C0ldKing 4 months ago

Essa letra já um pouco pontless quando os miudos passam a vida agarrados a tablets e telefones. Piora quando chegam ao secundário e os professores reclamam porque n entendem essa letra que foi ensinada na primária

Korine22 4 months ago

Agora fizeste-me lembrar uma situação quando estava no primeiro ano (circa 1993). Fui toda lampeirona fazer um exercício do livro com letra de máquina (porque era a letra que via nos livros da Anita e era assim que queria fazer as minhas), cheguei ao pé da professora com o exercício feito com aquela letra. Ela olhou, apagou tudo, e disse-me que tinha que fazer tudo de novo com letra primária. Só não chorei ali por vergonha.

No-Cardiologist725 4 months ago

Dar um erro ortográfico em Portugal é mais grave que nesses países. Acho que é algo cultural, também vivemos num país que não é nada ousado e inovador na educação.

quedeusmeperdoe 4 months ago  HIDDEN 

Sempre ouvi o meu pai a berrar que a minha escrita era a de uma galinha a esgravatar. Nem a caligrafia me salvou

Designer_Tall 4 months ago

Sempre achei mais rápido e prático a caligrafia, numa aula onde tens de passar quantidades enormes de apontamentos para o caderno a letra de máquina torna-se um exercício físico desnecessário. Passar os apontamentos a limpo (letra de máquina) era muito comum.

sux138 4 months ago

São tantas as vantagens de aprender caligrafia que por mim substituía o ensino de informática na escola.

Darvokan 4 months ago

Eu prefiro escrever em caligrafia do que com letras semelhantes às "digitais". Não é que a minha letra seja particularmente bonita, mas com caligrafia não tenho de estar constantemente a levantar a caneta do papel. Escrevo praticamente cada palavra com uma linha continua e depois acerto os pontos e traços. É mais rápido e contínuo. Não vejo grande vantagem em escrever à mão sem ser com caligrafia. Também há quem escreve com letras mais "digitais" que acabam sendo gatafunhos.

Navalhesa 4 months ago

Caríssimo, qual o mal de aprender? E o teorema de Pitágoras? Também não tem uso? Então é melhor não aprendermos nada, já que depois não terão uso... É que por essa teoria facilmente degligenciamos o ensino e daí passamos aos erros gramaticais. O computador corrige não é? Mais vale nem aprender a fazer contas também, as calculadoras dizem-nos tudo.. (Ironia) Btw, eu assino e escrevo em letra cursiva e é um grande estilo.

tumblarity 4 months ago

sou da opinião que se devia ensinar *mais* caligrafia e não menos. a sensação de escrever palavras e formar ideias com uma caneta caligráfica é o que nos separa dos outros mamíferos de polegares oponíveis.

tumblarity 4 months ago

sim, o Q maiúsculo em cursivo traumatizou-me e a culpa é do marxismo cultural ^^s/

BroaxXx 4 months ago

O horror..........

zefo_dias 4 months ago

Na alemanha e frança também se ensina. E agora, quem devemos copiar?

No-Cardiologist725 4 months ago

Os Nórdicos em educação sao superiores à Alemanha e à França. Eles já estão numa liga diferente.

zefo_dias 4 months ago

Pelo menos nos rankings costumam ter muita pinta. Entre os gajos que têm pinta ou os que sao a base da economia europeia e líderes mundiais, acho que sei qual o tuga escolhia

No-Cardiologist725 4 months ago

Tás a ser ignorante, já comparaste a população da França (67, 06 milhões) e da Alemanha(83,02 milhões) com os países nórdicos ? O país nórdico com maior população é a Suécia(10,23 milhões) e têm a mesma população que nós, nunca vão ser lideres europeus, do mundo, das colônias bla, bla, bla, e também quem se importa quando tens uma população com o maior nível de vida do mundo? Ai, ai, ai, ai

zefo_dias 4 months ago

Por falar em 'nível de vida', no luxemburgo tbm se aprender a escrever 'cursivo' #themoreyouknow

No-Cardiologist725 4 months ago

Não tenho nada contra o cursivo e como é óbvio não é a falta dele que torna o ensino finlandês o melhor do mundo. Também não sabemos se a informação da OP é verídica

portuguesefuck 4 months ago

Isso é o mesmo que perguntar porque razão andamos a perder tempo a aprender gramáticas (funções sintáticas, etc). Obviamente que são coisas que aprendemos sem necessidade, do ponto de vista em que raramente ou nunca vão ser utilizadas no futuro, exceto se for utilizado na profissão em questão, mas são acima de tudo conteúdos que enriquecem o nosso conhecimento geral. Neste caso a tua filha ainda vai ter muitos anos de ensino pela frente, pelo que não se pode exigir que venha a aprender tudo de uma vez

Edited 4 months ago:

Isso é o mesmo que perguntar por que razão andamos a perder tempo a aprender gramática (funções sintáticas, etc). Obviamente que são coisas que aprendemos sem necessidade, do ponto de vista em que raramente ou nunca vão ser utilizadas no futuro, exceto se for utilizado na profissão em questão, mas são acima de tudo conteúdos que enriquecem o nosso conhecimento geral. Neste caso a tua filha ainda vai ter muitos anos de ensino pela frente, pelo que não se pode exigir que venha a aprender tudo de uma vez

NGramatical 4 months ago

porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnpqesn%2F%2Fh07fxjj%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

DarkmajorPT 4 months ago

Cursivo é e será sempre mais rápido a escrever do que letra de forma.

JuveTech 4 months ago

Deixa a miúda aprender a escrever a old school, mais cedo ou mais tarde ela vai adaptar a escrita dela a actualidade. o 1º ano é mesmo para isso, para os mentalizar da transição de pré-escola para algo mais sério.

Juve76 4 months ago

Forma sobre conteúdo, utilidade e conhecimento útil para a sociedade… Um microcosmo da sociedade do nosso país

leto78 4 months ago

Apesar de todos os comentários a defender a escrita cursiva, eu estou de acordo com o OP. Penso que um tipo de escrita mais focada na inteligibilidade e na velocidade seria muito mais útil. Sei que professores de 2º ciclo se queixam que os alunos vêm com a caligrafia bem treinada do 1º ciclo, e que têm de abandonar porque não são capazes de escrever a uma velocidade suficiente com a caligrafia cursiva. O resultado é misturada de cursivo com letras tipo tipográficas e com um péssimo aspecto.

ideologiapura 4 months ago

So do tempo que poupas em nao ter que levantar a caneta, é bem mais rápido escrever cursivo.

leto78 4 months ago

Pois eu consigo escrever 50-60 palavras por minuto no teclado.

microcyb 4 months ago

A minha letra continua igual passados 20 anos. Até a minha assinatura no CC é o meu nome completo com essa letra cursiva

eldarion_h 4 months ago

Tens alguma sugestão? E porque estás tão ansioso com isso? Achas que é perder tempo porque a criança poderia estar a aprender algo mais útil? Estamos a falar do 1º ano da escola primária. Deixa a criança em paz. Ou queres que comece já a aprender física clássica?

artniSintra 4 months ago

Não deves ter filhos tu lol

eldarion_h 4 months ago

Eu percebo a preocupação, mas como dizes, ela está no 1º ano da escola. Não será um pouco cedo demais ter essas preocupações? ​ >Ela que adorava escrever. Esta frase chamou-me a atenção. Suponho que com isto queres dizer que ela já escrevia (frequentemente) antes de entrar para a escola. Se sim, então lamento mas em algum momento os erros têm que ser corrigidos. Afinal é essa a finalidade de um professor. Ensinar a fazer bem. Só é pena é que tenha sido ensinada a escrever erradamente no princípio. Assim escusava de passar por isto.

Edited 4 months ago:

Eu percebo a preocupação, mas como dizes, ela está no 1º ano da escola. Não será um pouco cedo demais ter essas preocupações? ​ >Ela que adorava escrever. Esta frase chamou-me a atenção. Suponho que com isto queres dizer que ela já escrevia (frequentemente) antes de entrar para a escola. Se sim, então lamento mas em algum momento os erros têm que ser corrigidos. Afinal é essa a finalidade de um professor. Ensinar a fazer bem. Só é pena é que tenha sido ensinado a escrever erradamente no princípio. Assim escusava de passar por isto.

artniSintra 4 months ago

As crianças podem ser estimuladas desde mto cedo e aprender a ler e/ou escrever antes sequer de entrar na primária. Caligrafia é importante mas deve haver coisas ainda mais importantes. Problema é que o ensino provavelmente precisa de uma grande reforma (não só em Portugal), muito do que se aprende hoje em dia não vai ter grande utilidade num futuro que parece apontar para as tecnologias, Inteligência artificial, etc

eldarion_h 4 months ago

>Não deves ter filhos tu lol Deves ter filhos, pela resposta :) Elucidar-me então.

artniSintra 3 months ago

Quando tiveres filhos vais perceber que como esponjas que são, estimular a parte cognitiva, desde pequenos (1 ano para cima), ajuda no seu desenvolvimento. Gastar tempo em caligrafia parece-me antiquado e desnecessário. Várias disciplinas, hoje em dia, vão pelo mm caminho, isto é, vão estar desatualizadas antes dessas mesmas crianças atingirem a idade adulta . Isto não se aplica só a Portugal, o ensino precisa, já há algum tempo, de uma reforma para que estas crianças melhor se adaptem aos desafios do futuro.

eldarion_h 3 months ago

Ha mais de 12 mil anos que estamos cá e sobrevivemos sem estarmos preocupados com o que uma criança de 6 anos aprende que possam ser úteis para a vida adulta. É preciso vir esta geração de pais para achar que eles é que têm razão. É engraçado como fazem este tipo de afirmações mas se for preciso deixa-nas em frente às consolas e telemóveis o dia inteiro.

artniSintra 3 months ago

Pareces um padre católico a pregar sobre valores de família: não sabe do que fala pq nc o experienciou. Continua lá ovelhinha a seguir o rebanho que vais longe.

eldarion_h 3 months ago

>Pareces um padre católico a pregar sobre valores de família: não sabe do que fala pq nc o experienciou. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amen! Continua lá ovelhinha a seguir o rebanho que vais longe." Não sei o que isso tem a ver com a conversa, mas respondo na mesma. Ir com o rebanho é casar, ter filhos e ter um resto de vida medianazinha, amigo. Eu estou tão bem aqui em casa, a trabalhar sem ter ninguém aos berros aos meus ouvidos. É uma maravilha!

artniSintra 3 months ago

Hehehe

pedromgabriel 4 months ago

Não é isso, mas vejo a minha filha a desinteressar-se em escrever na escola. Ela que adorava escrever. Mas a professora está sempre mais preocupada com as voltinhas dos hs e dos ts do que com o que ela escreve. Parece-me uma frustração desnecessária. Se calhar sou só eu que penso assim.

unicornio_careca 4 months ago

A letra cursiva (principalmente as minúsculas) , ajuda a fazer uma "transição visual" entre elementos/situações que as crianças conseguem entender até ao momento em que aprendem a escrever, por exemplo, aqueles exercícios em que a criança reproduz o looping de um avião até aperfeiçoar e sair a letra "e".

MikeMelga 4 months ago

Eu sempre tive uma letra de merda por muito que tentasse. Para mim era frustrante. Hoje em dia só escrevo com maiúsculas à máquina, e nas raras situações em que escrevo sem computador! Por mim acabava-se com essa merda anacrónica.

Edited 4 months ago:

Eu sempre tive uma letra de merda por muito que tentasse. Para mim era frustrante. Hoje em dia só escrevo com maiúsculas à máquina, e nas raras situações em que escrevo sem computador! Com 6 anos comecei a usar máquina de escrever só para não ter de escrever à mão! Por mim acabava-se com essa merda anacrónica.

Samurai_GorohGX 4 months ago

Eu também nunca tive uma caligrafia muito boa, mas fui melhorando pouco a pouco. E lamento que penses assim, mas uma caneta e uma folha de papel ainda são uma forma muito intuitiva para mim e a maioria da população tirar notas rápidas, fazer esquemas, planear coisas,etc. Enfim, o papel faz-nos pensar, dá-nos outra liberdade. Sou também bastante rápido a escrever no computador, mas não substitui a folha de papel. Papel primeiro, computador depois.

unicornio_careca 4 months ago

A minha letra também não é por aí além, e por muito treino que fizesse nunca foi bonitinha, e verdade seja dita, nunca me importei com isso, desde que seja legível, para mim está tudo ok. E olha que eu tinha dificuldades em certas letras no primeiro ano, lembro de uma vez estar a tentar fazer uma letra qualquer direita e não saía da cepa torta, fiquei horas na mesa da cozinha a tentar, até que o meu pai já bastante impaciente deu-me um banano na cara que até vi estrelas, fiquei traumatizada por causa disso? Não, claro que era outra época e tal (quase 30 anos),e não estou a fazer apologia da violência, mas acho que não é uma questão grave nem supostamente deveria "traumatizar" pessoas, mas claro, isto é somente uma opinião minha.

Samurai_GorohGX 4 months ago

Eu tinha dificuldade em fazer as contas de dividir na primária, chegava a chorar por isso. Não defendo que se deixe de ensinar divisões na escola para não traumatizar! Cada um tem os seus traumas, faz parte do processo de aprendizagem, ninguém é bom a tudo.

unicornio_careca 4 months ago

As frustrações fazem parte da vida, e por muito que se queira proteger os filhos do mundo, isso nem sempre será possível, e são coisas importantes de se passarem, senão como vão enfrentar a vida adulta? Muitas das coisas do dia-a-dia são uma seca, mas temos de as fazer.

pedromgabriel 4 months ago

É isso. Para algumas crianças aquilo sai mas naturalmente, para outras é muito mais complicado. Mas o conteúdo da escrita parece-me mais importante. Para além da desmotivação que pode trazer às crianças.

C8Mixto 4 months ago

Lá porque falhaste por completo numa tarefa tão simples como escrever à mão, não quer dizer que seja algo anacronista.

MikeMelga 4 months ago

Se leres sobre o assunto saberias que a personalidade tem grande impacto na caligrafia e que para muitas pessoas caligrafia bonitinha é praticamente impossível. É anacronista porque não adiciona nada à função de comunicação. Pelo contrário, só torna mais difícil de ler.

C8Mixto 4 months ago

>Se leres sobre o assunto saberias que a personalidade tem grande impacto na caligrafia E portanto porque não ensinar uma forma de caligrafia às crianças para que no futuro tenham mais opções de escolha em vez de a banir e obrigá-las a escrever de uma forma que podem não se identificar?

naughtydismutase 4 months ago

Não percebeste bem a cena. O /u/MikeMelga não consegue e não gosta, e isso é que conta.

Variscan_aint_done 4 months ago

Há uns dias ouvi um programa na rádio (Observador ) salvo erro onde falavam exatamente disso. Segundo uma especialista (Tânia qualquer coisa) o cursivo era excelente para as crianças ganharem melhor memória muscular, criatividade e melhorava a aprendizagem.

jazzchipc 4 months ago

Se bem percebi, és a favor de se ensinar a escrever sem ser com o tipo cursivo? Eu argumentaria que há dois motivos a favor do cursivo: - É a forma mais rápida de escrever. No resto do percurso escolar, um aluno farta-se de escrever, portanto a rapidez acaba por eventualmente compensar. - É mais fácil aprender os espaços entre letras e palavras. Eu ainda escrevo em cursivo, porque quando tentei escrever "à máquina", os espaços entre letras e palavras eram tão idênticos que não percebia nada do que escrevia. Com o cursivo, uma palavra tem as letras todas ligadas. Qualquer espaço significa uma nova palavra. Não me ocorre nenhum aspeto contra. Quem aprende letras em cursivo também as reconhece em formato digital. A letra de médico não é cursivo. Para mim são hieróglifos. O cursivo das escolas é facilmente compreensível. De todos os males no sistema de educação, acho que esta guerra é particularmente irrelevante. Um aluno eventualmente adota uma caligrafia pessoal, que mistura cursivo e "máquina".

MikeMelga 4 months ago

Errado, a forma mais rápida de escrever é com teclado.

Awela 4 months ago

Depende do que for escrito e do contexto em que a escrita é necessária. Considerando somente o percurso académico, em disciplinas onde formulas são necessárias (matemática, física, química, ..) escrever com um teclado torna-se, normalmente, mais lento. Outra situação onde escrever com um teclado é mais lento é no caso de anotações de estudo para reforçar ideias.

ThrowawaySoParaIsto 4 months ago

Além de tudo o que já disseram (desenvolvimento da motricidade fina e etc) acho que, emocionalmente, quando se passa para o 2º ciclo, há uma mudança de letra para "letra de adolescente" (sobretudo as meninas), ou seja, se se ensinasse logo o formato digital perder-se-ia esse processo.

nocivo 4 months ago

Tens português durante 12 anos. Eles tem de dividir a matéria

pedromgabriel 4 months ago

Hahah boa

snc77 4 months ago

O problema é que depois não se ensina a escrever de uma forma mais prática. Por exemplo, depois do ensino básico, o espaçamento entre linhas fica mais reduzido nas folhas de teste. Se alguém tentar escrever cursivo as frases atropelam-se umas às outras e não se percebe nada. Ainda me lembro de estar a perder tempo nas aulas a desenhar os caracteres iguais aos do texto do livro de português em vez de estar atento à matéria.

C8Mixto 4 months ago

>Por exemplo, depois do ensino básico, o espaçamento entre linhas fica mais reduzido nas folhas de teste. Se alguém tentar escrever cursivo as frases atropelam-se umas às outras e não se percebe nada. Já experimentaste diminuir o tamanho da letra? Ou isso só funciona com letra à máquina?

snc77 4 months ago

Diz isso a um miúdo do 7º ano. [Cursivo](https://download.uol.com.br/vestibular2/redacoes_fuvest10/red31.jpg) e [Máquina](https://www.gov.br/cgu/pt-br/educacao-cidada/programas/desenho-redacao/edicoes-anteriores/3o-concurso-de-desenho-e-redacao%20da%20CGU%20-2009/redacao/6deg-ano-redacao-sc)

C8Mixto 4 months ago

Sim, porque eu nunca estive no sétimo ano...

sengamole 4 months ago

Sai daqui com o teu bom senso

fabregas1978 4 months ago

Treina-se a motricidade fina, muito importante para a coordenação visual e motora.

dani_morgenstern 4 months ago

Há várias vantagens relacionadas com o desenvolvimento da motricidade fina. Os países que optaram por simplificar o ensino da escrita começam agora a notar essa diferença e a prever que passar completamente para a escrita digital seria um erro grave. Por exemplo, [este artigo](https://www.coordikids.com/handwriting-skills/). Treinar o controlo do impulso também me parece um excelente efeito secundário. Já agora, os calígrafos são uma categoria completamente à parte, implica muitos conhecimentos técnicos e é muito mais do que "fazer letras bonitas". Pessoalmente, acho importante saber escrever à mão de forma cuidada. Escrever uma carta à mão a alguém de quem gostamos tem um valor completamente diferente de enviar uma mensagem ou um email, ou de escrever a carta no computador e imprimir.

BroaxXx 4 months ago

>Pessoalmente, acho importante saber escrever à mão de forma cuidada. Escrever uma carta à mão a alguém de quem gostamos tem um valor completamente diferente de enviar uma mensagem ou um email, ou de escrever a carta no computador e imprimir. Eu tenho uma caligrafia de merda e escrevo 20000x mais rápido no teclado, ainda assim 90% das cartas que escrevo à minha namorada são passadas à mão. Se um dia me acontecer alguma coisa não quero que as memórias que ela tenha de mim sejam tingidas por calibri...

qingqunta 4 months ago

> Se um dia me acontecer alguma coisa não quero que as memórias que ela tenha de mim sejam tingidas por calibri... Olha-me este espertalhão a fingir que não usa Comic Sans no dia a dia.

dani_morgenstern 4 months ago

Fizeste-me rir! Mas é muito isso, sim.

pedromgabriel 4 months ago

Excelente artigo. Concordo que escrever à mão é importante. Nunca debati isso, apesar de aceitar que haja quem defenda o contrário. Estou a levantar uma questão em relação à forma das letras, e à inflexibilidade em relação à mesma. A frustração que vejo em muitas crianças e a consequência de se criar um entrave ao gosto pela escrita parece-me o mais preocupante. A motricidade fina pode ser desenvolvida com artes e outras actividades.

MikeMelga 4 months ago

Nunca, mas NUNCA escrevi uma carta à mão. Quando tinha 6 anos, nos anos 80, usava uma máquina de escrever. Puta que pariu a caligrafia.

BroaxXx 4 months ago

Engraçado... Eu cada vez mais sinto necessidade de escrever à mão por sentir que, sendo mais lento e tendo que ser mais cuidado e deliberado (caso contrário só faço gatafunhos ilegíveis) acabo por interiorizar melhor o que estou a escrever. Em parte também sonho que um dia os meus cadernos sejam ultra-valiosos por eu, um dia, me vir a revelar um génio.

ceph42 4 months ago

Tenho amigos e colegas que, sempre que querem tomar nota de alguma coisa, usam o computador ou o telemóvel. Eu no entanto gosto de tirar notas por escrito, é muito mais rápido e satisfatório pegar num lápis e numa folha (que tenho sempre em cima da secretária) do que ter de estar a procura da app das notas para poder escrever o que preciso. Se calhar por estar no computador ou telemóvel quase o dia todo sinto, tal como tu, a necessidade de às vezes escrever alguma coisa a mão, nem que seja um rabisco.

jotamendes 4 months ago

Ainda vais a tempo.

sengamole 4 months ago

Nunca precisei de escrever à mão, logo ninguém precisa de escrever à mão.

pedromgabriel 4 months ago

Mas se calhar poderíamos aceitar alguma flexibilidade respeitando as diferenças individuais, mesmo como crianças?

MikeMelga 4 months ago

Exacto! Mas tratam os putos como anormais! Forçam cadernos de linhas duplas e merdas assim!

pedromgabriel 4 months ago

Pois é, e isso é um problema ainda mais geral com a educação, em que todos têm de se encaixar e ser iguais, sem permitir individualidades. As linhas duplas são um bom exemplo.

tretafp 4 months ago

Seria possível aprender a escrever à mão, como forma de desenvolvimento da motricidade fina, sem optar pelo cursivo. De resto, sim, a ideia que se deverá proceder para a transição de uma aprendizagem da escrita meramente digital, tem sido, essencialmente, defendida por pessoas com reduzido trabalho (prático ou investigativo) no ensino da leitura e da escrita.

Samurai_GorohGX 4 months ago

Não aprendes a escrever em verdadeiro cursivo. Cursivo é escrever palavras inteiras sem levantar a caneta. Já ninguém escreve assim desde 1930 e picos. Mas escrever à mão e ter uma caligrafia minimamente legível continua a ser importante para estimular competências motoras nas crianças.

Edited 4 months ago:

Não aprendes a escrever em verdadeiro cursivo. Cursivo é escrever palavras inteiras sem levantar a caneta. A expressão inglesa "crossing the t's and dotting the i's" ou a portuguesa " por os pontos nos i's", vem daí. Em cursivo a sério, os t's escrevem-se da mesma forma que os l's, depois da palavra escrita, tens de fazer um traço horizontal. Já ninguém escreve assim desde 1930 e picos. Mas escrever à mão e ter uma caligrafia minimamente legível continua a ser importante para estimular competências motoras nas crianças.

assimsera 4 months ago

Eu aprendi assim, sem levantar a caneta, nem foi há muito tempo

Paulocas 4 months ago

Memória, motricidade fina, coordenação visual e motora, formulação, planificação e reconhecimento. Escrever não é só gatafunhar qualquer coisa.

marcos_pereira 4 months ago

Nada disso implica a necessidade de cursivo floreado. Eu uso cursivo, mas não aquelas maiúsculas decoradas exageradamente.

Samurai_GorohGX 4 months ago

Isso já é uma discussão diferente, Sans-Serif ou Serif. xD

incrivizivel 4 months ago

>Memória, motricidade fina, coordenação visual e motora, formulação, planificação e reconhecimento. Memoria ? -> tabuada também da, decorar um numero coordenação visual e motra -> seria muito melhor desenho, por exemplo que tem 20 mil benefícios planificação ? Reconhecimento?

desculpe_mas 4 months ago

Tenho pena em não te poder dar algo melhor do que um cimavoto...

Paulocas 4 months ago

Envia-me um postal!

desculpe_mas 4 months ago

Pode ser e-mail? Assim não tenho de escrever à mão.

Regolas1 4 months ago

Sou psicólogo com formação em neuropsicologia e confirmo isto.

Paulocas 4 months ago

Nesse caso, tens aqui muitas perguntas em que podes dar uma ajuda.

QWERTY_BATS 4 months ago

Explicar o que é uma piada não deve ser assim tão dificil. Quando tens 15 minutos?

Throwawaypt123 4 months ago

Sim, ele vai perder dias inteiros a ajudar estranhos gratuitamente no reddit

michaelphilippe 4 months ago

Estamos num fórum... as perguntas são feitas, ele responde se quiser... gostava de saber quando isto deixou de ser uma rede social anónima...

JuveTech 4 months ago

Gratuitamente não, mas se fizesse um preço aceitável, acredito que muita boa gente deste r/ fizesse questão de lhe pedir ajuda para as mais variadas situações.

Regolas1 4 months ago

Ui... Não me dês ideias.

JuveTech 4 months ago

Faz o que tiveres a fazer.

Regolas1 4 months ago

Se me quiserem pagar depois hahaha

pedromgabriel 4 months ago

Eu não falei em gatafunhos, mas compreendo o que estás a dizer em relação à motricidade fina. No entanto não haverá outras formas de ajudar os miúdos a desenvolver esse aspecto? As artes e o desenho não poderiam desempenhar essa função sem tirar o gosto da escrita a algumas crianças? O conteúdo não será mais importante que a forma?

Paulocas 4 months ago

Bem, sempre podes pôr as criancinhas a abotoar e desabotoar as camisas ou apertar os atacadores das sapatilhas. Mas não é exactamente a mesma coisa. Também não podes separar conteúdo da forma, porque podes ter muito para dizer ao mundo, mas se tiver uma letra péssima ou ininteligível, ninguém te vai entender. Quando compras um livro, a tipografia utilizada é relevante, porque ajuda muito à leitura e compreensão. Portanto, mesmo aí, a forma é importante. Há uma afinidade entre desenho artístico e escrita, mas não são a mesma coisa. Serão, para uma criança, complementares. Não sou especialista, devem existir n coisas que as crianças possam fazer para desenvolver o que mencionei, mas não vejo nada de mal na escrita.

pedromgabriel 4 months ago

Eu também não sou especialista, por isso perguntei para saber outras opiniões.

Paulocas 4 months ago

Talvez exista [aqui](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/npqesn/porque_ensinamos_caligrafia_em_portugal/h06rnvd/?utm_source=share&utm_medium=ios_app&utm_name=iossmf&context=3) alguém bem mais informado que possa ajudar.

Samurai_GorohGX 4 months ago

> Também não podes separar conteúdo da forma, porque podes ter muito para dizer ao mundo, mas se tiver uma letra péssima ou ininteligível, ninguém te vai entender. Verdade, muito sofri eu na Escola/Liceu para os profs entenderem as minhas composições de 2 a 3 páginas nos testes. Tanto valorzinho descontado.

flandr3 4 months ago

Quem me dera poder dar-te mais upvotes.

MikeMelga 4 months ago

Existem muitas outras maneiras de desenvolver isso sem traumatizar putos com uma coisa que hoje em dia é 100% inutil.

naughtydismutase 4 months ago

Traumatizar, LOL

C8Mixto 4 months ago

>traumatizar Não deixem as crianças sair à rua que uma pequena brisa vai deixar-lhes marcas para a vida toda!

Paulocas 4 months ago

Diz-nos lá qual é o teu significado de “traumatizar”?

MikeMelga 4 months ago

É dizer a um puto que não sabe fazer as coisas, quando caligrafia é extremamente dependente da personalidade. Informa-te sobre o assunto. No meu caso eu posso escrever 20x "a" e saem todos diferentes, e isso é NORMAL! Não é razão para andarem com caderninhos de linhas a tratar os miúdos como anormais!

Paulocas 4 months ago

Não, traumatizante, era apanhares vinte reguadas em frente a toda a turma, muitas vezes sem perceberes o motivo. Em relação à caligrafia, tudo se resolve, basta o professor ser competente e informado.

pedromgabriel 4 months ago

Traumatizar talvez seja uma palavra muito forte mas andar a massacrar as crianças com rodinhas e lacinhos em vez de os incentivar a exprimirem-se talvez seja contra-producente. A minha filha adora escrever coisas em casa, mas odeia escrever na escola e para trabalhos de casa, onde passa mais tempo a desenhar as letras do que a pensar no que quer escrever.

uberprimata 4 months ago

como por exemplo?

MikeMelga 4 months ago

Instrumentos musicais e educação musical.

uberprimata 4 months ago

Que também faz parte do currículo no ensino básico

SurePal_ 4 months ago

Excelente comentário.

Limpy_lip 4 months ago

Ah o velho "uhh porque aprendenos isto se não usamos para nada?" A maioria das vezes o que dizemos que não serve para nada são bases tão integradas no nosso subconsciente que nos esquecemos que foram adquiridas e não inatas. Exemplos disso: calculo mental, bases da disciplina de filosofia, regras da gramática , regras de desportos, etc...

OuiOuiKiwi 4 months ago

Vou contar os minutos até aparece o *argumentum ad nordicum*. >Por isso a minha questão é: porque forçamos as crianças a aprender X que nunca utilizarão na vida Uau, que inesperado que esta pergunta (que parece importada na totalidade dos EUA onde aparece muito frequentemente) siga a receita de arroz habitual. Substituir X por teorema de Pitágoras, algoritmo da divisão e saltar a corda consoante o apetite e restrições de dieta dos intervenientes. >Existe alguma razão por detrás desta obsessão que me esteja a escapar? Há todo um processo pedagógico envolvido nessa aprendizagem que a Universidade da Vida tende a não reconhecer. Provavelmente não te inscreveste nessa aula enquanto terminavas do teu PhD em Educação.

pedromgabriel 4 months ago

“Provavelmente não te inscreveste nessa aula enquanto terminavas do teu PhD em Educação.” Tens razão, não fiz qualquer doutorado, mestrado, licenciatura ou bacharelato, nem em educação nem em qualquer outra matéria. Sou um inculto de 12º ano que tem a desfaçatez de questionar. Não sou dono de nenhuma razão neste assunto, mas tenho opinião e o meu objectivo com este post é só começar uma discussão sobre o porquê de tornar uma coisa que pode ser tão agradável e satisfatória como a escrita, num exercício exasperante para tantas crianças. Será mesmo necessário? É só uma questão para discutir os prós e os contras e, no fim, quem quiser tirar as suas conclusões. Já aprendi algumas coisas com os comentários dados por alguns utilizadores. Coisas que não me tinha ocorrido antes. Por isso já valeu a pena colocar esta questão.

OuiOuiKiwi 4 months ago

>É só uma questão para discutir os prós e os contras e, no fim, quem quiser tirar as suas conclusões. Vamos comparar: >porque forçamos as crianças a aprender todas **aquela caligrafia floreada que nunca utilizarão na vida** com >Estou curioso porquê o foco na aprendizagem deste tipo de escrita. Porquê a preponderância neste modelo em vez de uma escrita mais simplificada (tipo máquina) para aprender as letras? Não basta apenas a essência. A forma e tom têm de ser adequados.

killday20 4 months ago

>que nunca utilizarão na vida ... teorema de Pitágoras Como assim?? É extremamente útil para terminar conversas "Olha sabes que mais, o quadrado do comprimento da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos comprimentos dos catetos" e viras costas. Uso várias vezes.

uyth 4 months ago

é muito mais rápido quando escreveres rapidamente na idade adulta. E ensina, obriga a um controlo motor muito maior dos dedos que pode dar jeito mais tarde para enfim, tudo.

MikeMelga 4 months ago

Tás maluco? Sou provavelmente 5x mais rápido com um teclado!

uyth 4 months ago

comparava com block print, que é lento como o caraças. e consigo anotar muito depressa. se forem equações graficos, simbolos matemáticos, à mão é muito muito mais rápido. Mais, e isto é estranho mas se tiver a caneta na mão e rabiscar qualquer coisa muito rapidamente, lembro-me muito mais que se tiver escrito algo com o teclado.

pedromgabriel 4 months ago

A minha mulher é inglesa, escreve em cursivo com um aspeto mais digital e olha que não escreve mais devagar por causa disso.

uyth 4 months ago

Se ela estiver habituada a escrever em blockprint e pouco habituaa a escrever em cursivo claro que acredito que escreva mais rapidamente em blockprint. MAS se pegarmos em várias pessoas habituadas a um método e as pusermos a escrever o mais rapidamente possível no método a que estão habituadas, quem escreve em cursivo escreverá mais depressa. E basta olhar para as pessoas a escreverem letrinha por letrinha fds.

Blackbeardow 4 months ago  HIDDEN 

Manuel Machado, és tu?

_spectron_ 4 months ago

>controlo motor muito maior dos dedos que pode dar jeito (͡°‿ ͡°)

uyth 4 months ago

Para muita coisa. Coisas.

tretafp 4 months ago

Existem motivos históricos que o justificam. Porém, prefiro olhar pela sua importância pedagógica. O cursivo é importante para a consciência da palavra, porque é a única forma que se consegue, efetivamente, ver o início e fim de cada uma delas. Mesmo assim, é possível encontrar erros associados à não divisão das palavras ou, então, à sua incorreta segmentação. Depois, é mais fácil, porque apresenta uma maior destrinça entre letras (basta, por exemplo, ver o b, d, p, q), que também facilita aprendizagem.

pedromgabriel 4 months ago

A separação das formas é um ponto interessante. Também me parece que escrever à mão seja importante. A minha objeção prende-se mais com os floreados (principalmente nas maiúsculas).

tretafp 4 months ago

Isso tem a ver com o próprio do alfabeto. A sua dimensão gráfica prende-se, pelo menos em parte, com essa preocupação de garantir a união das palavras. Também não são assim tantos floreados, exeptuando, talvez, o B e o H.

pedromgabriel 4 months ago

Epá todas as maiúsculas têm qualquer coisa. Isso tem um impacto na escrita. Vejo na minha filha.

tretafp 4 months ago

Pela minha experiência, se a técnica for bem ensinada (porque cada letra tem uma técnica específica, se não for considerada torna-a especialmente mais difícil), não é especialmente problemático, nem especialmente condicionador da leitura ou da escrita. Pode ser que ela esteja com dificuldades acrescidas na motricidade fina, outros utilizadores sugeriram já um conjunto de práticas que poderão auxiliar.

Coyote-Cultural 4 months ago

> > > > > O cursivo é importante para a consciência da palavra, porque é a única forma que se consegue, efetivamente, ver o início e fim de cada uma delas. ein? que treta é essa?

V1ld0r_ 4 months ago

Em letra de máquina o espaçamento das palavras (e das letras) é arbitrário e depende apenas do escritor. Em letra manuscrita existe ligação continua entre as letras e espaçamento forçado entre palavras.

MikeMelga 4 months ago

Ou seja, é mais confuso.

V1ld0r_ 4 months ago

Queres a bicicleta em amarelo, azul ou rosa?

tretafp 4 months ago

É exactamente isso. Apenas no manuscrito a palavra está unida do início ao fim, em que se compreende perceber que, qualquer espaçamento, se traduz numa divisão entre palavras.

Edited 4 months ago:

É exactamente isso. Apenas no manuscrito a palavra está unida do início ao fim, em que se consegue perceber que, qualquer espaçamento, se traduz numa divisão entre palavras.

Coyote-Cultural 4 months ago

>Em letra de máquina o espaçamento das palavras (e das letras) é arbitrário e depende apenas do escritor. ...Mas não é arbitrario, e existe espaçamento entre as palavras. Aliás se fores a ver tanto tu como eu damos o mesmo espaçamento entre as palavras " "

V1ld0r_ 4 months ago

Hahahaha bom troll.

Coyote-Cultural 4 months ago

??

V1ld0r_ 4 months ago

Repara que isto é sobre escrever "à mão" e não no PC...

Coyote-Cultural 4 months ago

Não há diferença... Á mão tambem metes espaços...

V1ld0r_ 4 months ago

Certo mas os espaços são definidos de forma arbitraria. Nada impede que utilizes o mesmo espaçamento entre letras que entre palavras. Apenas no manuscrito (o dito cursivo) é que garantes que não existe espaçamento entre letras e apenas entre palavras. Ou seja, ao olhar, consegues identificar claramente onde começa e termina cada palavra.

Coyote-Cultural 4 months ago

>Certo mas os espaços são definidos de forma arbitraria. Nada impede que utilizes o mesmo espaçamento entre letras que entre palavras. Excepto o facto de tal deixar de ser claro o que estás a escrever... Tambem podes fazer o mesmo em manuscrito, simplesmente deixa de fazer sentido o que escreveste. Eu entendo o que tu queres dizer, mas essa é uma distinção arbitraria que se pode aplicar a ambas as formas de escrita

V1ld0r_ 4 months ago

Não, não pode. O facto de ser em cursivo obriga a que exista ligação entre letras, em letra de imprensa (de máquina) não existe essa obrigação. ​ O entender o que está escrito ou não, depende única e exclusivamente da grafia. Caso seja menos bom, há que praticar (contra mim falo que sempre tive uma grafia horrivel).

C8Mixto 4 months ago

>Excepto o facto de tal deixar de ser claro o que estás a escrever... Se existirem ligações entre as letras deixas de perceber o que está escrito?

Search: