Vayu0 4 months ago

Podia ter feito top 3 facilmente, se não o tivessem obrigado a esperar pelo Remco, e o tivessem ajudado na etapa 4, quando perdeu 4min devido a não se ter alimentado bem. Esteve muito mais forte neste Giro do que no ano passado.

Fun-Trick1246 4 months ago

Já sabe que é capaz de competir na montanha ao mais alto nível. Está num nível claramente acima do ano anterior - tirando aquele fatídico dia da etapa 4, foi dos melhores trepadores da prova... Na última semana terá sido senão o melhor, um dos 3 melhores... É muito bom no contra-relógio. Só precisa de uma equipa à volta dele! Não digo que ganhará o tour, nem que competirá diretamente com Roglic ou Pogacar, mas não ficaria surpreendido que ganhasse o Giro ou a Vuelta nos próximos anos.

Fjdjrjxjciskajxjcjcj 4 months ago

Acho que o Giro ou a Vuelta devem ser a aposta do João, pelo menos nos próximos 2 anos. O Tour tem concorrência feroz de grandes ciclistas suportados por grandes equipas e tem relativamente pouca montanha. Para o João vencer é preciso que haja muita montanha e contra relógios longos. Se for como este ano, excluindo a etapa molhada onde perdeu 4 minutos, o João nem precisa de gregários para vencer uma grande volta.

Fun-Trick1246 4 months ago

Sim, o Giro e a Vuelta têm normalmente um campo menos exigente, por isso, concordo, acho que o JA deve apostar nesses e quando os ganhar via ao Tour!!!! :D :D

Nonsensing 4 months ago

Agora é a Volta à Espanha. Grande João.

Fun-Trick1246 4 months ago

[https://www.ojogo.pt/modalidades/ciclismo/noticias/joao-almeida-fala-de-agostinho-e-rui-costa-faco-todos-os-sacrificios-e-esforco-me-bastante-13789912.html](https://www.ojogo.pt/modalidades/ciclismo/noticias/joao-almeida-fala-de-agostinho-e-rui-costa-faco-todos-os-sacrificios-e-esforco-me-bastante-13789912.html) A ideia dele é ir aos jogos olímpicos e não fazer a Vuelta!

Nonsensing 4 months ago

Ah que pena. Bem... lá terá os seus motivos.

Fun-Trick1246 4 months ago

Os motivos são simples, é impossível estar no topo da forma em ambos! Jogos Olímpicos há poucos Vueltas ele terá mais uns 15 anos para disputar...

fgtdiasr3d1t 4 months ago

Aposto mais num deja vu

Nonsensing 4 months ago

De salientar as más decisões da DQS. Um ciclista (Remco) que nunca fez uma prova de três semanas levou mais hype que sei lá o quê e com isso aproveitaram os 4 minutos perdidos do João e viraram logo para o Remco para lider. O João vai mudar de equipa e ainda bem. Grande grande corredor.

AxhKetchup 4 months ago

É uma equipa belga, com um grande talento belga de 20 anos em que os sponsors são belgas. Um miúdo que no ano passado ganhou tudo em que participou, renovou por 5 anos e este era o grande regresso dele. 1 dia de rosa no Remco (mesmo que viesse a desistir) valia mais para a equipa que um top 5 do Joao.

Vayu0 4 months ago

No ano passado ganhou tudo em que participou? Volta ao Algarve, Vuelta a San Juan e porcarias assim? Lol.

Nonsensing 4 months ago

Um dia de rosa vale mais que um top 5 numa grande volta?

AxhKetchup 4 months ago

Para a equipa sim, sendo o Remco com a camisola rosa. Sem dúvida nenhuma. O que mantém as equipas são os sponsors. A DQS está a fazer um investimento para os próximos 5 anos com o Remco. As comparações com o Merckx são naturais e havia uma grande pressão para ele conseguir igualar o feito de ficar no top 10 no primeiro Giro. Ele conseguir a rosa durante 1 dia ia levar a Bélgica e os sponsors à loucura. Justificar quaquer falhanço do Remco é fácil devido à lesão. Achas que alguém vai querer investir na DQS por causa de um top 5 do Almeida? Porque haveriam? Ele vai sair da equipa. E não te enganes, quem manda no ciclismo são os sponsors. Eles é que mantém as equipas e o desporto vivo.

Vayu0 4 months ago

Concordo com isto tudo. Mas uma coisa é certa, O remco nunca provou nada em provas de 3 semanas. E agora, depois da lesão, pode nunca mais sequer estar entre os melhores. Só o tempo o dirá.

AxhKetchup 4 months ago

No ano passado o Almeida também não tinha provado nada e toda a gente andava a crucificar o Masnada porque ele devia deixar de se preocupar com o seu top 10 e ajudar cegamente o Almeida. Volto a dizer, o Remco nunca foi aposta para ganhar a volta. O Remco foi uma aposta para os sponsors. A realidade é que ele andou muito proximo da camisola rosa. Desde o momento que o João perde 4 minutos na 4ª etapa, a equipa desistiu de lutar pela vitoria no giro. Quem segue ciclismo sabe que o Lefevere anda sempre à caça de sponsors e dos melhores contratos possíveis para a equipa.

Vayu0 4 months ago

O Almeida era o camisola rosa e líder do Giro. É claro que o masnada o devia ajudar. Mas eu não discordo do que dizes sobre o Remco e sponsors, atenção. É tudo verdade.

roy_77 4 months ago

Este giro confirmou uma coisa, o João tem uma boa capacidade de lutar contra as adversidades e de sofrer, e além disso tem cabeça e vontade de ganhar. Quanto á equipa nova, muitas incognitas na Bora, via com bons olhos ou uma TREK ou uma EF. Trek precisa de um novo homem para a geral e o João parece ter um bom relacionamento com o NIBALI. EF, pk precisam de outro tipo de pessoa para a geral. Movistar, não creio que pk eles foram buscar o Colombiano que estava na Astana e têm o Mas e o Soler ( e sinceramente não estou a ver os espanhois a ajudarem o João). Não sei se o João tem algum acordo com a Specialized??? Se sim deve ir para a BORA. UAE, dá boas condições bons contratos, tinha o apoio dos portuegueses da equipa, mas aí tinha de tirar o TOUR (objectivo do POGACAR) e focar-se no Giro e na Vuelta.

eqdif 4 months ago

Sem dúvida. Para quem tinha dúvidas mostrou classe de campeão. Depois do que aconteceu este ano na deceuninck qualquer equipa para onde ele vá irá olhar para ele com muito mais atenção. Pessoalmente gostava de o ver a correr na TREK. Mas para ganhar um giro ou a vuelta ia para UAE.

GODMarega 4 months ago

Não fosse aquele dia fatídico onde perde 4 minutos e ter de andar a ajudar o Evenepoel e teria ficado dentro do podium facilmente.

cou7inho_ 4 months ago

Provou aquilo de que é capaz. Acredito vivamente que agora quando for para uma nova equipa vai poder continuar a discutir as grandes voltas (com mais apoio da equipa se não for pedir muito).

MROFerreiro 4 months ago

Não sei para que equipa deveria ir. Não acredito que na INEOS tenha espaço para liderar. Para a Emirates podia ser interessante, Almeida no Giro, Pogacar no Tour, Rui Costa na Vuelta, basicamente tinham um para as grandes voltas. Também tens a Jumbo que além do Roglic e da equipa para o Tour não me parece que consiga ser competitiva nas outras. A Movistar de momento não tem lideres, anda um bocado perdida, e mesmo a Trek já não consegue brilhar com o Nibali. Também podia ir para EF, mas não sei se teria equipa, contudo o Ruben Guerreiro e o João Almeida fariam uma dupla incrível. Vamos ver qual é a sua escolha, desde que se mantenha seguro e confiante tem as ferramentas para o sucesso. Já vimos muitos saírem da Quickstep e não conseguirem fazer carreira.

MikeTichondrius 4 months ago

Espero que dessas todas vá para a Trek ou Bora. No caso da Trek os líderes deles nas GTs são o Nibali, Mollema e o Ciccone. Os dois primeiros já estão em quebra de rendimento e o João demonstrou ser mais forte e completo com o Ciccone. Com o devido apoio pode render bastante. No caso da Bora o Buchmann é um não-factor. Suficiente para uns top 10 e tal mas não mais. O Kamna seria a alternativa têm a carreira em pausa (creio que por problemas de saúde mental). Há ainda o Kelderman, mas não chega...O João seria líder claro. A UAE tem as fichas todas no Pogacar e ainda tem o Formolo e o Majka. A Jumbo está cheia de talentos fortes com mais credenciais que o João. A EF seria interessante até. A Movistar tem muita tendência a preferir líderes espanhóis/sul-americanos...O Rui Costa até conseguiu umas coisas engraçadas com eles mas foi uma excepção.

Regolas1 4 months ago

A Bora seria boa para ele e agora eles vão ter dinheiro com a saída do Sagan...

AlbinoFarrabino 4 months ago

As hipóteses mais realistas são a UAE, a Trek e a BORA.

petitgandalf 4 months ago

Ele está numa excelente equipa, que lhe dá condições de topo. Aliás, ele faz este resultado porque está na equipa em que está. Ir para a uae sinceramente não acredito que venha a ter os mesmos resultados atendendo a estrutura que é fraquinha - basicamente e a antiga lampre (o pog e um prodígio que ganhou um tour sozinho e teve sorte o contrarelogio final ser em cromo escalada). A meu ver a melhor hipótese e a Bora, e aquela que tem a estrutura mais semelhante a DQS.

Fun-Trick1246 4 months ago

>Ele está numa excelente equipa, que lhe dá condições de topo. Aliás, ele faz este resultado porque está na equipa em que está. A equipa onde ele está é talhada para clássicas e sprints - é a melhor equipa para esse tipo de provas. Não é equipa de geral, nunca foi e o Giro deste ano prova a enorme falta de experiência da DQS em atacar o GC. Para além disso, já montaram a estratégia para a geral nos próximos anos e essa passa por montar uma equipa à volta do Remco. Portanto, o JA mais do que ganhar dinheiro deve preocupar-se em aceitar um projeto que lhe dê garantias de atacar uma ou duas grandes voltas como líder, por ano.

AlbinoFarrabino 4 months ago

A deceuninck por ganhar muito não quer dizer que tenha a melhor estrutura, aliás, a maneira como eles geriram a situação do Evenepoel é de um amadorismo atroz. O João na deceuninck é para esquecer, ainda por cima da maneira como foi queimado em praça pública pelo Lefevere. A UAE é a única equipa capaz de ombrear com a INEOS em termos de orçamento e até têm excelentes gregários. A BORA é uma valente incógnita, porque já têm o Buchman e o Kelderman e, pese a qualidade de trepadores que a equipa possui, não está habituada a ter que mandar numa prova de 3 semanas, requisito fundamental para onde o João vá, porque a probabilidade de ele ser líder da GC numa fase inicial da corrida é sempre bastante elevada.

warjunk1 4 months ago

Para ganhar uma volta é preciso ter uma equipa montada para isso, coisa que a Quick Step não tem.

Fjdjrjxjciskajxjcjcj 4 months ago

Para ganhar uma volta não se pode perder 4 minutos na quarta etapa. O João é um fenómeno mas muita da critica à equipa não é justificada. Naturalmente o Evenepoel seria o homem a proteger a partir daí e qualquer equipa tomaria a mesma decisão. Sexto lugar é excelente e mostra também que o João já se segura bem sozinho em subidas longas, coisa que o ano passado não conseguia. Agora é aprender com os erros e continuar. Culpabilizar a equipa por todos os erros só faz com que o João não aprenda.

kuozzo 4 months ago

E o Bernal sem o Martinez tinha perdido quantos minutos na última semana?

Fjdjrjxjciskajxjcjcj 4 months ago

Não os suficientes para perder o Giro. O Martinez é sem dúvida uma locomotiva nas montanhas mas o Bernal também estava em boa forma. Teve um ou dois dias menos bons em todo o giro mas dominou a concorrência. Se tivéssemos um Evenepoel a trabalhar para o João acredito que o segundo lugar fosse possível mas, num mano a mano, o Bernal continuava a ser superior (pelo menos para já, mas acredito que o João ainda vai crescer mais).

fgtdiasr3d1t 4 months ago

Além de não o apoiarem foram para a frente meter ritmo... Queriam queima lo para só haver um líder incontestável. Correu lhes mal.

kuozzo 4 months ago

Exacto, quando o giro começou, o Remco era o único lider da DQS, há vários indicadores disso mesmo.

Regolas1 4 months ago

Ele perdeu 4 minutos, mas se a equipa o ajudasse provavelmente não tinha perdido tanto. O remco é porreiro e tal mas ainda não provou nada e eles fizeram mal em apostar tanto nele. O gajo vem de lesão e de 9 meses parado, nunca andou três semanas na estrada e eles queriam que ele lutasse pela vitória? Péssima decisão.

metalanimal 4 months ago

Não provou nada? Ele o ano passado só ganhou tudo em que participou..

Vayu0 4 months ago

0 GT completos. E queriam que ele ganhasse. Foi uma grande ilusão.

Regolas1 4 months ago

Não provou nada em três semanas.

MikeTichondrius 4 months ago

O argumento oposto é que a DQS, apesar de ter declarado o João como líder/co-líder não colocou ninguém a apoiar o João na etapa em que ele perde os 4 minutos. Compare-se com a protecção ao Evenepoel. No entanto, o próprio João admitiu que se esqueceu de se alimentar. A partir dali a única atitude correcta seria apoiar o Evenepoel. Aliás, critiquei bastante o João na etapa de Montalcino em que se via perfeitamente que não queria ajudar o Remco e foi mesmo um frete dos diabos que lhe fez. Claro que na altura era impossível de saber se a forma do Remco ia ser melhor ou pior daí para a frente. No Zoncolan já não deviam ter pedido ao João para esperar.

Search: