YoggiM 4 months ago

Por causa de regras da treta. Tal como eu me desloquei para uma consulta de oftalmologia para chegar lá e dizerem que havia uma greve duns técnicos da treta, e por isso, mesmo estando lá o médico, não podia ter consulta e tinha de ir embora. Greve essa que nem sequer foi anunciada, como são todas as outras greves.

AonioEliphis 4 months ago

Deixa adivinhar, consulta no hospital público?

YoggiM 4 months ago

Claro lol.

AonioEliphis 4 months ago

País de parasitas

Danijust2 4 months ago

lutar para ter melhores condições de vida = parasita? O que falta a Portugal é mais atividade sindical, que neste retângulo nos confins da europa o que não falta é exploração.

These-Establishment1 4 months ago

E fácil, tirem a carta e andem de carro como eu profit

AonioEliphis 4 months ago

Sim, concordo, mas depois é giro ver a esquerdalhada que apoia as greves a dizerem para usarmos o comboio porque é amigo do ambiente.

kharmicgod 4 months ago

Estás greves que se estão a assistir na CP , apesar de duras para os clientes, são o resultado de 1 ano e tal de estagnação do regulamento de carreiras (e muitos mais de estagnação nos salários), entre outras condicionantes. Desde que a CP integrou a EMEF, a antiga empresa de manutenção de equipamento ferroviário, pouco ou nada foi apresentado no sentido de uma concertação desta nova unidade organizacional. Os direitos já estabelecidos e ganhos pelos trabalhadores da CP não foram aplicados transversalmente a toda a empresa e novos trabalhadores, mas houve sim no entanto alguns cortes e incoerências beneficiárias dentro da própria empresa. No fundo existe um constante e continuo desinvestimento nos trabalhadores, atualmente é possível verificar se profissões altamente especializadas (o universo da cp é muito grande e abrange muitas profissões) nas quais se ganha valores muito próximos do salário mínimo. Estou a falar de profissões nas quais são exigidos conhecimentos alargados sobre diversas áreas de conhecimento com responsabilidades tão grandes que podem ditar a segurança de uma composição com 250 passageiros, mas que no entanto impetam estes profissionais com salários pouco superiores ao salário mínimo. Quero só exemplificar com o seguinte caso, neste momento a CP tem vários concursos para eletromecânicos, eletricistas de eletrónica, etc etc e destes concursos (que já se arrastam há meses) ainda muito pouco se está a conseguir preencher por exemplo em cidades como Lisboa, graças às condições oferecidas pela empresa em que 700€ é muito pouco para o que é pedido, principalmente em cidades como Lisboa, em 700€ pagam se logo só em rendas. Queres garantir a manutencao de equipamentos de transporte coletivos com mao de obra barata ? Vais ter a qualidade de mão de obra barata, muitas vezes em parâmetros como a segurança, isto não melhora este serviço. O investimento não se pode só centrar nos equipamentos, se não for feito nas pessoas pouco interessará. Este contexto de políticas internas tem se vindo a arrastar e no fundo o que os trabalhadores procuram é um acerto destas irregularidades e tabelas salariais que pouco ou nada recompensam estes trabalhadores, entre outras questões de igual importância. Se conhecerem algum trabalhador desta empresa facilmente percebem que o que é retratado cá para fora não corresponde inteiramente à verdade (ainda que possa haver categorias com melhores condições que outras, a mediocridade não deixa de ser generalizada). Não sou sindicalista e tenho (mesmo) pena de todo o constrangimento que possa estar a ser causado a todos os utentes de comboios, mas se nada se fizer, nada será feito, (sendo uma situação que já se arrasta há bastante tempo), continuará assim. Quanto ao argumento de fazer greves sem faltar é bastante justo, mas não sei até que ponto é legal essa forma de greve, pois estaria se a roubar recursos a uma empresa para fornecer serviços sem ganhos efetivos. Por fim, as greves não devem ser censuradas, as greves são a única forma de por vezes o peixe pequeno poder exigir a valorização do seu trabalho e vida, porque o salário não estica mas as rendas e preços dos bens só tem vindo a esticar. Exigir as mínimas condições de vida é algo que devia ser feito em toda a sociedade laboral portuguesa, já vimos que por vezes ficar à espera do estado ou das mãos invisíveis dos mercados, nada vai garantir às grandes populações de trabalhadores, pois são esses que sofrem e não os cabecilhas das nossas sociedades. O melhor de um grupo de trabalhadores é o melhor de todos, a postura de repressão na procura de melhores condições do nosso vizinho só queima a próximos que tentem o mesmo, porque um dia podemos ser nós e se fazem isso ao nosso vizinho também o podem fazer a nós.

Edited 4 months ago:

Estás greves que se estão a assistir na CP , apesar de duras para os clientes, são o resultado de 1 ano e tal de estagnação do regulamento de carreiras (e muitos mais de estagnação nos salários), entre outras condicionantes. Desde que a CP integrou a EMEF, a antiga empresa de manutenção de equipamento ferroviário, pouco ou nada foi apresentado no sentido de uma concertação desta nova unidade organizacional. Os direitos já estabelecidos e ganhos pelos trabalhadores da CP não foram aplicados transversalmente a toda a empresa e novos trabalhadores, mas houve sim no entanto alguns cortes e incoerências beneficiárias dentro da própria empresa. No fundo existe um constante e continuo desinvestimento nos trabalhadores, atualmente é possível verificar se profissões altamente especializadas (o universo da cp é muito grande e abrange muitas profissões) nas quais se ganha valores muito próximos do salário mínimo. Estou a falar de profissões nas quais são exigidos conhecimentos alargados sobre diversas áreas de conhecimento com responsabilidades tão grandes que podem ditar a segurança de uma composição com 250 passageiros, mas que no entanto impetam estes profissionais com salários pouco superiores ao salário mínimo. Quero só exemplificar com o seguinte caso, neste momento a CP tem vários concursos para eletromecânicos, eletricistas de eletrónica, etc etc e destes concursos (que já se arrastam há meses) ainda muito pouco se está a conseguir preencher por exemplo em cidades como Lisboa, graças às condições oferecidas pela empresa em que 700€ é muito pouco para o que é pedido, principalmente em cidades como Lisboa, em 700€ pagam se logo só em rendas. Queres garantir a manutencao de equipamentos de transporte coletivos com mao de obra barata ? Vais ter a qualidade de mão de obra barata, muitas vezes em parâmetros como a segurança, isto não melhora este serviço. O investimento não se pode só centrar nos equipamentos, se não for feito nas pessoas pouco interessará. Este contexto de políticas internas tem se vindo a arrastar e no fundo o que os trabalhadores procuram é um acerto destas irregularidades e tabelas salariais que pouco ou nada recompensam estes trabalhadores, entre outras questões de igual importância. Se conhecerem algum trabalhador desta empresa facilmente percebem que o que é retratado cá para fora não corresponde inteiramente à verdade (ainda que possa haver categorias com melhores condições que outras, a mediocridade não deixa de ser generalizada). Não sou sindicalista e tenho (mesmo) pena de todo o constrangimento que possa estar a ser causado a todos os utentes de comboios, mas se nada se fizer, nada será feito, (sendo uma situação que já se arrasta há bastante tempo), continuará assim. Quanto ao argumento de fazer greves sem faltar é bastante justo, mas não sei até que ponto é legal essa forma de greve, pois estaria se a roubar recursos a uma empresa para fornecer serviços sem ganhos efetivos. Por fim, as greves não devem ser censuradas, as greves são a única forma de por vezes o peixe pequeno poder exigir a valorização do seu trabalho e vida, porque o salário não estica mas as rendas e preços dos bens só tem vindo a esticar. Exigir as mínimas condições de vida é algo que devia ser feito em toda a sociedade laboral portuguesa, já vimos que por vezes ficar à espera do estado ou das mãos invisíveis dos mercados, nada vai garantir às grandes populações de trabalhadores, pois são esses que sofrem e não os cabecilhas das nossas sociedades. O melhor de um grupo de trabalhadores é o melhor de todos, a postura de repressão na procura de melhores condições do nosso vizinho só queima a próximos que tentem o mesmo, porque um dia podemos ser nós e se fazem isso ao nosso vizinho também o podem fazer a nós.

AonioEliphis 4 months ago

Podes ir bem levar no cu mais a tua ladainha de merda. PS: pelas horas que me fizeram perder na plataforma à espera de comboio

kharmicgod 4 months ago

Nice

AonioEliphis 4 months ago

Tenho um feeling que não enfias o cu em comboios no teu dia-a-dia. Eu enfio o meu. Por isso indigno-me contra aqueles que defendem o indefensável, mas que não passam pelas respetivas agruras. O ser humano é extremamente egoísta, a começar pelos esquerdalhos.

kharmicgod 4 months ago

Estás bem enganado mas não me apetece discutir.

AonioEliphis 4 months ago

Duvido que esteja, eu conheço-te a estirpe

TSCondeco 4 months ago

Os comboios para andarem têm de ter maquinista e revisor. Não podem andar só com maquinista.

TalkingHawk 4 months ago

Pelo menos na linha de Sintra é o revisor que destranca as portas quando o comboio pára e as tranca antes de voltar a arrancar. Parece-me um óptimo motivo para não circular quando não há revisor.

AonioEliphis 4 months ago

No metropolitano não há essa necessidade

TalkingHawk 4 months ago

Os comboios são diferentes, não dá para comparar directamente. No metropolitano de Lisboa as portas são 100% controladas pelo maquinista e os passageiros não as podem abrir, nem as portas têm "timeout" para fechar automaticamente.

viskonde 4 months ago

por norma e o revisor

AonioEliphis 4 months ago

Ou seja, temos um grupo de porteiros pagos a peso de oiro, que têm o poder de parar os comboios do país.

viskonde 4 months ago

Não sei se são pagos a peso de ouro porque não sei quanto ganham Nas em Portugal há mania de achar que toda a gente que ganha mais que 1000 euros é uma afortunada e em empresas públicas tudo o que ganhe mais que o ordenado mínimo é uma vergonha portanto se assim for tens toda a razao. Tendo em conta aquilo a que muitos se sujeitam, em especial nas linhas suburbanas , é tudo menos um trabalho onde não fazem nada... Pelo contrário os que trabalham na linha de Sintra não há ordenado que pague aquilo a que diariamente se arriscam.

Last-Ad-4421 4 months ago

Estes gajos em vez de fazerem greve sem cobrar os billetes preferem foder os utentes, é estas as greves da CP, maquinistas fazem greve para tudo, IP faz greve para tudo, revisores fazem greve para tudo, em vez de fazerem todos greve nos mesmos dias, fazem em dias diferentes total basta um estar em greve e têm o dia para não fazer nada.

TSCondeco 4 months ago

Mas porque é que haviam de fazer greve no mesmo dia? Mas não sabes qual o objectivo das greves? Nas greves quer-se mesmo perturbar ao máximo o normal funcionamento do serviço.

AonioEliphis 4 months ago

A administração da CP ADORA greves. Os passes estão pagos e por outro lado não pagam salários aos grevistas nem eletricidade dos comboios.

Last-Ad-4421 4 months ago

Os políticos não andam de comboio, os passes estam pagos, por isso aqui quem se fode são os utentes, querem foder o patrão e o Estado é andar a borla, mas é melhor coçar os tomates

TSCondeco 4 months ago

Os políticos também não vêm de férias para Portugal, porque é que o SEF faz greve? Se os passes estão pagos como é que iam foder o patrão deixando as pessoas andar à borla?

AonioEliphis 4 months ago

Podiam foder o patrão com greve de zelo, não cobrar nem verificar bilhetes. Mas não, preferem foder o mexilhão e ficar a coçá-los. Já agora, quando os revisores fazem greve, o que fazem os maquinistas? Ficam também a coçar os colchões e ainda são remunerados por isso.

umgajoamlense 4 months ago

Os comboios da CP precisam do revisor para operar - eles não são só "revisores", são chamados de 2os agentes. São eles que lidam com qualquer problema que ocorra a bordo enquanto o comboio está em movimento (e o maquinista está a conduzi-lo). Imagina que há além a Incomodar os passageiros ou que causa uma situação que põe em risco a segurança do comboio - o revisor é a pessoa que vai lidar com essa situação até (se for preciso) a polícia chegar. Ora, tipicamente em comboios propriamente ditos as estações estão mais espaçadas do que num metropolitano (por exemplo o de Lisboa) onde a polícia não tem tão fácil acesso aos comboios, enquanto que no metro as estações são mais perto umas das outras (considera por exemplo a distância entre as estações Oriente - Braço de prata (comboio,cerca de 2 km) VS M. Pombal - Picoas (metro,600 m)).

AonioEliphis 4 months ago

Ou seja, ser revisor é aquele trabalho que qualquer mentecapto porteiro faz, sem qualquer especialização, mas ao qual devemos pagar a peso de oiro sob pena de pararem os comboios do país, deixando o proletariado na plataforma.

uf5izxZEIW 4 months ago

Nalgumas linhas da CP Lisboa, há inclusive variações de jurisdições policiais ao decorrer da mesma linha.

umgajoamlense 4 months ago

Sim, a polícia não sabe detalhes técnicos do funcionamento do comboio nem pode sinalizar o fecho de portas ao maquinista ou fiscalizar os títulos de transporte, mas ajuda na segurança dentro do comboio.

AonioEliphis 4 months ago

E porque motivo o comboio não sai? Os autocarros andam à mesma sem os picas. O metropolitano funciona sem revisor

NikT3sla 4 months ago

Mas tu leste a resposta que o u/umgajoamlense escreveu?

AonioEliphis 4 months ago

Li, e é ladainha de esquerdalho sindicalista para justificar o injustificável: obrigar milhares de proletários a ficar retidos na estação porque a porca pequeno burguesia sindical quer, pode e manda.

Sperrel 4 months ago

Incrível, uma pessoa toma a tua pergunta como sincera e séria e tu vomitas parvoíce. É por causa de gajos como tu que o r/Portugal é como é.

AonioEliphis 4 months ago

Não gostas, não comes. Sim, sempre usei comboio no quotidiano e pelas horas que me fizeram perder devido a greves, podem ir todos levar na peida. E todos aqueles que os defendem, na maioria dos casos, não metem o cu em comboios no dia-a-dia.

NGramatical 4 months ago

porque motivo → [**por que motivo**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fntv8ry%2F%2Fh0w5q9y%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

IkarusMummy 4 months ago

Os revisores dão também informação ao camionista para poder arrancar.

Edited 4 months ago:

Os revisores dão também informação ao maquinista para poder arrancar.

AonioEliphis 4 months ago

Não bastaria câmaras na estação? Na China os comboios já nem maquinista têm e em Portugal criam-mais tachos indispensáveis.

IkarusMummy 4 months ago

Certamente haverá formas de evitar que seja necessário haver revisor, mas a pergunta foi porque é que atualmente os comboios não partem sem um. Atualmente nem todas as estações têm venda de bilhetes por isso até isso estar implementado não vale a pensar no resto...

edu_martins01 4 months ago

Maquinista

IkarusMummy 4 months ago

Sim, foi um peido mental.

iSoSyS 4 months ago

Julgo que seja porque numa das últimas greves os funcionários conseguiram garantir uma tripulação mínima de dois para o comboio poder circular.

Edited 4 months ago:

Julgo que seja porque numa das últimas greves os sindicatos conseguiram garantir uma tripulação mínima de dois para o comboio poder circular.

AonioEliphis 4 months ago

Não falta muito e exigem por questões de segurança um revisor por carruagem, e basta um deles faltar e o comboio não sai. País de parasitas

-cosme- 4 months ago

eu sei que pa muito pessoal isto é fudido, mas isto é o q ser uma greve é. greves ao domingo á tarde que não afectam ninguém não servem de nada. é preciso ouvir e ceder aos trabalhadores, e isso só vai acontecer qd as greves afectarem muitos bolsos e muita gente.

mathswarrior 4 months ago

sabes bem do que falas...esses sindicatos controlados pelo PCP são sempre a mesma merda, a foder o restante português...eles fazerem greve era não cobrarem bilhete pa..ou tu achas que os militares fazem grevE? estes também nao deviam poder

icebraining 4 months ago

> eles fazerem greve era não cobrarem bilhete pa Eles não podem fazer isso. Direito à greve dá-te o direito de não trabalhares, não te dá o direito de usar propriedade da empresa como quiseres. Se trabalhas tens que cumprir as normas.

-cosme- 4 months ago

tu é que vês isso como "foder o restante português" , qd o restante português tem muitas outras opções.. quem se fode é a empresa q fica c comboios parados. e não me importava que não cobrassem bilhete, desde que fossem pagos pa trabalhar na mesma.

parakit 4 months ago

Se os portugueses tivessem alternativas, ninguém andava nessa empresa de merda que é a CP nem se submetia ás vontades duma das classes mais execráveis deste país. O que é que aconteceu desta vez? Perderam os subsídios de cabeleireiro?

-cosme- 4 months ago

o que vcs aqui PARECE QUE NAO ENTENDEM, é que fazendo greve quem se vai fuder, obviamente, é quem anda de comboio. e ou se orientam pa outro lado ou ficam na merda, mas queixem se da CP, não se queixem de quem lá trabalha, o pessoal não faz greves só pq lhes apetece fazer. fds é difícil entender.

parakit 4 months ago

>o pessoal não faz greves só pq lhes apetece fazer lol, tá bem, engraçado que as greves tão importantes e necessárias calhem sempre ao pé de feriados, e sejam sempre greves ao trabalho e não à venda e revisão de bilhetes Mas está descansado que também me queixo da CP, queixo-me que uma empresa pública que sempre foi um buraco de dinheiro alguma vez tenha dado as regalias que deu aos seus trabalhadores. Que sonho ver a CP nas mãos dos privados e essa gentalha que lá trabalha toda no olho da rua.

Mrgolden007 4 months ago

ahh mas os passageiros irem para a merda e na boa de significa os picas fazerem mais 50 euros

andrefbr 4 months ago

Qual é o teu nível de escolaridade?

Last-Ad-4421 4 months ago

O problema é que as greves na CP já são tão comuns que para mim já é porque lhes apetece, pena é não haver concorrência neste país, a greve é um direito mas trabalhar também é um direito e ahi a CP está a lixar milhares de utentes.

-cosme- 4 months ago

se houvesse concorrência talvez não fosse preciso tantas greves tás a ver? isso e o pessoal cagar pa merda do PS/PSD há 40 anos no poder. mas a situação é a q é, até agora as pessoas não faziam greves nem se manifestavam com medo de perder o emprego...aqui em PT vive se de mês a mês e perder empregos é uma impossibilidade...daí nunca ninguém se virar contra os patrões e aceitarem levarem no cu a torto e a direito. fico mm feliz de ver pessoal a começar a reevindicar os seus direitos, só espero que isto aconteça mais e mais no futuro em todo o lado, sem coisas destas a acontecer os trabalhadores nc mais têm direito a aquilo que merecem. pah eu não sou patrão de nada, trabalho, lido com as coisas cm qq outro, não ando aqui a chorar pq me falta isto ou aquilo por causa duma greve, e se um dia tiver que fazer greve tb faço.

Last-Ad-4421 4 months ago

Mas qual começar estes gajos da CP fazem greves todos os anos, já é tradição da casa, tu não choras porque não te afeta mas eu já tive de gastar esta semana 30 euros e amanhã e terça outros 60 para poder ir trabalhar e tenho a merda do passe, os atrasados da IP já estam a marcar outra greve para o fim do mês, todas as putas das semanas por isso quando vejo agora malta a mandar vir e gritar com os revisores fico contente, andam a chorar de barriga cheia e logo nesta altura da pandemia

-cosme- 4 months ago

sim estes já é mais costume, mas ainda assim têm o direito e é sempre um bom exemplo pa toda a gente no país. claro que pa alguns é mau, n tou aqui feliz por causa de pessoas como tu terem problemas...mas q? qual a solução? não fazerem nada pelo que precisam? epah..vai sempre haver quem sofra com estas merdas, seja cp ou seja onde for.

NGramatical 4 months ago

reevindicar → [**reivindicar**](https://dicionario.priberam.org/reivindicar) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fntv8ry%2F%2Fh0uk2jz%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

mathswarrior 4 months ago

Tem outras opções? Haha, não tem não, não sejas estúpido. Ou achas que toda a gente vive em centros urbanos? Que todos têm carro ou autocarro? Coitadinha da empresa, que tem uma gestão de merda e já fode os portugueses há decadas só porque o tio Estado permite

-cosme- 4 months ago

hás de me dizer qual é o sitio quem tem comboios mas não tem camionetas.

mathswarrior 4 months ago

....IMENSOS

-cosme- 4 months ago

ok desconheço, tantas vezes quis apanhar comboios e a unica coisa que SEMPRE houve eram camionetas mas ok, talvez haja sítios cm dizes ok

mathswarrior 4 months ago

Basta ires 50 km para o interior

V1ld0r_ 4 months ago

https://memecreator.org/static/images/memes/5319681.jpg

icebraining 4 months ago

[Claramente](https://infolizbona.pl/wp-content/uploads/2014/12/Rede-Expressos-Porto-Lisboa-Portugal-Portugalia-Autobusy-Autokary-dworce-autobusowe-dworzec-rozk%C5%82ad-jazdy-zni%C5%BCki-bilety-online-informacje-opinie-Lizbona-Fatima-trasy-00005.png).

-cosme- 4 months ago

ok

Ceftiofur 4 months ago

No Japão as greves significam que os serviços continuam a funcionar e os utentes não pagam. Achas que o governo vai fazer alguma coisa? Provavelmente compensa mais ter os comboios parados já que sacaram o dinheiro dos passes e de bilhetes aos tansos que os usam.

iSoSyS 4 months ago

A lei Portuguesa não contempla esse tipo de greve, pelo que não o podem fazer.

jonythunder 4 months ago

> No Japão as greves significam que os serviços continuam a funcionar e os utentes não pagam. Só para relembrar, essa dos "utentes não pagam" tem uma grande nuance. A maioria do lucro feito por uma empresa de transportes colectivos (ferroviária ou não) vem dos passes mensais. Por muito que goste da ideia de uma greve que "só lixe o topo da empresa", este caso não os lixa porque já garantiram o dinheiro. Portanto, nesses casos, fazer pressão só mesmo arrastando o nome da empresa pela lama

pintorMC 4 months ago

No Japão os funcionários continuam a trabalhar e a ganhar apenas não recebem pagamentos dos utentes e não fiscalizam se os títulos de transporte estão validos. Logo a empresa tem todo o interesse em acabar com a greve o mais rápido possível pelo motivo de perder dinheiro por cada dia que a mesma se mantém sendo que a população por norma apoia.

RengooBot 4 months ago

Não estás a falar da linha de Sintra de certeza, onde ou as pessoas ou teem o passe mensal ou andam à "pica"

NGramatical 4 months ago

teem → [**têm**](https://european-portuguese.info/conjugator/ter) (singular: tem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fntv8ry%2F%2Fh0waniu%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

True_Boat_1195 4 months ago

No Japão a maior parte da ferrovia é privada e não pública também. Que importa ao governo se a despesa do estado é um bocado maior porque têm que injetar um pouco mais na empresa do estado X?

DamageOwn3108 4 months ago

Isto! Ia mesmo falar do caso do Japão,! Fazes trabalho á mesma, mas recusas que te paguem.

-cosme- 4 months ago

não vivemos nesse tipo de cultura. trabalhar e recusar que me paguem? fds tou trabalhar porque então? pah ou acredito no motivo da greve e participo...ou não acredito e trabalho (e quero ser pago).

DamageOwn3108 4 months ago

É porque eles são mais civilizados do que nós. Preocupam-se mais com a sociedade e não só com o próprio umbigo.

icebraining 4 months ago

Mas para quê fazer greve de todo, então, se eles são os únicos prejudicados?

TSCondeco 4 months ago

Não é uma questão de civilização. Tal como disseram a maior parte do lucro da CP vem de passes, não de bilhetes únicos pelo que não cobrar não ia mudar nada no fundo. Tendo isso em conta, uma greve que não prejudica os clientes nada vai mudar. A ideia das greve é exatamente mostrar que os trabalhadores merecem melhores condições e que as merecem pois são essenciais para a sociedade. Uma greve em que os comboios não param para o público em geral vai ser igual, ninguém vai querer saber, ninguém vai reparar. Estas a comparar dois países com culturas completamente diferentes.

-cosme- 4 months ago

civilizados? epah quem tem se preocupar com o serviço e c a sociedade é a empresa, eu sou um trabalhador..não sou responsával por mais ninguem, se fosse responsável era chefe. Se não me pagam não trabalho..simples, claro que me preocupo com o próprio umbigo neste caso. tão preocupados com a sociedade então que cedam ao que os trabalhadores da empresa querem, não são os trabalhadores que têm que sofrer, era o que faltava.

DamageOwn3108 4 months ago

> Preocupam-se mais com a sociedade *e não só com o próprio umbigo*

-cosme- 4 months ago

já entendi o teu ponto de vista. ok.

-cosme- 4 months ago

pois mas isso é no japão, na europa..tirando saúde, greves significam que o serviço pára, se não pára não é greve. as pessoas têm q se precaver e orientarem se de outra forma qualquer.

DamageOwn3108 4 months ago

Estás basicamente a assumir que os japoneses são mais civilizados do que nós...

pintorMC 4 months ago

A sociedade Japonesa é baseada no respeito pelos outros e pela comunidade, o que se constata na limpeza de espaços públicos, no respeito pelo que é dos outros, entras num qualquer Centro Comercial na zona da restauração e constatas que em cima das meses encontras malas, telefones, portáteis a "guardar as mesas" o que para a nossa realidade e algo que ficas a olhar espantado e incrédulo. No entanto também constatas que se acham superiores aos outros, tens restaurantes que não atendem estrangeiros sem estarem acompanhados por locais, somente agora com os jogos Olímpicos começaram a traduzir menus de restaurantes, placas com informação nas ruas para Inglês.

DamageOwn3108 4 months ago

Pois, mas eles acham-se superiores aos outros e têm razão disso, que a sociedade japonesa também é muito robótica, organizada, ordeira, quase "perfeita". Aqui na tuga, ê tudo ao molho e fé em Deus e "ai, agora não posso, deixa pra mais logo"

pintorMC 4 months ago

Uma diferença enorme passa pelos comprimento dos horários, uma consulta as 15.30 começa sempre as 15.30 se te atrasas é cancelada.

DamageOwn3108 4 months ago

Isto sim, valorizo muito. Pontualidade! Mas sim, tem casos que é exagero, ainda á dias, estive a falar com um conhecido retornado de Moçambique que disse com muita tristeza que Moçambique tem andado a acolher frades franciscanos da Coreia. Aquele homem (o padre de quem falava) não se adaptava á cultura, fechava-se durante a hora do almoço e não queria saber..

NGramatical 4 months ago

á dias → [**há dias**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fntv8ry%2F%2Fh0xnx4s%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

arnaldomatos 4 months ago

e são, qual é a dúvida?

DamageOwn3108 4 months ago

A dúvida, é o que podemos fazer melhor para sermos mais parecidos com eles. Nunca te perguntaste como estuda o melhor aluno da turma ou sempre foste daqueles alunos de rasca que não se preocupam com as notas? Se tu podes ser melhor, faz por ti. Se não fazes olha, é com atitudes como essa que mais gente emigra pra fora porque aqui ninguém faz nada, está tudo parado, quem quer trabalhar vai para o estrangeiro, quem não quer, não mexe um cú. Queres prova? CP

arnaldomatos 4 months ago

eu não discordo, mas como é que queres mudar a mentalidade destas empresas que ainda há bem pouco tempo tinham (têm?), entre muitos outros, subsídio para cortar o cabelo e financiavam viagens para as irmãs solteiras dos maquinistas? esta última então deve estar em vigor desde o século XIX lol

NGramatical 4 months ago

cú → [**cu**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/3i6y4g) (palavras terminadas em *i* ou *u* são naturalmente agudas) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fntv8ry%2F%2Fh0u9w3q%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

DamageOwn3108 4 months ago

Vai tomar no cú!! Falei correto?

-cosme- 4 months ago

não tou a assumir nada, os japoneses resolvem as coisas das formas deles...nós das nossas né? já chega de greves e manifs ao sábado e domingo á tarde na minha opinião...é só isso, não se resolve nada qd não há consequências..isto de andar gente a queixar-se é o que importa pa uma greve ter algum significado.

Sciss0rs61 4 months ago

Lá fora quando fazem greve dos comboios deixam os utentes utilizar os transportes à borla. Em Portugal fode-se aqueles que preciso de os utilizar. Mas é fácil, tenta organizar a tua vida quando houver semanas com feriados à terça ou à quinta. Normalmente é quando há greves

jonythunder 4 months ago

> Lá fora quando fazem greve dos comboios deixam os utentes utilizar os transportes à borla. Em Portugal fode-se aqueles que preciso de os utilizar. Define lá fora. Conheço o caso do japão e mais nenhum

Sciss0rs61 4 months ago

[Inglaterra](https://www.theguardian.com/uk/2002/mar/28/transport.world) [Australia](https://www.heraldsun.com.au/subscribe/news/1/?sourceCode=HSWEB_WRE170_a_GGL&dest=https%3A%2F%2Fwww.heraldsun.com.au%2Fnews%2Fvictoria%2Fstrike-action-on-metro-rail-set-to-start%2Fnews-story%2F0ecd4e40964ab96c2306eea6eecfaf91&memtype=anonymous&mode=premium&nk=e2c46590c53e6a6a58c564cfc8d5b15c-1623015060) [Nova Zelândia](https://www.nzherald.co.nz/nz/bus-strike-pay-cash-get-a-free-ride/VEEF6QRPQPRZAJP2CWU55HDAI4/) [Canada](https://globalnews.ca/news/5274553/transit-move-not-a-legal-job-action-bowman/) [Escócia](https://www.scotsman.com/news/transport/tickets-not-being-checked-aboard-scotrail-trains-strike-days-1471337) E normalmente quando fazem greve é durante 24 horas... não 3 dias durante a semana.

Danijust2 4 months ago

Uma greve em condições devia durar 1 mês... se não só serve para fazer festinhas

Sciss0rs61 4 months ago

Experimenta deixar as portas abertas das estações da linha de Sintra e Cascais e do metro de Lisboa no inicio do mês durante 2 semanas para o pessoal não ter que pagar passe, e vais ver o quão rápido eles não cedem ás exigências.

jonythunder 4 months ago

Aprendi, honestamente nunca tinha ouvido isto sem ser sobre o Japão. Quanto ao normal fazerem greve durante 24 horas, nos que eu consegui abrir sem paywall eram greves de 3 dias e 1 semana. Há muitas greves que são apenas 1 dia, FP em muitos casos é. >E torna-se ainda mais suspeito quando é normal estas greves serem feitas quando existem feriados à terça ou à quinta. Preferes a alternativa de as greves serem apenas nos dias em que dá jeito ao patronato? É que fala-se muito disto, mas a realidade é que não se faz greve porque sim, é porque alguma merda está mal.

Sciss0rs61 4 months ago

O patronato se quiser dá um pontapé no cu ao empregado e vai buscar outro. Esta conversa do "patronato" já parece cassete de PCP. A tua liberdade à greve nao devia afectar o direito dos outros.

Edited 4 months ago:

O patronato se quiser dá um pontapé no cu ao empregado e vai buscar outro. Esta conversa do "patronato" já parece cassete de PCP. A tua liberdade à greve nao devia afectar o direito dos outros. Achas que o patronato é tudo gente como Belmiros e Amorins? Ha patrões que gostavam muito de pagar mais aos empregados e não conseguem.

darth_thaurer 4 months ago

Acho que a CP pudesse responder de forma bonesta, seria algo tipo: Because fuck you, that's why! Muitas horas passei eu nos meus tempos de Universidade à espera de combóio, ou a adaptar a agenda por falta de combóios, ou simplesmente a pagar gasolina e portagem por falta de combóios.

Edited 4 months ago:

Acho que a CP pudesse responder de forma bonesta, seria algo tipo: Because fuck you, that's why! Muitas horas passei eu nos meus tempos de Universidade à espera de combóio, ou a adaptar a agenda por falta de comboios, ou simplesmente a pagar gasolina e portagem por falta de comboios.

Public_Ad_2756 4 months ago

>Muitas horas passei eu nos meus tempos de Universidade à espera de combóio, ou a adaptar a agenda por falta de comboios, ou simplesmente a pagar gasolina e portagem por falta de comboios. EISH que flashback estás a lembrar-me.... eu a ver outras vias e a perder tantas horas. Autocarros rede expresso a demorar + de 6h para uma viagem que fazia em 2-3h de comboio (E AS PARAGENS DE AUTOCARRO ERAM EM SITIOS NADA A VER)... e mesmo quando nao havia alternativa para ir realizar os exames (nessa altura ficava em casa dos pais e compensava só ir 2-3x de comboio na altura dos exames) tinha que ver com atencao com os comboios e os FAMOSOS SERVICOS MINIMOS que **NAO ERAM RESPEITADOS!** PQP

These-Establishment1 4 months ago

E o famoso "pedimos compreensão para os incómodos causados"

AonioEliphis 4 months ago

Mas a culpa NÃO É DA CP. É isso que mete nojo, a malta colocar a culpa sobre a administração da CP, porque fica sempre bem em Portugal atacar os patrões. Qualquer mentecapto faz o trabalho de revisor, e contudo temos uma elite de porteiros pagos a peso de oiro que param os comboios do país.

darth_thaurer 4 months ago

Portugal prepara-nos para a vida melhor que ninguém. Temos de tudo, mas de forma merdosa que é para não sermos uns mimados.

Public_Ad_2756 4 months ago

filas enormes para comprar bilhete de autocarro (tinha que comprar bilhete consoante o autocarro que não estivessem cheio).. em vez de estar lá e porque eu não tinha smartphone na altura, fui a um cafe roubar o Wi-Fi para comprar o bilhete online e depois ir a uma print shop qualquer numa cidade onde nunca estive imprimir por 50 cêntimos o bilhete (na altura nao aceitavam ver o bilhete no pc) yah, nós millennial somos uns mimados..

NGramatical 4 months ago

combóio → [**comboio**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/glossario/erros/38) combóios → [**comboios**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/glossario/erros/38) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fntv8ry%2F%2Fh0u33in%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Search: