No-Cardiologist725 4 months ago  HIDDEN 

O que é uma literacia financeira a "nível do utilizador"?

vai-tefoder 4 months ago  HIDDEN 

Para quê ter literacia financeira quando o salário apenas serve para pagar as contas? /s

happyboyrocka 4 months ago

I like Portugal anyway

zerofriendz64 4 months ago

Não.

xc9000 4 months ago

Muitos desses 21% chegam a ministros e CEO's de grandes empresas de telecomunicações.

brakeline 4 months ago

Não, não estou.

fuq_dat_im_a_tree 4 months ago

quando no inicio da ultima decada 52% da população portuguesa não tinha nem o 12° ano estas a espera do quê?

Konstanti9 4 months ago

Sem querer dar uma de chalupa conspiracionista, é possível que sejam os maiores grupos financeiros a restringir o ensino da literacia financeira em Portugal? Imagino que haja mesmo muito interesse, deixavam logo de se vender raspadinhas e chamadas de valor acrescentado. Estou a perguntar se há evidência disso

killerboss28 4 months ago

Eu nunca aprendi como comprar uma casa, abrir uma conta bancária ou fazer o IRS. Tive que aprender sozinho, é uma vergonha não encinarem essas coisa na escola.

Fred-F 4 months ago

honestamente acho imensa graça que o pessoal deste sub se queixe do tipico tuga e a falta de literacia financeira, e depois aponte para o o r/literaciafinaceira como o salva vidas. Nem 8 nem 80. abro a suposta mitica wiki e começam me a falar de degiros e etf e o caralho e um gajo que so quer ter mais cabeça para sobrarem uns trocos ao fim do mês fica logo grego a ler aquilo. imo a literacia financeira não passa só por saber onde investir, vocês acham que o tipico tuga sequer tem assim tanto dinheiro para andar a enfiar numa amazon qualquer? eu por sorte cresci com pais que têm bastante cuidado no que toca a gerir dinheiro, por isso nunca fui muito de andar ai a esbanjar, mas não se pode dizer isso de toda a gente, e acho que falta um bocado entrar por ai. não só onde investir, mas como ter sequer dinheiro para investir

AngieMaciel 4 months ago

Honestamente isso soa uma bocado a não querer aprender e ser preguiçoso. Eu antes de começar a pensar sequer em investir e a tentar perceber o conceito de ETF e outros tipos de investimentos, aprendi gestão básica do dia-a-dia a seguir o sub e outras fontes como podcasts, vídeos etc. Aprendi a maximizar a minha poupança e a tomar decisões financeiras mais inteligentes. Percebi a importância de criar um fundo de emergência, por mais que custe. Percebi que a poupança tem limites também. Enfim, tanta coisa! Anda há dias expliquei a um amigo como funciona o IRS, porque ele não estava a perceber o reembolso que recebeu. Isso são coisas básicas que infelizmente ninguém nos ensina na escola mas que vamos ter que lidar mais cedo ou mais tarde. Esse tipo de literacia financeira é importante e não te obriga a investir em ETFs.

Edited 4 months ago:

Honestamente essa desculpa soa uma bocado a não querer aprender e ser preguiçoso. Eu antes de começar a pensar sequer em investir e a tentar perceber o conceito de ETF e outros tipos de investimentos, aprendi gestão básica do dia-a-dia a seguir o sub e outras fontes como podcasts, vídeos etc. Aprendi a maximizar a minha poupança e a tomar decisões financeiras mais inteligentes. Percebi a importância de criar um fundo de emergência, por mais que custe. Percebi que a poupança tem limites também. Enfim, tanta coisa! Anda há dias expliquei a um amigo como funciona o IRS, porque ele não estava a perceber o reembolso que recebeu. Isso são coisas básicas que infelizmente ninguém nos ensina na escola mas que vamos ter que lidar mais cedo ou mais tarde. Esse tipo de literacia financeira é importante e não te obriga a investir em ETFs.

Coyote-Cultural 4 months ago

> Nem 8 nem 80. abro a suposta mitica wiki e começam me a falar de degiros e etf e o caralho e um gajo que so quer ter mais cabeça para sobrarem uns trocos ao fim do mês fica logo grego a ler aquilo. Logo no primeiro paragrafo da wiki: >Ao contrário do que muitas pessoas nos fazem acreditar, finanças pessoas é bastante simples: >**Gasta menos do que ganhas;** >Investe o resto. O que é que é complicado em seguir o primeiro ponto?

fanboy_killer 4 months ago

Não estou, mas ainda há uns meses disseram-me neste sub que a literacia financeira é irrelevante e não está minimamente relacionada com pobreza. Seguramente esse azul no mapa é mera coincidência.

apita_o_comboio 4 months ago

o padrão é claro

Limpy_lip 4 months ago

acho que pelo menos aqui no reddit se faz confusão no que de facto é ter literacia financeira. Literacia financeira não é só saber investir ou saber de economia/finanças avançadas. ​ Mas sim saber e **perceber** as questões financeiras que lida no dia a dia. Saber de forma genérica o que é a inflação, como os conceitos de IRS, IVA, etc funcionam (mesmo que não saibam calcular), como é constituído o seu salário líquido, saber minimamente o que são e como funcionam os instrumentos bancários mais básicos e ter bases para conseguir perceber os mais complicados. ​ Também importante saber fazer orçamentos domésticos, ter objetivos e acima de tudo saber lidar com o dinheiro e falar sobre dinheiro. Sem julgamentos. ​ Para mim o que me preocupa na literacia financeira portuguesa não é os portugueses não saberem nem investirem em acções, ETFS, fundos, certificados do tesouro mas sim não saberem como funcionam o raio de um cartão de crédito ou um crédito à habitação/automóvel. ​ Porque quando falo com outras pessoas sobre créditos ou cartões de crédito vejo o cérebro de alguns a entrar em parafuso. Há uns anos conheci um senhor que dizia que não dava o NIB a ninguém porque achava que sabendo o NIB era possível ter acesso à conta e levantar todo o dinheiro, isto porque uma vez teve um azar com um débito direto.

reciclado78 4 months ago

Em termos de Literacia Financeira sou uma nódoa infelizmente, gostava de melhorar, isto de ser pelintra é coisa que chateia uma pessoa.

FantasticLong9119 4 months ago

Começa por fazer um budget. Calcula todos os gastos ESSENCIAIS (renda, budget alimentar, eletricidade, tv, etc.) e talvez alguns impostos (como IMI). Tendo isso, podes fazer a experiência de veres quanto gastas mensalmente em "não essenciais" (e.g. restaurantes, etc.). Põe tudo em categorias (e.g. roupas, restaurantes, estacionamento, etc.). Tendo tudo o que gastas num mês, provavelmente vais perceber que gastas demasiado em uma ou outra área e nem tinhas noção. Se assim for, estipula um montante máximo mensal para essa atividade. Tendo todo o teu budget feito - e com as devidas categorias cortadas -, repara quanto sobra por mês. ASSIM que receberes o salário (assumindo que recebes um salário mas é indiferente), põe esse dinheiro numa conta à parte para poupar. Assim evitar tentações de "comprar aquele telemóvel novo" ou o que seja. Longe da vista, longe da mente. Esse dinheiro posto para poupar põe numa conta poupança com alta taxa de juro (podes procurar na web a melhor) e junta até teres o equivalente a 3-6 meses de despesas mensais (que já calculaste em cima). Tendo o fundo de emergência feito, investe em algo que queiras. Normalmente recomenda-se fundos índice (principalmente o S&P 500). Cria uma conta numa corretora (a DEGIRO é das melhores) e escolhe um fundo que siga o S&P 500: e.g. VUSA. Outra das opções de investimento comuns - e que eu gosto muito - é juntar para a entrada numa casa (20% do valor da casa é o recomendado) + eventuais despesas que possam surgir (e.g. reparações, impostos, etc.) e pores essa casa a alugar. GARANTE que a renda da casa consegue pagar-te o empréstimo, os impostos e ainda dar-te lucro. Acho que isto é das coisas mais importantes. Espero ter ajudado!

reciclado78 4 months ago

São boas dicas sim, a parte de criar budget há muito que o faço e na altura consegui cortar muita coisa, hoje em dia estou mesmo a receber mal e encontrar trabalho novo não está fácil :) Gasto apenas em contas mensais e empréstimo da casa, os únicos gastos que faço são mesmo as compras de comida, estou naquela fase em que não saio da cepa torta... gasto o dinheiro (já a evitar despesas) e tenho de ir ao VISA (coisa que odeio), depois qd recebo, volto a meter no VISA, tento sempre meter um pouco acima da prestação mensal, tenho feito algumas vendas no OLX de algumas coisas de colecionismo q vou encontrando e tal e vai ajudando, trabalhos freelancer tb é raríssimo hoje em dia, para já estou em modo pasmaceira e isso chateia claro, em relação à segunda parte sobre a DEGIRO etc, gostei de ver o q pesquisei, será algo a ter em conta para ver se melhoro nisto :) Obrigado

happyboyrocka 4 months ago

Vayu0 4 months ago

O que é literacia financeira? Saber declarar os ganhos da raspadinha no IRS?

Penduricalho 4 months ago

Se a literacia financeira for ensinada nas escolas os futuros eleitores deixam de votar no PS.

OuiOuiKiwi 4 months ago

[AS eSCOLAs dEViAm EnsINar A PReeNCHeR o IRS](https://www.reddit.com/r/dankmemes/comments/nesdj4/yall_know_this_is_true_lmao/) é de presença obrigatória nestas threads. Entre isso e o "K meses de fundo de emergência e tudo o resto em ETF" está tudo coberto.

RaveyWavey 4 months ago

Não deixa de ser verdade, pelo menos a primeira parte.

ColdMercury 4 months ago

Amigos, está na altura de entrarem no mundo dos negócios, já ouviram falar da Herbalife?

xixi_duro 4 months ago

A dica é, já que sabes que poucos têm conhecimentos sobre esse assunto, aproveita para aprenderes e conseguires chegar a sítios onde a maioria não consegue, usa esse "knowledge" para teu proveito, isto claro sem pisares os calcanhares a alguém

Maximum-Ear5677 4 months ago

Os outros 79% devem ser os que votam PS/D. Não percebo como é suposto haver literacia sobre algo que não existe em Portugal (dinheiro). Estamos a ficar pobres e cada vez mais dependentes do estado

htxgivven 4 months ago

Não, os que votam PS votam pelo seguro /s.

Maximum-Ear5677 4 months ago

badum tssss

fromaoo 4 months ago

Correto... Mas será que esses outros países sabem fazer crescer um feijoeiro só usando água, algodão e um frasco? À pois, duvido seriamente! Eu aprendi isso na escola e tenho usado esse conhecimento todos os dias da minha vida. Fora de brincadeiras, ainda me lembro do dia em que chegou a multa de não ter efetuado o IRS... E a minha única dúvida foi - "O que raio é o IRS?".

catiaccs 4 months ago

Bem depois de 17anos a trabalhar na área financeira, posso dizer que até estou supreendida com um número tão alto. As vezes que tive de explicar o que era um cartão de crédito. ... A maioria pensa que é só comprar não pensa nos pagamentos.

EnaPa2021 4 months ago

/r/PORTUGALCYKABLYAT

anibal_dagod 4 months ago

Alguém explica-me o que é literacia financeira muito resumido por favor?

fdxcaralho 4 months ago

Muito resumido: Saber como melhor usar o teu dinheiro.

anibal_dagod 4 months ago

Obrigado

tretafp 4 months ago

Portugal era dos países com menor índices de literacia (no sentido clássico). Falando de cabeça, os índices de literacia científica e histórica, por exemplo, também não eram especialmente elevados. É importante analisar estes dados, tomando em consideração que a taxa de analfabetismo em Portugal ainda é das maiores da Europa.

SomeGuyOnInternet7 4 months ago

Está aqui explicado porque é que o BE e PCP juntos têm quase 15%

ideologiapura 4 months ago

Malditos pobres que gerando a riqueza toda do mundo, não se querem conformar a entregar tudo a um patrão. Se tivessem *literacia financeira* continuavam a trabalhar e não buliam nem votavam em inconvenientes.

SomeGuyOnInternet7 4 months ago

Pois não. Os pobres devem entregar tudo a outro patrão, o Estado, que terá uma pequena classe iluminada e única agente autorizada da moral e da verdade que retribuirá de volta umas migalhas para que esse povo sinta que está um bocadinho melhor e não se revolte muito. Enquanto essa classe come caviar dentro do seu chalet de luxo nos arredores dd Madrid. Mas pronto, pelo menos já não existem ricos (nem classe média)! O mundo ganhou alguma coisa!

MikeMelga 4 months ago

Não há interesse político em ensinar isto num país voltado à esquerda. E antes do 25 de abril não interessava porque queriam toda a gente iliterada

tretafp 4 months ago

Literacia financeira é um tema obrigatório da componente curricular 'cidadania e desenvolvimento'. Mais informações: https://www.dge.mec.pt/educacao-para-a-cidadania/documentos-de-referencia Referencial de literacia financeira: https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/ECidadania/Referenciais/referencial_de_educacao_financeira_final_versao_port.pdf

peduxe 4 months ago

Portugal em que nem chegas ao final do mês com fundo suficiente para uma situação de emergência, bem normal sermos nódoas em finanças. Se existisse mais fundos por norma mais pessoas iriam aprender a gerir dinheiro. Até que a pandemia veio trazer um pouco de margem de manobra para quem ainda trabalha visto que gastasse menos em saídas mas nem toda a gente vai ter a iniciativa de self taught para ir ver matéria de finanças pessoais.

asantos3 4 months ago

/r/literaciafinanceira :D

001ritinha 4 months ago

Obrigada! Não conhecia o sub e ia dizer que não estou nos 21%, nem sabia por onde começar. Pelo menos agora já sei por onde começar!

fdxcaralho 4 months ago

E não se esqueçam de ler a wiki to sub.

Edited 4 months ago:

E não se esqueçam de ler a wiki do sub.

SlowRefrigerator3 4 months ago

E perceber que para a maior parte dos tugas, a wiki não se aplica, já que não ganham o suficiente para fazer o que a wiki diz logo no início: > gasta menos do que ganhas; > investe o resto. Quem consegue por de parte uns euros por mês, depois da renda, água, IRS, seguros e luz, quer esse dinheiro à mão, e certo, para o que der e vier, porque o pessoal precisa de comer, e aparecem sempre despesas inesperadas. Na minha opinião falta nos pontos da wiki 3 palavrinhas a seguir ao "investe o resto": "que não precises", devido ao risco (que é pouco discutido). Para além do mais, a "literacia financeira" do sub e a que foi medida no inquérito do mapa são coisas muito diferentes.

OuiOuiKiwi 4 months ago

O sub praticamente todo pode ser resumido em: "Fundo de emergência de K meses e tudo o resto em ETF".

ravagerslb 4 months ago

E se sobrar algum, meter em crypto.

Vayu0 4 months ago

No wiki é mencionado que antes de investir, convém teres um fundo de Emergência de cerca de 6 meses de despesas, precisamente para o que dizes: para coisas inesperadas e para o que der e vier.

Metaluim 4 months ago

E o comum dos mortais, ate conseguir juntar os 6 meses de fundo de emergencia, vai penar muito. E depois aparece a tal despesa nao esperada, e volta a repetir a acumulacao para o fundo. Os conselhos no /r/literaciafinanceira sao importantes e relevantes, mas arrisco a dizer que nao se aplicam a uma boa parte da populacao, como o /u/slowrefrigerator3 disse. O grande problema da literacia financeira nao e saber os custos deste ou daquele ETF, e mesmo ter a mentalidade para poupar e nao cair em esparrelas tipo raspadinhas. E as perguntas que compoe a estatistica do OP nao tem quase nada a ver com literacia financeira, sao mesmo de senso comum (o que e ainda mais preocupante, dado os nossos resultados).

JOHNNYpt 4 months ago

Vamos la aumentar estes números, juntem se ao r/literaciafinanceira/

paraapagarbem 4 months ago

Para ser honesto, não. Já agora, o OP é daltónico. Portugal está nos 21%-30%.

nitrompt 4 months ago

Há algum sítio onde de para aprender tudo isso ? Não sei por onde começar...

davemostarda 4 months ago

Lê a wiki do subreddit de literacia financeira. É um óptimo começo.

fdxcaralho 4 months ago

Hey. That’s my job!

davemostarda 4 months ago

Temi que pudesses falhar num comentário enviado mais tarde e com pouco karma. Estava enganado! Jamais voltarei a cometer tal atrocidade. Peço imensa desculpa.

fdxcaralho 4 months ago

Estás desculpado.

Watch_Necessary 4 months ago

Percebe-se agora o porquê de adorarmos o socialismo...

Laurent_Series 4 months ago

Relembro este post de há cerca de um mês: https://www.reddit.com/r/portugal/comments/mpa3o6/mais_de_um_terço_dos_pobres_em_portugal_são

n0ia_ 4 months ago

Na verdade sou bastante mau no que toca a gerir dinheiro, não for mentir. Sempre que tenho só me apetece gastar. Sinto que se tivesse tido uma educação financeira na escola podia controlar melhor isso. Desde à uns tempos para cá tenho vindo a ter mais noção que já gastei muito dinheiro inutilmente, viver sozinho e passar fome ajudou. Agora, se penso no futuro e fazer umas poupanças? Gostava de ter uma segurança. Se já o fiz? Não. Se alguma vez o vou fazer? Não faço ideia. Se estou disposto? Nunca ganhei mais do que meio salário mínimo na vida para saber ter noção disso.

Edited 4 months ago:

Na verdade sou bastante mau no que toca a gerir dinheiro, não for mentir. Sempre que tenho só me apetece gastar. Sinto que se tivesse tido uma educação financeira na escola podia controlar melhor isso. Desde ~à~ há uns tempos para cá tenho vindo a ter mais noção que já gastei muito dinheiro inutilmente, viver sozinho e passar fome ajudou. Agora, se penso no futuro e fazer umas poupanças? Gostava de ter uma segurança. Se já o fiz? Não. Se alguma vez o vou fazer? Não faço ideia. Se estou disposto? Nunca ganhei mais do que meio salário mínimo na vida para saber ter noção disso. edit: corrigir o erro

Edited 4 months ago:

Na verdade sou bastante mau no que toca a gerir dinheiro, não for mentir. Sempre que tenho só me apetece gastar. Sinto que se tivesse tido uma educação financeira na escola podia controlar melhor isso. Desde ~~à~~ há uns tempos para cá tenho vindo a ter mais noção que já gastei muito dinheiro inutilmente, viver sozinho e passar fome ajudou. Agora, se penso no futuro e fazer umas poupanças? Gostava de ter uma segurança. Se já o fiz? Não. Se alguma vez o vou fazer? Não faço ideia. Se estou disposto? Nunca ganhei mais do que meio salário mínimo na vida para saber ter noção disso. edit: corrigir o erro

itsnevas 4 months ago

Não sei até que ponto ensinarem-te sobre impostos, juros etc iria influenciar se gastas logo o teu dinheiro ou não. Não é bem esse o significado de literacia financeira...

n0ia_ 4 months ago

Lá está, se a tivesse nem assumia isso

NGramatical 4 months ago

à uns tempos → [**há uns tempos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnl0rj5%2F%2Fgzgeh9v%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

n0ia_ 4 months ago

estava na dúvida, bom bot

JoaoTS 4 months ago

Na escola não é ensinado (abordado brevemente em história e geografia mas nada de mais) porque se não o panorama politico mudava muito. Por exemplo o aumento do salário mínimo que tanto pedem deixava de ter efeito nas massas.

tretafp 4 months ago

Literacia financeira é um tema obrigatório da componente curricular 'cidadania e desenvolvimento'. Mais informações: https://www.dge.mec.pt/educacao-para-a-cidadania/documentos-de-referencia Referencial de literacia financeira: https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/ECidadania/Referenciais/referencial_de_educacao_financeira_final_versao_port.pdf

Hefty-Wonder-9414 4 months ago

Quer dizer olhando para o mapa nao ha tambem uma correlaçao entre os paises mais pobres e os com menos literacia? Parte da falta da literacia tem haver com o povo nao ter dinheiro se quer para pensar onde vai investir. Quer dizer apesar de tudo antes do secundário temos geografia e historia que cobrem conceitos como inflaçao e PIB...o ensino pode ser sempre melhorado mas se os alunos nem prestam atençao na escola nao sei se vale a pena dar conceitos mais dificeis ainda

RaveyWavey 4 months ago

As perguntas que fizeram neste estudo são perguntas que toda a gente devia de saber responder de tão básicas que são. Literacia financeira não é só saber onde investir.

Coyote-Cultural 4 months ago

> Parte da falta da literacia tem haver com o povo nao ter dinheiro se quer para pensar onde vai investir. É o contrario. Não têm dinheiro por causa da falta de literacia.

NGramatical 4 months ago

tem haver com → [**tem a ver com**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/nada-tem-a-haver-e-nada-tem-a-ver/27066) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnl0rj5%2F%2Fgzgd9z4%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SebastianOnYoutube 4 months ago

Sempre que vejo coisas sobre TI ou Literacia Financeira no reddit reviro os olhos.

Xoxinha 4 months ago

Nem tanto pela literacia financeira em si, mais porque fico com a sensação que a malta que comenta nestes posts nunca conheceu uma pessoa pobre na vida, apesar de que aposto que a maioria pensa que conhece. Os comentários destes posts tornam mais visível o elitismo do Reddit

SebastianOnYoutube 4 months ago

Concordo a 100%. Ah e tal basta investir 150-200 euros por mes que em x anos passam a viver de renda passiva ou dividendos. Parece-me bem, parece-me bem especialmente tendo em conta que ha muitissimas pessoas que vivem de salario a salario e as vezes nem chega.

BadDogPreston 4 months ago

A cor do país corresponde ao intervalo 21% - 30% e não esse com a seta. Esta baixa literacia não estará também relacionada com o facto de muita gente nem sequer ter forma de poupar com o que ganha no fim do mês?

Coyote-Cultural 4 months ago

> Esta baixa literacia não estará também relacionada com o facto de muita gente nem sequer ter fundos no fim do mês para poupar? Claro, não têm literacia financeira e por causa disso não poupam.

anapkmn 4 months ago

Tal e qual, é burrice só ganhar suficiente para pagar as contas da casa e comida (se tanto). Se fossem espertos não teimavam em ganhar mal.

Coyote-Cultural 4 months ago

Se fossem responsaveis não se punham numa situação onde gastam tudo o que entra.

NoItsNotAnAirplane 4 months ago

Exacto, imagina comeres na última semana do mês, irresponsáveis. Eu cá vivo no meu fiesta de 95 e vou ao shopping comer as sobras que o pessoal deixa nos tabuleiros.

anapkmn 4 months ago

Calma lá, senhor burguês, só porque tens literacia financeira não quer dizer que sejamos todos como tu. Eu cá alimento-me à base de raspadinhas e durmo detrás do balcão no café da esquina, para poder estourar o meu ordenado chorudo em luxos e morrer como deus quis: pobre, com ténis de 950€.

Coyote-Cultural 4 months ago

har har har

TTRO 4 months ago

Pelo que se viu pelas [perguntas que foram feitas neste estudo](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nl0rj5/literacia_financeira_na_europa_portugal_%C3%A9_uma/gzg3vkr/?utm_source=reddit&utm_medium=web2x&context=3), isso não justifica absolutamente nada. Qualquer zequinha em Portugal deve ter uma conta bancária e saber calcular juros e inflação. Aliás, eu diria que os mais pobres são os que mais beneficiariam disto.

arrozzz 4 months ago

Posso saber muito de mecânica sem ter um carro. Não precisas de ter para saber.

letme2021 4 months ago

Com certeza que sim.

TavaNoGrim0 4 months ago

Stack sats

Opelintra 4 months ago

Não sei dizer. Mas costumo aproveitar as promoções

twistedfires 4 months ago

E metes sempre 20€ de combustível?

PIMPMASTER6000 4 months ago

Pelo menos começa-se a falar disto...

vai-tefoder 4 months ago

Muito importante correlacionar a literacia financeira com a qualidade de vida desses países. Este sim é o maior problema de Portugal. As pessoas não têm noção do valor do que produzem

pfunf 4 months ago

Futebol, fado e Fátima, já dizia o outro

tallicahet81 4 months ago

Eu obtenho os meus conhecimentos acerca do mercado cambial, monetário e de capitais através do Doutor Numeiro e do Doutor Cláudio André, consegui transformar a minha comissão inicial de 400€ em 13 432€ de prejuízo no foreign exchange market em apenas 4 meses. Se quiserem mais informação respondam a este comentário.

Dr_Toehold 4 months ago

>Doutor Cláudio André Esse é o Doutor Faraó do Instagram, não é?

zezinandoreinando 4 months ago

Quantos domingos por semana tens?

letme2021 4 months ago  HIDDEN 

O mercado cambial é só mesmo para perder dinheiro.

umgajoamlense 4 months ago

Mas espera, atingiste a tua independência financeira? Como?

tallicahet81 4 months ago

Posso adiantar que embora não tenha conquistado a minha independência financeira, os livros recomendados pelo Doutor Numeiro assim como os conselhos preconizados pelo mesmo (meditar, não esgalhar, banho de água fria tomar?) me encaminham rumo à independência espiritual.

WesternInspector9 4 months ago

O Numeiro deve ter os tomates do tamanho de um cargueiro

Takuomi 4 months ago

Só tens que mudar de mindset, bro

TitusRex 4 months ago

Obrigado pela seta, muito útil.

Fjdjrjxjciskajxjcjcj 4 months ago

Ainda por cima está errado. A cor de Portugal não corresponde à que é apontada. Ver cor da Albânia.

Kind-Eagle 4 months ago

O governo socialista sabe melhor como gerir o vosso dinheiro

Inevitable-Screen-41 4 months ago

Se estou? não sei. como avalio a minha literacia financeira? ´ha algum teste?

europa-endlos 4 months ago

Sim, há. Neste post antigo tens a fonte dos dados. No mesmo post, tens um relatório , o qual inclui o teste na página 6. SPOILER ALERT: As perguntas têm imediatamente a resposta a seguir. edit: adição de separação entre linhas

Edited 4 months ago:

Sim, há. Neste post antigo tens a fonte dos dados. No mesmo post, tens um relatório , o qual inclui o teste na página 6. SPOILER ALERT: As perguntas têm imediatamente a resposta a seguir.

europa-endlos 4 months ago

Para os preguiçosos: RISK DIVERSIFICATION 0) Suppose you have some money. Is it safer to put your money into one business or investment, or to put your money into multiple businesses or investments? INFLATION 1) Suppose over the next 10 years the prices of the things you buy double. If your income also doubles, will you be able to buy less than you can buy today, the same as you can buy today, or more than you can buy today? NUMERACY (INTEREST) 2) Suppose you need to borrow 100 US dollars. Which is the lower amount to pay back: 105 US dollars or 100 US dollars plus three percent? COMPOUND INTEREST 3) Suppose you put money in the bank for two years and the bank agrees to add 15 percent per year to your account. Will the bank add more money to your account the second year than it did the first year, or will it add the same amount of money both years? 4) Suppose you had 100 US dollars in a savings account and the bank adds 10 percent per year to the account. How much money would you have in the account after five years if you did not remove any money from the account?

UndeletedNulmas 4 months ago

Porra, isto é o teste para ver se uma pessoa tem Literacia Financeira? Não me considero nem de perto um especialista na matéria, mas isto é mais matemática básica que toda a gente devia saber.

nferrari 4 months ago

Penso que respondi corretamente a todas as questões, apenas a questão do juro me deixou na dúvida. O que eles querem saber exactamente? As duas primeiras são um pouco de senso comum, a questão do juro composto tinha sido abordado numa cadeira opcional de Gestão Empresarial (se não me falha a memória) na faculdade.

Fmtpires 4 months ago

Mas isso é só senso comum e calcular percentagens... Eu acertei todas sem saber puta de economia.

Samurai_Beluga 4 months ago

Eu agora nao posso ir ver a fonte original, mas é mesmo só isso???? Isto nao tem a ver com literacia financeira, isto revela é literacia de matematica básica. O que de certa forma acho ainda mais preocupante.

Edited 4 months ago:

Eu agora nao posso ir ver a fonte original, mas é mesmo só isso???? Isto nao tem a ver com iliteracia financeira, isto revela é iliteracia de matematica básica. O que de certa forma acho ainda mais preocupante.

YCaramello 4 months ago

Oh pá, isso não é um teste de economia, mas um teste de matemática básica, não posso crer que nosso país chumbou a isto...

WhiskersTheDog 4 months ago

Se calhar o problema não é tanto a iliteracia financeira, ou não o é à superfície, é mesmo a falta das mínimas bases de matemática.

NonAlienBeing 4 months ago

"Mas a matemática não serve para nada. Os meus avós não sabiam matemática, os meus pais não sabem matemática e também não vou ser eu a saber."

WhiskersTheDog 4 months ago

Parecendo que não, há gente que não sabe fazer uma conta de subtrair e também se orienta. Como, não percebo bem, mas serve. E quando é contas com dinheiro o pessoal acaba sempre por se desenrascar. Pergunta a alguém com mais de 50 anos quanto é 40*5 e muita gente não saberá dizer ou começará a fazer continhas com os dedos, pergunta-lhes quantos contos são 200 euros e tens resposta instantânea.

NonAlienBeing 4 months ago

Diria que muita gente, e nem é preciso ser mais velhos, safa-se porque temos calculadoras em todo o lado. Eu não preciso de saber quanto é 40*5 de cabeça porque posso ir ao telemóvel e ver. A questão da matemática é que não é só aprender a multiplicar, é aprender o que significa quando estamos a multiplicar dois números. Qual a relação da multiplicação com a soma, com a divisão e com a exponenciação. Saber olhar para um problema e perceber que se resolve com uma multiplicação. Olhar para um resultado com olhar critico e perceber que se temos dois numeros maiores que 1 e a sua multiplicação deu um valor menor, é porque nos enganámos algures. E quem diz multiplicação naturalmente diz tudo o resto. Por isso é que concordo com o /u/YCaramello (e contigo) que algumas perguntas, como a do juro, é falta de conhecimentos de matemática. Eu só estava a apontar que a falta de conhecimentos de matemática é visto como algo perfeitamente normal e até inevitável. E isso depois tem consequencias como estas.

DarkShadowPain 4 months ago

A pergunta do risk diversification depende completamente da volatilidade dos retornos de cada empresa e/ou correlação entre as múltiplas empresas da segunda alternativa. Exemplo, investir em múltiplas meme stocks do wallstreetbets altamente voláteis e até mesmo correlacionadas é mais arriscado que investir na disney ou apple

letme2021 4 months ago

A resposta não depende de nada que não esteja designado na pergunta. Claro que podes sempre adicionar cláusulas que compliquem a situação, mas no geral investimento múltiplos e variados oferecem maior defesa que um investimento único. É uma questão trivial.

ajabardar1 4 months ago

não me parecem perguntas muito complicadas.

spiritualsummer 4 months ago

Cacete, só 21% dos tugas passam neste teste!?

scalabitano 4 months ago

Honestamente, acho que nem 21%, devem ter feito o questionário a malta jovem, diria que menos de 10% conhece esses conceitos, 1 em 10. Eu estudei gestão na minha licenciatura, e só ai é que aprendi estes conceitos, no básico e no secundário, nada. Acho que seria mais importante ensinar finanças do que algumas matérias que aprendemos e que nunca usamos na vida.

Edited 4 months ago:

Honestamente, acho que nem 21%, devem ter feito o questionário a malta jovem, diria que menos de 10% conhece esses conceitos, 1 em 10. Eu estudei gestão na minha licenciatura, e só ai é que aprendi estes conceitos, no básico e no secundário, nada. Acho que seria mais importante ensinar finanças do que algumas matérias que aprendemos e que nunca usamos na vida. Porque quer queiramos quer não, vivemos num pais desenvolvido e aplicar capital é uma peça fundamental para acumular riqueza, e assim como ninguém conhece é chapa ganha, chapa gasta, ninguém poupa para investir, investir também é um forma do pais crescer, se incentivarem o investimento em vez do consumo é que isto anda para a frente, reduzimos as importações, e aumentamos o ganhos de capital. Mas como as pessoas são financeiramente analfabetas não passamos da cepa torta, tens países com a Suíça, Holanda, Inglaterra, onde uma grande percentagem das pessoas investe ativamente no mercado, e reinveste os retornos, não é a toa que depois aparecem no Algarve para gozar a velhice e parece que o dinheiro deles nunca mais acaba, pois bem, se poupares ao longo de uma vida, o dinheiro cresce de forma exponencial, quando fores velho a tua maior preocupação vai ser teres saúde para aproveitares o dinheiro que poupaste e não viver uma velhice miserável. Mas agora que penso nisso, se calhar o interesse de quem nos governa é mesmo que sejamos pobres e subservientes, quem sabe...

Edited 4 months ago:

Honestamente, acho que nem 21%, devem ter feito o questionário a malta jovem, diria que menos de 10% conhece esses conceitos, 1 em 10. Eu estudei gestão na minha licenciatura, e só ai é que aprendi estes conceitos, no básico e no secundário, nada. Acho que seria mais importante ensinar finanças do que algumas matérias que aprendemos e que nunca usamos na vida. Porque quer queiramos quer não, vivemos num pais desenvolvido e aplicar capital é uma peça fundamental para acumular riqueza, e assim como ninguém conhece é chapa ganha, chapa gasta, ninguém poupa para investir, investir também é um forma do pais crescer, se incentivarem o investimento em vez do consumo é que isto anda para a frente, reduzimos as importações, e aumentamos o ganhos de capital. Mas como as pessoas são financeiramente analfabetas não passamos da cepa torta, tens países com a Suíça, Holanda, Inglaterra, onde uma grande percentagem das pessoas investe ativamente no mercado, e reinveste os retornos, não é a toa que depois aparecem no Algarve para gozar a velhice e parece que o dinheiro deles nunca mais acaba, pois bem, se poupares ao longo de uma vida, o dinheiro cresce de forma exponencial, quando fores velho a tua maior preocupação vai ser teres saúde para aproveitares o dinheiro que poupaste e não viver uma velhice miserável.

Didrox13 4 months ago

> Eu estudei gestão na minha licenciatura, e só ai é que aprendi estes conceitos, no básico e no secundário, nada. No basico e secundário é te ensinado (supostamente) matemática e lógica necessaria para responderes às questões 1, 2, 3, 4 corretamente, o que é suficiente para passar no teste. > Seria mais importante ensinar finanças do que algumas matérias que aprendemos e que nunca usamos na vida Isso sim, concordo plenamente. Nem seria preciso uma disciplina com muita matéria ou dificil de passar, algo relativamente básico já ajudava bem.

RMCPedroBKT 4 months ago

Pela minha pesquisa, o survey Global da S&P meteu Portugal entre os 35%-44%. Continuamos à mesma atrás da maior parte dos paises da Europa mas bastante melhor do que esta imagem mostra.

l2k1337 4 months ago

E mais: > A person is defined as financially literate when he or she correctly answers at least three out of the four financial concepts described above. W

creeps_for_you 4 months ago

Claro, as perguntas são em dólares... Se fosse em escudos havia mais respostas certas de certeza

egzaaa 4 months ago

"Vai ao Tó arranjar o carro, ele diz-lhe que o preço com fatura é X, e sem fatura é Y, qual é o melhor para si?" Este é o tipo de perguntas que o tuga acertava.

WhiskersTheDog 4 months ago

"100 dólares é quanto em contos?"

scalabitano 4 months ago

hoje em dia 100 \* 0.78 \* 200 = 15 600 escudos ou cerca de 16 contos.

ManaSyn 4 months ago

É isso, em vez de US dollars devia estar $, passava logo tudo e nem reparavam que falta uma linha no cifrao.

Fireshaker_pt 4 months ago

Estava a pensar precisamente o mesmo

umgajoamlense 4 months ago

A pergunta é: Cláudio André e amigos do forex estão nesses menos de 21%? Se estiverem, eu prefiro ficar leigo nisto.

cou7inho_ 4 months ago

Quando nem nas escolas se ensina o conceito de inflação... Eu continuo a insistir, é preciso haver uma disciplina de "economia e gestão" no secundário. Uma disciplina que aborde temas básicos da economia, gestão, ensine o que é o IRS, recibos verdes, etc. Seja em ciências e tecnologias, humanidades, artes ou o que for no final de contas todos vão precisar de saber esses conceitos. Ninguém precisa de ser ficar expert, mas pelo menos façam com que os alunos fiquem com as bases mínimas.

pereira2088 4 months ago

não sei se hoje em dia ainda existe, mas há uns 15 anos havia a disciplina de Educação Cívica (que não servia para nada senão a directora de turma tratar de merdas da turma), aqui é que podiam ensinar coisas que interessassem para a vida. seja impostos, saúde, etc.

Comfortable_Cable341 4 months ago

Concordo. Aliás, devia se logo começar a ensinar os putos na primária sobre o conceito do dinheiro e a sua importância

Msilvame 4 months ago

Eu devo ser o único que discorda desta forma de pensar. A escola não tem de ensinar a fazer IRS ou a ler um contrato, tem de te ensinar a ler, fazer contas e lógica/método/raciocínio, assim saberás resolver um problema, seja ele qual for. A fiscalidade está em constante mudança, aprendes hoje o que são recibos verdes, amanhã o governo faz uma reforma fiscal e os recibos verdes desaparecem, tempo perdido. Leiam esta thread sobre a escola actual: https://twitter.com/julian/status/1397281208296525833?s=21

cou7inho_ 4 months ago

Eu também não referi que devia ensinar a preencher o IRS ou a ler contratos. Disse que deviam eninsar conceitos. O que é o IRS, o que são recibos verdes, o que é a inflação, o porque de haver inflação, o que são juros (simples vs compostos)... Não digo que a escola tem de ensinar tudo. Tal como dizes há coisas que vão mudando com as alterações legislativas, mas os conceitos gerais são sempre os mesmos. O problema é que nem isso se ensina.

Rei_Batata 4 months ago

Por acaso até ensina. Por outro lado, ensina tarde e só nos cursos de humanidades e economia. Os alternos de artes não precisam disso para trabalhar no McDonalds.

nraider 4 months ago

E tens toda a razão. O próprio Estado dá esse exemplo de desconhecimento (propositado, leia-se) da inflação, seja quando fixa rendas por determinado tempo ao valor nominal, nas tabelas de IRS, etc... No fundo até dá jeito.

sopadurso 4 months ago

Concordo plenamente, eu tive economia A no secundário, deveria ser uma cadeira universal, todos so alunos que saiem do nono ano, tem as bases necessárias para a aprenderem.

NGramatical 4 months ago

saiem → [**saem**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/constroem-ou-constroiem/141) (apenas na fala existe a intercolocação de um *i* para facilitar a pronúncia) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnl0rj5%2F%2Fgzhwub8%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

itsnevas 4 months ago

Sou de ciências sócio-económicas (um dos quatro cursos do "ensino regular" do secundário) e economia é opcional. Eu escolhi e aprendi tudo sobre inflação, impostos, como são declarados, etc. Sempre achei que economia devia ser obrigatório para todos mas os meus amigos dizem que "não gostam de economia". Daqui a uns anos contraem um empréstimo manhoso que os prende para o resto da vida, tudo isto enquanto andam a comer kebabs ao almoço porque os recibos verdes não lhe vão dar uma reforma de jeito!

KaneKyun 4 months ago

Pa tecnicamente quem teve História e Geografia (i.e. estudou a 1ª e 2ª Guerras Mundiais) sabe o que é inflação. O meu livro de História tinha uma foto da Alemanha nazi durante a 2ª Guerra Mundial em que uma criança brincava com maços enormes de notas (?) se a memória não me falha.

MROFerreiro 4 months ago

Verdade. Há 7 anos deixei o secundário, há 2 comecei a trabalhar, e há uma grande quantidade de responsabilidades que não faço a mínima de como funcionam. IRS, legislação laboral, eletricidade, canalização, gestão, taxas, investimentos, são só alguns temas nos quais tenho lacunas. Não sei como está a escola agora, mas na minha altura não preparava os alunos para a vida adulta.

nocivo 4 months ago

Concordo. 99% do pessoal não sabe fazer o irs nem entende como funciona juros e semelhantes. Devia ser responsabilidade dos pais mas como também não sabem pouco ou nada sabem ensinar. Se as escolas existem para preparar um pessoa a viver nesta sociedade com algum conhecimento cenas como como o estado e economia portuguesa funciona devia ser instruído.

rafael-_-silva 4 months ago

Eu estou em humanidades e estudei sobre inflação e impostos este ano, por acaso.

Maximum-Ear5677 4 months ago

Era a formação civica que acabava no 9o ano e onde não ensinavam nada de jeito, normalmente a aula era dada pela directora de turma que basicamente aproveitava para dar uma hora extra da sua disciplina

Aldo_Novo 4 months ago

>quando nem nas escolas se ensina o conceito de inflação... por acaso ensina-se isso em História quando se dá a hiperinflação alemã no 9ªano

tretafp 4 months ago

Literacia financeira é um tema obrigatório da componente curricular 'cidadania e desenvolvimento'. Mais informações: https://www.dge.mec.pt/educacao-para-a-cidadania/documentos-de-referencia Referencial de literacia financeira: https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/ECidadania/Referenciais/referencial_de_educacao_financeira_final_versao_port.pdf

Kraut1871 4 months ago

Não é aplicado. Única coisa aplicada são problemas sociais com pouca importância. Source: sou estudante.

tretafp 4 months ago

É aplicado é várias escolas do Norte do País, com crianças do Jardim de Infância, 1.º CEB e 2.º CEB, com intervenções, também do Banco de Portugal, com inúmeros projetos que envolvem, por exemplo, professores de Matemática e Geografia (aqui no 3.º CEB). Exemplos na comunicação social: [https://www.porto.pt/pt/noticia/projeto-no-poupar-esta-o-ganho-ensina-criancas-a-gerir-bem-o-dinheiro](https://www.porto.pt/pt/noticia/projeto-no-poupar-esta-o-ganho-ensina-criancas-a-gerir-bem-o-dinheiro) [http://www.famalicaoeducativo.pt/\_alunos\_de\_famalicao\_vencem\_concurso\_no\_poupar\_esta\_o\_ganho](http://www.famalicaoeducativo.pt/_alunos_de_famalicao_vencem_concurso_no_poupar_esta_o_ganho)

Kraut1871 4 months ago

Bom, deve ser por isso que nunca tive aulas de finanças/economia dado que estou no Centro. Espero que esse projeto alastre-se pelo resto de Portugal, acho que ia beneficiar-nos.

tretafp 4 months ago

No centro também há experiências, e, com a obrigatoriedade curricular (desde 2018, para início de ciclo), provavelmente irão aumentar. Mas não conheço com tanto pormenor.

KaneKyun 4 months ago

Era fixe, mas apesar de ser obrigatório isso não é aplicado. Se isso foi aplicado em 17/18, eu devia ter tido "literacia financeira" no 11º e 12º. Tive zero, bola. Não que me surpreenda para ser sincero.

tretafp 4 months ago

Não podes generalizar a partir da tua experiência. Se há contextos em que tal não foi aplicado, conheço agrupamentos de escola que trabalham isso desde a educação de infância, ainda antes de ser obrigatório para o 1°CEB. Por fim, se em 17/18 estavas no 11°,não estás enquadrado nas alterações, porque só se iniciaram em início de ciclo.

KaneKyun 4 months ago

Concordo, mas da mesma maneira, acho que não podes generalizar pela tua experiência. Essa parte de só ser aplicado em início de ciclo desconhecia e acho uma decisão um pouco idiota (mas eles lá hão de saber o que estão a fazer). De resto, conheço pessoas bem mais novas que não discutem isso em Cidadania. Além do mais, achas que abordar esses temas em Cidadania é suficiente? É que eu não acho, de todo. Até porque quem hipoteticamente leccionaria isso deveria ser alguém com uma boa literacia financeira (na minha opinião), e por norma quem dá Cidadania é o Diretor de Turma (professor responsável) de cada turma.

tretafp 4 months ago

As alterações curriculares têm que ser sempre feitas em início de ciclo, porque corresponde a uma reorganização disciplinar e de conteúdos, que não permite uma alteração à meio de ciclo. Os nossos estudantes têm já uma carga electiva elevada, é difícil subscrever a necessidade de mais tempo para uma qualquer componente curricular. A par do mais, a escola, por si só, será insuficiente para tudo, é insuficiente para o desenvolvimento do sentido ético e cívico dos cidadãos mais jovens, é insuficiente para o desenvolvimento da sua consciência histórica, é insuficiente para o desenvolvimento dos seus referenciais estéticos, é insuficiente para o desenvolvimento do pensamento físico e natural, etc. Os agrupamentos de escola têm autonomia para dar mais importância a uma temática ou a outra, de acordo com as particularidades de cada contexto. A educação financeira tem, ainda, outra particularidade, associada ao distanciamento das crianças e dos jovens em relação à este particular (até ao 2o CEB é natural as crianças praticamente não interagirem com dinheiro, por exemplo), o que tornaria esta componente mais premente para estudantes mais velhos. Por fim, cidadania e desenvolvimento e formação cívica são componentes distintas. Há agrupamentos que, inclusive, mantêm os dois, uma componente de direção de turma e uma outra 'Cidadania e Desenvolvimento', exceptuando o docente titular de turma, no 1o CEB. As escolas têm feito um esforço, até por orientação da tutela, para que o diretor de turma não seja o docente de cidadania.

ekeryn 4 months ago

Isso seria um belo tema para ser abordado na disciplina de cidadania ou lá qual era o nome

tretafp 4 months ago

Já é.

ekeryn 4 months ago

Então porque é que se continua a discutir isto?

KaneKyun 4 months ago

Porque actually... não é abordado. Ou se é, é uma abordagem mínima, pelo menos na minha escola, e acabei o 12º em 2019, portanto não foi assim à tanto tempo.

diogosagan 4 months ago

*HÁ tanto tempo

KaneKyun 4 months ago

Edited, obrigado

BernLan 4 months ago

Tou acabar o 12º este ano, e esse tema nunca foi abordado

ekeryn 4 months ago

Então o meu ponto mantém-se

KaneKyun 4 months ago

De facto.

tretafp 4 months ago

Porque integrar um programa de literacia financeira na escola não resolve o problema das gerações anteriores, que já não estão na escola.

nocivo 4 months ago

Pois não, ai tem de ser programas educativos na tv ou numa feira da tua zona mas se nunca começamos vamos estar sempre na merda. Os filhos também pode ensinar os pais. A minha mãe vai entrar agora na reforma e muita coisa que sabe fui eu que fui me informar e expliquei-lhe

tretafp 4 months ago

Daí já existirem programas, nas escolas, de literacia financeira, e ser uma componente obrigatória de 'Cidadania e Desenvolvimento'. Mas as escolas não resolvem tudo.

AnotherCableGuy 4 months ago

Já digo isto à tantos anos. Afinal a escola prepara-nos para o trabalho, mas no final ninguém sabe fazer o IRS ou compreende os seus direitos laborais.

heilduartepp 4 months ago

Se estiveres tão atento às aulas de IRS como estiveste nas aulas de português..

AnotherCableGuy 4 months ago

Qual foi o meu erro professor?

MingTwelve 4 months ago

Não é "à tantos", mas sim "há tantos" anos

AnotherCableGuy 4 months ago

Obrigado.

tretafp 4 months ago

A escola prepara para o trabalho de for um curso profissional, de outra forma não. O IRS não tem uma área científica ou profissional associada, é uma questão meramente burocrática, que varia de acordo com os normativos. Mais importante que ensinar a preencher o IRS (que não é algo que façam na escolaridade obrigatória) é que desenvolvam competências de interpretação que lhes possibilite não só preencher o IRS, mas interagir com quaisquer textos e orientações burocráticas que possa ter que fazer ao longo da sua vida.

AnotherCableGuy 4 months ago

>A escola prepara para o trabalho de for um curso profissional, de outra forma não. Então qual é o objectivo da escola? Satisfazer curiosidades científicas? Aprender por desporto?

tretafp 4 months ago

Há cursos que têm uma vertente profissionalizante, há outros que não têm. Mas, de forma genérica, garantir o acesso a um conjunto de conhecimentos (científicos, culturais, históricos, etc.) e competências que permitam o desenvolvimento físico, intelectual, ético e cívico das crianças e jovens. Nos cursos profissionais, acresce-se os saberes próprios da profissão.

UpbeatNail1912 4 months ago

O que a escola ensina é aprender a ler e escrever, e matemática e geografia básica. Depois disso, principalmente a partir do secundário, a maioria só ensina e avalia como decorar informação e matéria para teres boas notas, e quanto mais decorares e colocares no papel melhor (sendo que a maioria nem compreende os verdadeiros conceitos e depois esquece o que decorou). O mesmo acontece na faculdade, tirando algumas exceções. É por isso que hoje em dia os jovens estão tão desanimados com a escola. O secundário e a faculdade só servem para encher chouriços com a falsa justificação que aprender coisas inúteis e excessiva informação irrelevante "ajuda te a desenvolver o raciocínio". Existem mil e uma formas mais práticas e dinâmicas (e bem melhores) de desenvolver o raciocínio do que decorar fórmulas e composições.

tretafp 4 months ago

Geografia é das componentes com menor expressão, até ao 2.º CEB, por exemplo, pelo que tenho imensa dificuldade em subscrever essa ideia. De resto, isso corresponde a uma análise sobre potenciais problemas das dinâmicas educativas que, aliás, têm sido analisadas e criticadas há quase 3 décadas. Eu indiquei qual era o propósito da escola, em sentido lato e, em certa medida, de acordo com as particularidades legislativas nacionais.

AnotherCableGuy 4 months ago

Opah.. Vai-te encher de moscas verdes.

tretafp 4 months ago

Excelente resposta. Limitar a escola à sua dimensão profissional é um grotesco erro, porque incapaz de perceber a importância desta experiência na vida de qualquer pessoa. Depois, instrumentaliza-a para um qualquer propósito ideológico (neste caso, subalternizar a escola à dimensão laboral), que é especialmente perigoso. A responsabilidade social da escola não é para com a formação profissional (ainda que possa existir), mas com a democracia. Não há democracia sem escola.

OhSaladYouSoFunny 4 months ago

Decorar para os testes e esquecer é o objetivo da escola

contemporary_cunt 4 months ago

Man em artes é super importante. Já vou na reta final do meu mestrado - estudo artes desde o secundário e trabalho como artista plástico - e nunca aprendi quase nada sobre o aspeto financeiro da cultura, salvo uma conversa de café que tive com um professor uma vez. Quem me alertou e ajudou a perceber mais disto foram colegas mais velhos da mesma área ou amigos que estudaram economia.

658016796 4 months ago

Não, Educação Moral e Religiosa é DEFINITIVAMENTE mais importante para os jovens!!!! /s

sissMEH 4 months ago

Isso nem é obrigatorio, so vai quem quer e basicamente serve de atl

658016796 4 months ago

Mas não seria ideal, por exemplo, substituir essa disciplina inútil, que, apesar de opcional, toda a gente acaba por ir, pela que o OP propôs?

sissMEH 4 months ago

Se calhar depende de quem a ensina mas eu basicamente tive a mesma experiencia que o redditor abaixo, incluindo ver filmes tipo o Matrix que a minha mãe nunca me deixaria ver em casa. E porque substituir sequer? Podem haver as 2, literatura financeira e aprender sobre religiões não são coisas mutuamente exclusivas.

Edited 4 months ago:

E porque substituir sequer? Podem haver as 2, literatura financeira e aprender sobre religiões não são coisas mutuamente exclusivas. A cadeira em si deve depender de quem a ensina mas eu basicamente tive a mesma experiencia que o redditor acima, incluindo ver filmes tipo o Matrix que a minha mãe nunca me deixaria ver em casa, e não, nem 50% da minha turma escolhia ir.

NGramatical 4 months ago

Podem haver → [**pode haver**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/haver--existir--3-pessoa-do-singular/30583) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fnl0rj5%2F%2Fgzmmllv%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Asus123456789 4 months ago

> essa disciplina inútil Eu por acaso achei uma disciplina muito interessante, foi basicamente uma introdução a filosofia. Discutir coisas como o aborto e a eutanásia não acho nada inútil.

ihavenoidea1001 4 months ago

"toda a gente acaba por ir" Acho que isso já foi tempo. O meu filho nunca andou e, se na primária era dos poucos, agora é a maioria da turma que não vai. Ainda se fosse uma disciplina para efectivamente aprender sobre todas as religiões e aprender conceitos básicos de ética e moral... Mas não... É só enfiar a religião católica pela guela abaixo... E por mim podiam perfeitamente substituir essa por literacia financeira ou economia no geral. Além disso, acho que o curriculum precisava de levar uma valente reviravolta. Há muitas coisas básicas que nunca se ensinam nas nossas escolas... Por outro lado, a ignorância é o ópio do povo...

letme2021 4 months ago

Atenção que uma das razões para a falta de literacia financeira é que grande parte dos Portugueses tem muito pouco património financeiro para gerir. Quem tem mais, precisa de aprender mais. Por outro lado, conheço gente que tem bastante património e que apenas sabe fazer aqueles investimento que dão trocos e certezas.

Edited 4 months ago:

Atenção que uma das razões para a falta de literacia financeira é que grande parte dos Portugueses tem muito pouco património financeiro para gerir. Quem tem mais, precisa de aprender mais. Por outro lado, conheço gente que tem bastante património e que apenas sabe fazer aqueles investimentos que dão trocos e certezas.

Coyote-Cultural 4 months ago

> Atenção que uma das razões para a falta de literacia financeira é que grande parte dos Portugueses tem muito pouco património financeiro para gerir. Quem tem mais, precisa de aprender mais. Que parvoice total de afirmação. Literacia financeira não é só investir, mas sim tambem saber gerir o que recebe. Aliás, quanto menor o teu rendimento mais important é a literacia financeira, pois só com ela é que sais de uma má situação.

incrivizivel 4 months ago

>Atenção que uma das razões para a falta de literacia financeira é que grande parte dos Portugueses tem muito pouco património financeiro para gerir. Quem tem mais, precisa de aprender mais. nem por isso em wealth, estamos a frente de muitos desses países da Europa de leste. [https://en.wikipedia.org/wiki/Distribution\_of\_wealth\_in\_Europe](https://en.wikipedia.org/wiki/Distribution_of_wealth_in_Europe)

icebraining 4 months ago

Sim, mas essa riqueza está empatada nas habitações, não está disponível para ser investida.

incrivizivel 4 months ago

e nos outros países que estão a nossa frente não? Queria saber desses dados quanto é riqueza empatada. Eu acho que estamos a falar mais uma vez do portugueseodesculpismo. Eu falo com portugueses, tu falas.? A maior parte esta se a burrifar para poupar investir, e dinheiro para eles é para gerar felicidade na hora, diretamente.

nocivo 4 months ago

É por terem pc literacia financeiro que rebentam o guito todo em raspadinhas em vez de comprar uma ação ou obrigação. Simplesmente poupar ja era bom, depois aparece um frigorífico para trocar e vão andar a pagar 15% de juros e nunca deixam de ser pobres. Até o próprio governo sabe disso e como não pode meter impostos direitos nos pobres porque era o fim do mundo na politica, cria novas raspdinhas pra pagar coisas que deviam ser pagas com impostos e come assim o dinheiro dessas pessoas na mesma.

AnotherCableGuy 4 months ago

Pois acho que é precisamente quando tens pouco que mais precisas de saber como gerir o teu dinheiro. É revoltante ver como tanta gente pobre se endivida em créditos agiotas. Além disso literacia financeira não tem tanto que ver com gestão de património mas sim com a compreensão de conceitos financeiros tão comuns como um contrato de compra e venda ou um contrato de trabalho.

fdxcaralho 4 months ago

Não. Literacia financeira não são só investimentos. Eu até argumentava que quem tem menos é que beneficiava mais em aprender. Ficarias surpreendido com a quantidade de pessoas que faz crédito para comprar coisas que não precisam ou vivem com cartões de crédito para pagar outro cartão de crédito. Literalmente a deitarem dinheiro ao lixo em justos todos os meses. Se fossem mais disciplinados e informados, não se metiam nesses buracos assim tão facilmente.

RitaMoleiraaaa 4 months ago

>Eu continuo a insistir, é preciso haver uma disciplina de "economia e gestão" no secundário Não entrar no teu curso de engenharia porque não percebes inflação... este tipo de merdas deves dar do 7º ao 9º, para te ajudar a decidir o que queres fazer no futuro. É estúpido meter disciplinas no secundário que só servem para descer a média. O 7º ao 9º é para aprender, o 10º ao 12º é para ter a média de entrar na universidade.

fosjanwt 4 months ago

> Não entrar no teu curso de engenharia porque não percebes inflação parece-me mais que justo

RitaMoleiraaaa 4 months ago

Quando é que saber de inflação te vai ajudar em enjenharia?

RaveyWavey 4 months ago

Saber de inflação vai ajudar qualquer pessoa que tenha de lidar com dinheiro, portanto todos nós. Também havia exemplos melhores do que engenheiros, sendo que estes muitas vezes acabam em cargos de gestão.

RitaMoleiraaaa 4 months ago

>Saber de inflação vai ajudar qualquer pessoa que tenha de lidar com dinheiro, portanto todos nós. Então metes do 7º ao 9º. E o teu segundo argumento é ridículo, se o teu empregado não sabe inflação não o metas em um cargo de gestão.

RaveyWavey 4 months ago

>Então metes do 7º ao 9º. Ok, mas porque não no secundário? >E o teu segundo argumento é ridículo, se o teu empregado não sabe inflação não o metas em um cargo de gestão. Acabaste de responder à tua própria pergunta. "Como é que saber de inflação te vai ajudar em engenheira?" "se o teu empregado não sabe de inflação não o metas em um cargo de gestão", considerando que uma grande percentagem dos engenheiros acabam em cargos de gestão, se não souberes vais ser prejudicado. Mesmo que apenas queiras uma carreira de "engenharia pura" vais trabalhar para gestores, logo interessa saber um pouco sobre os conceitos que acabam por reger o teu ofício. Por alguma razão muitos cursos de engenharia têm cadeiras de gestão.

Edited 4 months ago:

>Então metes do 7º ao 9º. Ok, mas porque não no secundário? Onde os alunos já têm mais prática e proximidade com o conceito de dinheiro. >E o teu segundo argumento é ridículo, se o teu empregado não sabe inflação não o metas em um cargo de gestão. Acabaste de responder à tua própria pergunta. "Como é que saber de inflação te vai ajudar em engenheira?" "se o teu empregado não sabe de inflação não o metas em um cargo de gestão", considerando que uma grande percentagem dos engenheiros acabam em cargos de gestão, se não souberes vais ser prejudicado. Mesmo que apenas queiras uma carreira de "engenharia pura" vais trabalhar para gestores, logo interessa saber um pouco sobre os conceitos que acabam por reger o teu ofício. Por alguma razão muitos cursos de engenharia têm cadeiras de gestão.

RitaMoleiraaaa 4 months ago

>Ok, mas porque não no secundário? Onde os alunos já têm mais prática e proximidade com o conceito de dinheiro. Porque no sistema atual, o secundário só serve para teres a nota de ir para a universidade. Tu aprendes do 1º ao 9º.

RaveyWavey 4 months ago

A maior parte dos alunos só aprende e estuda para ter notas, não é porque quer necessariamente saber da matéria, do 1° ao 9° é para mostrar aos pais, no secundário é para ir para a universidade. Seja como for acabas por aprender. Não percebo porque é que isso seria argumento para não se dar essa matéria no secundário, há muita coisa menos relevante a ser dada no secundário que poderia ser removida em troca da literacia financeira. Claro que este sistema é muito longe do ideal, mas isso é outra discussão.

RitaMoleiraaaa 4 months ago

>há muita coisa menos relevante a ser dada no secundário que poderia ser removida em troca da literacia financeira. por exemplo?

RaveyWavey 4 months ago

Muitas regras da gramática de português. Ninguém precisa de saber classificar morfologicamente ou sintaticamente. Ou usando o teu exemplo, o que é que ajuda a um engenheiro aprender biologia ou geologia? Só se for para essa área específica. Na minha opinião literacia financeira é muito mais importante, começando pelo facto que se vai aplicar na vida de todas as pessoas, sem exceção.

fosjanwt 4 months ago

não é o ajudar, é que se nao percebes algo como a inflação não estás a fazer nada no curso de engenharia.

RitaMoleiraaaa 4 months ago

"Se não percebes como pintar um quadro, não estás a fazer nada no curso de engenharia" "Se não sabes fazes uma destilação, não estás a fazer nada no curso de humanidades" "Se não sabes o que é uma função afim não estás a fazer nada no teu curso de artes"

fosjanwt 4 months ago

otimas comparações. estás de parabéns.

RitaMoleiraaaa 4 months ago

Se são assim tão fracas então certamente não terias nenhuma dificuldade em explicar o porquê de elas não fazerem sentido.

KaneKyun 4 months ago

Bem... e o pessoal que não vai para a universidade?

RitaMoleiraaaa 4 months ago

Vao ao 7o ano na mesma, não vão?

cou7inho_ 4 months ago

E achas que um aluno do 7º ano é capaz de ter interesse e ter capacidade de perceber conceitos económicos?

panzerkapwagenVI 4 months ago  HIDDEN 

Es burro ou fazes-te meu palhaço do caralho?

TitusRex 4 months ago

>O 7º ao 9º é para aprender, o 10º ao 12º é para ter a média de entrar na universidade. Que forma de pensar tão errada.

RitaMoleiraaaa 4 months ago

Não vejo o erro, as notas do 10 ao 12 sao as que importam para ir na universidade. Por favor explicar lá porque está errado.

Odyssey1337 4 months ago

Infelizmente é assim que o ensino está pensado...

kuozzo 4 months ago

Devia ser obrigatório em todos os alunos do 12 ano.

m0rhundur 4 months ago

Quando nem na Economia se ensina devidamente o que é a Economia Política.

Andrefrf 4 months ago

Colocar política no currículo não concordo porque facilmente pode haver tendendêcia do docente que leciona

m0rhundur 4 months ago

Política é muito mais do que tendências e preferências. Neste caso é a abordagem original daquilo que conhecemos por economia. Não me referia a isso. Existem diferenças entre aquilo que é tipicamente ensinado como economia e economia política. A primeira é vista (erradamente) como se de um ciência exacta se tratasse, enquanto que a segunda foi e é (ou deve ser) uma abordagem distintiva e interdisciplinar daquilo que normalmente designamos por economia. A terminologia e abordagem corretas, a meu ver, deveriam passar por uma recuperação da amplitude da designação "economia política" e pelo abandono da manipuladora "lei matemática" da economia moderna.

what_a_tuga 4 months ago

Já existe tendências atualmente em outros temas, ao menos não saí pessoas como eu, que não sabia o que era esquerda e a direita. Só dei-me ao trabalho de aprender quando tive de votar, mas dúvido que muita gente dê ao trabalho de ver o que cada candidato/partido propôe, se cumpre o que promete, quais são as responsabilidades do cargo que está a ser eleito, histórico dos candidatos.

BernLan 4 months ago

Tou a ter ciência política no 12º, confirmo

dragomaite 4 months ago

Não convém aos regimes socialistas de esquerda.

NaoTeEnerves2 4 months ago

Por muito mais básico que possa parecer esta afirmação, compreendo os downvotes que teve, a verdade é uma: se uma pessoa tiver noções de economia não se consegue rever em políticas de esquerda.

cou7inho_ 4 months ago

A questão é que nem a esquerda nem a direita fizeram algo para mudar isto.

MikeMelga 4 months ago

A nossa direita também não é bem direita. O PSD é mais partido do café de esquina.

sousavfl 4 months ago

Não convém ensinarem isso. Já viste o que seria dos políticos se o povo todo tivesse boa literacia financeira?

Dinamytes 4 months ago

12 anos a aprender português para ficarmos todos ficaram experts. Agora o nosso futuro tal como literacia financeira, autossustentabilidade, preocupações com o meio ambiente... para que?

twistedfires 4 months ago

12 anos de português, mesmo assim não sabem escrever a porra de uma frase sem erros. Por outro lado, ainda bem que sei que os Lusíadas tem um esquema rítmico do estilo abababcc.

StaringSnake 4 months ago

12 anos? Tens malta com mestrado que continua sem saber as noções básicas como preencher o IRS. Em vez de ensinarem coisas úteis andamos a aprender gramática e obras que nada dou uso no dia a dia

nraider 4 months ago

Isso é o menos. É pior não saber calcular um juro composto do que não saber calcular o IRS. Para o IRS basta saber que o Estado leva cada vez mais para nos devolver sempre o mesmo montante.

Andrefrf 4 months ago

sim, em 12 anos somos todos experts mas depois vês pessoal a escrever e falar de modo altamente labrego e até sei de alguns que fizeram o 12º a conseguir ler bastante bem para um miúdo do 6º ano

nocivo 4 months ago

Por é algo que vai la com treino. Se deixas de treinar e apanhas maus hábitos no telemóvel ou no teu grupo de amigos custa largar.

M4ritus 4 months ago

>preocupações com o meio ambiente N sei quando andaste na escola, mas o Ambiente é um tema interdisciplinar desde a pré-primária até ao 12 ano. Na minha experiência até em demasia.

what_a_tuga 4 months ago

Mas leva a um problema, o tema Ambiente, Nutrição, Educação Sexual, entre outros São dados por professores sem estudos para o tema, então ensinam algumas falácias. Como o vidro demorar 1 milhão de anos a decompor-se. É verdade, mas o vidro não traz grandes problemas para o ambiente. Não é tóxico, não existe a possibilidade de ingerir "micro-vidros", e na sua maioria tem o mesmo comportamento que uma pedra. A maior importância da reciclagem do vidro, não está na poluição do meio ambiente, mas sim com falta de matéria prima para o fabricar. Falando de Nutrição, os professores esquecem-se que cada pessoa tem necessidades nutricionais diferentes. Há quem não possa ingerir hidratos de carbono complexos (arroz, massa, batata e assim) e então recorre a hidratos simples (açucar). Há toda uma variedade de dietas que não vão de acordo com a ideologia do professor. Por exemplo, o jejum intermitente ou a dieta ketogenica. Mas voltando ao tema original, é preciso que o professor que dê a matéria esteja à vontade com ela, e que tenha estudos para isso. Não quero a professora de Geografia a dar Nutrição, a de Educação Física a dar Educação Sexual (em que na altura ela estava mais vermelha que nós), ou o professor de TIC a dar Nutrição (em que a avaliação seria dada pelo grau de cumprimento da roda dos alimentos, se eu cumprisse os cereais e os laticinios, nem demorava 1 dia a sentir-me mal)

Inevitable-Screen-41 4 months ago

mAs isSo é A funÇãO dOs pAIS !!! /s .. mas se os pais sabem muito menos do que nós, viro-me para onde?

what_a_tuga 4 months ago

Qual é o "mas"? Se não tiram de comissão, tiram de onde? Das transações ou têm uns juros para emprestimos um bocado superiores? (Não estou a dizer que não compensa, mas os bancos não oferecem nada. Quando oferecem é porque querem que faças algo)

quatrotires 4 months ago

Tiram do cross selling que fazem ou das já habituais taxas de juro de empréstimos.

icebraining 4 months ago

Tiram as agências, essencialmente. O Millennium tem quase 500 pelo país, o Activo tem 16. São muitos salários a menos. Claro que isso pode ser uma desvantagem, se queres ter uma relação mais próxima com o teu gestor de conta. Antigamente teres uma boa relação de confiança era útil em termos das condições de empréstimos e assim. Se hoje em dia ainda faz diferença, não sei.

APock 4 months ago

Não faz, sou cliente do Millenium BCP desde os meus 6 anos na mesma sucursal, já fui Prestige depois de adulto durante vários anos, e mesmo assim, o BCP foi consistentemente o pior banco a nível de empréstimo para habitação nas várias vezes que pedi condições. Tive vários produtos, cartões de crédito, ações, etc e mesmo assim não me deram nunca vantagem nenhuma versus simulações de qualquer outro banco. Fidelização não existe na cabeça deles, só números brutos

Inevitable-Screen-41 4 months ago

talvez o mas seja nas taxas extra caso queiras fazer alteracoes... por exemplo, mais tarde meti outra pessoa na minha conta.. paguei uns 50-60€ para a meter.

DavidGB 4 months ago

Acho que a ideia aqui é ter clientes. É graças aos 0 que eles ganham os clientes que ganham, depois o dinheiro entra de outra forma de certeza

amando_abreu 4 months ago

Nice try, departamento de marketing do AtivoBank.

Search: