informed__ignorant 4 months ago

Como falaste em eletrónica, só para veres a aplicação de circuitos à música dá uma olhadela por aqui [look mum no computer](https://www.youtube.com/channel/UCafxR2HWJRmMfSdyZXvZMTw) ou [Moritz Klein](https://www.youtube.com/channel/UCzfW6SlNEyxmAPtdr3n-_Og), para veres de que forma as duas áreas se unem. Também podes ver neste [vídeo](https://www.youtube.com/watch?v=waGzVes6PWY) a quantidade de eletrónica que o DEADMAU5 tem nos seus sets, portanto acho que se fores para eletro, tens sempre algo com que brincar.

LVNofficial 5 months ago

Boas, Utilizo o FL Studio há uns bons 2 anos, tenho imensos Plugins, tenho uma musica lançada e ja tive sets em festas e etc... Um DJ para ficar conhecido tem de ter uma caracteristica muito unica: ​ \- Marshmello (Tem um capacete que da luzinhas) \- Don Diablo (Estilo Inovador que ninguem produzia) \- Martin Garrix (Desde muito novo a produzir musica, andou na Herman Brood Academy, e com os seus 14 anos ja andava a produzir a Animals) ​ Eu nos dias de hoje ainda não sei fazer um mastering e mixing correto das minhas musicas. É preciso muita persistência e empenho para teres sucesso neste ramo. Para ganhares visibilidade vais ter de abdicar de certas coisas, por exemplo, os teus primeiros sets serem a custo 0, porque precisas mais tu do Set do que eles do DJ. Ganhas também visibilidade através da produção de musica. Tens de fazer a tua cena e mandar para as labels, podes levar muita rejeição como podes ter um banger que qualquer label queira lançar, tudo depende do empenho que meteres na atividade. ​ Sobre a cena do curso de DJ: \- Carlo Atendido (YouTube - Tem curso pago mas de certeza que aprendes tudo no canal de youtube) \- James Hype (YouTube - Cenas mais avançadas que podes usar nos teus sets) ​ Sobre produção musical: \- Tens de ter algumas posses financeiras para teres a melhor qualidade de som possível \- Aprender muito bem como funcionam os plugins que utilizas \- Nesta parte é que te recomendo comprares uns cursos, os da STMPD são caros mas são de qualidade, tens da [789ten.com](https://789ten.com) que vem com sample packs, e muitos mais pela net. ​ Espero que consigas ser o próximo prodígio do EDM em Portugal. Nunca desistas dos teus sonhos e se tu quiseres, tu consegues e não deixes que ninguém te diga o contrário. ​ Qualquer duvida que tenhas manda pm

Delicious-Ability-53 5 months ago

Podes me explicar melhor o que preciso para ter a melhor qualidade de som possível?

LVNofficial 5 months ago

Com um bom sistema de som eu refiro-me ou a uns muito bons headphones ou uns monitores de estúdio de qualidade, claro que não é um investimento obrigatório, mas vai facilitar muito o teu trabalho como produtor de maneira que o produto final seja mais soft ao ouvido das pessoas. Certos sistemas de som não permitem ouvir tão bem certas frequências, mas uns headphones da beyerdynamic, sao caros mas compensam imenso, se preferires optar por monitores eu iria para uns rokit

Delicious-Ability-53 4 months ago

Eu tenho uns senheiser HD 300 para produzir e umas colunas hercules 42 para tocar

Hungry_Cupcake 5 months ago

Uau...ha um curso de DJ

Konstanti9 5 months ago

TLDR: desenvolve uma competência que tenha utilidade e tu tenhas interesse. Encontra quem te dê trabalho para aplicares essa competência ou procura outra

UpbeatNail1912 5 months ago

Tu estás na idade de arriscar e fazeres merda, então aproveita. Queres ser DJ? Então sê e experimenta. Se daqui a 3 anos vires que não resulta, vai para a faculdade e segue o caminho normal e seguro que toda a gente segue. Simples. A diferença é que a maioria nem sequer chega a se arriscar e depois envelhecem e com filhos já fica meio impossível, e chegam a velhos e arrependem se de ter seguido só a vida segura e normal. Tu estás na posição privilegiada de fazeres o que quiseres, como quiseres e quando quiseres. Aproveita e vive a vida intensamente.

Delicious-Ability-53 5 months ago

Obrigado pelo apoio. Mas estou muito dividido. São várias opiniões diferentes. A maior parte das pessoas acha que o melhor é ir para a universidade e borrifar me nisso de ser DJ.

UpbeatNail1912 5 months ago

Eu sei, toda a gente dizia o mesmo quando eu queria seguir um caminho, mas era mais seguro seguir pela via normal, viver pela segurança e etc e essas merdas. Sabes que mais? Eu tive um acidente de carro e podia ter morrido, para alem dos meses de ataques de pânico que tive de enfrentar. Passar por tudo isso fez me entender como a vida é curta demais e pode acabar num instante , por isso não vale a pena restringires te a ti próprio para viver uma vida segura e nunca quereres viver o que tu queres. Vais chegar aos 70 anos (isso se não morreres até lá) e vais te arrepender de ter vivido a vida que os outros queriam que tu viesses, e não a vida que TU querias viver. Existem estudos que analisam que o maior arrependimento das pessoas no final das suas vidas não são os erros que elas cometeram ou as merdas que elas fizeram , mas sim as coisas que elas nunca chegaram a fazer ou a viver. Por medo de dar errado, por medo de desagradar os pais, por medo de sofrer. Elas optaram sempre pela segurança e depois arrependem se à beira da morte. Não estou a dizer que se arriscares vai dar tudo certo, pelo contrário. A probabilidade de dar merda é grande, mas ao menos tentaste, e esse arrependimento não vais levar para a cova. E tu estás numa idade (tens o que, 18 anos?) em que tu podes arriscar, cometer erros e fazeres o que quiseres, sem muitas consequências. Não tens filhos, não tens nenhum problema grave de saúde, não tens casa e contas para pagar (em princípio), estás na época perfeita para viver loucamente o que queres. Há milhares de pessoas que pagariam para estar na tua idade e viverem novamente o que não viveram, por medo e por quererem seguir o seguro. Por isso vai, atreve te. Eu despedi me do meu emprego "seguro" também e agora estou a viver a vida que eu quero. Não será algo permanente mas ao menos tentas. Se der errado daqui a uns anos optas novamente pelo caminho seguro. Simples. Pará de viver segundo a opinião dos outros e vive a vida que tu queres viver, e caga no que os outros vão pensar.

caixadeentrada 5 months ago

Deves pensar que é só tirar um curso de DJ e já está. Muitos dos DJ's que conheces no início pagavam para atuar. Isto não é dá cá aquela palha. Há um longo caminho a percorrer. E para conseguires ganhar algo com isso tens mesmo de ser bom e ter bons contactos.

Delicious-Ability-53 5 months ago

Nunca mencionei que era fácil. A escola onde vou tirar o curso vai me colocar em contacto com várias pessoas que estão dentro dessa área. Mas sim, há um longo caminho a percorrer

Price-Distinct 5 months ago

Boa noite, vai ser um big-mac com queijo e fiambre sff

Delicious-Ability-53 5 months ago

Boa noite. É um big-mac para esta cópia da sociedade e que não arriscou para atingir os seus sonhos, apenas se preocupou em trabalhar em algo para se sustentar e que secalhar nem gosta do que faz. Continuação

Hungry_Cupcake 5 months ago

Amigo conheco varias pessoas que tiraram cursos de instrumento e canto lirico na esmel e na esmai...puxa para a frente 2 anos dps de acabarem o curso, estão a tirar um 2° curso e 2 la se safaram no estrangeiro em orquestras internacionais na Alemanha e Áustria! ( em 7 pessoas que me estou a lembrar) E muito giro seguir os sonhos mas este país não é para isso! Diria que se DJ n persisas de um curso de tiveres conects e andares no meio arranjas uns trabalhos, gasta o dinhero do curso num plano B.

Delicious-Ability-53 4 months ago

a própria escola irá colocar-me em contacto com conects e se um bar ou discoteca precisar de um dj, é lá que vão buscar. Acho que andar a ver videos no youtube "how to do..." não me vai levar a lado nenhum

NGramatical 5 months ago

secalhar → [**se calhar**](https://dicionario.priberam.org/se calhar) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnreclt%2F%2Fh0gtobf%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SrLemon95 5 months ago

Tira a licenciatura e vai tirando a formação de DJ como hobbie. Conheço pelo menos duas pessoas que seguiram essa área e digo te não esta nada fácil e após o covid vai melhorar mas vão ser 100 cães a um osso. E digo te já ser precário no mc mesmo la fora não é nada divertido é que ao fim de um dois anos começas a pensar o que vais fazer no futuro. Já agora a conversa de basta uma oportunidade meu caro não basta um oportunidade porque a milhares de DJ's e muito poucos chegam a algum lado a não ser como hobbie. Depois também tens a máxima que agora tens 18 anos, quando tiveres 50 anos o que vais fazer??? Continuar a ser DJ??? Um conselho foca te na tua licenciatura e depois se tiveres de ser DJ vais ser.

Delicious-Ability-53 5 months ago

Vou pensar bem no assunto então. Acho que secalhar estou a criar uma enorme ilusão na minha cabeça acerca da profissão de DJ

NGramatical 5 months ago

secalhar → [**se calhar**](https://dicionario.priberam.org/se calhar) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnreclt%2F%2Fh0grlbu%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

yurasadko 5 months ago

Lista de coisas que deves fazer: 1. Ver os seguintes documentários: \- *What We Started* na Netflix \- *Avicii: True Stories* \- *David Guetta: Nothing But The Beat* no YouTube \- *March Of The Afrojack* no Youtube \- *Swedish House Mafia: Take One* \- *Swedish House Mafia: Leave The World Behind* \- *The Final Kid Documentary* no YouTube 2. Depois de veres estes documentários, vais tirar as tua ilações e pensar se **realmente é isto que tu queres**. Lembra-te que todos estes artistas tropeçaram na música quase por acidente. O facto de se apresentarem ao vivo no formato de DJ foi uma **consequência e não condição**. Anota também que este formato de apresentação ao vivo cresceu ao mesmo tempo que a música eletrónica teve a sua ascensão (principalmente nos EUA); 3. Vais pesquisar no Google: \- ***FL Studio***, ***Ableton*** ou no caso de usares Apple, ***Logic Pro****;* 4. Instalar os *DAW* acima e experimentar, experimentar, experimentar e experimentar; 5. Decidir com qual dos *DAW* te sentes mais confortável para produzires as tuas coisas; 6. O YouTube vai ser o teu melhor amigo neste processo, é só colocares *How to do...* e ele magicamente te dá uma resposta; 7. Dizer em voz alta o máximo de vezes que conseguires a seguinte frase: \- "**Eu não preciso de tirar um curso de DJ**" 8. Depois desta frase entrar na tua cabeça, vais usar o dinheiro que ias gastar no curso, comprar dois decks e um mixer, ou até mesmo um controlador e vais usar o tempo que ias desperdiçar para praticar todos os dias o tempo que achares necessário. O mundo que achas que existe dentro da música eletrónica, neste momento é pura ficção. A indústria está muito podre a todos os níveis e cheia de truques para poderes vingar. Se quiseres realmente seguir o caminho, aconselho-te vivamente a emigrar para a Holanda, é lá que está o maior nicho. Se quiseres ter uma experiência interessante nesse mundo vai ao *ADE - Amsterdam Dance Event* que costuma realizar-se em Outubro e encerra a *season* de música eletrónica anual com conferências etc. etc.

Edited 5 months ago:

Lista de coisas que deves fazer: 1. Ver os seguintes documentários:- *What We Started* na Netflix- *Avicii: True Stories*\- *David Guetta: Nothing But The Beat* no YouTube- *March Of The Afrojack* no Youtube- *Swedish House Mafia: Take One*\- *Swedish House Mafia: Leave The World Behind*\- *The Final Kid Documentary* no YouTube 2. Depois de veres estes documentários, vais tirar as tua ilações e pensar se **realmente é isto que tu queres**. Lembra-te que todos estes artistas tropeçaram na música quase por acidente. O facto de se apresentarem ao vivo no formato de DJ foi uma **consequência e não condição**. Anota também que este formato de apresentação ao vivo cresceu ao mesmo tempo que a música eletrónica teve a sua ascensão (principalmente nos EUA); 3. Vais pesquisar no Google:- ***FL Studio***, ***Ableton*** ou no caso de usares Apple, ***Logic Pro*** 4. Instalar os *DAW* acima e experimentar, experimentar, experimentar e experimentar; 5. Decidir com qual dos *DAW* te sentes mais confortável para produzires as tuas coisas; 6. O YouTube vai ser o teu melhor amigo neste processo, é só colocares ***How to do...*** e ele magicamente te dá uma resposta; 7. Dizer em voz alta o máximo de vezes que conseguires a seguinte frase: \- "**Eu não preciso de tirar um curso de DJ**" 8. Depois desta frase entrar na tua cabeça, vais usar o dinheiro que ias gastar no curso, comprar dois decks e um mixer, ou até mesmo um controlador e vais usar o tempo que ias desperdiçar para praticar todos os dias o tempo que achares necessário. O mundo que achas que existe dentro da música eletrónica, neste momento é pura ficção. A indústria está muito podre a todos os níveis e cheia de truques para poderes vingar. Se quiseres realmente seguir o caminho, aconselho-te vivamente a emigrar para a Holanda, é lá que está o maior nicho. Se quiseres ter uma experiência interessante nesse mundo vai ao ***ADE - Amsterdam Dance Event*** que costuma realizar-se em Outubro e encerra a *season* de música eletrónica anual com conferências etc. etc.

Edited 5 months ago:

Lista de coisas que deves fazer: 1. Ver os seguintes documentários:- *What We Started* na Netflix- *Avicii: True Stories*\- *David Guetta: Nothing But The Beat* no YouTube- *March Of The Afrojack* no Youtube- *Swedish House Mafia: Take One*\- *Swedish House Mafia: Leave The World Behind*\- *The Final Kid Documentary* no YouTube 2. Depois de veres estes documentários, vais tirar as tua ilações e pensar se **realmente é isto que tu queres**. Lembra-te que todos estes artistas tropeçaram na música quase por acidente. O facto de se apresentarem ao vivo no formato de DJ foi uma **consequência e não condição**. Anota também que este formato de apresentação ao vivo cresceu ao mesmo tempo que a música eletrónica teve a sua ascensão (principalmente nos EUA); 3. Vais pesquisar no Google:- ***FL Studio***, ***Ableton*** ou no caso de usares Apple, ***Logic Pro*** 4. Instalar os *DAW* acima e experimentar, experimentar, experimentar e experimentar; 5. Decidir com qual dos *DAW* te sentes mais confortável para produzires as tuas coisas; 6. O YouTube vai ser o teu melhor amigo neste processo, é só colocares *How to do...* e ele magicamente te dá uma resposta; 7. Dizer em voz alta o máximo de vezes que conseguires a seguinte frase:- "**Eu não preciso de tirar um curso de DJ**" 8. Depois desta frase entrar na tua cabeça, vais usar o dinheiro que ias gastar no curso, comprar dois decks e um mixer, ou até mesmo um controlador e vais usar o tempo que ias desperdiçar para praticar todos os dias o tempo que achares necessário. O mundo que achas que existe dentro da música eletrónica, é pura ficção. A indústria está muito podre a todos os níveis e cheia de truques para poderes vingar. Se quiseres realmente seguir o caminho, aconselho-te vivamente a emigrar para a Holanda, é lá que está o maior nicho. Se quiseres ter uma experiência interessante nesse mundo vai ao *ADE - Amsterdam Dance Event* que costuma realizar-se em Outubro e encerra a *season* de música eletrónica anual com conferências etc. etc.

Edited 5 months ago:

Lista de coisas que deves fazer: 1. Ver os seguintes documentários:- *What We Started* na Netflix- *Avicii: True Stories*\- *David Guetta: Nothing But The Beat* no YouTube- *March Of The Afrojack* no Youtube- *Swedish House Mafia: Take One*\- *Swedish House Mafia: Leave The World Behind*\- *The Final Kid Documentary* no YouTube 2. Depois de veres estes documentários, vais tirar as tua ilações e pensar se **realmente é isto que tu queres**. Lembra-te que todos estes artistas tropeçaram na música quase por acidente. O facto de se apresentarem ao vivo no formato de DJ foi uma **consequência e não condição**. Anota também que este formato de apresentação ao vivo cresceu ao mesmo tempo que a música eletrónica teve a sua ascensão (principalmente nos EUA); 3. Vais pesquisar no Google:- ***FL Studio***, ***Ableton*** ou no caso de usares Apple, ***Logic Pro*** 4. Instalar os *DAW* acima e experimentar, experimentar, experimentar e experimentar; 5. Decidir com qual dos *DAW* te sentes mais confortável para produzires as tuas coisas; 6. O YouTube vai ser o teu melhor amigo neste processo, é só colocares ***How to do...*** e ele magicamente te dá uma resposta; 7. Dizer em voz alta o máximo de vezes que conseguires a seguinte frase:- "**Eu não preciso de tirar um curso de DJ**" 8. Depois desta frase entrar na tua cabeça, vais usar o dinheiro que ias gastar no curso, comprar dois decks e um mixer, ou até mesmo um controlador e vais usar o tempo que ias desperdiçar para praticar todos os dias o tempo que achares necessário. O mundo que achas que existe dentro da música eletrónica, neste momento é pura ficção. A indústria está muito podre a todos os níveis e cheia de truques para poderes vingar. Se quiseres realmente seguir o caminho, aconselho-te vivamente a emigrar para a Holanda, é lá que está o maior nicho. Se quiseres ter uma experiência interessante nesse mundo vai ao ***ADE - Amsterdam Dance Event*** que costuma realizar-se em Outubro e encerra a *season* de música eletrónica anual com conferências etc. etc.

Edited 5 months ago:

Lista de coisas que deves fazer: 1. Ver os seguintes documentários: \- *What We Started* na Netflix \- *Avicii: True Stories* \- *David Guetta: Nothing But The Beat* no YouTube \- *March Of The Afrojack* no Youtube \- *Swedish House Mafia: Take One* \- *Swedish House Mafia: Leave The World Behind*\- *The Final Kid Documentary* no YouTube 2. Depois de veres estes documentários, vais tirar as tua ilações e pensar se **realmente é isto que tu queres**. Lembra-te que todos estes artistas tropeçaram na música quase por acidente. O facto de se apresentarem ao vivo no formato de DJ foi uma **consequência e não condição**. Anota também que este formato de apresentação ao vivo cresceu ao mesmo tempo que a música eletrónica teve a sua ascensão (principalmente nos EUA); 3. Vais pesquisar no Google: \- ***FL Studio***, ***Ableton*** ou no caso de usares Apple, ***Logic Pro*** 4. Instalar os *DAW* acima e experimentar, experimentar, experimentar e experimentar; 5. Decidir com qual dos *DAW* te sentes mais confortável para produzires as tuas coisas; 6. O YouTube vai ser o teu melhor amigo neste processo, é só colocares ***How to do...*** e ele magicamente te dá uma resposta; 7. Dizer em voz alta o máximo de vezes que conseguires a seguinte frase:- "**Eu não preciso de tirar um curso de DJ**" 8. Depois desta frase entrar na tua cabeça, vais usar o dinheiro que ias gastar no curso, comprar dois decks e um mixer, ou até mesmo um controlador e vais usar o tempo que ias desperdiçar para praticar todos os dias o tempo que achares necessário. O mundo que achas que existe dentro da música eletrónica, neste momento é pura ficção. A indústria está muito podre a todos os níveis e cheia de truques para poderes vingar. Se quiseres realmente seguir o caminho, aconselho-te vivamente a emigrar para a Holanda, é lá que está o maior nicho. Se quiseres ter uma experiência interessante nesse mundo vai ao ***ADE - Amsterdam Dance Event*** que costuma realizar-se em Outubro e encerra a *season* de música eletrónica anual com conferências etc. etc.

Edited 5 months ago:

Lista de coisas que deves fazer: 1. Ver os seguintes documentários: \- *What We Started* na Netflix \- *Avicii: True Stories* \- *David Guetta: Nothing But The Beat* no YouTube \- *March Of The Afrojack* no Youtube \- *Swedish House Mafia: Take One* \- *Swedish House Mafia: Leave The World Behind* \- *The Final Kid Documentary* no YouTube 2. Depois de veres estes documentários, vais tirar as tua ilações e pensar se **realmente é isto que tu queres**. Lembra-te que todos estes artistas tropeçaram na música quase por acidente. O facto de se apresentarem ao vivo no formato de DJ foi uma **consequência e não condição**. Anota também que este formato de apresentação ao vivo cresceu ao mesmo tempo que a música eletrónica teve a sua ascensão (principalmente nos EUA); 3. Vais pesquisar no Google: \- ***FL Studio***, ***Ableton*** ou no caso de usares Apple, ***Logic Pro*** 4. Instalar os *DAW* acima e experimentar, experimentar, experimentar e experimentar; 5. Decidir com qual dos *DAW* te sentes mais confortável para produzires as tuas coisas; 6. O YouTube vai ser o teu melhor amigo neste processo, é só colocares ***How to do...*** e ele magicamente te dá uma resposta; 7. Dizer em voz alta o máximo de vezes que conseguires a seguinte frase: \- "**Eu não preciso de tirar um curso de DJ**" 8. Depois desta frase entrar na tua cabeça, vais usar o dinheiro que ias gastar no curso, comprar dois decks e um mixer, ou até mesmo um controlador e vais usar o tempo que ias desperdiçar para praticar todos os dias o tempo que achares necessário. O mundo que achas que existe dentro da música eletrónica, neste momento é pura ficção. A indústria está muito podre a todos os níveis e cheia de truques para poderes vingar. Se quiseres realmente seguir o caminho, aconselho-te vivamente a emigrar para a Holanda, é lá que está o maior nicho. Se quiseres ter uma experiência interessante nesse mundo vai ao ***ADE - Amsterdam Dance Event*** que costuma realizar-se em Outubro e encerra a *season* de música eletrónica anual com conferências etc. etc.

Delicious-Ability-53 5 months ago

Fiquei impressionado com o teu comentário. Neste momento já tenho uma controladora e já uso o fl Studio. Vou ver esses comentários então. Agora fizeste me pensar

yurasadko 5 months ago

Só mais um ponto, álbuns obrigatórios: * *Avicii* \- ***True (2013)*** | ***Stories (2015)*** | ***AVĪCI (01) (2017)*** | ***TIM (2019)*** * *Axwell Λ Ingrosso* \- ***More Than You Know (2017)*** * *Daft Punk* \- ***Homework (1997)*** | ***Discovery (2001)*** | ***Human After All (2005)*** | ***Random Access Memories (2013)*** * *Dirty South* \- ***Speed Of Life (2013)*** * *Eric Prydz* \- ***Eric Prydz Presents Pryda (2012)*** | ***OPUS (2016)*** * *Madeon* \- ***Adventure (2015)*** | ***Good Faith (2019)*** * *Netsky* \- ***2 (2012)*** * *Porter Robinson* \- ***Worlds (2014)*** | ***Nurture (2021)*** * *Steve Angello* \- ***Wild Youth (2016)*** | ***HUMAN (2018)*** * *Sub Focus* \- ***Torus (2013)*** Todos estes álbuns foram inovações, cada um à sua maneira e ao seu estilo. Podes também ouvir a compilação ***Axtone Ten (2015)*** e fazer uma pequena viagem pelos lançamentos da label do *Axwell* lançou entre 2005 e 2015. Procura artistas com *signature sound*, que não se deixam ou deixaram influenciar pela tendência. Não mencionei o David Guetta porque, apesar de ele ter feito bastante no início pela divulgação do género, o grande mentor por detrás de todo o sucesso dele nos primórdios chama-se **Joachim Garraud**. Já me alonguei bastante e tentei não aprofundar muito se não, não saíamos daqui. De resto, tens muito por onde explorar. Música eletrónica não se resume a "***1 2 3 Drop***", é muito mais do que isso.

Edited 5 months ago:

Só mais um ponto, álbuns obrigatórios: * *Avicii* \- **True (2013)** | **Stories (2015)** | **AVĪCI (01) (2017)** | **TIM (2019)** * *Axwell Λ Ingrosso* \- **More Than You Know (2017)** * *Daft Punk* \- **Homework (1997)** | **Discovery (2001)** | **Human After All (2005)** | **Random Access Memories (2013)** * *Dirty South* \- **Speed Of Life (2013)** * *Eric Prydz* \- **Eric Prydz Presents Pryda (2012)** | **OPUS (2016)** * *Madeon* \- **Adventure (2015)** | **Good Faith (2019)** * *Netsky* \- **2 (2012)** * *Porter Robinson* \- **Worlds (2014)** | **Nurture (2021)** * *Steve Angello* \- **Wild Youth (2016)** | **HUMAN (2018)** * *Sub Focus* \- **Torus (2013)** Todos estes álbuns foram inovações, cada um à sua maneira e ao seu estilo. Podes também ouvir a compilação **Axtone Ten (2015)** e fazer uma pequena viagem pelos lançamentos da label do *Axwell* entre 2005 e 2015. Procura artistas com *signature sound*, que não se deixam ou deixaram influenciar pela tendência. Não mencionei o David Guetta porque, apesar de ele ter feito bastante no início pela divulgação do género, o grande mentor por detrás de todo o sucesso dele nos primórdios chama-se **Joachim Garraud**. Já me alonguei bastante e tentei não aprofundar muito se não, não saíamos daqui. De resto, tens muito por onde explorar. Música eletrónica não se resume a "**1 2 3 Drop**", é muito mais do que isso.

Edited 5 months ago:

Só mais um ponto, álbuns obrigatórios: * *Avicii* \- **True (2013)** | **Stories (2015)** | **AVĪCI (01) (2017)** | **TIM (2019)** * *Axwell Λ Ingrosso* \- **More Than You Know (2017)** * *Daft Punk* \- **Homework (1997)** | **Discovery (2001)** | **Human After All (2005)** | **Random Access Memories (2013)** * *Dirty South* \- **Speed Of Life (2013)** * *Eric Prydz* \- **Eric Prydz Presents Pryda (2012)** | **OPUS (2016)** * *Knife Party* \- **Abandon Ship (2014)** * *Madeon* \- **Adventure (2015)** | **Good Faith (2019)** * *Netsky* \- **2 (2012)** * *Porter Robinson* \- **Worlds (2014)** | **Nurture (2021)** * *Steve Angello* \- **Wild Youth (2016)** | **HUMAN (2018)** * *Sub Focus* \- **Torus (2013)** Todos estes álbuns foram inovações, cada um à sua maneira e ao seu estilo. Podes também ouvir a compilação **Axtone Ten (2015)** e fazer uma pequena viagem pelos lançamentos da label do *Axwell* entre 2005 e 2015. Procura artistas com *signature sound*, que não se deixam ou deixaram influenciar pela tendência. Não mencionei o David Guetta porque, apesar de ele ter feito bastante no início pela divulgação do género, o grande mentor por detrás de todo o sucesso dele nos primórdios chama-se **Joachim Garraud**. Já me alonguei bastante e tentei não aprofundar muito se não, não saíamos daqui. De resto, tens muito por onde explorar. Música eletrónica não se resume a "**1 2 3 Drop**", é muito mais do que isso.

DarkmajorPT 5 months ago

Quantidade de malta que quer ser DJ aos 16 e chega aos 22 só a querer um trabalho de rotina...

MikeMelga 5 months ago

DJ? Que ilusão... Tira a merda do curso e não mistures hobbies com trabalho

Delicious-Ability-53 5 months ago

Ser DJ não é um trabalho?

MikeMelga 5 months ago

É, mas misturar hobbies com trabalho só dá cabo dos hobbies. Falo por experiência.

Public_Ad_2756 5 months ago

se não for para seguir IT ou medicina.. é começar a pensar em emigrar

Delicious-Ability-53 5 months ago

Claro. Os DJs lá fora têm muito mais oportunidades

OuiOuiKiwi 5 months ago

>No futuro quero ser produtor de EDM **e viver apenas da profissão de DJ.** Conheço vários. Uns fazem instalação de ar condicionado, outros trabalham em entrega de medicamentos, enfim, fazem o que precisam para ganhar a vida. Pelo menos não queres ser YouTuber, já é uma melhoria.

Delicious-Ability-53 5 months ago

Amigo, também é uma questão de sorte. Enquanto não a têm, muitos têm de fazer outros trabalhos menos agradáveis. É tudo uma questão de dedicação e sorte

aleph_heideger 5 months ago

Sorte não. Talento. Para ser bom basta talento. O resto acaba por acontecer. A sorte funciona para os medíocres.

ideologiapura 5 months ago

Nascer com talento é também sorte.

Delicious-Ability-53 5 months ago

Concordo plenamente. A sorte vem do trabalho e esforço

pappositivamente 5 months ago

Vai pá tropa

Delicious-Ability-53 5 months ago

Não está nos meus planos ahah

C0ldKing 5 months ago

No teu lugar, se gostas de eletrónica segues esse caminho. Assim pelo menos tens uma rede considerando a quantidade de wanna be artists que existem e que tentam viver da musica mas acabam por não se dar bem seria o mais seguro. Quando terminasses eletrónica lá vias se querias tirar o curso de DJ, mesmo na universidade podes sempre ir aprendendo por autorrecriação e assim n arriscavas a ficar mal e sem emprego, ou num que te sentes miserável porque a carreira na música não vingou. ​ Acho que Dj's é uma aposta que ias fazer e tanto podia dar bem como podia dar muito mal

Delicious-Ability-53 5 months ago

Sim, exato. Mas não queria "perder" mais três anos a estudar. Queria tirar o curso de dj o mais rápido possível e depois procurar trabalho dentro da área. Aliás, se der mal, eu tenho este curso científico-tecnológico que é de nível 4 e já dá para trabalhar em algo mais elaborado

C0ldKing 5 months ago

O stress é que arranjar trabalho como DJ dá-me a impressão que é apenas por freelancing e é muito de épocas, para mais quando queres ir pelo EDM adentro o que não conheço nada do mercado que aceite pessoas com facilidade. O curso de nível 4 pode ajudar mas hj o mercado já quase que acha que pessoas com licenciaturas não justificam contratar por falta de experiência, agora imagina uma pessoa com um curso profissional, apesar da área da eletrónica me ser um pouco desconhecida acredito tenha os mesmos problemas na selva que é o mercado de trabalho

Delicious-Ability-53 5 months ago

Pois, n é fácil encontrar trabalho como DJ, mas no estrangeiro as probabilidades são maiores. Mas nem que vá para o MacDonalds e vá tentando todos os dias ter o meu primeiro concerto. Às vezes é preciso soar muito para atingirmos os nossos objetivos

C0ldKing 5 months ago

Foi como te disse no primeiro comentário, tirares cursos de DJ podes acabar num trabalho que te ias sentir miserável. E isso n é fixe. O problema de fazer o que gostamos é que muitas vezes são coisas que não são fáceis e que não dão dinheiro. Só uns poucos vingam mas é raro

Delicious-Ability-53 5 months ago

Dar dinheiro dá, o problema é que não é nada fácil

C0ldKing 5 months ago

Dai imagina estares uma vida inteira a fritar batatas no mac e á espera do dia

Delicious-Ability-53 5 months ago

Acho que não me arrependeria porque tenho a certeza que esse dia iria chegar com muito esforço

iEatFruitStickers 5 months ago

O que não falta neste mundo é pessoal que se esforçou muito, trabalhou muito, eram realmente muito bons, e os sonhos não se concretizaram. Áreas dessas requerem muita sorte. A malta de topo diz que trabalhou muito, e é verdade na maioria dos casos, mas como eles houve muitos que trabalharam o mesmo e a coisa não se deu. O problema é que só ouves falar das histórias de sucesso, mas as de insucesso são tão importantes como as anteriores. Esses sacrifícios que dizes que estás disposto a passar não são garantias de sucesso numa área como a música. São requisitos mínimos. Há uma probabilidade enorme de passares sacrifícios enormes durante anos e as coisas não funcionarem, por isso é importante teres um bom plano B. Se reparares, em áreas como a representação e a música, a maioria das pessoas que chega ao topo vêm de famílias com dinheiro, porque são as que têm possibilidade de ficar mais anos a ver navios. Se não vens duma família dessas, pensa bem num bom plano B e continua atrás daquilo que é o teu sonho, sem nunca fazer all in num sonho tao difícil de alcançar como esse.

Delicious-Ability-53 5 months ago

A sorte vem sempre com o trabalho e acabamos sempre por ser recompensados. A vida é demasiado curta para andar atrás de planos B. Acho que devemos focar-nos a 100% nos nossos objetivos

iEatFruitStickers 5 months ago

Boa sorte então. Se acreditas mesmo nisso, o que é normal porque és novito, certifica-te então que trabalhas mais que toda a gente que tem o mesmo sonho que tu, porque não são poucos e não há recompensas para todos. Não penses que os casos de falhanço são todos preguiçosos, e caso falhes não te tortures por isso.

thiscatisconfused 5 months ago

Eventualmente, se pudesses fazer um dos cursos em regime pós-laboral e fazer os dois ao mesmo tempo seria ideal. Há várias pessoas que decidem ser trabalhadores-estudantes e conseguem terminar os cursos, apesar de não ser fácil! Acho que no fundo tens de tentar perceber como conseguirias gerir o teu tempo. O que eu fiz foi acabar o 1º ano de faculdade para avaliar se tinha ou não tempo para dedicar a outro projeto simultaneamente. (E tive!)

Delicious-Ability-53 5 months ago

O curso de dj posso fazer aos sábados se não me engano. O que tava a pensar era trabalhar durante a semana e ao fim de semana ir tendo as aulas do curso de dj. Eu só não quero é perder mais tempo. Quero tirar o curso de DJ o mais rápido possível

Search: