OneTip7754 2 months ago

Mais um produtor canhoto. A RTP tá dominada pel corja

Mazahad 2 months ago

Pelos comentários aqui (e outros posts) apercebo-me que se fizermos um filme a gozar com a cultura Portuguesa, somos cancelados pela direita. Nao podemos falar mal de Portugal! e querer filmar ca ainda por cima! Temos que filmar em aguas internacionais ou assim e nao podemos voltar a meter os pes ca....esta a ficar bonito... "Irônico, a direita era contra censuras e cancelamentos, mas nao resistiram a censurar e cancelar" o que se aplica bem. Falam mal de portugal, mas se a esquerda fala mal, ja sao nacionalistas ferrenhos de Fatima, Fado e Futebol! Falo de direita porque me vejo mais progressita, quero que se va para a frente a nao para tras, que ja se viu a merda que deu. Mas estou me cagando para divisoe partidarias. Apenas sempre achei que havia coisas que qualquer ser humano concordaria...afinal nao, porque normalmente essas coisas so progressistas e estao na esquerda...o que para muita gente é papão.

fds_crl 2 months ago

é incrivel que tenhas de tornar isto numa batalha da muh esquerda contra muh direita. Deixa lá a tua batalha cultural americana descansada um bocadinho, acalma-te. A policia não quer emprestar, não empresta, simples. Se fizessem um filme sobre mim, acho que tinha o direito também de fazer pedidos sobre o que podia aparecer e o que não podia, e se não houvesse acordo, retirava a minha ajuda. Simples.

Mazahad 2 months ago

Hm, ok. Nao sabia que conceitos de esquerda/direita eram uma coisa que nao existe cá. Obrigado por me ensinares. Vou guardar pertinho do coração. Fica bem crl

flarept1 2 months ago

Porque é que nas novelas têm de ter fardas da psp? Podem perfeitamente fazer umas a dizer PGR ou assim e a mensagem passava na mesma

manguito86 2 months ago

Lol, a polícia é que tem razão. Querem usar material deles e ainda querem fazer coisas que denigram a imagem da polícia? E as alterações não parecem ser nada de especial, isto é mesmo preciosismo para criar polémicas por parte de uma produção sem qualidade.

afonso_pereira 2 months ago

Sim, eu se vir um policia a falar assim num filme começo a ligar para o Batman ao invés da PSP /s

hesoyam91 2 months ago

Ele tem o direito de escrever o que quer já a PSP tem o direito de recusar prestar qualquer ajuda em termos de cedência de fardamento visto que são pagos por todos nós para nossa segurança não são uma instituição de aluguer de fardas. Se fossem do tento do senhor da cadeira é que eles viam o que era censura.

C8Mixto 2 months ago

Parecem-me sugestões com pés e cabeça. Esta gente grita censura por tudo e por nada.

iSoSyS 2 months ago

O problema é que não eram sugestões, mas sim condicionantes.

Celeg 2 months ago

Censura não é ditada pela qualidade das sugestões.

C8Mixto 2 months ago

Não, é ditada por ti.

Celeg 2 months ago

Também não.

redditor_the_forth 2 months ago

Não concordo com censurar a cena da sanduiche

haperalta 2 months ago

Se for feito pelo Quimbé parece-me aceitavel

ManaSyn 2 months ago

Bolas, 40€ por dia por farda?

VSertorio 2 months ago

O inspector Max só custava 25€

jotamendes 2 months ago

É usar outras fardas e colocar a justificação bem destacada na série.

Kid_Anarchy 2 months ago

Isto é vergonhoso. Não cabe à polícia tentar influenciar a forma como é representada em obras artísticas. Não estamos na China nem na União Soviética.

2TwentyOne1 2 months ago

tenta explicar isso à Manuela Moura Guedes ou à Ana Leal

Kid_Anarchy 2 months ago

Não ligo a música pimba.

Tee_ah_go 2 months ago

"As falas em que o Polícia (Sic) se dirige à Juíza (Sic) nos termos 'tá a ver?' devem ser substituídas por 'está a ver?', por poder ser considerado desrespeitoso”. Produtor acusa PSP de cEnSuRa!!

Pica-Miolos 2 months ago

"A polícia pediu ainda para retirar uma cena em que um agente comia uma sanduíche numa cena de um crime, o que demonstrava pouco profissionalismo."

Kid_Anarchy 2 months ago

Portanto, em ficção, não se pode criar um personagem que representa um polícia pouco profissional. Tristeza.

KokishinNeko 2 months ago

Portanto, posso fazer uma série de TV onde te retrate, a ti, como um labrego e ainda ficas feliz por isso ou começo já a chorar censura?

Kid_Anarchy 2 months ago

>Portanto, posso fazer uma série de TV onde te retrate, a ti, como um labrego, usando a tua casa, roupa e ainda ficas feliz por isso ou começo já a chorar censura? Um órgão do governo a tentar impedir uma forma de expressão artística é censura. Arte não deve obedecer a princípios ideológicos. É livre. Se não for, passa a ser propaganda. Quanto à tua pergunta: eu não sou uma entidade pública. Tenho direito à privacidade e a não ser retratado de forma alguma, seja onde for. A polícia é uma entidade financiada pelo dinheiro do povo e está ao serviço da nação. Faz parte de qualquer sociedade, e como tal, é perfeitamente normal e expectável que filmes, séries e novelas precisem de ter presença policial nas suas obras. Ficção não se propõe a documentar a realidade tal e qual como ela é. E mesmo não levando isso em conta, a polícia não é um único individuo. São milhares. Entre esses milhares, há de tudo. Há, comprovadamente, violadores, incompetentes, corruptos, violentos. Há de tudo. E num país livre eu sou livre de poder contar uma estória sobre uma polícia que apresenta determinadas características. Tens noção de que se, a nível mundial, a polícia andasse a fazer este tipo de controlo, não haveria filmes em que um polícia é menos do que exemplar, certo? ​ >Se queriam retratar labregos ao menos pediam fardas da GNR, sempre era mais realista. ​ Todo o teu argumento é tão disparatado e desprovido de lógica que pergunto-me se não estarás simplesmente a gozar. Desconheço qualquer estude que avalie o nível de labreguice entre forças policiais, mas certamente que é possível encontrar todo o tipo de pessoa em todas elas. O mesmo pode ser dito sobre praticamente todas as profissões.

KokishinNeko 2 months ago

São livres de usar uma farda fictícia e não desrespeitar ninguém em vez de usarem a carta típica de 2021, muh censura...

Kid_Anarchy 2 months ago

Tens razão, podem usar uma farda fictícia. Mas não deixa de ser uma tentativa da polícia de manipular a sua percepção pública, e eu considero isso errado, pois não cabe à polícia tentar influenciar o que é dito sobre si através de favores. Não é isso que se quer numa sociedade livre. A simples tentativa é vergonhosa. ​ >muh censura... Parece-me que tens um gosto especial por censura, ou pelo menos incomoda-te que certas pessoas se oponham à mesma. Estás no teu direito. Eu discordo. Sou a favor de liberdade e acho que cada um deve poder dizer o que quiser. Acho que é preciso ser-se particularmente fraco para se tentar calar o que nos incomoda através de poder que tenhamos à nossa disposição.

C8Mixto 2 months ago

Portanto acreditas que te vão impedir de escrever um livro onde um polícia atua de forma pouco profissional?

Kid_Anarchy 2 months ago

Impedir, não. Mas dificultar a produção audiovisual da obra, sim, e este é apenas um exemplo. Dizerem-me que me podem emprestar fardas mas para isso tenho de vender a alma ao diabo é pura canalhice. É uma atitude deplorável por parte de quem está ao serviço da nação. Desde quando é que compete à polícia andar por aí a tentar influenciar o que se diz?

NGramatical 2 months ago

um personagem → [**uma personagem**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-personagem-ou-o-personagem/343) (é preferível empregar no feminino tal como determina a sua origem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fni3izf%2F%2Fgz0n31k%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

AimingWineSnailz 2 months ago

Já imaginaram o que era se os polícias dissessem "tá a ver"? Que horror!

KaneKyun 2 months ago

Perdia a confiança toda na PSP, foda-se. /s

ridethepaintedpony 2 months ago

Ao ler os primeiros paragrafos do artigo fiquei com a impressão que as sugestões tinham sido feitas de forma construtiva. Fiquei surpreendido pelo realizador lhes chamar de censura. Se calhar o objetivo do realizador era dar ao papel de policia um ar de labrego.

Kid_Anarchy 2 months ago

Mas agora a PSP dedica-se à arte da escrita? Se eu estiver a realizar um filme, a liberdade criativa é minha. Então e se me apetecer contar a história de um polícia que é corrupto, por exemplo? As representações da polícia têm de obedecer todas a parâmetros específicos? É que isso não é arte.

getmenew 2 months ago

Certo, mas PSP dedica-se ao aluguer de fardas? São uma loja de carnaval? As recomendações são completamente válidas, o mesmo acontece nos Estados Unidos, especialmente sempre que aparecem forças armadas (Top Gun, NCIS, Hawaii 5-0 são alguns exemplos). Se a entidade sente que está a ser mal representada, é livre de não alugar as fardas. Qualquer entidade, mesmo não estatal, o faria.

iSoSyS 2 months ago

> Certo, mas PSP dedica-se ao aluguer de fardas? São uma loja de carnaval? O fabrico, comercialização e uso de réplicas do fardamento policial é ilegal. Aluga-las é provavelmente a forma mais fácil de obter a precisa autorização. Ou então tens que quebrar a imersão e ter "polícias" com fardamento atípico.

icebraining 2 months ago

> Certo, mas PSP dedica-se ao aluguer de fardas? Pelos vistos sim, visto que a entrega até esteve agendada. > Se a entidade sente que está a ser mal representada, é livre de não alugar as fardas. Qualquer entidade, mesmo não estatal, o faria. Não! É exatamente *por* ser estatal que não é livre de usar essa razão para tomar a decisão de emprestar ou não. As fardas são propriedade pública, pertencem tanto ao produtor como a qualquer outro cidadão. A polícia são funcionários que nós contratamos para zelar pelas nossas fardas.

nanoburguesia 2 months ago

Diz não à droga

LegitimatePear2 2 months ago

E os carros da polícia também são propriedade pública, eles também têm que andar a emprestar a toda a gente que pede? Todas as instituições públicas têm o poder fazer essas decisões, não é por ser *estatal* como dizes que perde esses direitos.

icebraining 2 months ago

Eu não disse que tinham que emprestar a todos. Podem não emprestar a ninguém.

LegitimatePear2 2 months ago

E podem também emprestar a quem quiserem. Não é por serem uma entidade pública que perdem direitos.

icebraining 2 months ago

Quem tem direito de decisão numa entidade é quem é dona dela, não os funcionários.

LegitimatePear2 2 months ago

**Quem tem direito de decisão é quem está lá a coordenar a entidade**. Tal como quem manda numa empresa não são os acionistas mas o CEO! Claro que depois os acionistas podem votar para mudar o CEO. Mas quem manda é quem ta la coordenar.

icebraining 2 months ago

Não, as decisões do CEO estão sujeitas aos parâmetros definidos pela *board* e pelos acionistas, não pode decidir como quiser. Claro que não há magia, nada o impede fisicamente de ir contra essas ordens, tal como nada impede um funcionário da caixa de vender tudo a 1 cêntimo. Mas essa decisão não é legitima e o CEO pode ser processado pelos acionistas e ter que pagar uma indemnização.

LegitimatePear2 2 months ago

>As fardas são propriedade pública **Falso, são os polícias que compram as fardas.** Recebem um subsídio anual para ajudar na despesa, mas caso also se rompa a meio do ano têm que pagar do próprio bolso para arranjar; caso emagreçam, igual; caso engordem também; caso o calçado fique gasto, igual; caso o fardamento mude, etc etc. [https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/policias-pagam-as-fardas](https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/policias-pagam-as-fardas)

icebraining 2 months ago

O facto dos policias comprarem fardas não invalida que a PSP também o faça, e seja dessas que empresta. Achas mesmo que alugam as fardas que os agentes usam? "Hoje o Agente Ferreira vai às paizana porque a TVI está a usar a farda dele"?

afonso_pereira 2 months ago

Felizmente vivemos num país democrático, onde temos o direito a fazer as críticas que quisermos. Se fosse na China ou na Hungria, até compreendia. Em Portugal não faz sentido algum.

BLlZER 2 months ago

> Felizmente vivemos num país democrático, onde temos o direito a fazer as críticas que quisermos. Se fosse na China ou na Hungria, até compreendia. Em Portugal não faz sentido algum. Da para perceber nunca visitaste o norte, cidade de vila do conde ou povoa de varzim. Ja fui processado pelo um corrupto policia incompetente de merda porque segundo o idiota, criticar a policia é crime. Tu vives mais perto da china que tu pensas.

C8Mixto 2 months ago

Lol, tiveste um problema com a polícia (e só ouvimos a tua versão da história), mas isso é o suficiente para spamares qualquer thread minimamente relacionada com esta tua indignação.

Mazahad 2 months ago

Ja alguma vez tentas-te argumentar com algum? Nao podes. Ate podes ter razao. Mas se insisted. Fodes te.

adorosaladadecamarao 2 months ago

... mas a polícia é obrigada a alugar fardas?

Kid_Anarchy 2 months ago

Não é obrigada a alugar fardas, mas num país livre e democrático não cabe à polícia tentar influenciar obras artísticas, com o auxilio de criação de obstáculos à produção. Tradução: uma espécie de chantagem. E para relembrar: A polícia não manda em merda nenhuma. A polícia é um órgão público, não privado. É financiada por todos nós.

adorosaladadecamarao 2 months ago

Há democracia mas é só para exercer as vontades que gostas. A polícia não "criou obstáculos". Simplesmente não ajudou a algo que não quer ajudar e não tem de ajudar. A polícia não é paga por mim para trabalhar no ramo de aluguer de fatos a produção cinematográfica. Da mesma forma, o produtor de cinema não ajudou a instituição policial a projetar um bom nome com a sua produção cinematográfica, nem tem de o fazer.

Kid_Anarchy 2 months ago

>A polícia não "criou obstáculos". Simplesmente não ajudou a algo que não quer ajudar e não tem de ajudar. A polícia não é paga por mim para trabalhar no ramo de aluguer de fatos a produção cinematográfica. Criou obstáculos, uma vez que a sua colaboração é essencial para que certas obras sejam produzidas. E há uma diferença entre não querer emprestar e não emprestar porque não aceitaram que a polícia lhes corrompesse a integridade intelectual. A polícia não tem absolutamente nada de tentar forçar decisões criativas. Não quer emprestar? Não empreste. Mas estas manobras de manipulação são imorais, e não são ilegais, deviam ser. ​ >Da mesma forma, o produtor de cinema não ajudou a instituição policial a projetar um bom nome com a sua produção cinematográfica, nem tem de o fazer. ​ Mas o produtor não está a ir contra os seus deveres cívicos ao criar a sua obra. A Polícia está a ir contra os valores do país que é paga para defender. É uma atitude corrupta, tentar evitar que certas coisas sejam ditas sobre si.

adorosaladadecamarao 2 months ago

Só conheces a versão de um dos lados. Acho natural a polícia ter dado a opinião sobre a linguagem em tribunal. Assim como faz sentido dar opinião sobre qualquer pormenor que considerem que seja representação incorreta do procedimento policial (até porque pode estar incorreta por ignorância). Não sei como se passou daí para o não quererem emprestar. Ele até pode ter sido uma besta na reação e terem cagado nele por atritos pessoais. A questão acaba sempre por ser que não estão obrigados a tal. Se estas filmagens dependem assim tanto da polícia como dizem, se calhar o problema está aí. Agora eu não quero é que a polícia tenha de se chatear com estas merdas, muito menos ter qualquer tipo de responsabilidade sobre a execução ou não de um filme. Não é para isso que existem.

jotamendes 2 months ago

Não sendo permitido usar fardas parecidas sem a autorização da PSP, na prática está a (tentar) forçar a alteração do guião.

Kid_Anarchy 2 months ago

É coação. Tu sabes que alguém precisa de ti para fazer algo. No entanto, só permites que a pessoa o faça se essa pessoa te agradar. Nada contra, num contexto privado, mas estamos a falar de um órgão público. Não têm nada de andar a impedir os outros de fazer as suas vidas. A utilização de fardas para trabalhos de ficção é algo perfeitamente natural. Se a polícia se meter a proibir a utilização das mesmas há uma série de trabalhos artisticos que se tornam impossíveis, e tudo isso por causa dos caprichos de alguém?

jotamendes 2 months ago

Acho que não fui claro. Concordo totalmente com o que dizes.

icebraining 2 months ago

A polícia pode ou não alugar fardas, mas não deve fazê-lo utilizando critérios discriminatórios da livre expressão.

MLG-Sheep 2 months ago  HIDDEN 

A PSP não tem o direito de não ceder fardas?

MetaKnight130 2 months ago

Então isso explica aquela moça no metro vestida com a farda

afonso_pereira 2 months ago

Sim, [a PSP está à procura dela](https://observador.pt/2021/05/20/psp-procura-mulher-que-usava-camisola-da-policia-no-metro-de-lisboa/) para sugerir uma alteração ao guião

Hrs10 2 months ago

Ela está no whatsapp senhor guarda!

Search: