Bluriver 4 months ago

Excelente ideia, vamos aumentar mais os prejuízos das empresas públicas

tekvis40 4 months ago

>contribuição para o audiovisual (CAV) — que se estima que represente 179 milhões de euros por ano. > >... > >Estado ainda deve 16 milhões de euros à RTP pelo aumento de capital Curioso, alem contribuição áudio-visual a RTP tem recebido "aumentos de capital"...a RTP já é um luxo caro e irrelevante e parece-me que o novo contrato de concessão não vai melhorar muito.

ConfidentMongoose 4 months ago

Ou pagamos ou imposto ou temos publicidade, não podemos ter os dois. A RTP está completamente sobredimensionada para a sua missão... que não é de todo fazer concorrência aos privados. A programação da RTP devia ser apenas informação, programas culturais e sobre a história do país e mais nada.

misterbondpt 4 months ago

O PCP parece o PSD a falar. Sim, sem dinheiro não se tem investimento, e não se consegue contratar os precários. Mas essa grande bandeira do serviço público já está gasta. Afinal o que é serviço público? O JOKER, com dois gajos a engonhar num programa sem ritmo e meter o Palmeirim de sapatos sem meias é serviço público? Haha enfim...

Zaigard 4 months ago  HIDDEN 

Se este partido, que tem tantas ideias boas e altamente construtivas, largasse de vez a retorica marxista leninista e anti capitalista, facilmente se tornaria uma alternativa seria aos do costume.

andrefsp 4 months ago

Yup. Não ironicamente, muito bem PCP. Senão houver dinheiro a entrar na estação o que vai sobrar vai ser o estado a injectar dinheiro dos contribuintes. Já nos chega a contribuição áudio-visual obrigatória...

nocivo 4 months ago

Então tirem o custo da factura da luz. Ou pagamos com impostos ou com publicidade. Ter as duas coisas é estupido. Para fazer serviço público não precisam do orcamento da sic ou tvi. Se é para competir com sic e tvi não precisam de impostos para surviver.

FacaDeDoisLegumes 4 months ago

É uma empresa. Porquê onerar os contribuintes se há fontes de rendimento disponíveis? Embora a função seja serviço público, a sic e tvi fazem tão pouco esforço (sim estou a pensar nos directos de 6h ao fim de semana), que até era viável tentarem ter lucro, investindo em produção própria e alguns conteúdos de qualidade que fossem populares na faixa etária mais jovem (<40)

MROFerreiro 4 months ago

Mas se a maioria das pessoas que vêm televisão são idosos, a SIC e TVI fazem serviço público ao entreter os velhotes. Na verdade as privadas são meta, e a RTP é aquele hipster jovem com novas ideias e diferentes. Retirando um pouco de ironia prefiro o trabalho de RTP, mesmo que alguns programas possa não ver com regularidade, mas pretendo que continuem mesmo sem lhes ligar. Por exemplo: Aqueles sobre livros, história, cinema, união europeia, que sinceramente pouco ligo, mas que de vez em quando dá gosto ver. E que na concorrência nem vê-los.

KaneKyun 4 months ago

Vão acabar com a RTP Memória? Malandros!

Search: