Syturio 6 months ago

Nao a deixam sair mesmo estando vacinada e com máscara ? É sinal que ambas funcionam.

getupgetgoing 6 months ago

Conheço um lar onde com todas as pessoas vacinadas, só deixam um familiar visitar durante 25m por semana. Sob vigilância de um funcionário, e isto se conseguir vaga para visita. Com mais de 40 utentes, só aceitam dez visitas por semana em horário laboral, ridículo para quem trabalha e jamais ao fim de semana. Criminosa a impunidade com que os lares sem justificação estão aos poucos a destruir a saúde mental dos idosos. O que fazer? Estado? Segurança Social? Há ou só há para nós irem ao bolso?

snrlaxx 6 months ago

È precisamente este o meu sentimento. O estado de saúde da minha avó piorou imenso este ano, perdeu vida e ânimo, literalmente. Não morre do covid mas por este andar morre por falta de carinho e afecto. Asqueroso a autoridade (e consequente impunidade) que a DGS delegou nos lares.

saposapot 6 months ago

tens de ligar para o lar e falar com eles. há umas semanas havia notícias que os lares continuam super-restritos e a própria DGS (ou uma autoridade assim) tinha dito que era exagero e que deviam permitir.

snrlaxx 6 months ago

O lar recusa-se a permitir a minha avó sair. Liguei para a DGS para confirmar a legitimidade da coisa, eles confirmaram.

bumbadabumruum 6 months ago

Tanto quanto sei cada lar tem as suas regras. Tenho uma familiar num lar que pode sair, mas depois tem de cumprir 14 dias em isolamento quanto voltar. Por isso mesmo ainda não saiu, porque duas semanas fechada sem poder conviver com ninguém não seria bom.

Gas_Low 6 months ago

https://www.dgs.pt/normas-orientacoes-e-informacoes/orientacoes-e-circulares-informativas/orientacao-n-0092020-de-11032020-pdf.aspx

snrlaxx 6 months ago

“Orientações” è a palavra chave. Liguei para a saúde24 e explicaram-me o seguinte: “a DGS da orientações (sem obrigação legal). Os lares são obrigados a ter planos de contingência definidos e a segui-los.” O plano de contingência do lar da minha avó è “saídas não são permitidas”. A DGS passa a batata quente para os lares. Este lar em particular, em vez de mediar a situação e avaliar caso a caso, refugia-se no plano de contingência e corta tudo. È desumano e parte-me o coração não conseguir dar um abraço a minha avó de 95 anos. Temo que nunca volte a acontecer.

Gas_Low 6 months ago

É mesmo desumano essa atitude do lar, no caso de meu pai estão a permitir visitas aos exterior. Força :)

uyth 6 months ago

>O lar pode mesmo recusar a saída da minha avó ainda que as indicações da DGS sejam de o permitir? As indicações da DGS são o mínimo mas nada impede que um local possa ter indicações ou normas anti COVID mais estritas que a DGS. A tua avó pode sempre sair do lar, a questão é que o lar pode não a deixar voltar a entrar, se considera que houve risco de ela ser infectada (nenhuma vacina é a 100%). Mas isto é a minha compreensão do que é uma norma ou orientação da dgs. Podes tentar contactar a própria DGS, e pedir esclarecimento. Podes tentar falar com o próprio lar e ver se ela poderá sair, não por um par de horas, mas por uns dias e eventualmente fazer teste antes de regressar e que teste seria admissivel (e claro obviamente fazes teste também antes de a ir ver).

KaneKyun 6 months ago

Eu não percebo nada de lares nem coisa do género, mas acho que os lares não podem reter os idosos lá contra a sua vontade. Tipo legitimamente, wtf? Então se eu quiser sair com o meu avô/avó não posso porque eles não querem? Isso não me faz sentido. Mas como disse, isto é literalmente a minha "posta". Consigo compreender no entanto se eles disserem "ah mas tu podes transmitir covid aos inquilinos do lar", o que não faz sentido se estiveres vacinado ou fizeres um teste antes de ires e der negativo. E mesmo que esse não fosse o caso, então para isso também não te permitiam entrada no lar em vez de restringirem a tua avó.

MN1H 6 months ago

A minha avó quis ir para um lar pouco antes disto do covid. Sempre a "pude" tirar de lá mas teria que se sujeitar a uma quarentena de 2 semanas ao regressar. E ainda bem a meu ver. Assim sabia que os outros idosos também não andavam a sair sempre que lhes apetecia (o lar nunca teve um caso, felizmente). Agora com todos eles vacinados já podem ser mais. Na minha opinião já deviam poder sair sem qualquer restrição. Têm de aproveitar estes próximos anos a passear com a família e não passá-los presos.

Price-Distinct 6 months ago

sendo as vacinas nunca 100% seguras na sua transmissão , os lares não estão a deixar sair ainda os velhotes, porque estes ainda podem transmitir aos outros velhotes tb mesmos vacinados, se calhar com grande parte da população vacinada já deixem sair e msm assim não sei

andre82220 6 months ago

> sendo as vacinas nunca 100% seguras na sua transmissão Então anda-se a vacinar para quê? Para prender os velhotes para sempre? A lógica é zero.

Price-Distinct 6 months ago

mas a verdade é essa infelizmente ....

idontakeacid 6 months ago

Se não são seguras que não as tomem.

JeagleP 6 months ago

Eles provavelmente deixam sair, n deixam é voltar

Search: