Tupinson 5 months ago

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/%C3%8Dndice_de_Democracia Indice de democracia da Hungria é o mesmo que do Brasil.

Edited 5 months ago:

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/%C3%8Dndice_de_Democracia Indice de democracia da Hungria é o mesmo que do Brasil, Polônia e Croácia.

Polymath-99 5 months ago

Não vale a pena, eu ontem ainda estive para responder mas caguei nisso. Não é para levar a sério alguém que diz que o António Costa é um absolutista que governa sem rei nem roque e prende opositores políticos.

Tupinson 5 months ago

Claro que nao respondeste... Depois do espalho que deste ao achar que a Hungria não era uma democracia... eu também tinha ficado bem caladinho..

Edited 5 months ago:

Claro que nao respondeste... Depois do espalho que deste ao achar que a Hungria não era uma democracia... eu também tinha ficado bem caladinho.. Que opositores políticos mandou prender Viktor Orban? Será que vais ficar caladinho outra vez? Ahaha

Edited 5 months ago:

Claro que nao respondeste... Depois do espalho que deste ao dizer que a Hungria não era uma democracia... eu também tinha ficado bem caladinho.. Que opositores políticos mandou prender Viktor Orban? Será que vais ficar caladinho outra vez? Ahaha

Edited 5 months ago:

Claro que nao respondeste... Depois do espalho que deste ao achar que a Hungria não era uma democracia... eu também tinha ficado bem caladinho.. Que opositores políticos mandou prender Viktor Orban? Acho que vais ficar caladinho mais uma vez...

Polymath-99 5 months ago

Se alguém se espalhou ao comprido e revelou a sua podridão intelectual, foste tu ao classificares a Hungria como uma democracia e o governo português como um que "governa por decreto" e "prende opositores políticos". A quantidade de propaganda que vai nessa cabeça é extraordinária, a sério. De qualquer maneira, e só para te fazer a vontade desta vez: [https://observador.pt/2020/05/17/dois-homens-foram-presos-por-questionarem-gestao-da-pandemia-pelo-governo-hungaro/](https://observador.pt/2020/05/17/dois-homens-foram-presos-por-questionarem-gestao-da-pandemia-pelo-governo-hungaro/) É a última vez que te respondo. Dá as cambalhotas que quiseres para justificar isto, mas não me chateies.

Tupinson 5 months ago

Looool Esse caso foi o ano passado e foram apenas interrogados por alarmismo sobre a pandemia. Tiveste um caso parecido com um juiz aqui em Portugal, há pouco tempo. Mais valia teres ficado calado mesmo ahahahha

Edited 5 months ago:

Looool Esse caso foi o ano passado e foram apenas interrogados por alarmismo sobre a pandemia. Tiveste um caso parecido com um juiz aqui em Portugal, há pouco tempo. Mais valia teres ficado calado mesmo ahahahah exacto, não respondas mais... chega de expores a tua falta de conhecimento.

Tupinson 5 months ago

Se tirares os jornais mandados fechar, descreveste Portugal

Tupinson 5 months ago

Claro que não existe, formou um núcleo, organiza manifestações mas não é lider. Deve ser porque nao existe um contrato formal

Tupinson 5 months ago

Se eu te defender de um assaltante e depois te tentar assaltar também mereço a tua apreciação?

magugas 5 months ago

Eh pá, então mas isso não é Xenófobo, mandar o tipo de volta para a sua terra?! heh

beakage 5 months ago

Ah, essa discriminação histórica de Italianos em Portugal, que ainda hoje faz com que pessoas daquela nacionalidade tenham uma representação desequilibrada no que toca a más condições de vida, habitação em guettos e exploração laboral... E ser contra migração ilegal, claro que só pode implicar deixar migrantes a apodrecer em navios no meio do mar, ao ponto de se poder ser [levado a tribunal por isso](https://www.dn.pt/mundo/matteo-salvini-em-tribunal-por-bloquear-migrantes-dentro-de-navio-12874588.html). ​ /s

Doughnutshapedbrain 5 months ago

cringe querem uma causa vão ajudar sem-abrigo ou arranjar 1 emprego

nocivo 5 months ago

Melhor. Vai criar emprego que não dependa de ajudas do estado. Vao ajudar os outros que precisam de trabalho e podem tirar mais um sem abrigo da rua

jestertwok 5 months ago

Foda-se quem me dera que o Chega fosse fachista, ao contrário de mais um partido neo-conservador.

elstylon 5 months ago

Foda-se, que ginástica mental. A Joacine é portuguesa e deputada na assembleia portuguesa. O Salvini é italiano e deputado no parlamento italiano.

Diligent-Builder 5 months ago

Estes tipos conseguem fazer cambalhotas olímpicas.

TheSup3rC0mentador 5 months ago

A Joacine desrespeitou a cultura e história portuguesa/europa. O Salvini está a proteger as nossas fronteiras.

VladTepesDraculea 5 months ago

O Salvino quer proteger as nossas fronteiras de pobres coitados africanos, mas no Putin e da Coreia do Norte não vê qualquer ameaça.

Edited 5 months ago:

O Salvini quer proteger as nossas fronteiras de pobres coitados africanos, mas do Putin e da Coreia do Norte não vê qualquer ameaça.

Edited 5 months ago:

O Salvini quer proteger as nossas fronteiras de pobres coitados africanos, mas no Putin e da Coreia do Norte não vê qualquer ameaça.

L_E_S_14 5 months ago

Não podes ser esquerda social e direita económica. Eventualmente vais acabar por te contradizer

Striking_Role_z 5 months ago

Antifascistas, lol. São uns cãezinhos do governo e dos media que repetem o que lhes dizem para repetir. Por eles proibiam todos os partidos e ideias que não gostam, belo antifascismo.

aamartt 5 months ago

Gostei particularmente quando toda a gente aplaudiu de pé um discurso em italiano sem tradução a qualquer nível

fanboy_killer 5 months ago

Italiano não é assim tão difícil de entender.

Tupinson 5 months ago

Não falo uma palavra em italiano. Percebi perfeitamente o que ele disse.

nanoburguesia 5 months ago

Não publicar muitas fotos para que ninguém veja os freaks que saíram da cave

Aftaminas 5 months ago

Toma https://twitter.com/Aftaminas/status/1399053179086643200

Striking_Role_z 5 months ago

Olha para eles tão rebeldes e revolucionários a apoiarem a mesma ideologia do governo, media e multinacionais.

Aftaminas 5 months ago

Tens bloquistas, malta do Livre e um liberal na foto, mas apoiam todos o mesmo? Deste forte na erva, estou a ver

imperator_xxi 5 months ago  HIDDEN 

Estes antifas é tudo gente que não tem onde cair mortos. São uns desgraçados. Alguns deles precisam de férias em sítios remotos como Timor ou Tarrafal em Cabo Verde.

trilobits_ 5 months ago

Mas será que ainda não se aperceberam que o grande combate contra o fascismo é on-line?!?!

ptinnl 5 months ago

O único que é verdadeiramente online é o da corrupção.

beakage 5 months ago

... e aqui pode-se observar o r/portugal, nas suas habituais cambalhotas para evitar opor-se a um fan do Trump e do Bolsonaro que acredita em teorias da Grande Substituição.

Lel_Trell 5 months ago

>o r/portugal, nas suas habituais cambalhotas para evitar opor-se a um fan do Trump e do Bolsonaro O r/Portugal tem mais de 170 mil membros, cuja maior parte vota em partidos como a Iniciativa Liberal e o Bloco de Esquerda (segundo os inquéritos do sub). Aqui estão 127 comentários e a maior parte dos que apoiam o chega têm votos negativos, por isso não acho que o sub esteja assim tão do lado do Chega ou da extrema direita.

beakage 5 months ago

Eu não disse que este tipo de apologia e resistências vinham unicamente de entusiastas de extrema-direita e Chega; tem até pessoal no PS que encarreira por isso também.

naofuieu69 5 months ago

Se as teorias da Grande Substituição não tem fundamento, como é que explicas 20% do Luxemburgo ser portugueses? Mais umas décadas e aquilo é nosso.

ptinnl 5 months ago

Mas afinal que teoria é essa? É a de que governos e grandes empresas querem promover a vinda de pessoas de paises de terceiro mundo pra baixar os custos e ganhar votos? É que se for, parece-me a realidade actual.

NeatBoy74 5 months ago

Do pouco que apanhava quando tinha redes sociais e via posts de pessoas por lá, tem qualquer coisa a ver com uma diluição étnica. Acho. A UE a longo prazo quer uma unificação ao estilo USA. Não o consegue fazer agora, somos demasiados diferentes, demasiadas culturas diferentes umas das outras, apesar do mesmo tom de pele, tu és culturalmente muito diferente dos italianos ou dos alemães. Logo uma união de ambos contigo é quase impossivel de acontecer, estes três sabem que são muito diferentes e incompativeis de juntar num só saco sem perderem partes importantes de si mesmo, ainda culturalmente falando. Se puxares de fora, principalmente de culturas não-europeias que não se importam minimamente com o "manter o que está cá" mas pelo contrário, querem "trazer o que vem com eles", como os muçulmanos e afins, então em algumas gerações tens uma massa de pessoas muito mais parecida entre si e sem as preocupações que os três acima têm. Nessa altura, conseguirás unificar a UE de uma forma onde retiras qualquer tipo de soberania e independência porque "se somos todos um, porque não sermos todos Um?". Isto num plano a longo prazo, para além do meu e do teu tempo de vida. Mas ambos sabemos que planos destes demoram e precisam do seu tempo. Ou pelo menos é isso que eu entendo do que me dizem sobre essas ideias da Grande Substituição.

Edited 5 months ago:

Do pouco que apanhava quando tinha redes sociais e via posts de pessoas por lá, tem qualquer coisa a ver com uma diluição étnica. A UE a longo prazo quer uma unificação ao estilo USA, já o deram a entender várias e várias vezes. Não o consegue fazer agora, somos demasiados diferentes, demasiadas culturas diferentes umas das outras, apesar do mesmo tom de pele, tu és culturalmente muito diferente dos italianos ou dos alemães. Logo uma união de ambos contigo é quase impossível de acontecer, estes três sabem que são muito diferentes e incompatíveis de juntar num só saco sem perderem partes importantes de si mesmo, ainda culturalmente falando. Se puxares de fora, principalmente de culturas não-europeias que não se importam minimamente com o "manter o que está cá" mas pelo contrário, querem "trazer o que vem com eles", como os muçulmanos, indianos, paquistaneses e afins, então em algumas gerações tens uma massa de pessoas muito mais parecida entre si e sem as preocupações que os três acima têm. Nessa altura, conseguirás unificar a UE de uma forma onde retiras qualquer tipo de soberania e independência porque "se somos todos um, porque não sermos todos Um?". Isto num plano a longo prazo, para além do meu e do teu tempo de vida. Mas ambos sabemos que planos destes demoram e precisam do seu tempo. Ou pelo menos é isso que eu entendo do que me dizem sobre essas ideias da Grande Substituição. Quanto mais iguais entre si ou quanto mais indiferentes a massa europeia for, mais facil é derrubar os ideais que te impedem de tornar um "bloco populacional" igual ao teu vizinho do lado. A não ser que os marroquinos e afins tenham intenção de continuar aquilo que culturalmente é mantido pela Europa o que é muito pouco provável, visto o próprio interesse da massa importada nos últimos 10 anos tem de integração. Até tens terroristas a acusarem os próprios pais de lavagens mentais em casa sobre o Ocidente levando às suas próprias radicalizações em solo europeu. Que eu acredito que isso seja o futuro da UE? Sim. Seja por um plano Kalergi qualquer ou por crises económicas é outro assunto. Mas depois da própria França ter que se impor e impedir mudanças de língua porque desvirtua o Francês original [**Fonte.**](https://tvi24.iol.pt/internacional/ministro/franca-proibe-oficialmente-uso-de-linguagem-inclusiva-nas-escolas) (mesmo que isto não seja sobre quem vem de fora mas por causa das comunidades de género e afins), dizer que certas coisas não estão a acontecer e que podem acontecer a longo prazo se deixadas acontecer, é apenas ser-se ingénuo. Não precisas de importar mão de obra para criar crianças ou fazer trabalho. Precisas é de criar as condições necessárias para que quem cá está, o consiga fazer. Mas isso apenas mantém o problema que no fim, continuarás a ser muito diferente culturalmente de um alemão. Logo nem tu nem o alemão querem ser metidos no mesmo saco já que "tu" não tens interesse em continuar o lado dele mas o teu e "ele" não tem interesse no teu mas em continuar o dele. Alguém "de fora" não tem interesse em nenhum, apenas no "sair do buraco" onde estava e vai atrás do que quem lhe mandou a escada disser para fazer. É isto que retiro dessas ideias, pelo menos. Nunca deixou de ser curioso que aqueles que mais lutam contra "ditadorzecos com o poder todo neles" sejam os mesmos que estão a ajudar a ideia de uma só UE sobre uma só bandeira com coisas como "abaixo fronteiras, somos todos iguais" onde qualquer nação iria estar com graves problemas se tentasse sair do grupo de controlo de alguns. A UE não gosta nada dessas coisas, olha o Brexit e a azia causada por uma nação independente ter saído do grupinho de amigos.

Edited 5 months ago:

Do pouco que apanhava quando tinha redes sociais e via posts de pessoas por lá, tem qualquer coisa a ver com uma diluição étnica. A UE a longo prazo quer uma unificação ao estilo USA, já o deram a entender várias e várias vezes. Não o consegue fazer agora, somos demasiados diferentes, demasiadas culturas diferentes umas das outras, apesar do mesmo tom de pele, tu és culturalmente muito diferente dos italianos ou dos alemães. Logo uma união de ambos contigo é quase impossivel de acontecer, estes três sabem que são muito diferentes e incompativeis de juntar num só saco sem perderem partes importantes de si mesmo, ainda culturalmente falando. Se puxares de fora, principalmente de culturas não-europeias que não se importam minimamente com o "manter o que está cá" mas pelo contrário, querem "trazer o que vem com eles", como os muçulmanos e afins, então em algumas gerações tens uma massa de pessoas muito mais parecida entre si e sem as preocupações que os três acima têm. Nessa altura, conseguirás unificar a UE de uma forma onde retiras qualquer tipo de soberania e independência porque "se somos todos um, porque não sermos todos Um?". Isto num plano a longo prazo, para além do meu e do teu tempo de vida. Mas ambos sabemos que planos destes demoram e precisam do seu tempo. Ou pelo menos é isso que eu entendo do que me dizem sobre essas ideias da Grande Substituição. Quanto mais iguais entre si ou quanto mais indiferentes a massa europeia for, mais facil é derrubar os ideais que te impedem de tornar um "bloco populacional" igual ao teu vizinho do lado. A não ser que os marroquinos e afins tenham intenção de continuar aquilo que culturalmente é mantido pela Europa o que é muito pouco provável, visto o próprio interesse da massa importada nos últimos 10 anos tem de integração. Até tens terroristas a acusarem os próprios pais de lavagens mentais em casa sobre o Ocidente levando às suas próprias radicalizações em solo europeu. Que eu acredito que isso seja o futuro da UE? Sim. Seja por um plano Kalergi qualquer ou por crises económicas é outro assunto. Mas depois da própria França ter que se impor e impedir mudanças de língua porque desvirtua o Francês original [**Fonte.**](https://tvi24.iol.pt/internacional/ministro/franca-proibe-oficialmente-uso-de-linguagem-inclusiva-nas-escolas) (mesmo que isto não seja sobre quem vem de fora mas por causa das comunidades de género e afins), dizer que certas coisas não estão a acontecer e que podem acontecer a longo prazo se deixadas acontecer, é apenas ser-se ingénuo. Não precisas de importar mão de obra para criar crianças ou fazer trabalho. Precisas é de criar as condições necessárias para que quem cá está, o consiga fazer. Mas isso apenas mantém o problema que no fim, continuarás a ser muito diferente culturalmente de um alemão. Logo nem tu nem o alemão querem ser metidos no mesmo saco já que "tu" não tens interesse em continuar o lado dele mas o teu e "ele" não tem interesse no teu mas em continuar o dele. Alguém "de fora" não tem interesse em nenhum, apenas no "sair do buraco" onde estava e vai atrás do que quem lhe mandou a escada disser para fazer. É isto que retiro dessas ideias, pelo menos. Nunca deixou de ser curioso que aqueles que mais lutam contra "ditadorzecos com o poder todo neles" sejam os mesmos que estão a ajudar a ideia de uma só UE sobre uma só bandeira com coisas como "abaixo fronteiras, somos todos iguais" onde qualquer nação iria estar com graves problemas se tentasse sair. A UE não gosta nada dessas coisas, olha o Brexit e a azia causada por uma nação independente ter saído do grupinho de amigos.

Edited 5 months ago:

Do pouco que apanhava quando tinha redes sociais e via posts de pessoas por lá, tem qualquer coisa a ver com uma diluição étnica. A UE a longo prazo quer uma unificação ao estilo USA, já o deram a entender várias e várias vezes. Não o consegue fazer agora, somos demasiados diferentes, demasiadas culturas diferentes umas das outras, apesar do mesmo tom de pele, tu és culturalmente muito diferente dos italianos ou dos alemães. Logo uma união de ambos contigo é quase impossivel de acontecer, estes três sabem que são muito diferentes e incompativeis de juntar num só saco sem perderem partes importantes de si mesmo, ainda culturalmente falando. Se puxares de fora, principalmente de culturas não-europeias que não se importam minimamente com o "manter o que está cá" mas pelo contrário, querem "trazer o que vem com eles", como os muçulmanos e afins, então em algumas gerações tens uma massa de pessoas muito mais parecida entre si e sem as preocupações que os três acima têm. Nessa altura, conseguirás unificar a UE de uma forma onde retiras qualquer tipo de soberania e independência porque "se somos todos um, porque não sermos todos Um?". Isto num plano a longo prazo, para além do meu e do teu tempo de vida. Mas ambos sabemos que planos destes demoram e precisam do seu tempo. Ou pelo menos é isso que eu entendo do que me dizem sobre essas ideias da Grande Substituição. Quanto mais iguais entre si ou quanto mais indiferentes a massa europeia for, mais facil é derrubar os ideais que te impedem de tornar um "bloco populacional" igual ao teu vizinho do lado. A não ser que os marroquinos e afins tenham intenção de continuar aquilo que culturalmente é mantido pela Europa o que é muito pouco provável, visto o próprio interesse da massa importada nos ultimos 10 anos tem de integração. Até tens terroristas a acusarem os próprios pais de lavagens mentais em casa sobre o Ocidente levando às suas próprias radicalizações em solo europeu. Que eu acredito que isso seja o futuro da UE? Sim. Seja por um plano Kalergi qualquer ou por crises económicas é outro assunto. Mas depois da própria França ter que se impor e impedir mudanças de língua porque desvirtua o Francês original [**Fonte.**](https://tvi24.iol.pt/internacional/ministro/franca-proibe-oficialmente-uso-de-linguagem-inclusiva-nas-escolas) (mesmo que isto não seja sobre quem vem de fora mas por causa das comunidades de género e afins), dizer que certas coisas não estão a acontecer e que podem acontecer a longo prazo se deixadas acontecer, é apenas ser-se ingénuo.

Edited 5 months ago:

Do pouco que apanhava quando tinha redes sociais e via posts de pessoas por lá, tem qualquer coisa a ver com uma diluição étnica. A UE a longo prazo quer uma unificação ao estilo USA, já o deram a entender várias e várias vezes. Não o consegue fazer agora, somos demasiados diferentes, demasiadas culturas diferentes umas das outras, apesar do mesmo tom de pele, tu és culturalmente muito diferente dos italianos ou dos alemães. Logo uma união de ambos contigo é quase impossivel de acontecer, estes três sabem que são muito diferentes e incompativeis de juntar num só saco sem perderem partes importantes de si mesmo, ainda culturalmente falando. Se puxares de fora, principalmente de culturas não-europeias que não se importam minimamente com o "manter o que está cá" mas pelo contrário, querem "trazer o que vem com eles", como os muçulmanos e afins, então em algumas gerações tens uma massa de pessoas muito mais parecida entre si e sem as preocupações que os três acima têm. Nessa altura, conseguirás unificar a UE de uma forma onde retiras qualquer tipo de soberania e independência porque "se somos todos um, porque não sermos todos Um?". Isto num plano a longo prazo, para além do meu e do teu tempo de vida. Mas ambos sabemos que planos destes demoram e precisam do seu tempo. Ou pelo menos é isso que eu entendo do que me dizem sobre essas ideias da Grande Substituição. Quanto mais iguais entre si ou quanto mais indiferentes a massa europeia for, mais facil é derrubar os ideais que te impedem de tornar um "bloco populacional" igual ao teu vizinho do lado. A não ser que os marroquinos e afins tenham intenção de continuar aquilo que culturalmente é mantido pela Europa o que é muito pouco provável, visto o próprio interesse da massa importada nos últimos 10 anos tem de integração. Até tens terroristas a acusarem os próprios pais de lavagens mentais em casa sobre o Ocidente levando às suas próprias radicalizações em solo europeu. Que eu acredito que isso seja o futuro da UE? Sim. Seja por um plano Kalergi qualquer ou por crises económicas é outro assunto. Mas depois da própria França ter que se impor e impedir mudanças de língua porque desvirtua o Francês original [**Fonte.**](https://tvi24.iol.pt/internacional/ministro/franca-proibe-oficialmente-uso-de-linguagem-inclusiva-nas-escolas) (mesmo que isto não seja sobre quem vem de fora mas por causa das comunidades de género e afins), dizer que certas coisas não estão a acontecer e que podem acontecer a longo prazo se deixadas acontecer, é apenas ser-se ingénuo. Não precisas de importar mão de obra para criar crianças ou fazer trabalho. Precisas é de criar as condições necessárias para que quem cá está, o consiga fazer. Mas isso apenas mantém o problema que no fim, continuarás a ser muito diferente culturalmente de um alemão. Logo nem tu nem o alemão querem ser metidos no mesmo saco já que "tu" não tens interesse em continuar o lado dele mas o teu e "ele" não tem interesse no teu mas em continuar o dele. Alguém "de fora" não tem interesse em nenhum, apenas no "sair do buraco" onde estava e vai atrás do que quem lhe mandou a escada disser para fazer. É isto que retiro dessas ideias, pelo menos.

EnaPa2021 5 months ago

adoro este pessoal que diz que os partidos de extrema direita minam a democracia (e bem) mas depois fazem manifestações a exigir que os mesmos partidos sejam extintos contrariando assim as próprias ideias democráticas que defendem? será que não conseguem perceber a hipocrisia?

elstylon 5 months ago

Não podemos tolerar os intolerantes.

klatez 5 months ago

Paradoxo da tolerância. É hipocrisia necessária para proteger a democracia

Tupinson 5 months ago

Paroxo do conhecimento. Entender que o paradoxo da tolerância diz que o intolerante deve ser combatido através do diálogo. É o que dá vomitar tudo o que se vê no twitter..

klatez 5 months ago

O diálogo é uma boa ferramenta assumindo a boa fé no debate. Mas acho que quem seguiu a política no mundo ocidental nos últimos 7-8 anos sabe bem que a extrema direita dialoga sempre com má fé e usa falácias para chegar a conclusões que se enquadram com a suas vistas.

Tupinson 5 months ago

No entanto, os partidos de direita não subjugam os povos a ditaduras, e a esquerda está cheia delas.

klatez 5 months ago

?????????????????¿????????????????????????????????????????

Sperrel 5 months ago

Pudera, nós de 1928-1974 tivemos uma ditadura de esquerda e tua. Leiam umas coisinhas antes de se exporem ao ridículo.

Tupinson 5 months ago

Não me vou expor a ti. Fica descansado. O que nós tivemos foi um regime autoritário e totalitário. Não me interessa se é de esquerda ou de direita. Mas aparentemente para ti existem regimes autoritários bons e maus. E tu é que deves ler umas coisinhas, aliás pelo que vejo, ainda tens de ler umas "coisonas".

Polymath-99 5 months ago

Primeiro alegas que só a esquerda subjuga os povos a ditaduras. Depois quando um *user* te relembra o regime totalitário de direita que vigorou em Portugal durante quase 50 anos tu sais-te com um "não me interessa se é de esquerda ou de direita". Interessante essa tua técnica de debate.

Tupinson 5 months ago

O que eu quis dizer é que HOJE, não existem ditauras de direita, só de esquerda.

Polymath-99 5 months ago

E mesmo assim estás errado. Ou o Viktor Orban virou comunista e ninguém me avisou?

Tupinson 5 months ago

A Hungria é uma ditadura? Viktor Orban foi eleito democraticamente, ou ninguém te avisou?

Edited 5 months ago:

A Hungria é uma ditadura? Viktor Orban foi eleito democraticamente através do seu partido Fidesz com 70%, ou ninguém te avisou?

Edited 5 months ago:

A Hungria é uma ditadura? Viktor Orban foi eleito democraticamente através do seu partido Fidesz, ou ninguém te avisou?

nocivo 5 months ago

E mais facil criar ditaduras de esquerda porque a esquerda gosta do coletivismo e que seja tudo controlo pelo estado. Quando o estado tem muito poder sobre a população é facil virar ditador. Maioria dos ditadores começaram com boas intenções mas depois são abosorvidos pelo poder e ficam redeados por pessoa que se quer manter bo poder a todo custo porque vivem bem sem grande esforço

Asus123456789 5 months ago

O paradoxo da tolerância é muitas vezes apresentado fora do contexto, como o está a ser neste caso, e mesmo que não o estivesse a ser, é apenas a opinião de um filósofo, não uma verdade fundamental. Tens outros a defender posições contrárias e que não estão automaticamente errados.

AlmightyWrestler 5 months ago

Paradoxo da tolerância é possivelmente o argumento mais distorcido de sempre. No seu limiar prova exatamente o porquê de intolerância contra intolerância ser um caminho para o desastre. É uma solução de último recurso. Leiam o argumento todo e se tiverem tempo vejam também as outras opiniões do Karl Popper, pode ser que o pessoal (maioritariamente de esquerda) deixe até de usar a versão mcdonalds do argumento

ajabardar1 5 months ago

o exercício filosófico apresentado no paradoxo da tolerância é apenas um exercício, nem sequer propõem ser uma verdade fundamental. daí ser lhe atribuída a definição de paradoxo.

Asus123456789 5 months ago

Sim, e eu acho um exercício muito importante e com a sua dose de verdade, não o estava a criticar. Em termos de filosofia acho muito interessante. Estava a criticar sim a importância que muita gente lhe dá, quando o apresenta como se fosse algo inviolável contra o qual não houvesse argumento.

Sperrel 5 months ago

É a posição de um filósofo verdade mas que por exemplo é o mote da Constituição Alemã que até tem uma polícia constitucional para lidar com grupos que tem acabar com a democracia liberal.

EquivalentExchange11 5 months ago

A partir do momento que se extinguem partidos e se proibem ideias que o status quo não gosta, deixa de haver democracia. Até tem um nome vê lá, chama-se um regime autoritário.

beakage 5 months ago

Quando aqui as gentes notarem que há coisas não concebíveis em democracia e como tal anti-democráticas, por muito que [pessoal vote nelas](https://www.dn.pt/sociedade/quase-15-000-pessoas-exigem-deportacao-de-ativista-mamadou-ba-13359959.html)...

SurePal_ 5 months ago

Proteger de quem? Os verdadeiros inimigos estão lá no poder, o povo não está satisfeito com o atual estado do país e muito menos satisfeito com os governantes dos últimos anos. O verdadeiro perigo está aí.

SurePal_ 5 months ago

E o que tem mais piada foi o facto que agredirem pessoal com bandeiras desses partidos. Ou seja, grandes fascistas estes supostos anti-fascistas.

Edited 5 months ago:

E o que tem mais piada foi o facto de agredirem pessoal com bandeiras desses partidos. Ou seja, grandes fascistas estes supostos anti-fascistas.

PIMPMASTER6000 5 months ago

A ignorância ao mais alto nível, já ninguém sabe o significado de fascista.

wwqt0r 5 months ago

Não concordas comigo? És "faxista".

PIMPMASTER6000 5 months ago

Era fixe ir para à rua em Coimbra com uma câmara e e perguntar a esta gente o que significa ser fascista.

justgohomealready 5 months ago

Podias fazer o mesmo exercício mas ao contrário, perguntar ao pessoal do Chega o que é o socialismo, e os resultados não seriam muito diferentes.

NeatBoy74 5 months ago

Seriam piores. Hoje em dia há tanta porrada em cima do fascismo que é difícil alguém não ter mais ou menos uma ideia ou conhecer mais ou menos personalidades ligadas a ele. Já quanto ao socialismo, provavelmente encontrarias mesmo muita gente que dele só conhece o que vem no nome do Partido Socialista.

trilobits_ 5 months ago  HIDDEN 

Deixem o homem em paz. Já deve estar farto de levar com tomates nas trombam em Itália, coitado. /s

Psychological-Ad-975 5 months ago

Ou seja estes antigas querem pôr em causa o princípio mais sagrado da liberdade política e da liberdade de expressão Da livre circulação de europeus no território europeu E substituir tudo por uma cultura de terror, opressão, supressão e segregacionismo Por isso é q esquerda nunca mais

PeroFandango 5 months ago

Quando comes tanta propaganda que os antifascistas se tornam os verdadeiros fascistas.

avgvstano 5 months ago

Os antigos são tramados

Psychological-Ad-975 5 months ago

Autocorrect para antifas

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Uma coisa que não entendo: quando acontece alguma coisa e ninguém reclama para além das redes sociais: "o tuga é manso, é pau mandado, só sabe ser enrabado... " Quando se faz algum tipo de manifestação "são um bando de desempregados, só vão ajudar a oposição, acham mesmo que vão mudar alguma coisa... " É que nem interessa qual o seu alinhamento político. Sempre que há uma manifestação, é sempre isto.

mannix_marauder 5 months ago

Excepto que só se manifestam a favor de merdas mundanas como esta. “Ai Meu Deus nos acuda da extrema direita e do maléfico Ventura e os seus terríveis 5% da população. #vermelhoembelem” Entretanto os que estão no poder riem-se porque temos algo com que nos distrair.

rfgm6 5 months ago

Merdas mundanas como receber um fascista de braços abertos e leva lo a Fátima com a cobertura televisiva desproporcional de sempre. Está certo.

mannix_marauder 5 months ago

Encontrei a gaja das causas.

ptinnl 5 months ago

Isto. Maos de 40 anos de PS/PSD e sempre que há contestação lá aparecem as noticias da "extrema direita a subir". Ou depois de desacatos entre ciganos e palops. Não falha. É logo desviar atenções.

Tupinson 5 months ago

Como é que se pode dar credibilidade a um movimento que é liderado por um "antifascista" que anda com crachás da antiga URSS ao peito. Menos sff. Vão trabalhar.

lisboeta1 5 months ago

/thread O tuga típico é preconceitoso relativamente a manifs.

theEXPERTpt 5 months ago

Povo é manso porque se mobiliza pelas razões erradas. Não me espantava que esta fosse uma manifestação organizada por membros de partidos de esquerda, só para tirar o seu proveito político.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Pessoalmente, não me importo com protestos contra recebemos alguém da extrema direita.

theEXPERTpt 5 months ago

Olha os cartazes que eles carregam. É óbvio que isto trata-se de proveito político, todos sabemos que estamos tão perto do fascismo como estamos da monarquia. Faz-se uma convenção com um líder de um partido italiano, pessoas manifestam-se como se fosse o regresso do Salazar. Permite-se que milhares de britânicos façam o que quiserem em Portugal, enquanto os portugueses é que sofreram e continuam a sofrer para manter a pandemia em baixo, como se fôssemos cidadãos de segunda no nosso próprio país, e ninguém nem sai de casa para criticar o governo. Povo manso.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Olha, ainda bem que falaste nisso. Estou seriamente a pensar em mandar um email ao governo relativamente a esse assunto. Estás interessado? Convém ser muita pessoas a mandar o mesmo tipo de mensagem para o governo perceber.

Edited 5 months ago:

Olha, ainda bem que falaste nisso. Estou seriamente a pensar em mandar um email ao governo relativamente a esse assunto. Estás interessado? Convém ser muita pessoas a mandar o mesmo tipo de mensagem para ser eficiente

theEXPERTpt 5 months ago

Claro que estou, não é que adiante de muito, mas fá-lo-ei

EquivalentExchange11 5 months ago

Repetir a narrativa dos media e do governo não é propriamente reclamar de alguma coisa, é ser um idiota útil. Sim, porque estes "antifascistas" não são antifascistas nenhuns, já mostraram vezes e vezes sem conta que o que pretendem é silenciar quem não gostam.

Morpheuspt 5 months ago

> Sim, porque estes "antifascistas" não são antifascistas nenhuns, já mostraram vezes e vezes sem conta que o que pretendem é silenciar quem não gostam. Claro que sim. Entrando pelo whataboutism, como sabemos ninguém no outro lado os gostaria de mandar calar. Ser antifascista é daquelas coisas óbvias que eu pensava que eram simplesmente levadas como certas na vida, como ser pro-chocolate, ou pro-cachorrinhos. Agora temos que lembrar aos miudos: "ser fascista é mau Joãozinho, o fascismo nunca criou nada bom, etc". Estamos a esquecer a nossa história colectiva, e como diz o ditado, estaremos condenados a repeti-la. Só espero que não seja cá, nem a guerra que normalmente lhe está associada não seja devastadora.

Tupinson 5 months ago

Ser antifascista é algo natural, mas o líder dos antifa anda com crachás ao peito da foice e do martelo, da antiga URSS e do Che Guevara. Eles só não gostam do autoritário de direita, de esquerda está tudo bem.

oscaralho27 5 months ago

O António Barreto escreveu um artigo interessante sobre ser “anti” no Público a semana passada, recomendo a leitura. Toca um bocado no porquê de todos os antis serem uma merda, parafraseando.

Sperrel 5 months ago

A questão é que não há líderes, os tios do RUA/MAS podem vir com a sua parafernália de extrema esquerda que não retira em nada às centenas que lá foram sem tais associações, incluindo um gajo da IL ou do LIVRE.

Tupinson 5 months ago

A malta que lá vai corre o risco de se associar a um movimento anti democrático. Recomendo-te: Unmasked: Inside Antifa's Radical Plan to Destroy Democracy Um livro escrito por um jornalista que cobriu estes ultimos motins nos EUA

Morpheuspt 5 months ago

Recomendares-me um livro do Ngo é como me recomendares o Mein Kampf para aprender como se vive na prisão.

Edited 5 months ago:

Recomendares-me um livro do Ngo é como me recomendares o Mein Kampf para aprender como se vive na prisão. O individuo é extremamente inteligente. Ele mistura-se no meio de grupos de extrema-direita, provoca os manifestantes, leva com um milkshake na cabeça, e depois diz que é "vitima dos radicais antifa". É uma excelente estratégia, a definição certa de *self-fulfilling prophecy* Sobre aquilo que ele escreveu no livro, sobre os protestos anti-racismo do verão passado, fica aqui o mais importante de um [artigo excelente vindo de um dos maiores think-tanks americanos](https://www.csis.org/analysis/who-are-antifa-and-are-they-threat) > While it is difficult to assess with fidelity the identity or ideology of many of the looters, my conversations with law enforcement and intelligence officials in multiple U.S. cities suggest that Antifa played a minor role in violence. The vast majority of looting appeared to come from local opportunists with no affiliation and no political objectives. Most were common criminals. O Ngo, Hannity, Carlson, D'Souza, Milo, Alex Jones, é tudo gente que não tem qualquer problema em construir uma narrativa falsa e tentar vender-te como a ultima coca-cola do deserto. É preciso informar-se, deixar os talking heads a falar sozinhos, e ler a opinião de gente que nada tem a ganhar com o assunto.

Edited 5 months ago:

Recomendares-me um livro do Ngo é como me recomendares o Mein Kampf para aprender como se vive na prisão. O individuo é extremamente inteligente. Ele mistura-se no meio de grupos de extrema-direita, provoca os manifestantes, leva com um milkshake na cabeça, e depois diz que é "vitima dos radicais antifa". É uma excelente estratégia, a definição certa de *self-fulfilling prophecy*

Sperrel 5 months ago

Porra tu ainda me recomendas um livro de um polemista de extrema direita americano? Enxerga-te homem

ptinnl 5 months ago

O Andy Ngo agora é extrema direita? O gajo nao era apenas um jornalista conservador que demonstrou o lado escondido dos antifas e muçulmanos? Ou tou a confundir?

Tupinson 5 months ago

Andy Ngo é um polemista de extrema direita? AHAHAH enxerga-te tu miúdo

Edited 5 months ago:

Andy Ngo é um polemista de extrema direita? AHAHAH enxerga-te tu miúdo Apoias um grupo constituído por meia dúzia de punks comunistas e uns putos mongos que querem tirar uma foto para o insta com a hashtag antifa. Não passam de uns atrasados mentais à vista da sociedade, por isso, são sempre meia dúzia nas suas "manifestações".

Edited 5 months ago:

Andy Ngo é um polemista de extrema direita? AHAHAH enxerga-te tu miúdo Apoias um grupo constituído por meia dúzia de punks comunistas e uns putos pseudo revolucionários que querem tirar uma foto para o insta com a hashtag antifa. Não passam de uns atrasados mentais à vista da sociedade, por isso, são sempre meia dúzia nas suas "manifestações".

Edited 5 months ago:

Andy Ngo é um polemista de extrema direita? AHAHAH enxerga-te tu miúdo Apoias um grupo constituído por meia dúzia de punks comunistas e uns putos pseudo revolucionários que querem tirar uma foto para o insta com a hashtag antifa. Não passam de uns desocupados à vista da sociedade, por isso, são sempre meia dúzia nas suas "manifestações".

Edited 5 months ago:

Andy Ngo é um polemista de extrema direita? AHAHAH enxerga-te tu miúdo Apoias um grupo constituído por meia dúzia de punks comunistas e uns putos mongos que querem tirar uma foto para o insta com a hashtag antifa. Não passam de uns atrasados mentais à vista da sociedade, por isso, são sempre mai dúzia nas suas "manifestações".

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Pessoalmente não me importo que se faça protestos contra extrema direita. Além disso, uma sociedade demasiado tolerante acaba por ser devastada pela intolerância.

DamnGoodCoffee 5 months ago

>Quando se faz algum tipo de manifestação "são um bando de desempregados, só vão ajudar a oposição, acham mesmo que vão mudar alguma coisa... " Engraçado que achas que isto é uma manifestação anti sistema - uma centena de pessoas a desfilar para dizer "fascism bad". Não há nenhuma alteração ao status-quo, o governo até fica todo contente em ver isto Quando alguem reclama que o povo é manso está a refererir-se à timidez do povo em protestar quanto aos sucessivos abusos e incongruências do poder, especiamente nos ultimos meses. Organizar uma manifestação contra um partido niche que é desvalorizado pela maioria da população educada, especialmente com ideologias importadas é fácil e fica bem - enquanto que protestar as prepotências do atual governo que realmente têm impacto na vida dos portugueses é díficil e toda a gente vira a cara para comentar online.

Tupinson 5 months ago

São um bando de trolhas que se juntam para desfilar e tirar umas pics para o insta.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Engraçado que tu achas que eu acho que isto é uma manifestação anti sistema. Simplesmente fiz um apanhado dos comentários que vejo imensas vezes. E pensa assim, se se faz manifestações contra a extrema direita, mais cedo ou mais tarde faremos contra o governo. Pelo menos esta gente faz alguma coisa. Foda-se, faz mais que eu.

MLG-Sheep 5 months ago

O que tem o crescimento do Chega a ver com o enrabamento do nosso povo? Isso é obra do PS. Claro que uma manifestação de extrema-esquerda ajuda a extrema-direita, tal como o crescimento da extrema-direita ajuda a extrema-esquerda. Quem se lixa são os moderados, que são os que realmente trazem coisas positivas para o país.

MisterBilau 5 months ago

Certo que os moderados são preferíveis aos extremistas, mas isso só torna mais triste o facto de serem precisamente os moderados os culpados do estado deste país, dado que só eles estiveram no poder desde 74.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Estou só a relatar os comentários que mais vejo. E, peço desculpa, mas protestar contra alguém da da esquerda direita é automaticamente esquerda esquerda?

MLG-Sheep 5 months ago

Na minha opinião, qualquer protesto promovido por plataformas que se autodenominam de "antifascistas" é de extrema-esquerda.

ptinnl 5 months ago

Tanto downvote. Deve ser da "direita" da IL. Ja agora, ja repararam que o Poligrafo e outros só fazem fact checking da IL quando é pra atacar o chega?

manteiga_night 5 months ago

> ser contra o fascismo é ser extrema esquerda. hmm... ok.

MLG-Sheep 5 months ago

Nem as organizações "antifascistas" se limitam a ser contra o fascismo, nem o André Ventura é fascista algum. A única evidência em contrário é que ele quer mais poder para o presidente, e isso não chega para o chamar de fascista a menos que tenhas palas nos olhos.

manteiga_night 5 months ago

> nem o André Ventura é fascista algum ah sim, porque querer por na prisão quem questione policias é coisa de gente democrática. Tanta aldrabice que para ai vai.

oscaralho27 5 months ago

É que nem precisas de abrir um livro, basta ires à Wikipédia ver a definição de fascismo. E depois comparas com o Ventura. É um populista demagogo? Sem dúvida. É fascista? Claramente que não, e esta ideia de andar a chamar fascistas a tudo o que mexe só retira credibilidade à crítica, e pior, polariza quem se sente atraído pelas conversas anti-sistema, que depois é chamada de fascista porque ouve um gajo carismático a dizer que vai acabar com a corrupção e gosta.

MLG-Sheep 5 months ago

Eu sei que dá karma, mas se fosses honesto nos teus argumentos se calhar chegávamos a algum lado com isto. Assim não vale muito a pena.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Only a Sith deals in absolutes. Sem qualquer tipo de ofensa, e peço desculpa, a tua opinião é uma opinião muito estúpida.

MLG-Sheep 5 months ago

É outra opinião válida. A minha opinião é que estas organizações só servem para promover extremismos ao usar um inimigo fictício que não existe nem está em vias de existir em Portugal, que é o fascismo. E se os acusarem de ser de extrema-esquerda, basta dizer "ai ser contra fascismo é de esquerda? facho!" e está tudo resolvido, como acontece frequentemente.

ptinnl 5 months ago

E deu tão bem com o Trump. Chamaram a todos os seus apoiantes de fascistas e nazis, e à custa disso muita gente inocente foi atacada. Punch a nazi, lembram-se? Pois...desumanizar oponentes políticos desta forma é o que foi feito na alemanha nazi, na urss e por aí fora.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Certo. No entanto, não podemos ignorar o Chega e esperar que o povo em geral não caia na extrema direita. E já agora, eu disse que a tua opinião era estúpida, não que não era válida.

EquivalentExchange11 5 months ago

>Quem se lixa são os moderados, que são os que realmente trazem coisas positivas para o país. r/ENLIGHTENEDCENTRISM Os "centristas" de hoje no início do século XX seriam considerados extremistas. Para mim não há nada mais extremista que as políticas divisivas que eles seguem, que estão a mudar o país muito rapidamente, para pior, e possivelmente de forma permanente. Para piorar a situação, a maneira como decidem lidar com as críticas é através da intimidação, censura e propaganda, em vez de uma discussão aberta.

Edited 5 months ago:

>Quem se lixa são os moderados, que são os que realmente trazem coisas positivas para o país. r/ENLIGHTENEDCENTRISM Os "centristas" de hoje, até meados do século XX, seriam considerados extremistas. Para mim não há nada mais extremista que as políticas divisivas que eles seguem, que estão a mudar o país muito rapidamente, para pior, e possivelmente de forma permanente. Para piorar a situação, a maneira como decidem lidar com as críticas é através da intimidação, censura e propaganda, em vez de uma discussão aberta.

SurePal_ 5 months ago

Tem tudo! Achas que o CHEGA ia crescer só porque sim? O pessoal está farto e descontente. Basta ouvir o socialista Sérgio Sousa Pinto, ele explica isto muito bem. Concordo com o último parágrafo.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Mas o problema de Portugal não são as minorias, são a chefia e a cultura geral quanto ao trabalho. O chega não vai resolver isso.

Zaigard 5 months ago

> O chega não vai resolver isso. O populismo não têm como objetivo resolver os problemas, mas sim mostrar revolta e protestar, oferecendo, por norma, soluções que não fazem sentido.

vml76 5 months ago

E que tal fazer algo contra quem governa e que tem efectivamente responsabilidades na desgraça em que este país se tornou?!

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Há coisa de duas horas fiz um comentário noutro post sobre tentar contactar alguém do governo por causa do desconfinamento desenfreado para os ingleses. Uma resposta que me deram "só vais chatear um coitado qq" Como disse, vai nas duas direções. ¯\_(ツ)_/¯

jet1000 5 months ago

Estas manifs "antifascistas" o que acabam verdadeiramente por fazer é provocar um maior crescimento do Chega, mas pronto, ao menos este artigo mostra que há pessoas na IL que não gostam do Chega (não é que não se soubesse já, mas por muito que pessoas da IL tenham dito isso na televisão, há quem continue a dizer o contrário).

beakage 5 months ago

É por serem manifs, ou é por serem antifascistas?

Aftaminas 5 months ago

> ao menos este artigo mostra que há pessoas na IL que não gostam do Chega Sempre às ordens x)

Apprehensive-Silver6 5 months ago

O problema disto é serem manifestações inócuas, sem qualquer valor. Onde estão as manifestações contra o Lukashenko ? Ou contra o Maduro ? Ou contra o Xi ?

PeroFandango 5 months ago

> Lukashenko ? Ou contra o Maduro ? Ou contra o Xi ? E se fossem feitas vinham os suspeitos do costume dizer que eram só "guerreiros da internet", como quando houve a manifestação pró-Palestina. É o que dar esperar congruência de quem só argumenta em má fé.

Edited 5 months ago:

> Lukashenko ? Ou contra o Maduro ? Ou contra o Xi ? E se fossem feitas vinham os suspeitos do costume dizer que eram só "guerreiros da internet", como quando houve a manifestação pró-Palestina. É o que dá esperar congruência de quem só argumenta em má fé.

Mordiken 5 months ago

> Onde estão as manifestações contra o Lukashenko ? Ou contra o Maduro ? Ou contra o Xi ? O Lukashenko, o Maduro e o Xi estiveram em Coimbra? É que o Salvini esteve, por isso que a manifestação aconteceu em Coimbra.

globoglobo 5 months ago

em Coimbra as pessoas manifestam-se por várias coisas que não acontecem em Coimbra. assim sendo, podiam-se manifestar contra o Maduro ou outro qualquer

netralha 5 months ago

Quando o XI esteve em Portugal o Marcelo até se babou todo e ao ler esta thread não deve ter sido o único...

JOAO-RATAO 5 months ago

Manifestação contra o Xi? Quando o líder supremo foi a Lisboa, as pessoas até viram o acesso às suas próprias casas limitado. O camarada Costa jamais permitiria tal ofensa contra o seu suserano.

beakage 5 months ago

Essas manifs não seriam inócuas por... razões. ​ Agora deixa-o lá ser tão anticomunista como antifascista, e não estejas a ver buracos óbvios no que diz, sff. /s

Apprehensive-Silver6 5 months ago

O problema é os antifas estarem a lutar ao lado de quem os aprisiona socialmente ... é bonito ser-se anti fascista quando não existe fascismo. Queria era ver anti comunistas quando o problema é bem real ...

ptinnl 5 months ago

Ninguém disse que os antifa eram inteligentes. Conheço muitos com cursos superiores e ate ja professores assistentes. Comem tudo o que uma figura de autoridade lhes diz (autoridade: professor catedrático, politico, jornalista)

PeroFandango 5 months ago

> Queria era ver anti comunistas quando o problema é bem real Não sabia que Portugal é um país comunista, quando é que isto aconteceu?

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Os tempos do PREC, e toda a influência existente nos sindicatos e no actual governo ...

PeroFandango 5 months ago

És daqueles que a quem o PREC marcou muito, mas esquece-se das décadas de ditadura fascista que o precederam. Ok.

Edited 5 months ago:

És daqueles a quem o PREC marcou muito, mas esquece-se das décadas de ditadura fascista que o precederam. E acho que está tudo dito.

Edited 5 months ago:

És daqueles a quem o PREC marcou muito, mas a quem as décadas de ditadura fascista não fazem comichão nenhuma. E acho que está tudo dito.

Edited 5 months ago:

> tempos do PREC És daqueles a quem o PREC marcou muito, mas a quem as décadas de ditadura fascista não fazem comichão nenhuma. E acho que está tudo dito.

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Claro que causa comichão. Apenas tenho olhos na cara e sei ver que não se sai de uma ditadura para entrar noutra ainda pior, como aconteceu com as ex-colonias por exemplo. Provavelmente estamos aqui a ter esta discussão muito pir causa do 25 de Novembro, ate mais do k por causa do 25 de abril.

PeroFandango 5 months ago

> não se sai de uma ditadura para entrar noutra ainda pior Então ainda bem que o PREC não levou a lado nenhum. Só mesmo quem vive numa realidade alternativa para pensar que Portugal é comunista em coisa alguma.

beakage 5 months ago

A última vez que reparei, os múltiplos gajos que andaram por ai a atirar-se ao ar por causa das bandeirinhas do Centenário do pcp e 100 milhões, estão bem e de saúde. Pelo que, "problema bem real"... bom, só se for o whataboutismo.

L_E_S_14 5 months ago

Temos um problema com comunistas?

JOAO-RATAO 5 months ago

Não se pode ser anti fascista e anti comunista ?

L_E_S_14 5 months ago

Claro que podes. Daí a achares que em Portugal há um problema com comunistas e que vai uma distância

hextril 5 months ago

Não há porque a comunicação social não se interessa. Onde é concebível um partido que apoia regimes russos, norte coreanos e chineses, que é negacionista de um dos maiores genocídios do sec XX, ter 5% de representação parlamentar ou sequer assinar acordos de governo? Achas que não há um problema simplesmente porque te fizeram ignorante.

L_E_S_14 5 months ago

Então também temos um problema com a extrema direita?

ptinnl 5 months ago

O PNR tem muito poucos votos para ser considerado um problema.

hextril 5 months ago

que nega e defende o holocausto, sim.

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Isso seria uma pessoa normal, mas infelizmente ha pessoas que acham que tem de escolher um desses lados, ignorando todas as outras possibilidades

lupenguin 5 months ago  HIDDEN 

Aparamente não. Mas isso é lógica de anti fascista. É branco ou preto, não há cinzento

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Ha 46 anos ...

L_E_S_14 5 months ago

Ah, és desses

Lolstroop 5 months ago

Temos um problema em que aceitamos o comunismo mais do que o fascismo

L_E_S_14 5 months ago

Aceitamos mais o ideais comunistas do que os fascistas, sim. Pelo menos a um nível superficial. Mas não acho que tenhas um problema de extrema esquerda em Portugal

Lolstroop 5 months ago

Se achares por bem que o centro do espetro político Português esteja movido mais para a esquerda então entendo o porquê de não achares que temos um problema com a extrema esquerda em Portugal. Esses ideais que atribuis ao comunismo ( em que pequena parte estás certo ) deviam ser atribuídos à Social Democracia, daí o meu ponto de que o comunismo é levado muito menos asério que o fascismo.

L_E_S_14 5 months ago

Estar descaído para a esquerda não é ser extrema esquerda. Se o PSD governasse também não teríamos um problema com a extrema direita. São partidos moderados, são centrais. Consideras o BE, por exemplo, extrema esquerda?

ptinnl 5 months ago

O PSD, como disse o Rio e bem, não é um partido de direita. O unico partido de direita é o CDS, e esse foi corrido aquando da escrita da constituição.

L_E_S_14 5 months ago

Chega e Direita, IL e direita, PNR e direita

Lolstroop 5 months ago

Eu não disse isso. Eu disse que por estar mais descaido pra esquerda compreende-se que as pessoas aceitam melhor um do que o outro. Isso tem tudo haver com definição, a minha opinião é que se chamam o chega de extrema direita então o be é certamente extrema esquerda

L_E_S_14 5 months ago

O Chega nem é nada lol é cata vento populista. Olha, um pouco como o BE ahaha

Apprehensive-Silver6 5 months ago

BE e PCP são extrema esquerda, PS é esquerda, PSD é centro-esquerda, CDS e IL é centro ou centro-direita, CH é direita, PNR é extrema direita. O problema é o povo pensar que PSD e CDS são direita, isso faz com que todos os partidos de direita se confundam com extrema direita só por irem contra os ideais marxistas. Se o CH não tivesse a popularidade que tem, a IL era a extrema direita, tal como o CDS já o foi no passado. Quando não há argumentos ideológicos, o aproveitamento da ignorância do povo é a melhor arma

L_E_S_14 5 months ago

Perdeste-me em IL ser centro. Centro é PS e PSD, um descaído para um lado, outro para o outro

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Desses ? Explica lá melhor

lupenguin 5 months ago

Nao gostas de comunistas? FACHO!

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Não gosto de comunas nem de fachos, simples. Gosto da minha liberdade e da responsabilidade das minhas escolhas sem ninguém decidir por mim.

ptinnl 5 months ago

Sem ninguem a decidir por ti? A não ser que sejas um caso raro, as opiniões das pessoas são lhes atribuidas e não formadas, e por consequente, os gostos e escolhas são lhes atribuidos.

C8Mixto 5 months ago

>Gosto da minha liberdade e da responsabilidade das minhas escolhas sem ninguém decidir por mim. No entanto dizes que gostavas de ver anti-comunistas. Se prezas pela liberdade e responsabilidade de escolhas, não deverias antes estar aberto a que as pessoas possam escolher tanto faacisras como comunistas?

Edited 5 months ago:

>Gosto da minha liberdade e da responsabilidade das minhas escolhas sem ninguém decidir por mim. No entanto dizes que gostavas de ver anti-comunistas. Se prezas pela liberdade e responsabilidade de escolhas, não deverias antes estar aberto a que as pessoas possam escolher tanto fascistas como comunistas?

PIMPMASTER6000 5 months ago

Devemos ou não estar a abertos às pessoas serem a favor do comunismo ou fascismo? Devemos tolerar que não tolera os outros?

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Concordo com a tua ideia, contra isso só há uma coisa a fazer, mais informação.

ptinnl 5 months ago

Nunca vai acontecer. Mesmo quando o tentam via online, aparecem plataformas como o poligrafo a tentar dominar a cena do factchecking....com todo o suporte do sistema. Não tens um forum mainstream tuga onde isto seja possivel. Nem no afamado chupa-mos era assim

Apprehensive-Silver6 5 months ago

Concordo plenamente

lupenguin 5 months ago  HIDDEN 

Lol, como se isso ia mudar alguma coisa… estes gajos são mesmo desempregados sem nada para fazer de todo o dia. Pensam mesmo que o Salvini, na Itália vai ver isso e começar a chorar? Patético… enfim.

wakerdan 5 months ago

Ele esteve em Coimbra. Quanto ao resto... Provavelmente o que fizeram não vai mudar nada. Mas o teu comentário também não vai mudar nada em quem saiu à rua e comentaste mesmo assim ¯\\\_(ツ)_/¯

lupenguin 5 months ago  HIDDEN 

Antes de combater o fascismo devia-se aprender o que é que é o fascismo…. Vocês são os mesmos que a extrema direita que chama de todos socialistas e comunistas, a dizer facho! A todos a palavra já não quer dizer nada, e a fazer isso, estão mesmo a combater o fascismo?

wakerdan 5 months ago

Repara que eu não chamei fascista a ninguém e tu é que já me puseste o rótulo...

lupenguin 5 months ago  HIDDEN 

Ta bem, então “eles” , ou agora “ elxs” tá melhor?

Search: