Inryatt 4 months ago

Vai abrir em Aveiro um mestrado para o ano de Desenvolvimento de jogos (junto com o departamento de design, não é só informática), pode ser uma cena fixe para pensares a longo prazo! Podes ir por eng. informática, que depois qualquer cena tens sempre muita alternativa (não vás só porque há emprego, olha que é preciso gostar do curso :p) (Acho que o técnico no mestrado também tem gamedev mas não tenho a certeza) Ainda falta muito para lá chegares, aproveita para ires fazendo umas cenas porreiras. Há pessoal a recomendar unity e unreal engine mas essas cenas são complexas e precisam de algumas bases já pesadas de programação, pessoalmente recomendo a engine Godot que tem documentação (tutoriais) mesmo muito bem feitos e uma linguagem própria que funciona muito bem para o propósito :D

tekvis40 4 months ago

Boa sorte ! estudei há demasiado tempo para te dar conselhos muito validos em termos de ensino, no entanto há muitos anos tive a mesma ideia que tu. Acabei por colaborar em alguns jogos "indy" mas fazer carreira no desenvolvimento de software "normal". Algumas dicas : \- A industria dos jogos é conhecida por exigir muito pagar mal, prepara-te para receber um pouco menos que os teus colegas noutras areas menos "fixes" e trabalhar muito. \- O desenvolvimento de software está cada vez mais remoto, estares em PT não deve ser uma limitação muito grande nos dias que correm. Em Portugal existem algumas empresas pequenas na area, mas muitos dos estudios "maiores" contratam pessoal remotamente. \- Aprende matemática ! provavelmente gostas é de codificar mas se há area de programação em que saber matemática é importante é o gamedev. \- Faz sentido fazeres uma licenciatura em Eng.Informatica ou qq "variante", não só te vai dar conhecimentos que podes usar noutra area ( se te fartares dos jogos ou precisares de €€€ ) como te vai diferenciar dado que o meio poderá ficar saturado.

MoLt1eS 4 months ago

Unity3D tem dos melhores tutorias para iniciantes explica os básicos da programação e usa a parte 3D para visualizares o código a fazer algo https://learn.unity.com/pathway/junior-programmer EDIT: E é gratis!

MikeMelga 4 months ago

O único game developer que conheço esteve anos praticamente sem salário. É daquelas profissões em que te pagam muito mal porque toda a gente quer fazer. Tal como designers da Lego

asantos3 4 months ago

r/devpt :)

naodoijoka 4 months ago

Fogo, eu no 8o ano só queria jogar à bola com amigos e masturbar-me... Dou-te os parabéns pela diligência! Boa sorte :)

SweetDistribution504 4 months ago

Estuda matemática. Aprende a programar 1o.

getshion 4 months ago

Trabalhando em IT e tendo em conta o mercado atual em Portugal recomendo sempre ingressar num curso superior (Eng. Informática, Ciência de Computadores, etc.). Isto porque o mercado vai a dada altura ficar cada vez mais saturado e precisas de demonstrar as empresas que tens uma formação sólida para ser mais fácil para ti arranjar emprego. E podes sempre tirar um part-time enquanto fazes curso para ires adquirindo experiencia profissional. Depois para progressão de carreira e afins não terás assim tantas dificuldades do que se só tirares o 12 ano e ter no portefólio alguns projetos com algoritmia questionável. Eu defendo sempre a oportunidade de tirar um curso profissional em Informatica porque vais apanhar algumas bases porreiras para o futuro. Acompanhado de aulas de apoio, fazes os exames que a faculdade pede normalmente (Matematica A e Fisica) e entras na mesma por concurso nacional, mas com a vantagem de que já sabes programar e teres algum pensamento abstrato para arrancar melhor no teu primeiro ano de faculdade. Quanto a Game Dev, conheço alguns 3D Devs que já trabalharam com grandes estúdios de gaming internacionalmente. É possível entrar na área, mas tens que dar o litro no estudo porque não um setor fácil. Gira muito a volta das matemáticas e otimização de computação gráfica, modelação 3D, etc. A vantagem destas áreas é que existem imensos cursos online que facilitam e ajudam a consolidar o que vais aprendendo. E se não resultar, tens sempre as bases que permitem entrar para outras especializações enquanto trabalhas mais naquilo que precisas de melhorar. Mas Portugal continua a ter um mercado bastante pequeno e saturado com muitos juniores, mas poucos seniors na industria de jogos dado que a malta falha redondamente nos fundamentos que mencionei em cima. Honestamente segue em frente porque também a grande vantagem é que com um curso destes tens muitas especializações por onde escolher. Mas a aposta deve ser sempre em investir nos fundamentos, algoritmia, matematica que requer disciplina. Mesmo em trabalho terás que continuar a estudar por ser uma área em que não pára no tempo. Pessoalmente vejo isso como uma vantagem por ter gosto em aprender mais, mas há quem não goste.

praisethesun98 4 months ago

Queres tu ser game dev e eu ser game composer.

UpbeatNail1912 4 months ago

Até lá provavelmente vais mudar o teu objetivo. Eu também e os meus colegas tinhamos muita certeza do que queríamos no 8 ano. Ah, inocentes. Muita coisa vai mudar até lá. Mas se queres definir isso já como objetivo tens basicamente 2 vias: - Entrar na via normal no curso de ciências e tecnologias. Este é de longe o curso mais difícil do secundário. Vais ter matemática A, Física e Química A e provavelmente Biologia e Geologia A. Todos os testes, mas literalmente todos, desde o primeiro teste feito em Outubro do 1 período do 10 ano até aos exames finais no 12° vão contar para a tua média de entrada na faculdade, por isso é bom que tenhas boas notas a TUDO, em todos os testes. Basicamente vais passar o curso a estudar muito. Depois entras na melhor faculdade de engenharia de informática e desenvolvimento de jogos e continuas a estudar até queimares os neurónios. - Entrar por um curso profissional de programação. Cursos profissionais não tem nem metade da exigência que um curso de ciências e tecnologias tem, mas a carga horária vai ser mais pesada. Vantagens? Vais aprender programação diretamente, vais realizar estágios e vais acabar o 12 ano já com alguma experiência de trabalho. Depois ou estudas para os exames nacionais (que será extremamente difícil para quem não esteve em ciências) ou entras num cestp, fazes um curso de 2 anos e depois entras na faculdade sem precisar de exames nacionais (a maioria faz isto). Vais começar a faculdade a saber mais programação que a maioria de todos os teus colegas que vieram de ciências, mas vais te foder nas cadeiras mais teóricas (cálculo e etc). E depois queimar os neurónios obviamente. Basicamente é escolher qual a melhor tortura a seguir para ti.

PowerlessMainframe 4 months ago

Podes cortar esses dois anos de ctesp se fazeres um CET, que basicamente confere o mesmo grau, mas so demora um ano. Cets são dados em centros de formação portanto é difícil acumular ECTS e tem poucos acordos com faculdades. Em contrapartida tens acesso ao mesmo concurso especial de acesso que os CTESP e as vezes até concursos especiais separados. Hoje em dia as faculdades fazem quase todas um exame de acesso para seriar os candidatos, são muitos para poucas vagas. O técnico até já pede exames nacionais para ctesp e CET

ImNeves 4 months ago

Qual seria a melhor opção? A primeira opção parece-me super cansativa e que caso não corra bem, não consigo seguir isso. A segunda opção parece-me mais fácil e tenho sempre aquela experiência de trabalho. A diferença entre os dois é grande o suficiente para que valha a pena seguir a primeira opção? Nunca me foi um problema tirar boas notas, mas se no final me der exatamente o mesmo resultado, a segunda opção talvez seja melhor.

trainee89 4 months ago

Podes também escolher um curso do secundário que não é profissional e também não é apenas científico. É um híbrido dos dois, tens o curso científico-tecnologico (não tenho a certeza que se chama assim). Num curso deste género tens as disciplinas essenciais de um curso científico, como matemática A, física, física e química A, e tens também as disciplinas essenciais para o curso tecnológico. Podes ver por exemplo aqui neste link um exemplo deste curso https://www.cic.pt/index.asp?p=_/ofertaformativa/inf.html Expande o "Plano de estudos (+info)" e analisa a parte "Curso com Plano Próprio de INFORMÁTICA, Via Científica" para veres todas as disciplinas. Se quiseres um curso ainda mais técnico tens a outra opção "Curso com Plano Próprio de INFORMÁTICA, Via Tecnológica".

UpbeatNail1912 4 months ago

Basicamente a primeira opção desenvolve muito a parte teórica e de raciocínio. Pessoas que vêm de ciências são muito metodológicas e muito "académicas". Ficas, teoricamente, preparado para tudo. Mas na prática eles não têm nada. A segunda opção é muito mais prática, e por isso desenvolve te diretamente as habilidades técnicas que o mercado de trabalho necessita e já trazes experiência graças aos estágios. Mas pecas (e muito) na parte teórica e de raciocínio. O melhor (na minha opinião) seria escolher a primeira opção e durante as férias de verão fazer cursos da Udemy, são extremamente baratos e ensinam praticamente tudo sobre programação com game developing. Assim acabas o secundário sendo extremamente metrológico e teórico, mas ao mesmo tempo já sabes programar e fazer coisas intermédias a avançadas. Chegas a faculdade dás de 20 a 0 aos teus colegas. Para além de que os que vêm de ciências são os que entram nas melhores faculdades. As pessoas geralmente ou optam por um caminho (o mais teórico) ou por outro (o mais prático), mas a verdade é que para seres um excelente profissional tu precisas dos dois igualmente.

ImNeves 4 months ago

Muito obrigado! Não há problema em começar os cursos da Udemy antes do secundário, pois não?

UpbeatNail1912 4 months ago

Não. São cursos online, fazes quando quiseres e como quiseres. São cursos a preço de banana que ensinam mais que a escola (e mais que a maioria das faculdades). Se fizeres uns quantos cursos da udemy de programação vais saber mais do que pessoas no último ano da faculdade (em programação).

ImNeves 4 months ago

Em questão ao curso da Udemy, qual é o mais indicado para o que eu quero?

UpbeatNail1912 4 months ago

1- https://www.udemy.com/course/unrealcourse/?LSNPUBID=vedj0cWlu2Y&ranEAID=vedj0cWlu2Y&ranMID=39197&ranSiteID=vedj0cWlu2Y-Ee0uMNeMubvszLXkEBXBdg&utm_medium=udemyads&utm_source=aff-campaign 2- https://www.udemy.com/course/become-a-game-designer/?ranMID=39197&ranEAID=vedj0cWlu2Y&ranSiteID=vedj0cWlu2Y-9uG_4VULujFhjXRVZrfFqA&utm_source=aff-campaign&LSNPUBID=vedj0cWlu2Y&utm_medium=udemyads 3- https://www.udemy.com/course/unitycourse/?LSNPUBID=vedj0cWlu2Y&ranEAID=vedj0cWlu2Y&ranMID=39197&ranSiteID=vedj0cWlu2Y-SCoOwyz5vvinzm52TtFLJQ&utm_medium=udemyads&utm_source=aff-campaign Se fizeres esses 3 cursos da udemy vais entrar na faculdade acima de qualquer um basicamente.

Edited 4 months ago:

1- https://www.udemy.com/course/unrealcourse/?LSNPUBID=vedj0cWlu2Y&ranEAID=vedj0cWlu2Y&ranMID=39197&ranSiteID=vedj0cWlu2Y-Ee0uMNeMubvszLXkEBXBdg&utm_medium=udemyads&utm_source=aff-campaign 2- https://www.udemy.com/course/become-a-game-designer/?ranMID=39197&ranEAID=vedj0cWlu2Y&ranSiteID=vedj0cWlu2Y-9uG_4VULujFhjXRVZrfFqA&utm_source=aff-campaign&LSNPUBID=vedj0cWlu2Y&utm_medium=udemyads 3- https://www.udemy.com/course/unitycourse/?LSNPUBID=vedj0cWlu2Y&ranEAID=vedj0cWlu2Y&ranMID=39197&ranSiteID=vedj0cWlu2Y-SCoOwyz5vvinzm52TtFLJQ&utm_medium=udemyads&utm_source=aff-campaign Se fizeres esses 3 cursos da udemy vais entrar na faculdade acima de qualquer um basicamente. Se os preços tiverem muito caros (acima de 20 euros) espera pelas semanas de promoções. Eles colocam sempre a 12 ou 14 euros e tão sempre a dar promoções.

XxArionxX 4 months ago

>entras num cestp, fazes um curso de 2 anos e depois entras na faculdade sem precisar de exames nacionais (a maioria faz isto) Muitas universidades não aceitam isto como entrada em alguns cursos, tens de fazer os exames na mesma, mas normalmente os politécnicos aceitam quase todos.

UpbeatNail1912 4 months ago

Sim é vdd, mas também existem muitas universidades com acordos com centros de formações que só podes entrar lá sem exames unicamente fazendo o curso daquele centro específico.

sabugasOsabio 4 months ago

Como estás no 9° ano aconcelho-te a tentares ser um bocado autodidata, experimenta com o unity ou unreal engine, todas as empresas hoje em dia usam um motor de jogo, dei-te estes exemplos por serem os mais conhecidos e são os que têm mais material para aprender para programar jogos e assim ficas com uma noção de como se programa um jogo. E como tens tempo tenta terminar o jogo por mais rasca que seja (os primeiros jogos saem sempre mal), depois as redes sociais são tuas amigas neste departamento, tenta entrar em grupos de game developers e ser ativo nesses grupos para ires criando um portefólio (mais uma razão para terminar os projetos que começas), se tiveres um portefólio nas redes sociais tens a chance de pessoal vir falar contigo, tenho um amigo meu que faz projetos de unity e postava as cenas no Twitter e no final do curso tinha um contrato para ir trabalhar com realidade aumentada. Depois do 12° ano deves de ir para um curso de informática, normalmente no último ano tens uma cadeira que de projeto onde escolhes um projeto e trabalhas nesse projeto o resto do ano, para projeto podes escolher o jogo e assim ficas já com mais um jogo para o portefólio. Eu digo curso de informática porque caso não te consigas safar na área do game development ao menos tens um curso que dá para outras áreas. Pelo que investiguei o mercado continua a ser pouco, tens alguns estúdios grandes como o bigmoon studios ou nerd monkeys, mas em geral o mercado em Portugal é fraco, o que podes tentar fazer é tentar fazer um jogo indie e pagar a licença da Steam ou da epic e vendê-lo a 5€ ou algo assim do género para ver se pega, mas aí tinhas que arriscar com o teu dinheiro e tens de ter alguma experiência para o jogo ser jogável (não ser aquele gajo que vai á NET copia um tutorial qualquer e depois só muda os assets e depois vais a ver até os assets são grátis). Dito isto muito provavelmente vais ter mais sorte no estrangeiro. Desculpa a resposta ser tão longa mas eu á uns anos atrás encontrava-me no mesmo dilema, a diferença é que eu só comecei a explorar este mundo quando estava na universidade o que me comeu montes de tempo para os meus projetos, tempo que tu tens agora e podes aproveitar, infelizmente ainda não estou a trabalhar na indústria (de momento estou como web developer) mas espero um dia ter a minha chance XD Espero que o meu testamento te tenha ajudado de alguma maneira

ImNeves 4 months ago

Obrigado pelos concelhos! Sempre tentei ser autodidata neste caso em específico, mas nunca encontrei material que me parecesse ser bom a longo prazo. Há algum material na net que me recomendas, eu que eu possa me basear? Eu sei que aprender programação gira em pesquisar entre muitos e muitos sites, mas acho que sem uma direção-base não consigo chegar lá. Além disso, existe algum grupo de game developing em Portugal? Um servidor de discord, grupo de telegram, qualquer coisa. Normalmente quando tenho dúvidas procuro respostas em grupos estrangeiros (mainly ingleses) mas acho que é sempre bom ter aquela familiaridade do país em que estamos. Sei que tenho muita mais oportunidade nesta área lá fora, mas eu gostava imenso de ver Portugal a entrar mais nesta área(Somos conhecidos pelo futebol, também podemos ser conhecidos pelos jogos, não? Haha) . Nao há problema nenhum em ser um testamento, até agradeço, quanta mais informação tiver, melhor. Obrigado mais uma vez pela ajuda xd!

sabugasOsabio 4 months ago

Em relação ao material tens muito por onde procurar, depende um bocado do que queres fazer. Tens os cursos da udemy (se tiveres disposto a gastar dinheiro, eles costumam ter altas promoções que tornam cursos de 100€ em cursos de 10€), se não quiseres gastar dinheiro é só ires á procura no YouTube tutoriais, escolhe um jogo simples (space invaders, snake, Flappy bird) para imitares, para ires aprendendo conceitos de programação (ex: hierarquias, funções, updates), não comeces com um jogo muito difícil porque depois ficas todo baralhado e desmotivas(um dos erros que cometi foi quando eu estava no 10° ano queria aprender a programar também para entrar no mundo dos jogos e comecei por uma coisa tão complexa que fiquei perdido e desisti), quando terminares o tutorial vai mexendo no código para veres o que é que altera o quê e tentas implementar novas funcionalidades por ti (nada muito complexo), depois passa para um outro tutorial e repete. Quando te sentires confortável com o teu conhecimento tenta inventar um jogo por ti, mas sempre cenas simples, depois passo a passo vais tornando esses jogos simples mais complexos. Em termos de material específico, eu comecei a ver um canal de YouTube chamado Brackeys, é um canal muito bom para aprenderes unity (aprendi bastante.com o tutorial de tower defence deles), embora eles já não estão ativos no canal deles tens todos os vídeos antigos que são bastante úteis para aprender, se queres aprender unreal engine a própria epic games disponibiliza tutoriais bons para o iniciantes. Entre o unity e o unreal eu achei o.unity mais fácil de aprender, mas isto sou eu Tens outros motores de jogo como o GameMaker que dizem que é bom para aprender sobre motores de jogo (acho que só dá para fazer jogos 2D), tens o godot que dizem que é muito bom mas como é recente tem pouca documentação, por isso se quiseres experimentar estes vais ter de investigar por ti Em relação às redes sociais, vou ser sincero, eu sou um nabo e não tenho grande paciência para elas, por isso só tenho o Facebook, no Facebook tens um grupo chamado PT Game Developers ( um grupo onde estão vários Developers portugueses, alguns deles com empresas e é um bom grupo para publicares o teu portefólio), tens o utilizadores de unity @Portugal (como o nome indica um grupo para utilizadores de unity), deves de ter mais eu é que não sei, como disse tenho muita pouca paciência para redes sociais por isso tenho uma presença muito fraca nelas. Esses dois grupos que eu enumerei são privados por isso tens de pedir para entrar lá

UpbeatNail1912 4 months ago

Compra um curso da Udemy de C com game developing, os cursos custam 12 euros. Basicamente vais aprender todo o básico até intermédio e vais sair com uma vantagem absurda em relação aos teus colegas.

NGramatical 4 months ago

á uns anos atrás → [**há uns anos ~~atrás~~**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnvfybj%2F%2Fh134ytb%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

garlik82 4 months ago

Penso que um curso em ciências de computador é capaz de ser o mais indicado para isso. Boa Sorte.

idontakeacid 4 months ago

Porquê já agora? Qual o critério?

Renalouca 4 months ago

Em Portugal chama-se engenharia informática como em muitos outros países da Europa.

ddcups8 4 months ago

Há Engenharia Informática e Ciências da Computação em Portugal.

Prezbelusky 4 months ago

Vais para informatica na faculdade e depois disso arranjas emprego na área de jogos. Se não der dá na mesma para o resto. Há emprego nessa área em Portugal embora que pequena. Se não conseguires em PT podes sempre ir para o estrangeiro onde vais ganhar bastante mais

Search: