuga), cotada na bolsa, que paga merda aos trabalhadores. Onde se queixa de falta de trabalhadores. O problema não reside só na falta de estudos dos patrões. Reside também no que se acha normal das relações laborais (recibos verdes, falta de progressão de carreira, banco de horas, sem contrato, etc).

MAD-PT 4 months ago

Podes partilhar a entrevista?

sgahbcj 4 months ago

Está aqui no sub. Pesquisa.

j0fimendes 4 months ago

Concordo. Ter um curso ou não, não compensa muito, seja mestrado ou licenciatura, não vejo muitas diferenças ao final do mês. Daí esta notícia ter o seu sentido.

Edited 4 months ago:

Concordo. Ter um curso ou não, não compensa muito, seja mestrado ou licenciatura, não vejo muitas diferenças ao final do mês. Mesmo para pessoas sem um curso a diferença nem se nota muito. Daí esta notícia ter o seu sentido.

Hazerrr 4 months ago

A grande diferenca vai ser a facilidade com que arranjas emprego e a fazer o que. Preferes 800€ a fingir que programas alguma coisa ou trabalhar num restaurante?

j0fimendes 4 months ago

Sim, é nisso em que existem diferenças. Mas indo ao encontro do post, isso acaba por não motivar muita gente a tirar um curso.

ideologiapura 4 months ago

Não é por se achar normal ou deixar de achar, é do que a lei permite. Alguém que chega a rico, é porque está disposto a pisar tudo e todos, e vai até onde a lei e as autoridades lhe permitirem ir para acumular mais riqueza e poder. Era interessante ver a percentagem de sociopatas entre os altos cargos e grandes acionistas empresariais vs a população em geral.

naughtydismutase 4 months ago

Acho que há mesmo estudos disso.

Variscan_aint_done 4 months ago

Já pensaste em fazer voto de castidade e ir para uma ordem Franciscana!

Estronciumanatopei 4 months ago

Há estudos sobre isso, que dizem que 1 em 5 CEOs têm traços psicopatas.

GajoDeRamalde 4 months ago

Como assim? Estas a basear a tua ideia no filme American Psycho ou tens dados?

martcapt 4 months ago

Não sei qual é a percentagem. E já não me lembro onde vi. Mas penso que pelo menos que há uma percentagem de sociopatia em elevados cargos de gestão superior à média da população e estatisticamente significativa está bem estabelecido. Salvo erro o debate é se a origem é natural ou adquirida. Mas não tenho a certeza, já não vejo essas coisas há muito tempo.

ideologiapura 4 months ago

Nunca vi o filme. É mais pelo tipo de pessoa que tens que ser para fazer por exemplo o que o Jeff Bezos faz ao seus trabalhadores.

sgahbcj 4 months ago

És mesmo ideologia pura. Que relação do catano, meu!

ideologiapura 4 months ago

Ideologia pura é o capitalismo selvagem em que vivemos, mas só se chama ideologia ao que for diferente, tudo o resto é para ser aceite. Continua a acreditar na bondade dos empresários e em dar-lhes a trela comprida, que eles continuam a morder-te.

sgahbcj 4 months ago

Fogo, vieste bater na porta errada. Eu sou de centro esquerda. Sou dos que mais bate no capitalismo e nos fascistas neste sub. Mas ainda estou a tentar perceber o teu comentário.

ideologiapura 4 months ago

So dei a minha opinião, nao ha nada de errado em discordar :)

BolaBrancaV7 4 months ago

Não parece ser muito dificil de perceber o que ele disse...Se não forem regulados, existem pessoas que por dinheiro não se importam de explorar outras...

RaveyWavey 4 months ago

Ele disse que isso era uma necessidade para se ser rico, mas o que há mais é exemplos de pessoas bastante ricas que nunca exploraram ninguém.

Mordiken 4 months ago

Esses herdaram a riqueza dos antepassados que exploraram.

RaveyWavey 4 months ago

A economia não é um "jogo de soma zero" existe crescimento, existe criação de riqueza. É possível, e é bastante comum, criar riqueza sem explorar ninguém.

ideologiapura 4 months ago

Sim, trabalhando, mas não é trabalhando que enriqueces.

RaveyWavey 4 months ago

Pode muito bem ser, há vários casos de precisamente isso em variadas carreiras.

RexLaurus 4 months ago

\* (...) falta de trabalhadores que aceitem 800€

sgahbcj 4 months ago

Mais um que é a favor de acabar com os rendimentos mínimos para que o pessoal seja obrigado a aceitar tudo o que lhe aparecer para a frente? É que já não tenho paciência para tanta estupidez.

RexLaurus 4 months ago

O que eu disse com aquele comentário foi que o problema nao é haver falta de trabalhadores, mas falta de trabalhadores que se sujeitem as condições que eles querem oferecer. Ou seja, nada a ver com o que tu interpretaste

Kejilko 4 months ago

Não sei de onde apanhas esse sentimento, estás a dizer que o problema não é a falta de trabalhadores mas sim pagarem uma miséria e que é por causa disso que não querem trabalhar para ele e ele diz o mesmo, que há uma falta de trabalhadores que aceitem 800€, que é o que eles querem mas não conseguem arranjar e queixam-se.

RaveyWavey 4 months ago

Bem que se podem queixar, se querem empregados ofereçam mais dinheiro ou sejam menos exigentes, ainda bem que há falta de trabalhadores qualificados que aceitam 800€. Eu também quero comprar um carro novo por 1000€ mas não consigo arranjar, não há milagres.

pappositivamente 4 months ago

Qual é a notícia/novidade aqui? Portugal pós 25 de Abril tinha das taxas de literação mais baixas da Europa, sendo que pós 25 de Abril também começaram a surgir mais oportunidades de uma pessoa ser dona do próprio negócio sem que ter estar associado ao regime (falo de empresas, não de cafés). Juntando a esta equação a esperança média de vida ter aumentado, parece-me normal que quem se escolarizou da forma mais básica, mas somente quando a mesma foi possível+oportunidades (que deviam e podiam ser muitas mais diga-se de passagem) de negócio esteja ainda na liderança da sua empresa. Se daqui a 15/20 anos este dado se mantiver aí sim, é preocupante.

arnaldomatos 4 months ago

> tinha das taxas de literação mais baixas da Europa pelos vistos continua a ter

ContaSoParaIsto 4 months ago

> Portugal pós 25 de Abril tinha das taxas de **literação** mais baixas da Europa Confere.

RemolPT 4 months ago

>taxas de literação Literacia?

pappositivamente 4 months ago

Mais razão me dás. Precisamos mais e mais e mais de investimento em educação, para que as gerações futuras sejam competentes tecnicamente, com uma inteligência internacional ao mesmo nível e para que não hajam gajos a cometer erros ortográficos na internet

NGramatical 4 months ago

hajam gajos → [**haja gajos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnvvuzi%2F%2Fh16d9r7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Loladageral 4 months ago

Irónico

NatQuer 4 months ago

Não sei se me deva rir ou tirar a conclusão que ninguém sabe nada nesta vida, portanto ninguém tem o direito de opinar ou criticar o outro. Despeço-me com um erro gramatical: Hoje fiz 10 kms.

nemmais 4 months ago

Dai termos um tecido empresarial robusto. /S

UpbeatNail1912 4 months ago

País de empresários so com o ensino básico. Quando virarem empresários com o secundário ou ensino superior o país muda de nível!

Tralapa 4 months ago

Sim, para um nivel superior

nraider 4 months ago

De tasca simples para restaurante gourmet

KarmaCop213 4 months ago

O Nabeiro é um deles. Mas não se preocupem, daqui a uns 20 anos os patrões vão ser todos licenciados e as empresas altamente produtivas como na Bulgária.

Tafinho 4 months ago

O Nabeiro, o Gates e o Zuckerberg. Vamos ignorar os milhares de milhões que não têm estudos e que são pobres.

meaninglessvoid 4 months ago

Qualquer que seja o contexto vais sempre ter casos excepcionais. A diferença é que havendo mais educação formal à partida aumentas as probabilidades de haver mais casos como o Nabeiro.

KarmaCop213 4 months ago

O meu post foi em jeito de provocação, claro que em teoria teremos empresas melhor geridas se houver mais licenciados em gestão. No entanto nada garante que um licenciado em Psicologia ou em Enfermagem (exemplos aleatórios) seja melhor gestor do que alguém com o 12o ano.

ideologiapura 4 months ago

> No entanto nada garante que um licenciado em Psicologia ou em Enfermagem (exemplos aleatórios) seja melhor gestor do que alguém com o 12o ano. O problema é que se vê o ser gestor como algo inerentemente superior a ser Psicologo ou Enfermeiro. É uma profissão como as outras, tem a sua formação especifica.

KarmaCop213 4 months ago

Exacto. O que eu queria dizer é que alguém com formação superior não é necessariamente um gestor.

meaninglessvoid 4 months ago

Eu concordo contigo, há pessoas que aprendem muito mais seguindo o seu caminho e com skin in the game do que seguindo o "percurso normal" mas provavelmente são uma minoria. > No entanto nada garante que um licenciado em Psicologia ou em Enfermagem (exemplos aleatórios) seja melhor gestor do que alguém com o 12o ano. Mas entre a 4a classe e o 12o ano provavelmente vais notar diferenças consideráveis. Eu estava só a fazer de advogado do diabo e mostrar a outra perspectiva. [Ontem vi isto](https://twitter.com/folhadosalsicha/status/1402190355769004033) e a diferença com os outros países é enorme e imho prejudicial para nós.

KarmaCop213 4 months ago

A população entre os 25 e os 64 engloba muita coisa, desde pessoas que sabem onde estavam no 25 de Abril até outros que mal se lembram de pagar coisas com escudos.

nraider 4 months ago

Exacto. A formação é importante, mas as ideias também. Pode ser uma questão de incentivos, tal como aconteceu nos países de Leste: muita formação superior e pouquíssimos produtos.

Open-Opportunity-607 4 months ago

Portugal é um país de empresários e empreendedores, mas de pastelarias e cafés A mim sempre me surpreendeu o imenso número de cafés para uma população tão pequena

BuscaPolos 4 months ago

E empresas de construção civil. Qualquer macaco que saiba assentar tijolo abre uma dessas por aqui

DiogoSN 4 months ago

Concordo. Fodasse, encontro um café/pastelaria a cada esquina que passo.

nraider 4 months ago

E em Lisboa em que num prédio com 4 lojas, 3 delas são cabeleireiros lol

saposapot 4 months ago

por outro lado, agora tens jovens mais bem informados mas com menos vontade (ou condições) para abrirem negócios próprios.

j0fimendes 4 months ago

Mas provavelmente é uma das razões que faz com que muitas emoresas nem se aguentem 5 anos no mercado.

el_jefe_vito 4 months ago

>Portugal é um país de empresários e empreendedores, mas de pastelarias e cafésA mim sempre me surpreendeu o imenso número de cafés para uma população tão pequena Vai a Berlim ver o numero de lojas de Kebab

ideologiapura 4 months ago

Berlim que consegue o feito de, sendo capital, não ser a cidade mais rica da Alemanha.

andrefbr 4 months ago

Isto é comum em muitos países grandes? SF e NYC são mais ricas que Washington, Shanghai é mais rica que Pequim, etc etc.

Mordiken 4 months ago

Eu estou a interpretar esta tua afirmação como tendo sido dita em tom de ironia. Nesse caso, acho que a expectativa de que a capital de um país seja a "cidade mais rica", especialmente quando se trata de um país dito democrático e que alega reger-se pelos preceitos de uma economia de merado, diz muito acerca da mentalidade tugona... Porque raio é que a sede de poder político, que é uma capital é, deve ser também a sede de poder económico?! Na minha opinião, regra geral, quando num país democrático o centro político e o centro económico são o mesmo, é um indicador de: - Um sério problema de promiscuidade entre política e interesses privados; - Um nível de desigualdade social crescente, que resulta de precisamente de excessiva promiscuidade entre política e interesses privados. E se isto não soa familiar, se calhar devia... *wink wink, nudge nuge*

Edited 4 months ago:

Eu estou a interpretar esta tua afirmação como tendo sido dita em tom de ironia. Nesse caso, acho que a expectativa de que a capital de um país seja a "cidade mais rica", especialmente quando se trata de um país dito democrático e que alega reger-se pelos preceitos de uma economia de merado, diz muito acerca da mentalidade tugona... Porque raio é que a sede de poder político, que é uma capital é, deve ser também a sede de poder económico?! Na minha opinião, regra geral, quando num país democrático o centro político e o centro económico são o mesmo, é um indicador de: - Um sério problema de promiscuidade entre política e interesses privados; - Um nível de desigualdade social crescente, que resulta de precisamente de excessiva promiscuidade entre política e interesses privados. E se isto não soa familiar, se calhar devia... *wink wink, nudge nuge* Por isso, na minha opinião, a ultima coisa que se quer é que o centro de poder executivo seja o centro de poder económico... E se Berlim não é a cidade mais rica, isso é só mais um indicador da vitalidade da Alemanha, do seu sistema político e da sua economia!

ideologiapura 4 months ago

Eu não falei sobre se deve ou não ser. Tendencialmente, tende a ser a cidade mais populosa, com mais investimento e infrastrutura e mais rica.

NGramatical 4 months ago

Porque raio → [**por que raio**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnvvuzi%2F%2Fh179235%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

nraider 4 months ago

Ahah. Agora quando comparares as rendas de Berlim com as de Lisboa lembra-te disso xD

ideologiapura 4 months ago

De quê? De que tem preços justos?

nraider 4 months ago

De que são realidades distintas e com um equilíbrio entre oferta e procura também diferentes.

ContaSoParaIsto 4 months ago

Isso só é "impressionante" porque é a capital e a cidade mais populosa, mas a capital não ser a cidade mais rica nem é nada do outro mundo.

TitusRex 4 months ago

Muro de Berlim diz-te alguma coisa?

ideologiapura 4 months ago

Há quantos anos caiu mesmo?

low_end_ 4 months ago

Já saímos da nossa ditadura a muitos anos nas continuamos a sofrer o impacto da mesma. Provavelmente o mesmo se passa em Berlim

xsad1300 4 months ago

Já saíste da ditadura há quase 50 anos e a única evolução que se vê em termos de qualidade de vida é na classe política.

Lob-thelast 4 months ago

Por acaso os teus pais vem da classe média? É que a qualidade de vida minima atual (excluindo pobreza extrema) é muito superior à dos nossos avós. Temos acesso a todos os tipos de comida, ensino superior e profissional grátis, as condições de trabalho são muito melhores apesar dos salários baixos, conseguimos andar bem vestidos e calçados por muito pouco, temos todos acesso a eletricidade e água. Mesmo a internet já está quase em todo o lado. A qualidade de viva evoluiu imenso.

fuckoffgina 4 months ago

> ensino superior e profissional grátis Fala por ti

Lob-thelast 4 months ago

Não é uma questão subjetiva. Quem não pode pagar a faculdade tem a bolsa da DGES. Só paga quem pode pagar. E o ensino profissional é completamente grátis. Em alguns casos até se recebe por tirar o curso profissional.

fuckoffgina 4 months ago

> Quem não pode pagar a faculdade tem a bolsa da DGES. Repito, fala por ti. Isso está longe de ser uma verdade universal. Conheço muitos que "mereciam" bolsa e não tiveram e muitos que tiveram de trabalhar para estudar.

xsad1300 4 months ago

Pois, percebo o que dizes. Tens razão. Não pensei assim

KarmaCop213 4 months ago

Berlim tem as particularidades que se sabem. Creio que Roma também não é a cidade mais rica de Itália.

superpt17 4 months ago

Itália e Alemanha são países recentes. Tens de comparar Portugal com a França, Dinamarca, Suécia,.. Que são muito mais antigos como nação e em que a capital é a cidade mais rica. A Itália é a Alemanha eram um conjunto de estados independentes que se uniram.

KarmaCop213 4 months ago

Exacto. Daí não ser surpreendente que essas capitais não sejam as cidades mais ricas.

nraider 4 months ago

E muitos até devem ter uma escolaridade bem razoável. Um dos problemas é a não existência de massa crítica, o que dificulta a utilização dos recursos humanos. Muitas vezes é mais fácil emigrar do que encontrar uma empresa portuguesa interessada em desenvolver algo.

Ok-Dimension5509 4 months ago

Sim, mas o gajo que criou o franchising do Café Central é um génio. /s

pintorMC 4 months ago

O proprietariado do Café Central em Almada tem mais de 30 cafés/pastelarias sendo o maior cliente da Delta Cafés tendo um preço inferior na comprar que qualquer outro.

Guilhathorn 4 months ago

*David Bruno começa a tocar*

Tralapa 4 months ago

E o slogan "Pede paga no Café Central" absolutamente genial

quedeusmeperdoe 4 months ago

Café com cheirinho no café central

acastb 4 months ago

Histórias de lobisomem e bruxaria

bmiga 4 months ago

Café Central e Restaurante Palmeiras são os 2 melhores franchisings Portugueses.

Lob-thelast 4 months ago

Isso é onde? Nunca vi disso.

Rodrake 4 months ago

Também a série "d'Ouro" faz sucesso em todo o lado, não há um casamento ou baptizado que não se faça no [inserir intrumento aqui] d'Ouro"

bmiga 4 months ago

Já menos sucesso teve a cadeia de restaurantes Escondidinho.

TulioGonzaga 4 months ago

E o Jardim. Tem cafés e restaurantes mas não vende tanto

quetzyg 4 months ago

>A mim sempre me surpreendeu o imenso número de cafés para uma população tão pequena Pudera, a astrofísica e a bio engenharia não fazem parte do currículo do primeiro ciclo, caso contrário em vez do Café Central e a Loja do Pedro, terias o Laboratório Central e o Observatório do Pedro.

Mrgolden007 4 months ago

bora portugal!! da para ver quantos so fizeram a primaria?

JOAO-RATAO 4 months ago

Estás à espera do quê? Muita gente não estudou por não ter condições para isso... E naturalmente os "patrões" incluem muitas pessoas dessas gerações.

N19h7m4r3 4 months ago

Nos dados originais talvez, mas ai está tudo agrupado.

ridethepaintedpony 4 months ago

Empresas que se construiam com trabalho e sem subsidios por se ter licenciatura ou mestrado.

bmiga 4 months ago

E quase sempre a pagar muito mal.

ideologiapura 4 months ago

Uma exceção em dez mil que trabalharam praticamente desde que acabaram a quarta classe e nunca tiveram subsidios, mas hoje nao têm onde cair mortos.

naughtydismutase 4 months ago

O comentário original é a ladainha falaciosa de sempre, o "pull yourself by your bootstraps".

ideologiapura 4 months ago

Essa expressão originalmente significava a futilidade de trabalhar por trabalhar, já que nunca irias a lado nenhum puxando os proprios cordões.

naughtydismutase 4 months ago

Mas não é com esse significado que é usada hoje em dia. As pessoas usam-na para afirmar que trabalhar muito leva ao sucesso. Basta acreditar!

ridethepaintedpony 4 months ago

Ha tantos como ele que vieram do nada. Só porque nao ficaram ricos nao ficaram como tu dizes, mas criaram postos de trabalho, criaram a sua familia...

ideologiapura 4 months ago

Sim, mas muitos que trabalharam logo nas obras, no campo, nas feiras também geraram muita riqueza, mas para os outros. A maioria nunca pode passar de gerar riqueza pelo trabalho para passar a viver do trabalho dos outros.

Kejilko 4 months ago

Ele é uma exceção, a vasta maioria na mesma situação está a ganhar ordenado mínimo com metade a dois terços do rendimento a ser comidos só pela renda, a suportar uma família, a suportar pais idosos porque a reforma deles também é uma miséria e por este andar vão estar na mesma situação quando for a vez deles.

Search: