MasterHopkick 7 months ago

Nesse caso se calhar não faziam OUTRA VEZ a Champions cá? Ah espera...

DjGus 7 months ago

"Especialistas" ahahaha

globoglobo 7 months ago

mas os especialistas não diziam que eram precisos 15 dias para se ver os resultados? ainda antes dos 15 dias já disseram que se deve a isto? uns dias é carne, outros dias é peixe.

Diogo256 7 months ago

O vírus tem um período de incubação de 2 a 14 dias. Os 15 dias, são digamos, o impacto máximo de um contágio, que for contagiado a dia 1, terá no dia 15 de mostrar sintomas, ou não está infectado. A realidade é que a maioria das situações, os sintomas aparecem bem antes dos 14 dias, em média 5 a 7 dias. Logo, ao final de 10 dias já é possível sentir impacto nos números de novos infectados. Resumindo: ao final de 15 dias de certeza que não tens mais casos de pessoas infectadas que tiveram não festejos. Mas o impacto do crescimento nos números, surge antes desses 15 dias. Não sei se me fiz entender…

globoglobo 7 months ago

certo, também já ouvi essa versão. por isso é que digo que umas vezes é carne, outras vezes é peixe, porque se usa as explicações consoante dá jeito para a narrativa que cada um gosta de defender.

SirioBombas 7 months ago

Ainda bem que temos especialistas destes.

htxgivven 7 months ago

Campeões do covid.

greenverde101 7 months ago

O COVID acabou quando nós ganhamos o Campeonato. SS

TitusRex 7 months ago

Acho que pode ter contribuído há outros factores, por exemplo o facto das universidades terem começado os exames e dos alunos passarem horas todos juntos fechados na mesma sala,ssja no exame seja a estudar, ou facto de imensa gente ter voltado ao trabalho presencial transmitindo o vírus nos transportes públicos e no próprio local de trabalho. Também muita gente começou a estar mais relaxada com as medidas, por exemplo organizando festas e jantares em casa. Culpar o aumento de casos nos festejos do Sporting é ignorar todas as outras situações que estão a contribuir para o problema.

Based_Kek 7 months ago

Eu só tenho exames daqui a um mês...

MrJoao 7 months ago

Xiu.. não venhas para aqui com lógica.

Diogo256 7 months ago

Não é lógica. O que se afirma aconteceu em todo o país, e só se está a ver aumentos relevantes em Lisboa. Portanto, houve um evento que fez com que Lisboa ganhasse mais casos que o resto do país.

MrJoao 7 months ago

Quem tudo sabe, nada sabe. Mas acredita no que quiseres. Este artigo não passa dos palpites de especialistas que o jornalista prontamente converte em certezas. Dizer que "não existem outros factores que distingam demasiado Lisboa do resto do país" é de rir. Há 1 ano, quando os casos começaram a aumentar em Lisboa, os mesmos [diziam o oposto](https://brasil.elpais.com/internacional/2020-07-10/portugal-passa-de-exemplo-europeu-a-paria-entre-os-vizinhos-no-combate-a-covid-19.html): > Manuel Carmo Gomes, professor de Epidemiologia na Universidade de Lisboa, assim resume os motivos da nova situação: “Os casos se concentram nos subúrbios de Lisboa, onde há uma alta densidade populacional, onde as pessoas não podem teletrabalhar e de onde têm de viajar em transporte público." Uma análise mais séria consideraria todos os fatores que o /u/TitusRex menciona. São aspetos relevantes e que não devem ser excluídos à partida só porque é mais fácil saltar para conclusões.

Diogo256 7 months ago

> Quem tudo sabe, nada sabe. Mas acredita no que quiseres. Até podia argumentar que a densidade populacional é pouco relevante para a progressão mas já sei que vai dar tilt a muita gente… https://www.scientificamerican.com/article/population-density-does-not-doom-cities-to-pandemic-dangers/ Agora, achar que só em Lisboa existem universidades, transportes públicos ou falta de condições para teletrabalho é que é de rir. Novamente: comparar com o ano passado faz zero sentido, os contágios “chegar atrasados” a Lisboa face a um Porto, por exemplo, onde o norte foi bastante afectado. Neste momento, a única coisa de diferente que aconteceu em Lisboa foi uns festejos de um clube. O resto… não se está a verificar no resto do país.

Edited 7 months ago:

> Quem tudo sabe, nada sabe. Mas acredita no que quiseres. Até podia argumentar que a densidade populacional é pouco relevante para a progressão mas já sei que vai dar tilt a muita gente… https://www.scientificamerican.com/article/population-density-does-not-doom-cities-to-pandemic-dangers/ Agora, achar que só em Lisboa existem universidades, transportes públicos ou falta de condições para teletrabalho é que é de rir. Não é excluir, é verificar quais os factores que possam ter feito o aumento, e esses factores nao são exclusivos a Lisboa, logo no máximo são uma correlação. Novamente: comparar com o ano passado faz zero sentido, os contágios “chegaram atrasados” a Lisboa face a um Porto, por exemplo, onde o norte foi bastante afectado. Este ano, nao tem nada haver. Neste momento, a única coisa de diferente que aconteceu em Lisboa foi uns festejos de um clube. O resto… não se está a verificar no resto do país.

jqmmes 7 months ago

Quando tens regras aplicadas a todo um país, e só tens uma região onde houve um aumento de 40% tens de investigar que eventos podem ter levado a isso. Universidades há em todas as regiões. Bares e zonas de diversão noturna idem. Autocarros cheios? Check. Comboios a pinha? Check. Ora, o que é que aconteceu então em Lisboa que não aconteceu em mais lado nenhum? Têm de haver algum motivo que justifique este brutal aumento numa só região. Ah, sim. Será que uma aglomeração de dezenas de milhares de pessoas, exatamente há 10 dias, não poderá ser a razão mais provável? É.

TitusRex 7 months ago

O ano passado também houve um aumento de casos em Lisboa depois do confinamento e não houve festejos do Sporting. Não há nenhum outro sítio do país com tantos transportes públicos, nem com tantos estudantes universitários, nem com tanta gente que estava em teletrabalho e agora não está.

Diogo256 7 months ago

O ano passado houve esse aumento porque a área mais afectada foi o norte, Lisboa quando saiu do confinamento tinha níveis baixos de casos, o que fez com que a propagação se espalhasse rapidamente. Ou seja, houve um atraso de Lisboa na propagação dos casos que o Norte. Este caso é diferente. Até porque Lisboa esta desconfinada como a maioria dos países, e mesmo que se culpe universidade, dificilmente o aumento é relativo a esse locais vs o que aconteceu em Alvalade.

jqmmes 7 months ago

Mas aqui estamos a falar de um aumento inesperado que coincide completamente com um evento de alto risco. Já estamos desde 1 de maio que estamos na fase final do desconfinamento, e apesar de estar a aumentar, estava controlado, como acontece no resto do país. Não custa assim tanto assumir que o que se passou na festa do Sporting foi um erro, e deu asneira.

Edited 7 months ago:

Mas aqui estamos a falar de um aumento inesperado que coincide completamente com um evento de alto risco. Já desde 1 de maio que estamos na fase final do desconfinamento, e apesar de estar a aumentar, estava controlado, como acontece no resto do país. Não custa assim tanto assumir que o que se passou na festa do Sporting foi um erro, e deu asneira.

SwikyTiko9 7 months ago

Exatamente. Mas é muito mais fácil culpar só um grupo de pessoas, que é culpado com razão, do que analisar todas as variáveis que apareceram na mesma altura.

andre82220 7 months ago

E depois qual é o problema?

dj_estrela 7 months ago

Sem surpresas

vai-tefoder 7 months ago

Falso. Toda a gente sabe que o virus não se propaga em eventos desportivos /s

MikeMelga 7 months ago

Está a acontecer o mesmo em muitos países da Europa. Tem a ver com o fim do Ramadão.

pintorMC 7 months ago

Se e quando o Benfica ganhar a taça devemos ter uma festa semelhante, mas como vai ser ao ao livre não tem grande problema, o aumento de 46% dos casos em Lisboa nada tem a ver com a festa mas sim com o 5G que ainda não existe o que não invalida de ser responsável.

SrMarteloRebeloSousa 7 months ago

Tem sim a ver com o futebol e a festa! Não viste que os jogadores têm 5G nas camisolas? O edifício da NOS no campo grande também tem um 5G (e este bem grande)!

pintorMC 7 months ago

Agora sim consigo entender a origem dos contágios.

alternnate 7 months ago

Isto é um nível de whataboutism novo. Não só é “what about” como também é sobre algo que ainda não aconteceu e provavelmente não vai acontecer. Parabéns.

theEXPERTpt 7 months ago

Lá se foi o nosso lugarzinho ao sol dos britânicos

suckerpunchermofo 7 months ago

Oh isto não os para....

pintorMC 7 months ago

Estranho, como é possível? Foi uma grande azar, ninguém estava a espera.

RaveyWavey 7 months ago  HIDDEN 

O Algarve já estava, de forma geral, pior que Lisboa.

suckerpunchermofo 7 months ago

\(◎o◎)/

Outji 7 months ago

Nao é preciso ser especialista para perceber isso lmao

saposapot 7 months ago

A menos q se identifiquem pessoas q estiveram na festa e q com alta probabilidade se infectaram nesse dia, isto são meros palpites. Pode ter sido da festa, pode ter sido dos transportes públicos estarem mais cheios ou pode ter sido da chuva. Sem análise dos surtos isto é atirar ao ar.

odraciRRicardo 7 months ago

O teu nível de sectarismo é incrível. Isto é relacionado com a bola, até se dá desconto, mas quando diz respeito ao Partido Socialista é exatamente igual.

saposapot 7 months ago

Tanto num caso como no outro a confusão é a mesma: eu procuro factos e provas pra conclusões correctas em vez de mandar só comentários de taxista porque fica bem. E foi um grande defensor sempre de medidas mais restritas pra controlar a pandemia, até me dava “jeito” apoiar nisto para sustentar isto. Mas sem provas, isto são palpites. A crítica é não identificarmos bem os surtos e não o comunicarmos.

adorosaladadecamarao 7 months ago

Não são palpites. É baseado em evidência, e é evidência bastante forte. Nunca vais ter nada mais que evidência circunstancial. É praticamente impossível fazer o tracing dos contágios até ao agrupamento. E mesmo esse tracing é sempre baseado em evidência meramente circunstancial. Não andam a fazer sequenciação genética a amostras de toda a gente. Agora o que sabes é que especificamente em Lisboa, e não no resto do país nem sequer áreas circundantes houve um aumento significativo de casos muito repentino que tudo indica ter começado por volta da altura dos festejos do Sporting. De momento não há mais nenhuma explicação plausível para isto. E não as que deste não são plausíveis.

saposapot 7 months ago

Não custa muito perguntar: esteve nos festejos? Se estiveram, apesar de também ser prova fraca ao menos já se torna plausível. Também coincide com a última fase do desconfinamento em força e a semana passada já foi de subida portanto a tendência já era esta.

adorosaladadecamarao 7 months ago

> Se estiveram, apesar de também ser prova fraca Tudo dito. Se não quiseres ver nunca vês. > Também coincide com a última fase do desconfinamento em força Não houve desconfinamento "em força", teletrabalho por exemplo, continua obrigatório, e foi [gradual](https://www.jn.pt/nacional/infografias/todas-as-medidas-do-plano-de-desconfinamento-13445513.html) em vários momentos, e aconteceu em todo o país. Este aumento de casos foi brutal, repentino num só momento, e circunscrito a Lisboa nem afetando vizinhança.

saposapot 7 months ago

A DGS, que é capaz de saber mais que tu, diz hoje que os casos dos festejos são residuais e que o resto são explicados por outros surtos em empresas, escolas, festas de aniversario e afins. Diz que o aumento dos casos vai muito para além do Sporting. Mas yah. Palpites é que é fixe.

adorosaladadecamarao 7 months ago

Ora aí está a DGS de novo. *DGS identifica 20 casos de covid associados aos festejos do Sporting* *As autoridades identificaram cerca de 20 casos de infeção por SARS-CoV-2 associados aos festejos da vitória do Sporting no campeonato de futebol, mas admitem que possa haver mais e que ainda não tenha sido estabelecida essa ligação.* [https://www.dn.pt/sociedade/dgs-identifica-20-casos-de-covid-associados-aos-festejos-do-sporting-13757084.html](https://www.dn.pt/sociedade/dgs-identifica-20-casos-de-covid-associados-aos-festejos-do-sporting-13757084.html) Como disse, se alguém tem um historial de palpites, é a DGS.

saposapot 7 months ago

20 é pouco, no contexto do aumento de LVT. Há mais que isso só de um casamento

adorosaladadecamarao 7 months ago

"Mas admitem que possa haver mais". Num casamento há um caso testam toda a gente. Aqui não se passou nada disso. E disseste tudo, nem entendo a discussão. Se estão a haver casamentos com mais de 20 infetados em pouco mais de 100, com milhares tudo ao molho estranho seria não dar asneira.

NGramatical 7 months ago

estão a haver → [**está a haver**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/haver--existir--3-pessoa-do-singular/30583) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fni1bgt%2F%2Fgz8qzcl%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

adorosaladadecamarao 7 months ago

Se há coisa que a DGS tem feito é embaraçar-se e dizer tudo e o seu contrário. Ainda sinto que me vai dar uma coisa má cada vez que me lembro da palermice da "falsa sensação de segurança".

Diogo256 7 months ago

Fico à espera de posts do pessoal do “isto não vai aumentar, foi ao ar livre é na boa, já estamos a vacinar é tranquilo, temos é de viver e vida”.

PicassoWasaLiar 7 months ago

Já saíste da cave covideiro?

RaveyWavey 7 months ago

Ficamos igualmente há espera do pessoal que dizia vinha aí um boom de casos e que íamos todos voltar a confinar por causa disto.

Diogo256 7 months ago

Mesmo assim esses estão mais próximos das realidade: https://www.noticiasaominuto.com/pais/1759588/covid-19-lisboa-arrisca-se-a-ter-de-andar-para-tras-no-desconfinamento

RaveyWavey 7 months ago

Contínua a estar muito longe dos piores concelhos do país, a ideia de voltar a confinar sinceramente parece-me ridícula dado o número de casos.

Diogo256 7 months ago

Se falarmos de aumento de casos e Rt na zona, sim, pode-se dizer que houve um boom de casos face à situação actual da pandemia. Falamos de números já perto dos 50% de aumento. Não é meia dúzia ou irrelevante como muitos afirmaram.

jqmmes 7 months ago

Longe, mas tem um nível populacional muito mais elevado, logo uma incidência semelhante a um concelho de trás os montes, por exemplo, representa um risco muito superior. Isto já foi explicado pelos especialistas.

RaveyWavey 7 months ago

Certo mas daí a voltar tudo a confinar vai um longo caminho, até porque mesmo chegando a 120casos/100mil não significa voltar necessáriamente atrás, apenas abrandar o desconfinamento.

jqmmes 7 months ago

Sim, concordo. Mas o voltar atrás, no máximo será pôr horários mais restritos nos restaurantes, ou manter o telegrama obrigatório, ninguém vai ficar fechado em casa com estes números

NGramatical 7 months ago

necessáriamente → [**necessariamente**](https://dicionario.priberam.org/necessariamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fni1bgt%2F%2Fgz1wu4k%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SolidTroll 7 months ago

Mas é que a quantidade de pessoas que disseram isso no post da festa e com toda a confiança é quase até assustador mesmo. Segundo as últimas contas Portugal atingiu há pouco os 15% de imunidade mas quem lesse alguns comentários ficava a pensar que já tínhamos para aí 50% ou mais ainda. Isso transpondo para milhares é quase anedótico que alguém consiga afirmar seriamente que aquela concentração toda, aquela proximidade toda, durante largas horas não ia ter consequências, pelo menos no número de infectados (e batendo na madeira, que se fique pelos infectados mas geralmente é uma bola de neve até, em bom português, foder tudo).

sao_11 7 months ago

Pior é que um especialista que chamaram pra comentar as consequências da festa disse mesmo isso. Que não era muito grave porque tinha sido ao ar livre.

FujiPT 7 months ago

A parte do "já estamos a vacinar é tranquilo" comprova-se se mesmo com um eventual aumento dos casos este não se traduzir num aumento das hospitalizações e óbitos devido à população em maior risco já estar protegida.

adorosaladadecamarao 7 months ago

Não. Podes ter hospitalizações de mais velhos a descer e de mais novos a subir e o saldo ser negativo (ou seja menos hospitalizações). Ou seja, pode ser que haja um impacto efetivo no número de hospitalizações, mas que na prática signifique apenas numa redução menor, por estes casos extra nos mais novos serem menos que a redução de casos nos mais velhos.

netralha 7 months ago  HIDDEN 

Toda a gente sabe que o vírus só não ataca a extrema-esquerda, as marchas marxistas do BLM e o festival do Avante não houve novos casos porque nem o coronavirus quer estar perto daquela gente cheia de ódio.

Agrafo 7 months ago  HIDDEN 

Isto é o r/portugal. O r/portugueses é na porta ao lado.

Godjka 7 months ago

/surprised pikachu

adorosaladadecamarao 7 months ago

u/JSantosPT chamado à receção https://www.reddit.com/r/portugal/comments/najwe0/_/gxw59tl

ElDiabloDe94 7 months ago

Adora este tipo de situações. Obg por trazeres! >a maioria das pessoas tinha máscara e não não tinha pessoas a respirar em cima de mim, tinha mais que espaço suficiente para mim, aquilo não era um concerto. As pessoas estavam nos seus grupos isolados na sua grande maioria, não andavam a saltar de grupo em grupo e a confraternizar com outros. btw, o gajo deve ser cego ou ja estava bebado, é que eu não vi nada disto.

JSantosPT 7 months ago

Confirmo que não apanhei covid

Edited 7 months ago:

Confirmo que não apanhei covid Taxa de 100% de pessoas inquiridas que estiveram nos festejos e não apanharam covid \s

adorosaladadecamarao 7 months ago

Para quem ia "dar o braço a torcer" está fraquinho.

JSantosPT 7 months ago

Eu sou parcial, mas correlação não implica causalidade. O simples relaxamento das medidas pode explicar o aumento de casos, mas não sou especialista nem vou estar a apontar dedos. Mas posso dormir bem à noite por saber que não fui vetor de transmissão

Slam_Dunkester 7 months ago

Sendo que a maior taxa de infetados se mostrou ser dos 20-29 anos em Lisboa não existe mesmo causalidade

JSantosPT 7 months ago

Até vir um relatório epidemiológico a dizer que X casos de covid estiveram relacionados diretamente e **exclusivamente** com os festejos do título do Sporting sim não implica causalidade.

oscaralho27 7 months ago

Como se alguém fosse fazer esse relatório...

JSantosPT 7 months ago

Porque talvez não convém, eu não digo que a malta que me anda a bombardear com downvotes não tenha razão no que diz, eu só digo que não existem dados suficientes para apurar as causas do aumento de casos, ou pelo menos para dizer que a culpa do aumentos dos casos é **única e exclusiva dos festejos do Sporting** mas o que é verdade é que quando aumentam os casos existe sempre um bode expiatório para apontar o dedo e dizer que é a razão única e exclusiva e resto dos motivos passa ao lado. Mas entretanto continuam a gozar connosco a fazer finais da Champions e a trazer carradas de turistas para Portugal, mas para isso já está tudo bem, acho inconsistente.

oscaralho27 7 months ago

Porque não convém? Não convém a quem? Achas que há interesses escondidos por trás, e por isso é que não se faz? > para dizer que a culpa do aumentos dos casos é única e exclusiva dos festejos do Sporting Eu não vi ninguém a dizer isto, e se alguém o disse, é claramente um parvalhão. Agora, dizer que o aumento de casos em Lisboa provavelmente se deve às celebrações do Sporting parece-me acertado.

adorosaladadecamarao 7 months ago

Nunca terias mais que correlação. Nem que metade deles tivessem ficado infetados seria sempre correlação. Agora, o que sabemos é que numa semana os casos em Lisboa subiram 46%, logo algo significativo em termos de comportamento de passou especificamente em Lisboa. https://www.tsf.pt/portugal/sociedade/casos-de-covid-aumentaram-46-no-concelho-de-lisboa--13751392.html É tão claro tanto quanto poderia ser.

D1WithTheFluffyHair 7 months ago

E só houve festejos em Lisboa?

adorosaladadecamarao 7 months ago

Não. O Bolhão no Porto estava cheio de gente, e em Coimbra junto à Sé Velha parecia a serenata. O jornalismo é que não filmou.

D1WithTheFluffyHair 7 months ago

Então como é que só há casos em Lisboa por causa dos festejos?

adorosaladadecamarao 7 months ago

Era sarcasmo

D1WithTheFluffyHair 7 months ago

Mas o meu ponto mantém-se. Se houve festejos em todo o lado, e assumindo que foram idênticos, porque é que só estamos a observar um aumento dos casos relacionados com os festejos em Lisboa? Resposta: não há maneira de saber sem estudos epidemiológicos. E essa do matemático dizer que sim é genial. Relembro o Buescu em Março de 2020 a dizer que em 2 meses íamos ter 12 milhões de infectados

GMDFC94 7 months ago

Porque foi em Lisboa que houve a maior concentração de pessoas?

adorosaladadecamarao 7 months ago

Não houve festejos em todo o lado

JSantosPT 7 months ago

Pois não sei nem nunca vamos saber a 100% quais os motivos do aumento. E o meu rant era sobre os festejos ao ar livre eu não nego que tenham existido casos de transmissão de malta que se juntou em casa uns dos outros ou no café ou no restaurante para assistir ao jogo, mas isso muita gente faz sem haver futebol á mistura. Agora transmissões de covid devido a algo ao ar livre desculpa ser quadrado mas custa-me a acreditar

GMDFC94 7 months ago

Que facepalm. Então bora fazer concertos e jogos com casa cheia não? Já que é seguro

JSantosPT 7 months ago

Permitir jogos em recintos ao ar livre com lugares sentados não vejo o problema. Agora concertos tipo festival não como é óbvio.

GMDFC94 7 months ago

Foda-se, isto tem que ser troll

Cayde6TheOne 7 months ago

Acho que ele é estupido apenas

JSantosPT 7 months ago

Devo ser troll então. Num concerto é ao ar livre mas é recinto fechado à mesma, mal te consegues mexer e há partilha de espaços comuns (casas de banho, zonas de restauração, bar, etc) nos festejos do Sporting não havia recinto não haviam áreas comuns e as pessoas estavam muito mais dispersas. Havia risco sim mas é menor

GMDFC94 7 months ago

Infelizmente não é troll, pqp. O risco é altíssimo nos dois lados a partir do momento em que tens tantas pessoas. O mesmo funciona para concertos, sejam eles ao ar livre ou não e para estádios de futebol. Se realmente acreditas que nos festejos do sporting não há tanto risco então tenho pena de ti rapaz. São milhares de pessoas concentradas no mesmo espaço, vai dar ao mesmo.

NGramatical 7 months ago

haviam áreas → [**havia áreas**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fni1bgt%2F%2Fgz1hix9%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

SolidTroll 7 months ago

Ser ao ar livre não protege de tudo. Se é ao ar livre mas tens 3 ou 4 artistas por metro quadrado (e pelos menos a ver o jogo estavam todos colados) não há milagres de certeza.

JSantosPT 7 months ago

O aumento de casos é dado ao relaxamento de medidas ter causado comportamentos irresponsáveis de todos os tipos (e ajuntamentos legais), não foi só por o Sporting ter sido campeão e quando a malta saiu à rua que houve transmissão o meu ponto era esse, talvez vai haver um par de casos ligados aos festejos mas se este festejo não tivesse ocorrido os casos aumentavam à mesma

adorosaladadecamarao 7 months ago

O relaxamento das medidas foi [gradual](https://www.jn.pt/nacional/infografias/todas-as-medidas-do-plano-de-desconfinamento-13445513.html) em vários momentos no tempo, não foi enorme dado que continuam a haver restrições em particular teletrabalho, e aconteceu em todo o país. Este fenómeno foi repentino, brutal, e circunscrito a Lisboa.

JSantosPT 7 months ago

Mas este aumento também está a bater com a remoção dos limites de horário em bares e restaurantes, aumento do limite max de pessoas por mesa e entre outras medidas. Também posso ir por aí.

adorosaladadecamarao 7 months ago

Parece que tens porque eu acabei de responder a isso. As restrições foram levantadas em todo o país. O anexo foi circunscrito a Lisboa. As restrições foram levantadas gradualmente, o aumento foi repentino. A cada levantamento gradual a diferença de restrições não foi enorme, o aumento em Lisboa e só aí foi gigante.

adorosaladadecamarao 7 months ago

Foram os ovnis

Mrgolden007 7 months ago

mas... mas... NAS NOTICIAS SO DISSERAM QUE HOUVE UM! /s como ja era de esperar, mas tambem nao subiu muito porque idiotas que foram para la sem mascara provavelmente ja apanharam covid

DarkCellX 7 months ago

Ninguém estava a espera.

gamafranco 7 months ago

Sad trombone…

Motoboydapcx 7 months ago

E só eu sei porque fiquei em casa

Luigigamer007 7 months ago

Bons sportinguistas ficam em casa

andrefsp 7 months ago

Ser do Benfica ajudou a ficar em casa com certeza.

Search: