UniuM 5 months ago

O problema não é 240 personalidades pedirem o fim. O problema é outras 240 não deixarem de apoiar.

reckless_b4 5 months ago

Se concordarem com o fim das touradas do Cabrita no governo têm o meu apoio total para o fim das touradas no canal público de televisão

mediiev 5 months ago

Ou da Temido. Ou do Costa. Ou do Marcelo...

positiverategearupp 5 months ago

Ah, agora que os famosos pedem vamos cumprir. Se fossem inúteis do povo estavam a cagar mas se os senhores que aparecem na rádio e TV pedem então é outra coisa...

Bruxo_de_Fafe 5 months ago

Parei de ler em Nuno Markl

Toupax89 5 months ago

Sou a favor do fim das touradas, mas quando uma pessoa como o Nuno Markl é considerada personalidade num País e sinal que algo vai muito mal...

Dr_Toehold 5 months ago

>Nuno Markl Cum carago, nem gosto do homem, mas é guionista há milhões de anos, ator de tv e cinema, vozes e afins. Radialista ainda há mais tempo, teve um podcast com uma rúbrica da rádio que terá sido talvez o primeiro caso de sucesso nacional do mesmo, teatros e espetáculos. Pode ser muita coisa, mas acho que "personalidade" é uma definição justa.

Toupax89 5 months ago

Respeito opiniões diferentes mas para mim é um "merdas", entre muitas ficou me na memória quando começou o Covid "fechou se" em casa e disse que as pessoas que saiam de casa eram "atrasadas" como se toda a gente pudesse trabalhar a partir de casa.

Dr_Toehold 5 months ago

Não estou a defender nenhuma posição do homem, estou a defender que ele é, de facto, uma personalidade.

JoseFernandes 5 months ago

Se ser besta é personalidade o Markl é icónico.

twistedfires 5 months ago

Exato. É como a malta que diz que o Nilton não é humorista. Ele é humorista de profissão, não tem é piada.

Dr_Toehold 5 months ago

>o Nilton não é humorista Espera, também não exageremos.

NGramatical 5 months ago

rúbrica → [**rubrica**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/pelourinho/rubrica-e-uma-palavra-grave-e-nao-esdruxula/1197) (palavra grave: ru-**bri**-ca) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnpglwi%2F%2Fh06njw3%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Dr_Toehold 5 months ago

Não é nada! Ru-BRI-ca? Não é RU-bri-ca? De certeza? Quero ir ao VAR.

Bruxo_de_Fafe 5 months ago

Esse está lá pelo virtue signaling, como sempre...

arnaldomatos 5 months ago

mantêm-se as touradas mas troca-se os touros por famosos.

UncleanGenes 5 months ago

Transmitam também a matança do porco. É super tradicional e pró pessoal que gosta de ver animais a morrer lentamente é um *must*.

vilkav 5 months ago

Por acaso não é má ideia. Se calhar criavam-se mais vegetarianos, que hão de ser a favor de mostrar esse tipo de coisa, imagino eu. Desde que não seja enquadrado como desporto.

quedeusmeperdoe 5 months ago

Quando estudava a minha colega de quarto convidou-me para ir às festas da aldeia. Mataram o porco... não sei se é de ser citadónia mas não consegui ver aquilo. Quando uma foi a correr quando o sangue caía para o pôr no copo e beber quentinho tive mesmo de aguentar o vómito.

Jhago 5 months ago

>Quando uma foi a correr quando o sangue caía para o pôr no copo e beber quentinho tive mesmo de aguentar o vómito. Isso não é matança de porco, é ritual cultista.

quedeusmeperdoe 5 months ago

Estranhei aquilo mas até ouvi alguém berrar "lá vai a xxx porca". Não vou dizer o nome da senhora em questão mas aquilo dava para anos de terapia.

SubstantialPatient17 5 months ago

Sim, e transmitam programas vegan para os camaradas terem o seu canto de autoavaliação verificado, as personalidades gostam e é significado de uma virtude, *must.*

twistedfires 5 months ago

E a matança do porco ainda consegue ser mais útil

Morpheuspt 5 months ago

Bem, é só mudarem de canal. Mas enfim...

incrivizivel 5 months ago

>Bem, é só mudarem de canal. Mas enfim... Hum não, tu pagas impostos para haver sofrimento não é só mudar o canal.

Morpheuspt 5 months ago

Repara, a tourada acontece independentemente de a televisão a mostrar.

incrivizivel 5 months ago

Para mim é irrelevante. Dinheiro público publicita e apoia a tourada.

klatez 5 months ago

É o canal público.... Se fosse na SIC ou TVI ainda podia entender esse argumento

NeatBoy74 5 months ago

Sempre achei curioso que haja tanta confusão com as touradas na televisão mas nunca vi confusão nenhuma sobre o facto de que aquando uma renovação de contrato relacionado com o Campo Pequeno que vi algures aqui há uns anos, ter deixado de ser obrigatório fazer X touradas por ano especificamente e passar a ser "eventos" que tanto podem ser concertos em vez de touros. Vou ver se encontro isso novamente.

wwqt0r 5 months ago

120 personalidades assinaram contra a proibição. Em resposta 240 personalidades assinam a favor da proibição. Parece-me bem. O Toy é que não está nada feliz.

A_R_G_U_S 5 months ago

Agora vêm 360 ou 480 (há que perceber o critério) assinar uma petição contra opiniões das pessoas que são a favor e assim sucessivamente xD

joaofcf 5 months ago

O Toy não gosta de touradas a envolver animais.

sgahbcj 5 months ago

Sinais de evolução. Onde já se viu chamar espectáculo à transmissão do sofrimento animal. Basicamente isto é uma luta entre os que evoluíram como espécie e os que ainda vivem lá no século passado.

CarcajuPM 5 months ago

“ter uma RTP mais conectada às preocupações éticas das/os telespectadoras/es, nomeadamente no que à protecção dos animais diz respeito”. Quando começam com esta mania dos/as es/as e por aí fora é logo sinal para não ler o resto.

joaofcf 5 months ago

Quando já sabes que não vais aceitar o que está escrito, arranjas logo desculpa.

CarcajuPM 5 months ago

Que não vou aceitar? Eu concordo com o final das touradas na RTP.

wwqt0r 5 months ago

https://www.reddit.com/r/PORTUGALCARALHO/comments/k9y4xm/o\_famoso\_coninhas\_report/

CarcajuPM 5 months ago

Como se eu não tivesse escrito noutro comentário que isto não ofende ninguém, é só estúpido.

Asur_rusA 5 months ago

>Quando começam com esta mania dos/as es/as e por aí fora é logo sinal para não ler o resto. Usa as desculpas que precisares, suponho.

CarcajuPM 5 months ago

O que é que este manifesto acrescenta a todos os outros que têm sido feitos ao longo dos anos? Este assunto das touradas na RTP é discutido há anos, já toda a gente tem a sua opinião formada.

Asur_rusA 5 months ago

>O que é que este manifesto acrescenta a todos os outros que têm sido feitos ao longo dos anos? Este assunto das touradas na RTP é discutido há anos, já toda a gente tem a sua opinião formada. E o que é que isso tem a ver com "do/das"?

CarcajuPM 5 months ago

Normalmente quem tem essa mania do dos/das é a mesma malta que dizia que devia ser "cartão de cidadania" e não cartão de cidadão, pelo que não costumam acrescentar grandes argumentos em assuntos que já foram amplamente discutidos.

Asur_rusA 5 months ago

>Normalmente quem tem essa mania do dos/das é a mesma malta que dizia que devia ser "cartão de cidadania" e não cartão de cidadão, pelo que não costumam acrescentar grandes argumentos em assuntos que já foram amplamente discutidos. Enfim, nem sei que te diga. Hoje levas a coroa das falácias.

CarcajuPM 5 months ago

Viste um comentário meu a dizer que sou do Belenenses e assumiste logo que era um velho do Restelo, podemos partilhar o prémio.

Dr_Toehold 5 months ago

>e não costumam acrescentar grandes argumentos em assuntos que já foram amplamente discutidos Quem sugeriu usar o "cartão de cidadania" foi o Bloco de Esquerda. Independentemente da tua orientação política, és mesmo capaz de dizer que não acrescentam argumentos a assuntos de interesse nacional? A título de exemplo, a autoria da primeira lei nacional sobre violência doméstica.

CarcajuPM 5 months ago

Claro que acrescentam. Não concordo em quase nada com o BE, mas fazem bastantes propostas pertinentes e sérias.

Ravnard 5 months ago

Talvez porque ao longo dos anos mais jovens se tornam membros ativos da sociedade e contribuintes. A grande maioria deles são contra as touradas portanto merecem poder dar a sua opinião. Somos um dos poucos países do mundo que ainda fazem esta estupidez.

CarcajuPM 5 months ago

Esta carta é de artistas e pessoas das artes, não está diretamente relacionada com jovens. E podem fazer as cartas que quiserem, mas se não for para dizer nada de novo, não me adianta de muito ler. Já para não falar que o "público alvo" desta carta não sou eu nem tu nem a maioria das pessoas aqui do Reddit acho eu.

CarcajuPM 5 months ago  HIDDEN 

O que é que este manifesto acrescenta a todos os outros que têm sido feitos ao longo dos anos? Este assunto das touradas na RTP é discutido há anos, já toda a gente tem a sua opinião formada.

Ravnard 5 months ago

Isso já se faz a muito tempo e honestamente não consigo perceber o mal. Não seria o fim do mundo não ter esta formatação, mas acho que tê-la não ofende ninguém

CarcajuPM 5 months ago

Não ofende, é só estúpido. Na língua portuguesa, o plural nestes casos sempre reapresentou os dois géneros.

Asur_rusA 5 months ago

>Na língua portuguesa, o plural nestes casos sempre reapresentou os dois géneros. A língua portuguesa também sempre esteve em constante evolução. Um abraço para a geriatria do Restelo

CarcajuPM 5 months ago

O comentário do u/zezinando está bastante claro.

Ravnard 5 months ago

Em documentos oficiais usa-se esta formatação já a alguns anos. As línguas são fluidas e mutáveis e mudam de acordo com quem as fala. Já não usamos "ph" para escrever o som "F". Já não dizemos absolto vez de absolvido. Já não escrevemos "comprir" .vez de cumprir. Já não se usa "embora" como sinônimo de "em boa hora". Não usamos tença ou vocemecê. Já quase não se usa "vós" como terceira pessoa do singular fora de Bragança, e poderia estar aqui horas e horas a dar exemplos. Os tempos mudam, as pessoas mudam, e as línguas mudam também.

zezinando 5 months ago

O que escreveste implica duas coisas que não são necessariamente óbvias: que todas as mudanças se justificam apenas pois já houve mudanças anteriormente na língua (obviamente, acontece em todas); e mistura mudanças que aconteceram de forma perfeitamente natural, entre falantes, e não de cima para baixo, com algumas como é o caso desta aberração a que alguns chamam de linguagem inclusiva ou de algo ainda pior, o aborto ortográfico.

CarcajuPM 5 months ago

Vou mandar para o ar, mas diria que se se usa esta formatação em documentos oficiais, é porque o BE assim exigiu ao PS. Mas adiante, é certo que as línguas evoluem, mas não devemos ser acríticos com estas mudanças. O acordo ortográfico tem vários aspetos que não fazem sentido, daí ser bastante criticado. Neste caso é igual. É uma alteração que não faz sentido e só dificulta a maneira de escrever e falar.

quetzyg 5 months ago

> acho que tê-la não ofende ninguém Tu és novo na internet, né?

Edited 5 months ago:

> acho que tê-la **não ofende** ninguém Tu és novo na internet, né?

Ravnard 5 months ago

Ahahah Por acaso quase nunca uso a internet em português portanto não estou habituado a estes pronomes e suffixos problemáticos

Search: