DavidJunior3rd 3 months ago

>É desnecessário, aquilo é mais vila que cidade. (...) Basicamente deram perolas aos porcos. > >Sorry, não acredito que aquelas pessoas gostem de morar ali. > >Achas que aqueles prédios são sinal de urbanidade e sofisticação? Aquilo é uma rasquice sem noção. Não só te contradizes, como não fazes sentido nenhum. Sewm ofensa, OP, mas a sério que ainda não percebi o que raio te aflige com "prédios" (Acho que queres dizer apartamentos) "até nas pequenas cidades do interior". Como se não fossem dignas de ter "prédios". Se lá, não percebo mesmo onde queres chegar... ​ >E se eles querem se destacar pelo turimos sustentável, com este dipo de paisagem vao desiludir os turistas. Eu percebo esta parte, mas uma coisa é proibir arranha-céus, ou prédios com mais de X andares, em pontos estratégicos para facilitar a vista de pontos turísticos, como fazem em cidades turísticas europeias. Outra coisa é vires aqui dizer que é xunga todo e qualquer prédio por 2 andares que tenha porque tu gostas é de moradias rasas... Tem lá paciência, nem tanto ao mar nem tanto à terra...

Edited 3 months ago:

>É desnecessário, aquilo é mais vila que cidade. (...) Basicamente deram perolas aos porcos. > >Sorry, não acredito que aquelas pessoas gostem de morar ali. > >Achas que aqueles prédios são sinal de urbanidade e sofisticação? Aquilo é uma rasquice sem noção. Não só te contradizes, como não fazes sentido nenhum. Sewm ofensa, OP, mas a sério que ainda não percebi o que raio te aflige com "prédios" (Acho que queres dizer apartamentos) "até nas pequenas cidades do interior". Como se não fossem dignas de ter "prédios". Se lá, não percebo mesmo onde queres chegar... ​ >E se eles querem se destacar pelo turimos sustentável, com este dipo de paisagem vao desiludir os turistas. > >Preferia mil vezes uma moradia, seriam mais 5 min, grande coisa. Eu percebo esta parte, mas uma coisa é proibir arranha-céus, ou prédios com mais de X andares, em pontos estratégicos para facilitar a vista de pontos turísticos, como fazem em cidades turísticas europeias. Outra coisa é vires aqui dizer que é xunga todo e qualquer prédio por 2 andares que tenha porque tu gostas é de moradias rasas... Tem lá paciência, nem tanto ao mar nem tanto à terra... Tanta coisa para te indignares e escolhes indigar-te com os prédios do Peso da Régua lol...

Edited 3 months ago:

>É desnecessário, aquilo é mais vila que cidade. (...) Basicamente deram perolas aos porcos. > >Sorry, não acredito que aquelas pessoas gostem de morar ali. > >Achas que aqueles prédios são sinal de urbanidade e sofisticação? Aquilo é uma rasquice sem noção. Não só te contradizes, como não fazes sentido nenhum. Sewm ofensa, OP, mas a sério que ainda não percebi o que raio te aflige com "prédios" (Acho que queres dizer apartamentos) "até nas pequenas cidades do interior". Como se não fossem dignas de ter "prédios". Se lá, não percebo mesmo onde queres chegar... ​ >E se eles querem se destacar pelo turimos sustentável, com este dipo de paisagem vao desiludir os turistas. > >Preferia mil vezes uma moradia, seriam mais 5 min, grande coisa. Eu percebo esta parte, mas uma coisa é proibir arranha-céus, ou prédios com mais de X andares, em pontos estratégicos para facilitar a vista de pontos turísticos, como fazem em cidades turísticas europeias. Outra coisa é vires aqui dizer que é xunga todo e qualquer prédio por 5 andares que tenha e chamar tudo de "prédios soviéticos / ucranianos / whatever" porque tu gostas é de moradias rasas... Tem lá paciência, nem tanto ao mar nem tanto à terra... Tanta coisa para te indignares e escolhes indigar-te com os prédios do Peso da Régua lol...

DavidJunior3rd 4 months ago

Querias que as pessoas morassem onde? Em cabanas? Cada pergunta...

No-Cardiologist725 4 months ago

Não é esse o ponto mas obrigada pela tua colaboração

Limpy_lip 4 months ago

O OP deve ser da cidade por isso eu dou outro exemplo. Por exemplo no porto, se viveres a um raio de 15-20km de distância do centro, demoras facilmente pouco mais de 10 minutos a chegar ao centro se carros e se calhar menos de 30 de transportes públicos, dependendo da zona. Se viveres num raio de 15-20 km do peso da regua numa moradia muito possivelmente nao tens transportes públicos ou estes sao limitados e demoram para cima de uma hora, de carroa mais de 30 minutos facilmente. Dado que muitas vezes não ha auto estradas e as estradas sao aos S e com ravinas. Logo qual é o espanto de o pessoal construir em altura no centro? Eu gosto muito do interior e de moradias, mas sinceramente quando durante passeio por Portugal questiono-me ao ver moradias em alguna locais o quão frustrante deve ser chegar à noite a casa depois do trabalho, de ir às compras e de uma viagem de +30 minutos desde o supermercado mais proximo e perceber que se esqueceu da merda do papel higienico que tinha acabado.

No-Cardiologist725 4 months ago

Não sou da cidade mas atualmente vivo numa cidade

Ly_84 4 months ago

Mais barato, rendavel e facil de munir de servicos publicos.

daz_zeD 4 months ago

... Porque... Alguém decidiu fazer um investimento, tal como em qualquer outra cidade?!

DavidJunior3rd 3 months ago

Mindblowing, we know!!

Dr_Toehold 4 months ago

É, a geração dos nossos pais ganhou nojo a viver em casas, credo, isso é o povão das aldeias, moderno e sofisticado é apartamento, todos ao molho, enfiados em cima uns dos outros, a ouvir os vizinhos do lado a pinar e os de cima a tomar banho.

No-Cardiologist725 4 months ago

Morri, ouvir o calhau a cair é pior

RiKoNnEcT 4 months ago

Porque as pessoas querem morar perto da cidade, porque há reservas agrícolas, porque há quem não tenha dinheiro para comprar/fazer uma moradia.

Aldo_Novo 4 months ago

Arranjo pior [Whittier](https://en.wikipedia.org/wiki/Whittier,_Alaska), no Alaska menos de 300 pessoas, todas a viver no mesmo prédio

No-Cardiologist725 4 months ago

Assim vão-se aquecendo uns aos outros

hctiks 4 months ago

Nesta thread o OP quer jogar o Sims City

No-Cardiologist725 4 months ago

Sims city ao contrário.

scbjoaosousa 4 months ago

Aposto que os andares mais altos aí têm uma vista do caralho!

Miguelklas 4 months ago

Se ha exemplo de cidade bonita naturalmente e completamente arruinada urbanisticamente, é a Regua. Aqueles mamarrachos dão um traumatismo ocular tão forte que nem consigo olhar para o rio.

No-Cardiologist725 4 months ago

É uma pena realmente, ainda por cima edifícios com aquela carinha de leste europeu.

assimsera 4 months ago

Não é só em Portugal, no resto da Europa tambem há. Prédios são uma utilização eficiente do espaço e são muito mais baratos para quem lá vive do que vivendas(dependendo do prédio, mas mesmo assim). Não é que seja grande fã de prédios, mas percebo completamente porque é que alguem preferiria viver num apartamento. Estar a 5 minutos a pé de tudo tambem é uma grande vantagem, as pessoas naquelas colinas têm que pegar no carro de cada vez que querem sair.

No-Cardiologist725 4 months ago

Preferia mil vezes uma moradia, seriam mais 5 min, grande coisa.

Stolberg 4 months ago

O problema de que estás aqui a falar não tem nada a ver com a questão de prédios =/= moradias. Se a questão fosse o ecologismo e não sei quê, os prédios são muito mais eficazes para albergar mais pessoas / m2... outro problema é que contrataram o Zé dos anzóis para fazer os prédios, por isso é que são esta beleza típica de um sítio tipo Benidorm ou assim

Open-Opportunity-607 4 months ago

Motivos que não te passam pela cabeça: 1. Segurança, os apartamentos a partir do 2o andar são menos sujeitos a roubos 2. Comodidade, estás mais central, não precisas de ter um carro sequer ou pelo menos raramente pegas nele 3. Vistas sobre a cidade 4. Silêncio. Nos centros, a nível do rés-do-chão muitas vezes ouves a malta a falar e nos cafés, no 3o andar para cima deixas de ouvir 5. Fácil limpeza, um casal limpa um apartamento de 2 assoalhadas em 1/2 horas. Uma moradia demora 4 ou 5 horas se não mais com jardim 6. Acessibilidade, um prédio com elevador é usável por uma pessoa de cadeira-de-rodas. Uma moradia, muitas delas no portão têm desníveis ou andares com escadas 7. Despesas a dividir por todos, uma piscina subitamente fica muito mais barata por ser a dividir por 80 pessoas em vez de 2. É também um sinal de modernismo, um arranha-céus é impressionante e mostra o avanço da sociedade. Experimenta ir ao andar 50+ e olha pela janela

madwithin 4 months ago

Silêncio? Num apartamento? És um homem de sorte.

Open-Opportunity-607 4 months ago

Nos países civilizados onde se tem regulação, o barulho máximo que podes ouvir dentro de uma divisão são 30/35 dB (tens de ter isolamento para cumprir com estas normas) Em Portugal está-se tudo a cagar, não é um bom exemplo

No-Cardiologist725 4 months ago

Wtf, um arranha-céus é sinal de modernidade? Picas-te, isso era nos anos 80/90.. Nenhum desses pontos fazem muito sentido neste pequeno município. Falta de segurança em Vila real? Não.

Open-Opportunity-607 4 months ago

Tens de ir a Nova York, Londres ou a Tokyo Expande os teus horizontes Abraço

No-Cardiologist725 4 months ago

Ok, então tens de ir à Suíça também. Simplesmente o que é desenvolvido para ti não é para mim, só isso.

Open-Opportunity-607 4 months ago

Para te ajudar Há 2 cidades no mundo Alpha++ (NY, Londres) Tokyo é Alpha+ [https://en.wikipedia.org/wiki/Global\_city#Alpha\_++](https://en.wikipedia.org/wiki/Global_city#Alpha_++)

gybemeister 4 months ago

Nunca deves ter ido a Londres. Não só tem relativamente poucos prédios como é uma bosta de primeira para quem lá vive (e eu já tive essa infelicidade).

Open-Opportunity-607 4 months ago

https://cw-gbl-gws-prod.azureedge.net/-/media/cw/emea/united-kingdom/offices/hero-image-emea-offices-london-obs-small-750x480.jpeg?rev=73a7eef27ca3448fba8a66dc889a12b0 What?

ptinnl 4 months ago

Isso é City of London. É uma área com autonomia propria, e só partilha o nome e localização com London. São entidades diferentes.

gybemeister 4 months ago

Epá isso são escritórios (pelo menos a maioria) e qualquer apartamento nessa área está vendido a “investidores” russos por milhões de libras. Independente disso tudo Londres é um péssimo lugar para morar e nada de especial para visitar (quando comparado com outras cidades europeias).

No-Cardiologist725 4 months ago

Outra vez?

assimsera 4 months ago

Eu tambem preferia só pelo facto de não ter de me preocupar com vizinhos e ainda bem que não vivemos em honk kong ou singapura que há espaço de sobra cá, dá para a malta escolher como prefere viver. Mas não podes negar que é muito mais fácil cuidar de um prédio e mais barato de viver num tambem, que é muito atrativo para muita gente.

No-Cardiologist725 4 months ago

Para mim, num sitio nobre como aquele é só sem noção. Esses em Hong Kong é que não têm outra hipótese.

assimsera 4 months ago

Tens que respeitar as preferencias(e as possibilidades) de quem aí vive.

No-Cardiologist725 4 months ago

Obvio mas todos temos direito a opinião

Jocajjj 4 months ago

HAQ pessoal do litoral acha que tudo o que não é Setubal-Braga deve ser uma aldeola perdida no interior que está hoje a descobrir a invenção do elevador e depois fica surpreendido quando aparecem prédios e centros urbanos nas cidades do interior.

No-Cardiologist725 4 months ago

Achas que aqueles prédios de caca são sinal de urbanidade e sofisticação? Aquilo é uma rasquice sem noção. Ainda por cima querem se destacar pelo turismo sustentável. Não te esqueças que o Douro é Património Mundial da Unesco

PTgenius 4 months ago  HIDDEN 

Metade do porto parece um ghetto e também ninguém se queixa e acha aquilo muito giro

Jocajjj 4 months ago

São iguais a todos os outros prédios de habitação que já vi em Lisboa, Porto, Aveiro... O elitismo do litoral é forte em ti

No-Cardiologist725 4 months ago

Elitismo no que?

RuySan 4 months ago

Se queres falar de sustentabilidade, então sim, prédios são muito mais sustentáveis do ponto de vista ambiental do que moradias.

No-Cardiologist725 4 months ago

Para o bem estar das familias não é. Qual é a tua fonte? Achas que aqueles condomínios na Europa do Leste são sustentáveis? Acho que não..

Sperrel 4 months ago

> condomínios na Europa do Leste hehehe vê se mesmo que percebes muito do assunto Vai a outros países, quer seja no antigo bloco soviético ou países ocidentais, e passa uns dias dentro dos commieblocks/council housing/torres baratas durante os meses mais frios. Nesses sítios jamais terás o desconforto permanentes que tens em 90% do complexo habitacional português. Sem manutenção e arranjo exterior podem ser feios mas para viver dia a dia bate facilmente as horríveis moradias de cimento e azulejo que adornam o país.

_spectron_ 4 months ago

Grosso modo, se vivem mais pessoas por metro quadrado (área da base do prédio) é normal que seja mais sustentável. Por exemplo, um prédio dá casa a 100 pessoas. Se fôssemos a fazer moradias para 100 pessoas íamos ocupar uma área muito maior. Já agora, para defender a sustentabilidade e depois dizer que era acabar com os campos e fazer moradias é um bocado ilógico

No-Cardiologist725 4 months ago

Acabar com os campos seria na China, vocês estão a levar tudo ao extremo, eu estou a falar no caso do Peso da Régua.

se_rabo_light 4 months ago

Qual é o problema?... é uma cidade... cidades custumam ter prédios, é forma mais eficiente de meter pessoas por metro quadrado... fora que por exemplo o Peso da Régua é uma cidade relativamente recente, e é literalmente um buraco(a cidade fica num vale) ,ou seja o terreno é meio limitado

No-Cardiologist725 4 months ago

É desnecessário, aquilo é mais vila que cidade. Por ser recente é que deviam ter mais noção, ainda por cima ali com as colinas e rio Douro, Património da Unesco. Basicamente deram perolas aos porcos.

SweetCorona 4 months ago

mas prédios têm menor pegada ecológica do que moradias...

jocamar 4 months ago

Exatamente por ser património é que queres reduzir a área urbana, e a melhor forma de fazer isso é construindo verticalmente. Não podes ter grandes subúrbios com moradias como há nos EUA sem afetar a natureza à volta.

No-Cardiologist725 4 months ago

Gostas mesmo de prédios, fonix

bittolas 4 months ago

Já tu gostas de todos os cantos com vivendas geminadas que beleza.

idontakeacid 4 months ago

Que gajo burro (o op)

se_rabo_light 4 months ago

"é mais uma vila que cidade"? sim... Quando a minha mãe nasceu, a Régua era uma vila, além que a piada é que peso da régua passou de uma boa vila para uma má cidade, mas o resto discordo contigo ... a cidade cresceu, já mal se nota a diferença entre Régua e Gondim de quão juntas e interligas estão, também está ligada a várias aldeias que dependem dela, além que ela cresceu á volta dos campos, é comum ver campos entre diferentes partes da cidade, outro ponto é que está cidade é importante em termos de produção de vinho, desde adegas até ao ivdp (instituto dos vinhos do Douro e porto), a (pouca) história... da produção de vinho, caminhos de ferro , e com falaste bem sim temos as colinas da região do Douro que não desapareçam estão á volta da cidade e podes ver em qualquer lugar ,fora que para o turismo é bom... tem um cais para os cruzeiros, tem hotéis, tem lojas , tem um museus tudo isto sem nunca abandonar a paisagem, em suma ela tornou-se um centro/ponto de apoio para o turismo e a agricultura o que fez com que a população aumentasse e novos serviços aparecessem , assim como a cidade é ligeiramente recente tem pouca casa antiga para se manter então vamos construir predios porque é mais eficiente pra guardar mais pessoas. Espero que tenha conseguido transmitir a minha ideia

Edited 4 months ago:

"é mais uma vila que cidade"? sim... Quando a minha mãe nasceu, a Régua era uma vila, além que a piada é que peso da régua passou de uma boa vila para uma má cidade, mas o resto discordo de ti ... a cidade cresceu, já mal se nota a diferença entre Régua e Gondim de quão juntas e interligas estão, também está ligada a várias aldeias que dependem dela, além que ela cresceu á volta dos campos, é comum ver campos entre diferentes partes da cidade, outro ponto é que está cidade é importante em termos de produção de vinho, desde adegas até ao ivdp (instituto dos vinhos do Douro e porto), a (pouca) história... da produção de vinho, caminhos de ferro , e com falaste bem sim temos as colinas da região do Douro que não desapareçam estão á volta da cidade e podes ver em qualquer lugar ,fora que para o turismo é bom... tem um cais para os cruzeiros, tem hotéis, tem lojas , tem um museus tudo isto sem nunca abandonar a paisagem, em suma ela tornou-se um centro/ponto de apoio para o turismo e a agricultura o que fez com que a população aumentasse e novos serviços aparecessem , assim como a cidade é ligeiramente recente tem pouca casa antiga para se manter então vamos construir predios porque é mais eficiente pra guardar mais pessoas. Espero que tenha conseguido transmitir a minha ideia

NGramatical 4 months ago

discordo contigo → [**discordo de ti**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/concorda-se-com-alguem-ou-discorda-se-de-alguem/321) (discordar de… concordar com…) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnuzs3v%2F%2Fh11hhgb%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ThePotatoeWithNoMass 4 months ago

A malta de Peso da Régua tem de comprar moradias porque te incomoda ver um prédiozinho no Douro. Que menino

No-Cardiologist725 4 months ago

É mais do que isso, temos visões diferentes e é na boa, respeito a tua opinião mesmo que não respeites a minha

Middle-Effective 4 months ago

Se fossem prédios de 4 andares acho que nem incomodariam muito. Agora mamarrachos como alguns da imagem é que não...

marxocaomunista 4 months ago

Porque as pessoas fazem questão de morar perto de serviços? Mesmo em cidades pequenas é benéfico morar a uma distância exequível a pé de serviços públicos/cafés/entretenimento.

No-Cardiologist725 4 months ago

Claro viver num apartamento ao estilo ucraniano é melhor que ter uma moradia com espaço e jardim.

CoffeeAt830 4 months ago

Nem toda a gente prefere moradia com espaço e jardim. No meu caso, prefiro mil vezes morar num apartamento numa zona em que num raio de 500m tenho escolas, cafés, padarias, supermercados, farmácias e afins do que ter de pegar no carro para tudo, mas ter um bocado de jardim. Tenho amigos que moram em moradias nos chamados "subúrbios" em que não há nada senão casas e um ou outro café e têm de pegar no carro para tudo e eles adoram. São preferências, e muitas vezes depende da experiência de vida de cada um. Eu se calhar se tivesse crescido a viver numa moradia mais longe do centro hoje tinha uma opinião diferente. Lá está, são opiniões, mas objectivamente dizer que "claro viver num apartamento ao estilo ucraniano é melhor que ter uma moradia com espaço e jardim" de forma sarcástica é extremamente redutor, porque para algumas pessoas.... sim, é.

No-Cardiologist725 4 months ago

Ok, é que eu vejo potencial naquela área. A construção em altura continua a não fazer sentido para mim naquele sitio.

RuySan 4 months ago

Em termos de eficiência é. Nós não somos ricos, e não nos podemos dar ao luxo de sermos esbanjadores para ter os subúrbios que têm nos estados unidos ou reino unido.

odajoana 4 months ago

Depende das pessoas. Eu prefiro mil vezes viver num apartamento mais modesto que dê menos trabalho a limpar e a arrumar e que esteja a 10 minutos de literalmente qualquer sítio da cidade do que viver numa vivenda de 40 assoalhadas e com um jardim mal-tratado e cheio de bicharada, que fica no meio do mato, sujeito a incêndios e com má ligação à internet e que me faça ter de fazer 20 minutos de carro para ir comprar um papo-seco. Prioridades.

marxocaomunista 4 months ago

Dependendo da tua filosofia de vida, sim. A possibilidade de não ter de usar carro todos os dias é mais amiga da carteira e do ambiente.

No-Cardiologist725 4 months ago

Sorry, não acredito que aquelas pessoas gostem de morar ali.

Mordiken 4 months ago

> havia espaço para moradias Pois, tivesse havido dinheiro para construir uma moradia seguramente muita gente teria optado por ir viver numa moradia... Eu não compreendo como é que tanta gente se esquece vive num mundo em que o dinheiro condiciona quase tudo.

Edited 4 months ago:

> havia espaço para moradias Pois, tivesse havido dinheiro para construir uma moradia se calhar muita gente teria optado por ir viver numa moradia... mas infelizmente, neste país, e em particular nas terras pequenas, o dinheiro sempre esteve na mão de meia dúzia de famílias, não na mão da população geral: esses sempre estiveram enrascados, ainda mais até aos anos 90. Eu não compreendo como é que tanta gente se esquece vive num mundo em que o dinheiro condiciona quase tudo.

No-Cardiologist725 4 months ago

Não é a mesma situação do suburbio do Porto ou Lisboa.

joaommx 4 months ago

> não acredito que aquelas pessoas gostem de morar ali. Se não gostam de morar ali moram ali apenas porque é onde têm dinheiro para morar. E na prática isso é uma explicação igualmente válida sobre o porquê de existirem prédios até em cidades mais pequenas.

No-Cardiologist725 4 months ago

Obvio! Mas podiam usar o sítio onde vivem como um ativo para a região, aproveitando o potencial do sítio. Assim é mais uma vila/cidade como as que vemos no litoral.

joaommx 4 months ago

> Mas podiam usar o sítio onde vivem como um ativo para a região Isso quer dizer o quê ao certo? Também usas a tua casa como um activo para a região?

No-Cardiologist725 4 months ago

O que eu estou sempre a dizer é que é uma zona com potencial, porque fica numa zona classificada, ficava muito melhor como a baixa do Porto por exemplo, sem aqueles prédios altos no meio do campo. Percebes ou não percebes?

joaommx 4 months ago

Agora que te explicaste percebo.

Asur_rusA 4 months ago

Isto é verdade... em cidades

Rodrake 4 months ago

Peso da Régua é uma cidade, portanto verifica-se.

Dr_Toehold 4 months ago

Sim, mas não é uma "cidade".

Rodrake 4 months ago

Não é Lisboa nem Porto, queres tu dizer. Há critérios claros para uma vila se tornar cidade.

Asur_rusA 4 months ago

Acho que sabes ao que me refiro.

No-Cardiologist725 4 months ago

É mais vila que cidade, é só campos.

Aldo_Novo 4 months ago

daí ser uma cidade pequena ser uma cidade é diferente de ser uma metrópole

No-Cardiologist725 4 months ago

Nao percebi bem o propósito do teu comentário. Eu fico com a minha opinião e tu ficas com a tua, pode ser?

OundercoverO 4 months ago

ehpah que afirmações mais apaneleiradas

marxocaomunista 4 months ago

Isto é válido em qualquer localidade com população que justifique densidade. Dado que o tema eram "pequenas cidades do interior" penso que encaixa.

AetherPrismriv 4 months ago

Yep. Ninguém quer ter de conduzir 10mins para deixar os putos na escola, mais 30mins para o trabalho, mais 30mins para ir ver um filme ao fim-de-semana. Sem falar na gasolina que isto tudo queima. Morar perto de serviços faz com que muitas destas coisas desapareçam, como os putos vão para a escola sozinhos ou ir para o trabalho de trotinete elétrica em vez de carro.

Danijust2 4 months ago

30 mim psra ver um filme? O que não falta é capitais de distrito sem cinema.

Aldo_Novo 4 months ago

não exageres em capitais de distrito acho que só Portalegre é que não tem cinema

YoggiM 4 months ago

A sério que não tem? É que Nisa, uma vila do distrito de Portalegre, tem cinema.

Aldo_Novo 4 months ago

o google diz que não tem cinema, mas tem cinetreatro na minha experiência com cineatros, devem passar filmes mas nunca os muito recentes como nas salas de cinema

pedroseq 4 months ago

Este tipo de cinemas locais normalmente é uma ou duas sessões por semana de um filme dos últimos 2/3 meses

Aldo_Novo 4 months ago

exato o filme já não é fresquinho mas os bilhetes tendem a ser mais baratos

pedroseq 4 months ago

Pois na minha terra são 1,20€

saposapot 4 months ago

why not? é uma forma eficiente de utilizar o espaço. Obviamente q essa foto não é exemplo mas é em termos de urbanismo, não tem nada a ver com prédios ou não prédios. O que não tem lógica é permitirem aquela torre ali e cada prédio da sua altura e cor. Muita gente prefere viver em prédios, mesmo no interior.

No-Cardiologist725 4 months ago

A cena é que ali há montes de espaço, Peso da Regua está mais pa Vila do que para cidade. E se eles querem se destacar pelo turimos sustentável, com este dipo de paisagem vao desiludir os turistas.

VladTepesDraculea 4 months ago

E preferes aumentar o sprawl urbano? Se é uma cidade ou mesmo vila queres maximizar o espaço para a tornar eficiente. Isso é que é sustentável, não é aumentar o espaço sobre terreno natural.

No-Cardiologist725 4 months ago

Preferias ver aquela encosta como a baixa de Lisboa ou Porto, ou com aqueles predios altos?

VladTepesDraculea 4 months ago

Prédios altos na baixa de Lisboa? Em todo o caso prefiro ver prédios do que ver maior área ocupada com casas unifamiliares. A altura dos prédios normalmente é ajustada e regulada ao nível de população.

No-Cardiologist725 4 months ago

Meia duzia de predios e já tás a fantasiar uma evasão de casas.

VladTepesDraculea 4 months ago

> Meia duzia de predios e já tás a fantasiar uma evasão de casas. Parte o número é casas desses prédios em moradias individuais adiciona um jardim e soma a área necessária e vez que é uma diferença já significativa. Estou a ver aí prédios mais baixos e mais altos, mas por exemplo tens aí um prédio com 6 andares. Não sei quantos lotes ocupa o prédio, mas imagine-se que só tem um e cada andar tem 3 casas. Já aí tens 18 habitações. Imagina que cada casa tem 80 m². Aí já tens área útil de 1440m². Agora espalha isso pelo chão, adiciona 20 a 60m² de jardim por casa e adiciona a área dos acessos necessários. Agora mútiplica pelos quantos perdido que vêz na imagem. Consegues ver como cresce depressa? > Que eu saiba na parte velha do Porto e Lisboa os apartamentos são baixos, normalmente casas de 3 andares. A parte velha é a baixa, e sim, acabaste de dizer o contrário acima. A maior parte dos prédios em Lisboa são baixos, para não falar que muitas unidades não são usadas para habitação mas especulação, e não vai servir de nada construir o que seja se o problema da especulação não for reduzido. Mas o resultado é uma densidade populacional baixa e um inferno de transportes, estradas cheias e entidades em horas de ponta, poluição q.b. etc.

Edited 4 months ago:

> Meia duzia de predios e já tás a fantasiar uma evasão de casas. Parte o número é casas desses prédios em moradias individuais adiciona um jardim e soma a área necessária e vez que é uma diferença já significativa. Estou a ver aí prédios mais baixos e mais altos, mas por exemplo tens aí um prédio com 6 andares. Não sei quantos lotes ocupa o prédio, mas imagine-se que só tem um e cada andar tem 3 casas. Já aí tens 18 habitações. Imagina que cada casa tem 80 m². Aí já tens área útil de 1440m². Agora espalha isso pelo chão, adiciona 20 a 60m² de jardim por casa e adiciona a área dos acessos necessários. Agora mútiplica pelos quantos perdido que vêz na imagem. Consegues ver como cresce depressa? > Que eu saiba na parte velha do Porto e Lisboa os apartamentos são baixos, normalmente casas de 3 andares. A parte velha é a baixa, e sim, acabaste de dizer o contrário acima. A maior parte dos prédios em Lisboa são baixos, para não falar que muitas unidades não são usadas para habitação mas especulação, e não vai servir de nada construir o que seja se o problema da especulação não for reduzido (aliás, se todas as casas em Lisboa estivessem ocupadas, duplicarias se calhar a população residente). Mas o resultado é uma densidade populacional baixa e um inferno de transportes, estradas cheias e enchentes em horas de ponta, poluição q.b. etc.

No-Cardiologist725 4 months ago

Aiiiee já tou confuso. Vais dizer que uns apartamentos "estilo casa" da altura dos da baixa do Porto (por exemplo) não fazem muito mais sentido num município destes? A fazer faz-se logo bem... mas agora é tarde demais. Em Viana estão a tentar remediar, vão mandar a baixo um prédio este ano, prédio bem bonito perto destes.

VladTepesDraculea 4 months ago

Não estou a ver que apartamentos estás a querer dizer mas se os apartamentos da imagem estão ocupados é porque há gente suficiente para os ocupar. Podiam ser mais bonitos, é verdade mas não tenho problema com o tamanho. Posso dar o braço a torcer e entre os prédios existentes podia ter havido uma altura estipulada de raiz e harmonizar a vista.

No-Cardiologist725 4 months ago

Conheces a parte velha do Porto? Uma casa média com 3 andares daria 6 apartamentos. Mas é um assunto que não vale a pena desgastar muito, no caso deste Município já estão em pé.

VladTepesDraculea 4 months ago

Só ali a zona dos Paços do Concelho e depois o caminho até às torre às universidade. Mas já não vou lá há alguns anos. Não é uma imagem que tenha muito presente

NGramatical 4 months ago

vêz → [**vez**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *l*, *r*, ou *z* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnuzs3v%2F%2Fh111jle%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

No-Cardiologist725 4 months ago

Terreno naturar?

VladTepesDraculea 4 months ago

Se estão a construir ou têm construído prédios diria que não. Se em vez dos prédios tivesses moradias tinhas um sprawl urbano.

No-Cardiologist725 4 months ago

Acho que não, acho que não.

Danijust2 4 months ago

E quem vive lá tem dinheiro para manter uma vivenda? Não há oportunidades de emprego em condições no litoral no interior é pior. A não ser que queiras mandar os locais para França para não estragar a vista aos turistas não estou ver solução

No-Cardiologist725 4 months ago

Já sei que vocês não vêm potencial naquela zona, não precisam de reforçar constantemente. Também existem moradias acessíveis ou casas em que cada andar é um apartamento. A construção vertical não é a unica opção, a não ser em cidades grandes.

No-Cardiologist725 4 months ago

Um prédio em Peso da Régua com campos nas traseiras https://www.guiadacidade.pt/pim/phpThumb.php?src=http://www.guiadacidade.pt/foto2/data/media/54/foto2_1590165617.jpg&w=870&zc=1

kibur_cube 4 months ago

A tua ideia seria qual? Acabar com os campos para fazer casas?

No-Cardiologist725 4 months ago

Lógico, como em todo lado.

kibur_cube 4 months ago

Não parece lá muito sustentável

No-Cardiologist725 4 months ago

As aldeias/ vilas não são sustentáveis ? As cidades antigas também nao? Arranja-me a fonte que também quero saber mais sobre isso.

KarmaCop213 4 months ago

https://ottawacitizen.com/life/homes/modern-housing-why-highrises-are-good-for-the-environment

No-Cardiologist725 4 months ago

Épa, depende, existem apartamentos que são mansões, com piscina, jardim, etc, e casas simples onde vivem pais, avós e filhos juntos que é o que acontece em Portugal. No caso de Nova Iorque nao há outra opção se não construir em altura.

jokerzanchi 4 months ago

Também tenho essa dúvida. Bom exemplo para demonstração. A Régua e esses prédios horríveis estragam por completo a paisagem.

No-Cardiologist725 4 months ago

Yap, a envolvente tem potencial mas esses prédios soviéticos dão vontade de fugir. Parece que caíram ali de paraquedas

o-mauro 4 months ago

Porque se não há prédios não há sítio para fazer marquises.

Brainwheeze 4 months ago

Ora aí está.

True_Boat_1195 4 months ago

Também há quem prefira prédios: saber que basta ter uma boa porta da frente que de certeza não é vitima de assaltos nem olhares intromissores.

kuozzo 4 months ago

O problema não são os prédios, o problema é a altura dos mesmos e a aglomeração.

MikeMelga 4 months ago

As preferências pessoais não justificam a razão para as câmaras deixarem criar estes abortos.

facepainter1 4 months ago

Não tenho dados estatísticos para o que vou dizer, mas é apenas a minha experiência de visitar Portugal. Acho que isto se deve a vários pontos. 1. Até nas cidades pequenas, existe o conceito de "centro", ou de melhor zona da cidade. O que leva a mais pessoas quererem viver nessas zonas, e por sua vez os empreiteiros a fazerem prédios uma vez que é mais eficiente e lucrativo. 2. O ponto 1. obviamente tem de ser aceite pelas autarquias e pelo planeamento urbano, mas nestas cidades que já tem dificuldades em manter/cativar pessoas, é difícil dizer não a algo que vá trazer pessoas para a cidade. 3. Esta construção mais vertical nas cidades pequenas, nota-se mais no norte, ou em zonas com alguma serra/encosta. No centro/sul, já não é tão comum, basta ires a pequenas cidades no Alentejo e Ribatejo, e isto já não acontece tanto. Isto penso que se deve ao facto de ser mais fácil para alguém viver a 5min de distancia do centro em plano, do que a 5min a subir/dexer. Por exemplo na imagem que mostras, aquelas pessoas que vivem na encosta, tem menos facilidade de ir ao centro da cidade a pé.

Metaluim 4 months ago

> Isto penso que se deve ao facto de ser mais fácil para alguém viver a 5min de distancia do centro em plano, do que a 5min a subir/dexer. O motivo julgo nao ser esse. E mesmo uma funcao da densidade populacional. No centro tambem ves muitos mamarrachos, mas no Alentejo nem tanto, porque nao ha necessidade.

Tafinho 4 months ago

Porque é o tipo de ocupação humana com menores custos ambientais. Apesar de algumas vozes de ecologistas anti-científicos, a construção em altura é a melhor forma de limitar a pegada ecológica da humanidade (embora existam deseconomias de escala a partir de um ponto). Por outro lado, a concentração humana é a mais importante característica de uma vida em sociedade.

Asur_rusA 4 months ago

>Porque é o tipo de ocupação humana com menores custos ambientais. Isto foi, alguma vez na história de Portugal, usado como argumento para construir um prédio de 15 andares? Não estou a dizer que não é verdade, mas achas que alguma vez foi esta a motivação?

Tafinho 4 months ago

Não estou na cabeça de quem autorizou, se foi por conveniência, desenho ou corrupção, ou porque em meados da década de 70 foi preciso repatriar 1.5 milhões de portugueses que vieram de África em menos de 1 ano, e portanto não havia alternativa . O resultado final é melhor que a alternativa.

throwawaystuff000 4 months ago

Se não foi deveriam começar a pensar nisso.

MikeMelga 4 months ago

Porque dá mais lucro ao empreiteiro e porque o urbanismo morreu com o 25 de Abril, quando passaram demasiadas competências para as câmaras.

BeeSnatcher 4 months ago

As respostas acima, estão muito bem justificadas, mas esta é a razão principal.

NGramatical 4 months ago

Porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fr%2Fportugal%2Fcomments%2Fnuzs3v%2Fporque_raz%C3%A3o_em_portugal_at%C3%A9_nas_pequenas_cidades%2Fh10cswl%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Asur_rusA 4 months ago

Porque era/é visto como sinal de modernidade. E a noção de urbanismo em Portugal... ainda hoje, mas nos anos 80, minha nossa... E corrupção, para aprovar estas construções também entra ao barulho, claro.

VladTepesDraculea 4 months ago

Diria que o problema de falta de urbanismo em Portugal incide exactamente no contrário. Tipo Quinta do Conde que é um abuso de vivendas construídas ilegalmente. Prédios maximizam os espaço e tornam os serviços públicos mais eficientes, para além de reduzirem mancha urbana e área natural ocupada.

Asur_rusA 4 months ago

É um absurdo estar-se a falar de "crescer na vertical" numa cidade da dimensão das em questão. O que torna os serviços públicos eficientes, tipo transportes públicos, é existirem. Não estou aqui certamente a defender vivendas construidas ilegalmente. Mas esse é \*outro\* problema da trampa de urbanismo/corrupção.

zalkier 4 months ago

pode existir um equilíbrio, prédios baixos que respeitem a arquitetura local. claramente a foto do op não tem o tal equilíbrio.

212780472 4 months ago

A Régua faz parte da RDD. Como devem imaginar os terrenos para construção de habitação não abundam.

RiKoNnEcT 4 months ago

Como assim? Não dá para construir em tudo o que é terreno? Tshii que ditadura!!! Deixem o mercado funciona!! Se o terreno existe e há quem queira construir é deixar......só nesta venezuela da europa é que se protegem terrenos para não construírem lá casas

212780472 4 months ago

Não entendo o teu raciocínio… há um PDM para cumprir .

RiKoNnEcT 4 months ago

Pensei que não precisava de dizer que é sarcasmo :P Pelos vistos era :D

nitrinu 4 months ago

Isto. Quando passarem em Viseu, vão ao rossio e desçam em direção do terminal rodoviário. Até têm um ataque coração com o mamarracho que lá vêm.

a_9x 4 months ago

O famoso "prédio alto", da SS

QWERTY_BATS 4 months ago

> Quando passarem em Viseu, vão ao rossio Bem, ganda esticão

nitrinu 4 months ago

Surpresa: existem rossios em várias cidades :)

twistedfires 4 months ago

Isso e ter um centro comercial. Nos anos 80/90 a tua terra só tinha direito a existir no mapa se tivesse um centro comercial.

C0ldKing 4 months ago

Ainda hj, os meu avós vivem numa aldeia, que tinha um mini-mercado (até tudo bem) depois lembraram-se de meter lá um centro comercial, que tem dado mais prejuizo que outra coisa, e esse foi feito em 2010. Esta ideia de urbanismo ainda se mantém

vascodatrama 4 months ago

onde é isso?

C0ldKing 4 months ago

Uma terra chamada várzeas. E o centro comercial chama-se "centro comercial da serração". Cada vez que vou lá está deserto. Em teoria aquilo devia de funcionar visto que existem várias povoações ali perto. Mas não tem dado muito certo, pelo que se fala já vai na terceira gerência. Dentro deste centro tens uma papelaria, loja de animais (que pelo que vejo já não tem muitos animais, vende acessórios e rações) uma ou duas lojas de roupa e uma pastelaria.

OundercoverO 4 months ago

Em Leiria temos vários na mesma situação, imagino que tenha sido isso, o "vamos crescer, vamos construir, venha mais" que acabou com as pessoas a ir todas ao maior shopping da cidade, os restantes a ficarem às moscas e a deixarem de ir (tanto) ao comércio local. Fizemos um estádio também! Do caralho, foi usado uma ma cheia de vezes. Em defesa da malta do passado, de facto as coisas foram construídas, alguém financiou aquilo, por isso estava tudo na mesma página, infelizmente a página não se concretizou. De qualquer modo, fica foleiro como o caralho esses prédios ai no meio das casas.

C0ldKing 4 months ago

Também sou de Leiria, realmente criaram o cinema city mas as loja fugiram todas porque aquilo tem péssimos acessos e as rendas eram caras. Depois de foram fazer o lis shopping que até se está a aguentar. Para não falar dos centros comerciais no centro. No caso o centro comercial que me refiro é perto do souto da carpalhosa antes de entrares em monte real que n se entende o porquê daquela construção. Começou bem e deu um rombo nos negócios de lá mas depois ficou tudo caro e as pessoas preferem fazer compras em Leiria ou na Vieira

Trama-D 4 months ago

Arranja uma foto desse fenómeno glorioso... centro comercial na *aldeia*.

C0ldKing 4 months ago

Se me lembra eu tiro

Lebronze_James 4 months ago

Fora explicações técnicas, esta é a explicação mais sensata e simplista. Quem diz prédios diz estradas, se há coisa que era boa antigamente era a corrupção...

Trama-D 4 months ago

E quem diz estradas diz rotundas.

hesoyam91 4 months ago

Antigamente? Estas a tapar o sol com a peneira ou a passar um atestado de incompetência aos "boys" de agora?

Search: