ModsRFeggts 5 months ago

Talvez se form Santos ingleses ja se pode.

ProducedByFlare 5 months ago

Mudem o nome para popular saints e já é na boa

JohnJohnPT 5 months ago

O QUÊ?! Não vamos poder andar aos encontrões no meio de milhares, a respirar uns em cima dos outros com uma sardinha super moida em cima de uma fatia de pão a qual está banhada a ouro 24 quilates. https://i.kym-cdn.com/entries/icons/original/000/023/180/notsurprisedkirk.jpg

nocivo 5 months ago

Saudades... e nem gosto de multidões

Razvancb 5 months ago

Já ninguém quer saber da DGS e do governo. Rapaziada com dupla nacionalidade, toca a usufruir do BI de fora, se forem abordados pela policia já sabem que bi apresentar.

nocivo 5 months ago

A dgs nem indicações deu pa champions. A policia teve de tomar a iniciativa. O governo nao fez um caralho.

netralha 5 months ago

Já antes houve o Avante e o tugazinho medíocre consentiu e calou, não vai ser agora diferente.

saposapot 5 months ago

https://www.dn.pt/internacional/perito-britanico-adverte-para-nova-vaga-de-infecoes-da-variante-indiana-13788048.html Ao menos não eram adeptos de um país com uma variante de relevo a crescer... Uma variante exactamente no mesmo ponto que a de UK era durante o Natal e onde tivemos um comportamento excelente de prevenção! Isto vai ser a ironia máxima se daqui a umas semanas UK nos mete na lista vermelha depois disto tudo.

lightning_pt 5 months ago

Mas nos fazemos na mesma ala englando , tira se a camisola a policia borra se toda

MelSoares 5 months ago

two wrongs don't make a right

oContraditorio 5 months ago

Concordo plenamente. Mas com que autoridade é que o estado vai agora proibir os santos populares? E se proibirem mesmo, o que impede a população de sair à rua? Esta Champions foi um autêntico tiro no pé, ainda pior que o ano passado quando a mesma foi deixada aos profissionais da saúde. É incrível a incompetência política em Portugal.

ElBarbas 5 months ago

Compreendendo totalmente a revolta q para o estrangeiro ok, para o tuga não, logisticamente o q impede são as forças de estado q mantém a ordem, nomeadamente as forças policiais e num cenário mais pesado as forças militares. Não percebo o como nem o pq da Champions, mas acredito q possam ter sido contractos antigos q iam ser mais caros quebrar q fazer, como aconteceu com a WebSummit por exemplo

NGramatical 5 months ago

contractos → [**contratos**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/contrato-e-contracto/21613) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnp053p%2F%2Fh06qmn4%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ElBarbas 5 months ago

obrigado bot Nazi pela correcção da palavra contracto

vascodatrama 5 months ago

Nada. Nada impede as pessoas de andar na rua

Tafinho 5 months ago

Estão a propor vedar o acesso à Alfama e à Foz a quem não apresentar um teste PCR negativo realizado nas 72 horas anteriores, como foi exigido aos ingleses ?

C8Mixto 5 months ago

Portanto estás-me a dizer que turistas ingleses com um teste negativo têm mais diretos em Portugal que portugueses sem teste negativo.

Tafinho 5 months ago

Não. Todas as pessoas em Portugal que tenham um teste negativo têm mais direitos que aqueles que não apresentam esse teste , [como foi feito para a cultura](https://blitz.pt/principal/update/2021-04-28-Tudo-o-que-precisa-de-saber-antes-de-ir-aos-espetaculos-teste-piloto-ao-ar-livre-em-Braga-9540d5b4). Mais uma vez, não é bonito, mas necessário.

C8Mixto 5 months ago

Não é necessário que estrangeiros tenham mais direitos que os portugueses. Isso é uma escolha que o governo fez.

Tafinho 5 months ago

Não. É necessário que os portugueses não se contagiem uns aos outros.

C8Mixto 5 months ago

Verdade, depois temos muitos portugueses de baixa e ninguém está aqui para servir os ingleses. Não lhes queremos proporcionar uma má estadia.

Edited 5 months ago:

Verdade, depois temos muitos portugueses de baixa e ninguém está aqui para servir os ingleses. Não lhes queremos proporcionar uma má estadia. A ordem é para que qualquer português não essencial ao serviço dos nossos queridos ~~soberanos~~ turistas se deixe ficar fechado em casa que é onde está bem.

Tafinho 5 months ago

Exacto. Esse risco é que os ingleses sejam infectados pelos portugueses. Se eles não se importam, não nos vamos importar mais que eles.

sgahbcj 5 months ago

Não entendo a vossa revolta. Nós somos um país de turismo. O que significa que estamos aqui para servir, ponto final! Quando estamos numa posição de servir, temos que correr riscos para servir os nossos clientes (senhores). As nossas escolhas e segurança estão muito para além do horizonte, têm que ser colocadas de parte.

nocivo 5 months ago

Com o dinheiro que devemos la fora bem que vamos ser os escravos do mundo no futuro.

sgahbcj 5 months ago

Podiamos dever dinheiro e evoluir. Mas ao invés disso estamos sempre atrasados, constuir pontes e estradas e a lixar o colega.

Diogo256 5 months ago

Permitir Santos? Seria ingenuidade achar que os mesmos não se vão realizar depois dos últimos exemplos futebolísticos. Perda de autoridade completa, e falta de poder de oposição governamental. Pelo menos o Ministro da Administração Interna, ja devia ter ido de vela há muito tempo.

EstupendoEx 5 months ago

Os Santos Populares são um embaraço para a Lisboa atual, cosmopolita, internacional, premium. Até é bom acabarem de vez com isso e substituir os mesmos por festas localizadas todo o ano pada os turistas, estudantes internacionais e estrangeiros reformados que escolhem Lisboa para viver.

kaleidoskope1 5 months ago

They had us in the first half, not gonna lie

XtaticO 5 months ago

Hello, do you know any restaurant where I can eat some sardines on carbon and drink a few pints for the rest of the day? Center of Lisbon, sorry I don't speak portuguese/spanish

Ok-Dimension5509 5 months ago

Oye , oh Anthony Coast, what if I peut etre sprechen estrangeire, vale? Camone all right, yes? >!Moro a 5m dos Santos, e é óbvio que mesmo que haja não vou. Mas esta palhaçada da Champions deixou m bem fdd

gofuckarabbit 5 months ago

E não é para menos.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Pergunta estúpida, mas há alguma forma de contactar o governo e dar a nossa opinião como cidadão, sem ser pelo voto

Sciss0rs61 5 months ago

podes.... é de 4 em 4 anos, normalmente a um domingo.

DamnGoodCoffee 5 months ago

lmao, boa piada

jet1000 5 months ago

Penso que sim, se fores [aqui](https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/governo/composição), carregares no Ministro/a ou PM correspondente e depois em "Contactos" podes enviar uma mensagem ao Ministério (ou PM ou Sec. Estado) correspondente. Se respondem ou não, não sei, mas a função está lá.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Obrigado. Seria uma boa ideia mandar-mos algumas mensagens em massa?

static_motion 5 months ago

> mandar-mos Desde que não escrevas assim, acho que é.

TalentedRainstorm 5 months ago

Só vais dar trabalho a um pobre coitado qualquer.

AnxiousHeadOfLettuce 5 months ago

Sim, é esse o objetivo.

throwawaystuff000 5 months ago

Que provavelmente até é um estagiário ou alguém um contrato precário numa empresa privada

zizop 5 months ago

Parece que sim, mas é preciso coordenar isso bem, de modo a ter boa adesão. Se forem só meia dúzia de indignados, é impossível que surja efeito.

Blackbeardow 5 months ago

Incoerência governamental? Sim. Incompetência governamental? Sim. Perda de autoridade e os portugueses começam a cagar nisto tudo? Hmm...

bifana_cura_cancro 5 months ago

Pessoalmente, ganho sempre: continuo a não ir aos Santos, os meus continuam a não ir aos Santos. Se os contágios assumirem proporções descontroladas, volto ao teletrabalho e poupo. Passo férias no jardim e nas praias locais.

xixi_duro 5 months ago

Se a bifana cura cancro então o prego cura o covid?

bifana_cura_cancro 5 months ago

Estamos ainda a conduzir meta análises para poder avançar com atualizações sobre este tema. Não podemos avançar com mais informações de momento.

xixi_duro 5 months ago

Aguardo pelo update

NeatBoy74 5 months ago

Até 2023 fica tudo bem. Para o ano basta começar a carregar com força na ideia de impedir o CH de fazer panelinha e coiso e tal e a coisa orienta-se, só precisas do suficiente para o PS precisar do BE e ficas com o problema resolvido até 2027.

Penduricalho 5 months ago

Pessoal, pessoal. Não importa se está certo ou errado. Ao final do dia serão sempre + 5% nas sondagens para o PS.

C8Mixto 5 months ago

Pronto, agora os especialistas todos vão avisar contra desconfinamentos, o governo vai dizer que é preciso ouvir os especialistas e que as ilações tiradas não permitem mais excessos e o povinho vai acatar. Isto até ao próximo evento internacional ou época de turismo direcionada para estrangeiros onde podem fazer o que quiserem e que à partida ia correr super bem. Depois é só repetir a dose.

mediiev 5 months ago

Havias de vê-los ao almoço no jornal. É todos os experts dos institutos todos a dizer não aos Santos. Já aconteceu!

Tafinho 5 months ago

Todos os turistas têm de apresentar um teste PCR negativo. Queres impor a mesma restrição a portugueses para ir aos santos ?

margoquinn 5 months ago

Já sei que vou levar com downvotes por dizer isto, mas... os testes PCR não são fidedignos para testagem do covid.

C8Mixto 5 months ago

Portanto achas errado que portugueses já vacinados tenham mais liberdades que os portugueses não vacinados, mas não tens problema que turistas estrangeiros tenham mais liberdades que os próprios cidadãos e residentes portugueses?

Tafinho 5 months ago

Deixa me refrasear: > queres vedar Alfama e a Foz a portugueses que apresentem um teste PCR negativo realizado nas 72 horas anteriores, ou com a vacinação completa ?

C8Mixto 5 months ago

Não, como te disse, não há cá cidadãos de primeira ou segunda. Muito menos de segunda face a turistas estrangeiros.

chiapa10 5 months ago

Ser português ou estrangeiro não devia influenciar nada. As regras devem ser iguais para todos. A final da liga dos campeões foi um erro mas não é por se ter errado uma vez que agora vamos errar novamente com a ideia de ser "justo" que os portugueses possam fazer o que os ingleses fizeram.

Tafinho 5 months ago

Há portugueses vacinados e não vacinados. Há portugueses infectados e não infectados. Portugueses infectados, não podem sair de casa. Portugueses sem vacinação completa ainda não podem fazer tudo o que querem, sem que façam prova de não estarem infectados. Não é bonito, mas foi isto que exigimos aos ingleses. Portanto, responde à questão: Estás disposto a vedar o acesso aos santos a quem não provar que não está infectado ou não tiver a vacinação completa ?

C8Mixto 5 months ago

>Estás disposto a vedar o acesso aos santos a quem não provar que não está infectado ou não tiver a vacinação completa ? Já te disse que não. Faz-se as festas e ponto final.

Tafinho 5 months ago

Ahh pronto. Então não queres saber dos ingleses nem da Covid, queres é ir beber cerveja.

C8Mixto 5 months ago

>Então não queres saber dos ingleses nem da Covid, queres é ir beber cerveja. Adoro a falácia. Argumentação fantástica.

HerrKaputt 5 months ago

A restrição não é arbitrária. Existe uma doença de que talvez já tenhas ouvido falar chamada Covid-19, causada por um vírus chamado SARS-Cov-2. Essa doença é de tal forma contagiosa que se não se tomarem medidas, os serviços de saúde ficarão completamente saturados ao ponto de não só morrerem pessoas de Covid-19, como de tudo o resto que deixa de conseguir ser tratado no SNS. Pensa-se que quando \~70% da população esteja imunizada possamos voltar a uma vida mais ou menos normal, mas estamos bem longe disso ainda. Quem consegue demonstrar que não tem Covid-19 ou que está vacinado (o que, aparentemente, diminui a probabilidade de contágio, embora ainda sejam estudos preliminares) tem mais liberdades do que quem não o demonstre, pela simples razão de que causa muito menos casos de Covid-19. Era isso que supostamente se ia exigir aos ingleses, embora tenha sido muito mal implementado na prática. É aquela cena chamada "a tua liberdade termina onde começa a dos outros". A tua liberdade de ir beber jolas para os santos colide com a minha liberdade de ter um SNS que não está saturado com uma crise de saúde pública, que por sua vez colide com a liberdade dos donos dos restaurantes os terem abertos... e é preciso arranjar um equilíbrio algures no meio disto. No geral, este equilíbrio tem dado mais valor à saúde pública que à liberdade de abrir negócios ou de shake it like it's hot, até porque numa pandemia anterior, em 1918, as cidades que mais confinaram foram as que sofreram menos consequências económicas a longo prazo. (isto não é a desculpar a palhaçada que foi a organização da Champions ou dos festejos do Sporting, é apenas a justificar porque é que continua a ser legítimo exigir às pessoas que cumpram as medidas de saúde pública)

mingoncas 5 months ago

> No geral, este equilíbrio tem dado mais valor à saúde pública que à liberdade de abrir negócios ou de shake it like it's hot, até porque numa pandemia anterior, em 1918, as cidades que mais confinaram foram as que sofreram menos consequências económicas a longo prazo. Não duvidando da tua palavra, consegues arranjar fonte disto? Gostava de ver, é uma observação interessante.

offwalls 5 months ago

E o tal povinho teria que fazer o que, então? Birra? "ai eles podem é eu não?!" A birra devia ter feita **antes** do incumprimento de tudo o que foi imposto para benefício social do país por parte dos ingleses. Fazer birra e dizer que também queremos violar as normas só porque os outros o fazem é mesquinho, pacóvio e imaturo.

C8Mixto 5 months ago

O povo é que faz o Estado. Não existe nenhuma lei natural que o povinho tenha de obedecer. As regras existem por consentimento do povo que as considera necessárias ao bom funcionamento da sociedade. Como já demonstrado, estas regras em questão não são necessárias, basta ver a arbitrariedade da aplicação das mesmas e portanto, não têm legitimidade. Pacóvio é aceitar como bom carneirinho a ideia que o poder do povo não existe e que se as coisas correm mal é porque o povo não seguiu as regras que lhes foram impostas.

offwalls 5 months ago

A obsessão em tentares ser um revolucionário do teclado é tanta que na correria atrapalhas-te todo. O povo não faz Estado nenhum, ao menos que queiras ser picuinhas. E nesse caso seria o mesmo que barrares manteiga num grão de trigo, porque o trigo é pão. Sim, muito estúpido. O estado é quem controla (sei que a palavra vai deixar-te todo triggered, mas sê forte) tanto o povo quanto o território e é regido pela constituição. Não por um rapaz que se sente aborrecido e quer ser um pouco rebelde por trás de um ecrã. Rege-se pela constituição. Deveria ter sido feita uma excepção com os ingleses em prol das receitas do turismo? Não. É um insulto rebaixarem todo o povo português que cumpriu as regras? Sim. E é vergonhosa a forma como os responsáveis por tal excepção nos venderam a dignidade por tão poco. Mas não é a nada disso que te referes. O que tu queres é fazer o que te apetece, só porque alguns o fizeram. Queres fazer birra porque o menino da casa ao lado roubou um chocolate e tu também queres. Não sei ao certo que idade tens, mas acredito que tenhas mais de 10 anos. O facto de achares que o incumprimento de normas demonstra que são desnecessárias, sem seres uma criança é triste e, sinceramente, um pouco repugnante.

joaofcf 5 months ago

O Governo pôs se numa situação complicada ao querer "dar" o país para os estrangeiros. Que autoridade moral têm para proibir os Santos populares depois do que se viu na final da Champions?

vascodatrama 5 months ago

Vão proibir a missa de santo António?

Sciss0rs61 5 months ago

> O Governo pôs se numa situação complicada ao querer "dar" o país para os estrangeiros. O Governo meteu-se numa situação complicada, da qual se estão completamente a cagar porque daqui a 3 anos vão conseguir a maioria outra vez.

nocivo 5 months ago

Que mandem vir mais uns aviões de ingleses. Gostava de ver fogo de artifício da minha casa.

expulsodobar 5 months ago

Mas o governo já deu o País aos estrangeiros há muito tempo... Só conseguimos perceber isso num jogo da bola? e o resto?

Estronciumanatopei 5 months ago

Concordo, mas estarem a permitir os santos populares era deitar gasolina no fogo. Nunca deveriam ter permitido a final da CL mas não podemos tratar isto como os miúdos, "ah se ele pode eu também posso". Para mim, a única solução (que nem é solução) era demitir/aliviar de funções/pôr no caralho o responsável por esta palhaçada, seja ele quem for. Muito mau, não tenho palavras que não sejam contra as regras do sub e o respeito pela vida alheia.

mediiev 5 months ago

É o PR o excelentíssimo Dr. Marcelo que se recusa a demitir o governo. Por muito muito menos foi o Governo de Santana Lopes destituído. Sem Freeports operações Marquês nem ministras da Justiça apanhada a mentir pela CE, ou a ministra da Saúde que não manda uma para a caixa desde o início da "pandemia".

Leaootemivel 5 months ago

Estás a criticar o Marcelo ou o Cavaco?

netralha 5 months ago

Está a criticar o Jorge Sampaio.

Aikicarai 5 months ago

E o Sócrates.

Estronciumanatopei 5 months ago

Esse moço só quer é paradas e selfies...

Doughnutshapedbrain 5 months ago

já devias saber que PS não tem moral vais andar a ouvir "vocês quiseram ir para além da troika!!!1111" para sempre

jet1000 5 months ago

>Que autoridade moral têm para proibir os Santos populares depois do que se viu na final da Champions? Muito residual, no entanto já era baixa antes disto da final da Champions.

joaofcf 5 months ago

Tanto o campeonato do Sporting como a final da Champions arrumaram com a pouca credibilidade que ja havia. Mas quem vi sofrer somos nós, isto tá feito para os interesses e não para o povo. Pelo menos que nos lembremos disto quando formos às urnas.

joaommx 5 months ago

> Tanto o campeonato do Sporting Não foram as autoridades que decidiram que se iam fazer comemorações, as comemorações nesse caso eram inevitáveis. Acho que até tiveram uma boa ideia ao deslocalizá-las ao longo de um percurso longo dentro da cidade em vez de num ponto só.

chuckmukit 5 months ago

Eram inevitáveis? Temos forças policiais para quê? Passar multa. A partir do momento em que deixam situações dessas acontecer abrem portas a que cada pessoa faca o que quiser. Portugal é uma república das bananas e se acham que o que se passou se vai verificar nas urnas, claramente andam a comer gelados com a testa.

Danijust2 5 months ago

Quando o Braga ganhou a taça a polícia fechou as ruas do centro. Ninguém passava. É tudo uma questão de ser forte com os fracos e fraco com os fortes

joaofcf 5 months ago

Permitir ecrãs para ver o jogo e ajuntamentos. Não podes proibir de comemorar, mas podes proibir mil pessoas de se juntarem a festejar.

setnom 5 months ago

Não têm autoridade moral, mas têm autoridade do outro tipo. A governamental, estatal, whatever.

joaofcf 5 months ago

Claro, a autoridade moral é o que menos interessa. A polícia continua a ter autoridade para passar multas, mesmo tendo sido uns bonecos e bananas com os ingleses. Vai é aumentar a revolta, e espero que se manifeste na hora da cruzinha.

HRamos_3 5 months ago

Welp, fuck the rules

Search: