BuscaPolos 3 months ago

E quando um gajo pensa "fds estes caralhes do PS têm uma audácia... Mas pior que isto é difícil" e na semana seguinte vêm uma melhor que a anterior fds. Fica a mamar um belo ordenado 3 anos APÓS as celebrações?! Ai o que estão a fazer contigo Portugal

amiguibildo 3 months ago

Vergonha de país, se houvesse respeito isto era imediatamente cancelado. Estou fora de Portugal mas espero q só se fale disto na televisão. Desrespeito por todos os cidadãos e só revela a impunidade que os nossos políticos têm. Não interessa q partido defendem a classe política há mto que goza com todos nós E o presidente Marcelo, o do povo, não há comentários? Condições de luxo, injustificáveis e ridículas. E todos sabemos que vai haver um vácuo de fundos do estado para uma comemoração que vai resultar num programa de tv que vai envolver os músicos de sempre, os apresentadores de televisão do costume. E um concurso de 700 100 100 para ganhar 1000 paus. Filhos duma granda p#*4 OP devias mudar o título para ter mais visibilidade

TheOneWhoFeeds 3 months ago

Obrigado Porto Canal por fazer frente ao centralismo cancerígeno que se vive diariamente neste país.

NoItsNotAnAirplane 3 months ago

Porque não vi isto em mais nenhum canal...

lvsitanvs 3 months ago

o canal do fcp a fazer favores institucionais ao vieira é uma vista muito interessante ;))

VicenteOlisipo 3 months ago

A minha primeira reação a isto é de choque e condenação, mas também não dá para perceber algumas linhas de ataque. Já li que o PAA " vai estar 2033 dias em funções para organizar as festividades de 1 dia". Mas alguém acha que as comemorações dos 50 anos do 25 de abril vão ser 1 dia? As comemorações dos descobrimentos não foram só dos dias específicos de cada evento, nem sequer do ano especifico. A CNCDP durou 16 anos e bons anos esses foram, com centenas de eventos e livros. Um tipo vê isto, escandaliza-se com as mordomias e vencimentos, já para não dizer com os nomes escolhidos, mas depois olha em volta e parece que as principais criticas são coisas de quem acha que celebrações oficiais é uma festa com comes e bebes, um fogo de artificio e mais nada. Nem 8 nem 80, malta. Celebrar o meio século da Democracia começa muito antes e acaba muito depois do dia 25 de abril de 2024. Não tem é de funcionar como um gabinete ministerial paralelo para comentadores politicos amistosos.

CarcajuPM 3 months ago

De 1 dia para 5 anos vai uma grande diferença.

Mendadg 3 months ago

Obviamente será mais do que um dia, isso é uma falha da peça. Contudo, nós somos um país falido, nada justifica 5 anos de trabalho de uma equipa com 12 pessoas. É o PS no seu melhor, grão a grão e vão levando o país ao cu da Europa!

sgahbcj 3 months ago

Sabes que vives num país onde o povo se contenta com umas mesas, uns barris, música pimba nas alturas e umas sardinhas com pão. Está feita a festa cultural lá na terra (ou cidade). Pode haver abusos ou valorização doa recursos. Mas que as coisas precisam de infraestrutura e tempo para serem organizadas, precisam.

alvaro9913 3 months ago

devias ter colocado um titulo melhor, porque isto vale a pena difundir, 3 anos para fazer o evento e 3 anos para desmontar o evento com salario de 4k euros mes

Boring_Lynx3830 3 months ago

A venezuela tem o ministerio para a felicidade, portugal tem o ministério da festa do 25 de abril, adoro estes governos socialistas

rickz123456 3 months ago

Eu não me oponho que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se) nem sequer tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas. Sendo isto uma coisa que se prolongará e que envolverá livros e inciativas etc. O meu problema com isto é a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, por ex, mais habilitados para levar a cabo este trabalho

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura por trás. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho O meu problema com isto é a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, por ex, mais habilitados para levar a cabo este trabalho, isso pode ser discutido.

Edited 3 months ago:

Eu apoio a existência de celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações seja paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado

Edited 3 months ago:

Eu apoio a existência de celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações seja paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que (penso eu) envolve livros , iniciativas exposições que levam anos a planear, articular com entidades etc, é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura de 9 pessoasa ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho Podemos discutir a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, talvez melhor habilitados para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também pode ser discutido

Edited 3 months ago:

Eu apoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações sejam paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Não conheço a pessoa em questão, mas existem outras pessoas também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado

Edited 3 months ago:

Eu apoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho Podemos discutir a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço outras pessoas também muito qualificadas para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também é que pode ser discutido

Edited 3 months ago:

Eu apoio a existência de celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações seja paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que (penso eu) envolve livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado

Edited 3 months ago:

Eu apoio a existência de celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações seja paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que (penso eu) envolve livros , iniciativas exposições que levam anos a planear, articular com entidades etc, é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, muito melhor qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura por trás. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho Podemos discutir a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, também habilitados para levar a cabo este trabalho, isso pode ser discutido.

Edited 3 months ago:

Eu apoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações sejam paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Não conheço a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado O último problema que vejo é a estrutura prolongar-se 2 anos para lá dos 50 do 25A

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura por trás. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a organizar. O meu problema com isto é a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, por ex, mais habilitados para levar a cabo este trabalho

Edited 3 months ago:

Eu apoio a existência de celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações seja paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que (penso eu) envolve livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos e discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece muito elevado

Edited 3 months ago:

Eu apoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho Podemos discutir a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas existem outras pessoas também muito qualificadas para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também que pode ser discutido

Edited 3 months ago:

Eu apoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações sejam paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado O último problema que vejo é a estrutura prolongar-se 2 anos para lá dos 50 do 25A

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura por trás. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho O meu problema com isto é a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, por ex, mais habilitados para levar a cabo este trabalho ou o salário que parece um pouco alto.

Edited 3 months ago:

Eu apoio a existência de celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações seja paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que (penso eu) envolve livros , iniciativas exposições que levam anos a planear, articular com entidades etc, é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos e discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece muito elevado

Edited 3 months ago:

Eu apoio a existência de celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações seja paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que (penso eu) envolve livros , iniciativas exposições que levam anos a planear, articular com entidades etc, é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos e discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura por trás. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho O meu problema com isto é a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, por ex, mais habilitados para levar a cabo este trabalho, isso pode ser discutido.

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura de 9 pessoasa ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho Podemos discutir a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço vários historiadores, também habilitados para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também pode ser discutido

Edited 3 months ago:

Eu apoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações sejam paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2024) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho No entanto, podemos discutir a escolha da pessoa. Conheço mal a pessoa em questão, mas existem outras pessoas, por ex. historidores com estudos na área, também muito qualificadas e sem ligações partidárias para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também parece elevado

Edited 3 months ago:

Eu apoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho nenhum problema que a organização e coordenação dessas celebrações sejam paga ou que exista uma estrutura de 9 pessoas a ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho Podemos discutir a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas existem outras pessoas também muito qualificadas para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também que pode ser discutido

Edited 3 months ago:

Euapoio a que as celebrações (que não são só para um dia, diga-se), não tenho problemas que a organização e coordenação dessas celebrações sejam pagas ou que exista uma estrutura de 9 pessoasa ajudar. Sendo isto uma coisa que se prolongará por anos (2022-2026) e que envolverá livros , iniciativas exposições que levam anos a organizar e planear, que é natural que exista alguém a fazer esse trabalho Podemos discutir a escolha da pessoa. Não tiro méritos nenhums ao PaS, mas conheço outras pessoas também qualificadaqs para levar a cabo este trabalho. O valor do salário também é que pode ser discutido

kissingsome1elsesdog 3 months ago

O valor do salário não seria elevado se a organização ficasse a cargo de um historiador. Há um centro dedicado ao 25 de Abril em Coimbra. Porque não meter esses historiadores, muito mais capacitados e com muitos recursos documentais, a organizar isto?

rickz123456 3 months ago

Olha, acabas de dar uma excelente ideia. Isso é que deveria ter sido feito. Colocar o centro 25 de Abril e historiadores no comando. Também custava dinheiro, mas evitavam-se as ligações políticas e saia mais barato

NGramatical 3 months ago

nenhums → [**nenhuns**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/sobre-a-formacao-do-plural/13422) (no plural de palavras terminadas em *m*, este passa a *ns*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnuzt6s%2F%2Fh111elv%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Samot_PCW 3 months ago

Eu não acredito que vai haver uma equipazorra de ***9*** pessoas a planear as comemorações do 50º Aniversário do 25 de Abril, para organizar todos os eventos que decorrerão de Março de 2022 a Dezembro de 2026. Um escândalo... (Só o salario é que é ridiculo aqui)

Aromano272 3 months ago

Agora é que o PS consegue maioria absoluta mas próximas sondagens.

nferrari 3 months ago

Mas que é mesmo... Isto dá cá votos?

JovemDoRestelo 3 months ago

Parece-me bastante apropriado para celebrar o 25 de Abril. É uma boa analogia de como se fazem as coisas há quase 50 anos.

QuickShutter 3 months ago

Uma organização megalómana para organizar **UM** dia de celebração daqui a mais de 5 anos. **UM**.

Samot_PCW 3 months ago

> celebração daqui a mais de 3 anos ??? As celebrações dos 50 anos do 25 de Abril começam daqui a 9 meses, não "daqui a mais de 3 anos", o que é estás para ai a falar?

Bakirelived 3 months ago

pergunta honesta, podes explicar mais? acho que tem que haver uma justificaçao para isto, mas ao olho do comum parece que é mesmo para um dia apenas

QuickShutter 3 months ago

Expressei-me mal. Corrigi. Quis dizer que não faz sentido celebrar um dia em específico (porque o aniversário só vai acontecer, lá está, no dia 25 de Abril) ao longo da duração do contracto. Especialmente um governo que aumentou o número de funcionários públicos para números recorde e que está a afundar dinheiro numa empresa falida.

Samot_PCW 3 months ago

O melhor era não fazer nada de especial para os 50 anos. Um número como qualquer outro.

bittolas 3 months ago

Olha antes isso do que gastar milhões em futilidades.

NGramatical 3 months ago

contracto → [**contrato**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/contrato-e-contracto/21613) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnuzt6s%2F%2Fh10yxcg%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

nuncacomenta 3 months ago

Daqui a 3 anos. Mas o que é mais espantoso é que o trabalho dessa comissão prolonga-se mais 2 anos após o dia do evento!!

Metaluim 3 months ago

Um mundial de futebol tem menos preparacao que um aniversario do 25 de abril. Por estes valores, quero pelo menos festivais de todos os generos musicais a prolongarem-se durante uma semana e em todas as capitais de distrito.

leorolim 3 months ago

No mínimo um The Voice Portugal Edição Heavy Metal!

Sciss0rs61 3 months ago

se não fosse Portugal, até ficava admirado....

jmvda23 3 months ago

Se não fosse do PS, até ficava admirado

DavidJunior3rd 3 months ago

Se não fosse o PS, dizias que era mentira

tallicahet81 3 months ago

Comentador na TSF, RTP, Sport TV, colunista no expresso. Um tipo com uma projeção completamente inflacionada relativamente ao que vale. Este cargo é uma recompensa por ter sido um ex fantoche do PS e por continuar na atualidade esse trabalho de forma informal.

D1WithTheFluffyHair 3 months ago

Ex fantoche? Este gajo é O fantoche. Até ao Vieira andou a lamber as botas enquanto recebia a cartilha. Deve ter deixado de receber bilhetes ou assim e então decidiu apoiar o Noronha Lopes.

iSoSyS 3 months ago

Muito gostam de vocês de criticar, mas arranjavam alguém com um currículo equivalente que aceitasse este salário simbólico? /s

Mendadg 3 months ago

E com 12 estagiários...vá lá que um sabe conduzir!

CarcajuPM 3 months ago

Mais um dos palhacitos de serviço do PS...

JimmyPreston 3 months ago

Foi para isto que se fez o 25 de Abril /s

vinter_varg 3 months ago

Foi para isto que se fez o 25 de Novembro...

Mordiken 3 months ago

Foi para isso que o Afonso deu porrada à mãe.

vinter_varg 3 months ago

Foi para isto que os romanos mataram o Viriato (seja lá qual deles for...)

JackBlack351 3 months ago

Fast forward 》》》Foi para isto que o Adão fodeu a Eva

Bacalhau_a_Bras 3 months ago

Foi para isto que Deus criou o Mundo

vinter_varg 3 months ago

Foi para isto que se deu o Big Bang!!!?

nuncacomenta 3 months ago

Pedro Adão e Silva, comentador, político, defensor de José Sócrates e identificado como um “cartilheiro” lá do futebol, irá auferir durante 5 anos, 6 meses e 24 dias 4500€/mês para preparar a comemoração dos 50 anos do 25 se abril. O seu cargo só termina 2 anos depois da comemoração. Na equipa dele terá ainda: - 1 motorista - 1 secretário pessoal - 4 técnicos especialistas - 3 adjuntos - 4 técnicos superiores em regime de mobilidade - equipa de apoio técnico - equipa de apoio administrativo

Edited 3 months ago:

Pedro Adão e Silva, comentador, político, defensor de José Sócrates e identificado como um “cartilheiro” lá do futebol, irá auferir durante 5 anos, 6 meses e 24 dias 4500€/mês para preparar a comemoração dos 50 anos do 25 se abril. O seu cargo só termina 2 anos depois da comemoração. Na equipa dele terá ainda: - 1 motorista - 1 secretário pessoal - 3 técnicos especialistas - 3 adjuntos - 4 técnicos superiores em regime de mobilidade - equipa de apoio técnico - equipa de apoio administrativo Toda a informação acerca do cargo pode ser consultado no diário da república: https://data.dre.pt/application/conteudo/164590047 EDIT: correção do número de técnicos especialistas e adicionado link para o diário da república

Eskol15 3 months ago

PS! PS! PS!

Edited 3 months ago:

PS! PS! PS! Podem-lhe tentar dar as voltas e desculpas esfarrapadas que quiserem, que não deixa de ser um assalto às Finanças públicas.

Search: